Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES QUER DESPOLUIR O RIO AVE

INÍCIO ÀS 10 HORAS

Reunião de avaliação para despoluir o rio Ave esta sexta-feira no Laboratório da Paisagem

Câmaras Municipais da bacia hidrográfica do Ave vão estar representadas no encontro. Agrupamentos Escolares das freguesias atravessadas pelo rio passam a integrar Plano de Ação.

Guimaraes_rio_Ave.JPG

O Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, agendou para esta sexta-feira, 14 de outubro, a realização de uma nova reunião de acompanhamento e avaliação intercalar do Plano de Ação para o combate à poluição do rio Ave. O encontro, com início às 10 horas, no Laboratório da Paisagem, em Creixomil, contará com a presença extraordinária de Presidentes de Câmara cujos municípios são atravessados pelo rio Ave.

A reunião vai assinalar, também, a entrada de mais instituições no Plano de Ação, como é o caso dos Agrupamentos Escolares cuja localização se situa nas freguesias do concelho por onde passa o rio Ave, além dos representantes das instituições envolvidas na gestão da bacia hidrográfica do Ave. Esta intervenção articulada com entidades fiscalizadoras visa corrigir comportamentos e eliminar focos poluidores, tendo em vista a sustentabilidade da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia.

Em janeiro de 2015, Domingos Bragança tomou as diligências necessárias para se iniciar um processo de coordenação de esforços, reunindo todas as entidades competentes, ligadas direta ou indiretamente aos recursos hídricos. Guimarães agiu em conformidade, tendo como prioridade a promoção de políticas ambientais e do desenvolvimento sustentável, visando o bem-estar e a qualidade de vida dos cidadãos, assim como a proteção dos recursos naturais.

O concelho de Guimarães integra-se na sua totalidade na sub-bacia hidrográfica do Ave, que possui uma área total de 1391 Km2. O rio Ave, com uma extensão de cerca de 90 km, atravessa sete concelhos, nomeadamente, Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde. Com nascente na Serra da Cabreira, o escoamento anual na foz do rio Ave, em Vila do Conde, é de 1249 hectómetros cúbicos, em média. Estima-se que a sua bacia hidrográfica apresente uma capacidade total de armazenamento de recursos hídricos na ordem dos 100 hectómetros cúbicos, em regime regularizado.

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO: ORGANIZAÇÃO DA EDIÇÃO DE 2017 DO FOLCKLOURES JÁ ESTÁ EM MARCHA!

Ainda não decorreu a Desfolhada Tradicional do Milho associada ao Entro de Tocadores de Concertina e Cantadores ao Desafio que vai ter lugar no próximo dia 22 de Outubro, em A-das-Lebres, no concelho de Loures, e já o Grupo Folclórico Verde Minho está a iniciar os preparativos com vista à próxima edição do FolkLoures – Encontro de Culturas a ter lugar em meados do próximo ano.

A dinâmica que está a ser imposta a estas iniciativas está a registar uma adesão crescente e um movimento que se afigura imparável. Com mais de quatro dezenas de grupos de tocadores de concertina, incluindo três grupos de bombos e zés pereiras, espera-se uma afluência de alguns milhares de pessoas que muito provavelmente irão constituir uma autêntica maré humana na localidade de A-das-Lebres. Aliás, esta é já considerada a maior iniciativa do género na região de Lisboa.

Entretanto, pese embora a organização do FolkLoures encontrar-se ainda na fase de preparação, atendendo nomeadamente às alterações do formato do evento relativamente a anos anteriores, começaram já a chegar à organização várias propostas de participação por parte de agrupamentos culturais de vários pontos do país ligados ao folclore e à cultura tradicional em geral. O FolkLoures constitui já uma marca de sucesso!

FEIRA INTERNACIONAL DE LISBOA REALIZA FESTA DE NATAL

NATAL É NA FIL de 7 a 11 de Dezembro!

O NATAL É NA FIL é um evento de Natal que inclui o Mercado de Natal, o Mercado Outlet, o Mercado do Chocolate e a FIL Diverlandia.

image001fil (1).png

Um conjunto de iniciativas, com comunicação e layout próprios, que apelam à compra associada ao Espirito Natalício e à experiencia de um conjunto de actividades alusivas à época, prova de algumas iguarias características da época, muita diversão e excelentes prendas para toda a família. Solução para todos os gostos, desde pequenas prendas criativas a produtos de Outlet ou as melhores delícias de chocolate.

A simultaneidade das iniciativas tem como objectivo criar sinergias e atrair à FIL cerca de 40.000 pessoas.

O evento FIL DIVERLÂNDIA – A Sua Feira Popular Indoor, cuja apresentação se anexa, decorre de 7 de Dezembro 2016 a 8 de Janeiro 2017 e acolhe todos os anos cerca de 150.000 visitantes.

Destinado a fabricantes, representantes ou distribuidores de grandes Marcas, o Mercado de Outlet pretende distinguir-se do comércio local pela qualidade versus preços imbatíveis em produtos dos sectores da Moda e Acessórios, Casa, Desporto, Livros, Brinquedos entre outros

O Natal é por excelência uma época de doces iguarias. O Mercado de Chocolate é um espaço de venda a quem não resiste a bom chocolate, bem como para transformar este produto em excelentes prendas de Natal. É também um evento para experimentação, aprendizagem e lúdico através de workshops, exposições…

Uma oportunidade para, num espaço único, transformar os seus produtos em prendas de Natal, independentemente do tipo de produto ou target a que se destina. Um evento multissectorial, alternativo ao comércio tradicional que se deve distinguir pela singularidade e criatividade dos produtos.

ROTA DAS COLHEITAS LEVA EMOÇÃO A VILA VERDE

As emoções continuam em alta Na Rota das Colheitas com a Rural Race 2016

As emoções voltam a estar à flor da pela na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, com uma prova bastante original, que vai levar os concorrentes a participarem numa sadia competição desportiva e a conhecerem a beleza idílica do mundo rural, onde a natureza brilha em todo o seu esplendor.

14225554_305288619832528_4080631951668015623_n.jpg

A prova está marcada para as 15h00 do próximo sábado, 15 de outubro, na freguesia da Loureira, e é organizada pela EJAH - Eulália Jovem Associação Humanitária, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Verde e da Junta de Freguesia da Loureira.

A beleza das paisagens e o convívio desportivo não são os únicos atrativos de um evento que inclui ainda uma componente solidária, já que parte da receita reverte para uma instituição de solidariedade social a indicar pela organização. Uma prova inovadora e extremamente divertida. “Desafio para todos em pleno contacto com a natureza num cenário paradisíaco ao longo das margens do Rio Homem e que convida à prática de exercício físico. Corrida com uma mistura de obstáculos naturais e outros criados para dificultar os cerca de 8km de aventura”, avança a organização, acrescentando que a prova “pretende proporcionar momentos únicos e repletos de adrenalina, e fomentar o espírito de camaradagem e entreajuda”.

Um percurso com “cerca de 8 Kms e cada participante ira enfrentar 20 obstáculos com diferentes níveis de dificuldade. Com partida e chegada no Largo da Ponte Nova, a corrida irá passar por diferentes ambientes, proporcionando aos participantes novas e diferentes experiências”. A Rural Race 2016 aceita participantes a partir dos 16 anos de idade, inclusive, e as inscrições incluem a oferta de um Kit Rural Race 2016, composto por uma t-shirt oficial, um dorsal e um chip. Os elementos do Kit são de uso obrigatório, nomeadamente o dorsal e o chip. Os participantes podem inscrever-se individualmente ou em equipa (mínimo 3 pessoas).

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES TEM PROVEDOR DO IDOSO

ESTA SEXTA-FEIRA, 14 DE OUTUBRO

Câmara de Guimarães cria Provedor do Idoso no encerramento da “Semana Sénior”

Acordo é assinado esta sexta-feira durante um encontro em Couros. Novas dinâmicas têm por objetivo proporcionar melhor qualidade de vida às pessoas mais idosas.

Guimaraes_Acao_Social.jpg

A “Semana Sénior” em Guimarães encerra esta sexta-feira, 14 de outubro, com a assinatura de um protocolo de cooperação para o estabelecimento da figura do Provedor do Idoso. O acordo entre a Câmara Municipal e a Associação Regional do Norte da Comissão de Proteção do Idoso será formalizado às 15 horas, no Auditório da Fraterna, em Couros, no âmbito das comemorações do Dia Internacional do Idoso.

O objetivo é reforçar a proximidade entre o público sénior e as diversas instituições, ao mesmo tempo que se «abre caminho para uma participação mais ativa do idoso nas políticas municipais», referiu Paula Oliveira, Vereadora da Ação Social, no final da reunião do Executivo Municipal de Guimarães, realizada na manhã desta quinta-feira onde foi aprovada por unanimidade a proposta de protocolo de cooperação.

O Provedor do Idoso permitirá estabelecer uma comunicação mais regular entre a população sénior e as diversas instituições que atuam nesta área, além de ser um elo com a Autarquia, assegurando a representatividade da população sénior na definição das suas políticas, enquanto garante dos direitos do idoso e agente de promoção da sua qualidade de vida. Neste particular, as autarquias, em articulação com a Comissão de Proteção ao Idoso, são chamadas a desempenhar um papel ativo, fundamental na escolha e nomeação do Provedor do Idoso.

Tratando-se de uma pessoa oriunda da comunidade, caber-lhe-á, entre outros aspetos, receber queixas, denúncias e reclamações relacionadas com pessoas idosas e proceder ao seu encaminhamento para as entidades competentes, além de averiguar situações sinalizadas pelas pessoas idosas ou pela comunidade que possam indicar perigo. Terá ainda como incumbências fazer recomendações aos órgãos competentes ou intervir na tutela dos interesses das pessoas idosas junto das diversas instituições.

Apresentação de resultados do “Guimarães 65+”

Antes da assinatura do protocolo de cooperação, o Auditório da Fraterna é palco do encerramento das comemorações do Dia Internacional do Idoso. De manhã, às 09:30 horas, tem início o “Encontro em Rede: Dinâmicas locais de intervenção social com pessoas idosas”. Segue-se, às 09:45 horas, a apresentação de resultados do programa “Guimarães 65+”.

A partir das 11:45 horas, será a vez do público se inteirar dos resultados dos projetos sociais “Então Vamos”, da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais; “Tabu”, da Associação Jovidém; “Intervenção Local: Promoção da Qualidade de Vida”, da vila de Ronfe; e “Raízes”, de Moreira de Cónegos.

Depois da assinatura do protocolo com a Comissão de Proteção do Idoso, com a presença do presidente do organismo, Carlos Alberto Branco, decorrerá uma conferência intitulada “O idoso e a violência: que perspetivas?”, proferida por Armandina Conde, da Direção da Comissão de Proteção do Idoso. Segue-se a assinatura dos protocolos “Guimarães 65+” e “Projeto Raízes”.

PONTE DE LIMA EXPÕE BRINQUEDOS MÁGICOS NO MUSEU DO BRINQUEDO PORTUGUÊS

Exposição no Museu do Brinquedo Português – Ponte de Lima. Brinquedos Mágicos – A Marca Arlo. 15 de outubro a 15 de abril de 2017

O Museu do Brinquedo Português, em Ponte de Lima, apresenta uma nova exposição temporária, intitulada “Brinquedos Mágicos – A Marca Arlo”.

arlo_cartaz.jpg

A mostra vai ser inaugurada no próximo dia 15 de outubro, às 17 horas, e vai ficar patente até 15 de abril de 2017.

A fábrica de Construções ARLO, fundada por Arnaldo Luizello da Rocha-Brito, nasceu em 1939 no Porto curiosamente na mesma data de uma também igualmente importante e famosa marca ligada à manufatura de jogos e brinquedos em Portugal: A MAJORA

Sita na Rua de Passos Manuel nº178, teve como objetivo principal a criação de caixas de construção de variados modelos nas suas mais variadas disciplinas temáticas, de forma a tentar proporcionar aos aficionados de trabalhos manuais a aquisição de modelos que após construídos, pudessem colmatar então, a onerosa obtenção de brinquedos e miniaturas importados, dado o grave período de contenção inerente à beligerante época e seu infeliz cortejo de calamidades inerente ao mundo de então.

A sua vertente de caixas de construção, que incluíam todo o material necessário à montagem dos modelos, apelando assim também à criatividade dos aficionados a esta tipologia de entretenimento, foi inclusive patenteada e pode considerar-se como sendo a pioneira deste género de passatempo a que modernamente se apelida como sendo a "montagem de kits".

A empresa extinguiu-se em 1964, por força da necessidade do espaço ocupado para o então já proeminente negócio de representação de automóveis tidos pela família desde 1916. Hoje a marca, essa ainda existente e registada mantém-se em mãos da quarta geração.

NOVA CENTRALIDADE CIENTÍFICA NASCE EM PAREDES DE COURA PELA CONSERVAÇÃO E GESTÃO DAS ESPÉCIES

Quarenta investigadores da Universidade do Porto estão reunidos na Paisagem Protegida de Corno do Bico

Cerca de 40 investigadores estão reunidos em Paredes de Coura, mais propriamente no Centro de Educação e Interpretação Ambiental (CEIA), da Paisagem Protegida de Corno do Bico, no âmbito da reunião anual do CONGEN, grupo de investigação para a Conservação e Gestão de Espécies, Populações e Ecossistemas.

20161013_111406.jpg

Ao longo de dois dias, este grupo de investigadores aproveita as excelentes condições logísticas proporcionadas pelo Município para a primeira reunião anual: “Somos diferentes na forma de pensar, caminhar, sentir e investir. Na nossa Câmara Municipal acudimos a tudo, como tem de ser numa altura de crise económica. Mas existem três áreas em que concentramos todas as nossas forças e todo o nosso investimento: emprego, cultura e educação”, explicou o autarca Vitor Paulo Pereira, ao receber os investigadores.

“Educação é conhecimento. Por isso é que temos esta parceria com o CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, da Universidade do Porto, porque queremos que a nossa terra seja um laboratório de investigação e aprendizagem. Queremos estruturar com o CIBIO um programa que já começou nos retiros, férias e residências científicas, com objetivo de criar uma nova centralidade científica em Paredes de Coura, uma vez que o Centro de Interpretação Ambiental da Paisagem Protegida do Corno de Bico tem ótimas condições para que isso seja possível”, acrescentou.

Já Paulo Célio Alves, professor da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e investigador do CIBIO, enalteceu as condições facultadas e que serão “aproveitadas por todos os elementos deste grupo de investigadores para realizar a sua primeira reunião anual, num fantástico ambiente de trabalho, onde serão discutidas as atividades presentes e direções para os próximos anos”.

Recorde-se que na linha de ação do grupo CONGEN está a conservação e gestão de espécies, populações e ecossistemas. Pelo que para alcançar esses objetivos “são desenvolvidas atividades em investigação, ações aplicadas de conservação e atividades de divulgação sobre a conservação de animais terrestres”, explicou o investigador.

O CIBIO, centro de investigação da Universidade do Porto, tem desenvolvido atividades em várias áreas, nomeadamente em Biologia Evolutiva, Ecologia, Biogeografia, Conservação e disseminação do conhecimento em Biodiversidade.

Retiro_04.jpg

PONTE DE LIMA CRIA BANCO DE MATERIAIS ESCOLARES

Projeto “Banco de Manuais Escolares” supera edição anterior

O Banco de Manuais Escolares – projeto solidário de reutilização de livros didáticos desenvolvido pelo Município de Ponte de Lima – obteve resultados superiores aos registados na edição de 2015 – a primeira de uma iniciativa que permite racionalizar custos e estimular rotinas de poupança e de rentabilização de materiais.

banco_manuais_esc_panf (2).jpg

Comparativamente com o período homólogo, e graças ao aumento de doações espontâneas de cidadãos, a Biblioteca Municipal de Ponte de Lima – responsável pela gestão do projeto – conseguiu reunir um maior número de manuais escolares atualizados e passíveis de requisição e granjeou um volume de empréstimos igualmente progressivo.

Os exemplares, que por razões de natureza diversa, não puderam ser aproveitados, serão reencaminhados para campanhas de solidariedade social, à semelhança do que sucedeu na edição inaugural do projeto.

Apesar do balanço positivo, pretende-se que o Banco de Manuais Escolares continue em crescendo a cada nova edição, satisfazendo e, se possível, superando as expectativas de quem dele beneficia.

BALCÃO ÚNICO DE BARCELOS COMEMORA PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO

Cerca de trinta mil munícipes já passaram pelo Balcão Único

O Balcão Único do Município de Barcelos comemorou ontem, dia 12 de outubro, o primeiro aniversário de funcionamento, juntando os funcionários do serviço e o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, para a comemoração.

img_0189.jpg

Na “festa” organizada pelos funcionários do Balcão Único, Miguel Costa Gomes agradeceu o convite dos funcionários para participar nesta comemoração, reconhecendo, ainda, a entrega que dão diariamente ao serviço e assegurou que eles são a imagem do Município. “São vocês que recebem os barcelenses todos os dias. E que demonstram um serviço de qualidade, profissional e com uma imagem própria do Município”, sublinhou, enfatizando que, “ao fim de um ano, o balanço é positivo”.

Este serviço surgiu no âmbito do processo de modernização administrativa que a Câmara Municipal de Barcelos tem vindo a desenvolver. O espaço, com 10 balcões de atendimento, concentra o atendimento ao público referente a todos os serviços da autarquia, que anteriormente se encontravam dispersos e que agora se centralizam num só espaço.

O Balcão visa facilitar a relação dos cidadãos com o Município e, do ponto de vista organizacional, potencia uma resposta cabal à procura que os serviços têm diariamente. Após um ano em funcionamento, foram atendidos 27.081 munícipes, com um tempo médio de espera de 4.30 minutos.

O projeto destaca-se pela acessibilidade que garante a todos os cidadãos, nomeadamente aos que possuem mobilidade reduzida.

Com um horário de funcionamento, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17 horas (sem interrupção para almoço), os cidadãos podem tratar de todos os serviços relacionados com o atendimento geral.

Na reorganização dos serviços que estavam dispersos pelos vários espaços do município, cerca de 16 pessoas estão agora ao dispor dos cidadãos no Balcão Único de Atendimento.

Serviços:

Balcão Único de Barcelos enquadra-se numa estratégia de aproximação da autarquia aos cidadãos, disponibilizando serviços de apoio e atendimento integrado, nomeadamente:

Atendimento Geral

  • Ambiente e Espaços Verdes
  • Atividades Económicas
  • Atribuição de apoios financeiros e não financeiros
  • Atribuição de apoio financeiro no âmbito do Fundo de Emergência Social
  • Certidões e Reproduções
  • Circulação e Estacionamento
  • Gestão Cemiterial
  • Limpeza Urbana
  • Obras na Via Pública e Saneamento
  • Ocupação do Espaço Público
  • Património

Apoio à Integração do Imigrante

  • Emissão de certificado de registo de cidadão comunitário

Habitação Municipal

  • Candidaturas de acesso à habitação municipal
  • Pedidos relacionados com habitação municipal – rendas, obras, transferências, provas de rendimento, venda de imóveis, etc.

Reabilitação e Gestão Urbanística

  • Benefícios fiscais à reabilitação urbana
  • Entrega de elementos/alvarás/averbamentos/documentos
  • Informações sobre processos urbanísticos
  • Ocupação de via pública para obras de conservação

ESCOLAS DE GUIMARÃES CONQUISTAM BANDEIRA VERDE

PROGRAMA “ECO-ESCOLAS”

Guimarães no “Top 5” nacional das escolas galardoadas com Bandeira Verde

Em 230 municípios inscritos, Guimarães é o quinto com mais escolas distinguidas a nível nacional. 28 dos 38 estabelecimentos de ensino vimaranenses conquistaram o estatuto de Eco-Escola.

Guimaraes_Eco-Escolas.jpg

O concelho de Guimarães mais do que duplicou o número de escolas com bandeira verde no ano letivo 2015/16, tendo alcançado o 5º lugar no programa Eco-Escolas, num total de 230 municípios inscritos. Dos 38 estabelecimentos de ensino vimaranenses que aderiram a este projeto de carácter ambiental, 28 alcançaram o estatuto de Eco-Escola com a atribuição da respetiva Bandeira Verde, verificando-se um crescimento de 40% no número de escolas inscritas no programa Eco-Escolas, um ano depois de ter sido implementado o projeto ambiental PEGADAS.

Foi ainda atribuído à Escola Virgínia Moura e à Escola Profissional Cenatex um diploma de reconhecimento pelos trabalhos desenvolvidos nos desafios “Geração Depositrão” e “Roupas Usadas não estão Acabadas”, respetivamente. O anúncio foi efetuado pelo Presidente do Município, Domingos Bragança, esta quinta-feira, antes da reunião do Executivo Municipal, realçando o importante contributo das escolas do concelho para o «contínuo desenvolvimento e consolidação do Programa de Educação para a Sustentabilidade Ambiental – PEGADAS – e fundamentalmente para a candidatura de Guimarães para Capital Verde Europeia», incentivando a que mais estabelecimentos de ensino participem e se inscrevam no programa nacional Eco-Escolas.

Receberam o galardão da Bandeira Verde as escolas EB 2/3 de Pevidém; EB 2/3 Arqueólogo Mário Cardoso; EB1 Agostinho da Silva; EB1 de Pinheiro; EB1 de Tabuadelo; EB1 de Ribeira – Brito; EB1/JI de Teixugueira – Silvares; EB1/JI de Calvos; EB1/JI Casais; EB1/JI de Ronfe; EB 2/3 D. Afonso Henriques; EB da Taipas; EB de Abação; EB de Gondar; EB 2/3 Abel Salazar – Ronfe; EB 2/3 de Briteiros; EB 2/3 de João de Meira; EB 2/3 Virgínia Moura; EB1 de Pinheiral; EB1 Oliveira do Castelo; EB1/JI Cruz d’Argola; EB1/JI da Charneca; EB1/JI de Agras – Gandarela; EB1/JI de S. Roque; Escola Profissional CENATEX; Escola Profissional Profitecla de Guimarães; Escola Secundária Martins Sarmento; e Escola Secundária de Caldas das Taipas.

O “Dia das Bandeiras Verdes”, que decorreu em Aveiro, com a presença do Secretário de Estado da Educação, João Costa, e do Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), José Archer, assinalou os 20 anos do programa Eco-Escolas, num dia comemorativo ainda abrilhantado pela banda “Xutos e Pontapés” com a música “Não somos os únicos a defender o Ambiente”, um mote lançado às escolas a propósito das duas décadas do programa e que contou ainda com a colaboração do Ginásio Clube Português, responsável pela coreografia.

Refira-se que o Eco-Escolas é um programa internacional promovido pela “Foundation for Environmental Education”, desenvolvido em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) desde 1996 e tem como missão encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade. Este ano, estiveram envolvidas 46 mil escolas em todo o mundo, num total de 1.437 escolas inscritas a nível nacional, das quais 1.307 foram galardoadas.

GERÊS REALIZA FEIRA DE S. MARTINHO

XVI Feira-Mostra de “S. Martinho nas Terras do Gerês” decorre nos dias 11, 12 e 13 de novembro

O Município de Terras de Bouro prepara-se para realizar a XVI edição da Feira-mostra de “S. Martinho nas Terras do Gerês”. Este evento, que visa promover e preservar os mais variados produtos turísticos e artesanais do concelho de Terras de Bouro, tem o início marcado para o dia 11 de novembro e decorrerá até ao dia 13 do mesmo mês na sede do concelho.

As inscrições para a participação na XVI Feira-Mostra decorrem até ao dia 19 de outubro sendo realizadas através do preenchimento da respetiva ficha de inscrição e enviada para o município de Terras de Bouro.

Para mais informações deverá consultar o regulamento e a ficha de inscrição disponíveis na página eletrónica do município, (http://www.cm-terrasdebouro.pt/) ou contactar o Gabinete de Cultura e Comunicação do Município de Terras de Bouro.

CERVEIRA E TOMIÑO DINAMIZAM “DESPORTO PARA TODOS”

O sucesso da equipaVila Nova de Cerveira/Tomiño durante as Olimpíadas Intergeracionais 2015, e a vontade expressa pelos elementos em dar continuidade a este intercâmbio, resulta agora num projeto permanente de promoção de atividade física para pessoas com idade superior a 55 anos dos dois concelhos vizinhos. O “Desporto para Todos” já tem aberto o período de inscrições.

file-page2.jpg

Integrado na Agenda Estratégica para a Cooperação Transfronteiriça de Cerveira-Tomiño, este novo projeto visa oferecer à comunidade de Vila Nova de Cerveira e de Tomiño com mais de 55 anos de idade, sessões semanais de atividade desportiva saudável, controlada e adaptada. O objetivo do “Desporto para Todos” é implementar um plano de treino que vise o convívio, o bem-estar psicológico e físico, a evolução/manutenção da motricidade grossa e fina, e o intercâmbio cultural entre as duas comunidades vizinhas.

Com sessões de 1h30, uma vez por semana em ambos os concelhos, e sob orientação de dois treinadores, os inscritos vão poder desenvolver competências desportiva e lúdica através do basquetebol, futebol, atletismo, natação, jogos tradicionais, malha, petanca e corda. De forma, a complementar o desenvolvimento motorpropõe-se também a prática de treino funcional, voleibol e tai-chi; e para consolidar os laços socioculturais eo convívio estão programados passeios, piqueniques e visitas guiadas.

O presente projeto surge após acompetiçãoeuropeia “Olympics4all”, que decorreu em setembro de 2015, se celebrou, no qual Cerveira e Tomiño participaram com umaequipa formada por 30 pessoas com idades superior a 55 anos, tendo sido um sucesso.

O “Desporto para Todos” é uma das muitasatividadesdesenvolvidas no âmbito da Agenda Estratégica Cerveira-Tomiño, que centra o esforçoem afirmar para uma gestão partilhada de serviços locais, a dinamização da economia local transfronteiriça e capacitação, sob o lema Amizade Cerveira-Tomiño, umprojeto europeu candidatado ao INTERREG V-A.

As pessoas interessadas em efetuar inscrição o “Desporto para Todos” devem enviar um correio eletrónico para vyollett@hotmail.com ou contactar via telemóvel para964887621.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA MANTÉM TAXAS REDUZIDAS

Taxas municipais reduzidas mantém-se em 2017

Dando continuidade a uma política fiscal em prol das famílias cerveirenses e das empresas já instaladas ou interessadas, o Município de Vila Nova de Cerveira vai manter inalteradas, em 2017, as taxas de IMI, Derrama e de IRS, aplicando um reforço de redução do IMI para agregados familiares com filhos. Proposta foi aprovada por unanimidade em reunião de câmara desta quarta-feira, e será remetida para deliberação da Assembleia Municipal.

Atento a critérios de maior equidade social e justiça fiscal, o executivo cerveirense decidiu manter inalterada em 2017 a política fiscal praticada nos últimos três anos, ou seja, não sobrecarregar fiscalmente as famílias e empresas, não aumentando impostos, tendo baixando alguns e isentado outros, como forma de incentivar a sua permanência e fixação na área do concelho e valorizar a atividade económico-social.

Neste sentido, quem tiver património imobiliário em Vila Nova de Cerveira continuará a pagar Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) pelo valor mínimo permitido por Lei, isto é, 0,3% para os prédios urbanos avaliados e 0,8% para os prédios rústicos.A redução do IMIem função do número de filhos não só é para continuar, como foi duplicado o valor absoluto para agregados familiares com dois filhos (redução da taxa em 40 euros) e com três ou mais (redução da taxa em 70 euros). Não obstante, e promovendo a recuperação de prédios urbanos que se encontram em situação de manifesta degradação e/ou devolutos, mantém-se o agravamento da taxa de IMI fixado em 30% o índice de majoração a aplicar a todos os prédios urbanos considerados degradados.

Quem for residente fiscal e tiver colecta de IRS em Vila Nova de Cerveira, beneficiará de um desconto automático de 2,5%, sob o compromisso reiterado de aplicar parte do valor arrecado por este imposto no apoio social, nomeadamente no reforço da assistência domiciliária aos idosos isolados.

No que diz respeito à taxa de derrama para o próximo ano, a proposta é exatamente igual à apresentada nos anos anteriores, ou seja, a isenção de pagamento de derrama às empresas com volume de negócios até 75 mil euros; para volume de negócios até 150 mil euros a taxa a pagar é ainda reduzida, tendo sido fixada em 0,8%, e as restantes empresas que apresentarem um volume de negócios acima dos 150 mil euros ficam sujeitas à taxa de 1,5%.

A taxa municipal de Direitos de Passagem para 2016 também não sofre alterações, mantendo-se nos 0,10%. Trata-se de um imposto a aplicar sobre cada fatura emitida pelas empresas que oferecem redes e serviços de comunicações eletrónicas acessíveis ao público.

A presente proposta das taxas municipais para 2017 será apreciada e votada na próxima sessão ordinária da Assembleia Municipal.

ESPOSENDE REQUALIFICA ADRO DA SENHORA DA SAÚDE

Município de Esposende avança com obras do adro da Senhora da Saúde e dos sanitários de Apúlia

O Município de Esposende vai proceder à remodelação do adro da capela da Senhora da Saúde, em Esposende e à construção dos sanitários públicos, nas imediações da igreja paroquial de S. Miguel de Apúlia. A realização destas duas obras foi aprovada, por unanimidade, na reunião de hoje do Executivo Municipal.

sra_saude .jpg

No caso da remodelação do adro da Senhora da Saúde, será celebrado um protocolo, entre o Município e a Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Maria dos Anjos de Esposende, para intervenção num espaço apontado como “nobre para a cidade, situado numa das principais entradas da urbe e que, apesar de ser propriedade da Igreja, tem acentuada utilização pública”, sublinha o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

Tratando-se do maior espaço verde da cidade de Esposende, o adro da Capela da Senhora da Saúde regista grande afluências de visitantes, seja em cumprimento de promessas religiosas, seja para merendas e recreio. O recinto está muito degradado, com os pavimentos e o próprio coreto em mau estado de conservação.

Prevê-se o restauro do coreto e da fonte, organização do estacionamento, melhoria na zona das instalações sanitárias, alteração do pavimento em torno da capela, para cubo de granito, plantação de mais árvores e colocação de mesas para piquenique. O valor base destaobra, entretanto submetida a concurso, é de 188 mil euros.

Já no caso das instalações sanitárias de Apúlia, o protocolo envolve o Município e a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Miguel de Apúlia e prevê a construção de equipamento de apoio, atendendo à elevada afluência de público e de turistas àquele local da vila.

A obra também se encontra em concurso público, pelo valor base de 29500 euros.

FAMALICENSES DEBATEM EMPREGABILIDADE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

ACIP promove seminário sobre empregabilidade de pessoas com deficiência

A ACIP - Ave Cooperativa de Intervenção Psico-Social promove no próximo dia 20 de outubro, a jornada “Empregabilidade da pessoa com deficiência e incapacidade – vantagens e apoios à contratação”. O encontro vai ter lugar nos Serviços Educativos do Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, a partir das 14h00 e tem entrada gratuita.

Esclarecer o público quanto às medidas e apoios atualmente existentes para a inserção e colocação no mercado de trabalho, bem como a partilha de boas práticas na integração profissional da pessoa com deficiência e incapacidade, são os principais objetivos desta iniciativa que conta com o apoio da Câmara Municipal.

LOJA SOCIAL DE FAMALICÃO PROMOVE RECOLHA DE ALIMENTOS

Nos próximos dias 21 e 22 de outubro, a Loja Social do Município de Vila Nova de Famalicão vai estar no supermercado Bandeirinha para uma recolha de géneros alimentares.

Através desta e de outras ações de solidariedade promovidas em todo o concelho, a Loja Social consegue assim atingir o seu objetivo de apoiar as famílias famalicenses economicamente mais vulneráveis.

Loja Social de Famalicão.jpg

FAMALICÃO DEBATE EVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA

A evolução demográfica e social de Famalicão em debate na Casa do Território

O livro “A população e a sociedade de Vila Nova de Famalicão entre 1620 e 1960: Crescer e Progredir”, da historiadora Odete Paiva, vai dar o mote para a próxima sessão do ciclo de conferências “Conhecer a nossa História”, promovida pela autarquia famalicense e que vai ter lugar no dia 28 de outubro, sexta-feira, no auditório da Casa do Território, no Parque da Devesa.

DSC_5704 (1).jpg

A iniciativa vai contar com a presença da autora e tem como objetivo a divulgação e reflexão da sua análise histórica e científica acerca da evolução demográfica e social da comunidade famalicense.

Odete Paiva doutorou-se em História, especialidade de Demografia Histórica, na Universidade do Minho, depois de ter obtido a licenciatura em História, na Universidade do Porto, a pós graduação em História Moderna e Contemporânea e o mestrado em História da Instituições e Cultura M.C. Tem como áreas de interesse científico e de investigação a Demografia Histórica, a História das Populações e da Família e a Genealogia.

Recorde-se que esta iniciativa está inserida no ciclo de conferências “Conhecer a nossa História”, lançado no início deste ano com o objetivo de esmiuçar a história territorial das diversas freguesias de Famalicão. 

A conferência tem entrada livre e início marcado para as 21h00.

FAMALICENSES FAZEM VOLUNTARIADO

Maratona do Voluntariado, este sábado, na Casa das Artes

Várias dezenas de voluntários do concelho de Vila Nova de Famalicão vão participar no próximo sábado, 15 de outubro, a partir das 15h00, na Casa das Artes, na Maratona do Voluntariado. Trata-se do culminar de um conjunto de iniciativas promovidas no âmbito do projeto municipal “Famalicão Visão’25” que está a decorrer até 22 de outubro, e que têm contado com a participação dos voluntários.

De entre as várias atividades destaque para a “Rua do Encontro”, que contou com a presença de perto de uma centena de pessoas portadoras de deficiência, oriundas de diversas instituições do concelho e cujo objetivo foi sensibilizá-las para o voluntariado, incentivando-as a uma participação mais ativa na sociedade. 

Desta atividade resultou uma foto-reportagem, que será apresentada durante a Maratona do Voluntariado. O evento é de entrada livre e tem como objetivo envolver toda a população nos valores do voluntariado.

Refira-se que o Banco de Voluntariado de Vila Nova de Famalicão tem neste momento inscritas cerca de duas mil pessoas, no entanto, só cerca de 1.100 praticam voluntariado ativo.

PCP MUDA A SEDE DA SUA DIRECÇÃO REGIONAL DE BRAGA

52695_0003k538 (1).jpg

Desde o 25 de Abril, o PCP tem Centro de Trabalho em Braga. O Centro de Trabalho do Partido é a casa dos comunistas, uma alavanca para o seu reforço e desenvolvimento, mas é também um espaço aberto aos trabalhadores e ao povo. Um espaço de convívio, de afectos e de dinamização da acção.

Logo após a Revolução de Abril, o Partido abriu o seu Centro de Trabalho ao cimo do Campo da Vinha, no centro da cidade de Braga. Foi a partir daí que, durante um ano os comunistas dirigiram a luta pelo avanço e consolidação do processo revolucionário e pelas muitas conquistas que aqueles luminosos dias trouxeram ao povo Português

A acção da reacção, que veio a culminar com a destruição do Centro de Trabalho em 11 de Agosto de 1975, no quadro da grande operação contra democratas, centros de trabalho do PCP e sedes de outras organizações democráticas, um pouco por todo o norte e centro do país, obrigou a Direcção Regional de Braga a encontrar um novo espaço.

Depois de ter passado por outros locais, a partir de 1978, o Centro de Trabalho de Braga mudou-se para a Rua de Santo André, onde permanece até aos dias de hoje. Espaço situado na zona central da cidade, o CT de Braga, albergou, ao longo destas quase quatro décadas, a acção dos comunistas, aí se preparando muitas lutas, e iniciativas.

O tempo, as condições físicas do prédio onde actualmente estamos instalados, e as exigências do trabalho do Partido, colocaram, de novo, a necessidade de se encontrar um espaço com melhores condições para a DORB e para a Concelhia de Braga.

O Centro de Trabalho de Braga do PCP passará, assim, a funcionar a partir de 22 de Outubro numa nova casa, situada na Avenida da Imaculada Conceição, nº 736, uma das mais centrais avenidas de Braga.

Um Centro de Trabalho renovado, propriedade do PCP, com espaço para iniciativas ao ar livre, com melhores condições para acolher todos, comunistas ou outros democratas, quantos queiram partilhar connosco os seus problemas e a sua luta. Uma nova casa para todos quantos, no Minho, queiram fazer connosco o caminho da construção da alternativa patriótica e de esquerda, o caminho da democracia avançada, com os valores de Abril no futuro de Portugal, todos aqueles que, com os comunistas, queiram construir o Socialismo e o Comunismo.

A DORB, para fazer face às exigentes despesas que a aquisição de um novo Centro de Trabalho acarreta, decidiu lançar a Campanha de Fundos “Nova Casa para o PCP em Braga. Mais força na luta de sempre!”, com o objectivo de angariar 50 mil euros até final de 2017.

Esta campanha de fundos, que está inserida no esforço da preparação do XX Congresso do Partido, nas linhas de trabalho de reforço da organização partidária, na acção geral do Partido de combate por uma vida melhor para os trabalhadores e para o povo, pela construção da alternativa patriótica e de esquerda, confia e conta com a contribuição dos comunistas e democratas do Distrito.

A DORB, apela à participação de todos na campanha de fundos, com a compreensão de que, a partir do próximo dia 22 de Outubro,  os trabalhadores e o povo do distrito de Braga terão uma porta aberta para aí exporem os seus problemas e aí, também, organizarem as suas lutas em defesa de uma vida melhor.

A DORB do PCP convida todos os bracarenses, todos os comunistas e democratas do distrito de Braga a participarem na inauguração do novo Centro de Trabalho, onde funcionará a Comissão Concelhia de Braga e a sede da Direcção da Organização Regional de Braga do PCP, que terá lugar no próximo dia 22 de Outubro, Sábado.

Nesse dia, pelas 15h00, haverá uma arruada desde a Arcada até ao novo Centro de Trabalho do PCP, percorrendo a Rua D. Diogo de Sousa, a Rua do Souto, Rua Frei Caetano Brandão, Largo Paulo Orósio e Rua dos Bombeiros Voluntários.

Pelas 16h30 haverá o momento formal de inauguração, que contará com a participação do secretário geral do PCP, Jerónimo de Sousa, ao que se segue a Festa Popular, com música e comes e bebes.

BRACARENSES CORREM CONTRA O AVC

Corrida Vital sensibiliza para importância da prevenção do AVC. Iniciativa decorre a 30 de Outubro

No dia 30 de Outubro, Braga vai correr e caminhar contra o Acidente Vascular Cerebral (AVC). Sobe o mote ‘Seja mais rápido que o AVC’, esta iniciativa pretende sensibilizar e alertar a população para os perigos desta doença que é a principal causa de morte em Portugal.

1braggga (1).jpg

Este ano, a ‘Corrida & Caminhada Vital Contra o AVC’ congrega esforços de várias instituições, todas com o mesmo objectivo: promover hábitos de vida saudáveis de forma a prevenir o AVC. Desta forma, o Município de Braga, o Hospital de Braga, a Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral e o Núcleo de Estudantes de Medicina da Universidade do Minho (NEMUM) uniram-se e, em conjunto, desenvolvem esta iniciativa que terá início pelas 10h00 de Domingo, dia 30, na Avenida Central, em Braga.

“Esta iniciativa tem como principal objectivo alertar toda a população para a problemática e perigos do AVC, ao mesmo tempo que pretende sensibilizar para a prevenção através da adopção de um estilo de vida saudável e prática regular de actividade física” referiu Sameiro Araújo, vereadora do Desporto e da Saúde do Município de Braga, durante a apresentação do evento, que decorreu esta Quinta-feira, 13 de Outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Braga.

Como explicou a vereadora, estas instituições já realizavam iniciativas individuais todas com o mesmo propósito. Assim, “por questões logísticas, não fazia sentido que, num curto espaço de tempo, existissem várias actividades direccionadas para o mesmo objectivo. Congregamos esforços e acredito que podemos chegar a um maior número de participantes”, sublinhou Sameiro Araújo.

A corrida terá um percurso de 9km e a caminhada de 3km, tendo ambas como ponto de partida e chegada a Avenida Central. No local decorrerá também um rastreio para detectar factores de risco vascular.

As inscrições podem ser feitas online, em www.hospitaldebraga.pt, até ao dia 26 de Outubro e tem o valor simbólico de dois euros.

A organização deste evento conta com a parceria do Comando Distrital de Braga da Polícia de Segurança Pública, Regimento de Cavalaria 6, Associação de Atletismo de Braga, INATEL – Agência de Braga, Agrupamento de Escuteiros 660 de Montariol e Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a principal causa de morte e incapacidade em Portugal e um grave problema de saúde pública nos países desenvolvidos, por isso, a prevenção é fundamental.

Anualmente, o Hospital de Braga recebe cerca de 700 casos de AVC, 600 dos quais através da Via Verde AVC (sistema de encaminhamento que permite um tratamento mais rápido e eficaz). Nos casos tratados pelo Hospital de Braga existe maior prevalência na faixa etária entre os 45 e os 65 anos, cujos principais factores de risco são o tabagismo, a tensão arterial, a obesidade e o colesterol. A faixa etária acima dos 75 anos tem também grande prevalência, sobretudo no sexo feminino, e a maior causa de risco é a arritmia cardíaca.

1braggga (2).jpg

1braggga (3).jpg

CONCERTO DE JAZZ NA CASA MUSEU DE MONÇÃO/UM

Esta sexta-feira, pelas 21h30, com o Quarteto Iago Fernandez. A entrada é gratuita.

No âmbito do Festival de Outono da Universidade do Minho, a Casa Museu de Monção, unidade cultural daquela universidade, recebe, esta sexta-feira, com início às 21h30, um concerto de jazz do Quarteto Iago Fernandez. A entrada é gratuita.

O quarteto é constituído por Iago Fernandez (composição/bateria) Enrique Oliver (tenor/saxofone), WilfriedWilde (guitarra) e DemianCabaud (contrabaixo). Quatro músicos que se conhecem bem e que transmitem em palco essa ligação afetiva acompanhada por energia e paixão pelo jazz.

Jazz.jpg

FAMALICENSES FAZEM MEIA MARATONA

Meia Maratona de Famalicão corre-se a 27 de Novembro. Inscrições para a prova decorrem no site da Runporto

Já estão abertas as inscrições para a edição de 2016 da Meia e Mini Maratona de Vila Nova de Famalicão. A terceira edição da prova, organizada pela Runporto em parceria com a Câmara Municipal e a Associação de Atletismo de Braga, já tem data e hora marcada, realizando-se no dia 27 de novembro, às 10h00.

Meia e Mini Maratona de Famalicão.jpg

A prova, que nos primeiros dois anos teve mais de 3 mil atletas inscritos, irá contar com uma corrida cronometrada de 21 quilómetros e uma caminhada de 7 quilómetros, ambas com partida da Avenida do Brasil e chegada no Parque de Estacionamento da Casa do Território, no Parque da Devesa.

As inscrições decorrem online no site da Runporto, em www.runporto.com, ou nas lojas Sport Zone.

Até ao dia 31 de outubro as inscrições para a Meia Maratona têm o custo de 7.50 euros, de 10 euros para as inscrições efetuadas entre os dias 1 e 22 de novembro, e de 15 euros para as inscrições de última hora, nos dias 25 e 26 de novembro, na Casa do Território. Já para a Mini Maratona, até dia 31 de outubro a inscrição tem o custo de 3 euros, de 1 a 22 de novembro tem o custo de 5 euros, valor que aumenta para 8 euros para as inscrições de última hora, nos dias 25 e 26 de novembro, na Casa do Território.

Refira-se ainda que o regulamento da prova já se encontra disponível para consulta no site da Runporto.

PERCURSO MEIA MARATONA

Partida: Av. Brasil, retorno, Av. Brasil, Rotunda Bernardino Machado (acesso variante), Av. Carlos Bacelar, retorno, Av. Carlos Bacelar, Rotunda Bernardino Machado, Av. Narciso Ferreira, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto, Av. 25 de Abril, retorno, Av. 25 de Abril, Av. Narciso Ferreira, Av. Marechal Humberto Delgado, Rotunda da Paz, Av. dos Descobrimentos, retorno, Av. dos Descobrimentos, Rotunda da Paz, Av. Marechal Humberto Delgado, Rotunda Bernardino Machado, Av. Brasil, EN 206 Famalicão/Guimarães, Av. Tomás Pereira, EN 319 Famalicão/Braga, Av. Pe. Manuel Costa Rego (Vale S. Martinho), Av. Tibães e Av. Central (Vale S. Cosme), retorno, Av. Tibães e Av. Central (Vale S. Cosme), Av. Pe. Manuel Costa Rego (Vale S. Martinho), Av. Tomás Pereira, EN 309 Famalicão/Braga, Av. Brasil, Rua Fernando Mesquita, Parque de Estacionamento Casa do Território: Meta.

PERCURSO MINI MARATONA/CAMINHADA

Partida: Av. Brasil, retorno, Av. Brasil, Rotunda Bernardino Machado (acesso variante), Av. Carlos Bacelar, retorno, Av. Carlos Bacelar, Rotunda Bernardino Machado, Av. Narciso Ferreira, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto, Av. 25 de Abril, retorno, Av. 25 de Abril, Av. Narciso Ferreira, Av. Marechal Humberto Delgado, Rotunda da Paz, Av. dos Descobrimentos, retorno, Av. dos Descobrimentos, Rotunda da Paz, Av. Marechal Humberto Delgado, Rotunda Bernardino Machado, Av. Brasil, Rua Fernando Mesquita, Parque de Estacionamento Casa do Território: Meta.

CERVEIRA DINAMIZA PARQUE EMPRESARIAL DO FULÃO

Autarquia e privado juntos na dinamização do Parque Empresarial do Fulão “como local certo para investir”

Com os dois polos industriais lotados e perante o interessede potenciais novos investidores, o Município de Vila Nova de Cerveira estabeleceu um protocolo de cooperação com a Construções Gradin, a entidade proprietária do Parque Empresarial do Fulão, para unir esforços na promoção e flexibilização dos cerca de 40 hectares disponíveis.

Parque Fulão.jpg

Localizado juntoao PoloII da Zona Industrial de Cerveira, o Parque Empresarial do Fulão foi o primeiro de capital privado galego a instalar-se em território nacional, nos inícios da década de 90, dotado de condições efetivas para cativar novos empresários e aumentar os níveis de empregabilidade.

Perante a manifestação de uminteresse comum em consolidar o desenvolvimento económico-social do concelho, impulsionando aquela extensa área, o Município e a Construções Gradin propõem-se a desenvolver, de agora em diante, uma promoção integrada e sustentada do Parque Empresarial do Fulão como “local certo para investir”.

“Foi uma conjugação de fatores que resultou nesta parceria pois, por um lado, a autarquia já não conseguia dar resposta física aos significativos contactos de empresas interessadas em investir e, por outro lado, a Gradin detinha em sua posse lotes para rentabilizar e vender”, explica o presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, acrescentando: “Esta estratégia representa a abertura de mais uma janela para o investimento no concelho, fruto da vontade de duas entidades que, apesar de serem de âmbito diferente, partilham o mesmo objetivo de potenciar a economia local”.

Apresentando o ParqueEmpresarial do Fulão como uma excelente oportunidade de negócio, quer pela localização geoestratégica, quer pelas condições de desburocratização associadas ao processode licenciamento, o presente protocolo determina que o Município cerveirense possa ser intermediário na venda dos lotes disponíveis e a Construções Gradingaranta a disponibilização dos terrenos e concretizeas possíveis transações com a maior celeridade possível, a um preço de 35 euros por m2.

OMunicípio cerveirense pretende dar continuidade à sua política de dinamização da indústria no concelho, atraindo novas empresas e empresários, e consolidando o tecido industrial local existente, criando melhores condições de vida à população.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA CONGRATUGA ANTÓNIO GUTERRES

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou por unanimidade, na reunião desta quarta-feira, um voto de congratulação ao Eng.º António Guterres pela nomeação oficial, pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, como Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), considerando “uma honra para Portugal e para os Portugueses”.

Na proposta apresentada pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira é destacado “o orgulho nacional pela nomeação de um português para ocupar o mais alto cargo de representação diplomática a nível mundial”. No documento, o edil Fernando Nogueira realça “o enorme prestígio pessoal do Engº António Guterres, alicerçado no perfil e nas qualidades sociais, cuja atividade humanitária fala por si, sendo detentor de uma consciência social singular e de uma capacidade conciliadora única; de uma enorme capacidade para o diálogo e para encontrar pontes, procurando concertar posições; das características necessárias para procurar unir a humanidade consolidadas no desempenho demonstrado internacionalmente na forma como dirigiu oAlto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) durante uma década; qualidades bem evidenciadas pela ação na diplomacia portuguesa”.

O voto de congratulação proposto ao Eng.º António Guterres pela sua eleição para tão prestigiado e honroso cargo internacional foi aprovado por unanimidade pelos vereadores da autarquia cerveirense, sendo remetido para o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

BRAGA QUER REPLICAR MODELO DE INOVAÇÃO SUECO

Responsáveis locais em visita a Lund

O Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o Reitor da Universidade do Minho, António Cunha, e o Director do INL, Lars Montelius, encontram-se a realizar uma visita a diversas instituições da cidade sueca de Lund, mundialmente conhecida pela capacidade de articulação entre os centros de conhecimento, o tecido empresarial e as instituições públicas, enquanto base para o desenvolvimento de uma estratégia de especialização inteligente em sectores de elevado valor acrescentado e com um forte teor tecnológico.

IMG_4331.JPG

Devidamente alinhado com a estratégia definida para a Região de Skäne, no Sul da Suécia, e com a designada área da Grande Copenhaga, em ligação à vizinha Dinamarca, este território tem assistido à criação de inúmeras valências científico-tecnológicas, capazes de atrair algumas das principais empresas mundiais de sectores de vanguarda, suportar um intenso processo de geração de novas empresas e alimentar a criação de milhares de postos de trabalho qualificados.

Segundo o Presidente da Autarquia Bracarense, Ricardo Rio, a realização desta visita revela-se um elemento extremamente útil no apoio à estratégia que o Município tem vindo a desenvolver em ligação com parceiros como a UM, o INL, a InvestBraga e o tecido empresarial, visando a criação de iniciativas como o Med-Tech e a Innovation Arena.

Encontrando-se estes projectos numa fase de concepção e de contactos exploratórios, temos tudo a ganhar em seguir as melhores práticas à escala global, de forma a tornar estas iniciativas o mais impactantes possível, no mais curto espaço de tempo”, garantiu. Por acréscimo, lembrou, “qualquer destas iniciativas carece da sua integração em redes de colaboração mundiais, sendo que existem já hoje condições para envolver instituições e projectos de Braga em parcerias internacionais e é para isso que estamos a trabalhar”,

Também o Reitor da Universidade do Minho realçou a oportunidade da visita, enfatizando “o especial interesse e potencial da Universidade para aprofundar parcerias nas áreas da nanotecnologia, da medicina e dos Materiais e Tecnologias Quânticos, em linha com o recentemente criado Quanta LAB”. Para António Cunha, “o reconhecimento internacional de que hoje podemos usufruir nestas áreas abre-nos portas para a participação em projectos que marcarão o futuro da Universidade e da Região em que nos inserimos”. 

Por sua vez, o Director do INL, o sueco Lars Montelius, expressou “a sua particular satisfação por poder colocar as suas ligações pessoais e profissionais ao serviço do desenvolvimento de Braga”, dando nota de que “também para o processo de afirmação e crescimento do INL no plano internacional é vital a ligação aos países escandinavos”. “O INL tem um conjunto de recursos extraordinários no plano material sob padrões internacionais e está a crescer significativamente os seus recursos humanos. Estão reunidas as condições para reforçar o seu impacto no tecido económico e na sociedade e Braga terá muito a ganhar com isso”, concluiu.

A delegação de Braga inclui ainda o Pró-Reitor Fernando Alexandre e a Responsável pela Área da Inovação do INL, Paula Galvão, tendo estabelecido contactos com o Presidente da Câmara Municipal de Lund, Anders Almgren, com o Reitor da Universidade de Lund, Torbjörn von Schantz, e o responsável pela Divisão Estratégica da Região de Skäne, Lennart Svensson.

Nos dois dias em Lund, os responsáveis das instituições de Braga mantiveram uma intensa agenda de visitas, na qual se incluíram estruturas como a Medicon Village, o Ideon Science Park, a NanoLund e diversas start-ups de sectores ligados à sustentabilidade, telecomunicações e smart cities.

De igual forma, tiveram também oportunidade de visitar os locais em que se estão a desenvolver dois dos projectos mais relevantes no plano das infra-estruturas de apoio à investigação fundamental a nível Europeu: o Laboratório Max IV e a Science Village Scandinavia (onde será implementado o projecto da ESS – European Spallation Source), projecto de elevado interesse nacional, para um valor global de investimentos na ordem dos 2,3 mil milhões de Euros. 

MONÇÃO REALIZA INVESTIMENTOS ESTRUTURANTES NO VALOR GLOBAL DE 900 MIL EUROS

Intervenções na área do património construído, rede viária municipal, oferta cultural e setor da educação, garantem qualidade de vida aos residentes e promovem o turismo junto dos visitantes. Investimentos suportados na totalidade pela autarquia que aguarda aprovação das candidaturas apresentadas.

investimento 02 (Large).JPG

Apesar dos fortes constrangimentos orçamentais, decorrentes da diminuição de transferências da administração central e de atrasos na distribuição dos fundos comunitários, a Câmara Municipal de Monção tem em desenvolvimento um conjunto variado de empreitadas que, no seu conjunto, representam um valor próximo de 900 mil euros.

No início da semana, o presidente da autarquia, Augusto de Oliveira Domingues, a vice-presidente, Conceição Soares, e o técnico superior, Jorge Tavares, visitaram algumas das obras em curso, fazendo o ponto de situação de cada uma delas e apontando a sua importância no contexto concelhio.

Para Augusto de Oliveira Domingues, estes investimentos refletem a preocupação do município na valorização dos nossos recursos endógenos, do nosso património construído, da nossa vocação cultural e da melhoria da qualidade de vida da nossa população.

Acrescentou: “Por um lado, garante-se a recuperação de um património com memóriapara todos os monçanenses e, por outro,  amplia-se a oferta turística do nosso concelho. São investimentos com um claro retorno ao nível do conforto e bem-estar das pessoas ”.

Recuperação da antiga estação da CP

A transformação do antigo edifício da estação da CP em Casa da Música, albergando a sede da Banda Musical de Monção, decorre a bom ritmo, tudo indicando que seja inaugurada no dia 25 de abril do próximo ano. Representa o ponto de partida de um projeto estruturante para a beneficiação daquele espaço situado à entrada do centro histórico da vila.

Adjudicada por 322.656,00, acrescida de IVA, a empreitada é suportada na totalidade pela autarquia local. A candidatura para comparticipação financeira governamental no âmbito da regeneração urbana já foi apresentada, aguardando-se a sua aprovação.

Acesso sul do Minho Parque Monção

Depois da ligação direta da EN 101 ao Minho Parque Monção, a autarquia avançou, a expensas próprias, com o acesso sul daquele espaço empresarial, visando melhorar a ligação ao interior da freguesia de Lara e facilitar a circulação entre as freguesias do vale do Gadanha. 

Neste momento, a empreitada, adjudicada pelo valor de 299.335,67 €, acrescido de IVA, com uma extensão aproximada de 800 metros, encontra-se em fase de terraplanagens e compactação do traçado para, numa etapa posterior, receber o asfaltamento.

Balneário Termal, Mercado Municipal e Centro Escolar de Mazedo

Com a estrutura exterior consolidada, fruto de uma intervenção avaliada em 73.400,62 €, mais IVA, o antigo balneário termal aguarda agora a aprovação de uma candidatura para apetrechamento do interior e comparticipação dos trabalhos exteriores suportados pelo município. A sua nova funcionalidade estará ligada à natureza e ao rio.

Também o Mercado Municipal de Monção está em obras. Constam da pintura do exterior e interior, colocação de corrimões e beneficiações pontuais para quem visita e comercializa naquele espaço. A empreitada, adjudicada juntamente com os trabalhos de beneficiação do Centro Escolar de Mazedo, tem o custo global de 47.636,75, acrescido de imposto.

Refira-se que as obras efetuadas no Centro Escolar de Mazedo, concluídas antes do arranque do ano letivo, visaram otimizar os espaços existentes através do redimensionamento espacial da biblioteca escolar, pintura dos espaços interiores e colocação de piso amortecedor de borracha numa zona ocupada pelas crianças do pré-escolar.

Beneficiação do Cemitério Municipal

A Câmara Municipal de Monção está igualmente a intervir no cemitério municipal através do melhoramento do sistema das águas pluviais e pavimentação dos arruamentos laterais que, na atualidade, encontram-se em terra batida. A empreitada foi entregue por 72.600,01 €, acrescido de imposto.

Os trabalhos incluem ainda a remoção dos buchos existentes, o qual dificultam a acessibilidade a diversas sepulturas, e a colocação de tampas pré-fabricadas em betão nas sepulturas localizadas na área ampliada do cemitério, garantindo maior segurança a quem circula naquela zona.

Canal de águas da Lodeira e Ponte da Veiga, em Riba de Mouro

Intervenção importante para quem reside na zona da Lodeira é a construção de um canal de condução de águas para o Rio Minho, libertando aquela zona baixa de encharcamentos e possíveis inundações. Os trabalhos estão em desenvolvimento pelo montante de 23.995,25 €, mais IVA.

A mesma importância se aplica à recuperação da Ponte da Veiga, em Riba de Mouro. Sem qualquer intervenção em mais de meio século, foi agora objeto da recuperação do pavimento e muros de suporte, assegurando mais segurança na passagem daquela travessia. Intervenção adjudicada por 3.865,00 €, acrescida de imposto.

Além destes investimentos, todos eles suportados pelos cofres da autarquia devido à morosidade de aprovação das candidaturas, decorrem diversas empreitadas no território concelhio lançadas pelas juntas de freguesiacom apoio da autarquia local no âmbito da transferência financeirade acordo com os critérios de igualdade, área e população.

investimento 04 (Large).JPG

investimento 05 (Large).JPG

investimento 06 (Large).JPG

investimento 07 (Large).JPG

investimento 09 (Large).JPG

investimento 11 (Large).JPG

Investimentos 01 (Large).JPG

RALLY DE PORTUGAL NO CORAÇÃO DA CIDADE DE BRAGA

«Braga recebe um dos mais espectaculares momentos do Rally de Portugal»

A Cidade de Braga irá receber, em Maio do próximo ano, e após 30 anos de ausência, um dos mais importantes e mediáticos momentos do Rally de Portugal, prova do Campeonato do Mundo de Ralis, com o Braga Street Stage a coroar a prova raínha do WRC em Portugal.

Centro Histórico.jpg

O Centro Histórico da Cidade de Braga receberá a “classificativa espectáculo” do Rali de Portugal, naquela que será uma das mais emblemáticas Super Especiais de sempre.

Esta "Super Especial” será realizada, estrategicamente, em pleno coração da Cidade.

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, “este é um evento que a Câmara Municipal de Braga está a preparar cuidadosa e detalhadamente com o Automóvel Clube de Portugal há meses” explicou, adiantando a definição estratégica da escolha da localização desta “Super Especial”.

“A realização desta prova, que é transmitida para todo o mundo e que chegará a mais de 70 milhões de espectadores, não se poderia realizar noutro local que não no nosso centro histórico. Mostraremos o que de melhor Braga tem e contribuiremos desta forma para a procura e promoção turística da Cidade e da marca Braga, num evento único, de alcance global. Quantos de nós poderemos, desde já, vislumbrar imagens como a milenar Sé de Braga, ou o belíssimo Arco da Porta Nova, símbolos maiores de uma Cidade histórica, como pano de fundo de um dos mais importantes, imponentes e mediáticos eventos desportivos transmitido para todo o planeta. Em suma, teremos o Mundo a olhar para nós. Braga será o centro de todas as atenções”, explicou o Autarca.

Braga assume-se, desde já, como a principal novidade do calendário anual da prova portuguesa do WRC (World Rally Championship). Em 2017, o Rally de Portugal cumpre 50 anos, estando a ser trabalhadas várias iniciativas comemorativas da data.

A 19 de Maio de 2017 será discutida no centro histórico da cidade de Braga, uma super especial composta por uma extensão aproximada de 1,9 km, disputados em dupla passagem num formato «Street Stage».

O “Braga Street Stage” será disputado ao final da tarde do dia 19, decorrendo os reconhecimentos a meio do dia com utilização dos veículos de competição. O intervalo entre os reconhecimentos e a prova será preenchido com várias animações, entre as quais uma competição destinada a veículos clássicos desportivos.

A operação implicará a montagem de um verdadeiro circuito urbano no coração da Cidade. Para que os constrangimentos inerentes à passagem desta “especial” pelo Centro Histórico de Braga sejam reduzidos ao mínimo indispensável o Município de Braga tem vindo a trabalhar afincadamente com inúmeras entidades, entre elas a Câmara Municipal do Porto, que tem dado todo o apoio ao Município de Braga, bem como com as forças de segurança, no sentido de estudar cuidadosa e meticulosamente todas as opções a tomar.

Um estudo realizado pelo Centro Internacional de Investigação em Território e Turismo da Universidade do Algarve, em parceria com a Universidade do Minho, revela que a despesa directa total gerada pelo WRC Vodafone Rally de Portugal na economia do turismo do Porto e Norte de Portugal, assegurada por adeptos e equipas, atingiu mais de 65 milhões de euros em edições anteriores.

Além deste valor directo, a audiência acumulada da prova foi estimada em mais de 73 milhões de espectadores, que geraram um impacto adicional indirecto superior a 62 milhões de euros, dando assim origem a um volume total de mais de 127 milhões de euros de retorno para a economia do turismo e imagem do destino.

Também por isto, Braga voltará a ser o centro das atenções mundiais. 

DSCF3500.jpg

pedroalmeida4f_5184_hd.jpg

sss1_2.jpg

start026_1500.jpg

start027_1500.jpg

start034_1500.jpg

PONTE DA BARCA COMEMORA DIA DO MUNICÍPIO

Segunda-feira | 24 de Outubro | Ponte da Barca

No Dia de Município Câmara Municipal inaugura galeria dos Presidentes de Câmara eleitos após o 25 de Abril de 1974 e Monumento de Homenagem a Fernão de Magalhães – 'De Ponte da Barca para o Mundo'

DiaMunicipio2016_cartazA3(1).jpg

No âmbito das comemorações do Dia do Município que este ano assinala os 503 anos do Foral Novo de Ponte da Barca, outorgado em 1513 pelo Rei D. Manuel I, às então designadas Terras da Nóbrega, a Câmara Municipal de Ponte da Barca vai proceder, na segunda-feira, dia 24 de Outubro, às 10h30, à inauguração da galeria dos Presidentes de Câmara eleitos após o 25 de Abril de 1974, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, e, às 11h00, às inauguração de monumento em homenagem a Fernão de Magalhães – 'De Ponte da Barca para o Mundo', na Praça com o mesmo nome, navegador que tem em Ponte da Barca a sua terra natal.

A partir das 14h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, assinala-se o Dia Mundial para a Igualdade com uma Assembleia Jovem. À noite tem lugar a Sessão Solene evocativa do aniversário da elevação de Ponte da Barca a concelho, que decorre a partir das 21h30, no auditório da Epralima – Escola Profissional do Alto Lima.

Condecorações Municipais em Sessão Solene

À semelhança dos anos anteriores serão homenageadas personalidades, empresas e associações que se têm destacado e funcionários da autarquia. Numa manifestação de público reconhecimento pela dedicação e empenho ao serviço do município e da sua comunidade, a autarquia agracia com Medalha de Bons Serviços, doze funcionários municipais com mais de trinta anos de serviço, e cinco funcionários com mais de quinze anos de serviço. Durante o ato solene, e como reconhecimento do trabalho desenvolvido, serão ainda homenageados com Medalha de Mérito Cultural a Associação Desportiva Os amigos de Lindoso, a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca, e o Rancho Folclórico de Lavradas; com Medalha de Mérito Municipal Económico João Cerqueira Pereira, Restaurante “Santana”, Talho do Manel, e Tornomeca; e com Medalha de Mérito Social o Pároco António José Brito

PONTE DE LIMA VIRA CAPITAL DO VINHO VERDE

Grupo de Sommeliers dos EUA, Canadá e Alemanha visitaram o Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde em Ponte de Lima

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) coordenou a visita de um grupo de 16 sommeliers do mercado dos EUA, Canadá e Alemanha à Região dos Vinhos Verdes.

IMG_0174 (Small).JPG

O programa incluiu uma passagem pelo Centro de Interpretação do Vinho Verde em Ponte de Lima, onde conheceram o melhor da história do vinho verde, tendo ainda a oportunidade de efetuar provas de diversos vinhos de produtores já aderentes à Sala de Provas.

O CIPVV é um espaço de promoção do Vinho Verde, através da investigação e divulgação do lastro patrimonial, criando infraestruturas de apoio das rotas e itinerários turísticos associados ao vinho e à vinha, apresentando elementos alusivos à diversidade e à identidade da produção vitivinícola da região Demarcada dos Vinhos Verdes.

Esta foi mais uma ação de promoção da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes e do Município de Ponte de Lima ao CIPVV, mostrando o que de melhor se faz na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, sendo Ponte de Lima um destino turístico de referência pela qualidade, não só do Vinho mas também da Gastronomia. 

IMG_0178 (Small).JPG

IMG_0189 (Small).JPG

IMG_0214 (Small).JPG

PONTE DE LIMA EVOCA ALVES DOS SANTOS

Município de Ponte de Lima assinala os 150 anos de nascimento de Alves dos Santos

O Município de Ponte de Lima vai assinalar o 150.º aniversário de nascimento de Augusto Joaquim Alves dos Santos (1866-2016) – personalidade limiana notabilizada nas áreas da Educação e da Psicologia – com um destaque biobibliográfico patente na Sala de Adultos da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima (BMPL), de 14 a 31 de Outubro.

PL-AlvesSantos.jpg

Uma oportunidade para descobrir a vida e a obra de uma figura menos conhecida do grande público, mas que se destacou em diferentes esferas de atuação. Alves dos Santos foi precursor da Pedologia em Portugal, criou o primeiro laboratório nacional de Psicologia, em Coimbra, exerceu vários cargos políticos de notoriedade e chegou a Ministro do Trabalho na Primeira República.

Além de dois painéis biográficos e da disponibilização para consulta de documentos de e sobre Alves dos Santos, a BMPL facultará um folheto com o essencial do tributo.

Associe-se à homenagem a Augusto Joaquim Alves dos Santos, cujo currículo eclético enobrece o legado cultural de Ponte de Lima, e visite a Biblioteca Municipal.

BRAGA APRESENTA PROJECTOS VENCEDORES DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Apresentação dos Projectos Vencedores do OP 2017

Sexta-feira, dia 14 de Outubro, pelas 15h00, auditório da Companhia da Música, no Mercado Cultural do Carandá

O Município de Braga realiza a cerimónia de apresentação dos projectos vencedores do Orçamento Participativo 2017, a qual terá lugar amanhã, Sexta-feira, dia 14 de Outubro, pelas 15h00, no auditório da Companhia da Música, no Mercado Cultural do Carandá (Praça Dr. Cândido Pires).

O Orçamento Participativo é uma ferramenta que delega nos cidadãos a decisão relativamente ao que fazer com uma parte do Orçamento do Município. Recorde-se que esta edição do OP foi a que registou o maior número de votantes, com 11.939 Bracarenses a exercerem uma cidadania activa e a escolherem o destino a dar aos 750 mil euros que o Município de Braga alocou para esta iniciativa, sendo que parte desta verba, 100 mil euros, destina-se ao Orçamento Participativo Escolar.

FRUTA REGRESSA AOS LANCHES NOS CENTROS ESCOLARES DE AMARES

O Município de Amares reiniciou, este ano letivo, o Regime de Fruta Escolar. Às terças e quintas-feiras, a fruta estará presente no lanche dos alunos do 1º ciclo, em todos os centros escolares do concelho.

frutas-604x330.jpg

Esta iniciativa de educação para a saúde, promovida pelo IFAP (Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas), à qual o Município de Amares uma vez mais aderiu, pretende valorizar a saúde das crianças, proporcionando-lhes uma opção saudável a incorporar nos seus lanches escolares.

Cerca de 74% das crianças portuguesas não ingere fruta na quantidade recomendada diariamente, o que acarreta consequências negativas para a saúde, designadamente défice de concentração e aprendizagem, bem como maior predisposição a doenças como a obesidade, pelo que o Município de Amares apela aos pais e encarregados de educação para que se juntem a esta causa, colocando fruta na lancheira dos seus filhos nos restantes dias da semana.

CICLO CINEMA E SAÚDE MENTAL PROSSEGUE ESTA SEXTA-FEIRA EM CAMINHA COM EXIBIÇÃO DE “UMA MENTE BRILHANTE” DE RON HOWARD

No Valadares, Teatro Municipal, pelas 21h45, com entrada livre. Sessão comentada pela médica Luísa Quintelae pelo presidente da Câmara, Miguel Alves

O Ciclo Cinema e Saúde Mental prossegueamanhã, sexta-feira, dia 14, com a exibição de "Uma Mente Brilhante", de Ron Howard, vencedor de quatro óscares da Academia, incluindo o de Melhor Filme. Como aconteceu na primeira sessão, será comentado no final, desta vez pela psiquiatra Luísa Quintela, médica do Departamento de Psiquiatria da ULSAM, e pelo presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves. A sessão começa às 21h45, no Valadares, Teatro Municipal. A entrada é livre.

oscar_umamentebrilhante.jpg

“Uma Mente Brilhante”, um clássico do cinema, de 2001, tem assinatura do realizador Ron Howard, para um argumento de AkivaGoldsman e SylviaNasar. Com a duração de 135 minutos, o filme aborda a figura do génio matemático John ForbesNashJr., que atingiu feitos brilhantes (Teoria dos Jogos). Atingido pela Esquizofrenia, sofre durante muitos anos, não conseguindo, muitas vezes, distinguir a realidade da fantasia que o seu cérebro produzia. Mais tarde, John Nash viu reconhecido o seu valor com a atribuição de um Prémio Nobel (Prémio Nobel da Economia).

No elenco, destaque para o protagonista, Russell Crowe, no papel do matemático John Nash, aolado de Ed Harris            (Parcher), Jennifer Connelly (Alicia Nash), Christopher Plummer (Dr. Rosen), Paul Bettany(Charles), Adam Goldberg (Sol), Josh Lucas (Hansen), Anthony Rapp (Bender), Jason Gray-Stanford (Ainsley), Judd Hirsch (Helinger), Austin Pendleton (Thomas King) e Vivien Cardone (Marcee).

Este ciclo de cinema é uma organização conjunta do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSAM e da Locus Cinemae – Associação de Cinema de Caminha, com o apoio da Câmara Municipal. Arrancou na passada semana, com a exibição de “ACasa Encantada”, de Alfred Hitchcock.

Depois de “Uma Mente Brilhante”, o terceiro filme, a exibir no dia 21, será “Uma Outra Mulher”, de Woody Allen, com comentários do presidente da Locus Cinemae, Artur Vilares, e do enfermeiro Ricardo Peixoto, da ULSAM, especializado em Saúde Mental e Psiquiatria.

O ciclo termina no dia 28 deste mês, com a exibição do quarto filme, “Spider”, de David Cronenberg, comentado pela médica Belém Ruane, coordenadora da Unidade de Cuidados de Saúde Primários de Caminha, e pelo diretor do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSAM, Aníbal Fonte.