Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SECRETÁRIO DE ESTADO DO AMBIENTE E DA ENERGIA VISITA ESPOSENDE

i061795.jpg

O Secretário de Estado do Ambiente e da Energia, Emídio Sousa, visita o concelho de Esposende no próximo dia 12 de Junho, estando previsto o seguinte programa:

11h00 – Acompanhamento dos trabalhos de demolição do Bari Bar - Apúlia

11h30 – Visita à Praia de Pedrinhas/Cedovém - Apúlia

12h00 – Visita à Praia da Bonança – Ofir/Fão

12h30 – Visita à Barra de Esposende

ESPOSENDE VAI CRIAR MUSEU DEDICADO AO REI D. SEBASTIÃO

_DSC7184.jpg

O Município de Esposende pretende avançar com a criação de um espaço museológico dedicado ao Rei D. Sebastião. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, nas cerimónias comemorativas do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, cujo programa incluiu o Hastear das Bandeiras, na Praça do Município, com a participação musical do Quarteto de Trombones da Banda de Música de Belinho, e a abertura da Exposição Bibliográfica e Iconográfica “500 anos sob a pena de Camões”, integrada nas comemorações municipais do V Centenário de Nascimento de Luís de Camões, na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura.

Benjamim Pereira sublinhou a importância de assinalar o dia maior de Portugal, “um país cada vez mais inclusivo”, dedicado também ao poeta Luís Vaz de Camões, cuja obra “Os Lusíadas”, lembrou, se encontra refletida nos painéis ilustrativos de Jorge Colaço, patente nas Escolas Rodrigues Faria/Centro Cultural de Forjães. Importa, pois, vincou o autarca, exultar a coragem dos portugueses e tão grandiosos e nobres feitos atendendo à escala do país, cuja população, à época, não ia além de 1,5 milhões de pessoas.

Notando que a marca dos portugueses se encontra patente em diversos locais, em todo o mundo, Benjamim Pereira afirmou a honra e o orgulho de tão importante legado. Neste contexto, referiu que Esposende beneficia de “felizes coincidências”, desde logo o facto de a obra “Os Lusíadas” ter sido editada em 1572, precisamente o ano em que Esposende alcança a sua autonomia administrativa, por via da Carta Régia de D. Sebastião. Igualmente relevante, mais recentemente, o Achado de Belinho, resultado do naufrágio de uma embarcação quinhentista, justamente do reinado de D. Sebastião, que veio enriquecer Esposende e o seu acervo cultural.

Esta simbiose de factos justifica, para Benjamim Pereira, a criação de um espaço museológico dedicado ao jovem rei que decretou a criação do concelho de Esposende, que o possa elevar e dignificar, e honrar a história do Município. “Se há terra que tem dívida para com o rei D. Sebastião é Esposende”, afirmou o autarca, adiantando que o projeto poderá ser materializado no Forte de S. João Baptista, para onde está projetado o Centro de Divulgação Científica, focado em atividades marinhas, no âmbito do protocolo estabelecido com a Universidade do Minho.

“Não havia melhor dia para fazer este anúncio”, vincou o autarca agradecendo a todos quantos colaboraram para a exposição “500 anos sob a pena de Camões”, cuja apresentação e visita guiada, com o devido enquadramento histórico, esteve a cargo da responsável da Biblioteca Municipal, Maria Luísa Leite.

A mostra assenta em livros de finais do século XIX, XX e alguns novos, já editados este ano, no âmbito do V Centenário, como “Camões – Uma antologia”, de Frederico Lourenço, entre outros. Mas o especial destaque foram algumas edições d’ Os Lusíadas, como a de 1900, revista e prefaciada por Sousa Viterbo, ilustrada por Roque Gameiro e Manuel de Macedo e onde também se podem ver os retratos de Camões e Manuel Severim Faria (1590- 1649); a edição de 1980, comemorativa do IV centenário da morte do poeta, com ilustrações dos grandes pintores portugueses do início do século, como Columbano, Condeixa, Malhoa, João Vaz e Carlos Reis. Foi com base nestas pinturas, dos Lusíadas e da Lírica, ilustrada por Lima de Freitas, que foram elaborados os painéis, cerca de duas dezenas, que acompanham a mostra documental. Da exposição fazem parte também algumas obras da bibliografia passiva camoniana, desde autores como António Sergio, Vitor Aguiar e Silva, Bernardo Xavier Coutinho e o primeiro número da revista Oceanos, editada pela Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimento Portugueses. Presente também na exposição uma réplica de uma caravela quinhentista, construída por José Felgueiras, ilustre investigador da História Local, e que faz parte de uma exposição patente no Museu Marítimo de Esposende.

A marcar o Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas, Esposende assinala também, por esta via, V Centenário de Nascimento de Luís de Camões, numa estratégia que visa o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, nomeadamente no que se refere ao seu património histórico e cultural.

_DSC7063.jpg

_DSC7073.jpg

_DSC7076.jpg

_DSC7096.jpg

_DSC7113.jpg

_DSC7135.jpg

_DSC7156.jpg

_DSC7194.jpg

_DSC7195.jpg

_DSC7206.jpg

Ls (1).jpeg

GUIMARÃES: GRUPO FOLCLÓRICO DA CORREDOURA REALIZA A FESTA DO LINHO – 15 DE JUNHO

No próximo dia 15 de Junho, realiza-se mais uma edição do Linhal da Corredoura.

A festa do Linho, realizada desde os finais dos anos 80, é uma das atividades mais ricas do Grupo Folclórico da Corredoura, que mantém e preserva a tradição do bem semear, assim como, de todas as tarefas ligadas ao ciclo do linho!

Dia 15 de Junho, a partir das 16h00, no Parque de Lazer da Corredoura! Venha desfrutar de uma boa tarde de tradição acompanhada de bons petiscos!

442439268_1211174926927428_3482425835561968428_n.jpg

PAREDES DE COURA INVESTE 1 MILHÃO DE EUROS NO CENTRO DE SAÚDE

assinatura_contrato_requalificacao_centro_saude.JPG

Paredes de Coura garantiu o apoio financeiro de cerca de 1 milhão de euros para a requalificação do seu Centro de Saúde.

Com este investimento de 950 mil euros garantido junto da Administração Central do Sistema de Saúde, previsto no Plano de Recuperação e Resiliência no âmbito do programa designado por “Cuidados de Saúde Primários com mais respostas”, vai permitir ao Município de Paredes de Coura requalificar o seu Centro de Saúde ao nível da eficiência energética, bem como assegurar melhor acessibilidade, a segurança e o conforto de utentes e profissionais.

“O Centro de Saúde é um equipamento essencial para a população de Paredes de Coura e, não obstante ter sido construído há mais de 20 anos, nunca teve obras de beneficiação. Atualmente, encontra-se degradado e notoriamente desadequado às funções e valências necessárias”, reconheceu Tiago Cunha, vice-presidente da Câmara e representante do Município na assinatura do contrato de financiamento, que decorreu na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, com a presença da Ministra da Saúde e do Ministro da Coesão Territorial.

“Apesar de não ser legalmente possível a intervenção do Município para melhorar as condições médicas de apoio à população como todos desejaríamos, no contexto das dificuldades que o Serviço Nacional de Saúde hoje enfrenta e perante as quais não podemos ficar indiferentes, não baixamos os braços”, realçou o vice-presidente da Câmara, para quem “o investimento e a obra agora assegurada é determinante para melhorar as condições materiais do serviço de saúde primário a prestar à população do concelho e garantir que os profissionais de saúde se sentirão mais respeitados e motivados para melhor desempenhar a sua missão”.

Com a concessão deste apoio financeiro de cerca de 1 milhão de euros, o Centro de Saúde vai ganhar consideráveis melhorias ao nível do acolhimento dos seus profissionais e utentes, permitindo também com isto a prestação de um serviço mais humanizado à população courense e a todos quantos se dirigem a esta unidade de saúde que serve uma população de quase 9 mil habitantes.

PORTUGUESES ELEGERAM DOIS MINHOTOS PARA O PARLAMENTO EUROPEU

Entre os vários deputados ontem eleitos para o Parlamento Europeu encontram-se dois minhotos. São eles o Bruno Gonçalves, do Partido Socialista. Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade do Minho, Bruno Gonçalves tem 27 anos e nasceu na cidade de Braga. Foi líder da Juventude Socialista e de Braga e é o atual secretário-geral dos jovens da Internacional Socialista.

E, Paulo Cunha, do Partido Social Democrata. Licenciado em Direito pela Universidade Lusíada no Porto. Natural de Vila Nova de Famalicão, município que presidiu entre 2013 e 2021, Paulo Cunha assume, desde julho, o cargo de vice-presidente do PSD.

MINHOTOS JÁ DESFILAM EM NEWARK (EUA) NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DE PORTUGAL

447849861_868377121999377_926292984482953841_n.jpg

As comemorações do Dia de Portugal em Newark, New Jersey, adquire todos os anos um especial destaque na vida da comunidade portuguesa em geral e entre os minhotos em particular.

Os nossos conterrâneos radicados nos Estados Unidos da América saem à rua levando consigo os estandartes das coletividades – associações e ranchos folclóricos – exibem os trajes tradicionais, cantam e dançam.

O desfile já está hoje a decorrer e fica aqui um registo da participação do Rancho Folclórico Barcuense, um grupo vocacionado para integrar os arcuenses e barquenses que ali vivem.

448018124_868377145332708_8813450849652632_n.jpg

448086523_868376871999402_9198882866785847373_n.jpg

448175117_18268315531242053_9201801411795936432_n.jpg

MINHO ESTÁ EM FESTA E OS MINHOTOS NÃO VÃO FALTAR – O PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA PROMETE GRANDE DIVERSÃO!

438169630_963594962438612_4931571782376701824_n.jpg

As melhorias das condições climatéricas que se anunciam para o próximo fim-de-semana e quantidade e diversidade de eventos programados prometem uma elevada adesão de visitantes a vários concelhos da nossa região, mormente por parte dos nossos conterrâneos ausentes, muitos dos quais a trabalhar na região de Lisboa. Para além de outros eventos culturais, mencionamos as seguintes atrações:

Ponte de Lima – Festa do Vinho Verde de 14 a 16 de Junho na Expolima

Guimarães – Linhal da Corredoura no dia 15 de Junho

Braga: Festival de Folclore integrado nas Festas de São João – 16 de Junho

Braga – Cortejo Etnográfico integrado nas festas de São João – 16 de Junho

Braga – Festas de São João – 14 a 24 de Junho

Ponte de Lima – Festival de Folclore no dia 16 de Junho

Viana do Castelo – Festival de Folclore em Afife no dia 15 de Junho

Ponte de Lima – Festival de Folclore na Ribeira nos dias 15 e 16 de Junho

Braga – Encontro de Bombos no dia 15 de Junho

Viana do Castelo – Festas na Areosa no dia 16 de Junho

Braga – Capital do Cavaquinho nos dias 15 e 16 de Junho

441501234_873149838186454_3077760889553927677_n.jpg

VILA PRAIA DE ÂNCORA ESTÁ EM FESTA E SÃO OS GRUPOS DE BOMBOS QUE ANIMAM!

DSC00176-1.JPG

Está a decorrer neste nomento o 4º Encontro de Bombos de Vila Praia de Âncora. Os grupos participantes percorreram as ruas do centro histórico rumo ao Forte da Lagarteira onde a festa prossegue com mais animação musical e muitos petiscos para saborear.

O rufar dos bombos estremeceu a vila e atraiu imenso público à sua passagem. Além do grupo organizador, o Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora, participam ainda o Grupo de Bombos Só Pedra, Grupo de Bombos S. Tiago de Sopo, Grupo de Bombos S. Tiago Maior – Poiares, Grupo de Bombos Toca a Bombar - Monção e o Grupo de Bombos S. Tiago de Dem – Caminha.

A origem dos bombos perde-se nos confins da nossa civilização e remete-nos para as tradições pastoris e guerreiras dos povos nómadas, aliás à semelhança de outros instrumentos de percussão, não raras as vezes associada à flauta e à gaita-de-foles. Não admira, pois, o seu emprego em formações militares em face do seu ritmo marcial. A introdução da concertina representa uma enxertia que pouco ou nada tem a ver com a tradição do rufar dos bombos.

Em regra, trata-se de um instrumento masculino, tal como os adufes e as pandeiretas são geralmente tocados por mulheres.

Os encontros de grupos de bombos constituem uma excelente iniciativa com vista a preservar estas tradições que têm no Minho a sua máxima representação.

DSC00185.JPG

DSC00172.JPG

DSC00173.JPG

DSC00174.JPG

DSC00175.JPG

DSC00176.JPG

DSC00177.JPG

DSC00178.JPG

DSC00179.JPG

DSC00180.JPG

DSC00181.JPG

DSC00182.JPG

DSC00183.JPG

DSC00184.JPG

DSC00185 (1).JPG

DSC00186.JPG

DSC00187.JPG

DSC00189.JPG

DSC00194.JPG

DSC00195.JPG

DSC00196.JPG

DSC00197.JPG

DSC00199.JPG

DSC00200.JPG

DSC00201.JPG

DSC00202.JPG

BRAGA: VAMOS TODOS AO SÃO JOÃO – SOMOS TODOS BRACARENSES! – 14 A 24 DE JUNHO

437099554_851822610319177_8708702599781105535_n.jpg

Viva a tradição e a cultura no São João de Braga com o imperdível Cortejo Etnográfico!

Celebre as raízes e os costumes da etnografia num cortejo cheio de cores e alegria.

Junte-se a nós para uma experiência autêntica e emocionante no dia 16 de junho a partir das 16h00!

Não fique de fora deste momento especial. Venha fazer parte da história da nossa cidade!

441501234_873149838186454_3077760889553927677_n.jpg