Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA APRESENTA "GALINHAS DE PORTUGAL"

Apresentação do Livro “Galinhas de Portugal”. 6 de Setembro | 18h00 | Clara Penha – Casa dos Sabores

Integrado num conjunto de publicações que visam, divulgar, preservar e valorizar o património de valor inestimável, que são as raças autóctones da região, o Município de Ponte de Lima, a Associação Concelhia das Feiras Novas, e a Associação dos Criadores de Bovinos de Raça Barrosã, apresentam o livro “Galinhas de Portugal”.

convite_studbook

As raças autóctones foram, outrora, decisivas na construção e definição das paisagens rurais e, por conseguinte, estão intimamente ligadas às populações rurais, aos seus modos de vida, costumes e tradições. Assim, surge este livro, no sentido de alertar para a necessidade e importância da salvaguarda, proteção e valorização das raças autóctones Pedrês Portuguesa, Preta Lusitânica, Amarela e Branca.

A Associação dos Criadores de Bovinos de Raça Barrosã, alertada pelos seus técnicos para as observações feitas junto dos seus associados, atenta à eminência do desaparecimento destas raças, e sem outra entidade que quisesse tomar a seu cargo a difícil mas honrosa tarefa de caracterização, inventariação, identificação e registo das galinhas, com vista à sua preservação, iniciou, no ano de 2003, os trabalhos que conduziram à criação dos Registos Genealógicos das supra mencionadas raças.

O trabalho culminou no livro “Galinhas de Portugal”, cuja apresentação tem lugar no dia 6 de setembro de 2018, na Clara Penha – Casa dos Sabores, às 18h00.

convite_studbook

FEIRA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA DE FAMALICÃO ABRE AO PÚBLICO COM NOVIDADES E ANIMAÇÃO

Presidente da Câmara Municipal visita o certame no domingo, 2 de setembro, pelas 16h00

Abrem amanhã, sexta-feira, 31 de agosto, pelas 18h00, as portas da 35ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão, um dos maiores eventos do género da região Norte, que todos os anos atrai milhares de visitantes à cidade na descoberta pelo artesanato mais genuíno, pela gastronomia tradicional e de qualidade, mas também pela grande animação popular.

DSC_6216

O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, visita o certame este domingo, dia 2 de setembro, a partir das 16h00, altura em que já será possível perceber sobre a força da adesão do público ao evento. 

À riqueza do artesanato nacional juntam-se os sabores inconfundíveis da gastronomia numa conjugação de saberes e sabores únicos e genuínos. No recinto do antigo campo da feira semana reúnem-se ao longo de dez dias mais de 100 artesãos – muitos deles a trabalhar ao vivo – representantes das várias regiões do país e perto de uma dezena de restaurantes e tasquinhas com as iguarias mais tradicionais. Por aqui, há ainda espaço para os produtores que trazem consigo os vinhos, queijos, presuntos e doces mais puros oriundos de todo o país.

DSC_6085

Duas mãos cheias de novos artesãos estreiam-se este ano. São artistas da bijuteria, da malha, da cerâmica, do vidro, da tecelagem, mas também do gesso e dos bordados, entre outros, que vêm de vários pontos do país mostrar a sua arte, naquela que já é considerada “a maior Feira de Artesanato e Gastronomia do Minho e um cartaz turístico-cultural de referência nacional”, como refere o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Tudo isto animado com um programa de animação diária e constante através da participação de quase três dezenas de artistas musicais, donde se destaca a presença de Augusto Canário & Amigos no dia 4 de setembro. O espetáculo de música popular juntará a tradição das concertinas, cavaquinhos, violões e bandolins à modernidade da bateria e do baixo, com o calor e sabor dos instrumentos de percussão latinos, criando um ambiente vivo, colorido, cheio de ritmo e alegria.

Uma noite para a juventude desfrutar do certame é a principal novidade ao nível da animação da edição deste ano com um concerto do rapper Piruka, na noite de 6 de setembro.

A entrada é gratuita em todos os dias do certame.

DSC_6194

TERRAS DE BOURO FINANCIA PROJECTOS DE VALORIZAÇÃO TURÍSTICA, REQUALIFICAÇÃO URBANA E DE EDIFÍCIOS ESCOLARES

Câmara Municipal aprova financiamento para projetos de 2,2 milhões de euros

A Câmara Municipal de Terras de Bouro aprovou hoje o recurso a uma linha de crédito do Banco Europeu de Investimento para financiamento de um conjunto de projetos aprovados no âmbito dos programas operacionais do Portugal 2020. Desta forma, são assegurados investimentos para execução no concelho num valor global superior a 2,2 milhões de euros.

foto da Câmara Municipal de Terras de Bouro.

Em reunião do executivo camarário, o presidente Manuel Tibo salientou o “impacto positivo para a valorização do concelho de Terras de Bouro” com este primeiro conjunto de projetos que vão já avançar com financiamento de apoios comunitários e cuja comparticipação municipal fica assegurada através do acesso a cerca de 390 mil euros a disponibilizar pelo BEI.

As operações aprovadas com apoios dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) incluem projetos de valorização turística do território, nomeadamente nas vilas do Gerês e de Moimenta, assim como requalificação urbana e de edifícios escolares.

Deste grupo de obras financiadas faz parte a construção de uma rede pedonal estruturante que fará a ligação às áreas centrais de Rio Caldo e Vilar da Veiga, num investimento global de 300 mil euros.

O Município de Terras de Bouro avançará igualmente com a requalificação da Rua Miguel Torga e da Avenida 20 de Junho, na Vila do Gerês, sendo que as intervenções previstas ascendem a quase 320 mil euros.

O Parque da Vila e o troço de Moimenta da ecovia do Homem e Cávado fazem igualmente parte dos projetos financiados, representando um total de investimento de cerca de 950 mil euros.

No âmbito das operações financiadas pelos programas operacionais do Portugal 2020 está ainda a requalificação e adaptação das escolas básicas de Rio Caldo e do Gerês, com um montante global superior a 637 mil euros.

O presidente da Câmara Municipal sublinha que “estes investimentos são uma primeira demonstração da aposta estratégica deste executivo na captação dos programas de apoio e dos fundos europeus para rentabilizar investimentos que são necessários, urgentes e garantem mais valias para o concelho e para a população de Terras de Bouro”.

“Com a reorganização e valorização das capacidades de serviço e trabalho do município, estão criadas as condições para podermos capitalizar mais investimentos e recursos para a modernização e desenvolvimento das nossas terras”, promete Manuel Tibo.

Aprovados e regulados apoios de âmbito escolar

Na reunião do executivo camarário de Terras de Bouro foram igualmente aprovadas normas e regulamentos para a concretização de apoios na área da educação, com o objetivo de melhorar as condições de ensino e educação das crianças e jovens que frequentam os estabelecimentos do concelho.

A Câmara Municipal aprovou comparticipar “na íntegra” as Fichas de Trabalho complementares aos Manuais Escolares, adotadas pelo Agrupamento de Escolas, a todos os alunos que se encontrem a frequentar o primeiro ciclo do ensino básico no concelho de Terras de Bouro.

Foi igualmente aprovado que a Câmara Municipal vai “adquirir os manuais escolares e respetivos cadernos de atividades que não são comparticipados pelo Ministério da Educação, cedendo-os, pelo período letivo, aos alunos do 10 ano do ensino secundário do Agrupamento de escolas de Terras de Bouro”. Os manuais adquiridos constituirão uma Bolsa de Manuais do Município a serem utilizados nos anos letivos seguintes.

Para atribuição e funcionamento do transporte escolar para o ano letivo 2018-2019, o Executivo aprovou uma Norma que vem “definir e clarificar os procedimentos no âmbito dos transportes escolares, nomeadamente no que diz respeito aos apoios contemplados pela legislação em vigor, bem como os concedidos pela Autarquia com caráter facultativo”.

O Município de Terras de Bouro garante, desta forma, o reforço da capacidade de resposta e satisfação das necessidades dos alunos e respectivas famílias no que toca às condições de acesso aos estabelecimentos escolares, levando em conta as especificidades do território e dos acessos no concelho.

No que toca às refeições do 1º ciclo do ensino básico, foi aprovado protocolar com o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e com os Centros Sociais a disponibilização do serviço. Serão também garantidos através de protocolos com Centros Sociais e Juntas de Freguesia circuitos de transportes escolares.

Quanto ao funcionamento dos jardins-de-infância, o Município vai assegurar atividades de animação de apoio à família, nomeadamente refeições e prolongamento de horário, mediante a celebração de protocolo com os Centros Paroquiais e Sociais de Rio Caldo, Moimenta e Chorense.

Foi ainda aprovada a regulação dos auxílios económicos às famílias, no âmbito das refeições escolares do 1.º ciclo, mediante o respetivo escalão e número de filhos.

ESPOSENDE ACOLHE PALESTRA “ENTENDER AUTÍSMO”

10 outubro, 18h00 – Auditório Municipal

O Município de Esposende, em parceria com a Associação Vencer Autismo, vai organizar, no próximo dia 10 de outubro, às 18h00, no Auditório Municipal de Esposende, uma palestra, subordinada ao tema "Entender Autismo".

endender autismo

A iniciativa é aberta ao público em geral, com especial interesse para profissionais e pais/familiares de crianças com Perturbações do Espetro do Autismo. Nesta sessão, os fundadores da Associação Vencer Autismo, Susana Silva e Joe Santos, irão explicar em detalhe os desafios associados ao autismo, as suas possíveis causas e as áreas a dar prioridade no desenvolvimento da criança. Haverá espaço para colocar questões e esclarecimento de dúvidas.

A participação na palestra é gratuita, contudo carece de inscrição a efetuar online em: https://goo.gl/forms/VVc4rEmOvNguq8Rf2. Mais informações sobre o evento estão disponíveis em: https://www.facebook.com/events/268293493894777 e/ou

http://vencerautismo.org/evento/esposende.

Fundada em 2010 e com sede no Porto, a Associação Vencer Autismo presta apoio a famílias com crianças e jovens com Autismo, em Portugal, no Brasil e na Europa, dotando-as de ferramentas para ajudar estas crianças e jovens a desenvolver o seu máximo potencial.

Em 2017, a Associação Vencer Autismo foi um dos dez projetos europeus convidados para o evento da Comissão Europeia "Opening Up to an Era of Social Innovation" para apresentar o seu projeto “Autism Rocks!”, que já se encontra a ser implementado na Área Metropolitana do Porto.

LOJA SOCIAL DE ESPOSENDE É FINALISTA DO PRÉMIO MANUEL ANTÓNIO DA MOTA

A Câmara Municipal de Esposende figura entre as 10 instituições finalistas da 9.ª edição do Prémio Manuel António da Mota, que distingue organizações e personalidades que se destaquem nos vários domínios da sua atividade.

Loja Social_

Na edição de 2018, a Fundação Manuel António reconhece as instituições que contribuam com os seus projetos para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), sendo que o Município de Esposende apresentou uma candidatura no âmbito da intervenção da Loja Social enquanto Plataforma Colaborativa de Esposende.

Este projeto traduz-se numa rede de partilha e solidariedade de toda a comunidade, bem como um complemento à intervenção social concelhia, rentabilizando os recursos disponíveis, eliminando a sobreposição da intervenção e permitindo um melhor planeamento entre serviços e entidades que intervêm nesta área.

Esta Plataforma tem-se afirmado como uma iniciativa de elevado potencial de empreendedorismo social, considerando o conceito como um processo de procura de soluções inovadoras e sustentáveis para a resolução de problemas importantes da comunidade. Permite não só apoiar as famílias com vulnerabilidades sociais, mas também aquelas que, com preocupações ambientais e económicas, acedem a este equipamento, através da doação e do processo da troca por troca, entregando os bens de que não precisam por aqueles de que têm necessidade.

O projeto assenta na dinamização de sinergias da comunidade, dos agentes económicos e dos parceiros sociais, estimulando o diálogo e a cooperação entre todas as estruturas locais para reforço das redes estratégicas promotoras de desenvolvimento, empreendedorismo e inovação social. Fomenta-se, assim, a promoção do voluntariado, a educação ambiental, a educação para os direitos humanos, a educação do consumidor e a promoção do desenvolvimento sustentável, que materializam a estratégia da Educação para a Cidadania.

A mudança de instalações da Loja Social, prevista para o início do próximo ano, potenciará a operacionalização de novas atividades em função das necessidades sentidas pela comunidade.

O anúncio da candidatura vencedora do Prémio Manuel António da Mota terá lugar no dia 25 de novembro, em cerimónia a realizar no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, após apreciação in loco dos projetos concorrentes, ação esta integrada no conjunto de reportagens que serão realizadas pela TSF – Rádio Notícias com cada uma das instituições finalistas.

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, realça que “integrar esta fase do concurso é já um reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido diariamente na Loja social de Esposende, pelos seus colaboradores, voluntários, parceiros e todos os intervenientes que contribuem para a concretização deste projeto”.

Em dezembro de 2014, a Plataforma Colaborativa de Esposende foi selecionada como ES+ (Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social) no Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social (MIES) de Portugal. Na sequência desta distinção passou a integrar a REDE IES, obtendo o reconhecimento nacional e internacional pelo trabalho realizado, com oportunidades de divulgação e reconhecimento do mesmo, e teve acesso a um networking de pares de grande qualidade e diversidade.

Em 2015, foi nomeada para os Prémios Município do Ano Portugal, que visa reconhecer e premiar as boas práticas em projetos implementados pelos municípios com impactos assinaláveis no território, na economia e na sociedade, que promovam o crescimento, a inclusão e/ou a sustentabilidade.

A Plataforma Colaborativa de Esposende foi também distinguida, em janeiro de 2016, com uma Menção Honrosa, na categoria Inovação e Sustentabilidade, pela Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES), no âmbito da 4.ª edição do Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio.

Loja Social

BARCELOS É CIDADE DESDE HÁ 90 ANOS!

Centenário da Morte de D. António Barroso. 90º Aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade

Amanhã, dia 31 de agosto, Barcelos vive uma data histórica ao celebrar 90 anos de elevação a cidade.

Barcelos (56)

Este ano, as celebrações são dedicadas ao Centenário da Morte de D. António Barroso, barcelense ilustre e uma das figuras mais destacadas da Igreja Católica Portuguesa.

O programa começa às 9h30, nos Paços do Concelho, com a tradicional Cerimónia do Hastear da Bandeira, e conta com várias outras atividades ao longo do dia, com destaque para a Homenagem aos missionários barcelenses, às 17h30, no Auditório dos Paços do Concelho.

SERRA D’ARGA É PALCO DO II ENCONTRO DE ESCALADORES DE 31 DE AGOSTO A 2 DE SETEMBRO

A partir de amanhã, o Encontro de Escaladores da Serra D'Arga está de volta ao concelho.  Até domingo, a Serra d’Arga vai reunir praticantes de escalada e amantes de desporto de natureza, num dos locais de referência da modalidade, cujo objetivo é tornar esta área de Portugal numa das zonas escola de escalada de referência a nível nacional.

encontro escaladores Serra d Arga (1)

Esta atividade é promovida pelo Clube de Escalada de Braga em pareceria com a Câmara Municipal de Caminha.

Para o Município, este encontro enquadra-se na sua estratégia de promoção da Serra d’Arga, já que a valorização do território da Serra d’Arga como espaço privilegiado de educação para a sustentabilidade e para o usufruto da natureza de forma integrada é um dos seus objetivos estratégicos. De facto, esta iniciativa assume um papel importante na valorização dos recursos endógenos e diferenciadores do território, como é o caso da Parede de Escalada de Penice, situada em Arga de Baixo, estrutura natural com caraterísticas e potencialidades de destaque para a prática da modalidade de escalada, nomeadamente para a escalada desportiva e bloco. A escalada é considerada um desporto seguro e responsável, que reúne várias gerações e potencia a prática familiar.

Assim, até domingo são muitas as atividades programadas dirigidas para os praticantes de escalada e para os amantes de desporto de natureza. De acordo com o Clube de Escalada de Braga, este ano existem cerca de 20 novas vias num total de mais de 60 vias que variam entre os graus IV e 7b de escalada desportiva. Além das vias de desportiva, existem outros sectores excelentes para os fãs da pratica de bloco, com um muito potencial e com milhares de linhas para serem abertas.

Programa:

Sexta-feira

12h30 - Abertura - Receção dos atletas no Mosteiro de São João d’Arga

Sábado

9h00 – 19h00 -  Atividades de escalada na parede de Penice

20h00 – Jantar convívio no Mosteiro de São João d’Arga

Domingo

9h00 – 17h00 - Atividades de escalada na parede de Penice

18h00 - Encerramento

encontro escaladores Serra d Arga (2)

INSTITUTO IBÉRICO DE NANOTECNOLOGIA ABRE CANDIDATURAS PARA BOLSAS DE CURTA DURAÇÃO A INVESTIGADORES

Programa de Mobilidade visa criar massa crítica nas regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) vai implementar um Programa de Mobilidade de curto prazo que consiste na atribuição de 10 vagas para residências de curta duração no INL (até 8 semanas) a investigadores da indústria e da comunidade científica. Os investigadores interessados podem apresentar a sua candidatura até ao dia 1 de junho de 2019, sendo que a primeira data de seleção dos candidatados ocorre já a 1 de setembro.

INL

O objetivo deste Programa de Mobilidade é fomentar a investigação colaborativa nos projetos de inovação e promover o ecossistema nanotecnológico, dando a oportunidade aos participantes de trabalharem com os melhores especialistas em diversas áreas da nanotecnologia.

Durante a realização do programa, os participantes terão a oportunidade de conhecer as infraestruturas do INL; aprender as técnicas de investigação e acompanhar as atividades de investigação em curso; identificar oportunidades de inovação com base na nanotecnologia; participar em seminários e workshops que estejam a decorrer no INL; desenvolver atividades docentes e divulgativas; apoiar na preparação de propostas de projetos europeus, entre outras atividades.

“Esta ação é uma excelente oportunidade para a promoção de uma interação muito próxima dos investigadores do INL com a indústria e comunidade científica, a fim de promover uma colaboração futura de investigação e a transferência de nanotecnologia. Por outro lado, através desta ação, o INL irá contribuir para a criação de massa crítica especializada nestas áreas, nas regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha, ao mesmo que promove a ligação entre centros de I&D/universidades e empresas”, explica Sonia Pazos, responsável pelo projeto nanoGateway do INL.

Os investigadores e estudantes interessados em participar neste Programa de Mobilidade de nanoGateway no INL poderão apresentar a sua candidatura online (http://nanogateway.eu/pt-pt/research-mobility-program/#registe-se), sendo que os candidatos serão selecionados e avaliados em função do seu curriculum, da sua carta de apresentação e da originalidade da sua ideia de projeto ou plano de trabalho proposto. Nota ainda para o facto de os candidatos terem de pertencer a uma das oito regiões do espaço de cooperação fronteiriço entre Portugal e Espanha: Algarve; Alentejo; Centro; Norte; Andaluzia; Castela, Estremadura e Galiza (http://nanogateway.eu/pt-pt/#poctep).

A primeira data de seleção dos candidatos acontece já a 1 de setembro, estando ainda previstas mais duas datas para a seleção de candidaturas: 1 de fevereiro de 2019 e 1 de junho de 2019. Os candidatos serão notificados pelo INL quatro semanas após cada data-limite.

Recorde-se que o Programa de Mobilidade está inserido no âmbito do projeto nanoGateway do INL. O nanoGateway é um projeto pioneiro que visa dar resposta aos desafios das empresas, mas também das entidades públicas, como autarquias, comunidades intermunicipais ou áreas metropolitanas das regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha. Na prática, trata-se de uma plataforma que pretende ser o ponto de encontro entre as empresas, e as suas necessidades específicas, e os especialistas, nacionais ou internacionais, com trabalho desenvolvido nessa área. Um projeto “ciência chave na mão”.

Para mais informações sobre o projeto nanoGateway e sobre o funcionamento do Programa de Mobilidade consulte o site: http://nanogateway.eu/

 

PONTE DE LIMA PROMOVE O VINHO VERDE NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde acolhe a visita de Sommeliers dos EUA

No próximo dia 7 de setembro, o Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde - CIPVV será o anfitrião de um grupo de onze importantes sommeliers dos EUA, numa visita organizada pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

sommeliers

Mais concretamente, integrarão a visita: Lynn W. Fletcher em representação da Guild of Sommeliers Education Foundation ("SommFoundation"); Nicolas Prieto do hotel Grand Hyatt NY; Roberto Aquilino Sanchez do Greenbrier Resort; Adrienne Voboril do espaço de experiências vínicas Summit Street BK; Erik Latshaw do exclusivo espaço gastronómico WP Test Kitchen; Andrew J. McFetridge do CorkBuzz Wine Bar; Stacey Land da cadeia de restaurantes 1618 Concepts; Tristan Pitre do restaurante Spoon & Stable; Richard Nielsen do hotel The Ritz-Carlton Bacara em Santa Barbara; Bridget Cheslock do Bar e restaurante WineSellar & Brasserie e David Ransom do restaurante The Connected Table.

A visita guiada pelo Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde possibilitará uma visão alargada do território dos Vinhos Verdes assim como a sua riqueza histórica e cultural. A prova de vinhos será a ocasião perfeita para apreciarem e brindarem ao Vinho Verde. Esta ação de divulgação contribuirá para realçar a presença do Vinho Verde no mercado americano.

O QUE É QUE FAMALICÃO TEM QUE LHE GARANTE O FUTURO?

Terceira edição do Festival Visão 25 decorre entre setembro e outubro próximos

O que existe em Famalicão, o que nos dá o concelho que nos faz feliz e que nos faz sorrir, o que gostamos de usar e desfrutar, o que gostamos de ver, olhar e observar, o que gostamos de oferecer e mostrar e o que queremos continuar a ter no futuro. É esta reflexão que o município quer promover junto de cada famalicense ao longo da realização da 3.ª edição do Festival Visão’ 25, que vai decorrer entre setembro e outubro próximos em todo o território concelhio sob o lema “Marcas de Futuro”.

O Sofá Visão 25 está de regresso para interpelar os famalicenses (1)

Para potenciar a participação dos cidadãos, está de regresso ao terreno o sofá amarelo que já se tornou um ícone da participação, do envolvimento e do compromisso cívico comunitário dos famalicenses para com o seu território. A interpelação às pessoas será feita através deste símbolo maior do conforto da cidadania em Famalicão e através da realização de um vasto conjunto de eventos e de atividades que visam identificar os valores atuais concelhios para a sua proteção, valorização e promoção no futuro.

“Pretende-se colocar os cidadãos e os agentes institucionais do concelho a refletirem sobre o território e a pensarem nas melhores estratégias para potenciar as nossas forças. Trata-se, em última análise, de procurar ganhar o futuro de Vila Nova de Famalicão que será seguramente tanto mais forte quanto maior forem concertadas e assumidas as estratégias de desenvolvimento integrado”, assinala o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Este verdadeiro festival da cidadania arranca a 11 de setembro com a  sessão de apresentação do programa aos parceiros e coorganizadores das diversas ações e projetos que  integram o festival e estende-se até ao dia 26 de outubro com a apresentação pública do Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social do município.  Pelo meio, a 28 de setembro, realiza-se a Sessão Solene Comemorativa do Dia do Concelho onde serão atribuídos os selos Famalicão Visão’ 25 que reconhecem iniciativas, ações ou projetos, produtos ou serviços inovadores e potenciadores dos valores que marcam a identidade do território e se encontram alinhados com o Plano de Desenvolvimento Estratégico de Vila Nova de Famalicão.

O Sofá Visão 25 está de regresso para interpelar os famalicenses (2)

As ações decorrem dos quatro programas-estrela do plano estratégico - Famalicão Made IN, B-Smart Famalicão, Força V-Famalicão Voluntário e Famalicão Comunitário - mobilizando projetos e parcerias sob a forma de sessões "Plataforma", sessões "Laboratório" e sessões de "Oficina/Animação". Nas sessões "Plataforma" têm lugar as conferências, colóquios e debates, envolvendo redes de parcerias, agentes locais e regionais. Nas sessões "Laboratório" decorrerão os workshops onde parcerias temáticas e parcerias territoriais debatem e concertam diagnósticos, estratégias, objetivos e ações. Nas sessões "Oficinas/Animação", agentes e parcerias mobilizam os cidadãos, envolvendo a população na construção do território pela co-criação de projetos e iniciativas e no teste exemplificativo de ações.

Transversal ao programa de atividades e ações programadas decorrerá a iniciativa “Passado em Famalicão” que vai desafiar os famalicenses a recuperarem do baú memórias fotográficas passadas do território e a contrapô-las com o presente como forma de  valorização do património local, como fator de identidade e bem comum e processo de recolha de memórias para salvaguarda no futuro. O processo terá uma dinâmica própria nas redes sociais e vai desenvolver-se até 27 de outubro com a hashtag #passadoemfamalicao.

Nesta edição do festival é dada prioridade ao desenvolvimento territorial integrado, participando como parceiras da organização todas as dez Comissões Sociais Inter-Freguesias com ações dedicadas aos primeiros passos na estruturação de projetos-âncora.

Recorde-se que o projeto Famalicão Visão 25 nasceu em 2014 no enquadramento da elaboração do

Plano Estratégico 2014-2025 para o concelho, que apontou para o desenvolvimento de uma comunidade verde tecno-industrial global, num território verde multifuncional. Na altura, a autarquia utilizou o sofá para questionar os famalicenses sobre “como gostariam de ver Famalicão daqui a 10 anos?”, envolvendo-os num verdadeiro ato de cidadania e de participação cívica. Mais de mil pessoas sentaram-se no sofá e partilharam os seus projetos para o futuro com a comunidade.

Entretanto, em 2016,  realizou-se a segunda edição do festival, sob o lema “Marcas de Futuro”, com um pedido sério de compromisso e envolvimento dos famalicenses com a comunidade. A questão colocada era “O que podes fazer por Famalicão”, sendo que a resposta implicava diretamente uma vontade e um compromisso. Compromisso esse que se pretende agora renovar com a pergunta “O que mais gosta de Famalicão?” a dar a ignição para uma grande reflexão coletiva sobre o futuro da comunidade.

Programa completo em: www.vilanovadefamalicao.org/_atividades_fv25

O Sofá Visão 25 está de regresso para interpelar os famalicenses (3)

FESTA DO MAR E DA SARDINHA ANIMA VILA PRAIA DE ÂNCORA A PARTIR DE HOJE

Campo do Castelo é palco do certame de 29 de agosto a 2 de setembro

Vila Praia de Âncora vai ser a capital da sardinha até domingo. Gastronomia, artesanato e animação vão dar o mote a esta edição da Festa do Mar e da Sardinha. Além da sardinha, este ano a grande novidade no cardápio é o bife de atum com cebolada. A abertura está agendada para hoje, dia 29 de agosto, pelas 12H30.

sardinha

De 29 de agosto a 2 de setembro, o Campo do Castelo volta a ser palco da Festa do Mar e da Sardinha, um evento de cariz popular, que destaca as fortes ligações que o concelho tem com o mar, nomeadamente com a comunidade piscatória de Vila Praia de Âncora. Esta festa do mar tem como objetivos promover o turismo, a gastronomia e o património marítimo, bem como potenciar a economia local.

Durante os cinco dias, os apreciadores de produtos do mar terão à disposição uma panóplia de pratos com destaque para a sardinha assada, bife de atum com cebolada, petinga, arroz de sardinha, mexilhão e bacalhau à Âncora Praia.

Para complementar a mostra gastronómica, poderá ser visitada a mostra de artesanato.

A Festa do Mar e da Sardinha é organizada pelo Âncora Praia Futebol Clube e Câmara Municipal de Caminha.

ARCUENSES MANTÊM AUTENTICIDADE DA ROMARIA DE NOSSA SENHORA DA PENEDA

De 1 a 8 de setembro, decorre a Romaria de N. Sra. da Peneda, na Gavieira, concelho de Arcos de Valdevez, uma festividade de cariz religioso e cultural, muito procurada a nível local, nacional e internacional.

Capturar1

Para o Município de Arcos de Valdevez e Confraria de N. Sra. da Peneda, esta é uma celebração que “segue a tradição das grandes peregrinações marianas, onde a envolvente paisagística natural, neste caso integrada em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, favorece o desenvolvimento de uma ambiência festiva e de um espírito celebrativo muito próprio, fazendo desta romaria uma das maiores e mais fascinantes de todo o Alto Minho”.

Esta celebração em honra de N. Sra. da Peneda e de todos os seus devotos, segue um programa preenchido com várias celebrações religiosas, desde missas, procissões com o Rosário e Oração de Vésperas; Oração de Laudes, Via Sacra e Exposição do Santíssimo). No dia 6, pelas 22h00, terá lugar o “Hino Akathistos em Honra da Virgem, Mãe de Deus (Beijo da imagem) e no dia 8, pelas 11h00, encerra a romaria, com a Eucaristia e Procissão da Festa da Natividade de Maria.

Existe ainda, um programa cultural, onde se destaca, no domingo, 1 de setembro, os “Fados à Senhora”, com a atuação do fadista arcuense Marco Rodrigues e a exposição de fotografia “Peneda: Esculturas e Formas”. No dia 6, pelas 21h00 irá decorrer a “Bênção de Concertinas no Santuário, seguida de desfile até ao recinto do baile popular”.

Esta é uma celebração religiosa e cultural muito importante para o concelho, para os arcuenses e para todos os visitantes, não só pela sua essência religiosa e contemplativa, como também pelo notável património arquitetónico e histórico, desde o Santuário, ao escadório das virtudes e ao monumental escadório e as suas 20 Capelas temáticas, todos eles pontos de passagem obrigatórios, que alienados às magnificas paisagens naturais, fazem da Peneda, um destino turístico de exceção, no itinerário do Parque Nacional Peneda Gerês.

Capturar2