Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ACÁCIO VIEGAS INAUGURA EXPOSIÇÃO EM VIANA DO CASTELO

A exposição estará patente até 26 de Março.

Nascido em 1976, em Viana do Castelo é mestre em Design Industrial, pela Universidade do Porto. Designer desde 1999, tem passado pelas mais diversas áreas, desde o design do produto, design gráfico, web design ao retail design. Em 1999, expõe na primeira edição da  Experimentadesign,  Meeting Point, com o objeto “Quatro L. Constam do seu portfólio trabalhos reconhecidos internacionalmente, obtidos pela participação em concursos e selecionados por meios de comunicação, nas áreas do design gráfico e de produto.

convite_sc_03_20017.jpg

Em 2002, por convite, ingressa na carreira docente, no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, como assistente onde permaneceu por vários anos.

Em 2014, em busca de novas formas de expressão, fruto de uma necessidade interior de manifestação espiritual e expansão da consciência, encontra na arte a forma de extrapolar a funcionalidade dos objetos e a objetividade da comunicação imposta pelo design, abrindo novos caminhos de exploração semântica da forma para comunicar com a alma.

A mistura de conhecimentos influenciam claramente a escolha das técnicas e dos suportes, apresentando o artista uma abordagem pragmática na representação. Explora o digital como forma de estudo, preferindo as técnicas industriais e contemporâneas para materializar as suas ideias e pensamentos relacionados com manifestações espirituais, culturais e de essência da própria vida.

Na sua arte, propõe-se provocar um despertar da consciência, uma mudança de significado ou de perspetiva.

Os seus primeiros ensaios artísticos são mostrados ao grande público, pela primeira vez, na edição de 2015 do Guimarães nos noc, com a exposição “Consciência” e em seguida, em Lisboa, no Instituto Macrobiótico de Portugal, com a exposição individual “Ser”, com obras inspiradas em textos originais de vários autores portugueses.