Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

‘A GUARDA DOCE’ PARA VISITAR NO PRÓXIMO Fim-de-semana

“A Guarda Doce” vai contar com a doçaria do concelho de Caminha e com o talento do Grupo Folclórico das Lavradeiras de Gondar, do Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga e do ‘Projeto Minius’ - Música Tradicional Portuguesa

A “Caminha Doce” saltou a fronteira e chegou à vizinha A Guarda. A primeira edição de “A Guarda Doce” realiza-se já nos próximos dias 31 de maio e 1 de junho, na Alameda. Os doces e sobremesas comercializados pelas pastelarias da localidade conjugados com um programa de animação diversificado prometem um fim de semana em cheio.

As boas relações entre as autarquias de Caminha e A Guarda têm dado bons frutos no plano cultural e desportivo. Depois da 1ª Caminhada Luso-Galaica, que se realizou em março, chega agora a primeira edição de “A Guarda Doce” que significa, no fundo, a internacionalização da Feira de Doçaria "Caminha Doce". Os doces típicos de Caminha vão marcar presença na edição galega e até a animação vai contar com o contributo e o talento de grupos do concelho.

Entre as 11 e as 21 horas (hora espanhola) é possível visitar os vários expositores de “A Guarda Doce”, na Alameda e ficar a par do que de melhor se faz em termos de doces e sobremesas na região vizinha. Mas não só de adoçar a boca aos visitantes se faz a festa e, por isso, há um programa de animação bem recheado.

A abertura do certame está agendada para sábado, ao meio-dia, e contará com a presença de Miguel Alves. Seguem-se as atuações do Grupo Folclórico das Lavradeiras de Gondar e do Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga. Está ainda previsto um passeio em bicicleta, assim como uma mostra de pintura ao ar livre.

Já para domingo, o programa apresenta as atuações de “Fiddle Loop & Jose Stewart”, do Grupo de Música Tradicional Portuguesa - “Projeto Minius” e do Grupo de Clarinete do Conservatório de Tui, há ainda um workshop para crianças e concursos, com destaque para o concurso de “Rosca de Xema”, um doce de excelência daquela região galega. O objetivo do concurso é dar destaque a este doce tão típico de A Guarda.

Ao longo dos dois dias, os visitantes podem ainda passar pela exposição de motas e bicicletas antigas, visitar a exposição de pintura no Centro Cultural e desfrutar da animação de rua. Os insufláveis serão diversão garantida para os mais pequenos.