Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES INAUGURA BIBLIOTECA ESCOLAR

ESTA SEXTA-FEIRA, 11 NOVEMBRO (10H30)

Câmara de Guimarães inaugura em S. Torcato a 51ª biblioteca da rede escolar do concelho

Guimarães é o segundo concelho do país com mais bibliotecas escolares. Novo espaço disponibiliza livros de todas as áreas de conhecimento.

Guimaraes_Sao_Torcato_Escola_Mosteiro.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães vai proceder à abertura da sua 51ª biblioteca escolar do concelho, inaugurando um espaço multifuncional no Centro Escolar do Mosteiro, esta sexta-feira, 11 de novembro, às 10:30 horas, numa cerimónia onde marcará presença o Presidente do Município, Domingos Bragança.

A criação da Rede de Bibliotecas Escolares do Concelho, assumida pela Câmara de vital importância, complementa o trabalho realizado pela Biblioteca Municipal Raul Brandão. A Organização das Nações Unidas considera as bibliotecas escolares essenciais no programa educativo da escola, proporcionando o acesso aos livros e aos diferentes suportes de informação, melhorando a qualidade de vida das populações e fortalecendo hábitos quotidianos.

RUSGA DE SÃO VICENTE DE BRAGA DESCE AO TERREIRO E RECRIA O “BOTAR DAS ALMAS”

A Rusga desce ao Terreiro - Lançar ou Botar das Almas

É já no próximo domingo, dia 13, pelas 15h:30, que a Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, leva a efeito no terreiro da torre de Menagem (centro de Braga), a 6ª edição da iniciativa 'A Rusga desce ao terreiro'.

12239689_558751420942338_7516218037806051189_n.jpg

Como vem sendo hábito, no domingo seguinte ao dia de São Martinho, a Rusga promove um magusto público para quem deambula pelo centro histórico da cidade. O crescendo do evento regista-se a todos os níveis, nomeadamente, a adesão do público vindo de concelhos vizinhos, para além dos 'amigos rusgueiros' e demais público já fidelizado a este evento.

Com esta iniciativa, a Rusga encerra, tal como começou, o programa comemorativo do seu 50º aniversário, sob o lema: "Há 50 anos a Rusgar...".

A reposição deste trecho, salvaguardando as contingências da contemporaneidade, tenta repor os folguedos dos nossos antepassados mais próximos, que aconteciam nos terreiros das nossas aldeias.

12243264_557988984351915_9038518269225307818_n.jpg

Para os moços e moças da aldeia, o dia do Senhor, começava bem mais cedo que os demais dias da semana. É que, antes de sair para missa, o gado e demais bicharada doméstica, teria que ficar arrumada. Só restava o curto espaço de tempo depois da refeição do meio-dia até, ao toque dos sinos para a chamada do terço, para que eles e elas ou namoricos, pudessem colocar a conversa em dia, de premeio com os folguedos permitidos entre; modas cantadas e tocadas, desgarradas e as muitas danças de roda já muito bem assumidas por todos os presentes.

Após este momento de recriação, sempre partilhado com o público presente, em torna da fogueira de São Martinho, onde estarão as castanhas a assar, a prestação da Rusga terminará com a reposição do "Botar ou Lançar das Almas", Ritual religioso praticado pelo nosso povo, com maior devoção no mês de novembro, mês das Almas.

12246768_556444351173045_8906982368025607205_n.jpg

12274573_558751247609022_8438211519171608967_n.jpg

15953896_jrHAp.jpeg

MUNICÍPIO DE FAFE IMPLEMENTA E-PAPER

Solução permite reduzir utilização de papel e tornar serviços mais eficientes e transparentes

A Câmara Municipal de Fafe implementou nos serviços da Autarquia, a partir do dia de hoje, o e-paper, uma solução informática que permite a recepção e tramitação digital dos processos de Urbanismo.

DSA_7883A.jpg

Este é um projecto que procura promover a simplificação, automação e desmaterialização dos procedimentos administrativos relacionados com a gestão urbanística.

Durante a apresentação desta nova ferramenta, Raul Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Fafe, explica que este projecto “surge pela necessidade de proceder à tramitação dos processos em papel para o digital, de todo o tipo de processos urbanísticos, num conceito de simplificação e desmaterialização dos projectos.

Este é mais um importante passo em todo um trabalho que tem vindo a ser implementado na Autarquia, com o objectivo mais amplo de simplificar a vida às pessoas e tornar os serviços mais eficientes, mais rápidos e mais transparentes.

“Um computador e uma ligação à Internet é tudo o que precisa para poder aceder ao e-paper. Acreditamos ser uma mais valia para os munícipes.”, remata o autarca.

Eugénio Marinho, Vereador do Pelouro do Urbanismo, explica que “o e-paper é uma solução de gestão digital de ficheiros, que permite abolir a necessidade primordial da utilização do papel. É um projecto que há muito ambicionávamos e que está integrado na estratégia do Município de desmaterialização de processos de obras particulares.”

Num primeiro momento, os documentos poderão ser entregues das duas formas, em papel ou via informática, permitindo-se, assim, uma adaptação ao processo por parte dos munícipes e funcionários da autarquia. Findo esse período de transição, a entrega de documentos será feita apenas pela via digital.

A informação relativa aos procedimentos para a apresentação e instrução dos processos urbanísticos em suporte digital poderá ser encontrada no site do Município de Fafe.

DSA_7904A.jpg

DSA_7909A.jpg

DSA_7919A.jpg

VIANA DO CASTELO JUNTA CONJURADOS DO MINHO

As Reais Associações de Viana do Castelo e Braga, convidam a participar no “Jantar dos Conjurados” que se realizará no dia 30 de Novembro de 2016, pelas 20h00m, na Quinta da Presa, Meadela, Viana do Castelo, no qual o Senhor Coronel e historiador militar, Américo José Henriques, fará uma intervenção sobre o tema “A ocupação filipina e a Revolução do 1.º de Dezembro de 1640”.

14958447_1172840836128573_488010486_n.jpg

Terá também lugar a cerimónia de entrega dos prémios dos Concursos Escolares que decorreram no ano Lectivo 2015/2016, organizados pela Real Associação de Viana do Castelo, sobre o tema "O Primeiro de Dezembro de 1640 - A Restauração da Independência de Portugal".

Preço do Jantar:

Adultos: 18,00 €

Crianças:

Até aos 5 anos: não pagam

dos 6 aos 12 anos: 10,00 €

As inscrições encontram-se limitadas à capacidade da sala pelo que deverão ser feitas com a maior brevidade possível e impreterivelmente até ao dia 26 de Novembro, para o e-mail da Real Associação de Viana do Castelo, ou para o Fax n.º 258 743 840, devendo ser enviada a indicação do nome, ou nomes dos participantes e um telefone de contacto, acompanhadas do respectivo comprovativo de depósito ou transferência bancária efectuada para:

Caixa de Crédito Agrícola

NIB: 0045 1427 4002 6139 2424 7

IBAN: PT 50 0045 1427 40026139242 47

SWIFT: CCCMPTPL

Localização:

A “Quinta da Presa” fica situada na encosta da Meadela, a 2 quilómetros de Viana do Castelo e perto da saída da Auto-estrada A28.

Se vem pela SCUT A28 (Porto - Valença), sair em Meadela na saída 24. No final, ao desembocar numa rotunda sair para a direita na Estrada Nacional 302 e virar no primeiro entroncamento à esquerda na Rua do Calvário seguindo até à rua da Presa e Rua da Portela.

Se vem pela SCUT A28 (Valença - Porto) a saída é a mesma, assim como se vier pela A27 (Ponte de Lima-Viana do Castelo).

Coordenadas GPS:

41.711752,-8.807262

Quinta da Presa

Rua da Presa, 110

Meadela

4900-790 Viana do Castelo

Tel.: 258 823 771

Para mais informações contactar por favor a Real Associação de Viana do Castelo, através do e-mail: real.associacao.viana@gmail.com  ou para os telemóveis dos Presidentes da Direcção, das Reais Associações de Viana do Castelo e Braga, respectivamente Dr. José Aníbal Marinho, 961 318 001 e Dr. Gonçalo Pimenta de Castro 919 932 154.

Este evento conta também com a colaboração da Real Associação do Porto.

BENEDITA AGUIAR APRESENTA EM TERRAS DE BOURO O PROJETO PT CREATIVE VILLAGE

Dia 11 de novembro, na Câmara Municipal de Terras de Bouro, Projeto PT CREATIVE VILLAGE dinamiza workshop “Da Ideia ao Negócio”

O Projeto PT CREATIVE VILLAGE, iniciativa promovida pela Associação Famílias com o apoio do POCI/COMPETE pretende promover o empreendedorismo qualificado e criativo, nas NUT`s NORTE e CENTRO, captando, fixando e desenvolvendo conhecimento, criatividade e inovação.

14232447_10208644657647069_725398395065007091_n.jpg

Benedita Aguiar, consultora do projeto PT CREATIVE VILLAGE dinamiza workshop “Da Ideia ao Negócio”

 

De acordo com Benedita Aguiar “O conhecimento é cada vez mais valorizado e, por essa via, o desenvolvimento de capacidades que apoiem a recolha e assimilação de saberes e técnicas assume um papel preponderante”. Nesse sentido, pretende-se desenvolver, no próximo dia 11 de novembro, pelas 15h, na Câmara Municipal de Terras de Bouro, um workshop subordinado ao tema “Da ideia ao negócio” que “possibilite aos potenciais empreendedores o desenvolvimento de competências fundamentais ao aperfeiçoamento do seu perfil empreendedor e à sua capacitação em áreas diretamente relacionadas com as dinâmicas de empreendedorismo”, adiantou Benedita Aguiar.

São objetivos desta ação facilitar a aquisição de competências aos potenciais empreendedores; promover a disseminação de conhecimentos no âmbito do empreendedorismo e estimular e apoiar o espírito empreendedor.

Os beneficiários desta ação são potenciais empreendedores, com manifesto interesse no desenvolvimento dos seus conhecimentos e no aperfeiçoamento das suas capacidades. Com esta iniciativa será possível facultar aos empreendedores e potenciais empreendedores a oportunidade de se capacitarem de uma forma complementar e estruturada.

Com esta ação pretende-se responder à necessidade apresentada pelos empreendedores e potenciais empreendedores em se capacitarem de uma forma complementar e estruturada, possibilitando-lhes soluções mais benéficas e mais enquadradas com as suas necessidades, do que aquelas que o mercado apresenta na região.

Esta ação visa, regionalmente, atuar sobre a lacuna sentida pelos empreendedores e potenciais empreendedores na disponibilização de uma agenda de ações de capacitação à sua medida.

Os interessados em saber mais informações sobre o projeto deverão contactar a Associação Famílias, através do número 253611609 ou dirigir-se à sede, sita na Rua dos Sapatelos, nº 38 4710-441 Braga (São Victor). Poderão ainda enviar um email para associacao.familias@gmail.com

Este evento insere-se também na XVI edição da Feira- Mostra de S. Martinho nas Terras do Gerês.

tbtbtbtbt.jpg

tbtbtbtbt (2).jpg

BRAGA REALIZA JORNADAS SOBRE O PODER LOCAL

Jornadas Científicas terminam amanhã. Poder Local com papel determinante no desenvolvimento dos territórios

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, participou hoje, 10 de Novembro, nas jornadas científicas sobre os 40 anos do Poder Local, que decorrem até amanhã, na Universidade do Minho.

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003466.jpg

Na sessão, organizada em parceria com a Associação de Estudos de Direito Regional e Local (AEDRL), Ricardo Rio destacou a importância do trabalho do Poder Local no processo de transformação das comunidades, salientando o forte “impacto em termos de desenvolvimento do território, de valorização e criação de condições de qualidade de vida para as populações”. Apesar de todas as condicionantes com que se deparam as Autarquias, quer em termos financeiros, quer ainda de recursos humanos, Ricardo Rio defendeu que a actividade autárquica deve sempre pautar-se por uma “verdadeira cultura de serviço à comunidade”.

Para o Edil, o enquadramento legal existente é uma “realidade muito pouco estável” que coloca grandes desafios às Autarquias, nomeadamente no que concerne à capacidade de corresponder a todas as suas obrigações formais. “Há condicionantes que, muitas vezes transformam processos que deveriam ser expeditos do ponto de vista de gestão interna, em processos massificados que prejudicam a capacidade de resposta e a própria produtividade das Autarquias”, sustentou.

Em termos financeiros, Ricardo Rio lamentou a falta de correspondência entre as responsabilidades que são atribuídas às Autarquias e o envelope financeiro que lhes é atribuído. Por outro lado, “do ponto de vista do próprio funcionamento existe ainda uma grande desconformidade entre aquilo que é a parcela que está reservada às autarquias, provenientes das receitas públicas, e aquilo que são as suas áreas de intervenção”.

Também no que concerne aos recursos humanos, o presidente da Câmara Municipal deu conta da necessidade de se “injectar sangue novo nos quadros das Autarquias, ajustando os perfis dos colaboradores às novas dimensões e áreas de responsabilidades que são atribuídas ao Poder Local”.

Por fim, Ricardo Rio referiu-se ao trabalho desenvolvido pela AEDRL que tem contribuído decisivamente com o seu conhecimento para o bom funcionamento do Poder Local. Em Braga, o Município tem trabalhado de perto com esta associação em diversas matérias, nomeadamente na criação de um modelo pioneiro de acordos de delegação de competências celebrados com todas as Juntas e Uniões de Freguesias do Concelho, e que tem sido replicado por outros Municípios.

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003467.jpg

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003469.jpg

PONTE DA BARCA APROVA PROPOSTA DE OPERAÇÃO DE REABILITAÇÃO URBANA DO CENTRO HISTÓRICO

Intervenções estruturadas vão permitir uma qualificação e valorização substanciais dos edifícios, do espaço público e dos equipamentos existentes

A Operação de Reabilitação Urbana (ORU) do Centro Histórico de Ponte da Barca, surge da necessidade de reabilitar imóveis que evidenciem níveis de degradação assinalável e do interesse em que se consolide a dinâmica em curso de requalificação dos espaços e equipamentos públicos, bem como o incrementar da dinamização do tecido económico e social.

Segundo o Presidente Vassalo Abre 'esta operação apoia-se numa estratégia coerente que visa a reabilitação articulada do espaço público, melhorando as condições de mobilidade e estadia, a requalificação e valorização dos equipamentos e o património cultural, bem como a reabilitação do edificado privado que apresente avançado estado de degradação, por forma a dotá-lo de condições de uso que respondam aos requisitos atuais de utilização'.

Para a concretização desta operação prevê-se o acesso a fundos comunitários através do programa operacional Norte 2020 e de instrumento financeiro de reabilitação urbana (IFRRU), bem assim como a aplicação dos incentivos aos proprietários, e titulares de outros direitos, nos termos aprovados no âmbito da delimitação da ARU (área de Reabilitação Urbana), na reabilitação do edificado privado.

A estratégia de intervenção da ORU do centro histórico de Ponte da Barca assenta no cumprimento de três tipos de ações estruturantes: reabilitar e qualificar edifícios e equipamentos; qualificar o espaço público e dinamizar e viver a Vila de Ponte da Barca. No seu todo, estas ações traduzir-se-ão numa melhoria substancial do espaço intervencionado, ao mesmo tempo que criam sinergias com o tecido económico local.

Em breve será publicado em Diário da República o período de discussão pública do projeto, altura em que o mesmo, será, também, disponibilizado para consulta na página oficial do Município de Ponte da Barca.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO VISITA FÁBRICA DE CALÇADO

Celorico Mais Rendimento apresentado oficialmente

Os funcionários de uma empresa de calçado sediada na Zona industrial de Carvalho, receberam hoje, 10 de novembro, a visita do presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto para apresentar o projeto “Celorico Mais Rendimento”.

_DSC0135.jpg

“Inicialmente, este projeto será destinado aos trabalhadores das zonas industriais de Celorico de Basto e procurará criar condições para que os trabalhadores com determinados rendimentos possam chegar ao fim do mês com maior liquidez financeira” disse o autarca Joaquim Mota e Silva. “Queremos que tenham acesso a um conjunto de apoios nomeadamente transportes e apoios sociais com destaque para a isenções no prolongamento de horário dos filhos, favorecendo a poupança e assim, ajudar a criar riqueza a essas famílias”. O autarca salientou ainda, durante apresentação do projeto, que estão a ser criadas condições para a fixação de novas empresas nas zonas industriais de Celorico de Basto. Destacou também que 20% das empresas fixadas são de calçado, um sector que cresce exponencialmente em Celorico de Basto.

“Numa altura em que há um número crescente de empresas a querer fixar-se nas nossas zonas industriais, é fundamental criar medidas que ajudem a dignificar o trabalho e os trabalhadores” realçou.

A sessão de apresentação do projeto decorreu na empresa Topikrelevo, que empresa cerca de 150 funcionários mas tem espaço e condições de crescimento, empregando mais pessoas.  

Durante a sessão, e de forma simbólica, o presidente da Câmara Municipal fez a entrega dos cartões “Celorico Mais Rendimento” a alguns funcionários da empresa.

O projeto Celorico Mais Rendimento abrangerá, numa primeira fase, os empregados com determinados rendimentos fixados em tabela. Estes beneficiários terão direito a usufruir de uma rede de transportes, cantinas sociais, isenção em infantários e escolas e outros benefícios articulados entre o setor público e as entidades privadas que se queiram associar ao projeto.

Para aderir, os empregados deverão dirigir-se aos serviços de Ação Social da Câmara Municipal de Celorico de Basto ou à sede da Qualidade de Basto E.M. S.A. Numa primeira fase, os técnicos do município deslocar-se-ão às empresas para inscrição dos empregados, possíveis beneficiários. Se os serviços verificarem que a pessoa inscrita tem direito a estes apoios ser-lhe-á entregue o cartão de identificação Celorico Mais Rendimento.

_DSC0152.jpg

_DSC0196.jpg

_DSC0202.jpg

FIGURADO DE BARCELOS IMORTALIZADO E HOMENAGEADO AGORA EM MOEDA NACIONAL

Moeda do Figurado de Barcelos é lançada no Museu de Olaria, dia 18 de novembro, às 17h30

A importância cultural de Barcelos no país fica agora registada em moeda e já tem data para poder ser adquirida. A moeda especial de 2,5 euros, emitida pelo Banco de Portugal, integrada na série "Etnografia Portuguesa", denominada "O Figurado de Barcelos"vai ser apresentada oficialmente no próximo dia 18 de novembro, às 17h30, no Museu de Olaria, com a presença do Presidente da Imprensa Nacional Casa da Moeda, Rui Carp, e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

Cartaz Lançamento Moeda Figurado de Bracelos.jpg

A escultora Baiba Šime, responsável pelo design da Moeda, que tem na face um escudo nacional rodeado por oito galos de Barcelos e conta no verso com várias figuras do bestiário da cidade, também estará presente e vai encontrar-se com alguns dos mais prestigiados mestres barristas de Barcelos, Júlia Cota, João Ferreira, Irmãos Baraça e Mistério que estarão a assinalar o momento com o seu trabalho ao vivo.

Os colecionadores de divisas vão poder acrescentar mais um modelo do Banco de Portugal à coleção. Para os aficionados em numismática, a moeda poderá ser adquirida no local, no dia, e posteriormente através das instituições de crédito e das tesourarias do Banco de Portugal.

PROGRAMA:

-Abertura

-Apresentação da Moeda Figurado de Barcelos - Presidente da Imprensa Nacional Casa da Moeda, Rui Carp

-Apresentação do encarte Figurado de Barcelos pela ACOBAR - Associação de Colecionadores de Barcelos - Presidente da ACOBAR, Constantino Ribeiro

-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes

-Conferência subordinada ao tema "Origem e Evolução do Galo de Barcelos no Contexto do Figurado Local" - João Mimoso, Investigador LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil)

SENIORES DE AMARES FESTEJAM O S. MARTINHO

Seniores de Amares viveram tarde de convívio no “ São Martinho toca a mexer”

Muita animação e convívio marcaram a tarde de ontem de quase duas centenas de seniores que participaram no “ São Martinho toca a mexer”, um magusto promovido no âmbito da iniciativa do "Desportiv@Mente 2.0", dinamizado ao abrigo do Plano Nacional de Desporto para Todos, promovido pelo IPDJ, e coordenado pelo Clube Desportivo, Recreativo e Cultural Amarense (CDRCA), em parceria com a Câmara Municipal de Amares e a Valoriza.

DSC09282.JPG

Música, dança, jogos tradicionais e a boa castanha assada foram os ingredientes principais para uma tarde especial e de salutar convívio entre idosos de várias IPSS´s do concelho de Amares e de zonas limítrofes e para os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais – CAO Ser Igual, numa iniciativa promovida pelo segundo ano consecutivo e acarinhada pelo Município de Amares, representado pelo presidente, Manuel Moreira, e pelo vice-presidente, Isidro Araújo.

A Câmara de Amares reconhece e louva esta iniciativa pela alegria e partilha que proporciona a todos os envolvidos, reforçando o contributo destas ações para uma comunidade ativa e feliz.

DSC09301.JPG

DSC09306.JPG

DSC09332.JPG

FAMALICÃO APRESENTA 3ª MEIA MARATONA

Conferência de imprensa realiza-se na próxima segunda-feira, dia 14, pelas 17h00, na Casa das Artes

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o diretor da Runporto, Jorge Teixeira, apresentaam a 3.ª Meia e Mini Maratona de Vila Nova de Famalicão, na próxima segunda-feira, dia 14, pelas 17h00, na Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão. 

Meia e Mini Maratona de Famalicãocc.jpg

A prova, que nos primeiros dois anos teve mais de 3 mil atletas inscritos, realiza-se no dia 27 de novembro, às 10h00, e é organizada pela Runporto, em parceria com a Câmara Municipal de Famalicão e a Associação de Atletismo de Braga.  Para além da corrida cronometrada de 21 quilómetros, a Meia Maratona conta também com uma caminhada de 5 quilómetros, ambas com partida da Avenida do Brasil e chegada no Parque de Estacionamento da Casa do Território, no Parque da Devesa.

JOSÉ RODRIGUES CONVERSA EM BARCELOS ACERCA DA SUA OBRA

Dia 17 de novembro, às 15h, no Teatro Gil Vicente

Cabral Pinto, atual diretor da da Bienal de Arte de Cerveira, estará em Barcelos no próximo dia 17 de novembro para falar sobre a vida e obra do artista recentemente falecido, José Rodrigues. As conversas decorrem no auditório do Teatro Gil Vicente, às 15h, e são abertas à comunidade em geral, mas dirigidas sobretudo aos alunos de artes do Ensino Secundário e Ensino Superior.

A iniciativa está integrada no programa de exposições dedicado ao trabalho de José Rodrigues e que estarão patentes até ao final do mês no Museu de Olaria, Teatro Gil Vicente e Sala Gótica dos Paços do Concelho.

De desenhos a esculturas, passando pelos cenários, Barcelos acolhe neste momento três exposições do escultor, um nome incontornável da história da arte portuguesa. O artista plástico, que integrava o famoso grupo d’ Os Quatro Vintes e foi fundador da Bienal de Cerveira, será recordado pela cidade neste programa de homenagem que se prolonga até ao final do mês. A entrada é gratuita e, até ao dia 20 de novembro, o Serviço Educativo do Museu de Olaria organiza visitas guiadas gratuitas às exposições, com duração de cerca de 80 minutos.

As marcações devem ser feitas através do e-mail servicoeducativo@cm-barcelos.pt.

CARLA CRUZ, DEPUTADA DO PCP ELEITA PELO CÍRCULO DE BRAGA QUESTIONA MINISTRO DO AMBIENTE SOBRE O PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS

Decorreu ontem na Assembleia da República a audição do Ministro do Ambiente no âmbito da discussão da especialidade da proposta de orçamento de estado para 2017.

PCP-simb.gif

Nessa audição, a deputada do PCP eleita pelo círculo eleitoral de Braga, questionou o governante sobre a Gestão do Parque Nacional Peneda Gerês, designadamente “a concretização do modelo de gestão de proximidade a aplicar às áreas protegidas”. A deputada questionou mesmo o Governo se esta gestão de proximidade contemplava a afectação ao PNPG de um director próprio.

Em resposta, a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza informou que o modelo de gestão de proximidade contempla “reforço orçamental, alargamento e contratação de mais vigilantes da natureza e dotá-los de equipamentos”. Disse, ainda, no que toca ao PNPG que o modelo de gestão de proximidade abrange também a criação de 10 equipas para sapadores florestais, o envolvimento activo da população, dos municípios e das associações. Para além disto, vão avançar com a criação de programas especiais de ordenamento das áreas protegidas.

Sobre esta resposta e este modelo de Gestão, o PCP considerando positivo o envolvimento das populações, dos municípios e associações na gestão, da contratação dos vigilantes da natureza e das equipas de sapadores não pode deixar de afirmar que o modelo apresentado não responde cabalmente às necessidades do PNPG.

O PCP reafirma que o PNPG precisa de um Director exclusivo, bem como de reforço de meios financeiros para cumprir integralmente os propósitos que estiveram na base da criação do Parque Nacional e não deixará de se bater por esse propósito.

O Gabinete de Imprensa da DORB do PCP

BRAGA DEBATE DESAFIOS DA MOBILIDADE

Seminário reúne especialistas nacionais e internacionais

A mobilidade é o tema central do seminário internacional e interdisciplinar que decorre entre hoje e amanhã em Braga. Subordinado ao tema ‘Viver em | a mobilidade: Rumo a Novas Culturas do Tempo, Espaço e Distância’, o evento reúne vários especialistas nacionais e estrangeiros e tem por intuito abordar a mobilidade numa perspectiva sustentável e alinhada com o objectivo de melhorar o bem-estar e aumentar a qualidade de vida das populações.

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003471.jpg

A sessão de abertura, que decorreu no gnration, contou com a presença de Miguel Bandeira, vereador do Urbanismo do Município de Braga, que valorizou o “alcance e o carácter pioneiro” desta iniciativa, que se insere na relação de aproximação entre a Câmara Municipal e a Universidade do Minho (UMinho).

Como explicou Miguel Bandeira, “no passado, Braga não cumpriu a modernidade de ter uma rede de infra-estruturas rodoviárias adequadas ao tráfego que tinha e, nesta altura, continua nesse impasse de ter que resolver problemas determinantes, uma vez que é essencial dar respostas urgentes a problemas clássicos”.

Actualmente, a dimensão da mobilidade em Braga “inscreve-se no registo do planeamento e na expectativa de financiamento dos fundos europeus, que atribuem uma importância determinante à perspectiva de desenvolvimento dos próximos anos”, referiu o Vereador, lembrando que o próximo quadro comunitário destina metade do seu volume financeiro para o tema da mobilidade.

Dos problemas enunciados por Miguel Bandeira, destaca-se a ausência de uma circular de comutação de tráfego rodoviário. “Temos estradas dentro da Cidade que conjugam tráfegos de intercidades com tráfegos domésticos e um dos desafios que temos ao nível do planeamento é o de valorizar a dimensão intermodal”, disse.

Durante a sua intervenção, Miguel Bandeira apontou os cinco objectivos do Município de Braga na área da mobilidade: promover o planeamento da mobilidade de modo integrado; promover os modos suaves (pedonal e clicável), assim como a mobilidade condicionada; planear e gerir a rede viária da área pedonal, do tráfego e do estacionamento; monitorizar o tráfego e a mobilidade e, por último, operacionalizar a Autoridade Municipal de Transportes.

Também a dimensão da ecovia do Cávado e do Homem mereceu atenção por parte do responsável pelo Urbanismo, explicando que se trata de um projecto sediado na CIM Cávado e que pretende fazer uma “interconexão meridiana às ciclovias existentes, com aquelas que são de ligação à Galiza, o que permitirá um alcance muito importante”.

Em Braga este projecto encontra-se na primeira fase e vai ter uma extensão de 14 km. “Temos uma equipa a trabalhar neste projecto em articulação com a UMinho, e que vai possibilitar dar um salto qualitativo através da ligação dos eixos circuitáveis entre o Campus de Gualtar, o centro da Cidade e a estação ferroviária”. Posteriormente, explicou, “avançaremos para trabalhos que possibilitem a coexistência de tráfego entre velocípedes, transportes públicos e automóveis na Rodovia e, depois, projectar duas vias meridianas clicáveis na Avenida da Liberdade e na Avenida 31 de Janeiro”, concluiu Miguel Bandeira.

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003472.jpg

CMB10112016SERGIOFREITAS0000003474.jpg

BRAGA É CIDADE AMIGA DAS CRIANÇAS

Braga formaliza adesão ao Programa ‘Cidades Amigas das Crianças’ da UNICEF

O Município de Braga acaba de formalizar a adesão ao Programa ‘Cidades Amigas das Crianças’ da UNICEF, iniciativa que visa promover a aplicação dos direitos das crianças nas decisões, políticas e programas dos municípios portugueses.

Cidades Amigas das Crianças.jpg

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, a adesão a este programa, que incentiva a adopção de políticas coordenadas para a infância e adolescência, “constitui um primeiro passo para o reconhecimento de Braga como ‘Cidade Amiga das Crianças’”.

O protocolo, assinado com o Comité Português para a UNICEF, prevê a implementação de um Plano de Acção Local, a constituição de um grupo coordenador representativo dos diferentes sectores com impacto na vida das crianças, assim como a indicção de um elemento que ficará responsável pela ligação com a Comissão Coordenadora do Programa.

Com base no diagnóstico local e na estratégia definida, o Município Bracarense irá elaborar um Plano de Acção Local que irá incluir as medidas que promovam o bem-estar de todos os cidadãos, em particular das crianças, bem como criem condições favoráveis ao desenvolvimento saudável e incentivem a participação dos cidadãos mais jovens na vida da comunidade.

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE VI SEMANA MUNICIPAL PARA A IGUALDADE

De 19 a 25 de novembro, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promove a VI Semana Municipal para a Igualdade.

cartaz_semana_igualdade.jpg

Nesta edição, pretende-se direcionar o debate em torno da igualdade e a sua relação com a deficiência, focando as dificuldades que as pessoas portadoras de deficiência enfrentam no seu quotidiano e ainda mostrar à população as competências e qualidades que mesmo quem enfrenta muitas dificuldades possui.

Neste contexto, a Semana iniciar-se-á, no dia 19, comemorando o Dia Internacional do Homem, com a participação/atuação de utentes das IPSS’s do concelho ligadas à deficiência (Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, ASSIS – Associação de Solidariedade Social, Integração e Saúde do Norte e Casa de Trabalho de Fontarcada), que engrandecerão um Café Concerto Inclusivo (20h45), no Theatro Club. Estará também presente uma artista da Sociedade de Artistas Deficientes Manuais que pintará ao vivo um quadro com o pé.

Nos dias 21 e 22, seguir-se-á a Semana com as Olimpíadas para a Igualdade, Inclusão e Cidadania (das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 16h30), que envolvem a realização de diversas atividades desportivas pelas Associações Nacionais de Desporto para pessoas portadoras de deficiência, no Pavilhão 25 de Abril. Nos dois dias das Olimpíadas, existirão quatro momentos de demonstração de diferentes modalidades de desporto adaptado. A comunidade em geral e em particular a comunidade escolar e utentes das entidades locais terão a oportunidade de ver, experimentar e jogar com os/as atletas, alguns/algumas deles, paralímpicos.

No dia 23, será abolida uma barreira arquitetónica existente no centro da Vila, junto à Praça Eng. Armando Rodrigues, através da colocação de uma rampa. Com esta intervenção, proporciona-se a toda a população as mesmas condições de acesso àquela Praça, que é um local central e de lazer, assim como ao comércio local.  

No dia 24, realizar-se-á uma ação de sensibilização com a presença da carrinha do Roteiro “Cidadania em Portugal” (entre as 8h00 e as 16h00), no espaço da Feira semanal e depois na Praça Eng. Armando Rodrigues. Desafiar as comunidades locais de todo o país a uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre a cidadania e participação cívica é o mote para o Roteiro “Cidadania em Portugal”. De tarde, no auditório da Casa da Botica, realizar-se-á um Fórum sobre a Diversidade (14h30), em que, de entre outros temas, se abordará a deficiência.

A Semana culminará, no dia 25, Dia Mundial para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, com o descerramento de um mural em homenagem a todas as vítimas de violência doméstica (9h55), na Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso. A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso lançou o desafio à Direção do Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso para ser pintado um mural de homenagem às vítimas, na escola-sede. Desafio aceite, a obra cresceu por mão dos/as alunos/as. Com este gesto quer-se que perdure e jamais seja esquecido o sofrimento de milhares de pessoas que encontram em suas casas, o local mais perigoso de todos.

Em parceria com a GNR local, no dia 25, será realizada uma caminhada de sensibilização (9h00), nas ruas centrais da Vila, com a distribuição de flyers com informação relacionada com a violência de género. 

Paços do Concelho (maio de 2014).jpg

CERVEIRA-TOMIÑO TÊM ORÇAMENTO TRANSFRONTEIRIÇO

Já pode votar no Orçamento Participativo Transfronteiriço Cerveira-Tomiño

Arranca hoje o período de votação do Orçamento Participativo Transfronteiriço (OPT) Cerveira-Tomiño. População dos dois concelhos é desafiada a escolher, até 10 de dezembro, três projetos a concretizar em conjunto em 2017. Processo é simples e decorre através do sitewww.participacerveiratomino.eu

Orçamento Paticipativo Transfronteiriço.png

São seis os projetos apresentados para que cerveirenses e tominenses, maiores de 18 anos e eleitores nos concelhos, possam escolher os três preferidos, um por cada categoria de intervenção identificada.

Na Educação, as propostas são a realização da Semana da Comunidade Educativa Cerveira-Tomiño 2017 oudo 1º Campus Desportivo e Educativo Cerveira-Tomiño; na Cultura, a organização da Festa Amizade Cerveira-Tomiño ou de um Encontro de Criatividade Cultural e Música do Minho; e na Acção Social, a elaboração de um Programa de Voluntariado de Apoio à Inclusão Social Infantil e Juvenil ou de um Programa transfronteiriço para a informação, apoio e visibilidade das problemáticas de acessibilidade.

O processo de votação é simples,apenas implicando o registo do nome e número de cartão de eleitor no portal (participacerveiratomino.eu), clicar em Participa, selecionar um projeto por cada categoria e votar. A participação é validada após o cruzamento da informação pessoal do registo com os cadernos eleitorais, de forma a ser o mais transparente possível.

O período de votação é de um mês, terminando no dia 10 de dezembro. A apresentação dos três projetos mais votados está agendada para dia 12 de dezembro.

O Orçamento Participativo Transfronteiriço Cerveira-Tomiño é um projeto pioneiro na Euro-Região Norte de Portugal/Galiza que tem como objetivo incentivar aos cidadãos dos dois concelhos vizinhos na concretização de soluções para colmatar necessidades comuns. O orçamento previsto de 20.000 euros, financiado a 50% pelas duas câmaras municipais, servirá para custear os projetos assumidos conjuntamente, após a votação popular.De relembrar que as seis propostas agora a votação resultam de um trabalho longo e concertado, desde o início do ano, envolvendo cerca de 40 entidades dos dois lados da fronteira na definição de prioridades e estratégias comuns.

AMARES PROMOVE CONSULTA GRATUITA DE DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CANCRO ORAL

Vai ter lugar no próximo dia 26 de novembro, em Amares, uma consulta gratuita de diagnóstico precoce do Cancro da Cavidade Oral promovida pelo projeto “Um Dia Pela Vida”, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Núcleo Regional do Norte.

CPCO Amares.jpg

Esta ação, que decorrerá no Centro de Saúde de Amares (ACES Cávado II Gerês / Cabreira), entre as 10h00 e as 13h00, da parte da manhã, e as 15h00 e as 18h00, da parte da tarde, será da responsabilidade da Unidade Móvel de Estomatologia e Medicina Dentária da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Associação Portuguesa de Medicina Dentária Hospitalar, com o apoio do Município de Amares.

As inscrições são obrigatórias e deverão ser efetuadas até ao dia 25 de novembro para os seguintes contactos: tlm: 915 613 311 e tel: 253 991 330 / 253 993 761, ou então, via email, para o endereço eletrónico: nutricao@municipioamares.pt, devendo os interessados indicar o nome, telefone (fixo ou telemóvel) de contacto e e-mail (de preferência, caso utilize), bem como, o período do dia preferido: manhã ou tarde.

PONTE DE LIMA APRESENTE OS DILEMAS DIETÉTICOS DE UMA MATRIOSKA DO MEIO | QUARTETO CONTRATEMPUS

12 de Novembro – 21h30 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Com a participação de actores amadores de teatro provenientes do Grupo de Teatro da Facha, Duplaface Companhia das Artes e Pequenos Actores do Lima, todos do concelho de Ponte de Lima, o Quarteto Contratempus apresenta “Os Dilemas Dietéticos de uma Matrioska do Meio”, Ópera Cómica em Um Acto, com encenação de António Durães, texto original de Mário João Alves e composição de Nuno Côrte-Real.

matrioska_mupi_.jpg

“São Petersburgo, 1866.

Quando a mãe de Ludmila consegue emprego na casa de Anna Filosofova, toda a família matrioska deixa a sua pequena aldeia junto ao Mar Branco e viaja com ela para São Petersburgo. Ali, Ludmila, uma matrioska do meio, irá tornar-se desde o primeiro dia na discípula predilecta da filantropa e feminista Filosofova.

A nova vida de Ludmila passa-se entre livros, alguma vida social, almoços, lanches, petiscos, jantares e bublikis, muitos bublikis. Este doce tradicional passa a ocupar um lugar tão especial nas suas tentações como ocupara até então a carne de foca.

A juntar a isto, Ludmila, num encontro casual, conhece Raskolnikov, protagonista de Crime e Castigo, romance de Dostoievsky. Será este encontro a evitar que Raskolnikov cometa o crime que o tornaria célebre, virando as suas atenções para a jovem Ludmila, Mas a sua vida está prestes a sofrer um volte-face inesperado: as suas profundas alterações alimentares causaram rápidas alterações na sua pessoa. Só há uma pessoa capaz de a fazer reencontrar o caminho da felicidade e do espelho: o Dr. Musa Ramelov, nutricionista do Czar.”

Texto Original . Mário João Alves

Composição . Nuno Côrte-Real

Encenação . António Durães

Intérpretes . Teresa Nunes (Soprano); Job Tomé (Barítono); Crispim Luz (Clarinete); Susana Lima (Violoncelo); Brenda Vidal Hermida (Piano)

Participação Especial . Duplaface Companhia das Artes, Grupo de Teatro da Facha e Pequenos Actores do Lima, dirigidos por Rui Alves Leitão

Desenho e Operação de Luz . Mariana Figueroa

Multimédia / Vídeo / Som . Hugo Edgar Mesquita

Direcção de Cena . Marta Figueroa

Figurinos . Inês Mariana Moitas

Design . Nuno Brito e Cunha

Espaço Cénico . Criação Colectiva

Produtora . Susana Oliveira

Produção . Quarteto Contratempus

Bilhetes á venda (2,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt

CERVEIRA ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO

Candidaturas a Bolsas de Estudo 2016/2017 a partir de 15 de novembro

Já está definido o período para a apresentação de candidaturas às Bolsas de Estudo para Alunos do Ensino Superior2016/2017, atribuídas pelo Município de Vila Nova de Cerveira. Jovens interessados devem apresentar a documentação entre 15 de novembro e 15 de dezembro e estar disponíveis para 70 horas de trabalho comunitário como contrapartida.

Bolsas de estudo 2016 - 2017.jpg

A autarquia cerveirense tem apoiado anualmente jovens estudantes a frequentar o ensino superior com a atribuição de 10 bolsas de estudo, mas associando-lhe uma especificidade muito singular. Além do preenchimento da documentação necessária e dos requisitos descritos no Regulamento, os candidatos devem disponibilizar-se para a realização de 70 horas de trabalho comunitário em atividades/serviços da Câmara Municipal na área de formação frequentada ou outras.

“Introduzimos esta caraterística por considerarmos ser uma oportunidade de colocar os nossos jovens em contacto com pessoas da área de formação, integrando uma equipa de trabalho e interagindo com equipas multidisciplinares”, diz a Vereadora da Educação, Aurora Viães, acrescentando: “Tem sido uma mais-valiano aperfeiçoamento de competências e no enriquecimento do perfil profissional, e inclusivamente deu aso a que a Câmara Municipal desenhasse um Programa de Ocupação Jovem a implementar no próximo ano, que visa ajudá-los a preparar o seu futuro para ingressar no mercado de trabalho”.

O Regulamento Municipal de Concessão de Bolsas de Estudo para Alunos do Ensino Superior está disponível no Portal do Município, estabelecendo os princípios gerais de atribuição das bolsas de estudo, o processo de candidatura, a seleção dos candidatos, os deveres e direitos dos bolseiros e o valor e forma de pagamento das bolsas concedidas.

Para o presente ano letivo 2016/2017, os estudantes candidatos a este processo devem entregar o requerimento previamente preenchido na Secção de Atendimento ao Utente até às 16h30 do dia 15 de dezembro.

VENCEDORES DO YMOTION SÃO REVELADOS ESTE SÃBADO EM FAMALICÃO

Gala final do concurso vai decorrer na Fundação Cupertino de Mirada com as presenças do músico Jorge Palma e do jornalista Mário Augusto

É já neste fim-de-semana que vão ser conhecidos os vencedores do Ymotion 2016 – Concurso e Mostra de Cinema Jovem. A gala final do festival, promovido pela Casa da Juventude do município famalicense, decorre este sábado, 12 de novembro, a partir das 21h30, na Fundação Cupertino de Miranda, em Vila Nova de Famalicão, com as presenças do músico Jorge Palma, do jornalista Mário Augusto e do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Jorge Palma associa-se à Gala Final do Ymotion com um concerto a solo ao piano (1).jpg

Jorge Palma associa-se ao momento com um concerto a solo ao piano para enriquecer culturalmente a noite em que serão conhecidas as curtas vencedoras da segunda edição do Ymotion, que tem 32 obras a concurso, realizadas por jovens de todo o país.  Já o homem que há 30 anos nos fala de cinema através da RTP, vai estar na gala final na qualidade de júri do festival, associando-se pessoalmente ao momento da consagração de novos talentos portugueses na área do cinema. 

Para além de Mário Augusto, o júri é composto pelo argumentista Tiago Santos, pelo jornalista Rui Pedro Tendinha, pelo produtor e realizador, Rodrigo Areias, e pelo produtor, Vasco Josué. 

A gala final é organizada em parceria com a Legião 501, uma organização internacional de fãs da saga “Star Wars”, que vão garantir um ambiente cénico ligado ao mundo da sétima arte. Na entrada para a gala os espetadores serão convidados a deixar um valor simbólico mínimo de um euro, que reverterá a favor de duas associações juvenis famalicenses que desenvolvem trabalho social. 

Recorde-se que o Grande Prémio do concurso, que recebe o nome do padrinho da edição deste ano do Ymotion, Joaquim de Almeida, corresponde a um prémio no valor de 1000 euros. Haverá ainda o Prémio Escolas, para as curtas produzidas em ambiente escolar, no valor de 500 euros, e prémios para a melhor realização, melhor argumento, melhor direção de fotografia, melhor banda sonora original e melhor curta de animação, no valor de 150 euros cada. 

Refira-se que o Ymotion é dirigido aos jovens entre os 12 e os 35 anos,  procurando promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português e fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior.

NATAL EM PONTE DE LIMA TEM TEATRO MUSICAL

Município de Ponte de Lima assinala época natalícia com teatro musical Natal para Todos

Sob o lema “Natal para Todos” o Município de Ponte de Lima vai promover um teatro musical direcionado para toda a comunidade local.

Natal para todos.jpg

Trata-se de uma ação que tem como  objetivo fomentar a troca de experiências geracionais, bem como a valorização da época Natalícia enquanto celebração de humanismo, fraternidade e de união.

Este projeto intergeracional incide na dramatização e canto de uma história intitulada Canto de Natal, inspirado na obra Um Conto de Natal, de Charles Dickens, adaptado pelas técnicas da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, que visa dar a conhecer o verdadeiro sentido do Natal.

Esta iniciativa será realizada no dia 13 e 14 de dezembro, pelas 9h30 e 14h, no auditório Rio Lima, para crianças e idosos do concelho de Ponte de Lima, mediante inscrição prévia.

CAMINHA: RUAS DO CARQUEIJAL, SOBREIRINHO E CEMITÉRIO DE DEM ALVO DE OBRAS DE BENEFICIAÇÃO

Intervenções no âmbito da cooperação entre Junta de Freguesia e Câmara Municipal

As ruas do Carqueijal e do Sobreirinho, na freguesia de Dem, estão a ser intervencionadas e deverão ter um novo tapete ainda antes do Natal, assim como melhores condições gerais de circulação e escoamento de águas pluviais. Trata-se de obras realizadas no âmbito da cooperação entre Junta de Freguesia e Câmara Municipal. Em breve, no mesmo quadro, vão avançar as obras de beneficiação no cemitério local, aumentando a capacidade do equipamento e melhorando a circulação na parte ainda por concluir.

Obras Dem NOV 2016 (1).jpg

O presidente da Câmara, Miguel Alves, esteve recentemente em Dem, para avaliar, com o presidente da Junta de Freguesia, Paulo Gonçalves, a evolução das intervenções nas duas artérias. Na Rua do Carqueijal, uma das vias mais importantes da freguesia e que faz a ligação entre lugares, o autarca local salientou a importância da reabilitação para o Lugar da Aldeia. A melhoria das condições nesta rua, que será alargada e pavimentada, era um anseio antigo da população e estava há muito nos planos da Junta, tendo sido possível agora concretizar a intervenção.

Na Rua do Sobreirinho decorrem trabalhos de pavimentação. Em ambos os casos, será feita a requalificação das condutas de águas pluviais e Paulo Gonçalves prevê a conclusão dos trabalhos ainda antes do Natal, o que só não acontecerá se vierem a ocorrer condições climatéricas muito adversas.   

Segundo o autarca local, muito em breve começarão também as obras no cemitério, em duas frentes. Por umlado, a pavimentação de parte do piso, correspondente à área de oito sepulturas. Será ainda construída a segunda fase da área destinada a jazigos.

Recorde-se que, em diálogo e cooperação com a Junta de Freguesia, tem sido possível resolver vários problemas na freguesia de Dem e melhorar as condições em artérias e equipamentos. Desde logo resolveu-se o imbróglio que subsistia em relação à capela mortuária e ao parque de estacionamento contíguo, designadamente através de uma transferência de cerca de 30 mil euros para a Junta, para saldar a dívida final.

Outros casos são as ruas do Vale Vermelho, do Centro Cultural, do Mogalhão, da Travessa e Caminho da Cancelinha. As beneficiações foram realizadas pela Câmara ou pela Junta de Freguesia, em diálogo permanente, e vieram resolver problemas estruturais que afetavam as populações. Melhores condições de trânsito, mais segurança e questões de escoamento de águas foram os alvos principais das intervenções.

No campo de futebol, os balneários foram totalmente requalificados, dotando-se também os 40 chuveiros com temporizador.Graças ao Rally de Portugal, foi também possível, na Senhora das Neves, remodelar os quartéis.

Obras Dem NOV 2016 (2).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ ORGANIZA JANTAR DE S. MARTINHO

Música ao vivo com o duo Ofir Show

O Arcos Hotel Nature & Spa, em Arcos de Valdevez, vai realizar, no dia 11 de Novembro, um Jantar de S. Martinho. A ementa é composta por um buffet de saladas, caldo verde, bacalhau à Zé do Pipo, perna de porco assada com salteado de castanhas, cogumelos selvagens e ameixa seca. Haverá um buffet de sobremesas, com doces variados e frutas, tudo acompanhado por vinhos da região, jeropiga e castanhas, claro!

Jantar de S. Martinho (Arcos Hotel Nature & Spa)-2.jpg

A animação musical está a cargo do duo Ofir Show.

O preço é de 35€/ pessoa (com bebidas). As crianças até aos 11 anos pagam 50%.  

As reservas podem ser feitas pelo tel. (+351) 258 093 600 ou para o email geral@arcoshotelnature.com.

É possível ainda optar por um pacote de alojamento, de 11 para 12 de Novembro, incluindo welcome drink, tratamento VIP no hotel, Jantar de S. Martinho e late check-out, com o preço de 170€ (quarto duplo), e 117,5€ (quarto single).

Foral de Valdevez - Sala.jpg

PRESIDENTE DA REPÚBLICA CONDECORA ATLETA DE GUIMARÃES COM A COMENDA DA ORDEM DE MÉRITO

MANUEL MENDES RECEBE MEDALHA DE BRONZE NOS JOGOS PARALÍMPICOS

Homenagem a Manuel Mendes confere-lhe o título de Comendador. Presidente do Município de Guimarães enaltece exemplo de superação.

Manuel_Mendes_Presidente_Republica.jpg

O atleta vimaranense Manuel Freitas Mendes, medalha de bronze por Portugal nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016, foi condecorado pelo Presidente da República com a Comenda da Ordem de Mérito. A cerimónia, na qual marcou presença o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, por convite de Marcelo Rebelo de Sousa, realizou-se em Lisboa na tarde desta quarta-feira, 09 de novembro.

«Esta é também uma conquista dos vimaranenses e dos vitorianos. A medalha e esta distinção dão-me mais responsabilidades! Por isso, tudo farei para tentar estar em Tóquio!», prometeu o atleta de 45 anos, agraciado pelo Chefe de Estado, no Museu dos Coches, após ter sido homenageado pelo Município de Guimarães e pelo Vitória Sport Clube no passado dia 21 de setembro, numa sessão pública que decorreu no Centro Cultural Vila Flor, dias depois da conquista na prova da Maratona T46.

«O Manuel Mendes é um exemplo de dedicação e com uma notável capacidade de superação, mas é também uma referência para gerações desportivas futuras. O seu trabalho e esforço diário foram reconhecidos e os Vimaranenses estão muito gratos a um atleta que dignifica a sua cidade e o seu concelho», afirmou Domingos Bragança, fazendo igualmente referência aos atletas de Guimarães que integraram a missão olímpica, nomeadamente, Dulce Félix, João Sousa, José Mendes, Rui Bragança e Ricardo Ribas.  

Na sua intervenção, o Presidente da República agradeceu «a todos que deram alegrias a Portugal» e pediu para os atletas «olharem o futuro», até porque, na sua opinião, os Jogos Olímpicos «preparam-se a médio prazo». «Há momentos mais intensos e a previsão do futuro deve ser uma prioridade. Cabe ainda no meu mandato presidencial estar nos próximos Jogos e estarei lá! Marcarei falta àqueles que, podendo estar, não estiverem», disse.

Na competição paralímpica, Portugal conquistou quatro medalhas, todas de bronze, por Manuel Mendes (Maratona T45/46), Luís Gonçalves (200 metros T12), equipa de boccia (BC1/BC2) e José Machado na mesma modalidade, mas na categoria BC3. No Rio de Janeiro, a judoca Telma Monteiro conquistou a única medalha para as cores lusas nos Jogos Olímpicos, ao conseguir o bronze na categoria de -57 kg.