Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CAMINHA: MINHOTOS FAZEM ROMARIA AO S. JOÃO D'ARGA E NÃO SE ESQUECEM DE TAMBÉM DAR A ESMOLA AO DIABO

Milhares de romeiros vão em breve rumar a Arga de S. João para cumprir promessas a S. João ou pedir-lhe ajuda para arranjarem casamento ou cura de verrugas, quistos, doenças de pele e infertilidade.

13686523_591365131033506_7588799584692535028_n (2).jpg

Muitos ainda vão em ranchos como outrora sucedia. Sobem a pé o monte, cantarolando aqui e merendando acolá. Pelo caminho, o “penedo do casamento” é sítio obrigatório de paragem no percurso dos romeiros. Os solteiros atiram-lhe uma pedra para que esta fique em cima dele, dependendo o tempo de espera do casamento das tentativas feitas até o conseguir. Reza a lenda que o penedo “arranja testo para qualquer panela”… porém, como os tempos estão difíceis, vão ouvindo-se com frequência cantar os seguintes versos:

          Ó meu Senhor S. João

          Casai-me que bem podeis

          Já tenho teias de aranha

          Naquilo que bem sabeis

Uma vez chegados ao local do santuário, situado a cerca de 800 metros de altitude, os peregrinos dão três voltas à capela findas as vão dar uma esmola ao santo… e outra ao diabo! É de toda a conveniência para que ele não faça muitas diabruras ao longo do ano.

Cumprida a devoção, a romaria dá lugar ao folguedo. Juntam-se os tocadores de concertina e abrem-se as goelas para os cantares ao desafio. Canta-se e dança-se no terreiro até ao amanhecer.

Nas tasquinhas à volta do santuário come-se e bebe-se, o mesmo sucedendo nas lojas dos “quarteis” do antigo mosteiro. Aqui também existe alojamento para pernoitar pois, caso contrário, terá de ser feito ao relento, na área envolvente do mosteiro.

Estendem-se as mantas no chão duro do monte, de preferência sob as copas das árvores para proteger um pouco da humidade. Apesar de ainda ser Verão, as noites são frias e, como agasalho, recomenda-se um copito de aguardente com mel, uma especialidade típica da Serra d’Arga.

Mal despontam os primeiros raios de sol, termina a folia: é chegada a altura de regressar a casa.

A serra d’Arga regressa à sua pacatez normal e o silêncio volta à serra. Apenas uma escassa centena de almas habita as pouco mais de duas dezenas de habitações que compõem Arga de S. João, abrangendo uma extensão de treze quilómetros quadrados.

A festa de S. João d’Arga é porventura uma das mais genuínas romarias minhotas e o santo chama as gentes em redor, desde as distantes terras da Galiza até aos confins de Braga, a juntarem-se aos de Caminha, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Vila Nova de Cerveira e Valença. Minhoto que se preze deverá ir a S. João d’Arga ao menos uma vez na vida!

Fotos: https://www.facebook.com/#!/pages/Sao-Joao-DArga/258411130846875

378281_458395124181807_236306254_n

ARCOS DE VALDEVEZ RECUPERA HABITAÇÕES PARA ARRENDAMENTO JOVEM NO CENTRO HISTÓRICO

A Câmara Municipal consignou recentemente a empreitada de Reconstrução e adaptação de Edifício da Rua Espírito Santo/Rua Carlos Cunha (Valeta). Edifico que será constituído por dois T1 e dois T2 e pretende vir a albergar agregados jovens.

consignacao_casa_assis.jpg

Esta é uma obra de grande importância para o centro histórico porque o edifício encontra-se devoluto, o que contribuiu de forma significativa para o estado de ruina que hoje apresenta, pondo em causa as condições de segurança do conjunto edificado onde se insere e de utilização da própria via pública, revelando-se inclusivamente, um foco de insalubridade; Por outro lado irá dar um impulso ao nível da habitação jovem e da atração de mais famílias para este local.

Esta empreitada, adjudicada por 308.873,33€, tem por objetivo a reconstrução de dois edifícios de habitação, do tipo multifamiliar, na Rua Dr. Carlos da Cunha, União das Freguesias de Arcos de Valdevez (Salvador) Vila Fonche e Parada, concelho de Arcos de Valdevez.

O edifício de dimensões mais reduzidas, com dois pisos, será reconstruído para habitação, com a criação de um fogo – T1. O piso inferior destina-se à zona social (sala comum e cozinha/Kitchenette) e o superior para dormir, com um quarto e instalação sanitária de apoio.

O outro edifício, apesar dos quatro pisos que o compõem tem, quer pela dimensão e características arquitetónicas, quer pela sua inserção e relação urbana com a envolvente em que insere, limitações que condicionam a sua reabilitação e consequente processo de reconstrução, o qual, prevê, a criação de três fogos – 1T1 e 2T2.

As dimensões e características morfológicas do edifício motivaram a organização de dois (T2) dos três fogos projetados em mais do que um piso.

Ambos os edifícios se localizam em pleno centro histórico da vila de Arcos de Valdevez e foram edificados há mais de trinta anos;

Esta obra insere-se no Plano de Ação para a Regeneração Urbana de Arcos de Valdevez, com o qual se pretende incentivar e facilitar a reabilitação do edificado com valor patrimonial e histórico e dinamizar a reabilitação do tecido urbano degradado; promover a revitalização e a atratividade económica; fomentar o turismo, a cultura e o lazer; qualificar o espaço público; reforçar a centralidade urbana de Arcos Valdevez a nível municipal; bem como aumentar a sua atratividade regional e internacional.

consignacao_casa_assis3.jpg

consignacao_casa_assis4.jpg

CERVEIRA EXPÕE E VENDE TRAJES TRADICIONAIS DO MINHO

Identidade e tradição do “Traje Regional do Minho” na LIT

Associando-se ao conceito da II BIA – Artes e Ofícios Tradicionais, a decorrer de 10 a 14 de agosto, a Loja Interativa de Turismo de Vila Nova de Cerveira tem patente uma mostra/venda de trajes regionais que fazem parte de uma coleção particular. Fato de Noiva de Cerveira é um dos destaques desta exposição aberta ao público até ao final do mês de agosto.

IMG_7324.JPG

São mais de 15 trajes de noiva e de noivo, de dó, à lavradeira, de trabalho e à meia-senhora, para além de peças individuais como algibeiras, lenços, coletes e casacos regionais. Um vasto conjunto de trabalhos produzidos pela sensibilidade e mãos de Maria Cândida, uma vianense com fortes ligações familiares a Vila Nova de Cerveira.

Até ao final deste mês de agosto, integrada na BIA – Artes e Ofícios Tradicionais e aproveitando o facto de ser uma época com muito turismo e regresso de emigrantes às suas raízes, a Galeria da LIT veste-se de tradição e muita cor, dando a conhecer as roupas usadas pelas mulheres alto-minhotas em épocas festivas, quer de carácter religioso quer social, que vão desde o casamento, ao trabalho e ao funeral.

Através de diversas expressões culturais, o objetivo desta iniciativa é enfatizar e valorizar a riqueza de costumes e tradições da nossa região ao nível etnográfico, realçando os laços identitários e culturais nos trajes de antigamente, colocando-os para visita das gerações mais vindouras e outros interessados.

A mostra/venda “Traje Regional do Minho” encontra-se aberta ao público até ao final do mês de agosto, no período de funcionamento da Loja Interativa de Turismo de Vila Nova de Cerveira.

VILA VERDE PROMOVE-SE EM BRAGA

Vila Verde em força no Mercado à Portuguesa do Braga Parque!

O Município de Vila Verde volta à capital do Minho para levar a cabo uma ação promocional, de divulgação e valorização do território. A edilidade juntou-se a inúmeros parceiros locais, ATAHCA, Produtores Prove, Real Cooperativa Agrícola, APPACDM, Aliança Artesanal, diversos promotores da marca Namorar Portugal e Associação de Folclore de Vila Verde, para uma sólida presença no Mercado à Portuguesa, do Braga Parque.

De 28 de julho a 29 de agosto, o centro comercial bracarense acolhe um mercado tradicional, repleto de produtos tipicamente portugueses, onde não faltam os produtos agrícolas, o artesanato e a doçaria, entre muitos outros. Durante sensivelmente um mês, milhares de pessoas vão passar pelo espaço, conhecer os nossos produtos e tradições, numa ação de promoção e valorização da cultura e da economia vilaverdense.

A (1) (3).JPG

A (6).JPG

A (10).JPG

B (1) (1).JPG

C (7).jpg

ARCUENSES FESTEJAM EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA LAPA

Festas de Nossa Senhora da Lapa - Arcos de Valdevez. Festas concelhias de 6 a 14 de agosto

Gastronomia, música popular, rusgas, cantares ao desafio, serenata do rio, tradições, costumes, parte religiosa, e muitas outras atividades vão preencher as Festas do Concelho 2016, promovidas pela Câmara Municipal e Associação de Festas Folia 

festas_cartaz_programa_2016.jpg

De 6 a 14 de agosto, a vila de Arcos de Valdevez vive as suas Festas Concelhias – as Festas de Nossa Senhora da Lapa, altura em que se pretende reviver a tradição de meados do século passado, valorizando o património cultural e dar relevo às raízes arcuenses.

As Festas Concelhias de Nossa Senhora da Lapa ocorrem nesta época e são um momento de celebração da nossa Fé, da Cultura e do orgulho nas Terras de Val-de-Vez.

O entusiasmo do povo, o folclore, os cantares ao desafio, as rusgas, a banda de música e os bombos espalham-se pelas ruas, tornando as Festas num acontecimento inesquecível, que faz vibrar o concelho e a gente.

Muitos são os motivos que enchem de cor, brilho e vivacidade as festas do concelho, como o cortejo etnográfico com os usos e costumes das freguesias, a espetacular sessão de fogo-de-artifício que ilumina todo o Vale do Vez, a grandiosa procissão e a maravilhosa Festa do Rio com os barcos alegóricos.

Os dias 12, 13 e 14 são os dias fortes das festividades e atraem milhares de arcuenses e forasteiros às ruas da vila, que aproveitam a ocasião para, noite fora, cantarem e dançarem nas rodas de tocadores, ao som das concertinas, bombos e outros instrumentos tradicionais.

No sábado as ruas enchem para assistir, durante a tarde, ao Cortejo Etnográfico, momento em que as tradições e costumes de Arcos de Valdevez são trazidos à memória pelas Freguesias e Associações do concelho, e à noite para com as rusgas desfilar e cantar à desgarrada.

O domingo, dia 14, é dedicado à Eucaristia e à solene Procissão, a qual conta todos os anos com o envolvimento e colaboração das freguesias do concelho através dos seus santos mais representativos. Ao início da noite, ocorrerá a grande Festa/Serenata do Rio, com os seus Barcos Alegóricos, um desfile de singular beleza, este ano com o tema “Walt Disney” , uma forma de lembrar as figuras animadas criadas por este grande artista e que fazem sonhar gerações.

A encerrar a festa, um dos momentos únicos proporcionados pelo ecoar dos espetáculos de explosões de luz e cor do gigantesco fogo-de-artifício.

As tradições religiosas, o folclore, a etnografia, o fogo-de-artifício, os espetáculos, são alguns dos ingredientes que caraterizam estas manifestações populares genuínas que resistiram ao passar do tempo, tornando-se cada vez mais apreciadas.

Venha visitar Arcos de Valdevez e reviva as tradições e cultura das nossas gentes. Desfrute da nossa gastronomia, beleza natural e bom acolhimento!

Estamos a uma hora do Porto e Vigo e a meia hora de Braga.

Festas de Nossa Senhora da Lapa 2016

06 a 14 de AGOSTO de 2015

06 de Agosto (5ª Feira)
Tony Carreira

07 e 08 de Agosto

Festivais Folcloricos

Terça 09 de Agosto

Festa do emigrante

Sexta 12 de Agosto

Festa da Rádio

Cantares ao Desafio

Sábado 13 de Agosto

Cortejo etnográfico

Rusgas

Domingo 14 de Agosto

Procissão Nª Srª da Lapa

Festa do Rio

PISCINA MUNICIPAL DE CALDELAS ACOLHE PROJETO P.A.R (PELE E ATIVIDADES DE RISCO)

A Piscina Municipal de Caldelas vai receber no dia 17 de agosto, a partir das 14h00, o Projeto P.A.R (Pele e Atividades de Risco) – Verão 2016, uma ação de sensibilização da população para a prevenção do cancro da pele levada a cabo pelo Departamento de Educação para a Saúde (DES) do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Este ano, a iniciativa conta com o apoio do Município de Amares.

cartaz_lcancro.jpg

Alertar a comunidade para os perigos decorrentes da exposição à radiação ultravioleta, informando quais os fatores de risco e formas de prevenção do cancro da pele,  é o principal objetivo deste projeto que, em Amares, vai abranger duas atividades: a primeira será um “Desfile de chapéus”, elaborados pelos próprios participantes, com o objetivo de incentivar o uso de chapéu, por toda a comunidade, e a segunda trata-se de um concurso com a duração aproximada de 5 a 10 minutos e com 3 níveis de dificuldade – o “Big Picture: Educação e Saúde”, com direito a prémios alusivos à temática.

 

Mais informações e inscrições presencialmente na Piscina Municipal de Caldelas ou através do email: associativismo@municipioamares.pt

FAMALICÃO VÊ CINEMA AO AR LIVRE

“Joy” na primeira sessão de agosto do Cinema Paraíso

A comédia dramática “Joy”, com Jennifer Lawrence, Robert de Niro e Bradley Cooper nos papéis principais, é o filme escolhido para a primeira sessão de agosto do cinema ao ar livre no Parque da Devesa, que decorre já amanhã, quarta-feira, dia 3, pelas 22h00.

Joy.jpg

Com assinatura de David O. Russell e com um elenco de luxo, o filme retrata a vida da “criativa e decidida Joy, que se esforça por conciliar a difícil vida de mãe solteira com a de inventora. Um dia descobre algo inovador que lhe abre as portas para o sucesso. Porém, ao mesmo tempo que ganha notoriedade e se transforma numa das mais bem-sucedidas empresárias dos EUA, vê-se obrigada a enfrentar a traição, a falsidade e a falta de generosidade dos que lhe são próximos”.

Para este mês de agosto que agora arranca estão ainda previstas mais três sessões de cinema ao ar livre no parque. Depois de Joy segue-se a comédia “Todos Querem o Mesmo”, no dia 10, “The Walk: O Desafio”, no dia 17, e ainda a comédia francesa “As Férias do Sr. Hulot”, no dia 24.

Refira-se que o “Cinema Paraíso”, assim se chama a iniciativa, é promovida pela autarquia famalicense, o Cineclube de Joane e a Casa das Artes.

FAMALICÃO SAIU À RUA PARA OUVIR CANTAR O FADO

A Praça D. Maria II, em Vila Nova de Famalicão, foi pequena para as centenas de pessoas que na passada sexta-feira, dia 29 de julho, não quiseram perder a oportunidade de assistir à terceira edição do Festival de Fado.

A iniciativa, inserida na programação cultural de Verão do município famalicense, reuniu em palco conceituadas e promissoras vozes do fado como Pedro Marão, Florência, Joaquim Macedo e Patrícia Costa.

Festival de Fado.JPG

O MUNDO DANÇA EM ARCOS DE VALDEVEZ

Arcos de Valdevez volta a receber o Festival o Mundo a Dançar

O Festival Internacional de Danças Folclóricas “FOLKMONÇÃO”, reconhecido pelo C.I.O.F.F. (Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e de artes tradicionais, estatuto B da UNESCO) em Novembro de 2006, C.I.D. (Conselho Internacional de Dança) em 2005, I.O.V. (Organização Internacional das Artes Populares) em 2004, regressa amanhã, dia 3 de Agosto, pelas 22h00, ao anfiteatro do Trasladário em Arcos de Valdevez, numa pareceria com a Câmara Municipal.

12718250_1143440122356460_5336327564077314256_n (9).jpg

A 31ª edição traz a terras arcuenses 4 grupos vindos da Chechénia Colômbia, Filipinas e África do Sul.

Da Chechénia vem a formação STATE FOLK DANCE GROUP “VAINAKH” da cidade de Gudermes; de Bogotá,  Colômbia, vem o BALLET FOLKLORICO NACIONAL JAIME OROZCO, das Filipinas, da cidade de Vancouver, vem o grupo KABABAYANG PILIPINO CULTURAL PERFORMING ARTS GROUP e da Africa do Sul chega a formação DEMBBA NJILO FOUNDATION.

As interpretações certamente espelharão as características do Folclore de cada país de origem e, cada uma à sua maneira, proporcionará momentos de grande beleza e profissionalismo tanto pelas vestimentas e adereços usados pelos bailarinos como pelas performances realizadas.

UNIMINHO PROMOVE APP DE TRILHOS PEDESTRES TRANSFRONTEIRIÇOS

“ECOTUR” é a mais recente aplicação móvel lançada pela UNIMINHO no âmbito do projeto UNIMINHO|ECOTUR, co-financiado pelo POCTEP. A APP foi criada com a intenção de promover o território do Vale do Minho transfronteiriço como destino turístico de excelência, convidando os visitantes a descobrir pontos de interesse e paisagens, à medida que vão desbravando os vários trilhos pedestres dos cinco concelhos.

ecotur_pub_7.png

As margens do Rio Minho oferecem um conjunto de temas e atividades transversais para um visitante curioso, com respeito pela Natureza, tradições e história. Consciente da importância de estar em sintonia com as novas tendências e os novos perfis do turista que procura informação precisa e imediata para a sua viagem, a UNIMINHO disponibiliza uma ferramenta que, à distância de um click, permite um acesso facilitado aos trilhos existentes entre fronteiras dos cinco concelhos da região.

Disponível para IOS e Android, com tradução em português, galego e inglês, o objetivo da APP ECOTUR é potencializar um guia que proporcione ao visitante uma aventura inesquecível fomentando que, em cada recanto, em cada época do ano, este território oferece um diferente panorama de experiências que nunca se repetem em áreas como a gastronomia, paisagem, festividades, entre outras.

Fornecendo mapas e informações sobre os diversos pontos de interesse e pontos de informação distribuídos, esta aplicação tem ainda uma funcionalidade que permite ao utilizador salvar todos ou os melhores momentos durante a sua experiência. Sempre que o utilizador desejar, simplesmente clica no primeiro botão e automaticamente é criada uma pasta no seu telemóvel com o nome MYECOTUR e a respetiva data e, a partir daqui, poderá gerir e organizar os registos dos percursos realizados.

Caminha-A Guarda-O Rosal, Melgaço-Arbo-As Neves, Melgaço-Crecente- A Cañiza, Monção-Salvaterra do Miño, Paredes de Coura-Valença-Tui- Salceda de Caselas e Vila Nova de Cerveira-Tomiño. São seis os trilhos pedestres transfronteiriços disponíveis na APP e com indicação do nível de dificuldade, da duração ou da distância em quilómetros de descoberta e aventura em territórios que comungam o rio Minho.

O sucesso das Caminhadas Transfronteiriças e das Experiências Ecotur em 2015, e a sua continuidade no presente ano, afirmam a importância do conceito de caminhar entre as fronteiras, de forma a promover e divulgar a riqueza do património material e imaterial da região do Vale do Minho transfronteiriço que se cruza com a história de dois países, transformando-os num único destino. O projeto UNIMINHO|ECOTUR, co-financiado pelo POCTEP, visa valorizar os corredores verdes ecológicos transfronteiriços, sensibilizando as populações para o Vale do Minho Transfronteiriço como um ‘Destino Ecoturístico de Excelência’.

A APP ECOTUR é gratuita e já se encontra disponível na App Store e na Google Play.

Download APP STore

https://itunes.apple.com/pt/app/ecotur/id1084230600?mt=8

Download Google Play

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.inforneris.ecotur&hl=pt-PT

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA REQUALIFICA LARGO DA IGREJA EM FONTÃO

Ponte de Lima – Fontão - Obras de Requalificação do Largo da Igreja. Inauguração a 7 de agosto – 11h30

O Município de Ponte de Lima concluiu a obra de Requalificação do Largo da Igreja em Fontão, uma intervenção que se enquadra na política de Reabilitação Urbana em zonas centrais das freguesias com espaços de cariz coletivo e social que se encontrem degradadas e urbanisticamente mal definidas.

No Dia de Fontão, a 7 de agosto, a Câmara Municipal de Ponte de Lima vai proceder à inauguração oficial desta intervenção estando a cerimónia agendada para as 11h30, no Largo da Igreja. Segue-se um Verde de Honra, oferecido pela junta de freguesia, que prolonga a festa a celebrar o Dia de Fontão com um programa recreativo e musical.

A obra cujo investimento ascendeu a 394.555,00 euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, contemplou a construção e conservação de passeios e outros espaços públicos, no centro da freguesia, ponto de encontro da população e palco de eventos festivos, com o objetivo de criar melhores condições de vivência e usufruto pela população e visitantes.

Desta forma, aumentou-se o espaço destinado às pessoas, totalmente acessível e livre de barreiras arquitetónicas, favorecendo-se a circulação pedonal e o usufruto do espaço público através do alargamento da principal via de acesso local e a repavimentação total da área de intervenção com materiais distintos para diferenciar os espaços de circulação pedonal e automóvel. Procedeu-se ainda à construção de instalações sanitárias públicas, reordenamento dos lugares de estacionamento, a renovação parcial da plantação arbórea, a beneficiação da iluminação pública e do mobiliário urbano e ainda a colocação de um parque infantil numa zona central da nova praça.

Neste contexto convidamos o V/ órgão de comunicação a acompanhar esta cerimónia, domingo, 7 de agosto, às 11h30 no Largo da Igreja, em Fontão.

ESPOSENDE MODERNIZA REDE ELÉCTRICA

Novos Postos de Transformação para modernizar rede elétrica

O Município de Esposende e a EDP ligaram quatro novos postos de transformação, melhorando o serviço prestado aos habitantes das Freguesias de Vila Chã, Fonte Boa, Gandra e Fão, num investimento total de 170 mil euros.

edp.jpg

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira e o Diretor da EDP da região Norte, Mário Guimarães, assistiram à ligação, hoje, dia 2 de agosto, de quatro novos postos de transformação, nas freguesias de Vila Chã, Fonte Boa, Gandra e Fão.

om a entrada em funcionamento destes postos, é melhorada a qualidade de serviço do fornecimento de energia elétrica nos lugares de Fonte da Aldeia, Alapela, Bouro e na Rua das Escolas, satisfazendo uma necessidade há muito sentida pela população e que o Município de Esposende procurou solucionar junto da EDP Distribuição.

No âmbito destas obras, foram colocados em serviço quatro novos postos de transformação que possuem uma potência instalada total de 760 KVA. Foram instalados 600 metros de rede de Média Tensão e 1300 metros de rede de Baixa Tensão.

As melhorias proporcionadas pelas novas infraestruturas refletir-se-ão na eliminação das quedas de tensão provocadas pelo aumento do consumo. Esta alteração reduz, ainda, as perdas de energia e aumenta a fiabilidade da rede de Baixa Tensão.

Fica ainda garantida a disponibilização de potência para a satisfação de novas solicitações de energia elétrica para estas zonas.

A inauguração contou ainda com a presença de José Augusto Carvalho e de Domingos Carvalho, responsáveis da área operacional de Braga da EDP, assim como os autarcas de Vila Chã, Mário Boaventura, da União de Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, António Neves, da União de Freguesias de Fão e Apúlia, Luís Peixoto e da Freguesia de Fonte Boa, Carlos Escrivães.

edp1.jpg

BRAGA EXPÕE FOTOGRAFIAS DE ARTUR PASTOR

Inauguração da exposição ‘Braga de Artur Pastor’. Amanhã, 3 de Agosto, pelas 17h00, no Museu da Imagem, em Braga

O Município de Braga inaugura a exposição ‘Braga de Artur Pastor’ em cerimónia que terá lugar amanhã, dia 3 de Agosto, pelas 17h00, no Museu da Imagem, em Braga.

Artur Pastor.jpg

A iniciativa contará com a presença da Vereadora da Cultura, Lídia Dias.

A exposição estará dividida em dois polos. No Museu da Imagem será possível ver ‘Os Lugares da Memória’, enquanto na Casa dos Crivos estará ‘A Alma e as Gentes’. Esta é a primeira vez que o espólio de Artur Pastor (1922-1999) será apresentado publicamente em Braga, cidade à qual devotou um particular interesse.

A exposição vai estar patente ao público até 17 de Setembro, podendo ser visitada na Casa dos Crivos, às segundas e sábados, das 09h30 às 12h30 e das 13h30 às 18h30, e de terça a sexta-feira, das 09h30 às 18h30; e no Museu da Imagem de terça a sexta, das 11h00 às 19h00 e sábado e domingo, das 14h30 às 18h30. A entrada é livre.

VIZELA PROMOVE MINIGOLFE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Ação de formação ‘Iniciação ao minigolfe para pessoas com deficiência’

A Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência (FPDD) em conjunto com a Vizelgolfe, a Câmara Municipal de Vizela e a Federação Portuguesa de Minigolfe (FPM), nos próximos dias 09 e 10 de agosto, vão organizar no Campo de Minigolfe Fonseca e Castro e no Auditório da Casa das Coletividades, a Formação “Treinadores de Desporto Adaptado – Modalidade de Minigolfe”.

CARTAZ-MINI-GOLFE formação.jpg

O objetivo é a sensibilização para a prática de atividade física e desportiva das pessoas com deficiência; fornecer informação necessárias para a implementação de hábito de prática atividade física e desportiva regular; capacitar técnicos para o ensino de minigolfe a pessoas com deficiência.

Os destinatários são treinadores, atletas de minigolfe e outros agentes desportivos, professores de educação física e alunos do ensino superior

Esta formação realiza-se no âmbito do Open de Minigolfe Adaptado – Vizela 2016, que terá lugar no Campo de Minigolfe Fonseca e Castro, nos próximos dias 11 e 12 de agosto.

PROGRAMA:

De 1 a 10 de agosto

Adaptação à Modalidade de Minigolfe

De 09 a 10 de agosto

Formação de Treinadores de Desporto Adaptado – Modalidade de Minigolfe

Dia 09 de agosto

16h00 às 19h00 – Formação Teórica (Auditório da Casa das Coletividades)

Dia 10 de agosto

09h00 às 12h00 – Formação Prática (Campo de Minigolfe Fonseca e Castro)

PÓVOA DE LANHOSO VIVE NOITE DAS ARÁBIAS

“Noite das Arábias” encantou os Povoenses

O Largo dos Paços do Concelho foi preparado a preceito para receber a “Noite das Arábias”, a 22 de julho, e à qual não faltaram de Dança do Ventre, Faquirismo e Magia Oriental, que encantaram e surpreenderam os espetadores.

Noite das Arabias 1.jpg

“A Noite das Arábias insere-se no âmbito da programação que preparámos para o Verão Com(N)Vida e tem como objetivo a diversificação dos espetáculos com noites alusivas a diferentes culturas. Os Paços do Concelho vestiram-se a rigor para poderem receber os Povoenses e os Povoenses corresponderam ao nosso desafio”, afirma o Vereador da Cultura e Turismo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues. Este responsável autárquico agradece ainda ao Café Marrakech “pela colaboração e empenho demonstrado” no âmbito desta iniciativa.

A Dança do Ventre ficou a cargo do conceituado grupo “SheMoves”. Já Jorge Noronha, através da sua técnica de Faquirismo, tirou o fôlego às centenas de Povoenses que assistiram à exibição. O mágico Rui Cardinal apresentou momentos únicos, surpreendendo a plateia com os seus truques de ilusionismo. 

O Médio Oriente foi o mote para mais uma noite de grande animação na Póvoa de Lanhoso, inserida na programação do “Verão Com(N)Vida 2016”. Esta noite temática aconteceu no Largo dos Paços do Concelho, potenciando este espaço espaços, para além dos locais tradicionais, que também apresenta excelentes condições para receber este e outro tipo de espetáculos.

A entrada em todos os eventos que englobam a programação de Verão é gratuita, resultado do esforço do Município para dinamizar o concelho, pensando não só nos Povoenses residentes e emigrantes como também no comércio local.

Noite das Arabias 3.jpg

Noite das Arabias 4.jpg

Noite das Arabias 5.jpg

CELORICO DE BASTO REALIZA FEIRA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA

Celorico de Basto prepara-se para receber a XIX edição da Feira de Artesanato e Gastronomia

Um dos maiores certames de artesanato e gastronomia decorre em Celorico de Basto, de 11 a 15 de agosto, no Mercado Municipal. Por estes dias, milhares de pessoas passam por um recinto onde reina a confraternização entre visitantes e residentes.

imagem de 2015.jpg

“Esperamos milhares de pessoas em Celorico de Basto durante a XIX Feira de Artesanato e Gastronomia, um certame que, pelas suas características próprias, com gastronomia de qualidade e artesanato tradicional, atrai residente e turistas” destacou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, a dias do arranque do certame. O autarca referiu ainda que “a importância desta feira nota-se, também, pela quantidade de expositores que querem participar. Temos espaço a menos e expositores a mais, todos querem estar presentes para dar a conhecer os seus produtos. A Gastronomia é sobretudo, regional, mas temos artesanato do norte ao sul de Portugal”.

Nesta feira é também destaque o encontro entre residentes e emigrantes que estão por Celorico de Basto durante o mês de agosto. “Este é um certame que vive sobretudo da confraternização, é um ponto de encontro entre familiares e amigos emigrantes, presentes no concelho durante este mês de férias” sublinhou Joaquim Mota e Silva.

A feira conta com a participação de cerca de 160 expositores com amplo destaque para o artesanato. A gastronomia e os vinhos têm também lugar garantido e são muito requisitados pelos visitantes.

Durante os 5 dias de feira a animação será permanente com a atuação do Rancho de Sta. Maria de Canedo, os cavaquinhos de Arnoia, os Tamegaita, os Charanga Achicoria, o Rancho Folclórico os Amigos do Castelo, os IPUM, os Viva Moreira, os Romeiros, os Glow band + Marionetas LED, os Amigos das Tainadas, os Fanfarra Kaústica, os Clown Band + Palhaços Insufláveis, o Rancho Folclórico de Gandarela e os Borguinhas Marotos (Luxemburgo).

Um certame que abre as portas no próximo dia 11 de agosto, quinta-feira, a partir das 18h00.

CARTAZ_PROGRAMA.jpg

PONTE DA BARCA VAI AOS FADOS

Autarquia barquense promove Noite de Fado com Sandra Correia

Sábado | 06 de Agosto | 22h | Jardim dos Poetas | Entrada Livre

Sandra Correia é a fadista convidada da Noite de Fado que a autarquia promove no próximo dia 06 de agosto.

NOITE DE FADO CARTAZ mqt1.jpg

O espetáculo está agendado para as 22h de sábado, no Jardim dos Poetas, a comunhão perfeita entre o fado, o rio Lima e a nossa magnífica ponte medieval. 

Com um registo intimista, a intérprete sobe ao palco barquense para um espetáculo envolvente que viaja pelo fado tradicional, pelos temas originais do seu último álbum, “Perspectiva”, e por alguns dos maiores clássicos do Fado. A entrada é livre.

Com uma carreira musical iniciada há mais de 20 anos, uma voz única e nostálgica e uma postura em palco inconfundível, Sandra Correia é toda ela emoção e sentimento. É atualmente uma das maiores intérpretes no Fado.

MUNICÍPIO DE BRAGA SENSIBILIZA PARA O AMBIENTE

Município promove sensibilização ambiental na Praia Fluvial de Adaúfe

O Município de Braga realizou hoje, dia 2 de Agosto, uma acção de sensibilização ambiental na Praia Fluvial de Adaúfe. Aos banhistas foi entregue material informativo sobre a reciclagem, alertando-os para a importância da separação dos resíduos e para a preservação daquele espaço de lazer que este ano foi galardoado com a Bandeira Azul.

CMB02082016SERGIOFREITAS0000001435.jpg

Altino Bessa, vereador do Ambiente do Município de Braga, recorda que Adaúfe é uma das duas praias fluviais com Bandeira Azul na zona Norte do País, distinção que “coloca o Concelho num patamar de excelência em termos de praias fluviais”. A atribuição deste ‘selo de qualidade’ atribui responsabilidades acrescidas pelo que “se torna necessário consciencializar os Bracarenses para a importância que os seus comportamentos e hábitos de vida podem representar para a protecção e manutenção do meio ambiente”, acrescenta Altino Bessa.

Recorde-se que já em 2014 a Praia de Adaúfe tinha sido já reconhecida como Praia Acessível, e como zona balnear equipada de todos requisitos da legislação em vigor, nomeadamente no que diz respeito a instalações sanitárias e rampas de acesso para pessoas portadoras de deficiência.

CMB02082016SERGIOFREITAS0000001438.jpg

EXECUTIVO CAMINHENSE REÚNE AMANHÃ, QUARTA-FEIRA, EM SESSÃO ORDINÁRIA

Pelas 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

O Executivo vai reunir amanhã, dia 3 de agosto, pelas 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Sendo o mês de agosto tradicionalmente o escolhido para a realização numerosas festas e romarias, a ordem de trabalho reflete esta realidade, contendo essencialmente propostas de apoio a instituições do concelho, cuja parte financeira total ascende aos 27.800 euros. 

A propósito da Festa em Honra de Santa Rita de Cássia, o Executivo vai votar a atribuição de subsídio à Santa Casa da Misericórdia de Caminha, para apoio na realização da Festa (7.500 euros), assim como a cedência de terrado à mesma instituição para exploração durante as festividades em honra de Santa Rita de Cássia.

Outro caso que será colocado à votação é a atribuição de subsídio à Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora da Agonia para apoio na realização da sua festividade (5.000 euros).

Ainda em matéria de festas no concelho, será analisada e votada a cedência de terrado à Confraria de Nossa Senhora da Bonança para exploração durante as festividades em honra de Nossa Senhora da Bonança.

Também para apoio à organização de iniciativas/eventos serão votados subsídios ao Grupo Motard de Vilar de Mouros (1.500 euros), para apoio na realização do XIII Encontro Motard; ao Etnográfico de Vila Praia de Âncora (9.000 euros), para apoio na realização do evento Âncora Folk; à Fábrica da Igreja Paroquial de Moledo (1.000 euros) para apoio na realização da Feirinha de Petiscos; ao Centro Cultural Nossa Senhora de ao Pé da Cruz (1.800 euros) para apoio na realização da sua festividade nomeadamente na comparticipação da atuação da banda de música e ao Âncora Praia Futebol Clube (2.000 euros) para apoio na realização do Arraial do Âncora Praia Futebol Clube (Secção de Futsal).

Da ordem de trabalhos fazem parte ainda várias isenções e alterações de trânsito, designadamente: alteração temporária à postura de trânsito e estacionamento na União de Freguesias de Caminha e Vilarelho para a realização das festividades em honra de Santa Rita de Cássia; alteração temporária à postura de trânsito e estacionamento na União de Freguesias de Caminha e Vilarelho para a realização das festividades em honra da Senhora da Agonia; alteração temporária à postura de trânsito e estacionamento na União de Freguesias de Caminha e Vilarelho para a realização do evento Folk Monção – O Mundo a Dançar 2016; alteração temporária à postura de trânsito e estacionamento na União de Freguesias de Moledo e Cristelo para a realização do evento Sonic Blast Moledo 2016 e alteração temporária à postura de trânsito e estacionamento na União de Freguesias de Moledo e Cristelo para a realização das festividades de Nossa Senhora de ao Pé da Cruz.

O MUNDO TAMBÉM DANÇA EM PONTE DA BARCA

Festival Internacional de Folclore - "O Mundo a Dançar" está de regressa a Ponte da Barca. Sexta-feira | 5 de agosto | 21h30 | Praça da República

A Praça da República em Ponte da Barca volta a ser o palco do Festival Internacional de Folclore - O Mundo a Dançar. A decorrer na sexta-feira, 5 de agosto, a partir das 21h30, este espetáculo único de cor, beleza música e movimento, aliado à multiculturalidade que os quatro grupos dos distintos países proporcionam, é integrado no Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e das Artes Tradicionais (CIOFF).

12718250_1143440122356460_5336327564077314256_n (9).jpg

Ao palco subirão companhias de dança e grupos folclóricos que através da dança recriam crenças, histórias populares, lendas, tradições e costumes, e prometem transportar os espetadores até ao país que representam: África do Sul, Argentina, Bielorrúsia e Sérvia.

A organização é da responsabilidade do Folkmonção e conta com o apoio da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

EMPRESA DE TURISMO CRIA ROTEIRO TURÍSTICO POR PONTE DE LIMA

Considerando a localização estratégica de Ponte de Lima no epicentro da Euroregião Norte de Portugal – Galiza, Ponte de Lima é um destino turístico de excelência, que capta cada vez mais a atenção dos promotores turísticos.

Fotografia_Município de Ponte de Lima (4) (Small).JPG

Neste contexto, um operador turístico que atua na área do distrito de Viana do Castelo, “Viana Tours” dinamiza diversos tours turísticos. O projeto surgiu da necessidade de promover serviços turísticos de elevada qualidade, aliando a criatividade à tradição subjacente dos saberes, cores e sensações. Para além da promoção integrada dos concelhos da região, realizam excursões que permitem dar a conhecer a região, com a alma, riqueza, tradição, beleza e modernidade com que se caracteriza.

Dos circuitos turísticos que dinamiza, o Tour de Ponte de Lima inclui visitas ao Centro Histórico, aos Museus do Brinquedo Português e dos Terceiros, às Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, ao Festival Internacional de Jardins, oferecendo uma viagem genuína, onde a herança de outrora continua gravada nas fachadas imponentes, que sobressaem da paisagem natural e história desta terra.

Em Ponte de Lima a gastronomia, o enoturismo, o património histórico e paisagístico, os desportos de natureza e equestres, o alojamento de qualidade, complementam uma oferta muito apetecível, com identidade e qualidade, que os operadores turísticos valorizam e integram nos circuitos que dinamizam.

VIZELA ALARGA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Vimágua inicia obras nas freguesias de Santa Eulália, Santo Adrião, Tagilde e S. Paio

Inicia-se na próxima semana a empreitada designada por "C.P. N" 6/2016 – EXTENSÃO DE REDES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS NAS FREGUESIAS DE SANTA EULÁLIA, SANTO ADRIÃO E UNIÃO DE FREGUESIAS DE TAGILDE E S. PAIO - CONCELHO DE VIZELA".

O contrato, celebrado através de concurso público está a cargo da empresa "Sinop - Sociedade de Infraestruturas o Obras Públicas António Moreira dos Santos, S.A.", sendo o prazo de execução para os trabalhos de 120 dias.

A empreitada começa pela Travessa do Monte, seguindo-se a Travessa das Escolas do Monte.

Este investimento da Vimágua em Vizela realiza-se no âmbito da candidatura ao programa de fundos comunitários PO SEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, que engloba as seguintes empreitadas:

Santa Eulália

Calçada Nova de Penabesteira

Travessa do Monte

Travessa das Escolas do Monte

Santo Adrião

Rua de St.º António

U. F. de Tagilde e Vizela (São Paio)

Calçada da Póvoa

Viela do Outeiro

Rua da Toutinheira

Travessa da Água Nova

Esta intervenção resulta um serviço prestado a mais 30 alojamentos, numa extensão aproximada de rede águas residuais de cerca de 1 km.

Ainda no âmbito da candidatura ao PO SEUR, estão previstas as seguintes intervenções, a médio prazo e cujo projeto se encontra em execução, numa extensão de cerca de 1,5 km e 68 alojamentos a beneficiar de rede de águas residuais:

St.ª. Eulália

Viela da Porta

Santo Adrião de Vizela

Rua da Industria

Santo Adrião de Vizela

Rua da Levandeira

UF Tagilde e Vizela (São Paio)

Rua de Vila Corneira

UF Tagilde e Vizela (São Paio)

Rua do Calvário

A Câmara Municipal de Vizela e a Vimágua pedem a compreensão para os incómodos causados.

obras vimágua.JPG

O MUNDO A DANÇAR QUARTA-FEIRA À NOITE NA PRAÇA CONSELHEIRO SILVA TORRES EM CAMINHA

Caminha vai receber os grupos da Argentina, Bielorrússia, Bolívia e Servia
O centro de Caminha é palco, amanhã à noite, de mais uma edição do festival internacional O Mundo a Dançar. A partir das 22h00, sobem ao palco da Praça Conselheiro Silva Torres os grupos da Argentina, Bielorrússia, Bolívia e Servia. Este será a 31º festival internacional de folclore – Folkmonção, que vai percorrer uma dezena de concelhos do Alto Minho.

mundo a dancar 201548.jpg

Com organização do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita e apoio da Câmara Municipal de Caminha, o Centro Histórico da Vila prepara-se para acolher mais um espetáculo onde reinam a cor, a dança e a música.

Sobe ao palco, vinda da Argentina, a Compañia Argentina de Arte Folklorica. A Bielorrussia será representada por Folk Dance Ensemble Radost; a Bolívia pelo Ballet Folklorico de La Paz – BAFOPAZ, enquanto da Servia vai chegar o Folk Ballet Ensemble Simyonov.
Recorde-se que o Festival Internacional de Danças Folclóricas “Folkmonção” foi reconhecido pelo Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e de Artes Tradicionais, estatuto B da UNESCO, em novembro de 2006; O mesmo aconteceu com o Conselho Internacional de Dança em 2005, e com a Organização Internacional das Artes Populares em 2004.
Além de Caminha, o Mundo a Dançar vai percorrer Arcos de Valdevez, Barbeita, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença e Vila Nova Cerveira.

PONTE DE LIMA PROMOVE-SE NO ALGARVE E EM MONDIM DE BASTO

Ponte de Lima Associa-se à Campanha Promocional do TOPAS - na Feira da Terra – em Mondim de Basto e Algarve

O Município de Ponte de Lima marca presença numa Campanha Promocional do TOPAS (Tourism Public Auto Service), no Algarve, nos dias 08 e 09 de agosto em Lagos; 10 e 11 de agosto em Vilamoura e 12 e 13 de agosto em Tavira.

foto_engenho_f_piqueiro (1).jpg

O projeto coordenado pela Entidade do Turismo Porto e Norte pretende divulgar através de um conjunto de roodshows toda a região, como forma de consolidar a notoriedade da marca Porto e Norte de Portugal no Mercado Interno; consubstanciar a comunicação da região e dos seus produtos a todos os intervenientes na cadeia de valor do Turismo no sentido de alavancar uma promoção conjunta sustentável;  assim como,  envolver os diversos públicos em ações interativas e apelativas direcionadas no sentido de afirmar o Turismo do Porto e Norte de Portugal como uma marca dinâmica, atual e de proximidade na qual toda a região se reveja, identifique e contribua para a sua afirmação.

Ponte de Lima como um Destino Turístico Internacional, associa-se a esta inovadora campanha de promoção turística, promovendo as principais potencialidades turísticas do concelho, tendo em conta a localização estratégica no epicentro da Euroregião Norte de Portugal – Galiza. A gastronomia, o enoturismo, o património histórico e paisagístico, os desportos de natureza e equestres, o alojamento de qualidade, complementam uma oferta muito apetecível, com identidade e qualidade, que os operadores turísticos tanto procuram.

Atualmente esta campanha do TOPAS está presente na Feira da Terra, em Mondim de Basto, a decorrer até 5 de agosto, na qual Ponte de Lima está presente promovendo e divulgando os eventos que dinamiza e as suas principais potencialidades turísticas.

FAMALICÃO: OLIVEIRA SANTA MARIA VAI “BULIR”

Evento decorre já no próximo fim-de-semana de 5, 6 e 7 de agosto

Está aí mais uma edição do “Bulir em Terras de Santa Maria”. É já no próximo fim-de-semana, dias 5, 6 e 7 de agosto que a terra vai “bulir” em Oliveira de Santa Maria, junto à Alameda do Mosteiro. A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal em parceria com a Junta de Freguesia, pretende ser uma montra do artesanato, gastronomia, moda, desporto e dança no concelho.

DSC_0262.jpg

Este ano, em destaque está mais uma edição do Concurso de Licores Tradicionais Famalicenses, que conta com cerca de uma dúzia de licores em prova. A festa do associativismo associa-se mais uma vez ao “Bulir em Terras de Santa Maria”, com a realização da mostra associativa de Oliveira de Santa Maria durante os três dias do evento.

A abertura acontece na sexta-feira, pelas 19h30, com a fanfarra do CNE e a atuação das Contratadeiras. No sábado, a festa arranca pelas 10h00 com Zumba e só termina a partir das 24h00, com a atuação do Dj Los Bandidos. O domingo é dedicado ao Concurso de Licores, encerrando a edição pelas 16h30 com a música popular de Vítor Faria.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, “o Bulir é um evento que se consolida cada vez mais”. “Esta é já a quarta edição deste evento, que já ganhou um lugar na agenda anual de eventos, em Famalicão”. O autarca salienta ainda que “a realização das mostras associativas tem levado os famalicenses a percorrer o concelho e a conhecer as tradições, as histórias e as gentes que dão força e identidade a Vila Nova de Famalicão. Estamos a criar hábitos nas pessoas e acredito que esta nova realidade se vai refletir também na edição deste ano do Bulir”.

PROGRAMA BULIR EM TERRAS DE SANTA MARIA/2016

5 de Agosto (sexta feira)

19.30h – Abertura com fanfarra do CNE e contratadeiras

21.30h – Tiger Gym

24.00h – DJ Los Bandidos

6 de Agosto (sábado)

10.00h Zumba com a Prof. Cristina Sousa

15.00h Atuação dos Ranchos Folclóricos

16.00h Boccia (Associação Roda dos Ventos)

17.00h Atuação dos Ranchos Folclóricos

21.30h Desfile de moda e concerto do Gil Cadeias e Amigos

24.00h DJ Los Bandidos

7 de Agosto (domingo)

10.30h Concurso de licores Tradicionais Famalicenses

11.30h Eucaristia

15.00h Entrega de prémios do concurso de licores

16.30h Música popular portuguesa com o artista Vítor Faria

IMG_5897.jpg