Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MINHOTOS EM ANDORRA REALIZAM MERCADO TRADICIONAL

ANDORRA - Mercado Tradicional "O Feirão" com cante alentejano

No próximo dia 2 de Julho irá decorrer a terceira edição do mercado tradicional “O Feirão”, uma iniciativa do Grupo de Folclore Casa de Portugal que irá recrear na Praça Guillemò da capital andorrana uma feira portuguesa à moda antiga e que estará integrada na capitalidade ibero-americana da cultura, este ano outorgado a Andorra la Vella.

13466190_10206343428416553_2721082946537531718_n.jpg

Ao finalizar a tarde de sábado, a partir das 18 horas as cinco zonas temáticas escolhidas pelos elementos do Grupo para recrear o mercado tradicional irão receber o publico que poderá degustar os melhores petiscos na improvisada tasca, irão apreciar o artesanato português, poderão adquirir os melhores azeites e enchidos assim como os melhores doces e a broa de milho, terminando no espaço dedicado aos produtos do campo e da capoeira.

A atividade de feirar será acompanhada musicalmente com a atuação do Grupo de Folclore Casa de Portugal com as suas danças e cantigas tradicionais.

Além do mercado tradicional, às 19 horas será inaugurada no hall do Centro Cultural la Llacuna, a exposição “Mosaicos de uma cultura”, um trabalho fotográfico do Grupo de Folclore Casa de Portugal que recria nos espaços mais emblemáticos do Principado, diferentes atividades do quotidiano das gentes minhotas a inícios do século XX. Este momento contará com a presença do Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa que proporcionará momentos de Cante Alentejano inéditos no Principado, património imaterial da Unesco.

O Cante Alentejano percorrerá depois as ruas da capital do Principado até ao mercado tradicional onde, conjuntamente com os elementos do Grupo de Folclore Casa de Portugal irão enriquecer a oferta musical do Feirão.

Esta iniciativa conta uma vez mais com o apoio do Comú (Câmara Municipal) de Andorra la Vella e irá ser retransmitido através da web rádio Ondas de Portugal.

O Grupo de Folclore Casa de Portugal é uma instituição fundada a 1 de Maio de 1996 e no decorrer de 2016 tem realizado um conjunto de iniciativas culturais para celebra duas décadas de cultura e amizade.

VALENÇA TEM NOVAS AMBULÂNCIAS

Apoio à População é Prioridade para Valença. Novas Ambulâncias Melhoram Serviço de Emergência

A Câmara Municipal de Valença concedeu um apoio de 20 mil euros à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valença, para ajudar à aquisição de uma nova ambulância.

Valençaunnamed.jpg

A nova viatura melhorará a capacidade de resposta dos Bombeiros Valencianos junto da população, com um serviço mais rápido, apetrechado e renovado, com um conjunto de equipamentos de ultima geração, essenciais sobretudo no socorro nas emergências pré-hospitalares. Os valencianos ganham, assim, uma resposta mais pronta e eficaz às necessidades de emergência e transportes de doentes. A aquisição desta viatura enquadra-se na política de renovação da frota de ambulâncias de socorro e transporte dos bombeiros valencianos, cujas ambulâncias atuais encontravam-se já com mais de 20 anos de serviço.

Para além deste apoio, em 2016, a autarquia concedeu um subsidio de 30 mil euros a esta instituição, essencial para a proteção do património florestal e habitações dos valencianos.

Ao longo dos meses de verão, entre 15 de maio e 30 de setembro, a autarquia concede, também, as refeições à equipa permanente de prevenção de fogos florestais. No âmbito dos apoios aos Bombeiros Valencianos, a Câmara Municipal tem protocolado, ainda, a concessão do parque de estacionamento da avenida dos Combatentes da Grande Guerra, espaço a explorar por esta instituição em conjunto com o Sport Clube Valenciano.

A parceria diária desenvolvida entre os Bombeiros e a Câmara Municipal tem permitido dar uma resposta pronta e eficaz às necessidades da população e instituições valencianas.

TRABALHADORES DOS CTT FIZERAM GREVE EM FAMALICÃO

Paulo Cunha recebeu representantes do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, recebeu esta manhã, os representantes do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), na sequência da greve realizada nesta quarta-feira pelos trabalhadores do Centro de Distribuição Postal de Vila Nova de Famalicão. Paulo Cunha ouviu as preocupações dos trabalhadores e mostrou-se solidário com as suas queixas.

DSC_0933.jpg

Para além da sobrecarga de trabalho devido à falta de pessoal, os funcionários dos CTT referiram ainda a falta de pagamento do trabalho suplementar como outra das reivindicações.

Após a concentração junto ao armazém de distribuição pelas 06h00, foi iniciada uma marcha e convergência junto aos Paços do Concelho de Famalicão, onde os representantes foram recebidos pelo autarca.

No final da reunião, Paulo Cunha confirmou que “vários cidadãos relatam atrasos pouco compreensíveis”,mostrando-se “preocupado pelas pessoas que recebem via CTT remunerações de que necessitam para fazer face ao seu dia-a-dia”.

Paulo Cunha indicou que já reuniu com responsáveis dos CTT e que vai "reforçar essa preocupação", acrescentando como ambição que os concelhos desta região disponham de um regime de tarifário "no mínimo igual" ao que é praticado nas Áreas Metropolitanas do Porto e de Lisboa.

"Existe uma diferença incompreensível da tarifa cobrada. Através do Quadrilátero Urbano [estrutura que integra os concelhos de Famalicão, Guimarães, Barcelos e Braga] já fizemos chegar uma exposição à administração dos CTT. Estamos a falar de um universo de mais de 600 mil habitantes nesta região de forte concentração empresarial", descreveu.

O autarca estima que se o regime de tarifário fosse o mesmo a autarquia pouparia cerca de 30 mil euros anualmente com a expedição de correio: "Imagine-se o que isso representaria para os cidadãos e para as empresas", concluiu.

JOVENS DE AMARES PARTICIPAM EM MOÇAMBIQUE EM MISSÃO DE VOLUNTARIADO

Amar (es) em missão rumo a Moçambique

Um grupo de jovens do Clube da Solidariedade e do Voluntariado da Escola Secundária de Amares vai participar, entre 16 de agosto e 3 de setembro, numa experiência de voluntariado internacional em Mavalane e Chibuto – Moçambique. O projeto “Missão Amar(es)”, coordenado pelo professor Bernardino Silva, vai ajudar na construção de uma escola, contando como parceiros nesta missão com o Município de Amares, que deu as mãos a esta causa, e com os Missionários da Boa Nova, que vão assegurar o alojamento bem como fazer a ponte com as instituições locais. Sensibilizar novos parceiros para apoiar esta missão foi o desafio lançado, esta tarde, pelo coordenador do projeto à população amarense.

DSC04227.JPG

“Criar pontes, proximidade entre nós e os outros, é um dos objetivos principais deste projeto que gostaríamos que tivesse continuidade e não se esvaziasse com esta missão. Nesse sentido, é importante que pais, encarregados de educação, empresários e comunidade local em geral possa ser sensível a acolhe-lo para que haja uma continuidade e possa ser sustentável”, referiu Bernardino Silva, apelando ao espírito solidário dos amarenses para que também eles façam parte desta missão, contribuindo com o seu donativo.

 “Este ano estiveram envolvidos mais de 200 alunos envolvidos no Clube da Solidariedade e do Voluntariado da Escola Secundária de Amares, sendo que este é o culminar de uma caminhada gigantesca para alguns deles”, referiu Bernardino Silva, reportando-se à importância dos alunos conhecerem e terem consciência daquilo que os rodeia.

“Entendemos que há dificuldades em Portugal mas há outros povos que, provavelmente, estão piores e é importante que os nossos jovens tomem contacto com outras realidades e sejam depois a voz e o rosto dessas vivências”, sublinhou o professor.

Congratulando-se com o “excelente” trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao nível do voluntariado pelo clube, o presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira, lembrou que “a sociedade precisa deste valores e de gente que se dedique aos outros” e, por isso, “é com muita satisfação e orgulho que o Município apoia este projeto de grande nobreza”.

“A escola é tudo na vida e quando damos o nosso tempo ao serviço dos outros, contribuindo para a paz e amor somos, sem dúvida, mais felizes”, sublinhou o autarca, encorajando os jovens envolvidos - John Campos, Ana Vieira e Ana Amaro - para que se mantenham fiéis ao espírito de voluntariado.

Flora Monteiro, da direção do Agrupamento de Escolas de Amares, enalteceu a forma como o professor Bernardino Silva consegue “mobilizar e cativar” os alunos para a concretização destes projetos, deixando-lhe uma palavra de “profundo agradecimento” pela dedicação ao voluntariado e caridade.

“Muitas vezes as escolas estão carentes de integridade humana e estes jovens estão disponíveis para ir além do saber e isso é louvável”, acrescentou, lembrando o investimento pessoal feito pelo clube de voluntariado dentro e fora do concelho.

Note-se que, o Clube da Solidariedade e do Voluntariado da Escola Secundária de Amares desenvolve, ao longo do ano, várias iniciativas que passam pela recolha de bens para o Banco Alimentar e para outros alunos mais carenciados, entre outros, e tem, ainda, projetos ligados à pintura, à música, à fotografia e à rádio. Recentemente levou também a cabo uma ação junto dos sem-abrigo no Porto.

Para apoiar a Missão Amar(es)”, os interessados devem contactar o Agrupamento de Escolas de Amares (diretor@aeamares.com), ou o Gabinete de Apoio à Presidência do Município de Amares (gap@municipioamares.pt).

ASAE DOA BENS À LOJA SOCIAL DE ESPOSENDE

Técnicos e inspetores esclareceram empresários sobre as normas polémicas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) doou, à Loja Social de Esposende, bens apreendidos no âmbito de ações inspetivas. Em colaboração com o Município, a Associação Comercial e Industrial de Esposende e a Escola Profissional aquela entidade promoveu, ainda, uma sessão, onde esclareceu comerciantes e alunos sobre "Ações Inspetivas, Segurança Alimentar, Livro de Reclamações”.

DSC03519.JPG

"Esta doação da ASAE está plena de significado, porque é importante saber para onde vão os bens apreendidos. Representa, ainda, o estreitamento de relações entre a ASAE e os municípios, abrindo um novo capítulo, de cooperação, a detetar problemas e ajudar a ultrapassá-los de forma preventiva", vincou o presidente da Câmara Municipal de Esposende. Esta nova postura da ASAE, de combate ao desperdício dos bens apreendidos permitiu que, no ano passado, fossem efetuadas 60 doações, equivalendo a 320 mil euros.

Os empresários presentes na sessão de esclarecimento levantaram dúvidas sobre a aplicabilidade das taxas audiovisuais, o livro de reclamações e situações de concorrência desleal. Mas, os que atuam na área da restauração, foram alertados para as novas normas que obrigam a incluir, por exemplo, flúor, o cloro, o bromo ou o iodo nas ementas, sendo certo que, no final do ano, será obrigatório apresentar também a tabela nutricional.

Segundo o subinspetor-geral da ASAE, Fernando Santos Pereira, estas ações de sensibilização funcionam como "primeiro ato de fiscalização. A formação é um caminho útil", sublinhando que, em Esposende, "a taxa de incumprimento às normas fiscalizadas pela ASAE fixa-se abaixo dos 20%. É uma situação de referência a nível nacional".

A concluir, Fernando Santos Pereira alertou para o facto de terem sido introduzidas, recentemente, “alterações que consistem no agravamento das multas, nomeadamente relacionadas com a venda e consumo de álcool, livro de reclamações e tabaco”.

A encerrar a sessão, o vereador responsável pelas Atividades Económicas da Câmara Municipal de Esposende, Maranhão Peixoto destacou a necessidade de todos estarem “mais elucidados, condição fundamental para ter capacidade de resposta” e lembrou que o principal objetivo da autarquia radica na “construção de um tecido empresarial sustentável. O município quer ser um parceiro ativo que ajuda os empresários a ultrapassar os problemas. Por isso promovemos esta sessão de esclarecimento”.

ALUNOS DE PONTE DE LIMA JOGAM FUTSAL

I Torneio Concelhio de Futsal das Escolas do 1º Ciclo de Ponte de Lima

O 1º Torneio Concelhio de Futsal das Escolas do 1º Ciclo de Ponte de Lima, que decorreu no último fim-de-semana, no Pavilhão Gimnodesportivo de Gandra, contou com a participação de cerca de 50 atletas, provenientes dos diversos Agrupamentos de Escolas do Concelho.

Futsal_Gandra (Small).JPG

Este foi organizado pelo Município de Ponte de Lima em parceria com a Associação de Pais e Encarregados de Educação de S. Martinho da Gandra, a Junta de Freguesia de São Martinho da Gandra, e os Agrupamentos de Escolas de Ponte de Lima, e teve como objetivo promover um maior intercâmbio escolar através do incentivo à prática da atividade física.

Todos os atletas receberam uma medalha de participação, sendo ainda atribuídas taças a todas as equipas com a seguinte classificação:

- 1º lugar – EB 1 de Arcozelo

- 2º lugar – EB 1 da Correlhã

- 3º lugar – EB 1 de Ponte de Lima

- 4º lugar – EB 1 de S. Martinho da Gandra

A entrega de prémios contou com a presença do Vereador da Educação do Município de Ponte de Lima, Dr. Paulo Sousa, o Presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho da Gandra, Eng. Ernesto Pereira; Coordenadora do Centro Educativo da Gandra, Prof.ª Fátima Maciel; Presidente da Associação de Pais, Alberto Azevedo e restantes elementos da direção da Associação de Pais e Encarregados de Educação.

Gandra_Futsal (Small).JPG

CORRIDA DE SÃO JOÃO É MOMENTO DE EXALTAÇÃO DA CULTURA DESPORTIVA BRACARENSE

Prova do próximo Domingo espera 5 mil participantes

É já no próximo Domingo, dia 19 de Junho, que Braga acolhe a terceira edição da Corrida de São João. Uma prova que está a ganhar cada vez mais espaço no panorama desportivo nacional e onde são esperados cerca de cinco mil participantes.

1 (2).jpg

Com partida e chegada na Avenida João Paulo II, o percurso de 12 quilómetros possibilita aos atletas ‘uma visita’ à Cidade, nomeadamente ao seu Centro Histórico. À semelhança das edições anteriores, irá decorrer, em simultâneo, uma caminhada com um trajecto de seis quilómetros.

“Esta prova é o momento de exaltação da cultura desportiva que se vive em Braga e é com especial satisfação que realizarmos um evento desta natureza, onde o número de participantes e o nível competitivo aumentam ano após ano”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação da prova, que teve lugar esta Quarta-feira, dia 15 de Junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Numa altura em que foi apresentada a candidatura a Cidade Europeia do Desporto em 2018, esta prova “é mais um momento de promoção da Cidade e vem demonstrar a capacidade de Braga em realizar eventos de grande relevância e de mobilizar a população e diversas entidades em torno do fenómeno desportivo”, acrescentou o Autarca.

Com o selo de garantia da Runporto, a prova mantém o cariz solidário contando com o apoio da EDP Gás e da Bosch que irão contribuir com 20 mil euros para a Cáritas Diocesana de Braga, assim como a instalação de gás natural e uma viatura. Ao longo das três edições, a prova já possibilitou a entrega de 60 mil euros a instituições de solidariedade social Bracarenses.

Como lembrou Sameiro Araújo, vereadora do Desporto do Município de Braga, a Corrida de São João “tem vindo a crescer todos os anos e nesta edição contamos com a participação de alguns dos maiores nomes da actualidade do atletismo nacional”.

Segundo a vereadora, “a população Bracarense pratica cada vez mais desporto e esta prova é esperada com muito entusiasmo”, por isso, continuou, “numa altura em que Braga está viver as maiores e mais antigas Sanjoaninas de Portugal, estão reunidas todas as condições para fazer desta competição desportiva uma grande festa para a Cidade”.

As inscrições para a terceira edição da Corrida de São João ainda decorrem e podem ser efectuadas online no site da Runporto, na Câmara Municipal de Braga, nas lojas da Sport Zone de Braga e do Porto, e na Loja do Corredor.

3 (2).jpg

4 (2).jpg

5 (1).jpg

GNR É CABEÇA DE CARTAZ NAS FESTAS DE FAFE

Festas em honra de Nossa Senhora de Antime com oferta para todos

Este ano, as festas em honra de Nossa Senhora de Antime decorrem durante cinco dias, com grande animação cultural e um cartaz para todos os gostos.

GNR_2015_t2_HiFi_Web.jpg

As festas terão um programa diversificado que abrange música, folclore, desfiles, marcha luminosa e outros momentos que prometem ser únicos.

Este ano, os GNR são cabeça de cartaz, num espetáculo que promete animar a noite de 9 de Julho, sábado, na Praça 25 de Abril.

O arranque das festividades, a 6 de Julho, é marcado pela inauguração das iluminações decorativas e o Concerto de Pedro Clash & NeonTools.

O concurso de Vestidos de Chita integra novamente as comemorações, pelo segundo ano, no Jardim do Calvário, recuperando-se uma tradição de há décadas, tão acarinhada pelos fafenses.

A sexta-feira dá o mote para o grande fim de semana, com destaque para a música. Terá lugar o tradicional Encontros de Coros, na Igreja Nova de S. José, e a escadaria do Arquivo Municipal ganha vida com os Fados de Coimbra, com a atuação do Grupo “Alma Mater”.

As ruas da cidade voltam a encher-se de cor, no sábado, dia 9, com a corrida mais louca, animada e irreverente de sempre. A Fafe aCores regressa este ano, com início marcado para as 15h00, alargando, novamente, as festas à juventude do concelho.

À mesma hora, decorre o XVI Passeio de Cicloturismo “União dos Amigos da Roda de Quinchães” pelo Centro da Cidade e o Grande Prémio de Ciclismo Festas da Cidade de Fafe, no Multiusos de Fafe.

À noite, o palco da Praça Mártires do Fascismo, recebe a XXIII Mostra de Folclore de Fafe.

A música continua noite dentro, com a atuação dos Euphoric Show.

O grande destaque desta noite vai para a atuação da banda portuguesa GNR, que promete um espetáculo monumental. O concerto começa com o espetáculo pirotécnico que transforma os céus de Fafe numa mancha de cor e movimento.

Domingo, 10 de Julho, é, para muitos, o dia mais simbólico destas festas. A procissão em honra de Nossa Senhora de Antime atrai milhares de fiéis, num momento único, carregado de fé e emoção.

Ao início da manhã, a Procissão de Nossa Senhora das Dores sai de Fafe em direção a Antime e a Procissão de Nossa Senhora da Misericórdia sai de Antime para Fafe.

As duas imagens encontram-se, cerca de uma hora depois, na Ponte de S. José e seguem juntas rumo à Igreja Nova, em Fafe.

A marcha luminosa encerra as festas do concelho, com o desfile de diversos carros alegóricos, muita música, dança e animação para todos os que assistem.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, confirma que, este ano, se manteve a aposta na abrangência de idades e de iniciativas no sentido de contemplar, num programa diversificado, atividades que agradem a todos os fafenses.

“Também nas comemorações deste ano preocupamo-nos em desenvolver um programa para todos os gostos e todas as idades. Mantemos a tradição, com os Fados de Coimbra, Encontro de Bombos e Gigantones , Mostra de Folclore e tantas outras atividades já habituais. Mas quisemos também trazer a juventude às festas, com a aposta num espetáculo dos GNR, a corrida Fafe a Cores e diversos momentos musicais de bandas que ainda estão a crescer no nosso concelho.

Recuperamos a tradição do Concurso de Vestidos de Chita e mantivemos as festas gastronómicas para,novamente, promover a nossa gastronomia.”

“A procissão é um dos pontos altos das comemorações e mais sentido pelos fafenses e pelas dezenas de milhares pessoas que vêm de fora para assistir a estas cerimónias. Será, mais uma vez, um enorme privilégio receber os andores na Câmara Municipal, junto do povo.”

DCS_4336.JPG

DSC_3741.JPG

PONTE DE LIMA FESTEJA VINHO VERDE

26ª Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima

Promovemos o nosso território, os nossos produtos de excelência, como alavanca fundamental numa estratégia de divulgação dos nossos produtos endógenos” afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, na cerimónia oficial de abertura da 26ª Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima, que este fim-de-semana captou milhares de visitantes para Ponte de Lima.

Festa do Vinho Verde _ 2016 (Small).JPG

 Convidado de honra, o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, visitou a feira, provou as iguarias típicas e participou na degustação de provas de Vinho Verde. O titular da pasta da agricultura e alimentação considerou que a “agricultura é uma atividade nobre. O vinho é cultura, gastronomia e economia, sendo um produto de excelência da agricultura portuguesa”, sustentou o governante.

Mantendo a tradição, a 26ª Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima cumpriu os objetivos apresentando uma mostra de produtos típicos do concelho, com os petiscos e as provas de vinho a fazer as delícias dos visitantes.

A Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima é organizada em parceria entre o Município de Ponte de Lima, a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima, e a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima do Instituto Politécnico de Viana Castelo.

De realçar a apresentação do livro “Vinhos Verdes – A região, a história e o património” da autoria do Prof.º Doutor António Barros Cardoso. O livro “pretende antes de mais assumir-se como um tributo às Mulheres e aos Homens que habitaram a região dos Vinhos Verdes ao longo dos últimos dois mil anos”.

A par dos espetáculos musicais, workshops, showcookings e os Concursos de Vinhos Verdes de Ponte de Lima e de Leite-creme, a 26ª edição da Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais de Ponte de Lima, contribuiu para a promoção dos sabores tradicionais, sendo de destacar o lançamento do Folar Limiano, confecionado com os produtos endógenos de Ponte de Lima, o Vinho Verde Loureiro e os Enchidos e Fumados.

O concurso de vinhos envolveu 41 amostras, sujeitas à avaliação do júri, constituído por especialistas do setor, incluindo críticos de vinhos, e alguns técnicos, que reuniu no dia 11 de junho, na Clara Penha – Casa dos Sabores, premiando os seguintes produtores:

XIV Concurso de Vinhos Verdes de Ponte de Lima

Categoria – Vinho Verde / Regional Minho de Casta Loureiro

- 1º Prémio – Categoria ouro – Casa das Buganvílas Loureiro – Figueiredos Sociedade de Vinhos Lda.

- 2º Prémio – Categoria prata – Pecadinhos do Abade Loureiro – Laureano Barbosa Machado

- Menção honrosa – Socalcos do Bouro Loureiro – Corina Maria Pereira Antunes de Almeida

Categoria – Vinho Verde / Regional Minho Branco

- 1º Prémio – Categoria ouro – Adega de Monção Vinho Verde Alvarinho – Adega Cooperativa Regional de Monção, CRL.

- 2º Prémio – Categoria prata – Adega Cooperativa de Ponte da Barca Alvarinho / Loureiro – Adega Cooperativa de Ponte da Barca, CRL.

- Menção honrosa – Socalcos do Bouro Vinho Verde Branco – Corina Maria Pereira Antunes de Almeida

Categoria – Vinho Verde / Regional Minho Tinto

1º Prémio – Categoria ouro – ARKOS Vinhão – ARKOS – Vinhos / Wines

2º Prémio – Categoria prata – Adega de Monção Vinho Verde Vinhão – Adega Cooperativa Regional de Monção, CRL.

- Menção honrosa – Adega Ponte da Barca Vinhão Grande Escolha – Adega Cooperativa de Ponte da Barca, CRL.

VIII Concurso de Leite-creme

Restaurantes

1º - Encanada

2º - Casa do Provedor

3º Café Restaurante Palma

Particulares

1º Anabela Domingues

2º Maria Margarida Pereira

Festa Vinho Verde_2016 (Small).JPG

PRAGA AMEAÇA ULMEIROS EM CABECEIRAS DE BASTO

Ulmeiros da Praça da República em Cabeceiras de Basto sofrem de ataque severo

Os ulmeiros, bonitas árvores que formam autênticos chapéus de sombra que se encontram há longos anos nos jardins da Praça da República, foram vítimas de uma doença ou praga que poderá levá-las à morte.

Ulmeiros da Praça da República em Cabeceiras de Basto (1).JPG

Há sensivelmente três anos atrás morreu o olmeiro maior e mais antigo da praça. No ano seguinte morreu mais um, e no ano passado um outro foi vítima da mesma doença ou praga. Foram entretanto substituídos por novas árvores.

Infelizmente, este ano, dos 10 ulmeiros existentes, há já sete árvores com sinais evidentes do ataque fulminante desta doença ou praga.

Esta situação preocupa a Câmara Municipal que de imediato e através do seu Gabinete Técnico Florestal solicitou a colaboração da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte que irá enviar a Cabeceiras de Basto um técnico especialista, tendo em vista a realização do diagnóstico e proposta de solução para tão grave problema.

É para a Câmara Municipal e para os Cabeceirenses uma enorme tristeza ver tantas e tão bonitas árvores sofrerem deste mal. Esperamos que possam ainda ser reabilitadas. Se tal não for possível a certeza de que serão, na devida altura, substituídas por outras da mesma espécie.

Ulmeiros da Praça da República em Cabeceiras de Basto (2).JPG

Ulmeiros da Praça da República em Cabeceiras de Basto (3).JPG

CELORICO DE BASTO COM “FÉRIAS: ARTE NA VIDA”

Durante 7 semanas o CLDS3G, em parceria com o município de Celorico de Basto, promove a atividade “Férias: Arte na Vida”. Cerca de 70 crianças do Centro Escolar da Mota usufruem de atividades de lazer e conhecimento durante as férias de Verão, de 13 de junho a 28 de julho.

_DSC9191.jpg

“Felizmente Celorico de Basto dispõe de várias atividades para que as crianças, durante o período de férias, possam estar salvaguardadas e entretidas. Este “Férias: Arte na vida” procura colmatar a carência de atividades na zona da Mota, mais limitada no que respeita a este género de oferta. Com esta ação as crianças podem usufruir de férias dinâmicas devidamente monitorizadas pelos técnicos do CLDS3G” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Salientando que “este município apoia todos os campos de férias e ATL´s a decorrer em Celorico de Basto, facultando o transporte e outros apoios logísticos. Apesar do esforço financeiro temos plena noção de que estas atividades agradam às crianças e são uma mais valia para pais e encarregados de educação que vêem os seus filhos salvaguardados durante o período de férias”.

Durante as 7 semanas, este grupo de crianças terá um programa de atividades apelativo e diversificado. Salienta-se as visitas à praia, à piscina, ao Parque da Cidade no Porto, à Resinorte, a RTP Porto, ao Museu da Família, ao Estádio do Dragão, ao estádio do Vitória Sport Clube, ao Museu de Serralves, ao Regimento de Cavalaria nº6 de Braga, aos Sapadores do Porto, entre outras. Irão participar em diversos ateliers, workshops, atividades desportivas e muitas outras ações.

“Desenvolvemos um plano de atividades apelativo que tem por objetivo divertir as crianças que integram esta ação mas também, procuramos facultar o conhecimento que de outra forma não teriam acesso. Fizemos um trabalho de pesquisa para proporcionar as melhores atividades ao preço mais reduzido sempre a pensar no bem-estar das crianças que integram o programa” disse Manuel Maria Afonso, Coordenador do CLDS3G.

PROVAS DESPORTIVAS CONDICIONAM TRÂNSITO EM BRAGA

Condicionamentos à circulação de trânsito e estacionamento

O Município de Braga informa que, por motivo da realização da 3.ª Corrida e Caminhada de S. João, haverá restrições de circulação e estacionamento de veículos em diversas artérias da Cidade no próximo dia 19 de Junho.

Assim, entre as 09H00 e as 13H00, o trânsito automóvel será proibido nos seguintes arruamentos: Av. João Paulo II, Av. dos Lusíadas (entre a Av. João Paulo II e a Av. D. João II), Av. D. João II, Av. Robert Smith, Travessa do Espadanido, Largo do Espadanido, Largo de Sto Adrião, Rua Pe. Francisco de Almeida, Avenida Dr. Porfírio da Silva, Av. 31 de Janeiro, Largo da Senhora-a-Branca, Avenida Central, Rua dos chãos, Av. General Norton de Matos, Praça Alexandre Herculano, Rua Gabriel Pereira de Castro, Rua do Carmo, Travessa do Carmo, Av. Visconde Nespereira, Praça Conde Agrolongo, Rua Alferes Pereira, Praça Conselheiro Torres de Almeida, Rua dos Biscainhos, Praça de S. Joaquim, Largo Carlos Amarante, Rua de S. Lázaro, Rua do Raio, Av. da Liberdade, Av. Imaculada Conceição, Praça do Condestável e Av. João XXI.

Na Avenida Mestre José Veiga o trânsito e estacionamento automóvel estará proibido desde as 24H00 do dia 17 até às 13H00 do dia 19 de Junho. Já no parque a nascente da Avenida Mestre José Veiga, junto ao Laboratório Ibérico de Nanotecnologia, o estacionamento será proibido a partir das 19h00 do dia 15 até às 13h00 do dia 19 de Junho.

SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA VISITA PONTE DA BARCA

Secretário de Estado da Administração Interna esteve de visita a Ponte da Barca a convite do Presidente da Câmara. Construção de novas instalações operacionais dos Bombeiros Voluntários foi o mote da visita

A construção de novas instalações operacionais para os Bombeiros Voluntários é um velho anseio de Ponte da Barca. Com projeto e terreno, junto ao pavilhão gimnodesportivo, a nova casa dos soldados da paz aguarda financiamento dos fundos comunitários, cuja candidatura está a ser preparada pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca. E para dar força a este velho anseio, Vassalo Abreu, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, convidou o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, para visitar o atual quartel dos Bombeiros Voluntários e o terreno onde serão construidas as novas instalações operacionais da Associação Humanitária dos Bombeiros de Ponte da Barca.

'A nossa corporação dos bombeiros não trabalha só para Ponte da Barca, nós estamos no Parque Nacional da Peneda-Gerês. É uma riqueza que queremos preservar e temos a felicidade de ter uma corporação de alto gabarito que queremos também que tenham as melhores condições para o exercício da sua atividade. Da parte do município há toda a disponibilidade para o apoio, desde logo, através da cedência dos terrenos necessários. O passo seguinte é apresentar a candidatura', disse Vassalo Abreu, presidente da câmara de Ponte da Barca.

Já o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, mostrou-se 'muito desolado com aquilo que vi', notando que o atual quartel dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca 'não tem rigorosamente nenhuma qualidade'. Não tem instalações com dignidade nenhuma e muito menos são instalações operacionais', sustentou o governante, manifestando outra preocupação: 'O quartel está instalado quase em cima de umas bombas de combustível', vincou, referindo que o aviso de candidatura onde pode ser incluída a obra para um novo espaço está já aberto, terminando o prazo de entrega a 31 de julho. 'Espero que a Associação Humanitária consiga fazer o projeto e candidatar-se aos fundos comunitários porque, na minha opinião, tem condições para ser apoiado'.

Jorge Gomes não deixou ainda de sublinhar o compromisso de um empenho forte e de amizade com a população barquense. 'Ponte da Barca pode ter a certeza de uma coisa: há um secretário de Estado em Lisboa, que é de Bragança, e que não se conforma com o poder do Terreiro do Paço e do litoral. Enquanto eu for secretário de Estado, terras como Ponte da Barca, vão ter um governante no Terreiro do Paço que as defenderá a toda a hora'.

FAMALICÃO OBTÉM FINANCIAMENTO PARA O PLANO ESTRATÉGICO DE DESENVOLVIMENTO URBANO

Paulo Cunha assinou esta terça-feira o contrato, na sede da CCDR-N. PEDU contempla um investimento de 17,5 milhões de euros para Famalicão gerir até 2020

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, procedeu esta quarta-feira, na sede da CCDR-N (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte) à assinatura do contrato que contempla o financiamento do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do concelho famalicense.

Paulo Cunha com o gestor da CCDRN, Jorge Nunes (1).jpg

A implementação do PEDU de Famalicão, a desenvolver até 2020, representa um investimento total de 17,5 milhões de euros, abrangendo diversos projetos para as áreas da regeneração urbana, promoção da mobilidade urbana sustentável e comunidades desfavorecidas.

O investimento alcançado para o concelho – 17,5 milhões de euros – supera em mais do dobro o apoio conseguido para a reabilitação urbana durante o anterior quadro de apoio de fundos comunitários, o QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional), que vigorou no período 2007-2013 e que mobilizou para o concelho cerca de 7,9 milhões de euros.

Para Paulo Cunha, “este aumento substancial do investimento conseguido justifica-se, por um lado, pela qualidade dos projetos apresentados, mas é também um sinal da importância crescente que o concelho, e a sua cidade, têm ganho no contexto regional”. E acrescenta: “Famalicão assume-se cada vez mais como elemento nuclear da região e este investimento é um estímulo para continuarmos a trilhar este caminho”.

Refira-se que Paulo Cunha - que é também presidente do Conselho Regional do Norte (órgão consultivo da CCDR-N) - , tinha recusado assinar com o governo os contratos para os PEDU, no passado dia 31 de maio, por não aceitar que o governo negociasse um pacote extra de mais de 20 milhões de euros apenas com alguns municípios.

O autarca explica que depois da reunião do Conselho Regional do Norte, realizada nesta terça-feira, foi “devidamente informado sobre o processo seguido pela CCDR-N para a gestão de fundos direcionados para as cidades de nível superior” e sabendo que o montante global distribuído pelas 29 cidades de nível superior é de 385 milhões de euros, aceitou “subscrever este acordo que destina para Vila Nova de Famalicão, o valor de 17,5 milhões de euros, o que é excelente”, refere.

Estando, desta forma, ultrapassada a questão da gestão dos fundos, Paulo Cunha considera o acordo conseguido como“um bom acordo, que faz justiça à grandeza do concelho famalicense”.

Paulo Cunha com o gestor da CCDRN, Jorge Nunes (2).jpg 

FAMALICÃO APRESENTA PLANO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

Esta quinta-feira, 16 de junho, pelas 15h30, junto ao edifício de apoio do Parque da Devesa

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão convida os órgãos de comunicação social para a apresentação do Programa Municipal de Prevenção de Incêndios Florestais, que vai decorrer amanhã, quinta-feira, 16 de junho, pelas 15h30, junto ao edifício de apoio do Parque da Devesa, localizado no parque de estacionamento junto ao CITEVE. A sessão contará com a presença do vice-presidente e responsável pelo pelouro da Proteção Civil da autarquia, Ricardo Mendes.

Refira-se que, este ano, a autarquia integrou neste programa de Prevenção de Incêndios 10 pessoas em situação de desemprego, através da “Medida Contrato de Emprego Inserção” do IEFP.

O Programa Municipal de Prevenção de Incêndios Florestais centra-se, essencialmente, na vigilância e deteção de incêndios, nas vertentes móvel e fixa, durante o período de 16 de junho a 30 de setembro.

BRAGA RECEBE PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DA RIBEIRA BRAVA

Ricardo Rio recebeu o Presidente do Município da Ribeira Brava, de Cabo Verde. Encontro visou discutir cooperação entre os dois Municípios

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, recebeu esta Quarta-feira, dia 15 de Junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara da Ribeira Brava, da ilha de São Nicolau, em Cabo Verde, Carlos Barbosa. De visita a Portugal, o autarca da Ilha de São Nicolau veio apresentar cumprimentos à autarquia Bracarense e discutir futuras possibilidades de cooperação entre os dois Municípios.

1 (1).jpg

Na reunião mantida com o edil cabo-verdiano, Ricardo Rio destacou os “fortes laços que existem entre os dois povos e mais concretamente entre Braga e a Ilha de São Nicolau”, existindo uma geminação desde 1992. O autarca Bracarense demonstrou total disponibilidade do Município em aprofundar a colaboração com a Ribeira Brava, dando o exemplo de outro tipo de cooperações que Braga tem com outros Municípios de Cabo Verde, como o Tarrafal ou com a Ilha de Santiago, onde a Universidade do Minho desenvolveu um projecto de voluntariado internacional. Além disso, foi também destacado o importante papel que a comunidade estudantil cabo-verdiana tem nas universidades do Minho e Católica de Braga.

Carlos Barbosa destacou que a Ribeira Brava está neste momento empenhada em projectos nas áreas desportivas, da protecção civil e no desenvolvimento económico e social, fortalecendo a cooperação nestas áreas com o Município Bracarense. Ficou acordado nesta reunião que, a breve prazo, irão ser desenvolvidos contactos directos entre os diversos pelouros no sentido de desenvolver parcerias nestas e noutras áreas em que seja possível.

O Presidente da Câmara Municipal de Braga destacou também o seu empenho no estreitamento das relações internacionais e empresariais com os países africanos de língua portuguesa, sendo Cabo Verde um dos alvos prioritários neste sentido. “As empresas Bracarenses podem também ter aqui uma oportunidade de negócios, pois há investimentos a ser feitos que podem ser proveitosos para as nossas empresas”, defendeu Ricardo Rio.

São Nicolau é uma das ilhas do Barlavento de Cabo Verde. Povoada pela primeira vez no século XVI, é conhecida pelas suas montanhas e pela principal vila, Ribeira Brava, há muito sede da diocese de Cabo Verde. A sua outra vila é o porto do Tarrafal. O crescimento notório verificado despertou nas populações locais o desejo de autonomia, concretizada com a elevação da região do Tarrafal a Concelho, em 2005, resultado da desanexação de parte do território do concelho de São Nicolau, que passou a denominar-se concelho da Ribeira Brava. Esta é uma das regiões com quem Braga tem mais fortes relações em Cabo Verde.

2 (2).jpg

3 (1).jpg

VIZELA RECEBE ASSEMBLEIA INTERNACIONAL CITTASLOW

Vizela recebe primeira Assembleia Internacional Cittaslow de 23 a 26 de junho

Vizela organiza, entre os dias 23 e 26 de junho de 2016, a primeira Assembleia Internacional Cittaslow em solo português.

Banner AI Citta Slow.jpg

Com esta organização, a Associação Internacional Cittaslow, sediada em Itália, premeia o trabalho feito pelas seis cidades portuguesas classificadas no geral (Vizela, Viana do Castelo, Tavira, Silves, Lagos e S. Brás de Alportel) e a cidade de Vizela em particular, fruto da relação e do empenho que tem demonstrado ao longo dos cinco anos de classificação.

Assim, Vizela receberá, durante este período de quatro dias, delegações das restantes cidades mundiais classificadas (num total de 220) e que representarão um universo geográfico que abrange cinco continentes.

A expectativa no seio internacional é grande, já que o nosso país representa um atrativo turístico muito forte que é desconhecido, já que as oito assembleias anteriores foram sempre organizadas por países com mais tradição Cittaslow que Portugal.

O programa que abrange os quatro dias será preenchido por forma a que as diferentes delegações tenham acesso ao que de melhor Vizela produz no seio do seu território, o seu património, as tradições minhotas, a sua forma de vida.

O momento alto deste evento será o próprio dia da assembleia, dia 25 de junho, onde o Presidente da Câmara, Dinis Costa, terá um papel importante a desempenhar já que, sendo também membro convidado do Comité Cientifico desta organização, será elemento primordial da mesa da assembleia, abrindo a cerimónia, acompanhando os trabalhos, promovendo os projetos vizelenses neste domínio e encerrando o evento.

De realçar ainda que o projeto educacional “Cittaslow Education” do Agrupamento de Escolas de Infias, liderado pelas professoras Valeria Pereira e Maria José Oliveira, será ponto de honra na apresentação portuguesa. Este projeto educacional, único a nível mundial, promove a filosofia Cittaslow, de uma forma original e apelativa, no seio da comunidade educacional e local, tendo servido de plataforma de acolhimento ao desenvolvimento do interesse da comunidade vizelense pela filosofia Slow.

Mais que um encontro internacional de grande importância, a relevância deste evento reside no facto de ser uma “família mundial” de cidades de pequena dimensão que procuram, no seio das transversalidades das suas diferentes culturas, modelos de salvaguarda e reconhecimento dos valores intrínsecos e fundamentais dos seus territórios, reconhecendo a importância das suas formas de vida e defendendo-as como elementos representativos e de identidade de cada região e de cada país.

Esta tomada de consciência, feita em assembleia na presença de todos, denota uma vontade das cidades se encontrarem e se reconhecerem nas suas diferenças, já que são estas mesmas diferenças que definem a espinha dorsal da sua originalidade. Será sempre na afirmação maior destes valores (história, arquitetura, natureza, etnografia, educação, gastronomia) que cada lugar, cada cidade, cada região poderá afirmar cabalmente as características da sua humanização e desta forma a sua atratividade.

Vizela reconhece-se também desta forma, elevando-se no seio da sua história, da sua cultura, das suas tradições e seus modos de vida. Reconhece-se e dá-se a conhecer como membro desta associação desde o ano da sua classificação, em 2011. Faz portanto parte de um grupo de 220 cidades que procuram, num mundo cada vez mais homogéneo, em face das suas características específicas de aglomerados de pequena dimensão (nunca superior a 50 000 habitantes), modelos e políticas de desenvolvimento urbano e social que cumpram metas de excelência em salvaguarda, reconhecimento e sustentabilidade dos seus modelos de vida originais.

O movimento Cittaslow

A Associação Cittaslow nasce em Itália em 1999 como um movimento urbano no seio de 4 pequenas cidades que defendiam princípios de desenvolvimento ancorados em valores de sustentabilidade, salvaguarda patrimonial e de tradições e reconhecimento dos valores originais de cada território, promovendo ao mesmo tempo a qualidade de vida das populações locais. Assim o movimento designado de Cittaslow baseia-se na exploração adequada dos recursos e ativos locais existentes, encontrando estratégias que tornem estas pequenas cidades (num mundo cada vez mais competitivo) sustentáveis e atrativas, consagrando ao mesmo tempo o bem-estar dos seus cidadãos. Atualmente a rede conta com a classificação de 220 cidades distribuídas por 5 continentes. O logo deste movimento, simbolizado por um caracol que carrega uma paisagem urbana composta pela harmonia entre edifícios novos e antigos, é demonstrativa dos valores da associação Cittaslow: um ambiente urbano sustentável e de salvaguarda, onde a questão do tempo-justo que dispensamos em cada atividade é sempre relembrado.

MUNICÍPIOS DE CAMINHA E VIANA DO CASTELO PROMOVEM TRAÇADO ENTRE OS DOIS CONCELHOS DO CAMINHO DE SANTIAGO - CAMINHO PORTUGUÊS DA COSTA

Percurso terá lugar no dia 25 de junho, com inicio às 8h30, na Praça da Erva, em Viana do Castelo

Os municípios de Caminha e de Viana do Castelo vão promover o percurso do Caminho de Santiago, do Caminho Português da Costa, no traçado entre Viana do Castelo e Caminha. A atividade terá lugar no dia 25 de junho. A participação é gratuita, mas a inscrição é obrigatória.

Com uma extensão aproximada de 30 km e grau de dificuldade moderado, o percurso começa em Viana do Castelo e termina na Praça Conselheiro Silva Torres, em Caminha. A concentração está marcada para as 8h30, na Praça da Erva, em Viana do Castelo.

A duração prevista para este traçado é das 8h30 às 17h30, pelo que se aconselha os participantes a levarem lanche, roupa e calçado adequado.

A participação é gratuita, no entanto a inscrição como referimos é obrigatória. Os interessados deverão efetuar a respetiva inscrição através do email cisa@cm-caminha.pt ou dos telefones 258 721 708 ou 914 476 461.

PONTE DE LIMA REALIZA JORNADAS DA SAÚDE

VI Jornadas da Saúde em Movimento em Ponte de Lima. 18 de junho – Passeio 25 de Abril

As VI jornadas da Saúde em Movimento em Ponte de Lima realizam-se no próximo sábado, 18 de junho, entre as 10h00 e as 12h30, em pleno Passeio 25 de Abril.

_JornadasSaudeMovimento2016_2.jpg

Esta jornada dedicada à saúde com a colaboração de um conjunto de parceiros, com referência para os ginásios e instituições ligada às áreas do Desporto, Saúde e Bem-Estar, visa promover diversas atividades com o objetivo de incentivar a população para um estilo de vida mais saudável.

Assim, durante o período da manhã, a atividade física é a tónica dominante com aulas de fitness (bike, body jump, zumba, cross training, core boot camp, pilates,  KK, X-funcinal), torneios de street basket 3x3 e street soccer3x3.

As aulas de fitness, coordenadas pelos ginásios que aderiram a esta iniciativa e as avaliações pontuais de HTA, Glicemia e rastreios visuais a efetuar pelos técnicos da ULSAM - Unidade Local de Saúde do Alto Minho realizam-se no Passeio 25 de Abril, entre as 10h00 e as 12h30.

ARCOS DE VALDEVEZ MELHORA REDE RODOVIÁRIA

Presidente da Câmara visitou obras da rede viária concluídas no valor de cerca de 360 mil euros

O Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, esteve recentemente nas freguesias da Portela, Prozelo, Cabreiro, Guilhadeses e S. Paio para verificar in loco o resultado do investimento feito pela Câmara Municipal na requalificação de variadas vias destas localidades, no valor de cerca de 360 mil euros.

visita_bacelo_guilhadeses.JPG

Em Cabreiro visitou a obra do “Bloco XLVIII – Acesso a Parral – Cabreiro”. Adjudicada por 58.024,41 €, pretendeu-se a execução de trabalhos de alargamento, correção de traçado e pavimentação do caminho. A intervenção previu a substituição do traçado em terra batida por tapete betuminoso, drenagens de águas pluviais, sinalização e muros de suporte.

Em Prozelo esteve na empreitada do “BLOCO XLVII – Caminho da Veiga (Ligação de Eirós a Coucieiro) – Prozelo”. Com esta empreitada, adjudicada por 105 897,40€, pretendeu-se a execução de trabalhos de alargamento e pavimentação do caminho do lugar de Eirós ao lugar de Coucieiro. As infraestruturas básicas também foram reforçadas, nomeadamente ao nível da drenagem de águas residuais, um investimento de 9 983.37€, e da rede de abastecimento de água, no valor de 2194,20€.

Em Guilhadeses visitou a obra do “Caminho de Ligação do Pardejo ao Bacêlo”, adjudicada por 66.694,02€, acrescendo a este montante o valor das obras de saneamento, num total de 11. 143,21€.

Aqui pretendeu-se a execução de trabalhos de alargamento e pavimentação do caminho, a instalação de drenagens de águas pluviais, abastecimento de água, bem como de saneamento.

Em S.Paio viu a obra de correção de traçado e pavimentação do Caminho de ligação S. Tiago (S. Paio) a Casares (Vale), adjudicado por 103.231, 38€.

Já na Freguesia da Portela visitou a obra de Ligação entre a Praceta da viragem e a EM 505 – Cimo de Vila, adjudicada por 23.070,64€.

Foi com grande agrado que João Manuel Esteves, acompanhado das Juntas de Freguesia, verificou as melhorias nas vias, bem como a satisfação da população.

De referir que estes investimentos são feitos pela Câmara Municipal a pensar na melhoria da qualidade de vida dos habitantes do concelho. Através deles foi melhorada a circulação viária e pedonal nestas zonas, bem como as condições de segurança e comodidade, assim como a execução das infraestruturas básicas de abastecimento de água e saneamento.

visita_cabreiro_parral.JPG

visita_caminho_portela.JPG

visita_casares_s_paio.JPG

visita_veiga_prozelo.JPG

MUNICÍPIO DE AMARES PROPORCIONA CURSO DE INGLÊS AO SETOR TURÍSTICO

Numa perspetiva de valorização do setor turístico, o Município de Amares acaba de lançar, gratuitamente, um curso de inglês para dar resposta a uma necessidade identificada junto das casas de turismo rural/alojamento do concelho.

DSC04222.JPG

“Quase todos os turistas que nos visitam tem o inglês como comunicação e as nossas casas de turismo rural muitas vezes não têm formação fundamental na língua, portanto, a ideia é criar-lhes condições para terem os conhecimentos mínimos em termos de comunicação, para que possam dar a melhor reposta não só na receção mas também no atendimento aos turistas que nos visitam”, começou por explicar o vereador do Turismo da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo.

“Atualmente somos procurados por turistas de toda a Europa e, depois de uma auscultação junto das casas de turismo rural em que percebemos que uma das suas grandes urgências era na área das línguas, achámos que a Câmara, que vê no turismo um motor de desenvolvimento do concelho, tinha obrigação de proporcionar esta formação, impulsionando novas competências ao setor.

A formação, com a duração de 25 horas, vai ser ministrada dois dias por semana (terças e quintas feiras), entre as 16h00 e as 18h00.

ARCOS DE VALDEVEZ PROMOVE DESENVOLVIMENTO RURAL

Programa de Desenvolvimento Rural 2020 Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural ''Vale do Lima 2020''

Informam-se todos os interessados que durante o mês de Junho serão abertos os Anúncios de Abertura de Período de Apresentação de Candidaturas das Operações 10.2.1.1 - Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas e 10.2.1.2 - Pequenos Investimentos na transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas, estando previsto que os anúncios encerrem nos meses de Agosto e Setembro.

image001.jpg

No próximo dia 18 de Junho, pelas 15 horas, decorrerá uma sessão de esclarecimento direcionada para estas ações, no auditório da Porta do Mezio, em Arcos de Valdevez.

Nessa sessão, a ADRIL - Associação do Desenvolvimento Rural Integrado do Lima e os seus técnicos estarão disponíveis para prestar os devidos esclarecimentos sobre os regulamentos e orientações.

VIZELENSES FAZEM FÉRIAS DESPORTIVAS

“Férias Desportivas/Musicais 2016”

A Câmara Municipal de Vizela e a Sociedade Filarmónica Vizelense vão promover a iniciativa “Férias Desportivas/Musicais 2016”, de 20 de junho a 29 de julho, durante três períodos: o primeiro de 20 de junho a 1 de julho; o segundo de 4 a 15 de julho; e o terceiro de 18 a 29 de julho.

cartaz férias desportivas musicais 2016.jpg

A atividade realiza-se durante a interrupção das atividades letivas, e tem como principais objetivos: proporcionar às crianças a igualdade de oportunidades para o seu desenvolvimento global; fomentar o gosto, o querer e a competência na realização de atividades; levar as crianças e jovens a cumprir regras de comportamento cívico e higiene; promover o contacto e o respeito com a natureza e praticar desporto como alternativa às vivências nocivas.

A atividade destina-se a crianças dos 8 aos 15 anos, entre as 09h00 e as 17h30 onde as crianças podem desfrutar da prática de música, piscina, minigolfe, percursos na natureza, ténis, praia, atividades de pavilhão, workshops e pedipaper.

As inscrições podem ser efetuadas no edifício do Município, sito na Praça do Município e na Sede da Sociedade Filarmónica Vizelense e estão abertas até:

- 1º período – 20 junho a 1 de julho – inscrições até dia 17 de junho;

- 2º período – 4 a 15 de julho – inscrições até dia 30 de junho;

- 3º período – 18 a 29 de julho – inscrições até dia 14 de julho.

O valor da inscrição por quinzena é:

- todo o dia com almoço – 34,00€

- todo o dia sem almoço – 20,00€

- manhãs e praia – 12,00€

GERÊS COMEMORA ELEVAÇÃO A VILA

Vila do Gerês celebra 25ªAniversário no próximo sábado. No dia 18 de junho a Vila do Gerês assinalará o vigésimo quinto aniversário de elevação à referida categoria.

Vila do Gerês CAPA.JPG

O programa comemorativo abrirá com a atuação da Banda Musical de Carvalheira, pelas 9.00horas, seguida da concentração das entidades oficiais e população junto à Capela de Santa Eufémia. Posteriormente decorrerá o hastear da bandeira da vila acompanhada da interpretação do Hino do Gerês pela Banda Musical de Carvalheira e, logo depois, a Eucaristia Solene em memória dos geresianos e amigos do Gerês já falecidos.

O almoço volante será servido no Parque das Termas e, durante a tarde, atuarão a Charanga de Vilar da Veiga e o grupo “Musical Som”. Simultaneamente decorrerá também a III Feira Mostra com a participação das associações e outros organismos representativos da Freguesia de Vilar da Veiga.

Programa das Comemorações do 25º Gerês Vila.jpg

VIZELA PROMOVE EMPREGABILIDADE JOVEM

Município de Vizela e Universidade do Porto assinam protocolo para a promoção da empregabilidade jovem

A Câmara Municipal de Vizela e a Universidade do Porto vão assinar, no próximo dia 20 de junho, às 17h30, na Reitoria da U. Porto (Praça Gomes Teixeira, Porto), um protocolo de colaboração na área da promoção da empregabilidade jovem.

De relembrar que este protocolo, aprovado na reunião de câmara, de 19.05.16, estabelece uma relação de parceria entre as duas instituições, com vista ao desenvolvimento de iniciativas conjuntas tendentes a facilitar a integração profissional de recém-diplomados da Universidade no tecido socioeconómico do concelho de Vizela.

A Universidade do Porto tem em marcha uma nova estratégia de promoção da empregabilidade jovem, que passa, justamente, pela colaboração com entidades externas à comunidade académica e que tenham grande relevância nas economias locais.

Ora, as autarquias são agentes fundamentais na promoção de um ambiente socioeconómico favorável à criação de oportunidades locais de emprego e à entrada de jovens no mercado de trabalho local e, daí, a assinatura deste protocolo com alguns municípios da Região Norte.

CARLOS BLANCO E LUIS DAVILA APRESENTAM NO VALADARES, TEATRO MUNICIPAL DE CAMINHA MENÚ DO DÍA

Stand up comedy para assistir domingo, dia 19 de junho, pelas 18 horas

Depois de esgotarem as salas de teatro da Galiza, de Londres e de Edimburgo, Carlos Blanco, reconhecido ator e humorista, e o desenhador Luis Davila sobem ao placo do Valadares, Teatro Municipal de Caminha, com a peça de stand up comedy “Menú do Día”, no domingo, dia 19 de junho, pelas 18 horas. Os bilhetes encontram-se à venda nos Postos de Turismo do Concelho.

la foto1.JPG

Luis Davila e Carlos Blanco representam um fenómeno na Galiza e os caminhenses têm agora a oportunidade de os ver. Na verdade, os desenhos diários de Luis Davila fazem parte pequeno almoço bem-humorado d@sgaleg@s do mundo inteiro. E os vídeos de Carlos Blanco são partilhados por milhares de fãs.

Sobre o Menú do Día pode dizer-se “Um encontro de dois amigos com um lugar comum, o humor. E absolutamente galego”. Segundo a crítica, “juntos, formam uma dupla imbatível!”

Os bilhetes já estão à venda nos postos de Turismo e cada um tem o valor de 10 euros.

A programação de junho no Valadares encerra em alta, com o concerto da acordeonista, compositora e cantora Celina da Piedade. O espetáculo terá lugar no dia 25, pelas 22 horas. Sobre Celina da Piedade escreve-se: “Quem já a viu em concerto reconhece-lhe o imenso carisma. Celina da Piedade tem levado o seu acordeão e a sua voz até aos mais diferentes contextos, algures entre as formas e cores tradicionais, em viagens pelas memórias da música de raiz portuguesa e um sentir mais moderno e universalista. Desenha uma música cheia de alma e de personalidade, que, em palco, ganha com a sua formidável presença”.