Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO LEVA À CENA PEÇA TEATRAL QUE EVOCA TRAGÉDIA OCORRIDA NO ANO PASSADO NO CENTRO DO PAÍS

Teatro junta mais de 600 pessoas nos Claustros do Mosteiro

Mais de 600 pessoas assistiram ontem à noite, 19 de setembro, à grande produção teatral ‘Aquilo que arde em nós’, mais um magnífico espetáculo produzido pelo CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

CTCMCB - Aquilo que arde em nós - S. Miguel (19-08-2018) (1)

O evento que assinalou a pré-abertura da Feira e Festas de S. Miguel decorreu nos magníficos Claustros do Mosteiro e foi seguido de uma pequena sessão de fogo-de-artifício.

Assistiram à encenação teatral o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, vereadores, presidentes de Junta de Freguesia, entre outros autarcas e público em geral.

A peça intitulada ‘Aquilo que arde em nós’ que levou ao palco dezenas de atores, figurantes e outros participantes é “uma construção poética das chamas enquanto paixão, enquanto vida, vingança, alegria e dor”. Uma história carregada de símbolos de um Portugal que ardeu tragicamente em 2017.

Esta iniciativa contou com o apoio da IBERDROLA, empresa que volta, assim, a assumir o seu compromisso social, através do apoio a atividades capazes de motivar a aproximação da população à Cultura, dinamizando toda região, especialmente o município de Cabeceiras de Basto.

Recorde-se que a Iberdrola é a empresa que está a desenvolver o Sistema Eletroprodutor do Tâmega, um dos maiores projetos hidroelétricos levados a cabo na Europa nos últimos 25 anos, patrocinando este evento que decorreu ontem à noite nos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto continua a surpreender e a cativar grande número de espetadores, o que faz deste projeto um projeto de sucesso no nosso concelho.

Foi desta brilhante forma, com uma extraordinária participação popular, que arrancaram as Festas do Concelho 2018 que se prolongam até ao dia 30 de setembro em Cabeceiras de Basto, com um programa vasto e muito diversificado, capaz de atrair todos os públicos, desde as crianças ao seniores, passando pelos jovens e adultos.

CTCMCB - Aquilo que arde em nós - S. Miguel (19-08-2018) (2)

CTCMCB - Aquilo que arde em nós - S. Miguel (19-08-2018) (3)

CTCMCB - Aquilo que arde em nós - S. Miguel (19-08-2018) (4)

CTCMCB - Aquilo que arde em nós - S. Miguel (19-08-2018) (5)

MESTRE GUALDIM PAIS ESTÁ DE VOLTA!

Comemoração dos 900 anos de D. Gualdim Pais com várias iniciativas. Programa inclui teatro, conferências, caminhada e lançamento de livro sobre o homenageado

Barcelos assinala o 9.º Centenário do Nascimento de D. Gualdim Pais, cavaleiro de D. Afonso Henriques e Mestre da Ordem do Templo, com várias iniciativas na sexta-feira e sábado, dias 21 e 22.

CartazComemoracao_GualdimPais_ProgramaBarcelos

O programa contempla a dupla apresentação do drama histórico “O Fronteiro de Deus – A Vida Heroica de D. Gualdim Pais, o maior monge-guerreiro de Portugal”, pela Nova Comédia Bracarense, na sexta-feira e no sábado, no Teatro Gil Vicente, às 21h30. Os espetáculos são de entrada livre, sujeita a reserva através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

No sábado, às 9h30, realiza-se uma subida ao monte da Franqueira, com partida simbólica do lugar de Mereces, em Barcelinhos, local onde poderá ter nascido D. Gualdim Pais, sendo que, com vista a facilitar o estacionamento dos participantes, o ponto de encontro será na Escola Rosa Ramalho.

A caminhada tem a colaboração dos Amigos da Montanha, Barcelos Sénior e Grupo Alcaides de Faria. Às 11h15, há uma visita guiada às ruínas do Castelo de Faria.

Da parte de tarde, há um conjunto de conferências no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos, que começa às 15h30, com o historiador Carlos Alberto Brochado de Almeida a dissertar sobre “A importância do Castelo de Faria na Fundação da Nacionalidade Portuguesa”.

Às 16h00, o professor e investigador António Afonso proferirá a palestra “D. Gualdim Pais – Um Herói Barcelense”.

Por fim, às 17h00, será apresentado o romance histórico “O Fronteiro de Deus – A Vida Heroica de D. Gualdim Pais, o maior monge-guerreiro de Portugal”, do escritor barcelense Fernando Pinheiro, obra em que, aliás, se baseia a peça de teatro apresentada pela Nova Comédia Bracarense, nestes dois dias, no Teatro Gil Vicente.

Além de Barcelos, outros cinco municípios associaram-se ao 9.º Centenário do Nascimento de D. Gualdim Pais. O programa arranca em Barcelos, passará por Braga, Coimbra, Tomar, Vila Verde e terminará em Amares.

FAMALICÃO PROMOVE ENCONTRO INTERNACIONAL PARA O AGROALIMENTAR

3.º Encontro Empresarial Atlantic Food Export decorre nos dias 25 e 26 de setembro

O Município de Vila Nova de Famalicão promove nos próximos dias 25 e 26 de setembro, terça e quarta-feira, o 3.º Encontro Empresarial Atlantic Food Export, que vai contar com a presença de quase meia centena de empresas nacionais e internacionais do setor do Agroalimentar.

AFS_2144

O evento decorrerá nas instalações do CITEVE e reunirá empresas do setor oriundas de países como França, Irlanda, Espanha, Irlanda do Norte e País de Gales.

Lourofood, Yogan e Amálgama são algumas das empresas famalicenses que vão participar neste encontro empresarial, organizado no âmbito do Atlantic Food Export, projeto do qual o município de Famalicão é parceiro no seguimento da sua estratégia para o desenvolvimento e internacionalização das empresas agroalimentares do concelho.  

Melhorar a competitividade e promover a internacionalização das pequenas e médias empresas do setor, do Espaço Atlântico, através do desenvolvimento de ações de cooperação entre empresas, designadamente pela criação de consórcios de exportação, é o principal objeto do Atlantic Food Export.

Este projeto é cofinanciado pela União Europeia no âmbito do programa INTERREG Espaço Atlântico. Através de um programa de assessoria, formação, encontros e eventos empresariais, as empresas beneficiárias investigam novos mercados, testam os seus produtos, adquirem conhecimentos, parcerias e contatos que serão fundamentais para uma internacionalização bem-sucedida.

BARCELOS EXPÕE ARTE DE TELMO MACEDO

Exposição ”Telmo Macedo, a irreverência da criatividade” na Torre Medieval

”Telmo Macedo, a irreverência da criatividade” é o nome da exposição que estará patente entre 21 de setembro e 21 de outubro, na Torre Medieval.

1061_971322676286113_1934607776361976292_n

Telmo Macedo é o mais jovem artesão de figurado certificado da grande família de artesãos de Barcelos. Os traços das suas peças são definidos como os de uma vivência descontraída e irreverente, bem como de uma certa cultura mediática contemporânea.

A peça que melhor o identifica é, sem dúvida, o galo de crista eriçada e longas pernas de ferro, a sua imagem de marca. Ainda assim, a peça que mais gosta de fazer é aquela que faz "pela primeira vez", onde pode libertar toda a sua imaginação e criatividade.

Outras referências e figuras convencionais fazem parte do seu portefólio, tais como os minhotos e o Santo António, mas também há lugar para alguma irreverência e boémia, como é o caso do galo surfista, do DJ ou do jogador de bilhar. 

A imaginação e a criatividade e brilham em cada exposição, em cada certame, ou em cada montra onde se observa não só o trabalho, mas principalmente a alma, as crenças e as paixões do povo português que Telmo Macedo sabe expressar.

Telmo Rodrigo Lima Macedo nasceu em Barcelos, numa terra e numa família de oleiros, a 25 de outubro de 1992.

Os seus avós, para além de outras peças icónicas, são autores das típicas peças das cascatas sanjoaninas, bem como dos músicos das bandas tradicionais. Esta ligação à temática das cascatas de São João foi a rampa de lançamento do jovem Telmo no mundo criativo do artesanato barcelense.

CABECEIRAS DE BASTO INAUGURA FESTAS DE S. MIGUEL

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado da representante do presidente da Assembleia Municipal, de vereadores e presidentes de Juntas de Freguesia e outros autarcas, procedeu esta manhã, dia 20 de setembro, à abertura do Portal da Feira de S. Miguel.

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (2)

A abertura do portal da feira é a recriação de uma antiga tradição, onde minhotos e transmontanos chegavam com os produtos da terra nesta época de colheitas para os comercializarem. Hoje, um grupo de pessoas trajadas à moda antiga reconstituiu essa tradição, trazendo à feira a animação própria da venda e troca desses mesmos produtos.

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (1)

Participaram nesta iniciativa, emprestando um colorido especial à festa, a Associação Arborada, o Grupo de Bombos Jovens de Basto, tocadores de concertinas e utentes dos Espaços de Convívio e Lazer do concelho.

Junto ao Monumento ao Agricultor os populares dançaram ao som dos bombos e das concertinas em animado convívio intergeracional.

O programa das Festas de S. Miguel prossegue esta tarde, às 15h00, com a realização dos Jogos sem Fronteiras Infantil no Parque do Mosteiro e a partir das 21h30 decorrem na Praça da República as Danças Claustrais.

As ruas engalanadas, o comércio, os divertimentos e um programa de animação diversificado, onde a tradição se cruza com a modernidade, são, durante os próximos onze dias fatores de atração para os milhares de visitantes que se esperam nesta edição 2018 da Feira e Festas de S. Miguel.

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (3)

VILAVERDENSES DÃO AO PEDAL ATÉ À ROTA DAS COLHEITAS

1ª prova de bicicleta ‘Subida ao Monte de Santa Engrácia’ chega à Rota das Colheitas

A Junta de Freguesia de Gême e o Grupo de Jovens (UPA) estão a preparar a primeira prova de bicicleta ‘Subida ao Monte de Santa Engrácia’, inserida na programação turística-cultural da Rota das Colheitas.

41934250_1751450618314442_8670995627196284928_n

A decorrer no próximo domingo (dia 23 de setembro), a iniciativa abre portas às 9h00m no lugar de Casal e está organizada em moldes pouco habituais para provas desta natureza. Decorre em formato contra-relógio, com uma distância 700 metros e uma inclinação bastante acentuada, oscilando entre os 16% e os 20%.

Os participantes usem qualquer tipo de bicicleta sem motor, no entanto todos são obrigados a colocar capacete de ciclismo homologado. O programa matinal é mais abrangente com aulas de zumba e cycling, de forma a atrair a atenção daqueles que praticam a modalidade. Os mais pequenos também não são esquecidos e para eles há insufláveis e muita brincadeira.

As provas são divididas por categorias, a masculina e feminina, e serão realizadas em duas mangas, sendo a primeira aberta a todos os inscritos e a segunda reservada apenas aos trinta primeiros classificados da primeira manga. O evento é reservado a atletas de idade igual ou superior a 16 anos, contudo todos aqueles que forem menores necessitam de apresentar um termo de responsabilidade devidamente preenchido e assinado pelo encarregado de educação.  A participação tem um custo de 5€ e inclui a oferta de um kit. Além das medalhas para os primeiros classificados, a organização oferece um certificado de participação e vários alimentos energéticos. O atleta com mais idade e os primeiros sessenta classificados também tem direito a prémios.

Parque desportivo na calha

Para Paulo Gonçalves, membro da Junta de Freguesia, a prova tem dois objetivos muito claros: “Por um lado, procura promover a prática desportiva na freguesia e em todo o concelho, por outro divulgar a zona do monte de Santa Engrácia, um espaço natural de relevo e de beleza singular”.  A seu ver este local merece um maior aproveitamento e, nesse sentido, considera importante começar por iniciativas desta natureza. “É preciso chamar a atenção para o facto de termos ali um espaço com muito potencial que tem que ser explorado. A nossa a ideia é primeiro dar a conhecer e depois, futuramente, construir um parque desportivo”, refere o membro da Junta.

Promover o desporto e hábitos de vida saudável

Pelos moldes em que ocorre, é também uma prova bastante inovadora a nível nacional. “Esta prova de bicicleta é uma prática pouco comum em Portugal, que pode ganhar grandes dimensões. Para já temos um número interessante de inscritos, mas espero que venham muitos mais!”, diz Paulo Gonçalves, acrescentando ainda que espera que seja uma iniciativa agradável para todos: “Estamos a trabalhar para uma manhã bem passada, cheia de divertimento e convívio entre várias gerações”. Com esta e outras iniciativas, o executivo da autarquia de Gême assume a responsabilidade de promoção do desporto, não desta modalidade, mas da prática desportiva no geral. “Temos que incentivar, impulsionar e criar atividades ligadas ao desporto, não é deixar só para os outros, como as associações…”, conclui o elemento da Junta. Para mais detalhes informativos, os interessados devem aceder ao seguinte link http://jfgeme.wixsite.com/geme/informacoes.

VIMARANENSES CAMINHAM À DESCOBERTA DAS AVES JUNTO AO RIO SELHO

À descoberta das aves junto ao rio. 22 SET  | 9:00 - 12:00

“À descoberta das aves junto ao rio” é o mote para o segundo percurso “Rio Acima” organizado pelo Centro Ciência Viva de Guimarães – Curtir Ciência.

A iniciativa realiza-se sábado, dia 22 de setembro, das 9:00 às 12:00, e inclui um percurso pedestre entre a Horta Pedagógica de Guimarães (ponto de encontro) e o final do Caminho Real, ao longo do rio Selho, na designada Veiga de Creixomil.

image003

A participação é gratuita mediante inscrição online.  Os percursos do Curtir Ciência integram-se no projeto nacional “Por este rio acima: Património natural e água”, coordenado pela agência Ciência Viva.

ESPOSENDE DEBATE MOBILIDADE

Município promove ciclo de debates sobre eliminação das barreiras urbanísticas. Iniciativa inserida no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade

No âmbito da Semana Europeia da Mobilidade 2018, o Município de Braga promoveu um ciclo de debates e sessões de esclarecimentos sobre a eliminação das barreiras urbanísticas em Montélios, na envolvente da Torre Europa, na envolvente da Makro e na Quinta da Fonte.

1

Este projecto-piloto, integrado no “(Con)Viver o Bairro” e enquadrado no Plano de Acção para a Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) de Braga, visa a promoção dos modos sustentáveis, o aumento da segurança rodoviária, a melhoria da acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, a gestão do estacionamento e circulação viária, a redução dos níveis de gases de efeito de estufa e a consequente melhoria da qualidade de vida das populações.

As sessões de esclarecimento tiveram como objectivo a auscultação dos moradores de cada uma das áreas referidas, assim como dos presidentes das respectivas Juntas de Freguesia de S. Victor e S. Vicente e da União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe.

Para o vereador Miguel Bandeira, este é um projecto-piloto que, no futuro, se pretende alargar a outras urbanizações e que vai humanizar uma área onde se perdeu a vivência urbana fundamental para as relações de vizinhança e para o usufruto do espaço público. “Acreditamos que esta auscultação ajuda a construir relações de confiança e diálogo com os cidadãos, promovendo projectos que vão ao encontro das necessidades das pessoas em harmonia com a Cidade.”

No terreno, os projectos serão concretizados através da implementação de percursos pedonais acessíveis e confortáveis, privilegiando a circulação por parte de pessoas com mobilidade reduzida através da implementação de passadeiras/cruzamentos sobrelevados, que funcionam como medida de acalmia de tráfego. “São quase 7.000 metros lineares de percursos pedonais inacessíveis que vamos corrigir, o que representa 37% dos percursos existentes. Serão áreas totalmente acessíveis a todos e para todos”, acrescenta Miguel Bandeira.

2

3

4

BRAGA CELEBRA O BEM-ESTAR DA POPULAÇÃO SÉNIOR

Convívio na Quinta da Malafaia acontece pelo quinto ano consecutivo

Entre hoje e o próximo dia 26 de Setembro, cerca de cinco mil seniores Bracarenses vão passar pela Quinta da Malafaia, numa iniciativa anual levada a cabo pelo Município de Braga com o intuito de promover o convívio saudável num arraial minhoto repleto de alegria. Muita música e boa disposição marcaram este primeiro dia desta iniciativa que proporciona aos participantes um dia diferente destinado a celebrar o bem-estar da população sénior.

mal2840

Um evento que se tornou regular ao longo dos últimos cinco anos, ocupando já um espaço de referência no calendário das actividades do Município. “Esta é uma iniciativa que reputamos de muito importante e que ocupa um espaço de referência nos eventos anuais do Município. Para muitos dos que participam neste convívio passam o ano isoladas e este é o momento de maior alegria, no qual saem de casa, encontram mais pessoas, passando um dia diferente e, para nós, esse é um dado muito satisfatório”, considerou Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, adiantando que este momento de “maior proximidade” é, também “uma oportunidade para todo o Executivo Municipal recolher contributos e reflexões da população, com vista a uma melhor gestão municipal”.

mal2864

Esta iniciativa é concretizada em ligação com todas as Juntas de Freguesia e IPSS’s do Concelho e é apenas mais um momento que se insere num vasto conjunto de iniciativas que o Executivo Municipal desenvolve para promover uma inserção activa dos mais idosos.

“Ao longo do ano, são desenvolvidas políticas direccionadas à população mais idosa para que esta continue a desenvolver e a partilhar as suas experiências, a cumprir um papel activo na sociedade e a viver as suas vidas de maneira saudável, independentemente da idade”, sublinhou Ricardo Rio.

A finalizar, o Autarca deixou uma mensagem aos participantes para que “continuem a contar com o Município para desenvolver uma série de iniciativas que vão ao encontro das suas necessidades e que são fundamentais para a qualidade de vida dos cidadãos”, concluiu Ricardo Rio.

mal2881

2947

mal2745

ARCOS DE VALDEVEZ ABRE ANO LETIVO

Presidente da Câmara Municipal na abertura do Ano Letivo

O ano escolar arrancou na passada segunda-feira, dia 17 de setembro, e o Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, bem como a vereadora da Educação Emília Cerdeira, fizeram questão de ir visitar os estabelecimentos de ensino do concelho para dar as boas-vindas a toda a comunidade escolar, bem como desejar-lhes um ótimo ano letivo. “A Educação é de todos e para todos”, adiantou o presidente da Câmara Municipal, afirmando também que a Câmara Municipal tem vindo a reforçar a parceria com as escolas em prol do desenvolvimento do concelho e dos arcuenses.

abertura ano letivo 2018 - 2

A conclusão da intervenção na Escola Básica e Secundária de Arcos de Valdevez marca este início de ano letivo. Um investimento no valor de cerca de 4 milhões de euros que veio trazer melhores condições de ensino e de aprendizagem à comunidade escolar.

 “Tendo a Escola melhores condições, os alunos poderão ter mais sucesso e será possível atrair novos estudantes”, referiu João Esteves, focando-se nas obras nos blocos de ensino, oficina e polivalente, bem como ao apetrechamento.

Ao nível do apoio ao ensino, também destacou que o Município de Arcos de Valdevez assegura a realização dos transportes escolares, visando garantir condições de acesso à educação, por parte dos alunos do concelho, frisando ainda que durante este ano letivo serão transportados diariamente cerca de 1000 alunos, prevendo-se um custo estimado de cerca de 750 mil euros.

Por outro lado, também abordou a duplicação dos apoios aos alunos por parte da Câmara Municipal no que se refere à atribuição de auxílios económicos, aos alunos do 1º e, pela primeira vez, aos alunos do 2º ciclo.

Por último, João Esteves agradeceu a colaboração e envolvimento do Agrupamento na realização de obras e atividades que têm vindo a ser levadas a cabo em parceria com o Município e lançou o desafio de intensificar esse relacionamento, pois ele contribui para a formação das crianças e jovens e reforça a ligação entre a Comunidade e a Escola.

abertura ano letivo 2018 - 3

abertura ano letivo 2018 -

aberura do ano letivo 2018

ARCUENSES CAMINHAM PELO TRILHO DAS BRANDAS E DOS SOCALCOS

“12 Trilhos 12 Experiências” - Trilho das Brandas e dos Socalcos

Preparado para caminhar numa das 7 aldeias maravilhas de Portugal?

Venha, no próximo dia 7 de Outubro, com a Ardal-Porta do Mezio, descobrir os encantos e os recantos da aldeia de Sistelo.

Trilho das Brandas e dos Socalcos

São as brandas, as cachenas, os garranos, os socalcos, os espigueiros, as casas tradicionais, e muito muito mais!

Inscreva-se nesta caminhada da iniciativa “12 Trilhos 12 Experiências” e venha desfrutar deste extraordinário trilho!

Características do Trilho:

Data da realização: 7 de Outubro de 2018

Local de encontro: 8h30 - Nature4 (Coordenadas GPS - 41°50`43.94``N; 8°25`02.76``O)

Hora de saída: 9h00 – Nature 4

Localização do Trilho: Sistelo

Distância aproximada: 7,5 km

Âmbito do percurso: Paisagístico

Duração: 5h00

Dificuldade: Fácil a Moderado

Inscrições:  https://goo.gl/jJAAiF/  www.portadomezio.pt / portadomezio@ardal.pt

/ 258 510 100

Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado adequado, reforço alimentar e água.

FAMALICÃO EVOCA JOSÉ DE AZEVEDO E MENEZES

Dezenas de pessoas reuniram-se na Casa do Vinhal para recordar e homenagear um ilustre famalicense. José de Azevedo e Menezes foi o grande responsável pela fixação da memória de Camilo em Famalicão

Um dos grandes responsáveis pela fixação da memória camiliana, em Vila Nova de Famalicão, José de Azevedo e Menezes, foi homenageado no passado sábado, na sua Casa do Vinhal, na cidade famalicense, com a presença de várias dezenas de pessoas, entre as quais o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, o diretor da Casa de Camilo, José Manuel Oliveira, muitos familiares e autores que lhe dedicam o estudo.

image58811

Através do lançamento da obra “Correspondência de José de Azevedo e Menezes (1878-1933) Camilo Homenageado”, com introdução, leitura e notas de Emília Nóvoa Faria, o município recordou e homenageou o escritor e genealogista famalicense, no 80.º aniversário da sua morte.

Os imponentes jardins da histórica Casa do Vinhal encheram-se de gente e recordou-se o homem que, em 1915, após o violento incêndio que arrasou por completo a casa onde viveu Camilo Castelo Branco “moveu mundos e fundos” pela recuperação da casa e a sua transformação em Museu. José de Azevedo e Menezes desenvolveu com Camilo Castelo Branco uma relação cordial de amizade motivada pelo tema da genealogia, uma área de interesse comum, e após a morte do romancista  presidiu à Comissão Promotora da homenagem póstuma ao grande escritor, tendo sido o primeiro diretor do Museu que foi inaugurado em 1923.

Para a historiadora Emília Nóvoa Faria, a sessão realizada é “uma justa homenagem”. “Famalicão deve a este homem a fixação da memória de Camilo aqui”, acrescentou salientando que “se José de Azevedo e Menezes não tivesse presidido à Comissão depois do incêndio” duvida que “a reconstrução tivesse sido feita”. E explicou: “a avultada soma de dinheiro que era necessária para proceder à recuperação, feita maioritariamente à custa de donativos, era um problema,  mas este homem nunca desistiu ele estava apostado em reconstruir a Casa de Camilo, ultrapassando todos os obstáculos”. Isso mesmo destacou o diretor da Casa de Camilo, José Manuel Oliveira, referindo-se  ao “trabalho hercúleo que José de Azevedo e Menezes levou a cabo no sentido de tirar das ruinas e do pó a casa que hoje visitamos em S. Miguel de Seide, o que é de facto notável”.

Também o presidente da Academia das Ciências de Lisboa, Professor Doutor Artur Anselmo, afirmou que “o nome de José de Azevedo e Menezes ficará para sempre ligado à sobrevivência da casa camiliana de Seide”, salientando que “se dúvidas houvesse a este respeito, bastariam, para as desfazer, estas cartas perduráveis”. O responsável referia-se à cartas trocadas entre os dois, sublinhando que “são cartas que têm Camilo como figura central e que permitem também “reconstituir o ambiente intelectual que se vivia na altura”. Em relação ao livro apresentado, Artur Anselmo explica que “retoma o título que José de Azevedo e Menezes dedicou a Camilo – “Camilo Homenageado” – em 1920, depois da reconstrução da casa do romancista”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, salientou a justiça da homenagem referindo-se ao “grande contributo que nos deixou na criação da Casa de Camilo”. Mas o autarca foi mais longe e salientou “o papel social, cultural e político de enorme relevância para o concelho de Famalicão”, lembrando as suas funções como “Provedor do Hospital de S. João de Deus e  presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.”

image58823

FAMALICÃO ESTÁ NO MAPA DA MOBILIDADE ELÉTRICA

Mobiletric vai instalar dois postos de carregamento de veículos elétricos na Rua Luís Barroso

Vila Nova de Famalicão vai ganhar em breve os dois primeiros postos públicos de carregamento de veículos elétricos. A celebração do protocolo entre a autarquia famalicense e a Mobiletric, um dos principais operadores de pontos de carregamento da rede pública em Portugal (rede Mobi.e), foi aprovada na reunião de câmara desta quinta-feira, 20 de setembro.

Famalicão no mapa da mobilidade elétrica

Os dois postos, um de carregamento normal (semi-rápido) de baterias e outro de carregamento rápido, vão ser instalados na Rua Luís Barroso, no centro da cidade.

Uma ferramenta “útil” para os detentores deste tipo de veículos e que o autarca Paulo Cunha espera que seja também “um sinal de estímulo para que a questão da mobilidade elétrica seja objeto de reflexão por parte da comunidade”.

“Como é que podemos estimular uma pessoa a usar um automóvel elétrico se depois não tem onde o carregar? Não é suficiente dizermos às pessoas para contribuírem para a descarbonização, para a diminuição da pegada ecológica e para a implementação de meios de transporte suaves, se não lhes dermos condições para o fazerem”, disse.

Paulo Cunha manifestou ainda a vontade do executivo municipal de ir mais longe e de instalar mais infraestruturas deste género noutros pontos do concelho.  

“Não nos passa pela cabeça que isto seja suficiente para o que queremos para o futuro. Isto é o princípio daquilo que é uma intervenção ao nível da criação de condições para que os veículos elétricos possam percorrer as ruas de Famalicão”.

REDE EUROPEIA DAS CELEBRAÇÕES DA SEMANA SANTA E PÁSCOA VAI TER ASSOCIAÇÃO – ENTIDADES PROMOTORAS REUNIRAM NA ANDALUZIA

1ª reunião de entidades da Associação da "Rede Europeia das celebrações da Semana Santa e Páscoa” já aconteceu

Realizou-se na localidade de Cabra (Andaluzia, Espanha), a primeira reunião da futura associação que pretende candidatar celebrações de Semana Santa e Páscoa de toda a Europa a um Itinerário Cultural, do Conselho da Europa.

Capturar1

Diversas entidades de cinco países europeus (Espanha, Malta, Itália, Eslovénia e Portugal, representado unicamente pela Comissão da Semana Santa de Braga), reuniram-se em Cabra, na Andaluzia espanhola, no passado dia 12 de setembro, numa primeira Assembleia Geral, para discutir formas de concretização e formalização da futura Associação que terá como único objectivo a candidatura das diferentes Semana Santas e Páscoas das entidades presentes e futuras a um Itinerário Cultural, projeto do Conselho da Europa.

Foram debatidas na ocasião as acções já levadas a cabo (como o "I Fórum Europeu de Cerimónias da Semana Santa e Páscoa", e que tinha ocorrido precisamente no dia anterior, dia 11 de setembro, em Lucena, Espanha); o Plano de Acção 2018-2019; e a constituição dos Comités Técnico e Científico. A reunião serviu ainda para lançar o desafio a todas as entidades presentes a se constituirem como membros fundadores da Associação que pretende promover a candidatura, desafio que a Comissão da Semana Santa de Braga pondera aceitar.

Sobre os Itinerários Culturais do Conselho da Europa

O programa Itinerários Culturais do Conselho da Europa foi lançado em 1987 pelo Conselho da Europa com a finalidade de demonstrar, através da viagem no espaço e no tempo, como o património cultural da Europa se desenvolve através das fronteiras.

Um itinerário cultural europeu é uma rota que abarca países e regiões e que se organiza em torno de um tema cuja história, interesse artístico e cultural é claramente europeu, seja pela sua localização geográfica ou pelo seu conteúdo e significado.

Sobre a futura "Associação de Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa de Páscoa"

A rede europeia das Semanas Santas e celebrações da Páscoa serão formadas como uma associação cultural internacional, aberta a todas as religiões e crenças que comemoram a paixão e ressurreição de Jesus Cristo, e cuja património cultural é um ponto de referência nas suas respetivas regiões e/ou países.

A Associação pretende congregar esforços e aproveitar sinergias na consolidação de um modelo de conservação e difusão do património da Semana Santa e Páscoa, ao mesmo tempo que promove estas expressões, dos diferentes membros e áreas geográficas envolvidas, como destinos turísticos de qualidade.

Espera-se que a Comissão da Quaresma e Celebrações da Semana Santa de Braga venha a reunir condições para integrar esta Associação.

Razões da candidatura

Este projeto de Itinerário Cultural é uma formidável oportunidade e uma plataforma para disseminar e dar a conhecer o património relacionado com as celebrações da Semana Santa e Páscoa (onde Braga estará inserida), conferindo-lhe visibilidade a nível europeu e inclusivamente mundial.

A candidatura será preparada com a participação de todos os membros, que inclusivé custearão a sua elaboração, e que deverá ter um mínimo de cinco países membros, para ser admitida ao Conselho da Europa.

1S3A7492

VIANA DO CASTELO VAI SER A CAPITAL DOS FÃS DO LEGO EM PORTUGAL

VIANA BRInCKa® 2018 LEGO® Fan Event

De 5 a 7 de Outubro, Viana do Castelo vai ser a capital dos fãs LEGO® em Portugal ao receber o maior evento nacional de construções, onde alguns dos mais famosos filhos do distrito vão ser homenageados através dos tijolos mais famosos do Mundo.

Depois do sucesso das várias edições do BRInCKa por todo o país, com mais de 170 mil visitantes no total, o maior evento nacional de construções chega ao Centro Cultural de Viana do Castelo pela primeira vez de 5 a 7 de Outubro. Trazido através de uma parceria entre PLUG (Associação Portuguesa de Utilizadores de LEGO) e a TICTAR (Associação para a Promoção das Tecnologias e Informação e Comunicação), o evento promete trazer fãs de todo o país a uma das mais belas cidades de Portugal.

image004

Com 1500m2 e mais de 5 milhões de peças, a exposição tem vários sets originais LEGO, mas sobretudo, várias construções originais, que vão desde monumentos portugueses, dioramas, réplicas pormenorizadas de veículos reais, ambiciosas obras de engenharia em LEGO® Technic® e as já famosas réplicas das naves Star Wars.

Os visitantes podem também “visitar” uma cidade LEGO com mais de 60m2, com arranha-céus, veículos, comboios em movimento, muita ação e humor para todos os gostos, que promete fazer as delícias de toda a família. A própria cidade de Viana do Castelo não foi esquecida e será homenageada com uma réplica LEGO do Santuário de Santa Luzia e uma estatueta do ex-futebolista Tiago, um filho da cidade. Mas as homenagens não ficam por aqui e também Quim Barreiros, originário de Vila Praia de Âncora vai ter um Brickheadz à sua imagem.

Os fãs de tecnologias vão poder assistir às incríveis facetas dos robôs programáveis LEGO® MINDSTORMS® ou acompanhar os vários comboios a circular pela exposição. E, para quem gosta de por as mãos à obra, a PLUG tem um mosaico com mais de 100 mil peças para ser construído pelos visitantes, onde figura o capitão da seleção nacional, Cristiano Ronaldo.

As razões são muitas para visitar o Viana BRInCKa, de 5 a 7 de Outubro de 2018 no Centro Cultural de Viana do Castelo.

BRInCKo, logo existo!

Viana BrinCKa

5 a 7 de Outubro de 2018

Sexta e sábado das 10h às 21h, Domingo das 10h às 19h.

Crianças (4-10) – 2€

Adultos (11+) – 4€

Centro Cultural de Viana do Castelo – Praça Marques Júnior, Viana do Castelo

Sobre a PLUG

PLUG (Associação Portuguesa de Utilizadores de LEGO®) é uma associação sem fins lucrativos, legalmente constituída desde 2004, que reúne os fãs de LEGO® nacionais e conta com mais de 100 associados. Tem por objetivo promover o encontro e a troca de experiências entre os fãs de LEGO® em Portugal e simultaneamente promover a divulgação do hobby, seja através do seu fórum online (http://www.plug.pt/forum), de encontros entre associados (PLUGfests), ou de exibições destinadas ao público em geral como os eventos BRInCKa®.

BRInCKa® é uma marca registada detida pela PLUG desde 2010, com o objetivo de dar identidade aos seus eventos públicos de maiores dimensões. O nome tem origem na aglutinação das palavras ‘Brick’ (termo Inglés para designar as peças LEGO®) e ‘Brincar’.

image006

AUTARCAS DE FAFE VISITAM NOVAS INSTALAÇÕES DA ESCOLA BÁSICA DE ESMERIZ

Amanhã, sexta-feira, dia 21, pelas 10h00, Paulo Cunha inaugura obras na Escola Básica de Esmeriz e apresenta investimentos

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão inaugura amanhã, sexta-feira, 21 de setembro, pelas 10h00, as obras de ampliação e remodelação da Escola Básica do 1.º ciclo de Esmeriz (Largo de S. Marçal). O momento será aproveitado para o autarca para fazer uma apresentação dos investimentos realizados ao longo dos últimos anos na rede pública de edifícios escolares.

AFS_7271

Refira-se que as obras de ampliação e remodelação da Escola Básica de Esmeriz implicou um investimento municipal de 490.908,84 euros, tendo envolvido a reabilitação total do edifício com a ampliação para mais uma sala de aula, criação de refeitório, sala de professores, instalações sanitárias e recreio coberto. Realizaram-se ainda arranjos exteriores, incluindo muros de vedação e suporte.

AFS_7272

ARCOS DE VALDEVEZ INTEGRA ROTA CISTERCIENSE

Arcos de Valdevez integra a Rota Cisterciense, percurso pelo noroeste peninsular que liga os vales do Lima e Minho à Galiza, através dos concelhos de Arcos de Valdevez e Melgaço.

MOSTEIRO DE ERMELO 1

 A Rota Cisterciense do Alto Minho-Galiza pretende dar visibilidade ao Património material e imaterial; reconhecer o valor dos conjuntos monacais no desenvolvimento do turismo cultural e religioso; lançar um olhar humanista e místico sobre 900 anos de História; dar um contributo para o Itinerário Cultural Europeu dos Caminhos de Cister; ligar o Vale do Lima ao Vale do Minho pela montanha, contribuir para o seu desenvolvimento; fortalecer os laços transfronteiriços, tendo referências memoriais e registos raianos.

A rota que se inicia no Mosteiro de Santa Maria do Ermelo, em Arcos de Valdevez, passa também pelo Mosteiro de Santa Maria de Fiães (Melgaço), pelo Mosteiro de Santa Maria de São Clódio, em Leiro, na Galiza, culminando na abadia de Santa Maria de Oseira, na província de Ourense.

O caminho transfronteiriço poderá ser percorrido futuramente a pé, a cavalo ou em motociclo.

Para o Municipio arcuense esta é uma ação que irá contribuir para enriquecer a oferta turística no concelho, bem para dinamizar economicamente o território ao nível da restauração, hotelaria e comércio local.

FAMALICÃO TEM REDE DE ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO QUE DÁ RESPOSTA A TODO O CONCELHO

3500 crianças entre os 3 e os 6 anos regressaram à escola esta semana

O regresso à escola em Vila Nova de Famalicão é também para os mais pequenos estudantes. As crianças a partir dos três anos de idade iniciaram esta semana a primeira etapa da educação básica na rede de ensino pré-escolar, cuja oferta cobre todo o território famalicense. “É um descanso para as famílias e um fator de competitividade do território”, assinala o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, lembrando que,“apesar de frequência facultativa, o ensino pré-escolar é assumido como um direito para todas as crianças e reconhecido o papel determinante no seu desenvolvimento”.

AFS_4121

São 74 estabelecimentos de ensino, entre público (40), privado (2) e social (32), que compõem a rede local de ensino pré-escolar.  Resultado de um forte investimento infraestrutural nas duas últimas décadas, a rede deste nível de ensino está consolidada no território, servindo atualmente perto de 3500 crianças.

Ao nível dos equipamentos públicos, estão afetos 63 educadores colocados pelo Ministério da Educação e 131 auxiliares da ação educativa geridos pelo município. Para assegurar o funcionamento corrente do ensino pré-escolar, o município investe todos os anos cerca de 2 milhões de euros em despesas correntes, que são aplicados nos recursos humanos afetos aos equipamentos, nos consumos de água, luz e gás, no acolhimento e prolongamento do horário, que garante às famílias a compatibilidade das escolas com os horários do trabalho, nas refeições escolares e na aquisição de material educativo e pedagógico. Significa isto um investimento médio da Câmara de cerca de 1500 euros por aluno do pré-escolar colocado na rede.

“Este é um exemplo da boa despesa corrente, aquela que na verdade é um investimento, porque todo o esforço direcionado para a educação das novas gerações é um investimento de futuro e justificado por si só”, refere Paulo Cunha.

Para além disso a Câmara tem em curso um leque de projetos pedagógico e educativos sócio -comunitários, que são dinamizados junto das escolas por técnicos municipais. São exemplos o programa Viagens pelo Património, Crescer a Brincar, Educação Parental, Falar, Ler e Escrever; Psicomotricidade, Ter Ideias para Mudar o Mundo. A estes juntam-se as atividades de animação socioeducativa e sociocultural, como o Cantar dos Reis, o Carnaval Infantil, as Marchas Antoninas Infantis, o Dia Mundial da Criança e os Serviços Educativos (Rede de Museus, Casa das Artes, Parque da Devesa).

Jardim de infância de arnoso sta maria. (1)