Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCUENSES LEVAM O MINHO EM FESTA A LISBOA

Em Lisboa, a festa foi genuinamente minhota e foi dedicada a São Bentinho de Ermelo. Em Marvila, o Parque do Vale Fundão virou terreiro de romaria ao jeito das alegres festas e romarias do Minho e mais de um milhar de pessoas responderam à chamada.

13590410_1070767539659951_8872482080404894935_n.jpg

Sob a égide da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, as gentes do Minho que vivem na região de Lisboa afluíram ao local levando consigo as concertinas, as castanholas e sobretudo a alegria jovial que bem as caracteriza. E cantaram e dançaram o vira e a cana-verde com o mesmo espírito com que o fazem na Peneda, no Soajo ou mesmo nas tardes domingueiras da vila de Arcos de Valdevez.

Por volta do meio-dia, teve lugar a celebração religiosa com a participação do Grupo de Cavaquinhos da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, a que se seguiu a abertura das merendas. E, ao longo da tarde, os tocadores de concertina animaram a festa tal como o fazem nas alegres romarias do Minho.

13600027_1070767792993259_791148189438017259_n.jpg

Pelo palco desfilaram ainda o Grupo “Ecos de Montemuro” da Associação Cultural de Faifa, do Concelho de Castro Daire, o Grupo de Concertinas “Os Serranitos” da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra e, como não podia deixar de suceder, o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, sempre muito apreciado e aplaudido pelas nossas gentes radicadas em Lisboa.

Não faltaram os petiscos como o bacalhau frito e a broa de milho, regados com o excelente vinho verde vindo propositadamente de Arcos de Valdevez. A festa é de Arcos de Valdevez e, quem diz Arcos diz Minho!

A Festa da Amizade, também designada por Romaria a São Bento, é uma organização da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em parceria com a Junta de Freguesia de Marvila, contando com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Fotos: César Laranjo

13600222_1070767592993279_6002433769037238205_n.jpg

13600265_1191268750893425_2699021635770880915_n.jpg

13606558_1191268787560088_8946711083596057052_n.jpg

13612399_1070767706326601_3028302945970416329_n.jpg

13620270_1191268880893412_8042257664273127542_n.jpg

13625369_1191268927560074_1548253764930243161_n.jpg

13627219_1191268854226748_58769791518840977_n.jpg

13654173_1191268754226758_5696752210726602135_n.jpg

JOVENS DE MONÇÃO TÊM FÉRIAS DIVERTIDAS COM MUITA ANIMAÇÃO E CRIATIVIDADE

Iniciativa, promovida pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Monção, em colaboração com a autarquia local, decorreu entre 13 de junho e 8 de julho, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00. No último dia de cada grupo, encarregados de educação assistiram a peça de teatro produzida pelas crianças.

Ferias 01.png

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Monção, em colaboração com a autarquia local, levou a efeito, entre 13 de junho e 8 de julho, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00, as “Férias Divertidas Verão 2016”, cujos destinatários foram cinquenta crianças do concelho com idades compreendidas entre 6 e 12 anos.

Esta iniciativa, habitual nesta época do ano, teve a duração de dez dias úteis para cada grupo, realizando-se atividades lúdicas no Parque das Caldas, Zona de Lazer de Pinheiros, e Piscina Municipal de Monção, bem como deslocações ao Centro de Estágios de Melgaço e Lamas de Mouro.

Nestes dias, preenchidos com muita animação e criatividade na mesma dose, as crianças envolveram-se ativamente em jogos de expressão corporal, construção de marionetas, personalização de t-shirts e criação/apresentação de peças de teatro, no auditório da Escola Profissional de Monção.

O primeiro grupo apresentou-se em palco com “O elevador” e, o segundo grupo, com “História de uma longa viagem”. As crianças foram responsáveis pelo guião, figurinos e encenação das referidas peças de teatro apresentadas aos encarregados de educação no último dia da atividade.

Inscrita no plano de ação da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Monção, as “Férias Divertidas Verão 2016” tiveram como objetivo assegurar o preenchimento dos tempos livres das crianças de uma forma entretida, pedagógica e segura, oferecendo-lhes dias enriquecedores e saudáveis.

férias 04.JPG

Férias 05.JPG

JOVENS DE FAMALICÃO DÃO COR AO PARQUE DE SINÇÃES

Ana Plácido, Camilo Castelo Branco, Alberto Sampaio, Cruzeiro Seixas, Soledade Malvar, Nuno Simões, Cupertino de Miranda, Bernardino Machado, Castro Alves e Sousa Fernandes são agora presença assídua no Parque de Sinçães, em Vila Nova de Famalicão.

Novo mural de arte urbana do Parque de Sinçães foi inaugurado no passado sábado.jpg

O rosto destes 10 ilustres famalicenses dão cor e vida ao novo mural de arte urbana do parque de Famalicão, pintado por um coletivo de 16 de jovens do concelho, apoiados e mentorados pelo centro artístico “A Casa ao Lado”.  

O painel, inaugurado pelo Presidente da Câmara Municipal no passado sábado, dia 9 de julho, no âmbito das Comemorações do Dia da Cidade, é resultado do projeto “Urban Youth”, lançado no passado mês de abril pelo pelouro da Juventude da autarquia.

“É mais uma razão para que os famalicenses visitem o Parque de Sinçães”, disse Paulo Cunha, para quem a criação deste painel é também uma forma de demonstrar à comunidade que, com imaginação, é possível transformar o espaço público.

E acrescenta: “…e que através dessa imaginação possamos trazer para o presente a imagem e memória daqueles que marcaram e que ainda marcam o nosso concelho”.

Os mentores do projeto “A Casa ao Lado”, Joana Brito e Ricardo Miranda, marcaram também presença na inauguração do mural e mostraram-se satisfeitos com o resultado final. “Devemos estar todos orgulhosos por ver que a arte urbana chegou finalmente à nossa cidade e pelo trabalho destes jovens que, ao longo destes quase três meses de trabalho, aproveitaram também esta oportunidade para conhecer um pouco mais da história de Famalicão”, assinalou Joana Brito. 
Recorde-se que a requalificação de alguns espaços centrais da cidade com recurso às artes plásticas é o principal objetivo do projeto “Urban Youth”, cuja próxima edição irá contemplar uma intervenção no muro do campo de treinos do Futebol Clube de Famalicão, na Avenida de França.

Séniores cantam os parabéns a Famalicão

Há já vários anos que Alice Amorim participa no Sarau Desportivo do Dia da Cidade. O dia prometia ser longo e nada podia faltar em cima da mesa: dos panados ao presunto, das pataniscas às azeitonas, passando pelo belo vinho da região, estava tudo lá. A isto, conta-nos, junta-se a animação e a boa disposição e estavam assim garantidos todos os ingredientes para um grande dia de festa.  

Natural de Nine e com 65 anos de idade, Alice foi uma das cerca de mil pessoas que esta segunda-feira, dia 11 de julho, foram até ao Parque de Sinçães para celebrar o 31.º aniversário de Famalicão.

O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, também marcou presença no convívio e teve mais uma vez a oportunidade de testemunhar a vitalidade e alegria dos seniores famalicenses.

“É bom ver que continuam conosco. Sabemos da importância que têm no presente e que tiveram no passado do nosso concelho e é para nós uma questão de justiça continuar a dar tudo por aqueles que muito fizeram por nós”, disse o autarca.

Séniores cantaram os parabéns a Famalicão (1) (1).jpeg

Séniores cantaram os parabéns a Famalicão (2) (1).jpeg

ESPOSENDE EVOCA ARQUITETO MIGUEL VENTURA TERRA

“Miguel Ventura Terra, 3 emblemáticos edifícios em Esposende” é o título da exposição de rua que abre ao público na próxima quinta-feira, dia 14 de julho, seguindo-se uma visita orientada.

A cerimónia que decorrerá no Museu Municipal de Esposende está agendada para as 15 horas e insere-se na evocação dos 150 anos de Miguel Ventura Terra.

“Miguel Ventura Terra (1866-1919) caraterizou a moderna arquitetura portuguesa, feita de materiais que se conjugam em harmonia, como a pedra, o vidro, o azulejo, a madeira e o ferro forjado, em detalhes decorativos ricamente elaborados, personifica um dos modelos que influenciaram as gerações futuras de arquitetos: o modelo progressista. [in Roteiro, Ed. Museu Municipal, Câmara Municipal de Esposende]

PROVA DE 24 HORAS BTT DE FAMALIACÃO TEVE MAIS DE 900 VENCEDORES

Prova dos Amigos do Pedal realizou-se neste fim-de-semana e cumpriu expetativas de todas as ambições

Manuel Lopes, da União Ciclista de Vila do Conde, fez perto de 450 quilómetros em BTT em apenas 24 horas e assim conquistou o primeiro lugar do pódio das 24 Horas BTT de Famalicão, que se realizaram neste fim-de-semana com a presença de 914 atletas. Alice Sousa, da Bikemania Sport, andou sensivelmente 280 quilómetros e venceu nos femininos. Por equipas, os seis elementos, do Mouquim-Afacycles-Eugénios-Bargaut 02, venceram com 73 voltas percorridas ao percurso.

Ciclistas puderam apreciar a beleza da aurora em Famalicão.jpg

Estes foram apenas os primeiros, porque vencedores foram todos e aqui não há propriamente vencidos. As 24 Horas BTT de Famalicão são já a maior prova do género do país e a sua natureza vai muito além da competição desportiva. Por isso, o ar de satisfação que se encontra em todos os participantes no final da prova, pese embora o cansaço pelo esforço despendido.  

As 24 horas fazem-se com competição mas também com festa, muita festa. Entre as centenas de participantes encontram-se motivações para todos os gostos. Se para uns, a luta pelos melhores tempos é a referência, para outros é nos bastidores, à mesa com os amigos, que está o objetivo maior da sua presença. Uns correm que se fartam à volta da pista com 8 quilómetros, outros correm mais à volta do assador e das câmaras frigoríficas recheadas a preceito.

Por isso o intenso calor que se fez sentir no sábado e domingo em Famalicão foi um mal menor, porque foi menorizado em permanência com a ingestão de líquidos, nem sempre os mais aconselhados para a prática desportiva.

É, assim, com bicicletas, amigos, música e campismo que se fazem as 24 horas BTT de Vila Nova de Famalicão. Esta foi já a sétima edição da prova organizada pelos Amigos do Pedal, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

“Uma prova única que é já um dos grandes cartazes de turismo desportivo de Vila Nova de Famalicão, sem prejuízo da sua elevada competitividade”, assinala o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que participou na prova e comprovou ele mesmo “a excelência organizativa do evento”.

Manuel Lopes venceu as 24 Horas BTT e Famalicão.jpg

Parte noturna é um duplo teste à capacidade dos atletas.jpg

"O MUNDO A DANÇAR" NO ALTO MINHO

Organizado pelo Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita, o 31º FolkMonção “O Mundo a Dançar” decorre entre 31 de julho e 8 de agosto com a participação de grupos de nove países de quatro continentes e atuações em 9 concelhos do Alto Minho. Festival envolve cerca de 400 participantes, que ficam alojados na EB 2.3 de Monção, e mais de uma centena de voluntários.

12718250_1143440122356460_5336327564077314256_n (2).jpg

O 31º Folk Monção "O Mundo a Dançar" realiza-se entre os dias 31 de julho e 8 de agosto com a participação de grupos da Africa do Sul, Argentina, Bielorrússia, Bolívia, Chechénia, Colômbia, Filipinas, Portugal e Servia e atuações em Arcos de Valdevez, Barbeita, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença e Vila Nova de Cerveira.

Considerado um dos melhores do país, este festival reuniu, de acordo com a organização, perto de 100 mil pessoas nas várias atuações da última edição. Este ano, o objetivo é manter o mesmo número de público e a qualidade dos espetáculos. Como sempre, as entradas são gratuitas.

Participam cerca de 400 elementos dos agrupamentos presentes e 120 voluntários que servirão como interpretes e guias durante o festival. O trabalho voluntário começa dias antes do festival com a colocação de camas individuais na EB 2.3 de Monção, local onde os grupos ficarão instalados.

No concelho de Monção, o programa compreende três espetáculos: Gala de Abertura, 2 de agosto, Praça Deu-la-Deu, Gala da Aliança, 6 de agosto, Ponte do Mouro, e Gala de Encerramento, 7 de agosto, Praça Deu-la-Deu. Os restantes concelhos recebem um espetáculo. Todos têm início às 22h00.

O Folk Monção "O Mundo a Dançar", um dos momentos mais altos do verão cultural monçanense, foi reconhecido pelo C.I.O.F.F. (Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e de Artes Tradicionais, estatuto B da UNESCO), em 2006, pelo C.I.D. (Conselho Internacional de Dança), em 2005, e pela I.O.V. (Organização Internacional das Artes Populares), em 2004.

FESTA DO MAR E DA SARDINHA ANIMA VILA PRAIA DE ÂNCORA DE 13 A 17 DE JULHO

Quarta-feira, dia 13 de julho, arranca a Festa do Mar e da Sardinha na “Tenda do Mar” em Vila Praia de Âncora. A Câmara Municipal preparou um programa com propostas irrecusáveis. Até domingo, são muitas as razões para visitar o certame: gastronomia, artesanato, mostra de produtos gastronómicos tradicionais, feira do livro, showcookings com a Chef Amaya Guterres, demonstrações “sardinhas à minha moda” e animação, com especial destaque para a música tradicional portuguesa. A abertura do certame está agendada para as 18h30.

A programação de verão já não dispensa este evento de cariz popular que destaca as fortes ligações que o concelho tem com o mar, nomeadamente com a comunidade piscatória de Vila. Para além de promover o património marítimo, através dos serviços e produtos ligados ao mar que o concelho tem para oferecer, a Festa do Mar e da Sardinha visa atrair visitantes e potenciar a economia local.

De 13 a 17 de julho, a Festa do Mar e da Sardinha continua no Campo do Castelo, na Tenda do Mar, onde os apreciadores de produtos do mar terão à disposição, nos quatro restaurantes presentes, uma panóplia de pratos confecionados com os mais variados peixes, com destaque para a sardinha. Este ano, estará também presente uma pulperia onde os apreciadores de polvo poderão degustar o afamado polvo à moda “galega”.

Se a mostra gastronómica promete, o programa de animação é também atraente e convidativo.  Showcookings com a Chef Amaya Guterres, demonstrações “sardinhas à minha moda” apresentadas por pescadores, cozinheiros, empresários, peixeiros, e restaurantes do concelho que quiseram associar-se ao certame e demonstrar o que podem fazer com a sardinha de alvorada; animação com enfoque na música tradicional portuguesa são algumas das propostas.

Pela Tenda do Mar vão passar: a Academia de Música Fernandes Fão, o Grupo de Concertinas da Serra d’Arga, a Tocata do Grupo de Cantares Tradicionais de Âncora, a Tocata Grupo das Lavradeiras de Gondar, a Tocata do Rancho Folclórico das Lavradeiras de Orbacém, os Bombos de São Gonçalo de Dem, os Bombos de Vila Praia de Âncora, o Grupo de Bombos Vira a Bombar, o Grupo de Bombos de Gondar, o Coro Fuscalheiro de A Guarda e o Grupo de Serenatas de Perre.

Recorda-se que Vila Praia de Âncora está a viver a Festa do Mar e da Sardinha desde o dia 8 de julho, dia em que se assinalaram os 92 anos da elevação da Vila. Esta edição apresentou de 8 a 10 de julho, a sardinha de alvorada nos restaurantes aderentes de Vila Praia de Âncora.

Caminha, 11 de julho de 2016

Gabinete de Informação ao Munícipe

INFORMAÇÃO ADICIONAL:

13 de julho| 18H00 às 24H00

14 a 17 de julho | 10H00 às 24H00

Campo do Castelo, Vila Praia de Âncora

ARTESANATO - Artesãos do Concelho de Caminha

FEIRA DO LIVRO - Livraria Baunilha e Chocolate e Rafael Capela – Alfarrabista

Local: Loja de Aprestos

MOSTRA DE PRODUTOS GASTRONÓMICOS TRADICIONAIS

Local: Entrada da Tenda do Mar

PROGRAMA

QUA 13

18H30 – Abertura da Festa do Mar e da Sardinha

            Momento Musical pela Academia de Música Fernandes Fão

19H00 – Degustação dos Sabores do Mar e da Sardinha

Tenda do Mar – Restaurantes: Tasca da Laurinda; Tasca Amigos do Vale do Âncora; Pulperia LoLo; Tasca da Sandra

QUI 14

11H00 – As Brincadeiras da Chef Amaya Guterres

Público alvo: Crianças

12H30 – Concertinas da Serra D`Arga

19H00 – Sardinhas à minha Moda

CALDEIRADA DE PEIXE”

Confecionado por: Jorge Manuel Gonçalves (Pescador)

20H00 Grupo de Serenatas de Perre

SEX 15

11H00 – As Brincadeiras da Chef Amaya Guterres

Público alvo: Crianças

12H30 – Concertinas da Serra D`Arga

19H00 – Sardinhas à minha Moda

"ARROZ DE SARDINHA"

Confecionado por: Marília Luísa (cozinheira)

20H00 – Tocata do Grupo de Cantares Tradicionais de Âncora

SÁB 16

11H00 – Sardinhas à minha Moda

 SARDINHAS AO VINAGRE”

Confecionado por: António José Gomes da Cunha (Empresário)

12H30 – Tocata do Grupo das Lavradeiras de Gondar

15H00Encontro de Bombos

Portinho de Vila Praia de Âncora

Bombos de Vila Praia de Âncora

Bombos São Gonçalo de Dem

Grupo de Bombos de Gondar

Vira a bombar

19H00Sardinhas à minha Moda

À MESA COM SARDINHAS E COMPOTAS”

Confecionado por: Licomda (Jovem Empresária)

20H00CORO FUSCALHEIRO de A Guarda, Espanha

DOM 17

11H00 – Sardinhas à minha Moda

“SARDINHA ESPALMADA”

Confecionado por: Tasca da Laurinda

12H30 – Concertinas do Minho

19H00 – Sardinhas à minha Moda

“SARDINHAS EMBORRACHADAS”

Confecionado por: Mabília Cunha (Peixeira)

20H00 – Tocata do Rancho Folclórico das Lavradeiras de Orbacém

BRAGA MOSTRA SABORES E TRADIÇÕES

Sabores e Tradições Ibero-Americanos prolongado até 17 de Julho

O Município de Braga informa que, dado o sucesso do evento ´Sabores e Tradições Ibero-Americanos´, a decorrer na Praça do Município, o mesmo foi prolongado para o próximo fim-de-semana, realizando-se entre os dias 14 e 17 de Julho. 

Sabores e Tradições.jpg

Esta iniciativa visa celebrar e enaltecer as distinções: “Minho – Região Europeia da Gastronomia” e “Braga - Capital Ibero Americana da Juventude”, debruçando-se sobre a gastronomia Ibero-Americana e dando a conhecer a sua relação com a cozinha tradicional minhota.

O ‘Sabores e Tradições Ibero-Americanos’ é uma oportunidade única de passar momentos em família e degustar o melhor da cozinha ibero-americana confeccionada pelos restaurantes da Cidade de Braga.

MILHARES DE PESSOAS FORAM PROVAR O BACALHAU A AMARES

I edição do Festival do Bacalhau de Caldelas termina com balanço positivo

A Vila Termal de Cadelas, terra natal de um dos maiores chefes da cozinha nacional – o saudoso Chefe Silva – acolheu durante este fim de semana o Festival do Bacalhau, numa parceria da Câmara Municipal de Amares e da Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, que no mesmo espaço proporcionou aos visitantes uma ótima gastronomia, sempre acompanhada pelos bons vinhos de Amares, e pela animação musical. Decorrida que está a primeira edição do Festival, a organização traça um balanço “muito positivo”do festival.

DSC04888.JPG

“Foram três dias muito agradáveis, onde imperaram os sabores e saberes tradicionais. A população de Caldelas gostou muito e consideramos que foi uma aposta importante para criar dinâmica, proporcionando outros motivos de interesse e atração para a população amarense e para os nossos visitantes”, refere o presidente da Câmara Municipal de Amares, em jeito de balanço.

“Estou muito feliz com o resultado desta primeira edição que reúne, no meu entender, todas as condições para continuar, melhorar e, de certeza, ser um marco nos festivais gastronómicos daqui a uns anos”, acrescenta o autarca.

Também o presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Almeida, traça um balanço extremamente positivo. “O conceito resultou muito bem e teve uma boa afluência não só da população de Caldelas mas também do restante concelho e recebemos também a visita de alguns estrangeiros”, sublinhou José Almeida, reconhecendo que o sucesso deste festival se deveu à conjugação da boa gastronomia e da animação musical.

DSC04900.JPG

DSC04915.JPG

FAMALICÃO GEMINA COM ARTEIXO (GALIZA)

Processo de geminação concluído com assinatura em Espanha do protocolo. Famalicão e Arteixo consumam ligação com foco no ambiente, formação e economia

Investigação em meio ambiente urbano, formação conjunta e intercâmbio de experiências em desenho têxtil e logística e apoio ao setor da criatividade digital com foco na indústria. São três das linhas mestras que Arteixo e Vila Nova de Famalicão vão desenvolver em conjunto no âmbito do processo de geminação que ficou consumado na passada sexta-feira, 8 de julho, com a assinatura do protocolo de geminação, na cidade galega.

Cerimónia de Arteixo concluiu processo de geminação (1).jpg

Uma vontade comum de aprendizagem e investigação em assuntos de particular interesse e importância para as duas cidades norteia a união das duas cidades, que têm em comum uma forte e inovadora componente industrial nos seus territórios, semelhanças particularmente relevantes na área têxtil.  

“Está dado o ponto de partida para um relacionamento profícuo que estabelece pontes para o intercâmbio de experiências e o desenvolvimento de projetos em áreas como o ambiente, a educação, a cultura, o desporto e a juventude”, assinalou o  Alcaide de Arteixo, Carlos Calvelo.

A cerimónia decorreu no Centro de Inovação de Arteixo e, para além dos presidentes das câmaras municipais, contou com as presenças do cônsul de Portugal na Galiza, Manuel Correia da Silva, e de várias entidades civis do concelho, particularmente ligadas aos setor empresarial.

Cerimónia em Arteixo concluiu processo de geminação.jpg

Mais do que o cumprimento de um formalismo, a assinatura do protocolo de geminação foi já uma verdadeira sessão de trabalho com a dissertação de Jerónimo Puertas, da Universidade da Corunha,  sobre  "Meio ambiente urbano. Gestão da água nas áreas industriais" e de Marta Marzo Rodriguez, da Associação de Empresários do Poligno Sabón-Arteixo, sobre “Colaboração Público-privada na dinamização das áreas empresariais"

“É uma união que reúne todas as condições para ser uma mais valia para as duas comunidades, dadas as características comuns aos dois territórios e a abertura das autarquias à partilha de conhecimento e à troca de experiências”, disse Paulo Cunha.

A organização de um festival de curtas-metragens com foco na indústria é um dos projetos concretos que os dois municípios desde já se propõem organizar.

 Recorde-se que Arteixo é um município da província da Corunha, comunidade autónoma da Galiza, com uma área de 94,62 km² e com uma população de 31 mil habitantes. É uma cidade com uma forte componente industrial, onde teve origem e está sediado o Grupo Inditex, referência mundial da moda, detentor de insígnias como a Zara, Massimo Dutti ou Pull&Bear, entre outras.

O Processo de Geminação Famalicão-Arteixo é dinamizado pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal que foi fundado pela CCDR-N e Junta da Galiza.

O cônsul de Portugal na Galiza selou geminação com Arteixo com uma selfi....jpg

MUNICÍPIO DE CAMINHA REQUALIFICA NÓ DA ERVA VERDE EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

Município de Caminha preparou um programa especial para homenagear os ancorenses

No dia 8 de julho, Vila Praia de Âncora comemorou 92 anos. O Município de Caminha presenteou os ancorenses com um programa de qualidade e com a apresentação um projeto para a execução de mais uma obra importante para a vila -  a Requalificação do Nó da Erva Verde. Miguel Alves realçou a importância da data: “estamos aqui para valorizar e recordar aquilo que foi um passo importante para Vila Praia de Âncora”. Também o Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Alexandre Ferreira, quis homenagear os ancorenses e esteve presente na abertura da Conferência – “Memórias do Tempo: Anos 20, Norte de Portugal e Vila Praia de Âncora”.

92VPA (7).jpg

Este ano, o dia 8 de julho ficou marcado pela cerimónia do hastear da Bandeira de Vila Praia de Âncora, na Praça da República; pela reunião de reunião de câmara, na Ludoteca, onde se discutiram e votaram vários assuntos de interesse; pela conferência “Memórias do Tempo: anos 20, Norte de Portugal e Vila Praia de Âncora”, e ainda pelo concerto coral sinfónico “Música à Volta do Dólmen”, que juntou centenas de pessoas no Dólmen da Barrosa.

Na reunião de câmara foram apresentados dois projetos: desenvolvimento de um Jardim Escola segundo a Pedagogia de Waldorf, em Gondar, projeto de Estefânia Sá e Pedro Leal, e a Requalificação do Nó da Erva Verde, em Vila Praia de Âncora.

Guilherme Lagido, vice-presidente do Município de Caminha, referiu-se a esta obra como sendo “uma necessidade” e “uma urgência”. De facto, esta zona encontra-se degradada e pouco funcional, nomeadamente no que respeita à desorganização viária, ao desgaste de pavimentos, tanto dos passeios como das vias de circulação; verificam-se deficiências ao nível de infraestruturas de águas pluviais e, ainda, há carência de bolsas de estacionamento.

Com esta intervenção será eliminado o conflito existente nas ligações entre a Rua Miguel Bombarda, a Rua Lourenço Rocha e a EN13, procedendo-se à hierarquização das redes viárias. Prevê-se ainda a promoção da acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada através da definição de percursos pedonais e criação de passadeiras sobre-elevadas, niveladas com os passeios, inibidoras de velocidade, de forma a promover e garantir a travessia das vias existentes sem barreiras arquitetónicas e em segurança. Este projeto ainda inclui a criação de uma nova entrada para a Ludoteca/Biblioteca de Vila Praia de Âncora, através da cedência de área de terreno ao domínio público e o acesso de viaturas por uma entrada lateral, possibilitando o estacionamento privativo e, por conseguinte, o desafogo de área de estacionamento público.

No dia 8 ainda decorreu a Conferência – “Memórias do Tempo: Anos 20, Norte de Portugal e Vila Praia de Âncora”, que contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Alexandre Ferreira. A moderar a conferência esteve Lagido Domingos, ancorense e vice-presidente do Município de Caminha, e como convidadas as historiadoras Aurora Botão Rego, com a intervenção: “De Santa Marinha de Gontinhães a Vila Praia de Âncora. Dinâmicas Populacionais, Sociais e Institucionais na Aldeia que se transformou em Vila” e Alexandra Esteves com a intervenção: “O Alto Minho:  acontecimentos e transformações entre o século XIX e as primeiras décadas do século XX”.

O programa das comemorações do 92º aniversário de Vila Praia de Âncora encerrou com um concerto coral sinfónico com “Coros de Verdi”, que juntou centenas de pessoas para ouvirem o Coro do Liceo de Vilagarcia de Arosa, o Coro Sinfónico Inês de Castro, o Orfeão de Vila Praia de Âncora e a Orquestra do Norte.

92VPA (1).jpg

92VPA (2).jpg

92VPA (3).jpg

92VPA (4).jpg

92VPA (5).jpg

92VPA (6).jpg

BRAGA É CIDADE JOVEM

´You Start Me App´ apoia soluções tecnológicas inovadoras desenvolvidas por jovens. Candidaturas arrancam hoje e terminam a 31 de Outubro

Realizou-se hoje, dia 11 de Julho, a conferência de imprensa de apresentação do ´You Start Me App´, um concurso realizado pela Câmara Municipal de Braga e pela InvestBraga, inserido na Capital Ibero-Americana de Juventude – Braga 2016, que pretende dar visibilidade e promover os jovens empreendedores que tenham desenvolvido ou se preparam para desenvolver aplicações móveis inovadoras.

CMB11072016SERGIOFREITAS0000001043.jpg

O concurso irá premiar uma aplicação (criada de raiz ou lançada em 2016) cuja equipa criadora tenha jovens com idades entre os 18 aos 35 anos, de nacionalidade relativa aos países que compõem o Organismo Internacional de Juventude para a Iberoamérica (OIJI).

Como sublinhou Sameiro Araújo, vereadora da Juventude do Município de Braga, a Capital Ibero-Americana de Juventude – Braga 2016 (CIAJ 2016) pretende funcionar como um espaço de cooperação, de novas oportunidades, de estímulo à criatividade e participação, de estímulo ao empreendedorismo económico e social e de criação de novas politicas para a juventude. “Neste enquadramento, faz todo o sentido desafiar e premiar as soluções que surjam dessa aplicação de dinamismo por parte dos jovens. Este é mais um exemplo das políticas que temos vindo a seguir e que visam potenciar e valorizar a intervenção da juventude na sociedade”, realçou.

Por seu turno, Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, referiu que este é ´um dos maiores concursos do país na área das aplicações móveis quer pela dimensão dos prémios, quer pela sua ambição que extravasa as fronteiras nacionais´. “É uma iniciativa que reflecte os quatro eixos temáticos da organização da CIAJ 2016, contribuindo para a promoção de uma juventude com voz; uma economia do futuro; um diálogo intercultural e novas políticas para uma juventude global”, disse.

Esta iniciativa visa oferecer aos jovens uma componente de trabalho dinâmico e criativo inserindo num concurso a possibilidade de alcançarem os seus objectivos, trabalhando em algo real e com potencial de evolução pós-concurso.

A equipa vencedora desta competição será premiada com um prémio monetário de 7.500€; entrada na comunidade Startup Braga com acesso gratuito a 6 meses de incubação e acesso ao programa BizSpark da Microsoft, num valor superior a 21 mil euros em tecnologia e serviços disponibilizados pela referida empresa.

O segundo e terceiro lugar têm acesso às mesmas ofertas, mas o prémio monetário será de 1.500€ para o segundo classificado e 1.000€ para o terceiro.

As candidaturas estão abertas e irão decorrer até ao dia 31 de Outubro. O formulário encontra-se disponível emhttp://startupbraga.com/youstartmeapp/, assim como mais informação sobre a competição. Um júri composto por cinco elementos irá decidir os vencedores, que serão anunciados a 7 de Dezembro. 

CMB11072016SERGIOFREITAS0000001044.jpg

PONTE DA BARCA REALIZA TRAIL TERRAS DA NÓBREGA

De 14 a 17 de julho. III Edição do Barca Jovem. I Trail Terras da Nóbrega é a novidade deste ano

De 14 a 17 de julho, a Câmara Municipal de Ponte da Barca promove a III edição do Barca Jovem – Fim de Semana da Juventude, durante o qual vão decorrer diversas atividades especialmente dirigidas ao público jovem como o concerto dos ÁTOA, workshop's de teatro e de breakdance, concurso de jovens talentos, maratona de vídeo, desportos de aventura, peddy paper, jogos tradicionais, Stand Up Comedy, e este ano como novidade a realização do I Trail Terras da Nóbrega, a 17 de julho.

Barca Jovem 2016.jpg

O programa destes quatro dias prima então pela diversidade de atividades que pretendem ir ao encontro dos mais variados gostos, interesses e idades, e desafiar a população a participar na vida social, cultural, desportiva e recreativa do concelho.

O Barca Jovem arranca então no dia 14 de julho com a realização de uma maratona de curtas metragens, às 21h30, na Casa da Cultura. No dia 15 de julho, sexta feira, decorre um Peddy Paper que tem início às 10h00 no átrio da Câmara e passará por toda a vila. Às 17h00 realiza-se um Workshop de Teatro a cargo da Associação Movimento Incriativo, propondo atividades de iniciação/sensibilização aos códigos teatrais, através de jogos dramáticos. Às 21h00, na Praça da República, terá lugar o Concurso de Jovens Talentos que consiste num espetáculo integralmente produzido com jovens, que pretendem pôr à prova e dar a conhecer o seu talento.

No sábado, dia 16 de julho, arranca às 10h00 a descida do Rio Lima em Kayak, e às 17h00 tem início o Workshop de Breakdance, um estilo de dança urbana que tem vindo a ganhar nova visibilidade no panorama artístico nacional. Às 22h00, os dinamizadores do Workshop darão um espetáculo na Praça da República, a que se segue o concerto dos ÁTOA, uma banda que se tem destacado no panorama musical nacional e cujos sucessos como Distância, Idade dos Inquietos, Falar a Dois, entre outros, fazem parte do seu reportório. Para finalizar este dia, às 00h00, terá lugar o GJ JOE INDIE, que promete pôr toda a gente a mexer.

Domingo, dia 17 de julho terá lugar, a partir das 09h00, o I Trail Terras da Nóbrega, que vai permitir a todos os participantes usufruir das belas paiságens que compoem este concelho alto minhtoo, inerido no Parque Nacional da Peneda Geres, declarado Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO. Ao longo de todo o dia decorrem diversas atividades como o Barca Radical que promove várias atividades radicais, o Torneio de Jogos Tradicionais (15h00), e às 21h00 será altura de visualizar as curtas realizadas pelos jovens participantes concorrentes.

A III edição do Barca Jovem encerra com um espetáculo de comédia proporcionado pela dupla Tó & Nando, que promete arrancar muitas gargalhadas.