Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ANQEP RECONHECE CENTRO QUALIFICA DE FAMALICÃO COMO UM DOS MELHORES DO PAÍS

Paulo Cunha entregou ontem diplomas a mais de uma centena de famalicenses que aumentaram as suas qualificações escolares

O Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão “é um dos que apresenta melhor execução em todo o país”. Quem o diz é a presidente da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), Filipa Jesus, que esta terça-feira, elogiou os números “muito superiores à média nacional” do centro de formação e qualificação da autarquia famalicense.

AFS_4653.jpg

A responsável pela ANQEP esteve ontem em Famalicão para participar na cerimónia de entrega de diplomas e certificados do processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) escolar e profissional a mais de uma centena de adultos que concluíram recentemente o nível básico, secundário e profissional.

Em 2018, o Centro Qualifica de Famalicão superou largamente o objetivo de atingir os 900 inscritos, registando a inscrição de 1175 pessoas. No ano passado foram encaminhadas para ofertas formativas 760 pessoas e para processos de RVCC 383 pessoas. No total foram certificadas 180 pessoas, alcançando uma taxa de execução de cerca de 93%.

Filipa Jesus fala em “provas dadas” e aponta como chave do sucesso “o modelo de organização e funcionamento deste Centro Qualifica, baseado no trabalho em rede”.

“Não se trata apenas de um envolvimento vertido na celebração de protocolos. Trata-se de um real compromisso assumido pelas entidades, expresso em parcerias de sucesso que efetivamente se traduzem na implementação das medidas e ações previstas e que se refletem nos resultados alcançados”, acrescentou.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não escondeu a sua satisfação pelos números ontem apresentados, deixando uma palavra de agradecimento e felicitação a todos quantos se envolverem neste processo.

“A melhoria da qualidade de vida de uma comunidade consegue-se através da valorização dos seus recursos humanos e é fundamental que cada um de nós assuma a Educação como uma prioridade. Se assim não fosse, hoje não estariam aqui como diplomados”, disse.  

O edil adiantou ainda que para 2019 estão disponíveis cerca de 80 mil horas de formação gratuita através do Centro Qualifica de Famalicão, que poderão atingir cerca de 25 mil pessoas, e deixou o desafio aos famalicenses para que “não deixem escapar esta oportunidade de aumentarem as suas qualificações”.

Recorde-se que o Centro Qualifica tem a missão de aumentar a qualificação de adultos com vista a melhorar os seus níveis de educação e formação, contribuindo para o aumento dos níveis de qualificação da população e da empregabilidade dos indivíduos.

O Centro Qualifica de Famalicão é coordenado pela Câmara Municipal em estreita colaboração com as escolas da Rede Local de Educação e Formação. Conta atualmente com sete polos no concelho: Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Agrupamento de Escolas D. Sancho I, Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, Escola Profissional CIOR, Didáxis Cooperativa de Ensino de Vale São Cosme e Riba de Ave e Escola Profissional FORAVE.

Os interessados em apostar num futuro melhor e mais qualificado podem inscrever-se através da internet em www.famalicaoeducativo.pt/_centro_qualifica_inscricao e obter informações através do telefone 252 320 931 ou pelo email centroqualifica@vilanovadefamalicao.org

AFS_4765.jpg