Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FOLKLOURES’16 É ENCONTRO DE CULTURAS A CONTRIBUIR PARA A PAZ E AMIZADE ENTRE OS POVOS

O Rancho Folclórico e Etnográfico “Verde Minho”, leva a efeito no próximo dia 28 de Maio, na cidade de Loures, mais uma grandiosa edição do Encontro de Culturas Verde Minho.

O festival tem como cenário a magnífica réplica das ruínas de S. Paulo, em Macau, a qual serviu de fachada ao Pavilhão de Macau na Expo’98. Naquele local vão desfilar os usos e costumes das nossas gentes, exibindo as suas tradições, as danças e cantares, ao som da concertina e do cavaquinho e ao ritmo dos bombos e dos reco-recos, das castanholas e dos ferrinhos, mostrando como se canta e dança o vira e o malhão, a chula a rusga e a cana-verde.

Pelas 16 horas no Parque da Cidade, serão abertos os pavilhões, com artesanato e gastronomia do Minho, animados por vários grupos de tocadores em concertina.

Às 17,30 horas terá lugar a entrega de lembranças e imposição de insígnias nos estandartes dos grupos, em cerimónia solene a ter lugar nos Paços do Concelho onde serão recebidos pelos autarcas do município de Loures. Às 18,00 horas, dar-se-á início ao Desfile Etnográfico a partir do largo fronteiro aos Paços do Concelho, rumo ao Jardim da Cidade. Às 19,00 horas, os grupos realizam um Jantar convívio no Restaurante CopaCabana. E, finalmente, às 21,00 horas, ocorrerá a exibição em palco, no Jardim da Cidade, dos grupos participantes.

Além do anfitrião Grupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho – (Minho), sediado em Loures, participam ainda no evento o Rancho Folclórico “Os Moleiros da Ribeira”, de Olival, o Grupo de Bombos Zés Pereiras os Baionenses – Baião (Alto Douro); o Grupo de Bombos da Associação de Melhoramentos das Mercês – Mem Martins, Sintra (Região Saloia); o Rancho Folclore da Aguçadoura - Póvoa de Varzim (Douro Litoral); o Rancho Folclórico As Vendedeiras Saloias de Sintra – Mem Martins, Sintra (Região Saloia) e o Rancho Folclórico D. Nuno Alvares Pereira -Leça do Balio – Matosinhos (Douro Litoral).

Constituído por minhotos e seus descendentes, o Grupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho conta mais de duas décadas de existência a representar na região de Lisboa os usos e costumes das gentes do Minho, contribuindo simultaneamente para a preservação da sua identidade.

CELORICO DE BASTO CUIDA DO CORAÇÃO DOS MAIS JOVENS

Em Celorico de Basto “De pequenino se cuida do coração”

No concelho de Celorico de Basto a prevenção para as doenças cardiovasculares faz-se notar com campanhas de sensibilização promovidas pela Unidade Móvel de Saúde de Celorico de Basto nos quatro Centros Escolares. A campanha arranca, amanhã, 24 de maio, no Centro Escolar de Fermil. A campanha incide na avaliação da Tensão Arterial e do pulso a todas as crianças dos Centros Escolares.

_DSC1149

“É desde tenra idade que se deve atuar para prevenir problemas futuros. As nossas crianças são o futuro e devem ser cuidadas com todo o carinho e atenção. Existem muitos jovens a sofrer de problemas cardiovasculares por falta de informação, por desconhecimentos de comportamentos saudáveis e fundamentais para o bem-estar do coração” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca realçou o importante papel da UMS na prevenção. “ Esta campanha é fruto de um trabalho exemplar da UMS que procura sensibilizar toda a população para a problemática”.

A campanha incidirá em cerca de 1200 crianças e acontece no sentido da observação do Presidente do Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva que recomenda a medição da tensão arterial a partir dos 3 anos.

_DSC1035

“A campanha segue a linha orientadora do que está estabelecido pelo Instituto Nacional de Cardiologia “de pequenino se cuida do coração” e nesse sentido faremos a avaliação das T.A ´s e do pulso, registamos os valores e entregamos a cada criança. Esta avaliação será também uma forma de alerta mais ou menos apertado por parte dos encarregados de educação” disse Cristina Moreira, técnica da UMS.

A Campanha está a ser promovida pela Unidade Móvel de Saúde, numa parceria entre o Município de Celorico de Basto e a UCC Mãos Amigas.

A coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal, Helena Martinho, ressalva a “importância da prevenção e a necessidade de um trabalho conjunto que envolve várias parcerias alargada nesta ação ao Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto que se quiseram associar à UMS para que a sensibilização chegasse ainda mais longe e tivesse os devidos resultados. Uma população bem informada é uma população prevenida” disse.

Importa reforçar que estas ações são organizadas maioritariamente com o apoio dos serviços do município de Celorico de Basto.

_DSC1139

EXPOVEZ 2016 É A FEIRA DO ALTO MINHO

Mais de 150 Expositores Marcaram Presença no Certame. Expositores e Visitantes Descrevem o Evento como um Verdadeiro Sucesso

Durante três dias, de 20 a 22 de maio, Arcos de Valdevez foi palco de uma das maiores feiras do Alto Minho, a EXPOVEZ 2016. O certame que encerrou no domingo primou por um programa recheado de animação e artistas conhecidos do grande público português.

image010

O Centro de Exposições recebeu mais de 150 empresas expositoras. Com entrada livre, o certame pretendeu mostrar a diversidade da oferta empresarial, nas suas variadas vertentes, isto é, desde o comércio, serviços, indústria, produtos locais, gastronomia, artesanato, turismo, agricultura, hortos, exposição de maquinaria agrícola, inovação e tecnologia.

image011

O balanço do evento é extremamente positivo. De acordo com Francisco Peixoto Araújo, vice-presidente executivo da ACIAB, “iniciativas como a Expovez – Feira do Alto Minho são momentos marcantes da região, só possíveis de realizar com motivação, trabalho e coragem das instituições que fazem parte da organização, desempenhando com mérito as funções a que se dedicaram e, acima de tudo, das empresas que apostam nesta Feira para promover a sua marca e a região”, referiu.

António Campos, presidente da direção da ACIAB salientou a importância da Expovez para a dinamização do concelho a nível empresarial, da divulgação dos seus produtos e serviços, da sua oferta turística, cultural e da sua gastronomia, dando provas de ser uma ótima oportunidade para as empresas se promoverem e desenvolverem os seus negócios e parcerias.

image012

Sendo esta Feira apontada como um êxito pelos empresários espera-se que nos próximos anos o certame continue o seu sucesso e o seu crescimento, sendo um marco de desenvolvimento da região. Este evento é organizado numa parceria entre a ACIAB – Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, aCooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a In.Cubo e a ARDAL - Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima.

A EXPOVEZ afirma-se, ano após ano, como uma iniciativa que mostra as riquezas do concelho de Arcos de Valdevez e todas as suas potencialidades. Um evento que já é uma referência e que traduz o espírito empreendedor da região.

image013

MOSTEIRO DE TIBÃES ABRE AS PORTAS AO PÚBLICO INFANTIL

´Dias de Festa em Tibães´ decorre de 1 a 5 de Junho

No âmbito das celebrações do Dia Mundial da Criança, o Município de Braga vai desenvolver de 1 a 5 de Junho um conjunto de actividades que têm como palco o Mosteiro de Tibães. A iniciativa, intitulada ´Dias de Festa em Tibães´, é dedicada ao público escolar nos dias 1,2 e 3 de Junho, sendo que o fim-de-semana é de portas abertas a toda a comunidade.

CMB23052016SERGIOFREITAS0000002827

São cinco dias de cultura, animação e divertimento com teatros e actores, musicais e músicos, animações e animadores, contos e contadores, exposições e artistas, jogos e jogadores, duendes e fadas, um acampamento nocturno, cinema, e um conjunto de experiências inesquecíveis.

Durante a conferência de imprensa de apresentação do evento, que se realizou hoje, dia 23 de Maio, no Mosteiro de Tibães, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, sublinhou que a actividade representa um ´encontro feliz´ entre património, infância e cultura.

CMB23052016SERGIOFREITAS0000002830

“Este ano subimos a fasquia nas actividades para as crianças que realizamos nesta época festiva para os mais novos. Sempre entendemos que é fundamental dar a conhecer o nosso património, o que temos de melhor e mais belo, especialmente ao público escolar e infantil”, afirmou.

De acordo com Lídia Dias, estão reunidas todas as condições para que o evento seja uma festa para os mais novos, proporcionando momento de convívio e partilha em família. “Temos uma programação rica e extremamente diversificada que todos podem descobrir e explorar livremente. Em parceria com o Mosteiro de Tibães criamos as condições para que tudo esteja adaptado às necessidades do nosso público-alvo, podendo as crianças desfrutarem dos espectáculos e actividades que temos para oferecer no ambiente único que o Mosteiro propicia”, realçou.

Para a directora do Mosteiro de Tibães, Lurdes Rufino, o evento é resultado de uma profícua relação com o Município que traz vantagens à comunidade no seu todo. “Estamos certos de que esta será uma aposta de sucesso e de que os participantes sairão mais ricos desta experiência”, referiu.

O programa completo dos ´Dias de Festa em Tibães´ pode ser consultado no seguinte link: https://goo.gl/XvGMpc.

CMB23052016SERGIOFREITAS0000002825

VIZELA REALIZA FEIRA DO LIVRO

13.ª Feira do Livro de Vizela 2016

A 13ª Feira do Livro de Vizela abre na próxima quarta-feira, dia 25 de maio, às 10.00h.

De lembrar que a décima terceira edição da Feira do Livro de Vizela, promovida pela Câmara Municipal de Vizela, decorre de 25 a 29 de maio, na Praça do Município.

O programa do evento será composto por várias atividades diárias, como exposições, dança, música, teatro e apresentação de livros, tendo como principal interveniente a comunidade educativa e as demais instituições locais.

13.ª Feira do Livro de Vizela

Praça do Município

25 a 29 de maio

Horário:  10.00h às 22.00h

Org.: Câmara Municipal de Vizela

Parceiros:

Agrupamento de Escolas de Infias

Agrupamento de Escolas de Vizela

AIREV

Colégio de Vizela

Duodifusão – Centro de Formação Profissional de Vizela

Santa casa da Misericórdia de Vizela

Apoios:

Condomínios & Companhia (Fórum Vizela)

CERVEIRENSES HOMENAGEIAM POETA GALEGO MANUEL MARIA

Poeta galego Manuel Maria homenageado em dia de aniversário do ‘Chá com Letras’

A Comunidade de Leitores de Vila Nova de Cerveira – ‘Chá com Letras’ assinala, esta quarta-feira, mais um aniversário com uma sessão especial dedicada ao poeta Manuel Maria, homenageado no Dia das Letras Galegas 2016. A Biblioteca Municipal convida a população a participar nesta atividade que conta com a presença de Esperanza Vázquez.

Porque o dia de aniversário é sempre um dia de comemoração, os fiéis participantes na Comunidade Leitores são presenteados com uma ação muito peculiar para assinalar o 7º ano de existência, ao mesmo tempo que procura cativar potenciais interessados pela descoberta e aventura em torno do mundo das letras.

Perante os elos de ligação e a interação com a vizinha Galiza, esta quarta-feira “Manuel Maria cruza o Minho”. Trata-se de uma sessão literária de proximidade a este autor muito singular que os galegos homenagearam no passado Dia das Letras Galegas do corrente ano. Esperanza Vásquez é a narradora convidada que tratará de abordar o “Minho como união da Galiza com Portugal”, mostrando esta “artéria caudal” oferecida pela obra do poeta da Terra Chá.

A Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira já dispõe de alguma bibliografia do autor disponibilizada pela Casa Museu Manuel Maria, nomeadamente “Os Lonxes do Solpor” (poesia), “Cecais hai unha luz” (poesia), “Galiza” (ensaio), “O Bigote de Mimí” (infantil), “Os Soños na Gaiola” (infantil), “O Tempo Vital de Manuel Maria, ensaio literário de Camilo Gómez Torres”.

De sublinhar que Esperanza Vázquez é mestre especializada em Educação Artística. As montagens das sessões literárias que organiza para o público infantil, familiar ou adulto, integram componentes visuais, musicais e dramáticas. Além de docente, publicou uma coleção de livros de educação musical e, como narradora, tem realizado espetáculos em colégios, livrarias, bibliotecas e jornadas educativas. Atualmente é mestra no CEIP de Sobrada (Tomiño) e colabora nas montagens da Orquestra de Cámara Lira.

Todas as quartas-feiras, a Comunidade de Leitores de Vila Nova de Cereira, constituída por cerca de 20 pessoas, reúne-se na Biblioteca Municipal para a iniciativa ‘Chá com Letras’. Trata-se de um momento de partilha, reflexão e debate de ideias a partir do livro e da leitura, sob coordenação da Profª. Maria José Areal que encarna esta caminhada de descoberta e aprofundamento do património literário legado por autores portugueses com enorme entusiasmo.

Com uma dinâmica desde 2009, o ‘Chá com Letras’ está aberto a interessados em participar que só têm que comparecer na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, às quartas-feiras das 15h30 às 17h30.

VIANA DO CASTELO ACOLHE FESTIVAL DE GRUPOS MUSICAIS SENIORES

A iniciativa é da Academia Sénior do Centro de Estudos regionais de Viana do Castelo

No próximo dia 25 de Maio, quarta-feira, em Viana do Castelo, realiza-se o Festival de Grupos Musicais Seniores da RUTIS, organizado pela Academia Sénior do Centro de Estudos Regionais.

A apresentação dos grupos musicais tem lugar no Teatro Sá de Miranda, a partir das 14.30 horas.

A Academia Sénior do Centro de Estudos Regionais, na qualidade de membro da RUTIS, é a organizadora local do Festival de Grupos Musicais Seniores daquela rede de universidades seniores, de âmbito nacional e internacional.

O início da jornada terá lugar pela manhã, a partir das 9.30 horas, com o acolhimento dos participantes no Teatro Sá de Miranda e a realização de diversas visitas guiadas ao Centro Histórico da cidade. Depois do almoço, os grupos atuam no Teatro Municipal, estando prevista uma abertura com a presença do Grupo Etnográfico da Areosa, que este ano comemora o seu 50º aniversário de existência.

A apresentação do Festival estará a cargo do Teatro do Noroeste - Centro Dramático de Viana do Castelo. Está confirmada a presença de agrupamentos musicais, de diferente índole, representativos das seguintes Universidades:

  • Universidade Sénior de Espinho
  • Academia Sénior de Vilar de Andorinho
  • Universidade Sénior de Miranda do Corvo
  • Universidade Sénior de Celorico de Basto
  • Universidade Sénior de Pombal
  • Universidade Sénior de Paços de Ferreira

O evento conta com o apoio do município de Viana do Castelo, do Turismo do Porto e Norte, Grupo Etnográfico da Areosa e Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana.

A entrada no Festival é gratuita, devendo os interessados proceder ao levantamento do ingresso na bilheteira do Teatro Sá de Miranda.

A Academia Sénior é um projeto do Centro de Estudos Regionais, associação cultural, sem fins lucrativos e de reconhecida Utilidade Pública, com sede em Viana do Castelo.

Aberta à comunidade e promotora da formação ao longo da vida e de uma cidadania ativa, a Academia Sénior/CER apresenta uma oferta formativa diversificada, promovendo momentos de formação formais, que complementa com visitas de estudo, viagens e convívios.

Com doze anos de existência, a Academia Sénior/CER fomenta a partilha de saberes e o encontro de gerações distintas, com formações académicas e perfis sociais e económicos diversos.

“O PAÍS TEM QUE RESISTIR À TENTAÇÃO DO CURTO PRAZO”

Carvalho da Silva e Pedro Roque abriram ciclo de conferências Dr. Carlos Bacelar com debate sobre “O trabalho, 40 anos depois”

“Há demasiada ligeireza em Portugal para com as questões relacionadas com o trabalho. Faltam estudos que ajudem os decisores governamentais a preparar o país para os desafios da modernidade e é urgente fazê-lo. No nosso país há uma tentação pelo curto prazo”. O alerta de Carvalho da Silva surgiu ao longo do debate que manteve na passada sexta-feira, 21 de maio, com Pedro Roque, atual secretário-geral dos Trabalhadores Social-democratas (TSD) na abertura do ciclo de conferências Dr. Carlos Bacelar organizado pela Comissão Política Concelhia do PSD de Vila Nova de Famalicão e moderado pelo deputado à Assembleia da República, Jorge Paulo Oliveira.

DSC_6080

O ex-secretário secretário-geral da CGTP-IN - Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical, apresentou-se sem “complexos” a um debate organizado e participado por uma estrutura de direita e as suas posições sobre o trabalho foram muitas vezes coincidentes com as de Pedro Roque.

Foi o que aconteceu em relação ao entendimento do trabalho enquanto pedra basilar da sociedade que vai muito além de simples fator de produção, sendo fonte de articulação entre as dimensões económica, social, cultural e política e enquanto à importância da entrada em vigor, há 40 anos da Constituição da República Portuguesa como passo decisivo para a defesa dos direitos e das liberdades dos trabalhadores.

A grande divergência fez-se sentir quanto ao peso e papel da economia em relação com o tema. Enquanto para o Secretário-Geral dos TSD a saúde do trabalho está diretamente dependente da saúde económica do país e, por isso, é preciso fomentar a economia e criar uma legislação que impulsione e facilite o investimento, para Carvalho da Silva o Estado deve ter um papel determinante sobre as dinâmicas do trabalho e não pode andar atrás dos avanços e recuos económicos.

A conferência decorreu no café-concerto da Casa das Artes e foi participada por várias dezenas de pessoas. O ciclo de debates iniciado pelo PSD recebeu o nome de Carlos Bacelar em homenagem a esta figura da história famalicense que foi o primeiro Presidente da Comissão Politica Concelhia do PSD, e um dos dois deputados famalicenses à Assembleia Constituinte.

A iniciativa surge na sequência da estratégia de tornar o PSD de Famalicão como um partido cada vez mais aberto à comunidade, puxando simultaneamente o concelho para o centro do debate de assuntos importantes para o país numa perspetiva de contributo construtivo local para a dimensão nacional.

DSC_6077

EMPRESA AGROALIMENTAR PROJETA FAMALICÃO A NÍVEL INTERNACIONAL

Empresa de Requião vai investir 1,5 milhões de euros em nova área de produção. Seara tem novo plano de expansão para diversificar oferta

Com uma história de 42 anos, a Carnes Seara é uma das empresas que fazem de Vila Nova de Famalicão um dos mais relevantes municípios do país no sector agroalimentar. A forte implantação desta atividade económica no concelho é o principal motivo para a importância da criação de um Centro de Competências do Agroalimentar que Paulo Cunha voltou hoje a reivindicar, por ocasião da visita àquela empresa no contexto do roteiro Famalicão Made IN.

Seara(1)

“Em Vila Nova de Famalicão está a formar-se o futuro cluster agroalimentar de Portugal graças ao contributo de empresas de referência nacional e internacional, altamente competitivas e tecnologicamente avançadas. Esta é uma área industrial em franca expansão, pelo que o país deve dar a melhor atenção a esta nossa bem fundamentada ambição”, disse.

Tome-se a empresa de Requião, hoje visitada, como exemplo. Especializada no abate e na transformação de suínos, a Seara prepara-se para investir 1,5 milhões de euros para modernizar e expandir a área de produção e assim corresponder ao aumento esperado do volume de produção – isto depois de há dez anos ter realizado um forte investimento em novas instalações, atualmente já com 19 mil m2.

Os objetivos deste projeto de investimento, que a Câmara de Famalicão já declarou como de interesse municipal ao abrigo do regulamento Made 2IN, por causa dos empregos diretos e indiretos que vão ser criados, estão definidos. “Passam por aumentar a produção em cerca de 20 por cento, ganhar novos mercados e desenvolver novos produtos”, explicou o administrador Fernando Oliveira, a segunda geração da família na gestão da empresa.

A Seara exporta para Angola, Moçambique, Cabo Verde, Espanha e França e prevê reforçar a importância das exportações – que representam 13 por cento do volume de negócios. Quanto à produção de novos produtos, esta estratégia desenhada permitirá um crescimento de 15 por cento.

A nova área de produção estará concluída no início de 2017 e ficará equipada com tecnologia de ponta para “garantir a melhor qualidade e uma resposta eficaz aos desafios do mercado global”, apontou ainda o empresário.

O sucesso da Seara, fundada em 1974 por Francisco de Oliveira e Maria Leonor Seara, mede-se também pelos números que contabilizou em 2015: 31 milhões de euros em volume de negócios e 17 mil toneladas de produtos comercializados, a que acrescem 200 colaboradores e mais de 800 clientes.

Paulo Cunha referiu-se à Seara como uma empresa “dinâmica e arrojada, que aposta na inovação e produz de acordo com padrões de excelência”. O Presidente da Câmara elogiou a determinação dos seus gestores para realizar este novo investimento, congratulando-se com o momento áureo que a empresa atravessa. “O seu crescimento reflete a boa organização, o dinamismo e o saber acumulado de quem a dirige”, concluiu.

Seara(2)

BARQUENSES CAMINHAM PELA SOLIDARIEDADE

Cerca de 100 pessoas participaram na Caminhada Solidária em Ponte da Barca

Promovida pela Câmara Municipal e o Núcleo Regional do Norte com o objetivo de angariar fundos para a Liga Portuguesa Contra o Cancro

3N2SgzF20cY02KPoFZs6

Cerca de 100 pessoas participaram ontem na Caminhada Solidária em Ponte da Barca, percorrendo várias artérias da vila barquense em prol de uma nobre causa, já que o valor da inscrição reverteu na totalidade a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. A iniciativa, que conta ainda com a dinamização de sessões de aquecimento e alongamento, foi levada a cabo em conjunto pela autarquia de Ponte da Barca e o Núcleo Regional do Norte e, à semelhança dos anos anteriores, foi um sucesso, com uma grande adesão por parte da população.

CD3BnUYfmRRuCjFvyirF

FAMALICÃO PREMEIA MÉRITO DESPORTIVO

Câmara vai entregar “Famalicenses D’Ouro” na I Gala do Desporto

No próximo dia 9 de outubro, Vila Nova de Famalicão vai conhecer os seus “Famalicenses D’Ouro”, naquela que será a primeira Gala do Desporto promovida pela Câmara Municipal. Homenagear os diferentes atletas, associações e clubes do concelho que na última época se destacaram pelos resultados de mérito nacional e internacional é o principal objetivo da iniciativa.

Gala do Desporto

O evento foi apresentado publicamente na passada sexta-feira, dia 20 de maio, numa conferência de imprensa realizada precisamente no local que em outubro será palco da cerimónia – o Pavilhão Municipal.

Para o vereador do Desporto da autarquia, Mário Passos, a realização desta gala “é o interpretar dos sentimentos e vontades dos dirigentes, atletas e praticantes de desporto do concelho, cujos feitos têm elevado o nome de Famalicão”.

E acrescenta: “queremos que as nossas crianças façam cada vez mais desporto nos clubes e associações do concelho. Queremos incutir uma cultura de sucesso na sociedade famalicense e esta gala vem dar a conhecer o rosto dos nossos campeões”.

No lançamento do evento, marcado pela apresentação do galardão “Famalicense D’Ouro”, estiveram também presentes dois dirigentes desportivos cujos clubes conquistaram, este ano, títulos a nível nacional. Falamos do presidente do Atlético Voleibol Clube, Rui Martins, e da Diretora Desportiva do Futebol Clube de Vermoim, Natália Ribeiro, que veem com satisfação a realização desta iniciativa.

“Esta gala vem dar mais relevância à importância que o desporto tem na vida dos famalicenses e para os atletas será o reconhecimento público da excelência do seu trabalho, do esforço que fazem diariamente para serem cada vez melhores e uma motivação extra para que continuem a ser modelos na nossa sociedade”, disse Natália Ribeiro.

“Associação/Clube Desportivo do Ano”, “Dirigente do Ano”, “Treinador do Ano”, “Atleta Revelação do Ano”, “Árbitro do Ano”, “Evento Desportivo do Ano” e “Prémio Excelência” são as sete categorias a votação, cujos vencedores serão escolhidos por um painel de jurados composto por 14 individualidades ligadas ao mundo do jornalismo. Para além dos “Galardões do Júri” serão ainda entregues os “Galardões dos Campeões” que serão diretamente atribuídos a todos os atletas e equipas que na época desportiva em questão, tenham vencido competições de nível internacional e/ou nacional.

Refira-se ainda que para receberem o troféu todos os atletas, clubes e associações terão de apresentar a respetiva candidatura ao prémio até ao dia 31 de julho, mediante preenchimento de formulário disponível no Portal do Município, em www.vilanovadefamalicao.org.

TERRABOURENSES VÃO AOS FADOS

Terras de Bouro prepara-se para receber grande noite de fado

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro irá realizar a sua 1.ª Gala de Fado no próximo dia 18 de junho, pelas 21.30 horas, na Praça do Município. Aguardado com a habitual expetativa, este evento impar reunirá, numa só noite, alguns prestigiados nomes do fado da nossa região.

Além de diversos nomes ligados ao fado, o evento contará com a participação de alguns alunos da Escola de Música do Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro.

Será um evento memorável que proporcionará a todos os presentes um agradável momento numa noite que se espera de muita animação.

FAMALICÃO QUER CRIAR CORREDORES NATURAIS NAS MARGENS DOS RIOS

Paulo Cunha apresentou projeto “Os Nossos Rios”

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão quer criar corredores naturais e ecológicos nas margens dos rios que atravessam o concelho, respeitando e valorizando a fauna e a flora existentes. “Queremos recuperar os antigos caminhos de pescadores, tornar os rios visitáveis e permitir à população usufruir destas magníficas paisagens, sem ferir o ecossistema existente”. O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, apresentou, desta forma, o novo projeto municipal “Os Nossos Rios”, que tem em vista a requalificação fluvial no concelho.

image47654

No passado sábado, cerca de 100 voluntários deram o pontapé de saída para o arranque do projeto, com uma ação de limpeza que decorreu no açude do Romão, em Nine. Para além do presidente da Câmara Municipal, estiveram presentes o vereador do Ambiente, Pedro Sena, o diretor da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Pimenta Machado e ainda o engenheiro ambiental Pedro Teiga, que explicou a importância e a função da vegetação existente nas margens do rio.

O projeto promovido pela autarquia em colaboração com a APA tem como principal objetivo a requalificação e reabilitação dos rios e das margens ribeirinhas, envolvendo a população em ações de sensibilização e educação para a limpeza, preservação e manutenção dos espaços.

“É um projeto envolvente e convocante, onde todas as pessoas e instituições são chamadas a participar”, afirmou Paulo Cunha, relembrando a importância da figura dos guarda-rios. “É fundamental que as pessoas tenham o cuidado de serem zeladoras dos rios, assumindo elas próprias o papel de guarda-rios, agora num contexto de voluntariado e de responsabilidade cívica”.

Para isso, a autarquia vai avançar com um conjunto ações de sensibilização e educação ambiental junto dos proprietários e restante comunidade para a sua responsabilidade em cuidar das margens seguindo as boas práticas necessárias e também incentivar a comunidade a fiscalizar e preservar os rios.

Para já a autarquia vai iniciar um conjunto de trabalhos de requalificação das linhas de água e margens ribeirinhas. “Será um processo para muito anos, que irá envolver muitas gerações de famalicenses, mas que queremos avançar desde já”, sublinhou.

Visivelmente satisfeito com a adesão da população à iniciativa, o autarca mostrou-se confiante no sucesso do projeto, ainda mais, porque existem alguns sinais positivos que começam agora a revelar-se. “O facto de se terem descoberto lontras no rio Este, significa que estamos no bom caminho e dá-nos o incentivo para continuarmos a preservar e a cuidar dos nossos rios”.

De resto, Paulo Cunha, começou já este trabalho plantando uma árvore ribeirinha, um Fraxinus angustifolia (nome comum: Freixo angustifólia), que batizou de Açude do Romão.

Também Pimenta Machado plantou uma árvore da mesma espécie, que apelidou de APA, e salientou “a importância da qualidade da rede hidrográfica” para que as pessoas possam usufruir dos rios. “Neste momento, temos bons indicadores que nos dizem que a água tem mais qualidade. No entanto, este é um trabalho exigente e difícil que é para continuar”, referiu.

Por sua vez, o presidente da Junta de Freguesia de Nine, Paulo Oliveira, realçou que “o Açude do Romão foi já um local muito frequentado pela população”, por isso, é com bons olhos que vê a reabilitação deste espaço. “Este é um excelente projeto para a valorização das freguesias”, acrescentou.

Refira-se que o concelho de Famalicão é atravessado pelos rios Este, Pelhe, Pele e Ave.

image47660

PONTE DE LIMA PROMOVE-SE NO PORTO NA FEIRA DO MUNDO RURAL

Ponte de Lima na Feira do Mundo Rural. 3, 4 e 5 de junho

O Município de Ponte de Lima vai estar em destaque na Feira do Mundo Rural como autarquia convidada de 2016!

FeiraMundoRural2016 (Small)

A Feira do Mundo Rural, organizada pela Câmara Municipal do Porto em parceria com a Câmara Municipal de Resende, realiza-se no Porto de 3 a 5 de junho. A iniciativa apresenta uma mostra de artesanato, que pretende valorizar e promover os valores gastronómicos, patrimoniais, artesanais e turísticos de cada região com particular incidência na região Norte do País, em particular os diretamente associados ao Mundo Rural.

Ponte de Lima vai marcar presença com uma mostra de produtos de um território onde a produção de qualidade é uma marca distintiva e um fator de promoção e atração. Esta aposta passa pela seleção e potencialização de um conjunto de atributos específicos do nosso concelho, cujo reconhecimento permite definir as vantagens competitivas sustentáveis e baseadas em recursos endógenos e únicos. Neste contexto não faltará um dos produtos ex-libris do nosso concelho, o afamado Vinho Verde e os enchidos e fumados, produtos tradicionais que revelam os usos e costumes desta terra limiana. Paralelamente, no dia 4 de junho, também atuará um Rancho Folclórico de Ponte de Lima como símbolo da nossa etnografia e da nossa cultura popular.

Ponte de Lima é ainda sobejamente conhecido como um concelho muito vasto e de grande beleza, é neste intuito que o Município promove e divulga o melhor que tem para oferecer, contribuindo desta forma para avivar a tradição e a identidade cultural, aliada à inovação e modernidade própria desta Vila – A Mais Antiga de Portugal.

A Feira do Mundo Rural estará aberta ao público no dia 3 de junho das 18h às 23h30, no dia 4 das 11h às 23h30 e no dia 5 de junho das 11h às 19h.

EVENTO "BRAGA ROMANA" CONDICIONA TRÂNSITO

Condicionamentos à normal circulação de trânsito e ocupação do espaço público – Braga Romana 2016

O Município de Braga informa que devido à realização do evento ´Braga Romana 2016´, haverá os seguintes condicionamentos à normal circulação de trânsito entre os dias 25 e 29 de Maio

Braga Romana

Proibição e alteração da circulação automóvel no dia 25 de Maio (Quarta Feira).

- Na Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de São Paulo e arruamento a sul das Carvalheiras, entre as 19H00 e as 03H00, é proibido o trânsito automóvel. Neste período o trânsito automóvel na Rua do Anjo pratica-se em sentida único, concretamente sentido Poente/Nascente:

- Na Rua Rocha Peixoto, entre as 07H30 e as 11H00, é proibido o trânsito automóvel

- Na Praça Municipal, entre as 10H00 e as 13H00, é proibido o trânsito automóvel.

Proibição e alteração da circulação automóvel no dia 26 de Maio (Quinta Feira).

- Na Rua D, Gonçalo Pereira, Largo de São Paulo e arruamento a sul das Carvalheiras, entre as 19H00 e as 03H00, é proibido o trânsito automóvel. Neste período o trânsito automóvel na Rua da Anjo pratica-se em sentida único, concretamente sentido Poente/Nascente;

- Na Praça Municipal, das 20H00 às 24H00, é proibido o trânsito automóvel.

Proibição e alteração da circulação automóvel no dia 27 de Maio (Sexta Feira).

- Na Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de São Paulo e arruamento a sul das Carvalheiras, entre as 19H00 e as 03H00, é proibido o trânsito automóvel. Neste período o trânsito automóvel na Rua do Anjo pratica-se em sentido único, concretamente sentido Poente/Nascente;

- Na Praça Municipal, das 20H00 às 24H00, é proibido o trânsito automóvel:

- Na Rua D. Frei Caetano Brandão, das 22H00 às 01H00, é proibido o trânsito automóvel.

Proibição e alteração da circulação automóvel no dia 28 de Maio (Sábado).

- Na Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de São Paulo e arruamento a sul das Carvalheiras, entre as 14H00 e as 03H00, é proibido o trânsito automóvel. Neste período o trânsito automóvel na Rua do Anjo pratica-se em sentido único, concretamente sentido Poente/Nascente;

- Na Praça Municipal, das 20H00 às 24H00, é proibido o trânsito automóvel.

Proibição e alteração da circulação automóvel no dia 29 de Maio (Domingo).

- Na Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de São Paulo e arruamento a sul das Carvalheiras, entre as 14H00 e as 24H00, é proibido o trânsito automóvel. Neste período o trânsito automóvel na Rua do Anjo pratica-se em sentido único, concretamente sentido Poente/Nascente:

Proibição de estacionamento automóvel:

- Entre as 09H00 do dia 23 e as 18H00 do dia 30 de Maio, na área contígua ao Museu Dom Diogo de Sousa:

- Nos dias 24 e 29 de Maio, entre as 19H00 e as 24H00, nas Ruas D. Paio Mendes (lado Sul). D. Gonçalo Pereira (lado Norte) e lado nascente da Praça Municipal;

- Entre as 07H30 do dia 25 e as 24H00 do dia 29 de Maio, no lado sul da Rua Dr. Rocha Peixoto;

- No dia 25 de Maio, entre as 00H30 e as 10H00, e nos dias 26 e 28, entre as 14H00 e as 20H00, na área interior das artérias norte e sul da Praça Municipal;

- No dia 27 de Maio, das 14H00 às 20H00, em toda a artéria norte da Praça Municipal.

Relativamente às ocupações de espaço público conexas com estabelecimentos comerciais devidamente tituladas, determina-se que todo o mobiliário urbano instalado em espaço público que integre o espaço afecto ao evento (nomeadamente esplanadas. estrados, toldos, suportes publicitários. guarda-sóis. etc.) seja recolhido:

- entre as 08H00 e as 13H00 do dia 25 de Maio, nomeadamente na Avenida da Liberdade, na Avenida Central entre o Turismo e a Senhora a Branca, no Largo Barão de São Martinho, na Rua do Souto, na Rua D. Diogo de Sousa, na Rua da Misericórdia, na Rua D. Paio Mendes. na Rua dos Capelistas, na Rua Justino Cruz e na Rua Eça de Queirós;

- Entre as 18H00 e as 02H00 do dia 27 de Maio, nomeadamente na Avenida Central entre o Turismo e a Senhora a Branca, no Largo Barão de 5. Martinho, na Rua do Castelo, na Rua dos Capelistas, na Rua Justino Cruz, na Rua do Souto, na Rua d. Diogo de Sousa, no Largo D. João Peculiar e na Rua da Misericórdia.

TERRAS DE BOURO COMEMORA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Comemorações do Dia Mundial da Criança e do Ambiente e Marchas Populares 2016

O Município de Terras de Bouro em parceria com o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, a Unidade de Cuidados Continuados na Comunidade de Terras de Bouro, os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, a GNR, o Núcleo Rio Homem e contando ainda com o apoio das empresas BRAVAL, SUMA e Águas do Fastio, irá assinalar o Dia Mundial da Criança (1 de Junho) e, simultaneamente, o Dia Mundial do Ambiente (5 de Junho) com a realização inúmeras atividades.

1

Neste âmbito, ao longo do dia 1 de junho, irão decorrer ateliers pedagógicos e dramáticos, ações de sensibilização, insufláveis e a “hora do conto”. No final, acontecerá uma fantástica largada de cerca de 500 balões biodegradáveis que contêm no seu interior uma semente lá colocada pelas crianças, dando assim um especial colorido ao céu envolvente.

Ainda no dia 3 de junho, pelas 14horas, irão decorrer, na sede do concelho, as Marchas Populares, evento em associação com o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e que contará com a participação de todas as crianças que frequentam os Jardins de Infância e as Escolas de 1.º Ciclo do concelho, além da presença dos idosos dos Centros Sociais de Terras de Bouro.

PONTE DA BARCA REALIZA FEIRA DO LIVRO

XXIII Edição da Feira do Livro de Ponte da Barca foi um sucesso

Miguel Miranda, Inês Pedrosa, Joaquim Fernandes e Eva Gonçalves foram alguns dos nomes que passaram por este certame.

5

cujo programa contou com concertos de música, apresentação de obras, teatro, ateliers de ciências, entre outros

Depois de uma intensa semana dedicada aos livros e à cultura, numa iniciativa por onde passaram diversas apresentação de obras, encontros com autores, concertos de música, teatro, ateliers de ciência, entre outros, a XXIII edição da Feira do Livro de Ponte da Barca despediu-se no domingo com a apresentação do livro 'Uma aventura culinária, de Eva Gonçalves, seguida de um showcooking, no fim-de-semana de encerramento que contou também com a apresentação dos livros 'Portugal Insólito' de Joaquim Fernandes, e 'Desnorte', Inês Pedrosa, para além do concerto dos First Breath After Coma.

4

“A Feira do Livro de Ponte da Barca é um grande evento cultural que vai além da compra e venda de livros, pois apostamos numa oferta diversificada, criando um espaço dedicado aos livros, à cultura, à pedagogia e ao lazer, o que tem contribuído para a afirmação deste evento como referência obrigatória”, salientou a Vereadora da Cultura, Sílvia Torres.

O dia inaugural ficou marcado apresentação do livro 'Sem Coração', de Miguel Miranda, e pelo concerto de música com Mário Moita: Alentejo, 4 estações, 4 fados.

Também os mais pequenos não ficaram esquecidos, tendo a autarquia barquense, promotora da iniciativa, preparado uma série de atividades destinadas ao público mais jovem como as apresentações de livros infantis e juvenis, um atelier de ciências, uma peça de teatro do Movimento Incriativo e um workshop de ilustração, a entrega dos prémios do “Concurso de Leitura“ aos alunos do Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca e da Epralima.

Ao longo de toda a semana foram muitas as pessoas que por ali passaram, quer pelas novidades literárias quer para assistirem aos espetáculos de animação cultural, que contaram sempre com uma vasta plateia.

3

1

PORTUGAL QUER FORTALEZAS ABALUARTADAS DA RAIA CLASSIFICADAS PELA UNESCO COMO PATRIMÓNIO MUNDIAL

Fortalezas Abaluartadas da Raia na Lista Indicativa de Portugal da UNESCO

A candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola, promovida por Almeida, Elvas, Marvão e Valença, já está inscrita na Lista Indicativa de Portugal, da UNESCO, rumo à classificação como Património Mundial.

A candidatura foca-se no Sistema Defensivo das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola, na cultura raiana e na sua localização num espaço que confina uma das linhas de fronteira mais antigas do mundo. Com este argumento, os municípios proponentes alcançaram da Comissão Nacional da UNESCO (passo obrigatório para a obtenção da classificação), a inclusão das Fortalezas Abaluartadas da Raia na Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial da UNESCO.

As Fortalezas Abaluartadas foram estruturas defensivas de guerra que, nos últimos séculos, se transformaram em monumentos de paz e em espaços únicos de história, de cultura e de relação e vivência humanas. Os seus modelos arquitetónicos refletem, nos momentos das suas construções, inovação e soluções únicas, adaptadas a estruturas amuralhadas, construídas no decurso do tempo, sobretudo a partir do século XII, e à geomorfologia do terreno de cada sítio.

Único à escala mundial, este sistema defensivo apresenta-se com um carácter de excecionalidade, potenciador da conservação deste legado patrimonial e dinamizador da cultura e do turismo. A obtenção do galardão da UNESCO trará grandes vantagens para este território raiano e para Portugal, enriquecendo também a lista de bens já classificados como Património Mundial.

Os representantes dos quatro municípios declararam o "alto interesse cultural que representa, para o País e para a Humanidade, o futuro reconhecimento internacional de um património ímpar no contexto da civilização europeia", como "exemplares únicos da arquitetura militar dos séculos XVII e XVIII, a par do valor intangível da Paz e do relacionamento entre os Povos".

Os municípios proponentes estão a desenvolver um dossier conjunto de candidatura, tendo por base os trabalhos já realizados pelos municípios e com o suporte científico de várias entidades.

PONTE DE LIMA PROMOVE-SE NO ROCK IN RIO

Município de Ponte de Lima no TOPAS – Rock In Rio

O Município de Ponte de Lima associa-se à campanha promocional do Rock In Rio no âmbito do TOPAS – Tourism Public Auto Service, projeto dinamizado pelo Turismo Porto e Norte de Portugal.

DSC_6329 (Small)

A campanha realiza-se durante o período do Festival, 26, 27 e 28 de maio e vai decorrer junto à zona de acesso das bilheteiras do Rock In Rio.

Esta campanha de promoção turística pretende consolidar a notoriedade da marca Porto e Norte de Portugal no Mercado Ibérico, contando com a participação dos concelhos da sua área de abrangência, no sentido de afirmar o Turismo do Porto e Norte de Portugal como uma marca dinâmica, atual e de proximidade na qual toda a região se reveja, identifique e contribua para a sua afirmação.

Ponte de Lima numa estratégia de oferta diferenciadora participa nesta campanha com a exibição de vídeos e material promocional, que mostra as potencialidades turísticas, culturais e patrimoniais do concelho e da Vila Mais Antiga de Portugal.

Fotografia_FotoEngenho

CABECEIRAS DE BASTO REALIZA OPERAÇÃO DE LIMPEZA

Grande operação de limpeza geral do espaço público da Zona Industrial de Olela

Tal como havia sido anunciado, iniciaram esta manhã, dia 23 de maio, os trabalhos de limpeza do espaço público na Zona Industrial de Olela, freguesia de Basto, trabalhos esses que foram acompanhados in loco pelo presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, e pelo vereador Alfredo Magalhães.

Grande operação de limpeza geral do espaço púb

A limpeza de vegetação infestante, remoção de entulhos, monos, pedras e outros materiais nas ruas, passeios e outros logradouros públicos, bem como a reparação de buracos na via e nos passeios foram ações levadas a efeito esta manhã e que se prolongarão, nesta zona industrial, pelo dia de amanhã.

De salientar, também, que durante esta manhã foram rebocadas várias viaturas abandonadas que apresentavam adiantado estado de degradação e sinais evidentes e impossibilidade de se deslocarem, em segurança, pelos seus próprios meios.

Grande operação de limpeza geral do espaço púb

Note-se, ainda, que nos próximos dias 25 e 27 de maio esta ação estender-se-á à Zona Industrial de Lameiros na União de Freguesias de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto solicita às pessoas que trabalham naquelas zonas industriais, bem como a quem lá se dirige, a melhor atenção e respeito pela sinalização de trânsito e de estacionamento que vigorará temporariamente para permitir as operações de limpeza com a maior segurança.

Alerta, ainda, todos os responsáveis e proprietários de bens depositados no espaço público que deverão retirá-los de imediato, sob pena de estes terem de ser recolhidos pela Câmara Municipal por se tratar de ocupação indevida do espaço público.

Porque estas operações podem criar momentaneamente alguns constrangimentos, a Câmara Municipal solicita, desde já, a melhor compreensão de todos.

Grande operação de limpeza geral do espaço púb

CAMINHA APRESENTA TAPETES DO CORPO DE DEUS PARA VISITAR QUINTA-FEIRA

Exposição fotográfica e participação do Município de Ponta Delgada marcam a edição deste ano

Os caminhenses estão a ultimar os preparativos para que na quinta-feira, dia 26 de maio, Caminha e Vilarelho acordem engalanadas com extraordinários tapetes floridos e coloridos. Para além dos originais tapetes, este ano a Solenidade do Corpo de Deus ficará marcada pela exposição fotográfica que ficará patente durante o fim de semana e pela participação, como convidado, do Município de Ponta Delgada. Com o regresso do feriado religioso, a 26 de maio, o Município quer potenciar as festividades e dar mais visibilidade ao concelho, atraindo maior número de visitantes e dinamizando assim o comércio local, ao longo de quatro dias.

Corpo de Deus (1)

Este ano, como forma de fazer perdurar os tapetes na memória das pessoas, o Município vai organizar uma exposição de fotografia que registe não só os tapetes já finalizadas, mas também todo o processo de execução. Esta exposição comissariada pelo fotógrafo António Garrido vai estar patente nas Arcadas do Edifício Paços do Concelho durante o fim de semana. Será ainda colocado um tríptico em cada uma das ruas que contribui para que Caminha seja uma atração turística nesta altura do ano. Assim, poderão ser admiradas fotografias nas ruas Direita, São João, Corredoura, Conselheiro Miguel Dantas e 16 de Setembro, Largo Fetal Carneiro e Praça Conselheiro Silva Torres, em Caminha, e rua da Igreja Velha, em Vilarelho.

O Município de Ponta Delgada é o convidado, este ano, para participar na execução dos tapetes em Caminha. Depois de Arraiolos e Viana do Castelo, e tendo em consideração as Festas em honra do Senhor Santo Cristo que se realizaram há dias em Ponta Delgada e a tradição, comum aos dois municípios, de execução de tapetes de flores, a escolha recaiu na cidade açoriana.

Do programa da Solenidade do Corpo de Deus faz parte às 16 horas a Oração de Vésperas e Sermão seguido de Procissão Solene, na Igreja Matriz de Caminha.Trata-se de uma organização do Arciprestado de Caminha com o apoio do Município, realiza-se entre 26 e 29 de maio, constituindo todos os anos uma forte atração turística, que traz centenas de pessoas ao concelho, desejosas de apreciar os extraordinários tapetes floridos que são produzidos durante a noite pelos caminhenses, organizados em comissões de rua.

FAFE PROMOVE MÚSICA E POESIA EM BRAILLE

Município de Fafe promove atividade no Teatro Cinema que junta música e poesia

Amanhã, dia 24 de Maio, às 14h30, a Sala Manoel de Oliveira, no Teatro Cinema de Fafe, vai ser palco da atividade “Maio: Cerejas, música e poesia em braille”.

Integrada no plano de 2016 do Grupo de Integração e Ajuda Mútua (GIAM) das pessoas com deficiência visual de Fafe, a iniciativa é organizada conjuntamente pela Delegação de Braga da ACAPO, pelo Município de Fafe e pela Academia de Música José Atalaya.

A atividade vai integrar a execução de música ao piano, por uma aluna da Academia de Música José Atalaya, e a leitura tátil de poesia em braille, por elementos do GIAM.

Destina-se à participação do público, em geral, e a entrada é gratuita.

BRAGA RECEBE FÓRUM INTERNACIONAL DAS COMUNIDADES INTELIGENTES E SUSTENTÁVEIS

Sessão de Abertura do FICIS ’16. Terça-feira, dia 24 de Maio, pelas 09h30, no Theatro Circo, Braga

O Município de Braga realiza a sessão de abertura do Fórum Internacional das Comunidades Inteligentes e Sustentáveis (FICIS´16), amanhã, Terça-feira, dia 24 de Maio, pelas 09h30, no Theatro Circo, em Braga.

Ficis

A sessão contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

´Utopia´ é o lema do FICIS 2016, celebrando o 500˚ aniversário desta obra de Thomas More. O evento, que se realiza entre os dias 24 e 25 de Maio, surge numa altura em que o mundo está em transformação e tem como propósito o reforço da notoriedade das cidades e a sua afirmação, no contexto nacional e internacional, enquanto pólos de atracão com base na inovação para o bem-estar e felicidade das comunidades.

Mais informações em: http://www.ficis.pt/

CERVEIRA CONSTRÓI ECOVIA

Autarquia completa Ecovia com lançamento da última fase

São apenas 940 metros, mas que representam a plena usufruição da ‘via verde’ que atravessa Vila Nova de Cerveira e liga este território aos concelhos de Valença e Caminha. A Câmara Municipal apresentou, na passada quinta-feira, o projeto da 3ª e última fase da Ecovia ‘Caminho do Rio’ entre a Praia da Mota (Gondarém) e a freguesia de Lanhelas (Caminha).“É a conclusão de um corredor pedonal e ciclável de ligação, não só aos municípios vizinhos, como também à Galiza”, realçou o autarca.

Ecovia 3 fase 03

Foi junto da população de Gondarém que o autarca cerveirense anunciou publicamente que a Ecovia ‘Caminho do Rio’ vai ter continuidade e ligar-se ao concelho de Caminha, através de um projeto elaborado para os 940metrosque faltavam a passar naquela freguesia, marcados pela proximidade ao rio Minho e pela interação harmoniosa com a natureza envolvente.

Perante muitos habitantes e com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Gondarém, Armando do Paço, do Comandante do Porto de Caminha, Gonzalez dos Paços, e de representantes da empresa responsável pelo projeto PORMIM, Fernando Nogueira adiantou que a intenção é apresentar,já no início do próximo mês de junho, uma candidatura a fundos comunitários, no valor de cerca de 300 mil euros e que, se for bem-sucedida, a obra poderá avançar no terreno ainda no corrente ano.

Ecovia 3 fase 02

“Apesar de ser uma distância pequena, a verdade é que torna-seimperiosae justificada a concretização deste percurso, após a recente ligação das freguesias de Seixas e Lanhelas, no concelho de Caminha”, afirmou o edil, acrescentando que “o objetivo é valorizar o território e, neste caso particular, a Praia Fluvial da Mota, mantendo a preservação do ambiente e respeitando a mobilidade e acessibilidade para todos”.

Fernando Nogueira afirmou ainda que estes 940 metros concluem a ‘via verde’ de Vila Nova de Cerveira que, além de fazer a ligação entre os concelhos vizinhos de Caminha e Valença, representa igualmente uma porta aberta para a Galiza. “Queremos concretizar, num futuro próximo, a ponte pedonal e ciclável entre o nosso Parque do Castelinho e o Espaço Fortaleza, em Tomiño, Galiza, e que será o primeiro Parque Transfronteiriço pelo menos de Portugal/Espanha”, recordou.

O Comandante do Porto de Caminha, Gonzalez dos Paços, mostrou-se satisfeito com o avanço deste projeto e os seus impactos positivos nas comunidades residentes e de turistas, manifestando total apoio e disponibilidade para esclarecimentos dentro das competências da entidade. Também presente nesta apresentação esteve a autarca da freguesia de Lanhelas, Josefina Covinhas, que revelou felicidade e interesse nesta obra para que a ligação pedestre entre estas duas localidades seja uma completa realidade.

Os projetistasda PORMIM explicaram aos presentes que a extensão em causa tem muitos especificidades e alguns condicionalismos, em particular na Praia da Mota, ao nível de inclinações, muros e árvores, para as quais já foram consensualizadas soluções que intervirão no espaço sem desfigurar o atual estado. A empresa garantiu que não haverá qualquer abate de árvore, que será um percurso o mais plano possível para ser o mais acessível para todos e totalmente amigável e integrado na paisagem.

Com esta última fase, a Ecovia ‘Caminho do Rio’, em Vila Nova de Cerveira,ficará com cerca de 13,5kms de plenocontacto com o rio Minho e natureza envolvente.

BRAGA: ESPECIALISTAS NACIONAIS E EUROPEUS EM SMART CITIES PARTILHAM CONHECIMENTO E ESTRATÉGIAS NO THEATRO CIRCO

Pelo segundo ano consecutivo, Braga volta a acolher o FICIS (Fórum Internacional das Comunidades Inteligentes e Sustentáveis), iniciativa que amanhã e terça-feira, 24 e 25 de maio, vai transformar o Theatro Circo num ponto de encontro onde estarão presentes vários dos mais reputados líderes de opinião, decisores e especialistas em Smart Cities de Portugal e da Europa.

Sob o lema "Utopia", numa alusão à obra de Thomas Moore, que comemora este ano o seu 500º aniversário, o FICIS 2016 tem como objetivo o debate e a partilha das mais recentes tendências e inovações que se afiguram capazes de moldar o funcionamento das cidades no futuro próximo.

"Vamos reunir no palco do Theatro Circo massa crítica proveniente de centros de investigação, universidades, empresas tecnológicas nacionais e internacionais e entidades públicas e privadas, com o intuito de apresentar uma visão integrada e transversal dos principais avanços para o desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo das regiões e dos municípios", refere Ana Fragata, diretora executiva do FICIS 2016.

A mesma responsável alerta para a importância de envolver o cidadão comum numa discussão sobre o futuro das cidades assente em soluções sustentáveis que garantam impactos positivos significativos.

"Não há cidades inteligentes sem cidadãos inteligentes. A façanha tecnológica, só por si, nem sempre leva aos resultados pretendidos. Há maus investimentos em cidades que implantaram soluções que representaram custos, sem as contrapartidas esperadas para a cidade", considera Ana Fragata.

Para discutir temas como a mobilidade sustentável, o ambiente, a governança e a regeneração urbana, o FICIS 2016, onde se estima a presença de cerca de 2500 pessoas ao longo dos dois dias do evento, vai contar com os contributos de responsáveis internacionais da Philips, IBM, INL (Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia), Siemens, Schneider Electric, BCSD (Business Council for Sustainable Development) e do CDP (Carbon Disclosure Project).

Entre os oradores nacionais que integram os painéis de oradores do FICIS 2016, destacam-se as participações de Paulo Nunes de Almeida, presidente da AEP (Associação Empresarial de Portugal), António Tavares, presidente da Santa Casa da Misericórdia do Porto, Carlos Magno, presidente da ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social), António Cunha, presidente do Conselho de Reitores e Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Mais informações e inscrições (gratuitas) em www.ficis.pt

VIZELA REALIZA JORNADAS TÉCNICAS DE OPERAÇÃO DE SOCORRO

No passado dia 14 de Maio de 2016 realizaram-se mais umas Jornadas Técnicas de Operações de Socorro cuja realização esteve a cargo da Delegação Distrital de Braga da ANAFS.

timthumb (1)

O Grupo de Trabalho da Delegação Distrital de Braga foi composto pelos seguintes sócios:

Rui Veloso Fernando Gonçalves Jaime Dias Rui Reis

As jornadas tiveram como tema:

Operações de Salvamento em Valas e Trincheiras; Orientações Médicas durante as operações USAR.

Mesa d´Honra foi composta por:

Presidente do Conselho de Fundadores da ANAFS Presidente da Assembleia Geral da Real Associação de Bombeiros Voluntários de Vizela Presidente da Câmara Municipal de Vizela Comandante do GIPS/GNR ISLA-Leiria (Grupo Lusófona) (Professor Doutor Domingos Martinho)

Comissão Executiva:

Presidente – Professor Doutor Domingos Martinho – ISLA Leiria Secretário-Geral – Delegado Distrital de Braga da ANAFS Secretário-Geral Adjunto (Painel Saúde) – Fernando Gonçalves Secretário-Geral Adjunto (Painel SAR) – Jaime Dias Secretário-Geral Adjunto (Relações Públicas) – Rui Reis Secretário-Geral Adjunto (Secretariado) – Comandante do CBV VIZELA

Comissão Científica:

Presidente – Presidente da ANAFS Dr. Rogério Pinheiro (ANAFS) Dr. Gonçalo Morais Sarmento (Associação Portuguesa de Instrutores de Socorrismo - APIS Dr. José Coelho Virgílio (Associação Portuguesa de Medicina de Catástrofe - APMC) Professor Doutor Artur Costa (Universidade Lusófona do Porto)

timthumb (2)

timthumb (3)

timthumb (5)

timthumb (6)

timthumb (7)

timthumb (8)

timthumb (9)

timthumb

FAFE REALIZA CICLO DE CANTAUTORES

Ciclo de Cantautores traz a Fafe Márcia e Samuel Úria. Dupla atua no Teatro Cinema

A dupla Márcia e Samuel Úria vai atuar no Teatro Cinema de Fafe, no próximo dia 27 de Maio, sexta-feira, pelas 21h30.

A atuação insere-se na segunda edição do projeto Ciclo de Cantautores, 48/20, que se debruça sobre a dinâmica autoral do "singersongwriter", aquele que canta e toca as suas próprias composições. Iniciou-se no ano de 2015 e já contou com nomes como Noiserv, Nuno Prata, Sandy Kilpatrick, The Wooden Wolf e Manel Cruz.

Este ano, 48/20 já trouxe a Fafe Kristin McClement, presente na apresentação pública do projeto, em Abril, e Il Tempo Gigante, no passado dia 18 de Maio.

Márcia e Samuel Úria são os cantautores que se seguem e que prometem animar os espetadores.

Os bilhetes têm o custo de 5,00€ e podem ser adquiridos na Loja Interativa de Turismo, na Praça 25 de Abril.

PONTE DE LIMA DEBATE DEMOGRAFIA E GENEALOGIA

Colóquio Interdisciplinar: Comportamentos Demográficos e Sociais em Ponte de Lima e no Alto Minho. Auditório Municipal de Ponte de Lima | 28 de maio

O Município de Ponte de Lima apoia a realização de um Colóquio Interdisciplinar organizado pela AEPL – Dep. Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Minho em parceria com o Cenfipe – Centro de Formação de Professores, no dia 28 de maio, no Auditório Municipal de Ponte de Lima.

O programa abordará temáticas diversas relacionadas com a demografia, genealogia, entre os quais destacamos: Estudos genealógicos, demográficos e sociais: as fontes de informação do Arquivo Municipal de Ponte de Lima; Estudos genealógicos, demográficos e sociais: as fontes de informação para o Alto Minho; A situação demográfica recente em Ponte de Lima no contexto da evolução demográfica no Alto Minho; Comportamentos sociodemográficos marginais. O estudo dos expostos nas Casas da Roda do Alto Minho; A Reconstituição de Paróquias no Alto Minho: os exemplos de S. Miguel da Facha (Ponte de Lima) e de Vila Praia de Âncora (Caminha).

Os temas serão apresentados por académicos das universidades de Coimbra; Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Escola Superior Agrária de Ponte de Lima; Universidade do Minho e Universidade Católica de Braga

O Colóquio terminará com a apresentação do projeto Repositório Genealógico Nacional. Sedeado na Universidade do Minho, o Repositório Genealógico Nacional visa organizar numa base de dados central e de âmbito geográfico nacional, os registos paroquiais de batizados, casamentos e óbitos, realizados sistematicamente a partir da segunda metade do século XVI.

MUNICÍPIO DE BRAGA RECEBE SPORTING CLUBE DE BRAGA

Hoje, Segunda-feira, dia 23 de Maio, pelas 17h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, Braga

O Município de Braga organiza uma recepção aos atletas, equipa técnica e dirigentes do Sporting Clube de Braga, a qual terá lugar hoje, Segunda-feira, dia 23 de Maio, pelas 17h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Braga.

Após a conquista da Taça de Portugal em futebol, o Município de Braga presta a homenagem ao Sporting Clube de Braga, numa recepção que contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

PSD DE FAMALICÃO REÚNE HOJE COM OS RESPONSÁVEIS DO EXTERNATO DELFIM FERREIRA DA DIDÁXIS DE RIBA DE AVE

sem nome

Ponto de imprensa, realiza-se à 16h30

A Comissão Política Concelhia do PSD de Vila Nova de Famalicão vai realizar hoje, segunda-feira, dia 23 de maio, uma visita de trabalho às escolas Externato Delfim Ferreira e à Cooperativa de Ensino Didáxis, ambas em Riba de Ave, para reunir com os responsáveis na sequência da medida anunciada na passada sexta-feira pelo Governo que impede a abertura de novas turmas de início de ciclo (5.º, 7.º e 10.º anos) às escolas com contratos de associação. Em Vila Nova de Famalicão, esta medida abrange as Cooperativas de Ensino Didáxis de Riba d’Ave e S. Cosme e Externato Delfim Ferreira, de Riba d’ Ave.

A jornada tem como objetivo perceber as consequências desta medida para as escolas de Famalicão e para as famílias famalicenses. A comitiva da Comissão Política Concelhia do PSD de Famalicão será liderada pelo vice-presidente e deputado à Assembleia da República, Jorge Paulo Oliveira.

No final da jornada, pelas 16h30, será realizado um ponto de imprensa à entrada da Cooperativa Didáxis de Riba de Ave, com os responsáveis disponíveis para as questões dos jornalistas.

FAMALICÃO: REQUIÃO JUNTOU ADROS E GANHOU CENTRO CÍVICO DE EXCELÊNCIA

Intervenção implicou um investimento municipal de 300 mil euros e foi inaugurada neste sábado, 21 de maio

Foram precisos três anos para requalificar os 10 mil metros quadrados de terreno que fazem parte do adro paroquial e do adro da freguesia de Requião mas valeu a pena. Requião ganhou um centro cívico como nunca teve e os dois espaços, até há pouco separados por um muro, constituem agora uma unidade arquitetonicamente harmoniosa, aprazível e disponível para a fruição pública e para o culto religioso.

Inauguração do Centro Cívico concluiu interven

A satisfação pelo resultado final da obra ficou bem vincada na cerimónia de inauguração que decorreu no passado sábado, 21 de maio, onde marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, o Presidente da Junta de Freguesia, João Pereira, para além das demais entidades civis e religiosas locais e à qual se associaram um grande número de requianenses.

A intervenção implicou um investimento municipal superior a 300 mil euros e para além da requalificação dos adros implicou também a construção de um parque de estacionamento público e a retificação e valorização da estrutura viária paralela com soluções integradas na valorização e harmonia do centro cívico, que integra ainda no conjunto a junta, a escola, o cemitério e o centro de saúde.

Cereja em cima do bolo, o cacho de uvas em inox tamanho XXL colocado no centro da rotunda de acesso a todo o conjunto, simbolizando a identidade e a alma da freguesia. As vinhas envolventes, que fazem parte da rota dos vinhos verdes, explicam bem a razão de ser da escolha.

“Requião ganhou um espaço de excelência para as pessoas se encontrarem e aprofundarem o sentimento comunitário. Concluímos um desafio, mas não concluímos o processo”, destacou o Presidente da Câmara dizendo que é preciso agora dar vida àquele espaço com dinâmicas socioculturais para as pessoas. E a Câmara não foge à responsabilidade: “queremos dinamizar estes espaços, aproveitando e potenciando o investimento feito”, disse Paulo Cunha.

O Presidente da Junta de Freguesia era um homem naturalmente contente pela “concretização de um sonho”. “Demorou mas temos agora dos mais bonitos adros do concelho”, disse João Pereira destacando a maré positiva que atravessa a freguesia nesta altura “com importantes obras infraestruturais a decorrer”.

Também o Arcebispo Primaz de Braga era um homem satisfeito pela solução de harmonia encontrada através desta intervenção, que valorizou tanto a propriedade da paróquia como a propriedade civil. “Foi o resultado de um espírito de colaboração exemplar que importa enaltecer para que se repita em muitos lados”, disse D. Jorge Ortiga.

Cacho de uvas tamanho XXL simboliza identidade de