Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ROTA DAS COLHEITAS PROMOVE DOCES E GULOSEIMAS

Aproveite os 2 bolos pelo preço de 1 das ‘Tardes Gulosas 2017’

Os amantes da doçaria têm motivos para sorrir. O mês de Novembro já chegou e traz consigo uma apologia à pastelaria da nossa região. A oitava edição da Rota das Pastelarias - ‘Tardes Gulosas’ decorre de 02 a 30 de novembro e, durante este período, o público beneficia de excelentes promoções de pastelaria e doçaria. Os mestres pasteleiros vilaverdenses não viraram as costas ao desafio e também vão presentear os visitantes com dois bolos pelo preço de um durante alguns dias do mês de novembro, brindando o público com as suas deliciosas especialidades.

Tardes Gulosas

Amanhã, 03 de novembro, a Freidoce tem uma das suas especialidades em promoção. Ao comprar um folhadinho de chila, por 0,80€, recebe outro de forma totalmente gratuita. A promoção começa às 08h00 e estende-se durante o resto do dia. Por sua vez, a Pastelaria do Alívio brinda os visitantes com dois Bolos Primos do Alaska pelo preço de um a partir das 14h00 do dia 15 de novembro.

O evento afigura-se como um autêntico festim para o palato e contribui de forma perentória para a afirmação das empresas do setor, através da divulgação e promoção do imenso talento dos mestres pasteleiros. A Rota das Pastelarias – Tardes Gulosas 2017 é organizada pela Associação Comercial de Braga e integra a programação da Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde. No total, participam na iniciativa 21 pastelarias de Amares, Braga, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro e Vila Verde.

PÓVOA DE LANHOSO APOIA VOLUNTARIADO DE PROXIMIDADE

Projeto Geração Lanhoso lança rede de apoio a cuidadores informais

O Projeto Geração Lanhoso, em parceria com o Banco de Voluntariado da Póvoa de Lanhoso, capacitou um grupo de pessoas voluntárias, que pretendem integrar um projeto inovador no concelho – a Rede de Voluntariado de Proximidade. Esta visa prestar apoio aos chamados Cuidadores/as Informais, possibilitando-lhes tempo e espaço para também cuidarem de si próprios/as.

Voluntariado2

Este projeto pretende responder ao facto de, hoje em dia, grande parte dos cuidados a idosos e pessoas dependentes ser assegurada por cuidadores/as informais, que, na sua maioria são mulheres, destacando-se neste processo o papel das esposas, das filhas e das noras.

Esta atividade já se encontra no terreno e iniciou com a ação de capacitação do grupo, cujos elementos adquiriram competências essenciais para prestar o referido apoio.

Com a colaboração do Eixo 1 do Projeto Geração Lanhoso, através da Academia de Competências, este grupo foi capacitado em áreas transversais.

Esta atividade encontra-se inserida no Projeto Geração Lanhoso no âmbito do eixo 1 – Qualificação, Emprego e Formação e do eixo 3 – Capacitação da Comunidade e das Instituições.

De lembrar que o projeto Geração Lanhoso tem a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso como parceiro local e a Sol do Ave como entidade promotora e coordenadora, sendo financiado no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), Tipologia de operação, Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS 3G).

Quem estiver interessado em participar poderá entrar em contacto com o Projeto Geração Lanhoso.

voluntarios1

O “ROTEIRO DE PROXIMIDADE” É UMA APOSTA GANHA EM MONÇÃO

Dia 30 de outubro. À tarde, o presidente da autarquia, António Barbosa, na companhia de Pedro Rodrigues, presidente, e Ana Esteves, secretária, visitou a freguesia de Longos Vales. À noite, realizou-se a primeira reunião descentralizada do executivo municipal. Casa cheia com público interventivo.

DSC_0014 (Large)

A primeira reunião descentralizada do executivo municipal realizou-se no dia 30 de outubro, segunda-feira, na sede da junta de Longos Vales. Marcada para as 21h00, a “ordem de trabalhos” do presidente da autarquia, António Barbosa, começou algumas horas antes com deslocação a vários locais da freguesia e contactos com a população local.

Acompanhado pelo presidente da junta, Pedro Rodrigues, e pela secretária, Ana Esteves, o autarca monçanense falou, conviveu e reconfortou muitos populares afectados pelo flagelo das chamas que, no domingo, 15 de outubro, atingiram a freguesia.

António Barbosa aconselhou as pessoas afetadas a comunicarem as suas perdas à junta de freguesia para que possam ser recompensadas pelos danos sofridos. Disponibilizou total colaboração do município para que o levantamento seja exaustivo e abrangente, não deixando ninguém de fora.

DSC_0030 (Large)

Numa das habitações atingidas pelo fogo, o autarca reforçou o objetivo de garantir prioridade à protecção civil. Referiu que “aquilo que aconteceu no dia 15 de outubro não voltará a repetir-se”, sublinhando que “a gestão do território será feita com diálogo mas também com rigor na aplicação da lei”.

Nesta deslocação a Longos Vales, onde a cada passo o “roteiro de proximidade” se transformava em momentos de carinho e autenticidade, António Barbosa visitou o Centro Interpretativo do Castro de S. Caetano. Logo ali, geminaram alguns planos para amadurecer no futuro. O objetivo é promover aquele espaço em termos turísticos e pedagógicos.

E o Museu Etnográfico de Longos Vales? Na presença de Eduardo Cardoso, mentor do projeto, António Barbosa tomou contacto com o valioso espólio existente que retrata a nossa identidade coletiva e nos remete para umasensação de ruralidade que não despega, porque queremos, da nossa paixão pelas coisas da terra.

À saída, ficou a ideia que há muito a fazer para a valorização deste museu. E a certeza que o primeiro passo será a sua transferência para um espaço mais funcional e digno. Onde? Ainda é cedo. Para já, o executivo vai trabalhar em opções que tem de ser analisadas, ponderadas e, por fim, executadas.

DSC_0037 (Large)

Casa cheia com público interventivo.

A tarde estava a responder afirmativamente aos objetivos da visita mas a noite trouxe algo verdadeiramente surpreendente. Uma sala repleta para assistir à primeira reunião descentralizada do executivo municipal. Cerca de uma centena de populares disseram “presente” na sede da junta. Se houvesse dúvidas, ficavam desfeitas. O “roteiro de proximidade” é uma aposta ganha.

Vieram com interesse nos pontos da ordem de trabalhos mas também para abordar com o executivo as suas preocupações e anseios. Quais são? Protecção civil, acessibilidades, abastecimento de água, distribuição de correio, saneamento, promoção turística. Também houve quem viesse apenas para agradecer. Aquilo que já foi feito.

António Barbosa respondeu a tudo. A água em Guimil, que sofreu alguns reajustamentos com a colocação de quatro bocas de incêndios, avança com a instalação breve do estaleiro. O saneamento básico, adjudicado juntamente com Troviscoso, começa em Janeiro nos lugares do Corgo, Pedra, Bouça e Serzedo.

O gabinete de proteção civil está a ser preparado, ouvindo tudo e todos, paraque tenha todas as condições humanas e funcionais que permitam prevenir e resolver situações graves. Aos afetados pelos incêndios, deixou uma certeza: “Infelizmente, Monção também ardeu e as pessoas que perderam o que tinham têm de ser ressarcidas”

Quanto à valorização turística da freguesia, António Barbosa abordou o Centro Interpretativo do Castro de S. Caetano e o Museu Etnográfico de Longos Vales como duas estruturas a potenciar em complementaridade com o vasto património monumental que a freguesia tem para oferecer.

No final, duas palavras: solidariedade e gratidão. Ambas dirigidas à população local que, naquele domingo, 15 de outubro, mostrou um sentido de entreajuda enorme, cheio de coragem e altruísmo, que revela o humanismo dos habitantes de Longos Vales.

No regresso, presidente e vereadores trouxeram um pequeno cesto com cebolas colhidas na freguesia, gentilmente oferecido pelo executivo local. Um gesto de bem receber.

DSC_0047 (Large)

DSC_0051 (Large)

DSC_0063 (Large)

DSC_0068 (Large)

FERIADO MUNICIPAL EM MONÇÃO REGRESSA AO 12 DE MARÇO

Decisão aprovada em sessão camarária realizada na segunda-feira à noite, 30 de outubro, na sede da Junta de Freguesia de Longos Vales, será agora objeto de análise e votação na Assembleia Municipal de dezembro.

12março 2014 - 4

A Câmara Municipal de Monção, reunida na noite de segunda-feira, 30 de outubro, na sede da Junta da Freguesia de Longos Vales, aprovou, por maioria, com a abstenção dos vereadores do PS, a fixação do feriado municipal no dia 12 de março, data da atribuição da carta de foral ao município pelo Rei D. Afonso III, em 1261.

Esta decisão revoga a deliberação da Assembleia Municipal de Monção de 17 de novembro de 2014, a qual instituiu o feriado municipal na quinta-feira de Corpo de Deus, devendo agora ser analisada e votada na reunião da Assembleia Municipal de dezembro.

António Barbosa referiu que esta decisão visa repor a normalidade (deliberação aprovada no dia 27 de dezembro de 2002, em sessão da Assembleia Municipal de Monção), após interrupção de três anos, período em que o feriado foi comemorado na quinta-feira do Corpo de Deus.

Adiantou: “A atribuição da carta de foral é algo valioso para determinado território visto reconhecer a sua importância geoestratégica e económica na região. Em Monção, o Rei D. Afonso III concedeu-nos esse privilégio no dia 12 de março de 1261. Esta é a data da criação do nosso município. Énesta data que devemos comemorar, com orgulho, o nosso feriado”.

O autarca monçanense referiu ainda que conta com o envolvimento de todos para que esta data seja comemorada como merece. Nesse sentido, porque as grandes superfícies comerciais tem sido avessas ao encerramento neste dia, referiu que irá reunircom os responsáveis para que tenham uma verdadeira noção da importância deste dia para todos os monçanenses.

A celebração da Carta do Foral representa a afirmação da identidade monçanense e a ancestralidade da sua história, bem como a valorização das suas tradições e do património culturaldas suas gentes. Constitui também uma excelente oportunidade para a promoção do concelho nas mais variadas áreas de intervenção.

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA DA MÚSICA

Dia da Música assinalado com casa cheia no Theatro Club

No passado sábado, dia 28 de outubro, o Conservatório de Música de Barcelos em colaboração com o Theatro Club e Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio promoveram um sarau de música e poesia intitulado “Os Sons que Correm”, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Música e Dia Nacional da Água, datas celebradas a 1 de outubro. A sala do Theatro Club esteve cheia.

Dia da Musica no Theatro Club 2017 1

O evento contou com a participação dos/as alunos/as que integram o ensino articulado da música, das classes de 5º ao 8º ano, do Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio. Alunos e alunas do Conservatório também marcaram presença e a direção da orquestra ficou a cargo do maestro Jorge Teixeira.

Foram dois os momentos de poesia, com a participação das alunas de teatro e música Lara Cave e Francisca Lopes, com poemas de Maria Alberta Menéres e Sophia de Mello Breyner Andresen e acompanhadas ao piano pela professora Eugénia Moura.

Foram poucos os lugares na principal sala de espetáculos da Póvoa de Lanhoso para tanto público, que quis assistir. Em palco também foram numerosos/as os alunos/as e professores/as, com mais de 50 elementos a prestar homenagem a esta arte.

Dia da Musica no Theatro Club 2017 2

CERVEIRA FORNECE REFEIÇÕES AOS BOMBEIROS

Câmara Municipal serve refeições aos Bombeiros Voluntários nas cantinas escolares

Acaba de ser aprovada em reunião de câmara desta terça-feira, a atribuição de refeições nas cantinas escolares do concelho às equipas dos Bombeiros Voluntários destacadas no terreno, durante as fases de maior alerta.

IMG_8948

Reconhecendo a coragem, a abnegação e a humanidade de homens e mulheres que, desprovidos de benefícios monetários,estão ao serviço da segurança das suas populações, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu reforçar os apoios que procuram dignificar algumas das rotinas mais básicas do dia-à-dia dos elementos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira.

Desta forma, entre 15 de maio a 31 de outubro – período durante o qual são ativadas as fases BRAVO, CHARLIE e DELTA do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais –, as equipas destacadas pela corporação cerveirense passam a usufruir de refeições, à hora de almoço, nas cantinas escolares do concelho. De sublinhar que, pela importância subjacente, esta medida será igualmente extensiva a períodos excecionais ativados pela Proteção Civil Municipal e/ou Distrital.

O modo de funcionamento para aplicação deste apoioserá previamente articulado com o Comandante da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, no sentido de precaver todas as circunstâncias.

De recordar que, em 2015, aCâmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu criar um Regulamento de Concessão de Regalias Sociais à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, com o objetivo de reconhecer o meritório trabalho desempenhado pelos ‘soldados da paz’, bem como incentivar o voluntariado.

ROCK WITH BENEFITS REGRESSA NO FINAL DO MÊS A FAFE

Carolina Deslandes, The Black Mamba e Os Azeitonas. Música com Causas’ dá mote à 7ª edição do Festival

O primeiro fim-de-semana de Dezembro vai ser muito especial. O Festival Rock With Benefits regressa a Fafe, com um cartaz repleto de boa música e muitas surpresas.

ND5_9250A

De 30 de Novembro a 2 de Dezembro, Fafe volta a receber música com causas. São diversos os concertos que preenchem a programação destes três dias que prometem não deixar ninguém indiferente.

O Rock With Benefits conta com um conjunto de espetáculos de bandas nacionais, não deixando de promover músicos naturais de Fafe, presença habitual em edições anteriores.

Na quinta-feira, o Teatro Cinema recebe Carolina Deslandes, na sua estreia em Fafe, para um concerto muito especialNa sexta-feira, é a vez dos The Black Mamba atuarem no Festival que termina no Sábado, dia 2, com a atuação dos Azeitonas.

ND5_9319A

Grande parte das actividades vão decorrer no Teatro Cinema de Fafe, sendo algumas deslocalizadas para o centro da Cidade, nomeadamente para o Café Avenida, um espaço parceiro, onde o festival fará curadoria de mais concertos e dj set’s em jeito de continuação da noite.

Recorde-se que o Rock with Benefits é um Festival de cariz solidário, promovido pela associação fafense Time to Do, com o apoio do Município de Fafe e da Junta de Freguesia, que alia num só evento o entretenimento e a beneficência.

Nesta edição, as receitas revertem a favor de instituições do concelho, a Coopfafe Criar Laços, a Associação de Defesa dos Direitos dos Animais e Floresta e a causa “Vamos Ajudar o Simão”, um menino de seis anos, de Fafe, a quem foi diagnosticado leucodistrofia metacromática, uma doença genética grave.

Durante a apresentação deste Festival, Pompeu Martins, Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Fafe, destacou a responsabilidade social aliada a este projecto.

O Rock With Benefits tem sido acompanhado pela Câmara Municipal desde a sua primeira edição. Aquilo que nos uniu mais a este projecto foi a forma como foi pensado de juntar a música à intervenção social no nosso concelho.

Este festival marca uma determinada forma de produzir cultura em Fafe. Se por um lado, revelou massa crítica e activa da juventude, por outro tornou-se uma mais valia para a programação cultural do concelho.

Sublinhar não apenas esta vertente social do evento, mas também vê-lo como um festival que não é fechado às fronteiras do concelho, mas que se abre a toda a região.

Para além dos concertos que agora foram levados para o Teatro Cinema, o Café Avenida tem aqui um importante papel de parceiro, afirmando-se na vida cultural do concelho.

O Município de Fafe está muito satisfeito com esta parceira e esperamos que o projecto continue a crescer.”

Gonçalo Vieira de Castro, responsável pela Associação ‘Time to do’, revela que esta 7ª edição é a mais forte de sempre.

Apostamos num cabeça de cartaz muito forte, para cada dia do festival. São músicos nacionais de referência, conhecidos do grande público, que prometem grandes concertos no Teatro Cinema de Fafe.

Mantemos o Café Avenida como parceiro e espaço de acolhimento para bandas portugueses emergentes que também queremos apostar.

Embora seja um trabalho árduo, continuamos com este objectivo de trazer cultura aliada à solidariedade e à responsabilidade social.”

Aproveitou ainda o momento para fazer um balanço das edições anteriores do festival.

Ao longo destes seis anos, entregamos mais de 20 mil euros, recolhemos mais de 25 toneladas de alimentos e ajudamos mais de 250 famílias. Conseguimos fazê-lo, trazendo sempre a Fafe, música nova e artistas com créditos firmados. Este ano, trouxemos a Fafe, o vencedor da Eurovisão, Salvador Sobral, que não podendo estar cá nesta edição, fez, inclusive questão de autografar um CD para ser leiloado pela ADDAF.”

Os bilhetes têm um custo de dez euros estão à venda online e na Loja Interactiva de Turismo

ND5_9270A

ND5_9313A

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE ALERTA PARA A VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

Campanha “Novembro Branco”

No âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinala a 25 de novembro, a Câmara Municipal de Esposende leva a efeito a campanha “Novembro Branco”.

novembro branco

Com o objetivo de sensibilizar a comunidade em geral para a importância da luta contra este flagelo social, o Município, através do seu espaço de atendimento a vítimas de violência doméstica “Espaço Bem me Querem”, vai dinamizar, ao longo deste mês, ações de sensibilização, informação e reflexão sobre esta temática.

Entre as iniciativas a desenvolver conta-se a oferta de laços brancos à população por via da colocação de pontos de entrega em vários dos edifícios municipais, bem assim como o envio de informação sobre o projeto Bem me Querem.

A distribuição de laços brancos chegará também à comunidade escolar do concelho, juntamente com a leitura da história da campanha. Nos estabelecimentos de ensino envolvidos, Escola Profissional de Esposende, Escola Secundária Henrique Medina, e Escolas Básicas de Apúlia, de Forjães, António Rodrigues Sampaio e António Correia de Oliveira, as ações decorrerão no dia 24 de novembro. Estarão também aí patentes prismas informativos sobre o tema, contendo também um conjunto de links úteis.

Através da promoção desta campanha, o Município de Esposende dá continuidade ao seu plano de ação no combate a este flagelo social indo de encontro às diretrizes do V Plano Nacional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género (2014-2017), que preconiza “uma cultura de igualdade e não-violência, assumindo o objetivo de tornar Portugal um país livre de violência de género, incluindo a violência doméstica, onde mulheres e homens, independentemente da sua origem étnica, idade, condição socioeconómica, deficiência, religião, orientação sexual ou identidade de género possam aspirar, em igualdade, a viver numa sociedade livre de violência e de discriminação”.

LEGO E AIRBNB ANUNCIAM PARCERIA

A Airbnb e a LEGO® House revelam a sua mais fantástica experiência até hoje. Por uma noite, a recentemente inaugurada LEGO House em Billund, na Dinamarca, vai tornar-se no recreio privado de uma família. Para se habilitarem a passar uma noite na LEGO House é pedido aos aspirantes a construtores, miúdos e graúdos, que coloquem a sua imaginação à prova e descrevam aquilo que construiriam em família, se tivessem um fornecimento infinito de peças LEGO.

image004

Os vencedores do passatempo vão usufruir da LEGO House só para si por uma noite inteira. Vão dormir num quarto de sonho LEGO, debaixo de uma cascata gigante feita de peças e vão poder criar a sua construção vencedora com a ajuda preciosa do anfitrião, Jamie Berard, um dos melhores construtores do mundo e um verdadeiro especialista em tijolos LEGO.

“Estou muito curioso para ver o que as pessoas vão imaginar”, disse Jamie Berard, Gestor Especialista de Design no grupo LEGO. “Temos peças ilimitadas aqui, o que pode ser, de certa forma, um pouco desafiante, mas também liberta as pessoas para imaginarem algo que seja verdadeiramente significativo e expressivo. A singularidade da oportunidade de ficar numa casa de peças LEGO deve inspirar toda a gente. É assim que eu me sinto quando venho aqui”.

A experiência vai ter início a 24 de novembro, quando os vencedores chegarem à LEGO House para serem recebidos pelo Jamie que lhes vai dar as boas-vindas à sua casa por uma noite. Em primeiro lugar, os vencedores vão desfrutar do almoço onde lhes vai ser pedido para efetuarem o seu pedido com peças LEGO, antes de ser enviado para a cozinha para ser feito com comida real e vai ser servido por dois empregados robots muito amigáveis.

Depois do almoço, a casa vai encerrar para que o público a deixe vazia e pronta para que os vencedores possam correr pelas divisões, explorem e brinquem sobre as orientações do especialista Jamie. Em primeiro lugar, os vencedores vão poder admirar a “Tree of Creativity”, construída à mão com mais de seis milhões de peças. Avançando para a “Masterpiece Gallery”, onde estão expostas criações LEGO de fãs de todo o mundo. A partir daí, os vencedores vão para a “Experience Zone” onde vão realizar o seu próprio filme, construir carros robóticos, desenhar cidades e muito mais. Os adultos nostálgicos podem dirigir-se à cave para observarem a cronologia da história da LEGO e relembrarem os conjuntos mais icónicos alguma vez produzidos.

Com a aventura a chegar ao fim, os vencedores são convidados a fazerem a última paragem da sua aventura – um quarto a flutuar debaixo de uma cascata LEGO de seis metros de altura, rodeados por uma piscina de peças. Todo o espaço vai ser transformado numa casa adequada para um super fã, com todos os utensílios feitos de peças LEGO: o ursinho de peluche, os candeeiros, o despertador, a televisão, os livros de estórias e, até, um gato de estimação! A casa tem dois quartos, com as camas situadas em piscinas cheias com peças LEGO System e LEGO DUPLO®, assim como a sala de estar, onde os vencedores podem descansar em confortáveis cadeirões LEGO e verem um pouco da LEGO TV. Mas, antes de partirem para os seus sonhos mais coloridos de sempre, os vencedores vão precisar de se orientar pelo infindável fornecimento de peças e trazerem à vida a sua ideia vencedora.

“A Airbnb pretende sempre ajudar as pessoas a encontrarem experiências de viagem mágicas e inesquecíveis. O que poderia ser mais mágico do que ter a novíssima LEGO House só para si por uma noite? Isto é realmente um sonho tornado realidade para qualquer família apaixonada pela LEGO e duvido que durmam muito, pois há tanto para usufruir neste espaço incrível”, afirma James McClure, Diretor Geral da Airbnb no Reino Unido e países Nórdicos.

Regras da casa     

  • Brincar é obrigatório!
  • Os adultos são aconselhados a utilizar calçado à prova de LEGO, sempre.
  • Se faltar alguma coisa no seu quarto, sinta-se à vontade para a construir você mesmo.
  • A cama é tão confortável que talvez precise de uma bola demolidora pela manhã.
  • Se as 25 milhões de peças não forem suficientes, tem à disposição uma máquina de moldes LEGO autêntica na entrada.
  • Sabemos que procura aquela peça muito rara, mas por favor evite mergulhar na piscina de LEGO.
  • Nenhuma noite na LEGO House fica completa sem pequeno-almoço na cama.
  • Sistema de segurança de vanguarda: apenas atire algumas peças para o chão ao sair da casa!

Como ganhar uma estadia na LEGO House?

Para se habilitar a vencer, visite a página do anúncio da LEGO House na Airbnb e responda à pergunta: Se tivesse acesso ilimitado a peças LEGO, o que construiria com a sua família? Descreva a sua criação de sonho e complete a sua candidatura até 16 de novembro às 23:59 e habilite-se a passar uma noite com um fornecimento infinito de peças LEGO - e crie uma versão da sua proposta com um especialista em construção com LEGO!

Os vencedores vão voar de qualquer parte do mundo. As candidaturas devem ter entre 50-550 caracteres em inglês, francês, alemão, espanhol, italiano, português, russo, sueco ou dinamarquês ou entre 100-300 caracteres em chinês (simplificado ou tradicional), japonês ou coreano. Para condições de elegibilidade e termos e condições completos do concurso, por favor visite: https://www.airbnb.pt/night-at/lego-house

Sobre Airbnb 

Fundada em 2008, a missão da Airbnb é criar um Mundo onde as pessoas possam pertencer, quando viajam, ao estarem conectadas com a cultura local e terem uma experiência única de viagem. A sua comunidade disponibiliza acesso a milhões de alojamentos únicos, desde apartamentos e suítes a castelos e casas nas árvores, em mais de 65.000 cidades em 191 países. Com as Experiências, a Airbnb oferece acesso, sem precedentes, a comunidades e interesses locais, enquanto os Lugares permite descobrir paraísos escondidos das cidades recomendados por quem lá vive. Airbnb é feita pelas pessoas e é a maneira mais simples de ganhar algum rendimento extra com um espaço que não utilize em sua casa ou ao partilhar paixões, interesses e cidades.

Sobre o Grupo LEGO

 

O Grupo LEGO é uma empresa privada, de gestão familiar, com sede em Billund, Dinamarca, e escritórios centrais em Enfield, E.U.A., Londres, RU, Xangai, China e Singapura. Fundado em 1932, por Ole Kirk Kristiansen e baseado na icónica peça de LEGO®, é um dos fabricantes de brinquedos líderes mundiais.

Orientada pelo mote "Only the best is good enough” (“Apenas o melhor é suficientemente bom”), a empresa está empenhada em fomentar o desenvolvimento das crianças e procura, através de brincadeiras e aprendizagens criativas, inspirar e desenvolver os construtores de amanhã. Os produtos da LEGO são vendidos em todo o mundo e podem ser conhecidos virtualmente em http://www.LEGO.com.

image007

CERVEIRA APOIA COVAS NA VIGILÂNCIA DA FLORESTA

Autarquia alarga regalias sociais à Unidade Local de Covas

Pelo exemplar e inédito serviço prestado na vigilância do extenso património florestal da Freguesia de Covas e de uma primeira intervenção em zonas de risco, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai conceder aos elementos da Unidade Local de Covas (ULC) as regalias sociais atribuídas, em 2015, aos Bombeiros Voluntários.

ULC

Considerando que a atitude altruísta pela causa de servir os outros tem e deve de ser reconhecida, fomentada e valorizada, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira deliberou, em reunião desta terça-feira, alargar as regalias sociais atribuídas aos Bombeiros Voluntários do concelho também à Associação de Defesa do Património Florestal - Unidade Local de Covas.

Os beneficiários do presente regime serão titulares de Cartão de Identificação, emitido pela autarquia, cuja emissão será requerida junto dos Serviços Municipais, passando a usufruir da isenção no pagamento de taxa das licenças de construção, beneficiação e ampliação de casa para habitação própria e permanente, incluindo anexos e garagens (exceto construção de piscinas); da aplicação de um desconto, de 30% na tarifa de água, saneamento e recolha de resíduos sólidos, em habitação permanente (própria ou arrendada); de acesso gratuito, pelo período de uma hora, três vezes por semana, à Piscina Municipal, ao Pavilhão Municipal, e a espetáculos culturais, condicionado a reserva de bilhete; de prioridade, em igualdade de condições profissionais e sociais e de candidatura com outros candidatos, ao emprego na Câmara Municipal, bem como na atribuição de habitação social promovida pela Câmara Municipal; da concessão de apoio inicial para encaminhamento jurídico em processos motivados por factos ocorridos no exercício das suas funções; e da atribuição de uma bolsa de estudo no valor de 75 euros mensais, destinado aos Voluntários.

Esta deliberação vai ser colocada em discussão pública, para depois ser remetida para apreciação e votação pela Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira.

A Associação de Defesa do Património Florestal - Unidade Local de Covas - é um projeto pioneiro e único no distrito de Viana do Castelo, criado em 2010 pela Junta de Freguesia local e composta por cerca de 15 voluntários, todos residentes na freguesia, com formação na área dos incêndios florestais.

MONÇÃO ACOLHE 6º ENCONTRO LUSO-GALAICO DE MÚSICA POPULAR

Com organização do Grupo Popular “Os Teimosos” e apoio da Câmara Municipal de Monção, o 6º Encontro Luso Galaico de Música Popular realiza-se este sábado, 4 de novembro, pelas 21h30, no Cine Teatro João Verde.

Os Teimosos

Além do grupo anfitrião, a presente edição reserva atuações de mais três agrupamentos: “6tás9”, de Valença, Airiños do Mar de Teis, de Vigo, e Coro Cantemos, de Ponteareas.A entrada custa 5,00 €, podendo ser adquirida na Loja Interativa de Turismo.

Este intercâmbio musical, levado a efeito pelo sexto ano consecutivo, promete uma noite animada pelos sons caraterísticos desta região transfronteiriça e marcada pelo convívio e confraternização entre os grupos presentes e o público das duas margens do rio Minho.

A ligação de Monção à Galiza é forte e, mesmo em tempo de limitação à circulação de pessoase ideias, os dois povos sempre encontraram “maneiras” de fazer vida em comum.A música é uma dessas “maneiras” que, em liberdade, encontrou um amplo espaço de criatividade e intercâmbio cultural. Assim, cada encontro é uma festa.

Fernando Silva

ANIMAIS DE RUA E QUINTA DAS ÁGUIAS LANÇAM AGENDAS E CALENDÁRIOS SOLIDÁRIOS

A Animais de Rua juntou-se à Quinta das Águias numa iniciativa solidária de angariação de fundos. Em parceria, as duas instituições criaram uma agenda de bolso e um calendário de parede para 2018, que estão à venda na loja online da Animais de Rua em www.animaisderua.org

Agenda2018

Ao comprar uma agenda (7,50 Euros) ou um calendário (10 Euros) estará a contribuir para que a Animais de Rua e a Quinta das Águias continuem o trabalho que têm realizado até agora e prossigam na sua missão de ajudar o maior número possível de animais em todo o país. As receitas serão aplicadas nas esterilizações, outros cuidados veterinários, alimentação e melhoria dos espaços de acolhimento dos animais.

De acordo com Maria Pinto Teixeira, da Animais de Rua, “a ideia foi criar objetos para os quais as pessoas olham diariamente e desta forma ir sensibilizando para as causas que defendemos.

Os fundos angariados com estas vendas serão canalizados para a nossa principal actividade, que é esterilizar animais que vivem na rua para evitar que nasçam ainda mais animais errantes, e também para melhorar as condições de alojamento de animais na Quinta das Águias”.

A parceria com a Quinta das Águias surgiu no sentido de juntar esforços para um bem comum.

Muitos dos animais resgatados pela Animais de Rua são acolhidos pela Quinta das Águias porque não têm uma colónia para onde regressar depois da esterilização ou porque por algum motivo não são adoptáveis.

A agenda e o calendário contêm imagens dos animais acolhidos pela Quinta das Águias, alguns deles resgatados em parceria com a Animais de Rua.

Em paralelo com esta iniciativa que pretende acima de tudo ajudar os animais de companhia (cães e gatos), decorre ainda uma campanha especial de crowdfunding que visa melhorar os espaços de acolhimento das habitantes porcinas da Quinta das Águias, no âmbito de um projeto pedagógico.

Mais informações em https://ppl.com.pt/causas/quinta-aguias

A Animais de Rua é uma associação sem fins lucrativos de âmbito nacional que se dedica ao controlo populacional de animais errantes. Desde a sua criação, a Animais de Rua já esterilizou mais de 20.000 animais em todo o país.

A associação procura desenvolver campanhas de sensibilização não só para a importância da esterilização dos animais mas também campanhas sobre a temática da proteção animal e contra o abandono. www.animaisderua.org/pt e  www.facebook.com/animaisderua/

Associação Animais de Rua – Esterilização e Protecção de Animais em Risco www.animaisderua.org

  1. João das Regras, 284 1º, sala 106, 4000-291 Porto, Portugal

NIF 508 743 834

geral@animaisderua.org

A Quinta das Águias é um projeto de sustentabilidade e um santuário animal situado em Paredes de Coura. Alberga cerca de 130 animais, a maioria resgatados da indústria pecuária.

A Quinta das Águias é também um destino de férias para quem procura o contacto próximo com a natureza e os animais. www.quintadasaguias.org/pt/; www.facebook.com/quinta.aguias/ e  www.vimeo.com/155190876

Calendario-2018-01

CalendarioMiolo

CapaAgenda2018

FAMALICÃO APRESENTA FESTIVAL DE ARTE BINNAR

Apresentação da 2.ª edição do Festival de Arte BINNAR. Amanhã, sexta-feira, dia 3, pelas 11h00, nas instalações da “A Casa ao Lado”, em Famalicão

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Associação Cultural BINNAR apresentam a segunda edição do festival de arte BINNAR, em conferência de imprensa que decorrerá amanhã, sexta-feira, dia 3 de novembro, pelas 11h00, nas instalações de Famalicão da escola artística “A Casa ao Lado”, com a presença do vereador da Cultura do Município, Leonel Rocha, e do responsável pela organização do festival, Filipe Miranda.  

Refira-se que o BINNAR realiza-se em Vila Nova de Famalicão entre os dias 10 e 24 de novembro, percorrendo diferentes espaços do concelho (museus, galerias, fundações, escolas e outros) para apresentar um programa que junta artistas consagrados e emergentes.

Entre música, performance, fotografia, teatro, vídeo, escultura, imagem ou instalação são vários os artistas e grupos de artistas que passam pela cidade, quer seja em exposição, com atuações ao vivo, em residência e/ou a coordenar projetos e workshops.

A entrada nos vários momentos do festival é gratuita.

MUNICIPIO DE MONÇÃO APOIA ALUNOS NO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO

As candidaturas aos Incentivos à Formação de Quadros Médios e Superiores “João Verde” abriram ontem, 1 de novembro, prolongando-se até 30 de novembro. Para o levantamento de impressos e entrega de candidaturas, os interessados devem dirigir-se ao Balcão Único de Atendimento, edifício do Loreto.

incentivos

Neste apoio, destinado a comparticipar a formação superior de jovens monçanenses oriundos de famílias com dificuldades económicas, são atribuídas até dez bolsas de estudo, cujo valor está diretamente relacionado com os rendimentos familiares e a bolsa institucional de cada aluno. O regulamento pode ser consultado em: https://goo.gl/g28i6t

Os Incentivos à Formação de Quadros Médios e Superiores “João Verde” assumem-se como um importante instrumento de apoio para os agregados familiares com maiores dificuldades económicas, representando uma verdadeira igualdade de oportunidades para todos os jovens monçanenses.

Este incentivo aos jovens monçanenses que ingressam no ensino superior público complementa os apoios disponibilizados pelo município à entrada do ano escolar, destacando-se, entre estes, a entrega de manuais escolares usados e kits de material escolar.

Fernando Silva

VIZELA: APRESENTA “DE QUE COR É UM BEIJINHO”, DE ROCIO BONILLA

Sábados na biblioteca

‘De que cor é um beijinho’, de Rocio Bonilla

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 4 de novembro, às 15.30h, a atividade  ‘De que cor é um beijinho’, de Rocio Bonilla.

de que cor é um beijinho

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes está aberta todos os sábados, sendo que no primeiro sábado de cada mês realiza-se a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h00.

Sábados na biblioteca:

Hora do conto + Oficina de expressão plástica

4 de novembro, 15h30

‘De que cor é um beijinho’, de Rocio Bonilla

A Minimoni gosta de pintar mil coisas coloridas: joaninhas vermelhas, céus azuis, bananas amarelas… mas nunca pintou um beijinho. De que cor será? Vermelho como um delicioso molho de tomate? Será verde como os crocodilos, que lhe pareceram sempre tão simpáticos? Impossível, porque é também a cor dos legumes e ela não gosta de os comer! Como poderá descobrir de que cor é um beijinho? 

Atividade gratuita para crianças e famílias.

Galeria Sábados na biblioteca:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.337648579591398.79509.256857874337136&type=3

A MULHER QUE FOI A MODELO PARA O BUSTO DA REPÚBLICA PORTUGUESA

* Crónica de Paulo Freitas do Amaral

Ilda Pulga é o nome que consta da mulher que serviu de modelo ao primeiro busto da República Portuguesa. Ainda com descendentes vivos, a família faz questão de afirmar que deveria ter sido uma mulher lindíssima e simultaneamente “atrevida” para servir de modelo naquele tempo.

rep

Ilda pulga faleceu em 1993 com 101 anos. O seu sobrinho bisneto Joaquim Pulga só desconfiou ser familiar de Ilda após à sua morte por ter lido uma notícia no jornal. Joaquim afirma que uma pessoa como Ilda que serviu de modelo aos 18 anos deve ter evoluído culturalmente de uma forma muito peculiar e intensa.

Ilda era natural de Arraiolos e não foi fácil encontrar o fio à meada das suas ligações familiares embora só haja uma família “Pulga” em Portugal. Foi através de moradores de Arraiolos que Joaquim veio a saber que Ilda era irmã do seu bisavô.

O sobrinho bisneto investigou sobre a sua familiar e ficou a saber que Ilda foi muito jovem para Lisboa, com os seus 13 anos e que as dificuldades económicas que se faziam sentir na altura no Alentejo terão  motivado a sua mudança para a capital levando o resto da sua vida como costureira.

O busto da república portuguesa continua inalterado.Os bustos da República variam de país para país e até encontramos casos onde houve mudanças de modelos que serviram de bustos ao simbolismo republicano.

Como Republicano que sempre fui, não posso deixar de ter uma visão interessada sobre este assunto. O modelo mais icónico da República, tem a sua origem em França e foi sem dúvida “Mariana” ou “Marianne” representada, iconograficamente, por uma mulher, ostentando um barrete frígio, tendo como inspiração a imagem da Liberdade na obra A Liberdade guiando o Povo, pintada em 1830 por Eugène Delacroix.

No entanto a Associação dos Autarcas Franceses decidiu mudar periodicamente o busto de "Mariana", adoptando como modelos artistas de cinema e da música francesas contemporâneas, sendo a manequim e actriz Laetitia Casta o modelo actual da escultura.

A estátua da Liberdade nos EUA é também inspirada em Marianne e foi oferecida pelos franceses aos americanos.

No caso português atribui-se a autoria do busto a João da Silva que usava como peseudónimo João da Nova talvez porque também escrevia para a revista Seara Nova…

A comissão republicana que instituiu o busto em 1911 inspirado em Ilda teve muito bom gosto e a sua imagem fará companhia aos portugueses por muito mais tempo.

Ilda Pulga

Ilda Pulga, de pé, ao centro, na oficina de costura onde trabalhava

VINHO DE MAÇÃ ESTÁ DE VOLTA A PONTE DE LIMA

A sidra recuperada por duas amigas em Ponte de Lima

Duas amigas estão a recuperar o “vinho de maçã” dos camponeses limianos, com a marca Corrupia. De caminho, pretendem trazer de regresso variedades autóctones de maçã e impulsionar as experiências de «sidroturismo».

28511604_BINARY_GI05072017PEDROGRANADEIRO_000320_resultado-960x640_c

A Corrupia é uma sidra artesanal, tal a faziam antigamente os lavradores limianos para ter uma bebida para celebrar na altura das colheitas, quando já não sobrava o vinho. Era, por isso, a bebida forte das Feiras Novas e há-de voltar a ser, segundo a vontade das criadoras desta nova marca de sidra de Ponte de Lima. Mas Patrícia Monte e Marlene Araújo desejam mais do que devolver a sidra aos limianos. «Queremos recuperar as variedades de maçã da região, como a Porta da Loja e a Camoesa de Coura, e fazer sidra com elas», contam as jovens, que se lançaram na produção de sidra há dois anos, na sequência de um projeto do fim do curso de Biotecnologia na Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, e foram amparadas logisticamente pela Autarquia, que lhes cedeu instalações em Estorãos.

Para já, a Corrupia – um nome a evocar traquinice – tem dois rótulos no mercado, uma sidra “generalista”, feita com várias variedades de maçã, e um espumante de sidra. Tem sido reconhecida em Espanha, onde já ganhou prémios. Vende-se na vila e também em lojas do Porto, Lisboa e Braga, ou por encomenda online. Patrícia e Marlene não usam a palavra “artesanal” em vão: compram as maçãs diretamente aos produtores. E querem envolver os amigos da sidra na colheita, tal como uma vindima. No próximo dia 29, vão estrear (com mais parceiros), a Rota da Maçã e da Sidra, convidando o público a apanhar maçãs na Quinta de Pentieiros, num programa para um dia que envolve passeio, piquenique e um workshop de produção de sidra (5 euros por pessoa).

Texto: Dora Mota / Fotos: Pedro Granadeiro/GI

Revista Evasões

28511594_BINARY_GI05072017PEDROGRANADEIRO_000317_resultado-960x640_c

GRUPO DE AMIGOS DE OLIVENÇA RECLAMA DEVOLUÇÃO DO TERRITÓRIO PORTUGUÊS SOB OCUPAÇÃO DE ESPANHA

O Grupo dos Amigos de Olivença tem constatado que, a propósito da actual « crise independentista da Catalunha », o Estado Espanhol tem alicerçado a sua posição na defesa intransigente da integridade territorial dos Estados e da necessidade de respeitar os tratados que regem o relacionamento dos Estados na Europa.

Olivença

Também, a este propósito, o Estado Português por intermédio do Sr. Presidente da República, Sr. Primeiro Ministro e Sr Ministro dos Negócios Estrangeiros, tem se manifestado publicamente, pela defesa intransigente da legalidade interna espanhola, pelo respeito pela integridade territorial dos Estados e pela Lei Internacional.

Nesse sentido, o Grupo dos Amigos de Olivença relembra a existência da « questão de Olivença», território que o Estado Português considera juridicamente português mas ocupado ilegalmente por Espanha, que se recusa a cumprir o tratado de Viena de 1815, por ela assinado, e faz um apelo à opinião pública para que se pressione estes importantes órgãos do Estado Português a pôr em prática os princípios acima defendidos e levantar esta questão junto de Espanha, de maneira a dar cumprimento ao seu compromisso de restituição de Olivença a Portugal.