Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA INAUGURA PARQUE DE MERENDAS E LAZER EM AVELEDA

Parque de Merendas de Aveleda ao serviço de toda a Comunidade. Projecto resulta do Orçamento Participativo de 2015

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, inaugurou este Sábado, 7 de Maio, o parque de merendas e lazer de Aveleda. O espaço, um dos projectos vencedores do Orçamento Participativo (OP) de 2015, passará a acolher convívios de residentes locais e forasteiros, servindo de forma particular os utentes do lar do Centro Social de Aveleda.

7

“A concretização deste espaço é o resultado do esforço colectivo de toda a comunidade de Aveleda, uma vez que que se trata de um dos projectos mais votados do Orçamento Participativo de 2015”, referiu o Autarca, enaltecendo a adesão da sociedade nos Orçamentos Participativos, ajudando o Município a ajustar as suas opções de investimento aos anseios da população.

9

A verba resultante do OP cifra-se nos 85 mil euros que foram determinantes para que este equipamento se tornasse realidade. “Este espaço vem preencher uma lacuna da freguesia e vai permitir passar momentos de lazer em família, ao mesmo tempo que valoriza o território dotando-o de novas infra-estruturas que visam aumentar a qualidade de vida dos Cidadãos”, sublinhou Ricardo Rio.

11

Segundo o Autarca, esta é “mais uma prova do sucesso do Orçamento Participativo, e da sua capacidade de envolver activamente os membros da comunidade em torno de um objectivo comum. Trata-se de uma excelente ferramenta para dotar a sociedade civil de autonomia e de meios financeiros para concretizar projectos que realmente respondem às suas necessidades”.

12

Na cerimónia, presidida pelo Bispo Auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida, o presidente da União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, António Veiga, enalteceu a iniciativa lançada pelo Município de Braga de “dar voz aos anseios das populações através do Orçamento Participativo” e agradeceu todo o “empenho e dedicação de toda a comunidade de Aveleda para que este projecto fosse uma realidade”.

13

VIANENSES CAMINHAM PELOS "PASSOS DA MEMÓRIA"

Dia 21 de maio, realiza-se mais um percurso “Passos de Memória”, desta vez com a realização da Percurso entre Esposende e Viana do Castelo dos Caminhos de Santiago - Caminho Português da Costa.

Informações adicionais sobre o Trilho:

Nome do Percurso:  Caminhos de Santiago - Caminho Português da Costa – Percurso entre Esposende e Viana do Castelo

Data de realização: 21 de maio 2016

Ponto de encontro em Viana do Castelo: Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental

Hora de encontro: 8h30

Localização do Percurso: Esposende (Albergue das Marinhas) até Viana do Castelo (Cidade)

Distância a Percorrer: cerca de 18 Km

Duração do Percurso: 8h00

Grau de Dificuldade: Médio

Entidade Promotora: Câmara Municipal de Viana do Castelo, Câmara Municipal de Esposende, e Live Out Life, Lda3

Os percursos, que são um excelente modo de conhecer o património cultural e natural do município, além de promover o exercício físico, permitirão conhecer locais com paisagens deslumbrantes. Use sempre equipamento de acordo com a estação do ano, como impermeável, chapéu, calçado e vestuário adequado.

Inscrição:

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição até ao dia 15 de maio (caso não atinja antes o nº limite de inscrições), através do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt, devendo indicar:

Nome do participante:

Data de nascimento: (formato: dd/mm/aaaa)

Concelho de residência:

Contacto:

E-mail:

Os Percursos realizam-se com um número mínimo de 10 inscrições e máximo de 40.

Mais informações através do telefone: 258 809 350 do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt

Caminhe connosco por estes passos de memória …

FEIRA FRANCA SERVE DE MONTRA DO CONCELHO DE AMARES

Inaugurou, ontem, na presença da vereadora da Ação Social, Cidália Abreu, e do presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, mais uma edição da Feira Franca de Amares que constitui "uma verdadeira montra de promoção do concelho", entende o autarca.

IMG_0075

Até amanhã, os produtos emblemáticos da região e as tradições vão estar em destaque no certame, dando a conhecer aos visitantes aquilo que de melhor Amares tem para oferecer, nomeadamente a laranja e o Vinho Verde. A isso juntam-se exposições, concursos, folclore, artesanato, a boa gastronomia e a vivência popular, entre outros ingredientes que convidam a uma visita à Feira Franca de Amares, uma organização conjunta entre a Câmara Municipal de Amares e a Junta de Freguesia de Amares e Figueiredo, representada também no ato inaugural pelo seu presidente, Martinho Antunes.

IMG_0038

O dia de ontem ficou marcado pelo arranque do concurso de produtos regionais (vinho verde, laranja, mel e broa) e pela exposição pecuária (ovinos, caprinos e bovinos).

À noite, a laranja de Amares assumiu protagonismo, na terceira edição do concurso de derivados do citrino, que decorreu na Biblioteca Municipal Francisco Sá de Miranda, incentivando a criatividade dos participantes para mostrar as potencialidades do fruto aplicadas na confeção de doces.

Teve lugar, ainda, uma sessão de esclarecimento dedicada a técnicas de melhoria e otimização da produção e qualidade e a animação musical ficou a cargo do grupo ´Os Amigos da Margem do Cávado`.

13118991_1014741951928156_3412368833640724847_n

Hoje, a manhã começou com a “Feirinha das crianças”, com os alunos do Centro Escolar Dom Gualdim Pais a animar e dar vida ao Largo Dom Gauldim Pais, que serve de palco à iniciativa.

Esta tarde, o certame abarcou os concursos pecuários e das galinhas de raças amarela, branca, pedrês portuguesa e preta lusitana assim como o concurso de ovinos, da raça churra do Minho e Bordaleira.

O final da tarde está reservado para a prova gastronómica das carnes a concurso (arroz pica-no-chão e anho no churrasco) e, à noite, a animação musical e tradicional sobe ao palco, com a atuação de ´Maria Celeste & a Sua Banda`. 

IMG_0033

Destaque, ainda, para a tenda gastronómica, onde os visitantes podem saborear, entre outos petiscos, pataniscas e rojões, acompanhados pelo bom Vinho Verde da região, bem como para a exposição de maios e espantalhos, artesanato, entre outros atrativos.

O último dia vai ficar preenchido pela caminhada solidária do CAO- Ser Igual, pelo trilho Dom Gualdim Pais, a decorrer logo pela manhã e à tarde pela entrega dos prémios dos concursos, seguida do II Festival Folclórico do Vale do Homem e Cávado.

IMG_0055

IMG_0051

IMG_0049

FESTIVAL INTERNACIONAL DA MÁSCARA IBÉRICA: A FESTA CONTINUA!

Apesar da desagradável partida que S. Pedro resolveu pregar-nos em plena Primavera e que levou ao cancelamento do Grande Desfile da Máscara Ibérica pela qual milhares de pessoas ansiavam, o Festival continua no Rossio e amanhã, a partir das 11 horas, haverá concentração dos grupos participantes. E, nem o diabo vai faltar à festa!

As tendas continuam a receber inúmeros visitantes que aproveitam para apreciar as especialidades gastronómicas de Portugal e Espanha, o seu artesanato, doçaria, vinhos, licores e, como não podia deixar de ser, a tão variada oferta turística cultural.

Amanhã, prevê-se que o sol venha a irromper de novo triunfante por entre as pesadas nuvens e realce o colorido de um dos mais alegres eventos que todos os anos se realiza em Lisboa – o Festival Internacional da Máscara Ibérica!

Fotos: Manuel Santos

GRUPO DE FOLCLORE “CASA DE PORTUGAL” EM ANDORRA ASSINALA COM ÊXITO PASSAGEM DO 20º ANIVERSÁRIO

O passado fim-de-semana foi o ponto de partida das celebrações do 20º aniversário do Grupo de Folclore “Casa de Portugal”, integrado por um concerto no sábado com o cantor Mike da Gaita e no domingo o festival de folclore “Danças do Mundo”.

A sala do complexo sociocultural de Encamp foi o palco, no sábado, de dois concertos, um pelo grupo Euphoria que foi aquecendo o ambiente com temas do cancioneiro popular português e a continuação pelo artista Mike da Gaita e a sua banda que deslumbrou o público assistente que acabou por encher a sala de festas, tendo a organização que colocar o cartaz de “lotação esgotada”.

A interação entre o artista e o publico foi total e durante todo o concerto foram visíveis as mostras de divertimento e satisfação em temas como “Vamos pro chantiere” ou”C'est Sa Ksé Bom”. A compenetração com o grupo organizador foi total e no momento do Vira, um par trajado do Grupo fez uma breve demonstração da tradicional dança e antes do final do concerto vários elementos do Grupo surpreenderam o Mike com o “parabéns a você” pelo seu aniversário.

O evento contou com a presença Deputado da Assembleia da República, Paulo Pisco,  e o empresário José Costa, proprietário da empresa Nova Constructora, patrocinador oficial das celebrações. Além do concerto, os organizadores propuseram um excelente serviço de bar e petiscos portugueses elaborados pelos elementos do grupo.

No domingo o ponto de encontro foi a Sala do Prat del Roure em Escaldes-Engordany para receber o encontro de culturas integrado por mais de 150 folcloristas em representação do folclore de Perú, França, Andorra, México, e Portugal a cargo do grupo anfitrião.

O Festival iniciou com a protocolar troca de lembranças entre os grupos convidados na presença da Presidente da Câmara de Escaldes-Engordany, Trini Marin, do Deputado Paulo Pisco e do empresário José Costa. Marcaram ainda presença o Presidente da Associação para a Defesa do Folclore de Catalunha, Joan Gómez, o Presidente do Partido Socialista de Andorra, Pere Lopez, o sacerdote português residente em Andorra, Pe. Albano Fraga e o fotógrafo vianense, Gualberto Boa Morte.

O Grupo de Folclore “Casa de Portugal” foi o encarregado de abrir o festival apresentando em palco uma grande diversidade de trajes, a vivacidade das danças e a sonoridades das cantigas características da Ribeira Lima e da Serra d’Arga.

Seguiu-se o folclore mexicano a cargo do grupo “Son de Mexico” que deslumbraram o publico com o colorido dos trajes e a musica a cargo dos Mariachi la Adelita.

O Principado de Andorra esteve representado pelo Esbart Santa Anna de Escaldes-Engordany, grupo habitual nas organizações folclóricas do Grupo de Folclore “Casa de Portugal” como por exemplo o Festival de Folclore Ibérico.

A mostra cultural viajou depois ao pais vizinho, França, a cargo do Grupo Folclorico Les Mainatges de Montreal que representaram a cultura tradicional do sul de França, região que no próximo ano será visitada pelo grupo anfitrião.

Coube ao grupo Perú Ritmos y Costumbres encerrar a mostra folclórica apresentando a alegria e colorido do folclore peruano recebendo calorosos aplausos do numeroso publico assistente.

A festa acabou com um lanche oferecido a todos os folcloristas pelo grupo anfitrião e nesse ambiente de convívio foram apagadas as velas do 20 aniversário.

As atividades do Grupo de Folclore “Casa de Portugal”, coletividade portuguesa em Andorra fundada a 1 de Maio de 1996, vão continuar nos próximos meses com diferentes atuações já agendadas, destacando a realização no dia 2 de Julho da terceira edição do Mercado Tradicional “O Feirão” que este ano conta com a presença do Grupo de Cante Alentejano da Casa do Povo de Serpa, iniciativa integrada na capitalidade ibero-americana da cidade de Andorra la Vella.

 

CABECEIRAS DE BASTO EXPANDE TEATRO COM PUBLICIDADE INSTANTÂNEA

Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto “está em toda a parte”

“O CTCMCB está em toda a parte!” Este foi o tema do Flash Pub 2016 que o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto desenvolveu entre os dias 2 e 6 de maio. Este conceito de publicidade instantânea-surpresa, intitulado Flash Pub, tem sido trabalhado ao longo dos anos numa perspetiva dinâmica para aproximar ainda mais o Centro de Teatro da comunidade cabeceirense e não só. Pretende-se expandir a forma do relacionamento deste projeto cultural que tem o teatro como eixo mas que trabalha diversas outras vertentes artísticas e sociais, mobilizando a população à sua volta num estímulo a uma produção cultural viva e ativa.

CTCMCB vai contigo a toda a parte

Falamos de atividades intergeracionais, ações descentralizadas por todas as freguesias, projetos integrados com o serviço educativo em escolas atingindo desde os Jardins de Infância ao 12º ano e cursos profissionais, iniciativas vinculadas à saúde e ao bem-estar, e sobretudo, falamos de uma programação artística rica e ampla, que valoriza os artistas locais e associações mas que também propõe uma relação com a produção cultural fora do concelho e do país.

CTCMCB gigante 2

O CTCMCB tem conseguido ampliar o alcance das produções desenvolvidas e o acolhimento de artistas nacionais e estrangeiros. Os espetáculos criados expandem cada vez mais as fronteiras de Cabeceiras de Basto e de Portugal, num reconhecimento da qualidade da produção local. Peças de teatro que atraem 800 pessoas numa sessão, dinamizam monumentos históricos, reavivam tradições e integram jovens, crianças e idosos são motivo de orgulho para todos os cabeceirenses, porque, de facto, o teatro tem estado em toda a parte. E este percurso inclui também a participação em festivais nacionais e no estrangeiro, com prémios e nomeações que reafirmam o bom caminho do trabalho artístico da população.

CTCMCB gigante 1

O teatro tem atuado como um embaixador da cultura de Cabeceiras de Basto. Cabeceiras de Basto tem sido um município embaixador do teatro na região.

O Centro de Teatro pretendeu ampliar a sua presença no quotidiano do concelho numa semana com atividades interativas e também dar-se a conhecer ainda mais dentro e fora do município. O CTCMCB está em toda a parte!

Intervenções realizadas

  1. BOM DIA! – A ALEGRIA ESTÁ EM TODA A PARTE – Intervenção surpresa nas ruas. Papéis com “bom dia” foram colocados nos carros estacionados nas ruas das vilas do Arco de Baúlhe e Cabeceiras de Basto;
  2. CTCMCB GIGANTE – Como tradição desta iniciativa, foi construído um logótipo gigante no Parque do Mosteiro, desta vez todo composto com os nomes das Freguesias que formam o concelho;
  3. O CTCMCB VAI CONTIGO A TODA A PARTE – Foram distribuídas 1.000 pulseiras por todo o concelho para que o teatro esteja ainda mais próximo das pessoas;
  4. SEMANA DO TEATRO NA RÁDIO – Em parceria com a Rádio Voz de Basto, foram apresentados quatro espetáculos do Centro de Teatro em teatro radiofónico, ampliando ainda mais o alcance das obras;
  5. O MAPA DOS CAMINHOS – Nas Escolas, as crianças e jovens foram estimulados a descobrir onde já estiveram em Cabeceiras de Basto e enquanto redesenhavam esses percursos criaram uma obra de arte;
  6. IMAGENS EM TODA A PARTE – Um conjunto de imagens foi distribuído por Cabeceiras de Basto a mostrar o CTCMCB em muitos hábitos do nosso dia a dia;
  7. INFORMAÇÕES EM TODA A PARTE – Com as imagens temáticas do Flash Pub deste ano, foram distribuídas por todo o concelho informações sobre o CTCMCB e as oficinas abertas à comunidade.

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) surgiu em 2012 com o objetivo de reafirmar em Cabeceiras de Basto a aposta na cultura criando um elevado nível de programação cultural e artística, alargando e diversificando a aposta para espectadores de todas as idades.

O Centro de Teatro tem atuado como agente cultural dentro do concelho com um conjunto de iniciativas que cada vez mais abrange um número maior de pessoas e conquista um espaço de relevância dentro da programação cultural e social do Município. Neste quinto ano de existência foram alcançados significantes avanços na projeção do projeto a nível internacional, nacional e, sobretudo, local.

Este progresso dentro dos distintos pontos do concelho vai de encontro ao objetivo da descentralização das ações artísticas, e mais que isso, representa uma participação ativa de integração, pois liga e une os cabeceirenses dos diferentes lugares e freguesias por intermédio de um elemento fundamental para a formação dos cidadãos e para as relações humanas: a Cultura. O CTCMCB é já uma marca importante ligada aos cabeceirenses, às suas raízes e tradições.

CTCMCB - O mapa dos caminhos 2

As produções teatrais desenvolvidas pela companhia através do CTCMCB têm apostado na diversidade de propostas estéticas, o que desafia o público a apreciar o teatro de uma forma ampla e rica, atravessando temas cómicos e dramáticos que envolvem desde a própria identidade local até questões universais. E com esta variedade de proposições artísticas, a equipa é desafiada num constante processo coletivo de reflexão criativa, que procura trazer à cena peças consistentes e que, sobretudo, mantenham uma comunicação clara no que se propõem com os espectadores, proporcionando ao público em formação a possibilidade de perceber diferentes formas do fazer teatral.

Na sua maioria com textos originais, os espetáculos concebidos desde a criação do Centro de Teatro envolvem elencos que variam de 2 a 85 pessoas e incluem associações, artistas profissionais e pessoas da comunidade em formação nas oficinas oferecidas gratuitamente à comunidade.

Bom dia! O CTCMCB está em toda a parte

As grandes produções têm uma média de 800 pessoas na plateia e elenco sempre superior a 40 pessoas e são apresentadas em espaços simbólicos no concelho, como o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, candidato a património da humanidade pela UNESCO. Em produções menores o grande público também é atingido em ações descentralizadoras, com menos pessoas por sessão porém mais sessões nas diversas instituições, freguesias e aldeias isoladas. Uma das atividades, o Projeto DEZcentralizar, leva todos os anos um espetáculo às pessoas mais isoladas do município. Em 2015, o espetáculo PROVISÓRIO atingiu 1300 pessoas com diversas apresentações em lugares onde às vezes possuem 50 habitantes.

Há uma variedade de ações oferecidas que permitem ao teatro ganhar uma nova roupagem e maior alcance de público, como, por exemplo, quando se alia à rádio nas sessões de teatro radiofónico e que são ouvidas por pessoas de Cabeceiras de Basto e de outros concelhos a volta. É um teatro presente em diversos momentos do quotidiano da população, que é convidada a ter um papel ativo no projeto. Estas pessoas ultrapassam a participação enquanto espectadores para se incluírem enquanto atores, narradores, músicos, e mesmo matéria-prima, já que a constante relação direta com o povo permite um estudo das histórias locais, suas tradições e peculiaridades, elementos muitas vezes incluídos nos espetáculos e que estabelecem um vínculo maior com a própria comunidade. As oficinas de teatro atingem diretamente 60 adultos e 50 crianças em ensaios e discussões sobre o teatro e o seu ofício. As associações e grupos folclóricos, musicais e de ofícios tradicionais são constantemente desafiadas a recriarem os seus trabalhos para conjugá-los a espetáculos teatrais cujas estéticas são completamente diferentes do que costumam realizar, e isto produz um resultado dinâmico para todas as partes envolvidas.

Além das criações locais, o projeto tem realizado diversas residências artísticas e já foram acolhidas companhias da Grécia e do Brasil, o que resultou em espetáculos com participação em festivais fora do país, como o Festival Internacional de Artes Cénicas, Janeiro de Grandes Espetáculos, no Brasil.

Nestes cinco anos de existência o projeto já criou 28 espetáculos, acolheu cinco companhias internacionais, esteve presente em cinco festivais em Portugal e no Brasil e tem proporcionado uma dinâmica ao concelho com um programa de ações e atividades que atingem uma boa parte da população.

A direção do projeto está sob a responsabilidade de três jovens artistas: Joana Veloso, Neto Portela e Roberto Moreira.

CTCMCB - O mapa dos caminhos 1

GUIMARÃES QUER TRAZER TODOS OS VIMARANENSES A PRATICAR DESPORTO NA RUA DURANTE UM DIA

“TAFISA WORLD CHALLENGE DAY” A 25 DE MAIO

Guimarães quer vencer desafio mundial com mais pessoas a praticar desporto na rua durante um dia

Há um novo desafio mundial para o qual todos os vimaranenses estão, desde já, convidados: envolver num só dia, à escala global, o maior número de praticantes de desporto no espaço público. Vence o concelho que mobilizar mais pessoas.

Guimaraes_TAFISA_World_Challenge_Day

Guimarães vai participar no TAFISA World Challenge Day 2016, uma iniciativa de promoção da atividade física e desporto para todos que se realiza no dia 25 de maio. O Dia do Desafio (Challenge Day) introduz na edição de 2016 uma nova componente: “Take Back Your Streets…Take Back Your Future!”, um programa que pretende trazer os cidadãos para os espaços públicos urbanos (ruas, praças, parques, jardins) para praticar desporto e atividade física.

Municípios e cidades dos cinco continentes participam neste desafio mundial que terá lugar no dia 25 de maio, 2016. Um total de 20 países (entre os quais Estados Unidos da América, Japão, Israel, Brasil, Qatar, Sultanato de Omã, Ucrânia, Espanha e Portugal) e 48 cidades vão disputar um objetivo: reunir o maior número possível de participantes e vencer o desafio perante as cidades adversárias.

Guimarães, que é a única cidade portuguesa a participar neste evento, integra o Grupo III (cidades com 100.000 a 250.000 mil habitantes) e terá como adversárias a cidade de Al Batinah (Sultanato de Omã) e o IV Distrito de Budapeste (Hungria). O desafio decorrerá entre as 09h00 e as 19h00 do dia 25 de maio e Guimarães pretende envolver instituições, estabelecimentos de ensino, clubes, associações e grupos de cidadãos a quem será solicitada a execução de exercícios e/ou atividade desportiva e física durante, pelo menos, 15 minutos consecutivos.

Juízes mobilizados para o efeito farão a contagem nos diferentes pontos de mobilização e, no final do dia, será comunicado à comissão de acompanhamento (com sede em Frankfurt, na Alemanha) o balanço final do evento. Ao longo do dia, e através das redes sociais, será efetuado o acompanhamento dos participantes a quem será solicitado o envio de fotografias para partilha nas plataformas de divulgação local e internacional do evento.

A cidade que apresentar maior número de participantes relativamente às suas adversárias de grupo receberá uma distinção como cidade desportiva socialmente responsável e passará a figurar na galeria mundial de cidades amigas do desporto e da atividade física. Mais informações sobre o programa podem ser encontradas aqui: http://tafisa.net/index.php/programs-events/take-back-your-streets

ARCOS DE VALDEVEZ E PONTE DA BARCA REALIZAM EXPOVEZ – FEIRA DO ALTO MINHO - 17ª EDIÇÃO

A 17ª edição da EXPOVEZ – Feira do Alto Minho realiza-se de 20 a 22 de maio no Centro de Exposições de Arcos de Valdevez. Este evento é organizado numa parceria entre a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, a ACIAB – Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a In.Cubo e a ARDAL - Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima A primeira edição da EXPOVEZ realizou-se em 1990, há 26 anos.

Este evento terá como objetivo promover a região, mostrando a dinâmica que o tecido empresarial possui, assim como a sua importância no contexto económico e sociocultural, reunindo no mesmo espaço cerca de 150 expositores, dedicados à promoção e valorização comércio e serviços, à indústria, com maior ênfase nos três Parques Empresariais do Município, à agricultura, ao artesanato, gastronomia e produtos locais.

É fundamental para as empresas e produtores locais capitalizar esta oportunidade no sentido de promoverem os seus Negócios/Produtos/Serviços e estabelecerem possíveis parcerias.

A EXPOVEZ é uma aposta do região na promoção das suas empresas, dos seus produtos e serviços, com vista ao desenvolvimento, fazendo do Alto Minho um território cada vez melhor para viver, investir e visitar.

PONTE DE LIMA APRESENTA CARTAZ DAS FEIRAS NOVAS

Feiras Novas 1826-2016 – 190 anos

No dia em que as Festas do Concelho de Ponte de Lima celebraram 190 anos, a Associação Concelhia das Feiras Novas apresentou o Cartaz 2016.

IMG_4490

O cartaz a preto e branco é uma réplica do primeiro documento escrito que se conhece a anunciar as Feiras Novas. Anterior a esta data, 1896, não há qualquer registo impresso sobre as Festas, justificou a Presidente da Associação Concelhia das Feiras Novas, Ana Machado.

A Presidente da Associação Concelhia das Feiras Novas, acompanhada pela Comissão de Festas e pelo Executivo Municipal revelou que “este documento, depositado no Arquivo Municipal, foi recuperado e restaurado, sendo o motivo de inspiração do Cartaz das Feiras Novas 2016.”

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, “reconheceu o trabalho de todos aqueles que se esforçam e empenham na realização das maiores festas do concelho e da região, e que todos os anos atrai milhares de visitantes”.

As tradicionais Feiras Novas que mantém o programa tradicional, com Concertinas e Desgarradas, Bandas de Música; fados e Tunas, Bombos e Gigantones, Concurso Pecuário e Corrida de Garranos, Cortejo Etnográfico, Cortejo Histórico, Tourada, Folclore, Missa Solene, Procissão e Verbena Popular, acontecem este ano nos dias 7, 8, 9, 10, 11 e 12 de setembro.

GRUPO TEATRO DO VEZ SOBE AO PALCO NA MOSTRA DE TEATRO LUSO-BRASILEIRO

Novo grupo de teatro arcuense na abertura da Mostra de Teatro Luso-Brasileiro

A mostra de Teatro Luso-Brasileiro arcuense tem início hoje, dia 6 de Maio, pelas 22h00, no auditório da Casa das Artes, com o Grupo Teatro do Vez (GTV), originário de Arcos de Valdevez, e a peça “Regresso Inesperado”, escrita pelo também arcuense Nurmi Rocha.

A peça é uma divertida comédia de enganos, ao estilo das comédias americanas, que retrata as peripécias de um casal desde que recebem uma carta, vinda da Califórnia, e que anuncia uma visita inesperada.

Conta com encenação de Nuno Loureiro e interpretação de um coletivo local ligado a associações de teatro já existentes no concelho, professores, escritores, entre outros, numa homenagem ao malogrado artista arcuense Nurmi Rocha, falecido em 1979 com 47 anos, figura de referência na cultura arcuense e que desenvolveu atividade variada e abrangente em áreas como a escrita (poesia), a pintura, a dança, a música, o canto e inclusive o teatro, tendo repartido a sua vida por diferentes geografias, como Lisboa, Paris e Brasil, percurso que criou em Nurmi uma visão alternativa e visionária da Arte e da Cultura, que abalou os padrões conservadores da época.

Esta peça marca a abertura da mostra de Teatro que irá decorrer até dia 3 de Junho e pela qual passarão, no dia 14 de Maio, pelas 21h30, na Casa do Povo de Soajo a peça “Restaurante Europa”, pelo Grupo Duplaface; no dia 27 de Maio, pelas 22h, a peça “Deus lhes dê em Dobro”, encenada pela Companhia de Teatro Dragão 7 (Brasil) e que conta também com participação de atores de Arcos de Valdevez, estará em cena no auditório da Casa das Artes; no dia 28 de Maio, pelas 22h, e a 29 de Maio, pelas 15h, o auditório da Casa das Artes recebe “ARTE”, uma peça que regressa aos palcos com um novo elenco e nova encenação, com os atores João Lagarto, Vítor Norte e Adriano Luz.

No dia 3 de Junho, pelas 22h, “Grande Cena”, de Jacinto Lucas Pires, chega ao auditório da Casa das Artes.

Haverá, também, sessões de teatro direcionadas ao público escolar. No dia 24 de Maio, de manhã e de tarde, a Companhia de Teatro Dragão 7 (Brasil) levará a cena no Auditório da Casa das Artes “Auto da Barca do Inferno”, e, nos dias 24, 25 e 26 de Maio, pela tarde nos estabelecimentos escolares do 1º. Ciclo, “Minha Casa, Sua Casa!”, peça encenada pela Gentalha Companhia de Teatro (Brasil).

Realizar-se-ão ainda Oficinas de Teatro para o público local, de 21 a 27 de Maio, no auditório da Casa das Artes e com orientação da Companhia de Teatro Dragão 7 (Brasil); os participantes irão integrar personagens do espetáculo no dia 27 de Maio, “Deus lhe dê em dobro”.

Com estas atividades pretende-se promover a cultura, fazer a divulgação do teatro, proceder à formação de novos “atores”, bem como à descentralização das iniciativas culturais pelo concelho.

VIZELA RECEBE MINOGOLFE OPEN 2016 – NATION CUP

Vizela recebe, de 9 a 15 de maio, o Minigolfe Open 2016 – Nation Cup 2016.

A cerimónia de abertura terá lugar no próximo dia 12 de maio, às 20.00h, na Casa do Park.

logo redondo

De relembar que o Minigolfe Open 2016 é uma prova repartida em duas fases, uma em maio (9 a15 maio), com a realização da Taça das Nações, outra em agosto, com a realização do Campeonato da Europa (22 a 27 agosto).

Estas provas realizar-se-ão no Campo Municipal de Minigolfe Fonseca e Castro, traduzindo-se em mais um marco importante na divulgação de Vizela na Europa.

O regresso a Vizela de provas internacionais de minigolfe atrairá cerca de duas centenas de participantes estrangeiros, acompanhantes e turistas, que terão um forte impacto na economia local, mais especificamente no alojamento e restauração.

De destacar que Vizela recebeu, em 2012, o Minigolf European Cup, uma competição contou com a participação de 150 atletas de toda a Europa, que abrilhantaram o Campo Municipal de Minigolfe Fonseca e Castro durante cerca de duas semanas, e deliciaram os amantes da modalidade.

Toda a informação pode ser consultada no site do Minigolfe Open 2016 em www.vizelaminigolfopen2016.com.

Minigolfe European Cup Vizela 2012.2

PONTE DE LIMA ADIA JORNADAS DA SAÚDE EM MOVIMENTO

Adiadas as VI Jornadas da Saúde em Movimento Ponte de Lima

As VI Jornadas da Saúde em Movimento, agendadas para a manhã de sábado, no Passeio 25 de abril em Ponte de Lima, foram adiadas devido às condições climatéricas.

Esta jornada dedicada à saúde em colaboração com um conjunto de parceiros, com referência para os ginásios e instituições ligada às áreas do Desporto, Saúde e Bem-Estar, visa promover diversas atividades com o objetivo de incentivar a população para um estilo de vida mais saudável.

Oportunamente será indicada uma nova data para a realização desta Jornada de Saúde em Movimento

REDISTRIBUIÇÃO DE PELOUROS NO MUNICÍPIO DE BARCELOS

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, no uso das suas competências legais, procedeu, ontem, através de despacho, à redistribuição dos Pelouros da Câmara Municipal, chamando a si os Pelouros de Gestão Económica e Financeira, Recursos Humanos e Desenvolvimento Económico.

Também por despacho de hoje, o Sr. Presidente da Câmara Municipal designou a Senhora Vereadora Maria Armandina Félix Vila Chã Saleiro, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos.

SÉNIORES DE MONÇÃO PASSEIAM A MADRID

Nos dias 29 e 30 de abril e 1 de maio, cerca de 350 idosos do concelho de Monção deslocaram-se a Madrid, visitando os pontos mais turísticos da capital espanhola. Um fim-de-semana de convívio e animação. Para o ano há mais. Num destino diferente.

297 (Large) (1)

O habitual passeio sénior promovido pelo Município de Monção, destinado a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, realizou-se nos dias 29 e 30 de abril e 1 de maio com uma deslocação à capital espanhola, Madrid. Participaram cerca de 350 idosos do concelho de Monção.

O valor pago, 105,00 € por pessoa, englobou viagem em autocarro, jantar e dormida nos dias 29 e 30 de abril, pequenos-almoços e almoços nos dias 30 de abril e 1 de maio. Além dos guias, um por cada autocarro, os idosos contaram com apoio de duas enfermeiras.

241 (Large)

Entre outros espaços, os seniores monçanenses visitaram o Palácio Real, Parque do Retiro, Parque Europa em Torrejon de Ardoz, Real Mosteiro do Escorial e Basílica de Vale dos Caídos. À chegada a Monção, algum cansaço, muita satisfação e vontade de repetir a viagem, a outro local, no próximo ano.

Além de proporcionar momentos de convívio e animação, o passeio sénior constitui uma iniciativa solidária e altruísta, cuja finalidade consiste em estimular a vida ativa e fortalecer a auto estima desta camada populacional. Procura ainda combater a situação de solidão e isolamento que acompanha o quotidiano de muitos idosos.

212 (Large)

VIZELA REALIZA FEIRA RURAL

IV Feira Rural 2016

O Município de Vizela, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Infias e o Agrupamento de Escolas de Vizela, vai realizar, no próximo dia 13 de maio, a IV Feira Rural de produtos locais, com lugar na Praça da República, no período da manhã, entre as 10.00h e as 12.00h.

Esta Feira tem como objetivos principais, a promoção dos produtos da terra, a promoção de uma alimentação saudável e diversificada, bem como o convívio entre as escolas, a comunidade educativa e a população geral do Concelho.

Os alunos das várias escolas participantes irão dispor de bancas de venda ao público, recheadas de saberes e sabores da terra, frescos e variados.

Venha partilhar connosco este momento! Haverá surpresas!

MUNICÍPIO DE BRAGA REVÊ CONTRATO-PROGRAMA COM OS TUB

Executivo Municipal reúne na próxima Segunda-feira

Será analisada na próxima Segunda-feira, dia 9 de Maio, em sede de Reunião do Executivo Municipal, uma adenda ao contrato-programa para 2016 celebrado entre o Município e os Transportes Urbanos de Braga (TUB).

TUB

A adenda visa retirar do contrato-programa uma cláusula relativa aos gastos financeiros que prevê uma transferência para os TUB no montante de aproximadamente 135 mil euros. O valor seria aplicado na cobertura de gastos decorrentes de transferências financeiras destinadas a equilibrar os resultados de exploração da empresa.

Remetido o contrato-programa ao Tribunal de Contas para obtenção do necessário visto prévio, após aprovação em sede de Assembleia Municipal realizada em Dezembro do ano transacto, decidiu o Tribunal devolver o mesmo, solicitando à Autarquia a elaboração da referida adenda e a consequente redução do valor total do montante do contrato em cerca de 135 mil euros.

Segundo explicação remetida pelo Tribunal de Contas, o relacionamento financeiro entre os Municípios e as Empresas Municipais não abrange a possibilidade de compensação para gastos financeiros. Deste modo, o montante global do contrato-programa passa para 5 milhões e 78 mil euros, a serem pagos em doze prestações mensais de cerca de 423 mil euros.

MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO RESTAURA DOIS PÚLPITOS DA IGREJA DO MOSTEIRO DE A. MIGUEL DE REFOJOS

Município continua a defender o Património e a valorizar o Mosteiro Beneditino

Depois de realizados os trabalhos de conservação e restauro dos quatro altares da nave da Igreja, no âmbito da candidatura designada ‘Mosteiro de S. Miguel de Refojos: cuidando do passado e perspetivando o futuro’ que foi financiada por fundos comunitários, iniciaram-se esta semana os trabalhos de restauro dos dois púlpitos para que haja uniformidade na estética da nave central.

Púlpitos da Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Re

Esta intervenção surge na sequência de problemas estruturais visíveis em pequenos desaprumos, resultado da perda de resistência mecânica devido à ação da humidade e variações de temperatura. A madeira apresenta, ainda, fendas e fissuras dispersas devido à sua desidratação e às variações das condições ambientais que provocam movimentações na estrutura.

Os trabalhos, cujo orçamento ascende a cerca de 7.000 euros, estão a ser executados pelas Oficinas Santa Bárbara. Mais um investimento do Município, desta feita suportado integralmente pelo orçamento municipal, na defesa do Património e valorização deste Mosteiro que queremos ver inscrito na Lista Indicativa do Património Cultural da Humanidade da UNESCO.

De referir que a Câmara Municipal tem vindo a investir desde há largos anos na conservação e restauro do Mosteiro, designadamente, no órgão de tubos, coro alto, telhados, claustros, núcleo museológico de arte sacra na antiga sacristia, entre muitas outras intervenções, sendo seu objetivo continuar a trabalhar no sentido de preservar O Nosso Mosteiro Beneditino, ex-líbris do concelho Cabeceirense.

Púlpitos da Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Re

BRAGA INTERROMPE FORNECIMENTO DE ÁGUA EM CABREIROS

Interrupção no Abastecimento de Água em Cabreiros

O Município de Braga e a ´AGERE – Empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga, EM´ informam que, devido a trabalhos de manutenção de rede, na próxima Quarta-feira, 11 de Maio, haverá interrupção do fornecimento de água na freguesia de Cabreiros.

Assim, entre as 13h30 e as 17h00, o abastecimento de água estará condicionado nas seguintes ruas: S. Miguel, Vieiros, Nova Cachada, Monsenhor Alves Rocha, Santa Isabel, Nossa Senhora da Cabeça, S. Filipe, Encosta, Caixa Água, Quinta Vieiros, Veiga, Cachada, Pedreiro, Mata, Casa Nova.

BRAGA ACOLHE CONVENÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL

Evento decorre a 18 de Maio, no Palácio do Raio

A Cidade de Braga acolhe no próximo dia 18 de Maio, no Palácio do Raio, a II Convenção Nacional do Património Cultural organizada pela Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico, em parceria com o Município de Braga.

O evento ficará marcado pela assinatura da Convenção de Braga para a Salvaguarda do Património Cultural. Trata-se de uma recomendação de Braga aos Municípios com Centro Histórico no sentido de salvaguardar o património arquitectónico, estimulando a reabilitação e preservando os interiores.

Durante a convenção, a Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico irá atribuir a Medalha de Ouro à Autarquia Bracarense, reconhecendo desta forma o trabalho realizado pela Autarquia na preservação e divulgação do legado histórico da Cidade.

Miguel Bandeira, vereador do Património e Urbanismo, refere que a “reabilitação do património teve um incremento significativo nos últimos dois anos, apoiada na Revisão do Plano Director Municipal”. Segundo o vereador esta vertente “será também reforçada com a revisão do Regulamento Municipal de Salvaguarda, Revitalização e Regeneração Urbana do Centro Histórico e do Património Inventariado que consagra uma melhor conciliação entre a memória e o presente”.

Nesta II Convenção do Património Cultural será apresentado o Prémio ‘Memória e Identidade’. Criado por iniciativa do Município de Angra do Heroísmo (Açores), este prémio nacional que já distinguiu Álvaro Siza Vieira, José Augusto-França, João Campos e Adriano Vasco Rodrigues, entre outros, será atribuído ao pintor Júlio Pomar pelo “irrepreensível percurso na arte, na cultura e na cidadania, pugnando sempre pela valorização dos centros históricos”.

As inscrições na Convenção devem ser feitas em www.apmch.pt. Os trabalhos iniciam-se com uma visita guiada ao Palácio do Raio recentemente distinguido com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana.