Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIANA DO CASTELO RECEBE CONCERTO DE JAZZ

vianjaz.jpg

 

Bilhetes disponíveis para venda, no Teatro Municipal Sá de Miranda –tmsm@cm-viana-castelo.pt

. De 22 a 31 de Agosto de (segunda a sexta-feira), das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00;

. De 1 a 9 de Setembro, de (segunda a sexta-feira)  das 9h00 às 19h00;

. Em dias de espetáculo, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00);

. Sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes)

Título do espetáculo: FLYING HIGH QUINTET JAZZ

Data: 10 de Setembro

Preço do bilhete: 5€

Classificação etária: M/ 6 anos

THE GIFT ATUA EM VIANA DO CASTELO

Informamos que os bilhetes para o Concerto dos THE GIFT, a realizar no próximo dia 24 setembro, noCentro Cultural de Viana do Castelo já se encontram disponíveis para venda.

  •  Locais de vendaTeatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira (segunda a sexta-feira) das 9h00 às 17h00; em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00); sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes).

www.ticketline.sapo.pt. - Fnac - Ag. Viagens Abreu – Worten – A.B.E.P – Casino Lisboa – C.C. Dolce Vita – C.C. Mundicenter – El Corte Inglês e SuperCor – Galeria Comercial Campo Pequeno – MMM Ticket – Uticketline – CCB – Time Out Mercado da Ribeira – Shopping Cidade do Porto – Forum Aveiro – Ask Me Lisboa e INFORMAÇÂO RESERVAS: ligue 1820 (24 horas)

  • Classificação etária:M/6 anos
  • Custo do bilhete: 10€

No dia do espetáculo, se a lotação não estiver esgotada, poderão adquirir bilhetes na bilheteira doCentro Cultural entre as 18h00 e as 22h00.

  • Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, por  email:tmsm@cm-viana-castelo.pt , com um prazo de levantamento de 24 horas, caso contrário a reserva ficará sem efeito.
  • Há bilhetes de plateia e bancada, pelo que deverão mencionar na reserva o desejado.
  • Não há lugares marcados.

THE GIFT_Cartaz.jpg

GÉRALD BLONCLOURT APRESENTA NO PORTO LIVRO SOBRE A EMIGRAÇÃO PORTUGUESA

No passado dia 20 de agosto, foi apresentado na cidade do Porto o livro “Gérald Bloncourt – O olhar de compromisso com os filhos dos Grandes Descobridores”.

blonc (12).JPG

A obra, concebida e realizada pelo historiador minhoto Daniel Bastos a partir do espólio fotográfico de Gérald Bloncourt, e prefaciada pelo pensador Eduardo Lourenço, foi apresentada no Fórum da Fnac Santa Catarina, numa sessão muito concorrida que contou com a presença do conhecido fotógrafo que imortalizou a história da emigração portuguesa para França.

A sessão de apresentação esteve a cargo da socióloga das migrações Maria Beatriz Rocha – Trindade, do deputado eleito pelo círculo da Europa, Paulo Pisco, e da presidente do Observatório dos Luso-Descendentes, Emmanuelle Afonso, que asseguraram que as memórias, testemunhos e mais de centena e meia de fotografias originais que compõem o livro constituem um valioso contributo para a história portuguesa do último meio século. 

blonc (13).JPG

No decurso da iniciativa, o nonagenário fotógrafo que nas comemorações oficiais do 10 de junho em Paris recebeu a ordem de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, recordou os laços que estabeleceu com os portugueses nos anos 60 e 70, e a viagem que realizou a Portugal durante a ditadura de Salazar, agradeceu emocionado a todos que apoiaram este livro que convida à memória da epopeia da emigração.

A sessão de apresentação na cidade Invicta incluiu a inauguração de uma exposição fotográfica evocativa da ligação de Gérald Bloncourt a Portugal, que estará durante os próximos três meses patente ao público no Fórum da Fnac Santa Catarina.

Refira-se que durante a sua estadia no Norte de Portugal, o fotógrafo que seguiu durante trinta anos a vida dos portugueses em França, marcou igualmente presença em sessões de lançamento deste livro bilingue traduzido para português e francês pelo docente Paulo Teixeira, que decorreram na Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa em Celorico de Basto (12 de agosto), e no Auditório do Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso em Chaves (14 de agosto).

blonc.JPG

blonc (2).JPG

blonc (3).JPG

blonc (4).JPG

blonc (5).JPG

blonc (6).JPG

blonc (7).JPG

blonc (8).JPG

blonc (9).JPG

blonc (10).JPG

blonc (11).JPG

FAMALICÃO MOSTRA O MELHOR DO ARTESANATO E DA GASTRONOMIA LOCAL

Evento decorre de 2 a 11 de setembro e vai contar com mais de 100 artesãos, 12 restaurantes e tasquinhas e mais de 20 espetáculos musicais

Do Norte ao Sul do país, a Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão percorre as tradições e os sabores mais genuínos de cada região, proporcionando aos seus visitantes uma autêntica viagem pelo território nacional. O evento arranca no próximo dia 2 e decorre até 11 de setembro.

Feira de Artesanato e Gastronomia (1).jpeg

Manuela Marques, oriunda de São Pedro de Corval, em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, é o exemplo de uma artesã que todos os anos faz centenas de quilómetros para participar no evento, levando até Famalicão a mais conceituada olaria e barro da Península Ibérica.

“Já participo nesta feira há cerca de 15 anos e gosto muito de estar em Famalicão, não só porque dou a conhecer a minha arte e os meus produtos, mas também porque é um evento muito animado, com grandes espetáculos, que atraem muitos visitantes e também pela excelente organização”.

Para esta artesã alentejana, “a decisão de tornar as entradas na feira gratuitas foi muito positiva e trouxe benefícios aos expositores”“É uma feira muito visitada, muito participada e muito animada onde gosto muito de estar”.

Mas há mais, dos tapetes de Arraiolos aos bordados de Viana, do vidro soprado da Marinha Grande a tantos outros. É todo um país que se mostra em Famalicão através da arte de bem-fazer com as mãos. O artesanato local estará naturalmente em destaque, com os artesãos famalicenses a ombrearem com os artesãos nacionais na conquista da atenção dos muitos milhares de pessoas que são esperadas no evento.

No total, são esperados mais de uma centena de artesãos de várias regiões do país, que vão elaborando as suas peças nas mais diversas artes. A estes juntam-se seis tasquinhas regionais para retemperar forças e seis restaurantes com os sabores mais genuínos para afagar o estômago e a alma.

A animação popular variada e permanente tem contribuído também para a reputação do evento, que atrai público vindo de todo o país e da Galiza. Os grupos folclóricos, cantares ao desafio e muita música tradicional portuguesa é presença obrigatória. Este ano, destaque para os concertos de Zé Amaro e do quinteto Daniel Pereira Cristo, por entre mais de duas dezenas de espetáculos musicais, muitos deles proporcionados por artistas e grupos famalicenses. Porque a Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão também é isso: um grande palco para os artistas e grupos da terra darem a conhecer o seu trabalho ao público.

Enfim, são dez dias repletos de festa e animação, onde se recordam, valorizam e apreciam tradições e sabores ancestrais.

Feira de Artesanato e Gastronomia (2).jpeg

CÂMARA DE ARCOS DE VALDEVEZ APOIA ASSOCIAÇÕES COM 65 MIL EUROS

O associativismo assume um papel estratégico no Concelho de Arcos de Valdevez, quer como núcleo de desenvolvimento local, quer como espaço para fomentar hábitos de cidadania ativa. Reconhecendo, o desempenho destas estruturas associativas, no fomento das suas atividades, em termos de atividade social, cultural e recreativa, assim como, na valorização e promoção do nosso concelho, da nossa cultura e das nossas tradições, o Município aprovou recentemente um apoio à atividade corrente de cerca de 31 Associações de cariz cultural e recreativo, no valor de 65 mil euros.

image010arc.jpg

A cooperação entre o Município e o tecido associativo também é visível ao nível do apoio na melhoria das suas instalações e na aquisição de veículos e equipamentos, bem como na criação de um Gabinete de Apoio ao Associativismo e no apoio a inúmeras iniciativas promovidas pelas associações, através da sua deslocalização a nível local, oferecendo uma maior diversidade de atividades lúdico-culturais e abrangendo os mais variados tipos de públicos.

A aposta do Município na promoção de um concelho coeso e dinâmico está bem patente no apoio à atividade associativa promovida no concelho. Desta forma, para João Manuel Esteves, “o contributo do movimento associativo é crucial no fomento de projetos inovadores e na dinamização das mais variadas iniciativas sociais, recreativas e culturais desenvolvidas em Arcos de Valdevez”.

image010arc (2).jpg

image010arc (3).jpg

CELORICO DE BASTO APOIA PORTADORES DE TRISSOMIA 21

Em Celorico de Basto o projeto Konta Komigo apoiou a associação Amar e partilhar 21

A 1ª Caminhada das Gravatas, uma ação do projeto Konta Komigo, decorreu em Celorico de Basto no dia 21 de agosto, e teve por objetivo apoiar a Associação Amar e Partilhar 21, que trabalha com crianças e adultos sobretudo, portadores de Trissomia 21. 

_DSC8766.jpg

A organização desta iniciativa foi da responsabilidade da Associação beneficiada e contou com vários parceiros para que a ação fosse bem-sucedida. O município de Celorico de Basto foi um dos parceiros na promoção da 1ª Caminhada das Gravatas desenvolvida no Concelho.

O Vereador da Cultura, Fernando Peixoto, marcou presença e mostrou-se agradecido por existirem associações deste âmbito e projetos que visam a inclusão e a solidariedade. “Estas associações são muito importantes no que respeita à inclusão numa comunidade que se vale pelos valores do respeito e da igualdade” disse o vereador referindo-se à associação Amar e Partilhar 21. No que respeita ao projeto Konta Komigo, o autarca teceu inúmeros elogios a Álvaro Bastos, um dos mentores do projeto e celoricense, “pela forma abnegada como procura incentivar à criação de iniciativas que visem apoiar os que mais precisam” realçou.

 Um projeto que existe há 7 anos e que procura ajudar as pessoas portadoras de deficiência, os sem-abrigo da cidade do Porto e as crianças e jovens em risco.

Desta vez passou por Celorico de Basto para apoiar uma associação local que existe com base no voluntariado e no afeto pelas crianças e jovens portadores de deficiência atuando no sentido da inclusão!

A ideia da Caminhada das Gravatas foi bem recebida pela comunidade celoricense contando com cerca de 250 inscritos na ação.

Álvaro Bastos referiu ao município que a 3 de dezembro regressará a Celorico de Basto para participar nas celebrações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, tendo por objetivo galardoar as pessoas ou entidades que, de algum modo, apoiam as pessoas portadoras de deficiência.

_DSC8806.jpg

PROVAS DE HIPISMO ATRAEM CENTENAS DE AFICIONADOS A CELORICO DE BASTO

Prova a contar para o campeonato nacional leva centenas de aficionados ao Hipódromo Municipal de Celorico de Basto

O Hipódromo Municipal de Carvalho, em Celorico de Basto, viu-se repleto de aficionados de hipismo para assistir a mais uma prova a contar para o campeonato nacional. As mangas a galope e a trote atrelado decorreram no sábado, 20 de agosto, com mangas bem disputadas que levaram o público ao rubro.

_DSC8552.jpg

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, aficionado da modalidade realçou a necessidade de manter a pista nas melhores condições para receber estas provas. “Esta pista é muito procurada pelos aficionados da modalidade, um espaço amplo, que proporciona corridas cheias de adrenalina que motivam o público. Manter esta pista em boas condições é fundamental para que os cavalos e os cavaleiros possam dar o máximo em cada manga” realçou o edil.

As corridas a galope são sempre as mais aplaudidas pela velocidade que o joker imprime no cavalo, provas que levaram o público ao rubro. Nas mangas referentes ao trote atrelado a corrida, mais lenta, proporcionou um espetáculo de minucia e técnica imprimida pelos drives que conduziam os cavalos.

 Os quatro primeiros classificados das diferentes mangas receberam as respetivas distinções entregues pelo presidente do município e por outras individualidades convidadas.

Esta prova foi organizada pela Associação Cultural e Recreativa de Carvalho e apoiada pelo município de Celorico de Basto, pela junta de freguesia de carvalho, pelos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

_DSC8599.jpg

_DSC8648.jpg

_DSC8704.jpg

BRAGA INAUGURA NOVO ESPAÇO CULTURAL

Inauguração da cafetaria e espaço de livros ´PAIISA´ no gnration. Sábado, dia 27 de Agosto, pelas 16h30, no gnration, Braga

O Município de Braga e a Fundação Bracara Augusta inauguram a cafetaria e espaço de livros PAIISA, em cerimónia que terá lugar amanhã, Sábado, dia 27 de Agosto, pelas 16h30, no gnration, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Sameiro Araújo, presidente da Fundação Bracara Augusta. O espaço tem como intuito dinamizar o edifício gnration, tendo para o efeito a Fundação Bracara Augusta lançado um concurso para a sua exploração.

A inauguração oficial da PAIISA, cafetaria e espaço de livros, contará com uma ´live painting´ de um mural pelo ilustrador Sama e uma implantação de marca nas montras do espaço pela ilustradora Raquel Costa.

Uma cafetaria que também é uma livraria de ilustração e BD, um ponto oficial de bookcrossing, uma montra permanente de design de mobiliário de autor e um espaço para acolher exposições temporárias, lançamentos de livros, workshops, entre outros.

Começando com uma pequena mas ecléctica livraria especializada em ilustração e BD para miúdos e graúdos e um ponto oficial de bookcrossing, que conta à partida com mais de 150 livros de diferentes áreas temáticas, o espaço de livros funcionará como um prolongamento da filosofia cultural do gnration, numa dinâmica de abertura ao público e permanente interacção.

TRAIL URBANO MURALHAS DE MONÇÃO REALIZA-SE NO DIA 4 DE SETEMBRO

Prova, a realizar no dia 4 de setembro, domingo, compreende trail de 12 quilómetros, trail curto de 8 quilómetros e caminhada de 7 quilómetros. Inscrições abertas no link: http://trailmoncao.wixsite.com/tumm. O objetivo da prova é tornar mais visível a beleza das muralhas de Monção e as paisagens que estas proporcionam sobre o centro histórico, a montanha e o rio Minho.

caminhada 1.jpg

A segunda edição do Trail Urbano Muralhas de Monção realiza-se no dia 4 de setembro, domingo, com partida e chegada do Parque das Caldas. Este ano, a organização agendou duas provas de trail, com 12 e 8 quilómetros, e uma caminhada na distância de 7 quilómetros. As inscrições estão abertas no link: http://trailmoncao.wixsite.com/tumm

Face ao sucesso da primeira edição, que contou com a presença de três centenas de desportistas portugueses e galegos, e o interesse que tem motivado a presente edição nos dois lados da fronteira, Alexandre Rodrigues e Filipe Pires, organizadores do evento, esperam uma adesão superior à do ano passado tanto no trail como na caminhada.

Com o apoio da autarquia local e várias empresas do concelho, o percurso far-se-á pelos baluartes, miradouros, escadarias, túneis e guritas da zona amuralhada de Monção, começando e terminando no Parque das Caldas, zona ribeirinha de Monção que oferece diversos atrativos para quem procura descanso e lazer.

De acordo com Alexandre Rodrigues, esta prova nasceu da ideia de tornar mais visível a beleza das muralhas de Monção e as paisagens que estas proporcionam sobre o centro histórico, a montanha e o rio Minho. No fundo, revelou, trata-se de fazer uma simbiose entre o património construído da vila de Monção e a atividade física.

Para a promoção do 2º Trail Urbano Muralha de Monção, a organização lançou um vídeo com a duração de 3,50 minutos, onde é possível recuperar imagens da prova do ano passado e apreciar a beleza e imponência de toda a zona amuralhada da localidade raiana através de imagens aéreas.

Link Vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=wU6qmrNmqAQ

trail 1.jpg

trail 2.jpg

Treinos Trail.jpg

VILA VERDE É UM ESPETÁCULO!

Pico de Regalados prepara-se para receber três noites de espetáculos!

O coração do Pico de Regalados prepara-se para palpitar mais forte com as três noites de espetáculos ao vivo que se aproximam. Das danças ao fado, da poesia ao teatro, passando pelo teatro, pela música tradicional e pelo folclore, não faltam motivos de interesse para quem visitar o centro da vila picoense durante este fim-de-semana, 26 a 28 de agosto. As Noites Temáticas, organizadas pela Junta da União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós, inserem-se na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

11218211_817038351744453_5129157745594001559_n.jpg

Uma iniciativa de promoção dos talentos locais artistas convidados para encher de brilho e de vida o centro da freguesia. As atividades arrancam hoje, pelas 21h00, com uma noite cultural de grande qualidade, em que se destaca o fado e a poesia. Amanhã, 26 de agosto, a animação do folclore e a magia do teatro tomam conta do recinto. Para o último dia está marcado um eletrizante espetáculo de dança com o ritmo e vigor dos ‘Pauliteiros de Miranda’, e uma divertida peça de teatro.  

As Noites Temáticas contribuem para o enriquecimento do programa da Rota das Colheitas, que de agosto a novembro se multiplica em mais de 30 iniciativas de promoção do mundo rural e de divulgação da tradição e da cultura minhota. Além do cariz cultural, a programação tem-se afirmado como uma âncora de desenvolvimento do concelho de Vila Verde, com bons indicadores na criação de dinâmicas comerciais e empresariais na economia local.

zvilvee.jpg

11954602_817038185077803_2408683458805225115_n.jpg

147161854520392.jpg

PARTIDO "OS VERDES" COLOCA A FLORESTA NA AGENDA POLÍTICA

Incêndios/Política Florestal na agenda dos Verdes

O Partido Ecologistas «Os Verdes» vai realizar uma conferência de imprensa, na próxima quarta-feira, no Porto que tem por objetivo esclarecer a sua posição relativamente aos incêndios que estão a assolar o país, às políticas florestais e à forma de travar a eucaliptalização.

A anteceder esta conferência de imprensa, o Partido Ecologista «Os Verdes» que tem acompanhado atentamente os incêndios nos distritos de Braga, Porto e de Viana do Castelo levarão a cabo um conjunto de visitas e reuniões com diversas entidades nestes mesmos distritos sobre estas matérias.

Do programa destacamos:

Terça feira - 30 de Agosto

11:00h – Departamento de Conservação da Natureza e Floresta do Norte (Braga);

15:30h – Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto (Porto);

18:00h – Visita a áreas ardidas da Trofa.

Quarta feira - 31 de Agosto

9:30h – Câmara Municipal de Viana do Castelo

11:00h – Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo

15:15h – Conferência de Imprensa na Sede dos «Os Verdes» no Porto

O Partido Ecologista Os Verdes

CABECEIRAS DE BASTO REFORÇA CAPTAÇÕES DE ÁGUA

Câmara Municipal inicia trabalhos de pesquisa para reforço de captações de água em Moimenta – Cavez

Correspondendo a uma aspiração antiga dos residentes, em virtude das falhas de água que se têm registado no sistema público de abastecimento de Moimenta, em alguns períodos neste verão, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto está a desenvolver trabalhos de reforço de captações de água para abastecimento domiciliário, o que vai implicar a execução de nova captação, construção de condutas adutoras e beneficiação do atual reservatório.

Câmara Municipal inicia trabalhos de pesquisa para reforço de captações de água em Moimenta – Cavez (1).JPG

Atenta às dificuldades de abastecimento de água que se têm registado este ano, em virtude da redução significativa dos caudais das atuais captações, associado ao aumento de consumo neste período de verão, a Câmara Municipal, nesta primeira fase, tem em vista a realização de trabalhos de reforço das atuais captações, aumentando os seus caudais.

Numa segunda fase, para 2017, pretende a Câmara Municipal construir cerca de 2.000 metros de condutas adutoras, incluindo também a reparação e impermeabilização do atual reservatório e construção de novas ramais domiciliários em toda a rede de abastecimento, procurando reduzir as perdas de água.

Os trabalhos de reforço de captações de abastecimento de água em Moimenta visam suprir as dificuldades que se têm feito sentir este ano, possibilitando a que a partir do próximo ano, se obtenha uma melhor qualidade e quantidade no abastecimento de água ao lugar.

Estes trabalhos surgem também na sequência de outros trabalhos que têm sido realizados no lugar de Moimenta, estando em curso a construção de rede de drenagem de esgotos e remodelação da conduta de distribuição de água e construção de novos ramais na Portela do Fojo.

Refira-se que nos últimos anos na freguesia de Cavez foram realizados trabalhos de reforço de captações de abastecimento de água em Arosa e beneficiação de captação de Reboriça, que abastece a vila de Cavez, possibilitando a que não se tenham registado falhas de água nestes dois locais populosos da freguesia.

Câmara Municipal inicia trabalhos de pesquisa para reforço de captações de água em Moimenta – Cavez (3).jpg

AMARES POSSUI NOVO PARQUE INFANTIL EM FERREIROS

A Praça do Comércio, em Ferreiros, possui, agora, um novo parque infantil para usufruto dos mais pequenos. O espaço reúne todas as condições e conforto necessários para que as crianças, acompanhadas pelos pais ou outros familiares, possam brincar, jogar e fazer amigos, num ambiente seguro e divertido.

CAM00257.jpg

CAM00258.jpg

CASA MUSEU DE MONÇÃO EXPÕE PINTURA

Exposição de pintura: "6M" de Maria de Lurdes Rodrigues, Maria Flor Rocha, Madalena Macedo, Manuel Lima, Mário Garrido e Mário Rebelo de Sousa na Casa Museu de Monção/UMinho

Está patente ao público de 1 de setembro e até ao final do mês, na Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, a exposição coletiva de pintura dos artistas Maria de Lurdes Rodrigues, Maria Flor Rocha, Madalena Macedo, Manuel Lima, Mário Garrido e Mário Rebelo de Sousa, intitulada "6M".

11150304_809340035786167_7159175907303346661_n.jpg

"De estreitos caminhos campestres a velhas ruelas citadinas, entre minas floridas e histórias que sempre encantam, perfumes de poesia, gritos de liberdade em uníssono, num momento em que a alma se põe a nu nas obras de seis sonhadores. Vidas e histórias que se cruzam num espaço onde impera o mágico e o desejo de dar voz ao não dito. Seis formas de olhar o mundo através da arte de Maria de Lurdes Rodrigues, Maria Flor Rocha, Madalena Macedo, Manuel Lima, Mário Garrido e Mário Rebelo de Sousa. 6M reúne estilos diferentes, do surrealismo ao abstrato num abraço amigo que exalta o que de mais belo se desenha no interior de cada um, libertando dores, angustias ou simplesmente gritos de amor. Orgasmos de sonhos em luz e cor lançados a nu na brancura da tela ou moldados na matéria."

A entrada é livre!

Muito agradecemos a sua visita e a melhor divulgação da exposição.

Horário da Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho:

Terça a sexta feira: das 09h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h00

sábado: das 14h00 às 17h30

domingo e segunda feira: encerrada

Mais informações em:

www.casamuseumoncao.uminho.pt

www.facebook.com/pages/Casa-Museu-de-MonçãoUniversidade-do-Minho/809321412454696

14034994_1086033481450153_4054473418895277301_n.jpg

AMARES REQUALIFICA ESCOLA EB2

Aprovada candidatura para requalificação da EB 2 e 3 de Amares

A Câmara Municipal de Amares conseguiu a aprovação da candidatura para a ampliação e reabilitação da EB 2 e 3 de Amares no âmbito da operação NORTE-08-5673-FEDER-000024 do Programa Operacional Regional do Norte. A informação é avançada pelo presidente da Autarquia, Manuel Moreira, que se congratula com este êxito, destacando a importância do investimento para a melhoria das condições de ensino e aprendizagem numa escola que serve cerca de 600 alunos do Concelho de Amares.

DSC01165.JPG

“É com muita satisfação que recebo a notícia da aprovação desta candidatura, há muito tempo desejada”. Falta apenas assinar o contrato com o Ministério da Educação e, depois disso, estarão reunidas todas as condições para avançarmos com este projeto”, começa por explicar o autarca, reconhecendo que a intervenção nesta infraestrutura educativa será um “marco” para a comunidade escolar. “Se queremos ter um ensino de sucesso temos que criar uma escola de qualidade, com instalações modernas e bem equipadas”, sublinha Manuel Moreira.

O projeto contempla a ampliação, reabilitação e reorganização espacial do complexo pavilhonar; a requalificação do recreio e ordenamento do estacionamento automóvel contíguo ao perímetro do estabelecimento escolar; a instalação de sistema de deteção de intrusos/circuito de videovigilância; a aquisição de mobiliário diverso e equipamento hoteleiro para cozinha e bares, bem como, a aquisição de material didático diverso.

ESPOSENDE QUER CANAL PROTETOR DAS CHEIAS

Município de Esposende entregou projeto para canal de proteção às cheias

A Câmara Municipal de Esposende submeteu, com sucesso, a candidatura para a construção de um canal intercetor e de desvio da área urbana, para proteção e gestão de riscos, cheias e inundações, cuja conclusão se prevê para outubro de 2017. Promovida pelo município, com um investimento a rondar os 4,5 milhões de euros, a obra deve iniciar-se em maio do próximo ano. Este é um dos maiores projetos levados a cabo em Esposende nas últimas décadas.

intemperie_3.jpg

Este projeto decorre da decisão do Ministério do Ambiente, de 22 de fevereiro, que classificou Esposende como zona crítica, no âmbito do Plano de Gestão de Riscos de Inundação, elaborado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Já em 2011 o Município de Esposende tinha apresentado, à ARH Norte, o “Plano Concelhio da Rede Hídrica”, onde estavam identificados todos os constrangimentos e respetivas soluções, tendo executado um conjunto alargado de intervenções de pequena dimensão, “sempre e apenas com fundos próprios”.

“Só com autonomia financeira foi possível solicitar à tutela e encarar frontalmente, a responsabilidade de um projeto com a magnitude do Canal Intersector de Águas Pluviais de Esposende. Foi necessário fazer todo o projeto em tempo recorde, fazer o correspondente levantamento cadastral e topográfico e fazer o projeto da variante à cidade que estava na gaveta há mais de 20 anos, para saber exatamente onde situar o canal”, lembra Benjamim Pereira.

Paralelamente, a autarquia de Esposende desenvolveu as sondagens do terreno, solicitou as avaliações das parcelas e reuniu com as entidades com vista à agilização dos pareceres. Todo este trabalho foi inicialmente pago pelo Município que está obrigado, ainda, a comparticipar na globalidade da obra, o que poderá ascender a 15% do valor total, ou seja, quase 700 mil euros.

Neste momento, “já foram assinados acordos com alguns proprietários e o Município de Esposende continua a contactar os proprietários das parcelas de terreno onde está prevista a construção do canal”, adianta Benjamim Pereira, lembrando que o passo seguinte contempla a apresentação de propostas de indemnização, decorrendo vinte dias após o envio da última carta como prazo para que os destinatários se pronunciem. Ato contínuo, a autarquia emite a declaração de utilidade pública, pelo que se prevê que os prazos sejam cumpridos e, em maio, avance a obra no terreno.

“Apelo a todos os proprietários para que colaborem e não permitam que se perca esta inacreditável oportunidade que conquistamos para resolver um dos mais difíceis problemas da zona urbana de Esposende, mas também de Marinhas e Gandra. Seria demasiado mau e penalizador para quem tanto luta pelo concelho ver ir para outros municípios uma tão significativa verba”, vincou Benjamim Araújo.

A construção do intercetor afigura-se vital para a resolução dos problemas de drenagem dos terrenos agrícolas e das inundações na cidade de Esposende, que têm vindo a colocar em risco a população e a causar elevados danos no património público e privado, enfraquecendo a economia e fragilizando o ambiente.

GUIMARÃES REQUALIFICA PRAÇA FRANCISCO SÁ CARNEIRO

PAVIMENTO E MOBILIÁRIO URBANO SUBSTITUÍDOS

Praça Francisco Sá Carneiro está a ser requalificada pela Câmara de Guimarães

Espaço será embelezado por floreiras de grandes dimensões. Espelhos de água inativos vão ser substituídos por paisagem mais verde.

Guimaraes_Praca_Francisco_Sa_Carneiro.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães encontra-se a proceder à requalificação da Praça Francisco Sá Carneiro, situada nos Jardins da Penha, na freguesia da Costa, nas imediações do Complexo Desportivo do Vitória. Entre os trabalhos previstos, a intervenção consiste na reabilitação dos equipamentos e do diferente mobiliário urbano existente na praça, estando projetadas para ali quatro floreiras de grandes dimensões que vão substituir dois espelhos de água que se encontravam inativos.

Estimando-se que fique concluída totalmente no decurso da próxima semana, a empreitada, no valor superior a 40 mil euros, inclui ainda a remoção e a substituição de parte do revestimento do pavimento que se encontrava em mau estado, além de ter sido efetuado um melhoramento das condições de drenagem daquele espaço, outrora encharcado sobretudo em dias de chuva, garantindo-se igualmente melhores condições de circulação e segurança aos cidadãos que frequentam a Praça Francisco Sá Carneiro.

Noutro âmbito, a Câmara Municipal de Guimarães, ao abrigo da garantia da empreitada da requalificação urbanística efetuada na Alameda de S. Dâmaso, concluiu os trabalhos de reparação das anomalias existentes no pavimento em Terraway, no Jardim da Alameda, também conhecido por “Bosque Urbano”. Este tipo de piso é um sistema desenvolvido para a construção de pavimentos permeáveis (ao ar e água), de alta resistência, elevado coeficiente de permeabilidade, capacidade de absorção do ruído, entre outras características.

VIZELENSES CAMINHAM CONTRA O CANCRO

‘Zumba color e caminhada Vizela 2016’ pela Liga Portuguesa contra o Cancro

A Câmara Municipal de Vizela e a Liga Portuguesa contra o Cancro promovem mais uma vez, uma caminhada e aula de zumba - a ‘Zumba color e caminhada Vizela 2016’.

O evento terá lugar no próximo dia 18 de setembro, um evento solidário cujas receitas reverterão para a Liga Portuguesa contra o Cancro – núcleo regional do norte.

A Zumba color e caminhada Vizela 2016 terão início no Espaço Multiusos, pelas 9h30, com uma pequena caminhada pelo centro da cidade, seguindo-se a aula de zumba color.

A participação nesta atividade terá um custo de 5,00€ (2,5€ até 12 anos), com a oferta de uma t-shirt, água e dois sacos de pó colorido, cujo valor reverterá totalmente para a Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo do Norte.

A sensibilização da opinião pública, para a importância do trabalho desenvolvido pela Liga e o incentivo à prática desportiva são os principais objetivos desta iniciativa.

Contamos com a vossa participação e solidariedade!

cartaz zumba color 2016.jpg 

BARCELOS CELEBRA 88 ANOS DE CIDADE COM HOMENAGEM A DEPUTADOS DO CONCELHO

A 31 de agosto festeja-se o 88º aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade, isto é, o Dia da Cidade. O plano de comemorações inicia de manhã com a Cerimónia Protocolar do Hastear da Bandeira, a realizar às 10h, no Largo do Município, e prossegue mais tarde, às 21h, com um recital de piano no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Logo depois, às 22h, decorre uma Sessão Solene, no auditório dos Paços do Concelho, com a atribuição da Medalha de Honra da Cidade de Barcelos a Adelino Augusto Miranda de Andrade e a João Baptista Machado, deputados barcelenses da Assembleia Constituinte. Durante o dia, haverá lugar para um conjunto de intervenções musicais, a cargo da Associação Juvenil de Bandas Filarmónicas, um pouco por toda a cidade.

zbarc.jpg

Mas os festejos seguem setembro dentro. No dia 1, às 21h, realiza-se um concerto no âmbito das comemorações do Estágio Sopros do Minho, no Auditório dos Paços do Concelho. No dia seguinte, é a vez do Salão Nobre receber uma atuação ao vivo, às 21h30, desta feita um recital de piano de Constantin Sandú, no âmbito do CA Noroeste ao Vivo. Mais tarde, pelas 22h30, a Associação Juvenil de Bandas Filarmónicas subirá ao palco para um espetáculo ao ar livre, na Frente Ribeirinha. As comemorações do Dia da Cidade terminam no dia 3 de setembro com um espetáculo do XXII Festival de Folclore da Cidade de Barcelos, pelo Grupo de Danças e Cantares de Barcelos, às 17h30, na Avenida da Liberdade. Para fechar em grande, às 21h30, vai decorrer um espetáculo de projeção de vídeo – videomapping - na fachada do Largo do Município, e o grupo coral Vox Angelis atua às 22h, no Largo Dr. Martins Lima, num recital de fado clássico intitulado “Amália Sempre”.

Ainda no âmbito das celebrações do concelho, a Sala Gótica mantém patente a exposição “Panorâmicas de Barcelos”, que integra 39 quadros de pintura da coleção particular do barcelense Jorge Humberto Simões de Carvalho. Nesta mostra estão representados diversos os artistas plásticos como Afmach, António Cunha, Augusto Matos, C. Silva, Carlos Basto, Eva de Matos, Gonçalves Torres, Henrique do Vale, Iris, Isabel Negrão, J. Portela, Jerónimo, Jorge Correia, José Ferreira, Júlia Andrade, Luísa Gomes, Maria das Dores, Mariana Basto Lemos, Neiva e Paulo Vilas Boas.“À Roda do Rio” está em exposição na Casa da Azenha, uma exposição integrada no ciclo de exposições sobre o “Rio Cávado: a pesca fluvial” com ciclo de três exposições, patentes entre agosto de 2016 e dezembro de 2017, que pretende reativar o encontro dos barcelenses com o rio.

Intervenções musicais na cidade pela Associação Juvenil de Bandas Filarmónicas:

11h – Largo Dr. Martins Lima

12h – Senhor da Cruz

15h – Av. da Liberdade

16h – Largo de Stº António

17h – Av. Combatentes da Grande Guerra

18h – Jardim das Barrocas

19h – Rua Direita

ESCRITORA FAFENSE MICAELA GREGÓRIO PUBLICA “PALAVRAS GUARDADAS”

Chama-se Micaela Gregório, é natural de Fafe e é uma jovem e promissora escritora. Acaba de publicar o livro “Palavras Guardadas” cuja cerimónia de lançamento teve lugar no passado dia 20 de Agosto, pelas 21:30 na Biblioteca Municipal de Fafe.

m.jpg

A sessão contou com a presença de um representante da Chiado Editora e do professor José Augusto Gonçalves, na qualidade de orador convidado. Trata-se de uma obra de ficção, inserida na coleção “Viagens na Ficção” que aquela editora vem publicando.

Há sempre palavras que ficam por dizer. Numa relação difícil, ainda pior.

Esta é a minha versão da história. A vida injusta vista pelos olhos de uma criança que cresceu sem o carinho de um pai. A vida de uma inocente que cresceu no meio de guerras e discussões e ficou manchada pelos erros que não cometeu.

“Palavras Guardadas” é um livro em que fluem todas as palavras que fui incapaz de dizer diretamente, por medo, por vergonha e por não conseguir enfrentar a pessoa que, durante toda a minha infância, fez da minha casa um inferno.

Aqui deixo os desabafos do meu coração, a minha angústia guardada e todos os meus gritos silenciosos.

MP_PALAVRAS GUARDADAS-01.jpg

NOVA CENTRAL TÉRMICA A BIOMASSA VAI POTENCIAR LIMPEZA DA FLORESTA À VOLTA DE FAMALICÃO

Projeto empresarial vai transformar por hora 18 toneladas de resíduos florestais em 14,75 megawatts de energia

O risco de incêndios florestais à volta do concelho de Vila Nova de Famalicão deverá reduzir acentuadamente a partir do próximo ano. A entrada em funcionamento, no início de 2017, de uma nova central térmica a biomassa florestal, que está a ser construída na freguesia de Fradelos, vai consumir 18 toneladas por hora de biomassa florestal que é constituída pela fração biodegradável dos produtos gerados na floresta e pela matéria orgânica residual gerada nos processos das indústrias de transformação da madeira.

Nova central térmica a biomassa florestal vai entrar em funcionamento no início do próximo ano  (1).JPG

São 432 toneladas diárias de resíduos florestais que vão servir para produzir 14,75 megawatts de energia por hora que será debitada para a rede pública. O projeto, que implica um investimento de 30 milhões de euros e que vai  criar 28 postos de trabalho diretos, é do empresário Avelino Reis que garante disponibilidade para recolher a biomassa das florestas num raio de 50 quilómetros à volta de Vila Nova de Famalicão.

As obras de construção da nova central térmica foram ontem, 25 de agosto, visitadas pelo Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.

Enquanto decorrem as obras de construção da central, a empresa já iniciou o processo de recolha de biomassa tendo já nas suas instalações perto de 40 mil toneladas de resíduos florestais à espera de serem transformados em energia.

Além das quase três dezenas de postos de trabalho diretos que a central térmica irá gerar, é expectável que sejam criados "muitos postos de trabalho de forma indireta", garante Avelino Reis.  As obras para construção de novas instalações que acolherão as caldeiras e geradores estão a decorrer conforme planeado e deverão terminar no final do ano, altura em que a nova central térmica a biomassa florestal entrará num período de 60 dias de testes. "Imaginamos que esteja a pleno valor, a 100%, em fevereiro do próximo ano", indica Avelino Reis, ligado há 34 anos a investimentos na área florestal e madeiras.

“Trata-se de um projeto importante para o país na área das energias renováveis”, refere Paulo Cunha destacando "para além do importante impacto económico e social na região, o aproveitamento  dos resíduos florestais que vai permitir e que  contribuirá para uma maior limpeza das matas e para a redução do risco de incêndios florestais".

Nova central térmica a biomassa florestal vai entrar em funcionamento no início do próximo ano  (2).JPG

CONCURSO DE PESCA JUNTA TRABALHADORES DE VÁRIOS MUNICÍPIOS EM CELORICO DE BASTO

O Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Celorico de Basto desenvolveu um concurso de pesca, numa das pistas de pesca mais conceituadas do Rio Tâmega, uma ação que contou com a presença de 20 municípios, com a entrega de prémios a decorrer na XIX Feira do Artesanato e Gastronomia de Celorico de Basto.

_DSC5908.jpg

A pesca é a principal atividade promovida pelo grupo do Centro Cultural e Desportivo que organizou, em pleno mês de agosto uma iniciativa que contou com a participação de trabalhadores que integram o CCD da Câmara Municipal de Celorico de Basto, como anfitriões, e os trabalhadores da Câmara Municipal de Avis, Cascais, Coruche, Gaia, Golegã, Gondomar, Guimarães, Lisboa, Maia, Moita, Mora, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Portalegre, Porto, Salvaterra de Magos, Seixal, Valongo e Vila Franca de Xira, num total de 100 participantes.

Os prémios foram distribuídos por setores e categorias, com cada equipa composta por quatro pescadores. Foram ainda atribuídos os prémios ao melhor exemplar e à Câmara mais distante. Estas distinções foram entregues pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, e pelo Vereador da Cultura, Fernando Peixoto.

Joaquim Mota e Silva realçou a importância desta interação entre os trabalhadores de vários municípios. “Esta interação entre municípios é muito salutar e benéfica. É importante que os trabalhadores convivam fora do contexto trabalho, sobretudo a praticar uma atividade desportiva”. O autarca referiu ainda tratar-se de uma forma de dar a conhecer as particularidades deste concelho a outros. “Estes pequenos convívios servem também para dar a conhecer esta terra, as suas gentes, as suas características próprias e cativar para visitas futuras. Afinal, acreditamos que o turismo é um dos sectores que mais cresce no concelho, por isso trabalhamos concertadamente nesse sentido” destacou. 

A organização do evento, ciente do apoio cedido pelos autarcas na organização das diferentes atividades promovidas ofereceu-lhes uma lembrança como forma de agradecimento. Jorge Mesquita, membro do Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Celorico de Basto, disse ser “apenas uma lembrança simbólica. De facto, o município tem sido muito recetivo à organização das nossas atividades, só podemos estar agradecidos”.

_DSC5916.jpg

_DSC6071.jpg

CELORICO DE BASTO RECEBE CICLISTA QUE ANDA A DAR A VOLTA AO MUNDO

Bruno dos Santos é um jovem lusodescendente residente em Houilles que teve um sonho e que o transformou num projeto de vida, “percorrer o mundo em bicicleta como forma de promover a solidariedade, a integração e a mobilidade sustentável para todos”. Bruno dos Santos esteve em Celorico de Basto, no fim-de-semana de 12 e 13 de agosto, aquando das cerimónias de geminação entre Celorico de Basto e Houilles.

_DSC5955.jpg

Nesta última viagem até Celorico, Bruno dos Santos fez-se acompanhar pela esposa, Ludivine, apaixonada por Linguagem Gestual, e percorreram 12 países, durante dois meses e meio.

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, recebeu estes apaixonados pelo desporto e pela promoção da igualdade na feira de Artesanato e Gastronomia. “ É uma grande honra receber este jovens em Celorico de Basto, a causa que os move é de louvar e demonstra o quão a sociedade está atenta aos problemas da mobilidade, dos direitos de acessibilidade para todos independentemente das limitações físicas. É importante refletir nestes assuntos, ver o que está mal, o que é preciso mudar, onde poderemos intervir para que todos se sintam integrados da melhor forma na comunidade”, realçou.

Este projeto de vida levou à criação da associação “Quando a cabeça perde os pedais” e trabalha em parceria com outras associações de solidariedade que desenvolvem iniciativas sobretudo, pelas pessoas portadoras de deficiência física. O objetivo é sensibilizar e promover os direitos iguais para todos. Bruno dos Santos apresenta, acoplado a este projeto, e sendo filho de pais Portugueses, o “dever de memória” ou seja, procura saber o máximo de Portugal, vir o maior número de vezes ao país do coração.

Recordar que Bruno dos Santos esteve em Celorico no ano de celebração da Geminação entre Celorico de Basto e Houilles, em 2006. Regressou passados 10 anos e participou ativamente nas cerimónias de comemoração.

_DSC5997.jpg

BRACARENSES DECIDEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Entrega de propostas para a segunda edição até 31 de Agosto

Orçamento ‘Tu Decides’ desafia Jovens para participação activa na sociedade

Termina a 31 de Agosto o prazo de entrega de candidaturas ao Orçamento ‘Tu Decides!’, uma iniciativa levada a cabo pelo Município de Braga e que se assume como um dos principais meios da participação cívica dos mais jovens na construção da sua Cidade.

cartaz (2).jpg

Com a colaboração com o Conselho Municipal de Juventude, o Orçamento ‘Tu Decides!’ é dirigido aos jovens residentes, estudantes, ou trabalhadores do Concelho de Braga, dos 14 aos 35 anos de idade. Trata-se de um processo de carácter participativo, que permite que os Jovens coloquem à votação dos seus pares, projectos que visem incentivar uma participação activa para o desenvolvimento do Concelho.

O Orçamento “Tu Decides!” contempla uma verba 75 mil euros para o ano de 2017. Cada proposta não deverá ultrapassar um valor de realização global de 25 mil euros e deverá abranger uma das seguintes áreas temáticas: educação e formação; emprego e empreendedorismo; desporto, saúde e bem-estar; participação cívica; voluntariado e inclusão social; diálogo intergeracional; cultura e criatividade.

jovenssocorristas1.jpg

O período de inscrições e entrega de propostas termina a 31 de Agosto, seguindo-se a análise técnica e avaliação das propostas apresentadas. Os projectos vencedores será conhecidos após o período de exposição e votação, que irá decorrer entre 3 e 21 de Outubro.

As propostas deverão ser entregues em formato digital, através do endereço electrónico tudecides@cm-braga.pt ou, presencialmente, no Balcão Único da Câmara Municipal de Braga.

O Orçamento “Tu Decides!” pretende não só criar uma maior aproximação aos cidadãos mais jovens dos órgãos de decisão autárquicos, promovendo uma maior aproximação das políticas públicas às necessidades e objectivos dos jovens, mas também promover o exercício de uma cidadania activa e participada junto dos jovens, o seu desenvolvimento pessoal e social, fomentando a educação para a cidadania e o diálogo entre os jovens e os órgãos de poder local. O regulamento do Orçamento ‘Tu Decides!’ está disponível em juventude.cm-braga.pt

Projectos vencedores da primeira edição registam forte adesão da população

Os projectos vencedores do ano transacto estão a ser desenvolvidos e registam uma forte adesão da população. O ‘Let´s Move’, um projecto com a finalidade promover hábitos de vida saudáveis em toda a população, incentivando a prática desportiva em diferentes públicos-alvo, desde crianças a idosos, promovendo, ainda, a inclusão e integração social de públicos mais desfavorecidos, já foram desenvolvidas várias actividades, tais como acções de sensibilização de Educação para a Saúde e para o Desporto, palestras sobre a importância de um estilo de vida saudável, formações e outras actividades abertas à comunidade e rastreios de saúde. Entre formações gratuitas com certificados, como a formação de “Monitores de Férias”, já realizada em duas edições, ou as actividades gratuitas integradas no “Mexe-te Braga”, ou mesmo as visitas as escolas com demonstração de diferentes modalidades desportivas, foram várias as actividades já concretizadas, sendo que até ao final do ano ainda se realizarão mais acções enquadradas neste projecto.

jovenssocorristas6.jpg

Quanto ao projecto ‘Jovens Socorristas’, que consiste na implementação de acções de sensibilização e formação a crianças e jovens, técnicos de acção educativa e dirigentes associativos, dotando-os das ferramentas e competências básicas ao nível dos Primeiros Socorros, foram concretizadas várias acções de formação em Suporte Básico de Vida junto de alunos do 4.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico, em Socorrismo Pediátrico junto de agentes educativos e, ainda, junto de dirigentes associativos. No total receberam formação cerca de 1000 crianças do 4º ano. Foram também realizadas formações aos dirigentes das associações juvenis da cidade, gratuitamente, durante a edição deste ano da Semana da Juventude, tendo recebido formação cerca de 40 jovens. Brevemente será lancada a segunda edição desta formação, para mais jovens dirigentes. Futuramente, serão concretizadas também acções de formação destinadas a dirigentes desportivos.

O projecto de Arte Urbana ‘BragARTES Street Art Festival’ está neste momento a decorrer e tem como objectivo colocar Braga na rota dos artistas que procuram inspiração para novos projectos, demonstrando e aumentando o potencial cultural da Cidade.

Já o projecto ‘Desporto é nas Parretas: crescer e remodelar’, que consiste na requalificação do ringue localizado na Rua Tenente Coronel Dias Pereira e do campo de futebol localizado na Escola Básica das Parretas, encontra-se, presentemente, em fase de projecto na Câmara Municipal de Braga, prevendo-se a sua execução até ao final do presente ano O objectivo deste projecto de requalificação é dotar ambos os espaços de melhores condições para a prática desportiva, beneficiando todos os moradores e, também, os alunos daquele estabelecimento de ensino.

Quanto ao projecto ‘Parque de Street Workout nas Andorinhas’, encontra-se em fase de projecto na Câmara Municipal de Braga, prevendo-se a sua execução até ao final do ano 2016. Este projecto consiste na instalação de um parque de Street Workout no Bairro das Andorinhas com o objectivo de promover a actividade física e desportiva e hábitos de vida saudáveis.

Let´s move1.jpg

Let´s move2.jpg

Let's move.jpg

ARRANCARAM AS OBRAS DE REABILITAÇÃO DO MOLHE NORTE DA EMBOCADURA DO RIO CÁVADO

Arrancaram esta semana as obras tendentes a reabilitar o Molhe Norte da Embocadura do Rio Cávado, inseridas no plano de proteção do litoral, desenvolvido no âmbito do Programa Polis Litoral Norte. Constituindo um investimento de 600 mil euros, a obra prevê a intervenção nos cerca de cem metros de comprimento que tem o paredão de proteção da zona da Praia de Suave Mar e contempla, ainda, a dragagem de aproximadamente 350 mil metros cúbicos de areia.

molhe3.jpg

O arranque da obra do molhe norte da barra responde a uma proposta avançada pelo Município de Esposende, após muitos anos de reclamações corroboradas pela Associação de Pescadores de Esposende. Em causa está a garantia de segurança na entrada da barra e a manutenção do areal na Praia de Suave Mar.

“Esta obra é da maior importância quer por motivos de segurança da cidade quer para segurança das embarcações. Em dois anos dragamos a doca de pesca e estamos a fazer a reconstrução do molhe, numa atitude, entre outras, de claro apoio aos pescadores deste concelho”, vincou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

O concurso desta obra foi lançado em janeiro, pela Polis, sociedade que gere o programa que está a desenvolver a requalificação e valorização do litoral entre Caminha e Esposende. De resto, esta intervenção já integrava o Aviso do Programa Operacional para a Sustentabilidade e Uso Eficiente de Recursos (POSEUR), publicado a 1 de outubro de 2015, em resultado da reivindicação feita pelo Município, junto do anterior Governo.

Benjamim Pereira sublinha a importância com que o problema foi tratado pelo atual Governo, em particular pelo ministro do Ambiente, Matos Fernandes, “principalmente pela sensibilidade revelada, ante a argumentação do Município de Esposende e ter percebido a necessidade e prioridade desta intervenção, dado que está em causa, sobretudo, a segurança da navegação”.