Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

SESSÃO ÀS 10 HORAS 

Agenda do Executivo para a reunião de Câmara desta quinta-feira, 08 de setembro de 2016

36 pontos fazem parte da Ordem de Trabalhos da reunião programada para a manhã desta quinta-feira, com início às 10 horas, na Sala de Reuniões da Câmara Municipal.

A geminação com a cidade francesa de Dijon, a atribuição de um subsídio à Junta de Freguesia de São Torcato para a requalificação da Rua de Souto, Rua França, Rua do Outeiro e Rua de Entre Paredes e a assunção do Município de Guimarães como Autoridade de Transportes são alguns dos assuntos que serão apreciados esta quinta-feira, 08 de setembro, na reunião quinzenal do Executivo Municipal, agendada para as 10 horas, na Sala de Reuniões dos Paços do Concelho de Guimarães.

No início da reunião, será dada a conhecer informação relativamente à aquisição de parcelas de terreno para a construção de um parque de estacionamento na Rua de Camões. Depois, a Vereação vai apreciar o início de um procedimento para a elaboração de um regulamento para um concurso de ideias no âmbito da gestão e do planeamento territorial do concelho e o início de um procedimento para a alteração do Regulamento do Conselho Municipal de Segurança de Guimarães. A instalação de um parque de patinagem e skate num terreno propriedade do Vitória Sport Clube e um acordo para a concessão de utilização privativa de bens do domínio público e constituição de direito de superfície é outro tema da reunião.

Entre outros assuntos, será apreciada igualmente a atribuição de verba aos Agrupamentos de Escolas para o fornecimento de lanches diários, no âmbito da educação pré-escolar, tendo em vista o ano letivo 2016/2017. O Executivo vai pronunciar-se ainda sobre alterações de trânsito decorrentes da empreitada de “Requalificação do Parque das Hortas e área envolvente”, prolongamento da zona de estacionamento de duração limitada da Rua Dr. José Sampaio e extinção da zona de estacionamento de duração limitada no Largo República do Brasil e afetação de lugares do lado poente.

A ordem de trabalhos completa da reunião do Executivo Municipal é a seguinte:

01 - Hasta Pública nº 3-2016 - Venda de viaturas abandonadas na via pública, veículos e equipamento do Município

02 - Aquisição de terreno para o parque de estacionamento Camões - Parcela 11-24

03 - Aquisição de terreno para o parque de estacionamento Camões - parcela 12-25

04 - Aquisição de terreno para o parque de estacionamento Camões - parcela 4-1

05 - Aquisição de terreno para o parque de estacionamento Camões - parcela 13-26

06 - Requalificação do Largo de Donães - Oliveira do Castelo - Conta Final

07 - Reperfilamento do troço viário entre a EN101 e a área central da Vila de Ponte - 1ª Fase - 1ª FASE - Informação de início de procedimento.

08 - Aprovação da ata da reunião ordinária de 28 de julho de 2016

09 - Assunção do Município de Guimarães como Autoridade de Transportes.

10 - Geminação com a Cidade de Dijon-França

11 - Academia de Ginástica Desportiva - Costa - Aprovação da Minuta do Contrato - Ratificação

12 - Freguesia de São Torcato – Atribuição de subsídio para a requalificação da Rua de Souto, Rua França, Rua do Outeiro e Rua de Entre Paredes.

13 - Oferta de três bandeiras - Junta de Freguesia de Ponte

14 - Processo de Licenciamento de Unidade Industrial nº 534/14 - Ecoibéria Reciclados Ibéricos SA - Freguesia de Penselo

15 - Regulamento Municipal – Início de procedimento para elaboração de um regulamento para um concurso de ideias no âmbito da gestão e do planeamento territorial do concelho

16 - Regulamento Municipal - Início de procedimento para alteração do Regulamento do Conselho Municipal de Segurança de Guimarães 

17 - Fornecimento de gasóleo rodoviário a granel - 1.800.000 litros - Aprovação da Minuta do Contrato - Ratificação

18 - Aquisição de serviços – Energia elétrica para iluminação pública e para diversas instalações pertencentes à Câmara Municipal de Guimarães - Adjudicação

19 - Alteração de trânsito em Selho (S. Lourenço) - União de Freguesias de Selho São Lourenço e Gominhães

20 - Alterações de trânsito decorrentes da empreitada de “Requalificação do Parque das Hortas e área envolvente”.

21 - Prolongamento da zona de estacionamento de duração limitada da Rua Dr. José Sampaio.

22 - Extinção da zona de estacionamento de duração limitada no Largo República do Brasil e afetação de lugares do lado poente.

23 - Irmandade de São Torcato - Apoio à instalação de um parque infantil em São Torcato.

24 - Subsídio - Conferência Internacional -Contextile 2016 - Bienal de Arte Têxtil Contemporânea

25 - Proposta de Celebração de Adenda aos protocolos de Colaboração com os Agrupamentos de Escolas no âmbito das AEC no 1.º CEB - Ano letivo 2016/2017

26 - Atribuição de verba aos Agrupamentos de Escolas para fornecimento de lanches diários - AAAF na Educação Pré-Escolar - Ano letivo 2016/2017

27 - Ratificação Fundo de Maneio Julho2016

28 - Centro Social, Cultural e Desportivo de Silvares - Atribuição de Subsídio.

29 - Projeto Social Raízes - Continuidade do Projeto - Freguesia de Moreira de Cónegos

30 - Grupo Folclórico A. C. R. Conde - Pedido de cedência autocarro - Ratificação

31 - Grupo Folclórico de Polvoreira - Pedido de cedência de autocarro para os dias 12 e 19 de setembro de 2016.

32 - Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP - atribuição de subsídio

33 - Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição - Protocolo - ratificação.

34 - Instalação de um parque de patinagem e skate num terreno propriedade do Vitória Sport Clube – Acordo para concessão de utilização privativa de bens do domínio público e constituição de direito de superfície

35 - Fundo de Maneiro - Reforço de Fundo de Maneio do Departamento de Administração Geral 

36 - Aprovação da ata em minuta

Ligação para transferência dos documentos que serão apreciados na Reunião de Câmara (08.09.2016): https://we.tl/sdFEeSEesD (link disponível até 13 de setembro 2016)

PONTE DE LIMA EVOCA CARDEAL SARAIVA

Biblioteca Municipal de Ponte de Lima acolhe terceira conferência sobre Cardeal Saraiva

O Município de Ponte de Lima promove no próximo dia 23 de Setembro, pelas 19h00, a terceira conferência dedicada a uma das personalidades mais elevadas da cultura local – o insigne Cardeal Saraiva. Intitulada Frei Francisco de S. Luís: académico e filólogo, a palestra orientada por Telmo Verdelho, professor catedrático da Universidade de Aveiro, versará sobre a importante passagem do monge beneditino pela academia de Coimbra, evocará o seu legado literário e abordará a vertente filológica do ilustre limiano.

CARTAZ Conferência Telmo Verdelho.jpg

A sessão, inserida nas comemorações dos 250 anos sobre o nascimento do Cardeal Saraiva, decorrerá no Auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima - palco privilegiado do ciclo de sete conferências de tributo que se estende até final do ano.

A próxima comunicação – O Cardeal Saraiva e o conflito entre o Estado e a Igreja na Revolução Liberal portuguesa -, orientada por Afonso Rocha, está agendada para 21 de Outubro. Seguem-se, a 11 de Novembro, D. Frei Francisco de S. Luís e os estudos literários, por Cândido Martins, e, a 02 de Dezembro, Tensões e conflitos entre liberais e absolutistas no Alto Minho no tempo de Cardeal Saraiva, por Alexandra Esteves. Por seu turno, a conferência Frei Francisco de S. Luís e o nosso tempo, de Oliveira Ramos, contínua sem previsão de data.

Sobre o palestrante:

Natural de Vale de Gouvinhas, Mirandela, Telmo dos Santos Verdelho é licenciado pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e doutorado pela Universidade de Aveiro, onde é professor catedrático na área da Linguística.

Considerado o maior especialista português em Lexicografia, Telmo Verdelho congrega no seu currículo diversos artigos e publicações de que destacamos As palavras e as ideias na Revolução Liberal de 1820 (1981), Latinização na história da língua portuguesa: o testemunho dos dicionários (1987), As origens da gramaticografia e da lexicografia latino-portuguesas (1995), Terminologias na língua portuguesa: perspectiva diacrónica (1998), entre outros.

SÉNIORES DE FAMALICÃO CONVIVEM NA FEIRA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA

Mais de 600 idosos convivem na Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão. Tarde Sénior realiza-se amanhã, quinta-feira, a partir das 15h00

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, participa amanhã, quinta-feira, dia 8 de setembro, pelas 15h30, na “Tarde Sénior”.

O evento inserido na Feira de Artesanato e Gastronomia, que está a decorrer até ao próximo dia 11, é já uma tradição no concelho. As portas da Feira abrem-se aos seniores do concelho, para uma tarde repleta de animação e convívio.

Para já estão inscritas mais de 20 instituições sociais do concelho, que trazem até à Feira mais de 600 idosos, mas a entrada é livre a quem queira participar.

A tarde será animada TUSEFA – Tuna Sénior.

Refira-se que a Feira de Artesanato e Gastronomia decorre até ao próximo domingo, 11 de setembro e conta com a presença de mais de cem artesãos e cerca de uma dezena de restaurantes e tasquinhas.  O certame oferece aos visitantes a oportunidade de assistir ao vivo ao trabalho dos artesãos, que vão elaborando as suas peças nas mais diversas artes, da cestaria à tamancaria, serralharia, barro, tecelagem, ourivesaria, marcenaria, entre muitas outras.

À beleza e originalidade do artesanato, a feira junta os verdadeiros e genuínos sabores da gastronomia nacional. Tudo isto, num ambiente marcadamente popular animado pela presença de grupos folclóricos, cantares ao desafio e muita música tradicional portuguesa

PAN QUER DISCUTIR MOBILIDADE ELÉCTRICA

Orçamento de Estado 2017: PAN quer discutir mobilidade elétrica para todas as frotas públicas e bebidas vegetais nas escolas

  • Efetuar a renovação das frotas de transportes pesados de passageiros e automóveis ligeiros do Estado através da aquisição de veículos elétricos
  • Alternativa vegetal saudável e nutritiva para crianças que, por motivos de saúde, éticos e ambientais, não consomem leite de vaca

No âmbito das negociações do Orçamento do Estado (OE) para 2017, o PAN - Pessoas-Animais-Natureza, esteve ontem reunido com o Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, para apresentar as primeiras, de várias medidas que pretende ver integradas no próximo OE.

A mobilidade elétrica para todas as frotas públicas visa um compromisso por parte do Estado, já a partir de 2017 e ao longo dos próximos anos, ao garantir que a renovação das frotas de transportes pesados de passageiros e automóveis ligeiros se efetue através da aquisição de veículos elétricos. A definição de metas, seja temporal ou em número de veículos, ainda está em análise. Esta opção revela um exemplo de consciência ambiental que o Estado dá aos cidadãos, tendo em conta que os veículos elétricos são uma alternativa de mobilidade ambientalmente mais sustentável. Esta medida vai ao encontro da necessidade de reduzir a dependência energética e de reduzir a nossa pegada ecológica. Outros países europeus têm demonstrado ser este o caminho, como é o caso da Holanda que já anunciou que até 2025 pretende que apenas carros elétricos sejam comercializados no país. Na Alemanha tem-se apostado nos estímulos à compra de viaturas elétricas, sendo a sua meta a de um milhão de veículos deste tipo a circular naquele país até 2020.

Quanto à distribuição de bebidas vegetais, conhecidas como leite vegetal, nas escolas e atendendo a que o regime jurídico aplicável à atribuição e ao funcionamento dos apoios no âmbito da ação social escolar, já prevê a distribuição gratuita de leite nas escolas, o PAN considera que esta opção poderá acompanhar a necessidade de muitos pais e crianças que, por motivos de saúde, éticos e ambientais, não consomem leite de vaca. Para o PAN é essencial garantir uma alternativa saudável e nutritiva a estas crianças. Esta é também uma medida inclusiva que pretende reconhecer todas as opções. Para além do exposto, são cada vez mais os estudos científicos que demonstram que o consumo de leite pode ter efeitos negativos na saúde e bem-estar pelo que a sua substituição por bebidas vegetais alternativas ao leite tem-se mostrado vantajosa. Relembrar ainda que, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 5 de Setembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o consumo de leite mantém a tendência de redução dos últimos anos, tendo baixado 10%.

Outra medida apresentada prende-se com a dedução em sede de IRS para atividades relacionadas com o mercado da reparação e conversão de bens a incluir numa categoria já existente. O PAN pretende estimular este mercado através da dedução destas despesas em sede de IRS. O objetivo é aumentar a vida útil de bens e equipamentos do quotidiano, como calçado, roupa ou eletrodomésticos, em contraponto com a atual tendência para tornar tudo descartável.

UNIVERSIDADE DO MINHO REALIZA EM GUIMARÃES ENCONTRO DE ANTIGOS ALUNOS

INSCRIÇÕES ATÉ SEGUNDA-FEIRA, 12 SETEMBRO

Evento decorrerá num dos monumentos mais emblemáticos do país. Inscrições abertas até segunda-feira. Objetivo é promover momento privilegiado entre antigos colegas e amigos.

Alumni Uminho.jpg

A Universidade do Minho (UMinho) vai organizar em Guimarães o terceiro encontro de antigos estudantes, durante a realização de uma iniciativa agendada para o próximo dia 17 de setembro, sábado, a partir das 18:30 horas, no Paço dos Duques de Bragança. As inscrições, que terminam na próxima segunda-feira,12 de setembro, estão abertas a todos os antigos alunos da UMinho, que se podem fazer acompanhar por familiares e amigos, e realizam-se a partir da página principal do portal Alumni UMinho, através do endereço <https://alumni.uminho.pt>.

Com o mote “História com Futuro”, os Encontros Alumni são momentos privilegiados de reunião entre antigos colegas e amigos, permitindo recuperar memórias e revisitar tempos marcantes na vida dos atuais “Alumni”, reaproximando-os da Academia e reforçando as suas ligações à UMinho. Sob a designação “Encontro Caixa Alumni”, este evento tem por objetivo reunir o mais amplo número possível de ex-alunos, designadamente aqueles que se diplomaram há mais anos e não mantêm um contacto tão próximo com a Universidade.

O músico Miguel Araújo, autor do conhecido tema “Os Maridos das Outras”, é o artista convidado deste encontro. A UMinho tem vindo a destacar o percurso de alguns dos seus antigos alunos, onde se inclui a atual diretora do Paço dos Duques. Isabel Maria Fernandes nasceu no Porto e vive atualmente em Guimarães. É historiadora e Diretora do Museu de Alberto Sampaio, do Paço dos Duques de Bragança e do Castelo de Guimarães. Tem dedicado a sua carreira de 30 anos ao estudo da cerâmica portuguesa. É licenciada em História pela Universidade do Porto e  a sua tese de Doutoramento, na Universidade do Minho, teve como objeto de estudo a olaria preta e o seu contexto na produção e uso ao longo dos tempos.

MUNICÍPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ INVESTE MAIS DE 500 MIL EUROS NA REABILITAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS

Encontram-se em fase de execução e em fase de arranque, várias intervenções ao nível da reabilitação de vias municipais por todo o concelho, com um investimento total superior a 500 mil euros. Com estas intervenções pretende-se a beneficiação de vários troços de estradas e caminhos municipais assim como, arruamentos urbanos, cujos pavimentos betuminosos se encontram degradados.

image014 (1).jpg

Foi recentemente consignada a empreitada “Reabilitação de Vias Municipais - Bloco 2”, com um custo de 163.555,02 € e uma extensão total de cerca de 5 kms, que abrange as freguesias de Rio de Moinhos, Aguiã, Rio Frio, Miranda, Prozelo, Parada, Arcos S. Paio e Padreiro Sta Cristina e encontra-se em execução a empreitada “Reabilitação de Vias Municipais - Bloco 1”, com um custo de 360.400,64 € e uma extensão de cerca de 10 kms, que abrange as freguesias  de S. Cosme e S. Damião, Aboim das Choças, Giela, Sabadim, Souto, Tabaçô, Jolda Madalena, Rio Cabrão, Santar, Senharei e o Parque Empresarial de Paçô.

De referir, o papel preponderante dos Presidentes de Junta através da parceria com o Município na realização de obras de reabilitação, construção e beneficiação de vias municipais em várias freguesias e na celebração de protocolos, nomeadamente ao nível das acessibilidades. Com estas intervenções ao nível da rede viária, a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia estão a contribuir para a melhoria das condições de circulação e segurança rodoviária, assim como para a redução de tempos e os custos de transporte das populações à sede do concelho e aos serviços públicos, potenciando a atividade económica no concelho.

image010.jpg

image012.jpg

image016.jpg

image021.jpg

image025.jpg

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL BONS TONS

Festival Bons Tons é novidade da 8.ª Feira Rural de Joane

O som das caixas e dos bombos vai animar a vila famalicense de Joane no próximo sábado, dia 17 de setembro. Tudo por causa da primeira edição do “Bons Tons – International Drum Fest”, que este ano é a grande novidade da programação da 8.ª Feira Rural de Joane.

Festival Bons Tons é a grande novidade da edição deste ano da Feira Rural de Joane.jpg

Dedicado à música percussiva e coorganizado pela TOCA – Academia de Artes Performativas de Joane e pelo Grupo Etnográfico Rusga de Joane, o festival vai contar com a presença dos grupos Bomboémia – Grupo de Percussão da Universidade do Minho, Lousadarrufar – Orquestra de Percussão, Bombar’t, IPUM – Percussão Universitária do Minho, do projeto artístico da Galiza – PelePau, entre outros.

Para além dos concertos, que arrancam a partir das 15h00, no Parque da Ribeira, o certame contará ainda com uma vertente educativa, com a realização de workshops temáticos e de uma criação artística, intitulada “Mantas e Retalhos”, que contará com a participação da comunidade local, através de um trabalho em rede com as associações e instituições da vila de Joane e de outras freguesias vizinhas, tanto do concelho de Vila Nova de Famalicão como de Guimarães.

O festival, cuja organização conta com o apoio da Câmara Municipal de Famalicão e das Juntas de Freguesia de Joane (Famalicão), Airão e Vermil (Guimarães), é de entrada livre e está inserido na oitava edição da Feira Rural de Joane, que decorrerá nos dias 17 e 18 de setembro, no Parque da Ribeira, com a atuação de diversos grupos folclóricos e com um encontro de concertinas.

Riba de Ave veste-se de branco

A vila de Riba de Ave promove este sábado, dia 10 de setembro, a segunda edição da Noite Branca. A iniciativa é de entrada gratuita, decorrerá no Lugar da Ponte, a partir das 20h00 e contará com a animação do duo acústico PER7UME, da banda LoKapala e do DJ Lino Sampaio.

A organização está a cargo da Câmara Municipal de Famalicão, através do programa “Ave Cultural”, da Junta de Freguesia de Riba de Ave e da Associação dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, contando ainda com o apoio do comércio local.

Em virtude da realização do evento, informa-se que o trânsito estará cortado entre o Mercado da Fundação Narciso Ferreira e a entrada da Fábrica Sampaio Ferreira, entre as 20h00 e as 01h00.

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE BRAGA PRETENDEM FORTALECER RELAÇÃO COM A COMUNIDADE

Presidente da Associação apelou aos Cidadãos para serem sócios

O Capitão António Ferreira, presidente dos Bombeiros Voluntários de Braga, lançou um repto à comunidade Bracarense para que ajude a associação ao aderirem à campanha de angariação de novos. O responsável da corporação foi o convidado dos Transportes Urbanos de Braga (TUB) no arranque de um novo ciclo da iniciativa ‘Pequeno-Almoço com…’, que se realizou esta Quarta-feira, dia 7 de Setembro, nas instalações desta empresa municipal.

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001791.jpg

“Por apenas um euro por mês os Bracarenses podem fazer a diferença na vida da corporação. São muitas as dificuldades que sentimos no cumprimento da nossa missão e esta nova direcção está empenhada em dar a volta a esta situação, cumprindo com as suas obrigações”, garantiu António Ferreira.

Segundo o responsável, a corporação - fundada a 18 de Março de 1877 - não soube acompanhar a evolução dos tempos, como souberam outras corporações de localidades mais pequenas. “Braga dormiu em serviço. Até há bem pouco tempo tínhamos apenas 149 sócios quando, por exemplo, Barcelinhos tem 30 mil e Viatodos 27 mil. Actualmente temos mais de mil sócios mas o ideal seria atingir os 50 mil. É um caminho que temos que percorrer e Braga, uma Cidade pujante, cheia de juventude, tem de olhar para os concelhos vizinhos e fazer essa comparação”, apontou.

Os principais problemas com que a associação se depara são os elevados custos com o combustível e manutenção das viaturas, “muitas delas no limite das suas capacidades”, assim como a falta de condições de actual quartel. “O quartel não tem condições para responder às necessidades actuais desta corporação. Não existem zonas distintas para voluntários masculinos e femininos, não temos uma parada, uma sala de formação, nem capacidade para recolher as mais de 30 viaturas que possuímos, uma vez que o quartel só tem lotação para 12 viaturas, as restantes ficam na rua e muitas vezes são vandalizadas”, explicou António Ferreira.

O presidente dos Bombeiros Voluntários criticou a visão quer da associação, quer dos anteriores executivos, que “perderam a oportunidade” de aproveitar o ‘boom’ da construção civil, que se viveu há cerca de 25 anos, e não encontraram um terreno bem localizado para construir um quartel de raiz. “Nessa altura o poder autárquico não olhou bem para essa necessidade, porque se o tivesse feito creio que teriam encontrado uma solução em conjunto com a associação e com as forças vivas da Cidade”, considerou António Ferreira, acrescentando que o anterior executivo cedeu um terreno em S. Paio de Arcos, “mas a sua localização não é a melhor, uma vez que se encontra muito longe do centro da Cidade e os acessos são mais difíceis, o que prejudica quer o tempo de resposta à população, quer os próprios bombeiros voluntários que se deslocam diariamente ao quartel para se apresentarem ao serviço”.

Contudo, o responsável enalteceu a “postura e sensibilidade” do actual executivo que tem desempenhado um papel fundamental no apoio às necessidades da corporação. “Posso dizer que se no passado houvesse a mesma consciência e a forma como somos atendidos pelo actual poder autárquico, esse novo quartel teria sido uma realidade”, sublinhou, adiantando que o Município de Braga prestou todo o apoio a uma candidatura a fundos comunitários para obras no actual quartel. Se essa candidatura for aprovada pelo secretário de Estado da Administração Interna, as verbas serão destinadas à criação de zonas distintas para homens e mulheres e uma sala de formação.

Segundo António Ferreira, a nova direcção está a “desenvolver todos os esforços para colocar a associação no lugar que ela merece e combater o afastamento entre a mesma e a comunidade local” e, desde Maio passado, altura em que tomou posse, reuniu com todos os credores de forma a resolver a situação. “Batemos a todas as portas no sentido de encontrar solução para os nossos problemas e houve várias reacções. Houve quem nos perdoasse a dívida, houve quem perdoasse metade e houve quem facilitasse o pagamento de forma faseada, e hoje posso dizer que andamos de cara levantada, pois temos cumprido com todos os compromissos que assumimos”, sublinhou o Capitão.

Por seu turno, Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga e presidente do conselho de administração dos TUB, referiu que a associação dos Bombeiros Voluntários de Braga “será tão forte quanto os Bracarenses assim o entenderem”. Como tal, apelou à população para que se una em torno desta causa e que os cidadãos se tornarem sócios da corporação.

Recorde-se que todos os membros do actual executivo já aderiram à campanha de angariação de sócios para a associação dos Bombeiros Voluntários de Braga. Os interessados em contribuir podem fazê-lo apenas entrando em contacto telefónico com a corporação e, posteriormente, receberão em sua casa a referência para o pagamento das cotas anuais, que poderão efectuar em qualquer caixa multibanco.

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001794.jpg

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001795.jpg

CMB07092016SERGIOFREITAS0000001798.jpg

“EU SOU UM EXEMPLO QUE NÃO HÁ LIMITES PARA A CONCRETIZAÇÃO DOS NOSSOS OBJETIVOS”

Entrega de material escolar a 60 crianças do concelho oriundas de agregados familiares com dificuldades económicas decorreu esta manhã na Biblioteca Municipal de Monção. Autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, focou-se na sua experiência de vida para incentivar os jovens a estudarem. Iniciativa solidária teve apoio do Grupo Centro Funerário do Alto Minho (CFAM).

material 01 (Large).JPG

A Câmara Municipal de Monção está apostada em garantir um regresso às aulas em igualdade de circunstâncias a todos os alunos do concelho. Entre um conjunto de atividades previstas, umas já realizadas e outras por realizar, decorreu, na manhã de hoje, a entrega de material escolar a famílias monçanenses com dificuldades económicas.

A iniciativa, que teve lugar no auditório da Biblioteca Municipal de Monção, contou com a colaboração da iniciativa privada através do Grupo Centro Funerário do Alto Minho (CFAM), tendo sido contempladas 60 crianças acompanhadas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Monção.
Presente na cerimónia, o autarca monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, agradeceu o apoio dos parceiros, incentivou o meio empresarial a seguir o exemplo da CFAM e deu conta que este gesto, aparentemente simples, faz uma enorme diferença para as famílias com adversidades financeiras.
Focando-se na sua experiência familiar, Augusto de Oliveira Domingues, recordou aos jovens presentes que para singrar na vida não é necessário nascer numa família abastada mas sim ter vontade e uma noção muito clara que é preciso estudar, ser responsável e ter formação.
Acrescentou: “Munidos destas ferramentas, não há limites à concretização dos nossos objetivos. Eu sou um exemplo. Nasci numa família humilde, o meu pai faleceu quando tinha três anos, a minha mãe emigrou. Não tive uma vida facilitada mas consegui impor-me porque estudei e apostei na minha formação. Façam como eu. Acreditem. Empenhem-se. Um dia, os vossos sonhos serão uma realidade”.

material 02 (Large).JPG

material 03 (Large).JPG

material 04 (Large).JPG

FAMALICENSE É CAMPEÃ MUNDIAL DE KICKBOXING

Sofia Oliveira foi hoje recebida por Paulo Cunha na Câmara Municipal de Famalicão

É de Vila Nova de Famalicão a nova campeã mundial de juniores de kickboxing, na categoria -60kgs. Sofia Oliveira, 18 anos, conquistou o ouro na passada sexta-feira, 2 de setembro, no Campeonato do Mundo que decorreu em Dublin, na Irlanda, tendo batido uma adversária turca. E, na manhã desta quarta-feira, foi recebida pelo Presidente da Câmara Municipal nos Paços do Concelho. “Obrigado pelo título que trouxeste para Famalicão”, afirmou Paulo Cunha, para depois vincar que a jovem atleta é “brilhante e uma verdadeira heroína”, pelo que lhe adivinha uma “carreira auspiciosa”.

Paulo Cunha com Sofia Oliveira.jpg

Após um segundo lugar no Europeu e no Mundial, Sofia Oliveira partiu para Dublin focada no ouro e,“com raça, inteligência e explosão” – palavras do seu treinador José Araújo – arrasou toda a concorrência. Qual o sentimento de estar no lugar mais alto do pódio? “Uma emoção forte, uma alegria enorme e a confirmação de que valeu muito a pena tanto esforço”, expressou, agradecendo o “apoio incansável” da família, dos amigos e, em particular, do seu treinador.

Os projetos futuros são muitos e estão traçados, tendo Paulo Cunha garantido a Sofia o apoio da Câmara Municipal no âmbito da política desportiva municipal de apoio aos atletas de todas as modalidades. O campeonato nacional começa em dezembro. Até lá, Sofia enfrenta o enorme desafio de iniciar o percurso académico, aguardando admissão numa licenciatura em Engenharia Informática.

FAMALICÃO PROMOVE DEBATE NACIONAL SOBRE INCURSÕES VIKINGS EM PORTUGAL

Colóquio comemorativo “Mil anos de incursão normanda ao Castelo de Vermoim” conta já com cerca de 100 inscritos

O que fez o Castelo de Vermoim, cabeça de terra reconhecida, “merecer” ser atacado por um grupo de invasores tão popular como mortífero, como os vikings, durante uma incursão à região Entre-Douro-e-Minho, em 1016. Quais foram as suas motivações e qual a verdadeira importância do Castelo Vermoim? As questões que foram levantadas pelo professor da Universidade do Porto, Armando Coelho, serão certamente respondidas por especialistas no assunto, no próximo dia 17 de setembro, durante o colóquio comemorativo dos “Mil anos de incursão normanda ao Castelo de Vermoim”.

Castelo de Vermoim 03 (2).jpg

No dia em que se completaram exatamente mil anos sobre este acontecimento histórico, que se registou no dia 6 de setembro de 1016, Armando Coelho e Mário Jorge Barroca, ambos coordenadores científicos do colóquio, e ainda Nélson Pereira, responsável pela divisão da Cultura da Câmara Municipal de Famalicão, apresentaram em conferência de imprensa o evento, assim como as razões que levaram a autarquia famalicense a promover este debate sobre os vikings, algo que acontece pela primeira vez em Portugal.

O colóquio que conta já com cerca de cem pessoas inscritas, vai realizar-se no Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide, e trará a Portugal alguns dos mais destacados especialistas internacionais no tema das incursões normandas ou vikings na Europa. É o caso de Gareth Williams (British Museum, Londres), Stefan Brink (University of Aberdeen, Escócia), Alban Gautier (Université du Littoral, Boulogne, França), Irene García Losquiño (University of Aberdeen, Escócia), Fernando Alonso Romero (Universidade de Santiago de Compostela), Hermenegildo Fernandes (Universidade de Lisboa), Hélio Pires (IEM - FCSH, Universidade Nova de Lisboa), André Oliveira Marques (IEM - FCSH, Universidade Nova de Lisboa), Luís Amaral (Universidade do Porto), Mário Barroca (Universidade do Porto) e Francisco Queiroga (Universidade Fernando Pessoa).

Ao reunir alguns dos maiores especialistas internacionais na questão das incursões vikings, a organização pretende por um lado suscitar o interesse e atenção dos investigadores para este acontecimento, e por outro valorizar e salvaguardar o património cultural e paisagístico famalicense.

“Tem-se dado pouca importância histórica a esta vaga de incursões que atingiu o Castelo de Vermoim, sendo que o episódio era até desconhecido por muitos historiadores, no entanto, os vikings estiveram no Vale do Ave durante nove meses e é importante estudar mais sobre este acontecimento determinante no processo da fundação da nacionalidade portuguesa”, assinalou Armando Coelho. Para Mário Barroca“seria interessantíssimo que Portugal se começasse a interessar pelas incursões vikings”.

Desta forma, a autarquia irá aproveitar este evento para reforçar o processo de classificação como monumento nacional do conjunto arqueológico e patrimonial desta área do concelho, que se encontra pendente na Direção Geral da Cultura do Norte.

De acordo com Nélson Pereira  “existe neste momento um processo em curso que tem a ver com a intenção da Câmara Municipal de classificar toda aquela área dos montes de Vermoim, onde se enquadra o Castelo, mas também as mamoas, e os castros lá existentes”. “O colóquio servirá também para sublinhar a importância e urgência desta classificação”, acrescentou o responsável.

De acordo com o programa, o colóquio irá decorrer ao longo de todo o dia.  “Vamos fazer uma aproximação por grandes ciclos: vamos começar por uma visão europeia, depois vamos chegar à dimensão peninsular, depois à visão portuguesa e finalmente ao Castelo de Vermoim”, explicou Mário Barroca que considerou o programa “muito interessante para Famalicão, mas principalmente para os investigadores da arqueologia medieval”.

Armando Coelho abre o debate, pelas 10h10, com o tema “O espírito do tempo e do lugar”. Seguem-se Gareth Williams com “O Mundo Viking” e Stefan Brink com “Vikings escandinavos de volta para casa, fora da Europa; e o caso especial de Bjorn e Háteinn.

Da parte da tarde, pelas 15h00, é a vez de Alban Gautier falar sobre os “Grupos armados em ambos os lados do canal (865 – 899): Podemos investigar gangues vikings individuais?”. Seguem-se Irene Garcia Losqiño com o tema “Os Vikings na Península Ibérica: Novas perspetivas sobre o caso da Galiza”; Fernando Alonso Romero com “A navegação e itinerário do exército normando de Gunderedo (967 – 969); e Hermenegildo Fernandes com “Os Vikings e o mundo mulçumano”.

Por fim, a partir das 17h30, decorrem as intervenções de Hélio Pires “De Norte para Sul: os vikings em Portugal”; André Oliveira Marques com “As incursões vikings no Norte de Portugal: uma revisitação historiográfica”; e Francisco Queiroga com o tema do “Castelo de Vermoim”.

Mário Barroca, Nélson Pereira e Armando Coelho.jpg

PONTE DA BARCA CONSTRÓI ESTRADA DE NOGUEIRA

Ponte da Barca: Estrada de Nogueira em fase avançada de construção

Empreitada de mais de um milhão e meio de euros suportada na totalidade pelas verbas da autarquia de Ponte da Barca

GEDC0241.JPG

Encontra-se em fase avançada de construção, a Retificação e Pavimentação da Estrada Intermunicipal Nº532 (Estrada de Nogueira). A empreitada, adjudicada à Firma Sebastião da Rocha Barbosa, Lda, pelo valor de 1.699.955,30€, totalmente suportado pela Câmara Municipal de Ponte da Barca, era há muito um anseio da população, pois é uma via que atravessa as freguesias de Nogueira, Crastro (onde se encontra um dos três Centros escolares do concelho), Ruivos, Boivães e Grovelas, e que a população utiliza para se deslocar até à Sede do Concelho.

Alem de servir várias freguesias de Ponte da Barca, é uma estrada supramunicipal já que faz ligação com aosconcelhos de Vila Verde (Braga) e Ponte de Lima. Por outro lado, e numa vertente turística e patrimonial, potencia a promoção e visitação de Ponte da Barca pois serve de elo a um Mosteiro do séc XII, ao maior restaurante e centro de eventos da Região, a várias Casas de Turismo de Habitação, a um parque de campismo 'Glamping' e, futuramente, a um Hotel.

'Esta intervenção está a ser feita sem financiamento. Custa mais de um milhão e meio de euros e tem que ser suportada pelas verbas da autarquia', diz Vassalo Abreu, Presidente da autarquia. 'Apesar do esforço financeiro que se traduz no 'cofre' da autarquia é necessária e prioritária, e que temos naturalmente que levar a cabo', salienta ainda o autarca barquense, ao lembrar 'os benefícios que se repercutirão ao nível de acessibilidades e de turismo patrimonial, rural, de natureza e gastronómico'.

GEDC0246.JPG

GEDC0247.JPG

VITELA NO MINHO É À MODA DE FAFE!

III Festival Gastronómico da Vitela Assada à Moda de Fafe realiza-se de 16 a 18 de Setembro na Praça das Comunidades. Cinco restaurantes vão servir a sua melhor vitela em forno de lenha

É já nos próximos dias 16, 17 e 18 de Setembro que Fafe volta a ser palco do maior Festival de Vitela Assada do país.

flyer-vitela-AF2WEB-01.jpg

O certame, que se realiza na Praça das Comunidades, recinto da feira semanal, promete reunir inúmeros visitantes e ser um sucesso, tal como nos anos anteriores.

Durante três dias, cinco restaurantes do concelho vão confeccionar, em forno de lenha, a sua melhor vitela assada, acompanhada do já tradicional vinho verde e finalizada com o típico pão de ló e os saborosos doces de gema.

O festival contempla também um programa de animação variado, promovendo a boa disposição, com a actuação de grupos musicais, jogos tradicionais e algumas surpresas.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, esta terceira edição do Festival da Vitela Assada à Moda de Fafe é o continuar do esforço de promoção da gastronomia do concelho.

“Perante o sucesso das duas outras edições do Festival, não podíamos deixar de continuar a apostar nesta iniciativa, que promove a nossa vitela assada, ex-líbris da gastronomia fafense, que merece todo o reconhecimento.

Já o ano passado, milhares de pessoas visitaram o Festival, tendo sido cozinhadas toneladas de vitela, pelo que temos boas expectativas e acreditamos que vai ser novamente uma aposta ganha.

O Festival da Vitela Assada é uma forma de promovermos o nosso território a nível turístico, pelo que merece todo o nosso apoio e investimento.”

O bilhete de entrada inclui o prato da vitela, bebidas e sobremesa e tem o valor de 9,50€.

MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO APROVA LISTA DE CANDIDATOS A BOLSAS DE ESTUDO

Câmara Municipal aprova lista de candidatos a 91 bolsas de estudo. Aprovado primeiro requerimento para a concessão de apoio à natalidade

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, na sua última reunião, no dia 2 de setembro, a lista definitiva de candidatos a 91 bolsas de estudo, cujo montante ultrapassa os 62 mil euros, uma verba suportada pelo orçamento municipal e que se assume como um contributo importante para as famílias, para que os seus filhos estudantes possam concluir ou prosseguir a sua formação.

Praça da República - Cabeceiras de Basto.JPG

De salientar que das candidaturas, apresentadas no âmbito do Regulamento da Concessão de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos, 17 são estudantes do ensino superior, sendo as restantes 74 do ensino secundário. Note-se que são também candidaturas territorialmente abrangentes, abarcando 10 das 12 freguesias/uniões de freguesias do concelho.

A atribuição das bolsas de estudo representa um investimento na formação de jovens estudantes cabeceirenses que tiveram bom aproveitamento escolar e cujos agregados familiares se apresentam economicamente mais débeis.

Trata-se de uma medida que visa incentivar a continuação dos estudos dos alunos de famílias com menores recursos económicos, contribuindo, assim, para atenuar as desigualdades sociais e económicas entre as populações do concelho e consequentemente, para melhorar as condições de vida da população residente. 

Uma aposta continuada na valorização dos recursos humanos do nosso concelho que a autarquia pretende manter tendo em vista a consolidação de uma sociedade mais justa, equilibrada e capaz.

A entrega acontece no próximo dia 15 de setembro, pelas 18h00, na Casa do Tempo.

Primeiro requerimento para a concessão de apoio à natalidade

Por unanimidade, nesta última reunião foi também aprovado o primeiro requerimento para a concessão de apoio à natalidade a bebé nascido a 13 de junho, sendo que decorre nesta altura a aprovação de cerca de duas dezenas de outros pedidos.

O Regulamento Municipal de Incentivo à Natalidade, um compromisso assumido no Plano e Orçamento Municipal para 2016, visa combater a desertificação.

Cientes de que a baixa natalidade provoca uma rápida aceleração do processo de desertificação dos nossos territórios, algo que tanto preocupa os autarcas, e certos de que são as dificuldades económicas e a falta de emprego, mas também outros obstáculos circunstanciais que têm contribuído para a redução dos nascimentos, o Regulamento Municipal de Incentivo à Natalidade reveste-se de grande alcance e importância social que vem reforçar os já existentes apoios às famílias que anualmente rondam os milhares de euros.

CONSELHO ESTRATÉGICO PARA A REGENERAÇÃO URBANA DE BRAGA TOMA POSSE AMANHÃ

Tomada de posse do Conselho Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana de Braga. Quinta-feira, dia 8 de Setembro, pelas 17h00, no gnration

O Conselho Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana de Braga toma posse amanhã, Quinta-feira, dia 8 de Setembro, pelas 17h00, no gnration. Na iniciativa serão ainda apresentadas as novas Áreas de Reabilitação Urbana.

O Conselho Estratégico é composto por entidades públicas e privadas e individualidades de referência, nacionais ou internacionais, tendo em vista a promoção de uma política pública participada e abrangente capaz de promover os seus recursos e envolver e potenciar os seus agentes, instituições e cidadãos. 

O objectivo principal que superintende este órgão consultivo é acompanhar e avaliar as linhas estratégicas de actuação Municipal nos domínios das regeneração urbana no sentido de qualificar e partilhar o debate ao nível multissectorial, quer na especialidade quer na representatividade e promover a competitividade do seu tecido empresarial, valorização das suas pré-existências e recursos no âmbito da estratégia definida para um município onde queremos viver, visitar, investir e afirmar internacionalmente.

CABECEIRAS DE BASTO RECEBE “MOTOTOUR OF NATIONS” NA SEXTA-FEIRA

O concelho de Cabeceiras de Basto acolhe na próxima sexta-feira, dia 9 de setembro, 3ª edição do FIM Mototour of Nations, evento mototurístico realizado sob a égide da Federação Internacional de Motociclismo e da Federação de Motociclismo de Portugal, com organização a cargo do Moto Clube do Porto, que decorre entre os dias 8 e 11 de setembro e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto na passagem por esta terra de Basto.

Cabeceiras de Basto - Mosteiro S. Miguel Refojos.JPG

O programa arranca quinta-feira, dia 8 de setembro, com a receção e jantar de boas-vindas no Hotel Casino de Chaves, seguindo-se, na manhã do dia 9, a ligação ao Porto, com passagem por Cabeceiras de Basto, com visita ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos, em pleno centro da vila.

Os mototuristas seguem depois para Guimarães com subida à Penha. Após o jantar, no Hotel Ipanema Park, segue-se a animação noturna no Porto.

O Norte de Portugal prepara-se, assim, para receber um dos maiores eventos mototurísticos do Mundo, com duas centenas de motociclistas oriundos da Europa e América do Norte prontos para descobrir algumas das mais belas paisagens e aldeias, história e gastronomia do nosso país ao longo de quatro dias, onde será oferecida aos experientes viajantes a oportunidade de descobrir paisagens deslumbrantes, apreciar sabores ímpares, desfrutar de uma história riquíssima e conhecer gentes verdadeiramente únicas.

O programa delineado ao pormenor para ir de encontro aos desejos das centenas de mototuristas deixará, certamente, saudades em todos os que visitarem o nosso país.

VIZELA RECEBE PROVA DE DESPORTO AUTOMÓVEL

‘Vizela Racing Festival’ a 24 e 25 de setembro

A Câmara Municipal de Vizela apoia a ‘‘Vizela Racing Festival’, uma prova promovida pelo piloto vizelense Adruzilo Lopes e terá lugar nos dias 24 e 25 de setembro, no Espaço Multiusos de Vizela.

Vizela racing Festival.jpg

De acordo com a organização, esta prova visa proporcionar um excelente espetáculo ao público em geral e foi desenhada a pensar nas boas sensações de condução que os pilotos irão sentir ao tentar dar o seu melhor.

Programa:
• 24 de Setembro: 

- das 21h às 24h - Especial citadina/Espaço Multiusos

  • 25 de Setembro:

- das 9h às 12h - Especial em linha/Monte da garrafinha

- das 14.30h às 19h - Especial citadina - Espaço Multiusos

- 19.15h - Entrega de prémios - Praça da República

Inscrições:

GRUPO DE FOLCLORE DAS TERRAS DA NÓBREGA TRAZ O S. BARTOLOMEU A LISBOA

Sendo o primeiro ano em que o Grupo de Folclore Terras da Nóbrega participa como organizador neste evento, pretende que este seja o início daquilo que deseja que seja um "mini São Bartolomeu" em Lisboa!

14212713_692752940877059_1260209404831567061_n (1).jpg

É inegável o papel identitário e vincadamente popular que as Romarias minhotas exercem no panorama nacional. Contudo, dado o elevadíssimo número de minhotos, e seus descendentes, na Região de Lisboa, é também inegável a importância que estas recriações desempenham na matriz cultural de concelhos como Oeiras, Amadora, ou até mesmo Loures. Desta forma, iremos mostrar as Rusgas minhotas de Ponte da Barca (https://www.youtube.com/watch?v=qS47Gj8QMX4), as danças no Largo do Urca (https://www.youtube.com/watch?v=T8BBrSeQPvA), e até mesmo o cesto com o presunto e o vinho oferecido a todos os Rusgueiros. Enfim, as marcas identitárias das Rusgas da Barca!

Neste sentido, deixamos aqui o convite para que possam estar connosco neste dia e que possam testemunhar o esforço que o Terras da Nóbrega tem feito para honrar, divulgar e promover as marcas identitárias e culturais relevantes da sua zona de representação em tudo o que faz.

VIZELA SOLIDÁRIA COM BOMBEIROS

Vizela Solidária sábado na marginal ribeirinha a favor dos Bombeiros Voluntários de Vizela

A Marginal Ribeirinha de Vizela recebe no próximo sábado, dia 10 de setembro, o evento ‘Vizela Solidária’, cuja receita reverte integralmente a favor da Real Associação dos Bombeiros Voluntários de Vizela.

cartaz Vizela solidária (1).jpg

O evento resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Vizela, a MultiOpticas, o Bar do Rio, a Extrunorte, a Cerdisa e a Super Bock, tendo como atração o Dj Miguel Rendeiro, que sobe ao palco a partir da 01.00h da manhã.

O evento inicia às 19h30, com a atuação de algumas bandas que se prolongará até às 23.30h. Depois, a partir das 23h30 é a vez dos Dj´s subirem ao palco e aquecer a noite em Vizela, até às 02.00h.

Programa:

19h30 - 20h00 | Bombos da Família Peixoto

20h00 - 20h30 | Actualfit

20h30 - 21h00 | Johnny Abreu

21h20 - 21h50 | Actualfit

22h00 - 23h00 | Banda “TheZool”

23h30 - 01h00 | In Motion Djs (Filipa Sousa/Heloísa)

01h00 - 02h00 | Dj Miguel Rendeiro

Contamos com a participação e solidariedade de todos em prol dos Bombeiros Voluntários de Vizela.

BRAGA REALIZA ENCONTROS DE IMAGEM

O Município de Braga apresenta amanhã os Encontros da Imagem 2016,  pelas 15h30, na Casa Esperança, rua dos Janes 7-13, Braga.

A 26ª edição dos Encontros da Imagem decorre de 20 de Setembro a 5 de Novembro e conta com mais de 200 artistas de vários quadrantes da Fotografia, vindos de todo o mundo.

Na apresentação do programa da nova edição do único Festival na área das Artes Visuais em Portugal e um dos mais antigos da Europa, dedicada inteiramente à Felicidade, estará presente o Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, Ângela Ferreira, presidente da direcção dos Encontros da Imagem, a Presidente do Conselho Cultural da Universidade do Minho, Eduarda Keating, e Pedro Leão Neto, coordenador da Scopio Editions, um sucessor da família Esperança, bem como artistas e parceiros desta edição.