Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS: GRUPO DE TEATRO PIONEIROS DA UCHA CELEBRA 30 ANOS EM CENA

Grupo de teatro da Ucha estreia peça em dia de aniversário

| Grupo amador do concelho de Barcelos festeja 30 anos na próxima terça-feira, dia 16.

| Os Pioneiros da Ucha estreiam peça “A consequência da verdade”.

Vivem porta com porta, mas ainda não se conhecem. Carmo e Joaquim chegaram há pouco a Lisboa. Maria e Pedro decidem convidá-los para um jantar. O objetivo é conhecer o novo casal de vizinhos, mas as descobertas podem comprometer um bom relacionamento.

Abril_Lembranca-1.jpg

“A consequência da verdade” é a história que o grupo de teatro amador da Ucha, Barcelos, tem estado a preparar desde o início do ano.

A primeira apresentação está marcada para terça-feira e o dia não é ao acaso.

O grupo arrancou a 16 de abril de 1989 e, por isso, festeja 30 anos.

“Queremos agradecer ao público que nos tem acompanhado ao longo destas três décadas com uma nova peça”, explica Filipe Gomes, presidente e encenador do grupo. A trama entre vizinhos passa-se durante o jantar mas avança para um jogo de ‘poker’ que se transforma em ‘strip poker’.

A comédia de dois atos vai estrear no salão paroquial da Ucha, em Barcelos, às 21h. Este é o quarto espetáculo de 12 que o grupo de teatro amador da freguesia barcelense tem previsto para este ano.

Tem sido uma apresentação por mês e prometem continuar até dezembro. “Fazemos teatro por gosto.

Nenhum de nós o faz com algum interesse a não ser pelo convívio e pelo gozo em proporcionar um momento divertido às pessoas”, acrescenta Filipe Gomes.

“Sabe sempre muito bem a todos nós ver os sorrisos de quem assiste aos espetáculos”, conclui.

A tradição do teatro na Ucha, em Barcelos, é centenária. Os primeiros registos de encenações na freguesia remontam ao início da década de 20.

IMG-20190408-WA0013 (1).jpg

VIZELA APROVA PLANO OPERACIONAL MUNICIPAL

Aprovado Plano Operacional Municipal (POM) de Vizela

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Vizela aprovou por unanimidade o Plano Operacional Municipal (POM) de Vizela para o ano de 2019 apresentado pelo Gabinete Técnico Florestal do Município, em reunião do dia 15 de Abril.

POM.JPG

A Comissão, presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Victor Hugo Salgado é composta pelos cinco Presidentes das Juntas de Freguesia, pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, pelo Comandante do Posto da Guarda Nacional Republicana de Vizela, pelo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vizela, e pela Associação Silvicultores do Vale do Ave.

Esta Comissão é uma estrutura de articulação, planeamento e ação, que tem como missão a coordenação dos programas de defesa da floresta, a desenvolver no combate aos incêndios florestais, ao nível do Município de Vizela, em complemento da Diretiva Operacional Nacional n.º 2 -"Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais".

No Plano aprovado ontem estão definidos os meios humanos e respetivos contactos, os meios técnicos e materiais que serão utilizados nas operações de vigilância e deteção, fiscalização e primeira intervenção, combate, rescaldo e vigilância pós-incêndio, bem como a sua coordenação no teatro de operações e a cartografia de apoio à decisão.

Assim, com este planeamento municipal, pretende-se acautelar uma intervenção mais rápida nos incêndios na sua fase inicial, para assim se limitar o seu desenvolvimento.

De realçar que este Executivo Municipal definiu a área de proteção civil como uma prioridade tendo procedido no início deste mandato ao reforço dos equipamentos da Proteção Civil, com a aquisição de uma viatura 4x4 com diverso equipamento e a constituição da equipa de prevenção de Proteção Civil, que foi também devidamente equipada com o fardamento respetivo.

CABECEIRAS DE BASTO: BARRAGEM DO FRIDÃO NÃO AVANÇA!

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto entende positivo o fim do impasse

O Programa Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroelétrico (PNBEPH) aprovado pelo Governo Português, em 7 de dezembro de 2007, tinha como objetivo aproveitar o potencial hidroelétrico nacional, mediante a implantação de novos aproveitamentos hidroelétricos, nomeadamente o Aproveitamento Hidroelétrico do Fridão, barragem que afetava o território dos concelhos de Amarante, Celorico de Basto, Mondim de Basto, Cabeceiras de Basto e Ribeira de Pena.

A execução do PNBEPH teve início com o lançamento de concursos públicos para a atribuição das concessões da conceção, construção e exploração de 10 aproveitamentos em Portugal e, em 17 de dezembro de 2008, foi celebrado o contrato de adjudicação da concessão do Domínio Hídrico do Aproveitamento Hidroelétrico do Fridão, entre o Estado Português e a EDP – Produção.

Seguiram-se anos de negociações no sentido de se definirem e acertarem as medidas de compensação socioeconómica a conceder a cada um dos municípios afetados. Houve avanços e recuos vários e, quando Cabeceiras de Basto e a EDP haviam chegado a uma plataforma de entendimento quanto às referidas compensações, surgiram notícias da perda de interesse por parte da EDP-Produção em avançar com a construção do Aproveitamento Hidroelétrico do Fridão.

Por via da reavaliação do Plano Nacional de Barragens, o Governo Português, em 18 de abril de 2016, decidiu adiar o projeto do Aproveitamento Hidroelétrico do Fridão pelo período de três anos.

Hoje, dia 16 de abril, quando estamos prestes a atingir o fim do período de adiamento do projeto, o Ministro do Ambiente anunciou que a Barragem de Fridão não será construída.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto que nunca se opôs à construção da barragem, mas que também nunca tomou qualquer posição de favor quanto à mesma, aceitando apenas a decisão do governo português de promover o melhor aproveitamento dos recursos naturais, como a água para a produção de energia, vê como muito positivo o fim do impasse que durava há vários anos.

FAMALICÃO SERVE ROJÕES À MODA DO MINHO

Festas de Maio trazem “Dias à Mesa” com Rojões e muita animação. Fim-de-semana gastronómico decorre de 10 a 12 de maio

Um dos restaurantes mais antigos de Vila Nova de Famalicão, a Casa Pêga que já conta mais de 60 anos, vai associar-se à iniciativa gastronómica “Dias à Mesa”, promovida pelo município famalicense durante a Festa de Maio – Flores e Trocas, que decorre nos dias 8 e de 10 a 12 de maio.

DSC_5732.JPG

Os Rojões são a proposta para este fim-de-semana que promete atrair muitos turistas ao território, conjugando os melhores paladares com uma agenda cultural diversificada e animada, proporcionando uma experiência completa dos sentidos. Este é, aliás, o principal objetivo dos “Dias à Mesa”, que arrancou no Carnaval, com o cozido à portuguesa.

Ao longo do ano, contam-se oito fins-de-semana gastronómicos sempre associados a eventos culturais e desportivos do município.

Para além da Casa Pêga, participam ainda nesta edição outros conceituados restaurantes, como a Colina do Ave, Fondue, O Tosco, O Prato, Outeirinho, Porta Enxerto, Sara Cozinha Regional e Torres. Os turistas que participarem na iniciativa usufruem de um desconto de 10 por cento no período correspondente nas casas de alojamento aderentes.

“Famalicão tem todas as condições para proporcionar uma estadia enriquecedora do ponto de vista cultural e gastronómico aos visitantes que nos procuram por esta altura do ano”, adianta o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, salientando que “Os Dias à Mesa” são um “projeto turístico com dimensão horizontal, que junta a gastronomia com outros atrativos, chamando até Vila Nova de Famalicão mais visitantes e com maior permanência”.

Tipicamente minhoto, os rojões são um prato confecionado com ingredientes diversos, que se associam às Festas de Maio, pela sua tradição e culturalidade. Enquanto a a Feira das Trocas se destaca pelas exposições de gado bovino, o mercado de produtos típicos da região e tabernas populares, a festa da flor é marcada pela batalha das flores, uma tradição secular que embeleza e perfuma toda a cidade. A animação essa é garantia com espetáculos e atividades culturais e musicais.

Programação dos Dias à Mesa disponível em https://www.famalicao.pt/_dias_a_mesa

"MESA DE CABECEIRAS" É APRESENTADA AMANHÃ NO PORTO

Iniciativa integrada no programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’ é apresentada no Porto Welcome Center

É apresentada amanhã, dia 17 de abril, pelas 16h00, no Porto Welcome Center (sito na Praça de Almeida Garrett 27, Porto), a iniciativa ‘Mesa de Cabeceiras’, ação promocional que contará com a presença do vice-presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Inácio Ribeiro. Marcarão, igualmente, presença no evento o vice-presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Mário Machado, e a vereadora do Turismo e da Cultura, Carla Lousada.

Mesa de Cabeceiras - TPNP - Apresentação (17-04-2019).png

Os renomados Chefs António Loureiro, Paula Peliteiro e António Costa estarão, também, presentes nesta apresentação pública da ‘Mesa de Cabeceiras’ que incluirá uma degustação de produtos locais e também de tradição gastronómica beneditina. Neste âmbito contaremos, igualmente, com a presença dos chefs Paulo Castro e Teresa Mendes. A especialista em gastronomia conventual, Anabela Ramos, dará também a conhecer algumas especificidades dos sabores beneditinos, assim como a investigadora Arminda Costa.

Esta experiência de contacto com produtos endógenos das terras de Basto será combinada com as influências dos saberes e sabores beneditinos e com a criatividade dos Chefs convidados para o evento. No total, serão três os momentos distintos em que profissionais e dirigentes de turismo, críticos gastronómicos, empresários de restauração e hotelaria, comunicação social e influencers, se sentarão à ‘Mesa de Cabeceiras’. Carnes, vinhos, ervas condimentares, compotas, mel e licores, partilharão, nos próximos meses, a mesa de três espaços distintos em Guimarães, Braga e Porto, onde será promovida a gastronomia Cabeceirense pela ‘mão’ dos Chefs António Loureiro, recentemente galardoado com uma estrela Michelin, Paula Peliteiro e António Costa.

A Mesa de Cabeceiras é um evento de degustação e exaltação da carne cabeceirense, onde os chefs convidados trabalharão três tipos de carne: barrosã, maronesa e minhota.

A iniciativa visa a promoção dos melhores sabores Cabeceirenses, bem como a afirmação de Cabeceiras de Basto como destino gastronómico pela qualidade dos seus produtos endógenos.

VILA PRAIA DE ÂNCORA: O PERIGO ESTÁ AO ALCANCE DAS CRIANÇAS!

Na Rua Dr. Mesquita da Silva, em Vila Praia de Âncora, um candeeiro de iluminação pública possui o painel eléctrico sem qualquer protecção. A escasso meio metro do solo, o perigo encontra-se ao alcance de uma criança cuja curiosidade a leve a estender a mão em direcção ao perigo… fazemos votos que o nosso alerta sirva para precaver eventual acidente!

DSCF4211.JPG

DSCF4209.JPG

DSCF4212.JPG

DSCF4210.JPG

AMARES ASSINALA SEMANA DO ASSOCIATIVISMO

IV Semana do Associativismo de 24 a 27 de abril em Amares O Teatro “Entre 4 paredes” dá o pontapé de saída na IV Semana do Associativismo de Amares, iniciativa organizada pelo Gabinete do Associativismo, Desporto e Juventude da Câmara Municipal, em articulação com associações concelhias, que decorre entre os dias 24 e 27 de abril. Dinamizar o tecido associativo, promover as associações locais e incentivar a participação juvenil nas dinâmicas associativas do concelho são alguns dos objetivos que dão corpo a esta semana.

IV Semana do Associativismo.jpg

“Amares é atualmente um concelho marcado por uma forte dinâmica social, cultural e desportiva, com diversas iniciativas e muitas e variadas coletividades que cumprem um importante papel na sociedade naquilo que ao movimento associativo diz respeito. Esta semana permite, a título de exemplo, valorizar e celebrar o trabalho que é desenvolvido por essas mesmas coletividades, em articulação constante com o Município de Amares, em prol do dinamismo e vitalidade do nosso concelho”, refere a propósito o presidente da Câmara, Manuel Moreira.

O programa de atividades arranca, assim, no dia 24, com a peça de teatro “Entre 4 paredes”, promovida pelo CDRC Amarense, a partir das 21h30, no Largo Dom Gualdim Pais.

No dia em que se assinala a Revolução dos Cravos, além das comemorações oficiais do 25 de Abril a evocar os valores da Liberdade, e que contemplam uma série de iniciativas previstas para o período da manhã (a partir das 10h00) no Largo do Município, o desporto ganha vida através da iniciativa “Caminhar em Liberdade”, promovida pelo Agrupamento de Escuteiros de Rendufe – Caminheiros, com saída marcada para as 14h30, no Mosteiro de Rendufe. Às 15h00, o campo do Futebol Clube de Amares recebe o Torneio de Futebol da Proteção Civil Concelhia.

Já no dia 26, à noite, a Biblioteca Municipal de Amares acolhe uma tertúlia associativa.

A fechar o programa da IV Semana do Associativismo de Amares, no dia 27 de abril, são inauguradas as obras de Requalificação do Parque Desportivo de Santo André de Rendufe. Às 15h00 vai ter lugar a cerimónia de inauguração, seguida de um jogo de futebol disputado entre o Rendufe e autarcas e de um lanche convívio.

VALENCIANOS ATRAVESSAM O RIO MINHO COM A CRUZ PASCAL

Páscoa Sem Fronteiras em Valença. Cruz Pascal Atravessa o Rio Minho de Barco

A Cruz Pascal vai atravessar o Rio Minho, num tradicional compasso pascal transfronteiriço, com o emblemático Lanço da Cruz. Segunda-feira de Páscoa, 22 de Abril, às 17h, o rio Minho é o palco para uma tradição popular e religiosa onde milhares de minhotos e galegos mostram a sua fé.

unnamedPASRIOGAL.jpg

Uma Festa em Dois Países

O Santuário da Senhora da Cabeça, na freguesia valenciana de Cristelo Côvo, o Cais de Sobrado - Torron, em Tomiño (Galiza) e o rio Minho são os recintos de uma autentica romaria galaico-minhota que decorre sempre na segunda-feira imediata ao fim de semana da Páscoa.

Lanço da Cruz e Procissão Fluvial

Da romaria destaca-se o emblemático Lanço da Cruz.

Ao entardecer, depois da visita pascal a Cristelo-Côvo, o pároco com a Cruz Pascal, entra num barco de pesca e dirige-se até à margem espanhola onde dá a cruz a beijar. Entretanto os pescadores lançam as redes benzidas ao rio. Todo o peixe que sair no lance é para o pároco. Com o pároco português regressa, no barco, o pároco de Sobrado – Torron, concelho de Tomiño (Galiza), dando a cruz a beijar aos peregrinos que aguardam junto ao rio, na margem portuguesa. Várias embarcações portuguesas e galegas acompanham este compasso pascal, numa castiça e autêntica procissão fluvial, nas águas do Minho.

Romaria Galaico Minhota

Até à noite os sons das gaitas de foles misturam-se com os das concertinas, das castanholas, o rufar dos bombos e tambores numa autêntica romaria galaico-minhota.

Os Merendeiros do Carneiro da Páscoa

Na terça-feira, 23 de Abril, merece especial referência a missa para os peregrinos da Galiza, celebrada em galego, por um padre da Galiza. Neste dia também, por tradição, os peregrinos desfrutam dos seus merendeiros nas sombras do parque comendo, sobretudo, o que sobrou do carneiro ou cabrito da Páscoa.

A tradição do Lanço da Cruz é uma manifestação religiosa e popular muito acarinhada pelas populações da raia minhota que ano após ano atrai um maior número de populares e turistas.

ARCOS DE VALDEVEZ RELIZA FESTIVAL CELTA

CRAV organiza Festival de Rugby para 6 escalões etários: cerca de 300 atletas, 22 equipas e 40 jogos é o balanço do certame.

Tudo se passou no dia 13 de abril. Como é habitual, o CRAV organiza o seu festival em data a rondar o dia de Páscoa. Desta vez, foi antes, com muitas equipas, convidados de Espanha e França e o Campeão Nacional absoluto o C.F. Belenenenses.

Celta foto.jpg

O Festival dividiu-se me três partes. A primeira, realizada na parte da manhã, envolveu os mais pequenos, com sub 8, sub 10 e sub 12. Mais de 200 atletas em campo, com especial destaque para os amigos do C.R. Vigo da viainha Galiza.

Com o tempo a ajudar (não choveu de manhã) as futuras promessas mostraram a sua habilidade e a sua vontade em singrarem na modalidade, contudo sem exageros: como é habitual, os resultados dos jogos não foram afixados, nem sequer escritos, para se não desenvolverem e proporcionarem excessos de competitividad. Deste modo, e mais uma vez, quem ganhou foio Rugby: atletas, pais, treinadores e dirigentes, todos valorizaram o aspeto lúdico, respeitando os valores do desporto, contribuindo para a educação desportiva das jovens promessas.

De tarde, foi a vez dos seniores do CRAV realizarem o seu jogo a contar para os quartos de final da Taça de Portugal, com receção do C.F. "Os Belenenses", campeões em títuloda Divisão de Honra. Já desigual à partida, pelo percurso, potencial e ambições de cada uma das equipas, o desequilíbrio acentuou-se com as contingências da competição: os visitantes estavam na sua máxima força, enquanto que os arcuenses se apresentaram debilitados, por força de algumas lesões e de algumas impossibilidades pessoais. O resultado ficou nuns expressivos 3-66, que não corresponderam à valente oposição que os minhotos fizeram.

Por fim, foram os sub 18 a fazer a festa do Celta. A equipa do CRAV recebeu os franceses do RUSH - Rugby Saint Herblain, que vieram conhecer o rugby e a região de Arcos de Valdevez. Num jogo equilibrado e muito disputado, os visitados conseguiram impor-se por 19-5, num jogo movimentado e intenso, muito agradável para quem assistiu.

É importante referir que os jogos de Rugby têm três partes. Por isso, os sub 8, sub 10 e sub 12 foram todos contemplados com um lanche oferecido pela organização no final do convívio, assim como o mesmo sucedeu no caso de jogo de seniores. No caso dos sub 18, e dado que foi ao final da tarde, com ambas as equipas sem ter que fazer viagens, foi realizado uma jantar no Estádio Municipal de Rugby de Arcos de Valdevez, que decorreu com o habitual desportivismo e boa disposição dos homens (e mulheres) do Rugby.

Celta foto 2.jpg

Cartaz Celta.jpg

PONTE DA BARCA ENSINA A CONFECCIONAR FOLAR DA PÁSCOA

Município barquense promoveu Showcooking de Folar da Páscoa

Foi na tarde do passado sábado, na Loja Interativa de Turismo de Ponte da Barca que um folar da Páscoa foi confeccionado num Showcooking promovido pela autarquia barquense, em colaboração com a Pastelaria Caracas.

A melhor parte ficou para o final, aquando da degustação pelos presentes, de entre os quais o Vice-presidente da autarquia barquense, José Alfredo Oliveira, deste saboroso doce tradicional da época pascal.

Capturarbbbar.PNG

TERRAS DE BOURO VÊ PASSAR AUTOMÓVEIS ANTIGOS

2ª edição do Norte Classic em Terras de Bouro

A Portugal Classic, em conjunto com o Clube Português de Automóveis Antigos e contando com a colaboração do Município de Terras de Bouro, organizou nos dias 12, 13 e 14 de abril, a 2ª edição do Norte Classic, um rali de regularidade histórica, inserido no calendário da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

DSC_0032.JPG

O périplo caracterizou-se pelo espectacular desfile de automóveis clássicos, modelos verdadeiramente únicos que se destacaram pelo seu glamour e especificidade. A passagem por Terras do Bouro realizou - se no dia 13 de abril com uma concentração no Núcleo Museológico de Vilarinho da Furna, seguida de uma visita a este espaço onde a Chefe de Gabinete da Presidência do Município de Terras de Bouro, Drª Liliana Machado deu as boas-vindas aos participantes.

DSC_0001.JPG

DSC_0002.JPG

DSC_0003.JPG

DSC_0006.JPG

DSC_0007.JPG

DSC_0008.JPG

DSC_0010.JPG

DSC_0011.JPG

DSC_0012.JPG

DSC_0013.JPG

DSC_0014.JPG

DSC_00031.JPG

TERRAS DE BOURO REALIZA SIMULACRO DE ACIDENTE EM AMBIENTE ESCOLAR

Simulacro no Agrupamento de escolas de Terras de Bouro

O Município de Terras de Bouro, juntamente com o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, Bombeiros Voluntários e a Guarda Nacional Republicana, realizou um simulacro de acidente. O cenário passou por um incêndio num dos laboratórios de informática da escola. O objectivo desta atividade passou por treinar, formar e rotinar a comunidade escolar para os Procedimentos de Evacuação constantes no Plano de Emergência Interno da Escola em caso de ocorrência de incêndio.

IMG_4832.JPG

Meios envolvidos:

  • Agrupamento de Escola de Terras de Bouro
  • Município de Terras de Bouro – Serviço Municipal de Proteção Civil
  • Corpo de Bombeiros de Terras de Bouro
  • Guarda Nacional Republicana – PT de Terras de Bouro
  • IMG_4811.JPG

    IMG_4812.JPG

    IMG_4816.JPG

    IMG_4819.JPG

    IMG_4821.JPG

    IMG_4822.JPG

    IMG_4824.JPG

    IMG_4825.JPG

    IMG_4830.JPG

    IMG_4840.JPG

    IMG_4842.JPG

    IMG_4859.JPG

TERRABOURENSES CAMINHAM PELA PENEDA-GERÊS

Peneda-Gerês Trail Adventure começou a 13 de abril e decorrerá até dia 20

A prova Peneda-Gerês Trail Adventure®, que decorre de 13 a 20 de abril, conta com a participação de 900 atletas de 30 nacionalidades diferentes, das quais se destaca a Holanda com maior número de participações. Os participantes poderão desafiar-se em várias provas: PGTA 8 dias /7 etapas, PGTA 4 dias/4 etapas ou nas várias distâncias da prova aberta TransPeneda-Gerês.

FB_IMG_1555246974564.jpg

A prova aberta TransPeneda-Gerês, que se realizou no 1º dia do evento, dia 13 de Abril, destinou-se a participantes que apenas fazem um dia de prova. Esta prova aberta contou com as distâncias de 80km, 45km, 25km e 11km e recuperou percursos usados no Campeonato do Mundo de Trail de 2016, que se realizou no Parque Nacional Peneda-Gerês. Já o PGTA 8 dias/7 etapas terá lugar de 13 a 20 de Abril. Será possível correr 212 Km ou, em alternativa, apenas 134 Km na versão Starter. O PGTA 4 dias/4 etapas terá lugar de 13 a 16 de Abril e será possível correr 135 Km ou, em alternativa, apenas 80 Km na versão Starter. Os participantes poderão apreciar as incomparáveis belezas do único Parque Nacional de Portugal, declarado pela UNESCO, em 2009, Reserva Mundial da Biosfera – o Parque Nacional Peneda-Gerês!

Este importante evento desportivo, que conta com o apoio do Município de Terras de Bouro, da ADERE Peneda-Gerês e das Câmaras Municipais de Arcos de Valdevez, Melgaço, Ponte da Barca, Montalegre e com a autorização do Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG), é uma organização do Carlos Sá Nature Events e desenrola-se ao longo de 7 dias, sendo que, os percursos passarão por alguns dos mais emblemáticos locais do Parque Nacional Peneda Gerês, com uma riqueza e um património natural e cultural únicos em Portugal.

Mais informações em: https://www.carlossanatureevents.com/

20190413_153936.jpg

20190413_154456.jpg

20190413_154632.jpg

20190413_160650.jpg

20190413_160852.jpg

20190413_160933.jpg

20190413_161035(0).jpg

20190413_161206.jpg

20190413_161346.jpg

20190413_161407.jpg

FB_IMG_1555247010227.jpg

FB_IMG_1555247035926.jpg

FB_IMG_1555247621582.jpg

FB_IMG_1555247628833.jpg

FB_IMG_1555247650210.jpg

FB_IMG_1555247681239.jpg

ESCRITORA CABECEIRENSE FERNANDA CARNEIRO CONTA HISTÓRIAS "NAS MARGENS DO TEMPO!

Fernanda Carneiro lançou quinta obra ‘Nas Margens do Tempo’

Foi apresentado no passado sábado, dia 13 de abril, o livro ‘ Mas Margens do Tempo’ da autora Cabeceirense, Fernanda Carneiro, iniciativa na qual esteve presente o vice-presidente da Câmara, Dr. Mário Machado, em representação do edil de Cabeceiras de Basto.

Fernanda Carneiro lançou quinta obra ‘Nas Margens do Tempo’.JPG

O evento que lotou o auditório da Casa do Tempo contou, ainda, com a presença da vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, da 1.ª Secretária da Assembleia Municipal, Dra. Paula Gonçalves, em representação do presidente daquele órgão, do deputado da Assembleia Municipal, Dr. Domingos Machado que apresentou a obra, presidentes de Juntas de Freguesia, entre outros autarcas do Município e das freguesias, Teresa Macedo da Editora Labirinto, entre muitos familiares e amigos da autora.

A quinta obra de Fernanda Carneiro, ‘Nas Margens do Tempo’, desdobra-se em vários capítulos, crónicas onde estão sempre presentes fragmentos de vida, registos do quotidiano, tradições, pessoas e lugares cuja existência, maioritariamente, se cruzam com a própria existência da autora.

Agradecendo à autora “por todo o trabalho desenvolvido em prol da memória dos Cabeceirenses”, Mário Machado elogiou a capacidade e força de vontade de Fernanda Carneiro, pessoa que considerou como “mulher do povo e de convicções fortes”.

Nas palavras da Fernanda Carneiro, “este livro que é uma homenagem a muitos Cabeceirenses” que trabalharam em prol do desenvolvimento do concelho.

Considerada uma “mulher dinâmica, determinada e autêntica”, Fernanda Carneiro tem assumido, ao longo dos anos, um papel importante na promoção cultural concelhia, registando as memórias de um povo, o seu povo, os Cabeceirenses.

Coube ao Dr. Domingos Machado apresentar esta obra, descrevendo igualmente a autora que qualificou como “um exemplo de simplicidade e autenticidade, uma mulher da Liberdade que escreve com muito sentimento”.

O presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, deixou à autora uma mensagem de congratulação pela sua quinta obra, palavras que foram lidas pela 1.ª Secretária, Paula Gonçalves. Joaquim Barreto felicitou e incentivou Fernanda Carneiro “a continuar a redigir” as suas crónicas com “alma e coração”, referindo que “este livro reflete o orgulho de ser Cabeceirense”.

Com a edição de mais este livro, Cabeceiras de Basto “fica mais rico, já que é mais um importante testemunho para a história local e eu, enquanto Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, registo aqui, e para memória futura, as minhas palavras de apreço e gratidão”, lê-se no prefácio escrito por Francisco Alves, presidente da Câmara.

VIANA DO CASTELO ACOLHE JORNADAS DE EXERCÍCIO CLÍNICO

II Jornadas Exercício Clínico Axis Wellness

O exercício clínico como alicerce de um novo paradigma no sector da saúde. Trata-se de um projecto pioneiro em Portugal que alia a prática médica ao exercício físico. Não é uma sessão de fisioterapia, mas também não é uma aula rotineira de ginásio.  Foi pensado para pessoas que sofrem de diferentes patologias, algumas delas bastante agressivas, como o cancro.  O Axis Wellness de Viana do Castelo/Ponte de Lima, pioneiro no exercício clínico em Portugal fora de ambiente hospitalar organiza em Maio aquelas que vão ser as II Jornadas de Exercício Clínico realizadas em Portugal.

II_Jornadas_Exercício_Clínico.jpg

Com o exercício adaptado a pessoas que sofrem de patologias que, habitualmente, as impediam da prática de exercício - doenças oncológicas; diabetes; osteoporose; patologia cardiovascular; patologia inflamatória e traumática e patologias da coluna vertebral -  percebeu-se a melhoria da sua condição física, a diminuição ou atenuação de alguns sinais e sintomas da doença, aceleração da recuperação e melhoria da qualidade de vida. Os resultados e os seus benefícios estão comprovados: o doente melhora a sua  capacidade funcional e performance física.

No dia 11 de Maio, pelo Axis Wellness de Viana do Castelo vão passar os maiores especialistas portugueses em Exercício Clínico para  analisar a implementação desta modalidade no país, as dificuldades, problemas, oportunidades e a sua evolução. Em avaliação pelos especialistas vai estar também a interligação do Exercício com as Neurociências.

Os OBJECTIVOS desta segunda edição das Jornadas passam por sensibilizar e esclarecer profissionais da área da saúde, do exercício e comunidade em geral sobre os incríveis benefícios do Exercício na doença; fornecer competências técnicas aos profissionais de saúde e exercício; apresentar evidencias cientificas sobre os benefícios do exercício em diversas patologias; apresentar os Programas de Exercício Clínico Axis Wellness, bem como resultados do PROGRAMA HIPERTENSÃO, comprovar que  a Saúde e o Exercício só fazem sentido juntos, quer na perspectiva da prevenção da doença quer como coadjuvante terapêutico.

ESPAÇO GUIMARÃES LANÇA “CORAÇÕES SEM BARREIRAS” PARA SENSIBILIZAR E PROMOVER A IGUALDADE DE OPORTUNIDADES

Uma iniciativa solidária em parceria com uma associação local que visa o combate à exclusão social através da venda de 2500 porta-chaves em formato de coração feitos à mão por 60 jovens e adultos.

image004mmmmm.jpg

O Espaço Guimarães, gerido pela Klépierre em Portugal, une-se à ACIP (Ave Cooperativa de Intervenção Psico-Social) para lançar a iniciativa solidária “Corações Sem Barreiras”, que visa sensibilizar a comunidade para a inclusão social e para a valorização de pessoas portadoras de deficiência. De 12 de abril a 5 de maio, é possível adquirir o porta-chaves em formato de coração, feito à mão por 60 jovens e adultos entre os 18 e os 55 anos de idade, no Espaço Guimarães e assim patrocinar uma viagem a Lisboa a estes talentosos artesãos.

Estes acessórios feitos com muito amor, que prometem unir o país por uma causa, existem em três cores diferentes (amarelo, azul e rosa) e estão à venda numcorner especial no piso 1, junto à Lefties, e no Balcão de Informação do centro comercial, pelo valor simbólico de €3. A totalidade do valor angariado reverte para a ACIP, que irá utilizá-lo para proporcionar uma viagem de três dias a Lisboa aos cerca de 60 jovens e adultos, com paragem em diversos locais escolhidos por eles mesmos, como o Jardim Zoológico e o Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

BRAGA LEVA INTERNET GRATUITA AO CENTRO HISTÓRICO

Município reforça aposta na rede WiFi no centro histórico. Disponível a partir de Quarta-feira, dia 17

Tendo em conta o elevado fluxo de utilizadores, o Município de Braga está a reforçar a cobertura da rede WiFi instalada no Centro Histórico da Cidade, em particular nas zonas de maior afluxo turístico. O investimento, de aproximadamente 50 mil euros, resulta da aprovação de uma candidatura à ‘Linha de Apoio a Projectos WIFI em Centros Históricos’, disponibilizada pelo Turismo de Portugal.

brrrag.jpg

O novo “WiFi Braga” estará disponível a partir desta Quarta-feira, dia 17 de Abril. Com a entrada em vigor desta rede melhorada - com maior potência de sinal e capacidade para suportar mais dispositivos ligados - será ainda integrada uma nova plataforma de gestão e será pedido a todos os utilizadores para se registarem novamente – aceitando, dessa forma, os termos e políticas de acordo com a Lei de Protecção de Dados.

As principais áreas de intervenção foram a Praça Conde de Agrolongo, Praça Municipal, o Jardim de Santa Bárbara, a Praça da República e a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva – este último é um equipamento frequentado por cada vez mais por Turistas que procuram explorar Braga e a sua Cultura, justificando-se assim esta melhoria no local.

Recorde-se que, além da zona histórica da Cidade, o WiFi Braga está disponível nas Piscinas da Ponte, no Parque Municipal de Campismo e Caravanismo e no Estádio Municipal.

FAMALICÃO TEM LOJA DE ROUPA QUE TAMBÉM FAZ A BARBA

Lord Jack & Friends, uma loja de roupa que é também barbearia e ateliê para estilistas

A Lord Jack & Friends é uma loja de vestuário masculino e acessórios, uma barbearia vintage e um ateliê para jovens estilistas. Um espaço novo e diferenciador, pensado e gerido pela designer Marta Vieira Pinto, para visitar no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão.

AFS_6040.jpg

Aqui, peças de autor, clássicas ou ousadas, são expostas a potenciais compradores e misturam-se com o serviço de corte de cabelos e barbas, bem ao estilo do que se pode ver em Londres. É também aqui que os estilistas em início de carreira podem desenvolver as suas coleções.

Marta Vieira Pinto, 33 anos, sempre se dedicou à moda, mas decidiu especializar-se em desenhar peças exclusivas para homens. “Inspiro-me muito no street style e sempre tive um gosto especial em criar peças para os homens. Acredito que eles dão mais valor aos modelos exclusivos e de qualidade”, explica.

Nos cabides há blazers, camisas, calças, coletes e acessórios - na sua maioria em edições limitadas -, com padrões clássicos ou pouco discretos.

A Lord Jack & Friends é, nas palavras da designer famalicense, uma loja para “homens ousados, que têm um gosto arrojado e estão atentos aos pormenores”. “A moda não é simplesmente vestir. É deixar transparecer a identidade de cada um. A nossa mais-valia é criar peças para o cliente usar aquilo que mais gosta, por isso, permitimos que ele escolha os tecidos do interior e do exterior de um blazer, o bordado das calças ou o pin das lapelas, por exemplo”, conta.

Os pins de lapela são feitos com diferentes materiais, cores e tipos de alfinete. Certo dia, um cliente pediu a Marta para criar algo parecido com uma peça que viu durante uma viagem ao estrangeiro. A novidade pegou e transformou-se num dos acessórios mais populares da loja.

A Lord Jack & Friends é um projeto empresarial apoiado pelo Famalicão Made IN. Marta Vieira Pinto encontrou na equipa do Gabinete de Apoio ao Empreendedor da Câmara Municipal o contributo conhecedor para desenvolver a sua ideia de negócio.

AFS_6010.jpg

AFS_6021.jpg

AFS_6036.jpg

CONCERTO DE UXÍA NOS PAÇOS DO CONCELHO DE PONTE DA BARCA

No âmbito das comemorações do 25 de Abril em Ponte da Barca, a autarquia promove, na noite de 24 de Abril (21h30), nos Paços do Concelho, um concerto com a Galega Uxía. Para a worldmusic, Uxía é a música da Galiza. Nas ruas de Santiago de Compostela, é realeza.

É, para músicos lusófonos uma verdadeira embaixadora. Cantora, compositora e amante de poesia tem assumido um papel de grande relevância no estudo e divulgação da música e da canção no espaço luso-galaico.

Capturaruxibar.PNG