Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SABELA CANTA EM GALEGO NA "OPERAÇÃO TRIUNFO" EM ESPANHA

A nossa língua na televisão espanhola?

Todos sabemos que os espanhóis não são muito dados a ouvir línguas estrangeiras: não só dobram tudo o que lhes aparece à frente, como têm uma estranhíssima inclinação para ouvir muita música espanhola.

sabela-ot-kC1G-U601363829805QlE-644x483@MujerHoy

«Olhinhos azuis» na TVE?

Ora, um dos programas mais importantes da TVE é a Operação Triunfo. O programa também já passou por cá, mas não aqueceu nem arrefeceu. Em Espanha, a Operação Triunfo é um fenómeno tremendo — e, ainda por cima, serve para escolher o representante do país na Eurovisão. É fácil concluir que as músicas são, em geral, cantadas em espanhol ou, uma vez por outra, em inglês.

Pois bem — o que dirá o leitor se eu lhe disser que uma das músicas que será cantada na final da Operação Triunfo espanhola de 2018 inclui estes versos?

Meus olhos choram por ver-te meu coraçom por amar-te

meus pés por chegar a ti meus braços por abraçar-te.

Desejava de te ver, trinta dias cada mês

cada semana o seu dia e cada dia umha vez.

Tes os olhinhos azuis inda agora reparei

se reparara mais cedo nom amava a quem amei.

Isto não é uma tradução. São mesmo os versos que serão cantados por Sabela, uma das concorrentes finalistas. A canção chama-se «Tris-tras» e é do grupo Marful.

O que se passa aqui? Uma espanhola vai tentar chegar à Eurovisão a cantar em português?

As palavras «coraçom», «umha», «nom» são as pistas para deslindar o mistério. Sabela é uma concorrente galega e, numa decisão que não é nada simples em Espanha, decidiu cantar na sua língua: o galego.

A letra acima está escrita na ortografia reintegracionista, muito próxima da portuguesa. É verdade que o galego oficial usa uma ortografia mais distante da portuguesa — mas as palavras e as frases são muito nossas.

Reparemos, por exemplo, nos primeiros versos de uma das músicas já cantadas por Sabela («Benditas Feridas»; note-se — «feridas» e não «heridas»), versos estes que estão na ortografia oficial, mais distante da portuguesa (e mesmo assim tão próxima):

Pouco a pouco

Vou deixando de esperar

E secando as miñas ganas de chorar

A luz tornouse a miña escuridade

De Salvador a Sabela

Ao ouvirmos Sabela, notamos como a fonética já se afastou bastante a norte e a sul do Minho. Mas, se repararmos, vemos que ela está a usar palavras tão nossas que arrepiam. Aliás, a proximidade entre português e galego anda a confundir alguns brasileiros no Twitter…

Um amigo confidenciava-me que, para muitos galegos, ter Sabela a cantar em galego na TVE sabe tão bem como aos portugueses soube ganhar a Eurovisão com uma música em português — com a diferença de que a nenhum português lhe passaria pela cabeça que fosse um problema cantar na sua língua para todos os europeus. Em Espanha, cantar em galego para todos os espanhóis ainda é uma novidade — e está longe de ser pacífico. Há quem não perceba que as línguas podem somar-se umas às outras — que haver galegos que insistam em falar e cantar em galego não põe nada nem ninguém em perigo. Aliás, esses mesmos galegos serão os primeiros a falar em espanhol quando é preciso (e, às vezes, quando não é preciso).

Bem, mas porque trago o assunto a esta crónica?

Na verdade, poucos de nós sabemos como a participação de Salvador Sobral na Eurovisão foi muito bem-recebida na Galiza. Muitos galegos sentiram as palavras daquela canção como suas e comemoraram sem medo a vitória de Sobral.

Não digo que façamos a mesma coisa — mas, já agora, reparemos em Sabela, uma cantora que anda a usar a língua das Cantigas de Amigo para ganhar um concurso espanhol.

À distância segura da nossa fronteira antiga, não nos faz mal desejar sorte a quem leva uma língua tão nossa aos ouvidos dos espanhóis, que assim ficam a saber o que são «olhinhos azuis» — se isto não é a nossa língua, é o diabo por ela.

Que ganhe a melhor — e que a melhor seja Sabela.

Fonte: Marco Neves / https://www.certaspalavras.net/

TERRAS DE BOURO LEVA AO MÉXICO ARTESANATO DO MINHO

Terras de Bouro presente na Exposição Variações sobre uma Tradição dos Lenços de Amor aos Bordados com Poesia

No passado dia 23 de novembro foi inaugurada no Museu Regional de Guadalajara, México, a exposição “Variações sobre uma Tradição dos Lenços de Amor aos Bordados com Poesia”.

CAPA

O certame pautou-se pela exibição de trabalhos da etnografia portuguesa de grande qualidade e diversidade, do tradicional ao contemporâneo e no qual estiveram presentes três trabalhos de Terras de Bouro: das senhoras Filomena Araújo, Aldina Loureiro e Florinda Antunes do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Rio Caldo.

O Município de Terras de Bouro felicita as três artesãs terrabourenses pela participação nesta exposição de museografia inovadora que se traduziu num espaço de grande impacto, acompanhado que foi da elaboração de um catálogo internacional de grande qualidade onde ficará perpetuado a participação do nosso concelho.

feiraDolivroGuadalajara

DSC_0236

20181212_144636

20181212_144646

BARCELOS RECEBE CONCERTO DE NATAL

Concerto de Natal em Vilar de Frades junta músicos portugueses

O Convento de São Salvador de Vilar de Frades, em Areias de Vilar, recebe na próxima sexta-feira, dia 21 de dezembro, às 21h, o Coro e a Orquestra XXI, constituídos por cerca de 40 elementos, entre coro e orquestra, que se encontram a trabalhar e estudar fora de Portugal e que aproveitam a altura do Natal para regressar e atuar em conjunto.

banner Dezembro 2018-01

Num concerto com entrada livre e cujo mote é o Natal, os músicos, juntos pela primeira vez em digressão, interpretam obras escritas para a quadra festiva como a Oratória de Natal de J. S. Bach, as duas primeiras cantatas, Responsórios para o Natal de Duarte Lobo e do Concerto Grosso para a noite de Natal de A. Corelli.

Desenvolvidos em parceria com a Direção Regional de Cultura do Norte, estes concertos irão passar pelo Convento de São Salvador de Vilar de Frades (Areias de Vilar, Barcelos, dia 21 de dezembro, 21 horas), pela Igreja de São Domingos (Sé de Vila Real, dia 22 de dezembro, 21 horas) e pela Igreja dos Clérigos (Porto, dia 23 de dezembro, 17 horas).

PONTE DA BARCA APRESENTA TEATRO “NO SÓTÃO DA AVÓ SOPHIA” NO DIA 20, NA PRAÇA DA REPÚBLICA

ENTRADA GRATUITA

É já no próximo dia 20, pelas 14h, na Praça da República, que todas as crianças estão convidadas a assistir  ao espetáculo de teatro “No Sotão da Avó Sophia”, que o Tin.Bra - Academia de Teatro apresenta com o apoio do Município de Ponte da Barca, no âmbito das atividades da iniciativa Barca In’Natalis.

TeatroSotaoAvoSofia

No sótão da Avó Sophia”, é um espetáculo encantador que vai fazer as delícias de qualquer criança, nesta época natalícia! A entrada é gratuita.

SINOPSE

Um sótão nunca é apenas um sótão, um livro nunca é apenas um livro, uma avó é muito mais que apenas avó. Na noite de natal, Maria uma menina acertada e António um menino desajeitado vão a casa da avó Sophia. Enquanto esperam pelo jantar estar pronto deliciam-se com os livros empoeirados que estão no sótão da avó. Ao lerem as palavras que dançam por entre as cores das páginas, os dois primos tornam-se personagens principais nas histórias de encantar. António e Maria sabem que são muito diferentes e por isso desentendem -se facilmente mas há uma coisa que eles sabem que os une acima de qualquer divergência. A luz dos livros, a luz que entra pela janela do sótão, a luz da estrela que ilumina o céu da noite, a luz que carinhosamente tem um cheirinho de avó e uma essência de Sophia é aquela que os abraça e os embala nos passos da vida, fazendo que caminhem de mão dada todas as noites de natal, em todos os anos, para o sótão que não é apenas um sótão, pois é ele o sótão da avó Sophia de quem a saudade é imensa e a lembrança não tem esquecimento. Venham com António e Maria descobrir a magia da avó que não é apenas uma avo… venham descobrir Sophia.

CABECEIRAS DE BASTO ENSINA A CONFECIONAR A LÃ

Casa da Lã acolhe curso de ‘Confeção da Lã’

Arranca amanhã, dia 18 de dezembro, uma ação de formação de 200 horas de ‘VA Confeção de Lã – cultura e empreendedorismo’, um curso que será ministrado na Casa da Lã em Bucos e promovido pelo Centro de Emprego do Médio Ave – Serviço de Emprego de Basto e Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga – Serviço de Formação.

Casa da Lã acolhe curso de ‘Confeção da Lã’

Esta iniciativa, pensada pelo Município de Cabeceiras de Basto com o objetivo de preservar o ofício tradicional do trabalho da lã que atualmente é executado pelas Mulheres de Bucos, na Casa da Lã – um verdadeiro núcleo museológico vivo, foi organizada pelo Centro de Emprego do Médio Ave – Serviço de Emprego de Basto, procurando dar seguimento ao trabalho daquelas Mulheres que têm na estilista Dra. Helena Cardoso, desde há 9 anos, uma parceira que muito tem contribuído para dinamização, modernização e inovação desta arte.

Neste curso participam 16 formandas desempregadas que, com o apoio das formadoras – artesãs da Casa da Lã – e da orientação da estilista Dra. Helena Cardoso, vão aprender a trabalhar a lã, quer no desenvolvimento de peças de vestuário, quer na criação de peças decorativas e outras para a casa.

RESTAURANTE "GRELHADOR" DE VIZELA PROMOVE JANTAR SOLIDÁRIO AOS MAIS DESFAVORECIDOS

Jantar solidário dia 19 de dezembro

O Executivo Municipal de Vizela estará presente no próximo dia 19 de dezembro, no jantar solidário promovido pelo restaurante Grelhador.

De realçar que este jantar se destina aos mais desfavorecidos do Concelho, proporcionando um jantar de Natal e alguns momentos de convívio e alegria àqueles que passam por mais dificuldades, que não têm família ou que vivem sozinhos.

VIZELA PROMOVE SAÚDE ORAL

Câmara assinou protocolo com ARS Norte para implementação de consultas de saúde oral

O Presidente da Câmara assinou esta manhã um protocolo de colaboração entre a Administração Regional de Saúde do Norte e a Câmara Municipal de Vizela para a implementação de consultas de saúde oral no Serviço Nacional de Saúde, nos cuidados de saúde primários.

ass. protocolo ARS

No âmbito deste protocolo, que vai permitir a prestação de consultas de saúde oral no Centro de Saúde de Vizela, o Município de Vizela suporta os custos de aquisição de uma cadeira de dentista e do material de consultório que vai ser instalado no Centro de Saúde.

Trata-se de um investimento da Autarquia de cerca de 50 mil euros, que vai garantir uma melhoria do acesso da população a cuidados de saúde oral.

A Administração Regional de Saúde do Norte, por sua vez, compromete-se a afetar todos os recursos técnicos e humanos necessários à prestação de consultas de saúde oral.

De destacar que a cerimónia de assinatura deste protocolo, que decorreu esta manhã, contou com a presença do bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, sendo que não esteve presente a Secretária de Estado da Saúde, por estar a acompanhar a situação do helicóptero do INEM.

Para além de Vizela, assinaram o protocolo aos municípios de Amarante, Armamar, Baião, Fafe, Guimarães, Maia, Mesão Frio, Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Com esta parceria, a Câmara Municipal associa-se assim ao programa para a saúde do atual Governo que estabeleceu como prioridade expandir e melhorar a capacidade de resposta da rede de cuidados de saúde primários, designadamente pela ampliação da cobertura do Serviço Nacional de Saúde na área da saúde oral.

ARCOS DE VALDEVEZ: LEVANTA O TEU CRUZINHAS NO MERCADO MUNICIPAL!

Levanta o teu Cruzinhas no Mercado. Crianças receberam da Autarquia um Recontro para trocarem por um Cruzinhas no Mercado Municipal

Até ao próximo dia 22 Dezembro, as crianças do 1º Ciclo poderão trocar a nota “Recontro” que receberam da Câmara Municipal na Festa de Natal da Casa das Artes por um Cruzinhas, um boneco de neve feito pelos utentes do núcleo da Cruz Vermelha arcuense.

Print

Os Recontros são pequenas notas criadas pelo Município arcuense, alusivas a várias iniciativas (Dia da Mãe, Dia da Mulher, Dia dos Namorados, Mercado da fruta), que ajudam a dinamizar ainda mais o espaço e a atrair novas pessoas ao mesmo. Já que quem o recebe se tem de dirigir até ao Mercado Municipal para o trocar por algum produto à venda no mesmo.

Estas iniciativas têm-se revelado apostas ganhas e inserem-se na programação pensada pelo Município por forma a dinamizar o Mercado Municipal renovado e aumentar as visitas e consequentemente as vendas dos comerciantes lá sediados.

1recontro_cartaz_natal

VIZELENSES DEBATEM PROJETOS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA

Projeto de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria em discussão pública até 15 de janeiro

No seguimento da apresentação pública o projeto de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, a Câmara Municipal promoveu no passado sábado, a abertura oficial da discussão pública do projeto, na Loja Interativa de Turismo de Vizela.

abertura disc. pub. praça

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara, Victor Hugo Salgado, e restante Executivo e do arquiteto responsável pelo projeto, Filipe Costa.

Assim, o projeto estará disponível para consulta e discussão pública até 15 de janeiro, na Loja Interativa de Turismo de Vizela, onde os vizelenses são convidados a conhecer este projeto e a apresentar sugestões, estando também disponível para consulta e apresentação de sugestões na página oficial da Câmara Municipal em http://www.cm-vizela.pt/discussao-publica/.

Na discussão pública do projeto pode ser analisada: uma nota histórica da Praça e Jardim com o devido enquadramento dos vestígios romanos; a equipa de trabalho e os objetivos do projeto; a circulação de trânsito; as bolsas de estacionamento; a ligação com a Rua Dra. Abílio Torres; a Bica Quente; e a 2.ª fase da obra.

Antes do projeto ser remetido para aprovação em reunião do Executivo Municipal, a Câmara Municipal entendeu que era importante a discussão pública de um projeto de extrema relevância para o Concelho e que envolve a requalificação da Praça da República, situada no coração da cidade, onde surgiram os primeiros vestígios da ocupação romana.

De relembrar que este projeto envolve a reestruturação do desenho da Praça, a reorganização da circulação viária dos arruamentos confrontantes, permitindo aumentar a utilização do espaço por parte da população, assim como criar uma zona de estacionamento.

Um dos aspetos fundamentais deste projeto de requalificação é a conjugação entre o passado e o futuro, apostando na valorização do espaço urbano, projetando a Praça da República para o futuro do Concelho, sem esquecer, contudo, os vestígios arqueológicos dos tempos romanos.

CERVEIRA RECEBE GALARDÃO DO 1º LUGAR EM "EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E RENOVÁVEIS NI SETOR PÚBLICO"

Município distinguido pela Excelência Energético-Ambiental no Alto Minho

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, recebeu, esta manhã, em Ponte de Lima, o galardão do 1º lugar na categoria ‘Eficiência Energética e Renováveis no setor público’, ex-aequo com o Município de Ponte da Barca, no âmbito da edição 2016 do Prémio “Excelência Energético-Ambiental no Alto Minho”.

IMG_8889

Iniciativa dinamizada pela AREA Alto Minho – Agência Regional de Energia e Ambiente do Alto Minho, o Prémio "Excelência Energético-Ambiental no Alto Minho” pretende reconhecer um conjunto de organizações, públicas e privadas, que se destaquem pelos resultados obtidos na execução de projetos ou ações que promovam o desenvolvimento sustentável do Alto Minho através da adoção de boas-práticas energético-ambientais.

Entre as quatro categorias – ‘Eficiência Energética e Renováveis no setor público’, ‘Eficiência Energética e Renováveis no setor privado’, ‘Sensibilização Energético-Ambiental’ e ‘Mobilidade Sustentável’ – Vila Nova de Cerveira apresentou candidatura à primeira, com a empreitada de valorização da iluminação pública através da tecnologia LED no Terreiro. Após o processo de avaliação das diversas candidaturas admitidas a concurso, o júri do Prémio deliberou, por unanimidade, distinguir o Município de Vila Nova de Cerveira como vencedor ex-aequo com Ponte da Barca, na categoria Eficiência energética e renováveis no sector público.

Presente na cerimónia de entrega do prémio, que decorreu esta manhã, na Villa Moraes em Ponte de Lima, o autarca cerveirense realçou “uma medida que promove o desenvolvimento sustentável e a ecoeficiência, com os consequentes resultados positivos a nível económico, social e ambiental”. Fernando Nogueira acrescentou que “o objetivo é continuar a ampliar esta ação a todo o concelho recorrendo às verbas disponibilizadas pelo Portugal 2020 para a eficiência energética”.

No caso concreto do projeto que deu origem a este prémio, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira procedeu à substituição das luminárias incandescentes existentes no Terreiro por tecnologia LED, para além de instalar mais pontos de luz, num investimento suportado pelo orçamento municipal. Na prática, esta intervenção acabou com as designadas ‘zonas de sombra’ ou ‘zonas escuras’ no Terreiro, aumentando a sustentabilidade, segurança e conforto da iluminação pública, permitindo à autarquia reduzir significativamente a sua fatura energética.

VIZELA CELEBRA PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO COM EXPOURENSE

Câmara assina protocolo com Expourense

No âmbito da iniciativa dezembro - mês do Turismo, a Câmara Municipal e a Expourense assinam um protocolo de colaboração, no próximo dia 20 de dezembro, pelas 11.00h, no edifício-sede o Município.

A Expourense tem como objetivo a promoção de atividades e ações sociais e educativas, que se plasmam na colaboração com associações e organizações que trabalham a favor da sociedade, noa mais diversos âmbitos.

Com assinatura deste protocolo, a Câmara Municipal pretende potenciar dinâmicas de reforço que permitam a consolidação da nova imagem e identidade do Concelho de Vizela, como destino turístico privilegiado, experienciando os segredos de um vale recheado de saberes, sabores, prazeres e tradições caraterísticas.