Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO ENTREGA APOIOS ÀS ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, entregou hoje ao final da tarde, dia 28 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, apoios financeiros às associações e coletividades que desenvolvem e promovem iniciativas em Cabeceiras de Basto. Acompanharam o presidente da Câmara os vereadores Dra. Isabel Coutinho, Alfredo Magalhães e Prof. Mário Leite.

Presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto entregou apoios às associações (1).JPG

Os apoios agora entregues a 11 associações/instituições fazem parte do conjunto de apoios financeiros, num montante global de 150 mil euros, que a Câmara Municipal, na sua reunião do passado dia 14, deliberou atribuir a 34 associações e coletividades locais e outras que promovem iniciativas nesta terra de Basto.

Note-se que os subsídios serão entregues às restantes coletividades logo que as mesmas preencham todos os requisitos previstos no regulamento de apoio ao movimento associativo.

Na sessão de hoje receberam apoios a Associação Cultural e Desportiva de S. Nicolau; a Cruz Vermelha Portuguesa – delegação do Arco de Baúlhe; o Grupo Folclórico de S. Nicolau; o Rancho Folclórico ‘Os Camponeses de Arosa’; a Associação de Pesca de Cabeceiras de Basto - Amigos Sensas; Encanto Radical; Cavaquinhos da Raposeira; Lira – Associação dos Amigos da Música; Liga dos Combatentes – Núcleo Regional de Braga; Banda Cabeceirense; e Lions Clube de Cabeceiras de Basto.

Apesar de terem reunidas as condições para receberem os respetivos apoios e de terem sido convocados para o efeito, não puderam comparecer a esta sessão os Bombeiros Cabeceirenses, a Adbasto, a ANNDI e a AADVDB.

Na oportunidade, o presidente da Câmara, Francisco Alves, enalteceu o trabalho que o movimento associativo de Cabeceiras de Basto e os seus dirigentes e associados têm vindo a desenvolver na área social, cultural, recreativa, desportiva, entre outras, salientando que as associações/instituições são parceiros privilegiados do Município com os quais a Câmara Municipal contou, conta e continua a contar.

Presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto entregou apoios às associações (2).JPG

BRAGA MOBILIZA COMUNIDADE NA CANDIDATURA A CIDADE DA UNESCO

Conferência ´Media Arts e Planeamento Estratégico de Cidades´

“A candidatura a Cidade Criativa das Media Arts da Unesco é uma forma de mobilizarmos toda a comunidade e seus agentes para um posicionamento diferente de Braga, que quer ser vista como uma Cidade moderna, inovadora, arrojada, criativa, jovem e culturalmente activa, bem como tecnológica e potenciadora dos recursos económicos e de investigação existentes no território”, afirmou Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a Conferência ´Media Arts e Planeamento Estratégico de Cidades´, que se realizou hoje, dia 28 de Outubro, no Mosteiro de Tibães.

CMB28102016SERGIOFREITAS0000003237.jpg

Neste encontro foram partilhadas as experiências internacionais de outras Cidades Criativas da rede UNESCO e foram igualmente divulgados os projectos e iniciativas em curso na Cidade de Braga, discutindo-se as tendências e desafios internacionais neste contexto.

Como sublinhou o Edil, este processo é um ´extraordinário´ desafio para Braga. “É um processo de mobilização colectiva em que cada um, na sua área de intervenção, está a dar o seu valioso contributo. Queremos continuar a desenvolver iniciativas diferenciadoras e o Concelho tem os recursos e iniciativas que nos dão um importante lastro para podermos aspirar ao reconhecimento da UNESCO. Criamos parcerias e mecanismos de colaboração que fortalecem o posicionamento de Braga como Cidade de media arts”, afirmou, garantindo que o projecto é abrangente e ´extremamente benéfico´ para toda a região e para o país.

O Autarca anunciou ainda que o Município irá avançar, no próximo ano, a nível experimental, com a actividade extracurricular na área das artes digitais em todas as turmas de duas Escolas do 1º ciclo do Concelho. “É uma forma de demonstrarmos o nosso compromisso em manter actividades e projectos nesta área no futuro e de incentivarmos uma cultura transversal de envolvimento a toda a sociedade”, sublinhou.

Actualmente existem nove Cidades Criativas Media Arts: York (Reino Unido, 2014), Linz (Áustria, 2014), Enghien-Les-Bains (Fança, 2013), Lyon (França, 2008), Austin (EUA - Texas, 2015), Dakar (Senegal, 2014), Tel Aviv-Yafo (Israel, 2014), Gwangju (Coreia do Sul, 2014), Sapporo (Japão, 2013).

CMB28102016SERGIOFREITAS0000003241.jpg

CMB28102016SERGIOFREITAS0000003242.jpg

CMB28102016SERGIOFREITAS0000003246.jpg

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA APOIA FINANCEIRAMENTE OBRAS EM DIVERSAS FREGUESIAS

A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou, em reunião de Câmara, proceder à transferência de verbas para apoio a diversas freguesias. A comparticipação será de 185 804,22 euros, repartidos pelas freguesias de Calheiros, Santa Cruz do Lima, Beiral do Lima, S. Martinho da Gandra, Calvelo, Sá, Seara, S. Pedro de Arcos e Poiares.

vila 2003 ctr 2 (1).jpg

Esta verba servirá principalmente para a beneficiação da rede viária e para a construção de muros de sustentação de terras junto a estas vias, ou melhoramento de outros que se encontrem degradados.

Neste sentido, o Município decidiu atribuir à Junta de Freguesia de Calheiros o valor de 10.016,26 euros, destinado a pavimentação da envolvente exterior da capela mortuária.

À junta de freguesia Santa Cruz do Lima concedeu uma comparticipação financeira de 8.050,70 euros destinada a pavimentação da rua do Calvário, muros de suporte nas ruas de Bacozil, Vinha Nova, Travessa dos Loureiros e 4.430,80 euros beneficiação da rua Monte do Castelo.

Para a junta de freguesia de Beiral do Lima, foi aprovada uma comparticipação de 32.351,20 euros destinada à obra de alargamento e pavimentação das ruas de Roriz, Lavacido e rua Leira do Côto.

A junta de freguesia de S. Martinho da Gandra vai receber uma comparticipação financeira de 3.361.30 euros destinada para a obra de pavimentação e construção do muro de suporte da rua do Calvário.

Já para a junta de freguesia de Calvelo o Executivo decidiu comparticipar com 17.451,90 euros, destinados à obra de pavimentação da rua do Calvário, rua de Martim e Travessa do Sardoal.

Quanto à junta de freguesia de Sá, o Executivo deliberou por unanimidade atribuir uma comparticipação no montante de 45.527,00 euros destinada a obra de beneficiação das ruas da Botelha e da Cruz da Pedra, e troços das ruas da Rainha, Carcaveira, Fonte Nova e Louredo.

À junta de freguesia da Seara, o Município vai atribuir o montante de 7.531,30 euros destinado a obras de beneficiação das ruas da Castelhana, rua Moinho do Vento e Travessa da Bouça, e ainda 13.181,10 euros, destinada a pavimentação nas áreas de saneamento.

A Freguesia de S. Pedro D’ Arcos vai receber da Câmara Municipal a quantia de 30.644,60 euros, destinada a comparticipar a obra de beneficiação da Rua do Alto.

E por último, à freguesia de Poiares foi atribuído o montante de 13.258,06 euros com o objetivo da execução da obra de beneficiação da Rua da Fonte da Figueira, Beco do Calvário e Travessa das Fontes.

GUIMARÃES CONSTRÓI ACADEMIA DE GINÁSTICA

PRAZO DE CONCLUSÃO É DE OITO MESES

Academia de Ginástica de Guimarães já começou a ser construída junto ao Parque da Cidade

Obra com um prazo de execução de oito meses fica concluída em junho de 2017. Edifício amigo do ambiente será local de prática desportiva. Investimento superior a três milhões e meio de euros.

Guimaraes_Academia_Ginastica_Desportiva.jpg

A Câmara Municipal deu início à construção da Academia de Ginástica de Guimarães, um edifício ambientalmente de referência, construído com materiais inovadores, tecnologia de ponta e um grau de eficiência energética exemplar, ao consumir a energia produzida pelo próprio imóvel. Com um valor de 3.588.126,15 euros, montante ao qual acresce a taxa de IVA em vigor, o equipamento situado junto ao Parque da Cidade, perto da Escola Santos Simões, fica concluído dentro de 240 dias, no mês de junho de 2017, ano em que Guimarães apresentará a sua candidatura a Capital Verde Europeia 2020.

A Academia de Ginástica, com uma função fundamentalmente formativa, resulta da concretização de mais uma promessa eleitoral de Domingos Bragança e constitui um dos principais e mais estratégicos projetos para a continuação da promoção da política desportiva de Guimarães, mantendo o concelho no topo ao nível internacional, contemplando a prática das disciplinas de Ginástica Rítmica, Ginástica Artística e Ginástica Acrobática.

Ambientalmente de excelência, com recuperações de calor e consumos energéticos compatíveis com o uso, próximos da autossustentabilidade, o edifício beneficiará da orientação solar livre e irá relacionar-se com o Parque da Cidade e encosta da Penha, interligando-se igualmente com a Ecovia de Guimarães. Ao mesmo tempo, todas as águas, pluviais e não só, serão reaproveitadas e utilizadas após o respetivo tratamento, que será efetuado no edifício devidamente equipado para o efeito.

A Academia de Ginástica, sendo destinada à prática do desporto, estará associada ao culto do “wellness”, ou seja, do bem-estar físico e mental, integrando em si conceitos de eficiência e sustentabilidade, assumindo-se como «uma referência em termos de inovação e sustentabilidade, com recurso às tecnologias mais eficientes e limpas», refere o Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança.

Duas áreas principais

As instalações para educação física e desporto são constituídas por espaços de ensino interiores, por espaços auxiliares e de apoio e integram ainda espaços para espetadores. O edifício terá duas áreas principais, uma com 700 metros quadrados, destinada à realização de provas, e outra, com 250 metros quadrados, mais polivalente, reservada à utilização diária para sessões de treino.

O projeto, adjudicado em novembro de 2015 ao Gabinete Pitágoras e à SOPSEC, contempla ainda uma bancada, com uma capacidade aproximada para 150 pessoas, construída do aproveitamento das cotas naturais do terreno e desenvolvida sobre áreas técnicas ou de serviço, balneários ou vestiários. O novo equipamento desportivo vimaranense terá ainda um gabinete médico, áreas administrativas e arrecadações para as modalidades, entre outras valências técnicas.

VALENCIANOS REVIVEM FEIRA DOS SANTOS

Feira dos Santos em Valença. Festa e Romaria

A freguesia valenciana de Cerdal revive a emblemática Feira dos Santos em 1 e 2 de novembro. A tradição mantém-se há séculos atraindo portugueses e galegos a uma feira onde se vende de tudo.

feiradossantos.jpg

Mais de 400 tendas de vestuário, louças e calçado, as tasquinhas, a vende de gado, de produtos do campo e maquinarias agrícolas, os parques de diversões e uma infinidade de outros atrativos dão corpo a este evento.

A Feira dos Perícos dos Santos

Os Santos dão nome a um fruto de época e único no mundo, os Perícos dos Santos, possível de encontrar apenas em Valença.

Os espaços envolventes à Capela de São Bento reúnem as lavradeiras da região que nesta época vendem, sobretudo, os perícos dos santos (peras pequenas típicas desta região), as castanhas cruas ou cozidas, as nozes, os dióspiros e muitos outros produtos do campo.

Feira das Trocas

Há séculos que a tradição manda que no dia 2 de novembro a Feira dos Santos se transforme na Feira dos Trocas.. Uma tradição antiga de trocar os produtos adquiridos na véspera que por alguma razão não serviam.

Feira Secular

A Feira dos Santos é uma feira / romaria secular e um verdadeiro ponto de encontro galaico-minhoto que cativa, ano após ano, milhares de visitantes. A feira já aparece documentada em 1758 e é um ponto de confluência de povos e onde, por excelência, se sente a alma galaico-minhota.

Feira de Gado e Corridas de Cavalos

Os emblemáticos cavalos garranos, típicos do Noroeste Peninsular, são um dos grandes atrativos desta feira com a mostra dos animais, vindos de toda a região norte de Portugal e do sul da Galiza, a animarem as manhas do dia 1 de novembro. Para além do gado cavalar este setor contará, ainda, com gado bovino e caprino.

As tradicionais corridas de cavalos, em passo travado, decorrerão no dia 1, a partir das 14h00, na Pista das Corridas. Uma oportunidade para os ginetes mostrarem a destreza dos seus cavalos.

As Tasquinhas e as Desgarradas

Nas tasquinhas dos Santos provam-se os vinhos verdes novos da região, assim manda a tradição. Provas acompanhados, por uma infinidade de petiscos, com destaque para os rojões, o caldo verde e as castanhas assadas. As Noites dos Santos são sempre muitos animadas, de 31 de outubro e 1 de novembro, com os cantares ao desafio e as desgarradas a cargo dos tocadores de concertina.

Local: https://www.google.pt/maps/@41.9715739,-8.6360354,100m/data=!3m1!1e3

BRAGA: OBRAS E INICIATIVAS ESTRATÉGICAS E PRIORITÁRIAS AVANÇAM EM 2017

Orçamento de 101,3 milhões de euros, com poupança corrente de 22 milhões, alavanca investimento de 37 milhões euros

Os documentos referentes às Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município de Braga para o ano de 2017 estarão em análise na próxima Reunião do Executivo Municipal, que se realiza Segunda-feira, dia 31 de Outubro.

CMB16022016SERGIOFREITAS000000703 (1).jpg

O Município de Braga irá, em 2017, gerir um orçamento no valor de 101,3 milhões de euros - o que representa, relativamente ao ano anterior, um acréscimo de cerca de 2,5 milhões de euros.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município de Braga para o ano de 2017 foram elaborados no cumprimento dos princípios orçamentais e das regras previsionais determinadas pelos regimes legais aplicáveis e contemplam os projectos, obras e iniciativas estratégicas e prioritárias assumidas para a acção municipal.

Os documentos contemplam, em relação ao ano transacto, uma diminuição da despesa corrente em cerca de 2,2 milhões de euros, e um aumento da despesa de capital (investimento) de cerca de 4,7 milhões de euros, em resultado, essencialmente, do aumento das transferências de capital para as Juntas de Freguesia, através dos contratos interadministativos por delegação de competências, em cerca de 1 milhão de euros (totalizando agora 7 milhões de euros) e do aumento do investimento em áreas fundamentais para o desenvolvimento económico e social do concelho, designadamente: Requalificação do Parque Exposições de Braga e do Mercado Municipal, Requalificação do Parque Escolar (S. Lázaro; Merelim S. Pedro; Gualtar e Esporões), Reabilitação do Complexo Desportivo da Rodovia, Requalificação do Pavilhão Flávio Sá Leite, Centro Europeu de Juventude / Pousada da Juventude, Ciclovia Urbana de Braga e Projectos de mobilidade pedonal.

Este orçamento Municipal volta a reforçar os laços de solidariedade e partilha de esforços entre a Câmara Municipal, Freguesias, Associações e Colectividades do concelho, sendo prova desse espírito de colaboração o acordo de Execução estabelecido com as Freguesias e o Programa Anual de Apoio às Colectividades e Associações do Concelho.

Tal como no exercício anterior, para manter e reforçar a estratégia definida, num cenário de difícil previsibilidade, foi preocupação, também neste orçamento, ajustar a despesa à disponibilidade financeira efectiva do Município. Serviços indispensáveis a prestar, como os apoios à educação, acção social (apoios ao arrendamento, apoios escolares, apoios à saúde), programação cultural, fomento do desenvolvimento desportivo e o apoio à actividade económica, impede a Autarquia de restringir mais as despesas correntes.

Considera ainda o Município que é muito importante a selectividade e a necessidade de garantir investimento estratégico, quer através da rentabilização do envelope financeiro associado ao PEDU, quer através da racionalização dos recursos e na resposta a necessidades consideradas prioritárias. É neste contexto que se assume um orçamento ligeiramente superior ao apresentado em 2016 evidenciando a nossa ambição.

São apresentados investimentos que fomentem a mobilidade, reforcem a coesão socio-territorial e que garantam melhor bem-estar social. É conveniente sublinhar que, foram estrategicamente abertos alguns projectos no Plano Plurianual de Investimentos com o objectivo de potenciar a sua inclusão no novo quadro comunitário de apoio, Portugal 2020.

Orçamento assente em cinco linhas orientadoras

Resumidamente, o Orçamento do Município de Braga para 2017 assenta em cinco linhas orientadoras: rigor na execução da despesa pública; racionalização das despesas estruturais; plano estratégico de investimento; melhoria na gestão dos recursos do Município; modernização administrativa e prossecução do programa de valorização da Imagem de Braga e dos Produtos e Serviços Regionais.

Em termos de receita corrente, prevê-se a arrecadação de 86.425.232 euros, correspondentes a 85% do valor total orçado, e de 14.879.768 euros de receita de capital. A despesa corrente representa 64% do orçamento, ascendendo a 64.421.221 euros, verificando-se uma diminuição de cerca de 2,2 milhões de euros em relação ao ano transacto e que proporciona uma poupança corrente no valor de 22 milhões de euros que somada à receita de capital no valor de 14.879.768 euros, permitirá uma despesa de capital de 36.883.779 euros, que representa 36% do orçamento para 2017.

Funções sociais com investimentos de 18,7 milhões de euros

Quanto ao Plano Plurianual de Investimentos para o ano de 2017, a análise deste documento permite evidenciar que o sector das Funções Sociais é o que detém mais peso relativo no PPI para 2017, com um investimento de 18,7 milhões de euros, que corresponde a 83% do agrupamento de aquisição de bens de capital. Começando pelas Funções Sociais e, mais especificamente, pelo investimento na Educação está previsto um montante de 4,8 milhões de euros, destinados a intervenções de requalificação no parque escolar municipal, tendo como mais relevantes as previstas nas Escolas EB1 de São Lázaro (1,4M), Merelim S. Pedro (0,97M), Gualtar (1,4M) e Esporões (0,87M).

Ainda no que respeita às Funções Sociais do PPI para 2017, para o Ordenamento do Território e Protecção do Meio Ambiente e Conservação da Natureza serão destinados 12,4 milhões e 170 mil euros, respectivamente. O aumento expressivo verificado deve-se aos projectos de Requalificação do PEB (Parque de Exposições de Braga), da Requalificação e Reabilitação do Mercado Municipal, da Promoção da mobilidade pedonal, da Ciclovia Urbana de Braga, da Modernização do Urbanismo, da Construção da Pousada da Juventude, da Reabilitação do Pavilhão Flávio Sá Leite e de projectos destinados à Regeneração Industrial, entre os quais se destaca o acesso ao Parque Industrial de Sobreposta.

Para o sector das Funções Gerais está previsto um investimento de 1,6 milhões de euros, para aquisição de diversos equipamentos que permitirão melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo Município, assim como a conservação dos edifícios municipais.

ALUNOS DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE PONTE DE LIMA PARTICIPAM NA ROTA DOS ESCRITORES LIMIANOS

Dezenas de estudantes da Escola Secundária de Ponte de Lima participaram, na semana passada, na Rota dos Escritores Limianos - projeto cultural desenvolvido pelo Município de Ponte de Lima e dinamizado pela Biblioteca Municipal.

Rota dos escritores (Small).JPG

As sessões, que pretendem dar a conhecer a vida e a obra de 14 personalidades locais notabilizadas na área das Letras, desenvolveram-se em dois momentos distintos: o primeiro decorreu no Auditório da Biblioteca para uma abordagem teórica do percurso biográfico dos autores em destaque no roteiro literário; o segundo desenrolou-se no exterior para exploração pedonal de um percurso pré-definido que contempla, além das esculturas e bustos dos homenageados, as casas e as respetivas ruas por onde passaram.

Uma caminhada de conhecimento que permitiu a alunos do 10.º ano o contacto com o legado biobibliográfico de Frei Francisco de São Luís Saraiva - personalidade em evidência por força das comemorações dos 250 anos de nascimento (1766-2016) – de António Feijó, Delfim Guimarães, António Ferreira, Conde de Aurora, Luís Dantas, António Vieira Lisboa, Lima Bezerra, Feliciano Guimarães, Teófilo Carneiro, António de Magalhães, Norton de Matos, Domingos Tarrozo e Severino Costa.

MUNICÍPIO DE AMARES APROVA ORÇAMENTO SUPERIOR A TREZE MILHÕES DE EUROS

Um Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos que “reflete as linhas estratégicas traçadas para o desenvolvimento de Amares, nomeadamente a valorização do património material e imaterial, sustentabilidade ambiental e desenvolvimento económico; a par de políticas sociais e educativas responsáveis”, é desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, define as Grandes Opções para 2017 . O orçamento apresenta valores superiores a treze milhões e meio de euros, um  aumento de mais de dois milhões e trezentos mil euros relativamente ao ano anterior.

FotoPresidente.jpg

O destaque vai para as Funções Sociais, em particular a Educação que apresenta uma verba de 2 668.104,00€ referente à requalificação das duas escolas que servem todas as crianças e jovens do concelho, a partir do 2º ciclo. Intervenções essenciais para criar todas as condições de conforto, segurança e modernidade para um melhor aproveitamento escolar das gerações futuras.

O Ambiente continua a estar na agenda das prioridades da política municipal. Depois da desativação da ETAR da Ombra, cujo funcionamento causou nos últimos anos prejuízos continuados e imensuráveis, quer ao nível da saúde pública quer para ao nível dos recursos naturais, estão agora criadas as condições para devolver a margem do rio e a Praia da Ombra à população. Nesse sentido está prevista a execução, durante o ano 2017, do projeto para criação de uma zona de recreio e lazer. Ainda na área do ambiente destaca-se a aprovação do cadastro para as infraestruturas de abastecimento de água e saneamento, que se reveste da maior importância por ser um requisito para o sucesso da candidatura para o alargamento da rede saneamento.

Ao nível da cultura, a Câmara Municipal está a desenvolver um trabalho em parceria com outras entidades que visa a valorização do património material e imaterial, tendo sido apresentadas candidaturas que se encontram inscritas no PPI, designadamente o Santuário da Abadia, o Mosteiro de Santa Maria de Bouro e, OUTRAS COUSAS – Memória e Identidade do Minho.

Na rede viária estão previstas obras de maior dimensão com o empréstimo de 1 000.000,00 € que aguarda o visto do Tribunal de Contas.

Para além dos grandes investimentos, que estão sempre condicionados a verbas comunitárias ou outro tipo de financiamento, o Município canaliza verbas significativas para áreas que continuam a ser assumidas como fundamentais e que correspondem à implementação de políticas responsáveis ao nível social, da saúde e da educação. São exemplo de boas práticas os transportes escolares gratuitos, a qualidade das refeições confecionadas em todos os centros escolares do concelho, as bolsas de estudo, o cartão sénior ou a vacina Bexero para todas as crianças nascidas no concelho. Investimentos direcionados para as políticas de emprego e empreendedorismo marcam também as atividades mais relevantes do município com medidas que visam a atração e fixação de empresas, o impulso sobre setores estratégicos como a restauração e hotelaria e revitalização do comércio local.

As associações locais, no seu papel de impulsionadores culturais, desportivos e humanitários são parceiros privilegiados na construção das dinâmicas concelhias recebendo transferências diretas na ordem dos 400 mil euros, para além de subsídios ao investimento.

A articulação e confiança no trabalho de proximidade realizado pelas juntas de freguesias  justifica transferências correntes e de capital com valores na ordem dos 714.560,00€, para além do permanente apoio ao nível de recursos humanos, técnicos e materiais.

O documento aprovado no Órgão Executivo, com três abstenções, será colocado em apreciação e votação na próxima Assembleia Municipal.

TERRAS DE BOURO APOIA BIBLIOTECAS ESCOLARES

Município de Terras de Bouro oferece obras literárias às bibliotecas escolares

No dia 26 de outubro, na sede do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e na presença da Vereadora da Educação e Ação Social do Município, Dr.ª Liliana Machado e dos responsáveis do agrupamento local, Dr. Óscar Rodrigues e Prof. Álvaro Carneiro, além da respetiva equipa de apoio às bibliotecas, decorreu o momento de entrega da oferta de obras de educação literária para uso em contexto escolar.

tttbbboourrr.JPG

Desta forma, o Município de Terras de Bouro contribui para a formação completa do indivíduo e do cidadão em contexto escolar, uma vez que a literatura veicula tradições e valores e é, como tal, parte integrante do património.

tttbbboourrr (2).JPG

tttbbboourrr (3).JPG

tttbbboourrr (4).JPG

tttbbboourrr (5).JPG

SARA TAVARES ATUA NO CINE TEATRO JOÃO VERDE EM MONÇÃO

Dia 19 de novembro, sábado, pelas 22h00. A entrada custa 10,00 €. As reservas, até 5 dias anteriores ao espetáculo, podem ser feitas na Loja Interativa de Turismo T. 251 649 013.

Sara Tavares.jpeg

No âmbito do projeto “Conta-me Histórias”, Sara Tavares atua no Cine Teatro João Verde no dia 19 de novembro, sábado, pelas 22h00. A entrada custa 10,00 €. As reservas, até 5 dias anteriores ao espetáculo, podem ser feitas na Loja Interativa de Turismo T. 251 649 013.

Sara Tavares ganhou a final da primeira edição (1993/1994) do concurso “Chuva de Estrelas”, da SIC, onde interpretou um tema de Whitney Houston. Em 1994, participou no Festival RTP da Canção com "Chamar a Música", tendo recebido o máximo de pontuação, ganhando um lugar no Festival Eurovisão da Canção, onde alcançou a oitava posição.

Em 1996, editou o seu primeiro disco que contou com a colaboração do coro Shout. Nesse ano, gravou ainda a música "Longe do Mundo" para o filme da DisneyO Corcunda de Notre-Dame” Na Expo'98, participou no espetáculo de tributo a Gershwin, colaborando com a banda “Ala dos Namorados” no sucesso "Solta-se o Beijo".

Em 1999 editou o álbum "Mi Ma Bô", um disco mais maduro e com mais ligação às suas raízes. O álbum "Balancê", editado pela World Connection, em Novembro de 2005, foi considerado um dos melhores álbuns do ano por parte da crítica, tendo alcançado o disco de ouro.

Em 2008 é lançado o DVD "Alive in Lisboa" e, no ano seguinte, regressa aos originais com o álbum "Xinti". A 18 de outubro deste ano, colocou no mercado “Coisas Bunitas”, registo que em pouco mais de uma semana contabilizou cerca de 70 mil visualizações no YouTube.

O projeto “Conta-me histórias” é um ciclo de conversas-concerto com músicos portugueses, onde estes revelam alguns pormenores menos conhecidos das suas carreiras. Estas histórias são acompanhadas por algumas das suas músicas mais conhecidas em registo acústico.

FREGUESIAS DE CERVEIRA VÃO TER INTERNET GRATUITA

Projeto vencedor do Orçamento Participativo Geral 2015 em fase avançada de execução

Até ao final do ano, a maioria das freguesias do concelho de Vila Nova de Cerveira disponibilizarão um serviço wi-fi gratuito às suas populações, resultante da execução do projeto vencedor da edição 2015 do Orçamento Participativo Geral, o ‘Internet para Todos’. Autarquia honra o compromisso assumido com este processo de participação pública.

OP Wireless.jpg

A instalação da rede wi-fi nas 11 freguesias do concelho está a decorrer a bom ritmo, umas com o processo já totalmente executado, outras em fase de desenvolvimento. No geral, a previsão é a de que, no final do presente ano, todas disponibilizem este serviço, com o objetivo de dotar as populações do acesso à internet e às novas tecnologias sem qualquer custo e barreira.

Por se tratar de um projeto comum às freguesias, a Câmara Municipal decidiu que passar a responsabilidade do processo de implementação para as juntas de freguesia, transferindo os 90 mil euros cabimentados. Desde então, os presidentes desenvolveram estudos e negociações para colocar a ideia em prática.

“As freguesias foram o pilar do desenvolvimento da primeira edição do Orçamento Participativo Geral de Vila Nova de Cerveira, em 2015, nos presentes moldes, e a vontade conjunta consubstanciada num projeto único e vencedor fez com que sejam os protagonistas na sua execução. Por sua vez, a autarquia honra as centenas de cerveirenses que participaram no OP, quer como proponentes, quer como votantes”, sublinha o edil cerveirense, Fernando Nogueira.

Cornes, Gondarém, Sapardos, a União de freguesias de Campos e Vila Meã e a União de Freguesias de Cerveira e Lovelhe já disponibilizam wi-fi às suas populações, enquanto que Loivo e a União de Freguesias de Reboreda e Nogueira contam finalizar o processo muito em breve. Não obstante, as localidades de Covas, Mentrestido, Candemil/Gondar e Sopo, por terem um território orograficamente mais difícil estão ainda a estudar as soluções que permitam avançar com a fibra ótica, de forma a garantir um serviço de qualidade às suas populações.

O desenvolvimento deste projeto contempla a instalação de antenas em pontos estratégicos e com boa emissão. Os interessados têm de se dirigir à sede da junta de freguesia e solicitar gratuitamente o acesso e na residência têm de dispor de um router e antena para que seja possível concretizar a ligação.

MUNICÍPIO DE BRAGA OFERECE VACINA CONTRA O ROTAVÍRUS A FAMÍLIAS CARENCIADAS

Medida aplicável a crianças até um ano de idade

O Município de Braga irá oferecer às famílias mais carenciadas a vacina contra o rotavírus. O regulamento será aplicável a todas as crianças até um ano de idade que residam em Braga e em situação de carência económica comprovada, pelo que a concessão do apoio previsto está dependente do rendimento do agregado familiar. O valor a suportar pelo Município corresponde ao montante total suportado pelos utentes com a aquisição de duas doses da vacina ´Rotarix´ ou três doses da vacina ´RotaTeq´. A medida entrará em vigor no início de 2017.

CMB10012014SERGIOFREITAS0000022.jpg

Entende a Autarquia que, uma vez que é recomendada a administração desta vacina imunizante contra o rotavírus mas a mesma não faz parte do Plano Nacional de Vacinação, os custos elevados da aquisição levam a que nem todas as famílias os possam suportar. Deste modo, propõe-se a abertura do procedimento de elaboração de um Regulamento de Apoio à Vacinação Infantil. A proposta será analisada na próxima reunião do Executivo Municipal, que se realiza na próxima Segunda-feira, dia 31 de Outubro, pelas 09h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Assim que o programa começar a funcionar, os pedidos de comparticipação devem ser apresentado pelos pais, ou pelos responsáveis legais, no Balcão Único do Município de Braga, mediante requerimento próprio, devendo ser instruído com a receita médica da vacina a comparticipar, um atestado de residência emitido pela Junta de Freguesias e cópia da última declaração de IRS do agregado familiar.

FAMALICÃO INVESTE NA QUALIDADE DE VIDA DOS SEUS HABITANTES

Orçamento de Famalicão assegura investimentos infraestruturais para todo o concelho em 2017. Ação Social, ambiente, desporto, educação e mobilidade são prioridades para 2017

O ano de 2017 em Vila Nova de Famalicão vai ficar marcado por uma enorme frente de investimentos estruturantes para o concelho, que abrangem as áreas do ambiente, da mobilidade, da  educação, do desporto e da solidariedade, e que se vão traduzir em mais água e saneamento para o concelho, mais eficiência energética de equipamentos municipais, melhores vias de comunicação, mais escolas requalificadas e modernizadas, num novo e estruturante equipamento desportivo – o Centro Desportivo de Famalicão – e em mais apoio social. 

Paulo Cunha vai ter um orçamento de 86 milhões de euros para gerir.jpg

O Orçamento para o próximo ano da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, que vai ser discutido na próxima segunda-feira, 31 de outubro, pelas 10h00, na reunião extraordinária agendada para o efeito, é de 85,9 milhões de euros, sensivelmente mais sete milhões do que o valor inscrito no orçamento para o corrente ano, equivalendo a um aumento de 10 por cento. Do bolo global, perto de 30 milhões de euros correspondem a investimento direto em infraestruturas básicas ambientais (5 milhões), renovação de estradas (10 milhões), requalificação do parque escolar (4 milhões), requalificação e construção de equipamentos desportivos, onde está incluído o futuro Centro de Atletismo e de BTT (5 milhões), e na realização de obras para a eficiência energética, através da instalação de mais de 5 mil luminárias LED na rede de iluminação pública e de obras de requalificação energética da Casa das Artes e piscinas de Joane e Oliveira de S. Mateus (3 milhões).

Igualmente relevante é o montante destinado à área social que, no seu conjunto, sobe dos 17 para os 21 milhões de investimento. Fica assim assegurado e mesmo reforçado para os próximos anos o conjunto dos apoios que o município tem no terreno para apoio aos mais desfavorecidos, aos idosos, às crianças e às famílias, principalmente as mais numerosas. São exemplo disso o programa municipal “Casa Feliz”, nas suas duas vertentes de apoio à renda e obras, os múltiplos apoios na educação, como os manuais escolares gratuitos e o apoio na aquisição de material escolar para os mais necessitados e os diferente programas de apoio aos seniores, como o passe sénior e o programa desportivo “Mais e Melhores Anos”.  

Apesar destes números, o presidente da Câmara Municipal Paulo Cunha fala num orçamento “sem surpresas” e aponta  2017 “como mais uma etapa do processo; mais um passo em frente no crescimento e desenvolvimento do concelho”.

A argumentação de Paulo Cunha está fundada na permanência do dossier fiscal, “uma aposta estratégica da Câmara Municipal”, e na manutenção das prioridades que estão definidas desde o início do percurso autárquico em 2013. “Por isso, para 2017, asseguramos trabalho, investimento e ambição, na linha do que foi feito nos últimos três anos. Será, pois, um ano de mais afirmação territorial, de mais obra infraestrutural e de mais qualidade de vida”, refere o autarca.

Igualmente relevante, mas também sem surpresa, é o investimento na autonomia das freguesias do concelho para onde são destinados mais de 3 milhões de euros através de transferência direta de capital, quer seja através das verbas livres, quer via celebração de protocolos que asseguram resposta às principais necessidades do território. “Defendemos com frontalidade as opções dos nossos investimentos, fundadas em critérios objetivos de equidade territorial”, diz a propósito Paulo Cunha.

“Estamos perante um documento elaborado de forma séria e responsável, sobre os princípios que nos norteiam desde a primeira hora. Princípios de estabilidade, de solidariedade, de equilíbrio e de absoluto rigor e seriedade na gestão da coisa pública”,acrescenta o edil, reafirmando o desejo de trabalhar para fazer de Vila Nova de Famalicão “um município que orgulhe cada vez mais os famalicenses e que seja cada vez mais fonte de atração de mais pessoas e de novos investimentos”.

TERRAS DE BOURO – PROJETO BEM ENVELHECER III PROPORCIONA ATIVIDADE

No âmbito do Projeto Bem Envelhecer III, várias instituições de Terras de Bouro e os restantes parceiros do projeto, contando ainda com colaboração ativa do Município de Terras de Bouro, participaram numa atividade em Vieira do Minho, dinamizada pelo município local, em colaboração com a Santa Casa da Misericórdia de Vieira do Minho.

bourtttt (1).jpg

No dia 26 de Outubro e após a receção do grupo na Casa Museu Adelino Ângelo, decorreu na Casa de Lamas, também em Vieira do Minho, uma atividade intitulada "Histórias Musicadas”. O tema de partida para estas “Histórias Musicadas” foi a narrativa de amor entre a Laurindinha e o José, ao qual assistiram cerca de 80 idosos.

É de salientar que a realização destas iniciativas, que desta vez contou, inclusive, com um diálogo  com crianças sobre como era a sua escola antigamente, visa a promoção do envelhecimento ativo e da qualidade de vida dos idosos, inscrevendo-se num quadro de prevenção das perdas físicas, sociais e cognitivas associadas ao processo de envelhecimento.

Instituições participantes na atividade: ADCL; SC Misericórdia Vieira do Minho; Centro Social Paroquial de Cervães; Centro Social e Paroquial de S. Victor; Fraterna; SCM Póvoa de Lanhoso; Centro Social e Paroquial de Cibões, Centro de Solidariedade Social de Chorense, Centro Social de Rio Caldo,Centro Social e Paroquial de Souto, Centro Social de Moimenta, Centro Social de Vilar, Centro Social de Vilar da Veiga, Centro Social e Paroquial de Covide, Município de Terras de Bouro, Casa do Povo de Vale do Cávado, EAPN Portugal.

bourtttt (2).jpg

bourtttt (3).jpg

bourtttt (4).jpg

TERRAS DE BOURO PROMOVE WORKSHOP SOBRE "OS ÓRGÃOS DOS SENTIDOS"

Workshop sobre “Os Órgãos dos Sentidos” em Terras de Bouro

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro promoveu, nos passados dias 26 e 27 de outubro, dois Workshops sobre “Os Órgãos dos Sentidos” para os alunos do 1.º ano e 2.º ano do agrupamento de escolas local.

tbourrrrr (1).jpg

Esta atividade, que envolveu 50 alunos, procurou ensinar a estas crianças de uma forma lúdica e divertida quais são os cinco órgãos dos sentidos, bem como a sua função e importância no corpo humano.

No início da atividade foi apresentado um vídeo que abordou a temática. Seguiu-se a realização de um jogo onde as crianças puderam aplicar e demonstrar os conhecimentos adquiridos e por último as crianças foram convidadas a formar grupos para participarem nos diversos ateliers que foram preparados para cada um dos órgãos dos sentidos

No final foram distribuídos a todas as crianças folhetos com a matéria abordada e que faz parte integrante do programa curricular definido para estes anos letivos, bem como um certificado de participação.

tbourrrrr (2) (1).jpg

tbourrrrr (3) (1).jpg

tbourrrrr (4) (1).jpg

tbourrrrr (5) (1).jpg

tbourrrrr (6) (1).jpg

tbourrrrr (7) (1).jpg

 

VOUCHERS E CONSULTAS GRATUITAS PARA ASSINALAR 1º ANIVERSÁRIO DA MAISCLINIC AO SERVIÇO DA REGIÃO

Durante o dia 2 de novembro, a partir das 08h00

No próximo dia 2 de novembro a maisclinic (em Monção) celebra o seu 1º aniversário e para assinalar a data vai oferecer vouchers de desconto em diversas especialidades e consultas gratuitas de Acupuntura, Naturopatia e Reiki.

clin.jpg

‘Queremos mimar os nossos clientes, a nossa população. Esta é uma forma de agradecer àqueles que confiam nos nossos serviços, mas também uma forma de cativar as pessoas a virem conhecer-nos.’, salienta o proprietário e farmacêutico, o Dr.º Orlando Gonçalves, alertando que ‘quem nos visitar durante este dia usufruirá ainda de mais ofertas.’

Medicina dentária, Psicologia clínica, Nutrição, Osteopatia, Naturopatia, Acupunctura, Reiki, Estética avançada (tratamentos acima de 50€) e depilação a laser díodo (tratamentos acima de 50€), serão as especialidades abrangidas pelos vouchers, com 10 euros de desconto, e que serão entregues a quem visitar a clínica neste dia.

Consultas gratuitas de Acupuntura, Naturopatia e de Reiki também marcam o 1º aniversário da clínica. A partir das 09h15 o Terapeuta José Vilarinho estará disponível para esclarecer dúvidas e diagnosticar problemas. ‘Queremos tratar as pessoas naturalmente. Estas três especialidades são ótimas alternativas para combater muitos problemas de saúde mas ainda são áreas desconhecidas para muitos.’, refere. As marcações deverão ser feitas através do telefone 251 652 012 ou no próprio dia consoante as vagas disponíveis.

A comemoração da data acontece durante o horário laboral da clínica (8h00/12h30 e das 14h00/19h00) e é aberta ao público em geral, tendo para tal um bolo e champanhe para quem os visitar.

Um ano ao serviço da região

A clínica pretende ser uma referência na área de saúde para a população de Monção e dos concelhos vizinhos, incluindo Espanha. ‘Temos notado um aumento na procura dos nossos serviços, nomeadamente nas áreas de Análises Clínicas, Medicina Dentária, Nutrição, Podologia, Osteopatia e Reiki. Cada vez mais as pessoas se preocupam com a sua saúde e bem-estar e é muito bom ver que confiam na qualidade dos nossos serviços. Isso motiva-nos ainda mais!’, refere Orlando Gonçalves.

Sobre a maisclinic

maisclinic nasceu em novembro de 2015 no centro de Monção. Estrategicamente localizada, e com um vasto leque de valências de saúde e de estética, a clínica apresenta uma oferta diferenciadora no mercado onde se insere, tendo como principal objetivo oferecer aos habitantes da região um melhor serviço médico e melhores condições de conforto.

Essa diferenciação centra-se nas mais-valias da marca, como sendo: boa localização, disponibilidade de estacionamento, vários serviços num só local, especialidades diversas, tudo num espaço moderno dotado das melhores condições físicas e técnicas, cujo principal objetivo é dar melhores condições de saúde à população de Monção e Melgaço.

A maisclinic proporciona recursos de alta tecnologia e técnicas inovadoras, através de vários serviços de saúde e de estética corporal,prestados por uma equipa especializada, que trabalha em articulação e complementaridade, de modo a obter os melhores resultados. Análises clínicas (com oferta de pequeno-almoço), eletrocardiograma, medicina dentária, ortodontia, medicina geral e familiar, oftalmologia, ortopedia, pediatria, ginecologia/obstetrícia, dermatologia, psiquiatria, psicologia clínica e infantil, nutrição, podologia, osteopatia, naturopatia, acupuntura, reiki, gorduras localizadas, estética avançada, e depilação definitiva, são os serviços que a clínica tem atualmente ao dispor da população. Mas, no sentido de continuar a aumentar a oferta dos cuidados de saúde, proximamente, contará com novas especialidades, tais como, otorrino, cardiologia e urologia.

De salientar que a maisclinic tem uma pareceria com o Grupo LABMED, um grupo português que integra diversas empresas do ramo da saúde, bem-estar, qualidade e formação, o que atribui à clínica ainda mais credibilidade.

GUIMARÃES ILUMINA PADRÃO DO SALADO EM TONS DE ROSA PARA ASSINALAR DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA

ATÉ SEGUNDA-FEIRA, 31 DE OUTUBRO

Objetivo é alertar a sociedade para a temática da prevenção e diagnóstico precoce desta doença oncológica. Campanha de sensibilização realiza-se durante quatro dias.

Guimaraes_Padrao_Salado_Prevencao_Cancro.jpg

O Município de Guimarães associa-se, a partir de hoje e até segunda-feira, 31 de outubro, à campanha “Onda Rosa”, promovida pelo Departamento de Educação para a Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro (Núcleo Regional do Norte), no âmbito da luta contra o cancro da mama, cuja data é comemorada este domingo, 30 de outubro. A iluminação em tons de rosa do Padrão do Salado, no Largo da Oliveira, é uma das ações da campanha que decorrerá no espaço público, locais de trabalho, mundo digital, transportes e no sistema de ensino.

Entre os dias de sexta e segunda-feira, serão realizadas diversas ações internas, com os funcionários da Câmara Municipal a serem convidados a vestir uma peça de vestuário rosa ou, em alternativa, a colocar na lapela um laço da mesma cor. A campanha inclui ainda a distribuição de panfletos da Liga Portuguesa Contra o Cancro por cada trabalhador, a colocação de laços rosa nas viaturas do Município, bem como nos edifícios de entidades participadas pela Autarquia.

São promotores desta iniciativa o Centro Cultural Vila Flor e Palácio, CyberCentro, Fraterna, Casfig, Vitrus, Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII) e Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE). As páginas de internet do Município, Vitrus, Tempo Livre e CASFIG também se associam a esta ação. Um pouco por todo o mundo, durante o mês de outubro, a cor rosa alastra-se com o objetivo de permitir sensibilizar a população para a temática da prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama.

Em Portugal, é o tipo de cancro com maior incidência, sendo detetados anualmente cerca de 6.000 novos casos, verificando-se uma média de 1.500 óbitos femininos. Também em Portugal, cerca de 1% de todos os cancros da mama são no homem. Este tipo de doença oncológica aumentou de forma muito significativa nas últimas quatro décadas do século XX, sobretudo nos chamados países desenvolvidos. Raramente surge antes dos 30 anos, mas aumenta significativamente a partir dos 45, principalmente depois dos 60 anos.

O movimento, conhecido como “Outubro Rosa”, nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controlo do cancro da mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de promover a consciencialização sobre a doença e compartilhar informações sobre o cancro da mama. 

OBSERVATÓRIO DO CINEMA ARRANCOU ONTEM EM FAMALICÃO

Close-Up: mais de duas dezenas de filmes para ver até domingo na Casa das Artes 

O Close-Up - Observatório de Cinema arrancou esta quinta-feira na Casa das Artes e até domingo, dia 30 de outubro, há muito cinema para ver e debater em Vila Nova de Famalicão. 

O Filho de Saul.jpg

Hoje, sexta-feira, dia 28, destaque para a exibição, às 21h30, de dois premiados filmes sobre o Holocausto: “Treblinka”, do documentarista português Sérgio Tréfaut, que em 2016 venceu o prémio de Melhor Filme Português no IndieLisboa, e “Filho de Saúl”, do húngaro László Nemes, vencedor do Grande Prémio do Júri e Prémio da Crítica Internacional no Festival de Cannes 2015, do Globo de Ouro para Melhor Filme Estrangeiro e Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2016. 

Amanhã, sábado, terceiro dia do Observatório, há sessão especial, a partir das 21h30, com a exibição do filme “O Ornitólogo”, de João Pedro Rodrigues, que venceu recentemente o prémio de melhor realização no Festival de Locarno, evento tradicionalmente associado aos circuitos "alternativos" da produção internacional.

O foco do último dia do Close-Up recai sobre Manoel de Oliveira, com a exibição do filme “Visita ou Memórias e Confissões”, pelas 18h00, e do documentário “O Cinema, Manoel de Oliveira e Eu”, do realizador João Botelho, a partir das 21h45. 

Destaque ainda para as sessões de Dj Close-Up, a partir da meia-noite, no café-concerto da Casa das Artes, e para a realização de duas sessões para as famílias. A primeira decorre já neste sábado, a partir das 15h00, com a exibição do filme de animação “A Grande Batalha dos Guaxinins” e no domingo, com a exibição de uma seleção de curtas de animaçãopremiadas na edição deste ano do Curtas de Vila do Conde. 

Refira-se também que até domingo o Observatório de Cinema vai ainda ser palco de diversos debates, instalações e conversas sobre a história do cinema, numa verdadeira maratona cinematográfica com a participação de mais de duas dezenas de comentadores convidados.

Com entrada gratuita para estudantes, seniores e para associados de cineclubes, o restante público paga dois euros ou um euro com o cartão do quadrilátero cultural. 

Mais informações no site oficial do Observatório, em www.closeup.pt

CORRIDA CONTRA O AVC CONDICIONA TRÂNSITO EM BRAGA

Condicionamentos à normal circulação de trânsito

O Município de Braga informa que, por motivo da realização da ‘Corrida contra o AVC’, no próximo Domingo, 30 de Outubro, haverá restrições de trânsito em diversas artérias da Cidade.

Assim, a circulação automóvel estará condicionada, entre as 08H30 e as 12h00, nas seguintes artérias: Avenida Central; Rua do Sardoal; Rua 5. Gonçalo; Rua dos Chãos; Rua de S. Vicente; Rua Conselheiro Januário, concretamente sentido nascente/poente; Rua Gabriel Pereira de Castro (troço compreendido entre a Rua Conselheiro Januário e a Avenida General Norton de Matos; Avenida Dr. Artur Soares; Rua Francisco Noronha; Rua Abade Loureira; Praça do Comércio; Avenida Visconde Nespereira; Praça Conde de Agrolongo; Rua Alferes Ferreira; Praça Conselheiro Torres e Almeida; Rua Frei Caetano Brandão; Rua D. Afonso Henriques; Largo Paulo Orósio; Rua de São Paulo; Rua de Santiago; Largo Carlos Amarante, Rua de S. Lázaro; Rua do Raio; Largo da Senhora-a-Branca.

AMARENSE VERGÍLIO ALBERTO APRESENTA EM AMARES A OBRA “TODO O TRABALHO TODA A PENA”

De regresso às suas raízes, Vergílio Alberto Vieira apresentou, ontem, no Salão Nobre da Câmara Municipal uma das suas mais recentes obras, o livro “Todo o trabalho toda a pena” – uma compilação de 24 obras, com 480 poemas da sua autoria. De uma forma simples, afável e apaixonada, o escritor deixou transparecer as suas ligações naturais e afetivas ao concelho de Amares e encantou os presentes com as suas histórias de vida, que inspiraram e continuam a inspirar a criação das suas obras.

DSC08988.JPG

A dar inicio a esta sessão, que foi não uma simples apresentação do livro mas um testemunho de vida e para a vida, alunos da Escola Secundária de Amares declamaram poemas do autor, uma surpresa que deixou Vergílio Alberto Vieira muito agradado.

“A poesia é desprendimento e eu estava a ouvir-vos declamar esses poemas como se não fossem meus” começou por referir Vergílio Alberto Vieira, elogiando a intervenção do grupo de jovens e da professora Ana Forte, que acarinhou esta singela e bonita homenagem ao autor. 

“A literatura não é nada sem vida” confessou o autor, deixando uma palavra aos jovens para que pensem precisamente aquilo que querem da vida e para que escolham caminhos de que os seus pais se possam “sempre orgulhar”. 

O vice-presidente da Câmara Municipal de Amares e vereador que tutela o pelouro da Cultura, Isidro Araújo, revelou que se revê em todos os poetas “porque eles conseguem dar voz a todas as coisas que muitas vezes não se consegue expressar”. “Isso é magnífico”, sublinhou, enaltecendo a qualidade do trabalho de Vergílio Alberto Vieira, que considerou “depois de Sá de Miranda, a voz mais forte na expressão da literatura amarense”.

Amares não te fez ainda a homenagem merecida, mas há-de fazer”, vincou, ainda, Isidro Araújo.

Por uma questão afetiva, Amares é o único local onde a obra vai ser apresentada, revelou o escritor. Depois da apresentação pública de ontem, Vergílio Alberto Vieira, vai passar no dia 31 de outubro, da parte da manhã, pelo Centro Escolar de Caldelas, e, da parte da tarde, pelo de Bouro, levando até aos mais novos as suas encantadoras histórias e poemas.

ARCOS DE VALDEVEZ INVESTE NA PREVENÇÃO DOS FOGOS FLORESTAIS

Mais 190 mil euros para apoiar a defesa da Floresta contra incêndios

A Câmara Municipal celebrou protocolos com entidades detentoras de equipas de Sapadores Florestais, nomeadamente, a Associação Florestal Atlântica, a Associação Florestal do Lima e as Assembleias de Compartes dos Baldios das Freguesias de Cabreiro Gavieira e Soajo, bem como com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários.

assinatura_protocolos_bombeiros_2016.jpg

Os protocolos celebrados com as entidades detentoras de sapadores florestais, no valor global de 126.667,00 euros, têm o objetivo de prevenir incêndios florestais, através da realização de ações de silvicultura preventiva, nomeadamente a criação de faixas de gestão de combustíveis, vigilância das áreas rurais, assim como ações de primeira intervenção, apoio ao combate e às subsequentes operações de rescaldo e vigilância pós-incêndio. Os Protocolos também estabelecem a limpeza de estradas e caminhos municipais numa extensão de aproximadamente 200 km.

Com a Associação Humanitária dos Bombeiros de Arcos de Valdevez celebrou um protocolo, no valor de 60.000,00€, para a ajudar a dar continuidade ao trabalho meritório que desempenha junto da população.

Este protocolo é de cooperação entre as duas entidades e tem em vista dotar o Corpo de Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez de meios financeiros que permitam a prossecução dos seus fins, com o propósito de servir a população em geral e em particular a do Município de Arcos de Valdevez. Com este protocolo as duas entidades irão cooperar nos domínios do aviso, alerta, intervenção, apoio e socorro através do corpo de Bombeiros Voluntários; Colaborar com o Serviço Municipal de Proteção Civil, na implementação e coordenação de programas de prevenção e vigilância de fogos florestais; Assegurar, com plena eficácia, as comunicações telefónicas, via rádio ou outras, na Central de Comunicações, 24 horas por dia, todos os dias do ano e Assegurar a emergência pré-hospitalar, como reforço complementar ao SBV – Suporte Básico de Vida, de forma a garantir a continuidade de parâmetros de qualidade na assistência pré-hospitalar à população.

Com estes investimentos o Município pretende dotar as populações dos melhores meios de salvaguarda de pessoas e bens, bem como proporcionar uma assistência eficaz em caso de necessidade.

assinatura_protocolos_sapadores.jpg

PONTE DA BARCA APRESENTA "MÚSICA EM CASA"

'Música em Casa' - Em novembro e dezembro na Casa da Cultura de Ponte da Barca. Iniciativa da Câmara Municipal que vai dar a conhecer ao público barquense vários projetos de músicos portugueses em ascensão

A Câmara municipal apresenta o projeto 'Música em Casa'. Até dezembro, a Casa da Cultura terá em destaque uma programação musical que vai dar a conhecer em Ponte da Barca vários projetos de músicos portugueses em ascensão, que vão de encontro a distintos gostos musicais.

MUSICA EM CASA-01.jpg

Este projeto que arrancou, efetivamente, no passado sábado com os Best youth, tem o próximo concerto agendado para o dia 5 de novembro, com os leirienses Nice Weather for Ducks. Chegaram em 2012 com "2012", depois viajaram em "Back To The Future" e do primeiro disco "Quack" acabaram de lançar o terceiro single "Bollywood".

Depois de abrirem a compilação Novos Talentos Fnac, os Nice Weather for Ducks abanaram o Vodafone Mexefest ou o Bons Sons e venceram no festival espanhol Monkey Week (onde receberam excelentes críticas e intensa passagem na RNE3). Regressam aos discos em 2016 com 'Love Is You And Me Under The Night Sky' apresentado pelo single 'Marigold'.

MUNICÍPIOS DE CAMINHA E VILA NOVA DE CERVEIRA ASSINAM PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

Protocolo vai beneficiar crianças e alunos do pré-escolar e 1º ciclo dos dois concelhos

Os Municípios de Caminha e de Vila Nova de Cerveira celebraram ontem um protocolo de cooperação que vai beneficiar as crianças e alunos do 1ºciclo e pré-escolar que frequentam os estabelecimentos de ensino de ambos os concelhos. A partir de agora, os alunos podem visitar gratuitamente os espaços museológicos dos dois concelhos.

27.10.2016 - +assinatura protocolo cooperação VNC (1).jpg

O protocolo de cooperação foi assinado ontem, por Miguel Alves e Fernando Nogueira, acompanhados dos respetivos vereadores da Educação Rui Fernandes e Aurora Viães, na Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira. O objetivo é dar a conhecer os espaços museológicos dos dois concelhos, promovendo a qualidade da aprendizagem das crianças e jovens.

Os dois Municípios pretendem criar sinergias entre si e os Agrupamentos de Escolas dos respetivos concelhos no sentido de racionalizar recursos humanos, meios e equipamentos, de modo a potenciar os meios disponíveis para o desenvolvimento das atividades culturais, educativas e recreativas dos alunos do 1º ciclo e pré-escolar.

Assim, os municípios comprometem-se a colaborar mutuamente por forma a criar condições para que os alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do concelho de Caminha possam visitar gratuitamente o Aquamuseu de Vila Nova de Cerveira e os Moinhos da Gávea e, em contrapartida, os alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do concelho de Vila Nova de Cerveira possam visitar gratuitamente o CISA - Centro de Interpretação da Serra D`Arga e a Torre do Relógio.

Os dois municípios acreditam num contínuo processo de aperfeiçoamento do serviço público de educação no desiderato estratégico de promoção da qualidade da aprendizagem das crianças e dos jovens, através de respostas mais eficazes e mensuráveis que permitam uma melhoria contínua nas suas práticas pedagógicas e de um crescente envolvimento da comunidade educativa.

27.10.2016 - +assinatura protocolo cooperação VNC (2).jpg

BRACARENSES CAMINHAM CONTRA O CANCRO

‘Pink Run’ – Marcha Solidária contra Cancro da Mama

Amanhã, Sábado, dia 29 de Outubro, às 16h00, no Largo Senhora-a-Branca, em Braga

O Município de Braga promove a marcha solidária contra o cancro da mama ‘Pink Run’, que se realiza amanhã, Sábado, 29 de Outubro, às 16h00, no Largo da Senhora-a-Branca, em Braga.

Esta é uma iniciativa integrada no programa ‘Outubro Rosa’ promovido pelo Município de Braga em estreita colaboração com o Hospital de Braga, ACES Braga, Delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Rosa Vida, Amados e Movimento Vencer e Viver.

CELORICO DE BASTO É CAPITAL DA CAMÉLIA

Celorico de Basto é oficialmente Capital das Camélias. “Celorico de Basto um jardim de camélias”

Celorico de Basto registou-se como marca nacional “Celorico de Basto Capital das Camélias”, um título que valoriza o património natural existente no concelho.

_DSC1882.jpg

“Tornamos o nosso destino, Celorico de Basto, uma marca registada no que respeita às camélias, uma marca que nos impulsionará na consolidação de projetos e objetivos que visam a valorização deste património natural que nos enobrece e que nos identifica” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Ao longo dos anos temos vindo a incutir aos celoricenses o gosto pelas camélias e são poucos os que não têm uma cameleira no seu jardim”. O autarca realçou a necessidade de criar mecanismos que coloquem as camélias no centro das atenções. “Temos casas senhoriais e brasonadas com jardins meticulosamente ornamentados com camélias de vários espécimes, que se tornaram roteiro de visita obrigatória para quem nos visita, e estamos no caminho certo para reforçar esta planta e o concelho como uma referência nacional. Num trabalho de parceria entre a população e o município estou certo que, este concelho será, cada vez mais, um belo jardim de camélias”.

O registo da marca foi feito em abril ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial tendo sido agora, aprovado.

Recordar que, no terceiro fim-de-semana de março realiza-se, em Celorico de Basto, a Festa Internacional das Camélias, um certame que conta com a envolvência de toda a população, com milhares de visitantes e turistas que procuram a beleza da camélia nas várias atividades promovidas.

_DSC3051.jpg

PONTE DE LIMA PARTICIPA EM SANTARÉM NO FESTIVAL NACIONAL DE GASTRONOMIA

Ponte de Lima é uma referência nacional e internacional na produção de Vinhos Verdes de excelência, principalmente nas castas de Loureiro e Vinhão, registando cerca de 2000 produtores do setor primário vitivinícola.

PTL_promoção.jpg

Neste contexto, o Município de Ponte de Lima está a participar no Festival Nacional de Gastronomia, a decorrer até 4 de novembro em Santarém.

Integrando o Stand da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho - AMPV, Ponte de Lima marca presença divulgando e promovendo todos os vinhos do concelho de Ponte de Lima. A par do enoturismo e da gastronomia, o património histórico e paisagístico do concelho de Ponte de Lima complementa uma oferta muito apetecível, com identidade e qualidade.

O espaço da AMPV é composto por quatro stands, onde estão expostos os Municípios e rotas do vinho com os seus produtores de vinhos. No certame, serão ainda promovidos os vinhos premiados pelo concurso internacional “La Selezione del Sindaco” a apoiar os territórios vitivinícolas dos medalhados.

Prevê-se que mais de 30 mil visitantes passem pelo certame, que conta com a presença de 120 expositores.

ARROZ PICA NO CHÃO É ATRACÇÃO GASTRONÓMICA DE ARCOS DE VALDEVEZ

Pica no Chão voltou a atrair muitos visitantes ao concelho

No passado fim-de-semana, Arcos de Valdevez foi palco de mais uma edição dos “Ciclos Gastronómicos”, desta vez dedicado à degustação do tradicional “Arroz de Pica no Chão”, acompanhado dos excelentes vinhos verdes da região.

pica_chao.jpg

Foram muitos os que quiseram vir a Arcos de Valdevez degustar este prato tradicional, que faz parte de um vasto e rico património gastronómico concelhio, o qual defende a qualidade dos produtos locais de criação caseira e biológica, como atributo fundamental na confeção desta iguaria.

Os restaurantes aderentes fazem um balanço excelente desta iniciativa que se insere no programa dos ciclos gastronómicos levados a cabo pela autarquia durante o ano para promover o Pica no Chão, o Cozido à minhota, os Rojões e as Papas de Sarrabulho, o cabrito e o Bacalhau à lavrador.

Estes ciclos são uma oportunidade única para fazer um roteiro gastronómico singular e genuíno pelos sabores tradicionais de Arcos de Valdevez, de comprovar a qualidade da doçaria tradicional, como o Bolo de Discos, Bolo de Mel e os Charutos de Ovos, com Laranja de Ermelo e saborear os bons vinhos verdes produzidos na região.

A par desta iniciativa decorreu a “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores” e animação de rua com a atuação da Rusga do Povo de Távora Stª Maria e S. Vicente, no sábado.

O próximo Ciclo Gastronómico será dedicado ao Cozido à Minhota e realizar-se-á nos dias 26 e 27 de Novembro.

Estas iniciativas são uma excelente forma de dinamizar o turismo, a restauração e o comércio no Concelho.

pica_chao2.jpg

pica_chao4.jpg

pica_chao5.jpg

PROTOCOLO DE INTERCÂMBIO DE VISITAS ESCOLARES GRATUITAS ENTRE CAMINHA E CERVEIRA É UM EXEMPLO A SEGUIR EM TODA A REGIÃO!

Os municípios de Caminha e Vila Nova de Cerveira celebraram recentemente um protocolo de cooperação para intercâmbio de visitas escolares gratuitas aos espaços museológicos dos dois concelhos, dando assim início a uma programação lúdico-pedagógica conjunta que também agrega Melgaço.

IMG_9411.JPG

Com o objetivo de dar a conhecer os museus de referência entre municípios vizinhos, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira avançou com a constituição uma parceria intermunicipal com Caminha e Melgaço na área da educação, visando a promoção da qualidade da aprendizagem das crianças e jovens, com a programação de visitas escolares gratuitas a vários espaços dos três concelhos.

O referido protocolo visa criar condições para que os alunos do pré-escolar e do 1º ciclo dos concelhos de Caminha e de Melgaço possam explorar, de forma concertada e gratuita, o Aquamuseu do rio Minho e os Moinhos da Gávea, localizados em Vila Nova de Cerveira e, em contrapartida, as crianças cerveirenses a frequentar os mesmos níveis de ensino usufruam de uma visita à Torre do Relógio e ao Centro de Interpretação da Serra d'Arga - CISA, em Caminha e, por Melgaço, contactem de perto com o Núcleo Museológico da Torre de Menagem, as Ruínas Arqueológicas da Praça da República, o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro, o Museu de Cinema de Melgaço – Jean LoupPassek, o Espaço de Memória e Fronteira e a Porta Lamas de Mouro.

As visitas escolares a estes espaços referenciados em cada concelho podem ocorrer durante o ano letivo, mas também durante as pausas letivas mediante calendarização previamente acertada.

Este intercâmbio constitui um exemplo a seguir por outros concelhos da nossa região, podendo mesmo estender-se a todo o Minho. Tal como referiu Fernando Nogueira, Presidente do município cerveirense, na cerimónia de celebração do protocolo, “Temos as nossas semelhanças, mas também aspetos diferenciadores em cada concelho. Acredito que a região, no seu todo, tem de desempenhar um papel interventivo na promoção e oferta das mais diversas vertentes, mais ainda quando se trata da melhoria das práticas pedagógicas e de um crescente envolvimento da comunidade educativa”.

PARQUE DE ESTACIONAMENTO SIDÓNIO PAIS EM CAMINHA CONTINUARÁ GRATUITO

Câmara fez a obra, pagou, mas não acautelou condições com a então REFER

Miguel Alves garantiu esta semana à população que parque de estacionamento Sidónio Pais continuará a ser gratuito, mesmo que “tudo corra mal” nas negociações em curso com a Infraestruturas de Portugal. A empresa vem agora exigir ao Município uma renda anual pela utilização/aluguer do parque, apesar da obra ter sido construída e paga pela Câmara, uma vez que o Executivo anterior não terá acautelado a situação.

Parque de Estacionamento.JPG

A questão foi levantada pelo presidente da Junta de Caminha (Matriz) e Vilarelho durante a última reunião pública descentralizada. Miguel Gonçalves manifestou-se preocupado com a situação e disse não aceitar que seja a população a ser penalizada, pelo facto doExecutivode então não ter, ao que tudo indica, assinado um protocolo com a então REFER, à data a dona do terreno, que salvaguardasse as condições em que o parque de estacionamento contíguo à estação de caminho-de-ferro de Caminha poderia ser usado ou mesmo gerido pelo Município após a realização das obras.

O imbróglio foi despoletado recentemente, com a chegada à Câmara de uma proposta de contrato enviada pelaInfraestruturas de Portugal, empresa pública que resulta da fusão entre a Rede Ferroviária Nacional – REFER e a EP - Estradas de Portugal, SA. A fusão aconteceu em 2015 e estabelece que as infraestruturas rodoviárias e ferroviárias passam a ser geridas por uma única empresa. Aquela empresa pretende agora alugar o parque de estacionamento Sidónio Pais à Câmara, por 7.700 euros anuais.

O conhecimento desta situação levou algumas forças a equacionar a possibilidade do parque deixar de ser gratuito e passar a ser pago, com pesadas consequências para a população em geral e para a mobilidade, afetando diretamente o comércio e o turismo. 

Miguel Alvesencetou entretantocontactos com a empresa: “estamos a tentar explicar que não faz sentido o aluguer, mas se tudo correr mal teremos de assumir e não vamos castigar as pessoas”.

Recorde-se que a Câmara projetou, construiu e pagou a obra, que, aliás, se arrastou durante vários anos. De facto, foi já este Executivo que pagou a fatura e desbloqueou a situação também na contígua Avenida Saraiva de Carvalho, que se mantinha inacabada, como um estaleiro a céu aberto, prejudicando a circulação de veículos. Ao todo, a intervenção superou os 300 mil euros, acrescidos de IVA, e obrigou a um segundo projeto de reformulação do parque de estacionamento (encomendado em 2010) e a uma espécie de indemnização ao primeiro empreiteiro, a quem a obra do parque (então de maiores dimensões) tinha sido adjudicada por cerca de meio milhão de euros.

O que é hoje o parque de estacionamento Sidónio Pais foi efetivamente executado em terreno que não pertencia ao Município, não tendo sido acautelada a utilização futura, o que agora levanta problemas e permite à Infraestruturas de Portugal fazer exigências.

GUIMARÃES É CIDADE INTELIGENTE

“SMART CITIES” NO AVEPARK

Guimarães recebeu sessão de informação sobre cidades e comunidades inteligentes

“InfoDay” teve a presença de investigadores e técnicos nas áreas das tecnologias de informação e também da sustentabilidade. Sessão permitiu a apresentação das diferentes oportunidades de financiamento existentes na União Europeia.

Guimaraes_AvePark_SmartCities.JPG

Um representante da Comissão Europeia para os assuntos da energia, Eric Lecomte, apresentou em Guimarães as várias oportunidades de candidaturas que podem ser elaboradas até fevereiro de 2017 no âmbito das “Smart Cities”, cidades inteligentes sustentáveis que, através da aplicação de novas tecnologias no espaço público, têm por objetivo principal melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Durante uma sessão informativa que decorreu esta quinta-feira no AvePark, o Policy Officer da Comissão Europeia destacou a necessidade das instituições promoverem a criação de redes entre cidades de diferentes países, ressalvando a «compatibilidade entre os conceitos de Cidade Inteligente e Cidade Verde», no contributo para a construção de cidades onde os cidadãos gostem de viver, «mais verdes, mais inclusivas, mais inteligentes e tecnológicas».

O “InfoDay” dedicado ao programa-quadro H2020, debruçou-se sobre o tema “Smart Cities and Communities” e revelou-se mais uma oportunidade para a divulgação por parte da Fundação de Ciência e Tecnologia e do Gabinete de Promoção do Programa-Quadro Europeu de I&D (Horizon 2020) de promover várias oportunidades que este programa-quadro encerra no âmbito das cidades inteligente e sustentáveis. O programa conta já com mais de sete centenas de projetos aprovados em Portugal e tem sido uma ferramenta importante para o desenvolvimento de projetos na área da investigação, tecnologia e inovação.

Presente na abertura do “InfoDay”, realizado com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães, o vereador Ricardo Costa sublinhou a importância de «juntar os conceitos de cidade inteligente (Smart City) e Cidade Sustentável (Sustainable City) como contributo para a candidatura a Capital Verde Europeia», um caminho que Guimarães está a trilhar, preparando o respetivo dossiê, sendo simultaneamente líder de um consórcio europeu no âmbito das Cidades Inteligentes: “1000 Smart Historic Cities”. «Somos uma cidade com história, mas com os olhos no futuro», disse. 

PAREDES DE COURA APRESENTA "A ARTE EM PEÇAS"

‘Arte em Peças’. 29 e 30 out | Paredes de Coura

O ‘Arte em Peças’ volta a marcar presença em Paredes de Coura com uma legião de fãs das peças coloridas mais famosas do mundo a deslumbrarem-se com as mais fantásticas construções que por estes dias preenchem todos os espaços do Centro Cultural. Amanhã e domingo, 29 e 30 de outubro, o ‘Arte em Peças’ é dedicado ao público em geral e com horário de abertura das 14 às 19h00, depois de toda a semana ter sido dedicada a grupos escolares, numa iniciativa promovida pelo Município de Paredes de Coura em parceria com a Comunidade 0937, um grupo de entusiastas da LEGO®que todos os anos promove esta celebração em torno da legomania e que agarra múltiplas gerações.

Imaginem cidades compostas por vários edifícios e atravessadas por comboios motorizados, simulando vários aspetos da vida quotidiana. Ou até um grande display dedicado às aventuras do Astérix e do seu companheiro Obélix onde, como não poderia deixar de ser, aparece a aldeia dos irredutíveis gauleses, uma fortificação romana e uma gigantesca pirâmide. Mas também uma grande área Technic, na qual os visitantes poderão interagir com vários veículos onde o movimento é rei. 

Tudo isto e muito mais é possível contemplar no “Arte em Peças”, como por exemplo um maravilhoso cenário medieval onde nas sombras de uma grande muralha decorrem muitas pequenas cenas representando a vida daqueles tempos. Um lindíssimo display western mostrando aventuras de cowboys e índios na paisagem agreste do oeste americano, onde não irá faltar uma cidade movimentada, comboio, minas, rios e a célebre cavalaria. Mas também uma mesa com várias miniaturas realistas de veículos motorizados, como por exemplo o bem português UMM ou o clássico Honda RA272, para além de várias naves espaciais de diferentes escalas mostrando as construções portuguesas numa competição internacional, bem como o cenário de uma batalha num planeta gelado da Guerra das Estrelas ou até várias construções medievais provenientes de uma atividade da Comunidade 0937 com o nome ‘Lusitanis’. Uma escola primária e um cenário da Segunda Guerra Mundial, assim como uma requintada e detalhada catedral, e muito mais, completam esta sétima edição do ‘Arte em Peças’, que mais uma vez instala este enorme mosaico com peças LEGO® no Centro Cultural de Paredes de Coura. 

Recorde-se que o ‘Arte em Peças’ é já uma referência no mapa mundial dos LEGO® Fan Events, organizado ininterruptamente desde 2010 pela Comunidade 0937 em conjunto com o Município de Paredes de Coura. Esta parceria não se limita ao ‘Arte em Peças’, já que ambas as entidades também organizam o Paredes de Coura Fan Weekend, evento LEGO® de cariz internacional e único fora da Dinamarca que no passado mês de junho recebeu 180 participantes com origem em dezassete países diferentes e que foi aclamado como “o paraíso na terra” por uma revista da especialidade. Com caráter permanente o Município de Paredes de Coura possui a ‘Caixa de Brinquedos’, espaço de excelência onde as crianças podem brincar com peças LEGO® e onde a Comunidade 0937 também organiza regularmente workshops, de inscrição gratuita, sobre o tema.

De acesso gratuito, na edição deste ano do ‘Arte em Peças’ o público também será desafiado para algumas atividades para melhor conhecer estas construções. Haverá também um espaço com milhares de peças LEGO® para os mais novos darem largas à imaginação e participarem em concursos de construção.

Sobre a Comunidade 0937

Já apelidado como “viveiro de talentos”, este grupo português de fãs de LEGO® foi fundado em 2006 e dinamiza atividades tanto online (fórum de discussão, concursos, revista digital, etc.) como offline (eventos, exposições, encontros, workshops). É conhecido internacionalmente pela qualidade das construções dos seus membros, tendo cinco deles sido contratados pela própria LEGO®, na Dinamarca, para serem designers de conjuntos.

TERRAS DE BOURO SENSIBILIZA PARA O USO DE TRACTORES EM SEGURANÇA

Sessão de esclarecimento sobre prevenção de furtos de materiais agrícolas e acidentes com tratores

O Município de Terras de Bouro informa que no dia 21 de Novembro de 2016 pelas 10:00, o Gabinete de Apoio ao Agricultor do Município de Terras de Bouro e a Secção de Programas Especiais do Destacamento da GNR da Póvoa de Lanhoso vão levar a efeito uma sessão de esclarecimento, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Terras de Bouro, no âmbito da prevenção de furtos de materiais agrícolas e acidentes com tratores.

Apelamos para que compareçam o maior número de cidadãos porque se trata de uma matéria de extrema importância para todos.

A segurança é responsabilidade de todos!