Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FEIRAS NOVAS CONDICIONAM TRÂNSITO EM PONTE DE LIMA

Ponte de Lima - Feiras Novas 2016. Condicionamento de Trânsito

A Câmara Municipal de Ponte de Lima, em reunião municipal realizada no dia 29 de agosto, aprovou as alterações temporárias ao trânsito, no âmbito das Feiras Novas 2016.

Os condicionamentos excecionais registam-se até às 08h00 do dia 13 de setembro. Quanto à circulação automóvel e dada a afluência de milhares de forasteiros à Vila Mais Antiga de Portugal durante este período festivo, torna-se necessário proceder a algumas limitações de acesso à Vila. Assim, passam a ter Sentido Proibido as seguintes ruas:

- Rua Agostinho José Taveira, no sentido da Ponte de Nª Senhora da Guia, até à Praça da República, com exceção de táxis;

- Avenida António Feijó, no sentido descendente, desde o cruzamento do Hospital, até à Praça da República, com exceção de veículos para carga e descarga de abastecimento à Vila e feirantes, viaturas de apoio oficial e dos programas da festa, devidamente autorizados;

- Rua General Norton de Matos, desde a Via do Foral Velho de D. Teresa (rodovia) até à Rua Dr. Ferreira Carmo;

- Rua de Vandeuvre, desde a Via do Foral Velho de D. Teresa (rodovia) até à Praça da Graciosa (Rotunda António Feijó);

- Rua do Arrabalde de S. João de Fora, desde a Ponte de Crasto até ao cruzamento da Rua Conde de Bertiandos;

- Rua Conde de Bertiandos, desde a Rua do Arrabalde de S. João de Fora até à Rua Dr. Luís da Cunha Nogueira;

- Rua Dr. Luís da Cunha Nogueira, desde a Rua Conde de Bertiandos até ao Largo dos Quartéis;

- Entrada para o edifício Novo Leblon, exceto a moradores;

- Rua José Abreu Coutinho, no sentido do Largo dos Quartéis para a Rua de Fonte da Vila;

- Rua Dr. Francisco Abreu Maia, no sentido do Largo da Alegria para a Via do Foral Novo de D. Manuel I;

No acesso ao Caminho da Veiga de Crasto, no sentido Crasto Expolima, a veículos pesados, exceto carros de gado;

- Na Rua da Veiga (Expolima) no sentido de S. João ao loteamento j.Alves;

- Na Alameda Marginal de S. João, junto ao Rio;

- Rua de Trás dos Palheiros, no sentido Antepaço para o largo da Alegria;

- Rua da Ponte Seca, no sentido da Via do Foral Nova, de D. Manuel I (E.N. até ao Largo da Alegria)

- Caminho de Antepaço de Cima, nascente - poente

- Rua Conde da Barca, no sentido do Largo da Alegria até ao Largo da Estação;

- Rua António Pereira Rego, no sentido da Via do Foral D. Manuel I para a Rua Conde da Barca.

Em todo o recinto da festa, exceto cargas e descargas, Rua do Arrabalde de S. João de Fora e rua General Norton de Matos, está proibido o estacionamento.

De referir ainda, que nos dias 10, 11 e 12 de setembro estará condicionado o trânsito no percurso dos Cortejos Etnográficos, Histórico e da Procissão.

Informa-se ainda que todas as alterações temporárias e excecionais, aplicam-se apenas durante o período das festas. As proibições no sentido do trânsito e estacionamento não se aplicam às viaturas de Bombeiros, Câmara Municipal, Ambulâncias, EDP, Correios e veículos ao Serviço da Comissão de Festas, devidamente identificados com cartão, menção a matricula e carimbo da Associação Concelhia das Feiras Novas.

De ressalvar, que compete às Forças de Segurança assegurar o cumprimento destas condicionantes do trânsito no decorrer das Feiras Novas.

Ficam autorizadas as cargas e descargas devidamente justificadas, entre as 05h00 horas e as 11h00 e das 18h30 às 20h00, através da Avenida António Feijó.

Para mais informações consulte em www.cm-pontedelima.pt.

BRAGA ESTÁ DE PORTA ABERTA À REGENERAÇÃO URBANA

Tomou hoje posse, dia 08 de Setembro, numa sessão que se realizou no gnration, o Conselho Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana de Braga.

urbanbra (3).jpg

O Município de Braga deliberou a criação do Conselho Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana de Braga (CERPUB), focado no objectivo da promoção de uma política pública participada e abrangente, capaz de promover os seus recursos e envolver e potenciar os seus agentes, instituições e cidadãos.

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, “este Conselho Estratégico é composto por um leque muito ecléctico de entidades e personalidades ligadas às várias áreas que contendem com a regeneração urbana, seja numa dimensão empresarial, seja na dimensão académica, estando aqui também representados proprietários, como a Arquidiocese de Braga, a Misericórdia, a Universidade do Minho, entre outros, e todos poderão um significativo contributo para uma estratégia mais consistente de regeneração urbana no Concelho de Braga”.

Num contexto municipal de desenvolvimento de estratégias de actuação ao nível das Áreas de Reabilitação Urbana, de definição dos Planos de Pormenor e Salvaguarda para as áreas de forte presença patrimonial e num contexto de valorização das zonas industriais do Concelho, o CERPUB afirma-se como uma instância de participação consultiva, promotora de uma acção estratégica em matérias relacionadas com a regeneração urbana – o desenvolvimento económico, cultural e social de Braga, sustentado na promoção e valorização dos seus recursos endógenos.

O objectivo principal que superintende este órgão consultivo é acompanhar e avaliar as linhas estratégicas de actuação municipal nos domínios da regeneração urbana, no sentido de qualificar e partilhar o debate ao nível multissectorial, quer na especialidade quer na representatividade e promover a competitividade do seu tecido empresarial, bem como na valorização das suas pré-existências e recursos no âmbito da estratégia definida para um município atractivo para se viver, visitar e investir.

urbanbra (4).jpg

Para Ricardo Rio, “os esforços de regeneração urbana não se cingem às políticas municipais. A Câmara Municipal tem assumido, sobretudo, um papel de agente facilitador daquilo que são os esforços de regeneração urbana e catalisador daquilo que são as iniciativas desde logo dos agentes privados, removendo obstáculos, criando incentivos e desenvolvendo políticas que permitam estimular estes proprietários para que de forma célere e eficaz possam também eles ser agentes activos na promoção da regeneração tão necessária em algumas das zonas da nossa cidade”, explicou.

Na ocasião o presidente da Câmara Municipal de Braga anunciou ainda que no final do presente ano de 2016, com a abertura das candidaturas a fundos comunitários, nomeadamente do PEDU, algumas das iniciativas de investimento passarão a ser concretizadas pelo próprio Município no espaço público e no seu património. “Neste contexto O Município assumirá a concretização e diversos projectos, à cabeça dos quais está desde já a reabilitação do Parque de Exposições de Braga, cuja apresentação do projecto está desde já agendada para a próxima semana, mas ainda várias outras intervenções, na área da mobilidade urbana, nos bairros sociais e do património edificado”, avançou Ricardo Rio.   

urbanbra (2).jpg

O Conselho Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana de Braga é composto por entidades públicas e privadas e individualidades de referência, nacionais e internacionais, bem como por individualidades com trabalho reconhecido nesta área. Compõem este Conselho Estratégico, o Presidente da Câmara Municipal de Braga; o vereador da Regeneração Urbana; o Presidente da Comissão de Urbanismo, Planeamento, Ambiente, Trânsito e Protecção Civil da Assembleia Municipal de Braga, ou por sua delegação, outro membro da comissão; o Presidente do Conselho de Administração da InvestBraga, EM, ou quem este designar; o Presidente do Conselho de Administração da BragaHabit, EM, ou quem este designar; o Presidente do Conselho de Administração dos Transportes Urbanos de Braga, EM, ou quem este designar; os Presidentes das Juntas de Freguesia do Centro Histórico de Braga; um representante nomeado das Juntas de Freguesia alvo de Operações de Reabilitação Urbana; o Presidente da Direcção da Associação Industrial do Minho; o Presidente da Direcção da Associação Comercial de Braga; um representante da Arquidiocese de Braga; um representante da Santa Casa da Misericórdia de Braga; dois representantes de duas associações cívicas de defesa e estudo do património cultural e natural de Braga, com sede no concelho; um representante da Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Protecção do Património (APRUPP); um representante da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas; um representante da Universidade do Minho; um representante da Universidade Católica; cinco elementos em nome individual, personalidades nacionais e internacionais de referência convidadas pelo município para integrar o Conselho Estratégico; um elemento, a designar, rotativamente, por um período de dez anos, entre a União de Sindicatos de Braga e a União Geral de Trabalhadores, por esta ordem.

Para além destes, compões ainda o Conselho Estratégico cinco personalidades de referência na área da regeneração urbana.

urbanbra (1).jpeg

urbanbra (1).jpg

urbanbra (2).jpeg

TARDE SÉNIOR EM FAMALICÃO JUNTA MAIS DE UM MILHAR DE IDOSOS

Feira de Artesanato e Gastronomia é palco de grandes convívios da família famalicense. Mais de mil idosos participaram na “Tarde Sénior”

A Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão é cada vez mais o ponto de encontro e de convívio da grande família famalicense. Ao longo do evento são vários os grupos de pessoas que se encontram no recinto reforçando os laços de amizade e de união. Muitos dos convívios até já se tornaram uma tradição no concelho.

image48665 (1).jpeg

É o caso da “Tarde Sénior” que decorreu, esta quinta-feira, e envolveu a participação de cerca de um milhar de idosos do concelho, mas também do Jantar de Autarcas que se realizou na quarta-feira, antes do concerto do Zé Amaro e contou com a participação do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, de diversos vereadores municipais e dos vários presidentes de Junta das Freguesias.

A tarde de hoje foi animada pelo grupo TUSEFA – Tuna Sénior, e decorreu com muita animação e dança à mistura. De resto, foram poucos os que conseguiram ficar sentados e nem o presidente da Câmara Municipal resistiu a um pezinho de dança.

A Tarde Sénior é já uma tradição com vários anos da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão, reunindo os seniores das instituições sociais do concelho, mas também da comunidade.

Para Paulo Cunha “os seniores são uma inspiração e um exemplo para todos os famalicenses, pela vida que levaram, mas também pelo importante papel que desempenham ainda hoje na sociedade”. E visivelmente emocionado, Paulo Cunha afirmou que “os seniores continuam a ser o pilar de muitas famílias, apoiando os filhos e os netos a enfrentar as dificuldades do dia-a-dia”.

Entretanto, no Jantar de Autarcas, Paulo Cunha reforçou “a importância de momentos de convívio entre a família autárquica concelhia”. “Os nossos encontros servem para estreitar laços de amizade e de cumplicidade. Somos diferentes entre nós, mas partilhamos um objetivo comum que é Vila Nova de Famalicão e isso tem sido superior a tudo o resto”.

image48677.jpeg

BRAGA REALIZA ENCONTROS DE FOTOGRAFIA

26ª Edição dos Encontros da Imagem propõe reflexão sobre a Felicidade. Iniciativa decorre de 20 de Setembro a 5 de Novembro
De 20 de Setembro a 5 de Novembro, a 26ª edição dos Encontros da Imagem traz a Braga o melhor da fotografia contemporânea nacional e internacional. Mais de 200 fotógrafos, em 15 espaços da cidade de Braga - desde os mais tradicionais como o Museu da Imagem e a Casa dos Crivos, até espaços ocupados de forma alternativa, como é o caso da Casa Esperança - questionam a Felicidade e como a procuramos nas sociedades contemporâneas.

bragafot (1).jpg

Como afirmou Ricardo Rio, presidente da Camara Municipal de Braga, durante a apresentação do festival, que decorreu hoje, dia 8 de Setembro, na Casa Esperança, os encontros da Imagem são uma ´referência incontornável´ no calendário cultural da Cidade e a nível nacional. “É com agrado que verificamos que a iniciativa tem agregado novas parcerias e fortalecido as já existentes, atraindo vários talentos à Cidade. Esta edição volta a ter um cartaz extremamente interessante, misturando artistas e talentos emergentes que despertam o interesse do público nos múltiplos espaços onde se alojam durante este mês e meio. O festival ainda uma forma de responder aos anseios das pessoas, oferecendo-lhes propostas culturais eclécticas”, disse.

O evento propõe então um debate e reflexão sobre o tema da Felicidade utilizando a fotografia. Sob o mote da procura de Um Lugar ao Sol, afinal o que é a Felicidade nas nossas sociedades contemporâneas que parecem cada vez mais caóticas e desgovernadas? É a esta questão que se procura resposta.
Memória, Mudança e Revelações estão também entre os temas desta edição, que ajudam a conhecer os múltiplos caminhos da felicidade através das diversas visões de fotógrafos internacionalmente reconhecidos que, numa sinergia entre artistas, curadores, críticos e estudiosos, exploram posições artísticas contemporâneas que geram estratégias e poéticas visuais muito vincadas, procurando questionar os quadrantes e limites da Fotografia e abordar temas como guerra, riqueza vs. pobreza, ficção e memória.
Nesta odisseia pela procura de Um Lugar ao Sol, revela-se uma edição que torna Braga a “Capital da Fotografia”. A “semana de arranque” Opening Solar Week, que decorre entre 20 e 25 de Setembro, oferece um intenso programa de actividades desde exposições, workshops, conferências, leitura de portfolios, concertos, photobook markets, um simpósio internacional, concertos e muitas festas.

bragafot (2).jpg

bragafot (3).jpg

bragafot (4).jpg

bragafot (5).jpg

FAMALICÃO: JOANE REALIZA ARRAIAL MINHOTO

Arraial Minhoto – Sábado, 17 setembro 2016

  • Bons Tons – International Drum Fest – Sábado, 17 setembro 2016
  • 8ª FeiraRural de Joane - 18 setembro 2016
  • 8º Encontro de Concertinas- 18 setembro 2016

Organizada pelo Grupo Etnográfico Rusga de Joane a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a 8ª edição da Feira Rural de Joane (V.N.Famalicão), decorre no dia 18 de setembro, no Parque da Ribeira, em Joane.

Neste certame, serão evidenciados a venda de produtos hortícolas, frutícolas, vinícolas, animais vivos, trajes, artesanato e tasquinhas tradicionais, através das bancas dos grupos folclóricos que recriam as feiras de finais de séc. XIX.

14233234_1040742806039418_8754094009057572087_n (1).jpg

De acordo com o sucesso obtido nas anteriores edições, a Feira Rural de Joane, pretende recuperar esses locais de comércios ancestral, contando com animação de grupos de folclore e encontro de concertinas, onde qualquer habilidoso e interessado pode participar, as inscrições são gratuitas.

No sábado, dia anterior à Feira Rural de Joane, antecede um arraial minhoto com animação tradicional, bem como, a grande novidade desta ano, a primeira edição do Bons Tons – International Drum Fest, tratando-se de um encontro internacional de grupos de precursão que animarão grande parte do sábado, organizado pelo CAISA e Toca – Centro de Artes.

PROGRAMA:

Sábado, 17 de setembro

> 17h - Bons Tons – International Drum Fest, com arruada e atuação de grupos de precursão. 
> 21h30 – Espetáculo “Manta de Retalhos” – Orquestra e coco comunitário

> 22h30 - Atuação dos grupos: Rancho Típico de Esposade (Matosinhos) e Rancho Folclórico de Dem (Caminha)

Domingo, 18 de setembro

> 9h - Abertura da 8ª Feira Rural de Joane 

> 15h - Atuação do Grupo de Danças e Cantares de Alfena (Porto)

> 16h30 - 8º Encontro de Concertinas de Joane 

FAMALICÃO NOMEIA CANDIDATOS A "FAMALICENSE D'OURO"

Já são conhecidos os nomeados da I Gala do Desporto de Famalicão. Vencedores serão revelados a 9 de outubro. Vinte e quatro na corrida ao “Famalicense D’ouro”

Já são conhecidos os 24 nomeados aos prémios “Famalicense D’Ouro”, os galardões que vão distinguir o mérito desportivo dos atletas, associações e clubes do concelho. Os nomes dos 8 vencedores serão conhecidos no próximo dia 9 de outubro, na I Gala do Desporto de Vila Nova de Famalicão que terá lugar no Pavilhão Municipal.

Vencedores serão revelados a 9 de outubro (1).jpg

Ao júri da iniciativa, composto por 14 individualidades ligadas ao mundo do jornalismo, cabe agora a escolha dos nomes que vão levar para casa os títulos de “Árbitro do Ano”, “Associação do Ano”, “Dirigente do Ano”, “Prémio Excelência”, “Treinador do Ano”, “Atleta Revelação Masculino” e “Atleta Revelação Feminino”.

Entretanto já se encontram abertas as votações para o “Evento do Ano”, cujo vencedor será escolhido pelo público através de uma votação online no portal do município, emwww.vilanovadefamalicao.org/_gala_do_desporto.

As “24 Horas BTT de Famalicão”, promovidas pela Associação Amigos do Pedal, o evento “Famalicão Dança”, organizado pela Associação Gindança e a “2.ª Meia Maratona de Vila Nova de Famalicão”, organizada pela Câmara Municipal, são as três provas desportivas escolhidas pelo júri para serem sujeitas à votação do público.

Homenagear os diferentes atletas, associações e clubes do concelho que na última época se destacaram pelos resultados de mérito nacional e internacional é o principal objetivo desta iniciativa promovida pela autarquia. 

Refira-se que para além dos “Galardões do Júri” serão ainda entregues os “Galardões dos Campeões” que serão diretamente atribuídos a todos os atletas e equipas que na última época desportiva, tenham vencido competições de nível internacional e/ou nacional.

FORTALEZA DE VALENÇA TEM VIDEOVIGILÂNCIA

A Câmara Municipal de Valença implementou um sistema de videovigilância na Fortaleza, de modo a reforçar as condições de segurança de pessoas e bens.

fortavigil.jpg

As bolsas de estacionamento das Portas do Sol, Cortinas de São Francisco, Portas da Gaviarra, Campo de Ténis, Portas do Meio e o topo da avenida de Cristelo, na Fortaleza, contam já com um sistema de videovigilância, com gravação 24 horas por dia. As principais áreas de estacionamento extra-muros da Fortaleza, bem como a principal porta de acesso ao centro histórico reforçam, assim as condições de segurança para as pessoas, veículos e mobiliário urbano.

A videovigilância implementado em Valença é um sistema moderno e eficaz que permite um registo continuo de imagens, 24 horas por dia, em vários ângulos garantindo uma melhor segurança de pessoas e bens.

Com este sistema de monitorização é possível reforçar as condições de segurança. Medidas necessárias, sobretudo, nos principais picos de afluência de visitantes à cidade. Recorde-se que entre 1 de janeiro e 30 de agosto, o Centro Histórico de Valença já superou 1 milhão e 400 mil visitantes.

FEIRA DO GARRANO E CORRIDAS DE CAVALOS ANIMAM PORTELA DE ALVITE EM MONÇÃO

Dias 11 e 12 de setembro, domingo e segunda-feira. Feira tradicional naquela área de montanha que divide as freguesias de Merufe, em Monção, e Sistelo, em Arcos de Valdevez, tem como finalidade a promoção do mundo rural e a valorização dos usos e costumes da região.

portela 07 (Large).JPG

Numa aposta clara em defender as tradições e costumes ancestrais e valorizar a identidade rural em áreas de montanha, as freguesias de Merufe, em Monção, e de Sistelo, em Arcos de Valdevez, promovem, pela décima segunda vez, a Feira Tradicional Interfreguesias da Portela de Alvite.

Marcada para este domingo e segunda-feira, dias 11 e 12 do corrente, no recinto da feira do gado, o certame dedicado ao mundo rural compreende feira do garrano, concurso de gado (barrosã, cachena e minhota), corridas de cavalos, noite de rusgas, e atuação do grupo “Sons da Terra”, na segunda-feira, com início às 16h00.

O programa engloba ainda um festival de folclore, a partir das 15h00 de domingo, com a presença do Grupo Folclórico Lavradeiras de São Pedro de Merufe, Grupo de Danças e Jogos Tradicionais de Sistelo, Rancho Folclórico “Os Moleirinhos do Gadanha” e Rancho Folclórico “Estrelas do Norte”, de Gonduriz.

O espaço, que divide os concelhos de Monção e Arcos de Valdevez, enche-se de expositores com material agrícola e tasquinhas com petiscos tradicionais e vinhos da região, sendo muito procurado pelos comerciantes de gado de vários pontos da região minhota.

A Feira Tradicional Interfreguesias da Portela de Alvite é organizada pela Associação de Desenvolvimento Integrado de Portela de Alvite e conta com a colaboração das autarquias de Monção e Arcos de Valdevez e Juntas de Freguesia de Merufe e Sistelo.

ARCUENSE ANTÓNIA MARTINS VOLTA A INTEGRAR SELEÇÃO NACIONAL FEMININA DE RUGBY

O Município de Arcos de Valdevez congratula mais uma vez, a atleta do CRAV, Antónia Martins, que volta a integrar a Seleção Nacional Feminina de Sevens (Sub 18) desta vez em Vichy, França, no 3º Campeonato da Europa Sevens Feminino U18, a realizar nos dias 10 e 11 de setembro de 2016.

image003mmmm.png

Saudamos de igual modo, todo o movimento associativo arcuense pelo dinamismo e vitalidade que têm demonstrado, quer através da promoção de talentos, quer pelos excelentes resultados alcançados nas mais variadas competições desportivas.

É um orgulho para o Município e todos os arcuenses, ver reconhecido o talento dos nossos atletas e o trabalho dos nossos clubes desportivos nas várias competições nacionais e internacionais, elevando o nome do nosso concelho.

QUARTETO DE CORDAS REALIZA CONCERTO EM GUIMARÃES

ESTA SEXTA-FEIRA E SÁBADO À NOITE

Quarteto de Cordas de Guimarães atua na Plataforma das Artes e na vila de Ronfe

Novo projeto cultural vimaranense, com quatro residências artísticas em 2016, conclui semana com um espetáculo no centro da cidade e outro no concelho. Entrada livre.

Quarteto_Cordas_Guimaraes.jpg

A terceira residência artística do Quarteto de Cordas de Guimarães vai terminar com um concerto na Black Box da Plataforma das Artes e da Criatividade, esta sexta-feira, 09 de setembro, às 22 horas, realizando-se na noite seguinte, 10 de setembro, às 21:30 horas, uma atuação na Igreja Paroquial de Ronfe, no âmbito do projeto “ExcentriCidade - Outros Palcos, Mais Cultura”.

O Quarteto de Cordas de Guimarães é uma inovadora aposta de residência artística, que visa desenvolver uma oferta constante na área da música de câmara, a partir de Guimarães. Este projeto cultural tem como base a realização de uma série de concertos regulares na cidade e no concelho, promovendo Guimarães como plataforma de criação própria que servirá de embaixador da cidade, tanto em Portugal como no estrangeiro.

A criação de uma forte identidade artística, aliada à promoção de novas pontes com outras artes, tais como as artes visuais, dança e artes plásticas, fomentando a criação artística “made in Guimarães”, são os principais objetivos desta formação que, nesta terceira residência artística, atuará de acordo com o seguinte alinhamento: G. Puccini Crisantemi, D. Schostakovich Quarteto nº 8 em Dó Menor op. 110, F. Schubert e Quarteto n. 14 em Ré Menor “A Morte e a Donzela”.

Os violinistas Emanuel Salvador e Álvaro Pereira, a polaca Emilia Goch (viola d’arco) e a violoncelista Catarina Gonçalves são os quatro músicos que integram este projeto, que terá mais um momento alto em 2016. A última residência artística do ano decorrerá no dia 12 de dezembro, com os concertos a decorrerem nas noites de 16 e 17 do mesmo mês, tendo como propostas musicais F. Branco Quarteto nº 1 e E. Grieg G minor.

BRAGA PROMOVE MEDIDAS DE APOIO AOS IDOSOS

Conselho Municipal de Reformados Pensionistas e Idosos

Medidas promovidas pelo Município melhoram qualidade de vida dos idosos

O Conselho Municipal de Reformados Pensionistas e Idosos reuniu ontem, dia 7 de Setembro, no salão Nobre dos Paços do Concelho. Este órgão permite ao Município estimular o diálogo e a proximidade com as associações e instituições que estão vocacionadas para o acompanhamento das pessoas idosas e reformadas, para desse modo se definirem as políticas municipais direccionadas para este grupo etário.

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001806.jpg

Na ocasião, foram abordadas as acções previstas no âmbito do Município para a promoção do envelhecimento activo. “Estamos empenhados em desenvolver respostas que contribuam para que a população idosa continue a desenvolver e a partilhar as suas experiências, a cumprir um papel activo na sociedade e a viverem as suas vidas de maneira saudável, independentemente da idade”, afirmou Ricardo rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Nesta área realçam-se medidas como o plano municipal gerontológico, o cartão Braga Sénior, os projectos Avóspedagem, Mais 65, Boccia Sénior, Envelhecimento e Saúde, CASO (Centro de Apoio à Saúde Oral), Café Memória, Sioslife e Sentir a Música, bem como o Banco Solidário de Braga, a Bolsa Braga Sol, o workshop “Receitas Tradicionais”, as formações em TIC Sénior e Inglês Sénior, os eventos de estímulo ao convívio e combate à solidão - dos quais se destacam a ida à Malafaia, o Dia de Avós e netos e a iniciativa ´Do Salão à Discoteca´ - e os vários benefícios sociais com vista à melhoria da condição socioeconómica dos idosos.

“Estas são medidas que implementamos de raiz ou que já existiam, tinham mérito reconhecido e reforçamos. Temos sempre a preocupação de ouvir os agentes para que possamos ir ao encontro das suas reais necessidades e pretensões. Desde o primeiro momento que assumimos que as respostas sociais e o bem-estar dos cidadãos mais vulneráveis são a nossa principal prioridade e temos trabalhado para que os idosos desfrutem de uma qualidade de vida cada vez maior”, disse.

Ricardo Rio anunciou ainda que o Município encontra-se em fase de implementação do projecto “Balcão Sénior”, com vista a criar uma resposta de proximidade, qualidade e acompanhamento humanizado aos idosos do Concelho.

“O projecto pretende constituir uma rede de suporte social aos idosos em situação de vulnerabilidade social e será um referencial na área da prevenção, intervenção e combate ao isolamento social. Proporcionará um serviço de atendimento especializado, de acompanhamento e apoio nas actividades de vida diária e de facilitação no acesso aos serviços da comunidade”, explicou.

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001810.jpg

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001811.jpg

ESPAÇO GUIMARÃES OFERECE BILHETES PARA A ANTESTREIA DO FILME “O BEBÉ DE BRIDGET JONES”

Passatempo decorre até às 18 horas desta sexta-feira, 9 de setembro

Espaço Guimarães oferece 20 bilhetes duplos para a antestreia do filme «O Bebé de Bridget Jones»

A saga Bridget Jones está de regresso aos cinemas portugueses e o Espaço Guimarães será um dos primeiros a receber o novo filme. A antestreia é já no dia 13 de setembro e o centro comercial tem 20 entradas duplas para oferecer.

bdg.png

Guimarães, 8 de setembro de 2016 –Entre os dias 7 e 9 de setembro, o centro comercialEspaço Guimarães, gerido pela Klépierre,promove um passatempo no seu Facebook que oferece 40 lugares para o novíssimo filme «O Bebé de Bridget Jones». A oferta é válida para a antestreia, que acontece a 13 de setembro, terça-feira, pelas 21:30 horas, nos cinemas Castello Lopes do centro comercial.

Para vencer o desafio, os interessados terão que estar entre os 20 mais rápidos a responder acertadamente a uma pergunta. Os vencedores serão anunciados na página de Facebookdo Espaço Guimarães até ao dia 12 de setembro, segunda-feira.

Bridget Jones é uma das sagas de comédia britânica mais conhecidas em todo o mundo e tem levado milhões de espectadores aos cinemas nos últimos anos. O Espaço Guimarães será um dos locais a receber o mais recente filme «O Bebé de Bridget Jones» em Portugal,e pretende dar aos seus seguidoresa oportunidade de assistirem em exclusivo à antestreia.

O regulamento poderá ser consultado na página de Facebook do Espaço Guimarães.

Sobre o Espaço Guimarães

Centro comercial localizado na zona oeste da cidade de Guimarães e inaugurado em Novembro de 2009, é atualmente gerido pela Klépierre Management Portugal. Com uma ABL de 48.000 m2, distribuídos por dois pisos, o espaço disponibiliza 129 espaços comerciais, lojas e restaurantes de referência nacional e internacional, incluindo 11 lojas âncora como Zara, H&M, Sport Zone, New Yorker, entre outras, para além de um hipermercado Jumbo de cerca de 16.000 m2. O Espaço Guimarães tem ainda um parque de estacionamento gratuito, exterior e coberto, que oferece mais de 1900 lugares de estacionamento. 

O Espaço Guimarães posiciona-se como um centro comercial moderno e de última geração, com uma originalidade arquitectónica que agrega dois formatos complementares: um Centro Comercial e um RetailPark de 7.000 m2, que permitem ao visitante ter acesso a uma zona de lojas de maior dimensão e, simultaneamente, uma maior diversidade de ofertas de qualidade. Para mais informações consultar o website do centro comercial em http://www.espacoguimaraes.pt e/ ou a página https://www.facebook.com/cc.espacoguimaraes.

Sobre a Klépierre Portugal

O Grupo Klépierre, especialista europeu em Centros Comerciais é um dos líderes indiscutíveis no mercado de imobiliário de retalho da Europa. A empresa proporciona às principais marcas um conjunto de ativos distribuídos por 16 países da Europa Continental, que atraem mais de 150 milhões de visitantes por ano. Com um portfólio avaliado em 22,1 mil milhões de euros e tendo como o seu principal acionista a Simon PropertyGroup, a Klépierre dispõe de uma grande experiência no desenvolvimento e gestão ativa de Centros Comerciais, tornando-se no parceiro ideal para as grandes cadeias de retalho, como para os operadores e comunidades locais. Com uma preocupação contínua na inovação da sua oferta comercial, no entretenimento e orientação para o cliente, o know-how que detém permite-lhe oferecer a melhor solução de gestão para centros comerciais, galerias comerciais e retailparks respondendo sempre às exigências de um mercado extremamente competitivo. Em Portugal, está presente no mercado há onze anos, destacando-se as propriedades do Parque Nascente no Porto, do Espaço Guimarães em Guimarães e do Aqua Portimão no Algarve, a co-propriedade do Minho Center em Braga, Gaia Jardim em Vila Nova de Gaia e os Centros Comerciais Continente de Loures e de Telheiras, bem como a gestão de outros ativos comerciais para terceiros. Mais informações sobre o Grupo Klépierre em www.klepierre.com

PÓVOA DE LANHOSO REALIZA SEMANA DA JUVENTUDE

Projeto Geração Lanhoso faz balanço positivo da participação na Semana da Juventude

As crianças inscritas na Ação 11 - Estratégias direcionadas para as crianças e jovens, promovendo estilos de vida saudáveis, do Projeto Geração Lanhoso terminaram, da melhor forma, a sua participação na Semana da Juventude, que foi promovida pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso em parceria com outras entidades entre os dias 6 e 12 de agosto.

Atividades durante a semana da juventude 4.jpg

Desta forma, o Projeto Geração Lanhoso dinamizou algumas atividades para estas e outras crianças que já estavam a participar no Campo de Férias “Férias Ativas”, iniciativa da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, sendo que o objetivo comum foi promover estilos de vida saudáveis em crianças e jovens do Município Povoense.

A participação na Semana da Juventude ficou marcada pelo espírito jovem, pela diversão, pela aprendizagem, pelo dinamismo e interação positiva entre todas as pessoas que participaram e os técnicos. O balanço é, pois, positivo.

Assim, para ocupar de forma divertida e saudável o tempo livre das crianças e jovens participantes, o Projeto Geração Lanhoso desenvolveu Ateliers de Dança, de Estampagem e Transformação de T-shirts, um Workshop sobre Suporte Básico de Vida, um Showcooking sobre Alimentação Saudável, Sessões com a GNR, como a Operação STOP e a sessão sobre Prevenção e Segurança Rodoviária, e ainda uma sessão dinamizada pelos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso. Para além destas atividades, as crianças tiveram a oportunidade de integrar nos torneios de Subbuteo, matraquilhos, FIFA’16 e Ténis de Mesa.

A participação destas crianças foi pensada numa abordagem holística e abrangente, tendo incidido em temáticas diversas (desportivas, atividades (re)criativas, educação para a saúde, alimentação saudável, prevenção e segurança rodoviária e ainda socorrismo/primeiros socorros), que visam sensibilizar e incutir nos participantes ideias de sustentabilidade, de entreajuda e partilha, responsabilidade pessoal e coletiva, princípios fundamentais no desenvolvimento saudável e completo. Para além disto, esta participação teve por objetivo combater a rotina monótona e absentista que muitas crianças e jovens adotam durante o período de férias escolares.

Na dinamização das atividades, o Projeto Geração Lanhoso contou com a colaboração da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, através dos Serviços de Ação Social e do Espaço Jovem, da CPCJ, do Centro de Saúde da Póvoa de Lanhoso, da GNR da Póvoa de Lanhoso e dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso.

De lembrar que o Projeto Geração Lanhoso tem a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso como parceiro local e a Sol do Ave - Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Ave como entidade promotora e coordenadora, sendo financiado no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), Tipologia de operação, Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS 3G). 

Atividades durante a semana da juventude 5.jpg

PÓVOA DE LANHOSO: FERREIROS JÁ TEM CENTRO DE CONVÍVIO

Já foi inaugurado o sétimo Centro de Convívio da Póvoa de Lanhoso. Trata-se do Centro de Convívio de Ferreiros, instalado no edifício da antiga escola.

Centro Convivio Ferreiros 1.jpg

A inauguração aconteceu na tarde de 15 de agosto. O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, e a Presidente da Junta de Freguesia de Ferreiros, Carla Ferreira, descerraram a placa alusiva àquele momento e o pároco Rafael Poças benzeu o espaço.

“É com todo o gosto que hoje inauguramos o sétimo edifício do Centro de Convívio na Póvoa de Lanhoso. Todos eles estão em antigas escolas. Desde que construímos os Centros Educativos, temos dado esta utilidade às escolas encerradas”, salientou, na sua intervenção Manuel Baptista, lembrando que uma bandeira do executivo que lidera tem sido a intervenção social. O autarca Povoense aproveitou a oportunidade para lançar um desafio a outras Juntas de Freguesia. “Faço aqui o desafio a alguns senhores Presidentes de Junta para que, tendo estas condições aqui em Ferreiros, este espaço magnífico, haja uma partilha entre a Junta de Ferreiros e os outros colegas do Baixo Concelho para que aumentem o número de utentes deste Centro de Convívio. Posso dizer-vos que a experiência é positiva”.

Já a Presidente da Junta, Carla Ferreira, referiu ser “com agrado que estamos aqui a inaugurar o Centro de Convívio” e, aproveitando palavras anteriores do pároco Rafael Poças, concluiu que “ as nossas crianças estudaram aqui e agora são os nossos pais e avós”.

O Centro de Convívio de Ferreiros funciona às segundas-feiras de manhã, das 9h30 às 11h30, e às quartas-feiras de tarde, das 14h00 às 17h00, tendo iniciado com mais de uma dezena de utentes.

Ao nível de atividades, são proporcionadas as mesmas que já existem junto dos utentes dos restantes Centros de Convívio espalhados pelo concelho: música, ginástica geriátrica, visitas culturais, convívios, atividades direcionadas para a saúde e comemoração de dias temáticos, de entre outras.

A população não faltou a este momento, que englobou ainda, no final, música e convívio.

Os Centros de Convívio são uma resposta social criada pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, com o apoio das Juntas de Freguesia, visando combater o isolamento social dos mais velhos e promover o envelhecimento ativo.

Centro Convivio Ferreiros 3.jpg

Centro Convivio Ferreiros 4.jpg

VILA VERDE PROMOVE GASTRONOMIA MINHOTA

Gastronomia minhota e desporto de natureza no próximo fim-de-semana da Rota das Colheitas!

A programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, tem levado os participantes numa viagem à descoberta das raízes da tradição minhota e conta, até ao momento, com mais de uma dezena de iniciativas de promoção e divulgação do genuíno pulsar do mundo rural.

DSC_0352.JPG

A epopeia prolonga-se até ao final de novembro e continua já no próximo fim de semana, 10 e 11 de setembro, com dois excelentes atrativo: a excelência da gastronomia regional e as deslumbrantes paisagens naturais do Vale do Homem. A Feira Tradicional da Lage, marcada para o dia 11 de setembro, teve que ser cancelada por motivos de logística.

O Restaurante do Alívio, em Soutelo, juntou-se à Rota com um dos mais conhecidos e apreciados pratos da região. As Papas de Sarrabulho e os Rojões à Moda do Minho vão ajudá-lo a recuperar energias para seguir uma programação vasta e diversificada. Os rojões e as papas saem quentinhos durante todo o fim de semana e vão certamente fazer as delícias de vilaverdenses e visitantes, que podem aproveitar a viagem para visitar um dos mais afamados locais de culto de toda a Zona Norte do país, o Santuário de Nossa Senhora do Alívio, localizado nas imediações do restaurante.

À descoberta da imensa beleza natural do Vale do Homem

Depois de uma refeição farta e saborosa, nada melhor que uma boa caminhada para desgastar calorias. Os amantes da natureza não vão querer perder um trilho que vai levar os participantes à descoberta do Vale do Homem, passando pelas freguesias de Lanhas e Sabariz. As maravilhas naturais das freguesias de Sabariz e Lanhas aparecem em lugar de destaque, com paisagens deslumbrantes e um percurso encantador. A vegetação densa e verdejante, rompida por impetuosamente pelos cursos de água, forma paisagens naturais que compõem quadros de enorme beleza e que espelham o encanto da região minhota em toda a sua plenitude. O trilho ‘À Descoberta do Vale do Homem’ tem lugar já no próximo domingo, 11 de setembro, e a concentração está marcada para as 08h30, na sede da Junta de Freguesia de Lanhas.

Feira Tradicional da Lage cancelada

A outra iniciativa marcada para o próximo domingo, 11 de setembro, teve que ser cancelada por questões de logística. As condições meteorológicas adversas dos últimos anos retiraram algum fulgor à Feira Tradicional do Monte de Santa Helena e a proliferação de feiras nas freguesias e concelhos limítrofes reduziu o número de feirantes e a organização vai mudar o figurino do evento nos próximos anos. O presidente da Junta, Carlos Pedro Castro, confirmou que a freguesia da Lage vai continuar com a participar Na Rota das Colheitas com duas iniciativas, mas a Feira Tradicional será substituída no próximo ano por outro evento relativo às colheitas e à tradição do mundo rural. De pedra e cal continua a ‘Matança da Ceba, Rejoada e Sopas de Cavalo Cansado’, uma recriação que decorre nos moldes tradicionais, que este ano tem lugar a 11 e 12 de novembro.

144222080227084.jpg

PRESIDENTE DA REPÚBLICA INAUGURA EM PONTE DE LIMA CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DA HISTÓRIA MILITAR

Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima – Inauguração Por sua Excelência o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no próximo Sábado - 10 de setembro – 12 horas

O Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima, instalado no Paço do Marquês, vai ser inaugurado oficialmente pelo Presidente da República, Prof. Dr. Marcelo Rebelo de Sousa, no próximo sábado, 10 de setembro, às 12 horas. A cerimónia contará também com a presença o Chefe do Governo de Andorra, Antoni Martí.

z-plima-histinau.jpg

 

O edifício do Paço do Marquês, situado em pleno centro histórico de Ponte de Lima, vai transformar-se num espaço museológico, resultado de um protocolo celebrado entre o Município de Ponte de Lima e o Exército Português.

O espaço pretende ser um museu vivo, interativo, abordando a história militar também no contexto da região e do país, mas com uma incidência especial sobre Ponte de Lima e o território circundante.

Desta forma, a preocupação central deste Centro de Interpretação é o conhecimento da história local, dos seus lugares, suas gentes e protagonistas, procurando perpetuar memórias de factos históricos relevantes e consciencializar as populações de hoje para a importância desses episódios, bem como a necessidade de se envolverem efetivamente num projeto que é de todos os ponte-limenses e que engloba todo o território do concelho.

Este novo equipamento enquadra-se na estratégia de promoção de uma rede de equipamentos de vocação cultural e turística, de promoção dos recursos endógenos, do património histórico e religioso local.

O programa da visita presidencial inclui ainda assistir ao tradicional Cortejo Etnográfico, na Avenida António Feijó, a partir das 16 horas, o que com certeza será um estímulo acrescido para que cada freguesia se esmere na sua apresentação, sendo este um dos principais momentos dos usos, costumes e tradições, que as Feiras Novas preservam.

CERVEIRENSES DESFOLHAM O MILHO

Terreiro transforma-se em eira comunitária no próximo sábado

A Desfolhada Tradicional Minhota é já um evento muito aguardado pela comunidade ce veirense, evocando a vivência de usos e costumes relacionados com o ciclo do milho. Todos os anos, em setembro, o centro histórico de Vila Nova de Cerveira transforma-se num espaço de convívio e partilha à moda antiga, acolhendo a interação e alegria de jovens e menos jovens. Recriação está agendada para este sábado, a partir das 21h30.

desfolhada 2016.jpg

Tudo é reconstituído como reza a tradição, com caráter autêntico e genuíno,desde o momento de virar o carro de bois e à desfolhada. Claro está que não falta a alegria dos sons e cantares tradicionais, contando com a presença do Rancho Folclórico de Campos, Rancho Folclórico e Etnográfico de Reboreda, Rancho Folclórico Infantil de Gondarém e Grupo de Cavaquinhos de Lovelhe.

O grande envolvimento da população de Vila Nova de Cerveira tem contribuído para que a Desfolhada Tradicional Minhota seja já uma referência no seio das manifestações etnográficas da região, com as gentes da terra a preservar usos e costumes do concelho.

Tradicionalmente conhecida como uma verdadeira festa minhota, a desfolhada associa ainda às danças, cantares e sons tradicionais, as estórias e as lendas, a gastronomia típica com a broa e o chouriço da região, acompanhados do bom vinho verde.Um dos momentos acontece com a descoberta do “milho rei” que, antigamente, protagonizava o roubo de um beijinho às raparigas que por ali trabalham…

Com organização da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e apoio da Comissão de Festas da Sra. da Ajuda, a Desfolhada Tradicional Minhota está agendada para este sábado, 10 de setembro, pelas 21h30, no Terreiro.Toda a população está convidada não só a assistir, mas a participar ativamente.

CABECEIRAS DE BASTO HOMENAGEIA OS SEUS CAMPEÕES

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto atribui duas Medalhas de Prata e dois Votos de Louvor e Congratulação Condecorações serão entregues no Dia do Município, a 29 de setembro

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, na sua última reunião, no dia 2 de setembro, a atribuição de duas Medalhas de Prata a Bernardino Pacheco Pereira, em reconhecimento pelos êxitos alcançados no campo desportivo enquanto atleta veterano na modalidade de atletismo, e a Francisco Teixeira, a título póstumo, pelos bons serviços prestados às populações enquanto funcionário municipal.

O Executivo Cabeceirense deliberou, ainda, atribuir dois Votos de Louvor e Congratulação aos músicos Hélder António da Silva Gonçalves e João Casimiro Almeida que através dos seus excelentes currículos têm promovido e divulgado Cabeceiras de Basto e contribuído para o aumento da imagem e do prestígio do nosso concelho.

Os galardões serão entregues em cerimónia pública a realizar no Dia do Município, em 29 de setembro próximo.

Bernardino Pacheco Pereira.jpg

Bernardino Pacheco Pereira, natural de Outeiro, concelho de Cabeceiras de Basto, foi já agraciado pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto com Votos de Louvor, Congratulação e Regozijo, em 2011 e 2014, por feitos extraordinários no desporto que o Município reconheceu que contribuíram para a promoção e divulgação do nosso concelho e para o reforço do prestígio e da imagem de Cabeceiras de Basto.

Com efeito, Bernardino Pacheco Pereira, quando tinha 64 anos de idade, deu início a uma carreira fantástica no atletismo, na categoria de veteranos, carreira ganhadora que continua hoje apesar de ter já completado 80 anos no passado mês de março.

De 2005 a 2016 são inúmeras as vitórias alcançadas por Bernardino Pereira. A última, este ano, foi a conquista de duas Medalhas de Ouro nos 10.000 metros e na Meia Maratona, nos Europeus, em Vila Real de Sto. António, Portugal.

A Câmara Municipal deliberou, agora, condecorar o atleta veterano Bernardino Pacheco Pereira com a atribuição da Medalha de Mérito Público de Cabeceiras de Basto – Grau Prata, uma vez que a sua participação vitoriosa com a obtenção de inúmeros títulos e Medalhas de Ouro, Prata e Bronze em participações nacionais e internacionais, tem contribuído para a promoção e valorização do desporto em geral e do atletismo em particular, mas também para a promoção do nosso país e do nosso concelho em Portugal e no mundo.

Francisco Teixeira.JPG

Francisco Teixeira, nascido em 1958 na freguesia de Refojos de Basto, foi trabalhador da Câmara Municipal desde 1 de fevereiro de 1981, até à data do seu nefasto e precoce falecimento aos 56 anos de idade quando desempenhava as funções de encarregado geral operacional depois de ter iniciado a sua carreira como assalariado e canalizador e posteriormente mestre e encarregado.

Ao longo da sua vida profissional, ao serviço do Município, o Senhor Francisco Teixeira desempenhou a sua função, com um profissionalismo inexcedível, responsabilidade, dedicação, zelo, empenho, disponibilidade e entrega, dignos de realce, e foi exemplo de trabalho e dinamismo em prol da causa pública e dos Munícipes, reconhecido pela Câmara Municipal com menção de mérito excecional.

O Executivo Cabeceirense deliberou, assim, condecorar, a título póstumo, o Senhor Francisco Teixeira com a atribuição da Medalha Municipal de Bons Serviços, Grau Prata, com o objetivo de distinguir o contributo que deu, através da sua atividade profissional, para a melhoria da qualidade de vida das populações.

Hélder  Gonçalves (imagem direitos reservados).jpg

Hélder António da Silva Gonçalves é hoje um jovem Cabeceirense prodígio no mundo da música. Com 35 anos de idade, conseguiu já atingir um patamar de elevado destaque no panorama nacional. Com efeito, é músico honorífico dos quadros da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana onde é solista. É também solista na Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras. É professor de clarinete e orquestra no Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa e Cascais. É igualmente professor de clarinete convidado da “Master Classe” que se realiza em Amarante e que conta com a participação de professores e maestros nacionais e internacionais e, também, de alunos do Ensino Superior de vários pontos do país.

Hélder António da Silva Gonçalves, nascido em 1980, em Refojos de Basto, iniciou o seu percurso musical na Banda Cabeceirense quando tinha apenas 9 anos de idade, tendo ingressado, aos 14 anos, na Escola Profissional Artística do Vale do Ave (ARTAVE) na classe do professor Francisco Ribeiro. Concluiu os estudos em clarinete com a melhor nota do seu curso com 19 valores. Aos 22 anos concluiu a Licenciatura na Escola Superior de Música de Lisboa e começou a dar aulas de clarinete no Conservatório Regional de Música de Coimbra. Mais tarde concluiu o Mestrado e o Curso de Direção de Orquestra.

Integra atualmente as principais Orquestras Nacionais.

A Câmara Municipal em reconhecimento pelos êxitos alcançados na área a Música deliberou aprovar um voto de louvor e congratulação ao músico Hélder Gonçalves.

João Casimiro Almeida (imagem direitos reservados).jpg

João Casimiro Almeida tem já um percurso de sucesso na área da música, mais concretamente na vertente piano, confirmado pelos inúmeros prémios conseguidos nos últimos anos em concursos nacionais e internacionais dos quais se destacam: 1º prémio no ‘Concurso Nacional Paços Premium’ em 2013; prémio honorífico David Russell e prémio extraordinário do Júri nos Prémios David Russell, em Vigo, em 2014; 1º prémio e melhor interpretação de peça portuguesa, ambos ex-aequo, no IX Concurso de Piano da Póvoa de Varzim, também em 2014 e 1º prémio e prémio de melhor representação de peça portuguesa no XVII Concurso Internacional do Fundão, em 2016.

João Casimiro Almeida, nascido em 1994, tem as suas origens em Cabeceiras de Basto, pois é filho e neto de Cabeceirenses.

Licenciado em Performance de Piano pela ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo tendo obtido elevada classificação a Piano e Música de Câmara, João Casimiro Almeida frequenta atualmente o 2º ciclo superior de Piano – Mestrado – no Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris.

Este jovem talento conta já com uma vasta experiência como solista, destacando-se recitais em Guimarães, Fafe, Póvoa de Varzim, Aveiro, Alcobaça, Vigo ou Casa da Música, no Porto. Ao nível da música de câmara tocou já em diversas formações: Trio com Clarinete e Violoncelo; Quinteto de Sopros com Piano; Trio com Clarinete ou Quinteto de Cordas com Piano.

Pelos inúmeros prémios conseguidos nos últimos anos em concursos nacionais e internacionais, a Câmara Municipal deliberou aprovar um voto de louvor e congratulação ao jovem músico João Casimiro Almeida.

PARQUIMETROS: MUNICÍPIO DE MONÇÃO REALIZA REUNIÃO DE TRABALHO COM COMERCIANTES E MORADORES

A Câmara Municipal de Monção e a Associação Comercial ouviram os comerciantes e moradores sobre a continuidade ou não do estacionamento pago no centro histórico da vila. A breve prazo, será apresentada uma proposta para análise e votação no executivo municipal. 

parquimetros 01 (Large).JPG

A instalação de zonas de estacionamento pago no centro histórico da vila de Monção teve como finalidade a regularização do trânsito e “impedir” que os funcionários da Câmara Municipal, do palácio da justiça e das entidades bancárias estacionassem a sua viatura naquela zona durante todo o período laboral.

A concessão, que durou oito anos, terminou no passado mês de julho, equacionando-se agora a continuidade ou não do estacionamento pago. Nesse sentido, a Câmara Municipal de Monção e a Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço promoveram uma reunião de trabalho com os moradores e empresários locais para aferir a sua sensibilidade relativamente a esta questão.

Realizada ontem ao final da tarde, no Museu do Alvarinho, com a presença do autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, a responsável pelo pelouro do urbanismo, Conceição Soares, e o representante da associação comercial, Vítor Alves, a reunião contou com a participação de cerca de vinte empresários que “lançaram” algumas sugestões e recomendações.

Ao longo de hora e meia de discussão, houve quem defendesse a extinção dos parquímetros com regresso ao estacionamento gratuito e sem limite de permanência e quem optasse pela sua continuidade com a introdução de algumas alterações ao regulamento inicial.

Entre estas, a gratuitidade da primeira hora de estacionamento, a entrega de cartões/passes a comerciantes e moradores, e a possibilidade de estacionamento livre durante todo o fim-de-semana, contrariando a concessão anterior que implicava pagamento ao sábado de manhã.

Assumido por todos que a concessão falhou devido à falta de fiscalização por parte da empresa responsável, é praticamente ponto assente que, em caso de permanência do estacionamento pago, a gestão do sistema passará a ser efetuada por funcionários da autarquia.

Ouvidos os empresários e moradores, segue-se, a breve prazo, a apresentação de uma proposta para análise e votação em reunião do executivo municipal. Entretanto, para não “enganar” os munícipes e visitantes, os parquímetros passarão a ostentar a mensagem “fora de serviço”.

Neste encontro, os autarcas esclareceram ainda que as intervenções futuras nas duas principais praças do centro histórico, Praça Deu-la-Deu e Praça da República, vão privilegiar o peão com mais uma rua pedonal e passeios mais largos, assistindo-se à diminuição dos lugares de estacionamento.

Parquimetros 02 (Large).JPG

Parquimetros 03 (Large).JPG

FAMALICÃO: EMBAIXADOR DO JAPÃO INDICA CAMINHO PARA O INVESTIMENTO NO SEU PAÍS

‘Famalicão Made INternational’ regressa a 16 de setembro com conferência para capacitar empresas para exportação

Hiroshi Azuma, Embaixador do Japão em Portugal, protagoniza a apresentação das oportunidades de negócio que o mercado nipónico tem para oferecer, principal ponto do programa da segunda conferência de ‘Famalicão Made INternational’ a ter lugar no próximo dia 16 de setembro, a partir das 14h30, na Casa do Território, Parque da Devesa.

Conferência decorrerá na Casa do Território.jpg

O Japão enquanto destino de investimentos para os empresários famalicenses é agora o foco desta iniciativa da Câmara Municipal promovida pelo Famalicão Made IN. O objetivo, já se sabe, é capacitar as empresas no sentido do reforço da sua competitividade e potenciar a vocação exportadora junto das startups e das PME, tendo em vista o alargamento da base exportadora do concelho.

Esta segunda conferência de ‘Famalicão Made INternational’ reserva na apresentação dos ‘Embaixadores Famalicenses no Japão’ outro dos seus pontos altos. Será depois complementada com quatro ’oficinas de exportação’ de natureza prática, dinamizadas pelos empresários que abraçaram o papel de embaixadores, nos dias 22 e 29 de setembro, 6 e 13 de outubro, no Gabinete de Apoio ao Empreendedor.

A capacitação do território é vista como fundamental nesta estratégia do executivo liderado por Paulo Cunha de internacionalização da economia famalicense. Famalicão impõe-se como o terceiro concelho mais exportador do país, mas, na opinião do autarca, “a Câmara Municipal tem que continuar a colocar a sua força institucional ao serviço das empresas”. “É verdade que nos preocupamos com as empresas que já exportam, mas não é menos verdade que nos preocupamos ainda mais com as empresas que não exportam”, argumenta.

Com a cooperação da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e da ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, ‘Famalicão Made INternational’ consiste em quatro conferências dedicadas às oportunidades de negócio em quatro mercados externos: França, Japão, Estados Unidos e Alemanha.

O programa desta conferência e o calendário das oficinas de exportação estão disponíveis para consulta em www.famalicaomadein.pt

SEDE DA CASA DE PONTE DE LIMA EM LISBOA VAI SER DEMOLIDA

A sede social da Casa do Concelho de Ponte de Lima, em Lisboa, vai ser demolida. Os trabalhos já se iniciaram e todos os prédios em redor já foram demolidos com vista à requalificação urbana daquela zona degradada da rua de Campolide que inclui o alargamento daquela movimentada artéria da cidade e dar continuidade ao "corredor verde" que atravessa aquele local.

CCPL 011.JPG

O prédio onde desde 1988, funcionou a Casa de Ponte de Lima, é propriedade da Câmara Municipal de Lisboa, tendo anteriormente ali estado instalada uma fábrica de construção de elevadores da marca “Celta”.

Durante a primeira década de existência, os dirigentes daquela associação regionalista planeavam a construção de novas instalações noutro local de acordo com um projecto ambicioso com vários pisos que incluía a instalação de biblioteca, sala de exposições, áreas de alojamento e uma quinta típica, tendo chegado inclusive a efectuar diligências nesse sentido junto da Câmara Municipal de Lisboa. Porém, o abandono desse objectivo e a condução errática que vem seguindo estão a condená-la ao desaparecimento.

A sua reinstalação poderá ser resolvida através da cedência de novas instalações por parte da autarquia lisboeta a qual, certamente, terá em consideração as suas reais necessidades que serão determinadas pela actividade que ultimamente vem mantendo, o que pressagia tempos difíceis para aquela coletividade.

CCPL 008.JPG

CCPL 013.JPG