Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA PRAIA DE ÂNCORA… ENTROU AGOSTO!

Quem nunca ouviu falar de Vila Praia de Âncora… não conhece Portugal! No dia 31 de Julho, houve arraial na Praça da República porque a seguir entrou Agosto! E o povo não faltou à festa que foi um autêntico arraial minhoto. É que, apesar dos seus reconhecidos atributos, Vila Praia de Âncora não é só praia… é festa, folclore, arraial, como convém em qualquer terra do Minho!

Fotos: Município de Caminha

68258222_2324002894320893_7935468884184793088_n.jpg

67394655_2323973364323846_5634861852421783552_n.jpg

67403182_2323974690990380_1365714607020179456_n.jpg

67404444_2323973794323803_8438521382609879040_n.jpg

67474872_2323975500990299_3459718451826786304_n.jpg

67499124_2323974794323703_5962362798188003328_n.jpg

67557873_2323973937657122_4045773503939477504_n.jpg

67558947_2323973610990488_1627467506224463872_n.jpg

67592234_2323974237657092_3789506072541134848_n.jpg

67626602_2323973157657200_603929700976295936_n.jpg

67695176_2323975307656985_7303171164736585728_n.jpg

67746854_2323973294323853_155598912718110720_n (1).jpg

67746854_2323973294323853_155598912718110720_n.jpg

67783532_2323973050990544_973243755391877120_n.jpg

67820668_2323975404323642_3428693076959297536_n.jpg

AGOSTO TRAZ PROPOSTAS IRRECUSÁVEIS DE ANIMAÇÃO NOS VÁRIOS “PALCOS” DISTRIBUÍDOS PELO CONCELHO DE CAMINHA

Oferta diversificada, da gastronomia à música, num verão apelativo para todos os sentidos

No mês de agosto, o mês de férias de excelência, a animação de verão vai por o concelho de Caminha a mexer. EDP Vilar de Mouros, Sonic Blast Moledo, Festival Gastronómico Bife de Espadarte, Romaria de São João d’Arga, Festa do Mar e da Sardinha, concerto ao piano com o maestro Vitorino d’Almeida, são alguns dos eventos que vão marcar os dias e as noites de todos aqueles que visitarem o concelho de Caminha.

EDP Vilar de Mouros.jpg

Para além da programação cultural, Caminha é um concelho com uma oferta diversificada: 5 praias com bandeiras azuis; serra; rios; gastronomia rica e variada; restaurantes, cafés, pastelarias, várias esplanadas à beira mar, à beira rio e nos centros históricos, que convidam a sentar e a relaxar; hotéis, movida noturna, entre muitas outras distrações.

O grande destaque da programação do mês de agosto é, sem dúvida, o EDP Vilar de Mouros que vai agitar a aldeia de Vilar de Mouros de 22 a 24 de agosto. The Cult; Manic Street Preachers; Therapy?; The Offspring; Skunk Anaise; The Sisters of Mercy; Prophets of Rage, Gogol Bordello, são alguns dos nomes que vão pisar o palco da edição 2019. O EDP Vilar de Mouros é uma organização da Surprise & Expectation, Lda. Tem como Sponsors a EDP e conta com o apoio da Câmara Municipal de Caminha e da Freguesia de Vilar de Mouros. Mais informações em www.edpvilardemouros.pt ou info@festivalvilardemouros.pt.

De 8 a 10 de agosto, o “Âncora Folk´19” – Festival Internacional de Folclore - vai trazer o folclore e a etnografia de vários países ao nosso concelho. Portugal, Senegal, Bulgária e Espanha são os países que vão passar pelas praças de Caminha e Vila Praia de Âncora. O “Âncora Folk ‘19” é organizado pelo Etnográfico de Vila Praia de Âncora e conta com o apoio do Município de Caminha.

O melhor Festival Rock psicadélico da península ibérica acontece de 8 a 10 de agosto, em Moledo. Bandas como Graveyard, Earthless, Lucifer, Orange Goblin, OM, Toundra, entre muitas outras vão passar por Moledo. Além de boa música, neste festival pode usufruir de sol, praia, surf, skate, vibrações graves e psicadélicas, guitarras pesadas, piscina e muito flow… Mais informações em https://sonicblastmoledo.com. Este festival que é já uma marca de Moledo. É organizado por Garboy Lives e conta com o apoio do Município de Caminha e da Freguesia de Moledo e Cristelo.

De 8 a 11 de agosto, Caminha vai celebrar as festas concelhias em honra de Santa Rita de Cássia, uma festa religiosa de grande tradição. A cada ano que passa, esta festividade popular atrai a Caminha milhares de pessoas. Do programa religioso fazem parte os sermões e a majestosa procissão, constituída por dezenas de andores e figurantes, sempre acompanhada por uma fanfarra ou banda de música. O programa de animação cultural também é rico e diversificado.

De 9 a 10 de agosto, Orbacém promove o II Festival das Lavradeiras de Orbacém, dedicado às gentes da freguesia e à comunidade emigrante. É um momento de festa e de convívio.

De 8 a 18 de agosto, Vila Praia de Âncora é a capital do espadarte. Com o oceano atlântico a servir de cenário, este certame gastronómico apresenta as mais variadas formas de confecionar o espadarte.

Já o Cais de São Bento, em Seixas, vai acolher a V Festa do Rio, nos dias 14 e 15 de agosto.

Destaque também para a programação do Valadares Teatro Municipal, que vai ser palco do concerto “Ao piano com o maestro Vitorino d’Almeida”. O espetáculo decorre dia 14 de agosto, pelas 22H00. A entrada é livre.

Para os amantes das duas rodas motorizadas, de 16 a 18 de agosto, o Largo do Casal, em Vilar de Mouros, recebe mais um Encontro Motard.

Entretanto, no dia 17, a praia de Moledo “transforma-se”, com o MOcean – sunset party, entre as 10H00 e as 02H00.

Voltando à área da gastronomia, de 23 de agosto a 01 de setembro, o Campo do Castelo vai ser palco da Festa do Mar e da Sardinha, um evento de cariz popular, que destaca as fortes ligações que o concelho tem com o mar, nomeadamente com a comunidade piscatória de Vila Praia de Âncora. Esta festa do mar tem como objetivos promover o turismo e a gastronomia, bem como potenciar a economia local.

No desporto, destaque já perto do final do mês, no dia 25, para a travessia internacional Open Remo de Mar.

Nos dias 28 e 29, é tempo de subir à Serra d’Arga, que é palco de uma das festas populares mais genuínas do Alto Minho – a Romaria de S. João d’Arga. Todos os anos, milhares de romeiros sobem a serra para participarem na festa onde a animação é a palavra de ordem. No dia 28, esta romaria que junta o sagrado e o profano, começa cedo quando os vários grupos, oriundos de múltiplos pontos do distrito, iniciam a subida a pé a serra. O ambiente é de festa. Os caminheiros fazem-se acompanhar de concertinas e fazem o percurso a cantar ao desafio. Essa noite é uma grande festa, a animação e a boa disposição são uma constante. Para além, das cantigas ao desafio e das concertinas, esta festa é conhecida pelas especialidades locais, a tão afamada aguardente com mel.

De 30 de agosto a 01 de setembro, a Serra d’Arga volta a estar no centro das atenções e vai reunir praticantes de escalada e amantes de desporto de natureza, num dos locais de referência da modalidade, cujo objetivo é tornar esta área de Portugal numa das zonas escola de escalada de referência a nível nacional. Estamos a falar da Parede de Escalada de Penice, situada em Arga de Baixo, que é uma estrutura natural com caraterísticas e potencialidades de destaque para a prática da modalidade de escalada, nomeadamente para a escalada desportiva e bloco. Mais informações disponíveis no endereço electrónico, em https://www.facebook.com/events/2610622155631236/

No que concerne a exposições durante este período estão disponíveis várias mostras. O Museu Municipal de Caminha tem patente ao público a exposição “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” – obras da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) na Coleção de Serralves, no âmbito do acordo de integração do município de Caminha como Fundador de Serralves.

Está igualmente a decorrer a Arte na Leira, na Casa do Marco, em Arga de Baixo. Da autoria do artista Mário Rocha, esta edição junta mais de 40 nomes ligados às várias expressões artísticas, com destaque para a pintura, escultura, fotografia e cerâmica.

CAMINHA: PRAIA DE MOLEDO ESTÁ CADA VEZ MAIS ATRATIVA

Câmara investiu mais de 130 mil euros na requalificação do Topo Sul do Paredão da Praia de Moledo

A Praia de Moledo, um dos cartões de visita do concelho, parece um autêntico postal ilustrado. A empreitada “Arranjo do Topo Sul do Paredão da Praia de Moledo” já está concluída, conferindo-lhe uma atratividade ímpar, nomeadamente à noite, com condições de atrair cada vez mais banhistas e visitantes.  O Município investiu na requalificação da praia de Moledo mais de 130 mil euros, cumprindo, assim, uma aspiração antiga dos moledenses e de todos aqueles que frequentam aquela praia.

paredão topo sul Moledo (1).jpg

O Topo Sul do Paredão da Praia de Moledo encontrava-se em mau estado e não conferia à praia a qualidade merecida. Agora com esta intervenção, para além de hastear as Bandeiras Azul da Europa, Praia Acessível e Qualidade de Ouro, fatores que por si só a tornam uma das praias mais procuradas do norte, a praia de Moledo é um convite ao passeio.

A empreitada “Arranjo do Topo Sul do Paredão da Praia de Moledo”, uma obra muito desejada, incluiu vários trabalhos: execução de um muro em betão; criação de um parque para bicicletas, construção de uma casa de banho de apoio e pavimentação do passeio. Foi ainda colocado mobiliário urbano, com destaque para um banco corrido em granito e iluminação pública e decorativa.

É de salientar que o projeto da obra em causa foi oferecido à Junta de Freguesia de Moledo e Cristelo pelo arquiteto André Correia Fernandes, que por sua vez o ofereceu ao Município de Caminha.

paredão topo sul Moledo (2).jpg

paredão topo sul Moledo (3).jpg

paredão topo sul Moledo (4).jpg

FEIRA MEDIEVAL DE CAMINHA É UMA DAS MELHORES DE TODO O PAÍS

Terminou este domingo, a edição de 2019 da Feira Medieval de Caminha.

Considerada uma das 5 melhores do país, a Feira atraiu milhares de pessoas, que encontraram nas ruas do Centro Histórico da Vila uma oferta variada nas áreas da gastronomia, comércio de produtos tradicionais, chás e “mezinhas”, a par de uma forte aposta na animação constante. Subordinada ao tema Caminha Monástica, a Feira Medieval de Caminha incluiu uma exposição inédita: “Caminha e as ordens monásticas/os conventos caminhenses”. Cerca de 150 tendas e outros expositores participaram no evento, realizado entre 24 e 28 de julho.

Feira Medieval de Caminha (1).jpg

Feira Medieval de Caminha (3).jpg

Feira Medieval de Caminha (4).jpg

Feira Medieval de Caminha (5).jpg

Feira Medieval de Caminha (6).jpg

Feira Medieval de Caminha (7).jpg

Feira Medieval de Caminha (8).jpg

Feira Medieval de Caminha (9).jpg

Feira Medieval de Caminha (10).jpg

Feira Medieval de Caminha (11).jpg

CÂMARA INICIA PROCESSO PARA SE TORNAR PROPRIETÁRIA DAS PISCINAS DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Processo porá fim a uma Parceria Público Privada “ruinosa” para o Município

A Câmara Municipal de Caminha já iniciou o processo para permitirá ao Município deixar de pagar rendas até 2033, cujo total ascenderia a mais de 19 milhões de euros, e tornar-se proprietária das piscinas de Vila Praia de Âncora. Para tal foi aprovada, em reunião do Executivo, a contração de um empréstimo bancário até cerca de 5,2 milhões de euros, para liquidação junto da Parceria Público Privada (PPP) da totalidade em dívida, que não ultrapassará o valor do empréstimo, acrescido dos juros que vierem a ser acordados com a banca. A fase seguinte será agora a consulta das entidades bancárias para obtenção de propostas.

piscinas_municipais_vpa_1_1024_2500.jpg

O contrato de arrendamento assinado entre o Município de Caminha e a sociedade Caminhaequi, a 1 de maio de 2010, prevê o pagamento de um valor total superior aos 19,5 milhões de euros, em rendas, até 2033. A negociação com o privado, conduzida pelo presidente da Câmara, Miguel Alves, permitirá libertar o Município das rendas em troca da liquidação de um valor máximo de cerca de 5,2 milhões de euros.

A Câmara terá por isso de recorrer ao financiamento bancário, iniciando agora a respetiva consulta, para conseguir as melhores condições, ou seja, a menor taxa de juro possível. De qualquer maneira, conforme explicou Miguel Alves, o custo final da transação será sempre muito inferior aos 19,5 milhões que a Câmara assumiu em 2010, previsivelmente menos de metade. O privado, por seu lado, receberá um valor muito menor ao que tem direito pelo contrato, mas consegue arrecadar a verba de imediato e de uma vez só.

Mas a vantagem paro Município não é apenas financeira. O contrato celebrado em 2010 prevê também a cedência à Caminhaequi do direito de superfície sobre numerosos terrenos. Em causa estão todos os terrenos onde estão implantadas as próprias piscinas, em Vila Praia de Âncora, os largos Fetal Carneiro e da Feira, em Caminha. Nestes terrenos, a Câmara não tem, neste momento, capacidade de intervenção, o que, em última análise, inviabiliza eventuais obras, como é exemplo o novo Mercado Municipal.         

A solução encontrada por Miguel Alves põe fim a uma PPP “ruinosa” para o Município, que sempre assumiu vários encargos com o funcionamento das piscinas, caso da água que é gasta no complexo, assim como encargos com pessoal, parte dos custos de manutenção e outros.

A palavra final cabe, apesar de tudo, ao Tribunal de Contas, que terá de dar o aval positivo a todo o processo.