Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MONUMENTO DE GUIMARÃES ILUMINA-SE COM LUZ PÚRPURA EM HOMENAGEM A BEBÉS PREMATUROS

ESTA QUINTA-FEIRA, 17 DE NOVEMBRO

Nova Iorque foi uma das primeiras cidades a juntar-se a esta iniciativa, iluminando o Empire State Building. Em Guimarães, o Padrão do Salado é o monumento eleito para homenagear os pequenos grandes heróis.

Guimaraes_Padrao_Salado.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães assinala esta quinta-feira, 17 de novembro, o Dia Mundial da Prematuridade, iluminando com a cor púrpura o Padrão Salado, no Largo da Oliveira. A iniciativa, realizada em parceria com a “Associação Pais Prematuros” e “Ser Prematuro”, associa Guimarães ao movimento internacional “Global Illumination”, que pretende chamar a atenção das pessoas para a realidade da prematuridade, iluminando de cor roxa edifícios e monumentos de referência.

Nascem por ano cerca de 15 milhões de bebés prematuros em todo o mundo. Em Portugal, 8% dos bebés nascem antes do tempo. Segundo a Sociedade Portuguesa de Pediatria, os bebés que nascem antes das 28 semanas de gravidez têm uma sobrevivência de 70%. Considera-se “prematuro” sempre que o bebé nasce antes das 37 semanas de gestação.

Neste mês dedicado à prematuridade, a Associação Pais Prematuros desenvolve iniciativas em todo o país, com o intuito de promover a reflexão em torno desta temática e, consequentemente, introduzir novas respostas para diminuir a taxa de prematuridade.

Fundada em novembro de 2012, esta associação tem como fim a prestação de apoio e auxílio psicológico a pais e familiares dos bebés internados nos Serviços de Neonatologia, acompanhamento do desenvolvimento dos bebés prematuros nos primeiros anos de vida, intervenções preventivas de acompanhamento ao nível do desenvolvimento global destas crianças, entre outros objetivos.

GRUPO DE FOLCLORE DAS TERRAS DA NÓBREGA CONSIDERA A EXISTÊNCIA DE DUAS LISTAS CANDIDATAS SINAL DE VITALIDADE DA FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS

COMUNICADO

Eleições para os Órgãos Sociais da Federação do Folclore Português - triénio 2017/2019

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega vem por este meio saudar Todos os elementos integrantes das duas listas candidatas aos Órgãos Sociais da Federação do Folclore Português para o triénio 2017/2019, e congratulá-los pelo serviço de missão e compromisso que certamente a Todos move em prol do Movimento Folclórico nacional.

12118909_554283904723964_6998729629357665974_n.jpg

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega não considera, como se tem lido e ouvido um pouco por todo o lado, que a existência de duas listas candidatas seja motivo de divisão ou de discórdia. Consideramos, aliás, que a existência de duas listas demonstra a vitalidade do Movimento e deseja que este momento, único na já longa Vida da Federação do Folclore Português, seja aproveitado para uma discussão séria dos problemas do Movimento, e uma oportunidade para apresentação de ideias, de projectos e de visões para o futuro da Instituição.

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega congratula-se com o convite feito ao Senhor Doutor José Artur Brito, Presidente da Direcção desta Associação, para integrar a lista B candidata aos Órgãos Federativos e deseja-lhe, a ele e aos restantes elementos da lista B, as maiores felicidades para o processo eleitoral que se avizinha.

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega declara, assim, o seu firme apoio à lista B nas eleições do próximo dia 11 de Dezembro, desejando que a sua vitória traga estabilidade, apaziguamento, dinamismo e vitalidade ao Movimento e à Instituição.

A Direcção do Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega

VALENÇA ELIMINA LISTA DE ESPERA NO APOIO AOS CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL

Apoio Municipal Elimina Lista de Espera em Valença. APPACDM Aumenta Vagas para Cidadãos com Deficiência Mental

Apoio Municipal permite a Valença aumentar a capacidade do C.A.O. - Centro de Atividades Ocupacionais e dar 100% de resposta às necessidades dos cidadãos com deficiência mental do concelho.

unnamedvalenç.jpg

A obra de requalificação do C.A.O. Valença vem reforçar a capacidade do centro e proporcionar novas valências e estruturas de apoio aos utentes. Valença passa a poder acolher 30 utentes, possibilitando o regresso de cidadãos que, por falta de espaço, estavam deslocalizados da sua área de residência em Melgaço.

C.A.O. de Valença Reequipado

A intervenção incidiu na readaptação completa do edifício com a criação de novas áreas, nomeadamente ginásio, balneários, sala sensorial, gabinete médico. Todas as demais áreas foram readaptadas dando novas funcionalidades ao centro.

A obra contou com uma verba de 40 mil euros, concedida pela Câmara Municipal. A par deste apoio a autarquia valenciana ajudou, ainda, com diversos materiais necessários para complementar a obra.

Respostas aos Cidadãos com Deficiência Mental

O C.A.O. Valença é uma estrutura de apoio ao cidadão com deficiência mental que tem um conjunto de valências. A estrutura funciona num edifício municipal, na avenida 25 de abril, gerido pela A.P.P.A.C.D.M. - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental.

Os utentes do C.A.O. de Valença dispõem de ateliers de artesanato, A.V.D., reciclagem de papel, reciclagem de madeira, plásticos entre outros e sala de acompanhamento individualizado. A par destas atividades o centro proporciona atividades complementares de que se destacam atividades aquáticas, equitação terapêutica, expressão dramática, snoezelen, canoagem, tiro com arco, teatro, programa de saúde e de promoção da diferenciação emocional "Eu e o Outro".

O C.A.O. Valença tem, ainda, valências de Intervenção técnico/terapêutica nas áreas da psicologia, serviço social e serviço de saúde.

Os utentes do C.A.O. Valença dispõem, também, de uma área residencial, com um lar de apoio que proporciona aos residentes um ambiente familiar e de bem-estar.

GUIMARÃES APOSTA EM JOGO AMBIENTAL PARA A ADOÇÃO DE ATITUDES SUSTENTÁVEIS

EM PARCERIA COM “START UP PLANETIERS”, NA WEB SUMMIT

Plataforma digital irá associar eficiência energética à aprendizagem e educação, integrada no Programa PEGADAS. Jogo ambiental permitirá às crianças ter comportamentos e atitudes mais sustentáveis.

Guimaraes_Web_Summit.jpg

Guimarães, que esteve presente no maior evento tecnológico do mundo, a “Web Summit”, realizada este ano em Lisboa, vai desenvolver um jogo ambiental que convidará o público mais jovem a adotar comportamentos sustentáveis, no âmbito dos objetivos definidos pelo projeto PEGADAS – Programa de Educação e Sensibilização Ambiental para Guimarães.

A parceria será desenvolvida com a Start Up Planetiers, promotora de uma plataforma agregadora de soluções sustentáveis (http://www.planetiers.com), que irá associar as temáticas da eficiência energética à aprendizagem e educação para a sustentabilidade ambiental. O projeto tem a colaboração da Câmara Municipal de Guimarães, do Laboratório da Paisagem, da CIM Ave e da Agência de Energia do Ave.

Considerando a aposta que Guimarães tem realizado na promoção de políticas e projetos no âmbito da sustentabilidade ambiental, consubstanciada na candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020, esta parceria afigura-se como mais um passo na prossecução do objetivo e visão do programa “Guimarães Mais Verde”, nomeadamente no apoio ao desenvolvimento de projetos inovadores e criativos de âmbito tecnológico.

3 dias e meio, 21 conferências, 663 oradores

Estiveram presentes na “Web Summit” dezena e meia de jovens empresas ligadas à Universidade do Minho, com expositor próprio, (ex-)alunos e investigadores das spin-offs Nutrium (o nutricionista na mão), GenSys (solução integrada para planeamento, controle e programação da produção), displr (rede de ecrãs interativos), bem como das startups BiotechZone (“eBay” da biotecnologia), Performetric (software que avalia a fadiga), MindProber (plataforma de neurociência do consumo), PeekMed (o simulador dos ortopedistas), eSolidar (comércio solidário online), Loqr (autenticação online mais segura), HydrUStent (cateteres urológicos biodegradáveis), Talent Spy (a ferramenta que procura os novos CR7), SafeCloud (o mais seguro do mercado a guardar fotos), Beevo (digitaliza processos físicos do comerciante) e blaart (plataforma para promover artistas emergentes).

A presença destes projetos confirma o dinamismo e empreendedorismo da comunidade da região e da Universidade do Minho, capaz de iniciativas inovadoras que contribuam para o desenvolvimento regional, nacional e internacional e para o bem-estar dos cidadãos. A Web Summit nasceu em 2010 e transferiu-se pela primeira vez de Dublin (Irlanda), tendo registado 53.056 participantes de 165 países, incluindo 15 mil empresas, 7 mil presidentes executivos e 2 mil jornalistas. O evento que colocou Portugal no mapa mundial do empreendedorismo contou com oradores de topo da Cisco, Facebook, Renault-Nissan, Tinder, Niantic, ONU, entre outros.

PONTE DE LIMA APRESENTA OBRA SOBRE CYBERBULLYING

O livro “Cyberbullying: um guia para pais e educadores”, da autoria de Sónia Seixas, Luís Fernandes e Tito de Morais, é apresentado na próxima sexta-feira, 18 de novembro no Auditório Municipal de Ponte de Lima às 21h00.

CARTAZ FINAL3 (Medium).jpg

Trata-se da primeira obra lançada sobre este fenómeno de agressão emocional sistemática e intencional no espaço virtual, que pretende ajudar a identificar, prevenir e combater potenciais ações de cyberbullying, promovendo ao mesmo tempo uma utilização segura e consciente do ciberespaço.

Venha conhecer um livro de atualidade e pertinência temáticas para jovens, pais e educadores e compareça na sessão de apresentação da obra.

A entrada é gratuita.

GUIMARÃES APOIA FAMÍLIAS CARENCIADAS

ESTA QUINTA-FEIRA, 17 NOVEMBRO (11H)

Município de Guimarães entrega chaves de habitações a mais onze famílias vimaranenses

36 pessoas vão ser realojadas esta quinta-feira. Este ano, foram já entregues chaves a 41 famílias, 32 em alojamento convencional e 9 em modalidade de Residência Partilhada.

Guimaraes_CASFIG.JPG

O Município de Guimarães, através da empresa municipal CASFIG, vai proceder à entrega de chaves de onze habitações a famílias vimaranenses, realojando mais 36 pessoas. A cerimónia está agendada para esta quinta-feira, 17 de novembro, às 11 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Guimarães.

Dez agregados familiares serão alojados em habitações convencionais, enquanto uma família unipessoal, masculina, irá residir em modalidade de residência partilhada. As habitações, que foram alvo de obras de requalificação, estão situadas em empreendimentos situados nas freguesias de Urgezes, Creixomil e Fermentões (Monte S. Pedro, Coradeiras e Mataduços).

No ano de 2016, foram já alojadas 32 famílias em alojamento convencional e 9 em modalidade de Residência Partilhada. A renda a pagar pelos novos inquilinos foi calculada sob o Regime de Renda Apoiada, de acordo com os rendimentos de cada agregado familiar.

A atribuição de chaves de habitações sociais enquadra-se numa medida tomada ao abrigo do Programa de Realojamento em Habitação Municipal, que estipula que as famílias que residam em situações de habitabilidade precárias possam ser alvo de alojamento.

VILA VERDE "PICA NO CHÃO" NA ROTA DAS COLHEITAS

Condições especiais no alojamento e restauração durante o Fim-de-semana Gastronómico ‘Vila Verde, Capital do Pica no Chão’

O Município de Vila Verde prepara-se fechar com chave de ouro a edição de 2016 da programação cultural Na Rota das Colheitas, que de agosto a novembro de desdobrou em mais de 35 iniciativas de promoção da genuína tradição minhota.

A (2)vv.JPG

De 25 a 27 de novembro, vilaverdenses e visitantes terão direito a descontos e condições especiais nas dezenas de restaurantes e unidades de alojamento que aderiram ao Fim de Semana Gastronómico ‘Vila Verde, capital do Pica no Chão’, em que o Pica no Chão, o Pudim Abade de Priscos e o Vinho Verde Regional assumem-se como as estrelas mais cintilantes de uma vasta constelação onde não vão faltar as mais conhecidas e apreciadas iguarias da cozinha minhota.

O concelho prepara-se definitivamente para conquistar os visitantes pelo estômago, já que no mesmo fim de semana, decorre paralelamente a VI Mostra ‘Doces e Sabores da Nossa Terra’, que vai colocar em destaque as especialidades dos mestres pasteleiros, com descontos de 15%, no dia 27 de novembro, nas 14 pastelarias aderentes. À excelência da gastronomia juntam-se inúmeros motivos de interesse e iniciativas diversas preparadas para enriquecer o programa e a estadia dos visitantes, como referiu a vereadora da Cultura, Júlia Fernandes, durante a conferência de apresentação do Fim de Semana Gastronómico ‘Vila Verde, capital do Pica no Chão’, que decorreu durante a manhã de hoje (16 novembro), no Salão de Conferências dos Paços do Concelho.

A (4)vv.JPG

Vários motivos de interesse durante o fim de semana

O Museu do Linho, O Museu de Arte Sacra das Terras de Regalados, o Museu do Brinquedo e da Brincadeira e o Espaço Namorar Portugal estarão de portas abertas para receber os visitantes, que podem ainda aproveitar para conhecer as encantadoras paisagens naturais e a riqueza do património edificado do concelho. Júlia Fernandes prosseguiu apresentando as duas atividades de natureza que vão ajudar a manter a forma física num fim de semana dedicado à gastronomia e levar os participantes a admirar os belos quadros naturais pintados pelas encostas verdejantes e pelas zonas ribeirinhas do concelho de Vila Verde. O Trilho da Nóbrega, com um percurso de 14 Kms, no dia 26 de novembro, e a Caminhada Ambiental ‘Zona Ribeirinha entre o Homem e o Cávado’, com um percurso, de 5 Kms, no dia seguinte.

A (3) (3).JPG

Rota “faz de Vila Verde uma terra que gera atratividade”

A apenas dois fins de semana do encerramento da extensa e diversificada programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, o presidente do Município de Vila Verde não escondeu a satisfação com a qualidade das iniciativas desenvolvidas durante os quatro meses de promoção da tradição do minhota e do genuíno pulsar do mundo rural. “O Fim de Semana Gastronómico encerra um ciclo de grande sucesso durante a programação Na Rota das Colheitas. Uma programação que decorreu durante 17 fins de semana consecutivos em que se falou de Vila Verde pela positiva e em que se colocou em prática uma das estratégias de desenvolvimento económico para o concelho. Uma programação que mobilizou os vilaverdenses e a maioria das instituições do concelho, que faz de Vila Verde uma terra que gera atratividade e mobiliza as pessoas, valorizando as potencialidades do território em áreas muito diversificadas”, afirmou António Vilela, acrescentando que a relevância económica da Rota se estende também ao fomento e incentivo do empreendedorismo.

A (4) (1).JPG

“Desenvolvimento da economia e do tecido social”

O edil prosseguiu enfatizando a importância do Fim de Semana Gastronómico ‘Vila Verde, capital do Pica no Chão’ e da Rota das Colheitas na dinamização e incremento do tecido económico da região. “Consideramos que os recursos alocados à Rota correspondem a um investimento de grande retorno no desenvolvimento da economia e do tecido social, na preservação e divulgação da tradição, com múltiplos benefícios tanto de riqueza como na de emprego e novos postos de trabalho”, afirmou António Vilela, que concluiu de seguida com um agradecimento especial. “Deixo um agradecimento sentido a todos os que se envolveram nesta programação, muitos de forma totalmente voluntária, e ajudaram a enriquecer uma iniciativa valoriza o território, a valorizar as nossas tradições e perpetuá-las”, rematou.

A (5).JPG

GUIMARÃES PROMOVE INSTALAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS

Abertura de candidaturas para ocupação dos Laboratórios Criativos na Plataforma das Artes

Doze espaços estão disponíveis para o desenvolvimento de negócios inovadores que se enquadrem no espírito criativo e que demonstrem o seu carácter diferenciador. Propostas devem ser entregues na Câmara de Guimarães.

Guimaraes_Laboratorios_Criativos.jpg

Encontram-se abertas as candidaturas para a admissão e utilização da incubadora de empresas de base criativa nos doze Laboratórios Criativos existentes na Plataforma das Artes, em Guimarães. As propostas estão abertas a todos os indivíduos que pretendem desenvolver um negócio inovador, de base criativa, podendo criar, com esse fim, uma empresa de modo a colocar no mercado a sua ideia. As candidaturas destinam-se também a empresas com atividades de base criativa, desde que se encontrem em fase inicial de atividade, com o máximo de três anos de laboração.

Os Laboratórios Criativos, cada um com cerca de 20 metros quadrados, constituem-se enquanto infraestrutura de incubação de empresas de indústrias criativas, destinada a estimular a capacidade criativa e empreendedora, contribuindo dessa forma para complementar o tecido empresarial e industrial do concelho de Guimarães. A incubadora disponibiliza no mesmo espaço físico, áreas individualizadas e serviços comuns, com o objetivo de promover e acolher empreendedores e empresas com projetos e ideias inovadoras, com elevado potencial de crescimento e com vista à sua implementação no mercado.

As candidaturas a apresentar devem privilegiar os seguintes domínios criativos: pintura, escultura, desenho, gravura, serigrafia, fotografia, design (web design, design gráfico, design de joalharia, design de moda, design de produto, etc.), arquitetura, construção, antiguidades e restauro, artesanato, publicidade, literatura, música, rádio e televisão, artes digitais, vídeo e audiovisual, cinema, software educacional e de entretenimento, conteúdos multimédia, gastronomia e atividades de lazer, moda, entre outras que se enquadrem no espírito criativo e que demonstrem o seu carácter diferenciador.

As propostas deverão ser entregues pessoalmente na Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal de Guimarães dentro do horário de expediente, das 09 às 12:30 horas e das 14 às 17:30 horas. Como alternativa, podem ser enviadas por correio registado, sendo endereçadas à referida divisão para o Largo Cónego José Maria Gomes, 4804-534 Guimarães. Mais informações podem ser obtidas através do endereço eletrónico <marta.motaprego@cm-guimaraes.pt>. O regulamento e todos os documentos necessários para a formalização de candidaturas encontram-se disponíveis na página de internet da Câmara de Guimarães.

| formulário de candidatura e regulamento |

http://www.cm-guimaraes.pt/frontoffice/pages/991?news_id=2788

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE FAFE QUESTIONA ESTRADAS DE PORTUGAL

COMUNICADO

DCS_3918

Presidente da Câmara Municipal de Fafe indignado com situação de Ponte de Passos

É verdadeiramente escandalosa a forma negligente e leviana como as Estradas de Portugal lidaram com a situação da Ponte de Passos.

Trata-se de uma questão com mais de 10 ANOS.

Repetidamente, por vários meios e formas, a Câmara Municipal avisou que a necessidade de intervir na Estrada de Passos iria impedir a utilização desta via como alternativa para evitar a Ponte.

A solução ensaiada com transbordo de passageiros nos extremos da ponte, na nossa opinião, não é aceitável.

As pessoas que utilizam, diariamente, esta estrada nacional não podem ser tratadas assim.

A obra de reparação da Ponte de Passos, que é da responsabilidade das Estradas de Portugal, está num impasse inaceitável.

A Câmara Municipal está disponível para ajudar a encontrar uma solução que permita atenuar o prejuízo que esta situação causa às pessoas que usam esta Ponte.

Já foi pedida mais uma reunião urgente com os responsáveis.

S. MARTINHO PROMOVE EM ARCOS DE VALDEVEZ CASTANHAS E VINHO NOVO

Durante três dias centenas de pessoas divertiram-se no centro histórico de Arcos de Valdevez ao som da silent party, a degustar castanhas e a provar o vinho novo.

s.martinho-2016-.jpg

No passado fim-de-semana Arcos de Valdevez realizou a festa de S. Martinho, uma iniciativa decorrida no centro histórico da Vila e que disponibilizou espaços de tasquinhas e magusto, dinamizados por associações locais, bancas dos Vinhos de Arcos de Valdevez e muita animação com atuação de rusgas populares e do grupo coral Meninos do Vez, bem como com a 2ª edição do Silent Party, a qual este ano contou com duas noites de diversão ao ritmo de música variada.

Esta iniciativa integrou também a 46ª Entronização da Confraria do Vinho Verde, que culminou com a bênção do vinho novo e com a prova que pôde ser desfrutada pelo bastante público presente.

Para o presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, este evento é mais uma forma de dinamizar o turismo e o comércio e de promover os produtos locais. O vinho verde, “único no mundo” é um dos excelentes meios para promover o território, por isso o autarca realça o papel relevante que ele exerce na economia arcuense, atestando a existência de inúmeros produtores e engarrafadores com expressão e dimensão económica importante no concelho.

Por outro lado o vinho está também bastante enraizado ao nível das vivências socio culturais da população, daí o Municipio tentar impulsionar iniciativas que ajudem a promovê-lo, sendo exemplo disso o Festivinhão e a participação e promoção do vinho da região em várias feiras um pouco por todo o país.

João Manuel Esteves afirma assistir com entusiasmo ao crescimento das vendas, das exportações e do Turismo, e ainda ao anúncio que a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes fez que revela que existirão mais incentivos para a reconversão de vinha, bem como autorizações para nova vinha com apoio.

De referir ainda que para sublinhar a celebração do Dia Europeu do Enoturismo o evento integrou um percurso guiado por três Quintas da Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez. Uma iniciativa que está em franco crescimento, com adesão superior ao esperado.

A Festa de S. Martinho foi organizada pelo Município de Arcos de Valdevez e pela Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez.

s.martinho-2016-5.jpg

s.martinho-2016-7.jpg

s.martinho-entronizacao4.jpg

s.martinho-entronizacao8.jpg

FAFE RECEBE CONCERTO QUE CULMINA RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS

Residências Artísticas do 48/20 culminam em concerto. Espetáculo no Teatro Cinema recebe três cantautores

No próximo Sábado, dia 19, o Teatro Cinema recebe um concerto muito especial que culmina as Residências Artísticas em Fafe, fruto do projecto 48/20.

Na sua fase experimental, o 48/20 contou com a realização de uma residência artística em que desafiou os cantautores e multi-instrumentistas Homem em Catárse (Afonso Dorido) e Gobi Bear (Diogo Alves Pinto) a criar um tema original inspirado na estadia em Fafe, com os seus ambientes e suas gentes.

Estas experiências e emoções vão resultar num concerto único e singular no pŕoximo Sábado, ao qual se junta a singersongwriter americana Heather Woods Broderick, artista que acompanha a aclamada Sharon Van Etten ao vivo e nos discos.

Esta é uma oportunidade imperdível para os amantes da música indie norte-americana e do espírito dos cantautores.

Recorde-se que o 48/20 foi um ciclo de concertos lançado em 2015 pelo Município de Fafe que convida exclusivamente cantautores e que fez passar por vários palcos da cidade artistas como Noiserv, Manel Cruz, Sandy Kilpatrick ou The Wooden Wolf.

O concerto tem início marcado para as 21h30 e a entrada é gratuita.

GUIMARÃES AMPLIA CEMITÉRIO DA COSTA

INTERVENÇÃO REFLETE NOVO APOIO ÀS FREGUESIAS 

Presidente da Câmara de Guimarães inaugurou ampliação do cemitério da Costa

Projeto contempla área de ossários e de columbários. Circulação no recinto passa a ser acessível a cidadãos com mobilidade reduzida.

Guimaraes_Costa_Cemiterio_Ampliacao.JPG

O Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, procedeu à inauguração das obras de ampliação e requalificação do cemitério da Costa, numa cerimónia na qual marcou presença o Presidente da Junta de Freguesia, Miguel Ribeiro, membros do Executivo e Assembleia de Freguesia, bem como do pároco Carlos Sousa. A intervenção, financiada pela Câmara Municipal, mediante a atribuição de um subsídio de 70 mil euros, permitiu a criação de uma zona de 30 ossários e de columbários, local onde se depositam as cinzas depois da cremação.

A ampliação do cemitério contemplou também a construção de casas de banho de apoio ao local. O projeto privilegia a acessibilidade de pessoas com mobilidade condicionada, dotando o cemitério com rampas de acesso a cidadãos portadores de deficiência. A nova área contempla também áreas ajardinadas e um espaço próprio para a realização de arranjos florais, além de ter sido contemplada a pré-instalação de um painel solar com o objetivo de garantir a iluminação exterior do espaço.

A intervenção completou-se com a pavimentação circundante à ampliação e com a colocação de condutas de águas pluviais em toda a extensão. A realização da obra de ampliação permitiu igualmente criar uma área restrita para galerias onde serão depositadas as terras excedentárias das inumações. 

«A construção de cemitérios novos, as ampliações ou requalificações são intervenções prioritárias das nossas freguesias. O investimento feito pela Câmara demonstra que é mais equitativo quando estão em causa realizações que, muitas vezes, as freguesias não têm capacidade de suportar financeiramente, porque cada uma tem a sua própria realidade», considera Domingos Bragança.

MUNICÍPIO ARCUENSE REALIZA SIMULACRO DE INCÊNDIO EM ESCOLAS DO CONCELHO

No passado dia 10 de Novembro a Câmara Municipal, em articulação com o Agrupamento de Escolas de Valdevez, os Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, a Guarda Nacional Republicana, a Protecção Civil Municipal, os Serviços de Segurança no Trabalho do Município e a Associação de Pais, realizou um simulacro de incêndio na escola Básica de Arcos de Valdevez Prof. António de Melo Machado e na de Sabadim, Prof. Manuel da Costa Brandão.

simulacro_escola_vila (1).JPG

Foi com grande satisfação que a comunidade escolar participou neste exercício, realizado tendo em consideração as preocupações relativamente à segurança, as quais induzem à necessidade de elaboração de um documento orientador, do conhecimento dos riscos, meios, recursos e atitudes perante uma situação de acidente grave, catástrofe ou calamidade.

Para a Câmara Municipal, é essencial ter em consideração as previsões de possíveis carências e situações disfuncionais, e dotar a comunidade escolar de meios, organizando e formando os meios humanos disponíveis, de forma a limitar efeitos ou danos.

O simulacro decorreu dentro da normalidade e do esperado, tendo o vereador da autarquia, Hélder Barros, destacado o excelente desempenho de todos os envolvidos, bem como a importância da realização destas ações para o bem da comunidade.

simulacro_escola_vila (2).JPG

simulacro_escola_vila (5).JPG

simulacro_sabadim (2).JPG

simulacro_sabadim (9).JPG

HISTORIADORA LIMIANA ALEXANDRA ESTEVES FALA SOBRE O CARDEAL SARAIVA

Município de Ponte de Lima promove sexta conferência de tributo a Cardeal Saraiva. Biblioteca Municipal - 2 de dezembro / 19 horas

No quadro das comemorações dos 250 anos de nascimento de Frei Francisco de São Luís (1766-2016), o Município de Ponte de Lima organiza a sexta conferência de homenagem a uma das personalidades mais elevadas da história religiosa, política e cultural do Portugal oitocentista.

CARTAZ Conferência Alexandra Esteves.jpg

Intitulada “Tensões e conflitos entre liberais e absolutistas no Alto Minho no tempo de Cardeal Saraiva”, a palestra da responsabilidade de Alexandra Esteves - docente na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa - abordará um período especialmente conturbado, de dissidência e conflitualidade ideológicas, que desencadeará diversos episódios de contestação e revolta na região alto minhota a partir da segunda década do século XIX e para lá do fim da guerra civil. Alexandra Esteves sublinhará a dificuldade em impor o ideário liberal na vila de Ponte de Lima, destacará as figuras e os momentos marcantes das fações oposicionistas e considerará a atuação de grupos de bandoleiros – mormente o liderado por Tomás das Quingostas - que, à época, alvoroçaram a região e se insurgiram contra o poder instituído.

O ciclo de palestras de tributo a Cardeal Saraiva termina a 6 de janeiro de 2017 com a comunicação “Frei Francisco de S. Luís e o nosso tempo”, de Luís Oliveira Ramos.

Sobre a conferencista:

Natural de Ponte de Lima, Alexandra Patrícia Lopes Esteves é doutorada em História Contemporânea pela Universidade do Minho, com a tese intitulada “Entre o crime e a cadeia: violência e marginalidade no Alto Minho (1732-1870)”, tendo obtido a classificação máxima e o título de doutoramento europeu. Exerce funções docentes na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais – Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa e na Escola Superior de Educação - Instituto Politécnico de Viana do Castelo, é investigadora integrada do Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT) do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho e colabora em vários projetos científicos nacionais e internacionais.

A sua atividade investigativa centra-se no distrito de Viana do Castelo, no período compreendido entre o século XVIII e os inícios do século XX, e abrange a área da História Social, em particular as questões relacionadas com a saúde, a assistência, a marginalidade, a violência e as prisões, bem como a História do lazer e do turismo.

Autora e coautora de diversos livros e capítulos de livros, bem como de dezenas de artigos científicos, Alexandra Esteves tem apresentado os resultados da sua investigação em revistas da especialidade e em congressos nacionais e internacionais. Uma das últimas obras da autora – “Crimes e criminosos no Norte de Portugal: o Alto Minho oitocentista” – é lançado em 2015 pela Editorial Cáritas.

(Informações adicionais sobre Alexandra Esteves em:http://www.cepesepublicacoes.pt/portal/pt/autores/alexandra-esteves)

https://www.wook.pt/livro/crimes-e-criminosos-no-norte-de-portugal-alexandra-esteves/17090166

FAFE ASSINALA DIA DO ATENDIMENTO DESCENTRALIZADO

Sessão promove apoio a empresários locais

O IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, IP, em parceria com a Câmara Municipal de Fafe, promove, na próxima terça-feira, dia 29 de Novembro, o Dia do Atendimento Descentralizado.

iapmei_3D_horz_A_jpg.jpg

Esta iniciativa, que decorrerá nas instalações do Arquivo Municipal, procura fortalecer espaços de proximidade às empresas, através de serviços de informação e aconselhamento personalizados em zonas onde a Agência não dispõe de representação regional.

Uma equipa técnica do IAPMEI vai estar disponível para responder às dúvidas dos empresários e dos empreendedores da região.

O atendimento será individual, pelo que estará sujeito a marcação e à disponibilidade de vagas.

Para alguma dúvida ou esclarecimento, os interessados podem contactar Ana Teixeira, através do email gae@cm-fafe.pt ou pelo telefone 253 700 400. 

15033750_590387781146730_779496566_n.jpg

CONCELHO DE CAMINHA PREPARA-SE PARA VIVER UM NATAL CHEIO DE ANIMAÇÃO

Câmara pretende tornar o concelho uma rota turística e dinamizar a economia local

A magia de Natal vai fazer-se sentir no concelho de Caminha. O Município está a ultimar os preparativos para que Caminha seja, nesta quadra Natalícia, eleita como uma das rotas turísticas de fim de ano e para dinamizar a economia local.  Para tal, são muitas as propostas que têm para oferecer a todos os que visitarem o concelho, com destaque para a última e mais esperada noite de 2016, que conta com a presença de Marta Ren&TheGroovelvets e ainda o do grupo de Covers Xornas.

natal 2016.jpg

A quadra natalícia é um período de encantamento e muito importante para o desenvolvimento da economia local, nomeadamente para o comércio tradicional. Para que as pessoas sintam que no concelho existe a magia do Natal são muitas as atividades a que pode assistir a partir do dia 1 de dezembro.

No dia 1, ao final da tarde, as ruas de Caminha e Vila Praia de Âncora vão ser iluminadas para bem receberem os caminhenses e visitantes, convidando-os a andar pelas ruas nesta época que se quer mágica. O concelho vai iluminar-se a partir das 19h00.

Nesse dia, arranca uma das novidades desta programação de Natal, a Rota da Rabanada. Durante o mês de dezembro, mais de três dezenas de cafés, pastelarias e restaurantes aderentes do concelho vão ter para “oferecer” entre os 0,25€ e os 5€, aos seus clientes a sua especialidade de rabanada. De leite, vinho, doce de ovos, frutos secos….são muitas as especialidades disponíveis. E, ainda pode ganhar presentes oferecidos pelo Município. Este foi um dos desafios lançados pelo Município de Caminha aos cafés, pastelarias e restaurantes do concelho, com os objetivos de dinamizar o concelho e dar a conhecer as diversas formas de confecionar a rabanada.

O dia 1 de dezembro, ainda vai ser marcado pela apresentação do livro “Contos de Natal”, de Maria José Areal, uma atividade da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha, que conta com o apoio da Câmara Municipal. A apresentação terá lugar pelas 16 horas, no Auditório da Biblioteca Municipal de Caminha.

Nos dias 3 e 4 de dezembro, Caminha vai ser a capital da marioneta, com a promoção da II Festa da Marioneta LusoGalaica – Maluga, que permitirá ao público descobrir a arte da marioneta e o trabalho efetuado nesta Arte, em Portugal e na vizinha Galiza. Esta edição contempla espetáculos, workshops e animações de rua.

Um doscostumes no concelho de Caminha é a Feira de Tradições de Natal.  Com uma procura cada vez maior, estes mercados de Natal onde vai encontrar tudo o que necessita para adoçar e decorar este Natal pretendem dinamizar o concelho, tornando-o atrativo. Caminha acolhe a Feira de Tradições de Natal nos dias 10 e 11 de dezembro e Vila Praia de Âncora nos dias 17 e 18.

O Fitas de Natal volta a preencher as noites de quinta-feira. Esta edição, o Fitas apresenta grandes clássicos cinematográficos: “Maria, Mãe do Filho de Deus”, de MoacyrGóes, 2003, Brasil, (M/12), duração 107 minutos; “Bad Santa”, TerryZwigoff, 2003, EUA (M/12), duração 98 minutos; “WhiteCristmas”, de Michael Curtiz, 1954, EUA, (M/16), 120 minutos e “New Year’sEve”, de Garry Marshall, 2011, EUA, (M/16) 113 minutos.

As Crianças dão cor e magia à quadra Natalícia. Por isso, a Câmara Municipal vai também promover um conjunto de atividades para os mais novos. No dia 10, vai decorrer a animação teatral “As Elfas do Pai Natal vão de Férias”, uma produção da Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho. Esta animação terá lugar no Valadares, Teatro Municipal de Caminha e no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora. As tardes de 11 e 18 de dezembro, são tardes de Fitas de Natal infantis com a exibição dos filmes “Arthur Christmas, de Sarah Smith e Frozen – O Reino do Gelo, de Chris Buck e Jennifer Lee. Nos dias 17 e 18, nas praças das duas vilas, as crianças vão poder assistir ao conto de Natal, participar na oficina de construção de marioneta e ainda aproveitar para tirarem uma fotografia com o Pai Natal. Esta ação é também uma produção da Krisálida. No dia 24, de forma a tornar o Natal no concelho ainda mais mágico, o Pai Natal estará disponível nas praças das duas vilas para mais uma sessão de fotografias.

Os Concertos de Natal vão aquecer os fins de tarde e as noites frias de dezembro. Juntando a sua voz a todos aqueles que, ao redor do mundo, cantam ao nascimento do Deus Menino, o Orfeão de Vila Praia de Âncora, o Coro e Orquestra da Academia de Música Fernandes Fão e a Tuna da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha vão-nos presentear com canções tradicionais de vários países mostrando, assim, a beleza de cânticos que a época de Natal inspira os povos. No dia 16, a Igreja Paroquial de Moledo acolhe o concerto de natal pelo Orfeão de Vila Praia de Âncora. No dia 17, a Igreja de santa Clara, em Caminha, seve de palco ao concerto da Tuna da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha. No dia 18, o Orfeão de Vila Praia de Âncora volta aos palcos, desta feita, na Igreja da Misericórdia de Caminha para mais um concerto.  No dia 22, na Igreja Matriz de Caminha vai decorrer o Concerto de Natal da AMFF. Os concertos de Natal encerram no dia 23 de dezembro, na Igreja Matriz de Vila Praia de Âncora com a atuação do Orfeão de Vila Praia de Âncora.

No dia 18 de dezembro, o dia começa bem cedo com o Passeio de Pai Natal em Bicicleta, corrida e caminhada. É uma organização da Associação de Triatlo de Caminha e Desnível Positivo, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Caminha, Freguesias de Vila Praia de Âncora, Caminha e Vilarelho e Moledo e Cristelo.  

A noite de 31 de dezembroé a noite mais esperada do ano. Em Caminha, a noite é de festa e de glamour, afinal de contas, em “Caminha é onde o Norte passa o ano”. Marta Ren&TheGroovelvets estarão connosco neste Réveillon. Depois de Marta Ren&TheGroovelvets, a noite continua com o Grupo de Covers Xornas.

O Concerto de Ano Novo encerra as atividades da quadra Natalícia em Caminha. Tal como acontece nas grandes capitais europeias, em Caminha também se começa o ano com um grande concerto de música clássica. A magnifica Igreja Matriz de Caminha, um dos ícones arquitetónicos do concelho, vai acolher um concerto, que vai juntar a Sociedade Musical Banda Lanhelense e o Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira.

AMARENSES CAMINHAM PELOS TRILHOS DO CONCELHO

“Amares a caminhar” com sucesso pelos trilhos do concelho

Quase a terminar o primeiro ano da iniciativa “Amares a caminhar”, a Câmara Municipal de Amares traça um balanço “muito positivo” do programa de cerca de 20 caminhadas promovidas pelo Município em parceria com as juntas de freguesias e associações locais. A iniciativa despertou, deste o início do mês de janeiro até ao momento, o interesse de aproximadamente 1200 apaixonados pelo desporto ao ar livre, que se têm aventurado à descoberta dos diferentes trilhos que Amares tem para oferecer.

DSC00283.JPG

Fruto de um trabalho coordenado pelo Gabinete de Associativismo, Desporto e Juventude (GADJ) da Autarquia e organizado em parceria com as associações locais e juntas de freguesia, a aposta neste programa anual de caminhadas tem sido promover o desporto de natureza, associando-o ao património turístico, religioso e cultural do concelho, conjugando, simultaneamente, a saúde e o bem-estar,conforme refere o presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira.

“A adesão das pessoas tem sido magnífica e percebemos que muitas têm feito variados trilhos o que comprova que gostam daquilo que encontram e, neste sentido, só posso sentir que esta é uma aposta ganha e para continuar em força com a mesma vitalidade e dinamismo”, sublinha o autarca que destaca, ainda, a importância de se criarem dinâmicasno território que envolvam os atores locais e, simultaneamente, sejam capazes de atrair visitantes.

Caminhantes satisfeitos com os percursos propostos pelo programa

O Trilho do Penedo do Rebolão (Bouro Santa Marta), o Trilho da Abadia (Bouro Santa Maria), Trilho D. Gualdim Pais, o Trilho das Temas (Caldelas, Sequeiros e Paranhos) e, finalmente, o Trilho do Urjal (Seramil e Bouro Santa Marta) são os percursos sinalizados pelo Município de Amares e que têm reunido o consenso dos caminhantes que, num inquérito efetuado pelo Município de Amares para avaliar o nível de satisfação em relação às caminhadas efetuadas, são unânimes em reconhecer o mérito deste projeto. A maior parte dos inquiridos mostraram-se muito satisfeitos (54.9)e satisfeitos(39.2) com as caminhadas.

Quanto aos motivos apontados para a adesão a estes percursos, 58.8% referiu fazê-lo por saúde e bem-estar, 35.3 por lazer e relações sociais, 2 % por gosto pela natureza, 2% por questões culturais e outros2% por motivos solidários.

As caminhadas de cariz desportivo e cultural são aquelas que reúnem um maior consenso, com uma preferência de 88,2 % dos participantes, seguidasdas que são apenas de cariz desportivo (7,8).

Quanto aos meses mais indicados para efetuar as caminhadas, 82,4% preferem caminhar no período de janeiro a maio, 11,8% de setembro a dezembro e 5,9% de junho a agosto.

O Município de Amares disponibiliza informação sobre os trilhos no site: www.cmamares.pt

DSC01151.JPG

DSC01847.JPG

PR.jpg

TRILHOS 2016 (1).JPG

BARCELENSES ANALISAM OBRA DE JOSÉ RODRIGUES

Conversas sobre a obra de José Rodrigues 

Amanhã, dia 17 de novembro, às 15h00, no Teatro Gil Vicente 

A Câmara Municipal de Barcelos promove amanhã, dia 17 de novembro, uma sessão de Conversas sobre a obra de José Rodrigues, aberta à comunidade em geral, mas dirigidas sobretudo aos alunos de artes do Ensino Secundário e Ensino Superior, com a participação de Cabral Pinto, atual diretor da Bienal de Arte de Cerveira.

A iniciativa está integrada no programa de exposições dedicado ao trabalho de José Rodrigues e que estarão patentes até ao final do mês no Museu de Olaria, Teatro Gil Vicente e Sala Gótica dos Paços do Concelho.

FAMALICÃO: RUSGA DE JOANE APRESENTA TEATRO MUSICAL

No âmbito das comemorações do 25º Aniversário o Grupo Etnográfico Rusga de Joane vai levar a cabo o seguinte espetáculo (teatro musical):

VIVÊNCIAS - Rusga de Joane & Amigos (Teatro Musical)

Data: Domingo, 27 de novembro de 2016

Hora: 16h

Local: Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão (grande auditório)

Entrada Livre (sujeita à lotação da sala)

Este que será o grande momento das comemorações do nosso 25º aniversário, que temos vindo a celebrar ao longo do ano 2016.

Cartaz_Rusga_Casa_Artes_zip (1).jpg

VIANENSES CAMINHAM PELA SERRA DA PADELA

PASSOS DE MEMÓRIA - Trilho dos Sobreiros PR23 (Serra da Padela / Carvoeiro - Viana do Castelo) | 10 de dezembro 2016

Dia 10 de dezembro, realiza-se mais um percurso “Passos de Memória”, com a designação de Trilho dos Sobreiros (PR23), integrado na Rede Municipal de Percursos Pedestres do Município. A Rede Municipal de Percursos Pedestres de Viana do Castelo é mais do que uma ementa de trilhos de mar, rio e de montanha. Pé ante pé, leva o caminhante ao encontro de si mesmo, através da relação com a natureza e com as idiossincrasias das comunidades locais.

Este percurso situa-se na Serra da Padela / Carvoeiro, no concelho de Viana do Castelo e revela a riqueza paisagística, ecológica e cultural. Pontos de interesse: Capela de Santa Ana, Castro do Alto dos Mouros, Parque de Valinhas, Capela de Santa Justa, Lugar da Vacaria, Calçada Nova e Mosteiro Beneditino.

Informações adicionais sobre o Trilho:

Caminhada “Passos de Memória” - Trilho dos Sobreiros PR 23

Local: Serra da Padela / Carvoeiro.

Distância a percorrer: 13,5Km

Grau de Dificuldade: moderado

Âmbito do Percurso: Paisagístico, Ecológico e Cultural

Inscrições: sturismo@cm-viana-castelo.pt

Ponto de encontro: Escola EB1 Carvoeiro

Hora de Partida: 9h00

Entidade Promotora: Câmara Municipal de Viana do Castelo, Conselho Diretivo do Baldio de Carvoeiro e Live Out Life, Lda.

Inscrição:

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição até ao dia 5 de dezembro (caso não atinja o limite de inscrições antes do dia 5/12), através do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt, devendo indicar:

Nome do participante:

Data de nascimento: (formato: dd/mm/aaaa)

Concelho de residência:

Contacto:

E-mail:

Os Percursos realizam-se com um número mínimo de 10 inscrições e máximo de 40.

Mais informações através do telefone: 258 809 350 do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt

Os percursos, que são um excelente modo de conhecer o património cultural e natural do município, além de promover o exercício físico, permitirão conhecer locais com paisagens deslumbrantes. Use sempre equipamento de acordo com a estação do ano, como impermeável, chapéu, calçado e vestuário adequado. Privilegie a água e a fruta nos seus mantimentos.

Caminhe connosco por estes passos de memória …