Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO PREPARA-SE PARA ENCERRAR UM MÊS DEDICADO ÀS CAMÉLIAS

Hoje, 31 de março, Celorico de Basto Capital das Camélias irá apresentar a última iniciativa de um mês dedicado às Camélias, encerrando com a conferência “Camélias – Património e Potencial”.

“Foi um mês intenso de atividades que procurou valorizar este património natural e torná-lo como referência deste concelho. Durante este período passaram por Celorico de Basto milhares de visitantes entre os quais colecionadores e produtores de camélias que quiseram conhecer de perto a Capital das Camélias” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Estamos definitivamente na Rota das Camélias pelas nossas características próprias mas também pelo trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por todos ao longo destes últimos anos sempre no sentido de valorizar este património natural e este concelho” realçou.

Este mês encerra com uma conferência que incidirá nos “grandiosos” jardins de camélias, geometricamente ornamentos e característicos desta região. Será ainda entregue os diplomas de participação em vários concursos nomeadamente o concurso gastronómico, o desfile de moda para eleição da princesa e da rainha das camélias e o concurso de “Montras decoradas com camélias”. O mês das camélias culmina com um verde de honra para todos os convidados.

Recordar que este ano Celorico de Basto como Capital das camélias dedicou um mês de atividades culturais e desportivas às camélias tendo sido destaque o fim-de-semana de 17 a 19 de março com a XIV Festa Internacional das Camélias.

cartaz_web.jpg

METALOMECÂNICA DE FAMALICÃO MONTA TUBAGENS INDUSTRIAIS NA JAGUAR E NA MERCEDES

Presidente da Câmara visita TUFAMA, segunda-feira, 3 de Abril, pelas 11h00, na Rua da Pedra n.º 84, em Vale S. Cosme (junto à empresa Super 2000).

António Matos é o exemplo perfeito de que a experiência é uma grande escola. Aos 18 anos seguiu os passos dos pais e emigrou à procura de oportunidades. Durante oito anos andou pela Europa e Médio Oriente a trabalhar na produção e montagem de tubagens industriais em refinarias e petroquímicas  e adquiriu o conhecimento que  lhe permitiu regressar a Portugal e montar a empresa Tufama que hoje se dá ao luxo de ter encomendas diretas de fábricas como, entre outras, a Jaguar, em Birmingham, e a Mercedes, em Estugarda, para a produção e montagem de estações de filtragem de óleos.

O ADN empreendedor de António Matos e a história da Tufama – mais uma empresa que espelha bem a força da metalomecânica em Famalicão –, vão ser conhecidos em pormenor na próximasegunda-feira,  3 de abril, pelas 11h00, durante uma visita do Presidente da Câmara à empresa, no âmbito do roteiro Famalicão Made IN, na Rua da Pedra n.º 84, em Vale S. Cosme (junto à empresa Super 2000).

Qualidade e competência à escala global é o princípio que norteia a gestão desta empresa familiar que vai chegar ao final do ano com um volume de negócios na ordem dos 15 milhões de euros, 75% dos quais provenientes do mercado externo. A Tufama emprega 100 funcionários, mas neste momento trabalham para a empresa 220 pessoas através de subcontratação por contrato de obra.

As tubagens produzidas pela empresa destinam-se essencialmente a refinarias, petroquímicas, indústria automóvel centrais de tratamento  de resíduos e centrais térmicas. “O que fazemos, fazemos bem” diz António Matos com o orgulho e argumentos fortes: “Não temos precisado de andar à procura de trabalho, o trabalho tem vindo ter connosco”.

CERVEIRA ALERTA CONTRA MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

Distribuídos laços azuis para assinalar prevenção dos maus-tratos na infância

Porque “A melhor forma de tratar o problema é impedir que aconteça”, abril é o mês da prevenção dos maus-tratos na infância. E uma vez mais, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), com o apoio do Município, associa-se a esta ação de sensibilização, distribuindo laços azuis e panfletos informativos pelos estabelecimentos de ensino e centro histórico.

IMG_0489.JPG

Esta campanha destina-se a alertar a comunidade cerveirense para o flagelo que representam os maus tratos na infância e consciencializar para o papel preponderante que cada um desempenha na sua prevenção. Para além de explicar quais os princípios orientadores da intervenção da CPCJ no sistema de promoção e proteção de crianças em Portugal, esta ação visa igualmente informar como detetar e sinalizar possíveis situações de maus tratos.

Integrada na incitava distrital da Campanha Nacional MPMT (Mês de Prevenção dos Maus Tratos), a CPCJ de Vila Nova de Cerveira vai distribuir laços azuis e panfletos informativos nos vários estabelecimentos de ensino bem como no centro histórico.

Pelas crianças e jovens que são o futuro, partilhe o propósito de Paulo Sérgio Pinheiro, perito das Nações Unidas, “A melhor forma de tratar o problema é impedir que aconteça”.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE SOLICITA MAIS PROXIMIDADE AO GOVERNO

O Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, aproveitou a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, em Arcos de Valdevez para referir que a Câmara Municipal tem investido na promoção do desenvolvimento económico do concelho, no aumento do emprego, na criação de rendimento, fixação de população e melhoria da qualidade de vida dos arcuenses.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio4 (1).jpg

Para o autarca urge criarem-se condições para tornar o concelho ainda mais atrativo e competitivo, passando esta situação pela equidade no acesso a serviços públicos de proximidade, políticas ativas de emprego, dinamização de políticas focadas nas famílias e pelo apoio à instalação ou ao regresso das pessoas, bem como pelo incentivo à natalidade.

De igual modo solicitou o apoio do Governo para promover a Competitividade da Economia e do Território, tendo apelado ao apoio às empresas e para melhorar ligações ao concelho como é exemplo a ligação do IC 28 à fronteira da Madalena, a qual considera uma via determinante para o território.

Já o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, corroborou a opinião de João Esteves, afirmando ser necessário que exista uma administração menos central e mais municipal, e cada vez mais próxima das pessoas, delegando também poderes nas Juntas de Freguesia. Por outro lado, afirma que o País precisa das pessoas por isso “é necessário criar emprego e riqueza, pois se houver emprego as pessoas ficam”.

FAMALICÃO ASSINALA DIA MUNDIAL DA CONSCIENCIALIZAÇÃO DO AUTISMO

Dia Mundial da Consciencialização do Autismo. Vila Nova de Famalicão de “azul” pelo autismo

Vila Nova de Famalicão associa-se, uma vez mais, ao movimento mundial de consciencialização para o Autismo, iluminando alguns edifícios públicos com a cor azul e dinamizando uma série de iniciativas de sensibilização e educação para a integração social dos autistas. A efeméride assinala-se no dia 2 de abril mas, em Vila Nova de Famalicão o programa evocativo prolonga-se até ao dia 4.

Casa da Juventude.jpg

Assim, na noite de 1 para 2 de abril, o edifício da Câmara Municipal e o edifício da Casa da Juventude vão ficar iluminados de azul, associando-se à iniciativa mundial “Light it up Blue”.

No dia 2, domingo, a partir das 10h00 e até às 12h00, na Praceta Cupertino de Miranda, no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão, o  projeto FOR3VER SPECIAL, uma associação famalicense sem fins lucrativos, dinamiza um conjunto de ações sensibilização e divulgação públicas abertas à participação livre de todos.

Nesse mesmo dia, a partir das 15h00, a FOR3VER SPECIAL vai marcar presença na Quinta Nozes de Prata, da academia de artes Casa ao Lado, em Requião, para também aí dinamizar de ações sensibilização e educação para a integração das pessoas com perturbação do espetro Autismo.

Evocando a mesma efeméride, nos dias 3 e 4 de abril, o Agrupamento de Escolas de Ribeirão, o Agrupamento de Escolas de Gondifelos e o Agrupamento de Escolas D. Maria II promovem atividades com os alunos, sensibilizando-os para a necessidade da integração dos autistas.

O Dia Mundial da Consciencialização do Autismo foi estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, e é mundialmente celebrado a 2 de abril.

A data é assinalada pela iniciativa “Light it up Blue” (ilumine a azul ou acenda uma luz azul) do projeto Autism Speaks, cujo objetivo consiste em que, em todo o mundo, sejam iluminados a azul o maior número possível de museus, monumentos e edifícios públicos ou com valor relevante.

O autismo é uma dificuldade do desenvolvimento infantil. A ONU estima de uma em cada 65 pessoas sofra desta condição.

Não existe uma cura, mas alguns métodos de intervenção psicopedagógica têm tido resultados positivos, em particular no controlo de comportamentos específicos, permitindo uma melhor adaptação das crianças e adultos à vida em sociedade.

Paços do Concelhofamall.jpg

FAMALICÃO REQUALIFICA ADRO DA IGREJA DE SEIDE S. MIGUEL

Paulo Cunha inaugura obras de requalificação do adro da igreja de Seide S. Miguel. Cerimónia realiza-se domingo, dia 2 de abril, pelas 16h00

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, inaugura domingo, dia 2 de abril, pelas 16h00, as obras de requalificação do adro da igreja de Seide S. Miguel. As obras da responsabilidade da Junta de Freguesia tiveram um investimento de cerca de oito mil euros.

Para além da cerimónia de inauguração, Paulo Cunha vai efetuar uma visita de trabalho à freguesia com o seguinte programa:

- Inauguração da requalificação do adro da Igreja de S. Miguel de Seide;

- Apresentação e Inauguração do “castelo” de madeira, fruto do projeto de empreendedorismo das crianças do Jardim de Infância

- Apresentação pública do novo autocarro da freguesia

- Visita à requalificação da Avenida Nova, em Seide S. paio (Estas obras contam com um apoio financeiro municipal de 40 mil euros.)

BRAGA CONDICIONA TRÂNSITO NO TÚNEL DA AVENIDA DA LIBERDADE

Condicionamentos à normal circulação de trânsito

O Município de Braga e a AGERE informam que, devido à necessidade de proceder a acções de limpeza, o trânsito automóvel estará condicionado no túnel que liga a Avenida António Macedo à Avenida da Liberdade entre as 22h00 do dia 3 de Abril, Segunda-feira, e as 6h00 do dia 4 de Abril, Terça-feira.

Túnel.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ VAI TER EM RIO FRIO MUSEUS DOS OFÍCIOS E ARTE POPULAR

Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, esteve esta quarta-feira em Arcos de Valdevez para celebrar o protocolo que vai permitir realizar um investimento de 70 mil euros na freguesia de Rio Frio.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio2.jpg

O Salão Nobre da Câmara Municipal encheu de populares e autarcas locais, esta quarta-feira, para assistirem à cerimónia de assinatura do protocolo de colaboração entre o Estado e a Junta de Freguesia de Rio Frio, relativamente à comparticipação em 50 por cento do futuro Museu dos Ofícios e Arte Popular de Rio Frio.

As obras do Museu estão orçadas em 70 mil euros, e este será um investimento de grande importância para o concelho em geral, porque irá permitir criar dinâmica na localidade, dar uma nova vida à antiga Escola Primária da freguesia, um espaço de grande simbolismo para quem por lá passou no seu percurso de aprendizagem.

O museu de ofícios e arte popular pretende implementar uma estratégia de etnoconservação local que promova o saber fazer tradicional; as condições básicas da coexistência homem/meio; o resgate da arte popular como elemento identitário do território e das suas gentes; a conservação e valorização dos habitats e da biodiversidade e recolha de conhecimentos, crenças, adágios, mitos, dogmas e rituais.

Por outro lado pretende ajudar a compreender a complexidade das interações entre a dimensão cultural, biológica, social e mesmo edafoclimática.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio.jpg

A partir da realidade local, apostará no incremento de ações concretas para a conservação de um espólio ímpar que contém elementos tão raros como um fulão ou uma cartilha de rifões amalandrados e outros ditos populares.

Nesta cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves aproveitou para realçar o impacto do projeto, que “serve para mostrar as nossas raízes, promover o turismo e o mundo rural”.

Os trabalhos do Museu são apoiados pela Câmara Municipal e comparticipados pelo Governo através da Direcção Geral das Autarquias Locais e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, tendo o protoloco de colaboração sido assinado pelo Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, o Presidente da Junta de Rio Frio, António Amorim, o vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte), Ricardo Magalhães, e a diretora-geral das Autarquias Locais, Sónia Ramalheiro.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio4.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio6.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio7.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio12.jpg

MUNICÍPIO DE BRAGA E ASSOCIAÇÃO COMERCIAL COLABORAM NA DINAMIZAÇÃO DAS ACTIVIDADES COMERCIAIS

Acordo de cooperação no valor de 225 mil euros

O Município de Braga e a Associação Comercial de Braga irão estabelecer um acordo de cooperação tendo em vista apoiar um programa de desenvolvimento empresarial que consagra actividades de apoio ao empreendedorismo, formação, inovação e promoção comercial, com a finalidade de reforçar a afirmação nacional e internacional de Braga como pólo de excelência para a atracção e dinamização de actividades económicas ligadas ao sector terciário da nossa economia. A proposta de comparticipação financeira à ACB, no valor de 225 mil euros, será analisado na próxima Reunião do Executivo Municipal, a realizar dia 3 de Abril.

CMB11082015SERGIOFREITAS0000002701.jpg

O acordo consagra o desenvolvimento de diversas acções conjuntas, com a finalidade de promover o empreendedorismo, a inovação e formação no comércio, turismo e serviços no concelho de Braga, nomeadamente:

Actuar sobre os factores críticos de melhoria da competitividade das empresas do Concelho; disponibilizar serviços de apoio ao empresário e investidor, em articulação com os serviços municipais afectos ao “Balcão Único”; promover iniciativas de dinamização comercial, em parceria com a Câmara e outros operadores relevantes, bem como actividades de divulgação da oferta comercial, turística e cultural de Braga; implementar com sucesso os projectos “Activar Braga” e “Welcome Braga”; apoiar as empresas do Concelho na busca de oportunidades em mercados extra-regionais e internacionais; intervir na implementação de medidas de apoio à modernização empresarial e promover o acesso à inovação tecnológica e às acções de investigação e desenvolvimento de interesse para as actividades económicas de Braga.

Considera a Autarquia que, atendendo à relevância e interesse colectivo das actividades desenvolvidas pelas associações empresariais, em particular pela ACB, importa, no actual contexto socioeconómico, estimular as actividades económicas através do reforço da cooperação com as Associações, proporcionando condições favoráveis ao desenvolvimento empresarial, em especial nas áreas de apoio ao empreendedorismo, formação, inovação empresarial, promoção comercial e turística.

O prazo de vigência deste acordo de cooperação irá iniciar-se na data da sua aprovação e termina no final do ano 2017.

MUSEUS DE FAMALICÃO ESTÃO EM REDE HÁ 5 ANOS

Exposição “Lugares (In)visíveis” celebra os cinco anos da Rede de Museus de Famalicão. Mostra é inaugurada este sábado, 1 de abril, pelas 17h00, na Casa do Território

A 26 de novembro de 2012, nascia em Vila Nova de Famalicão uma estrutura criada para preservar e valorizar os treze espaços museológicos do concelho.

Rede de Museus de Famalicão celebra cinco anos de atividade.jpg

A celebrar cinco anos de atividade, a Rede de Museus dá agora a conhecer estes espaços únicos e incontornáveis do património histórico famalicense através de uma exposição que reúne a sua história, memória e identidade.

A mostra, intitulada “Lugares (In)visíveis”, é inaugurada este sábado, 1 de abril, às 17h00, pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e vai estar patente até ao dia 3 de setembro, na Casa do Território, no Parque da Devesa.

Recorde-se que a Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão é composta pelos seguintes espaços: Museu Cívico e Religioso de Mouquim, Casa-Museu Soledade Malvar, Museu de Arte Sacra de São Tiago de Antas, Museu de Arte Sacra (Capela da Lapa), Museu da Indústria Têxtil, Museu da Guerra Colonial, Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Lousado e Nine, Museu da Confraria da Senhora do Carmo de Lemenhe, Casa-Museu Camilo Castelo Branco, Museu do Surrealismo da Fundação Cupertino de Miranda, Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves, Museu Bernardino Machado e Museu do Automóvel. 

ENCONTRO NACIONAL DE MOLINOLOGIA REALIZA-SE EM PONTE DE SOR

Moinhos ' 2017. III Encontro Nacional de Molinologia. Ponte de Sor

9 de Abril - kickoff (abertura de inscrições)

3 e 4 de Junho - Encontro

Após o sucesso do III Encontro em Albergaria-a-velha, em 2015, a Etnoideia organiza o IV Encontro Nacional de Molinologia dada a pertinência e urgência do tema na conjuntura atual.

molinolopontesor (2).jpg

A Câmara Municipal de Ponte de Sor é co-organizadora do encontro, perspectivando-se um programa de bom nível dado o rico património molinológico local e o dinamismo municipal na sua preservação e valorização de que destacamos a recuperação recente do Moinho de Vento de Foros de Arrão.

Porquê o Encontro?

Portugal precisa como nunca de desenvolver o seu interior e de qualificar as suas cidades. Os nossos moinhos são importantes ativos para o desenvolvimento sustentável, qualificação dos territórios, empreendedorismo ao nível das indústrias criativas e do turismo, por exemplo. Mas também para a construção da designada economia verde e para a qualificação ambiental das regiões e requalificação urbana, não esquecendo as importantes funções educativa, de lazer e de interação e coesão social. No entanto, o seu declínio acentuado pela crise e pelo envelhecimento dos detentores dos saberes tradicionais coloca em risco este importante património.

O que buscamos?

Por isso, mais do que nunca, é oportuno convocar a cidadania dos portugueses e as suas instituições autárquicas, associativas e económicas para a sua recuperação e valorização numa perspetiva de criação de riqueza e geração de oportunidades, tendo os jovens como prioridade e a estratégia Portugal 2020, em que os moinhos se integram claramente, como oportunidade de financiamento e ativação de processos de desenvolv-mento comunitário de base local integrando os moinhos tradicionais portugueses nas novas soluções para os territórios.

O IV Encontro Nacional de Molinologia desenvolve-se em duas vertentes. Por um lado, na recolha, aprofundamento e partilha do Saber e do Saber Fazer tradicionais ao nível da Etnotecnologia e da Molinologia Portuguesa. Por ou-tro, na apresentação e reflexão conjunta de projetos de desenvolvimento envolvendo a reabilitação e valorização de moinhos tradicionais em Portugal.

BRAGA REALIZA CONCERTOS E ESPETÁCULOS

31 março  —  sexta-feira

21h00, Sé Catedral

Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga

1­ª Parte

Orquestra Sinfónica

Ouverture Coriolan op. 62, de L. Beethoven e L. Arlesienne

Suite Orquestral Nº2 ‑ de G. Bizet

Direção: Paulo Matos

2‑ª Parte

Orquestra de Sopros e Coro

Funeral March, de Edvard Grieg - arr: Jerôme Naulais

Fate of the Gods, de Steven Reineke

Missa Brevis, de Jacob de Haan

1 - Kyrie

2 - Gloria

3 - Credo

4 - Sanctus

5 - Benedictus

6 - Agnus Dei

Direção: Filipe Silva

Direção vocal: Ana Rute ReiApoio: Paularte

1 abril — sábado

21h30, Igreja Paroquial de S. Victor

Concerto de Música Sacra

Grupo “GLI APPASSIONATI”

Organização da C. O. da Procissão de Nossa Senhora da Burrinha (Paróquia e Junta de Freguesia de S. Victor)

EXPOSIÇÕES

3 março a 16 abril

Museu Pio XII

“Uma Mãe junto à Cruz”

Organização do Museu Pio XII

4 março a 16 abril

Museu da Imagem

Exposição de fotografia “Lausperene”

Organização da Câmara Municipal de Braga

16 março a 17 abril

Casa dos Crivos

“As Catorze Obras da Misericórdia”

Organização da Câmara Municipal de Braga e da Santa Casa da Misericórdia de Braga

Patrocínio: Hospital de Braga

17 março a 16 abril

Tesouro-Museu da Sé de Braga (entrada pela rua D. Diogo de Sousa)

“Mater Dolorosa”

Organização do Tesouro-Museu da Sé de Braga

20 março a 16 abril

Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho

“Os Terceiros na Quaresma Bracarense”

Uma iniciativa de: Venerável Ordem Terceira de S. Francisco de Braga, Conselho Cultural da Universidade do Minho e Câmara Municipal de Braga

31 março a 13 abril – INAUGURAÇÃO às 17:30h

Irmandade de Santa Cruz (Largo de Santa Cruz)

“Paixão e Glória – Num Tesouro-Museu de Amor”

Organização da Irmandade de Santa Cruz

31 março a 20 abril

Espaço Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor

“Cristo… por amor a nós”, Artigos religiosos

Uma iniciativa da Comissão Organizadora da Procissão da Burrinha

3 a 17 abril – INAUGURAÇÃO às 15:00h

Braga Parque

Exposição de fotografia “Lausperene”

Organização do Braga Parque

3 a 18 abril – INAUGURAÇÃO às 16:00h

Fonte do Ídolo

Exposição de fotografia “A Semana Santa de Braga”

Fotos premiadas da 8ª edição do Concurso de Fotografia (2016)

Organização da Comissão da Semana Santa

Mais informação e sempre atualizada no sítio oficial www.semanasantabraga.com.

BRAGA EXPÕE SOBRE A SEMANA SANTA

Braga inaugura a exposição de fotografia dos premiados da passada edição do concurso de fotografia “A Semana Santa de Braga”, segunda-feira, dia 3 de abril, pelas 16h, na Fonte do Ídolo, em Braga.

image001braggga.jpg

Na mesma ocasião será anunciado o lançamento da 9ª edição do Concurso, iniciativa da Comissão da Semana Santa de Braga, e que continua a contar com o patrocínio exclusivo da prestigiada marca Canon, com o apoio da entidade regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e da loja FNAC de Braga, e como media partner o jornal Diário do Minho.

Sobre o Concurso

O concurso de fotografia “A Semana Santa de Braga” tem como objetivo sensibilizar todos os amantes da fotografia para o tema em particular, e em geral para esta época tão especial da cidade de Braga, bem assim como estimular e difundir a criatividade na arte da fotografia.

É uma iniciativa inserida no programa oficial da Semana Santa de Braga e que conta com um crescente aumento de participação e é todos os anos aguardada com grande expectativa, pois o nível de organização e qualidade de trabalhos é por todos reconhecido e valorizado.

‘EM ABRIL LIVROS MIL’ COMEMORA O LIVRO E A LEITURA

Abril é sinónimo de livros em Melgaço: inúmeras atividades promovem a cultura literária, onde adultos e crianças participam

A Câmara Municipal de Melgaço volta a apostar num conjunto de atividades, para todas as idades e gostos, para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil, 2 de abril (data de nascimento do escritor Hans Christian Andersen, autor de algumas das histórias para crianças mais lidas em todo o mundo), e o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, 23 de abril. Teatro, Contos, Poesia, Música e Caminhada no Planalto de Castro Laboreiro são as atividades que a autarquia vai dinamizar para dar levar a cabo a II edição da iniciativa ‘Em abril Livros Mil’.

Em abril livros mil 1.png

O programa é organizado pelo Município de Melgaço em parceria com o Agrupamento de Escolas local e com a Rede de Bibliotecas de Melgaço.

Programa “Em abril Livros Mil”

1 de abril

TEATRO PARA BEBÉS: Planeta Plim - 6 meses aos 5 anos

Quando for grande, quero ser astronauta e viajar pelo espaço num foguetão que faz vvvvvv.

O espaço é muito grande. Eu sou muito pequenino. E vou precisar de ajuda para encontrar o Planeta Plim. Sim?

Produção: Teatro a Quatro e Hymnus. Lda.

Local: Solar do Alvarinho | Hora: 15h30 e 17h00

03 de abril

Poemas para brincar e pensar – pré-escolar

Poemas para Brincar e Pensar (Texto de Isabel Pereira Santos e ilustração de Susana Lima) é um livro que incute, de uma forma divertida, o gosto pelas palavras, através da musicalidade, das repetições e dos jogos linguísticos.

Estes poemas com história cativam pelo sentido de humor, alternado com a seriedade, e colocam os mais novos a pensar, enquanto se divertem.

Sessão de animação com Inácia Cruz

Local: Casa da Cultura | Hora: 10h/11h/14h

19 de abril

Posso falar de mim - 8º ao 12º ano

O espetáculo parte de textos na sua maioria inéditos, criados em oficinas de escrita, onde se explora e combina a pluralidade de temas primordiais na vida dos adolescentes (e, inevitavelmente, de muitos adultos). A partir de situações ficcionadas e outras de inspiração em factos reais, o espetáculo aborda as problemáticas que envolvem o corpo e os seus significados nos contextos pessoal e coletivo; a sexualidade e orientações na sua ampla expressão; identidades de género e as suas subjetividades; a descriminação e bullying, os comportamentos de risco, como as IST/DST e gravidez indesejada. A afetividade, o namoro, a violência dentro deste contexto, completam o leque temático do espetáculo.

Por: Teatro Aramá

Local: Casa da Cultura | Hora: 11h/14h20

20 de abril

Pequenos corações verdes - 1º ciclo

‘Pequenos Corações Verdes’ é a primeira obra infantojuvenil da autoria de João Manuel Ribeiro publicada pela Opera Omnia, um autor já consagrado. Neste livro, com ilustrações da talentosa Susana Lima, o autor procura, de forma lúdica e divertida, alertar os mais pequenos e os mais crescidos para a importância da preservação do planeta e do meio ambiente.

Sessão de animação com Rui Ramos

Local: Casa da Cultura | Hora: 10h/11h/14h30

21 de abril

O Memória e Fronteira na poesia* – lares e salas de convívio

A emigração e o contrabando são fenómenos que fazem parte da identidade cultural e história do concelho de Melgaço. Durante longos anos foi deles que as gentes locais viveram essencialmente. Emigrantes e contrabandistas, não há família desta região que não os tenha na árvore genealógica. Para a Comemoração dos 10 anos do Espaço Memória e Fronteira, e com o objetivo de cativar o interesse do povo melgacense para a poesia, realizar-se-á uma sessão de declamação de poesia com um momento musical - uma aposta no íntimo diálogo entre poesia e música.

Local: Espaço Memória e Fronteira | Hora: 14h30

22 de abril

Caminhada no Planalto de Castro Laboreiro*

Esta iniciativa permite desfrutar de paisagens de rara beleza e oferece ao visitante um percurso por uma das maiores necrópoles megalíticas da Península Ibérica. Incluído no Parque Nacional da Peneda-Gerês - embora no seu limite setentrional, junto à fronteira com Espanha -, o Planalto de Castro Laboreiro eleva-se a cerca de 1000 metros de altitude, atingindo, por vezes, cotas na ordem dos 1300 metros. Inscrições abertas até 19 de abril, através do e-mail mcodesso@cm-melgaco.pt, telf 251 410 060 ou presencialmente na Casa da Cultura.

26 de abril

Elmer: o elefante xadrez – pequenos e transição Santa Casa da Misericórdia

Elmer é um elefante terno e brincalhão. Ele faz parte de uma manada em que todos os elefantes são da mesma cor. Só ele não é como seus amigos. Elmer é xadrez, todo colorido.

Um dia, Elmer ficou muito incomodado com suas cores: aquilo não era cor de elefante. Mas logo percebeu que cada um é como é.

De David McKee

Sessão de animação: serviços educativos

Local: Santa Casa da Misericórdia | Hora: 10h

26 de abril

A história engraçada de uma biblioteca abandonada - 5º, 6º, 7º ano

O livro ‘A história engraçada de uma biblioteca abandonada’ (Texto de Carlos Nuno Granja e Ilustração de Ângela Vieira) transporta-nos ao ambiente mágico do mundo dos livros. Como por magia, a descoberta de uma Biblioteca, com os seus maravilhosos livros, tem o condão de transformar uma cidade triste e desanimada, numa cidade alegre e entusiasmada.

Sessão de animação com Liliana Salomé

Local: Casa da Cultura | Hora: 09h30/11h/14h20

*Com as atividades ‘O Memória e Fronteira na poesia’ e a Caminhada no Planalto de Castro Laboreiro pretende-se, também, comemorar o 10º aniversário do Espaço Memória e Fronteira.

Em abril livros mil_cartaz.png

MUNICÍPIO DE CERVEIRA APOIA ASSOCIAÇÕES

Aprovados subsídios anuais para associações do concelho

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou, na última reunião, a atribuição de 215 mil euros a 38 associações do concelho de finalidade cultural, recreativa, desportiva e social. A esta comparticipação financeira anual acresce o apoio logístico na realização de atividades, bem como a cedência de transporte, mediante solicitação.

De acordo com o autarca cerveirense, Fernando Nogueira, “o associativismo desempenha cada vez mais um papel fulcral na dinamização de qualquer concelho, na preservação das tradições e também no reforço dos laços comunitários. Por isso, o Município vai continuar ao lado das associações”.

Cumprindo a regulamentação para a comparticipação financeira a associações e clubes desportivos, associações culturais e recreativas e IPSS’s, a Comissão de Apreciação de Pedidos de Apoio concluiu o processo de análise das candidaturas para 2017, tendo apresentado ao executivo uma proposta que vai de encontro ao praticado no ano transato, ou seja, os apoios não sofrem alterações, na sua grande maioria.

No total, 38 associações de vária índole dividem, em 2017, 215 mil euros, mediante os critérios previamente definidos e regulamentados. As verbas aprovadas serão entregues de forma faseada, entre abril e dezembro, dando resposta às necessidades de cada coletividade.

FAMALICÃO QUER REQUALIFICAR LOJA DO CIDADÃO

Câmara de Famalicão disponibiliza-se em avançar já com as obras da Loja do Cidadão. Paulo Cunha reitera urgência deste serviço público para o concelho

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, garantiu, esta quinta-feira, a disponibilidade da autarquia em avançar de imediato com as obras de adaptação do Centro Comercial D. Sancho I para acolher a Loja do Cidadão, caso o Governo se comprometa com o financiamento das obras até 2018 ou 2019, como aliás, foi já anunciado em Diário da República, no passado mês de janeiro.

DSC_1956.jpg

“A Câmara Municipal assume a responsabilidade pelas obras e pela abertura do espaço da Loja do Cidadão, mas o Governo tem que deixar bem claro que vai cumprir com o compromisso já manifestado”, explica Paulo Cunha, acrescentando que aguarda “o agendamento de uma reunião com a secretária de Estado da Modernização Administrativa onde será oficializada esta vontade da autarquia”.

Refira-se que no passado mês de janeiro foi publicado em Diário da República a data proposta pelo Governo para a abertura da Loja do Cidadão, em Famalicão, para 2018 e 2019. Na altura, Paulo Cunha demonstrou o seu desagrado, salientando que “o concelho tem todas as condições criadas para que a Loja do Cidadão comece a funcionar em 2017”, assinalando ainda “uma evidente urgência na abertura desta estrutura, tendo em conta que atualmente estes serviços públicos do Estado estão a ser prestados em más condições, como é o caso do registo civil”.

Para tentar sensibilizar o Governo para a abertura da Loja do Cidadão em 2017, Paulo Cunha apresentou um voto de recomendação junto do Governo e da Agência de Modernização Administrativa (AMA), que não obteve efeitos. O autarca não desiste e avança agora com a proposta de iniciar já as obras.

Recorde-se ainda que em 2015, o município e a AMA celebraram um protocolo para a instalação deste serviço público no concelho. Na altura, foi encontrado o espaço ideal que permite concentrar no mesmo local os vários serviços. Assim ficou definido que a Loja do Cidadão ficará instalada no Centro Comercial D. Sancho I - espaço da antiga superfície comercial “Inô” -, localizado na Avenida Dr. Carlos Bacelar. Para assegurar o espaço, a autarquia paga desde essa altura uma renda mensal. Nessa altura, ficou também acordado com as Finanças, Segurança Social e Conservatórias a sua instalação no novo espaço.