Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO RECEBE HOTEL DE QUATRO ESTRELAS

Foi lançada a primeira pedra para construção de um Hotel, de 4 estrelas, na vila de Celorico de Basto

Um dia importante na promoção do nosso concelho, pelo arranque de um empreendimento turístico, com várias valências e tipologia de 4 estrelas, que permitirá alicerçar de forma consistente a região a nível turístico. Não falamos de intenções, nem de sonhos ou futurologia falamos sim, de uma realidade concreta, que há algum tempo foi planeado e que neste momento é facto consumado e importante para a economia local”, foi desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, deu arranque à cerimónia protocolar do lançamento da primeira pedra do hotel.

cerimónia solene - hotel (2)

Decorreu hoje, 25 de outubro, na vila de Celorico de Basto, a cerimónia de colocação da primeira pedra de um empreendimento turístico, um hotel de 4 estrelas, na zona de Silvestre, uma marca importante a nível turístico no concelho.

O autarca salientou que “diversas vicissitudes” impediram que o hotel andasse mas foi pela persistência, pela troca de impressões com empresários e por assumir as responsabilidades enquanto promotor ativo que foi possível dar este passo para a construção desta infraestrutura. “Nós, enquanto autarquia, assumimos as nossas responsabilidades, sendo promotores ativos para o investimento local, que permitam a criação de postos de trabalho e promover a qualidade de vida num país que precisa de exportar mais e atrair investimento externo. É essa a nossa função numa altura em que estamos dotados de unidades industriais do mais avançado ao nível tecnológico que apostam na exportação e apoiamos os nossos empresários numa ótica de criar soluções para desenvolver o que é realmente importante numa lógica de parceria a nível local, regional e nacional com as diferentes entidades”, salientou.

 O presidente da CCDR- N, José Duarte Vieira, assumiu a responsabilidade da CCDR enquanto organismo “facilitador dos promotores privados” numa lógica de “encontrar soluções credíveis capazes de viabilizar de forma expedita o investimento em áreas que marquem a diferença após a devida análise dos projetos, ao orientá-los ou reorientá-los, para que possam surtir efeitos práticos, num trabalho olhado como um todo, pois só assim será possível atingir o sucesso” mencionou.

Duarte Vieira afirmou, ainda, que o novo Quadro Comunitário de apoio apresenta um reforço de 1000 milhões de euros, no apoio a projetos sobretudo, da região norte, onde há maior investimento. Torna-se necessário “o encontro, cada vez mais intenso e real, entre investidores privados e entidades públicas”, concluiu.

O empreendimento turístico surge após a insistência do autarca em dotar o território de um hotel capaz de fazer face ao aumento crescente da procura da região, num investimento que ronda os 3 milhões de euros e que se prevê em “andamento rápido” referiu o principal agente promotor, o empresário, Gonçalo Meireles.

Cerimónia solene - hotel

O empresário Luso-Brasileiro mostrou-se honrado em participar na construção da infraestrutura tecendo largos elogios ao autarca celoricense como decisivo promotor para a execução da obra, referindo que “o apoio do concelho e o apoio institucional, é o que o empresário necessita para poder investir”. Segundo o mesmo será um empreendimento turístico que irá promover um acréscimo de eventos suplantando os existentes. “ Celorico de Basto é uma terra atrativa com muitos eventos como a Festa das Camélias, a Feira da Gastronomia, as feiras anuais e semanais que recebe milhares de pessoas sendo que, o empreendimento torna-se necessário para fazer face às necessidades da região”, concluiu.

Trata-se de um hotel de cariz urbano que fica enquadrado na zona central de Celorico de Basto, Lugar de S. Silvestre, com capacidade para 50 quartos, com SPA, piscina interior e exterior entre outras valências com classificação de 4 estrelas.

Um dia dedicado à economia e investimento em Celorico de Basto que procura racionalizar recursos, fomentar e dinamizar a economia local.

 Os convidados foram rececionados no Salão Nobre dos paços do concelho com o presidente da CCDR-N a assinar o livro de honra do município seguindo-se a cerimónia protocolar do ato de colocação da primeira pedra antes da colocação oficial cito, na Zona de S. Silvestre, local da construção do Hotel.

O presidente da CCDR-N e restantes convidados foram, ainda, visitar a evolução das obras do Hotel da casa da Boavista e as obras de construção da Ecopista.

No setor industrial, a comitiva passou pela Adla, empresa de extrusão de Alumínios, na zona industrial da Lameira, e por uma nova unidade fabril de calçado, fixada na zona industrial de Carvalho.