Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

DESPOLUIÇÃO DO RIO VIZELA: CONTRA FACTOS NÃO HÁ ARGUMENTOS!

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos meses, no sentido da despoluição do Rio Vizela, a Câmara Municipal realizou ontem colheitas para análise da água do rio Vizela, antes e depois da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Serzedo da Águas do Norte.

conduta rio.JPG

As colheitas foram efetuadas junto a uma conduta a poucos metros da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Serzedo da Águas do Norte, que pinga preto diretamente para o Rio e onde se pode verificar um cheiro nauseabundo.

De realçar que esta medida vem no seguimento do anúncio da Autarquia, na semana passada, da saída do Plano de Acção para a despoluição do Rio Vizela, acusando o Ministério do Ambiente de inércia na resolução do problema.

O Rio Vizela tem três focos despoluição, dois deles na cidade e estão a ser alvo de um processo de fiscalização pela Autarquia em parceria com a Vimágua - Empresa de Água e Saneamento de Guimarães e Vizela - EIM, S.A. e o SEPNA - Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR.

O terceiro e principal foco poluidor é a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Serzedo da Águas do Norte, contra a qual a Câmara Municipal apresentou uma queixa-crime, lamentando o Edil que uma infraestrutura como uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), que deveria servir única e exclusivamente para o tratamento de águas residuais, e que prestam um serviço público, continuem a ser um foco poluidor do Rio Vizela.

De destacar que, desde que este Executivo assumiu funções, numa primeira fase adotou uma postura de boa-fé e colaboração com todas as entidades, tendo nesta fase sido prometido pelo Ministério do Ambiente a emissão de um despacho da APA – Agencia Portuguesa do Ambiente, que iria estabelecer condições específicas para as descargas no Rio Vizela, no sentido de reduzir os valores limite de emissão de descargas para a bacio do Rio. Foi ainda nesta fase que o Ministério do Ambiente e a APA ficaram responsáveis por avaliar a execução de uma conduta de ligação entre Serzedo e Vizela, a jusante da cidade, numa zona onde o leito contém mais água.

A Câmara Municipal de Vizela entrou depois numa segunda fase, onde apresentou uma queixa-crime contra a Águas do Norte por crime de poluição ambiental, tendo ainda intensificado a fiscalização em parceria com a AMAS – Associação de Mergulho e Atividades Subaquáticas de Vizela, a Vimágua - Empresa de Água e Saneamento de Guimarães e Vizela - EIM, S.A. e o SEPNA - Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR.

Entretanto, e face ao facto da queixa crime contra a Águas do Norte ter sido arquivada e por considerar que nada mais pode fazer em relação à despoluição do Rio Vizela, a Câmara Municipal decidiu tomar uma posição pública sobre esta matéria, anunciando a saída do Plano de Acção para a despoluição do Rio Vizela e exigindo do Ministério do Ambiente a tomada de uma decisão sobre esta questão, nomeadamente exigir a emissão do despacho específico para as descargas no Rio Vizela e a execução de uma conduta de ligação entre Serzedo e Vizela.

De salientar que a Câmara Municipal de Vizela considera que a despoluição do Rio Vizela é uma medida essencial para o desenvolvimento sustentado do turismo do Concelho, pelo que se torna evidente e necessário exigir por parte dos responsáveis a resolução definita do problema da despoluição do Rio Vizela.

TERRAS DE BOURO SENSIBILIZA PARA AS RIQUEZAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS

Projeto PNPG GO Encerra Ano Letivo Com Muitas Atividades Realizadas

No âmbito do Projeto PNPG GO financiado pelo Fundo de Coesão da União Europeia e o Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), a Câmara Municipal de Terras de Bouro promoveu ao longo de mais um ano letivo inúmeras atividades que envolveram o público escolar e que pretenderam sensibilizar os mais jovens para as riquezas do Parque Nacional e ao mesmo tempo envolvê-los na promoção da conservação e proteção da natureza.

img_CAPA.JPG

Assim, foram realizadas jornadas com a temática da Biodiversidade e dos Habitats do PNPG que contou com a presença de especialistas. De igual modo, os jovens conviveram de perto com a fauna e flora através da realização de vários trilhos pedestres e realizaram várias visitas de estudo a locais de interesse no território do PNPG. Foram também organizados workshops sobre raças autóctones (garranos), sobre a vida nos rios do PNPG e sobre a poluição no PNPG, e várias oficinas de trabalho e concursos de fotografia.

Todas as atividades tiveram como propósito a sensibilização dos alunos para os vários riscos que põem em causa a biodiversidade do PNPG e para os efeitos que os mesmos têm no equilíbrio da fauna, da flora e na vida das pessoas.

img_26341.JPG

IMG_9746 (Medium).JPG

IMG_9708 (Medium).JPG

IMG_9696 (Medium).JPG

IMG_9672 (Medium).JPG

IMG_9671 (Medium).JPG

IMG_8604 (Medium).JPG

IMG_8445 (Medium).JPG

IMG_8320 (Medium).JPG

IMG_8258 (Medium).JPG

IMG_8240 (Medium).JPG

IMG_8223 (Medium).JPG

IMG_8220 (Medium).JPG

IMG_1055 (Medium).JPG

PRESIDENTE DA REDE DE UNIVERSIDADES SENIORES ENTREGA CERTIFICADOS EM ESPOSENDE

A Associação Cidadãos de Esposende convidou a RUTIS para realizar a entrega dos certificados de final de curso.

Luís Jacob, Presidente da RUTIS – Rede de Universidade Seniores deslocou-se a Esposende para fazer a entrega dos certificados aos alunos da Universidade Sénior de Esposende que terminaram a sua formação no passado mês de julho.

alunos.jpg

Foi um "sucesso": é assim que Maria Araújo, responsável pela Universidade Sénior de Esposende, define o ano letivo 2019. Foram dezenas de alunos formados, dezenas de atividades realizadas e, o que considera mais importante, uma população sénior mais ativa e participativa na sociedade.

Primeira Universidade Sénior no concelho

Tudo começou em janeiro de 2018, quando a Associação Cidadãos de Esposende abriu a primeira Universidade Sénior no concelho. Em pouco mais de um ano, esta universidade converteu-se numa referência nacional pela qualidade no ensino e pelas diferentes atividades realizadas.

Ao longo do período letivo 2018/2019, foram várias as atividades desenvolvidas pela Universidade Sénior de Esposende: palestras sobre nutrição, segurança na internet e bullying foram alguns dos temas abordados e transversais a toda a sociedade.

Na formação em sala foram ministrados cursos de informática iniciação e informática avançada, assim como uma ação de língua em inglês; esta formação foi destinada a um público maior de 50 anos e realizada em diferentes locais do concelho de Esposende.

Uma outra ação de formação foi realizada dando seguimento ao pedido feito por Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, que no congresso nacional da RUTIS pediu às universidades seniores para reforçarem as ações na faixa etária acima dos 70 anos. A Universidade Sénior de Esposende correspondeu ao apelo e realizou uma ação onde os alunos tinham todos mais de 70 anos de idade.

Presidente da RUTIS visita Esposende

A visita de Luís Jacob a Esposende é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Universidade Sénior de Esposende. Foram várias dezenas de alunos os que receberam pelas mãos do presidente da RUTIS dois certificados de formação, um da plataforma da rede das universidades e um outro emitido pela Associação Cidadãos de Esposende com registo nacional.

A entrega decorreu em vários locais do concelho de Esposende, visto que são quatro os polos de formação existentes e que recebem formação da Universidade Sénior.

Durante a entrega da certificação, Luís Jacob deixou elogios ao trabalho desenvolvido pela Associação de Cidadãos de Esposende, deixando uma clara mensagem de total apoio da RUTIS em futuras ações de formação a realizar no concelho.

Os alunos, por seu lado deixaram os seus agradecimentos não apenas pela formação recebida mas pela forma como esta decorreu ao longo de vários meses, num ambiente de amizade e partilha, deixando a sua vontade de iniciar em setembro novas ações de formação.

No final do dia, Luís Jacob em reunião com os responsáveis da Associação de Cidadãos de Esposende endereçou o convite para o próximo congresso nacional. “Gostaria que a Universidade Sénior de Esposende apresente o seu trabalho a nível nacional”, disse o responsável. Este convite foi aceite pelos responsáveis locais, que desta forma veem o seu trabalho reconhecido e merecedor de destaque. Fazem parte da RUTIS mais de 300 Universidades Seniores, pelo que a participação da Universidade Sénior de Esposende no próximo congresso nacional é considerada motivo de "orgulho e satisfação" para os esposendenses.

Alunos2.jpg

TRIATLO REGRESSA A CERVEIRA

Triatlo da Amizade regressa com formato reestruturado e mais tecnológico

Após o interregno em 2018, as entidades envolvidas na organização do Triatlo da Amizade – Câmara de Vila Nova de Cerveira, Concello de Tomiño, Federação Portuguesa de Triatlo, Federacion Galega de Triatlon e Pedal’Arte - Associação de Cicloturismo e Triatlo – repensaram o formato da prova transfronteiriça, conferindo-lhe uma maior agilidade através da introdução de meios tecnológicos, além de a antecipar no calendário desportivo da modalidade. XII edição está agendada para 1 de setembro, mantendo os circuitos para jovens e para adultos, numa estimativa de 300 atletas.

Cartaz Triatlo da Amizade.jpg

Sendo o único triatlo dinamizado entre Portugal e Espanha, o Triatlo da Amizade Cerveira-Tomiño acarreta uma grande responsabilidade, quer pelo reconhecimento das equipas de atletas participantes, quer pelo caráter de potenciação do desporto transfronteiriço, tendo o rio Minho como recurso de ligação.

Com 11 anos de história, a organização optou, em 2018, por suspender a realização da prova por um ano, tornando-a mais ágil, competitiva e com uma maior articulação dos recursos existentes. Em  conferência de imprensa realizada esta manhã, no Concello de Tomiño, a Alcaldesa de Tomiño, Sandra Gonzalez,  e o Vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Vitor Costa, acompanhados pelos representantes das federações, explicaram que se procedeu à adaptação dos regulamentos das duas federações envolvidas com o propósito de realçar os pontos comuns em prol da valorização do cariz transfronteiriço do evento; à introdução da cronometragem eletrónica (chip) emitindo os timings parciais e os resultados finais de forma mais fidedigna; à classificação única deixando de existir a entrega de prémios por nacionalidade; e à reprogramação no calendário desportivo, passando do 3º fim-de-semana de setembro para o primeiro.

O XII Triatlo da Amizade Cerveira-Tomiño está agendado para dia 1 de setembro, prevendo-se a participação de cerca de 300 atletas federados e não federados, oriundos dos dois países vizinhos, que vão disputar o circuito jovem de promoção em BTT, no período da manhã (início 10h15 PT), e o Triatlo Sprint Estrada, cujo arranque está previsto para as 14h30 (PT).

Os atletas são desafiados a nadar uma distância de 750m, seguindo-se uma prova de ciclismo de estrada com um total de 20kms e finalizando com uma corrida de 5Kms. As provas decorrerão entre a localidade galega de Goián, no Concelho de Tomiño, e Vila Nova de Cerveira sendo que, este ano, os pontos de partida e chegada ficam localizados no Espazo Fortaleza, em Goián, e o parque de transição no Cais do Rio Minho, em Vila Nova de Cerveira.

Em disputa está o “Troféu da Amizade”, uma obra da autoria do escultor espanhol Arcádio Blasco. Esta pequena escultura, tem a designação de “Encontro de Culturas” e, desde a primeira edição, é o símbolo do Triatlo da Amizade.

IMG_5234.jpg

FAMALICÃO: REQUIÃO REALIZA FEIRA DA COMPRA E VENDA DE ARTESANATO E PRODUTOS DA TERRA

Feira da Compra e Venda animou fim de semana em Requião

Realizou-se este domingo, 11 de agosto, mais uma edição da Feira da Compra e Venda de Requião. Desde 2011, que o evento reúne, por esta altura, muitas centenas de pessoas que chegam a Requião para vender e para comprar os produtos da terra e o artesanato genuíno da região.

DSC_0118.jpg

Mais do que uma feira é um encontro, onde toda a gente se conhece, com a população da freguesia e do concelho, mas também muitos emigrantes que se encontram a passar férias na região.

Quem também não faltou á festa foi o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que conhece bem este evento.

A Feira de Compra e Venda de Requião é mesmo considerada a “mãe” das Mostras Associativas que todas as semanas animam as várias freguesias do concelho de Famalicão, tendo em conta que foi o primeiro evento do género a realizar-se.

Ao longo do evento, cerca de 80 expositores apresentaram os seus melhores produtos, numa feira que ficou também marcada pela música, pela boa disposição e pelos petiscos da região.

DSC_0143.jpg

DSC_0800.jpg

RTP VAI A BRAGA ESCOLHER AS "7 MARAVILHAS DOCES DE PORTUGAL"... E ENTRE AS DELÍCIAS ESTÃO OS BARQUILHERES DE VIEIRA DO MINHO!

Barquilheres estão entre os semi-finalistas “ 7 Maravilhas Doces de Portugal”

A RTP vai estar na cidade de Braga na próxima quinta-feira, 15 de agosto, para emitir e apresentar os doces semi-finalistas do distrito de Braga, entre eles os Barquilheres de Vieira do Minho.

IMG_20190708_154812.jpg

A emissão vai contar com os apresentadores Jorge Gabriel, Joana Teles e Inês Carranca, sendo transmitida entre as 10h00 e as 13h00, e retomada das 14h20 às 17h30.

Recorde-se que há sete doces do distrito de Braga entre os nomeados para as “7 Maravilhas Doces de Portugal”, nomeadamente,  os Barquilheres de Vieira do Minho.

O Município de Vieira do Minho lembra que para ajudar os Barquilheres a passar à final das 7 Maravilhas Doces de Portugal, pode votar através do 760 107 127.

Refira-se que este doce é apadrinhado por Júlio Machado Vaz, um apreciador desta iguaria e um visitante assíduo desta terra.

QUEIJADINHAS DE BARCELOS ESTÃO NA PRÉ-FINAL DAS "7 MARAVILHAS DE PORTUGAL"

Queijadinhas de Barcelos pré-finalista das "7 Maravilhas Doces de Portugal"

A RTP vai estar na cidade de Braga na próxima quinta-feira, 15 de agosto, para emitir e apresentar os doces semi-finalistas do distrito de Braga, entre eles as Queijadinhas de Barcelos.

CapturarQUEIBARC.PNG

A emissão vai contar com os apresentadores Jorge Gabriel, Joana Teles e Inês Carranca, sendo transmitida entre as 10h00 e as 13h00, e retomada das 14h20 às 17h30.

Recorde-se que há sete doces do distrito de Braga entre os nomeados para as “7 Maravilhas Doces de Portugal”, nomeadamente as Queijadinhas de Barcelos, o Pudim Abade de Priscos, as Tortas de Guimarães, o Bolinhol de Vizela, os Beneditinos de S. Bento de Terras de Bouro, as Barquilheres de Vieira do Minho e as Clarinhas de Esposende.

Para ajudar as Queijadinhas de Barcelos passar à final das 7 Maravilhas Doces de Portugal, pode votar através do 760 107 132.

MUNICÍPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ INCENTIVA REPOVOAMENTO DO CONCELHO

Apoio à habitação em Arcos de Valdevez

O Município de Arcos de Valdevez tem vindo a implementar medidas de apoio à fixação, atração e regresso de pessoas ao concelho, de estímulo à criação de emprego, de incentivo ao investimento, de isenção ou redução de impostos e taxas municipais e de apoio à habitação. Considerando esta política de incentivos à fixação de população, nomeadamente jovem para o concelho, foi aprovado o “Regulamento Municipal para a Concessão de Incentivo Fiscal à Aquisição de Habitação por Jovens no Concelho de Arcos de Valdevez” -https://www.cmav.pt/cmarcos/uploads/document/file/4361/regulamento_incentivo_imt_habitacao__2_.pdf

Mediante este regulamento, ficam isentas do pagamento de Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) as aquisições efetuadas por jovens, de prédio ou fração autónoma de prédio urbano situado na área do Município, destinado exclusivamente a habitação própria e permanente dos mesmos.

Poderão beneficiar desta isenção os jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 35 anos, ou casais jovens, sendo que um dos elementos do casal pode ter até 36 anos (inclusive) e o valor máximo da soma de idades de ambos não poderá ultrapassar 70 anos (um agregado do tipo “jovem casal” não precisa de ser casado ou viver em união de facto)

Poderão, candidatar -se a este benefício de isenção do IMT através da apresentação do Requerimento de Pedido de Reconhecimento do Direito à Isenção de IMT para Jovens (https://www.cmav.pt/cmarcos/uploads/document/file/4362/mod_287_02.pdf).

No âmbito das medidas de apoio à fixação de pessoas, a Autarquia arcuense também aprovou a realização da hasta pública para a venda de 14 edifícios devolutos, nomeadamente antigas escolas primárias, destinadas à habitação, que sendo para jovens tem uma redução de 50% no valor da avaliação, e ao desenvolvimento de atividades económicas, designadamente turismo, restauração ou comércio.

Estas duas iniciativas vem reforçar a estratégia integrada preconizada pelo Município, no âmbito do programa Repovoar, para dinamizar o território, criar emprego, atrair investimento, gerar rendimento e contribuir para a fixação, a atração e o regresso de pessoas.

VIEIRA DO MINHO É TERRA DE FOLCLORE

Festival de Folclore atraiu amantes da etnografia a Vieira do Minho

Os usos e costumes de Vieira do Minho e de outras partes do país estiveram em destaque, este domingo, com mais uma edição do Festival de Folclore, promovido pela Câmara Municipal.

DSC_7554 (1).JPG

O evento  que iniciou com uma parada folclórica pelas ruas da Vila, e que contou com a presença de dez grupos folclóricos, espalhou alegria entre o público presente.

 Um dia bem passado, onde as chulas, os viras, o corridinho e o malhão foram as palavras de ordem de um evento que primou pela alegria, cor e tradição. A cada grupo participante , o presidente do Município, António Cardoso, entregou uma lembrança.

CDU FORMALIZA CANDIDATURA NO DISTRITO DE BRAGA

Esta manhã, uma delegação da CDU que incluiu João Salgado Almeida, mandatário da CDU no distrito de Braga e vários candidatos, incluindo a primeira candidata Carla Cruz, esteve no Tribunal Judicial de Braga para formalizar o processo de candidatura às eleições legislativas.

entrega_lista_CDU_.jpgApós a lista com 24 candidatos ter sido entregue, Carla Cruz prestou declarações reafirmando o compromisso da CDU com a população do distrito de Braga de tudo fazer para que o País e a região avancem, destacando as propostas em torno das sete áreas fundamentais identificadas no compromisso eleitoral: aumento dos salários, melhores serviços públicos, transportes, habitação, ambiente, regionalização e desenvolvimento regional.

Dados biográficos dos candidatos da CDU às Eleições Legislativas pelo círculo eleitoral de Braga

CANDIDATOS EFECTIVOS

1 Carla Maria da Costa e Cruz, 46 anos, Psicóloga, Deputada na Assembleia da República, eleita na Assembleia Municipal de Braga, Membro da Direcção da Organização Regional (DORB) e da Comissão Concelhia de Braga do PCP. Candidata do PCP.

2 Rosa Manuela Mota Guimarães, 50 anos, Professora, membro da Comissão Concelhia de Guimarães e do Sector Profissional da Educação da DORB do PCP. Candidata do PCP.

3 Alexandre Dias Leite, 42 anos, Médico Dentista, membro da DORB e da Comissão Concelhia de Fafe do PCP. Candidato do PCP.

4 Tânia Daniela Carvalho da Silva, 31 anos, Professora e Educadora de Infância, Atleta Federada, Candidata Independente proposta pelo PCP.

5 Fernando Jorge da Silva e Sá, 39 anos, Operário Químico, Dirigente Sindical, Membro da Comissão de Trabalhadores (CT) da Continental-Mabor, membro do Conselho Nacional do Partido Ecologista “Os Verdes”. Candidato do PEV.

6 Mário Jorge Gomes Figueiredo, Idade 46, Técnico Oficial de Contas, eleito na Assembleia Municipal de Barcelos, membro da DORB e da Comissão Concelhia de Barcelos. Candidato do PCP.

7 Inês Alves Rodrigues, 18 anos, Estudante, Membro da DORB e da Comissão Concelhia de Guimarães do PCP, membro da Direcção Nacional da JCP. Candidata do membro da JCP.

8 Bárbara Seco de Barros, 31 anos, Técnica Administrativa, Eleita na Assembleia Municipal de Braga, membro da DORB e Comissão Concelhia de Braga do PCP. Candidata do PCP.

9 Manuel Fernando Morgado Carvoeiro, 55 anos, Inspector de Educação, eleito na Assembleia Municipal de Esposende, membro da Comissão Concelhia de Esposende do PCP. Candidato do PCP.

10 Joaquim da Silva Costa, 44 anos, Operário Químico, Dirigente Sindical, Membro da CT da Continental-Mabor, membro da Comissão Concelhia de Vila Nova de Famalicão. Candidato do PCP.

11 Ana Paula Quintela Rodrigues, 49 anos, Auxiliar Educação Especial, Dirigente Sindical. Candidata Independente proposta pelo PCP.

12 Arlindo da Cunha Cruz, 68 anos, Agricultor, dirigente associativo, membro da Organização Concelhia de Braga do PCP. Candidato do PCP.

13 Baltazar Afonso Ferreira Gonçalves, 57 anos, Mecânico auto (administração local), dirigente sindical, membro da Comissão Concelhia de Braga do PCP. Candidato do PCP.

14 Catarina de Freitas Marques, 37 anos, Enfermeira, eleita na Assembleia de Freguesia de Fermentões, membro da Comissão Concelhia de Guimarães. Candidata PCP.

15 Sérgio Sales Almeida, 36 anos, Operário, eleito na Assembleia Municipal Vila Verde, Dirigente Sindical, membro da DORB do PCP. Candidato do PCP

16 João Jorge Ferreira Batista, 46 anos, Eng Civil, membro da CT da Infraestruturas de Portugal, SA, eleito na Assembleia Municipal de Braga, membro da organização Concelhia de Braga do PCP. Candidato do PCP.

17 Daniela Filipa Teixeira Ferreira, 31 anos, Estudante e Operária Têxtil, membro da DORB e da Comissão Concelhia de Barcelos do PCP. Candidata do PCP.

18 Joaquim Daniel Pereira Rodrigues, 47 anos, Operário Químico, dirigente sindical, membro do Comité Central do PCP. Candidato do PCP.

19 Benvinda Manuela Lemos Machado, 40 anos, Directora de Recursos Humanos, eleita na Assembleia de Freguesia Selho S. Jorge. Candidata Independente proposta PCP.

CANDIDATOS SUPLENTES

1 Pedro Manuel Pastor Torcato Ribeiro, 33 anos, Eng. Civil, eleito na Assembleia Municipal de Guimarães, membro da Comissão Concelhia de Guimarães do PCP. Candidato do PCP.

2 Filipe José Braga Moura Gomes, 38 anos, Operador de Máquinas, membro do Conselho Nacional do PEV. Candidato do PEV.

3 Filipa Alexandra Magalhães Teixeira, 49 anos, Professora de Educação Especial, membro do Sector Profissional da Educação da DORB. Candidata do PCP.

4 Luís Heitor da Silva Pires Marinho, 55 anos, Professor, membro da DORB e da Comissão Concelhia de Celorico de Basto do PCP. Candidato do PCP.

5 Alexandre Ferreira Carvalho, 19 anos, estudante, membro da Direcção Nacional e da Comissão Regional de Braga da JCP. Candidato membro da JCP.

CAMINHA FESTEJA A SANTA RITA DE CÁSSIA

Terminaram ontem em Caminha as festas em honra a Santa Rita de Cássia.

Estas festividades remontam pelo menos a 1844, atraindo anualmente a Caminha milhares de visitantes.

67967037_2341786635875852_4853431177555476480_n.jpg

Do programa religioso fazem parte os sermões e a majestosa procissão, constituída por dezenas de andores e figurantes, sempre acompanhada por uma fanfarra ou banda de música.

O programa de animação cultural também é rico e diversificado. São muitos os concertos e espetáculos de fogo-de-artifício. Um dos momentos mais altos da festa é a monumental serenata de fogo-de-artifício nas margens do rio Coura, que tem sempre lugar na última noite.

Nascida em Roccaporena, na Úmbria, em 1381, com o nome no século Margherita Lotti, Santa Rita de Cássia foi uma monja agostiniana da diocese de Espoleto, em Itália.

Os seus milagres e virtudes levaram à sua beatificação pela em 1627, tendo sido canonizada pela Igreja Católica em 1900. É tida como “advogada das causas perdidas”, a “santa do impossível” e considerada a protetora absoluta das mães e esposas que sofrem maus-tratos dos maridos.

Fotos: Câmara Municipal de Caminha

68363162_2341786129209236_5763017234083479552_n.jpg

68345023_2341785399209309_3918158270249828352_n.jpg

68850305_2341786699209179_6934064256593690624_n.jpg

67872062_2341786452542537_2169313983218057216_n.jpg

67965570_2341786555875860_1010791012328538112_n.jpg

68461694_2341781262543056_8691881460451246080_n.jpg

67913661_2341779899209859_3666924398788476928_n.jpg

68385730_2341777872543395_1273832272872603648_n.jpg

67875909_2341779545876561_300213644145197056_n.jpg

68929791_2341777782543404_471538674106892288_n.jpg

67811536_2341785125876003_1827855639280353280_n.jpg

68677440_2341780245876491_8847550497100398592_n.jpg

67818130_2341784772542705_7595643233409957888_n.jpg

67908627_2341784159209433_9140964344727601152_n.jpg

ENSINO SUPERIOR PÚBLICO MUITO PROCURADO EM FAMALICÃO

Polo de Ensino Superior, Investigação e Inovação instalado nas antigas instalações da Didáxis de S. Cosme já tem mais de 200 alunos inscritos

A poucas semanas de abrir portas, o novo Polo de Ensino Superior, Investigação e Inovação regista uma procura assinalável de candidatos à frequência dos Cursos de Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) que vão ser ministrados nas instalações da Didáxis de Vale S. Cosme, no concelho de Vila Nova de Famalicão.

Didaxis S.Cosme (1) (1).JPG

A primeira fase de candidaturas terminou com uma procura assinalável e com cursos totalmente preenchidos. No entanto continuam até dia 16 de agosto as candidaturas para os estudantes portadores de deficiências e para os estudantes internacionais e, em setembro, abrirá uma segunda fase para apresentação de novas candidaturas.

Esta procura vem justificar a aposta da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em criar este Polo de Ensino Superior, Investigação e Inovação, nas antigas instalações escolares da Didáxis de Vale S. Cosme, e aí desenvolver o ensino superior público, a incubação de empresas e empreendedorismo, a investigação e inovação.

O Polo de Ensino Superior, Investigação e Inovação arranca, assim, em setembro com o ensino superior público do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) com mais de 200 estudantes, e, até ao final do ano, com um laboratório de investigação e conhecimento da Universidade do Minho, na área da Biologia Alimentar (com 30 investigadores a realizarem os seus doutoramentos).

O IPCA acaba de criar a Escola Técnica Superior Profissional (ETeSP), nova unidade orgânica, cujo primeiro ano de atividade se inicia no próximo ano letivo 2019/2020 em Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

A criação desta Escola permitirá implementar uma estratégia de focalização e agregação dos estudantes que frequentam este tipo de oferta formativa especializada de nível superior num projeto educativo diferenciador, mas agregador, em que existe uma identidade própria e fins específicos de especial atenção aos estudantes; à qualidade da formação e à realização pessoal e profissional dos diplomados e das suas famílias.

Recorde-se que, em Vila Nova de Famalicão, para o próximo ano letivo (2019/2020), vão funcionar os Cursos Técnicos Superiores Profissionais de Apoio à Gestão; Comércio Eletrónico; Design de Moda; Exportação e Logística; Eletrónica, Automação e Comando; Energia, Telecomunicações e Domótica; Sistemas Eletrónicos e Computadores; e Tecnologia Alimentar.