Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE AVANÇA COM O MAIOR INVESTIMENTO DE SEMPRE DO MUNICÍPIO

_DSC9793.jpg

Apresentado projeto da 2.ª fase das obras de reconstrução e ampliação da Escola Secundária Henrique Medina

O projeto do maior investimento alguma vez realizado no concelho – a segunda fase da obra de reconstrução e ampliação da Escola Secundária Henrique Medina, cujo custo ronda os 20 milhões de euros – foi hoje apresentado publicamente.

“Esposende merece uma escola secundária com qualidade, a exemplo do que o país está a construir”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, na sessão de apresentação realizada naquele estabelecimento de ensino, onde a equipa projetista, pela voz de arquiteta Cátia Ferreira, apresentou o projeto que será concretizando de modo a “melhorar a qualidade das instalações para os professores, alunos e funcionários”. Tendo como premissa a ligação entre os vários edifícios, o projeto procura responder às necessidades atuais de um edifício escolar do ensino secundário, de onde se destaca a criação de um ginásio como uma “mais-valia”.

Nesta segunda fase será concretizada a requalificação integral da escola, prevendo-se demolições, novas edificações, remodelações e arranjos exteriores. A intervenção prevê a requalificação e ampliação das salas de aula existentes, da zona da cozinha, bar e dos espaços de apoio aos colaboradores, bem como a requalificação do pavilhão gimnodesportivo, que integrará o referido ginásio.  A intervenção engloba, ainda, a construção de um novo edifício e a requalificação de todos os espaços exteriores e da globalidade das infraestruturas prediais (redes de água, saneamento, eletricidade). Todo o complexo terá ligações interiores entre os vários edifícios, circuitos que evitam percursos exteriores.

Para o Presidente da Câmara Municipal, “este é um momento histórico para o concelho, atendendo ao investimento previsto e à obra que está projetada e que vai dotar o território de uma escola nova e contemporânea”. Benjamim Pereira fez questão de detalhar todo o processo, que remonta a 2014 e que foi marcado por um conjunto de vicissitudes, desde logo o facto de a obra ter sido excluída da Parque Escolar, programa governamental que contemplou intervenções em diversas escolas do país e que previa uma dotação de 14 milhões de euros para a requalificação da Escola Secundária Henrique Medina.

Apesar de sinalizada pela Associação Nacional dos Municípios Portugueses como “muito urgente” a obra integral nunca avançou. Ao invés da requalificação total, a escola foi parcialmente intervencionada numa primeira por via de um acordo estabelecido com o Ministério da Educação e Ciência, com o Município a aproveitar o financiamento do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da CIM Cávado. A obra orçou em 2,6 milhões de euros, tendo o Município assumido encargos financeiros superiores a 600 mil euros, referiu o autarca, notando que foi acertada a estratégia adotada pelo Município, de executar a obra faseadamente, não obstante ter esbarrado com a incompreensão dos pais.

Na primeira fase da obra foi concretizada a requalificação da zona administrativa, papelaria e biblioteca, a construção de um novo auditório e a ampliação da cantina escolar, incluindo a demolição do Bloco D e ampliação do parque de estacionamento.  A inauguração ocorreu em maio de 2022, com a presença do Secretário de Estado da Educação à altura, António Leite, e, desde logo, o Município avançou com o projeto para a segunda fase da intervenção, que irá ser agora concretizada ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). O investimento global, incluindo a instalação de um Centro Tecnológico Especializado em Informática, eleva-se a cerca de 20 milhões de euros. “Não há memória de uma obra desta dimensão no Município”, afirmou.

Benjamim Pereira deixou claro que a obra terá de estar concluída até junho de 2026 e que avançará no terreno logo que estejam cumpridos os formalismos legais, ou seja os procedimentos do concurso público e a autorização do Tribunal de Contas, sendo que está em curso a revisão do projeto. O autarca alertou que há sempre a possibilidade de impugnação do concurso, mas mostrou-se confiante de que o governo criará mecanismos para ultrapassar essas questões.

Deu nota de que durante o período em que decorrerem os trabalhos, a atividade letiva decorrerá em contentores, instalações provisórias, mas com a qualidade que se exige. Ciente dos condicionalismos e transtornos associados a uma obra desta dimensão, referiu que haverá diálogo permanente e vincou que “a palavra-chave é compreensão”.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal agradeceu a permanente colaboração da direção da Escola Secundária, tanto da anterior como da atual, destacando em particular o antigo diretor João Furtado, para quem pediu um aplauso.

O Delegado Regional de Educação do Norte, Luís Lobo, afirmou que com este projeto Esposende terá com “uma nova centralidade”. Expressou o desejo de que possam ser criadas novas sinergias no seio da comunidade e com outras instituições e lembrou que cada vez mais se impõe a “formação ao longo da vida”. A intervenção prevista vai, de acordo com Luís Lobo, ao encontro do que é a educação no país e as melhorias previstas ao encontro das exigências do aluno do século XXI.

Notando que a obra representa um “esforço financeiro bastante elevado”, o delegado regional da DREN felicitou o Município pela determinação, considerando que reflete a importância que confere à vertente da Educação, contributo determinante para o desenvolvimento da comunidade e do território.

Luís Lobo considerou que a melhoria das instalações contribuirá para um melhor desempenho da Escola Secundária Henrique Medina, que se distingue já pela qualidade. Expressou uma palavra de reconhecimento às escolas pelo papel que desempenham junto das comunidades migrantes, sublinhando que constituem “um pilar fundamental da sociedade”. Concluiu a intervenção, felicitando o Presidente Benjamim Pereira “pela visão” e disse esperar que a obra esteja concluída no prazo previsto.

Do mesmo modo, o diretor da Escola Secundária Henrique Medina agradeceu ao Presidente da Câmara Municipal os esforços que desenvolveu e o empenho neste processo. Jorge Silva elogiou o projeto, referindo que “é entusiasmante a ideia de ter a escola com estas caraterísticas daqui a dois anos, deixa-nos extremamente felizes”. Considerou que “o investimento na única escola secundária do concelho é estruturante, estratégico”, conferindo qualidade às instalações, já que “a qualidade do ensino está conseguida e é reconhecida”.

Jorge Silva notou a obra “é um desejo antigo, que os agentes escolares aspiravam há muito tempo”. Reconheceu que pela frente se apresentam dois anos letivos condicionados e sublinhou que estão acauteladas todas as questões, de modo a mitigar os constrangimentos dos trabalhos. Finalizou reiterando a entusiasmo e a esperança de que os trabalhos estejam concluídos a tempo do arranque do ano letivo 2026/2027, “oferecendo à comunidade a escola que os pais, alunos e a comunidade desejam”.

Com uma população escolar superior a um milhar de alunos, mais de cento e vinte professores e cerca de meia centena de colaboradores, a Escola Secundária Henrique Medina, construída há cerca de quatro décadas, estará apta a atender às exigências do ensino atual. Esta intervenção reveste-se de um especial significado num contexto de afirmação enquanto comunidade que valoriza o conhecimento, numa aposta enquadrada na estratégia como Município Educador, que assume o seu papel fulcral no desenvolvimento sustentado do território, contribuindo, assim, para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

_DSC9713.jpg

_DSC9715.jpg

_DSC9716.jpg

_DSC9814.jpg

_DSC9823.jpg

_DSC9867.jpg

Jorge Silva.jpg

Luís Lobo.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-49 (1).jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-49.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-50.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-51 (2).jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-51.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-52.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-53 (3).jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-53.jpg

PHOTO-2024-07-12-15-32-54.jpg

BRAGA HASTEIA BANDEIRA AZUL NAS PRAIAS FLUVIAIS

Segunda-feira, 15 de Julho, às 11h30, na Praia Fluvial de Adaúfe

O Município de Braga hasteia a Bandeira Azul da ABAE nas praias fluviais do Concelho de Braga.

A iniciativa contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, e do vereador do Ambiente, Altino Bessa.

O périplo pelas praias fluviais inicia-se às 11h30 na Praia Fluvial de Adaúfe, seguindo-se passagem pela Praia da Ponte do Bico – Palmeira (12h00) e Praia Fluvial de Merelim (12h30).

DELOITTE INAUGURA NOVO ESCRITÓRIO EM BRAGA COM PLANO DE EXPANSÃO AMBICIOSO

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426402.jpg

Empresa prevê contratar mil trabalhadores até 2027

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, marcou presença na inauguração do novo escritório da Deloitte em Braga, que teve lugar esta Sexta-feira, 12 de Julho, no edifício Liberdade Street Fashion, situado na Avenida da Liberdade. A consultora financeira internacional deu início às suas operações em Braga com uma equipa inicial de 150 colaboradores, prevendo um aumento de mais cem colaboradores até ao final deste ano. Até 2027, a Deloitte espera contratar mil trabalhadores, num investimento total de 10 milhões de euros a ser realizado nos próximos cinco anos.

Ricardo Rio destacou a importância para Braga em receber um projecto desta natureza protagonizado por uma empresa global que é uma referência internacional. “A presença de uma empresa de renome internacional como a Deloitte sublinha a qualidade e a competitividade da nossa mão de obra qualificada. A abertura do seu escritório em Braga é um marco significativo no nosso contínuo esforço para atrair investimento e promover o desenvolvimento económico”, referiu Ricardo Rio, na cerimónia que contou com a presença de João Ferreira, secretário de Estado da Economia, António Lagartixo, CEO/Managing da Deloitte Portugal, assim como da residente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e do pró-reitor da Universidade do Minho, Guilherme Pereira.

Segundo Ricardo Rio, a presença da Deloitte “é uma mais-valia para o Concelho pelo que representa do ponto de vista económico e pela promoção da marca Braga fora de portas”. Na sua intervenção, o Autarca sublinhou que o Município de Braga, “está empenhado em criar um ambiente favorável para o crescimento de empresas inovadoras e para a formação de profissionais altamente qualificados, que contribuirão para o progresso económico e social da nossa do Concelho”.

O secretário de Estado da Economia elogiou a capacidade que Braga tem demonstrado na captação de investimento altamente qualificado, um trabalho que se tem destacado a nível nacional.  “Braga é um caso muito particular no contexto do nosso País. É uma referência na região com uma dinâmica muito própria que se tem destacado do ponto de vista económico, cultural e educativo, com instituições de ensino com grande efeito transformador da sociedade”, apontou João Ferreira.

A expansão da operação da Deloitte em Braga representa um investimento estratégico na formação e captação de profissionais altamente qualificados, especialmente nas áreas de transformação digital e tecnológica, contribuindo para a dinamização da economia local e fixação de quadros na região.

António Lagartixo explicou que “Braga foi escolhida como local para este novo escritório devido ao seu significativo desenvolvimento económico e à qualidade do talento disponível na região. A cidade tem universidades e institutos politécnicos que formam profissionais de alta qualidade e esse talento é um factor absolutamente crítico e diferenciador para a escolha das nossas localizações”, afirmou.

A Deloitte é uma das maiores organizações de serviços profissionais do mundo, oferecendo serviços de auditoria, consultoria, assessoria financeira, gestão de riscos e serviços relacionados a clientes em diversos sectores. Fundada no Reino Unido e com sede global em Nova Iorque, nos Estados Unidos, a Deloitte tem presença em mais de 150 países e uma rede de mais de 330.000 profissionais.

O Município de Braga tem trabalhado activamente na promoção da Cidade como um hub de inovação e talento, atraindo investimentos que reforçam a economia local e proporcionam novas oportunidades de emprego e desenvolvimento profissional para os seus cidadãos.

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426403.jpg

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426408.jpg

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426413.jpg

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426417.jpg

CMB12072024SERGIOFREITAS3022624426420.jpg

FESTIVAL KOK CELTA REGRESSA A PONTE DA BARCA

Música nas Margens do Rio Lima de 26 a 28 de Julho

O aguardado Festival Folk Celta está de volta para a sua XVII edição, que decorrerá de 26 a 28 de julho de 2024, na pitoresca vila de Ponte da Barca. Este evento, que celebra a música pela fusão de diferentes influências culturais, promete proporcionar aos visitantes um fim de semana repleto de concertos memoráveis e uma atmosfera festiva única. À semelhança dos anos anteriores, o Choupal, nas margens do rio Lima, volta a ser palco deste evento de entrada gratuita em todos os espetáculos.

O festival abrirá então as suas portas na sexta-feira, 26 de julho, com performances imperdíveis de artistas como Colmeia, O Gajo e Cláudia Pascoal.

Colmeia é um coletivo comprometido com a preservação da cultura popular através da música, oferecendo uma fusão musical de várias influências. O Gajo, projeto de João Morais, combina música tradicional portuguesa com elementos contemporâneos, centrando-se na Viola Campaniça. Reconhecido internacionalmente, O Gajo já foi premiado nos Iberian Festival Awards. Já Cláudia Pascoal é uma artista que funde as suas raízes minhotas com influências pop. Vencedora do Prémio de Melhor Artista Revelação nos Play - Prémios da Música Portuguesa, Pascoal é conhecida por singles como "Fado Chiclete" e "Nasci Maria".

No sábado, 27 de julho, o palco receberá Sérgio Mirra, Isidro Vidal, Sebastião Antunes e Quadrilha e Mazgani.

Músico multi-instrumentista dedicado à música tradicional portuguesa, Sérgio Mirra é aclamado pela sua habilidade com o cavaquinho e bandolim, oferecendo espetáculos vibrantes que preservam o legado cultural. Isidro Vidal mescla tradição com estéticas modernas, utilizando a gaita galega para criar paisagens sonoras inovadoras e texturas frescas na música folk galega. Sebastião Antunes e Quadrilha: Sebastião Antunes é uma figura proeminente na música portuguesa, fundindo elementos tradicionais com sonoridades pop e rock. Mentor, compositor, letrista e intérprete da banda Quadrilha, cujo estilo resulta da fusão de elementos da música tradicional portuguesa e da música celta. Formada em 1991 por Sebastião Antunes, a banda é atualmente composta por Carlos Lopes (Acordeão), Emiliana Silva (Violino), Hugo Ganhão (baixo) e Mário João Santos (bateria e percussão). Mazgani, cantor de origem iraniana mas a viver em Portugal desde 1979, é aclamado pela crítica internacional desde o lançamento do seu álbum de estreia "Song of the New Heart". Com uma carreira que abrange composições teatrais e turnés pela Europa, e depois de cinco discos, Mazgani prepara-se para lançar o seu sexto disco, composto integralmente por canções cantadas em português, ainda este ano.

Além dos concertos, os visitantes poderão desfrutar da Feira Medieval, que decorrerá durante todo o fim-de-semana. Com os mais diversos expositores de comércio de cerveja artesanal, licores, vinho, queijo, enchidos, sabonetes artesanais entre outros produtos manufaturados, inclui também uma área de restauração, permitindo aos visitantes jantar e/ou petiscar.

Capturarcel (1).JPG

VIANA DO CASTELO: SABIA QUE O VIANA TAURINO CLUBE FOI A PRIMEIRA DELEGAÇÃO DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL?

O Viana Taurino Club foi fundado a 10 de Agosto de 1910, e foi a primeira Delegação do Sporting Clube de Portugal, o que vem claramente referido no Boletim do Sporting de 15 de Julho de 1923. No entanto, em boletins posteriores, dos anos 1930, não há referência a este clube, e o Glória Futebol Clube é referido como a delegação nº 1, estatuto que ainda hoje preserva. Não se conhece a história por detrás disto, mas o Viana Taurino Clube ainda hoje existe, em Viana do Castelo.

  • Comentário de Gonçalo Fagundes Meira

O VIANA TAURINO CLUBE E O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

O Taurino, como habitualmente o tratamos, foi fundado no ano de 1910.

Trata-se do segundo clube mais antigo da cidade. O primeiro foi o Sport Clube Vianense, em 20 de março de 1898, data em que foram eleitos os primeiros corpos gerentes desta associação desportiva, que teve como primeiro presidente João Eduardo Lobo de Miranda.

O Taurino, teve períodos de grande dinamismo, mas também períodos em que quase só tinha porta aberta para funcionamento da sede social. Mas isso é normal em todas as coletividades. O associativismo, regra geral, tem uma história de altos e baixos.

O que é um facto é que o VTC, muito vocacionado para as atividades taurinas, célebre pelas suas garraiadas aquando do seu nascimento, foi diversificando a sua atividade tendo praticado afirmativamente modalidades como a natação, o remo, o futebol, o basquetebol o vólei e muitas outras. E continua nobre, no mais nobre espaço da cidade. O que não sabia é que, em 1923, tenha sido a primeira delegação do Sporting Clube de Portugal.

451079493_1026171389508067_2972275584663027580_n.jpg

ESPOSENDE VAI CRIAR REDE DE RECOLHA DE ÓLEOS ALIMENTARES USADOS

Concelho será dotado de 35 Oleões

O Município de Esposende vai dotar o concelho de Oleões, criando, assim, uma rede de pontos de recolha de Óleos Alimentares Usados (OAU).

Para tal, e de acordo com proposta aprovada em reunião de Câmara, por unanimidade, será estabelecido um protocolo de cooperação entre a Câmara Municipal, a Esposende Ambiente, a Resulima, entidade gestora do Sistema Multimunicipal de Triagem, Recolha Seletiva, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos do Vale do Lima e Baixo Cávado, e a RECIOL, empresa autorizada para a recolha, transporte e tratamento de óleos usados, pioneira neste setor de mercado.

Esta parceria prevê a instalação de um conjunto de até 35 equipamentos em todo o território concelhio, abrangendo, assim, todas as freguesias, em locais a definir pelo Município. Em conjunto com a Esposende Ambiente e a Resulima, o Município assumirá a promoção de campanhas de sensibilização e comunicação, no sentido de promover a reciclagem de óleos alimentares usados provenientes de produtores domésticos e de outros pequenos produtores de resíduos urbanos, incentivando à participação ativa dos membros da comunidade na proteção do ambiente.

Para o Município e para a Esposende Ambiente, esta medida reveste-se de especial relevância, na medida em que configura a determinação do seu território em dar cumprimento às exigentes metas de Recolha Seletiva de Resíduos, e seu envio para reciclagem, conforme previsto no PERSU - Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos 2030. Uma postura que se enquadra também no cumprimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, que o Município assumiu e verteu para o seu plano de ação.

As mais recentes alterações no que diz respeito à gestão de resíduos, conferem aos municípios a responsabilidade da recolha dos óleos alimentares usados, impondo a operacionalização de uma rede de recolha seletiva para estes resíduos até ao início de 2025. Perante estes atuais desafios ambientais, os municípios são entidades estratégicas nas questões do desenvolvimento sustentável e da cooperação. Neste contexto, pela sua proximidade com as populações, a Câmara Municipal e a Esposende Ambiente, em articulação com as Juntas de Freguesia, são decisivas na sensibilização de comportamentos mais amigos do ambiente, um desafio que abraçam com sentido de responsabilidade e determinação em prol de um concelho ainda mais ambientalmente sustentável.

oleões (1).jpg

oleões (1).png

oleões (2).jpg

FAMALICÃO INAUGURA OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO DO ADRO DE S. MARÇAL EM ESMERIZ

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai inaugurar as obras de reabilitação do Adro da Capela de S.Marçal, em cerimónia a realizar este domingo, dia 14 de julho, pelas 10H30, em Esmeriz.

As obras de reabilitação do Adro da Capela de S.Marçal, na rua dos Moleiros da União de Freguesias de Esmeriz e Cabeçudos,  receberam apoio do Município de valor de 86 mil euros.

AUTARQUIA DE PONTE DA BARCA INVESTE 270 MIL EUROS NA BENEFICIAÇÃO DO ACESSO À ESCOLA DIOGO BERNARDES

A Câmara Municipal vai investir 270 000,00 € com o propósito de criar melhores condições de acesso à Escola Diogo Bernardes, promovendo, assim, a segurança da nossa comunidade escolar e residentes.

Já foi publicado em Diário da República, o concurso público com vista ao arranjo exterior da Escola Diogo Bernardes - Redefinição do Desenho Urbano (Praceta Frei Agostinho da Cruz).

Esta intervenção de beneficiação da ligação entre a Rua Cónego Avelino Jesus da Costa e a Rua das Oliveiras, onde se localiza o acesso à Escola Diogo Bernardes, é uma via e praça considerada de extrema importância pela população e visa a melhoria urbanística do espaço, proporcionando melhores condições de circulação automóvel e pedonal, aumentando as condições de segurança rodoviária e do usufruto para a comunidade escolar e moradores.

A proposta de requalificação inclui diversas intervenções significativas. Entre os trabalhos a serem executados, destacam-se a beneficiação dos pavimentos, a construção de um muro, a melhoria da iluminação pública e a requalificação da rede de saneamento de águas pluviais. Estes esforços são direcionados para criar um ambiente mais seguro e confortável, especialmente devido à proximidade da escola, que é frequentada diariamente por centenas de crianças, famílias, professores e auxiliares.

1 (1).png

450099440_1530353687591495_8705110206641633641_n.jpg

450178307_1530353640924833_6995548973507810653_n.jpg

450188405_1530353654258165_5508488152599779909_n.jpg

450388001_1530353667591497_71223450356376905_n.jpg

PÓVOA DE LANHOSO VAI ESTAR EM FESTA A PARTIR DESTE FIM-DE-SEMANA

(Povoa em Festa 2023).jpeg

O programa da edição deste ano da “Póvoa em Festa” começa a cumprir-se já este fim-de-semana. No sábado, 13 de Julho, pelas 21h30, o Grupo Cénico Povoense apresenta, no Anfiteatro do Pontido, a peça de teatro “A Revolução da Maria da Fonte”.

Ao longo de seis semanas, serão diversas e abrangentes as iniciativas propostas. Esta Festa engloba música, dança, folclore, concertinas, teatro, magia, exposições, cinema…

Um dos pontos altos e diferenciadores deste cartaz será o espetáculo “As Bandas convidam Zé Amaro”. As duas bandas de música povoenses convidam este conhecido artista que tem ligações muito fortes à Póvoa de Lanhoso, para um concerto que vai decorrer no dia 1 de Agosto, no Anfiteatro do Pontido.

A Banda dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso (fundada em 1896) e a Banda Musical de Calvos (fundada em 1842), vão atuar em conjunto, pela 1.ª vez, em mais de 100 anos de existência destas associações tão identitárias do concelho.

Esta iniciativa, que faz parte do programa das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, será um espetáculo inédito onde Zé Amaro vai estar em palco com mais de 120 músicos, no qual serão tocados temas de Abril.

Outra noite que se antevê de grande glamour e espetacularidade é a que se destinou ao “Sentir Póvoa”. O tema da edição deste ano será o Castelo de Lanhoso, um dos ex-libris do concelho que se pretende continuar a projetar na realidade turística, não só povoense, mas também, fora de portas.

Para o público infantil teremos “Magia” e a já conhecida Mari Pópó com novas histórias, no sítio do costume, o Parque do Pontido, aos domingos, pelas 11h00 horas.

O programa deste ano, apostado em oferecer à juventude povoense opções de diversão (e não só), mais apelativas, inclui vários momentos como é o caso da Festa da Espuma, a Noite Jovem e a Summer Fest e o Mercado do Empreendedorismo Jovem.

A Noite Jovem, marcada para o dia 10 de Agosto, arranca pelas 22h00 na Praça Eng.º Armando Rodrigues com Palenta, a quem se seguirá Luís Cruz, mas, sem dúvida a maior atração é Diego Miranda, considerado um dos melhores DJs/Produtores do mundo. Este artista ocupa atualmente a 54ª posição do ranking mundial e já atuou em alguns dos maiores festivais de música eletrônica do mundo.

A Summer Fest, no dia 17, abre com Domingues e mais tarde atua LEO 2745. Depois do “aquecimento” feito com estes nomes sonantes do panorama musical, Pete Tha Zouk, um dos artistas mais populares, fará estremecer a plateia …

Os concertos de taças tibetanas que vão decorrer nos domingos, 14, 21 de julho e 4 e 11 de agosto, às 10h00, vão oferecer momentos de relaxamento, proporcionando sensações de calma e bem-estar. A Câmara Municipal apresenta esta novidade, na envolvente do Carvalho de Calvos, para quem procurar um registo diferente, mas quem gostar de atividade física terá as sessões do Pontido Desportivo, todos os sábados, entre as 10h00 e as 11h00 ou as caminhadas noturnas, nos dias 19 de Julho e 23 de Agosto.

Ainda para os apreciadores do desporto teremos as apresentações das equipas das diferentes modalidades do Sport Club Maria da Fonte.

O folclore é uma oferta incontornável no cartaz e, além das várias noites em que se irão apresentar os Ranchos Folclóricos do concelho, irá decorrer o XXVII Festival Professor Gonçalo Sampaio, nos dias 14 e 15 de Agosto. Fazendo jus às raízes e tradições povoenses, teremos também a atuação de vários grupos de música popular e de cavaquinhos.

O teatro, com a subida ao palco da “Revolta da Maria da Fonte”, a “Perspetiva”, das oficinas de teatro e com o “Regresso da Dona Emília” e a dança, com a audição da Goldart Academy e os “20 anos de Diamonds Dance”, serão iniciativas por todos/as já aguardadas. 

Depois de 27 edições já cumpridas, este ano vai realizar-se também a exposição aberta de Artes Plásticas, na Galeria do Theatro Club. No dia 5 de Agosto, data marcada para esta inauguração, será apresentado o programa das comemorações dos 120 anos do Theatro Club.

A cultura, estreitamente abraçada por este cartaz, far-se-á presente, também, nas iniciativas que constam do programa das Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. 

Além do espetáculo das Bandas, terá lugar um ciclo de cinema, cuja primeira sessão será a antestreia do documentário “Memórias de Abril”, no dia 27 de Julho, pelas 21h30, nos Paços do Concelho.

Também este ano a realização da Festa Animal pretende trazer para a rua os/as amigos/as dos animais, com animação e palestras relativas a esta temática.

Haverá ainda um dia dedicado à Rádio Terras de Lanhoso que comemora este ano o seu 5.º aniversário, com atividades na Praça Eng.º Armando Rodrigues, à tarde, entre as 14h00 e as 18h00 e à noite, entre as 21h00 e as 24h00.

Música e concertos, folclore e festivais, teatro, dança, exposições, documentários, cinema, feiras, caminhadas e desporto… um sem número de opções para todas as idades e gostos, é o que oferece o cartaz de edição de 2024 do “Póvoa em Festa”.

Apostando na diversidade da oferta e na abrangência de toda a comunidade, emigrantes, turistas e forasteiros que nos visitam, este programa pretende valorizar tudo aquilo que é genuinamente povoense, raízes e tradições, artistas, grupos, bandas, ranchos folclóricos… Que sejam dias de alegria e animação, é a mensagem que fica no ar.

VIANA DO CASTELO QUER ALTERAR PLANO DE URBANIZAÇÃO DA CIDADE

Participação prévia na alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Viana do Castelo e ao Plano de Pormenor para a Área Marginal ao Rio Lima até 1 de agosto

Na sequência da decisão da Câmara Municipal de Viana do Castelo, de 14 de maio do presente ano, de iniciar o procedimento de alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Viana do Castelo e ao Plano de Pormenor para a área marginal ao Rio Lima, entre a Ponte Eiffel e a Ponte do IC 1, em Darque, decorrem, entre 12 de julho e 1 de agosto, os períodos de participação prévia.

Durante os períodos de  participação prévia, os interessados podem consultar, no Serviço de Atendimento ao Munícipe (SAM) da Câmara Municipal e no sítio da internet https://www.cm-viana-castelo.pt, os documentos que acompanham a referida deliberação camarária, e, através de formulário existente no Serviço de Atendimento ao Munícipe da Câmara Municipal ou através da página eletrónica do Município, formular as sugestões e apresentar as informações que possam ser consideradas no âmbito do respetivo procedimento de alteração.

FAMALICÃO: PROPOSTA DE REVISÃO DO PDM AVANÇA PARA DISCUSSÃO PÚBLICA

Proposta de revisão do PDM avança para discussão pública.jpg

Período de discussão arranca cinco dias após publicação do anúncio em Diário da República. Autarquia vai promover sessões de esclarecimento.

O executivo municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou esta quinta-feira, dia 11 de julho, a abertura da discussão pública da 2.ª revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), período que se iniciará formalmente cinco dias úteis após a publicação do anúncio em Diário da República e que terá a duração não dos habituais 30, mas sim de 40 dias úteis, uma vez que o município decidiu aumentar este prazo para uma maior participação pública.

Entretanto, o documento que estabelece a estratégia de desenvolvimento territorial do município vai agora ser objeto de várias sessões de esclarecimento. A primeira decorre a 22 de julho, a partir das 21h00, no auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão. Seguem-se as vilas: Ribeirão, no dia 23, Joane, a 24, e Riba de Ave, a 25, todas às 21h00, nas respetivas sedes das Juntas de Freguesia.

Recorde-se que se trata de uma revisão simplificada, motivada sobretudo pela necessidade de adequar o PDM às alterações verificadas no quadro legislativo do ordenamento do território, com a publicação da Lei de Bases Gerais da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo e do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT).

Comparativamente com o anterior documento, datado de 2015, este novo PDM prevê, ao nível dos solos rústicos, um aumento dos espaços agrícolas, dos espaços de exploração de recursos energéticos e dos espaços florestais de proteção. Já ao nível dos solos urbanos, o novo PDM contempla também um aumento da capacidade construtiva para os espaços habitacionais e centrais na ordem dos 0.2%, dos espaços de equipamentos e espaços verdes públicos. O novo PDM atende também à forte dinâmica empresarial do concelho abrindo portas para o crescimento das Áreas de Atividades Económicas.

O novo plano procurará garantir a equidade na utilização do solo; promover o acesso à habitação e a uma rede de equipamentos escolares e desportivos; preservar, requalificar e valorizar os ecossistemas e património natural; reforçar a competitividade para uma economia mais verde; colmatar o tecido urbano e promover a reabilitação; reorganizar e diversificar os sistemas de mobilidade e acessibilidade e melhorar a acessibilidade às áreas empresariais, entre outros objetivos impulsionadores do desenvolvimento territorial integrado, inclusivo, resiliente e sustentável.

Todas os documentos necessários para o período de discussão pública e todas as peças do Plano estarão, em breve, disponíveis para consulta online em www.famalicao.pt e para consulta presencial, no Departamento de Ordenamento e Gestão e Urbanística.

Os interessados em participar no período de discussão pública poderão apresentar as suas sugestões, reclamações e observações presencialmente, no DOGU, num posto de atendimento criado para o efeito em funcionamento de segunda a quinta entre as 09h30 e as 17h30 e às sextas, entre as 09h30 e as 11h30. Poderão também fazê-lo online, em www.famalicao.pt, mas também por Correio, via carta registada.  

Importa ainda referir que a presente revisão foi acompanhada por uma Comissão Consultiva (CC) de natureza colegial, coordenada e presidida pela CCDR-N, constituída por 30 entidades que representam a administração direta ou indireta do Estado e os concelhos vizinhos.

Recorde-se que está a decorrer até 31 de dezembro de 2024 o prazo para a adequação dos Planos Municipais de Ordenamento do Território à nova lei de classificação e de qualificação dos solos, aprovada em 2014 e que termina com a figura dos solos urbanizáveis, fazendo com que os terrenos com essa classificação passem definitivamente a rústicos.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE INVESTE 50 MIL EUROS NA OFERTA DE FICHAS DE ATIVIDADES AO 1º CICLO

DSC06977.JPG

No próximo ano letivo, o Município de Esposende vai continuar a assegurar a oferta de manuais de Fichas de Atividades, das áreas disciplinares de Língua Portuguesa, Matemática, Estudo do Meio e Inglês, aos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, matriculados em estabelecimento de ensino do concelho de Esposende.

A medida foi hoje aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo e representa um investimento global de aproximadamente 50 mil euros, enquadrando-se nas políticas educativa e social do Município, as quais se encontram alinhadas com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne aos ODS 4 - Educação de Qualidade, ODS 5 – Igualdade de Género, ODS 10 – Reduzir as desigualdades e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

Mantém-se o procedimento dos anos letivos anteriores, com a entrega de um cheque-livro às famílias, com o qual poderão levantar, exclusivamente em papelarias do concelho de Esposende, os referidos manuais de fichas de atividades. Por esta via, a medida assume um alcance além do âmbito social, promovendo o desenvolvimento económico do concelho, nomeadamente das livrarias e papelarias locais que se disponibilizaram para proceder à venda de manuais. A proposta aprovada contempla também a possibilidade de reembolso às famílias que adquiram diretamente os manuais de fichas, mediante preenchimento de requerimento e apresentação de comprovativo de compra.

Esta medida configura um dos muitos apoios que o Município de Esposende confere ao setor da Educação, nomeadamente às escolas, aos alunos e respetivas famílias. No âmbito da Ação Social Escolar, para além do cumprimento das atribuições que legalmente lhe estão adstritas, a Câmara Municipal tem assegurado alguns apoios suplementares, no sentido de contribuir para uma maior equidade social no acesso a uma Educação de qualidade para todos, complementando, assim, a sua ação com as medidas assumidas pelo Ministério da Educação.

fichas atividades.jpg

fichas atividades_.jpg

VIANA DO CASTELO: COMANDO DISTRITAL DA PSP ASSINALA 148 ANOS DE EXISTÊNCIA

O Comando Distrital da PSP de Viana do Castelo, com o apoio da Câmara Municipal, vai assinalar os seus 148 anos de existência com um programa comemorativo que integra diversas atividades, nomeadamente um Concerto da Banda Sinfónica da PSP no Teatro Municipal Sá de Miranda, com entrada gratuita, e uma exposição estática de meios na Praça da Liberdade.

Assim, o programa comemorativo tem início no 17 de julho, às 21H30, com um Concerto pela Banda Sinfónica da PSP no Teatro Municipal Sá de Miranda.

No dia 18 de julho, dia em que se assinalam os 148 anos, acontecem as cerimónias oficiais comemorativas do 148.º Aniversário do Comando Distrital de Viana do Castelo no Forte Santiago da Barra – Auditório do Turismo do Porto e Norte de Portugal, E.R.

Nos dias 18 e 19 de julho, na Praça da Liberdade, entre as 09H00 e as 20H00, decorre uma exposição estática de meios e valências operacionais da Polícia de Segurança Pública.

De lembrar que o Corpo de Polícia Civil de Viana do Castelo foi criado em sessão de 18 de julho de 1876 da Junta Distrital. Este Comando tem à sua responsabilidade a proteção de cerca de 239 635 cidadãos, numa área de 40,7 Km2, garantida pelos Polícias que compõem o efetivo das 2 Esquadras de competência genérica, localizadas em Viana do Castelo e Ponte de Lima, e das Esquadras de Investigação Criminal, de Intervenção e Fiscalização Policial e de Trânsito, com sede na capital de distrito.

450077109_915861097242802_4871553861614181028_n.jpg

450196767_915861137242798_604748063189584296_n.jpg

450235399_915861127242799_613420745199894431_n.jpg

450178350_915861130576132_2401858437459335326_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ RENOVA EXTENSÃO DE SAÚDE DE SOAJO

Proximidade na Saúde: extensão de Saúde de Soajo renovada reabriu

Na sequência das obras realizadas pela Câmara Municipal nas instalações e em articulação com a ULSAM, já se encontra em funcionamento a extensão do Centro de Saúde de Soajo. Este espaço contou com intervenções de melhoria de espaços e pinturas por parte da Autarquia de forma a ficar com melhores condições para poder reabrir e receber os utentes.

Este investimento de cerca de 10 000 euros revestiu-se de importância, pois veio contribuir para um atendimento mais célere e eficaz às pessoas e melhorar a qualidade dos serviços à população.

Este foi mais um investimento realizado a pensar em aproximar os serviços de saúde da população e, ao mesmo tempo, contribuir para o seu bem-estar.

IMG-20240703-WA0004 (1).jpg

IMG-20240703-WA0008 (1).jpg

IMG-20240703-WA0010.jpg

ALUNOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALDEVEZ – VENCEDORES DO PROJETO TWIST

projeto twist.jpg

A Câmara Municipal felicita a equipa vencedora do Agrupamento de Arcos de Valdevez, bem como toda a comunidade escolar envolvida, a nível nacional “Os Salvadores do Planeta”.

O projeto TWIST, as “Escolas em ação” foi desenvolvido ao longo do ano letivo 2023/2024, no total de cerca de 200 escolas, no concurso Energia em Movimento, do projeto TWIST, tendo criado um movimento cívico em que os jovens partilharam informação e dinamizaram ações, não só junto da população escolar, mas também junto das famílias e da comunidade, em temas como a eficiência energética, literacia energética, alterações climáticas e desenvolvimento sustentável.

O espírito de equipa, criatividade e empenho foram notórios, o que garantiu um lugar no pódio TWIST, para esta equipa constituída por 8 alunos da turma 10.º J, do curso Técnico da Qualidade, liderada pela prof.ª Glória Esteves, Prof. Rui Carvalho e Prof. Serge Fernandes.

Ao longo das várias etapas que tiveram de desenvolver, conseguiram atingir todos os objetivos propostos e ao mesmo tempo envolver o maior número de pessoas diretamente, estabelecendo parcerias e indiretamente através da página do Instagram ”dar_vida_ao_planeta”.

A Câmara Municipal foi parceira, desde o início deste projeto, destacando o excelente trabalho desenvolvido por esta equipa e a forma como envolveram a comunidade. O empenho e a dedicação de todos na preservação do meio ambiente assume-se como uma responsabilidade cívica, sendo uma missão da Autarquia estimular os munícipes a envolverem-se na causa ambiental e a cumprirem esse dever.

VIANA DO CASTELO: MILITARES VIGIAM SERRA DE SANTA LUZIA DURANTE PERÍDO CRÍTICO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS

GCI_4795.jpg

À semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, os Militares do Exército da Escola dos Serviços da Póvoa do Varzim estão a vigiar a Serra de Santa Luzia até dia 30 de setembro. O protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Escola dos Serviços, hoje assinado, inclui ações de vigilância e patrulhamento em Santa Luzia, numa ação preventiva que teve início em 2011.

Após a assinatura do protocolo, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Luís Nobre, referiu que esta é uma colaboração “regular, relevante e profícua”, tendo em conta que a segurança “é um bem maior da sociedade”.

“Levamos muito a sério a Proteção Civil, especialmente em períodos de maior promoção de eventos e de aumento do número de visitantes”, indicou o autarca, referindo que a parceria entre o Município e o Exército tem por objetivo “uma missão significativa que tem produzido resultados depois de momentos dramáticos vividos no passado”.

Já o Comandante da Escola dos Serviços, Coronel Carlos Guedes, recordou que esta colaboração entre as duas entidades iniciou há 13 anos, numa “necessidade” que foi identificada após incêndios no Verão de 2005 e 2010 que, entre outros locais, atingiram a Serra de Santa Luzia.

O protocolo, em vigor durante o período crítico de incêndios florestais, serve, assim, para “salvaguardar este importante património natural”, impondo patrulhamento diário, operações de vigilância e defesa da floresta, contando com a colaboração de 7 militares afetos à vigilância.

À semelhança dos anos transatos, e considerando que os incêndios rurais são uma preocupação constante, em especial na Serra de Santa Luzia que, pelo crescimento da vegetação aliado ao grande período sem ocorrências de incêndios, é considerado um dos locais mais críticos do concelho, é dada continuidade à colaboração com os militares.

O protocolo tem como objetivo assegurar o patrulhamento florestal na serra de Santa Luzia numa perspetiva dissuasora e de vigilância, contribuindo para a redução do número de comportamentos de risco nesta área, assim como para reduzir o tempo de deteção e resposta a incêndios rurais.

A Escola de Serviços compromete-se, assim, a disponibilizar viatura e militares para operações de vigilância, mantendo permanentemente informadas as entidades responsáveis (Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Alto Minho e/ou Companhia de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo), comunicando-lhes, de imediato, qualquer ocorrência digna de registo.

Já a Câmara Municipal de Viana do Castelo compromete-se a fornecer os meios materiais necessários ao cumprimento da missão, comparticipando encargos decorrentes das atividades de vigilância, entre outras obrigações.

A Câmara Municipal apela ainda para que, em caso de incêndio, ligue de imediato 112, ou em alternativa, para a Central da Companhia de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, através do seguinte contacto: 258 840 400.

GCI_4708.jpg

GCI_4720.jpg

GCI_4731.jpg

GCI_4740.jpg

GCI_4743.jpg

GCI_4749.jpg

GCI_4786.jpg

PS-VIEIRA DO MINHO: BOMBEIROS RECEBEM NOVO VEÍCULO DE COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS

2 (1).png

O PS de Vieira do Minho manifesta publicamente a sua satisfação por ter sido disponibilizado um novo veículo de combate a incêndios aos Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho.

A decisão, tomada pelo anterior governo do PS, já era conhecida há alguns meses e o veículo foi entregue no passado dia 10 de julho.

Trata-se de um Veículo Tanque Tático Florestal (VTTF), que foi atribuído pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), ao abrigo do programa “Mais Floresta – Reforma do Sistema de Prevenção e Combate de Incêndios”, que integra a Componente 08 – Florestas do PRR.

Esta viatura representa um reforço significativo para a frota dos nossos Bombeiros Voluntários, aumentando substancialmente a sua capacidade de resposta e eficiência no combate a incêndios, bem como na proteção da nossa comunidade.

PAREDES DE COURA: ESCOLA DO ROCK ARRANCA COM MAIS DE 40 ALUNOS DE TODO O PAÍS

Mais de 40 ‘alunos’ de vários pontos do país, de norte a sul, e até da vizinha Galiza participam na Escola do Rock, que tem a primeira chamada no próximo domingo, 14 de julho, em Paredes de Coura, e fecha o período letivo na sexta-feira seguinte com o habitual concerto final de apresentação do resultado da residência intensiva.

Ao longo de uma semana os participantes estão sujeitos a um programa intensivo que inclui ensaios de uma setlist para apresentar em futuros concertos no formato de big band, mas também workshops, concertos surpresa, cinema e outras atividades.

Alunos mais novos têm 13 anos

Durante esta semana, jovens de todo o país – alguns dos quais com apenas 13 anos, a idade mínima para participar na Escola do Rock -- têm a oportunidade de experimentar um modelo de ensino diferente do formal. Além dos ensaios, o programa paralelo inclui workshops relacionados com música e expressão artística, showcases surpresa em vários espaços da vila, concertos em parceria com a iniciativa local Xapas Sessions, sessões de cinema e passeios, entre outras atividades, algumas das quais abertas ao público em geral. 

Neste ano em que a Escola do Rock Paredes de Coura celebra 10 anos, recorde-se que esta é uma iniciativa do Município com coprodução da Associação Cultural Rock’n’Cave e direção de formação do Space Ensemble. A maior parte das atividades decorrem no Centro Cultural, integradas na programação desta estrutura com o apoio da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses, com extensão de alguns momentos do programa à Elevadora, Xapas Lounge e outros espaços de Paredes de Coura.

para fotos, por favor aceda ao seguinte link: https://we.tl/t-HDqpZ4ypYw

Programa completo

* Atividades abertas ao público em geral. Entrada livre.

14 de julho
14h00 - 15h00
Centro Cultural
Receção dos alunos 
15h00 - 18h00
Centro Cultural
Ensaios
15 de julho
10h00 - 17h00
Centro Cultural
Ensaios 
21h00 - 22h30
Centro Cultural
Cinema - “Director ID” by Canal 180 *
Exibição de filmes sobre os melhores realizadores de videoclipes do mundo

16 de julho
10h00 - 17h00
Centro Cultural
Ensaios
18h00 - 20h00
Elevadora
Exposição Travel Through Fanzine Space *
Visita à inauguração da exposição de fanzines da Associação Cultural Rock’n’Cave
21h00 - 22h30
Elevadora
Showcase de alunos e combos da Escola do Rock *

17 de julho
10h00 - 17h00
Centro Cultural
Ensaios
21h00 - 22h30
Xapas Sessions
Showcase de alunos e combos da Escola do Rock *

18 de julho
10h00 - 17h00
Centro Cultural
Ensaios
22h00 - 23h00
Restaurante do Taboão
Concerto Samuel Martins Coelho e Pedro Gonçalves Oliveira *
Apresentação do novo álbum “Extinção” de Samuel Martins Coelho

19 de julho
10h00 - 17h00
Centro Cultural
Ensaios
21h30 - 22h30
Centro Cultural
Concerto Escola do Rock *
Apresentação do resultado da residência intensiva

Pág. 1/22