Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA É 100% ALTO MINHO

Ponte de Lima participa na Feira 100% Alto Minho de 2 a 4 de dezembro

Ponte de Lima participa de 2 a 4 de dezembro na Feira 100% Alto Minho, a decorrer no Centro Cultural de Viana do Castelo, sendo a mesma promovida pela CEVAL - Confederação Empresarial do Alto Minho.

pontedelima__2016.JPG

A iniciativa que visa a melhoria da competitividade do país em geral, e da região Norte - Alto Minho, em particular, pretende ainda promover a valorização dos recursos endógenos do Alto Minho e o aumento da robustez da base económica regional de bens e serviços transacionáveis.

O Município de Ponte de Lima ao participar neste evento visa o reforço da promoção turística e cultural, através de diversas ações, com destaque para a realização de workshop de promoção do Vinho Verde de Ponte de Lima – Casta Loureiro. Paralelamente, o concelho de Ponte de Lima também vai estar representado com vários expositores do ramo agroalimentar e de artesanato.

Confira o programa da presença de Ponte de Lima na Feira 100% Alto Minho:

Dia 03 de Dezembro | Sábado

16h00 às 17h00

Atuação do Grupo Sol Dourado - Gondufe

Município de Ponte de Lima

19h00 às 20h00

Prova de Vinhos – Loureiro de Ponte de Lima

Município de Ponte de Lima

Fotografia_FotoEngenho2.jpg

III GERÊS MARATHON REALIZA-SE NA VILA DO GERÊS

A Gerês Marathon realiza-se a 04 de dezembro na Vila do Gerês

A Gerês Extreme Marathon não pretende ser uma maratona igual a outras, será única no Mundo!

geresmarath.jpg

O que a diferenciará são os vários aspetos associados ao local onde a mesma se desenrola - as estradas do único Parque Nacional de Portugal, em pleno coração do Gerês. Aliar à velocidade o desnível, cria nesta maratona um grau de dificuldade substancialmente diferente e, mais elevado, que as maratonas onde normalmente se corre para o cronómetro.

Correr no Gerês tem sempre em qualquer altura do ano um encanto especial, mas a paleta de cores que pintam o Parque Nacional no fim do Outono cria cenários tão deslumbrantes e arrebatadores, que tornarão esta prova tão bela, quanto dura!

PROGRAMA

Sexta dia 2 de Dezembro

18h00 – 20h00 - Entrega de dorsais (Instituto CUF - Porto)

Sábado dia 3 de Dezembro

15h00 – Programa Cultural (Aldeia Comunitária da Ermida) | Inscrições - Sérgio Gonçalves: sdlgoncalves@sapo.pt – 966021718

16h00 — 20h00 Abertura do secretariado (Auditório – Vila do Gerês)

Domingo dia 4 de Dezembro

07h00 — Abertura do secretariado (Auditório – Vila do Gerês)

08h30 — Encerramento do secretariado

08h30 — Partida dos minibus com os atletas do 2º segmento da 42Km (junto à colunata).

09h00 — Partida dos atletas dos 42 km's e 1º segmento dos 42 km's estafeta e 13km´s.

09h45 — Partida dos autocarros com os atletas do 3º segmento dos 42 km's estafeta (junto à paragem de autocarro, por detrás do Bar da Adega, do Hotel Universal).

10h00 — Partida dos atletas dos 21 km's

13h30 — Cerimónia de entrega de prémios

17h00 — Fim da prova

Mais informações em - http://www.carlossanatureevents.com/evento.aspx?idevento=GEMA

logo-geres-marathon.jpg

MARATONA DE ESPECTÁCULOS NA FESTA DA GENTE MIÚDA, EM PONTE DE LIMA

2 a 4 de Dezembro – Expolima – Ponte de Lima

Na noite de hoje, sexta-feira, 2 de Dezembro, tem início o que podemos designar por uma autêntica maratona de espectáculos de alto nível na Festa da Gente Miúda, em Ponte de Lima, cabendo à Companhia Peripécia Teatro, de Vila Real, fazer as honras de abertura com o belíssimo espectáculo A Cores, às 21h00, com entradas gratuitas.

Ha tempo para tudo_1 Carlos Gomes.jpg

No sábado, 3 de Dezembro, também com entradas gratuitas, abrem-se as portas para a apresentação de quatro espectáculos, os quais certamente divertirão miúdos e graúdos: às 11h00, o Grupo de Teatros dos Pequenos Actores do Lima, de Ponte de Lima, apresentam O Hospital dos Brinquedos; a partir das 15h00, entra em cena a Companhia de Teatro O Teatrão, de Coimbra com o Espectáculo Há Tempo Para Tudo; por sua vez, o Grupo de Teatro de Amadores Duplaface Companhia das Artes, também de Ponte de Lima, subirá ao palco do recinto da Festa da Gente Miúda às 17h00 com o espectáculo Pai Natal, Onde Estás?; e, para finalizar o dia, ainda no sábado, com início às 21h00, de Lousada chega-nos a Companhia Jangada Teatro com o espectáculo musical com marionetas Pedro e o Lobo.

Pedro e o Lobo.jpeg

No domingo, 4 de Dezembro, haverá mais. Os que não tiverem oportunidade de apreciar a Companhia O Teatrão no sábado, têm a oportunidade de assistir à segunda sessão do espectáculo Há Tempo Para Tudo agendada para a manhã de domingo, às 11h30, de igual forma, com entradas gratuitas.

À tarde, com entradas pagas, ao preço simbólico de 2,00€, será apresentado, em duas sessões, às 15h30 e às 17h30, o musical Alice no País das Maravilhas, pela Companhia Rituais dell Arte, de Lisboa. Os bilhetes para este espectáculo encontram-se à venda no Teatro Diogo Bernardes e nos locais habituais.

Ha Tempo para Tudo_4 Carlos Gomes.jpg

Uma maratona de oito espectáculos dirigidos a todos os públicos que não irá deixar os espectadores indiferentes, a par da muita e variada programação paralela, ateliês, divertimentos e autêntica Festa da Gente Miúda, este ano enriquecida com a Feira Infantil, a decorrer no espaço do Restaurante Panorâmico da Expolima.

Traga os seus filhos e venha divertir-se em família na Festa da Gente Miúda em Ponte de Lima.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

Pai Natal, Onde Estás (2) (Medium).jpg

Peça 3 de Dezembro - Hospital dos Brinquedos.jpg

PISTA DE GELO E MERCADINHO DE NATAL SÃO NOVIDADES EM FAMALICÃO

Presidentes da Câmara e da ACIF abrem amanhã, sábado, 3 de dezembro, Aldeia de Natal de Famalicão, na Praça D. Maria II, pelas 17h00

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o Presidente da ACIF, Fernando Xavier, assinalam amanhã, sábado, 3 de dezembro, pelas 17h00, a abertura da Aldeia de Natal em Vila Nova de Famalicão (ponto de encontro junto à Loja Interativa de Turismo).

Famalicão vai ter uma Aldeia de Natal.jpg

Uma árvore de Natal com 15 metros de altura, colocada na Praça D. Maria II, junto à Fundação Cupertino de Miranda, é o elemento central de um espaço que concentrará os vários divertimentos e atividades natalícias que a partir de amanhã vão estar disponíveis para quem visita a cidade famalicense.

A grande atração é mesmo uma pista de gelo natural, com cerca de 200 metros quadrados e com uma capacidade para 50 pessoas, que se junta ao já habitual carrossel e ao comboio de Natal. Este ano, haverá ainda charretes de cavalos para passeios turísticos. 

Novidades também ao nível do mercadinho de Natal, que irá abrir com uma nova filosofia. São 25 cabanas de madeira onde artesãos e associações do concelho sugerem prendas de natal únicas e de grande beleza. À semelhança dos anos anteriores o lado solidário não é esquecido e haverá recolha de géneros alimentares e de higiene na Cabana Solidária do Pai Natal.

As atividades inserem-se no âmbito da Campanha de Natal 2016 promovida pela Associação Comercial e Industrial de Famalicão (ACIF) e Unidade de Gestão do Centro Urbano, com o apoio da Câmara Municipal. Este ano, a campanha é lançada sob o mote “Famalicão tem um presente para Si”, mas, na verdade, não é apenas um presente… são muitos presentes

CONCELHO DE CAMINHA JÁ VIVE O NATAL

Festa da Marioneta marca a Agenda Natal este fim-de-semana

A magia de Natal já se faz sentir no concelho de Caminha. Foram muitos os que acorreram ontem ao final da tarde, às praças de Caminha e de Vila Praia de Âncora, para assistirem à inauguração da iluminação de Natal. Quarenta dias, quarenta eventos e 16 instituições envolvidas dão o mote à Agenda Natal que está a animar o concelho até ao inicio de 2017. Os objetivos são fazer de Caminha uma das rotas turísticas de fim de ano e dinamizar a economia local. 

inauguração iluminação Natal 2016 (1).jpg

Desde ontem que o espirito de Natal se sente no concelho de Caminha. De facto, o dia foi marcado por vários momentos: começou a Rota da Rabanada, o projeto “O Natal Na minha Vida” e o ponto alto do dia aconteceu quando se acenderam as luzes de Natal, primeiro em Vila Praia de Âncora e depois e Caminha. O momento foi acompanhado pela Academia de Música Fernandes Fão. A iluminação de Natal é da responsabilidade da Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora, União de Freguesias de Caminha e Vilarelho e comerciantes do concelho.

Para além das ruas acolhedoras, são muitas as iniciativas que estão a decorrer. Este mês, no concelho de Caminha, desde Vila Praia de Âncora a Seixas, passando por Âncora, Vile, Caminha, Gondar e Vilarelho, há 36 rabanadas diferentes para degustar nos cafés, pastelarias e restaurantes aderentes do concelho, isto é, cada um dos estabelecimentos aderentes terá à venda diariamente a sua especialidade. Como referimos, existem 36 especialidades de rabanada (rabanada de mel, de nozes, recheada, de Vinho do Porto e recheio de chila, de leite, entre muitas outras especialidades). Os preços, esses são convidativos. Variam entre os 0,50€ e os 5€. Para incentivar o consumo da rabanada, o Município de Caminha elaborou o chamado “Passaporte Rota da Rabanada” com os diversos estabelecimentos aderentes, e a cada 10 carimbos, dará direito a uma oferta do Município de Caminha, a levantar nos Postos de Turismo do concelho.

inauguração iluminação Natal 2016 (2).jpg

Outras das iniciativas é o projeto “O Natal na Minha Vida”. Este projeto pretende que as pessoas partilhem com o Município o que o Natal representa nas suas vidas. Participar é fácil. Os interessados em partilhar “O Natal na Minha Vida” devem enviar para o email cultura@cm-caminha.pt uma fotografia, acompanhada de uma frase ou pequeno texto de sua autoria ou do seu autor favorito e um link (YouTube) para a sua música de Natal preferida. Com todos os contributos recebidos, no dia 20 de dezembro, o Município vai criar um “grande álbum de emoções” na rede social Facebook, ao dispor de todos, numa partilha única de vivências e sentimentos.

Este fim-de-semana, a marioneta vai ser a atração no concelho, com a realização da II Festa da Marioneta Lusogalaica – Maluga. Workshops de construção de marionetas e espetáculos e animação de rua por companhias portuguesas e galegas vão marcar esta segunda edição.

A Festa da Marioneta Lusogalaica visa dar a conhecer a arte da marioneta e o trabalho realizado nesta área em Portugal e na Galiza. Com atividades orientadas para todas as gerações, esta segunda edição conta com um programa aliciante. Durante as manhãs vão decorrer os workshops de construção de marionetas e as tardes serão preenchidas com animação de rua e espetáculos no Valadares, Teatro Municipal.

inauguração iluminação Natal 2016 (3).jpg

No sábado, dia 3, das 10h00 às 12h30, terão lugar as Oficinas Divertidas “Olhapins e Olharapos” – Construção de Marionetas em Esponja, a cargo do Teatro e Marionetas de Mandrágora. Esta atividade vai decorrer no Edifício Paços do Concelho e dirige-se a crianças maiores de 6 anos. Pelas 16h00, na Praça Conselheiro Silva Torres, terá lugar o Teatro Dom Roberto, Teatro Tradicional Português de Marionetas, a cargo de S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos. O dia encerra no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, com o espetáculo “História de um gato e de um rato que se tornaram amigos”, pelo Teatro de Marionetas de Mandrágora.

No dia 4, das 10h00 às 11h30, terão lugar as Oficinas Divertidas “Marionetas nas Mãos” – Construção de Marionetas, pelo Teatro Babaluva. Esta atividade vai decorrer no Edifício Paços do Concelho e dirige-se a crianças dos 5 aos 12 anos de idade. Pelas 16h00, na Praça Conselheiro Silva Torres, terá lugar o Teatro Dom Roberto, Teatro Tradicional Português de Marionetas, a cargo de S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos. Esta II Festa da Marioneta vai encerrar com o espetáculo “Lume – Teatro de Marionetas”, pelo Teatro Babaluva.

A Festa da Marioneta Lusogalaica é organizada pela Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho e conta com o apoio do Município de Caminha.

Estas iniciativas juntam-se a mais três dezenas que estão a decorrer no concelho até ao final do ano. De facto, são muitas a iniciativas que vão animar o concelho de Caminha nos próximos dias, com destaque para Plante um Pinheiro de Natal no dia 15 de dezembro; a 3ª Caminhada do pai Natal no dia 18; os vários concertos de natal a cargo do Orfeão de Vila praia de Âncora e Academia de Música Fernandes Fão; Caminha, onde o Norte passa o ano com Marta Ren & The Groovelvets e Grupo de Covers Xornas e o Concerto de ano Novo com a Sociedade Musical Banda Lanhelense e o Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira.

inauguração iluminação Natal 2016 (4).jpg

CULTURA PORTUGUESA MARCA ÚLTIMO MÊS DO ANO EM BARCELOS

Neste mês de dezembro, o Teatro Gil Vicente vai acolher espetáculos de teatro, música e dança e ainda as habituais sessões de cinema.

A primeira semana do mês será repleta de música. Primeiro com o Projeto Artístico, no dia 3, que volta assim à carga com a Noite de Fados, numa organização da Casa da Juventude, a partir das 21h30, e depois com o concerto da banda barcelense Ratere, no dia 7, a partir das 22h.

Na programação da ZOOM – Associação Cultural, destaque para o cinema português, com a exibição de “Cartas de Guerra”, de Ivo M. Ferreira, no dia 7, e do filme póstumo de José Fonseca e Costa, “Axilas”, no dia 15. As sessões começam, como sempre, às 21h30. Além disso, já bem perto do Natal, no dia 22, haverá a comemoração d’O Dia Mais Curto com a projeção de filmes infantis à tarde (15h), com entrada livre, e curtas-metragens à noite (21h30).

A Academia de Teatro de Barcelos volta a subir a cena com a peça “Falar Verdade a Mentir”, de Almeida Garrett, no dia 10 de dezembro, às 21h30. No dia seguinte é a vez da companhia TPCzinho apresentar o espetáculo “Espírito de Natal”, às 16h. No fim de semana seguinte, a 16 de dezembro, o Instituto Autodidata de Estudos Superiores do Minho apresenta uma peça alusiva às festividades com o título “O Natal de Hoje e Sempre”, a partir das 21h30. Os dias 17 e 18 ficam reservados para os mais pequenos com a encenação “Um Conto de Natal”, que alia representação e música, pelo grupo Art’ É Vida e de “A Bela Adormecida”, pelos Rituais Dell Arte.

Por fim, a dança ocupa os últimos dias do ano na programação do Teatro Gil Vicente. Na véspera da noite de Natal, a ARCA traz a palco um espetáculo de dança intitulado “Viagem de Sofia”, a partir das 21h, e no dia 29 o Coletivo Haja Ânimo repete a homenagem a Vergílio Ferreira, “Cartas a Sandra”, depois do sucesso da primeira apresentação.

MUNICÍPIO DE BRAGA ASSINALA O DIA DE SÃO GERALDO

Dia do Padroeiro da Cidade celebra-se a 5 de Dezembro

O Município de Braga celebra na Segunda-feira, dia 5 de Dezembro, o Dia de São Geraldo, padroeiro da Cidade, com um conjunto de actividades em associação com o Cabido da Sé Primaz e que envolvem ainda a Escola EB1 da Sé e o Conservatório Calouste Gulbenkian.

Dia São Geraldo.jpg

As actividades têm por objectivo a promoção de uma tradição secular e a preservação da memória de uma figura relevante na história da cidade, reforçando os laços de identidade comunitários. Este será também o dia em que o Município de Braga irá atribuir medalhas Municipais a várias entidades e personalidades que se notabilizaram pelos seus méritos pessoais ou feitos cívicos (Theatro Circo às 16h00).

São Geraldo nasceu em França e em 1099 foi eleito bispo de Braga, desenvolvendo várias reformas a nível moral, eclesiástico e administrativo. A ele é atribuído o já conhecido ‘milagre da Fruta’.

Reza a lenda que São Geraldo se encontrava doente e terá pedido que lhe trouxessem fruta mas, dado que estavam em pleno Inverno, os seus servos tentaram persuadi-lo. Contudo, São Geraldo insistiu dizendo «Vai e procura!». Os servos, ao chegarem ao exterior, encontraram as árvores repletas de fruto.

Como forma de assinalar esse milagre, o Município de Braga irá distribuir fruta a toda a população no largo D. João Peculiar. Também os alunos das Escolas Básicas da Cidade terão a oportunidade de visitar a capela de São Geraldo.

Programa completo:

Todo o dia:

Visita das Escolas EB 1 da cidade à capela de S. Geraldo;

Feira da Fruta - distribuição de fruta à população no largo D. João Peculiar;

Distribuição de desdobrável alusivo à quadra;

11h00 – representação teatral do milagre de S. Geraldo pela Escola EB1 da Sé, nas naves da Sé;

12h00 – apresentação do volume LXI da Revista Bracara Augusta (Salão Nobre da CMB);

16h00 – Cerimónia de atribuição das medalhas Municipais de mérito (Theatro Circo);

17h00 – Concerto pelo carrilhão da Sé Primaz de cânticos alusivos à cidade de Braga (hinos e músicas da tradição bracarense);

18h00 - Celebração da Missa solene em honra de S. Geraldo, presidida pelo Arcebispo Primaz, estando presentes o Cabido e autarcas do concelho de Braga. A solenização da Missa é feita pelo Órfeão de Braga;

19h00 – Visita das entidades à capela de São Geraldo;

21h30 – Concerto Comemorativo, pela Orquestra Filarmónica de Braga [Theatro Circo]

BANDA "SURMA" ATUA EM PONTE DA BARCA

Casa da Cultura volta a acolher projeto “Música em casa”

SURMA é a Banda que sobe ao palco já amanhã

Este concerto insere-se no projeto da autarquia barquense de dinamização musical da Casa da Cultura, que de resto tem tido uma excelente aceitação por parte do público, e trará a Ponte da Barca as sonoridades post-rock e noise que catapultarão os espetadores para mundos e paragens incertos.

Sobre SURMA

Débora Umbelino é original de Leiria mas o que nos traz vem de locais bem mais exóticos. SURMA, é o seu projecto one-woman-band, onde domina teclas, samplers, cordas, vozes e loop stations em sonoridades que fogem do jazz para o post-rock, da electrónica para o noise e nos levam para paragens mais ou menos incertas, com paisagens desconhecidas e muito prazer na viagem. O primeiro single/video "Maasai" é produzido por Emanuel Botelho (Ex-Sensible Soccers) e misturado e masterizado por Paulo Mouta Pereira. O Video, de Eduardo Brito, foi filmado na cidade fantasma de Doel.

Ao longo dos últimos meses Surma foi actuando de norte a sul do país, passando por festivais como o Super Bock Super Rock, Milhões de Festa e Lisb On. Levou o seu concerto a países como Espanha, França e Alemanha e está prestes a finalizar a gravação do primeiro disco.

ÁGUA EM PONTE DE LIMA É MAIS BARATA PARA FAMÍLIAS NUMEROSAS

A Associação Portuguesa das Famílias Numerosas calculou um índice de equidade tendo em conta o preço cobrado pela água e a discriminação das famílias de maior dimensão no tarifário.

Municipio_MPL (2).jpg

De acordo com este estudo, o Município de Ponte de Lima está entre os concelhos com maior índice de equidade do país, para o qual contribui, para além da baixa tarifa cobrada pelo fornecimento deste serviço, o facto de ter implementado a Tarifa Familiar da Água. Em Portugal apenas 45% dos 308 municípios adotaram a Tarifa Familiar da Água, sendo o Município de Ponte de Lima um deles.

Relembramos ainda que no exercício de reformulação do Tarifário foi tida como principal preocupação do Município adotar soluções que, indo de encontro às incontornáveis recomendações da ERSAR, não onerassem os cidadãos naquilo que é o serviço prestado pelo Município ao nível do abastecimento de água e saneamento de águas residuais assumindo-se, cabalmente, os compromissos que este Executivo desde cedo assumiu relativamente a esta matéria.

Neste contexto, foram mesmo introduzidas medidas que permitem reduções substanciais ao nível da tarifa a cobrar pela execução de ramais, seja na água ou no saneamento, na ordem dos 75%, havendo uma redução semelhante para a tarifa de ligação da água e mantendo-se a isenção da ligação para o saneamento. Estas reduções fazem com que, na prática e a título de exemplo, um cidadão que solicite a execução de ramais e ligação à rede de abastecimento de água, em vez de pagar 278,32 € passe a pagar apenas 69,57 €. No caso da execução de ramais e ligação à rede de saneamento, de acordo com o anterior tarifário o munícipe pagaria 556,61 €, neste momento esse valor será de apenas 139,15 €, ou seja uma poupança de 417,46 €.

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS: JOSÉ VAZ DEFENDE QUE O FOLCLORE DEVE PERMANECER CRISTALIZADO, O QUE NÃO É ACEITE PELA UNESCO

- José Vaz, do Rancho Folclórico de Leiria, considera que as candidaturas a Património Imaterial parecem ter virado moda.

JoseVaz.jpg

Como é do conhecimento geral, vai realizar-se nos próximos dias 10 e 11 de Dezembro em Leiria, o Congresso Nacional de Folclore, promovido e organizado pela Federação do Folclore Português, sobre o tema: “ Folclore: entre o material e o imaterial”.

De há uns tempos a esta parte, proliferam por esse país fora, candidaturas e atribuições a este galardão, que é o reconhecimento pela UNESCO, de determinadas manifestações culturais. Exemplo disso são os “chocalhos”, o “fado”, o “traje à vianesa” (que se me consta estar a preparar a sua candidatura), é o “cante alentejano”, mais recentemente a “falcoaria”… parece ter virado moda!

Não menosprezando a intenção e os desígnios a que se propõe a Direcção da Federação, é até mesmo de louvar, ter trazido para o debate do Congresso, precisamente o tema.

A convenção da UNESCO, tem vindo a considerar que o folclore não reúne os requisitos por aquela organização estabelecidos. Embora uma parte do folclore está e deva estar, em minha opinião, cristalizado (o que não é aceite pela convenção de 2003), outras áreas há, que se têm vindo a verificar evolutivas.

A presença da representante da UNESCO em Portugal Drª. Clara Bertrand Cabral, poderá trazer uma mais-valia ao debate no Congresso, que estou convencido será bastante participativo.

Pelo muito que se tem vindo a opinar sobre o património material e imaterial, a compreensão desta dicotomia está programada para o debate. Alguns exemplos que vão estar em discussão: “Dualidades entre o material e o imaterial”; “Abordagens Complementares ao Património Cultural”; “Criação de novas memórias assentes no património”.

Em meu humilde entender, a preservação que se faça sobre determinado património, é um processo evolutivo, tal como se verifica nos inúmeros museus e núcleos museológicos espalhados pelo país. Tecidos há, que vêm sendo substituídos por tecidos que se aproximam do originalmente usado. Um outro exemplo da evolução, nota-se e muito, no linguajar das pessoas. Termos há, que hoje em dia foram “modernizados”, sempre que um grupo de folclore apresenta as modas que se vão bailar, ou o mesmo um quadro etnográfico. Outros exemplos haverá por certo, porém, e não sendo eu um estudioso do assunto, deixo a minha humilde opinião. Está enraizado no Povo, que “quem conta um conto, acrescenta um ponto”. Provavelmente, até neste ditado popular, haverá um processo evolutivo.

Porém, estou certo que o tema em causa, é sem sombra de dúvidas, mais uma razão para que as pessoas adiram e se apresentem no Congresso, que tem as portar abertas a todos os que se interessem por este fenómeno.

À Direcção da Federação do Folclore Português, os meus parabéns por ter saído dos temas mais comuns e enveredar por caminhos mais latos.

PORTUGUESES REAFIRMAM VONTADE DE CONTINUAREM A SER UM PAÍS SOBERANO E INDEPENDENTE

Amares e Famalicão representaram o Minho nas comemorações do 1º de Dezembro

Cerca de 34 entidades, integrando 2 grupos de percussão, 1 banda nacional militar e 30 bandas filarmónicas civis desfilaram esta tarde na avenida da liberdade, em Lisboa, evocando a data histórica da Restauração da Independência Nacional em 1640.

restauração 2016 (49).JPG

O desfile teve início junto ao monumento aos Mortos da Primeira Grande Guerra e desceu rumo à Praça dos Restauradores onde teve lugar uma interpretação conjunta final das Bandas participantes, sob a direção do Maestro Tenente Duarte Cardoso, da Banda do Exército.

Ao longo do desfile, foram interpretadas diversas marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento coletivo contou também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e do Hino Nacional.

restauração 2016 (59).JPG

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios para o efeito. Um evento desta grandiosidade foi possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa contou também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro.

O Minho esteve representado pelo Grupo de Bombos de Atei, de Mondim de Basto, a Banda Filarmónica de Santa Maria de Bouro (Amares) e a Banda Marcial de Arnoso (Vila Nova de Famalicão). Viana do Castelo não se fez este ano representar uma vez que a Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha não compareceu.

Coube ao Dr. José Ribeiro e Castro, na qualidade de Presidente do Movimento 1º de Dezembro, proferir as palavras solenes que antecederam o encerramento oficial das comemorações.

restauração 2016 (34).JPG

restauração 2016 (36).JPG

restauração 2016 (38).JPG

restauração 2016 (40).JPG

restauração 2016 (44).JPG

restauração 2016 (45).JPG

restauração 2016 (48).JPG

restauração 2016 (51).JPG

restauração 2016 (52).JPG

restauração 2016 (53).JPG

restauração 2016 (55).JPG

restauração 2016 (113).JPG

restauração 2016 (120).JPG

restauração 2016 (130).JPG

restauração 2016 (132).JPG

restauração 2016 (134).JPG

restauração 2016 (136).JPG

restauração 2016 (144).JPG

restauração 2016 (145).JPG

restauração 2016 (157).JPG

NESTE NATAL, PORQUE NÃO OFERECER O SÃO JOÃO DE BRAGA?

A Associação de Festas de S. João de Braga dispõe de uma vasta gama de brindes!

Não sabe o que oferecer ao seu amigo, namorado, familiar? Opte por lhe oferecer uma recordação da Maior Festa Popular de Portugal!

A Associação de Festas de São João de Braga, numa iniciativa inédita, sugere a oferta de produtos sanjoaninos como prenda de Natal.

Para todos aquele que procuram, neste preciso momento, a prenda certa para oferecer a alguém especial neste Natal. Para a mulher, para o marido, para o namorado/a, para o irmão ou a irmã, para o “amigo secreto” do jantar de Natal, para o avô ou a avó, para a tia, os primos, os sobrinhos – uma oferta variada e diferenciadora é colocada à disposição do público de todas as idades.

Aos interessados basta consultar o sítio oficial do São João de Braga, escolher o(s) brinde(s) que desejarem, e enviar em email paracomunicacao@saojoaobraga.pt indicando o nome, quantidade e preço do brinde pretendido.

Existem 2 modalidades de entrega:

1) Sem custos: os artigos podem ser levantados na sede da Associação de Festas, Rua de S. João, 1, Braga.

2) Via CTT: acresce ao preço dos brindes o despacho via CTT. Em função da encomenda, será feita uma estimativa prévia pela AFSJB do custo do envio.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE AVANÇA PROPOSTAS PARA AS FÉRIAS DE NATAL DOS MAIS JOVENS

Para a quadra natalícia que se aproxima, o Município de Esposende preparou um vasto programa de preenchimento dos tempos livres dos mais novos.

A Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura desafia o leitor a viajar pelo mundo mágico dos contos de Adolfo Coelho e de Teófilo Braga. “Um olhar sobre os contos” junta a Hora do Conto a uma visita à exposição.

A Biblioteca terá patente uma exposição de livros de Natal, pertencentes ao seu fundo documental e, no dia 11 de dezembro, O Som do Algodão apresenta o conto musicado “Uma história de Natal no centro da terra”.

No dia 14, a Biblioteca Municipal vai realizar o Natal dos Leitores, num ambiente informal e natalício, onde decorrerá a distinção dos melhores leitores 2016. Este convívio será acompanhado de bolo-rei e outras iguarias, onde não faltará a música, a poesia e a tertúlia, num encontro de leitores e amigos.

A proposta da autarquia aponta para a realização de oficinas, como aquela que está prevista para o dia 3, denominada “O saber não ocupa lugar”, no Centro de Educação Ambiental que acolhe a exposição “O meu Natal é ecológico”, entre 16 de dezembro e 6 de janeiro. Esta exposição apresentará as figuras do presépio realizadas pelas escolas e IPSS's no âmbito da iniciativa "O meu Natal é Ecológico", com base na reutilização de materiais e embalagens.

De 19 a 22 dezembro, o Centro de Educação Ambiental desenvolve oficinas de férias de Natal, das 9h30 às 12h00 e 14h00 às 16h30.

Também o Centro Interpretativo de S. Lourenço, entre 5 e 30 dezembro desenvolve uma atividade dirigida aos mais novos, com idades entre os 6 e os 12 anos, que são desafiados a descobrir alterações no nosso planeta, presentes na arriba fóssil de Esposende, e as alterações climáticas que levaram à extinção de algumas espécies, estando garantidos divertidos momentos de espírito natalício!

Entre 7 e 31 dezembro, o Centro de Informação Turística de Esposende apresenta os diferentes olhares de artesãos sobre o Natal. Nesta exposição será possível apreciar e adquirir um vasto conjunto de presépios.

Também a Casa da Juventude tem agendada uma oficina de reciclagem e reutilização, para o dia 12. Nesta oficina, as crianças têm oportunidade de criar, através da reciclagem e reutilização de materiais diversos, enfeites e adereços de Natal únicos e personalizados que, certamente, vão ter lugar de destaque na árvore da Casa da Juventude.

Já no dia 14 de dezembro, a Casa da Juventude convida a “Decorar a casa p'ró natal”, em que crianças e jovens são convidados a participar na decoração da árvore de Natal. No dia 19 realiza-se uma oficina de Arte Criativa, na Casa da Juventude, destinada a crianças com idades entre os 6 e 10 anos.

O Museu Municipal de Esposende realiza oficinas de artes plásticas, no dia 18. A oficina criativa com recurso a diversos materiais de artes plásticas e artesanato urbano permite que o público mais pequeno aprenda a criar um boneco de neve para a árvore de Natal.

De 20 a 30 de dezembro, o Museu Municipal acolhe oficinas para crianças dos 6 aos 12 anos, com recurso ao universo onírico do Natal.

Pág. 27/27