Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA ENSINA A BORDAR O TRADICIONAL LENÇO DE NAMORADOS

O Centro de Interpretação do Território (CIT) de Ponte de Lima volta a assinalar o Dia de S. Valentim com a promoção de uma oficina criativa dedicada à aprendizagem e bordadura dos tradicionais lenços de namorados.

A iniciativa – agendada para o dia 9 de fevereiro, pelas 14 horas – vai permitir aos participantes a aquisição de técnicas elementares para a execução das peças, cuja origem remonta ao século XVIII.

A oficina cultural, destinada ao público em geral, carece de inscrição prévia através do preenchimento de formulários disponibilizados para o efeito.

Garanta a sua presença em mais uma oficina temática de celebração do amor.

O CIT espera por si!

49345016_801018140237610_1258396753116266496_n.jpg

QUEM NUNCA PROVOU O DELICIOSO ARROZ DE SARRABULHO COM ROJÕES À MODA DE PONTE DE LIMA VAI TER AGORA OPORTUNIDADE DE O SABOREAR… EM LOURES, NO PRÓXIMO DIA 3 DE FEVEREIRO!

Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, engº Víctor Mendes, vai estar presente

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Resta pouco mais de uma dezena de lugares vagos mas ainda vai a tempo de se inscrever!

IMG_6274

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

IMG_6307

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DE LIMA, ENGº VÍCTOR MENDES, VAI PRESIDIR AO ALMOÇO DE ARROZ DE SARRABULHO COM ROJÕES À MODA DE PONTE DE LIMA QUE O GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO LEVA A EFEITO EM LOURES

A notícia mais aguardada já está confirmada: O Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, sr. Engº Victor Mendes, aceitou o convite e vai presidir ao Almoço do Arroz de Sarrabulho com Rojões à Moda de Ponte de Lima que o Grupo Folclórico Verde Minho leva a efeito na cidade de Loures, às portas de Lisboa. É dever de todos os regionalistas e amantes do folclore promover a cozinha tradicional da sua região como parte integrante da sabedoria popular. Não podia, pois, o Grupo Folclórico Verde Minho deixar de privilegiar um dos mais valiosos tesouros gastronómicos do Minho – o Arroz de Sarrabulho com Rojões à Moda de Ponte de Lima!

presidente_victor_mendes_1_1024_350 (1).jpg

Estão quase esgotadas as inscrições para o almoço de arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima e a alheira de galo, numa iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho em parceria com os restaurantes de Ponte de Lima. Resta pouco mais de uma dezena de lugares vagos que deverão ser preenchidos dentro de pouco tempo!

IMG_6307

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 3 de Fevereiro em Loures, a ter lugar na cantina da Câmara Municipal de Loures.

Sob a experiente batuta do Chefe Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião, na freguesia limiana de S. Pedro de Arcos, espera-se uma adesão bem mais superior à verificada no ano passado. Os comensais vão ter a oportunidade de saborear uma das requintadas obras do paladar da gastronomia minhota e portuguesa em geral – o arroz de sarrabulho com rojões à moda de Ponte de Lima!

IMG_6274

Trata-se, realmente, de uma iniciativa a não perder e cuja inscrição não deve ser relegada para mais tarde… os contactos são os seguintes:

- Teotónio Gonçalves – 964 006 657

- Mário Oliveira – 914 080 246

CapturarAlmoçoSarrabulho2019

"VERDE NOIVOS" FOI UM SUCESSO: PONTE DE LIMA É AMOR!

“Em Época Baixa, Ponte de Lima em Alta”: XII Verde Noivos

O primeiro evento do corrente ano integrado no Em Época Baixa, Ponte de Lima em Alta, projeto dinamizado pelo Municipio de Ponte de Lima, cujo objetivo é gerar novas oportunidades para a economia local, contrariando a sazonalidade da chamada “época baixa” e trazer a Ponte de Lima mais visitantes, realizou-se este fim-de-semana.

IMG_3543.JPG

No Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima, cerca de meia centena de expositores marcaram presença com produtos relacionadas com a festa do casamento e de outras festas familiares, correspondendo à procura de muitos casais, que assim ficaram a conhecer as últimas novidades nesta área.

IMG_3557.JPG

A tarde de sábado foi escolhida para a visita oficial do Executivo Municipal. A Vice-Presidente, Engª Mecia Martins, realçou a importância do certame como sendo “um evento que reúne um conjunto de expositores com produtos e serviços ligados ao matrimónio, onde os casais e o público em geral encontra o que precisa para a realização da sua festa matrimonial”.

A par da exposição, a XII VERDE NOIVOS, apresentou ao longo de todo o fim-de-semana, diversos momentos relacionados com o casamento, com destaque para os desfiles de noivas e apresentação da coleção para o ano 2019 de vestidos de gala.

Para além da afluência de público que se registou em número significativo em especial no domingo, foi uma oportunidade de negócio e de amostra, sendo que as empresas presentes apostaram na imagem e divulgaram as suas marcas e serviços, desde vestidos de noiva, joalharia e tudo relacionado com estética e decoração, catering, animação, fotografia, quintas, agências de viagens e viaturas e muito mais, numa fórmula de sucesso doze anos após a sua primeira edição.

IMG_3581.JPG

LIMIANA ALEXANDRA RODRIGUES: A CULINÁRIA É UMA ARTE!

Como recentemente referimos, acaba de ser editado o livro da 6ª edição do concurso “A Mesa dos Portugueses” ( 2017) onde Alexandra Rodrigues – descendente de limianos da Cabração – participou com duas receitas bem minhotas: Bacalhau à Minhota e Torta de Viana.

46470543_10214109968488536_3628047870948540416_n.jpg

Mas o reconhecimento dos seus talentos culinários não se ficam por aí e certamente fariam a delícia dos seus conterrâneos. Em 2016, foi com um doce alentejano que se evidenciou no concurso e, em 2017 ficou entre as 48 melhores receitas.

Em 2018, na 7ª edição do concurso ficou em 2º lugar na categoria de doçaria, cujo livro o livro sairá do prelo em 2020. Nessa ocasião, apresentou uma receita de um bolo de amêndoa, o bolo real, também conhecido como “bolo das festas”, porque usualmente era por ocasião das festas em honra de Nossa Senhora d’Agonia, da Senhora da Bonança em Vila Praia de Âncora e das Feiras Novas de Ponte de Lima que era confeccionado.

Alexandra Rodrigues

Certamente inspirada nos mais requintados sabores da gastronomia minhota, a Chef Alexandra Rodrigues – permitam-nos que ousemos reconhecê-la como tal! – compõe a melhor iguaria culinária como um poeta constrói um poema, o escultor extrai da pedra a mais magnífica escultura, o ourives burila a filigrana – faz dos sabores e paladares da nossa cozinha tradicional a mais requintada obra de arte. Celebremo-la, pois, com o melhor e mais apreciado dos vinhos verdes da nossa região!

11986500_10205252041605900_4453967732088704054_n.jpg

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA ENCERRA CONTAS DE 2018 COM SALDO POSITIVO

Do exercício de 2018, o Município apresenta uma disponibilidade financeira de 5.152.872,00 €, tendo mesmo aumentando este valor relativamente ao ano de 2017 em mais 762.160 €, o que se afigura positivo ao nível da gestão prevista para o ano de 2019, permitindo a continuidade das iniciativas e investimentos orientados pela mesma política criteriosa de gestão dos dinheiros públicos. Realça-se no contexto da execução orçamental a redução significativa das despesas correntes, mais concretamente no que diz respeito à aquisição de bens e serviços que baixaram cerca de 1,3 milhões de euros relativamente ao ano anterior.

vila 2003 ctr 2.jpg

Em 2018 arrancaram muitos dos projetos e iniciativas que faziam parte da atividades previstas para aquele ano, estando muitos em fase de execução, apesar do difícil enquadramento em termos de financiamento dos fundos comunitários no período de programação que está a decorrer, tendo alguns desses investimentos arrancado mais tarde do que seria desejável pela necessidade da autarquia tentar enquadrá-los para efeitos de financiamento. Como é do conhecimento de todos, o Portugal 2020 restringiu o acesso das autarquias a um número reduzido de tipologias de investimento e mesmos estas, muitas vezes, não concorrem com aquelas que são para o concelho e para a região, as áreas prioritárias de desenvolvimento. Este cenário significou uma perda de importantes receitas nas contas das autarquias.

O esforço financeiro é obviamente maior na realização de investimentos não financiados mas essenciais ao desenvolvimento do concelho, sendo apenas possível para aquelas autarquias que apresentavam alguma disponibilidade financeira, como é o caso de Ponte de Lima, obrigando a uma gestão mais difícil, mas que não tem impedido o Município de concretizar os seus propósitos.

Ao nível das oportunidades que surgiram para os financiamentos comunitários, o Município tem tirado o melhor partido das mesmas, para além de ter tido acesso à majoração de taxas de financiamento (acelerador do investimento) atribuídas pelo cumprimento das metas de execução de candidaturas aprovadas neste Quadro Comunitário, a autarquia continua a apresentar excelentes taxas de execução dos projetos financiados.

 O atraso das entidades gestoras dos programas comunitários na conclusão dos processos relativos a candidaturas tão importantes como é o caso do Polo Industrial do Granito das Pedras Finas, que implicou nesta caso uma demora excessiva na atribuição do respetivo Visto do Tribunal de Contas, levou a que a execução deste investimento, no valor adjudicado de 3.749.880,82 €, não cumprisse com o calendário previsto para 2018.

Por outro lado, existe um conjunto de receitas municipais das quais abdicamos e que continuaremos a abdicar enquanto for financeiramente sustentável por entendermos que são um importante fator de atratividade do concelho e de redução dos desequilíbrios sociais. Os benefícios fiscais, por exemplo, são uma medida que implica uma perda de receita de cerca de 2,6 milhões de euros por ano, o que corresponde a cerca de 10 milhões de euros para um período de 4 anos de mandato. Este valor representou em 2018 a perda de receita para a autarquia de 792 569,00 € a favor dos munícipes. Também se contabilizam as receitas não arrecadas da cobrança da Derrama às empresas, a isenção do pagamento de IMT na aquisição de lotes nas zonas industriais e a baixa taxa de IMI aplicada no concelho.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA APRECIA CERVEJA “LETRA” CRIADA POR BIÓLOGOS MINHOTOS

Uma imagem vale mais do que mil palavras… o professor Marcelo Rebelo de Sousa é um apreciador de boa cerveja artesanal e, na foto, mostra uma garraga da cerveja “Letra”, produto criado por dois biólogos minhotos.

50048257_1962565447173308_2029115959934976000_n.jpg

A cerveja artesanal minhota foi criada por dois investigadores da Universidade do Minho, Filipe Macieira e Francisco Pereira, naturais respetivamente de Braga e Ponte de Lima, os quais fundaram uma empresa destinada à investigação e produção de cerveja artesanal. Como novidade, a cerveja é apresentada com uma letra diferente de acordo com o aroma obtido pelas diferentes variedades de levedura e de lúpulos.

Estes dois investigadores realizaram o mestrado integrado em Engenharia Biológica na Universidade do Minho em 2008 e são agora proprietários da empresa FermentUM, produtora da Letra – Cerveja Artesanal Minhota, lançada em Outubro no mercado português.

810440