Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

QUINTA DE ALDÃO EM GUIMARÃES CEDE TODOS OS ANOS UMA ÁRVORE PARA O CORTEJO

Reflorestação de monte preserva natureza e tradição do Pinheiro nas Festas Nicolinas

Plantação reflorestou local onde é cortado anualmente o pinheiro para o cortejo que anuncia o princípio da festa dos estudantes de Guimarães. Iniciativa teve uma mensagem ecológica associada.

Guimaraes_Nicolinas_Plantacao_Pinheiros.JPG

A plantação de uma dezena de pinheiros, da espécie “pinus pinaster”, na Quinta de Aldão, local de onde, desde há muitos anos, por vontade dos seus donos originais e sucessores, é retirado um exemplar para o cortejo das Festas Nicolinas, resultou na reflorestação daquele simbólico terreno, numa iniciativa da Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães (AAELG) para a qual foram convidados o Presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, e os membros da Comissão de Festas liderada este ano por Nuno Guimarães.

Além de promover a preservação da natureza e de uma tradição secular vimaranense, esta ação de carácter ambiental teve também como objetivo realizar um encontro informal entre novos e velhos nicolinos e dar continuidade a uma decisão anunciada quando a associação plantou meia centena de pinheiros como forma de assinalar o início das comemorações dos 50 anos da AAELG, tendo ficado definido nessa altura que, doravante, seria plantado pelo menos um pinheiro em substituição do então retirado.

«Este gesto simbólico tem uma mensagem ecológica de contemporaneidade extremamente importante, inserindo-se também no caminho que estamos a percorrer para a candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia. Todos sabemos que não podemos consumir mais do que a natureza nos dá e esta é uma mensagem de emoção e de afeto, mas também de exemplo a seguir», referiu Domingos Bragança, depois de ter plantado no Monte de Aldão um dos dez pinheiros nicolinos. 

«Este é um dia de grande alegria e de boas memórias», começou por mencionar Augusto Costa, Presidente da AAELG, realçando a «importância de transmitir o espírito nicolino» à nova Comissão de Festas, cujos membros ficaram imediatamente a conhecer o local onde será cortado o pinheiro, além de serem iniciados os procedimentos inerentes ao cortejo de 29 de novembro. «Aquilo que se tira deve-se repor da natureza», acrescentou Augusto Costa.

A opinião foi igualmente partilhada por Nuno Guimarães, Presidente da Comissão 2016. «Este encontro é uma forma de agradecimento e de contacto entre gerações de nicolinos, integrando mais facilmente quem está a chegar». Pedro Martins da Costa, em representação da família proprietária da Quinta de Aldão, disse que a oferta da árvore está associada a uma «longa tradição» e que esta ação revela uma «atitude de responsabilidade ecológica e um momento de comunidade que permite, também, uma excelente jornada de convívio».

MUNICÍPIO DE BRAGA PREMEIA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS ESCOLAS DO CONCELHO

Projecto ‘A Minha Escola é Eficiente’ promove cultura de responsabilidade ambiental

As Escolas Básicas do Bairro da Misericórdia, da Sé e de Santa Tecla, foram os estabelecimentos de ensino que mais reduziram a factura energética durante o ano lectivo anterior alcançando, respectivamente, os três primeiros lugares do projecto ‘A Minha Escola é Eficiente’.

CMB27102016SERGIOFREITAS0000003224.jpg

Com este projecto pioneiro, o Município de Braga tem vindo a reduzir a factura energética das escolas do Concelho, através do incentivo à poupança e da promoção da eficiência energética junto da comunidade escolar.

Durante a entrega dos prémios, que decorreu esta Quinta-feira, 27 de Outubro, o vereador do Ambiente e Energia do Município de Braga, explicou que este programa é muito mais do que um projecto de poupança energética. “Este é um programa educativo que desafia a comunidade escolar a mudar hábitos e a criar uma cultura de responsabilidade ambiental junto dos mais novos”, referiu Altino Bessa.

O primeiro prémio, no valor de mil euros, foi atribuído à EB1 do Bairro da Misericórdia que reduziu a factura em cerca de 40%, atingindo uma poupança de 2.079 euros. Em segundo lugar (750 euros) ficou a Escola da Sé, com uma poupança de 1.989 euros, e na terceira posição (500 euros) ficou a EB1 de Santa Tecla que alcançou uma poupança energética de 1.897 euros. Foram ainda distinguidas a Escola de Real que obteve 1.116 euros de poupança, a Escola do Barreiro, em Nogueira, que poupou 1.033 euros, e o Jardim de Infância de Este S. Pedro, com uma poupança na ordem dos 1.000 euros.

A implementação do programa nas escolas incluiu a realização de um conjunto de visitas e mecanismos de interacção com os alunos, dos quais se destaca a criação do ‘Poupas', a mascote do projecto.

Altino Bessa enalteceu, igualmente, o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Departamento de Electromecânica do Município, assim como o empenho de todas as escolas e dos alunos que conseguiram fazer a diferença no que à poupança de energia diz respeito. “Fruto de uma articulação entre os serviços municipais e a comunidade escolar, temos feito um trabalho de monitorização constante em 109 escolas do Concelho de forma a realizarmos um diagnóstico de eficiência energética para, quando abrir a janela de candidaturas a fundos comunitários, no âmbito do Portugal 2020, podermos melhorar a eficiência energética dos vários estabelecimentos de ensino”, concluiu o vereador.

CMB27102016SERGIOFREITAS0000003225.jpg

j.alberto.poupas.jpg

j.alberto.se-2.jpg

CAMPO DO GANDARELA EM CELORICO DE BASTO GANHA RELVADO SINTÉTICO

Município de Celorico de Basto promove colocação de relvado sintético no campo do FC Gandarela

O Futebol Clube de Gandarela, um clube filiado em 1974 que se dedica sobretudo à prática de futebol, terá, brevemente, o seu Parque Desportivo requalificado, com colocação de relvado sintético. Uma obra que conta com o investimento financeiro do Município de Celorico de Basto.

GANDARELA 1.JPG

“Estas requalificações exigem um esforço financeiro considerável por parte do município mas são cruciais para o incremento desportivo e cultural no concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Começamos por promover a requalificação do Parque Desportivo da Raza, inaugurado recentemente, e desde então que tínhamos como objetivo proporcionar ao Futebol Clube de Gandarela condições iguais para a prática da modalidade. São melhoramentos nas infraestruturas que irão valorizar o clube e permitir uma atenção redobrada à formação assim como, o desenvolvimento desportivo dos atletas e por consequência resultados mais favoráveis nas competições onde estão inseridos” destacou o edil celoricense.

A colocação do Relvado Sintético e outros arranjos necessários no Campo do Futebol Clube de Gandarela permitirá dotar de elevados níveis de qualidade este equipamento coletivo, bem como dar resposta ao crescimento da sua procura para a prática desportiva. Um investimento necessário à prossecução e concretização das obras de melhoramento e valorização das instalações.

11406484_980117212029183_6459485442038584973_n.jpg

MONÇÃO: ALUNOS DO 3º CEB “ENTRAM” NA HISTÓRIA DA TORRE DE LAPELA

Inaugurado no dia 28 de maio, o Núcleo Museológico da Torre de Lapela recebeu, até finais de setembro, 1799 visitantes, 1191 nacionais e 608 estrangeiros. Visando a divulgação daquele espaço cultural e turístico aos alunos do concelho, foram programadas visitas que tiveram início no dia 18 e terminam amanhã, dia 28. Esta tarde, professores e alunos da EBI de Tangil contaram com a presença do Vereador das Atividades Socioculturais, Paulo Esteves. 

Torre 01 (Large).JPG

O Núcleo Museológico Torre da Lapela foi inaugurado no dia 28 de maio deste ano, tendo recebido, até finais de setembro, 1799 visitantes, 1191 nacionais e 608 estrangeiros. Com entrada gratuita, pode ser visitado aos sábados e domingos das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00.

No arranque deste ano letivo, o serviço educativo do município agendou um conjunto de visitas dos alunos do 3º CEB do concelho aquele espaço cultural e turístico. Tiveram início no dia 18 e terminam amanhã, dia 28, contemplando 215 alunos da EB 2.3 de Monção, da EBI de Tangil e da EPRAMI, ensino profissional.

Esta tarde, professores e alunos da EBI de Tangil contaram com a presença do vereador Paulo Esteves. Além da fotografia coletiva, houve tempo para algumas conversas sobre a história da Torre de Lapela e, como não podia deixar de ser, da magnífica paisagem que esta, elegante e altiva, proporciona sobre o rio Minho, casario tradicional e margem galega.   

“Um local com muito para contar e uma panorâmica fantástica sobre a envolvente” referiu Paulo Esteves, acrescentando que “esta visita dos alunos do concelho tem como objetivo a divulgação da nossa história e a criação de um momento de aprendizagem fora da sala de aulas” 

Após os trabalhos de reabilitação estrutural e espacial, a Torre de Lapela, conhecida como a melhor varanda sobre o rio Minho agora batizada como Núcleo Museológico Torre de Lapela, mantem a mesma postura imponente e mostra uma silhueta ainda mais atraente, garantindo um maior contacto com a história local.

Além de diversos painéis explicativos da história da Torre de Lapela e da sua função defensiva na orla do rio Minho ao longo dos séculos, pode-se visualizar um vídeo com imagens surpreendentes sobre a envolvente natural e fluvial daquele espaço histórico e cultural.

Torre 02 (Large).JPG

Torre 04 (Large).JPG

Torre 05 (Large).JPG

Torre 06 (Large).JPG

Torre 11 (Large).JPG

EMPRESA ESPANHOLA CRIA MAIS INVESTIMENTO E EMPREGO EM ARCOS DE VALDEVEZ

Presidente da Câmara solicitou ao Governo apoios para melhorar o acolhimento empresarial

O Grupo espanhol Poligal celebrou hoje os seus 25 anos de existência e procedeu à inauguração de uma nova linha de produção na unidade fabril sedeada no Parque Empresarial das Mogueiras em Arcos de Valdevez. Este novo investimento na ordem dos 12,5 ME reveste-se de grande importância porque irá permitir criar 35 novos empregos no concelho.

poligal6.jpg

Esta aposta contemplou a instalação de duas novas linhas produtivas – a linha polipropileno cast (CPP) e a de metalização. A linha de CPP possui a maior capacidade de produção do mercado europeu na atualidade. A linha de metalização é a primeira deste tipo instalada pela empresa espanhola em Arcos de Valdevez.

 A sua produção destina-se quase na totalidade para a exportação, contribuindo para o aumento das exportações de Portugal, cuja faturação rondará os 105 milhões de euros em 2017.

João Manuel Esteves, Presidente da Câmara Municipal arcuense, fez questão de lembrar que a política de atração de investimentos para o concelho tem surtido resultados, pois estão em curso “investimentos privados no valor de mais de 35 milhões de euros, estando prevista a criação de mais de 300 postos de trabalho.”

Aproveitando a presença do Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, solicitou apoio para Melhorar o acolhimento empresarial através de apoios para a modernização dos Parques Empresariais e para a concretização da ligação deste Parque Empresarial das Mogueiras até ao IC28; considerou importante a implementação de um Simplex para o Investimento, um programa de desburocratização dos licenciamentos e dos processos de candidatura a fundos, bem como reforçar os incentivos fiscais e abrir concursos de apoios comunitários específicos para as empresas que se instalarem nestes territórios baixa densidade, nomeadamente para indústria, comércio tradicional e turismo.

O autarca rematou afirmando que a “Câmara Municipal conta com o envolvimento dos arcuenses, das empresas, das instituições e do Governo numa verdadeira parceria para criar mais emprego, criar mais rendimento, fixar população e melhorar a qualidade de vida nos Arcos de Valdevez e na região. “

O grupo Poligal, um dos principais fabricantes europeus de fabrico de película plástica para condicionamento de alimentos, com recurso a equipamentos tecnologicamente avançados de filme de polipropileno, tem 130 pessoas a trabalhar nesta unidade. É considerada a maior e mais moderna fábrica do sector instalada na Europa e produz diariamente 100 toneladas de Polipropileno. Com este novo investimento chega perto de 50 milhões de euros o valor investido em Arcos de Valdevez.

poligal.jpg

LIMPEZA DO RIO ESTE GARANTE SEGURANÇA DE PESSOAS E BENS

Ricardo Rio visitou intervenção em curso na zona da Ponte Pedrinha

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, visitou hoje, 27 de Outubro, as operações de limpeza e manutenção que estão a decorrer no rio Este, no troço situado entre a Avenida Padre Armando Lira e o complexo industrial da Grundig.

CMB27102016SERGIOFREITAS0000003231.jpg

Na ocasião, Ricardo Rio salientou que a limpeza do rio resulta do cumprimento escrupuloso das obrigações legais do Município, no sentido de contribuir para a segurança pública. “Durante muitos anos houve um acumular de situações que levaram a que, em muitos pontos, o rio Este se transformasse num problema para moradores e empresas”, referiu o Edil, que se fez acompanhar pelo vereador do Ambiente, Altino Bessa.

A qualidade da água foi outra das dimensões destacadas pelo Autarca Bracarense, anunciando que, em breve, a Câmara Municipal irá avançar com um projecto que permitirá um acompanhamento mais escrupuloso de tudo o que tem a ver com as descargas e com a qualidade da água do rio. “Continuamos a assistir a diversas descargas, mas temos accionado todos os mecanismos ao nosso dispor para identificar os infractores e denunciá-los às autoridades competentes”, frisou Ricardo Rio.

Segundo o Edil, a limpeza do rio permite, ainda, uma maior fruição do mesmo por parte da população para a prática desportiva, para lazer ou mesmo na óptica de promoção de uma via alternativa de mobilidade urbana.

O Autarca adiantou, igualmente, que a curto prazo será lançado o concurso para a execução da extensão, a montante, da ciclovia até ao Instituto Ibérico de Nanotecnologia. “Neste momento, estamos a iniciar o estudo para o projecto de prolongamento a jusante, até ao Complexo da Grundig pelo que, ao longo do próximo ano, teremos a ciclovia reforçada em cerca de dois quilómetros”, sustentou o Edil.

As operações de limpeza e manutenção do rio Este iniciaram-se no final do mês de Julho, junto ao Complexo Desportivo da Rodovia. Além da limpeza manual das margens, os trabalhos incluem a utilização de máquinas nas zonas da Rodovia, Galos, junto à ‘FOC’ e ao Complexo da Grundig. “Só da zona da ‘FOC’ foram retiradas mais de 1.300 toneladas de inertes”, referiu o vereador do Ambiente, Altino Bessa, notando que o grande objectivo desta intervenção é dar um melhor aspecto ao rio e evitar as cheias.

CMB27102016SERGIOFREITAS0000003233.jpg

CMB27102016SERGIOFREITAS0000003235.jpg

CAMINHA E CERVEIRA CELEBRAM PROTOCOLO PARA LEVAR ALUNOS AOS MUSEUS DE AMBOS OS CONCELHOS

Assinado protoloco de cooperação para intercâmbio de visitas escolares a museus

Vila Nova de Cerveira e Caminha formalizaram, esta manhã, o processo de intercâmbio de visitas escolares gratuitas aos espaços museológicos dos dois concelhos, dando assim início a uma programação lúdico-pedagógica conjunta que também agrega Melgaço. A assinatura do protocolo de colaboração mútua contou com os autarcas Fernando Nogueira e Miguel Alves, acompanhados dos respetivos Vereadores da Educação Aurora Viães e Rui Fernandes.

IMG_9411.JPG

Com o objetivo de dar a conhecer os museus de referência entre municípios vizinhos, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira avançou com a constituição uma parceria intermunicipal com Caminha e Melgaço na área da educação, visando a promoção da qualidade da aprendizagem das crianças e jovens, com a programação de visitas escolares gratuitas a vários espaços dos três concelhos.

Durante a assinatura do protocolo entre Cerveira e Caminha, os dois autarcas, Fernando Nogueira e Miguel Alves, foram consensuais em reforçar a importância dos municípios não adotarem posições de concorrência entre si, mas de apostarem na cooperação em prol de uma oferta mais diversificada de condições e acessos, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das respetivas populações. “Temos as nossas semelhanças, mas também aspetos diferenciadores em cada concelho. Acredito que a região, no seu todo, tem de desempenhar um papel interventivo na promoção e oferta das mais diversas vertentes, mais ainda quando se trata da melhoria das práticas pedagógicas e de um crescente envolvimento da comunidade educativa”, assegura Fernando Nogueira.

Na prática, o presente protocolo visa criar condições para que os alunos do pré-escolar e do 1º ciclo dos concelhos de Caminha e de Melgaço possam explorar, de forma concertada e gratuita, o Aquamuseu do rio Minho e os Moinhos da Gávea, localizados em Vila Nova de Cerveira e, em contrapartida, as crianças cerveirenses a frequentar os mesmos níveis de ensino usufruam de uma visita à Torre do Relógio e ao Centro de Interpretação da Serra d'Arga - CISA, em Caminha e, por Melgaço, contactem de perto com o Núcleo Museológico da Torre de Menagem, as Ruínas Arqueológicas da Praça da República, o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro, o Museu de Cinema de Melgaço – Jean Loup Passek, o Espaço de Memória e Fronteira e a Porta Lamas de Mouro.

Após a assinatura entre as entidades envolvidas, o protocolo entra em vigor, sendo que cada agrupamento de escolas deve elaborar uma programação das visitas que pretenda efetuar para, posteriormente, dar conhecimento desse plano de atividades às entidades responsáveis, de modo a preparar a logística necessária para a sua concretização.

As visitas escolares a estes espaços referenciados em cada concelho podem ocorrer durante o ano letivo, mas também durante as pausas letivas mediante calendarização previamente acertada.

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO QUER LEVAR ÁGUA E SANEAMENTO A TODO O CONCELHO

Paulo Cunha lança investimento “sem precedentes” no ambiente

As máquinas já estão no terreno e trabalham em várias frentes de obra, levando a água e o saneamento até às casas dos famalicenses. São mais 30 quilómetros de rede de água e 60 quilómetros de rede de saneamento básico que vão servir diretamente dez mil habitações do concelho, num investimento superior a quatro milhões de euros.

DSC_0151.jpg

As obras já anunciadas nos primeiros meses deste ano, foram lançadas, esta quinta-feira, no terreno pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que considerou que a autarquia está a fazer“um investimento sem precedentes na área do ambiente”.

O autarca esteve no lançamento da rede de drenagem de águas residuais e abastecimento de água no Vale do Rio Pelhe, que vai beneficiar as freguesias de Vale S. Cosme, Telhado e Portela, uma das maiores empreitadas a serem concretizadas, com um investimento de 750 mil euros e a colocação de 460 ramais de saneamento e 215 ramais de água.

Para Paulo Cunha “esta era uma reivindicação justa da população destas freguesias porque trata-se de uma necessidade básica das pessoas. Era um investimento prioritário da autarquia, mas foi preciso criar condições para que as obras se realizassem”, explicou, acrescentando que por um lado “trata-se de um investimento exclusivo da Câmara Municipal, sem acesso a fundos comunitários”, mas por outro lado é um investimento que não depende só da autarquia, pois “não havia nesta zona intercetores, e enquanto não havia rede em alta de água e saneamento a câmara não podia executar as obras de rede em baixa”, esclareceu.

Quem não podia estar mais satisfeito com as obras era o presidente da União das freguesias de Vale S. Cosme, Telhado e Portela, António Matos. “Estas freguesias parecem estaleiros, com obras em várias frentes, não só na água e saneamento, mas também nas escolas e nas estradas”, referiu, acrescentando que apesar dos transtornos no quotidiano das populações, as pessoas estão muito satisfeitas. “Chegou o tempo de Vale S. Cosme, Telhado e Portela”, salientou.

Para além desta empreitada, arrancam nos próximos dias mais oito grandes obras no terreno. Entretanto, decorrem outros investimentos pontuais no concelho envolvendo no total 27 freguesias.

É uma avalanche de obras que vai permitir que em 2017, a cobertura de água no concelho passe para 95,9 por cento e a cobertura de saneamento chegue aos 82,7 por cento. Recorde-se que em 2013, o concelho tinha uma taxa de cobertura de água de 93 % e de saneamento de 74 %.

image49193.jpeg

MUNICIPIO DE MONÇÃO REQUALIFICA ZONA DO PORCALHO

Candidatura, aprovado no Portugal 2020, Programa Regeneração Urbana, prevê dotação de infraestruturas de água ao domicílio, saneamento básico, ecopontos subterrâneos, recuperação de parte da muralha, substituição da rede elétrica, pavimentação com calçada à portuguesa e passeios em lajedo de granito.

Porcalho 02 (Large).JPG

A zona do Porcalho vai ser requalificada. A candidatura apresentada pelo município, no valor elegível de 293.023,00 €, foi aprovada no Portugal 2020, Programa Regeneração Urbana, sendo a comparticipação governamental de 85 por cento daquele montante.

De acordo com o projeto, pretende-se a requalificação da totalidade daquela zona próxima da Porta do Rosal com dotação de infraestruturas de água ao domicílio, saneamento básico, ecopontos subterrâneos, reperfilamento e pavimentação de arruamentos.

Para que os trabalhos de beneficiação sirvam os moradores e transeuntes,as intervenções serão efetuadas com recurso a materiais como calçada à portuguesa e passeios em lajedo de granito, tal como acontece na parte nascente do estacionamento. A rede elétrica será substituída com elementos de baixo consumo.

O percurso na parte final do projeto de acesso à zona ribeirinha, será ligeiramente alargado para o lado oposto à muralha, de forma a permitir trânsito automóvel. O muro de suporte de terras do talude do baluarte da Senhora da Guia será reconstruído, alinhado e elevado, visando uma melhor proteção da muralha.

A requalificação desta zona permitirá uma substancial melhoria da qualidade ambiental, a eliminação de elementos dissonantes e a continuidade de beneficiação dos espaços exteriores à muralha, conforme tem ocorrido em outras áreas do tecido urbano monçanense.

ESCRITOR JOSÉ CARLOS SEABRA PEREIRA RECEBE GRANDE PRÉMIO DE ENSAIO EDUARDO PRADO COELHO

José Carlos Seabra Pereira recebe amanhã Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho. A partir das 15h30, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o Presidente da Associação Portuguesa de Escritores (APE), José Manuel Mendes, entregam amanhã, sexta-feira, 28 de outubro, pelas 15h30, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho ao escritor José Carlos Seabra Pereira, pela obra “O Delta Literário de Macau”.

A sessão conta  ainda com as presenças do escritor e também da porta-voz do júri, Maria João Reynaud.

José Carlos Seabra Pereira (1).jpg

BEST BAKERY GRAVADO EM ARCOS DE VALDEVEZ

Best Bakery - A Melhor Pastelaria de Portugal , o mais recente programa de culinária da Sic apresentado pela conhecida atriz Ana Guiomar, gravou, com o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, uma das suas semifinais no Paço de Giela, a qual irá para o ar no próximo dia 30 de outubro, no horário habitual.

best_bakery.jpg

Devido à sua beleza, envolvência e história o local, chamou à atenção da produção que fez questão de realizar um dos seus programas em Arcos de Valdevez Onde Portugal se Fez!

“Best Bakery - A Melhor Pastelaria de Portugal trata-se da busca nacional pela melhor pastelaria independente, familiar ou comunitária. Ao longo da temporada, padarias e pastelarias de todo o país competem numa série de desafios em que põem à prova a sua habilidade e fazem crescer água na boca dos telespectadores”.

Fonte: Público

best_bakery2.jpg

best_bakery3.jpg

best_bakery4.jpg

VIZELA PROCEDE À VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA

Vacinação antirrábica decorrerá no dia 8 de novembro

A Câmara Municipal de Vizela informa que, excecionalmente, no próximo mês de novembro, a vacinação antirrábica e a identificação eletrónica dos animais, decorrerá apenas no dia 8 de novembro, pelas 11h, nas instalações da Câmara Municipal de Vizela, e não no dia 1 de novembro, conforme estava previsto, por ser feriado nacional.

Nos meses seguintes, a vacinação antirrábica e a identificação eletrónica dos animais, decorrerá nas datas previstas, ou seja, na primeira terça-feira de cada mês, às 11h, nas instalações da Câmara municipal de Vizela (junto do portão da garagem).

MUNICÍPIO ARCUENSE APROVA ORÇAMENTO

Câmara Municipal aprovou orçamento superior a 28,5 milhões de euros

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aprovou, na passada reunião de Câmara, o Plano e Orçamento para o ano de 2017, no valor global superior a 28,5 milhões de euros. Um Orçamento que prevê mais investimento, diminuição da dívida e um incremento das parcerias com as instituições arcuenses.

 Arcos de Valdevez continua a investir no concelho e na qualidade de vida dos arcuenses e com este Plano e Orçamento o Executivo Municipal pretende prosseguir a sua estratégia de desenvolvimento sustentável, orientando a sua ação na construção de um concelho mais solidário, mais atrativo para investir e visitar e com mais qualidade de vida para todos os arcuenses.

 Na prossecução desta estratégia, o Município pretende reforçar a política de proximidade e investir em projetos estruturantes para o concelho e para os arcuenses, assegurando a sustentabilidade económica e financeira do Município e a otimização da prestação do serviço público. Para tal, conta com o envolvimento ativo e participativo dos arcuenses, as Juntas de Freguesia, Instituições de cariz social e desenvolvimento económico, e as Associações desportivas, culturais e sociais,prevendo investimentos na ordem dos 3,8 milhões de euros.

A Autarquia procura também contemplar uma solidariedade mais efetiva, reforçando um conjunto de medidas de apoio social e incentivo à economia, isenção ou redução de taxas.

Este orçamento prevê mais investimento na educação, na segurança e ação social, no desporto, na cultura, no desenvolvimento empresarial, comercial e turístico, entre outros. Representando as Grandes Opções do Plano (GOP) para 2017 mais de 18,5 milhões de euros, com um investimento de 11,5 milhões de euros em Funções Sociais (62,3%), mais de 4,5 milhões de euros (24,4%) em Funções Económicas e 280 mil euros (4,4%) em Funções Gerais. A este nível, destacam-se alguns dos projetos de relevo a concretizar em 2017, nomeadamente a requalificação da EB 2,3/Secundária, a reconstrução de um edifício para arrendamento jovem, a requalificação do Mercado Municipal, a criação do Centro Interpretativo do Barroco (Igreja do Espírito Santo), a criação da Oficina de Inovação Padre Himalaia, a reabilitação de espaços públicos nos centros urbanos, o alargamento e melhoria da rede de equipamentos sociais e desportivos, a ampliação e reabilitação das redes de infraestruturas básicas e viárias,  a consolidação dos parques empresariais, a promoção do concelho e dos produtos e a dinamização do comércio, economia rural e turismo.

O presente orçamento, deixa antever uma aposta clara do Município na qualidade e bem-estar, na cultura, turismo e lazer e na dinamização económica, através de uma governação orientada para construção de um concelho socialmente e economicamente sustentável, preparado para ganhar os desafios da competitividade, da inovação e da modernidade.

BENTO ABREU EXPÕE EM VIZELA

1 a 30 novembro de 2016. Exposição de Bento Abreu na Loja Interativa de Turismo

A Loja Interativa de Turismo de Vizela recebe a exposição de Bento Abreu, de 1 a 30 de novembro.

flyer exp. Bento Abreu (1).jpg

Bento de Assunção Pinheiro de Abreu é natural de Polvoreira – Guimarães, atualmente vive na freguesia de Infias, concelho de Vizela.

Começou com mais afinco a trabalhar em artesanato após a sua aposentação como Desenhador Projetista na Câmara Municipal de Guimarães.

Sempre gostou de juntar elementos apanhados no mar ou em terra e transformar em algo inspirado no momento.

A exposição tem uma gama muito diversa de artigos desde: presépios, moinhos, azenhas, alpendres, espigueiros, casas rústicas, castelos, figuras diversas, artigos religiosos, etc.

Nunca fez duas peças iguais. Uma vez que em princípio é o elemento recolhido que inspira a peça a construir. Atualmente é membro da Associação de Artesanato de Vizela e já expôs os seus trabalhos em vários eventos em Vizela, Infias, Polvoreira, etc.

Bento de Assunção Pinheiro de Abreu continua no seu passatempo favorito a RECICLAR transformando tudo o que ao seu olhar chame a atenção e que ao olhar geral passe despercebido e dar-lhe forma e conteúdo.

PÓVOA DE LANHOSO POSSUI BOAS PRÁTICAS DE CIDADANIA

Póvoa de Lanhoso distinguida com o prémio Viver em Igualdade

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso já recebeu o prémio Viver em Igualdade, uma iniciativa bienal, promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), que visa distinguir Municípios com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, quer na sua organização ou funcionamento, quer nas atividades por si desenvolvidas.

Premio Viver em Igualdade.JPG

Apenas oito municípios do país receberam este prémio de excelência. A entrega realizou-se no dia 24 de outubro, em Lisboa, tendo a Póvoa de Lanhoso estado representada pela Vice-Presidente, Gabriela Fonseca. O Município Povoense foi o único do distrito a ser distinguido com este Prémio, que vem, uma vez mais, reconhecer o trabalho desenvolvido.

“Este prémio enche-nos de orgulho. Por um lado, é o reconhecimento das nossas boas práticas nesta área, mas, por outro, aumenta a nossa responsabilidade e o nosso comprometimento com o trabalho que queremos realizar. Julgo que é notável um concelho com a dimensão e as características do nosso ter já muito trabalho desenvolvido e vários reconhecimentos em diferentes áreas”, salienta Gabriela Fonseca.

De facto, pelo sexto ano consecutivo, também em 2015, a Póvoa de Lanhoso renovou a distinção de Autarquia + Familiarmente Responsável, atribuído pelo Observatório das Famílias Numerosas e tem em pleno funcionamento uma resposta que, aquando da sua criação em 2010, foi considerada pioneira no país, o SIGO – Serviço para a Promoção da Igualdade de Género.

De lembrar ainda que o município da Póvoa de Lanhoso também foi, recentemente, um dos cinco municípios escolhidos pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra para realizar os seus estudos sobre as boas práticas em Igualdade de Género implementadas pelos municípios (projeto "Local Gender Equality - Mainstreaming de género nas comunidades locais"), e, neste âmbito, a partilha de boas práticas tem sido uma realidade, nomeadamente através de uma deslocação a Oslo, na Noruega, no final do ano passado. Destaque ainda para a vinda de um grupo de Kyoto, no Japão, à Póvoa de Lanhoso, no último mês de setembro, a convite da CIG. 

A par disto, recorde-se que o município foi considerado pela Organização Mundial de Saúde como “Cidade Amiga dos Idosos”, integra a “Rede Internacional de Cidades Educadoras” e prepara-se para ser reconhecida como “Cidade Amiga das Crianças”, sendo que a candidatura já foi aceite pelo Comité Português para a UNICEF.

GUIA SOBRE CYBERBULLYING APRESENTADO EM PONTE DE LIMA

O primeiro livro lançado em Portugal sobre o cyberbullying – fenómeno de agressão emocional sistemática e intencional que ocorre no “quadro de ubiquidade da Internet e da comunicação digital”1 – vai ser promovido pelo Município de Ponte de Lima e apresentado no próximo dia 18 de novembro, nas Bibliotecas Escolares de Freixo e de Arcozelo, e no auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, em três sessões distintas agendadas para as 09h30, 14h30 e 21h00, respetivamente.

CARTAZ FINAL3 (Small)plim (1).jpg

Intitulado “Cyberbullying: um guia para pais e educadores”, da autoria de Sónia Seixas, Luís Fernandes e Tito de Morais, o livro pretende alertar para um problema que atinge entre 10 a 20% dos jovens portugueses e que, pela sua natureza e especificidade, pode deixar marcas psicológicas profundas nas suas vítimas.

A obra será apresentada por um dos autores, Tito de Morais, que desenvolve na Internet o projeto Miúdos Seguros Na.Net (http://www.miudossegurosna.net) para uma utilização mais cautelosa e consciente do ciberespaço, “mormente das redes sociais, das salas de chat [ou conversação], das plataformas digitais e das aplicações de comunicação nos telemóveis2

Um livro oportuno, muito útil a jovens, pais e educadores - segundo Daniel Sampaio, prefaciador da obra - que merece ser amplamente divulgado e debatido por ajudar a identificar, prevenir e combater potenciais ações de cyberbullying.

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 24 DE OUTUBRO DE 2016

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

No período Antes da Ordem do Dia o Sr. Presidente informou a Câmara da realização nos próximos dias 11,12 e 13 de Novembro da festa de S. Martinho, iniciativa que englobará a realização da Entronização anual da Confraria dos Vinhos Verdes e da II edição da Silent Party.

De igual modo deu conta do intercâmbio realizado entre o Municipio e a Câmara Municipal de Cenon no âmbito da prevenção da delinquência juvenil, bem como da receção feita ao grupo no Salão Nobre da Câmara Municipal.

O Sr. Presidente também informou da realização da campanha de promoção para a Igualdade do género, a qual se prolongará durante um mês e contempla diversas ações no âmbito da temática, entre as quais a promoção através de cartazes, outdoors e página no Facebook.

Também informou que na quinta-feira iria decorrer a inauguração das novas linhas de produção da Poligal, a laborar no Parque Empresarial de Mogueiras, que contará com a presença do Secretário de Estado da Indústria.

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO MUNICIPAIS PARA 2017 – APRECIAÇÃO DOS DOCUMENTOS PREVISIONAIS: - foi deliberado aprovar os projetos das Grandes Opções do Plano que integram o Plano Plurianual de Investimentos, o Plano de Atividades Relevantes e o Orçamento Municipais para o ano de 2017, apresentando este último um valor global de receitas e de despesas de € 28.532.000.

2ª ALTERAÇÃO AO PLANO DE URBANIZAÇÃO DA SEDE DO CONCELHO: foi deliberado aprovar o relatório de ponderação e a versão final da proposta de Alteração do Plano de Urbanização da sede do concelho

PARQUE DA VILA – REQUALIFICAÇÃO DE PARQUE INFANTIL: foi deliberado adjudicar a empreitada à empresa Bricantel – Comércio de Material Elétrico de Bragança, Lda., pelo valor de 144.417,87 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

PROPOSTA CONTRATOS PROGRAMA ASSOCIAÇÕES DESPORTIVAS 2016: foi deliberado aprovar a proposta de atribuição de apoios de atividade regular e apoios à realização de ações pontuais ou eventos cíclicos a 10 Associações do concelho no valor total de 165,050.00 €

Requalificação da EB 2,3/S de Arcos de Valdevez": foi deliberado aprovar a minuta de contrato relativa à empreitada de "Requalificação da EB 2,3/S de Arcos de Valdevez", após apresentação, pelo adjudicatário, da respetiva caução nos termos do disposto no art.º 88.º e seguintes do mesmo CCP, no valor de 2.848.481,23

PROJETOS  DE CONSTRUÇÃO DA CASA MORTUÁRIA EM SÃO BENTO E REQUILIFICAÇÃO URBANA DA ENVOLVENTE : foi deliberado aprovar os  projetos relativos  à construção da Casa Mortuária em São  Bento e da Requalificação Urbana da Envolvente para apreciação da Câmara Municipal.

PAISAGEM CULTURAL DE SISTELO – Procedimento administrativo de classificação da Paisagem Cultural de Sistelo: foi deliberado aprovar a proposta  da Direção dos Serviços e Bens Culturais,  relativa às  normas a submeter à Direção Geral do Património Cultural , no âmbito do procedimento administrativo  de classificação da Paisagem  Cultural de Sistelo, em vias de classificação  a que se refere o Anúncio n.º 275/2015, publicado no DR, 2.ª série, n.º 241, de 10 de dezembro de 2015.  

REABILITAÇÃO DO COMPLEXO DAS PISCINAS MUNICIPAIS: foi deliberado aprovar a adjudicação à empresa ESPAÇUS Construção Civil e Obras Públicas, S.A., pelo valor de 146.375,29 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO A GIELA (SECAS / ROCHINA): foi deliberado adjudicar a obra à empresa Martins & Filhos, S.A., pelo valor de 212.310,99 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

Ampliação da rede de saneamento a Parada (Soalheiras/Casal): foi deliberado adjudicar a obra à empresa Martins & Filhos, S.A., pelo valor de 141.697,41 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

APOIO PARA RECUPERAÇÃO HABITACIONAL: no âmbito do "Regulamento de Apoio à Recuperação Habitacional de Estratos Sociais Desfavorecidos" foi aprovada a atribuição de um apoio económico, no valor de 10.000,00€ (dez mil euros), para realização de obras de beneficiação da habitação de uma família, residente em Cortes - Carralcova.

OBRAS MUNICIPAIS

O 163/2016 - ALARGAMENTO E BENEFICIAÇÃO DO C.M. 1306 (SANTO AMARO À E.M. 523-4) - MONTE REDONDO: foi deliberado aprovar o auto de consignação respeitante à empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa NAROM, S.L. Sucursal em Portugal, pelo valor de 212.281,53 euros, e prazo de execução de 270 dias.

EXECUÇÃO DE OBRAS DE MANUTENÇÃO/RECUPERAÇÃO DE PAVIMENTOS NA ECOVIA II: foi deliberado abrir procedimento concursal por ajuste direto pelo valor base de 38.300,00 euros;

INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES – SOBREIRO: - foi deliberado homologar o auto de consignação respeitante à empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa João Cerqueira Pereira, Lda., pelo valor de 11.999,30 euros, e prazo de execução de 30 dias.

SUBSTITUIÇÃO DO REVESTIMENTO DA COBERTURA DO EDIFÍCIO DA ESCOLA PRIMÁRIA DE SOAJO: - foi deliberado homologar o auto de vistoria para efeitos de receção provisória, respeitante à empreitada em epígrafe, adjudicada à empresa OLIVEIROS – SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA.

REABILITAÇÃO DA COBERTURA DA ESCOLA BÁSICA DE TÁVORA SANTA MARIA: foi deliberado homologar o auto de vistoria para efeitos de receção provisória.

Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais - Muros, Drenagens e Obras Acessórias EM caminhos DE VÁRIAS Freguesias: foi deliberado homologar o auto e aprovar a liberação de 75% da caução total, por terem decorrido 3 anos completos desde a receção provisória.

 Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais – Construção de Muros de Suporte - Sabadim, Eiras e Giela:        Foi deliberado homologar o auto e proceder à liberação de 75% da caução total

BLOCO XLVI – CAMINHO DO LARGO DOS PORTAIS – SOUTO: a câmara tomou conhecimento e aprovou a atualização do cálculo da revisão de preços da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa Habimonção Construções, Lda, sendo o cálculo DEFINITIVO da revisão de preços dos autos de medição n.º 1 a 9 da obra supracitada de - 3.127,46 euros (menos três mil, cento e vinte e sete euros e quarenta e seis cêntimos), ou seja, valor a ser restituído ao Município.

DIVISÃO DE AMBIENTE E SERVIÇOS DE GESTÃO – AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO – ARCOS DE VALDEVEZ (S. PAIO) - TRAMO 4 E 5: foi deliberado aprovar uma prorrogação do prazo até 05.03.2017, isto é, de 180 dias, a fim de o IP se pronunciar e o empreiteiro conseguir concluir a execução dos trabalhos.

AMPLIAÇÃO REDE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – FREGUESIAS DE ABOIM CHOÇAS (COSTA MONTE/VILAR/SOBREIRO) E UNIÃO DE FREGUESIAS DE EIRAS E MEI (BARRO): foi deliberado aprovar o auto de vistoria para efeitos de liberação de caução da empreitada referida.

INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA FOTOVOLTAICA: - foi deliberado homologar o auto e autorizar a liberação de 100% da caução total, por terem decorrido 5 anos completos desde a receção provisória.

BLOCO XLII – LIGAÇÃO DE BOUÇÓS (AGUIÃ) A VINHA NOVA (RIO DE MOINHOS): foi deliberado autorizar a liberação da totalidade da caução apresentada, sem prejuízo da garantia de trabalhos executados até à receção definitiva da empreitada.

Reconstrução de passagem hidráulica no CM 1284 - Cabreiro (Avelar): foi deliberado aprovar a conta final da empreitada referida em epígrafe, no valor de 2.692,00 euros (com IVA: 2.853,52 euros).

Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais - Construção de muros de suporte (Arcos S.Paio, Cabreiro, Guilhadeses, Jolda Madalena, Sabadim e Sistelo): Idem a conta final da empreitada referida em epígrafe, no valor de 23.285,65 euros (com IVA: 24.682,79 euros).

Centro escolar de Sabadim/Reparação de deficiências no edifício e pavilhão desportivo: Idem a conta final da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa Carlos Filipe Amorim Oliveira, Lda, no valor de 133.732,78 Euros (com IVA: 141.756,75 euros)

PO 114/2015 - Execução de Obras de manutenção/recuperação de pavimentos na ECOVIA: foi deliberado aprovar o cálculo provisório da revisão de preços da obra referenciada, adjudicada à empresa Machado & Cunha, Lda., no valor de - 1.087,98 euros (menos mil e oitenta e sete euros e noventa e oito cêntimos), valor este, a ser restituído ao município.

Foi deliberado aprovar a ratificação realizada pela Presidência a autorizar a transferência de 23.300,06 euros, em consonância com anteriores decisões proferidas pela Câmara Municipal no presente ano e anteriores, visando a comparticipação do município nos encargos com os empréstimos contraídos pela EPRALIMA, CIPRL, para a remodelação do seu edifício sede e para a aquisição de equipamento de cozinha, e considerando a necessidade urgente manifestada por aquela cooperativa de obter meios financeiros para satisfazer os encargos relativos aos meses de outubro e novembro de 2016, sob pena de incumprimento.

PROJETO DE REGULAMENTO MUNICIPAL DOS HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS: Foi deliberado aprovar o projeto do regulamento em epígrafe.

TARIFAS A PRATICAR PELA ÁGUAS DO NORTE, S.A., NO ANO DE 2017: A Câmara tomou conhecimento das tarifas a praticar no ano de 2017 pela Águas do Norte, S.A., devidamente ratificadas pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos.

            - Abastecimento de Água - € 0,5317/m3; Saneamento de águas residuais - € 0,5985/m3 e  Efluentes de fossas séticas - € 2,0563/m3

CELORICO DE BASTO LEVA ÁGUA A CELEIRÓ

Câmara Municipal de Celorico de Basto procede a exploração de água para abastecimento ao lugar de Celeirô

Correspondendo a uma aspiração antiga dos residentes, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto procedeu a trabalhos de exploração de água para reforço de abastecimento domiciliário ao lugar de Celeirô, na freguesia de Cabeceiras de Basto, implicando a execução de nova captação para abastecimento de água à população.

Câmara Municipal procede a exploração de água para abastecimento ao Lugar de Celeirô (1).JPG

As obras agora concluídas têm em vista a satisfação de uma necessidade básica da população de Celeirô, envolvendo a necessidade de realização de obras de pesquisa e exploração de água, com obtenção de melhores garantias de qualidade do serviço prestado pelo Município de Cabeceiras de Basto.

Os trabalhos visam, assim, a correção de insuficiências que se verificavam, especialmente devido à redução dos caudais da anterior captação e ao aumento do consumo de água que se tem vindo a verificar, impondo o reforço gradual, nos últimos anos, do sistema existente, com a colocação de um novo reservatório, de maior capacidade, possibilitando o reforço significativo da capacidade de armazenamento de água, aliado ainda à modernização do sistema de tratamento da água abastecida.

Esta obra insere-se no esforço de modernização permanente dos sistemas de abastecimento de água potável do concelho, nos quais a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem promovido forte investimento, nos últimos anos, em todas as freguesias, nas quais existiam sistemas de abastecimento de água com deficiências.

O investimento global no reforço e beneficiação da captação do sistema de abastecimento de água do lugar de Celeirô, ascende a valores próximos dos 5.000 euros.

Câmara Municipal procede a exploração de água para abastecimento ao Lugar de Celeirô (2).JPG

Câmara Municipal procede a exploração de água para abastecimento ao Lugar de Celeirô (3).JPG

MUNICÍPIO DE CAMINHA QUER COMPENSAR COMUNIDADE PISCATÓRIA DO ABANDONO A QUE FOI VOTADA NO PASSADO

Obra no Cais da Rua avança de imediato se a respetiva candidatura for aprovada

A Câmara Municipal espera uma resposta positiva em relação à candidatura apresentada para uma profunda intervenção no Cais da Rua.A decisão será conhecida dentro de algumas semanas e, se a expectativa se concretizar, a obra avança de imediato. Como frisou Miguel Alves na reunião descentralizada de ontem, “a comunidade piscatória foi abandonada, nos últimos anos, no concelho de Caminha” e é tempo de inverter esta situação. Em causa está uma obra orçada em 800 mil euros, que obrigará a um esforço financeiro do Município ainda considerável, mas cuja prioridade é absoluta.

Augusto Porto.jpg

A última reunião descentralizada da segunda ronda pelas freguesias decorreu ao final da tarde de ontem, na sede dos Bombeiros Voluntários de Caminha, respeitando à freguesia de Caminha (Matriz) e Vilarelho. O pescador Augusto Porto foi um dos munícipes que interveio, para expor as suas preocupações sobre a pesca no Rio Minho. Também o presidente da Junta de Freguesia, Miguel Gonçalves, se tinha referido à pesca, lembrando que quase nunca foi tratada devidamente no concelho e “os pescadores estiveram longos anos esquecidos”.

Em resposta, presidente e vice-presidente da Câmara foram perentórios: a pesca é essencial à economia concelhia, diferencia-nos e tem de ser apoiada, para além das várias intervenções que têm sido feitas.

Miguel Alves sublinhou que o abandono a que foram votados os pescadores no passado, assim como os erros cometidos, são questões que este Executivo não admite. “Quando cheguei mandei fazer um projeto para o Cais da Rua, ouvindo os pescadores e a Capitania. Chamei cá o secretário de Estado das Pescas, sem dar nota disso, e sensibilizei-o. Não se pode cometer em Caminha o mesmo erro que se cometeu em Vila Praia de Âncora, onde o Estado pagou uma grande obra, mas onde não foram ouvidos os pescadores”, com as consequências que se conhecem, a obrigar a obras constantes, estando já prevista mais uma ação de desassoreamento orçada em meio milhão de euros.    

O presidente lamentouainda que o projeto encomendado pelo anterior Executivo para a marginal de Caminha ignorasse o Cais da Rua, e isso, frisou, foi mais uma atitude de abandono em relação aos pescadores –“nem o projeto para o Cais se fez”.

Agora, a poucas semanas de se conhecer a decisão sobre a candidatura, o presidente da Câmara avisou que não se importará com críticas e, tratando-se deum ano eleitoral, a obra avançará mesmo em 2017, caso, como espera, a candidatura seja aprovada, porque já se perdeu demasiado tempo.

Miguel Alves lembrou também que, ao chegar à Câmara no início deste mandato, encontrou uma situação terceiro-mundista no acesso dos pescadores às embarcações: “o que fizemos foi colocar escadas de acesso às embarcações - os pescadores antes tinham que escorregar pela marginal e foram muitas as quedas por causa disso”.

Além disso, recordou, foram feitas várias intervenções: “recuperamos o cais de atracação da Foz do Minho;pusemos um ponto de água nos Estaleiros do Quintas como era pedido há anos;recuperámos já a rampa existente no cais da vila e vamos fazer uma segunda intervenção para a prolongar junto à areia”.

Também em resposta a Augusto Porto, o vice-presidente, Guilherme Lagido, tinha já dito que o concelho, tal como o conhecemos, “é impensável sem a pesca”, salientando o modo como condiciona positivamente a restauração e o turismo. 

 

Reunião descentralizada.jpg

SEMIBREVE COLOCA BRAGA NO ROTEIRO DOS FESTIVAIS DE MÚSICA ELECTRÓNICA

Evento decorre entre amanhã e Domingo

Braga recebe entre amanhã, 28 de Outubro, e Domingo, dia 30, mais uma edição do Semibreve, um evento que coloca a Cidade no roteiro dos festivais de música electrónica europeus. 

Semibreve 2015.jpg

A sexta edição do Semibreve reparte-se pelo Theatro Circo, pelo espaço GNRation e pela Casa Rolão, apresentando um cartaz ambicioso que explora o que de mais marcante e inovador vai sendo criado no vasto universo da música electrónica e da arte digital.

Nomes fortes como Tyondai Braxton, Kaitlyn Aurelia Smith, Oliver Coates e Nídia Minaj actuam pela primeira vez a Portugal, juntando-se aos já conhecidos Andy Stott, Paul Jebanasam & Tarik Barri e Ron Morelli.

O festival conta ainda com um vasto programa de instalações, entre as quais ‘Quintetto’ da autoria do colectivo italiano Quiet Ensemble e ‘Growing Verse’ de Junya Oikawa, artista japonês vencedor do EDIGMA Semibreve Award, um prémio que visa estimular a criação artística digital, que este ano dedicou especial atenção a projectos artísticos que recorram à interactividade, ao som e à imagem, contando com supervisão do engage lab da Universidade do Minho.

Todas as informações sobre o festival podem ser consultadas em http://festivalsemibreve.com/pt-pt

“SPIDER”, DE DAVID CRONENBERG ENCERRA EM CAMINHA CICLO DE CINEMA E SAÚDE MENTAL

Ciclo de Cinema e Saúde Mental termina sexta-feira, no Valadares Teatro Municipal de Caminha O Ciclo de Cinema e Saúde Mental termina sexta-feira, dia 28, com a exibição filme“Spider”, de David Cronenberg, comentado pela médica Belém Ruane, coordenadora da Unidade de Cuidados de Saúde Primários de Caminha, e pelo diretor do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSAM, Aníbal Fonte.A sessão começa às 21h45, no Valadares, Teatro Municipal. A entrada é livre.

 “Spider” conta nos principais papéis com Ralph Fiennes, Gabriel Byrne e Miranda Richardson. Na sinopse lê-se: “Spider (Ralph Fiennes) é um sujeito estranho e solitário. Após um longo período de internação em um hospital psiquiátrico, ele regressa às ruas do EastEnd de Londres, lugar onde cresceu. As imagens, os sons e os odores dessas ruas começam a despertar lembranças de sua infância que há muito haviam sido esquecidas. No coração das memórias de Spider encontra-se o grande trauma da perda de sua mãe. Ele acredita que seu pai, o encanador Bill Cleg (Gabriel Byrne), matou a esposa para que uma prostituta tomasse seu lugar e fosse morar em sua casa”.

O Ciclo de Cinema e Saúde Mental ocupou as noites de sexta-feira, do mês de outubro e contou com a exibição de vários filmes: “A Casa Encantada”, de Alfred Hitchcock, com comentários de Nelson Rodrigues, da área de Medicina Geral e Familiar, e Eduardo Palha, interno do Departamento de Psiquiatria da ULSAM;  "Uma Mente Brilhante", de Ron Howard, comentado pela psiquiatra Luísa Quintela, médica do Departamento de Psiquiatria da ULSAM, e pelo presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves; "Uma Outra Mulher", de Woody Allen, com comentários do presidente da Locus Cinemae, Artur Vilares, e do enfermeiro Ricardo Peixoto, da ULSAM, especializado em Saúde Mental e Psiquiatria e termina com “Spider”, de David Cronenberg.

Este ciclo de cinema é uma organização conjunta do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSAM e da Locus Cinemae - Associação de Cinema de Caminha, com o apoio da Câmara Municipal.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE VIZELA APRESENTA PROJECTO INOVADOR

Projeto ‘No meu tempo’ apresentado como projeto inovador de bibliotecas públicas portuguesas

A Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes apresentou, no passado dia 2 de outubro, o projeto ‘No meu tempo’, no âmbito do Colóquio ‘30 anos de Bibliotecas Públicas’.

apres. projeto ‘No meu tempo’.jpg

A Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes foi uma das 5 selecionadas a nível nacional para apresentar uma comunicação no Colóquio, que teve lugar na Biblioteca Municipal Almeida Garret no Porto, tendo sido promovido pela BAD – Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas.

O projeto ‘No meu tempo’ foi apresentado como um projeto inovador de bibliotecas públicas portuguesas, um projeto concelhio que consiste em dar voz e valorizar as histórias de vida da população sénior, através do registo e divulgação das mesmas, em 10 áreas previamente selecionadas, numa lógica de comparação com os dias de hoje, ao mesmo tempo que se procura o envolvimento da comunidade e do público escolar num projeto comum.

O projeto é promovido pela Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes com a colaboração da Câmara Municipal de Vizela e conta com a parceria de Rotary Club de Vizela, Agrupamentos de Escolas de Infias-Vizela e de Vizela, Rádio Vizela, RV Jornal, Jorge Lima e Rui Pacheco.

A primeira edição do projeto vai terminar no próximo dia 26 de novembro, pelas 16h30, com a inauguração da Exposição ‘No meu tempo’, com fotos de Jorge Lima e Rui Pacheco e textos de Ricardo Vieira.

CLOSE-UP ARRANCA HOJE EM FAMALICÃO

Observatório decorre até domingo, dia 30 de outubro, na Casa das Artes 

Um filme-concerto do guitarrista português Bruno Pernadas e a estreia de uma curta-metragem de homenagem ao cineasta Abbas Kiarostami são alguns dos momentos que vão marcar o primeiro dia do Close-Up – Observatório de Cinema que, a partir de hoje e até domingo, vai colocar Vila Nova de Famalicão no centro das atenções do universo cinematográfico.  

Abbas Kiarostami (1).jpg

Depois da exibição, às 10h00, do filme “A Flor do Equinócio” de Yasujiro Ozu, o Observatório prossegue da parte da tarde, pelas 15h00, com a iniciativa “Filminhos e Oficina de Animação”. Uma sessão destinada ao público escolar que contará com a exibição de “A Corrida Contra a Extinção”, um documentário sobre espécies ameaçadas, e a realização de uma oficina onde será explicado aos mais novos como é criada a ilusão de movimento no cinema. 

Para as 18h00 está marcada a exibição de “Campos de Flamingos sem Flamingos”, um documentário realizado em 2013, por André Príncipe, e que resulta de uma viagem de caravana feita entre Setembro e Dezembro de 2011 à volta dos recortes fronteiriços de Portugal. 

A sessão oficial de abertura do Observatório acontece às 21h45, com a exibição de “Cinco para Kiarostami”, uma curta-metragem de homenagem ao realizador iraniano Abbas Kiarostami, produzida por Mário Macedo e Vítor Ribeiro. Segue-se depois a exibição do filme “Marinheiro de Água Doce”, um clássico da comédia muda do realizador Buster Keaton que será apresentado de forma diferente num filme-concerto do guitarrista português Bruno Pernadas. 

A sessão de abertura encerra pelas 23h00 com a exibição do filme “Ventos de Agosto”, de um dos artistas e cineastas mais importantes do cinema brasileiro atual, Gabriel Mascaro, e com uma sessão de DJ Close-Up com Vicente Pinto Abreu, a partir da meia-noite, no café-concerto da Casa das Artes

Refira-se que até domingo o Observatório de Cinema vai ainda ser palco de diversos debates, instalações, conversas sobre a história do cinema, sessões para escolas e para famílias, numa verdadeira maratona cinematográfica com a participação de mais de duas dezenas de comentadores convidados, com destaque para as presenças da jornalista Clara Ferreira Alves, do poeta, crítico e cronista Pedro Mexia, do diretor e programador do Indie Lisboa, Nuno Sena, e do crítico de cinema, Vasco Câmara. 

Com entrada gratuita para estudantes, seniores e para associados de cineclubes, o restante público paga dois euros ou um euro com o cartão do quadrilátero cultural. 

 Mais informações no site oficial do Observatório, em www.closeup.pt

Marinheiro de Água Doce.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES PROMOVE ENCONTRO INTERGERACIONAL COM A LEITURA

A Câmara de Amares, através da Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda, promoveu, recentemente, várias sessões de mediação e promoção da leitura direcionadas a diferentes tipos de públicos.

14695530_1138139189613217_3501981092027172991_n.jpg

Potenciar o tempo de descoberta e aprendizagem das crianças, através de atividades criativas, fomentar e promover o encontro das crianças e famílias com o livro e a leitura, estimular a aprendizagem pela experiência de forma lúdica, bem como, partilhar histórias da memória oral com os seniores e, ainda, formar mediadores de leitura para crianças, jovens e seniores, foram os objetivos centrais desta iniciativa que decorreu durante dois dias no âmbito do projeto “Histórias Sem Idade”.

Na manhã do primeiro dia, foram realizadas nas bibliotecas escolares quatro sessões de contos e de mediação de leitura para público escolar intituladas “Contos da Mala”, direcionadas aos alunos do 1.º ciclo dos Centros Escolares de Amares, Ferreiros, Rendufe e Lago. A atividade envolveu um total de 10 turmas.

Durante a tarde, realizou-se uma sessão na Biblioteca Municipal de Amares intitulada “Histórias Herdadas”, desta feita, dirigida ao público sénior. Participaram nesta atividade os utentes da Associação Social de Figueiredo, alunos da Universidade Sénior, e utentes do Centro Social e Paroquial de Lago. Ao final do dia, realizou-se outra sessão no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Amares.

No segundo dia, a parte da manhã foi dedicada ao workshop “Livros com todos”. Direcionado a mediadores de leitura para crianças, jovens e seniores, o workshop decorreu na Biblioteca Municipal e contou com contos tradicionais, leitura em voz alta, leituras partilhadas, dinâmicas de grupo. Estimulação cognitiva a partir das memórias pessoais e coletivas, partilha de histórias, reforço da autoestima, expressão verbal foram outras das iniciativas abrangidas nesta atividade, na qual participaram cerca de 20 formandos, entre os quais técnicos de bibliotecas públicas, da autarquia, de lares de idosos, professores e pais.

A terminar “Histórias sem Idade”, realizou-se na Biblioteca Municipal uma sessão para crianças, famílias e mediadores de leitura, designada “Conto é, conto é”!

14716149_1138147779612358_879038329050800750_n.jpg

14716333_1138142899612846_388414715457111452_n.jpg

14725614_1138146906279112_7077808419325909924_n.jpg

14731277_1138140992946370_2250687574177173505_n.jpg