Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES REABILITA EDIFÍCIO DA AUTORIDADE PARA AS CONDIÇÕES DO TRABALHO

Sede da ACT na “Casa de Donães” inaugurada esta quarta-feira em Guimarães

Recuperação do edifício salvaguardou técnicas de construção tradicionais em preservação da memória coletiva. Fachadas foram reabilitadas bem como todos os elementos decorativos existentes neste edifício simbólico do Centro Histórico.

Guimaraes_Largo_Donaes (1).JPG

As novas instalações da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), cedidas pela Câmara Municipal de Guimarães, são inauguradas esta quarta-feira, 14 de setembro, às 15 horas, na “Casa de Donães”, um edifício do século XVIII situado no Largo de Donães, no Centro Histórico de Guimarães.

A inauguração da nova sede da ACT, que vai servir cinco municípios, contará com a presença do Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, do Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, e dos Subinspetores-Gerais da ACT, Manuel Maduro Roxo e António J. Robalo dos Santos, entre outras personalidades e entidades da cidade.

O edifício insere-se num lote com três frentes e empena lateral, desenvolve-se em quatro pisos, é estruturado a madeira (pavimentos e cobertura) e encontra-se localizado na área classificada pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade. A obra de reabilitação contribuiu para uma adequada recuperação do edificado no Centro Histórico de Guimarães, utilizando-se técnicas tradicionais de construção e mantendo-se a tipologia como elemento base de estruturação do lote e elemento mediador com o Largo de Donães.

TOIRADA EM PONTE DE LIMA TEVE LOTAÇÃO ESGOTADA

A toirada que decorreu ontem em Ponte de Lima teve lotação esgotada. Instalada nos terrenos da Expolima, a praça de toiros ali montada para o espetáculo tauromáquico organizado no âmbito das Feiras Novas, recebeu uma tradicional corrida de toiros à portuguesa.

IMG_5129.JPG

Lidaram os toiros da Ganadaria Cary, os cavaleiros tauromáquicos Rui Salvador, Sonia Matias e Miguel Moura, os grupos de forcados de Évora e Portalegre capitaneados respetivamente pelos cabos António Alfacinha e Francisco Peralta. A corrida foi abrilhantada pela Banda de Música de Ponte de Lima.

Para além do público limiano, a toirada contou ainda com a participação de numeroso público oriundo de outros concelhos minhotos, mormente de Viana do Castelo, que desse modo aproveitou a oportunidade proporcionada pelas festas do concelho de Ponte de Lima para assistir a um espetáculo tauromáquico que já deixou de realizar-se em quase toda a região.

Fotos: Olhar Taurino / http://olhartaurino.blogspot.pt/

IMG_5008.JPG

IMG_5014.JPG

IMG_5019.JPG

IMG_5022.JPG

IMG_5027.JPG

IMG_5028.JPG

IMG_5029.JPG

IMG_5035-001.JPG

IMG_5036 (1).JPG

IMG_5037-001.JPG

IMG_5039.JPG

IMG_5041-001.JPG

IMG_5044.JPG

IMG_5047.JPG

ROTA DAS COLHEITAS EM VILA VERDE LEVA PARTICIPANTES Á DESCOBERTA DAS RAÍZES DA TRADIÇÃO MINHOTA

Mais de 70 participantes no Trilho ‘À Descoberta do Vale do Homem’

A excelência da gastronomia regional e as deslumbrantes paisagens naturais do Vale do Homem foram dois dos grandes atrativos do passado do fim-de-semana, 10 e 11 de setembro, no concelho de Vila Verde. A programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, continua a levar os participantes numa viagem à descoberta das raízes da tradição minhota e conta, até ao momento, com mais de uma dezena de iniciativas de promoção e divulgação do genuíno pulsar do mundo rural, numa epopeia que se estende de agosto a novembro.

14232570_1081029851933296_985849447354658918_n.jpg

Nas primeiras horas da manhã de domingo, 11 de setembro, mais de sete dezenas de apaixonados pela natureza concentravam-se na sede da Junta de Freguesia de Lanhas, preparados para descobrir a beleza das verdejantes paisagens naturais das freguesias de Lanhas e Sabariz. Dos velhos moinhos às novas plantações de mirtilos, passando pelas casas rurais, pelas levadas e pelos terrenos de cultivo, entre muitos outros, o Trilho ‘À Descoberta do Vale do Homem’ levou os participantes por um encantador percurso rural.

A iniciativa, organizada pela Associação de Freguesias do Vale do Homem (AFVH), conta de ano para ano com um número cada vez maior de participantes e cumpre de forma categórica o objetivo a que se propôs, a divulgação e promoção da região do Vale do Homem. A informação é avançada pelo presidente da AFVH, Paulo Jorge Fernandes, que fez um balanço extremamente positivo de um evento que “permitiu divulgar os usos e tradições locais, bem como a beleza das paisagens da nossa região”.

Os caminhantes apresentaram-se cheios de energia e não seria caso para menos, uma vez que foi fim-de-semana de Papas de Sarrabulho e Rojões à Moda do Minho no Restaurante do Alívio, que se juntou à Rota com um dos mais afamados pratos da gastronomia minhota. O sabor único destas iguarias da cozinha regional fez as delícias de vilaverdenses e visitantes, que puderam complementar a visita com uma passagem pelo célebre Santuário do Alívio, localizado nas imediações do restaurante, e com o trilho ‘À Descoberta do Vale do Homem’.

14237531_1081030328599915_1082667035140302556_n.jpg

14238156_1081030528599895_5312612445776663468_n.jpg

14292532_1081029638599984_7316134175739398143_n.jpg

NOVO PEB SERÁ ESPAÇO DE REFERÊNCIA PARA NORTE DO PAÍS E EURO-REGIÃO

Requalificação vai colocar Braga no mapa dos grandes eventos nacionais e internacionais

Polivalente, mais seguro e confortável, com melhores infra-estruturas técnicas e logísticas, mais atractivo, com novas valências, interactivo e energeticamente eficiente e sustentável. Assim será o novo Parque de Exposições de Braga (PEB). O projecto de requalificação, apresentado hoje, 12 de Setembro, no Theatro Circo, prevê um equipamento adaptado às exigências do futuro que irá afirmar-se como espaço de referência para o Norte do País e toda a Euro-Região.

pebbra.jpg

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o novo PEB irá funcionar como uma “alavanca do desenvolvimento da Cidade, transformando-se num verdadeiro polo de dinamização da economia regional”. “Esta intervenção não vai apenas corrigir as lacunas detectadas ao longo dos anos, seja em termos de climatização, sonorização, de funcionalidade, segurança, ordenamento ou versatilidade dos espaços, esta é a afirmação de um novo Parque de Exposições”, sustentou o Edil.

Orçado em oito milhões de euros, o projecto será objecto de concurso público internacional que deverá ser lançado nas próximas semanas. O Município de Braga espera avançar com as obras em Março de 2017, estimando-se a sua execução num prazo de 10 a 12 meses, o que para Ricardo Rio “reflecte um princípio inequívoco desta gestão autárquica”. “O ciclo das obras e dos projectos municipais não se confunde com os ciclos eleitorais, pelo que não iremos condicionar a execução deste, ou de outros projectos, em função do calendário eleitoral que se avizinha”, garantiu.

Mas para o Autarca Bracarense, o novo PEB representa uma oportunidade única para a regeneração de toda a sua zona envolvente, desde logo pelas “intervenções que serão realizadas no espaço público e que irão viabilizar a articulação com o Parque da Ponte, com o Estádio 1.º de Maio, com a zona das Camélia e com a actual entrada principal do equipamento”. “Seguramente que a vivência e o contacto que a população tinha até hoje com o PEB será completamente transfigurado”, acrescentou, notando que a requalificação será uma “alavanca para que estes espaços, alguns muito degradados, possam vir a sofrer qualificações e investimentos num futuro próximo”.

Apesar de ser um projecto “muito ambicioso do ponto de vista financeiro”, comparticipado em cerca de 5.5 milhões de euros pelos Fundos Comunitários, Ricardo Rio diz que “a Cidade tem de estar preparada para ser palco de grandes eventos nacionais e internacionais”. “No início de 2018, teremos um equipamento ao serviço da Cidade e do desenvolvimento da região”, frisou o Edil.

Já para Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, o novo PEB vai “contribuir de forma significativa para o desenvolvimento económico e cultural da região e terá impacto muito relevante no turismo”. “Com este projecto queremos posicionar Braga como destino de turismo de negócios, atrair e acolher os principais eventos nacionais, captar eventos e espectáculos de dimensão internacional e reforçar as infra-estruturas à disposição da cultura e do desporto”, explicou aquele responsável.

Um novo PEB, com novas valências e funcionalidades

A estratégia de intervenção delineada pelo arquitecto Pedro Guimarães, responsável pelo projecto, assenta na recuperação, manutenção e requalificação de estruturas existentes, mas também na transformação do espaço e do edificado, incorporando novas valências e novas funcionalidades.

pebbra (2).jpg

O PEB terá três áreas distintas e polivalentes: grande nave; centro de congressos; espaços exteriores. Nos espaços exteriores está incluída a criação de uma nova praça, o arranjo de todo o espaço expositivo exterior, com a criação de uma nova portaria, a criação de novas áreas verdes e de lazer e com uma eficaz integração urbana.

O Centro de Congressos terá um conjunto de novas valências, novas acessibilidades, um novo auditório, uma nova sala de congressos modular, sala de exposições polivalente, salas de reuniões, novos bares e zonas de acolhimento e auditório principal renovado. Polivalência e modularidade vão marcar este novo centro de congressos que irá ganhar também todas as condições necessárias em termos de climatização e acústica.

Para a Grande Nave, o projecto prevê a criação de uma galeria, deambulatório superior, aumento da área de exposição, novas áreas de bar e instalações sanitárias, novas áreas de camarins para artistas, novas salas de reuniões para clientes e uma nova teia para suspensão de equipamentos. Além da climatização, tratamento luminotécnico e acústico, a Grande Nave será polivalente e modular, permitindo a utilização parcial do espaço.

O projecto de requalificação inclui, igualmente, espaços complementares como um restaurante/self service, que passará a estar integrado no corpo do edifício, uma cafetaria, bares e espaços para aluguer.

pebbra (3).jpg

pebbra (4).jpg

pebbra (5).jpg

CABECEIRAS DE BASTO PROMOVE DESPORTO HÍPICO

Centenas de pessoas assistiram à Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras de Basto

Centenas de pessoas assistiram ontem, dia 11 de setembro, no Hipódromo Municipal de Cabeceiras de Basto, à Corrida de Cavalos de Trote e Galope, uma iniciativa organizada pela Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida, em colaboração com o Município Cabeceirense e a Associação Equestre das Terras de Basto.

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (6).JPG

Na tribuna marcaram presença o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, o vereador Alfredo Magalhães, os presidentes das Juntas de Freguesias de Abadim e Cabeceiras de Basto, Fernando Basto e José Carlos Rebelo, respetivamente, assim como o presidente da Junta da União de Freguesias de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, entre outros convidados e público em geral.

Durante a prova, a contar para o Campeonato Nacional de Corridas de Cavalos, foram disputadas seis mangas que, à semelhança do que vem acontecendo em eventos anteriores, entusiasmaram o grande número de aficionados que subiu a serra para assistir ao evento que contou com participantes provenientes de vários pontos do país mas também da vizinha Espanha.

Durante a corrida de cavalos, os jockeys proporcionaram aos espetadores um bom espetáculo, recheado de competição e adrenalina, uma prova que se revelou um verdadeiro sucesso.

De referir que o espetáculo contou com a animação do Jogo do Pau de Abadim.

Com a realização desta iniciativa, o Município de Cabeceiras de Basto promove não só o desporto equestre, como ocupação dos tempos livres das gentes da região e criando, simultaneamente, dinâmicas socioculturais e económicas no concelho.

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (1).JPG

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (2).JPG

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (3).JPG

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (4).JPG

Corrida de Cavalos no Hipódromo Municipal de Cabeceiras (11-09-2016) (5).JPG

GUIMARÃES ASSINALA SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE

DE 16 A 22 DE SETEMBRO

22 iniciativas na Semana Europeia da Mobilidade 2016 em Guimarães

Um percurso interpretativo de bicicleta pela Ribeira de Couros, uma manhã sem carros no Toural e Alameda de S. Dâmaso, com transporte e parques públicos gratuitos, e uma conferência técnica são algumas das ações.

Guimaraes_SEM2016.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães junta-se à iniciativa europeia da Semana da Mobilidade e, entre os dias 16 e 22 de setembro, organiza um conjunto de ações subordinadas ao tema “Mobilidade inteligente. Economia forte”, em nome do ambiente e de um futuro mais sustentável.

O objetivo é alertar para os benefícios de um correto planeamento e da utilização racional dos transportes para a economia local, sabendo-se que a transição para modos de mobilidade alternativos conduz à diminuição dos impactos negativos do uso individual do automóvel, o que, por sua vez, permite a redução dos custos que lhe estão associados.

A Semana Europeia da Mobilidade é uma campanha anual sobre mobilidade urbana sustentável, organizada com o apoio da Direção Geral da Mobilidade e dos Transportes da Comissão Europeia, coordenada em Portugal pela Agência Portuguesa do Ambiente, e que será organizada em Guimarães pelo Município de Guimarães, Laboratório da Paisagem e Unidade Operacional de Transporte Local da Estrutura de Missão da Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020.

Ao longo dos sete dias, 22 ações serão levadas a cabo, com a colaboração de diversos parceiros, que vão desde um passeio de bicicleta noturno, um percurso interpretativo de bicicleta pela Ribeira de Couros, uma manhã sem carros no Toural e Alameda de S. Dâmaso, com transporte e parques públicos gratuitos, a uma conferência técnica cujo tema será o mote para a edição de 2016 da Semana Europeia da Mobilidade: “Mobilidade inteligente. Economia forte”.

Programa diversificado

A semana começa na sexta-feira, 16 de setembro, com a “Hora do Conto”, destinada aos mais pequenos, no pólo de Pevidém da Biblioteca Municipal Raul Brandão. Nos dias seguintes, estará também em Lordelo e Taipas, para além da sede da instituição. Ao longo da semana, a Get Green vai ensinar o público a andar de bicicleta e a conhecer as regras de trânsito, através do projeto “Educabicla”.

Também na sexta-feira, em parceria com a Associação Vimaranense para a Ecologia (AVE), a Rua da Rainha acolherá o “Parking Day”, uma ação que pretende sensibilizar para a necessidade de reduzir os impactos ambientais e utilização racional e sustentável do espaço público. À noite, a Associação de Ciclismo do Minho (ACM) convida os vimaranenses a participar no passeio noturno de bicicleta pelas ruas da cidade, cujas inscrições (gratuitas) podem ser feitas no site da ACM. O arranque está agendado para as 21 horas, no Largo Cónego José Maria Gomes.

No dia seguinte, sábado, e ao longo do fim-de-semana, o mesmo espaço, em frente à Câmara Municipal de Guimarães, acolhe uma exposição de carros híbridos e elétricos. Ao longo do dia, poderá ainda visitar e adquirir produtos no “Mercadinho Biológico”, na Alameda de S. Dâmaso. A manhã será ainda animada pela música dos “We Find You” e por um percurso interpretativo pela Ribeira de Couros, feito em bicicleta, com início às 9 horas, organizado pelo Laboratório da Paisagem em colaboração com a empresa GetGreen, que também alugará, elétrica ou normal. As inscrições nesta atividade devem ser feitas no portal do Laboratório da Paisagem.

Outra proposta é a iniciativa “A Penha é Nossa”, que convida os participantes a subir gratuitamente no Teleférico de Guimarães, para depois descerem numa caminhada até ao centro da cidade. De tarde, o Laboratório da Paisagem, em parceria com a AVE, leva a cabo a iniciativa “Biodiversidade GO”, onde os participantes são convidados a fotografar a biodiversidade entre a Veiga de Creixomil e o Parque da Cidade Desportiva. Ambas as ações são de participação gratuita, mas sujeitas a inscrição prévia no site <www.labpaisagem.pt>.

No domingo, dia 18, os vimaranenses e os visitantes são convidados a deixar o carro em casa, desfrutando da iniciativa “A Pé no Centro”. O Toural e a Alameda de S. Dâmaso serão animados com diversas atividades e ficarão sem carros, no âmbito da iniciativa europeia “Dia Sem Carros”. As viagens na Linha da Cidade dos TUG serão gratuitas, bem como o acesso aos parques públicos ao longo da manhã. No Campo de S. Mamede, pelas 10 horas, terá ainda início mais uma “Caminhada Solidária e Mini-Maratona da Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães”, cujas inscrições podem ser feitas no endereço <www.apcg.pt>.

Outras ações

A Semana Europeia da Mobilidade de Guimarães prossegue na segunda-feira, com o “Compromisso Verde”, uma ação de sensibilização promovida pelo Município de Guimarães e que percorrerá diversas escolas do concelho. À noite, a partir das 21 horas, arranca mais um “Guimarães Corre Corre”, iniciativa que todas as segundas-feiras junta dezenas de vimaranenses, num percurso pelo centro da cidade. A conferência “Mobilidade inteligente. Economia forte” marcará a terça-feira, dia 20. Um leque de especialistas vai abordar diversos temas relacionados com a mobilidade. A sessão arranca às 14 horas e contará com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes.

Na quarta-feira, dia 21, a habitual iniciativa do Laboratório da Paisagem “Café com Ambiente”, cujo tema deste é a “Mobilidade Sustentável e Inteligente”, vai até à Escola Secundária de Caldas das Taipas. De tarde, pelas 14:30 horas, o Laboratório da Paisagem acolherá a apresentação pública da Plataforma Carpooling “Guimarães à boleia”. A Semana Europeia da Mobilidade encerra na quinta-feira, dia 22, na Escola EB1/JI Santa Luzia, onde um conjunto de crianças irá sensibilizar os condutores para a velocidade através da ação “30 no meu bairro”. A Semana Europeia da Mobilidade mobiliza em toda a Europa mais de 1700 municípios, num total de 40 países. Mas também no Japão, Mali, México e Coreia do Sul a mobilidade será destaque.

MUNICÍPIO DE BARCELOS MANTÉM TAXAS REDUZIDAS EM 2017

No próximo ano, o Município de Barcelos vai manter as taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), de Derrama e de IRS, dando continuidade à política de taxas reduzidas para as famílias e para as empresas.

Segundo deliberações tomadas na reunião ordinária do executivo, em 12 de setembro, o IMI vai manter a taxa de 0,35% para os prédios urbanos; a Derrama será de 1,2% sobre o lucro tributável das empresas, mas apenas para as que tenham um volume de faturação superior a 150 mil euros, já que empresas com menor volume de negócios ficam isentas; no IRS mantém-se a participação do Município em cinco por cento deste imposto.

O executivo municipal tem vindo a manter uma política de não sobrecarregar fiscalmente as famílias e empresas, não aumentando impostos, tendo antes baixando alguns e isentado outros.

Por isso, em 2017, manterá a isenção da cobrança da Derrama aos contribuintes com um volume de negócios até 150.000 euros, lançando sobre as empresas com um volume de negócios superior a 150.000 euros uma Derrama de 1,2% sobre o lucro tributável e não isento, gerado na área geográfica do Município.

No que diz respeito à participação no IRS dos rendimentos do ano de 2017, a taxa deverá fixar-se nos 5%, ou seja idêntica à do ano 2016.

No que concerne ao IMI, não obstante o impacto provocado pelas isenções automáticas concedidas pelo Governo, cujo impacto na receita municipal foi considerável e que ascende já a várias centenas de milhares de euros e dado que se desconhecem eventuais alterações do Orçamento de Estado nesta matéria, entende-se dever manter as taxas nos mesmos valores, ou seja: a taxa de 0,35% para os prédios urbanos a cobrar em 2017; a redução da taxa de IMI sobre os prédios urbanos destinados à habitação permanente em 10% para as famílias com um filho; a redução da taxa de IMI sobre os prédios urbanos destinados à habitação permanente em 15% para as famílias com dois filhos; a redução da taxa de IMI sobre os prédios urbanos destinados à habitação permanente em 20% para as famílias com três ou mais filhos.

Outras deliberações

Ainda na reunião ordinária de 12 de setembro do executivo municipal, foi ratificado o contrato de delegação de competências assinado pelo Município de Barcelos e pela Comissão Diretiva do Programa Operacional Norte 2020, relativo ao Programa Estratégico de Desenvolvimento Urbano do Município de Barcelos, que intervirá nas seguintes áreas: reabilitação urbana, mobilidade e intervenção em espaços de habitação social. Para estas intervenções o programa dotou o Município de Barcelos de 13,7 milhões de euros.

Ainda na reunião ordinária de 12 de setembro foram aprovados subsídios a juntas de freguesia, instituições e associações do concelho no valor total de cerca de 210.000 euros.

TRIATLO DA AMIZADE UNE PORTUGUESES E GALEGOS

Triatlo da Amizade: 10 anos de cooperação transfronteiriça consolidada

Há uma década que o rio Minho abraça uma prova que une portugueses e galegos na potenciação do desporto internacional e do intercâmbio sociocultural. O Triatlo da Amizade Cerveira-Tomiño 2016 decorre no próximo domingo, com classificação para a Taça de Portugal PORTerra e para o Campeonato Galego de Triatlo Cross. Prova sénior decorre a partir das 10h30, e o Circuito Regional Jovem mo período da tarde.

TRIATLO_390X290.jpg

Com as inscrições ainda a decorrer, a organização do Triatlo da Amizade - Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e Concelho de Tomiño com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Triatlo e da Federação Galega de Triatlo - prevê a participação de cerca de 200 atletas, federados e não federados, assim como de equipas de elites dos dois países.

Este ano, Vila Nova da Cerveira recebe a sétima e penúltima etapa da competição portuguesa na modalidade, contando com uma prova pontuável para a Taça de Portugal PORTerra e para o Campeonato Galego de Triatlo Cross, além de uma outra para o Circuito Regional Jovem. Desta forma, o Triatlo da Amizade apresenta-se como uma excelente oportunidade para clubes e atletas procurarem a conquista dos últimos pontos antes da derradeira etapa.

Com o início da competição a alternar de local a cada ano, na edição 2016 a prova começa no Cais de Vila Nova de Cerveira e, ao contrário dos anos anteriores, os seniores disputam a prova pela manhã, enquanto os jovens entram em ação no período da tarde.

Os triatletas terão de percorrer 750m de natação no rio Minho para chegar à margem galega, onde fazem a transição para um percurso de ciclismo que totaliza 21,2km na envolvente da Fortaleza de Goian, e que promete colocar em prática toda a técnica exigida a um amante do todo-o-terreno. De volta à margem lusa do rio Minho, em Vila Nova da Cerveira, a competição deverá ser concluída após um segmento de 5km de corrida que percorrerá as ruas do centro histórico. No mesmo dia, à tarde, realiza-se um triatlo pontuável para o Circuito Regional Jovem que reúne jovens triatletas para a prova de distâncias alinhadas com os diversos escalões etários.

Em disputa está o Troféu da Amizade, uma obra da autoria do escultor espanhol Arcádio Blasco, cuja designação da escultura é “Encontros de Culturas” sendo, desde a primeira edição, o símbolo do Triatlo da Amizade. O troféu nunca é propriedade de qualquer um dos intervenientes, fazendo-se sempre a passagem deste símbolo da amizade entre os galegos e os portugueses, conforme quem vença a prova. O país vencedor guardará o troféu até à edição seguinte.

Competição, confraternização e espírito de entreajuda são conceitos que marcam o Triatlo da Amizade, este ano a comemorar 10 anos de existência. A prova está agendada para o próximo domingo, 18 de setembro, com os seniores a partir das 10h30, e saída de Vila Nova de Cerveira, e com as camadas jovens, após as 15h00, do lado de Tomiño.

FAMALICÃO REALIZA FESTA DO ATLETISMO

Festa do atletismo Famalicão-Joane realiza-se no dia 25 de Setembro. Inscrições estão a decorrer em www.famalicaojoane.pt

Uma das mais entusiásticas festas do atletismo nacional, a Famalicão-Joane sai à estrada já no próximo dia 25, a partir das 10h15. A prova é organizada pela Associação Teatro Construção (ATC), em colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a Junta de Freguesia de Joane, a Associação de Atletismo de Braga, as forças de segurança da GNR, a PSP, Polícia Municipal de Famalicão e Bombeiros Voluntários de Famalicão e ainda com o Corpo Nacional de Escutas.

Partida do Famalicão Joane está marcada para dia 25 de setembro.jpg

Uma das singularidades desta prova, que se realiza há 17 anos, é que para além da participação de grandes nomes do atletismo nacional e internacional, atrai muitos milhares de atletas anónimos e pessoas de todas as idades que fazem questão de participar.

Para o presidente da Câmara Municipal “a prova Famalicão – Joane é, acima de tudo, uma grande festa do desporto onde cabe toda a gente”.

Neste âmbito, para além da prova de atletismo realiza-se também o Famalicão-Joane dos Pequeninos, os passeios Requião-Joane e Vermoim-Joane e ainda a Bike Tour.

“Seja a correr, a caminhar ou a pedalar. Sejam crianças, jovens, adultos ou idosos! Seja para competir, para conviver ou apenas para se divertir! Todos estão convocados”,desafia Paulo Cunha.

O autarca afirma ainda que “o evento é, sem dúvida, uma marca do dinamismo, da vitalidade e da audácia da Associação Teatro Construção, que organiza o evento, mas é também uma marca valiosa que muito orgulha a Câmara Municipal.”

A prova Famalicão-Joane percorre um trajecto de 12 quilómetros, tendo início na Av. Marechal Humberto Delgado (Direcção Braga) seguindo depois pela Rotunda Bernardino Machado, virando à direita para a Estrada Nacional 206 (direcção Guimarães), com passagem pelas freguesias de Gavião, Vale S. Martinho, Requião, Vermoim e Pousada de Saramagos, até Joane. A meta estará na Avenida 25 de Abril junto à sede da Junta de Freguesia e ao posto da GNR

As inscrições decorrem até quinta-feira, dia 15 de setembro, em http://www.famalicaojoane.pt/

FAMALICÃO INAUGURA COMPLEXO PAROQUIAL E SOCIAL DE CALENDÁRIO

Conclusão e novas valências assinalada ontem com cerimónia de inauguração. Força da comunidade concretiza Complexo Paroquial e Social de Calendário

“Esta obra de grande escala representa sobretudo a força da comunidade de Calendário, que se uniu e envolveu de forma exemplar numa importante missão, adequada à dimensão da freguesia.”

DSC_5320.jpg

Foi com um elogio coletivo que Paulo Cunha assinalou ontem a inauguração do Complexo Paroquial e Social de Calendário, a maior freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão, que desde 2014 dispõe de duas novas valências: lar residencial e centro pastoral. A história deste conjunto de infraestruturas começou em 1983 com a construção do salão paroquial e desde então a instituição já viu crescer creche, pré-escolar, centro de ocupação de tempos livres, apoio domiciliário e centro de dia.

Com custos na ordem dos 4,7 milhões de euros, o Complexo Paroquial e Social de Calendário acolhe 350 utentes, nomeadamente idosos e crianças, e conta com 90 colaboradores. Simboliza – como o reconheceram os intervenientes na cerimónia de inauguração – o esforço e a união da sociedade civil, através da Liga dos Amigos do Centro Social, e o empenho permanente do Estado, da Igreja e da Câmara Municipal.

“A Câmara Municipal não termina hoje a sua cumplicidade com esta instituição. Esteve convosco para erguer as novas valências e continuará sempre convosco para construir as respostas sociais necessárias, com uma cooperação institucional próxima”, garantiu o edil, agradecendo ao pároco e a toda a comunidade o forte interesse que depositaram na construção destas novas valências. A cerimónia assinalou a despedida do padre Vítor Ribeiro da paróquia de Calendário, 13 anos depois.

Paulo Cunha aproveitou ainda para enaltecer a resposta social que existe no concelho. “Fico muito orgulhoso quando ouço dizer que Famalicão é notado no contexto regional e até nacional pela excelência da sua resposta social, que não se nota apenas pelo número de edifícios ou serviços sociais. A resposta social que marca o concelho e que temos a ambição de fazer crescer resulta do notável trabalho feito em rede pelas instituições sociais”, assinalou.

Para além do Presidente da Câmara Municipal e do pároco, marcaram presença o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, o Diretor do Centro Distrital da Segurança Social, Rui Barreira, e a Presidente da União de Freguesias de Calendário e Famalicão, Estela Veloso. 

DSC_5418.jpg

VIZELA PROMOVE PASSEIO CONVÍVIO DE CIBERNAUTAS SÉNIORES

“Espaço Internet 60 +” promoveu passeio e convívio

No âmbito da iniciativa “Espaço Internet 60 +”, que a Câmara Municipal de Vizela tem vindo a promover junto da população sénior, um grupo de 22 munícipes participaram num passeio/convívio no passado dia 6 de setembro.

Passeio int. senior 2016.JPG

O grupo partiu de Vizela às 8h.30m e teve como destino o distrito de Viana do Castelo, mais concretamente, as vilas de Ponte Lima, Arcos de Valdevez e Ponte da Barca.

Em Ponte de Lima foi possível a realização de uma caminhada pela ponte medieval, pelo belo Parque temático do Arnado e a visita à antiga cadeia feminina. Ao almoço não faltou o famoso arroz de sarrabulho e o vinho verde tão característico da região!

A tarde foi passada nas margens do rio Vez em Arcos de Valdevez, onde os mais corajosos não descuraram um mergulho e nas margens do rio Lima em Ponte da Barca onde o dia terminou com um belo e apetitoso piquenique.

Numa idade tão assolada pelo isolamento, participar em atividades com outras pessoas é a melhor forma de abrir um novo capítulo na página da vida dos idosos, por tal facto a iniciativa “Esp@ço Internet 60 +” terá continuidade, sendo que as inscrições poderão ser efetuadas no serviço de ação social da Camara Municipal ou no Espaço Internet.

SPORT CLUBE FERMILENSE INAUGURA RELVADO SINTÉTICO NA VILA DE FERMIL DE BASTO

“O nosso Fermil amado com um novo relvado”

O dia 10 de Setembro foi o dia escolhido para a inauguração oficial do piso com relvado sintético do Parque Desportivo da Raza, com um jogo disputado entre a equipa principal do Sport Clube Fermilense e uma equipa do Vitória Sport Clube.

_DSC0665.jpg

“Hoje é um dia de emoções em que o nosso Fermil amado se apresenta com um lindo relvado” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, presente na inauguração da requalificação da infraestrutura. Joaquim Mota e Silva realçou a evolução deste clube ao longo dos anos. “Quem acompanhou as dificuldades sentidas por este clube nota uma diferença extraordinária no crescimento do mesmo. Um crescimento que resultou de um trabalho de parceria que levou a resultados extraordinários. Conseguimos alargar o campo com a aquisição de terrenos e grande movimento de terras, fizeram-se intervenções com nova bancada, nos balneários, na vedação, na bilheteira, e o sonho crescia. Faltava ver o tapete verde no Campo da Raza”, e “algo que era impensável tonou-se uma realidade”. O autarca destacou ainda a necessidade de “dotar os espaços desportivos das melhores condições numa terra que aposta no desporto de formação e competição onde os jovens se sintam pertença mas não ficamos por aqui. Temos mais apostas para concretizar. Hoje, é, de facto, um dia histórico para o clube, para a região e para o concelho. A vila de Fermil está mais rica e todo o concelho está mais rico e continuaremos lado a lado no sentido do trabalho conjunto” disse.

A cerimónia de inauguração da requalificação do campo da Raza iniciou com o descerramento da placa seguindo-se os tradicionais discursos protocolares e a apresentação do plantel do Sport Clube Fermilense para a época de 2016/2017, que conta com 25 atletas.

O presidente da equipa, a competir na 2ª divisão de honra, Franklim Moura, mostrou-se agradecido  às entidades parceiras nomeadamente a Câmara Municipal, união de Freguesias, patrocinadores, sócios e adeptos e sobretudo aos jogadores. “Estes jogadores, que jogam por amor à camisola, sem salário, andaram anos a jogar em pelado, por isso, mais do que ninguém, eles merecem isto. O sonho do sintético está realizado mas temos outros sonhos, com estas condições trabalharemos para a formação porque o futuro é dos jovens e o que foi inaugurado hoje é para eles”.

O jogo inaugural foi disputado contra uma equipa do Vitória Sport Clube. Júlio Mendes, presidente do Vitória Sport Clube disse nutrir elevada estima pelo clube da casa. “Hoje, por questões de competição não pudemos trazer nenhuma equipa profissional mas temos o Vitória em pleno. Está aqui uma infraestrutura de qualidade, tenho viajado pelo mundo e visto muitos campos e asseguro-lhes que têm cá tudo para puderem concretizar os vossos sonhos”.

A bancada esteve repleta para assistir a esta cerimónia e ao primeiro jogo do Sport Clube Fermilense com as melhores condições para a prática da modalidade. Na cerimónia marcaram presença várias individualidades do concelho e da AF Braga.

_DSC0763.jpg

_DSC0826.jpg

_DSC0907.jpg

_DSC0958.jpg

VALENCIANOS RECUPERAM LIVROS USADOS

Livros Usados Poupam 2000 Euros às Famílias Valencianas

Durante os meses de Julho e Agosto a Câmara Municipal de Valença dinamizou a iniciativa "Dar de Volta: empréstimo de manuais escolares", na Biblioteca Municipal. 184 manuais voltaram a ganhar vida e utilidade permitindo às famílias valencianas poupar um valor superior a 2 mil euros.

vallivusad.jpg

O projeto “Dar de Volta” complementa a atribuição de verbas de apoio à aquisição de manuais escolares concedidos pela autarquia valenciana aos alunos do 1º e 2º ciclo.

A concessão dos Manuais Escolares é uma das muitas medidas de apoio social que a Câmara Municipal de Valença tomou, no início deste ano letivo, no sentido de universalizar um ensino com qualidade e igualdade de oportunidade para todos.

O Dar de Volta tem-se afirmado, ano após ano, como um projeto altruísta, com grande envolvimento e consciência dos valencianos, sintomático de uma sociedade evoluída e solidária.

SOCIAIS-DEMOCRATAS DE FAMALICÃO PROMOVEM FESTA DE CONVÍVIO

PSD de Famalicão promove Festa de Setembro para militantes e simpatizantes do concelho. Encontro/convívio realiza-se no domingo, 18 de setembro, pelas 15h00, no Parque de Merendas de Avidos

A Comissão Concelhia do PSD de Famalicão promove no próximo domingo, 18 de setembro, pelas 15h00, no Parque de Merendas de Avidos, um encontro convívio de militantes e simpatizantes do concelho. A Festa de Setembro, como é apelidado o evento, é uma iniciativa aberta, de participação livre e com cariz popular, que visa valorizar a atividade partidária junto das pessoas, convocando-as ao envolvimento e à participação ativa.

Parque de Merendas de Avidos.jpg

“Os partidos são um dos principais pilares da democracia e a sua força e credibilidade depende diretamente do envolvimento e participação das pessoas” assinala Paulo Cunha, presidente da Comissão Política Concelhia.

A sensivelmente um ano das eleições autárquicas, o Partido Social Democrata de Famalicão faz assim a sua reentré, apontando baterias ao reforço do envolvimento dos famalicenses para com a atividade partidária.

Esta é a primeira edição da Festa de Setembro, mas a ideia é o que o evento ganhe raízes e perdure durante muitos anos em Famalicão. “Sentimos necessidade de criar um evento mobilizador e um novo espaço de encontro e de partilha de ideias. Acreditamos que os nossos militantes e simpatizantes vão agarrar a Festa de Setembro com entusiasmo e que rapidamente lhe vão dar o carácter de incontornável.”

FAMALICÃO PROMOVE ARTESANATO E GASTRONOMIA

Mais gente e ambiente fantástico na Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão. Artesãos fazem balanço muito positivo do evento que terminou este domingo

“Mais gente”, “mais vendas e contactos”, “grande animação” e “um ambiente fantástico”. É este o balanço, que os artesãos e gastrónomos que participaram na Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão fazem de mais um edição do evento que terminou este domingo.

peça vencedora (1).jpg

Com uma presença assídua há mais de 12 anos na feira, Luciana Campos considerou a edição de 2016 como uma das mais participadas de sempre. “O negócio correu muito bem, S. Pedro ajudou com o bom tempo e notamos mais público na feira”. Também o artesão Alberto Roriz dos tapetes de arraiolos se mostrou muito satisfeito com a sua participação referindo que “houve contactos, houve encomendas e houve muita gente, o que é excelente”.

Ao longo dos dez dias, mais de 200 mil pessoas passaram pela Feira de Artesanato e Gastronomia, sendo que o dia mais visitado foi a passada quarta-feira, que contou com o concerto de Zé Amaro.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “a Feira de Artesanato e Gastronomia é um evento que se consolida ano após ano, projetando-se na região e no país, como uma feira que atrai muita gente, onde os artesãos concretizam bons negócios e com uma animação popular constante e de grande qualidade”.

Por isso, Paulo Cunha não podia estar mais satisfeito com o sucesso do evento. “A introdução da entrada gratuita há três anos foi uma aposta ganha, que beneficiou toda a gente”, salientou, acrescentando “a autarquia está atenta aos novos dinamismos e estamos preparados para novas alterações, tendo em vista uma maior satisfação tanto por parte dos artesãos como do público”.

O autarca mostrou-se ainda satisfeito com a participação nesta edição “de novos artesãos e novos empreendedores que trouxeram a esta feira uma nova vertente de verdadeira incubadora de novos projetos”.

MELHOR STAND E MELHOR PEÇA DE ARTESANATO

No que diz respeito aos concursos, o trabalho em cerâmica figurativa da autoria da artesã Isabel Machado conquistou o júri e venceu o prémio de Melhor Peça de Artesanato. Por sua vez, os trabalhos em ferro e os bordados em crivo de Júlio Ferreira e Glória Ferreira venceram o prémio de Melhor Stand.

Ao todo, mais de cem artesãos e cerca de uma dezena de restaurantes e tasquinhas, participaram no certame oferecendo aos visitantes a oportunidade de assistir ao vivo ao trabalho dos artesãos. À beleza e originalidade do artesanato, a feira junta os verdadeiros e genuínos sabores da gastronomia nacional. Tudo isto, num ambiente marcadamente popular animado pela presença de grupos folclóricos, cantares ao desafio e muita música tradicional portuguesa.

Stand vencedor (1).jpg

Stand vencedor (2).jpg

BRAGA PROMOVE INCLUSÃO SOCIAL

Município de Braga promove debate para melhoria das condições de vida dos cidadãos com deficiência. Órgão Municipal debateu a temática da Inclusão

O Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência reuniu esta Segunda-feira, 12 de Setembro, com o intuito de debater problemas, recolher sugestões e apontar caminhos de forma a contribuir para a melhoria das condições de vida dos cidadãos com deficiência.

bbbbrr (1).jpg

Questões como o estacionamento na via pública, a mobilidade pedonal e o transporte de pessoas com deficiência estiveram em destaque neste fórum, que serviu de base para o Município apresentar a rede pública de instalações sanitárias devidamente equipadas para servir cidadãos com deficiência.

“Após o desafio lançado que nos foi lançado na última reunião, o Município de Braga já equipou algumas instalações sanitárias de forma a servir os cidadãos com deficiência com toda a dignidade e conforto. Já estão em funcionamento algumas casas de banho nomeadamente nas imediações do Cemitério de Braga, no Carandá ou na Avenida Central, esta última situada no acesso ao parque de estacionamento, e que resulta de um repto lançado pela Autarquia aos operadores privados que actuam em Braga”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, adiantando que está para breve a abertura de mais instalações sanitárias no Parque da Ponte e um pouco por toda a Cidade, para servir a população com deficiência.

Quanto à questão do transporte, Ricardo Rio lembrou que o Município de Braga tem efectuado várias interacções com o Governo a propósito do financiamento do transporte de pessoas com deficiência. “É uma das questões mais sensíveis e não existe uma resposta muito cabal nessa área. Entendo que é uma resposta que não deve ser dada de forma massificada, mas sim ajustada à realidade de cada território”, considerou o Autarca, explicando que em Braga, os Transportes Urbanos (TUB) disponibilizam 66 autocarros rebaixados, sendo que 63 têm rampa de acesso. “Este número corresponde sensivelmente a metade da frota dos TUB e actuam preferencialmente nos circuitos urbanos”, explicou.

Também o apoio ao emprego e às colectividades que estão a trabalhar na área da deficiência, assim como a mobilidade pedonal mereceram especial atenção com Ricardo Rio a explicar que está a ser desenvolvido um plano para eliminar e mitigar barreiras arquitectónicas na Cidade de Braga. “Tem havido mutas candidaturas em sede dos diferentes Orçamentos Participativos (OP) neste sentido mas não têm sido as vencedoras. No entanto, o Município está a trabalhar para apresentar o projecto “Eu já Passo Aqui”, que se irá assumir como um plano de acção para a mobilidade, em contraponto com uma das propostas apresentadas numa edição do OP que se designava “Eu Não Passo Aqui” e que identificava uma série de barreiras e dificuldades sentidas pelos cidadãos”, adiantou Ricardo Rio.

Recorde-se que o Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão de informação e consulta constituído por associações e instituições que tratam e acompanham as pessoas com deficiência.

bbbbrr (2).jpg

ACIAB REALIZA SEMINÁRIO

ACIAB Realiza Seminário Intitulado “IVA Deduções para Empresas – IVA na Restauração – E-Fatura”

Dia 22 de setembro | 14h30 | Auditório do Turismo Arcos de Valdevez

A ACIAB vai realizar, em parceria com a AT – Autoridade Tributária, um seminário que tem como temática “IVA Deduções para Empresas – IVA na Restauração – E-Fatura”. A iniciativa terá lugar no dia 22 de setembro (quinta-feira), pelas 14h30, no Auditório Municipal de Informação e Turismo, no Campo do Trasladário, em Arcos de Valdevez.

A sessão de esclarecimento necessita de inscrição que deve ser enviada por email (aciab@aciab.pt), ou entregue nas instalações da ACIAB, até ao dia 21 de setembro (12h30). Para qualquer esclarecimento contactar a ACIAB através dos telefones 258 521 473 ou 258 454 524.

A Ficha de Inscrição para o Seminário “IVA Deduções para Empresas – IVA na Restauração – E-Fatura” encontra-se disponível no site da ACIAB em www.aciab.pt.

Programa

14h30 – Sessão de Abertura

Presidente da Direção da ACIAB – António Marques Campos

14h40 – Introdução – Vice-presidente da Direção da ACIAB - Francisco Peixoto Araújo

14h50 IVA Deduções para Empresas - IVA na Restauração

Luís Filipe Esteves – Inspetor Tributário/Chefe da Divisão de Justiça Tributária Direção de Finanças Viana do Castelo

16h00 - E-Fatura

Pedro Torres Veiga – Inspetor Tributário da Direção de Finanças de Viana do Castelo

17h00 Debate

17h30 ~– Encerramento

CONCURSO E EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA “UM OLHAR SOBRE CAMINHA” INTEGRA COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DO TURISMO

Município de Caminha promove concurso de fotografia

“Um Olhar sobre Caminha” é o tema do concurso e exposição fotográfica que a Câmara vai promover no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, que se assinala a 27 deste mês.O concurso tem como objetivo divulgar os pontos de interesse turístico do concelho de Caminha e a inscrição deverá ser apresentada a título individual, através de preenchimento de formulário próprio. Os interessados devem inscrever-se com o máximo de três fotografias de locais do concelho de Caminha, da sua autoria, até ao dia 20 de setembro.

No Dia Mundial do Turismo são muitas as ofertas de que se poderá usufruir num concelho com mar, rio, serra, história e património. Entre elas um tour gratuito pelo concelho; concurso e exposição fotográfica; alojamentos turísticos aderentes abertos ao público para visita; surpresas nos restaurantes e alojamentos turísticos aderentes; visitas gratuitas à Torre do Relógio e passagem gratuita no ferry boat.

Sobre todas estas ofertas será divulgada a correspondente informação, bastando para isso que os interessados fiquem atentos ao sítio do Município de Caminha na Internet e à página oficial de Facebook. Relativamente ao concurso e exposição fotográfica - “Um Olhar sobre Caminha” - a inscrição terá de ser realizada através de formulário próprio, até 20 de setembro, que se encontra online, assim como as respetivas Normas de Participação, que deverão ser consultadas também. As imagens serão colocadas online no dia 27 de setembro e estarão a votação através da rede social Facebook em https://www.facebook.com/caminhamun/ até ao dia 01 de outubro.

As três fotografias mais votadas serão premiadas com: 1º – 1 Livro (edição do Município) + 1 noite p/ duas pessoas na Casa da Eira, Moledo (Turismo em Espaço Rural); 2º - 1 Livro (edição do Município) + 1 jantar para duas pessoas na Tasca da Quintinha – Quintinha d’Arga, Dem; 3º - 1 Livro (edição do Município) + 1 Descida do Rio Coura em Kayak para duas pessoas, pela MinhAventura.

As vinte fotografias mais votadas integrarão a Exposição Fotográfica “Um Olhar sobre Caminha”, patente ao público na Biblioteca Municipal de Caminha, de 08 a 22 de outubro. A inauguração decorrerá às 18 horas, com a entrega dos respetivos prémios.

MUÇULMANOS EM PORTUGAL CELEBRAM A FESTA DO SACRIFÍCIO

Hoje é dia de Eid-ul-Adha, a Grande Festa que celebra o episódio narrado no Corão segundo o qual, quando Abraham se preparava para sacrificar seu filho Ismael cumprindo a vontade de Deus, o sacrifício humano acabaria por ser substituído pelo sacrifício de um carneiro. Uma história aliás que possui paralelo na Bíblia Hebraica. Desde então, por esta ocasião festiva, muçulmanos de todo o mundo trocam presentes matam e comem carneiro e repartem com familiares e com os pobres.

10270648_905451349487647_8858587662974361976_n

No Largo do Martim Moniz, em Lisboa, milhares de muçulmanos enchem a praça e, ajoelhados sobre os seus tapetes, fazem as suas orações, perante o olhar curioso da gente que passa.

As festividades têm começo 70 dias após o Ramadão e coincidem com a peregrinação a Meca, tendo a duração de 4 dias.

A caminho do local de oração, os fieis devem recitar, no mínimo uma vez depois de cada oração obrigatória, a frase: “Allah é o maior. Allah é o maior. Não há nenhuma divindade a não ser Allah. Allah é o maior. Allah é o maior e a Ele pertence todo o louvor.”

Começa dia 11 de Setembro, no Salah tul Fajr e termina quinta-feira dia 15 de Setembro no Salah tal Assr. Mesmo quando o crente faz sozinho a sua oração, tem que a recitar.

Ontem celebrou-se o Dia de Arafat. Jejuar nesse dia é Sunnah, e recordar Allah constantemente e recitar o seguinte Dua. A melhor das súplicas é a súplica do dia de ‘Arafah, e o melhor que eu e os profetas que me antecederam dissemos foi: “Não há divindade real a não ser Allah, O Único, que não possui sócio. Sua é a soberania, e para Ele são os louvores, Ele tem o poder sobre todas as coisas" (Sahih Attirmidhi 3/184.).

Calcula-se atualmente em cerca de 50 mil, o número de muçulmanos que vivem em Portugal, na sua maioria originários dos antigos territórios ultramarinos da Guiné-Bissau e de Moçambique, aos quais nos últimos anos vieram juntar-se muitos imigrantes sobretudo de origem paquistanesa mas também do Bangladesh, Senegal, Tunísia e Argélia. No que respeita às ramificações do Islão, rondam os 80% de sunitas, 15% de xiitas e 2% de wahabitas, estes últimos considerados mais ortodoxos e tendo na Arábia Saudita a sua maior influência.

Apesar de disporem na capital da chamada Mesquita Central de Lisboa, têm vindo nos últimos anos a serem abertos nos concelhos ao redor de Lisboa, mormente na margem sul do rio Tejo, novas mesquitas e outros locais de culto em virtude de grande parte dos muçulmanos viverem nos bairros da periferia. O mesmo vem sucedendo no Porto e outras cidades do país para onde a crise económica levou muitos imigrantes.

Ao contrário do que sucede com outros países europeus, o respeito pelas diferenças religiosas tem possibilitado uma saudável convivência entre pessoas que partilham diferentes religiões. A comprová-lo, registe-se o facto de jamais ter ocorrido até ao momento qualquer incidente em Portugal originado por motivos religiosos, o que se espera que continue a verificar-se.

Contribuirão em primeiro lugar para esta convivência pacífica, entre outros fatores, a sensatez das próprias pessoas que seguem os diferentes credos religiosos, a começar pelos seus próprios dirigentes. Mas também o caráter que, sobretudo desde as navegações dos Descobrimentos, moldaram os portugueses ao longo de séculos de convivência com outros povos de diferentes culturas.

Quem alguma vez teve a oportunidade de assistir às comemorações que as associações de antigos combatentes no Ultramar levam anualmente a efeito em Lisboa, por ocasião do Dia de Portugal, não foi sem alguma emoção que constatou a presença nas cerimónias de um número significativo de muçulmanos de origem africana, acompanhados das respetivas famílias, exibindo orgulhosamente a boina e outros distintivos que os distinguem como ex-militares que um dia combateram sob a bandeira de Portugal e como portugueses continuam a identificar-se. Os muçulmanos constituem, pois, uma comunidade plenamente integrada, à semelhança do que se verifica com portugueses que perfilham outras crenças religiosas.

14331788_10207040843600602_697370848_n.jpg