Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMINHA VAI CELEBRAR PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO COM A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E A IGUALDADE DE GÉNERO

Esta e outras propostas vão ser votadas na reunião de Câmara que terá lugar dia 16 de dezembro, pelas 15H00

A Câmara Municipal vai celebrar um protocolo de cooperação com a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, que implicará, entre outras medidas, a adoção de Plano Municipal para a Igualdade entre Mulheres e Homens. Esta e outras propostas vão ser votadas na reunião de Câmara que terá lugar na próxima segunda-feira, dia 16 de dezembro, pelas 15H00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Considerando que a implementação da estratégia de integração da perspetiva de género nas políticas e ações promovidas pelas autarquias não só contribuirá para promover uma igualdade efetiva entre mulheres e homens e responder melhor às necessidades e aspirações das diferentes categorias de munícipes, mas também terá como consequência uma melhor utilização dos recursos humanos e financeiros, uma melhor qualidade da tomada de decisão e um melhor funcionamento da democracia e que as autarquias locais, Miguel Alves vai propor ao executivo a celebração de um protocolo de cooperação entre o Município de Caminha e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

O documento a aprovar tem como objetivos a “promoção de intervenções pró-ativas em benefício das mulheres, para que participem mais e com melhores resultados na esfera pública, incluindo o reforço de competências para a autonomia económica e para a participação nos processos de decisão; e intervenções pró-ativas em benefício dos homens, para que participem mais e com melhores resultados na esfera privada, incluindo o reforço de competências para a autonomia individual”. Pretende igualmente a “promoção de intervenções pró-ativas que visem tornar amigável, para homens e para mulheres, qualquer atividade humana socialmente útil e que permitam repartir igualmente entre uns e outras o tempo de trabalho pago e não pago e, ainda, de intervenções de reforço de competências básicas para a vida de todas as pessoas, intervenções para o exercício efetivo e permanente da cidadania democrática em qualquer situação do quotidiano”.

Mediante o protocolo, o Município de Caminha compromete-se a promover o desenvolvimento integrado da perspetiva de género e de igualdade de oportunidades nas políticas municipais, como forma de aprofundar a efetiva igualdade entre mulheres e homens, através da implementação de várias medidas entre as quais a adoção de Plano Municipal para a Igualdade entre Mulheres e Homens, que integre a perspetiva de género enquanto estratégia no quadro da definição, execução e avaliação das políticas e ações desenvolvidas pelo Município de Caminha; facilitar e/ou promover ações de formação e de sensibilização dirigidas aos recursos humanos municipais, munícipes e entidades parceiras, de forma a capacitá-los e empoderá-los na promoção da igualdade de género e de oportunidades;  e promover o esclarecimento e sensibilização das populações e das entidades locais sobre a Igualdade de Género e de Oportunidades, nomeadamente, através da integração desta perspetiva nas suas atividades;

Da ordem de trabalhos faz também parte o Acordo de pareceria entre o Município de Caminha e o Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027).

O executivo vai ainda votar a prorrogação de prazo de autorização para exploração de serviço público de transporte regular de passageiros – ratificação.

Por último, vai ainda ser votada a calendarização das reuniões ordinárias da Câmara Municipal para o ano 2020.

CAMINHA ESTÁ NO “TOP TEN” DAS MELHORES PRESENÇAS NA INTERNET ENTRE OS 308 MUNICÍPIOS PORTUGUESES

Estudo científico é uma parceria da Universidade das Nações Unidas, GÁVEA e Agência para a Modernização Administrativa

Caminha ocupa a sétima posição no ranking global do Índice de Presença na Internet dos Municípios Portugueses (IPIC), que analisa exaustivamente os sítios oficiais dos 308 municípios.A classificação é da responsabilidade da Universidade das Nações Unidas, através da sua Unidade Operacional em Governação Eletrónica (UNU-EGOV), em parceria com o GÁVEA – Observatório da Sociedade da Informação da Universidade do Minho e a Agência para a Modernização Administrativa (AMA).

O estudo tem por objetivo distinguir os 10 municípios que representam um “exemplo” das melhores práticas online. Os investigadores avaliamminuciosamente numerosos parâmetros, no universo dos 308 portais, e Caminha conseguiu excelentes resultados também a outros níveis. Destaque para o sexto lugar no critério Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidades de Utilização e para o décimo lugar em Participação. De realçar ainda que, entre os municípios até 20 mil habitantes, o nosso concelho arrecadou o quarto lugar no ranking nacional.

Esta é uma evolução excecional. Comparando os resultados em 2014, por exemplo, o estudo então realizado colocava o Município de Caminha em 84ª lugar, evoluindo em 2016 para o 75º. Os resultados agora alcançados correspondem ao esforço realizado desde então, designadamente a opção por uma estratégia que conduziu ao investimento no novo sítio oficial, online desde julho do ano passado. “Escolhemos um caminho - projetar a Câmara Municipal para além das suas paredes, com total transparência e incentivando a participação”, disse então o presidente da Câmara, Miguel Alves, na sessão de apresentação e a propósito desta nova ferramenta, moderna, interativa, responsiva e amiga do munícipe e dos cidadãos em geral.

O investimento no novo sítio oficial foi realizado com recurso a uma candidatura, no quadro do Portugal 2020, suportando o Município 15% do custo, orçado em cerca de 25 mil euros. O novo sítio é moderno, responsivo (adapta-se aos vários dispositivos), onde os conteúdos podem ser acedidos em diversos idiomas (tradução) e que está preparado para pessoas de visibilidade reduzida.

A presença na Internet dos municípios portugueses corresponde a um trabalho continuado do GÁVEA, que este laboratório universitário já promove desde 1999. A avaliação mais recente, em parceria, é a décima realizada eo estudo e apresenta e compara resultados das avaliações anteriores. Os resultados agora revelados foram obtidos através de análises efetuadas entre novembro de 2018 e maio de 2019 aos 308 portais municipais das câmaras municipais portuguesas.

O Estudo Índice de Presença na Internet das Câmaras Municipais 2019 (IPIC) está publicado online, podendo ser consultado emhttp://gavea.dsi.uminho.pt/publicacoes/

Os principais resultados do mesmo estudo podem ser conferidos emhttps://egov.unu.edu/news/news/ipic-2019.html

CAMINHA E VILA PRAIA DE ÂNCORA RECEBEM ATELIÊ ITINERANTE “CREACTIVITY”

De 16 a 20 de dezembro, Câmara leva os alunos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais ao espaço “Creactivity”

Na semana de 16 a 20 de dezembro, Caminha e Vila Praia de Âncora vão acolher ateliê itinerante “Creactivity”, um espaço interativo que fomenta o desenho e a criatividade. “Creactivity” é uma das atividades lançadas pela EduCaixa e dirige-se a crianças dos 6 aos 16 anos de idade. Em Caminha, este espaço itinerante estará nos dias 17, 19 e 20 de dezembro e, em Vila Praia de Âncora nos dias 16 e 18. A participação é gratuita. A Câmara Municipal de Caminha vai levar os alunos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais ao espaço “Creactivity” nos dias 16 e 17 de dezembro.

Este novo projeto desenhado pelo BPI e Fundação “la Caixa” propõe workshops cujo objetivo é estimular a capacidade de conceção e o desenvolvimento de soluções originais para problemas simples.

Assim, o “Creactivity” dirige-se a grupos escolares e respetivas famílias assim como também a pessoas de terceira idade e a coletivos e/ou associações. É uma atividade que se adapta dependendo do público. É um autocarro que se converte numa unidade móvel desenhado para despertar o engenho, a destreza e a criatividade das crianças e jovens.

O espaço itinerante “Creactivity” estará nos dias 16 e 18 de dezembro, no Parque Dr. Ramos Pereira, em Vila Praia de Âncora e, os dias 17, 19 e 20 de dezembro, no Largo da Feira, em Caminha.

O espaço possui diferentes áreas para implementar diferentes habilidades: a área da mecânica, com espaços para engrenagens, mecanismos, mármores e máquinas de pinball; a área do vento, com tubos de vento; a área da eletricidade; e a área da luz, com o sistema de stop motion.

De uma forma lúdica e colaborativa, permite explorar os materiais, planear, criar novos desenhos, utilizar materiais comuns e dar-lhes novas funções, através de propostas abertas e interdisciplinares. Também se trabalham outras competências mais transversais, como hábitos de aprendizagem cooperativos, autoconhecimento para a aprendizagem e a criação e realização de projetos.

O espaço permite investigar, enfrentar desafios concretos, pensar soluções, inspirar-se, partilhar, colaborar, improvisar, trabalhar em grupo e muito mais.

Para marcar uma visita, reservar o dia ou outras informações, os interessados poderão fazê-lo através do número 30 880 26 99 ou do email portugal@creactivitybus.com.

CAMINHA E VILA PRAIA DE ÂNCORA RECEBEM PROJETO ITINERANTE CREACTIVITY

Nos próximos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de dezembro de 2019 o projeto itinerante Creactivity visitará município de Caminha e queremos convidá-los a participar.

unnamedbacami1.jpg

Creactivity é uma das atividades lançadas pela EduCaixa e dirige-se a grupos escolares e respectivas famílias assim como também a pessoas de terceira idade e a coletivos e/ou associações. É um atividade que se adapta dependendo do público, sendo o nosso público alvo crianças dos 6 aos 16 anos de idade.

Um monitor acompanhará os usuários durante o processo de criação, em sessões gratuitas de 90 minutos por grupo (25 usuários aprox.)

projeto educativo Creactivity, da Fundação "la Caixa" e do BPI, que desde 2018 já passou por mais de 50 cidades em Portugal, conta com um total de 12.754 visitantes entre janeiro e junho de 2019. É um autocarro que se converte numa unidade móvel desenhado para despertar o engenho, a destreza e a criatividade das crianças e jovens.

Tem por objetivo estimular a capacidade de conceção e o desenvolvimento de soluções originais para problemas simples. Os jovens em idade escolar participam em actividades com materiais do quotidiano e ferramentas com diferentes graus de tecnologia para dar vida às suas próprias ideias.

De uma forma lúdica e colaborativa, permite explorar os materiais, planear, criar novos desenhos, utilizar materiais comuns e dar-lhes novas funções, através de propostas abertas e interdisciplinares. Também se trabalham outras competências mais transversais, como hábitos de aprendizagem cooperativos, autoconhecimento para a aprendizagem e a criação e realização de projetos.

Onde se realiza?

O espaço itinerante Creactivity situar-se-á em:

Vila Praia de Âncora no Parque Dr. Ramos Pereira os dias 16 e 18 de dezembro

Caminha no Largo da Feira os dias 17, 19 e 20 de dezembro

unnamedbancami2.png

RÉVEILLON E ALMOÇO DE ANO NOVO NO RINOTERRA MINHO

Programa completo inclui alojamento

O Rinoterra Minho apresenta um programa alargado de Passagem de Ano, em que o alojamento e o almoço de Ano Novo também são opção, para celebrar a entrada em 2020 num ambiente especial e acolhedor.

Rinoterra Minho (Caminha) (1).jpg

O Réveillon neste boutique hotel, situado no alto de Seixas (Caminha), abre com um cocktail de boas vindas, a que se segue o jantar, privilegiando um ambiente intimista e de qualidade. Canapés, uma entrada quente, prato principal (peixe ou carne), sobremesa e mesa de sobremesas natalícias à disposição fazem parte do evento. Vinhos seleccionados, digestivos (whisky e cognac, entre outros) e café estão também incluídos. À meia noite, como não podia deixar de ser, haverá um brinde com espumante e uvas passas. Momento especial e já emblemático é o fogo de artifício em Caminha, que é visível do hotel, que goza de uma localização privilegiada para isso. O preço do Réveillon é de 115€/ pessoa.

É possível optar, no entanto, por um programa completo, acrescentando ao jantar de Réveillon o alojamento (em quarto duplo) de 31 de Dezembro para 1 de Janeiro, ‘acordando’ com um pequeno-almoço tradicional, seguido de almoço de Ano Novo, acesso livre ao Spa e late check-out, por 425€ (2 pax).

As reservas podem ser feitas pelo email geral@rinoterra.com, tlm. 938 396 416/ 963 373 912 ou no site www.rinoterra.com.

Rinoterra Minho (Caminha) - Deck exterior.jpg

Rinoterra Minho (Caminha) - vista de janela.jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA: EM MEADOS DO SÉCULO PASSADO A ANTA DA BARROSA ERA PROPRIEDADE PARTICULAR

De acordo com correspondência trocada entre a Câmara Municipal de Caminha e a Direcção Geral da Fazenda Pública, durante o período compreendido de 16 de Novembro de 1942 a 16 de Março de 1943, a Anta da Barrosa, no concelho de Caminha, era à época propriedade particular e pertencente aos herdeiros de Rodrigo Rocha, da Vila da Praia de Âncora, que eram Maria José Rocha e Lídia Teresa Rocha.

Por seu turno, a Ponte de Vilar de Mouros sobre o Coura, no concelho de Caminha, fazia já parte da Estrada Municipal e foi reparada pelo Estado, por intermédio da Direcção dos Edifícios e Monumentos Nacionais.

Fonte: Arquivo do Ministério das Finanças

Capturarv1.PNG

Capturarv2.PNG

Capturarv3.PNG

Capturarv4.PNG

Capturarv5.PNG

Capturarv6.PNG

Capturarv7.PNG

Capturarv8.PNG

Capturarv9.PNG

Capturarv10.PNG

Capturarv11.PNG

Capturarv12.PNG

COMEÇOU A OBRA DE REQUALIFICAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA SECUNDÁRIA SIDÓNIO PAIS EM CAMINHA

Investimento rondaos 3,5 milhões de euros

Começou hoje, formalmente, a empreitada de requalificação e ampliação da Escola Secundária Sidónio Pais, em Caminha, um investimento que ronda os 3,5 milhões de euros e que corresponde a uma aspiração antiga da comunidade escolar, que este Executiva vai agora concretizar. Os contentores que vão acolher estudantes e pessoal docente, durante os trabalhos, já estão a ser instalados nos terrenos da escola e a transição vai fazer-se durante as férias de Natal, numa operação coordenada entre a Câmara, Junta de Freguesia de Caminha e Vilarelho e Agrupamento de Escolas Sidónio Pais.

Escola Sidónio Pais (1).jpg

Cerca de dezena e meia de contentores começou a chegar esta manhãao complexo escolar, por forma a que a transição e início da obra possa acontecer durante as férias de Natal, de modo a causar o menor transtorno possível à comunidade escolar e aos trabalhos letivos.

“Foi um processo difícil, mas conseguimos e esta é uma vitória que vai fazer a diferença nesta e nas próximas gerações. Até já havia quem se questionasse sobre se a obra da Escola Secundária Sidónio Pais seria mesmo uma realidade”, referiu Miguel Alves que assistiu, na Escola, à chegada dos equipamentos.

Como é público, este foi um processo difícil do ponto de vista burocrático, depois de um primeiro concurso internacional que ficou deserto. A Câmara foi assim forçadaa reformular o projeto e aumentar o esforço financeiro para o levar por diante, lançando o segundo concurso, que teve um desfecho diferente. Apurado o vencedor ainda antes do verão, foi necessário conseguir o visto do Tribunal de Contas e, finalmente foi adjudicada a obra. Por vontade do Agrupamento, a obra começa agora, por forma a acautelar, na medida do possível, a perturbação que um empreendimento desta envergadura sempre implica.

“Temos finalmente em marcha um projeto muito ambicioso, que encomendamos a um arquiteto que é professor na escola, o que faz toda a diferença. Investimos, neste processo,três anos de trabalho, mas chegamos à obra. Porventura ao contrário do passado, houve vontade política, fez-se o projeto e garantiu-se o dinheiro”, diz o presidente da Câmara”.Esta obra - continua – “é a resposta à necessidade de qualificar o nosso ensino dotando a escola de mais e melhores meios, servindo alunos, professores, funcionários e famílias e cumprindo com a missão nobre de melhorar o presente para transformar o futuro. Uma obra sempre pedida, sempre prometida e sempre adiada que agora se tornou realidade”.

Recorde-se que a Escolase situa num lote desnivelado de 22.340m2, na freguesia de Vilarelho, adjacente à estrada nacional.

Escola Sidónio Pais (2).jpg

Escola Sidónio Pais (3).jpg

Escola Sidónio Pais (4).jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA: ARROLAMENTO DOS BENS CULTUAIS DA FREGUESIA DE GONTINHÃES EM 1912

Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Gontinhães, concelho de Caminha e distrito de Viana do Castelo, constando de Igreja Paroquial de Santa Marinha de Gontinhães; Capela de São Brás; Capela do Calvário; Capela da Senhora das Necessidades, efectuado pela Comissão Jurisdicional dos Bens Culturais em em 13 de Março de 1912.

Capturarg1.PNG

Capturarg2.PNG

Capturarg3.PNG

Capturarg4.PNG

Capturarg5.PNG

Capturarg6.PNG

Capturarg7.PNG

Capturarg8.PNG

Fonte: Arquivo do Ministério das Finanças

PRIMEIRO PONTO DE CARREGAMENTO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS GARANTIDO NO CONCELHO DE CAMINHA

Acordo de parceria com a Galp Powera bem da descarbonização da economia

O Município de Caminhaquer continuar a contribuir para a transição energética e, através de um acordo com a Galp Power, vai garantir a instalação do primeiro ponto de carregamento de veículos elétricos no concelho. Trata-se de um ato de responsabilidade ambiental, em prol da descarbonização da economia. O acordo de parceria deverá ser aprovado hoje, em reunião do Executivo, que decorrerápelas 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Assumindo o seu papel no desenvolvimento sustentável e na promoção de práticas amigas do ambiente, a Câmara lançou um desafio à Galp Power, que se traduz agora neste acordo de parceria. A Câmara Municipal pretende, com esta atitude, proporcionar aos munícipes a possibilidade de carregarem as baterias dos seus veículos elétricos no concelho, promovendo a instalação de um ponto de carregamento rápido (PCR).

“Este acordo de parceria visa iniciar mais uma ação tendo em vista o objetivo da descarbonização da economia, aqui, na componentetransportes; o cumprimentos das metas do acordo de Paris e a promoção de mais um passo na necessária transição energética”, refere o presidente da Câmara.Miguel Alves diz ainda que o projeto começa com a instalação de um ponto, mas, mediante avaliação, poderá passar para três.

O Executivo vai ainda apreciar e votar um protocolo de parceria entre o Município de Caminha, Município dePonte de Lima e Município de Viana do Castelo para apresentação de candidatura“Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima”, a apresentar ao Programa Valorizar –Linha de apoio à valorização turística do interior – ratificação.

Da ordem de trabalhos para hoje constam ainda outras propostas: minuta do Contrato de Cedência de Utilização deInfraestruturas a celebrar entre o Município e a A.D.A.M. – Águas do Alto Minho,S.A.;Extinção da VALIMAR COM URB com a cedência de créditos àComunidade Intermunicipal do Alto Minho;Normas de participação no concurso de Montras de Natal;taxa de atualização tarifária máxima a aplicar em 2020 para oserviço de transporte público de âmbito municipal e concurso para arrendamento de uma loja exterior n.º 6 do MercadoMunicipal de Vaila Praia de Âncora.

FESTA DA MARIONETA LUSO-GALAICA ANIMA CAMINHA NOS DIAS 7 E 8 DE DEZEMBRO

Maluga chega, pela primeira vez, a Vila Praia de Âncora já no início de 2020

Caminha é a capital da marioneta nos dias 7 e 8 de dezembro com a promoção de mais uma edição da Festa da Marioneta Luso-Galaica – Maluga- e que este ano traz muitas novidades. Oficinas divertidas, animação de rua e vários espetáculos com destaque para o reportório do teatro tradicional de fantoches português, o Dom Roberto, vão dar o mote a esta 5ª edição. Pela primeira vez, o Maluga vai chegar a Vila Praia de Âncora já em janeiro de 2020, com vários espetáculos dirigidos para a comunidade escolar.

3M1A3195.jpg

O festival da marioneta é promovido pela companhia de teatro Krisálida e resulta de uma parceria com a Câmara Municipal de Caminha, reunindo companhias de marionetas de Portugal e da Galiza (Espanha), entre espetáculos em sala e na rua, mas também com oficinas de construção de marionetas para crianças a partir dos 4 anos.

De acordo com Carla Magalhães, diretora artística da Krisálida, “o festival não para de crescer e na edição deste ano apostamos na forma popular portuguesa do teatro de marionetas de luva em Portugal, o Teatro Dom Roberto, uma relíquia da cultura popular nacional. Vamos ter dois espetáculos deste género, pela companhia MãoZorra através do fantocheiro/roberteiro João Costa, recuperado de mestres que o faziam de forma bastante intensiva em Portugal até aos finais da década de 1960, além de uma nova peça que este artista criou dentro da matriz deste teatro”.

Como já referimos, esta edição conta com um programa aliciante e vai levar a marioneta, pela primeira vez, a Vila Praia de Âncora. São muitos os espetáculos a que poderemos assistir nos dias 7 e 8 de dezembro.

O dia 7, começa com o espetáculo "A girafa que comia estrelas", protagonizado pelo Movimento InCriativo, de Arcos de Valdevez, no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, pelas 11H00. Trata-se de uma adaptação do conto homónimo de José Eduardo Agualusa.

Da parte da tarde, pelas 15H30, a Praça do Conselheiro Silva Torres é palco do Teatro D. Roberto"O Caçador", encenado por MãoZorra – Teatro de Marionetas. O Teatro Dom Roberto é um género popular de teatro de marionetas português em que todas as personagens falam com "voz de palheta", levando a que o vocabulário se baseie em palavra e onomatopeias em que a letra 'R' é predominante. Este género terá chegado a Portugal no século XVII, através de marionetistas italianos e franceses.

O primeiro dia do festival termina no Valadares com a exibição da peça "Auga que non vas beber", pela companhia galega Fantoches Baj. É uma comédia musical para marionetas com canções populares e da memória coletiva na península ibérica, como "A Saia da Carolina" ou "O sermão do padre Damião".

No domingo, dia 8, decorrerão as oficinas divertidas com a construção de marionetas de mesa por crianças, projeto denominado "Quem é quem?" e que é conduzido pela companhia Historioscópio, do Porto. As crianças terão a oportunidade de dar corpo às personagens da sua imaginação, construindo-as e dando-lhes vida, além de criar as suas próprias histórias. As oficinas decorrerão nos Paços do Concelho a partir das 10H00.

Pelas 15H30, o Teatro Dom Roberto está de regresso à Praça Conselheiro Silva Torres, com a história "O Barbeiro", em que Roberto, o protagonista destas histórias, vive uma aventura no dia do seu casamento com a polícia e o diabo à mistura. De seguida é apresentada a história "A Tourada", retratando uma verdadeira tourada à portuguesa, mas com um touro que é doce e que gosta de festinhas.

Esta edição termina no Valadares, pelas 17H00, com o espetáculo “João Pateta”, pela companhia Historioscópio – Teatro de Marionetas. A partir dos Contos para a Infância de Guerra Junqueiro, “João pateta” aborda o imaginário das histórias tradicionais do meio rural, contadas e recontadas oralmente de geração em geração. A peça tem a particularidade de ser acompanhada por música ao vivo, com uma banda sonora original ao estilo dos 'blues'.

Este projeto é apoiado pela dgArtes – Direção Geral das Artes.

flyer maluga_1.jpg

flyer maluga_2.jpg

flyer maluga_3.jpg

flyer maluga_4.jpg

CONCELHO DE CAMINHA PRESTES A ATINGIR PATAMAR DE EXCELÊNCIA EM MATÉRIA DIGITAL

Parceria com a Altice levará fibra ótica a 95% do território

O concelho de Caminha alcançará em breve um patamar de excelência em matéria digital, através da expansão da rede de fibra ótica, que atingirá uma taxa de disponibilidade de 95% em relação ao número de fogos do concelho. O investimento será realizado pela Altice Portugal, tendo sido assinados hoje os necessários protocolos, entre a operadora e o Município.

foto (3)caminhacmam.jpg

A revolução digital é o desafio que hoje se coloca às pessoas e às empresas e Caminha está na vanguarda desta revolução, que terá repercussões determinantes na economia e na qualidade de vida dos munícipes e visitantes. Intervindo na cerimónia de hoje, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara sublinhou a importância de se comunicar melhor e mais rápido, recordando que a indústria dominante no concelho, o turismo, depende em larga escala das novas autoestradas da informação. Daí – reforçou - a estratégia que tem vindo a ser seguida, sobretudo nos últimos dois anos, em que o Município investiu de forma massiva na fibra ótica, o que permitiu atingir uma taxa de cobertura entre os 70 e os 75%. O investimento que agora permitirá atingir o patamar dos 95% será, no quadro dos protocolos, suportado pela Altice, colaborando o Município através, entre outros, da disponibilização das suas infraestruturas.

foto (2)caminhacmam.jpg

Miguel Alves fez uma retrospetiva, lembrando que da revolução de 25 de Abril emanaram novas revoluções ao nível das autarquias locais, com os primeiros autarcas do Portugal Democrático a traçarem as redes viárias que ligaram populações e territórios, seguindo-se as redes de abastecimento de água e saneamento, um processo ainda não concluído.

Mas hoje, disse Miguel Alves, os desafios em que o concelho está envolvido são o da expansão da rede de gás natural, uma forma de contribuir também para a descarbonização; sendo o segundo grande desafio o da rede de fibra ótica que, com a parceria agora firmada, colocará o concelho num patamar de excelência, mostrando-se convicto que, no final, os 5% restantes, também serão alcançados.

Miguel Alves deu conta de um fenómeno que está a acontecer no concelho e que ainda passa relativamente despercebido. Prende-se com a crescente fixação de estrangeiros, pessoas ativas no mercado de trabalho, que, fruto das novas tecnologias e pertencendo a empresas de vários países, desenvolvem a sua atividade a partir de casa, como já acontece em tantas metrópoles, um pouco por todo o mundo.

Uma ideia que, aliás, o CEO da Altice Portugal também reforçou: Alexandre Fonseca sublinhou que o concelho de Caminha é hoje, reconhecidamente, um território de progresso e desenvolvimento, continuando (como já o foi historicamente) a assumir-se como um posto avançado, mas desta vez na revolução digital. Da mesma forma que em Lisboa ou no Porto, também a partir de Caminha se poderá trabalhar “em” Xangai, Nova Iorque ou Paris, já que as verdadeiras autoestradas de relevo são agora as da informação.

Alexandre Fonseca revelou que, em termos globais, em Portugal, 4,9 milhões de casas já se encontram com cobertura de fibra ótica de última geração, estando a Altice Portugal a menos de 10% de atingir o objetivo de 5,3 milhões de casas, 27 mil lugares, 308 concelhos e mais de três milhões de quilómetros de fibra, que vão tornar Portugal o primeiro país da Europa com cobertura praticamente integral de fibra ótica.

O CEO disse ainda que a empresa tem dois vetores essenciais, o investimento em tecnologia e a proximidade ao território, trazendo inovação, sem descurar a responsabilidade social. Nesta última área, e à margem dos protocolos, a Altice ofereceu tablets ao Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, uma forma da empresa contribuir para a criação de oportunidades iguais para todos os jovens e para a construção da sociedade da informação e acesso às tecnologias de informação e comunicação. Os aparelhos foram entregues às representantes do Agrupamento, as professoras Conceição Rodrigues e Maria do Céu Silva.

Da mesma forma, em representação do Programa Operacional de Apoio à Pessoa Carenciada do Concelho de Caminha, que trabalha em parceria com o Banco Alimentar, a vereadora da Ação Social, Liliana Ribeiro, recebeu da Altice um cheque de 750 euros.

foto (1)caminhacmam.jpg

LUZES DE NATAL BRILHAM A PARTIR DE SEXTA-FEIRA NAS PRAÇAS CENTRAIS DE CAMINHA E VILA PRAIA DE ÂNCORA

Cinema, mercados de Natal, exposições, concertos, teatro, desporto e animação vão marcar a Quadra Natalícia no concelho. Com uma programação diversificada, são muitas as razões para visitar Caminha até ao início de 2020, com destaque para a noite de fim de ano, com a atuação dos BMRNG, grupo vencedor do programa “La Banda”, transmitido pela RTP. Para o município os objetivos são fazer do concelho a primeira escolha como destino de férias e potenciar a economia local.

69745438_2542367699151077_6519902441436086272_o.jpg

A programação de Natal arranca ainda este mês com a inauguração da iluminação de Natal, no dia 29, nas duas vilas do concelho. Em Caminha, decorrerá pelas 18H30, na Praça Conselheiro Silva Torres e, em Vila Praia de Âncora, pelas 19H00, na Praça da República. Contudo, os preparativos já são visíveis para que a partir do dia 29, as ruas sejam um convite ao passeio. Nesse mesmo dia, ainda decorrerá um concerto protagonizado pela Tuna da Academia Sénior de Caminha, no Teatro Valadares, pelas 21H30, cuja entrada é gratuita.

A Rota da Rabanada volta a marcar a programação de Natal. De 1 a 31 de dezembro, vai ser possível experimentar dezenas de rabanadas diferentes no restaurantes pastelarias e cafés aderentes do concelho de Caminha.

O cinema também estará bem presente nesta quadra: nos dias 6 e 7 de dezembro, está em exibição no Cineteatro dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora, o filme “Frozen 2 – O reino do gelo”; nos dias 20 e 21, o filme “Last Christmas” e, no dia 23, o filme “A Ovelha Choné: a quinta contra-ataca”. Recorda-se que o bilhete tem um preço de 3,5€ e reverte a favor dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

O teatro é outras das possibilidades. No dia 30 de novembro, no Cineteatro dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora vai subir ao palco o espetáculo infantil “O Lago da Aventura”. Nos dias 7 e 8 de dezembro, Caminha recebe a V Festa da Marioneta Luso Galaica – Maluga; nos dias 21 e 22, terá lugar o a peça de teatro “Os três traquinas”, uma organização Porta de Cena, em Caminha e Vila Praia de Âncora, respetivamente e, no dia 22, a comédia “E se Maria fosse … uma mãe imperfeita?”.

No âmbito daprogramação desportiva, no dia 7 de dezembro, terá lugar a II São Silvestre Caminhense e, no dia 21, o Passeio de Pai Natal em Bicicleta.

Quanto à música, são vários os concertos que vão animar os dias e as noites no concelho: no dia 7 de dezembro, na Igreja Matriz de Caminha, terá lugar o concerto “Glória – Vivaldi RV 589”, a cargo do Coral de Santa Joana, Orquestra Ars Lusitanae e Orfeão de Vila Praia de Âncora; no dia 14, a Igreja Matriz de Vila Praia de Âncora acolhe o 37º Concerto de Natal, protagonizado pelo Orfeão de Vila Praia de Âncora; no dia 22, a Igreja Matriz de Caminha, recebe mais um Concerto de Natal, a cargo da Academia de Música Fernandes Fão e, no dia 1 de janeiro de 2020, a Igreja Matriz de Caminha volta a ser palco do Concerto de Ano Novo, a cargo da Sociedade Musical Banda Lanhelense.

De 13 de dezembro a 5 de janeiro, a Vila de Caminha vai expor uma mostra de presépios ao ar livre denominada “Caminha pelos Presépios”. Para tal, foi lançado um desafio a todas as IPSS’s, paróquias e associações do concelho para que criassem o próprio Presépio.

Nos dias 14 e 15 de dezembro, as praças das duas vilas do concelho vão acolher o Mercado de Natal, onde será possível adquirir os mais variados produtos da região.

O grande momento desta programação é a Festa da Passagem de Ano, este ano, com os BMRNG, vencedores do programa da RTP “La Banda”. O grupo foi formado pelos cinco vencedores do concurso da RTP1 “La Banda”, foi aplaudido por um júri exigente e encheu o Campo Pequeno no lançamento do seu primeiro single. Este é o concerto que o Município de Caminha está a preparar para um evento muito esperado e de reconhecido prestígio, que atrai milhares de pessoas a Caminha, Onde o Norte Passa o Ano.

Nos meses de dezembro e janeiro está de volta o concurso “O Natal é na Rua”, organizado pela Associação Empresarial de Viana do Castelo e cujo objetivo é incentivar as compras no comércio tradicional.

72360082_2542367759151071_4375835804992274432_o.jpg