Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO VAI TER GABINETE DE APOIO AO EMIGRANTE

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo que visa a instalação de um Gabinete de Apoio ao Emigrante em Cabeceiras de Basto

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Dr. José Luís Carneiro, homologou ontem, dia 13 de agosto, no Salão Nobre da Câmara Municipal, o protocolo de colaboração estabelecido entre a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP) e o Município de Cabeceiras de Basto que visa a instalação de um Gabinete de Apoio ao Emigrante. Este foi, aliás, o assunto que esteve em destaque na última reunião do Executivo Municipal que se realizou na passada sexta-feira, dia 12 de agosto, e que foi aprovado por unanimidade.

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (1).JPG

Nesta sessão marcaram presença o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, o Embaixador João Maria Cabral, Diretor-geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas, os vereadores Dra. Isabel Coutinho e Alfredo Magalhães, demais autarcas das freguesias e do município, entre outros convidados, como Dominique Bard, adjunta do Município de Rives, localidade francesa geminada com Refojos de Basto, e público em geral.

De referir que o Secretário de Estado foi recebido em frente à Câmara Municipal pelos autarcas do município e das freguesias, bem como por vários emigrantes se encontram de férias em Cabeceiras de Basto, sua terra Natal.

Depois de agradecer a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, o presidente da Câmara Municipal destacou que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto foi uma das primeiras autarquias a assinar um Protocolo de Cooperação, em janeiro de 2005, para a criação de uma estrutura de apoio ao emigrante denominada Apoio às Comunidades Portuguesas que mais tarde viria a chamar-se Gabinete de Apoio ao Emigrante. Este Gabinete tem funcionado no SAU (Serviço de Atendimento Único) e disponibiliza informações e serviços a emigrantes e ex-emigrantes.

“A assinatura deste novo Protocolo de Cooperação, de segunda geração, justifica-se na medida em que acrescenta aos objetivos iniciais outros, designadamente naquilo que tem a ver com as questões inerentes ao regresso e reinserção bem como com projetos e investimento e desenvolvimento local em conjugação com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora”, disse Francisco Alves, afirmando que será “um espaço com a função de desenvolver ações de apoio aos cidadãos que pretendam emigrar, já emigrados, ou que queiram regressar ao país de origem”.

E sublinhou: “estou certo que continuaremos a poder-nos apoiar junto da Direção-geral dos Assuntos Consulares e agora também do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora para a obtenção de informação sempre que tal se justifique para que possamos dar respostas concretas aos cidadãos e em tempo útil”.

E finalizou: “o Município de Cabeceiras de Basto está empenhado em responder às necessidades e desafios das populações e que, entre outras, a assinatura deste Protocolo é mais um instrumento para atingirmos esse objetivo porque somos um Município com uma comunidade muito grande de pessoas emigradas”.

Objeto do protocolo

De salientar que o protocolo, assinado ontem pela Câmara Municipal e pela Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas, tem por objeto o estabelecimento de cooperação nas áreas em que ambos os órgãos tenham manifesto interesse, nomeadamente, em ações que apoiem os cidadãos que pretendam emigrar e dos que se encontrem a residir e a trabalhar nos países de acolhimento; ações que incentivem e acompanhem os cidadãos que regressam com carater definitivo ao país de origem; ações que garantam a divulgação de informação relevante para o exercício dos seus direitos e deveres; ações que, aproveitando o poder económico das Comunidades Portuguesas, associado às potencialidades oferecidas pela região, promovam projetos de investimento e desenvolvimento locais, em conjugação com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora (GAID); e ações que apoiem o associativismo e que promovam e favoreçam o conhecimento da cultura portuguesa.

Mosteiro de S. Miguel de Refojos

O presidente da Câmara Municipal, aproveitando a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas em Cabeceiras de Basto, não pôde deixar de lhe manifestar “a enorme tristeza” sentida pelos Cabeceirenses quando há pouco tempo foram informados da não integração do Nosso Mosteiro na Lista indicativa a Património da UNESCO. Francisco Alves explicou que “a Câmara Municipal decidiu imediatamente, após a comunicação da não integração do Mosteiro na Lista Indicativa, continuar este processo e aprofundar ainda mais os estudos da presença dos Beneditinos em Cabeceiras de Basto e da criação deste Mosteiro” e pediu ao Secretário de Estado “apoio para esta nossa causa”, informando-o de que “há poucos dias vimos aprovada uma candidatura ao Programa Norte 2020 para a execução de obras de beneficiação e promoção do Mosteiro num montante de investimento global de cerca de 2 milhões de euros”.

Após a cerimónia de assinatura do protocolo, o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas procedeu à abertura oficial da ‘Exposição Venda de produtos locais’ inserida na iniciativa ‘Mosteiro em Festa’ que decorre até ao final deste domingo em Cabeceiras de Basto, um evento dinamizado pela Câmara Municipal que encerra com a atuação do artista Jorge Lomba e uma sessão de fogo preso no Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (1) (2).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (2) (1).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (3) (1).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (4) (1).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas homologou protocolo (5).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas visitou 'Mosteiro em Festa' (1).JPG

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas visitou 'Mosteiro em Festa' (2).JPG

PONTE DE LIMA: RENDUFE ORGANIZA PRÉMIO DE CICLISMO

Disputou-se, ontem, o 15º Prémio de Ciclismo de Rendufe, iniciativa da Associação de Ciclismo do Minho e da Secção de Ciclismo do Rendufe Futebol Clube pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã, que contou com o apoio do Município de Amares. Fábio Silva, da escola de ciclismo Carlos Carvalho, foi o grande vencedor da prova rainha na categoria de juniores, numa prova que reuniu centenas de jovens amantes desta modalidade.

13895462_516235815248930_3089258892420477568_n.jpg

No escalão mais Benjamins, Rui Sabino do CRC foi o grande vencedor e David Ferreira do mesmo clube venceu na categoria de Iniciados. No escalão de Infantis, João Martins da Escola de Ciclismo "Arca de Noé" da Maia cortou a meta em primeiro e em Juvenis o troféu foi para Tiago Moreira da Tensai/Santa Marta, que voltou a vencer em Cadetes com Diogo Vieira.

Na classificação geral, na categoria Cadetes Femininos, Diana Marques alcançou a primeira posição, seguida de Jéssica Ribeiro.

Perante muito público, o 15º Prémio de Ciclismo de Rendufe decorreu nas imediações da Junta de Freguesia de Rendufe num ambiente de grande desportivismo, tendo proporcionado momentos de grande espetacularidade e emoção.

No final da prova cujas classificações se encontram disponíveis em:

Organizado conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Secção de Ciclismo do Rendufe Futebol Clube, o 15º Prémio de Ciclismo de Rendufe contou com a colaboração da Câmara Municipal de Amares, Junta de Freguesia de Rendufe, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Controlsafe, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

13939430_516235621915616_8498941543658902563_n.jpg

BOMBOS DE VILA PRAIA DE ÂNCORA ANUNCIAM FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA BONANÇA

Vila Praia de Âncora acordou hoje ao rufar dos bombos. O Grupo de Bombos desta localidade percorreu hoje, desde manhã cedo, as principais ruas da vila para anunciar a proximidade da festa.

Caminha 006.JPG

A capela já se encontra iluminada e as artérias da vila ornamentadas. É a festa dos pescadores, das gentes que não temem o mar, a alma desta vila piscatória que, desde os finais do século XIX, transformou-se numa das principais estâncias turísticas e balneares do Minho, com grande oferta hoteleira e gastronómica.

Caminha 009.JPG

Caminha 013.JPG

CAMINHA FESTEJA EM HONRA DE SANTA RITA DE CÁSSIA

Terminam hoje em Caminha as festividades em honra de Santa Rita de Cássia. Ao final da manhã, a procissão solene sai da Igreja da Misericórdia e percorreu as ruas da vila de Caminha em direção à Igreja Matriz.

Caminha 026.JPG

A Banda Musical Lanhelense, de Lanhelas, a procissão que foi seguida por elevado número de fieis.

As celebrações prosseguem hoje durante todo o dia, culminando com uma vigília de Santa Rita de Cássia a Nossa Senhora da Assunção, a qual terá lugar na Igreja da Misericórdia.

Caminha 021.JPG

Caminha 022.JPG

Caminha 023.JPG

Caminha 024.JPG

Caminha 025.JPG

Caminha 027.JPG

Caminha 028.JPG

Caminha 029.JPG

Caminha 030.JPG

Caminha 031.JPG

CASA DE PORTUGAL NOS JOGOS OLÍMPICOS PROMOVE BRAGA

Capital Ibero-americana da Juventude afirma-se no Rio de Janeiro

Esta segunda-feira a Câmara Municipal de Braga promove uma recepção a bordo do Navio Escola Sagres, Casa de Portugal durante os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Sob o mote da Braga 2016 – Capital Ibero-americana de Juventude, esta recepção terá como convidados especiais o Secretário de Estado da Juventude e Desporto de Portugal membros do corpo diplomático internacional no Rio de Janeiro e dos comités olímpicos dos 21 países que constituem a OIJ – Organismo Ibero-americano de Juventude.

FullSizeRender_1.jpg

Além destes convidados, estarão ainda presentes atletas portugueses, empresários brasileiros e portugueses do Rio de Janeiro, bem como diplomatas portugueses no Brasil e oficiais da Prefeitura e do Governo Estadual do Rio de Janeiro.

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, considera que “se Braga é uma cidade aberta ao mundo, nada melhor que afirmar a sua juventude e o seu talento precisamente onde o mundo se encontra em torno destes valores, em plenos Jogos Olímpicos”. “Fazê-lo no Navio Escola Sagres, Casa de Portugal nos Jogos, e com um leque de convidados tão prestigiante é uma oportunidade extraordinária”, acrescentou.  

Além do Vereador Miguel Bandeira, que está a acompanhar Ricardo Rio nesta visita ao Brasil, estará presente a Vereadora Sameiro Araújo, que se encontra no Rio de Janeiro como treinadora dos atletas Ricardo Ribas e Dulce Félix.

Ricardo Rio Sócio Honorário da Casa do Minho no Rio de Janeiro

Durante este fim-de-semana, Ricardo Rio foi recebido na famosa Casa do Minho no Rio de Janeiro, onde foi convidado especial de um almoço promovido por Agostinho dos Santos, presidente da quase centenária instituição luso-brasileira. Durante este almoço, o Presidente da Câmara Municipal de Braga teve a oportunidade de conviver com diversos membros da Casa do Minho com raízes no Minho e em especial em Braga, bem como conhecer melhor o trabalho cultural e associativo que é feito nesta instituição.

“Esta é uma instituição que mantém bem viva as nossas tradições minhotas e que nos orgulha. Durante a minha conversa com os responsáveis da Casa do Minho falamos em algumas colaborações para aumentar ainda mais a presença de Braga nesta casa”, referiu Ricardo Rio.

Recorde-se que logo à entrada do edifício o visitante depara-se com dois grandes brasões, um do Município de Braga e outro do de Viana do Castelo. Para o final do almoço estava reservada uma surpresa: O presidente Agostinho dos Santos entregou o diploma de sócio honorário da Casa do Minho a Ricardo Rio, uma distinção muito honrou o Presidente do município Bracarense.

FullSizeRender_6.jpg

IMG_4771.jpg

VILA VERDE: MIRTIFRUTOS ESTÁ DE PORTAS ABERTAS PARA TRÊS DIAS DEDICADOS AOS PEQUENOS FRUTOS

A Mirtifrutos – Feira Nacional de Pequenos Frutos já abriu as portas ao público. Durantes três dias, 12 a 15 de agosto, a Praça de Santo António, em Vila Verde, pinta-se em tons de vermelho e azul. No total, mais de três dezenas de expositores divulgam e promovem os seus produtos.

DSC_0739.JPG

Ricos em vitaminas e antioxidantes, os deliciosos e altamente nutritivos frutos frescos (na sua maioria mirtilos, framboesas e amoras) crescem de popularidade um pouco por todo o globo devido aos inúmeros benefícios que apresentam para a saúde. No entanto, o leque de opções está cada vez mais diversificado. As geleias, as compotas, os sumos e os licores são apenas alguns exemplos de derivados dos pequenos frutos, que são também escolha frequente na pastelaria, gelataria e até em cocktails. O programa de três dias inclui ainda momentos culturais, com folclore, música popular e uma feira de artesanato que vai colocar em evidência o talento dos produtores locais.

Um setor em franco crescimento, com uma dinâmica notável e com um peso cada vez maior na balança comercial vilaverdense e nacional, que impulsionou a criação da Mirtifrutos. “Temos em Vila Verde um conjunto muito grande de produtores e queremo-nos afirmar como um concelho de referência nos pequenos frutos e frutos vermelhos. Foi por essa razão que decidimos avançar com esta feira de pequenos frutos e derivados. Está-se a gerar uma dinâmica muito grande no território que terá aqui a oportunidade de se multiplicar e promover”, afirmou o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, depois de uma visita pelos stands da feira. A sessão de abertura contou com um espetáculo de música popular minhota, protagonizado pelos Amigos das Concertinas de Godinhaços.

O edil aproveitou também para frisar que esta é uma iniciativa com imenso potencial de crescimento e que fasquia é para elevar já em 2017. “No próximo ano vamos alterar a data, a feira passa para meados de julho, altura em que se verifica o maior pico de produção”, afirmou, acrescentando que a Feira Nacional de Pequenos Frutos se afigura como uma excelente oportunidade para encurtar distâncias entre o público e os produtores. “O nosso objetivo é sensibilizar as pessoas para os benefícios decorrentes do consumo de pequenos frutos. Ainda há muita gente que ainda nem conhece os pequenos frutos e esta feira será um contributo essencial nesse sentido, de divulgar e promover”, referiu António Vilela, acrescentando que o evento representa “uma oportunidade de valorizar o território vilaverdense, afirmando-se num setor de grande crescimento na economia local e nacional”.

DSC_0749.JPG

DSC_0785.JPG

DSC_0987.JPG

EMPRESÁRIOS BRACARENSES E DE MANAUS TÊM VIA VERDE PARA PARCERIAS ESTRATÉGICAS

Ricardo Rio reunido com Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas - Brasil

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, foi recebido pelo Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) e Vice Presidente da Confederação Nacional da Indústria do Brasil, António Silva, num encontro onde também marcaram presença vários empresários brasileiros e luso-brasileiros, do Amazonas.

manu (3).jpg

Neste encontro foram discutidas diversas plataformas de cooperação, entre os tecidos empresariais das duas regiões, fortificando os contactos que têm existido desde a geminação de Braga e Manaus, reforçada esta semana, entre o Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto e o Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, na visita institucional que o presidente da Câmara de Braga realiza, por estes dias, a Manaus.

O Estado do Amazonas, a sexta maior economia do Brasil, e Manaus, o sexto município que mais contribui para o PIB brasileiro (depois de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Belo Horizonte), podem trazer excelentes perspectivas para os empresários Bracarenses, que a partir de agora têm na Câmara Municipal de Braga um agente facilitador para ajudar a abrir portas no estado brasileiro. O mesmo se passa de forma inversa, depois dos contactos mantidos com autoridades e empresários de Manaus e do enorme impacto mediático que a visita de Ricardo Rio teve nos meios mediáticos do Amazonas.

“Foi precisamente para isto que viemos a Manaus, para dar a conhecer Braga e as suas potencialidades económicas e turísticas, com vista a atrair investimento e negócios para a nossa região. A partir de agora, os empresários de Manaus têm uma porta de entrada em Portugal através de Braga e o mesmo sucede com os empresários Bracarenses que tenham interesse em explorar as potencialidades dos mercados de Manaus e do Amazonas”.

manu (2).jpg

Durante o encontro, Ricardo Rio fez também uma apresentação da estratégia da cidade e das suas principais valências, bem como os incentivos e apoios aos investidores, tendo impressionado os empresários brasileiros. As áreas da investigação, nomeadamente a Universidade do Minho e o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia suscitaram também interesse, tendo António Silva felicitado a iniciativa dos políticos de geminar as suas cidades, pois abrem excelentes perspectivas para serem exploradas pelos empresários e forças vivas de Manaus.

Ricardo Rio reforçou, ainda, que “os contactos que mantivemos aqui abriram também outras oportunidades de colaboração, nomeadamente ao nível do Ensino Superior, na área da investigação e do turismo. Só para dar um exemplo, a comunidade portuguesa manifestou grande interesse em cooperar com a Universidade do Minho, no sentido de atrair jovens luso-brasileiros e brasileiros para o ensino pós-graduado em Braga”. Para concretizar esta parceria, vamos contactar a Universidade do Minho para verificar a melhor forma de a promovermos em Manaus”, concluiu.

O Presidente do FIEAM, António Silva, destacou que o pólo industrial de Manaus, a única zona franca do Brasil, que tem mais de 600 empresas e 120 mil empregos qualificados, é o maior produtor do Brasil de produtos tecnológicos, como telemóveis ou televisores, e que pode ser um excelente mote para Portugueses que desejem investir no Brasil. O Presidente da FIEAM, também ele descendente de Portugueses, relevou o papel fundamental que o Cônsul Honorário de Portugal em Manaus, o Comendador José de Azevedo teve para o desenvolvimento da Zona Franca de Manaus e deixou um apelo aos empresários Bracarenses e Portugueses: “as portas de Manaus estão abertas para todos aqueles que desejem investir e terão o nosso apoio”. Por outro lado, destacou, também, que esta parceria entre as duas cidades poderá significar também novas oportunidades para os empresários amazonenses, para que possam olhar para Braga e para Portugal com um local de investimento e de novos mercados. Por fim, referiu que pretende, em breve, visitar Braga para ficar a conhecer mais de perto as oportunidades que podem existir para os empresários brasileiros.

Nesta sessão de trabalho participaram ainda diversos directores da FIEAM, que fizeram uma apresentação das várias valências que a Federação possui. Uma das mais fortes é a componente de ensino e formação, tendo a sua responsável manifestado o interesse em estudar a possibilidade de cooperar com instituições bracarenses, no sentido de fomentar troca de experiencias entre os formandos, nomeadamente com intercâmbio de jovens profissionais de ambas as cidades.

Em jeito de balanço desta visita de dois dias a Manaus, Ricardo Rio realçou que ficou vincada a “importância desta parceria entre as duas cidades, pois existe claramente uma vontade de ambos os lados para que esta geminação não seja apenas um papel assinado, mas que se concretizem vantagens efectivas para as duas comunidades”.

O Presidente da Câmara Municipal de Braga manifestou, ainda, o enorme agrado pela forma como foi recebido pelas autoridades oficiais de Manaus, mas sobretudo pela Comunidade Portuguesa, que “tem imenso prestígio e importância em Manaus, e que são, não só excelentes embaixadores de Braga, mas de Portugal”. Rio deixou ainda um desafio aos empresários e instituições Bracarenses: “Se tiverem interesse em explorar algum tipo de relação com Manaus ou com o Estado do Amazonas, a Câmara Municipal de Braga está disponível para ajudar e fazer as pontes necessárias. É precisamente para isso que servem este tipo de geminações”.

manu.jpg

BARCELENSES PEREGRINAM À SENHORA DA FRANQUEIRA

De forma a prevenir a mobilidade dos meios de socorro, Bombeiros e outros agentes de Proteção Civil, ou em caso de acidente grave ou incêndio florestal, tendo em conta as condições atmosféricas dos últimos dias, apela-se à população que siga todas as indicações dos agentes da autoridade, no sentido de criar corredores de emergência nos acessos ao Monte da Franqueira.

Esta necessidade irá criar alguns constrangimentos na circulação, estacionamento e limitação no acesso ao monte.

Pede-se, por isso, a todos os peregrinos e automobilistas que colaborem e compreendam os pedidos e as informações que a Guarda Nacional Republicana irá dar a todos os que se deslocam ao Monte da Franqueira para participar na peregrinação anual.

É importante a colaboração, de forma a garantir a segurança de todos, da floresta e dos seus bens. 

GUIMARÃES ALTERA RECOLHA DO LIXO

Alterações na recolha de lixo em Guimarães devido ao feriado desta 2ª feira, 15 de agosto

Não haverá recolha de resíduos na noite deste domingo, nem durante o dia de feriado que evoca a Assunção de Nossa Senhora. Serviços urbanos reiniciam atividade na segunda-feira à noite.

A Câmara Municipal de Guimarães informa que não irá proceder à recolha de lixo na noite deste domingo e durante o dia de segunda-feira, 15 de agosto, devido ao feriado nacional, sendo retomada a normalidade dos serviços com a recolha de resíduos na segunda-feira a partir das 23 horas.

O Município de Guimarães solicita aos seus munícipes a colaboração e compreensão para que não depositem resíduos (sacos e/ou baldes) na via pública naqueles períodos, contribuindo assim para assegurar a salubridade pública.

O Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente do Autarquia apela à sensibilidade e à consciência ambiental da comunidade, de forma a reduzir o volume das embalagens e a acondicionar o lixo doméstico, evitando a sua colocação na via pública.

ATENTADO AMBIENTAL: EMPRESA PARTICULAR DESPEJA LIXOS TÓXICOS NOS BALDIOS DA CABRAÇÃO, EM PONTE DE LIMA

Uma empresa particular tem vindo a proceder a despejos de amianto e outros lixos tóxicos á mistura com produtos de compostagem em terrenos baldios da freguesia de Cabração, no concelho de Ponte de Lima. Já foi participada a ocorrência à GNR no passado dia 3 de agosto e aguarda-se que sejam tomadas as providências necessárias com vista à identificação e responsabilização dos seus autores.

13937075_10210077151076347_253712184_n.jpg

Os lixos têm vindo a ser lançados junto à estrada que liga ao lugar da Escusa e incluem fragmentos de amianto de grandes dimensões, material considerado altamente cancerígena.

A Comissão de Baldios da Freguesia da Cabração procedeu ao aluguer de uma área de baldio a uma empresa que não respeitou as condições do contrato efetuado, passando a utilizar o local para a descarga indevida de lixos de toda a espécie, o que constitui um grave atentado à saúde pública e ao ambiente. A população local está alarmada perante a situação e receia que venha em breve, com a época das chuvas, a ocorrer em breve a destruição dos solos agrícolas através da contaminação dos lençóis freáticos.

Conforme se pode ver nas imagens, a situação apresenta um estado de tal gravidade que requer a intervenção urgente das autoridades.

13900628_10210077471084347_1564578164_n.jpg

13900639_10210077422363129_248923611_n.jpg

13933124_10210077463364154_1907348103_n.jpg

13956945_10210077489324803_525922075_n.jpg

13956984_10210077488644786_224089553_n.jpg

13988734_10210077448323778_977603903_n.jpg

13989470_10210077456203975_1931996515_n.jpg

13989600_10210077506285227_1995407757_n.jpg

13989655_10210077517205500_1840572434_n.jpg

14011823_10210077473084397_556867229_n.jpg

14012132_10210077156156474_847000373_n.jpg

14030612_10210077443563659_757075268_n.jpg

14030612_10210077443563659_757075268_n (1).jpg

14031059_10210077472644386_1012113504_n.jpg

14031156_10210077423883167_680602347_n.jpg

CORAÇÃO DO FOLCLORE BATE FORTE EM SANTA MARTA DE PORTUZELO

Terminou há instantes em Santa Marta de Portuzelo o 1º Festival “O Coração do Folclore”, na realidade um novo formato do conceituado Festival Internacional de Folclore que há várias décadas se realiza naquela freguesia do concelho de Viana do Castelo.

F-SantaMartaPortuzelo 007.JPG

A abrir o espetáculo, o público foi presenteado com uma sessão inédita de música e luz que envolveu todo o recinto, desfilando os grupos participantes por entre o público em direção ao palco.

Coube à Escola de Folclore de Santa Marta de Portuzelo dar início ao espetáculo com a sua atuação a que se seguiram o Grupo Folclórico da Sérvia, o Rancho Folclórico Amigos de Portugal, sediado em França, o Rancho das Cantarinhas de Buarcos, a Agrupacion Folclórica Cantigas e Agarimos, da Galiza, o Grupo Folclórico Cancioneiro de Águeda, Grupo Folclórico de Argentina e o Grupo Etnográfico da Areosa.

Como é referido na própria apresentação do espetáculo, Santa Marta de Portuzelo “O Coração do Folclore” é o ponto de partida para um festival diferente e com uma abertura emocionante. Os sete grupos participantes, quatro nacionais e três estrangeiros, desfilaram por entre a assistência e proporcionaram um espetáculo atrativo, multicultural e para todos os públicos.

F-SantaMartaPortuzelo 017.JPG

F-SantaMartaPortuzelo 019.JPG

F-SantaMartaPortuzelo 038.JPG

F-SantaMartaPortuzelo 043.JPG

F-SantaMartaPortuzelo 064.JPG

F-SantaMartaPortuzelo 081.JPG