Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCOS DE VALDEVEZ PROMOVE PRODUTOS LOCAIS NA FEIRA DE NANTERRE EM FRANÇA

Câmara Municipal marcou presença neste certame organizado pela ARCOP que tem como principais objetivos promover os produtos tradicionais e as empresas

nanterre2016_9

A Câmara Municipal voltou a marcar presença numa das maiores feiras de produtos regionais, realizada pela Associação Recreativa e Cultural dos Originários de Portugal em Nanterre, França, a “Feira de Produtos Regionais Portugueses e da Ruralidade”.

Esta é uma feira essencialmente destinada a levar à comunidade emigrante em Paris produtos e atividades económicas de Portugal, e que faz a ligação da exposição, degustação e comercialização de produtos, com a animação popular e tradicional.

nanterre2016_4

A Câmara Municipal levou até França os vinhos, a broa e o fumeiro, representado por 5 talhos locais, nomeadamente O Talho Brito, Talho das Choças, a Salsicharia S. Vicente, o Talho da Lapa e o fumeiro Tradições Vale do Vez.

Durante os dias 18, 19 e 20 de Março a feira contou com a afluência de milhares de portugueses, emigrados em França, ávidos pelos produtos originários dos seus concelhos natais.

nanterre2016

Integrado na programação deste certame decorreu um encontro de arcuenses, que contou com cerca de 200 pessoas, onde o vereador da Câmara Municipal, Olegário Gonçalves, solicitou à comunidade o seu envolvimento na promoção do concelho e dos seus produtos.

De referir ainda a participação do Vereador no encontro organizado pela Associação Franco Portuguesa Cultural e Desportiva de Rosny-sous-Bois, Aldeias do Vez que contou no sábado, com uma noite de rusgas, e no domingo com um festival de folclore.

aldeias_vez

FAFE ALINDA-SE COM LAGOS NO PARQUE DA CIDADE

Câmara Municipal de Fafe investe 150 mil euros no Parque da Cidade. Lagos vão embelezar o espaço

Foi adjudicada a construção de lagos no Parque da Cidade, em concurso realizado por ajuste direto, no valor de cerca de 150 mil euros.

pfv4

Esta é uma empreitada que procura dar continuidade ao processo de modernização e requalificação do Parque da Cidade, adornando, assim, este espaço com lagos e introduzindo o elemento “água”.

Estes lagos irão transformar a paisagem atual do Parque da Cidade de Fafe numa paisagem mais natural, já que, para além do elemento água, todos os seus elementos de construção irão ser executados em pedra emparelhada e cunhada, característica da nossa região.

Para além de refrescar este espaço, a criação destes lagos irá possibilitar a utilização lúdica das suas margens e potenciar a atratividade de diversas espécies de aves. É intenção do município, ainda, o povoamento destes lagos com peixes e patos.

pfv2

Depois de se ter avançado com a terraplanagem, a modelação do terreno, a criação de drenos para desvio das águas de nascente, a criação de percursos pedonais e plantação de árvores, o Parque da Cidade tornou-se, nos últimos tempos, um espaço aprazível, com melhores condições para todos os que o procuram.

Recorde-se que a intervenção no Parque da Cidade teve início com o começo deste mandato.

O Parque da Cidade conta agora com um Parque Infantil, de 425 m2, preparado para crianças com mobilidade reduzida, um Parque Bio Saudável com equipamentos de ginásio ao ar livre, mais iluminação e percursos pedonais.

Foram também introduzidas alterações ao trânsito. A via automóvel que liga o parque de estacionamento de Sá ao Pavilhão Multiusos deixou de ser transitável, sendo reconvertida num percurso pedonal e ciclável, com 3 de metros de largura.

Assim, para além de possibilitar a ligação das duas áreas de lazer, ampliaram-se os circuitos pedonais combinados com os já existentes e melhorou-se os níveis de segurança para os utilizadores.

Para Vítor Moreira, Vereador das Obras Municipais, esta é mais uma obra importante e que dignifica um espaço nobre da cidade.

“Este é mais um importante passo na requalificação do nosso Parque da Cidade, transformando-o num espaço de todos e para todos.

Aos poucos, temos vindo a dar vida a um espaço que está a merecer todo o nosso empenho e dedicação, com passos que julgamos acertados, introduzindo agora mais um elemento tão característico do nosso concelho, o elemento "água".

São muitos os fafenses que por lá têm passado e demostrado o seu agrado com os avanços que o Parque está a ter. Esperamos que assim continue.”

PF Implantação

VIMARANENSES COMEMORAM DIA MUNDIAL DO TEATRO

SESSÃO NO MULTIUSOS

Idosos de Guimarães comemoram Dia Mundial do Teatro em 2016 com peça humorística

Três dezenas de instituições marcaram presença no Multiusos de Guimarães. 875 idosos assistiram a comédia encenada pelo vimaranense Luís Almeida.

Guimaraes_Dia_Mundial_Teatro

Mais de oito centenas de idosos, pertencentes a 31 instituições de solidariedade social do concelho, assistiram no Multiusos de Guimarães à exibição da peça “O Enxota Diabos”, uma comédia em 3 atos, com encenação de Luís Almeida, realizada no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Teatro, promovidas pela Câmara Municipal de Guimarães.

A iniciativa, que contou com a participação dos grupos “Loucos do Ritmo” e “TorCanta”, resultou de um «trabalho em rede das instituições», como referiu Paula Oliveira, Vereadora do Município de Guimarães, com competências delegadas na área da Ação Social. «O teatro é uma arte que permite expressar as nossas emoções e as nossas vivências. No próximo ano, podemos preparar uma peça coletiva e apresentar neste palco o resultado de várias atuações», propôs.

A comemoração do Dia Mundial do Teatro, celebrado no âmbito das atividades da Terceira Idade, contou com a colaboração da Fraterna, Rede Social, Tempo Livre e das instituições de apoio a idosos. Promover a arte do teatro como forma de expressão, proporcionando momentos de entretenimento e alegria, foi um dos objetivos desta iniciativa que reuniu mais de três dezenas de entidades de âmbito social:

Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais; Casa de Caldelas; Camélia Hotel Sénior & Holmes; Casa do Povo de Briteiros; Casa do Povo de Creixomil; Casa do Povo de Fermentões; Castreja Cooperativa de Apoio Social e Cultural; Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social de Tabuadelo, CRL; Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro; Centro Social da Irmandade de S. Torcato; Centro Social da Paróquia de Santa Eulália de Nespereira; Centro Social de Brito; Centro Social de Guardizela; Centro Social e Paroquial de Mascotelos – Santiago; Centro Social e Paroquial de Polvoreira; Centro Social e Paroquial de Ronfe; Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Conceição; Centro Social Nossa Senhora do Carmo; Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa; Centro Social Paroquial de Gondar; Centro Social Paroquial S. Cristóvão de Selho; Centro Social Recreativo e Cultural de Campelos; Centro Sócio-Cultural Desportivo de Sande S. Clemente; Encontro de Saberes; Fraterna; Fundação Casa do Paço; Lar de Santo António; Real Irmandade de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos; Santa Casa da Misericórdia de Guimarães; Venerável Ordem Terceira de S. Domingos; Venerável Ordem Terceira de S. Francisco.

PONTE DE LIMA REALIZA FESTA DO LIVRO E DA LEITURA

Festa do Livro e da Leitura celebrada durante o mês de abril

Durante todo o mês de abril o Município de Ponte de Lima, através da Biblioteca Municipal, vai dinamizar um conjunto de ações comemorativas do Dia Internacional do Livro Infantil e do Dia Mundial do Livro, que se assinalam no dia 2 e no dia 23, respetivamente.

Subordinado à temática Em abril festa do Livro e da Leitura, promove-se um programa repleto de atividades significativas de incentivo ao livro e à leitura, realizadas na Biblioteca Municipal e nos estabelecimentos de ensino do concelho.

Destaca-se do programa a sessão de histórias “As coisas que o saco diz”, com Mariana Machado, o Concurso Concelhio de Leitura, a Palestra “Os desafios da tradução no universo literário” pelo tradutor Vasco Teles de Menezes, a apresentação de livros, a Bebéteca, a Biblioteca Itinerante no Largo de Camões e muitas outras atividades como Horas do Conto, Teatro de Fantoches, Histórias (en)cantadas e outras ações de promoção do livro e da leitura.

CABECEIRAS DE BASTO RESTAURA CONVENTO DE S. MIGUEL DE REFOJOS

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto aprova Voto de Pesar pelo falecimento do cidadão Domingos Dias Pereira

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, sob a presidência de Francisco Alves, aprovou por unanimidade, ontem, dia 29 de março, um Voto de Pesar pela morte do cidadão Domingos Dias Pereira, pai do anterior presidente da Câmara, Dr. Serafim China Pereira.

O Sr. Domingos Dias Pereira faleceu no passado dia 22 de março, aos 89 anos.

Nascido em 16 de agosto de 1926, na freguesia de Ruivães, concelho de Vieira do Minho, o Sr. Domingos Dias Pereira foi funcionário público desempenhando, ao longo de aproximadamente cinquenta anos, as funções de guarda-florestal. Trabalhou no Gerês, concelho de Terras de Bouro, em Vieira do Minho e, desde o começo da década de sessenta, em Cabeceiras de Basto. Reformou-se não por vontade própria mas por imposição legal em 1996, ano em que completou setenta anos de idade.

O Sr. Domingos Dias Pereira foi fundador do Partido Socialista em Cabeceiras de Basto e seu militante. Desempenhou o cargo de Vereador, para o qual foi eleito nas listas do PS, no mandato de 1976-1979, tendo mesmo substituído o Presidente da Câmara de então, Gaspar Miranda Teixeira, entre 21 e 29 de dezembro de 1979.

“Apesar de natural do concelho de Vieira do Minho, o Sr. Domingos Dias Pereira adotou esta terra de Basto como sua, aqui criou os seus filhos e exerceu a sua profissão de forma empenhada e dedicada, reconhecida pelos Cabeceirenses em geral”, lê-se no Voto de Pesar. A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, ontem reunida, “lamenta profundamente a sua perda”, conclui o documento.

Estatuto do Direito de Oposição – Relatório 2015

O Executivo Municipal aprovou, também por unanimidade, o Relatório 2015 elaborado ao abrigo do Estatuto do Direito de Oposição, onde são relatadas as atividades que deram origem e contribuíram para o cumprimento dos direitos dos titulares autárquicos do Direito de Oposição.

No que se refere às instalações, são disponibilizados no edifício dos Paços do Concelho um gabinete com dois postos de trabalho e uma sala de reuniões para o trabalho político das forças da oposição.

Durante o ano de 2015, os titulares do direito de oposição foram sendo regularmente informados pelo órgão executivo e pelo presidente da Câmara sobre o andamento dos principais assuntos de interesse público municipal. Os representantes da oposição foram ouvidos nas questões mais relevantes da atividade municipal. Em matéria de direito de consulta prévia, foram ouvidos sobre a proposta de Plano e Orçamento para 2016, tendo o presidente da Câmara ouvido os senhores presidentes de Junta em matéria de delegação de competências. No que toca ao direito de participação, foi assegurado à oposição o direito de se pronunciar e intervir, tendo sido incluídas na ordem de trabalhos das reuniões do Executivo Municipal todas as propostas dos senhores vereadores da oposição.

“Foram asseguradas pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto as condições adequadas ao cumprimento do Estatuto do Direito de Oposição durante o ano de 2015.

O rigor e a transparência estiveram sempre presentes na atuação do Executivo Municipal, fornecendo sempre aos titulares do direito de oposição toda a informação que se considerou relevante e que permitisse a todos uma avaliação correta da atividade municipal”, lê-se no Relatório 2015.

Mosteiro de S. Miguel de Refojos – Obras de Conservação e Restauro

A Câmara Municipal, que investe há largos anos na conservação e restauro do Mosteiro, continua a trabalhar no sentido de defender o Património e valorizar este Mosteiro que queremos ver inscrito na Lista Indicativa do Património Cultural da Humanidade da UNESCO. Nesta última reunião camarária foram adjudicadas, por unanimidade, as prestações de serviços para a ‘Elaboração do projeto geral de reabilitação das coberturas da Igreja e da ala nascente do Mosteiro de São Miguel de Refojos, reabilitação de vãos e pintura das fachadas’; para a ‘Identificação, mapeamento e quantificação das patologias da fachada principal da Igreja e das torres sineiras e elaboração do projeto de conservação e restauro do Mosteiro’; para o ‘Estudo numérico e apoio técnico nos trabalhos de restauro das coberturas do Mosteiro’ e para os ‘Trabalhos de conservação e restauro dos dois Púlpitos da Nave da Igreja do Mosteiro’.

Outros Assuntos

No decorrer desta última reunião camarária, foi aprovada por maioria a designação dos representantes do Município no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto.

Para além de vários apoios às associações, designadamente ao nível da cedência de transporte gratuito, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, apoiar a Paróquia de Santa Senhorinha de Basto na reparação do espaço de estacionamento localizado nas imediações da Igreja de Santa Senhorinha, na freguesia de Basto, que foi danificado pelo mau tempo.

O Executivo Cabeceirense aprovou, ainda, diversos ajustes diretos para a contratação de prestação de serviços, designadamente análises de água; manutenção de sistemas eletromecânicos das fontes luminosas do município e de tratamento e bombagem de águas residuais; manutenção de sistemas de AVAC dos edifícios municipais; manutenção de sistemas de segurança dos edifícios municipais; lavagem e desinfeção de contentores; conceção, produção e difusão de spots publicitários na Rádio Local; e aluguer de máquinas.

PÓVOA DE LANHOSO OFERECE AO JARDIM BOTÂNICO DA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO ÁRVORE "FILHA" DO CARVALHO DE CALVOS

Árvore “filha” do Carvalho de Calvos no Jardim Botânico da UTAD

Oferecida pelo Município da Póvoa de Lanhoso à Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), um jovem carvalho alvarinho, uma árvore “filha” do centenário Carvalho de Calvos, foi recentemente plantada no Jardim Botânico da UTAD, em Vila Real.

Placa Carvalho de Calvos na UTAD 1

A cerimónia realizou-se no passado dia 18 de março. Esta plantação foi efetuada pelo Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, pelo Reitor, António Fontainhas Fernandes, e pelo Presidente da CCDR-N, Emídio Gomes.

O Município da Póvoa de Lanhoso esteve representado pela técnica do Centro de Interpretação Carvalho de Calvos, local onde nasceu o carvalho oferecido e onde foi envasado para oferta em abril de 2015.

Esta cerimónia enquadrou-se no âmbito do programa de comemoração dos 30 anos da UTAD, envolvendo, de entre outros momentos, a assinatura de protocolos entre aquela Universidade e Autarquias.

Junto à árvore foi colocada uma placa descritiva, que será uma importante forma de divulgação do Carvalho de Calvos da Póvoa de Lanhoso e do seu legado de preservação de espécies autóctones.

De lembrar que o conhecido carvalho de Calvos (Quercus robur) foi classificado, em 1997, como Árvore de Interesse Público. Estima-se que, pela sua idade (cerca de 500 anos), seja o Carvalho mais antigo da Península Ibérica e o segundo mais antigo da Europa. Trata-se, provavelmente, do maior carvalho existente no nosso país, apresentando um perímetro do tronco na sua base de 12 metros, uma copa com o diâmetro de cerca de 40 metros e uma altura aproximada de 30 metros. Esta plantação irá contribuir para o seu conhecimento, preservação e multiplicação. 

Carvalho de Calvos na UTAD 1

AMARES APOSTA NO EMPREENDEDORISMO

Município de Amares promove desenvolvimento económico através do Gabinete de Empreendedorismo

Tendo como um dos principais objetivos a promoção e o desenvolvimento económico do concelho e do seu tecido empresarial através de ações concretas em prol do empreendedorismo, da competitividade, do apoio ao investidor e da empregabilidade, bem como da criação de próprio emprego para os mais jovens, o Município de Amares tem ao dispor de todos os amarenses o Gabinete de Empreendedorismo.

LOGO

Através deste serviço a Câmara Municipal de Amares procura potenciar o sucesso de boas ideias, apoiar a criação de novas empresas; auxiliar os jovens na criação do próprio negócio; ajudar na reestruturação de empresas já existentes bem como apoiar todos os empresários do concelho.

As medidas de apoio que estão a ser operacionalizadas pelo gabinete podem ser aproveitadas, quer por agricultores, empresários da indústria, comércio e serviços, sejam pequenos ou grandes, jovens para criação do seu próprio negócio, quer por associações, cooperativas, IPSS´S ou outras entidades sem fins lucrativos.

Trata-se de uma oportunidade de obter apoio técnico e financeiro para que os interessados possam transformar a sua ideia de negócio numa empresa rentável.

Para mais informações, os interessados podem dirigir-se ao Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares, ou contactar os seus serviços através do email: empreendedorismo@cm-amares.pt.

Podem também acompanhar as medidas, apoios disponíveis e ofertas de emprego através do facebook:https://www.facebook.com/gipcmamares

BRAGA EDITA REVISTA “QUESTÕES ACTUAIS DE DIREITO LOCAL”

Nova edição da Revista ‘Questões Actuais de Direito Local’ apresentado no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Publicação responde às ´necessidades de aprendizagem´ das Autarquias locais

Decorreu hoje, dia 30 de Março, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o lançamento do n.º 9 da Revista ‘Questões Actuais de Direito Local’ (Janeiro/Março 2016), publicada trimestralmente pela AEDRL - Associação de Estudos de Direito Regional e Local.

CMB30032016SERGIOFREITAS0000001494

A AEDRL é uma instituição privada sem fins lucrativos de âmbito nacional, com sede em Braga, que visa o estudo do Direito das Autarquias Locais, actuando em estreita ligação com a Escola de Direito da Universidade do Minho.

A par de informação de jurisprudência, esta edição faz a análise dos sucessos e insucessos financeiros da gestão dos municípios nos últimos 40 anos, a singularidade europeia da divisão municipal em Portugal, a parafiscalidade e as garantias dos contribuintes, entre outras matérias.

CMB30032016SERGIOFREITAS0000001492

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, são vários os desafios que actualmente se colocam ao poder local, assim como as condicionantes ao seu funcionamento. “Todos os dias se colocam novas questões com as quais os Autarcas não conseguem lidar se não efectuarem um esforço continuado de preparação, formação e acesso à informação dos diplomas para contender diariamente com os obstáculos que se colocam no exercício da actividade”, realçou, sublinhando ainda a importância da referenciação e observação de boas práticas e da replicação das mesmas ao longo do território nacional.

CMB30032016SERGIOFREITAS0000001489

Nesse sentido, referiu o edil, o trabalho da AEDRL é extremamente meritório, porque responde a essa necessidade de aprendizagem dos Autarcas. “Ter uma publicação com dez números a versar assuntos tão abrangentes, e indo ao encontro de necessidades específicas em conteúdos sensíveis como o direito do urbanismo, a saúde financeira, a transparência ou a articulação entre os diversos órgãos, é um desafio difícil de concretizar. Para um Concelho como Braga, que quer ter uma Autarquia que seja um exemplo nacional, possuir uma associação que estuda estas matérias e que se afirma como um centro de conhecimento é um motivo de orgulho que merece a nossa total colaboração”, afirmou. 

António Cândido de Oliveira, director da publicação e professor jubilado da Escola de Direito da Universidade do Minho, realçou que o objectivo para o futuro passa pelo ´projecto ambicioso´ de ter um Centro de Estudos que funcione como pólo de estudos que seja marcante no pais e na península, abarcando outras áreas de conhecimento para além do direito, como a história, a gestão, a economia e outros domínios fundamentais para as autarquias locais. “É um projecto que pretende preencher uma lacuna, já que não existe nada semelhante a nível nacional. Vamos pensar com calma e desenvolver esta ideia, que seria extremamente útil para termos uma visão ampla e fazermos a ligação entre o conhecimento académico e as autarquias”, concluiu.

CMB30032016SERGIOFREITAS0000001486

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 24 DE MARÇO DE 2016

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA

O Sr. Presidente informou que na passada terça-feira participou na reunião da CIM com o Sr. Ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, onde foram abordadas matérias relativas às Autarquias, os fundos europeus, os apoios à natalidade e fixação da população, a regeneração urbana, entre outros assuntos.

De igual modo deu conta da reunião com o Sr. Secretário de Estado Adjunto da Administração Educativa, na qual foram abordados os protocolos a celebrar no âmbito das intervenções nas Escolas.

Também informou que se está a estabelecer uma parceria com a Universidade de Trás os Montes e Alto Douro no âmbito da promoção do empreendedorismo em meio rural e da florestação, tendo sido celebrado um protocolo para o efeito.

Informou que na próxima segunda-feira a Câmara Municipal concederá tolerância de ponto aos funcionários por causa das festividades da Páscoa.

O Sr. Presidente também deu conta da intenção dos municípios da CIM Alto Minho de agendarem uma reunião com o Sr. Ministro do Ambiente por causa da Regeneração Urbana.

Museu da Água AO LIVRE DO RIO VEZ - Aprovação de Projeto de Arquitetura e Execução: A Câmara Municipal aprovou o projeto de arquitetura e execução do “Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez - Recuperação de Infraestruturas para a Conservação e Divulgação do Património Ambiental e Arquitetónico Ripícola”.

Projeto de Requalificação Urbana da Marginal - Eco Parque - 1.ª Fase: foi deliberado aprovar o projeto de execução e peças processuais do concurso do Projeto de Requalificação Urbana da Marginal - Eco Parque 1.ª Fase.

RELATÓRIO DE PONDERAÇÃO DA FASE DE DISCUSSÃO PUBLICA: a Câmara tomou conhecimento de que o período de discussão pública à proposta de 1ª alteração ao plano de pormenor de salvaguarda e renovação urbana de São Paio decorreu entre 1 e 20 de fevereiro, passado, durante o qual, foi registada uma participação.

PARQUE BIOLOGICO DA PORTA DO MEZIO: foi deliberado aprovar o projeto, o qual inclui uma parte interpretativa da Funa e outra da Flora, prevendo a submissão de uma candidatura aos fundos comunitários.

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

3.ª Alteração ao 1.º Loteamento do Parque Empresarial das Mogueiras: foi deliberado aprovar a proposta da 3ª alteração ao 1º loteamento do Parque Empresarial das Mogueiras, de acordo com o disposto no art.º 7.º do Decreto-Lei n.º555/99 de 16 de Dezembro, na sua atual redação.

Alteração do Loteamento do Parque Empresarial de Paçô: - foi deliberado autorizar o anúncio e abertura do procedimento de consulta pública para promover a Alteração ao Loteamento do Parque Empresarial de Paçô.

ÁGUA E SANEAMENTO

AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – UNIÃO DE FREGUESIAS DE ÁLVORA E LOUREDA (Fontes) – FREGUESIA DE ABOIM DAS CHOÇAS (LAVANDEIRA/ABOIM): foi deliberado aprovar o auto de consignação respeitante à obra em epígrafe, no valor de € 48.000,00, adjudicada à firma Capta Formas, Lda.

AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO - ARCOS DE VALDEVEZ (S. PAIO) – TRAMO 4 E 5: foi deliberado aprovar o auto de consignação respeitante à obra em epígrafe, no valor de € 277.306,05, adjudicada à firma Sebastião da Rocha Barbosa, Lda.

PO 149/2016 – SUBSTITUIÇÃO DE ETAR NA ESCOLA BÁSICA DE TÁVORA (MONTE AVAL): foi deliberado aprovar o relatório final do procedimento em epígrafe, para efeitos de homologação da adjudicação à empresa Martins & Filhos, S.A., pelo valor de € 66.757,50.

AQUISIÇÃO DE CONTADORES – 2016: foi deliberado autorizar a abertura de procedimento para aquisição de 774 "contadores de água volumétrica", com convite a três empresas e o valor base de 12.500 €, mais IVA.

Estes 774 contadores incluem 274 contadores do plano de substituição destes aparelhos com mais de 12 anos, cujo objetivo é a redução do volume de água não faturada.

LICENCIAMENTOS:

PROCESSO Nº 1/2015 – UNIDADE INDUSTRIAL: foram aprovados os elementos aditados ao projeto para a construção de uma unidade industrial a levar a efeito na Zona Industrial das Mogueiras, para armazenamento de materiais da firma Guimarães Pinto

EDUÇAÇÃO

PROJETO DE ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO PARA O ENSINO SUPERIOR: foi deliberado aprovar o projeto de alterações ao Regulamento para atribuição de bolsas de estudo para o ensino superior.

Plano de Atividades com as Escolas 2015/2016 - "À descoberta da Reserva da Biosfera/ Visitas à Porta do Mezio": foi deliberado autorizar a requisição dos serviços relativos ao conjunto de atividades a levar a efeito na área da educação ambiental, nomeadamente, a AT1 – “À Descoberta da reserva da biosfera” - Visitas à Porta do Mezio, cujo custo total orça em 2850€.

Esta iniciativa irá decorrer durante o próximo mês de Abril e tem como principal objetivo sensibilizar os alunos para a preservação do meio ambiente, tornando-os participantes mais ativos na proteção dos valores naturais, nomeadamente, os valores naturais do Parque Peneda Gerês;

Pretende abranger cerca de 500 alunos, do Agrupamento de Escolas de Valdevez, a frequentar o 4º, 7º e 9º ano de escolaridade.

Aquisição de Serviços Recrutamento e Seleção de Recursos Humanos para a Divisão de Desenvolvimento Sociocultural/ Psicólogo em Contexto Escolar - Ano 2016: foi deliberado autorizar a abertura de um procedimento administrativo de Ajuste Direto, nos termos do art. 20, nº 1, al. a), do Código de Contratação Pública, aprovado pelo Decreto-Lei nº 18/2008, de 29 de janeiro.

CENFIPE – Centro de Formação e Inovação das Escolas associadas do Alto Lima e Paredes de Coura – a Câmara Municipal tomou conhecimento da iniciativa que o CENFIPE vai levar a efeito, no próximo dia 16 de Abril de 2016, um evento de grande impacto, centrado na Gestão e Administração das Entidades Públicas. O CENFIPE propõe uma formação vocacionada para Gestores, Profissionais de Recursos Humanos, Diretores de Escolas, Membros de Direção, Gestão intermédia das Escolas, Docentes mas também Jornalistas, Advogados, Gestores de Entidades Privadas e Públicas, bem como, todas as pessoas ligadas a diferentes áreas da comunicação humana. Possuem vários parceiros associados (nomeadamente o Conselho das Escolas) e convidaram o Sr. Ministro da Educação para estar presente na Sessão de abertura. De igual modo deliberou aprovar um apoio ao nível do custear das despesas com a realização do seminário.

APOIOS

GEPA - Grupo de Estudos do Património Arcuense - foi deliberado apoiar financeiramente a edição do Boletim Cultural n.º 20/21 de 2015, cujo orçamento ascende a 4.650,00 euros, acrescido de IVA à taxa de 6%.

No âmbito do protocolo de colaboração financeira estabelecido entre o Município e a ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopedes de Portugal - Delegação de Viana do Castelo, foi deliberado comparticipar a atualização da renda das suas instalações no montante de 810,00 €.

OBRAS MUNICIPAIS

REABILITAÇÃO DE PAVIMENTOS NOS CAMINHOS MUNICIPAIS 1306 , 1311-6 E 1323 – 3 – REVISÃO DE PREÇOS: foi deliberado aprovar o cálculo definitivo da revisão de preços, respeitante à obra em epígrafe, no valor nulo, em virtude de o coeficiente de atualização ser inferior ao mínimo legal.

REABILITAÇÃO DA ESTRADA DO GIÃO – 1ª FASE: foi deliberado aprovar a revisão definitiva de preços respeitantes ao auto de medição nº 1 da obra em epígrafe, no valor de e € 702,06, ou seja, valor a ser pago ao empreiteiro.

PO 89-2014 - BLOCO XLVII - CAMINHO DA VEIGA (LIGAÇÃO DE EIRÓS A COUCEIRO) - PROZELO) - Modificações objetivas do contrato: por razões de interesse público, decorrentes da necessidade de uma nova ponderação das circunstâncias existentes no local foi deliberado proceder a modificações objetivas do contrato, inferiores a 15% do valor do contrato.

Reconstrução de muros nas margens do Vez: -foi deliberado proceder à homologação da CONTA FINAL DEFINITVA da empreitada referida em epígrafe.

Reabilitação, construção e beneficiação de vias municipais - infraestruturas, drenagens, obras acessórias e pavimentações em várias freguesias: foi deliberado aprovar o plano definitivo de trabalhos e programa de pagamentos referente à obra de “Reabilitação, construção e beneficiação de vias municipais - infraestruturas, drenagens, obras acessórias e pavimentações em várias freguesias”, adjudicada à firma Sebastião da Rocha Barbosa, Lda, de Ponte da Barca.

DIVISÃO DE AMBIENTE E SERVIÇOS DE GESTÃO – MEDIDAS DE SEGURANÇA RODOVIÁRIA – GUARDAS DE SEGURANÇA METÁLICAS: foi deliberado aprovar o auto de receção provisória, respeitante à obra em epígrafe, adjudicado à firma Sinalnorte – Sinalização e Marcação de Estradas, Ldª.

PO 150/2016 - AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO - FREGUESIAS DE PROZELO E AGUIÃ AO LONGO DA EN 101 - DILATAÇÃO DA SUSPENSAO DE PRAZO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS: foi deliberado aprovar a dilatação da suspensão de prazo para apresentação de propostas, respeitantes ao procedimento supra referido, por um período de 5 dias, tendo em atenção que por ter sido apresentada lista de erros e omissões, o términus do prazo iria coincidir com os feriados da Páscoa.

DOMCP - PO 142/2015 - ADAPTAÇÃO DE EDIFÍCIO A 1.º CICLO E PRÉ-PRIMÁRIA: foi deliberado aprovar o auto de vistoria para efeitos de receção provisória da empreitada em epígrafe, adjudicada à Carpintaria Pinto & Pintos, Ldª, de Arcos de Valdevez.

AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E DESINFEÇÃO EM VÁRIOS EDIFÍCIOS MUNICIPAIS (LOTE 1, LOTE 2 E LOTE3): foi deliberado aprovar o Relatório Final de Análise das Propostas do procedimento referido em epígrafe, para e adjudicar os serviços aos seguintes concorrentes:

- Lote 1 – Cond-Alert, Unipessoal, Lda, pelo valor mensal de 1.125,72 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA);

- Lote 2 – B. B. Facility Services, Unipessoal, Lda., pelo valor mensal de 1.609,92 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA);

- Lote 3 - Cond-Alert, Unipessoal, Lda, pelo valor mensal de 5.084,94 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

CERVEIRA RECEBE SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE DESPORTO INCLUSIVO

Após o sucesso das Olimpíadas Intergeracionais 2015, Vila Nova de Cerveira dinamiza, na próxima quarta-feira, 06 de abril, um Seminário Internacional de Desporto Inclusivo. Especialistas, técnicos e participantes vão partilhar experiências e apresentar programas de atividade física adaptados à população sénior.

Com um balanço muito positivo, o projeto Olimpíadas Intergeracionais - promovido em setembro de 2015 pelo Município de Vila Nova de Cerveira e cofinanciado pelo programa Erasmus+ -, ganha uma dimensão mais ampla através do debate e da apresentação de planos de ação desportiva para a inclusão social dos mais idosos nos países envolvidos (Portugal, Espanha e França).

Um dos objetivos deste intercâmbio intergeracional era fazer emergir um conjunto de programas apresentados pelos jovens participantes, de modo a impulsionar o empreendedorismo e a dinamização económico-social dos vários municípios geminados, bem como aproximar jovens e menos jovens.

Desta forma, e assinalando o Dia Mundial da Atividade Física, o Seminário Internacional de Desporto Inclusivo visa, não só a apresentação dos projetos desenvolvidos em cada município, como também a divulgação dos resultados do evento e a apresentação de outros programas de atividade física ajustados aos idosos. Num espírito de parceria que potencia o networking, a troca de experiências e boas práticas, este promete ser mais um momento de convívio e encontro dos participantes das comunidades.

Organizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, em parceria com os restantes municípios do distrito de Viana do Castelo e a Escola Superior de Desporto e de Lazer do IPVC, este seminário internacional conta com a presença de especialistas do politécnico vianense e da Universidade de Vigo, bem como de atletas, participantes e das instituições parceiras do projeto. O encontro está dividido em três painéis temáticos, nomeadamente ‘Qualidade de Vida na 3ª Idade’, ‘Todos pelo Desporto’ e ‘Intergeracional Olympics’.

A sessão de abertura está ao cargo do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, e do presidente do IPVC, Dr. Rui Teixeira, com início às 09h30, do dia 06 de abril, no INATEL de Vila Nova de Cerveira.

QUALIFICAÇÃO PARA O CAMPEONATO DA EUROPA EM ANDEBOL SUB-20 MASCULINO DISPUTA-SE EM FAFE

Qualificação para o Campeonato da Europa de Andebol Sub-20

Terá lugar em Fafe, de 08 a 10 de Abril, a qualificação para o Campeonato da Europa de Andebol Sub-20 (Masculinos).

Face_Cover_AF

Os jogos terão lugar no Pavilhão Multiusos, nos seguintes horários:

08 de Abril:

17h00 – Estónia vs. Portugal; 19h00 – Roménia vs. Eslovénia

09 de Abril:

16h00 – Eslovénia vs. Estónia; 18h00 – Portugal vs. Roménia

10 de Abril:

15h00 – Roménia vs. Estónia; 17h00 – Eslovénia vs. Portugal

Serão realizadas três Jornadas, correspondestes aos três dias de jogos, que prometem encher o Pavilhão Multiusos de adeptos e fãs de andebol.

BRACARENSES DEBATEM EMPREGABILIDADE JOVEM

Seminário sobre Empregabilidade Jovem: Desafios e Soluções à Escala Local realiza-se amanhã, Quinta-feira, dia 31 de Março, pelas 14h30, no edifício GNRation, Braga

O Município de Braga promove o Seminário ‘Empregabilidade Jovem: Desafios e Soluções à Escala Local’ que terá lugar amanhã, Quinta-feira, dia 31 de Março, pelas 14h30, no edifício GNRation, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga.

Organizado pela OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, em parceria com a Câmara Municipal de Braga e a Direcção Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e da Juventude, este seminário constitui-se como uma oportunidade de partilha de experiências e boas práticas de promoção local da empregabilidade jovem.

TERRAS DE BOURO PROMOVE CABRITO BIOLÓGICO

IIIª Feira do Cabrito Biológico da Serra do Gerês e XIV Encontro de Tocadores de Concertinas de 6 a 8 de maio em Terras de Bouro

No fim-de-semana de 6 a 8 de maio decorrerá, na vila de Terras de Bouro, a IIIª Feira do Cabrito Biológico da Serra do Gerês. Simultaneamente, no domingo, 8 de maio, terá lugar, também na sede do concelho, o XIV Encontro de Tocadores de Concertina, Rusgas e Cantares ao Desafio.

O evento é organizado pelo Município de Terras de Bouro e pela ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave e conta com a colaboração da Associação de Produtores Biológicos de Terras de Bouro, sendo cofinanciado pelo PRODER e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Rural.

CRIANÇAS DE CELORICO DE BASTO OCUPAM TEMPOS LIVRES NAS FÉRIAS DA PÁSCOA

CLDS3G em Celorico de Basto promove atividades incluídas na ação “Arte na Vida”. Crianças do concelho usufruem de atividades de ocupação de tempos livres durante as férias da Páscoa.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social 3º Geração está a promover, de 21 de março a 1 de abril, atividades inclusivas para as crianças passarem as férias de Páscoa. “Arte na vida” é o nome da ação e contempla atividades múltiplas, nesta em particular, conta com a presença de 94 crianças inscritas.

_DSC6084

No dia 24 de março, último dia de atividade antes da Páscoa, as crianças integradas na ação encontraram o “Tesouro da Páscoa”, uma atividade que os deixou maravilhados.

“Este programa é uma mais-valia para a promoção de atividades inclusivas no sentido de proporcionar as mesmas oportunidades. Neste contexto específico, ação visa as crianças que se encontram desprovidas de atividades de ocupação de tempos livres durante o período de férias da páscoa. Por falta de outras respostas foi desenvolvida esta atividade” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Nota-se a felicidade destas crianças que vivenciam experiências novas e sobretudo, são ainda mais felizes com as ações desenvolvidas”.

_DSC6035

A participação nesta atividade “arte na vida” que decorre durante 8 dias úteis só é possível mediante inscrição e dispõe de um conjunto de atividades variadas voltadas para diferentes temas onde se procura misturar vivências lúdicas com aprendizagem. “Tivemos especial atenção no desenvolvimento do plano de atividades. Procuramos coisas novas e diferentes que sejam em simultâneo divertidas e de aprendizagem” palavras do coordenador do CLDS3G, Manuel Maria Afonso.

Até ao momento já promoveram um workshop de nutrição, de plástica, atividades desportivas, visitaram a Rádio Região de Basto, foram ao palácio dos Duques e ao Castelo de Guimarães entre outros. Para a semana está prevista uma visita à Queijaria de Infesta, ao aeródromo de Manobra nº1 em Ovar, ajuda na realização dos T.P.C´s entre outros.

_DSC6024

ALVES DOS SANTOS APRESENTA EM BARCELOS LIVRO SOBRE A PRIMEIRA GRANDE GUERRA

Quinta-feira, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

A Câmara Municipal de Barcelos promove a apresentação do livro “A Guerra Não se Fez só com Balas!: uma outra faceta da participação portuguesa na Grande Guerra”, de José Manuel Alves dos Santos. A sessão decorre no próximo dia 31 de março, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho e é integrada no ciclo de comemorações do primeiro Centenário da I Grande Guerra.

Escrita por um sargento, a obra debruça-se sobre a condição humana em tempos de guerra, no caso a I Grande Guerra Mundial, e pretende não deixar cair no esquecimento a missão dos Serviços do Exército, grupo de militares dedicado a satisfazer as necessidades básicas dos companheiros: alimentação, armamento, vestuário, habitação e transportes. O título do livro evoca precisamente esta face menos conhecida dos exércitos, em que as armas não são prioridade.

José Manuel Alves dos Santos é Sargento-ajudante de Administração Militar, tendo iniciado a sua carreira militar em 1991, na então Escola Prática de Administração Militar. No início do seu percurso profissional exerceu funções relacionadas com a sua especialidade, tendo colaborado ativamente na pesquisa e inventariação do património documental e histórico do serviço de Administração Militar.

Em 1999 foi indigitado para o cargo de Assistente de Relações Públicas do Quartel General do Sul Atlântico (OTAN) em Oeiras. Nestas funções participou em várias campanhas de divulgação da Aliança Atlântica, nomeadamente em Marrocos, Polónia, Estónia, Hungria e Bulgária.

Em 2003 foi indigitado para o cargo de Supervisor Administrativo do Gabinete do Chefe da Divisão de Cooperação Militar do Supreme Headquarters Allied Powers Europe (SHAPE) localizado na Bélgica. Com a extinção deste cargo em 2005, viria a assumir as funções de Sargento de Aquisições e Contratação da Divisão Financeira do mesmo Quartel Militar.

Regressado a Portugal em 2006, foi colocado na Escola Prática dos Serviços, tendo assumido funções na Direção de Formação desta mesma Unidade. Em 2007 seria nomeado Chefe do Museu do Serviço de Administração Militar e, em acumulação, Auxiliar da Secção de Programação, Avaliação e Estudos Técnicos da Direcção de Formação. Nesta escola, viria ainda a desempenhar as funções de formador para áreas de Protecção Ambiental e Organização de Arquivos. Viria posteriormente a passar pela Companhia de Reabastecimento e Serviços, a que se seguiu, em 2010, uma comissão de serviço no Afeganistão como instrutor de logística na Escola de logística do Exército Afegão. Exerce, actualmente, as funções de Sargento de Operações, Informações e Segurança da Escola de Serviços, na Póvoa de Varzim.

Colaborador da imprensa, publicou os seguintes livros: “Manual da OTAN para jornalistas lusófonos” edição OTAN, “A Administração na Guerra Peninsular” pela editora Caleidoscópio, “100 Anos de Presença Militar na Póvoa de Varzim – O Nosso Quartel”, edição da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. 

ASSOCIAÇÃO TEATRO DE CONSTRUÇÃO ABRE GABINETE DE APOIO AO DESEMPREGADO

Nova resposta social para desempregados entra em funcionamento na zona nascente de Famalicão

Um parceiro para olhar os desempregados olhos nos olhos e ajudá-los a superar o problema,  combatendo o isolamento e evitando a exclusão. São estes em traços gerais os objetivos do Gabinete de Apoio aos Desempregados da Associação Teatro de Construção (ATC), de Joane, que entrou hoje, 29 de março, em funcionamento para ajudar os desempregados da vila joanense e freguesias vizinhas.  

Paulo Cunha e Custódio Oliveira no Gabinete de Ap

A abertura desta nova resposta social de combate ao desemprego contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de V.N. de Famalicão, Paulo Cunha, do Delegado Regional do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, António Leite, do Presidente da Junta de Freguesia, António Oliveira, e do Presidente da direção da ATC, Custódio Oliveira.

Todos os responsáveis foram unânimes acerca da importância da iniciativa da ATC, associação que vem desenvolvendo uma importante, abrangente e muitas vezes pioneira resposta social na zona nascente do concelho famalicense. “Torna o concelho mais capaz na resposta a um problema que é decisivo para a vida das pessoas”, afirmou Paulo Cunha, enquanto António Leite sublinhava a“importância do acompanhamento pessoalizado de cada desempregado, tratando-o como pessoa e não como simples número.” Já o autarca local, António Oliveira, lembrou as cerca de 3200 apresentações anuais obrigatórias por lei que são registadas na junta de Freguesia e que correspondem em muitos casos a desempregados de longa duração que precisam de apoio.

“É mais alguém para ajudar”, apresentou Custódio Oliveira, falando no desenvolvimento de uma  “metodologia personalizada e de proximidade, para ajudar as pessoas no desemprego ou busca do primeiro emprego, para que possam combater a inércia e o desânimo provocados pela desocupação e ausência de respostas e para apoio e orientação para a formação, qualificação e requalificação profissional.”

Para este projeto a ATC disponibiliza espaço, meios e recursos próprios. Para além da coordenadora do projeto, no gabinete colaborarão os três psicólogos colaboradores da ATC. O GAD funcionará numa das salas do Centro Cultural, junto à Universidade Sénior D. Dinis.

Paulo Cunha elogiou nova resposta social do ATC

MUNICÍPIO DE BARCELOS ISENTA TAXAS AGROPECUÁRIAS

Reunião decorreu hoje, 29 de março, nos Paços do Concelho

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião extraordinária, realizada no dia 29 de março, a alteração do Regulamento de Taxas pela realização de infraestruturas urbanísticas e obras de edificação do Município de Barcelos.

No que concerne às explorações agropecuárias, fruto das conjunturas nacional e internacional o setor leiteiro está a atravessar um momento difícil o que tem gerado o encerramento de explorações agropecuárias em número significativo. O concelho de Barcelos é líder nacional na produção de leite há muitos anos e por isso o setor leiteiro é estruturante para o tecido socioeconómico. O Município de Barcelos tem, por essa razão, “a obrigação de promover políticas que visem salvaguardar a manutenção do maior número possível de explorações leiteiras, pelo que uma das políticas passa por aliviar a carga fiscal de natureza municipal que incide sobre os exploradores, com especial incidência nas taxas devidas pelo licenciamento e/ou legalizações de infraestruturas agropecuárias” referiu o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

Outras deliberações

Na reunião do executivo foi ainda aprovado o pagamento do primeiro trimestre de 2016 do Contrato de Cooperação entre o Município e as Freguesias do Concelho de Barcelos, no valor de mais de um milhão de euros (1,226,728. 50€), que corresponde a 25% do valor final, no âmbito do Fundo de Financiamento das Freguesias, uma comparticipação financeira  equivalente a 200% do montante previsto anualmente no Orçamento de Estado para as Freguesias.

BRAGA CAMINHA PARA SANTIAGO DE COMPOSTELA A PENSAR NA CANDIDATURA A PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

Eixo Atlântico assegura apoio do Governo para candidatura do Caminho de Santiago a Património da Unesco

O presidente do Eixo Atlântico, Ricardo Rio, apresentou o projecto de recuperação do Caminho Português de Santiago e a sua candidatura a Património da Humanidade ao ministro da Cultura, João Soares.

CMB28122015SERGIOFREITAS0000002540

Na reunião, que decorreu esta terça-feira, 29 de Março, em Lisboa, Ricardo Rio sublinhou a importância do Caminho de Santiago enquanto um dos maiores recursos turísticos da região Norte e de todo o país. “Do lado português, nunca foram feitos esforços para valorizar e promover os Caminhos de Santiago”, lembrou o também Autarca Bracarense, notando que a classificação irá conferir maior atractividade ao percurso, à semelhança do que sucede com o Caminho Francês.

João Soares manifestou o apoio do Governo Português ao projecto, comprometendo-se a promover reuniões de trabalho mais alargadas com representantes dos fundos comunitários, com o Ministério da Economia, entidades do turismo e a Junta da Galiza a fim de se preparar todo o processo de candidatura.

Recorde-se que a candidatura do Caminho Português de Peregrinação a Santiago a Património da Humanidade tem por base um estudo de viabilidade realizado no final de 2015 e que assenta na vontade do Eixo Atlântico de induzir esse processo, em articulação com 38 municípios portugueses e galegos que integram aquela organização transfronteiriça, com outros municípios e com outras entidades interessadas na candidatura.

GUIMARÃES REABILITA ANTIGA EB1 DE BAIRRO

Obra para instalar Academia de Música de Pevidém começa esta quarta-feira, 30 de março

Município adapta antigo espaço de ensino para uma escola de música. Intervenção com um prazo de quatro meses fica concluída no final de julho.

Guimaraes_Pevidem_Escola

A Câmara Municipal de Guimarães procede esta quarta-feira, 30 de março, ao início da obra de adaptação da antiga escola EB1 de Bairro para a instalação da Academia de Música de Pevidém. A intervenção, orçada em cerca de 371 mil euros, valor ao qual acresce a taxa de IVA em vigor, tem um prazo de execução de 120 dias, estando concluída no decurso deste verão.

O projeto de reabilitação contempla a criação de duas salas de formação musical, salas individuais, sala de audições, sala de professores, uma sala de convívio, um espaço de acolhimento, uma secretaria e instalações sanitárias, totalizando mais de 450 metros quadrados de área num único piso. Para além dos espaços enumerados, destinados ao público, foi prevista uma antecâmara de acesso ao auditório e ainda uma sala de manutenção e uma arrecadação para material e instrumentos.

O edifício onde funcionava a EB1 de Bairro – Selho São Jorge, localizado no centro cívico da vila, encontrava-se devoluto desde o final do ano letivo 2009/2010, a partir do qual foi desativado e a população escolar deslocada para o novo Centro Escolar de Pevidém. Em outubro de 2013, por ocasião do 119º aniversário da Sociedade Musical de Pevidém, Domingos Bragança, logo após ter tomado posse como Presidente do Município de Guimarães, confirmou a cedência do antigo estabelecimento de ensino para a implementação de um projeto pedagógico musical com fins formativos.

Caracterização dos espaços

O edifício, de planta retangular e cobertura em telha lusa, é uma construção da primeira metade do século XX, onde se evidencia um estilo arquitetónico classicista, desenvolvendo-se num só piso, com três salas de aula, independentes entre si. O anexo, que servia como instalação de apoio para refeições, sanitários e arrumos, será demolido com o objetivo de aumentar a área da Academia de Música. O projeto contempla a sua substituição por um segundo corpo, que articulará o imóvel existente com as novas instalações, ficando aqui instalados os sanitários.

No interior do edifício, a opção de revestir as paredes com lambris em madeira permitirá, para além da componente estética, um melhor comportamento em termos de isolamento térmico e acústico nestes espaços para o qual contribui também a aplicação de paredes divisórias e tetos em gesso cartonado revestidos com placas de lã de rocha rígida como componente térmica e de absorção acústica. O edifício de raiz, as ampliações propostas e a criação de uma entrada em rampa para pessoas com mobilidade condicionada demarcam-se exteriormente como novas intervenções.