Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO DA FAMÍLIA ROMANA

Iniciativa integrada na Braga Romana 2016

Estão abertas as inscrições para o II Concurso da Família Romana ‘Familia Mea’, iniciativa integrada no programa da Braga Romana 2016 que se realiza de 25 a 29 de Maio. O concurso, que conta com o apoio do Braga Parque, pretende selecionar três famílias que melhor representem uma família tradicional do Império Romano.

A selecção das famílias irá decorrer durante um desfile e apresentação em palco a realizar no dia 28 de Maio, no Largo D. João Peculiar, a partir das 15h00.

O concurso é aberto a famílias residentes no Concelho de Braga, sendo que a família deverá ter, pelo menos, dois membros e um limite máximo de dez. Os trajes e adornos utilizados devem corresponder ao tempo da Bracara Augusta, podendo representar qualquer classe social e extratos económicos existentes nesse período.

Os participantes devem apresentar um documento comprovativo quer do agregado familiar quer da residência (fotocópia do cartão de cidadão, atestado da Junta de Freguesia ou outros documentos comprovativos).

As inscrições devem ser feitas até ao dia 24 de 2016, mediante entrega do formulário próprio devidamente preenchido paracultura@cm-braga.pt. A inscrição é gratuita, ficando as despesas das roupas e acessórios a cargo do participante.

Os prémios são patrocinados pelo Braga Parque, através da atribuição de um cartão de oferta no valor de 300, 200 e 100 euros para os 1.º, 2.º e 3.º prémios respectivamente.

O regulamento do concurso e a ficha de inscrição estão disponíveis através do seguinte link https://goo.gl/PXvhVT.

MUNICÍPIO DE BRAGA DISTINGUE DEDICAÇÃO E EMPENHO DOS COLABORADORES

III Encontro de Colaboradores marcado pela atribuição de medalhas de mérito 

Decorreu este Sábado, 14 de Maio, no Parque de Exposições de Braga, o III Encontro de Colaboradores do Município de Braga. Constituindo-se como um importante contributo para o fortalecimento do espírito de equipa, a iniciativa ficou marcada pela atribuição de medalhas de dedicação grau ouro, prata e bronze aos colaboradores da Autarquia e, pela primeira vez, aos funcionários com contratos com as empresas municipais. 

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002169

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, a prioridade do actual Executivo tem sido “harmonizar ao máximo a relação com os colaboradores de todas as estruturas municipais”, referindo que este evento é fundamental para que “todos se considerem parte de uma grande equipa”. 

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002161

A este propósito, Ricardo Rio lembrou a recente atribuição do galardão ‘A Nossa Terra’ à Câmara Municipal, uma distinção que fica a dever-se ao trabalho diário dos colaboradores de todo o universo municipal. “Desde os que têm um contacto directo com o público, passando pelas áreas técnicas, aos operacionais, até ao mais discreto dos serviços de apoio, todos fazemos parte de uma equipa que persegue continuamente um fim comum: servir sempre melhor Braga e os Bracarenses”, sustentou o Edil. 

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002159

A par da implementação de uma nova política de recursos humanos, Ricardo Rio reafirmou o compromisso de dotar os colaboradores de melhores condições de trabalho, seja ao nível do conforto e da segurança. A este nível, o Edil acrescentou que a Autarquia está neste momento a realizar um estudo para encontrar um espaço adequado à implementação de uma cantina que possa servir os colaboradores do universo municipal. 

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002157

Neste III Encontro, que deu também a conhecer as realidades das empresas e dos restantes serviços municipais, o Gabinete de Acção Social do Município em colaboração com o Fundo Social dinamizaram um Banco Solidário que visou a recolha de bens alimentares, roupa, artigos de puericultura, brinquedos e livros infantis, de forma a responder de forma continuada e permanente às necessidades dos que se encontram em situação de maior vulnerabilidade. 

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002155

CMB14052016SERGIOFREITAS0000002153

FAFE CELEBRA TRADIÇÃO DAS FEIRAS FRANCAS

Música marcou a primeira noite das Feiras Francas em Fafe

Decorreu, ontem, o primeiro dia das Feiras Francas em Fafe, mobilizando vários visitantes para o Centro da Cidade, onde se concentram as atividades.

DSA_0899A

Depois da inauguração das festividades, da abertura da Feira Rural, com mais de 50 expositores, e da realização de uma exibição da Escola de Hipismo, que vai repetir-se ao longo dos dias das Feiras Francas, a noite foi dedicada à música.

DCS_5204A

Às 21h30 o Palco do Levante foi o local escolhido para a atuação de várias coletividades do concelho, nomeadamente o Centro Cultural dos Trabalhadores da Câmara de Fafe, a Arpifafe (Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Fafe) e o Grupo de Cavaquinhos dos Bombeiros Voluntários de Fafe.

DCS_5171A

À 01h00, depois do encerramento da Feira Rural, foi tempo para a inauguração do Bou à Xega, direcionado especialmente para os jovens, numa tentativa de apelar à participação das camadas mais novas nas tradicionais Feiras Francas.

Bou à Xega trouxe ao palco mais jovem das festividades um conjunto de Dj’s reconhecidos, como Mike 547 – M. & Quimera, Hand’s Up, Jonh Mayze e Miguel Faria, Dual Senses e Mc Taku.

DCS_5134A

Esta iniciativa repete-se hoje e amanhã, com diferentes nomes a atuar, entre os quais Dj Nino (sábado) e Olga Ryazanova (domingo).

Ontem decorreu também, pelas 20h00, a abertura do 11º Encontro Internacional de Capoeira Interação, no espaço da Feira Rural.

DCS_5082A

Hoje o dia começou com um passeio turístico todo-o-terreno, pela Transfafe, que percorreu as Serras de Fafe logo a partir das 9h00, tendo-se seguido a realização da prova de Santo Huberto, às 10h00, em Vila Pouca/Moreira do Rei.

A Feira Rural, que abriu às 10h00, apenas fecha ao público à 01h00.

DCS_5077A

DCS_4999

DCS_4849

MUNICÍPIO DE BRAGA CELEBRA PROTOCOLO COM FEDERAÇÃO E CLUBE DE GOLFE

Braga proporciona aprendizagem do golfe aos alunos do 1.º ciclo

O Município de Braga assinou este Sábado, 14 de Maio, um protocolo de colaboração com a Federação Portuguesa de Golfe e com o Clube de Golfe de Braga que prevê a introdução desta modalidade desportiva nas escolas do 1.º ciclo do ensino básico nos Agrupamentos Sá de Miranda e Mosteiro e Cávado.

IMG_5639

Com este acordo, a Autarquia Bracarense compromete-se a dar suporte logístico ao projecto que será gerido pelo Clube de Golfe de Braga e pela Federação Portuguesa de Golfe.

A par da componente lectiva, o protocolo prevê a realização de acções de formação dirigidas aos professores, dotando-os das competências técnicas e teóricas necessárias, a realização de torneios e a promoção de actividades de divulgação da modalidade no Concelho de Braga.

Segundo Sameiro Araújo, vereadora do Desporto do Município de Braga, “este é mais um contributo que a Autarquia dá na promoção do desporto junto dos mais novos, proporcionando-lhes a aprendizagem e a prática do golfe”.

“O Município de Braga tem a preocupação de alargar a prática desportiva ao máximo possível de públicos, abrangendo as mais diversas modalidades”, referiu, notando que o presente protocolo vai ajudar a desmistificar a ideia de que o golfe é uma modalidade de elites.

IMG_5628

CANTARES AO DESAFIO LEVAM AO RUBRO FESTA MINHOTA NA AMADORA

Terminou há instantes na Amadora o Encontro de Concertinas e Cantadores ao Desafio promovido pelo Rancho Folclórico Alegria do Minho. A festa teve lugar no Jardim Central Zeca Afonso e contou com a participação especial da exímia cantadeira Irene de Gaia cujo despique com o cantador Teotónio Gonçalves arrebatou frequentes vezes o riso e os aplausos do público.

Pelo tablado passaram muitos grupos de tocadores de concertina acompanhados por outros instrumentos típicos. Parte destes grupos são destacados das próprias tocatas dos ranchos folclóricos minhotos que existem na região de Lisboa e que desta forma contribuem para a popularização da concertina e da própria música popular portuguesa.

Estes encontros têm estado na origem do aparecimento de muitos tocadores de concertina, garantindo a preservação e até o aparecimento de novos ranchos folclóricos. Refira-se que num tempo ainda não muito distante, assistia-se a uma carência de tocadores de concertina, o que criava situações difíceis que comprometiam a própria coesão dos grupos folclóricos e a forma de se apresentarem em palco.

O Rancho Folclórico Alegria do Minho foi em 29 de Agosto de 2012, fundado na cidade da Amadora por um grupo de minhotos oriundos do Distrito de Viana do Castelo com o propósito de recolher, preservar e divulgar a cultura tradicional minhota, transmitindo-a às novas gerações de descendentes e contribuindo para a aproximação das nossas gentes radicadas nomeadamente no concelho da Amadora.

Fotos: Carlos Gomes / Manuel Santos

PENSAR E AGIR NO COMÉRCIO LOCAL DE MELGAÇO

Pensar Melgaço com visão estruturada e alicerçada num pensamento estratégico

Sessão de trabalho no Salão Nobre da Câmara Municipal, 18 de maio, pelas 19h00

A Câmara Municipal quer trabalhar com os agentes locais e posicionar o concelho: criar, atrair e reter talentos, empresas, investimentos e atividades. A desertificação dos municípios, especialmente os do interior, coloca a economia local perante uma situação difícil, que exige medidas urgentes. Para tal, a autarquia melgacense organiza no próximo dia 18 de maio uma reunião para a qual convida todos os empreendedores do concelho.

A iniciativa visa refletir sobe o presente e potenciar a dinamização económica, reforçando a criação de um ambiente favorável aos negócios, através do estímulo ao aparecimento de mais empreendedores e empresas com características inovadoras, capazes de identificar oportunidades, investir e gerar riqueza e emprego no concelho.

A Câmara de Melgaço quer assumir-se como motor de desenvolvimento e crescimento do concelho, ao lado do empresário: ‘O Comércio Local é uma mais-valia sobre a qual devemos pensar e agir’, considera o autarca melgacense, Manoel Batista, salientando que ‘é preciso uma visão estruturada alicerçada num pensamento estratégico.'

Os participantes vão ter conhecimento do que está a ser pensado para Melgaço e deverão apresentar as suas ideias, colocar as suas dúvidas e questões, numa sessão em que se pretende fomentar a cocriação. A reunião tem lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal e é aberta a todos os empreendedores.