Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TERRAS DE BOURO CONTROLA VESPAS DAS GALHAS DO CASTANHEIRO

Município de Terras de Bouro promove controlo da vespa das Galhas do Castanheiro

Tendo sido sinalizada a presença da vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus) no concelho de Terras de Bouro e dado que a praga representa uma ameaça para os soutos da região, a Câmara Municipal de Terras de Bouro, através do Gabinete de Apoio ao Agricultor e em colaboração com a Direção Regional de Agricultura e Pesas do Norte e a RefCast – Associação Portuguesa da Castanha, realizou no dia 24 de maio duas largadas biológicas do inseto parasita “Torymus Sinensis”, nas freguesias de Moimenta e Chamoim.

IMG_5318.JPG

A vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus é considerada uma praga para os castanheiros ao atacar os gomos foliares e formar galhas, reduzindo o crescimento dos ramos e a frutificação, podendo diminuir drasticamente a produção e a qualidade da castanha.

IMG_5323.JPG

IMG_5332.JPG

IMG_5333.JPG

IMG_5340.JPG

IMG_5341.JPG

IMG_5343.JPG

IMG_5352.JPG

IMG_5353.JPG

JUVENTUDE ARCUENSE DESCE À RUA PARA PROTESTAR CONTRA ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

Alunos arcuenses na rua pelo combate às alterações climáticas

O movimento dos jovens tem origem numa estudante sueca, Greta Thunberg, que no verão passado começou sozinha uma greve às aulas, manifestando-se em frente ao parlamento sueco de onde esperava ver tomadas medidas no sentido de revolver a crise climática.

Centenas de alunos arcuenses associaram-se ao segundo protesto em prol do Planeta, que levou hoje às ruas milhares de jovens de uma centena de países. Com esta greve estudantil, em que todos podem participar, os estudantes pretendem chamar à atenção do governo para a crise climática e exigem que a sua resolução seja feita prioridade.

manifestação_alteraçoes_climáticas11.JPG

Segundo o manifesto desta iniciativa, esta greve climática estudantil é um movimento político-apartidário, descentralizado e pacífico, bem como a voz de uma juventude farta da negligência das classes políticas face ao futuro. Os jovens solicitam a proibição da exploração de combustíveis fósseis em Portugal, o encerramento das centrais elétricas a carvão de Sines e do Pego, o uso de 100% de energias renováveis até 2030 e neutralidade carbónica nessa altura (o Governo tem 2050 como meta), melhores transportes públicos e menos agricultura intensiva.

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez apelou aos jovens que olhem para o seu concelho, “rico em património ambiental, com valores naturais únicos”, e ajudem a preservá-lo e valorizá-lo.

 “Temos que continuar a trilhar este caminho de valorização do nosso património, de promoção do equilíbrio entre o Homem e a Natureza, pois há milénios que esta interação existe, e o que fizermos hoje é determinante para o que teremos amanhã.

Assim contamos com todos para promover o desenvolvimento sustentável da nossa Terra. “, afirmou João Esteves, Presidente da Câmara Municipal.

Valorizando o movimento dos estudantes, o autarca convidou os jovens para participarem na inauguração o Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez, no dia 1 de Junho, e nas várias ações de limpeza que acontecerão um pouco por todo o concelho, no dia 15.

Juntos para um Futuro Melhor em Arcos de Valdevez onde Portugal se Fez, Faz e Fará.”, rematou o autarca.

Neste momento, foi também entregue uma carta da Câmara Municipal onde são referidas as ações que se encontram a ser levadas a cabo em prol do ambiente, como sendo a adesão ao Pacto de Autarcas, o Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas; ao nível da Educação e Sensibilização Ambiental, o Programa Eco-Escolas, School4All, Mercado Municipal Circular, projetos em curso no Parque Nacional da Peneda-Gerês como o Plano de prevenção e recuperação de habitats naturais.

A construção na Porta do Mezio do Parque Biológico da Porta do Mezio; a criação do Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez, do Centro da Biodiversidade do Alto Vez em Sistelo, ou, a realização, pela Câmara e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), de obras de Reabilitação e Requalificação dos Ecossistemas Ribeirinhos e a futura execução do Parque urbano com resiliência às cheias no baixo Vez.

manifestação_alteraçoes_climáticas4.JPG

manifestação_alteraçoes_climáticas7.JPG

manifestação_alteraçoes_climáticas8.JPG

manifestação_alteraçoes_climáticas10.JPG

VILA DE PRADO ESPERA MILHARES DE PARTICIPANTES NA CONCENTRAÇÃO

24 a 26 de maio.  Milhares de participantes esperados para a XIX Concentração de Prado!

A adrenalina das duas rodas está de regresso à Vila de Prado e, como já é habitual, chega com muita animação à mistura. Os espetáculos de música ao vivo, os ‘comes e bebes’, os stands, as diversões e o ambiente de convívio ajudam a enriquecer o programa preparado pelo Moto Club de Prado.

A beleza natural da Praia Fluvial do Faial é a cereja no topo do bolo. A XIX Concentração de Prado está já aí ao virar da esquina, 24 a 26 de maio, e promete um fim de semana em cheio.

A XIX Concentração de Prado começa na tarde de sexta-feira, 24 de maio, segue pela noite dentro com a animação musical do Grupo Cyclone e termina com o espetáculo de striptease. No dia seguinte, um dos grandes destaques vai para o eletrizante espetáculo de Freestyle com Humberto Ribeiro. Haverá também muita diversidade musical com as atuações dos Bomboémia, Doutro Assério e Paulo Baixinho e Companheiros de Aventura. No domingo, 26 de maio, é tempo de encerramento e despedidas com direito a desfile.

Anualmente, o evento atrai milhares de participantes que chegam um pouco de todo o país e até da vizinha Espanha, afirmando-se como uma montra privilegiada de divulgação da vila, do concelho e de toda a região. Uma concentração com quase duas décadas de história, organizada pelo Moto Club de Prado e apoiada por diversos vários parceiros, entre os quais a Junta de Freguesia da Vila de Prado.

CERVEIRA VIRA PISTA DE DANÇA

Inscrições abertas para o XV DANCERVEIRA que reforça aposta na formação kids

É a contagem decrescente para quatro dias e quatro noites de muita dança em Vila Nova de Cerveira, de 27 a 30 de junho. Com 15 anos de existência, o DANCERVEIRA - Festival Internacional de Dança volta a invadir a ‘Vila das Artes’ com dança e magia, envolvendo o Norte de Portugal e a Galiza. Aos espetáculos gratuitos ao ar livre e diversas formações, esta edição incorpora, pela primeira vez, com Workshops ‘Dancer Summer Kids’, dirigidos a crianças dos 7 aos 11 anos. Inscrições abertas através do site www.adeixa.com

DANCERVEIRA 2019 VF.jpg

Os entusiastas pela arte da dança aguardam, com expetativa, pelo último fim-de-semana de junho para demonstrar as suas performances e participar num intercâmbio cultural de referência, no reconhecido palco da ‘Vila das Artes’.

Com organização da Adeixa – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, e apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, o DANCERVEIRA atrai, anualmente, um milhar de bailarinos de dezenas de escolas do Norte de Portugal e da Galiza que, durante quatro dias, partilham conhecimentos, adquirem novos conceitos, dinamizam momentos de diversão e criam laços profissionais e de amizade.

Com uma vasta programação, a XVª edição inclui as componentes interativas com o público, a formativa e a lúdica. À semelhança dos anos anteriores, estão agendados quatro espetáculos noturnos ao ar livre, de caráter gratuito, nos quais cada escola apresenta as suas performances.

Os períodos de manhã e tarde estão reservadas para aulas e workshops de formação protagonizadas por professores de renome nacional e internacional, nomeadamente de Hip-Hop Avançado com Alejandro Martínez, Jazz Musical Intermédio com Isabel Sabín, Lyrical Jazz Avançado com Marcelo de Andrade, Dança Experimental Intermédio com Alba Cotelo e Estefi Gómez, Broadway Dance Avançado com Isabel Arance, e Ballet Clássico Intermédio com Sandra Esteves.

E porque é de pequenino... que se começa a dar ritmo, a edição 2019 reforça o cariz de aprendizagem dos mais pequenos, com a organização, pela primeira vez, de um Workshop Kids dirigido a pequenos bailarinos com idades entre os 7 e 11 anos. O ‘Dancer Summer Kids’ versa o estilo de Hip-Hop, com a presença da professora Chris Faria, e do Jazz, com Isabel Sabín. Após esta ação, os ‘bailarinos aprendizes’ revelam, publicamente, o que aprenderam, num espetáculo agendado para o último dia, domingo, no período da manhã.

Não obstante, os momentos de convívio entre os milhares de participantes também não são descurados, estando previstas as iniciativas ‘Dançando na Água’, ‘Festa da Espuma’ e ‘Dance Party’.

Durante quatro dias, entre 27 e 30 de junho, o DANCERVEIRA convida a desfrutar da arte de viver a dança. Inscrições e informações através do website: www.adeixa.com

SOCIALISTAS FAZEM CAMPANHA EM FAFE

No âmbito da campanha das Eleições Europeias para o Parlamento Europeu, o PS-Fafe promoveu ontem, no Café Arcada, em Braga, um café-tertúlia “Café Europa”, aberto à comunidade local, que se encheu de militantes, simpatizantes, antigos e atuais autarcas socialistas, e que contou com a presença da candidatada do PS ao Parlamento Europeu pelo distrito de Braga, Isabel Estrada Carvalhais.

dbast (22).jpg

Ladeada pelo Presidente da Comissão Política do PS-Fafe, Daniel Bastos, do Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raúl Cunha, e do Presidente da Federação Distrital do PS-Braga, Joaquim Barreto, a candidatada do PS ao Parlamento Europeu pelo abordou o passado, presente e futuro da Europa e o projeto europeu do PS, defendendo que “temos de ter voz forte no Parlamento Europeu.

O Presidente da Comissão Política do PS-Fafe

Daniel Bastos

A União Europeia não tem de se reinventar. Tem de se reencontrar com os seus valores essenciais, da sua génese. Reencontrar-se com a solidariedade”.

dbast (1).jpg

dbast (2).jpg

dbast (3).jpg

dbast (4).jpg

dbast (5).jpg

dbast (6).jpg

dbast (7).jpg

dbast (8).jpg

dbast (9).jpg

dbast (10).jpg

dbast (11).jpg

dbast (12).jpg

dbast (13).jpg

dbast (14).jpg

CABECEIRAS DE BASTO VALORIZA GASTRONOMIA

Tertúlia evidencia importância da gastronomia na valorização do território

‘Turismo de Saberes e Sabores’ foi o tema da quinta tertúlia que integra o Ciclo ‘O Futuro Visita o Passado’ do programa cultural Mosteiro de Emoções e, neste caso em concreto, a segunda tertúlia dedicada ao ‘Turismo de Saberes e Sabores’.

Tertúlia ‘Turismo de Saberes e Sabores’ realizou-se hoje na Casa do Tempo.JPG

O encontro decorreu ontem à tarde, dia 23 de maio, na Casa do Tempo, e teve como oradores Olga Cavaleiro, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Mestre em Alimentação, Fontes, Cultura e Sociedade; Manuel Fernando Vaz Ribeiro da Confraria do Presunto e da Cebola do Tâmega e Sousa, Mestre em Gestão de Recursos Humanos; e Rafael Oliveira, membro da Confraria de Gastrónomos do Minho, vice-presidente da Associação Comercial de Braga.

No arranque desta tertúlia, a vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, evidenciou a importância da gastronomia no incremento do turismo, realçando o crescente interesse pelo “turismo de experiências e sensações” com destaque para os sabores de Basto que têm atraído públicos diferenciados.

Durante as suas intervenções, os oradores destacaram a importância da gastronomia na valorização do território, dando a conhecer o trabalho que as Confrarias têm feito em prol da promoção dos produtos endógenos.

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, encerrou este evento, agradecendo a todos a prestimosa colaboração e participação.

De referir que esta iniciativa teve como principais destinatários os empresários ligados ao setor do turismo, restauração e alojamento, e outros interessados na temática do turismo dos saberes e sabores.

O Ciclo de Tertúlias é uma iniciativa integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

SOUTELO FOI A LISBOA MANIFESTAR A SUA DISCORDÂNCIA COM A INSTALAÇÃO DE NOVA LINHA DE ALTA TENSÃO

JF de Soutelo e proprietários reuniram com Secretário de Estado da Energia contra a instalação de nova linha de Alta Tensão

A Junta de Freguesia de Soutelo e os proprietários dos terrenos abrangidos estão contra a instalação em território soutelense de uma nova linha de Alta Tensão - LN Mista a 60 KW, que se encontra em processo de licenciamento na DGEG.

20190524_122315.jpg

O presidente da Junta de Freguesia de Soutelo, Filipe Silva, e o proprietário de um dos terrenos abrangidos, o médico Dr Miguel Ferraz, deslocaram-se, hoje (24 de maio), a Lisboa, onde foram recebidos pelo Secretário de Estado de Energia, João Galamba.

Durante a reunião, manifestaram o seu desagrado com a instalação de uma nova linha numa localidade que já é altamente lesada pelo elevado número de linhas de média e alta tensão existentes.

CABECEIRAS DE BASTO REDUZ TARIFAS DE TRANASPORTE

Câmara Municipal aprova cinco medidas de redução do tarifário de transporte

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou esta manhã, dia 24 de maio, cinco medidas de redução do tarifário de transporte, bem como as normas de acesso e utilização.

Transportes - PART.jpg

Desde o dia 1 de abril que é mais barato viajar nos transportes públicos, nas carreiras dentro do concelho. O Passe ESTUDSEC (Medida 1), que foi a primeira medida a ser implementada, é gratuito para os alunos do ensino secundário regular.

O Cartão VIAJAR 65+ (Medida 2) contempla o financiamento em 100% para 10 viagens mensais para cidadãos com 65 ou mais anos de idade. Esta medida entra em vigor já no próximo dia 1 de junho.

O Passe VIAJAR ATIVO (Medida 3) financia, em cinquenta por cento, o passe mensal dos trabalhadores ativos, ou seja para todos os que trabalham por conta própria ou por conta de outrem. A medida vigora a partir de 1 de junho.

O Cartão VIAJAR SOCIAL (Medida 4) estabelece 50% de desconto no título de transporte para 15 viagens mensais para desempregados ou cidadãos à procura do primeiro emprego, desde que estejam inscritos nos Serviços de Emprego de Basto. Esta medida também entra em vigor a 1 de junho.

A Câmara Municipal financiará a criação de uma NOVA CARREIRA (Medida 5) entre Cabeceiras de Basto (Central de Camionagem) e Vila Real (com ligação a Bragança e Chaves) aos domingos às 19h30 e regresso às sextas-feiras às 19h30. Este novo transporte a ser implementado a partir do mês de setembro de 2019, destina-se à população em geral, mas muito particularmente aos estudantes do ensino superior que frequentam estabelecimentos de ensino em Trás-os-Montes, localidades para as quais não há carreira pública a partir de Cabeceiras de Basto.

De salientar que a implementação destas medidas decorre da Lei do Orçamento de Estado para 2019 que prevê o financiamento do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) e que tem por objetivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social fruto da utilização massiva do transporte individual.

As normas de acesso e utilização estão disponíveis no site da Câmara de Cabeceiras de Basto.

COMO BENEFICIAR DESTAS MEDIDAS? INFORME-SE NA CÂMARA MUNICIPAL!

Transportes (2) - PART.jpg

TERRAS DE BOURO PRESERVA TRILHOS

Limpeza e Requalificação da Rede de Trilhos na Senda de Miguel Torga

A Câmara Municipal de Terras de Bouro mantém em curso várias intervenções no sentido de renovar a Rede de Trilhos “na Senda de Miguel Torga”.

GR34 (3).jpg

Dando continuidade aos trabalhos já efetuados, desta vez, o Município procedeu à remarcação da Grande Rota (GR) 34 da Serra Amarela e à alternativa do PR 9 – Trilho da Geira Romana, fazendo este passar pela capela da Sr.ª da Nazaré localizada em Chorense. Para além das remarcações mencionadas, a equipa de Sapadores Florestais finalizou as intervenções nos trilhos PR1 – Trilho Cidade da Calcedónia, PR2 – Trilho do Castelo, PR6 – Trilho dos Miradouros e PR13 – Trilho da Caniçada, oferecendo uma experiência mais segura e apelativa ao nível da envolvente natural e dos pontos de interesse que cada um oferece.

GR34 (6).jpg

IMG_20190516_130142.jpg

PR6 - Miradouros (4).jpg

PR9 - Alternativa Capela da Nazaré (2).jpg

PR13 - Caniçada.jpg

TERRABOURENSES CONQUISTAM MEDALHA DE OURO A DISPARAR CONTRA OS PRATOS

Uma medalha de Ouro e duas de Bronze conquistadas em Mogadouro na 5ª Prova do Circuito InterClubes de Tiro aos Pratos

Os atletas de Tiro Desportivo do CCPE de Terras de Bouro tiveram, uma vez mais, uma prestação altamente honrosa, na transmontana Vila de Mogadouro, na 5ª prova do Circuito Interclubes de Tiro aos Pratos.

Apesar de desfalcada de alguns elementos, a equipa conquistou os  1º e 3º lugares na categoria de veteranos e o 3º lugar no pódio coletivo.

Mog. (14).JPG

Mog. (1).JPG

Mog. (2).JPG

Mog. (3).JPG

Mog. (4).JPG

Mog. (5).JPG

Mog. (6).jpg

Mog. (7).JPG

Mog. (8).JPG

Mog. (9).JPG

Mog. (10).JPG

Mog. (11).JPG

Mog. (12).JPG

Mog. (13).JPG

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) DE TERRAS DE BOURO APROVOU PLANO DE AÇÃO

O plenário do Conselho Local de Ação Social (CLAS) reuniu na manhã do dia 16 de maio para analisar e aprovar o Plano de Ação no âmbito dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social 4ª Geração (CLDS-4G), com o objetivo de apresentação de candidatura ao referido Programa.

tbbour (1).jpeg

Nesta reunião foi apresentada pelo Presidente do Município, Manuel Tibo, uma breve explicitação de todo o procedimento inerente à implementação do CLDS-4G, nomeadamente a manifestação de interesse no desenvolvimento do Projeto no concelho, a designação da ATAHCA como Entidade Coordenadora Local da Parceria (ECLP) e única Entidade Local Executora das Ações (ELEA), a seleção da Coordenadora Técnica do Projeto e a construção do Plano de Ação assente na participação das entidades parceiras e nos instrumentos de planeamento municipal, designadamente o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social.

CLDS-4Geira TB - Gerações, Emprego, Inclusão e Revitalização de Atividades em Terras de Bouro,  foi a  denominação apresentada para o programa.

Nesta seção foi reforçado pelo Presidente da ATAHCA, Mota Alves, a importância da participação de todas as entidades na execução do Plano de Ação do CLDS-4G, uma vez que só poderá ter sucesso com o envolvimento dos agentes locais.

O Plano de Ação assenta em três Eixos de Intervenção: Eixo 1- Emprego, formação e qualificação; Eixo 2 - Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil e Eixo 3 - Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa. De forma mais pormenorizada, foram descritas as 26 atividades a desenvolver por ação obrigatória e por eixo de intervenção, com a respetiva caracterização dos destinatários a abranger, indicadores de execução e de resultados esperados. Foram também apresentadas 2 atividades a desenvolver não obrigatórias e não financiadas, mas que se revestem de elevada importância para o território, nomeadamente a dinamização de um mercado local para valorização e divulgação dos produtos locais e a capacitação organizacional. Este Plano de Ação foi unanimemente aprovado.

O Presidente da Câmara Municipal informou também o plenário que as candidaturas apresentadas ao Aviso Norte 42-2018-15-Equipamentos Sociais ainda aguardam o parecer da Segurança Social, não havendo até esta data e por esse motivo decisão final em relação a essas candidaturas. Foi esclarecido, ainda, que este Aviso contou, entretanto, com um reforço de verba que permitirá financiar a totalidade dos projetos candidatados e, eventualmente, outros que ainda possam vir a ser submetidos.

tbbour (2).jpeg

VIEIRA DO MINHO APRESENTA GUIA DO PATRIMÓNIO CULTURAL

Vieira do Minho apresenta Guia do Património Cultural do Concelho

No encerramento da Feira do Livro, o Município de Vieira do Minho vai apresentar aos Vieirenses e público em geral o Guia do Património Cultural do Concelho, de autoria de Paulo Manuel Marques da silva.

O momento realiza-se, segunda-feira, dia 27 de Maio, pelas 18h00, no recinto da Feira do Livro, que tem estado a decorrer de 23 a 27 de maio, na Praça em frente ao Município.

Refira-se que este guia foi realizado no âmbito das comemorações do Ano Europeu do Património Cultural, tendo também a sua realização merecido o voto unânime dos deputados da Assembleia Municipal de Vieira do Minho, na reunião ordinária de 27 de fevereiro de 2018.

TEATRO EM VILA PRAIA DE ÂNCORA APRESENTA "A GUARDIÃ DE RETRETES!"

O À Margem- Armazém Teatral   vai apresentar no Cine teatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora o seu último espectáculo "A Guardiã de Retretes!" no próximo  dia 15 de Junho pelas 21h30m.

CARTAZ Ancora.jpg

Trata-se de um espectáculo de benificência para a Associação dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

O espectáculo visa obter ajuda financeira para esta associação destes homens e mulheres que se dedicam a trabalhar em prol da comunidade. Toda a receita reverterá a favor da Associação dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

Esta iniciativa do À Margem- Armazém Teatral vem no seguimento da sua intervenção na comunidade de Viana do Castelo.

O teatro deve servir para ajudar a comunidade em todos os seus pólos!

Esperamos casa cheia para assim conseguir o máximo de ajuda possível para  esta Associação de homens e mulheres  e assim conseguirem melhores meios para ajudar toda a comunidade.

BARCELOS DIVULGA PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE JUNHO DO THEATRO GIL VICENTE

A programação do Teatro Gil Vicente mantém, em junho, a diversidade e a heterogeneidade artísticas, com muita música, teatro, cinema e dança.

Os primeiros dois dias do mês são dedicados aos mais novos no âmbito do Dia Mundial da Criança com duas sessões de teatro a ter lugar no dia 1, às 15h00 e às 21h30, a peça “O Principezinho” pela Jangada Teatro e, no dia 2, às 16h00, a peça de teatro com marionetas ”3 Porquinhos” pela Jangada Teatro.

Mas não é o único dia que a sétima arte passa pelo Gil Vicente, pois pode reservar o dia 22, às 21h30, para assistir ao espetáculo “É tudo ao molho e fé em Deus" protagonizado por Carlos Cunha Produções. A entrada tem o custo de 5 euros.

A Associação Zoom volta a trazer cinema ao Teatro, com os filmes “Agnés por Varda”, no dia 4 de junho; “Minnie e Moskowitz Tempo de Amar”, no dia 11 e, “A Máscara”, no dia 18. As sessões são às 21h30 e tem o valor de 3,5€.
O mês de junho também traz música ao espaço vicentino, nos dias 5, 6 e 7 o Conservatório de Música de Barcelos protagoniza o espetáculo de teatro cantado “Don Giovanni”, às 21h00.

O triciclo também está de volta ao Gil Vicente, no dia 8 de junho, às 22h00 e, inicia com a terceira edição do “serviço educativo”. Depois dos espetáculos “Vou-te contar uma história sobre Barcelos” e “Identidade”, esta importante componente do triciclo propõe “Rhythmen”, um espetáculo coordenado pelo baterista barcelense Pedro Oliveira e que juntará a comunidade artística local e a Escola de Dança de Barcelos.

O terceiro trimestre do triciclo termina no dia 29 de junho, no Círculo Católico de Operários de Barcelos, com os Sensible Soccers, que voltam a Barcelos com nova formação e o seu terceiro longa-duração, “Aurora”, e os Otrotorto, trio português que parte da base do rock em busca de outros territórios musicais. O início dos espetáculos está marcado para as 22h30 e os bilhetes custam sete euros.

Destaque, ainda, para o espetáculo de música e dança “Didálvi, Arte e Vida”, no dia 21, às 21h30.

No dia 25, às 22h00, é a vez do espetáculo dos Sunset Rollercoaster, banda fenómeno do sudoeste asiático, mais concretamente de Taiwan, concerto inserido na Linha TGV.

A Arts Academy protagoniza um espetáculo de dança com a audição final de ano, no dia 30 de junho, às 16h00, com a participação da Crew de Danças Urbanas, do grupo de Capoeira, bem como da orquestra rock (Comclave).

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

CELORICO DE BASTO GEMINA-SE COM CAMBADOS (GALIZA)

Comitiva de Celorico de Basto visita Cambados para celebrar acordo de Geminação

Uma Comitiva do Município de Celorico de Basto esteve ontem, 23 de maio, no concelho de Cambados, na Galiza, Espanha, para assinar o protocolo de geminação com aquele Município.

Cambados dista de Celorico de Basto 207,9 Kms e é a terra do alvarinho e das camélias.

Este protocolo firmado entre o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, e a Alcadesa do Ayuntamiento de Cambados, Fátima Abal Roma, teve lugar nos paços do Concelho de cambados com a cerimónia de assinatura do respetivo acordo seguindo-se o descerramento da placa evocativa relativa a esta data histórica para os dois concelhos.

_DSC7044.jpg

“Hoje celebramos a 1ª parte de um protocolo de Geminação que será certamente, muito benéfico para ambos os Municípios envolvidos. Começamos por desenvolver relações través da participação bilateral nas respetivas atividades promovidas no âmbito da valorização das camélias e, com o passar do tempo verificamos que temos muito mais em comum. Este acordo será uma forma de consolidar este intercâmbio de interesses a nível cultural, social e económico, entre Municípios relativamente próximos e que só têm a ganhar com esta geminação” disse o autarca de Celorico de Basto.

No mesmo sentido de pensamento, Fátima Abal Roma disse que esta ideia de criar esta geminação surgiu porque “temos muitas coisas em comum, somos regiões que estão muito próximas geograficamente e as nossas culturas também estão muito próximas porque são similares e parecidas. Há três anos a esta parte que desenvolvemos a Feira Internacional da camélia e pensamos desenvolver um pouco o mundo das camélias, acabamos por tomar conhecimento que Celorico de Basto fazia a Festa Internacional das Camélias e começamos a participar na festa, a base desta geminação, depois surgiram novas relações, novas perspetivas de Municípios muitos similares e que poderiam beneficiar de uma ligação mais efetiva”.

A comitiva de Celorico de Basto composta, para além do Presidente, pelo Vereador da Cultura de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, o vereador, Eduardo Magalhães, Fernando Vilas Boas e Tiago Gonçalves, Membros do Comité de Geminação e Relações Internacionais, e Marlene Silva, Esposa do Presidente, foi recebida pela alcadesa de Cambados, por Victor Riva, concelleiro da Cultura, José Varela, concelleiro do Enoturismo, Xurxo Trigo Concelleiro de Economia, Luís Aragunde Aragunde, candidato á alcadía do PP, e pelo Presidente da Associação Ibérica da Camélia, José Maria Mouta.

Após o almoço no Parador de Cambados, e as cerimónias oficiais de assinatura do protocolo de geminação, decorreu uma troca de lembranças entre ambos os Municípios com a entrega da bandeira de Celorico de Basto à alcadesa de Cambados entre outras oferendas.

Seguiu-se um passeio pelas ruas mais históricas desta cidade e uma visita ao Pazo de Fefiñanes, uma quinta do século XVI, com características muito próprias, reconhecida pelo alvarinho que produz, amplamente galardoado com prémios nacionais e internacionais.

As cerimónias que consolidam oficialmente este protocolo de geminação, no qual se prevê uma partilha cultural, social e económica, terminam no dia 29 de maio com a assinatura deste acordo no Município de Celorico de Basto.

_DSC7054.jpg

_DSC7085.jpg

_DSC7135.jpg

_DSC7199.jpg

ENTIDADES DA REGIÃO APRESENTAM PLANO DE OPERAÇÕES DISTRITAL NO ÂMBITO DO DISPOSITIVO ESPECIAL DE CONATE A INCÊNDIOS RURAIS 2019

Apresentação decorreu no passado dia 17 de Maio, na Epralima, em sede de reunião da Comissão Distrital de Proteção Civil.

Nesta última sexta-feira ficou certo que todas as entidades envolvidas na proteção das pessoas e bens e no combate a incêndios florestais do distrito estão empenhados e em sintonia para que as ocorrências diminuam, bem como que existe uma clara necessidade para que haja uma maior proximidade com o cidadão no sentido de mitigar essas mesmas ocorrências.

apresentacao_plano operaçoes distrital.JPG

O presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Esteves, deixou clara a disponibilidade do município para colaborar, à semelhança dos naos transatos, com os agentes de proteção Civil e entidades de apoio, com o objetivo da proteção de pessoas e bens e da floresta.

Nesta sequência, foi apresentado no passado dia 17 de maio, no auditório da Epralima o Plano Operacional Distrital, o qual sintetiza os meios envolvidos em todas as fases de empenhamento, quer meios humanos, quer em termos de viaturas e meios aéreos, ao nível distrital.

Com este PLANOP, define-se a arquitetura da estrutura de direção, comando e controlo, a forma como é assegurada a coordenação institucional, a regulação, a articulação e otimização da atuação operacional das forças integrantes do SIOPS – Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro, dos organismos e instituições envolvidas ou a envolver nas operações de defesa da floresta contra incêndios, entendida esta na vertente da proteção e socorro.

Este PLANOP aplica-se a todo o distrito de Viana do Castelo e aos organismos e instituições que participam na defesa da floresta contra incêndios, bem como todos os que cooperam nesta matéria.

Pela sua importância, o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), possuidor de caraterísticas únicas do ponto de vista da sua fauna e flora, continuará a ser objeto de um plano de operações específico que articulará um dispositivo conjunto de defesa da floresta contra incêndios nos domínios da vigilância e da primeira intervenção.

A missão deste documento é a de garantir permanentemente a segurança dos operacionais e dos cidadãos, a salvaguarda do património e do ambiente; minimizar o número de baixas; assegurar por parte de toda a cadeia de comando operacional toda a atenção na segurança das pessoas, dos meios, e a integridade física dos operacionais envolvidos nas intervenções, cumprindo-se, a todo o momento, as regras de segurança individuais e coletivas; manter os valores da área ardida abaixo das metas estabelecidas pelo PNDFCI; e assegurar a mobilização, prontidão, empenhamento e gestão de todos meios disponíveis de forma eficiente e eficaz.

apresentacao_plano operaçoes distrital2.JPG

apresentacao_plano operaçoes distrital3.JPG

apresentacao_plano operaçoes distrital4.JPG

"O TEATRO VAI A... ANTAS" NO CONCELHO DE ESPOSENDE!

“O Teatro vai a… Antas” com o grupo Forjães em Cena

Integrado na estratégia de descentralização cultural e no âmbito do programa CREARTE – Crescimento da Arte Teatral em Esposende, o Município de Esposende vai promover a iniciativa “O Teatro vai a… Antas”.

8JUN_TEATRO_vai.jpg

Assim, no próximo dia 8 de junho, às 21h30, no Salão Paroquial de Antas, o grupo de teatro Forjães em Cena apresenta a peça de teatro “A Vizinha do Lado”, de André Brun. O espetáculo tem entrada livre.

O professor de moral Plácido Mesquita vai de Forjães a Lisboa visitar o seu sobrinho Eduardo para o resgatar de uma vida condenável de maus vícios e encontra-o dividido entre a paixão pela sua vizinha do lado, a jovem Mariana, e a relação amorosa que mantém com Isabel Moreira, artista de variedades arrojada e muito determinada. O vizinho Saraiva e o porteiro Jerónimo contribuem para a confusão que se instala no prédio e contagia o professor, que vê o objetivo da sua viagem ser radicalmente alterado.

Através do desenvolvimento deste programa descentralizado de atividades, o Município proporciona à comunidade o acesso a eventos culturais nas suas próprias localidades e a possibilidade de apreciar o trabalho que é desenvolvido a este nível no concelho. De resto, tendo o Município vertido para o seu plano de ação os Objetivos de Desenvolvimentos Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, está também a contribuir para as metas Educação de Qualidade (ODS 4), Reduzir as desigualdades (ODS 10) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).

BARCELOS HOMENAGEIA SAMUEL BASTOS

Câmara Municipal de Barcelos aprova voto de pesar pelo falecimento do músico Samuel Bastos

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária realizada em 24 de maio, um voto de pesar pelo falecimento, no passado sábado, dia 18 de maio, do músico barcelense Samuel Bastos, de 32 anos.

13103401_10153493820902341_1237875764055285750_n.jpg

Oboísta da Orquestra da Ópera de Zurique, na Suíça, Samuel Bastos era reconhecido como um dos melhores instrumentistas da atualidade à escala internacional.

Nascido em 1987 no seio de uma família de músicos, em Oliveira, Barcelos, iniciou os estudos musicais, aos 7 anos, com o seu pai, Cândido Bastos.

O seu percurso musical foi absolutamente ímpar. Em 1997 ingressou no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, tendo em 2005 concluído o 8º grau de oboé na classe do professor José Fernando Silva, obtendo a classificação máxima.

No ano 2005/2006 estudou na Escola Superior de Música com o professor Andrew Swinnerton.

Foi laureado com o 1.º Prémio no Concurso Internacional para Giovani Interpreti “Cittá di Chieri” 2005, em Turim, Itália, 17.ª edição do Concurso promovido pela YMFE (Yamaha Music Foundation of Europe, 2006), Prémio Jovens Músicos (RTP-RDP 2007), Prémio Maestro Silva Pereira, I Concurso Internacional Terras de La Sallete 2008, e 2º Prémio no "Concours National d’Execution Musicale Riddes 2008", na Suiça.

Integrou a Orchestre d’Harmonie des Jeunes de L’Union Europeenne, Phillarmonie Animato Orchestra, European Union Youth Orchestra (E.U.Y.O), The World Orchestra e a Gustav Mahler Jugend Orchester, com quem realizou concertos em Espanha, França, Itália, Alemanha, Suíça, Áustria, Luxemburgo, Liechtenstein, Bélgica, República Checa, Grécia, Hungria, Eslováquia, Eslovénia, Portugal e China.

Na temporada de 2005/2006 foi seleccionado para a L’Orchestre des Jeunes de la Meditarranée.

Colaborou ainda com o Remix Ensemble, Orquestra Sonfonia Varsóvia, Symphonisches Orchester Zurich, Orquestra Gulbenkian, Zurcher Kammer Orchester. Musikkollegium Winterthur e a Tonhalle-Orchester Zurich.

Apresentou-se como solista em Portugal, Itália, Suíça e Alemanha, nomeadamente nos Festivais Internacionais de Música da Póvoa de Varzim, Leiria, Algarve, Estoril, Ciclo Jovens Intérpretes da Fundação Gulbenkian, com a Orquestra Filarmónica das Beiras. Orquestra do Norte, Orquestra do Algarve, Orquestra Gulbenkian e Orquestra Filarmónica di Torino onde gravou em directo para a RTP/RDP e Rádio Suisse Romand.

Desde setembro de 2010 que era membro da Orquestra da Ópera de Zurique e colaborava regularmente com a Orquestra de Câmara Portuguesa.

Manteve sempre uma forte ligação a Barcelos e à Banda Musical de Oliveira, onde nasceu para a música e à qual sempre o ligaram fortes laços familiares. O seu pai, Cândido Bastos, é o presidente da direção desta histórica instituição com 237 anos, a qual, pela sua importância para o concelho, já foi distinguida pelo Município de Barcelos, com quem tem mantido, ao longo dos anos, uma relação próxima.

O talento de Samuel Bastos sempre foi – e será – motivo de grande orgulho para Barcelos e o seu falecimento constituiu uma irreparável perda para a cultura do nosso concelho

VIEIRA DO MINHO ACOLHE FINAL DA TAÇA DA AMIZADE

Estádio Municipal acolhe Final da Taça da Amizade

Joga-se, amanhã, dia 25 de Maio, no Estádio Municipal de Vieira do Minho, a Final da Taça da Amizade.

amizade-1.jpg

O jogo que vai ditar o vencedor desta competição vai disputar-se, pelas 11h00 entre o GDC Mosteiro e o Vieira Sport Clube.

Neste mesmo dia também se realiza o jogo que servirá para apurar o 3º e 4º lugares. O embate realiza-se pelas 9h30, no Estádio Municipal entre o GRC Rossas e o ACR Guilhofrei.

Venha ao Estádio Municipal apoiar os nossos clubes.

ESPOSENDE APOIA BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Município apoia Bombeiros Voluntários de Esposende e ACICE

O Município de Esposende vai atribuir um apoio financeiro de 50 mil euros à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Esposende para comparticipação dos custos das obras de remodelação e requalificação do Quartel, de acordo com deliberação aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo municipal.

BVE.jpg

O edifício, construído há mais de 30 anos, necessitava de uma intervenção urgente de reabilitação com vista à melhoria das condições de trabalho dos diversos elementos daquela corporação. Assim, além do equipamento da central operacional dos bombeiros, procedeu-se à criação de uma camarata feminina e de salas de formação e à requalificação dos balneários.

Ciente do relevante papel dos bombeiros voluntários no plano da proteção civil e da necessidade de a corporação estar preparada e equipada para o cabal exercício das funções que lhe estão destinadas, o Município atendeu a mais esta solicitação da instituição.

Recorde-se que, além do subsídio anual de 17 500 euros, a Câmara Municipal mantém um apoio permanente, tando aos Bombeiros Voluntários de Esposende como aos de Fão, nomeadamente na compra de viaturas e de outros equipamentos, entre outros. O Município assume, ainda, os encargos com os seguros das corporações, num investimento global anual de 18 745 euros, relativos a acidentes de trabalho, frota automóvel, responsabilidade civil de transporte de doentes e das embarcações.

No que se refere à corporação de Esposende, a Câmara Municipal mantém um protocolo de colaboração com vista à formação, em matéria de segurança, dos trabalhadores municipais, das Escolas Básicas e Jardins-de-Infância e das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho. Os Bombeiros de Esposende asseguram, ainda, o acompanhamento da revisão e elaboração das Medidas de Auto Proteção de todos os edifícios municipais e realizam simulacros, mediante a comparticipação financeira do Município no valor de 15 mil euros.

Com a Benemérita Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fão o Município tem estabelecido um protocolo para a recolha e transporte de animais errantes feridos e doentes e adequado encaminhamento para o Canil Intermunicipal, que se traduz no valor global de aproximadamente 7 mil euros.

Ainda em matéria de apoios financeiros, na mesma reunião camarária, o executivo municipal fixou em 17 500 euros o valor da comparticipação financeira anual à ACICE - Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende, ao deliberar proceder à alteração dos termos do Acordo de Cooperação para Apoio ao Empreendedorismo, Formação e Emprego, Inovação e Promoção Empresarial.

No cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, o Município está, por esta via, a concretizar as metas Saúde de Qualidade (ODS 3), Igualdade de Género (ODS 5), Trabalho digno e crescimento económico (ODS 8), Indústria, Inovação e Infraestruturas (ODS 9), Cidades e Comunidades Sustentáveis (ODS 11) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS17).

acice.jpg