Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ATLETAS DO SPORTING CLUB CAMINHENSE FAZEM DEMONSTRAÇÃO DE REMO INDOOR NO TERREIRO EM CAMINHA

Caminha acolhe campeonato nacional de remo indoor nos dias 19 e 20 de janeiro

Os atletas do Sporting Club Caminhense (SCC) vão fazer uma demonstração de remo indoor no próximo sábado, dia 12 de janeiro, a partir das 10H30, no Terreiro, em Caminha. Esta iniciativa decorre no âmbito do Campeonato Nacional de Remo Indoor que vai decorrer no concelho, com o objetivo de as pessoas ficarem a conhecer esta modalidade desportiva.

remo indoor.JPG

Recorda-se que o Pavilhão Municipal de Caminha vai ser palco nos dias 19 e 20 de janeiro, do Campeonato Nacional de Remo Indoor. No dia 19, decorrerão as provas de Promoção, exceto as do remo adaptado que se realizarão todas no dia 20, juntando os Federados com a Promoção. Trata-se de uma competição organizada pelo Sporting Club Caminhense em parceria com a Federação Portuguesa de Remo e a Câmara Municipal de Caminha.

Este evento de cariz nacional vai trazer ao concelho de Caminha atletas de diferentes escalões e diversas geografias de Portugal. Os adeptos desta modalidade desportiva podem assistir gratuitamente às provas durante os dois dias.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE CRIA PROGRAMA PIONEIRO PARA ACOLHER TODO O ATLETISMO

O Município de Esposende apresentou ontem o programa Esposende Run, plataforma vocacionada para congregar toda a atividade associada ao atletismo, onde os praticantes e organizações podem encontrar toda a informação sobre provas e atividades complementares. Os aderentes beneficiam de acompanhamento médico e técnico, para que a prática desportiva seja adequada, através da disponibilização de um programa pioneiro no país.

Esp Run 2.jpg

“Decidimos criar um espaço único de promoção e divulgação de toda a informação que se prende com a calendarização anual de Caminhadas e Corridas que decorram no concelho”, adiantou o vereador com o pelouro do Desporto, Mário Rui Losa.

Esta nova ferramenta surge da necessidade de propiciar as melhores condições para a prática desportiva e para a organização de provas, atendendo à tendência de aumento dos praticantes de caminhadas e corridas, atividades cada vez mais associadas a estilos de vida saudáveis, com ligação à vertente turística.

A partir de agora, “quem quiser correr ou caminhar em Esposende, inscreve-se neste portal, beneficiando de todo um conjunto de serviços”, sustentou o coordenador do Serviço de Desporto da Câmara Municipal, Carlos Mota.

Para além das condições naturais, Esposende tem investido na construção de um conjunto de infraestruturas que propiciam a prática da corrida ou da marcha. A ecovia do Litoral Norte está praticamente concluída, assim como aquela que sobe a margem esquerda do rio Cávado, num total de 22 quilómetros. Esposende dispõe, ainda, de 13 percursos pedestres, num total de 120 quilómetros, devidamente sinalizados que o levam a conhecer os locais mais aprazíveis e bucólicos, num contacto privilegiado com a natureza.

“É, assumidamente, um desígnio do Município de Esposende, investir na massificação da prática desportiva. Dos zero aos 100 anos. Da natação para recém-nascidos à atividade física para a população sénior”, reforçou o vereador Mário Rui Losa, lembrando a “crescente centralidade do desporto na economia do país, até pela associação ao turismo”.

Para o vice-presidente da Associação de Atletismo de Braga, Rui Ferreira, “o Município de Esposende merece toda a honra, pelo pioneirismo deste projeto”, opinião que foi reforçada por Serafim Gadelho, representante do Plano Nacional de Marcha e Corrida que vincou o perfil “inédito” do projeto que “deve ser copiado nos outros municípios”.

Já o representante da Run Porto, Tiago Teixeira, lembrou as dificuldades que as associações encontram na organização de provas de atletismo e que este programa minimiza, “nomeadamente na inscrição, pagamento e demais logística associada às provas”.

Por fim, o Diretor Regional do Norte do Instituto Português da Juventude e do Desporto, Vítor Dias, destacou a importância do acompanhamento médico e técnico das pessoas, aspetos que são disponibilizados aos aderentes ao Esposende Run.

Já no próximo sábado realiza-se a primeira prova, inserida no Esposende Run, a Corrida de Ano Novo, que a organização espera contar com a presença de 1500 atletas.

Esp Run 1.jpg

VIANA DO CASTELO REALIZA CAMPEONATO REGIONAL DE CORTA-MATO

Campeonato Regional de Corta-Mato Curto 2019

Foram consagrados a 5 de janeiro, em Darque, no Camping Rio Lima, os novos Campeões Regionais de Corta-Mato Curto da Associação de Atletismo de Viana do Castelo. Em masculinos venceu Duarte Rodrigues, do Centro de Atletismo de Mazarefes, e em femininos Paula Costa, da Academia Desportiva de Arcos de Valdevez. Coletivamente venceu o Centro de Atletismo de Mazarefes, tanto em masculinos como em femininos.

Catarina Amorim (Cópia).JPG

A prova decorreu dentro do perímetro do Camping Rio Lima, no lugar de Cais Novo, em Darque, no acesso à praia do Cabedelo, num terreno relvado sem grandes obstáculos e com um enquadramento paisagístico de excelência. Grande parte da prova disputou-se à volta do lago existente no local onde podem ser observados vários animais como cisnes e patos, bem como na sua margem outras aves e cavalos.Para além do local, cedido para a realização do evento por José Rosas, a Associação Desportiva Darquense e a Junta de Freguesia de Darque colaboraram na organização da prova tendo todos estado presentes da distribuição final dos prémios.

Catarina Amorim 2 (Cópia).JPG

As primeiras provas da tarde de sábado foram disputadas pelos atletas mais jovens já que esta ocasião foi aproveitada para a realização de uma prova de preparação.Criaram-se assim condições para que os corredores, até juvenis, pudessem afinar a sua preparação para tentar chegar ao campeonato regional longo na plenitude da sua forma.

No Campeonato Regional de Corta-Mato Curto participaram atletas juniores e seniores, que competiram num único escalão, tentando atingiro melhor resultado possível, individual e coletivamente.

ColetivoFem1 (Cópia).JPG

Na prova feminina as atletas começaram desde cedo a definir as suas posições tendo as atletas que atingiram o pódio mantido ao longo da corrida as suas posições relativas concluindo a prova no primeiro lugar Paula Costa, da Academia Desportiva de Arcos de Valdevez, em segundo lugar, Catarina Amorim, do Grupo Desportivo Castelense e em terceiro lugar, Joana Barros do Centro de Atletismo de Mazarefes.

ColetivoFem2 (Cópia).JPG

A prova masculina foi disputada com um pouco mais de incerteza quanto ao vencedor final já que Ruben Veloso, da Academia Desportiva de Arcos de Valdevez, tentou nos primeiros quilómetros impor o ritmo que mais lhe convinha e comandou a prova durante as primeiras voltas ao percurso, mas depois, Duarte Rodriguesdo Centro de Atletismo de Mazarefes, quando sentiu que era hora de atacar, tomou a dianteira e terminou a prova à frente de toda a concorrência. Acompanhando de perto estas movimentações esteve Domingos Barros, um atleta já veterano do Centro de Atletismo de Mazarefes, que dando nota de boa frescura física, atingiu o terceiro lugar do pódio.

ColetivoMasc1 (Cópia).JPG

Coletivamente o Centro de Atletismo de Mazarefes, em masculinos, com Duarte Rodrigues, Domingos Barros, Nuno Simões e Mário Crujeira, e em femininos, com Joana Barros, Florinda Fernandes, Célia Silva e Celeste Parente lograram levar para casa os títulos coletivos em disputa.

ColetivoMasc2 (Cópia).JPG

Domingos Barros (Cópia).JPG

Duarte e Domingos (Cópia).JPG

Duarte Rodrigues (Cópia).JPG

Joana Barros (Cópia).JPG

P1170970 (Cópia).JPG

P1170981 (Cópia).JPG

P1170982 (Cópia).JPG

P1170987 (Cópia).JPG

P1170999 (Cópia).JPG

P1180006 (Cópia).JPG

P1180014 (Cópia).JPG

P1180026 (Cópia).JPG

P1180027 (Cópia).JPG

Paula Costa (Cópia).JPG

Paula Costa 2 (Cópia).JPG

PódioFem (Cópia).JPG

PódioFem2 (Cópia).JPG

PódioMasc (Cópia).JPG

PódioMasc2 (Cópia).JPG

RegionalCMcurto2019.docx

Ruben Veloso (Cópia).JPG

Ruben Veloso2 (Cópia).JPG

FAMALICÃO APOIA COLECTIVIDADES DESPORTIVAS

Apoio anual destinado aos escalões de formação. Município apoia colectividades desportivas na aquisição de viaturas de transporte

O Município de Braga vai apoiar as colectividades desportivas a adquirir viaturas de transporte, até 9 lugares, para atletas dos escalões de formação. Este é um apoio anual que começou a ser concedido no ano transacto.

29136637_614794228859678_8364636000814628864_o.jpg

Para o efeito serão disponibilizados dois apoios anuais de 5.000€, sendo que as duas colectividades contempladas com esta verba serão seleccionadas após uma análise que contempla diversos critérios de avaliação.

Este apoio visa o fomento do fenómeno desportivo, incidindo especificamente junto das colectividades desportivas, entidades promotoras do desporto por excelência. Está disponível a todas as colectividades desportivas que possuam sede no Concelho de Braga, sendo que a data limite para apresentação de candidatura é até 1 de Fevereiro de 2019.

Para o processo de candidatura, as colectividades desportivas deverão preencher o Requerimento Genérico do Município de Braga (disponível no Balcão Único ou no portal web em http://goo.gl/ox2EBU). Os processos serão analisados de acordo com os seguintes critérios:

  • N.º de Atletas;
  • N.º de Modalidades;
  • Género dos Praticantes;
  • Valor da Mensalidade paga pelos atletas dos escalões de formação;
  • Localização e quantidade de competições do calendário competitivo;
  • Existência e descrição do projecto inclusivo;
  • Indicações de outros apoios já recebidos pela CMB;
  • N.º de Registo do RECAM;
  • Declaração de Não Dívida à Autoridade Tributária e Segurança Social.

107 DIAS A CAMINHAR NO GERÊS

A 7ª edição do Programa Anual de Caminhadas Guiadas decorrerá no Gerês até Dezembro 2019. Organizado pela associação empresarial Gerês Viver Turismo, este programa conta com o apoio da Câmara Municipal de Terras de Bouro, sendo operacionalizado por cinco empresas de animação turística do concelho, dotadas de guias especializados e conhecedores do território.

A5_2019.jpg

Durante 12 meses são 107 os dias com caminhadas, correspondendo por isso a mais de uma centena de experiências.

Para além das muitas caminhadas matinais, os possíveis interessados poderão participar em caminhadas nocturnas, na 7ª edição do Festival de Caminhadas que se realizará nos dias 23 e 24 de Março e na 5ª edição do Trilho das Bruxas.

1_slide_ac.jpg

Pelo sétimo ano consecutivo a organização pretende evidenciar as características ímpares do Gerês para a prática de caminhadas na Natureza, com destaque para a rede de trilhos que naquele destino turístico se pode encontrar e percorrer em segurança.

A promoção de um estilo de vida mais saudável em conjugação com o diversificado património natural e cultural existente continua a ser também um objectivo, assim como a potenciação do desenvolvimento económico e social do território.

Para os interessados, informação completa sobre como participar pode ser consultada em www.geres.pt, sendo que a primeira caminhada está agendada para o dia 20 de Janeiro.

Capturar.PNG

FAMALICÃO APOIA DESPORTO

Câmara de Famalicão canalizou em 2018 mais de 2 milhões para o desporto. Números referentes aos apoios e subsídios aprovados nas reuniões do executivo municipal

Mais de dois milhões de euros. Foi este o valor atribuído pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em apoios e subsídios a associações desportivas, clubes e atletas do concelho durante o ano de 2018.

Apoios aprovados abrangeram as mais variadas modalidades.jpg

Depois de ter terminado o primeiro semestre do ano com mais de um milhão de euros aprovados para o desporto famalicense, nos últimos seis meses de 2018 o executivo municipal liderado por Paulo Cunha deu continuidade à aposta que tem feito na área desportiva com a atribuição de mais um milhão de euros. 

Os apoios ao desporto aprovados nas reuniões de câmara entre os meses de julho e dezembro abrangeram as mais variadas modalidades – dança, futebol, futsal, hóquei, basquetebol, ténis, atletismo, ciclismo, entre outras – e destinaram-se, entre outros fins, ao desenvolvimento das atividades e formação desportiva dos clubes; ao pagamento de inscrições federativas e seguros de atletas; à organização de eventos desportivos; à concretização de obras de requalificação e de manutenção de espaços e equipamentos desportivos, à constituição de novas coletividades.

Destaque, por exemplo, para o apoio financeiro, no valor de 160 mil euros, para as obras de beneficiação das instalações desportivas do Riba de Ave Hóquei Clube, e para os apoios destinados à organização de vários eventos desportivos no concelho, como são disso exemplo a 5.ª Meia Maratona de Famalicão, a São Silvestre de Famalicão, o Famalicão Extreme Gaming, a Especial de Riba de Ave, entre outros.

Uma aposta que, diz Paulo Cunha, é para manter. “As coletividades desportivas desempenham um papel importantíssimo no dia-a-dia da nossa comunidade. Por isso, esta é uma aposta que se deve manter, ampliando e cuidando do nosso parque desportivo, estimulando o crescimento e o sucesso das nossas associações, clubes e atletas e apoiando a organização de eventos em todo o concelho”, disse o autarca.

FAMALICÃO: OPERÁRIO FUTEBOL CLUBE INAUGURA SEDE EM FAMALICÃO

O sexagenário Operário Futebol Clube continua a crescer. Clube famalicense inaugurou este sábado, dia 5, a sua nova sede social

“Com passos seguros, construímos o futuro”. A frase visível numa das paredes da nova sede do Operário Futebol Clube é uma espécie de lema para o clube famalicense, que este fim-de-semana viu concretizado mais um sonho de longa data.

image59597.jpeg

O clube de Mões inaugurou no passado sábado, 5 de janeiro, a sua nova sede, um espaço construído com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e que, para além dos serviços administrativos, conta também com uma sala de troféus onde estão alojados as centenas de galardões conquistados pela coletividade ao longo dos seus quase 60 anos de existência.

image59600.jpeg

Este novo equipamento, cuja construção contou com um apoio municipal de 50 mil euros, vem, segundo Paulo Cunha, fazer jus à importância social que o Operário Futebol Clube representa para o concelho.

“É um clube com muitos anos de história, com pergaminhos, conquistas e resultados e com um histórico muito importante ao nível do dirigismo associativo. O Operário foi percursor no concelho na aposta na formação e nas infraestruturas. É um clube notado no concelho e no distrito e tenho a certeza que estas novas instalações vêm reforçar esta instituição, dando-lhe maturidade e condições para continuar com o processo que iniciou há quase 60 anos”, disse o autarca.   

Refira-se que o clube aproveitou ainda o dia de festa para homenagear um dos seus ex-dirigentes, José Gomes, atribuindo o seu nome à recém-inaugurada Sala de Trofeús.

O atual presidente do Operário, José Augusto, fala num sonho tornado realidade e aponta já novos desafios para o futuro da associação. “Vamos agora dedicar-nos a outros projetos, como é o caso da necessidade premente que temos de substituir o nosso relvado sintético”, disse.

Sobre a nova meta do clube, Paulo Cunha garantiu o apoio por parte da Câmara Municipal.“Sabemos que os relvados não são eternos, temos vindo a proporcionar a manutenção devida para que tenham a maior longevidade possível, mas se realmente chegarmos à constatação que o piso chegou ao seu término, cá estaremos para apoiar como sempre o fizemos”, garantiu.  

Refira-se que o Operário Futebol Clube, associação desportiva sediada na freguesia de Vila Nova de Famalicão e fundada a 1 de janeiro de 1960, tem vindo a dinamizar a atividade desportiva junto da população desta freguesia e de freguesias vizinhas, dedicando-se, especialmente, à modalidade de futebol, na qual disputa competição federada com todos os escalões de formação e uma equipa de seniores.

image59606.jpeg

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITOU OBRAS DE QUALIFICAÇÃO DO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO DO CCD ANCORENSE

O Ancorense tem agora o primeiro “indoor soccer” do distrito de Viana do Castelo

Decorreu ontem uma visita às obras de qualificação do Pavilhão Gimnodesportivo do CCD Ancorense, que contou com a presença do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. Miguel Alves, presidente da Câmara de Caminha, reconheceu tratar-se de um investimento importante para o concelho: “com este investimento no complexo desportivo do Ancorense, continuamos a dinâmica de modernização do parque desportivo concelhio que iniciámos nas imediações do campo do Âncora-Praia e no Estádio Ilídio Couto em Lanhelas. Conseguimos fazer ver ao Governo, através do IPDJ, que o Ancorense deveria ser distinguido com financiamento, tendo em conta o excelente trabalho que tem vindo a desenvolver e, agora, este clube tem condições para evoluir e fazer ainda melhor o seu trabalho”. Depois da visita a comitiva assistiu ao derby do Vale do Âncora ‘Ancorense vs Âncora Praia’.

Visita campo CCD Ancorense (1).jpg

Para o presidente do CCD Ancorense, todo o trabalho que resultou no dia de ontem, designadamente os trabalhos e a presença de visitantes e público, constitui uma “lufada de ar fresco para o clube. Já tínhamos dito que o caminho se faz caminhando e este foi um passo de gigante”.

Paulino Gomes destaca a capacidade do clube em avançar com a candidatura e a “alavanca” do Município, traduzida em todo o apoio, fatores que se conjugaram e tornaram possível chegar até aqui.

O Ancorense tem agora o primeiro “indoor soccer” do distrito de Viana do Castelo. Isso vai permitir melhorar a formação, nomeadamente dos “petizes” e “traquinas”, mas também desenvolver o clube, que pretende rentabilizar o espaço, através do aluguer a privados, por forma a conseguir um bom encaixe financeiro.

Paulino Gomes refere que o clube viveu ontem “um dia memorável”, destacando que sentiu também um voto de confiança por parte de Executivo municipal e do próprio Governo, através da presença do ministro Tiago Brandão Rodrigues. O público acorreu também em massa, formando uma moldura humana excecional.   

Como referimos, a visita contou com a presença de Tiago Brandão Rodrigues, ministro da educação; Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha; Paulino Gomes, presidente do CCD Ancorense; Rui Lages e Liliana Ribeiro, vereadores da Câmara Municipal de Caminha, presidente da Junta de Freguesia de Âncora e, ainda, representantes do Instituto Português do Desporto e da Juventude.

Durante a visita, Miguel Alves referiu: “o ministro da Educação, que tutela o Desporto, deu dois exemplos de saber estar em política. Por um lado, percebeu o trabalho que o Município de Caminha e o Ancorense têm feito e decidiu apoiar esta obra; por outro, estando habituado aos grandes palcos do desporto nacional e internacional, deu nota de uma simplicidade motivadora ao querer assistir ao derby do Vale do Âncora, a um jogo da regional pleno de significado para todos nós”.

Esta obra resulta do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID) que visa promover a modernização e reabilitação do parque desportivo dos clubes e das associações de base local, sendo um dos eixos prioritários do Governo.

O Pavilhão foi alvo de trabalhos de qualificação: foi substituída a iluminação para leds; foi requalificado o recinto para campo relvado sintético e, ainda, foram requalificados dois balneários e uma instalação sanitária.

Visita campo CCD Ancorense (2).jpg

Visita campo CCD Ancorense (3).jpg

Visita campo CCD Ancorense (4).jpg

JÁ ABRIRAM EM MELGAÇO AS INSCRIÇÕES PARA A 5ª PROVA DA TAÇA DE PORTUGAL DE CICLOCROSSE

Acontece a 20 de janeiro, em Melgaço

A 20 de janeiro, Melgaço acolhe a 5ª prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse. As inscrições já estão a decorrer e podem participar atletas de todas as idades e ambos os sexos, mas que possuam licença desportiva de competição. Há ainda a possibilidade de os amantes da modalidade, e interessados na prova, poderem participar na categoria Promoção.

Envento_Face_Ciclocross_19.jpg

A Taça de Portugal CRO é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo e é composta por categorias, nomeadamente Juvenis, Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Masters. Os juvenis dão o tiro de partida da prova, pelas 9h30. Às 10h00 competem os masters masculinos e a categoria Promoção, seguindo-se às 11h00 os cadetes masculinos e todas as categorias femininas. Os Elites, Sub 23 Masculinos e Juniores Masculinos findam a prova, pelas 12h00.

A prova irá decorrer num circuito criado para o efeito da área circundante do Centro de Estágios de Melgaço, organizada pela Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M. em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e a Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o apoio do Município de Melgaço. As inscrições são possíveis até 16 de janeiro, em https://www.fpciclismo.pt/registo_prova.php.

O ciclocrosse é uma vertente mista, entre o asfalto e o BTT, praticada com bicicletas semelhantes às de estrada, mas em pisos de terra e com pneus apropriados. É uma modalidade de inverno, onde a lama e a chuva são habituais nos percursos. O evento promete divertimento, emoções fortes e respeito pela mãe natureza, não fosse Melgaço o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal.

Nesta temporada, a Taça de Portugal tem cinco provas pontuáveis. A época 2018/2019 teve início a 11 de novembro, em Vila Real, seguiu-se Bragança (25 de novembro) e Valongo (16 de dezembro). Este domingo desenrola-se em Palmela (6 de janeiro). O Campeonato Nacional realiza-se em Marrazes, Leiria, no dia 13 de janeiro.

Recorde-se que em 2018, Melgaço acolheu o Campeonato Nacional: os rasgados elogios na organização da última e decisiva etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse (que decorreu em janeiro de 2017), levaram as entidades organizadoras a escolherem o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal como sede para o Campeonato de 2018. “Melgaço já é uma referência para a prática de desportos de aventura e de deporto com cariz competitivo e/ou de lazer! É nossa intenção continuar a apostar no desporto.”, afirma o Vereador do Desporto do Município de Melgaço, José Adriano Lima.

CAMINHA ACOLHE CAMPEONATO NACIONAL DE REMO INDOOR

Competição terá lugar a 19 e 20 de janeiro e juntará centenas de atletas de todo o país

A vila de Caminha vai receber o Campeonato Nacional de Remo Indoor no fim-de-semana de 19 e 20 de janeiro, uma competição organizada pelo Sporting Club Caminhense em parceria com a Federação Portuguesa de Remo e a Câmara Municipal de Caminha.

Pavilhao Municipal de Caminha.jpg

O evento desportivo de dimensão nacional terá lugar no Pavilhão Municipal de Caminha e juntará centenas de atletas de diferentes escalões e diversas geografias de Portugal. Para Rui Lages, vereador do Desporto da Câmara Municipal de Caminha, “a realização desta competição no nosso concelho sublinha a capacidade de organização e prestígio do Sporting Clube Caminhense e do Município de Caminha e, para além da mensagem positiva que o desporto sempre dá à comunidade, permite atrair centenas de atletas e as suas famílias até à vila de Caminha num fim-de-semana de inverno, na denominada época baixa do turismo. Antes de acontecer, esta é já uma iniciativa vencedora!”.

A competição terá portas abertas durante os dois dias em que decorre e o acesso da população é feito de forma gratuita.

CELORICO DE BASTO ENTREGA TROFÉUS DESPORTIVOS

XXII Gala dos Troféus Desportivos - “O Minhoto” em Celorico de Basto 

Celorico de Basto é o concelho anfitrião da XXII Gala de Entrega dos Troféus Desportivos “O Minhoto”, numa decisão acordada entre o Município de Celorico de Basto e a Associação “A Nossa Terra”, organizadora do evento.

Agendado para o dia 11 de março, no Gimnodesportivo da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto, “O Minhoto” Troféus Desportivos tem como objetivo reconhecer e premiar publicamente o mérito de atletas, clubes, dirigentes desportivos, treinadores e árbitros que mais se destacaram na prática das suas modalidades na região Minho.

_DSC7308

“É para nós uma honra receber em Celorico de Basto tão prestigiado troféu. Uma gala que tem por missão galardoar a excelência desportiva de uma região cheia de talentos nas diferentes modalidades. Em Celorico de Basto sempre priorizamos o desporto com a criação de infraestruturas várias para que os atletas possam praticar as diferentes modalidades nas melhores condições para que possam aspirar a patamares de elite” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

A Organização representada por Ana Campos, membro da Direção da Associação “A Nossa Terra” manifestou “enorme satisfação em poder realizar esta gala em parceria com o Município, sendo que uma das caraterísticas identitárias do evento é a rotatividade de concelhos anfitriões, pelo que é com naturalidade que Celorico de Basto acolhe cerca de meio milhar de convidados da região e do país, para a grande festa do desporto da região, na sua XXII edição.”

As edições anteriores realizaram-se nos concelhos de Braga, Viana do Castelo, V.N. de Famalicão, Esposende, V.N. de Cerveira, Monção, Barcelos, Vila Verde, Caminha, Arcos de Valdevez, Fafe, Ponte da Barca, Cabeceiras de Basto, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Amares, Vieira do Minho, Guimarães e Melgaço, este na última edição.

O júri desta iniciativa é responsável, através de votação em três fases distintas, pelas nomeações e escolha dos premiados, após ter aprovado o regulamento por onde se rege este evento. Integram-no mais de uma centena de membros, entre jornalistas desportivos (imprensa, rádio, televisão e digitais, que abrangem diferentes municípios da região Minho e de âmbito nacional) e entidades ligadas ao desporto (federações, associações de clube e desporto escolar).

Recordamos que este projeto, pelo seu valor e mérito, soube granjear, nas vinte e uma edições anteriores e mantém na presente, a colaboração de diversos organismos e entidades, entre os quais, o Ministério da Educação, o Instituto Português do Desporto e Juventude, o Comité Olímpico de Portugal, a Confederação do Desporto de Portugal, a Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, o Turismo do Porto e Norte de Portugal (Entidade Regional), os 24 Municípios da região, várias Associações de Clubes e Federações.

FAMALICÃO VAI TER CENTRO DE ATLETISMO

Centro de atletismo de Famalicão ganha forma. Obra deverá ficar concluída em meados de 2020

O final do ano trouxe boas notícias para o desporto em Vila Nova de Famalicão, com o primeiro contacto dos atletas famalicenses com o futuro Centro de Atletismo, que está a nascer em terrenos municipais no lugar do Talvai, zona norte da cidade.

AFS_3753

Numa das últimas semanas de dezembro, as associações do concelho com a modalidade de atletismo e vários atletas acompanharam o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e o vereador do Desporto, Mário Passos, numa visita ao local, onde constataram a aproximação da conclusão da primeira fase das obras. Uma fase que acabou por tornar-se bastante mais demorada do que o previsto em virtude “da complexidade técnica para que as  condições geológicas do terreno remeteram”, como explicou o vereador Mário Passos.

Neste momento, contudo, já é possível antever a forma e a localização precisa da pista de atletismo através dos muros de suporte construídos. O equipamento está a ser construída em estreita colaboração com as associações locais e com a Federação Nacional de Atletismo e, de acordo com os responsáveis, será “uma das melhores do país”.

Com um investimento municipal que deverá se aproximar dos 2 milhões de euros, a infraestrutura será construída em duas fases, sendo que a conclusão da obra está agora apontada para 2020.

Refira-se que a infraestrutura desportiva é composta por pista de atletismo e edifícios de apoio aos atletas e público, onde serão respeitadas as exigências técnicas do Instituto Nacional do Desporto, estando preparada para competições nacionais e internacionais, obedecendo aos requisitos de ordem técnica prevista no Regulamento da FIAA - Federação Internacional de Atletismo Amador. A Pista de Atletismo é constituída por oito corredores em piso sintético, um campo interior em prado para a prática das diversas disciplinas do atletismo e uma área adjacente para lançamento de martelo, disco e pesos. Todas as modalidades poderão ser praticadas em horários noturnos pois existem 4 torres de iluminação. As bancadas foram redimensionadas para 750 e 350 espetadores, coberta e descoberta, respetivamente. O edifício de apoio à pista será constituído por dois pisos.

Do projeto global faz ainda parte a construção de um Centro de BTT, com um edifício de apoio de um piso e uma área de manutenção de bicicletas com equipamento adequado e localizado numa zona coberta. Na praceta que serve de receção ao centro de BTT está localizada uma pista de Pump Track que servirá de apoio à formação e iniciação do BTT bem como ao aperfeiçoamento da técnica.

Paulo Cunha realça mais uma vez a importância desta infraestrutura para a“democratização desportiva no concelho e para o fomento do desporto profissional em Famalicão, numa área onde já registamos grandes atletas”. Por outro lado, com esta obra“a Câmara consegue reabilitar uma zona até agora desocupada, que dará mais amplitude à cidade”.

1 (15)

FUTEBOL CLUBE VIZELA COMEMORA 80 ANOS DE EXISTÊNCIA

Câmara Municipal de Vizela associou-se ao 80.º aniversário do Futebol Clube Vizela

O Executivo Municipal de Vizela associou-se ontem às comemorações do 80.º aniversário do Futebol Clube Vizela, 80 anos de história de uma das mais prestigiadas e antigas associações do nosso Concelho, um Clube que tudo tem feito para prestigiar o nome de Vizela, que ao longo da sua história alcançou vários momentos de glória, que se traduziram em enormes alegrias de um Povo.

FCV aniv.

Fundado em 1939, o Futebol Clube Vizela continua a deixar orgulhosa a nossa terra,  trabalhando diariamente com enorme dedicação para levar o nome de Vizela mais longe, não deixando nunca esmorecer um Clube que diz muito a Vizela e a todos os vizelenses.

Falar do Futebol Clube de Vizela é falar do passado, do presente e do futuro do Concelho de Vizela. A sua história está intrínseca à história do nosso Concelho.

A Câmara Municipal de Vizela não esquece a importância da aposta do Futebol Clube Vizela na formação, pois basta ver a quantidade de crianças e jovens que participam ativamente nos escalões de formação do Clube, para perceber que este tem, não só um grande passado, como tem o seu futuro assegurado.

Ontem foi reafirmado pelo Presidente da Câmara Municipal, Victor Hugo Salgado, o apoio da Câmara Municipal de Vizela ao Futebol Clube Vizela, que está e estará sempre ao lado do Clube, continuando a colaborar do ponto de vista institucional para que o Clube seja uma porta de entrada para os jovens no mundo desportivo e para que as gerações vindouras nunca esqueçam a importância histórica desta instituição. 

A Câmara Municipal atribuiu ainda o topónimo “Rotunda do Futebol Clube de Vizela”, prestando, assim, uma homenagem mais do que justa e merecida, num testemunho do profundo reconhecimento e gratidão desta comunidade ao Futebol Clube Vizela.

A Autarquia atribuiu também o topónimo “Rua José Fernando da Costa Vieira​”, prestando uma homenagem mais do que justa e merecida, ao Ex-Presidente  José Fernando da Costa Vieira e entendida a todos os elementos que pertenceram, ao longo da sua história, aos corpos sociais do Clube, num testemunho do profundo reconhecimento e gratidão de Vizela aos homens e mulheres que dedicaram a sua vida ao Futebol Clube Vizela.

Para assinalar os 80 anos, a Autarquia ofereceu um autocarro ao Clube e manifestou a disponibilidade para o financiamento dos balneários para os escalões da formação, reafirmando a vontade da Câmara Municipal em continuar a apoiar a formação do Clube, pois as verbas que o Município despende são um investimento e não uma despesa, para que o Clube possa continuar a projetar o nome do concelho de Vizela.

Por fim, a Câmara Municipal deixa ainda uma palavra de reconhecimento à atual direção do Futebol Clube de Vizela, pelo extraordinário esforço que o Clube tem feito e desejando que continue esse empenho em prol desta instituição.

FCV rotunda

AMADORA TEM MAIS ENCANTO TRAJADA À VIANESA

A 44ª edição da São Silvestre da Amadora realizou-se hoje, dia 31 de dezembro 2018, tendo alcançado, pela primeira vez, mais de 2.000 atletas inscritos na corrida de 10 km e na Corrida das Crianças.

49265692_2383803045026493_5035418244786159616_n

Rui Pinto, atleta do Sport Lisboa e Benfica, entrou para a história da prova: é o atleta masculino com mais triunfos na corrida (quatro vitórias).

Posicionadas na meta, segurando a faixa e saudando os atletas à chegada, as lindas minhotas conferiram àquela jornada desportiva um especial encanto e singular beleza bem característicos das mais belas moças da nossa região – mais uma vez, o Rancho Folclórico Dançar é Viver afirmou-se como o mais lídimo embaixador das tradições da nossa região naquele concelho dos arredores de Lisboa.

Fotos: HMS Sports | Walter Branco, Paulo Lopes e Luís Ferreira

48996027_2383803098359821_3580255970254651392_n

49079398_2383751678364963_4293209361590779904_n

49148390_2383804885026309_5479140537430704128_n

49172784_2383802755026522_2718525843792986112_n

49204908_2383804691692995_8991490970201620480_n

49342385_2383804678359663_1055489621741273088_n

49525838_282901189248354_4820982081158905856_n

49624203_2383803775026420_3345586022422413312_n

49680334_2383742688365862_4805063965992288256_n

48957959_2383750401698424_5376321185027981312_n

ARCOS DE VALDEVEZ ACOLHE ENCONTRO DE RUGBY

No próximo dia 05 de janeiro irá realiza-se em Arcos de Valdevez o primeiro encontro de Rugby nas categorias de Sub16 e Sub18 entre a Selecção Norte (Portugal e a Seleção Galiza (Espanha).

Os encontros terão lugar no Estádio Municipal de Arcos de Valdevez, sendo o primeiro jogo disputado às 13:00 H em Sub16 e o segundo às 14:30 H em Sub-18.

ARN Vs FGR - JAN 2019

MINHOTAS LEVAM O SEU ENCANTO À CORRIDA DE S. SILVESTRE DA AMADORA

Dentro de poucas horas vai ser dado o sinal de partida para mais uma edição da prestigiada Corrida de S. Silvestre da Amadora, por sinal uma das mais antigas do nosso país e seguramente a mais antiga que se realiza no continente.

26166789_1772871876119616_3232045222662897662_n

Posicionadas na meta de chegada, segurando a faixa e saudando os atletas, lá estarão as lindas moças do Minho trajadas à vianesa, conferindo àquela jornada desportiva um especial brilho e encanto.

Trata-se de jovens minhotas radicadas no concelho da Amadora e que, juntamente com as suas famílias, constituem o Grupo Folclórico Dançar é Viver, um lídimo embaixador das tradições da nossa região naquele concelho dos arredores de Lisboa.

Este ano, celebra a 44.ª edição, sendo a corrida de São Silvestre mais antiga de Portugal Continental. Realiza-se no último dia do ano, pelas 18h00. Ao longo das artérias desta cidade dos arredores da capital, milhares de pessoas apinham-se para assistir à passagem dos atletas, apoiando os seus ídolos e incentivando-os a prosseguir no seu esforço.

10649860_1001580736568216_4578746181882455153_n

CERVEIRENSES "VOAM" EM BALÃO DE AR QUENTE

Experiência de Balão de Ar Quente confirmada para este domingo

A fechar o ano de 2018, Vila Nova de Cerveira proporciona, este domingo, uma experiência única a residentes e visitantes. Integrado pela primeira vez na programação do “Na’tal Cerveira”, a Câmara Municipal surpreende com a realização de um voo cativo num balão de ar quente. Atividade tem um custo simbólico de 1 euro e decorre, entre as 10h00 e as 15h00, no Parque do Centro Coordenador de Transportes.

Balao

Mediante as condições meteorológicas previstas para este domingo, até à data de hoje, a experiência será feita em voo cativo, amarrado com cordas ao solo, onde irá subir até 20 metros de altura, levando cerca de cinco pessoas a bordo do cesto de cada vez. A iniciativa permitirá ter esta experiência única, além de observar o centro histórico cerveirense através de uma outra perspetiva.

O balão de ar quente, que é uma estreia na programação natalícia da ‘Vila das Artes’, vai estar ancorado nas imediações do Parque do Centro Coordenador de Transportes, e para participar apenas é necessário respeitar a fila por ordem de chegada.

A atividade terá um custo simbólico de 1 euro, cobrado na hora pela Comissão de Festas Concelhias em Honra de São Sebastião, com o valor a reverter na totalidade para a realização da edição 2019 das festividades.

Os voos realizam-se entre as 10h00 e as 15h00, com uma interrupção para almoço que será definida pelo operador do balão, mediante o número de pessoas em espera.