Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS COMEMORA DIA DO PEREGRINO

Câmara de Barcelos comemora Dia Nacional do Peregrino

Dia 11 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

A Câmara Municipal de Barcelos comemora o Dia Nacional do Peregrino, amanhã, dia 11 de outubro, com uma tertúlia subordinada ao tema “Peregrinando”, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Para comemorar o dia em questão, o Gabinete do Turismo da Câmara Municipal de Barcelos propõe um espaço de debate e de experiências onde cada um pode experienciar, relatar e aprender sobre o conceito de peregrinação. Um conceito abrangente que visa abarcar os espaços de peregrinação do concelho, como S. Bento da Várzea, Franqueira, Facho, Balugães entre outros, e naturalmente as peregrinações de grande envolvimento como são as de Fátima, S.Bento da Porta Aberta e claro Santiago de Compostela, à qual Barcelos tem uma ligação histórica umbilical.

O objetivo da sessão é promover um debate amplo e plural sobre as varias dimensões da peregrinação na atualidade.

ESCRITORA TERESA VEIGA RECEBE PRÉMIO DE CONTO CAMILO CASTELO BRANCOEM AMBIENTE CAMILIANO

Cerimónia de entrega da 24.ª edição do prémio decorreu durante a realização dos Encontros Camilianos em Seide S. Miguel

“Um perfeito domínio da arte do pouco que é o conto” valeu a Teresa Veiga a vitória na 24.ª edição do Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco pelo livro “Gente Melancolicamente Louca”, que foi entregue sábado, 8 de outubro,  à autora pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e pelo presidente da Associação Portuguesa de Escritores, José Manuel Mendes, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel.

Teresa Veiga recebeu Grande Prémio do Conto em Seide S. Miguel.jpg

A cerimónia decorreu durante a realização da 3.ª edição dos Encontros Camilianos e consagrou pela terceira vez a autora, depois de “História da Bela Fria” (1992) e de "Uma aventura secreta do marquês de Bradomín" (2008).

Isabel Cristina Mateus, porta voz do júri, justificou a unanimidade da escolha “pela elegância despojada da sua escrita e pela mestria da autora na arte da narrativa, revelando um notável domínio do tempo, espaço e ritmo narrativos, incorporando várias leituras e sintetizando-as fulgurantemente na sua voz.”

Parca em palavras, a autora, de quem pouco se sabe para além do pseudónimo literário, mostrou-se reconhecida pelo prémio porque, disse, “vai fazer com que mais pessoas leiam o livro” .

Editado pela Tinta da China em 2015, “Gente Melancolicamente Louca” transporta-nos para um universo psicológico intenso onde o que parece quase nunca é, e onde os desvios contra-intuitivos do enredo desconcertam sistematicamente o leitor. Com uma escrita encantatória, acompanhamos o fluxo de consciência das personagens, cujas vidas se desdobram em episódios cada vez mais inusitados.

Instituído em 1991, ao abrigo de um protocolo entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Associação Portuguesa de Escritores, o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco destina-se a galardoar, anualmente, uma obra em língua portuguesa de um autor português ou de um país africano de expressão portuguesa, com um prémio de 7 500 euros.

O galardão distinguiu já escritores como Hélia Correia, Mário de Carvalho, Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa, Maria Judite de Carvalho, Miguel Miranda, Luísa Costa Gomes, José Jorge Letria e José Eduardo Agualusa. José Viale Moutinho, António Mega Ferreira, Teolinda Gersão, Urbano Tavares Rodrigues, Manuel Jorge Marmelo, Paulo Kellerman, Gonçalo M. Tavares, Ondjaki, Afonso Cruz, A.M. Pires Cabral e Eduardo Palaio foram também distinguidos com o prémio..

BRACARENSES DESCOBREM PATRIMÓNIO DE BRAGA

Primeira sessão a 12 de Outubro, na Igreja da Cividade

‘Braga à Lupa’ desafia Bracarenses a descobrir curiosidades do património da Cidade

O Município de Braga inicia na próxima Quarta-feira, 12 de Outubro, mais um ciclo de iniciativas, integradas no programa ‘À Descoberta de Braga’. Com o ‘Braga à Lupa’, como é designado este programa, os Bracarenses serão desafiados a descobrir e a reflectir sobre um aspecto desconhecido e aliciante da Cidade, sejam obras de arte, documentos históricos, curiosidades arquitectónicas, gastronomia, personalidades, lendas ou tradições.

Capela_das_Santas_Chagas_(1).jpg

O ‘Braga à Lupa’ terá uma periodicidade mensal, realizando-se a uma quarta-feira. Cada sessão terá a duração máxima de 90 minutos e será conduzida um ou dois convidados que farão a abordagem aos elementos seleccionados.

A primeira sessão realiza-se já na próxima Quarta-feira, dia 12 de Outubro, pelas 21h30, na Igreja da Cividade. O objectivo é descobrir a versão bracarense do ‘Fons Vitae’, uma tela seiscentista inspirada na jóia da coroa do novel Museu da Misericórdia do Porto e um dos momentos mais celebrados da pintura exposta em território nacional.

Poucos saberão que também na Cidade de Braga existe uma iconografia análoga gravada numa tela existente na igreja de Santiago da Cividade. Este templo, remodelado na última década do século XVIII, detém uma capela lateral, com retábulo em talha dourada onde se enquadra o painel a óleo identificado com a iconografia do ‘Fons Vitae’.

Para esta primeira sessão são convidados Luís Silva Pereira, da Universidade Católica Portuguesa, e o padre Paulo Duarte, da Companhia de Jesus.

Segundo a vereadora da Cultura, Lídia Dias, o ‘Braga à Lupa’ é “mais uma oportunidade para a descoberta do nosso valioso património, nos seus mais diversos âmbitos”. «Não será mais uma visita guiada ou uma sessão sobre a história local, mas sim uma conversa sobre um momento do nosso Património que merece atenção. Pode ser uma tela, uma receita culinária, um documento de arquivo ou uma estátua que nos habituamos a ver na rua», acrescenta Lídia Dias.

Para o mês de Novembro está a ser preparada uma sessão sobre o Mapa das Ruas de Braga e, em Dezembro, está prevista uma sessão comentada sobre o Pudim Abade de Priscos.

As sessões são de participação livre, implicando uma inscrição prévia para cultura@cm-braga.pt devido à limitação de espaço nos locais onde irão decorrer as sessões.

braga lupa.jpg

PRESIDENTE DA REPÚBLICA VISITA CELORICO DE BASTO

moitttt (1).jpgPrograma

14h00: RECEÇÃO DOS PARTICIPANTES

14h20: ABERTURA

 Dr. Joaquim Monteiro da Mota e Silva | Presidente CM Celorico de Basto

14h40: INÍCIO DOS TRABALHOS

“Serviços sociais de apoio ao emprego”, Dra. Helena Martinho | CM Celorico de Basto

“Garantia Jovem e a sua Implementação em Portugal”, Dr. Vítor Moura Pinheiro | IEFP

“Kit Europass”, Dra. Catarina Oliveira | Centro Nacional Europass (a confirmar)

“Erasmus+: Oportunidades de Mobilidade para Jovens”, Dr. Pedro Soares | Agência Nacional Juventude em Ação (a confirmar)

“Trabalhar na Europa: por onde começar?”, Dra. Paula Freitas | Rede Eures, IEFP

16h30: ESPAÇO PARA DEBATE

16h50: ENCERRAMENTO

Dr. José Inácio Cardoso Ribeiro | Presidente CIM – Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa

(a confirmar)

17h00: Verde de Honra – Cortesia do Município de Celorico de Basto

moitttt.jpg

GUIMARÃES DIVULGA RESULTADOS OFICIAIS DA VOTAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2016

Seis propostas vencedoras na 4ª edição do Orçamento Participativo de Guimarães

Aumento do número de registos e de votos na edição deste ano. Perto de 5 mil cidadãos efetuaram as suas escolhas, que agora serão executadas pela Câmara Municipal de Guimarães.

Guimaraes_OP2016 (1).jpg

Seis propostas, cinco no âmbito da sustentabilidade ambiental e uma relacionada com voluntariado e solidariedade, obtiveram uma votação superior a meio milhar de votos, limite mínimo regulamentado para apurar as candidaturas vencedoras na quarta edição do Orçamento Participativo (OP) de Guimarães, cuja fase de votação terminou no passado dia 06 de outubro.

As seis propostas vencedoras pertencem aos cidadãos Maria de Fátima Saldanha Cardoso (“Urbanismo, reabilitação e requalificação urbana”, com 820 votos), Cristina Cunha (“Lúdico-Desportivo”, com 630 votos), José Luís Oliveira Pereira (“Vamos Alegrar o Agrela”, com 614 votos), Inês Isabel Pereira Marques (“Olimpíadas Seniores”, com 601 votos), Adelino Pereira Costinha Névoa (“BatocaPark”, com 587 votos) e Maria Fernanda da Cunha Fernandes Pinto (“Reabilitação do Rio Selho”, com 529 votos).

A proposta “Urbanismo, reabilitação e requalificação urbana”, com um valor estimado de 29 mil euros, tem por objetivo a regeneração do espaço desportivo que se situa no parque de lazer da vila de Brito, recriando um espaço de convívio intergeracional onde se possam promover e dinamizar atividades de carácter desportivo e cultural. Em Serzedelo, o projeto “Lúdico-Desportivo”, orçamentado em 31 mil euros, destina-se à criação de um local vocacionado à prática desportiva, no coração da vila, passando pela requalificação do espaço público.

Com um valor aproximado de 50 mil euros, a proposta “Vamos alegrar o Agrela”, na freguesia de Barco), tem por finalidade reconstruir o açude, limpar e consolidar as margens da bacia do rio Agrela e limpar o terreno envolvente. Já a proposta de solidariedade “Olimpíadas Seniores”, com um orçamento estimado de 50 mil euros, visa todo o território concelhio, com a realização de atividades destinadas a toda a comunidade sénior das diversas instituições de Guimarães.

Em Candoso São Martinho, a o projeto “BatocaPark”, também com um orçamento de 50 mil euros, prevê a requalificação do espaço junto à ponte do Reboto até à Quinta de Queimado, com a criação de um parque desportivo, limpeza das margens do rio e a construção de uma ponte em madeira no final do percurso. Com um valor previsto de 33 mil euros, a proposta de “Reabilitação do Rio Selho” visa a intervenção no curso do rio Selho, na área que atravessa a freguesia, entre o Lugar de Minotes (no limite com Pencelo) e o Lugar das Oliveiras (no limite com Creixomil), num troço de aproximadamente 4 quilómetros, requalificando e limpando as margens do percurso.

Elevada participação no OP2016

Conhecidos os resultados da edição deste ano, seguem-se agora as reuniões preparatórias com os proponentes tendo em vista a implementação destas importantes ideias que foram apresentadas e que valorizam o território de Guimarães. Mais informações sobre as propostas apresentadas podem ser consultadas na plataforma do Orçamento Participativo.

Esta edição do OP foi marcada pelo aumento do número de registos e de votos, sendo que 4.892 cidadãos efetuaram as suas escolhas, elegendo 6 propostas, que agora serão executadas pela Câmara Municipal. O processo de votação contou nesta edição com a possibilidade de efetuar a escolha através de SMS, para além das habituais forma de votação presencial (no Balcão Único de Atendimento) e na plataforma online.

Entre 01 de setembro e 06 de outubro, foi possível a todos os cidadãos naturais e residentes no concelho de Guimarães efetuar a sua escolha nas propostas que foram admitidas a votação. Enquadrado nas temáticas do Ambiente e Sustentabilidade e Voluntariado e Solidariedade, foram apresentadas 34 propostas das quais 23 foram admitidas, após análise técnica à fase de votação.

PAREDES DE COURA DEBATE ESCOLHAS ALIMENTARES

Coura Vegetariana 2016: Congresso Internacional sobre escolhas alimentares

“Unlocking The Cage” e ‘Cowspiracy’, com a presença de Kip Andersen

15 – 16 outubro

O realizador Kip Andersen, a maratonista vegana e detentora de 3 recordes mundiais Fiona Oakes, bem como o ator Heitor Lourenço, a animadora de rádio Ana Galvão, o deputado André Silva e a eurodeputada Anja Hazekamp são alguns dos muitos participantes do 2º Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana, que reúne também nomes da área do conhecimento e provedores dos animais, entre outros, e decorre nos dias 15 e 16 de outubro no Centro Cultural desta vila do Alto Minho.

Organizado pelo Município de Paredes de Coura em parceria com a Associação Quinta das Águias, o Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana tem como ponto de partida o facto de as nossas escolhas alimentares terem um impacte muito forte na nossa saúde, no meio ambiente, na economia e no bem-estar animal. Ao escolhermos o que vamos comer, estamos a escolher também entre o continuar a destruir o planeta ou preservá-lo; entre provocar sofrimento e morte a inúmeros animais ou respeitar o seu direito a viver, livres de sofrimento. 

Estarmos plenamente conscientes das nossas escolhas e das suas consequências dá-nos o poder de tomar decisões mais éticas e contribuir para a nossa saúde e do planeta. O objetivo deste Congresso Internacional em Paredes de Coura é criar uma plataforma de comunicação e partilha de experiências sobre a busca por um estilo de vida mais saudável e equilibrado

Jazz com Carlos Martins Trio

Durante os dois dias do congresso haverá apresentações de um excelente painel de oradores com conhecimento e experiência em diferentes áreas, bem como uma mesa redonda para discussão e resposta a perguntas da audiência. As apresentações serão em Português e Inglês, com tradução simultânea.

No sábado à noite será apresentado o filme “Unlocking The Cage” dirigido por Chris Hegedus e D. A. Pennebaker para o argumento de Steven Wise, advogado norte-americano especializado em direito dos animais e presidente da Nonhuman Rights Project. “Unlocking The Cage” tem recebido os melhores elogios da crítica cinematográfica, nomeadamente do The New York Times. No dia anterior, sexta-feira, será também projetado o documentário ‘Cowspiracy’, do norte-americano Kip Andersen numa sessão pública junto da comunidade escolar e com a presença do realizador.

O sábado do Coura Vegetariana encerra com a atuação do Carlos Martins Trio, que nos traz as ambiências jazísticas com a assinatura de Carlos Martins no saxofone, Carlos Barreto no contrabaixo e Bruno Pedroso na bateria.

Ainda no âmbito das iniciativas extra congresso, destaca-se a sessão que a maratonista Fiona Oakes, detentora de 3 recordes mundiais, vai realizar sexta-feira. Fiona Oakes vai estar no Largo Visconde de Mozelos para acompanhar uma caminhada de 3 km, a partir das 14h00, e aberta a toda a comunidade, contando com a parceria da ORICOURA e da secção de atletismo do Clube de Natação e Cultura.

Painel de oradores:

Alexandra Pereira (PT) - Médica Veterinária. Autoridade Sanitária Veterinária Concelhia e Médica Veterinária Municipal de Sintra. Mestre em Etologia e Bem-Estar Animal. Certificada pelo Royal Veterinary College em “Animal Welfare Science, Ethics and Law”. Membro Fundador da Associação de Veterinários Abolicionistas da Tauromaquia.

Ana Galvão (PT) – Personalidade da Rádio e Televisão Portuguesa

André Silva (PT) – Membro do Parlamento Português (PAN)

Alexandra Teixeira (PT) – Professora do Instituto Universitário de Ciências da Saúde (IUCS) – CESPU, Porto.

Anja Hazekamp (NL) – Membro do Parlamento Europeu (Party for the Animals representando a Holanda)

Fiona Oakes (UK) – Maratonista vegana, detentora de 3 recordes mundiais e diretora do Tower Hill Stables Animal Sanctuary

Gabriela Oliveira (PT) – Jornalista freelancer, autora de livros de cozinha vegetariana e apresentadora de rubrica na TV com receitas veganas.

Heitor Lourenço (PT) – Ator Português

Helder Muteia (PT) – Representante da FAO, Food and Agriculture Organization das Nações Unidas

Inês Sousa Real (PT) – Provedora dos Animais da Câmara Municipal de Lisboa

Joep Ingen Housz (PT) – Vice-presidente da Associação Quinta das Águias

Kip Andersen (USA) – Realizador do filme ‘Cowspiracy’

Marc Colona (ES) – NGO Libera, Coordenador do projecto BCN VegFriendly do Município de Barcelona

Maria Pinto Teixeira (PT) – CEO da Associação Animais de Rua e moderadora do congresso

MARATONA BTT BERÇO DO ALVARINHO

Realizada no âmbito do 3º Festival do Cordeiro à Moda de Monção, prova decorre no dia 16 de outubro, domingo, com organização do Clube de Cicloturismo de Monção em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho. Trata-se da última e decisiva etapa do Campeonato do Minho de BTT XCM – Raiz Carisma.

base-cartaz-16A-copy-(1).png

Organizada pelo Clube de Cicloturismo de Monção em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e apoio da Câmara Municipal de Monção, a Maratona BTT Berço do Alvarinho realiza-se este domingo, 16 de outubro, sendo disputada por estradas e trilhos de diversas freguesias de Monção.

Realizada no âmbito do 3º Festival do Cordeiro à Moda de Monção, trata-se da última e decisiva etapa do Campeonato do Minho de BTT XCM – Raiz Carisma, começando e terminando na Praça Deu-la-Deu Martins, no centro da localidade raiana. A partida está marcada para as 9h30.

A prova engloba as habituais categorias de competição, de lazer e de paraciclismo, estando contemplados percursos de maratona (63,5 quilómetros) e de meia-maratona (40 quilómetros). As inscrições encontram-se abertas à participação de todos os interessados quer sejam ou não atletas federados.

A inscrição na maratona ou na meia-maratona tem o custo de 8 euros para atletas federados e de 10 euros para atletas não federados, incluindo seguro, podendo ser formalizadas no portal da Associação de Ciclismo do Minho em www.acm.pt.

Os pagamentos por multibanco deverão ser efetuados até às 19h00 do dia 14 de outubro, sexta-feira, ou no secretariado no dia da prova que funcionará no Museu do Alvarinho, Praça Deu-la-Deu Martins, no sábado, 15 de Outubro, das 16h00 às 20h00 e, no domingo, 16 de outubro, das 07h30 às 08h30.

No ano passado, Monção consagrou os campeões minhotos de maratonas ao acolher a derradeira prova do Campeonato do Minho de BTT XCM - Arrecadações da Quintã. A Maratona BTT Berço do Alvarinho foi ganha por David Vaz e Daniela Pereira (elites), Estela Lago Cerzón (masters femininas), Carlos Rocha (masters 30), Tierri Mendes (masters 40) e Agostinho Rodrigues (masters 50).

Os campeões do Minho de XCM 2015 são David Vaz e Ana Rita Vale (elites), Carlos Rocha (masters 30), Tierri Mendes (masters 40), Carlos Lima (masters 50), Raquel Marques (masters femininas), Ricardo Gomes (paraciclismo) e a Saertex Portugal / Edaetech (equipas).

FIRA D’ANDORRA LA VELLA VAI TER “SABOR” LUSITANO

“A capital do Principado de Andorra, Andorra la Vella, vai acolher nos próximos dias 21, 22 e 23 de Outubro a 38ª edição da “Fira d’Andorra la Vella”, uma feira multissectorial de Andorra e Pirineus, evento que no ano passado recebeu cerca de 70.000 visitantes.

Fira2015.gif

Este ano a portugalidade estará representada pelo Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ integrada na 6ª Feira de Associações formada por 55 stands de entidades culturais, escolares, de solidariedade e desportivas, entre outras.

O Grupo de Folclore vai dispor, juntamente com as comunidades de Filipinas, Russia, Equador, Perú, entre outros, dum espaço para a promoção e venda de produtos de artesanato e de produtos alimentares destinados ao imenso publico que visita a amostra.

Além do artesanato regional português tem sido um êxito, ano após ano, os tradicionais petiscos portugueses como: bolinhos e pataniscas de bacalhau, rissóis, moelas e fêveras, tudo bem regado com vinho branco ou tinto e que os andorranos e outros apreciam e não arredam pé até acabar com o stock.

No sábado 22 o Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ apresenta em palco a partir das 19 horas, o folclore tradicional do seu repertório como os viras, rusgas e gótas, momento que, como vem sendo tradição, atrai o imenso publico que não quer perder as danças, as cantigas e a riqueza do trajar do Minho.

Este ano 2016 tem sido especial para os elementos do Grupo que celebram no Principado duas décadas de cultura e amizade e tem tido uma intensa atividade cultural e lúdica para celebrar a efemérida destacando o concerto do artista Mike da Gaita, a primeira edição do festival de folclore “Danças do Mundo”, a terceira edição do mercado tradicional “O Feirão” que contou com a presença do Cante Alentejano de Serpa e a digressão a Maiorca no passado mês de Setembro.”

Fira 2015.gif

Fira 2015a.gif

FESTIVAL DO CORDEIRO: AUTARCA PEDE AOS RESTAURANTES REFORÇO DA OFERTA E AOS VISITANTES QUE FAÇAM RESERVA

O primeiro fim-de-semana do Festival do Cordeiro à Moda de Monção, conhecido popularmente como “Foda à Monção”, teve resultado positivo. As expetativas para o próximo, 15 e 16 de outubro, são altas. Em reunião do executivo municipal, Augusto de Oliveira Domingues pediu aos restaurantes que reforcem a oferta para que ninguém saia de Monção sem provar este prato tradicional da nossa terra.

Após uma “primeira parte” bem jogada com grande afluência de público aos restaurantes, a “segunda parte” promete desafio semelhante, fazendo com que Monção volte a receber milhares de portugueses e galegos neste encontro de promoção da gastronomia tradicional.

Em reunião do executivo municipal, realizada ontem à tarde, na Biblioteca Municipal de Monção, os elogios à iniciativa vieram de todos os partidos, tendo o autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, solicitado aos empresários da restauração que reforcem a oferta no próximo fim-de-semana.

Disse: “O primeiro fim-de-semana correu muito bem. Esperamos que o mesmo aconteça no segundo. É importante que quem nos visita com a intenção de provar o nosso cordeiro, tenha a certeza que o vai conseguir. Peço aos restaurantes que tenham isso em atenção para que ninguém saia de Monção sem provar este prato tradicional da nossa terra”.

Augusto de Oliveira Domingues apelou ainda aos visitantes que coloquem a possibilidade de reservar espaço num dos 21 restaurantes presentes no festival: “A confeção deste prato é trabalhosa e vem da véspera com o “banho” do cordeiro e a preparação da calda para o arroz. Tenham isso em conta e reservem mesa num restaurante do concelho. Qualquer um. São todos bons”.

Na reunião do executivo, os vereadores do PSD e do CDS adiantaram algumas sugestões para garantir maior dimensão e mediatização ao festival. Uma delas relaciona-se com a hipótese de este decorrer numa tenda gigante com a presença dos restaurantes. Algo semelhante à Feira do Alvarinho.

Uma ideia que vem de encontro à posição defendida pela autarquia local mas que não encontra eco nos empresários da restauração. Na reunião preparatória com os restaurantes, realizada no dia 16 de setembro, essa possibilidade foi ventilada, contudo, dos vinte e um restaurantes participantes apenas um manifestou essa vontade.  

E quais as razões apontadas pelos empresários? De acordo com Paulo Esteves, prendem-se com o atendimento/acolhimento dos clientes, com a qualidade da confeção do cordeiro e com as condições higiénico-sanitárias que, podendo ser boas, dificilmente serão iguais às existentes nos restaurantes. “Vamos tentar mudar a posição dos restaurantes mas temos de respeitar a sua decisão” esclareceu.

Programa dias 15 e 16

No sábado, dia 15, o espaço coberto localizado na Praça Deu-la-Deu volta a receber as degustações do cordeiro, das 11h30 às 13h00 e das 18h30 às 20h00, Workshop “Cordeiro à Moda de Monção”, conduzido pelo Sr. João dos Matraquilhos, conhecido cozinheiro local, a partir das 15h30, e conferência “A importância dos recursos genéticos – raça bordaleira de Entre Douro e Minho e raça churra do Minho nos territórios de baixa densidade”, a cargo do Drº Joaquim Cerqueira, da ESA-IPVC, a partir das 16h30. Pelas 22h00, atua o grupo “Cru”. 

No domingo, dia 16, pelas 9h30, realiza-se a Maratona de BTT Berço do Alvarinho, organização do Clube de Cicloturismo de Monção e Associação de Ciclismo do Minho, seguindo-se, pelas 11h00, tertúlia “Vinhos de Monção”, orientada pelo Engº João Pereira e, meia hora mais tarde, início da degustação do cordeiro que se prolonga até às 13h00. À tarde, pelas 15h00, entrega de prémios da Maratona BTT Berço do Alvarinho e, pelas 15h30, Ateliê de Pintura com Solo, coordenado pela Engª Susana Mendes (ESA – IPVC).

VIZELA INAUGURA ROTUNDA

Inauguração da nova rotunda da Rua Guilherme Pinto Varela dia 16 de outubro
A Câmara Municipal de Vizela e a Junta de Freguesia de Infias inauguram, no próximo domingo, pelas 12.15h, a nova rotunda da Rua Guilherme Pinto Varela.
Esta obra surgiu da necessidade de consolidação da zona envolvente à Igreja Nova de Infias, configurando o arranjo da estrutura viária já existente, a consagração da rotunda de derivação, a ampliação da área destinada a passeios e a criação de uma nova área para parqueamento automóvel.
Desta forma, procurou-se dignificar a área de espaço público anexa à fachada principal da Igreja Nova de Infias, redesenhando sobretudo os eixos pedonais e promovendo hierarquia de espaços.

PAN PARTICIPA EM PAREDES DE COURA NO CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE ESCOLHAS ALIMENTARES

  •  2º Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana dias 15 e 16 outubro
  •  Participação do realizador do documentário ‘Cowspiracy’ - Kip Andersen
  •  Criar uma plataforma de comunicação e partilha de experiências por um estilo de vida mais saudável e equilibrado

O PAN – Pessoas – Animais – Natureza vai marcar presença no 2º Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana, que decorre nos dias 15 e 16 de outubro no Centro Cultural desta vila do Alto Minho. O realizador do documentário ‘Cowspiracy’, Kip Andersen, participa desta iniciativa, que conta também com intervenção de vários especialistas nas mais diversas áreas, entre eles a maratonista vegana e detentora de 3 recordes mundiais Fiona Oakes, o ator Heitor Lourenço, a animadora de rádio Ana Galvão, o deputado André Silva e a eurodeputada Anja Hazekamp.

A intervenção do deputado do PAN, André Silva, centrar-se-á nas políticas públicas promovidas pelos partidos com representação parlamentar e pelos sucessivos governos que assentam num paradigma antropocêntrico, obsoleto e que promove o desperdício de recursos públicos, financeiros e humanos, na gestão e produção de alimentos em Portugal.

“O Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana tem como ponto de partida o facto de as nossas escolhas alimentares terem um impacte muito forte na nossa saúde, no meio ambiente, na economia e no bem-estar animal. Ao escolhermos o que vamos comer, estamos a escolher também entre o continuar a destruir o planeta ou preservá-lo; entre provocar sofrimento e morte a inúmeros animais ou respeitar o seu direito a viver, livres de sofrimento. Estarmos conscientes das nossas escolhas e das suas consequências dá-nos o poder de tomar decisões mais éticas e contribuir para a nossa saúde e do planeta. O objetivo deste Congresso Internacional em Paredes de Coura é criar uma plataforma de comunicação e partilha de experiências sobre a busca por um estilo de vida mais saudável e equilibrado”, conforme se pode ler no comunicado da autarquia.

MUNICÍPIO DE BRAGA LEVA “MÚSICA AO CENTRO”

Comemorações do Dia Municipal da Música

Neste mês de Outubro, o Município de Braga promove o 'Musica ao Centro', um programa que pretende assinalar o Dia Municipal da Música.

cartazamare.jpg

O ponto alto desta iniciativa está reservado para o dia 22 de Outubro, Dia Municipal da Música, com a realização de animações diversas, actuações e espectáculos de rua, mas o programa arranca já no próximo dia 14, com um conjunto de concertos didácticos para o público escolar, que se prolongarão até ao final do mês.

Segundo a vereadora da Cultura, Lídia Dias, num mês dedicado à música “não poderíamos deixar de trazer os sons das nossas gentes para a rua”. “No dia 22 vamos trazer a ‘Música ao Centro’. Os cavaquinhos far-se-ão ouvir nas janelas e varandas da rua de S. Marcos, enquanto as danças do mundo desvelarão os seus ritmos na Avenida Central”, destaca Lídia Dias.

Os concertos didácticos, dirigidos aos alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclo, começam esta Sexta-feira, dia 14, no Conservatório Bomfim, com o espectáculo ‘A ovelhinha que veio para o jantar’. No dia 18, às 10h00 e às 11h30, é apresentado ‘A Bela e o Monstro’ e, no dia 21, ‘Um rei que era músico’. No dia 26, ainda no Conservatório Bomfim, os alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo, é apresentado ‘Um sótão com música’.

Para o dia 27, às 09h30, no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, os alunos são desafiados a fazer uma ‘Viagem ao som da Orquestra’. No dia seguinte, às 14h30, o conservatório apresenta a ‘Viagem ao som da voz e do piano’ e, no dia 31, às 09h30, a ‘Viagem ao som da percussão e da guitarra’.

No Dia Municipal da Música, 22 de Outubro, a programação será a seguinte:

  • 14h30 | Coreto Avenida Central | Ensemble de Trompete do Conservatório Bomfim;
  • 15h30 | Rua S. Marcos | Música nas Varandas | Circuito musical pelas janelas e varandas da rua de S. Marcos

Cavaquinhos e violas braguesas e outras cordas vão surpreender o público num espectáculo de sons tradicionais da nossa região.

Grupos participantes:

  • Grupo de Cavaquinhos Dr. Gonçalo Sampaio;
  • Grupo de Cavaquinhos Henrique Lima Ribeiro;
  • Grupo de Cordofones Tradicionais da Sond’art
  • 17h00 | Avenida Central (junto ao Posto de Turismo) | Baile de Danças do Mundo para Famílias, pela Equipa Espiral
  • 21h30 | Auditório do Conservatório Bonfim, Mercado Cultural do Carandá

Concerto ‘Latino-América’, pelo Ensemble Harawi

AMARES É "VERDE COOL"

Verde Cool 2016 encerrou com chave de ouro em Amares

O presidente da Câmara Municipal de Amares e a vereadora da Ação Social, Cidália Abreu, estiveram, ontem, no Adega Bar, em Barreiros - Amares, juntamente com o presidente da Associação Comercial de Braga (ACB), Domingos Macedo Barbosa, para o fecho da iniciativa Verde Cool 2016.

DSC08475.JPG

Destacando a importância deste género de ações para a promoção do concelho, da sua gastronomia, e dos seus vinhos, o presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira, felicitou os proprietários do estabelecimento comercial pela adesão a esta iniciativa que serve, na sua opinião, como “um cartão-de-visita” não só ao próprio estabelecimento mas também ao concelho de Amares. O autarca espera que outros empresários do concelho agarrem, no futuro, este género de oportunidades, impulsionando os seus negócios.

O Verde Cool 2016 trata-se de uma iniciativa promovida, pela ACB, que decorreu entre os dias 5 de setembro a 9 de outubro, com os estabelecimentos aderentes (33 espaços de Braga, Amares e Vila Verde) a apresentarem um menu composto por 1 petisco + 1 copo de vinho verde por apenas 2,50. No Adega Bar, os clientes puderam deliciar-se com uma saborosa codorniz, acompanhada por um copo de vinho verde de Amares.

DSC08499.JPG

DSC08502.JPG

DSC08503.JPG

MUNICÍPIO ARCUENSE IMPLEMENTA SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

Município de Arcos de Valdevez adota nova Norma ISO 9001:2015

No passado dia 30 de setembro, realizou-se, no auditório do Centro Municipal de Informação e Turismo, uma reunião preparativa da transição do Sistema de Gestão da Qualidade do Município para a nova Norma ISO 9001:2015.

reuniao_qualidade_nova_norma_2.jpg

A nova versão da ISO 9001, publicada em 2015, lança novos desafios a todas as organizações, procurando reforçar o papel dos instrumentos de gestão enquadrados nos Sistemas de Gestão da Qualidade, assim como a sua relação com outros imperativos que se colocam às Câmaras Municipais, materializados, por exemplo, no Sistema de Avaliação de Desempenho na Administração, nas novas atribuições dos municípios e nos novos desafios que se colocam, em resultado de novas necessidades sociais, da evolução das tecnologias de comunicação e da constante escassez de recursos para satisfazer as crescentes necessidades dos munícipes e pessoas em geral.

A todas as autarquias é exigida uma melhoria contínua das metodologias, e uma otimização e valorização dos recursos que utilizam para responder às necessidades e expectativas dos cidadãos e cidadãs.

A Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, que foi pioneira a nível nacional na utilização das normas ISO 9001 como instrumento de gestão em todas as suas unidades orgânicas, também quer ser líder no processo de evolução do seu modelo de gestão, consciente que, sob a liderança do Executivo e com o envolvimento e motivação dos seus trabalhadores/as, reforçará a sua orientação para a população, melhorando a qualidade dos seus serviços e valorizando o papel da Administração Pública Local para o desenvolvimento da comunidade.

reuniao_qualidade_nova_norma (1).jpg

FESTIVAL SÉNIOR EM ARCOS DE VALDEVEZ EXPÕE “ROSTOS DOS NOSSOS ANCIÃOS”

No âmbito da realização da II edição do Festival sénior, foi novamente levada a cabo a exposição de fotografia “Rostos dos Nossos Anciãos”, a qual levou orgulhosamente até ao Centro de Exposições os rostos e as histórias da vida de vinte das pessoas mais idosas do concelho, uma das quais, com a maravilhosa idade de 101 anos.

senior-101.jpg

A Sra. Dolores Gonçalves, que reside em Cabreiro fez questão de comparecer acompanhada pela família. Outra arcuense com a idade de 93 anos, a Sra. Custódia Pereira Botelho, explicou num vídeo o segredo da confeção dos Rebuçados dos Arcos. Outros idosos que foram entrevistados e deram o seu testemunho de vida fizeram questão de visitar a exposição de fotografia, nomeadamente o Sr. José Barbosa, de Cabreiro, com 95 anos, o Sr. António Fernandes, de Aboim das Choças, com 91 anos, o Sr. Damião Fernandes, de Paçô, com 91 anos, a Sra. Deonilde Amorim, de Távora S. Vicente, com 94 anos e a Sra. Angelina Rodrigues, de Guilhadeses, com 92 anos. Aqueles que por razões de saúde não puderam estar presentes fizeram-se representar por familiares. 

senior-angelina.jpg

A Câmara Municipal pretende dar continuidade a este projeto, indo ao encontro dos idosos nos seus domicílios, de modo a obter através de entrevistas todas as informações que possam facultar para a ampliação da memória coletiva do concelho.

A base tecnológica para a conservação e divulgação destes testemunhos é o portal da Memoria Arcuense, o qual realiza a recolha e divulgação destes diferentes tipos de património, com incidência nas Histórias de Vida, na Memória e nas Tradições, nas fontes escritas, tais como os jornais locais, através da Hemeroteca Digital, e as publicações municipais. (http://memoriaarcuense.cmav.pt/)

Durante a realização do Festival Sénior, os momentos de animação de palco foram da responsabilidade das IPSS envolvidas, Santa Casa das Misericórdia, CSP de S. Jorge. CPS de Grade, CSP do Vale, CPS de Guilhadeses, CSP de Soajo, Cruz Vermelha  e do Lar  Idade d'Ouro que convidaram associações culturais e recreativas para ajudarem à festa, bem como do Grupo Cantares.

senior-custodia.jpg 

TERRAS DE BOURO REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Assembleia Municipal de Terras de Bouro reuniu no Museu de Vilarinho da Furna

A Assembleia Municipal de Terras de Bouro realizou a sua quinta sessão deste ano, reunião que decorreu no Salão do Museu de Vilarinho da Furna.

Museu de Vilarinho da Furna1.JPG

Antes do período da ordem do dia registaram-se, como é hábito, intervenções dos elementos da assembleia municipal com consequentes esclarecimentos por parte do  Presidente da Câmara Municipal, Dr. Joaquim Cracel, sobre variados assuntos da vida concelhia, nomeadamente: o reforço da iluminação pública, o anunciado reforço pela tutela das equipas de sapadores florestais para a área do PNPG, o balanço da época balnear e respetiva afluência turística, agradecimentos públicos aos bombeiros e proteção civil, a possível reposição de freguesias, a recolha de resíduos, saneamento, equipamentos e obras municipais, entre outos.

De seguida e já na Ordem de Trabalhos, além da apresentação usual da atividade da câmara municipal, o destaque foi para a aprovação, por unanimidade, da redução da taxa a vigorar relativa ao Imposto Municipal sobre Imóveis (0,3%), atendendo ao número de dependentes do agregado familiar e que permitirá uma dedução fixa de 20 euros (1 dependente), 40 euros (2 dependentes) ou 70 euros (3 dependentes) sobre o valor do imposto a pagar.

 Foi também aprovada, por maioria, com os votos contra da Coligação “Juntos por Terras de Bouro”, da Presidente da Junta de Freguesia da Ribeira e do Presidente da Junta de Freguesia de Souto e ainda com a abstenção do Presidente da União de Freguesias de Chorense e Monte, a proposta sobre a participação variável no IRS. Também por maioria, foi aprovada a proposta sobre a taxa municipal de direitos de passagem, que mereceu a abstenção do representante do Movimento Partido da Terra e, por unanimidade, foi aprovada  a Proposta de Derrama, no caso de 1,4%.

Presente foi também a terceira revisão às Grandes Opções do Plano e Orçamento da Receita e da Despesa para 2015, decorrente da aprovação do empréstimo contraído e que contempla um reforço de 500.000 euros para o orçamento de 2016. Ainda na ordem de trabalhos e conforme imposição legal, foi dado conhecimento do Relatório Semestral do Revisor Oficial de Contas.

Por último, a sessão ficou ainda marcada pela apresentação e aprovação por unanimidade de quatro votos de pesar.

       O primeiro Voto de Pesar apresentado relacionou-se com o falecimento da Srª Conceição Dores Ribeiro, mãe do senhor deputado da Assembleia Municipal de Terras de Bouro eleito pela CDU, Alexandre Pereira, o segundo Voto de Pesar pelo falecimento do Sr. Francisco Carlos da Rocha Carvalho, funcionário do Município de Terras de Bouro, o terceiro Voto de Pesar pelo falecimento do Sr. Joaquim Vieira Martins, colaborador do Município de Terras de Bouro e o último Voto de Pesar pelo falecimento da Srª. Professora Maria Venuzina Oliveira Mendes, tendo-se cumprido um minuto de silêncio em memória dos falecidos.

BRAGA APOSTA NO TURISMO

Iniciativa do Município dirigida a profissionais do Turismo

‘Conhecer para melhor Promover’ reforça conhecimento da Cidade

O Município de Braga realizou mais uma sessão do programa ‘Conhecer para melhor promover’, uma iniciativa dirigida aos profissionais e empresários de Turismo do Concelho com o objectivo de reforçar o conhecimento da Cidade, do seu património e demais activos de interesse turístico.

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003041.jpg

O programa desafiou os profissionais e empresários de Turismo a conhecer melhor o Tesouro-Museu da Sé um equipamento cada vez mais procurado por turistas estrangeiros.

António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal, lembrou que estas iniciativas têm contribuído para “reforçar a notoriedade e a promoção da História e Cultura de Braga”.

Como explicou o responsável, “apenas podemos promover aquilo que efectivamente conhecemos”, por isso, o Município de Braga vai dar continuidade a esta iniciativa com a realização de encontros mensais. “O objectivo é que os vários agentes ligados ao turismo se conheçam, estabeleçam e reforcem ligações entre si, originando maior promoção do Concelho, poupança de recursos, incremento de turistas e de impacto económico em Braga e em toda a região envolvente”, concluiu António Barroso.

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003043.jpg

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003044.jpg

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003045.jpg

“ONDA ROSA” GALGA BARCELOS

De 15 a 30 de outubro

O Município de Barcelos associa-se, mais uma vez, à ONDA ROSA. Entre 15 e 30 de outubro, irão ser desenvolvidas várias iniciativas, envolvendo a comunidade e as escolas, no sentido de sensibilizar a população para a temática da prevenção do cancro da mama.

Cartaz Onda Rosa 2016.jpg

De entre as várias iniciativas, destacam-se a decoração de lojas comerciais com motivos rosa, a iluminação do edifício dos Paços do Concelho e a colocação de laços rosa nas varandas dos edifícios. Na Biblioteca Municipal, concentrar-se-á o “Flash Rosa…tira a tua foto para mais tarde recordar!” e nos estabelecimentos de ensino realizar-se-ão diversas atividades, tais como o laço humano, lançamento de balões, projeção de documentários, e decoração das escolas e das bibliotecas escolares com motivos rosa.

No dia 15 de outubro, sábado, realizar-se-á, pelas 10h00, na Avenida da Liberdade, uma aula de zumba a cargo da “Barcelos Saudável”, ações de sensibilização para a saúde, pinturas faciais, e o “Flash Rosa…tira a tua foto para mais tarde recordar!”. Estas atividades contarão com a participação dos alunos da Escola Secundária de Barcelos, da Profitecla e dos Escuteiros.

No dia 17, segunda-feira, irão realizar-se duas palestras, promovidas pela Liga Portuguesa Contra o Cancro-NRN, às 10h30, na Biblioteca Municipal e, às 14h00, numa Biblioteca Escolar.

No dia 28, sexta-feira, pelas 20h00, realizar-se-á a “Gala Rosa”, jantar de beneficência, na Quinta da Pia, em Carapeços, organizado pelo Rotary Club de Barcelos. No dia 29, sábado, pelas 10h00, na Avenida da Liberdade, haverá a atuação da ARCA e ações de sensibilização. No dia 30, domingo, com início às 9h00, o Grande Prémio de Atletismo da Silva, organizado pelo Núcleo Desportivo da Silva, associa-se à ONDA ROSA.

Em Portugal, a iniciativa é promovida pelo Departamento de Educação para a Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro-NRN, contando com parcerias de autarquias, universidades, empresas de transporte terrestre e aéreo, escolas, instituições de saúde, centros comerciais, ginásios, e associações, entre muitas outras, que permitirão “vestir de rosa” mais de 50 localidades.

Desde a década de 90, que o mês de outubro está associado à luta contra o cancro da mama, assumindo-se como o “Mês Rosa”.

PSD DE FAMALICÃO REAFIRMA PRIORIDADE NAS POLÍTICAS SOCIAIS

Roteiro pelo Sector Social

O Roteiro pelo Sector Social que o PSD de Vila Nova de Famalicão está a levar a cabo resulta num importante contributo para a prossecução das políticas sociais no concelho e para a definição de prioridades.

Visita à ACIP.JPG

Tudo para garantir uma resposta adequada e eficaz a todos os famalicenses que necessitem de apoio social. Aliás, a ação social é uma constante do exercício governativo do executivo liderado por Paulo Cunha, concretizando uma das bandeiras do programa eleitoral apresentado aos famalicenses. Ontem, segunda-feira, 10 de outubro, Jorge Paulo Oliveira, vice-presidente da Comissão Política Concelhia e principal rosto político desta iniciativa, acompanhado por autarcas, militantes e simpatizantes social-democratas, completou exatamente metade do total de visitas previstas a instituições sociais. Joane foi, desta vez, o ponto de paragem para nova radiografia ao sector social, com visitas à Associação Teatro Construção, ao Centro Social e Paroquial e à Associação ACIP – Ave Cooperativa de Intervenção Psicossocial.

Nova oportunidade para o PSD de Famalicão tomar o pulso às lacunas sociais ainda existentes no concelho, de forma a contribuir para melhores resultados.

“Famalicão é um concelho notado na área social, não só pelos resultados, mas também ao nível do processo. Atua de forma concertada, com uma rede de parceiros, o que permite que a política social seja, de facto, uma política concelhia”, afirma Jorge Paulo Oliveira.

O vice-presidente do partido lembra que em Vila Nova de Famalicão o sector social tem um papel determinante na prestação de serviços públicos relevantes, com destaque na área da solidariedade social.

“Dispomos de 43 Instituições Particulares de Solidariedade Social que mobilizam perto de 2 mil trabalhadores e que acolhem, auxiliam e acompanham cerca de 7800 cidadãos”, sublinha.

O Roteiro pelo Sector Social termina no final deste ano, tendo ontem completado a sua vigésima terceira visita.

Visita à ATC.jpg

CELORICO DE BASTO APOSTA NO EMPREGO

image001-qhqhqhq.jpg

Programa

14h00: RECEÇÃO DOS PARTICIPANTES

14h20: ABERTURA

 Dr. Joaquim Monteiro da Mota e Silva | Presidente CM Celorico de Basto

14h40: INÍCIO DOS TRABALHOS

“Serviços sociais de apoio ao emprego”, Dra. Helena Martinho | CM Celorico de Basto

“Garantia Jovem e a sua Implementação em Portugal”, Dr. Vítor Moura Pinheiro | IEFP

“Kit Europass”, Dra. Catarina Oliveira | Centro Nacional Europass (a confirmar)

“Erasmus+: Oportunidades de Mobilidade para Jovens”, Dr. Pedro Soares | Agência Nacional Juventude em Ação (a confirmar)

“Trabalhar na Europa: por onde começar?”, Dra. Paula Freitas | Rede Eures, IEFP

16h30: ESPAÇO PARA DEBATE

16h50: ENCERRAMENTO

Dr. José Inácio Cardoso Ribeiro | Presidente CIM – Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa

(a confirmar)

17h00: Verde de Honra – Cortesia do Município de Celorico de Basto

VIZELA INTERROMPE FORNECIMENTO DE ÁGUA EM SANTA EULÁLIA, S. JOÃO E INFIAS

Para possibilitar as operações de limpeza e desinfeção do Hidropressor de S. Paulo, (Charca), Vizela, indispensáveis para garantir a qualidade da água de abastecimento público, será interrompido o abastecimento de água na próxima quarta-feira, dia 12/10/2016, com início pelas 11:15 horas, prevendo-se o início do restabelecimento pelas 12:30 horas do mesmo dia.

Os locais afetados serão: Rua da Paradela, da freguesia de S. João, do Concelho de Vizela.

Para possibilitar as operações de limpeza e desinfeção do Hidropressor de Infias, Vizela, indispensáveis para garantir a qualidade da água de abastecimento público, será também interrompido o abastecimento de água na próxima quarta-feira, dia 12/10/2016, com início pelas 09:15 horas, prevendo-se o início do restabelecimento pelas 11:00 horas do mesmo dia.

Os locais afetados serão: Largo do Cruzeiro, Rua da Alegria, Rua da Boavista, Rua dos Carvalhos, Rua da Carvalhoa, Rua da Cruz, Rua da sebe, Rua de Paços, Rua de Santa Maria, Rua da Veiga de Cima, Rua de Alijó, Rua do Assento, Rua do Outeirinho, Rua do Penedo, Rua Dona Maria Adelaide Vilas, Rua Portos Júnior, Travessa da Defesa da Torre, Travessa da Igreja Nova, Travessa das Carreiras, Travessa das Sernas, Travessa de Água Nova, Travessa de Berreiros e Travessa Dona Ana Cantinho, da freguesia de Infias do Concelho de Vizela. Será afetada a Escola Básica Infias, localizada na Rua Portos Júnior.

Conforme anteriormente divulgado, hoje será interrompido o abastecimento de água em Santa Eulália, com início pelas 11:15 horas, prevendo-se o início do restabelecimento pelas 12:30 horas, para possibilitar as operações de limpeza e desinfeção do Hidropressor de Santa Eulália, Vizela, indispensáveis para garantir a qualidade da água de abastecimento público.

Os locais afetados serão: Ruela da Mata, Rua de Requeixos, Ruela de Requeixos, Travessa de Requeixos da freguesia de Stª Eulália de Barrosas, do Concelho de Vizela.

VI CAMPEONATO DO MUNDO DE TRAIL RUNNING PASSA POR ARCOS DE VALDEVEZ

Evento vai contar com dois mil participantes, mais de 50 nacionalidades, 42 seleções confirmadas e são esperados 200 mil visitantes

©K.Kortebein-0191 - Cópia_trail (6).jpg

No próximo dia 29 de Outubro o Parque Nacional da Peneda-Gerês irá receber o campeonato do mundo de Trail Running, organizado pela Carlos Sá Nature Events, com o apoio dos Municípios de Arcos de Valdevez, Braga, Terras de Bouro, Montalegre e Ponte da Barca, da ITRA (International Trail Running Association), Associação Internacional de Ultramaratonistas (International Association of Ultrarunners - IAU), Federação Portuguesa de Atletismo e o patrocínio principal da BERG Outdoor.

Além da principal prova de 85 km dedicados apenas às seleções, este campeonato do mundo vem dar a possibilidade aos participantes de realizarem três provas abertas, uma de 16 km, outra com 55 km e outra de 55 km em estafetas.

O Trail irá contar com a participação de atletas de 42 nacionalidades que vão percorrer um total de cerca de 85 quilómetros nos concelhos de Arcos de Valdevez, Braga, Montalegre, Ponte da Barca e Terras de Bouro.

Este é já o mundial com mais participantes de sempre para a corrida de 85km, que terá partida das pontes de Rio Caldo, em Terras de Bouro, com passagem pela Vila do Gerês e pela Serra Amarela, continuando pela Barragem Alto-Lindoso e pela Porta do Mezio até à Vila de Arcos de Valdevez.

Para além da promoção do desporto, este evento promove o Parque Nacional da Peneda-Gerês, reserva mundial da Biosfera, bem como o Turismo e a gastronomia dos concelhos abrangidos.

©K.Kortebein-0191 - Cópia_trail (7).jpg

©K.Kortebein-0191 - Cópia_trail (8).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ EXPÕE "MULHERES COM HISTÓRIA"

Exposição “Mulheres com História” já se encontra patente ao público

Já se encontra patente ao público na entrada principal da Casa das Artes, a exposição Mulheres com Historia, tendo a inauguração decorrido na passada sexta-feira dia 7 de Outubro.

expo mulheres1.JPG

Esta mostra destaca alguns dos nomes que marcaram a História nacional e internacional na conquista dos direitos das Mulheres e aquelas que na atualidade são o rosto dos direitos conquistados ao longo dos tempos.

Nela poderão ser lidas as histórias de 15 mulheres com passagens de vida importantes na história nacional e mundial como a portuguesa, Maria Barroso nascida a 2 de maio de 1925, e que foi professora e atriz, destacando-se na política e na defesa de causas humanitárias; Carolina Beatriz Ângelo, a primeira mulher portuguesa a exercer o direito de voto, aquando das eleições da Assembleia Constituinte, a 28 de maio de 1911; Madre Teresa de Calcutá, natural República da Macedónia qual sempre dedicou aos mais pobres dos pobres e defendia que a paz começava com um sorriso; Katherine Wilson Sheppard, líder do movimento sufragista da Nova Zelândia, o primeiro país a permitir o direito de voto das mulheres em 1893; ou Margaret Tatcher, a primeira mulher a exercer o cargo de Primeira-Ministra no Reino Unido entre 4 de maio de 1979 e 28 de novembro de 1990.

A exposição estará patente ao público até ao próximo dia 25 de Dezembro.

expo mulheres1.png

FAMALICÃO APRESENTA RETRATOS FILMADOS DE LUCIANA FINA

Instalação da italiana Luciana Fina vai estar patente no Foyer do espaço cultural famalicense até 31 de Outubro. Um retrato em movimento para ver em “Chant Portraits”

Carla Bolito, Vera Mantero e Isabel Ruth. Três mulheres, três gerações de artistas do teatro, da dança e do cinema, em três planos de 60 minutos. São estes os retratos filmados que podem ser apreciados em “Chant Portraits”, a nova instalação em vídeo da artista italiana Luciana Fina que vai estar patente no Foyer da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão até 31 de outubro.

DSC_4006.jpg

“São sessenta minutos para um retrato em movimento. Três rostos, um longo tempo de exposição, um espaço saturado de imagem e tempo”, explica a autora.

Com o vídeo tríptico “Chant Portraits”, realizado nos “Chantiers”, espaço de criação e diálogo entre artes visuais, cinema e artes performativas do Festival “Temps d’Images”, Luciana Fina inaugurou a sua galeria de retratos filmados convocando um universo que lhe é próximo.

A instalação é de entrada gratuita e pode ser visitada entre as 18h00 e as 24h00.

Nascida em Bari, em Itália, Luciana Fina vive em Lisboa desde 1991. Estudou Literatura Francesa e Portuguesa e é programadora de cinema, em Itália e Portugal, onde colabora, principalmente, com a Cinemateca Portuguesa. Em 1998 realizou o seu primeiro filme documentário. Desde então, diversificando estratégias de criação e utilizando diversos media, o seu trabalho migra frequentemente do cinema para as artes visuais e gráficas, focando temas de eleição como o interculturalismo e a relação entre o cinema e as outras artes. Produziu várias instalações e documentários.

Mais informações no site oficial da Casa das Artes de Famalicão, em www.casadasartes.org

MONÇÃO REALIZA FESTIVAL DE OUTONO

Concerto de Jazz do Quarteto Iago Fernández, dia 14 de Outubro (sexta feira), pelas 21h30, na Casa Museu de Monção/UMinho

No âmbito do Festival de Outono da Universidade do Minho, a Casa Museu de Monção, Unidade Cultural sedeada na vila Monção, irá receber no próximo dia 14 de outubro (sexta feira), pelas 21h30, um concerto de jazz do quarteto Iago Fernández (Iago Fernández|Bateria/Composição; Enrique Oliver|Saxofone Tenor; Wilfried Wilde|Guitarra; Demian Cabaud| Contrabaixo).

A entrada é livre!

14570783_1122097404510427_3535971223676546444_o.jpg

CELORICO DE BASTO COMEMORA DIA DO IDOSO

Em Celorico de Basto os Idosos do Celorico a Mexer comemoram “o Dia Mundial do Idoso”

Como habitualmente o programa Celorico a Mexer celebrou o “Dia Mundial do Idoso” num mega piquenique que juntou cerca de 400 idosos, no Parque Urbano do Freixieiro, e onde não faltou ginástica, música, diversão e “porco no espeto”. A ação decorreu ontem, 10 de outubro.

_DSC7058.jpg

“As celebrações do dia mundial do Idoso iniciaram no dia 1 de outubro, com o jubileu do Idoso, e culminaram hoje com um mega piquenique que tem por objetivo unir os idosos do concelho num mesmo espaço, onde reina a animação e o convívio” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca reforçou a necessidade de mimar estes “jovens” sempre que surja a oportunidade. “Temos que cuidar com carinho dos nossos idosos, por isso temos estes programas de proximidade que procuram colmatar algumas situações de isolamento e solidão existentes, e criar situações diversas que os façam sentir pertença, valorizando-os o melhor possível” disse.

As celebrações do Dia Internacional do Idoso são uma das muitas ações do plano de atividades que juntam os idosos no mesmo espaço.

“Procuramos, sobretudo, dar aos nossos idosos atividades que os façam felizes. De facto, esse é o nosso verdadeiro objetivo, é para isso que os técnicos promovem atividades diversas, proporcionando-lhes a hipótese de participar em ações múltiplas, não apenas como espetadores mas sobretudo como intervenientes, como personagens principais para o sucesso de cada iniciativa promovida” disse Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde do município de Celorico de Basto.

As atividades do Celorico a Mexer acontecem, por norma, nas freguesias do concelho, em locais próprios. Para novembro, está previsto, no plano de atividades, a organização de 1 magusto em cada freguesia como forma de celebrar o S. Martinho.

_DSC7074.jpg

_DSC7077.jpg

_DSC7094.jpg

_DSC7107.jpg