Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MARCELO REBELO DE SOUSA É UM ESPETÁCULO!

Pela primeira vez, Lisboa está em festa na tomada de posse do Presidente da República

Para o minhoto, alegre e jovial, tudo é motivo de festa. Mais do que tudo, ele aprecia a exuberância que se reflete na profusão de cores e paladares. Mesmo no que há de mais sagrado como a religião, são os andores engalanados e o fogo-de-artifício que mais atraem e deslumbram o minhoto. Não fora as raízes minhotas do Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, e jamais compreenderíamos o seu gosto pela festa e a linguagem dos símbolos com que sempre procura transmitir as suas ideias.

As comemorações têm início às 9 horas na Assembleia da República, altura em que começarão a chegar os convidados e demais figuras do Estado. Daí, o novo Presidente da República segue para o Mosteiro dos Jerónimos onde depositará flores junto aos túmulos do poeta de Luís Vaz de Camões e do navegador Vasco da Gama. Aguarda-o a cerimónia de boas-vindas no Palácio de Belém. E, na parte da tarde, assistirá na Mesquita Central de Lisboa a uma cerimónia inter-religiosa, a transmitir uma mensagem de harmonia e liberdade de confissão que caracteriza o nosso país.

Entre os convidados que estarão presentes conta-se o Rei de Espanha, o Presidente da República Popular de Moçambique, Filipe Nyusi, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

E, tal como na entronização do rei, também o povo é convidado a sair à rua para festejar: Paulo de Carvalho, José Cid, Anselmo Ralph, Diogo Piçarra e Mariza vão dar voz a um espetáculo aberto ao público, na Praça do Município, defronte dos Paços do Concelho. E, como não podia deixar de suceder, terminará com a entoação de A Portuguesa, o Hino Nacional de Portugal. Mas, pese embora as suas simpatias monárquicas, a festa é republicana – feita ao jeito de quem tem raízes minhotas!

SUB-16 DO CRAV APURADOS PARA A FASE FINAL TOP 12

Com um total de oito vitórias nesta fase do campeonato, a equipa sub-16 do CRAV garantiu o 1.º lugar do grupo Norte/Centro. Nos dois últimos desafios, esta jovem equipa recebeu e bateu a Agrária de Coimbra por 29-07, no passado dia 28 de fevereiro, e foi a Braga vencer a congénere local por 5-69.

SUB16

Os jovens arcuenses vão agora disputar o grupo C formado pelo CRAV, R.C. Lousã, R.C. Évora e o Cascais.

Pelo CRAV jogaram: André Esteves; André Soares; João Sousa; Raoul Gomes; Samuel Barros; Vitor Araújo; Sérgio Castro; Pedro Miguel Amorim; Gil Machado; Eduardo Fernandes; Henrique Calheiros; Diogo Ferreira; João Serôdio; Gonçalo Barbosa; Mickael Canossa; José Pedro; Alexandre Veloso; Rui Cerqueira; Nuno Rodrigues e Nuno Leitão.

CAMPEONATO NACIONAL DE SEVENS FEMININO ESTÁ EM MOVIMENTO

A equipa feminina do CRAV deslocou-se às Caldas da Rainha, no dia 6 de março, para disputar a 2ª jornada do campeonato nacional de sevens.

As arcuenses esperavam dificuldades acrescidas neste torneio, na medida em que na fase de grupos teriam de enfrentar o Tondela, o Porto e o Sporting. O CRAV apresentou-se com uma equipa muito jovem, mas que deu provas, uma vez mais, que tem um grande potencial de desenvolvimento. No desafio frente ao Tondela as arcuenses perderam por apenas 12-7 e cederam também frente ao Porto por 14-5. No último jogo da fase de grupos, o CRAV bateu-se com o Sporting, perdendo por 26-7.

Estes resultados apenas possibilitaram à jogadoras do CRAV lutar pelo 7º lugar com o Cascais, tendo as arcuenses sido claramente superiores ao vencer por 31-0.

Na final desta etapa o Benfica venceu o Porto por 17-7.

A próxima jornada terá lugar em Tondela no dia 2 de abril, a partir das 12 horas.

GUIMARÃES APOSTA NA TECNOLOGIA LED

Novos candeeiros completam requalificação paisagística na Avenida Humberto Delgado

Iluminação pública nos “Palheiros” muda para tecnologia LED. Novos modelos de candeeiros uniformizam estética das ruas. Remodelação fica concluída até sexta-feira, 11 de março.

Guimaraes_Av_Humberto_Delgado

O Município de Guimarães está a proceder à renovação da iluminação pública na Avenida General Humberto Delgado, por muitos conhecida pelo seu antigo nome de Rua dos “Palheiros”, substituindo as antigas colunas por um modelo clássico, com tecnologia LED, de modo a uniformizar o tipo de candeeiros existentes na área envolvente da Colina Sagrada, no anel rodoviário entre a Câmara Municipal, Universidade do Minho, Castelo de Guimarães e Largo Martins Sarmento (Jardim do Carmo).

A alteração completa a requalificação paisagística da Avenida General Humberto Delgado, cuja artéria terá, até ao final desta semana, 16 novos exemplares do tipo “Arquihistoric Hamlet”, modelo indicado para iluminar centros históricos, praças, áreas pedonais, centros urbanos e áreas residenciais. O seu design clássico permite uma concertada iluminação dos espaços envolventes, numa opção que valoriza e preserva o património. Através do recurso a tecnologias de iluminação energeticamente mais eficientes, este exemplar, acompanhado por colunas “Alba”, proporciona um equilíbrio entre design, segurança e conforto, a par de uma diminuição da pegada ecológica e de um baixo consumo energético.

A requalificação paisagística que a Autarquia está a efetuar em meio urbano é uma das medidas que estão a ser preparadas com o objetivo de contribuir para a melhoria de um conjunto de indicadores relacionados com a candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020, designadamente na criação e reformulação de espaços e corredores verdes, qualidade do ar e melhoria das condições de acessibilidade e mobilidade pedonal. A alteração da iluminação pública surge depois da substituição de 40 árvores pela espécie “Pyrus calleryana”, árvore adaptada ao meio urbano, de rara beleza, quer na primavera quando em flor, quer no outono quando as suas folhas ficam com a cor do fogo.

MINISTÉRIO DA CULTURA DEVERIA REPOR A GRATUITIDADE TODOS OS DOMINGOS DO MÊS NO ACESSO AOS MUSEUS NACIONAIS

O Estado deve incentivar o acesso dos cidadãos à cultura

Estabelece a Constituição da República Portuguesa, no seu Artigo 78º, alínea 2, que “Incumbe ao Estado, em colaboração com todos os agentes culturais: Incentivar e assegurar o acesso de todos os cidadãos aos meios e instrumentos de acção cultural, bem como corrigir as assimetrias existentes no país em tal domínio”.

Não obstante, ao invés do que desde sempre se verificou em Portugal e é prática usual na maioria dos países europeus, a partir de 1 de junho de 2014, deixaram os museus nacionais, de conceder acesso gratuito todos os domingos do mês para passarem a fazê-lo apenas no primeiro domingo de cada mês. Alegou, na altura, o Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, que eram as entrada pagas “necessárias para conservar” os museus… desconhecemos quantos beneficiaram desse financiamento mas, a avaliar pela forma como tem sido tratado o Museu de Arte Popular, ficamos com sérias dúvidas da utilidade de tal medida!

Quando é a própria Constituição da República Portuguesa que consagra o “direito à fruição e criação cultural” por parte dos cidadãos, não pode a cultura ser entendida numa mera perspetiva mercantilista. Por essa razão, espera-se que o atual governo, através do Ministério da Cultura, venha a repor o princípio da gratuitidade que antes vigorava, concedendo o acesso gratuito um dia por semana ou seja, todos os domingos do mês.

BARCELOS APRESENTA ARTISTAS DAS MELHORES ESCOLAS DE ARTE DO MUNDO

Teatro Gil Vicente e Salão Nobre oferecem, de 10 a 12 de março, o melhor da música erudita

Barcelos recebe um dos mais relevantes projetos artísticos e culturais da Europa. O Festival Harmos reúne, de 10 a 12 de março, no Teatro Gil Vicente e no Salão Nobre dos Paços do Concelho, artistas das melhores escolas de arte do mundo. Um projeto de sucesso na forma exemplar como promove a música e o excelente trabalho desenvolvido pelas Instituições de Ensino Superior Artístico a nível mundial.

O Festival Harmos sobe ao palco do Teatro Gil Vicente nos dias 10 e 12 de março, e no dia 11 as atuações têm lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com todos os concertos com início às 21h30 e de entrada gratuita. Pelo sexto ano consecutivo, Barcelos participa neste evento extraordinário que é muito mais que um espetáculo de nível mundial, é uma oportunidade única de proporcionar o primeiro grande contacto dos estudantes com o público e com o mercado de trabalho e, por outro lado, de trazer a música erudita às populações, não se fixando, para isso, apenas nos grandes centros urbanos. Estes são alguns dos objetivos que distinguem o Festival Harmos dos restantes concertos de música deste género.

A entrada é gratuita, limitada à lotação da sala e à reserva de bilhete no caso do Teatro Gil Vicente.

10 de março | quinta-feira | Teatro Gil Vicente | 21h30

Hochschule für Musik und Theatre Leipzig, Alemanha

“Fin de siècle” Quintet

Sabina Curti, violino

Ohad Cohen, violino

Nir Rom Nagy, viola

Nerea Sorozábal Moreno, violoncelo

Vita Gajevska, piano

11 de março | sexta-feira | Salão Nobre dos Paços do Concelho | 21h30

Lithuanian Academy of Music and Theatre, Lituânia

“Levicki - Lankutytė” duo

Konrad Levicki, violino

Lauryna Lankutyte, piano

12 de março | sábado | Teatro Gil Vicente | 21h30

Guildhall School of Music and Drama, Londres, Reino Unido

Trio Aramis

Ionel Manciu, violino

Leander Kippenberg, violoncelo

Krzysztof Moskalewicz, piano

“SEXO? SIM, MAS COM ORGASMO”

Peça de teatro, que aborda a questão da sexualidade sem preconceitos e com muito humor, é apresentada no dia 18 deste mês, sexta-feira, pelas 21h30, no Cine Teatro João Verde. Bilhetes à venda na Loja Interativa de Turismo (T. 251 649 013)

A peça de teatro “Sexo? Sim, mas com orgasmo”, protagonizada pela conhecida atriz Guida Maria, sobe ao palco do Cine Teatro João Verde no dia 18 deste mês, sexta-feira, pelas 21h30. Os bilhetes, no valor de 10,00 € cada, podem ser adquiridos ou reservados, até cinco dias antes do espetáculo, na Loja Interativa de Turismo (T. 251 649 013).

Quando estreou em Portugal em 2010, “Sexo? Sim, mas com orgasmo” teve um sucesso imediato junto do público e critica especializada. O tema desta peça de teatro é, por si só, motivo suficiente para aguçar o interesse de qualquer espetador curioso. Mas é bem mais do que isso.

“Sexo? Sim, mas com orgasmo” é um texto acutilante e inteligente que analisa, sem preconceito, a importância da sexualidade vivida com prazer e sem tabus. Composta por vários monólogos, a peça aborda temas que raramente são falados com total abertura. Como se diz, olhos nos olhos. Alguns deles são a virgindade, a menstruação e o aborto.

Escrito por Franca Rame, Dario Fo e Jacopo Fo, nomes incontornáveis da dramaturgia italiana, “Sexo? Sim, mas com orgasmo” conta com encenação de António Pires, música de Vitor Milhanas e interpretação, pautada pela elegância contida e ousadia invulgar, da atriz Guida Maria.

MUNICÍPIO DE VIZELA OFICIALIZA PROTOCOLO “BARRIGUINHAS DESPORTISTAS”

O Presidente da Câmara Municipal de Vizela assinou ontem, na Universidade do Minho, a adesão oficial ao projeto ‘Barriguinhas Desportivas’, uma iniciativa inovadora e pioneira de promover a prática de exercício físico durante a gravidez.

ass. prot. BD Vizela

A cerimónia de assinatura do protocolo contou com a presença do reitor da Universidade do Minho, António Cunha, do Representante ACES de Alto Ave, José Novais de Carvalho, e de um membro do Conselho de administração do Centro Hospitalar do Alto Ave.

O projeto Barriguinhas Desportistas, desenvolvido pelas autarquias de Vizela e de Guimarães, Hospital da Senhora da Oliveira, Universidade do Minho e ACES do Alto Ave, destina-se a todas as grávidas da região e proporciona aulas de atividade física gratuita e destina-se, especialmente para grávidas em qualquer idade gestacional.

O projeto é da responsabilidade do Serviço de Obstetrícia e Ginecologia do HSO, tendo sido pensado e elaborado especialmente para grávidas. Os objectivos são combater o sedentarismo e o aumento ponderal excessivo durante a gestação, assim como fomentar práticas e estilos de vida saudáveis nesta fase tão especial da vida da mulher.

Em Vizela, estão inscritas no projeto cerca de 20 grávidas, que usufruem de três aulas semanais, lecionadas por professores de Educação Física da Câmara Municipal, com formação específica nesta área.

Em Vizela, as aulas terão lugar às terças e quintas-feiras, das 18h45 às 19h30, no Centro Escolar S. Miguel.

SÉNIORES DE BRAGA "ABANAM O CAPACETE"

‘Do Salão à Discoteca’ juntou mais de 1300 seniores: Município de Braga proporciona tarde animada a Idosos do Concelho

Mais de 1300 idosos, provenientes de cerca de 30 instituições do Concelho de Braga, passaram uma tarde diferente. Muita animação e convívio deram mote à iniciativa ‘Do Salão à Discoteca’ promovida pelo Município de Braga em colaboração com o Banco Local de Voluntariado (BLV) e que contou, ainda, com a participação do projecto ‘BragAtiva’.

CMB08032016SERGIOFREITAS000000928

Numa primeira fase, a animação passou pelo Largo do Pópulo passando, posteriormente, para a discoteca ‘Lustre’, onde decorreram diversas iniciativas dirigidas ao público sénior, com o objectivo de assinalar a luta pela igualdade de direitos, Esta foi também uma oportunidade para homenagear todas as Mulheres e propiciar momentos únicos e fora da rotina habitual.

CMB08032016SERGIOFREITAS000000942

A música e a dança foram os elementos base de toda esta iniciativa de cariz social e, segundo Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, reveste-se de uma “dinâmica de alegria e de estímulo particularmente para a população sénior”. O Autarca lembrou que os idosos Bracarenses “têm inúmeras actividades ao longo do ano proporcionadas pelo Município” e este foi o momento para “prestar uma homenagem ao trabalho que as instituições prestam à população”.

Desde aulas de inglês, aulas de tecnologia de informação e comunicação (TIC), passando pelo Boccia Sénior e diversos programas de actividade física, o Município de Braga “tem-se empenhado em dar as melhores condições de vida aos idosos do Concelho”, sustentou Firmino Marques, agradecendo a contribuição do BLV que destacou cerca de 80 voluntários para esta iniciativa.

CMB08032016SERGIOFREITAS000000949

Este foi um evento que assinalou a igualdade de género. Nesse sentido, Firmino Marques adiantou que o Município de Braga irá admitir as primeiras mulheres na corporação de Bombeiros Municipais. “Recentemente o Município admitiu as primeiras mulheres motoristas nos quadros dos TUB e com o novo quartel teremos todas as condições para proceder à contratação de mulheres bombeiras”, concluiu.

ESCOLAS PROFISSIONAIS DE FAMALICÃO APOSTAM NA INOVAÇÃO

Paulo Cunha visitou na passada quinta-feira a Didáxis de Vale S. Cosme e a Escola Profissional Bento de Jesus Caraça

Um microcontrolador que permitirá que o suporte de soro acompanhe o doente sem que este tenha que o arrastar, uma pizza para celíacos e um chocolate com baixo índice glicémico são apenas alguns exemplos de projetos e produtos inovadores da autoria dos alunos da Didáxis de Vale S. Cosme e da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça. A aposta na inovação destas duas escolas foi testemunhada pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, na visita que efetuou na passada quinta-feira, 3 de março, a estes estabelecimentos educativos do concelho.

Didáxis de Vale S. Cosme

A tarde de trabalho, que deu continuidade ao périplo de visitas que tem levado Paulo Cunha e o vereador da Educação da autarquia, Leonel Rocha, às escolas profissionais e com contrato de associação do concelho, começou no pólo de Vale de S. Cosme da Didáxis, que com quase 30 anos de existência e com mais de 1500 alunos, apresenta uma taxa de empregabilidade a rondar os 100 por cento em quase todos os cursos.

É o caso do curso profissional de Electrónica, Automação e Computadores – “todos os nossos alunos têm emprego garantido. Neste momento temos aqui alunos que já têm emprego assegurado nas empresas onde estão a fazer estágio”, referiu o docente Carlos Vale – e também do curso profissional de Restauração, cuja maioria dos alunos acaba por integrar as equipas das grandes unidades hoteleiras do país, como é o caso do grupo Pestana.

A visita à Didáxis, guiada pelo presidente da direção, José Fernandes, e pela diretora pedagógica, Isabel Matos, ficou ainda marcada pela apresentação dos novos espaços desportivos da escola - um novo pavilhão multidesportivo e três novas salas de dança, ginásio e ténis de mesa.

Paulo Cunha seguiu depois para Pedome, para a Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, que para além do pólo de Famalicão conta ainda com mais cinco delegações, em Lisboa, Seixal, Porto, Beja e Barreiro.

Entre ensino vocacional e profissional - Técnico de Transportes, Informática de Gestão e Processamento e Controlo de Qualidade Alimentar - o pólo famalicense conta atualmente com cerca de 150 alunos e também aqui a taxa de empregabilidade dos três cursos profissionais é alta.  

Refira-se ainda que a visita contou com a presença da diretora da escola, Cláudia Dias, e do diretor pedagógico nacional da instituição, José Rui Ferreira, que aproveitou a presença do edil famalicense para agradecer “o apoio ímpar” que a autarquia tem dado à delegação de Famalicão da escola.

Escola Profissional Bento de Jesus Caraça

ESTAFETA DA AMIZADE UNE BRAGA A GUIMARÃES

APRESENTAÇÃO PÚBLICA NA PRÓXIMA SEMANA

Corrida “Estafeta da Amizade” entre Braga e Guimarães estreia a 29 de maio

Conferência de Imprensa de apresentação do evento está marcada para a manhã da próxima terça-feira. Prova desportiva une as duas cidades minhotas.

Estafeta_Amizade

A corrida “Estafeta da Amizade”, cuja primeira edição está agendada para o último domingo do mês de maio, será apresentada em conferência de imprensa na próxima terça-feira, 15 de março, pelas 11 horas, no Hotel Golden Tulip, localizado no coração da Falperra, justamente entre as cidades de Braga e Guimarães.

O encontro com os jornalistas contará com a presença de Domingos Bragança, Presidente do Município de Guimarães, e de Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga. O evento, que tem por objetivo promover um território, vai unir as duas cidades através de uma corrida de estafeta, num percurso de estrada com uma distância de 20 quilómetros.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE VIZELA REÚNE COM AGENTES DISTRITAIS E MUNICIPAIS DE PROTEÇÃO CIVIL

Realizou-se esta manhã no edifício da Câmara Municipal, uma reunião dos agentes distritais e municipais de proteção civil, presidida pelo Presidente da Câmara.

z

Na reunião estiveram presentes: Hercílio Campos, Comandante Operacional Distrital de Braga da Autoridade Nacional de Proteção Civil; Major André Costa, do SEPNA da Guarda Nacional Republicana; 2º Comandante Adão Carvalho, dos Bombeiros Voluntários de Vizela; Eng. Jorge Dias, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Paulo Oliveira do Serviço Municipal de Proteção Civil e Gabinete Técnico Florestal do Município de Vizela e João Polery, Chefe de Gabinete do Município de Vizela.

Da ordem de trabalhos constou: a análise do Plano Operacional Municipal (POM) e do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) de Vizela; a rede viária de pontos de água do concelho de Vizela; o apoio técnico do Serviço Municipal de Proteção Civil e Gabinete Técnico Florestal de Vizela no âmbito do seu funcionamento; o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Vizela.

De registar o elogio do Comandante Operacional Distrital de Braga da Autoridade Nacional de Proteção Civil a todo o apoio que tem sido prestado pela Câmara Municipal de Vizela, assim como o interesse manifestado em todas as situações ocorridas no âmbito da proteção civil.

CERVEIRA PREPARA FÉRIAS DA PÁSCOA

Aquamuseu propõe Férias da Páscoa dedicadas ao aquecimento global

As férias escolares da Páscoa estão à porta e com elas, como já vem sendo hábito, chegam as sugestões lúdico-pedagógicas do Aquamuseu do rio Minho!Aatividade proposta para os quatro dias versao tema do aquecimento global. Inscrições abertas.

O que é o efeito estufa, quais as causas e as consequências para o planeta e seres vivos? Estas são algumas das questões abordadas no programa de Férias da Páscoa do Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira.

De 29 de Março a 1 de Abril, entre as 14h00 e as 17h00, as crianças entre os 7 e os 13 anos são desafiadas a viver uma nova experiência e aprendizagem através da aventuraexploratória doaquecimento global da Terra.

Procurando intercalar atividades de entretenimento com novas aprendizagens e períodos de trabalho e estudo, o Aquamuseu do rio Minho disponibiliza uma programação apostada em proporcionar umas férias divertidas, cheias de sorrisos e descobertas, sem nunca esquecer as atividades para incentivar o estudo e o sucesso escolar!

Já tens programa para as tuas férias da Páscoa? Não deixes escapar esta atividade, inscreve-te previamenteno Aquamuseu do rio Minho pelo telefone 251708026 ou viaemail paraaquamuseu@cm-vncerveira.pt

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

Póvoa de Lanhoso promove 1ª Residência Artística de Ecoartes

Aliando ambiente e cultura, o Município da Póvoa de Lanhoso vai promover a 1ª Residência Artística de Ecoartes, no Parque do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos.

Carvalho de Calvos

Esta iniciativa, agendada para de 4 a 8 de julho de 2016, tem como objetivos a valorização e a preservação ambiental, destinando-se a artistas de todas as idades e proveniências. É uma atividade que engloba ainda na sua organização quer o Centro de Interpretação quer a Divisão de Cultura do Município Povoense e ainda uma parceria com a Escola Superior da Gallaecia, em Vila Nova de Cerveira.

O Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos (CICC) é o polo centralizador da educação e sensibilização para a temática ambiental no Concelho da Póvoa de Lanhoso. É no seu Parque que está se encontra o conhecido carvalho de Calvos (Quercus robur), classificado, em 1997, como Árvore de Interesse Público. Estima-se que, pela sua idade (cerca de 500 anos), seja o Carvalho mais antigo da Península Ibérica e o segundo mais antigo da Europa. Trata-se, provavelmente, do maior carvalho existente no nosso país, apresentando um perímetro do tronco na sua base de 12 metros, uma copa com o diâmetro de cerca de 40 metros e uma altura aproximada de 30 metros. Por isso, nas instalações do CICC, existe o observatório do Carvalho de Calvos.

Embora não haja uma definição clara, considera-se que a arte ecológica ou EcoArte é um tipo de arte contemporânea criada por artistas que se preocupam com a situação local e global do ambiente.

O material usado neste tipo de arte será de origem natural fornecido pelo Município da Póvoa de Lanhoso. Os artistas que desejem participar deverão realizar a sua inscrição junto do Centro de Interpretação até dia 30 de março de 2016.

Esta iniciativa conta já com 14 inscrições, sendo o limite de 20 participantes. Todos os interessados devem endereçar o seu pedido de inscrição ao Centro através de centro.ambiental@mun-planhoso.pt. Poderão ainda aceder ao regulamento no site do Município e aqui e contactar o Centro através do telefone 253 632 790.

TERRAS DE BOURO ESCLARECE AGRICULTORES SOBRE PLANO DE DESENVOLVIMENTO RURAL

Gabinete de Apoio ao Agricultor de Terras de Bouro promoveu sessão de esclarecimento

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Terras de Bouro acolheu, na manhã do dia 7 de março, uma sessão de esclarecimento sobre as temáticas “Pagamentos Diretos” e o “Plano de Desenvolvimento Rural”.

1

Perante uma plateia de interessados que encheu por completo o salão nobre e contando com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Terras d e Bouro, Dr. Joaquim Cracel, que introduziu a apresentação temática da Dr.ª Isabel Santana da CONFAGRI, o Gabinete de Apoio ao Agricultor do Município de Terras de Bouro proporcionou uma reunião onde foram esclarecidas todas as dúvidas sobre a questão dos pagamentos diretos e respetivas implicações e fundamentos, sendo que, foram apresentadas também as diretrizes do Pano Desenvolvimento Rural, assuntos que são da maior importância para todos os agricultores.

Relembramos ainda que a CONFAGRI, “Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal, CCRL”, foi constituída em Outubro de 1985, com a finalidade essencial de contribuir para o crescimento e desenvolvimento equilibrado e eficaz do Sector Cooperativo e, em especial, da Agricultura Portuguesa e é a estrutura de cúpula de praticamente todo o Universo Cooperativo Agrícola do nosso país.

2

3

PÓVOA DE LANHOSO APOIA EMPREENDEDORISMO NO ENSINO

Já arrancou a 3ª edição das Escolas Empreendedoras IN.AVE

Já iniciou no concelho da Póvoa de Lanhoso a 3ª edição das Escolas Empreendedoras IN.AVE.  As Oficinas de Formação de Capacitação de Professores, que decorreram na Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, no passado dia 28 de fevereiro inauguraram esta edição do programa, possibilitando formação a 14 novos professores de um total de  20 envolvidos. 

INAVE 1

Esta 3.ª edição das Escolas Empreendedoras IN.AVE abrange um total de 16 turmas e 293 alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico e o ensino secundário e profissional. 

Estão envolvidas quatro escolas do concelho Povoense: EB 2,3 de Taíde; Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso; EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; e Escola Profissional do Alto Ave. Seguem-se as sessões de empreendedorismo nas Escolas, por forma a que cada professor possa desenvolver com os seus alunos novos projetos, os quais serão apresentados publicamente. 

Trata-se de um projeto fundamental para os jovens do século XXI, que procura incutir nos alunos competências-chave do empreendedorismo.“Este é um projeto que envolve os oito municípios que constituem a CIM do AVE e tem sido um sucesso, uma mais valia para os alunos. O elevado número de professores capacitados, nestes três anos, na área do empreendedorismo permite um trabalho e uma abordagem diferente, nomeadamente com os alunos do ensino profissional, que no município de Póvoa de Lanhoso já ronda os 50%, meta nacional e europeia definida para os próximos anos. O empreendedorismo é uma área transversal que permite adquirir um conjunto de competências que se repercutirão nas áreas curriculares. Daí estarmos, igualmente, envolvidos num projeto de empreendedorismo dirigido à Educação Pré-Escolar. É também uma forma da trabalhar a cidadania ativa, de colocar em prática as ideias das crianças, o  “fazer acontecer” é o principal objetivo do programa “Ter Ideias para mudar o mundo”’, refere a Vereadora para a Educação da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca, que salienta ainda que “o envolvimento da comunidade educativa no projeto IN.AVE é da maior importância para os alunos, pois permite dotá-los de um conjunto de ferramentas e competências importantes para eles, nomeadamente para os que vão ingressar no mundo de trabalho”. 

Ainda no âmbito da 3ª edição das Escolas Empreendedoras IN.AVE, serão realizados os seguintes eventos nos diversos municípios do Ave: colóquio de Educação para o Empreendedorismo; Feira do Empreendedorismo Júnior; Expo Empresas Júnior; e a Final Municipal e Intermunicipal do Concurso de Ideias.

PONTE DE LIMA EXPÕE CÃES E GATOS

525 Exemplares à I Exposição Canina Nacional do Alto Minho 160 Gatos em Ponte deLima na 1ª Exposição Internacional de Felinicultura

Ponte de Lima recebe no fim-de-semana de 12 e 13 de março, a 1ª Exposição Internacional de Gatos e no domingo, dia 13 a I Exposição Canina Nacional do Alto Minho.

Programa_Exp_Canina_Felina_print-01 (Large) (Small

Com o apoio do Município de Ponte de Lima, são promovidas pelo Clube Português de Felinicultura, único órgão reconhecido oficialmente em Portugal, detentor do Livro de Origens Português e membro da Federação Internacional Felina – FIF, maior órgão Felino a nível mundial.

Nestas Exposições estarão presentes cerca de 160 exemplares vindos de diversos países. O público terá ocasião de apreciar raças de gatos como Persas, Exóticos, Bosques da Noruega, Maine Coon, Sagrados da Birmânia, Ragdoll, Abissínios, Brithish, Chartreux, Bengal, Siameses, Orientais, Sphynx, etc.

Estes exemplares serão julgados por três Juízes Internacionais vindos expressamente para esse efeito da Holanda – Mr Alexey Shchukin, Dinamarca – Mrs. Dorte Kae, e Alemanha – Mrs. Britta Busse.

No sábado dia 12 serão, também, eleitos os gatos Royal Champion 2015 entre os gatos campeões eleitos nas exposições de 2015.

Horário da Exposição:

- 234ª Exposição Internacional – Sábado dia 12 de março das 10h00 às 18h30

- Best in Show às 17h30

Sábado dia 12 de março - 16h30 – Eleição dos Royal Champion 2015

- 235ª Exposição Internacional – Domingo dia 13 de março das 10h00 às 18h00. - Best in Show às 17h00.

No domingo, dia 13 de março, a Expolima, em Ponte de Lima, é o palco escolhido para receber a 1ª Exposição Canina Nacional do Alto Minho. Juízes nacionais e estrangeiros, da Sérvia, Itália e Espanha avaliarão os exemplares que concorrem aos diversos títulos do Campeonato Nacional de Beleza.

A Exposição Canina, que traz a Ponte de Lima, 525 exemplares a concurso, tem início às 10 horas e conta com o apoio do Clube Português de Canicultura. Os Juízes apreciarão os diversos exemplares nas diferentes raças, em 6 ringues, para que os melhores possam estar presentes no ringue principal ao início da tarde para disputa dos Melhores dos grupos.  Os exemplares ainda disputam  os prémios para “Jovem Promessa Macho”, “Jovem Promessa Fêmea”, “Melhor Par” “Melhor Grupo de Criador” “Melhor Veterano”, “Melhor Bebé”, “Melhor Cachorro” e “Melhor Exemplar das Raças Portuguesas”. A grande final será cerca das 18 horas onde o Juiz Manuel Loureiro Borges escolherá o Melhor exemplar da Exposição - "Best in Show".

O programa contempla ainda no domingo, a partir das 15 horas, Demonstrações de Obediência, Busca e Salvamento, pela Unidade Canina dos Bombeiros de Albergaria-a-Velha.

Junte a família e visite Ponte de Lima. A entrada é gratuita.

MONÇÃO PERMUTA PRÉDIOS URBANOS

Município cede casa na Urbanização de Santiago e recebe, em troca, habitação na Travessa da Lodeira, junto à muralha da vila. Passo seguinte será a demolição da habitação e beneficiação daquelaárea no âmbito do projeto de requalificação urbanística de toda a zona da antiga estação da CP

Permuta

A Câmara Municipal de Monção aprovou ontem à tarde, na habitual sessão quinzenal do executivo, a permuta de dois prédios urbanos entre o Município de Monção e os herdeiros de José Canosa Mendes. A deliberação, que engloba ainda a aquisição de prédio rústico anexo à habitação por parte da autarquia, foi aprovada por unanimidade.

De acordo com a proposta, os proprietários do prédio urbano, constituído por seis divisões com uma área de 250 metros quadrados, localizado na Travessa da Lodeira, União de Freguesias de Monção e Troviscoso, cedem a habitaçãoao Município de Monção, recebendo, em troca, prédio urbano na Urbanização de Santiago, União de Freguesias de Mazedo e Cortes.

A habitação, situada junto ao pano de muralha da localidade raiana, será agora objeto de demolição, estando previsto que aquela área seja beneficiada no âmbito de um projeto amplo de requalificação urbanística de toda a zonada antiga estação da CP.

O projeto, praticamente concluído, será apresentado no órgão autárquico e à população de Monção a breve prazo. Para o autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, trata-se de uma intervenção profunda que resultará na dignificação de uma das principais entradas no centro histórico e na criação de uma nova centralidade da localidade.

Em paralelo com a aprovação da proposta de permuta, o Executivo Municipal de Monção deliberouainda a aquisição de um prédio rústico situado junto à habitação objeto de troca. Destinado ao cultivo, compreende uma área total de 480 metros quadrados.

ESTUDO A REALIZAR PELA POLIS VAI FORNECER SUPORTE PARA EXECUÇÃO DE CANDIDATURA COM VISTA À DRAGAGEM DO CANAL DOS PESCADORES NO RIO MINHO

Em causa a informação a conseguir através do levantamento e análise de sedimentos da Foz do Minho

A Polis Litoral Norte submeteu recentemente ao POSEUR - Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, uma candidatura para realização do levantamento batimétrico e análise de sedimentos na Foz do Minho. Esta candidatura vai permitir recolher informação bastante valiosa para o concelho de Caminha, constituindo o primeiro grande passo para que, dentro de algum tempo, se possa realizar uma outra candidatura, esta para a dragagem do canal dos pescadores.

Foz do Minho

Conforme explica o presidente da Câmara, “agora fazemos o levantamento do leito do rio e percebemos a qualidade da areia, porque a mesma vai ser encaminhada para a praia de Moledo. Depois, avançamos com a candidatura para a dragagem, uma reivindicação antiga dos pescadores de Caminha que trouxe já o presidente da APA a Caminha para reunir com a associação e a Câmara”.

“Levantamento hidrográfico e análise de sedimentos na foz do rio Minho com vista à alimentação artificial da praia de Moledo, enquanto intervenção de proteção costeira” é a designação da candidatura que a Polis Litoral Norte submeteu ao POSEUR. Estes trabalhos permitirão reforçar o cordão dunar na Praia de Moledo enquanto primeira linha de defesa costeira, de forma a impedir o avanço do mar sobre a área urbana de Moledo e sobre a Mata Nacional do Camarido.

Para além disso, segundo Miguel Alves, os resultados deste levantamento hidrográfico e a análise dos sedimentos vão contribuir para uma melhoria da navegabilidade na foz do rio Minho além de permitir, como referimos atrás, avançar com uma candidatura para a dragagem do canal dos pescadores.

É importante referir também que o levantamento hidrográfico e a análise de sedimentos na Foz do Rio Minho são ações complementares que possibilitarão, no futuro imediato, intervir nesta linha de costa tão fragilizada por ação do avanço do mar e da ocupação desregrada e abusiva do homem, de forma estruturada e resiliente.

De acordo com o relato técnico, “a elaboração do levantamento hidrográfico na foz do rio Minho com vista à alimentação artificial da praia de Moledo, enquanto intervenção de proteção costeira será realizado através de um levantamento à escala 1:500, comreferenciação ao sistema de coordenadas Hayford-Gauss, Datum 73 e será acompanhado de um relatório descritivo dos trabalhos com indicação da metodologia de execução, vértices geodésicos utilizados e marcos de apoio estabelecidos. Estes marcos serão materializados de forma a garantir a sua perenidade”.

Por outro lado, conforme consta do processo, estes trabalhos enquanto intervenção de proteção costeira, “visam a execução da campanha deamostragem aos sedimentos a dragar na Foz do Rio Minho, em 15 (quinze) estações de amostragem (EA), com a colheita de amostras de sedimentos compósitas e a consequente realização de ensaios laboratoriais de caracterização físico-química daqueles sedimentos, em cumprimento da Portaria 1450/2007, de 12 de Novembro (para os limites de deteção indicados no diploma legal). Em cada estação de amostragem será recolhida uma coluna de sedimentos com cerca de 2 m”.

Esta candidatura de proteção do litoral – ações e materiais e ações que visam a produção de conhecimento, gestão da infirmação e monitorização foi submetida ao Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) cujo eixo prioritário e objetivo temático é promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos.

ARCOS DE VALDEVEZ ADERE À ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS PORTUGUESES DO VINHO

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez deliberou recentemente aderir à AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho. Fundada em 2008, a AMPV tem como missão a afirmação da identidade histórico-cultural, patrimonial, económica e social dos municípios portugueses e dos territórios ligados à produção de vinhos de qualidade.

vinhão3

Esta associação pretende contribuir para a valorização do potencial endógeno das regiões e cidades do vinho, cuja produção do vinho é a sua base produtiva e a sua identidade histórica.

De igual modo dedica-se à promoção e valorização do sector vitivinícola, criando um motor de desenvolvimento e eixo aglutinador em conjunto ou em complementaridade com outros sectores e agentes económicos.

Das suas principais atividades são de destacar a celebração do Dia Europeu do Enoturismo, do Dia do Vinho, o concurso da Rainha das Vindimas de Portugal, a Mostra de Sabores e Saberes, o Projeto de reestruturação das Rotas do Vinho e a implementação da Rede de Museus do Vinho.

Com esta adesão a Câmara Municipal pretende dinamizar um setor em crescimento no concelho e contribuir para a promoção dos vinhos arcuenses e do Enoturismo, já que o Município de Arcos de Valdevez se encontra numa zona territorial de produção vitivinícola, gerando um grande impacto na criação de rendimento dos viticultores e engarrafadores. Pretende dar a conhecer os vinhos noutros territórios, bem como promove-los ainda mais, tirando partido das iniciativas que a Associação desenvolve, sendo de referir ainda que a atividade vitivinícola e agrícola e as atividades agroalimentares têm uma grande importância na fixação das pessoas e desenvolvimento do turismo.

"BOIS DA PÁSCOA" DESFILAM EM ARCOS DE VALDEVEZ

O Município de Arcos de Valdevez vai realizar em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca e a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca o “Desfile de Bois da Páscoa “ Edição 2016, a decorrer no próximo dia 13 de Março, Domingo, entre o Parque de Estacionamento da Ponte Nova e o Campo do Trasladário, em Arcos de Valdevez.

POVOENSES COMBATEM VESPA ASIÁTICA

Câmara Municipal continua combate à vespa asiática

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso continua a atuar ao nível do combate à vespa asiática (Vespa velutina). Este pode ser feito através da deteção e destruição de ninhos ou através do impedimento da formação de novos.

Combate a vespa asiatica 2

Assim, entre junho de 2015 e fevereiro de 2016, foram destruídos 250 ninhos, sendo que, comparativamente com o ano anterior, em que foram destruídos 65 ninhos, significa que quase quadruplicou o número de ninhos.

“A Câmara Municipal tem assumido, sozinha, os custos decorrentes da destruição dos ninhos de vespa velutina que, neste último ano, se têm multiplicado um pouco por todo o concelho. Infelizmente, não existe uma estratégia nacional para a irradicação desta espécie que vem destruindo as nossas colmeias e contribui para a criação de desequilíbrios ambientais”, salienta o Vereador para a Proteção Civil da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Armando Fernandes.

A problemática da vespa asiática preocupa a nossa sociedade de uma forma geral, pois acarreta prejuízos ambientais e económicos. “Para além dos vários milhares de euros que a Câmara já gastou, preocupa-nos a destruição da abelha europeia que, para além de ser uma produtora de mel por excelência, faz a polinização dos solos”, refere ainda Armando Fernandes.

É de registar ainda uma maior preocupação da população relativamente a este assunto, quer porque o tema das vespas asiáticas foi mais desenvolvido pela comunicação social, mas também pela aproximação dos ninhos à população.

No período em análise, foram frequentes as destruições de ninhos nos alpendres das habitações, sebes de jardins, quintais e campos agrícolas, além da situação mais comum de árvores altas. Estes ninhos tanto podem surgir em ambientes rurais como urbanos.

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso alerta ainda, em especial os apicultores, para a colocação de armadilhas, nesta fase do ano, para impedir a formação de novos ninhos e a proliferação desta vespa destruidora.

A vespa asiática é prejudicial, porque é predadora da abelha europeia (Apis mellifera), produtora de mel. Como consequência direta e económica, diminui a produção de mel e seus derivados; como consequência ambiental, diminui a polinização vegetal, pondo em risco a biodiversidade.

Importa, no entanto, relembrar que não estarmos perante um risco acrescido para a saúde pública, pois os perigos que representam estas vespas são idênticos aos das vespas autóctones.

Para reportar casos de ninhos de vespas asiáticas, contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil ou o Veterinário Municipal.

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA PROMOVE “POESIA À SEXTA”

O Município de Ponte de Lima, através da Biblioteca Municipal, vai dar início a um novo projeto denominado “Poesia à Sexta”.

Trata-se de sessões de promoção de poesia que visam enaltecer esta forma de expressão literária traduzida em ações de apresentações de livros, em tertúlias de poesia livre e em tributos a poetas.

Pretende-se, sobretudo, valorizar as criações literárias e os seus autores, fomentar o encontro cultural e incentivar a divulgação deste tipo de escrita.

Esta iniciativa abrirá portas para a descoberta de experiências em torno da palavra poética, para a ousada recitação de poesia ou simplesmente para a natural leitura de um poema pelos presentes e por poetas convidados.

A iniciativa decorrerá nas últimas sextas-feiras de cada mês, às 21h00, no auditório da Biblioteca Municipal, direcionada para todos os que gostam de ler e escrever poesia, com interesse pela literatura e cultura em geral.

PÓVOA DE LANHOSO INCENTIVA ENTREAJUDA NO COMBATE AO DESEMPREGO

Póvoa de Lanhoso quer constituir Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Sol do Ave – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Ave apresentaram os Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego (GEPE), que irão constituir-se no concelho Povoense, no âmbito do projeto Geração Lanhoso.

Apresentacao GEPE 1

“Acreditamos que esta resposta é uma mais-valia para o Concelho da Póvoa de Lanhoso”, referiu o assessor da Presidência da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso para a área social, Sérgio Soares, na abertura da sessão, no dia 2 de março, no Centro Interpretativo Maria da Fonte. Estiveram ainda presentes elementos da Sol do Ave, como a Diretora do Departamento de Formação, Marta Coutada, e a coordenadora do Geração Lanhoso, Manuela Silveira, de entre outras presenças. A apresentação foi dinamizada por uma jovem que chegou a participar num GEPE.

Os GEPES são grupos informais de pessoas desempregadas que se encontram semanalmente para reunir esforços na procura ativa de emprego. Aumentam assim as suas redes de contactos e a probabilidade de encontrarem trabalho. O objetivo é de que possam ser constituídos três GEPES na Póvoa de Lanhoso, no decorrer do projeto Geração Lanhoso.

Os GEPE são uma iniciativa do Instituto Padre António Vieira e encontram-se em várias Instituições do país, existindo já 18 grupos por todo o país. Destinam-se a pessoas desempregadas que queiram livremente e de forma gratuita participar nesta dinâmica de apoio a outros desempregados, beneficiando desse mesmo apoio de uma forma recíproca.

Ultrapassar a desmotivação, o isolamento e a tendência depressiva; aumentar as competências para a empregabilidade; e alargar as redes sociais e de apoio são os objetivos destes grupos, que apresentam como vantagens ajudar - e com isso aumentar a autoestima - e ao mesmo tempo ser ajudado; aumentar a rede de contactos; partilhar informações e experiências relativas ao mercado de trabalho e à procura de emprego; partilhar emoções; e aumentar as competências para a empregabilidade.

Pretende-se que cada grupo seja constituído por dois animadores voluntários e por entre seis a 10 pessoas à procura de trabalho. Nas reuniões haverá partilha de atividades desenvolvidas com visa à obtenção de emprego; entreajuda emocional; e autoformação.

De lembrar que o projeto Geração Lanhoso tem a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso como parceiro local e a Sol do Ave como entidade promotora e coordenadora, sendo financiado no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), Tipologia de operação, Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS 3G).

Promover a inclusão social dos cidadãos da Póvoa de Lanhoso, com recurso a uma abordagem multissectorial e integrada, através de ações a executar em rede, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social, é o objetivo geral do Geração Lanhoso, que tem três eixos de intervenção: Emprego, Formação e Qualificação (em que se insere a ação do dia 2 de março); Intervenção Familiar e Parental, Preventiva da Pobreza Infantil; e Capacitação da Comunidade e das Instituições.

O projeto, com duração de 36 meses, foi apresentado publicamente em novembro de 2015.

Apresentacao GEPE 2

FAMALICÃO REALIZA JORNADAS MUNICIPAIS

Jornadas Municipais abrem Quinzena da Educação em Famalicão. Iniciativa decorre até dia 22 de março com múltiplas atividades

Os “Novos Paradigmas da Educação – Inovação e Metodologias Pedagógicas” dão o mote para as Jornadas Municipais de Educação, que decorrem no próximo sábado, dia 12, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. A iniciativa que pretende por um lado dar a conhecer a política educativa municipal e por outro lado promover o debate e a reflexão crítica, conta com a presença de especialistas da pedagogia, educadores, responsáveis municipais, empresários e alunos.

Escolas mostram mais valias

As Jornadas Municipais de Educação marcam o arranque da Quinzena da Educação, uma ação organizada pela Câmara Municipal de Famalicão que decorre até 22 de março. São quinze dias repletos de atividades que envolvem toda a comunidade educativa, na promoção, divulgação e valorização do projeto educativo concelhio.

De acordo com o vereador da Educação, Leonel Rocha, a Quinzena tem como objetivos “valorizar o trabalho desenvolvido por todos os parceiros da rede de educação e formação do concelho, partilhando experiências de boas práticas, de modo, a beneficiar todas as crianças e jovens com condições de excelência para a sua formação”.

Assim, para além das jornadas de educação, destaque para a realização da Mostra de Teatro Escolar, que decorre na Casa das Artes, de 8 de março a 15 de maio. A iniciativa que conta todos os anos com casa cheia envolve a participação de doze grupos de teatro escolar, num total cerca de 500 alunos e professores.

“Este ano, optámos por prolongar a Mostra de Teatro Escolar até maio, espaçando as sessões no tempo de forma a possibilitar ao público assistir às diversas peças”, explica Leonel Rocha.

Entre 15 e 17 de março decorre no Pavilhão Municipal a Mostra de Oferta Formativa com a participação dos agrupamentos de escolas e das escolas profissionais do concelho. A mostra tem como objetivo tornar-se uma mais-valia no processo de tomada de decisão vocacional dos alunos que frequentam o 9.º ano de escolaridade, proporcionando-lhes um maior conhecimento dos cursos profissionais e cientifico-humanísticos existentes.

A Quinzena da Educação é também o momento escolhido para homenagear os professores que terminaram a sua carreira docente no último ano letivo 2014-2015. No dia 17 de março, a Câmara Municipal distingue nove docentes com a medalha de reconhecimento municipal.

Entretanto, no dia 18 decorre o Encontro Concelhio de Associações de Pais, na Escola Básica Integrada de Gondifelos, pelas 17h30, sob o tema “Resiliência Vencer a Adversidade”. Este encontro tem como objetivo principal proporcionar um momento de reflexão, análise e debate com as diversas Associações de Pais. No dia 22, a encerrar a Quinzena da Educação realiza-se a PALESTRA “Autismo, The Son-Rise Program”, no auditório da CESPU, pelas 18h00. A iniciativa é organizada pela autarquia famalicense em conjunto com o Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado e a Associação Vencer Autismo e está sujeita a inscrições através do site vencerautismo.org/famalicao.

“QUINTAS NA BARCA” ESTÃO DE VOLTA AO CONCELHO DE PONTE DA BARCA

Dia 10 de Março, pelas 21h30, na Casa da Cultura

A decorrer entre os meses de Março e Maio, a iniciativa, promovida pela Câmara Municipal, tem como tema deste primeiro encontro 'Instrumentos Tradicionais – A Gaita de Foles'

A Câmara Municipal de Ponte da Barca promove, a partir do dia 10 de Março, a VII edição das tertúlias “Quintas na Barca”.

Com três sessões distribuídas pelos meses de Março, Abril e Maio, a iniciativa visa promover ciclos de debate informais, este ano com a particularidade de versar sobre temas como Cultura, Religião e Sociedade mas numa ótica de património material e imaterial local, contando com a participação de conceituados especialistas em vários domínios. O objetivo destas palestras/debates, a decorrer na Casa da Cultura, a partir das 21h30, é, assim, potenciar o desenvolvimento do município. Cada uma das sessões terá um tema forte e emblemático, em torno do qual se procurará envolver a população e as forças vivas do concelho.

O debate inaugural incidirá sobre o tema 'Instrumentos Tradicionais – A Gaita de Foles', já que se crê na forte possibilidade da uma gaita de foles ter tido origem na freguesia de Lavradas ou Bravães. De participação livre, a iniciativa reunirá os oradores Pablo Carpintero, Etnomusicólogo, e Napoleão Ribeiro, membro do Grupo de Gaiteiros da Ponte Velha.

'Com estes ciclos de debate pretendemos trazer para a discussão pública temas de interesse para a comunidade barquense' salienta o autarca de Ponte da Barca Vassalo Abreu, concorrendo para 'uma discussão ampla, conjunta e participada sobre e para o desenvolvimento do concelho'.

A próxima iniciativa focará o tema 'Pais e Filhos: Educar pelos afetos', a 14 de Abril, e encerra em 5 de Maio, sob o tema '99 anos – As Aparições do Barral'.

CARLÃO DÁ CONCERTO EM VIANA DO CASTELO

Os bilhetes para o Concerto do CARLÃO, a realizar no próximo dia 2 de abril, no Centro Cultural de Viana do Castelo estarão disponíveis para venda, a partir de amanhã dia 8 de março.

  • Locais de venda: Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira (segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00; em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00); sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes).

www.ticketline.sapo.pt. - Fnac - Ag. Viagens Abreu – Worten – A.B.E.P – Casino Lisboa – C.C. Dolce Vita – C.C. Mundicenter – El Corte Inglês e SuperCor – Galeria Comercial Campo Pequeno – MMM Ticket – Uticketline – CCB – Time Out Mercado da Ribeira – Shopping Cidade do Porto – Forum Aveiro – Ask Me Lisboa e INFORMAÇÂO RESERVAS: ligue 1820 (24 horas)

  • Classificação etária: M/6 anos
  • Custo do bilhete: 10€ (plateia de pé) | 10€ (bancada)
  • No dia do espetáculo, se a lotação não estiver esgotada, poderão adquirir bilhetes na bilheteira do Centro Cultural entre as 18h00 e as 22h00.
  • Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, por email: tmsm@cm-viana-castelo.pt , com um prazo de levantamento de 24 horas, caso contrário a reserva ficará sem efeito.
  • Há bilhetes de plateia e bancada, pelo que deverão mencionar na reserva o desejado.
  • Não há lugares marcados.

CELORICO DE BASTO PROMOVE FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS NA SEDE DA DOLMEN EM AMARANTE

Em jeito de parceria, a Dolmen associa-se à promoção da Festa Internacional das Camélias que terá lugar em Celorico de Basto no dia 11, 12 e 13 de março. A ação decorre no próximo dia 10 de março, pelas 17h00, na sede da Dolmen em Amarante.

Um evento que valoriza este património natural símbolo da identidade de Celorico de Basto.

“Utilizamos todos os meios à nossa disposição para promover uma festa que valoriza de forma cuidada e enriquecedora um património natural que tão bem nos identifica, a camélia” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “ É uma festa que envolve a população local e que dispõe de muitos pontos de interesse para possíveis turistas. A Camélia é de facto, a rainha, em Celorico de Basto” realçou.

A Festa Internacional das Camélias demarca-se, cada vez mais, em Celorico de Basto e além-fronteiras, um facto que tem despoletado um interesse crescente dos turistas durante o mês de março por um concelho onde as Camélias são, efetivamente, “Património de Encantar”. Por todo este concelho podemos encontrar maravilhosos jardins de camélias devidamente ornamentados com exemplares de vários espécimes.

Na XIII Festa Internacional das Camélias é destaque a exposição/concurso, o mercado de camélias, as visitas guiadas pelos jardins de camélias, as ruas decoradas com ornamentos de camélias, os muros, os espantalhos, as caminhadas, o desfile para eleição da rainha das camélias, o desfile temático (em jeito de cortejo), exposição de carros clássicos, conferências, workshops e outras atividades que irão por certo, enriquecer a XIII Festa Internacional das Camélias.

BRAGA DÁ A CONHECER AS SUAS EMPRESAS

Embaixador Empresarial – F3M, amanhã, Quarta-feira, dia 9 de Março, pelas 09h30, nas instalações da F3M

O Município de Braga e a InvestBraga promovem amanhã uma visita à empresa F3M – Information Systems, S.A., cujas instalações encontram-se localizadas na Rua de Linhares, em Braga.

Esta iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga e de Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga. O Embaixador Empresarial a nomear será o Presidente do Conselho de Administração da F3M, S.A., Eng. Pedro Fraga.

A visita insere-se no âmbito do programa «Embaixador Empresarial» e tem por objectivo dar a conhecer o contributo das empresas para o desenvolvimento da economia local, bem como o estreitamento de relações com o sector empresarial.

MONÇÃO PROMOVE PASSEIO DE BTT PORTELA XI

A prova, com uma distância aproximada de 30 quilómetros, realiza-se no próximo domingo, 13 de março. Em paralelo, decorre o “Mini Portela”, para crianças dos 6 aos 14 anos, com extensão de 15 quilómetros, e uma caminhadacom percurso variável entre 10 e 15 quilómetros.

O Clube de Cicloturismo de Monção promove no próximo domingo, 13 de março, o passeio de BTT Portela XI. As inscrições encontram-se abertas no portal do clube (www.ccmoncao.org) com o valor de 10 € para sócios do clube e 15 € para não sócios, incluindo almoço.

ccm

Na ocasião, será entregue um voto de louvor ao Clube de Cicloturismo de Monção, promotor da prova, pela competência e profissionalismo na organização da 2ª Maratona BTT Berço do Alvarinho, 5ª prova do Campeonato do Minho de BTT/XCM, realizada no passado dia 15 de novembro.

Em paralelo com a prova de BTT, realiza-se o percurso para crianças “Mini Portela”, dos 6 aos 14 anos, com extensão de 15 quilómetros, e uma caminhada para acompanhantes do BTT e amantes deste género de atividades, com uma extensão variável entre 10 e 15 quilómetros.

O primeiro tem um custo de 7,00 €, com almoço, e o segundo de 10,00 €, com almoço, e 5,00 €, sem almoço.De acordo com a organização, as duas provas de BTT e o percurso pedestre deverão reunir mais de meio milhar de participantes.

A prova de BTT,com uma distância aproximada de 30 quilómetros, tem início na Escola EB1 Padre Agostinho Caldas Afonso, em Pias, percorrendo uma zona de montanha com distintos e interessantes miradouros naturais sobre pequenos núcleos habitacionais inseridos em paisagens pintadas a verde.

Com uso obrigatório de capacete, o custo do passeio, incluindo ou não almoço, engloba banhos, lavagem de bicicletas, reforço alimentar, seguro de responsabilidade civil, e serviço de ambulância. Os primeiros 200 participantes a levantarem o frontal recebem uma lembrança.

Contando com o apoio da Câmara Municipal de Monção e colaboração de empresas da região, o Passeio BTT Portela XI é, em conjunto com o Passeio da Coca ea Maratona BTT Berço do Alvarinho, um dos momentos altos do plano de atividades do Clube de Cicloturismo de Monção, cujos membros tem por hábito participar em eventos deste género em Portugal e na vizinha Galiza.

TERRAS DE BOURO PROMOVE GASTRONOMIA

“Fins de Semana Gastronómicos “em Terras de Bouro de 18 a 20 de março

Os ‘Fins de Semana Gastronómicos’, iniciativa conjunta do Turismo do Porto e Norte de Portugal e dos municípios que promovem a região através da gastronomia, terão, mais uma vez, a participação de Terras de Bouro.

Aletria

A edição deste ano irá acontecer em Terras de Bouro nos dias 18,19 e 20 de março e vem, novamente, realçar a importância deste acontecimento na promoção do concelho de Terras de Bouro e das suas potencialidades gastronómicas.

As características naturais, patrimoniais e culturais de Terras de Bouro, que são um fator decisivo para a forte procura turística que o concelho tem vindo a registar, representam, a par da rica oferta gastronómica, elementos fundamentais na afirmação do concelho enquanto destino de excelência na oferta do turismo de natureza, muito bem complementada com a diversidade e confeção das iguarias gastronómicas locais, nomeadamente, o excelente cozido à Terras de Bouro e a deliciosa aletria.

Capa - Cozido à Terras de Bouro-

Terras de Bouro nos Fins-de-Semana Gastronómicos

VIZELA LEVA HISTÓRIA DO MUNICÍPIO ÀS ESCOLAS DO CONCELHO

11 a 18 de março: Palestras sobre a história de Vizela nas escolas do Concelho

Inserida nas comemorações do 18.º aniversário do Município de Vizela, a Câmara Municipal promove palestras sobre a história de Vizela, de 11 a 18 de março, nas escolas do Concelho.

Palestras 19 março 2015

A primeira palestra, sobre o tema “Conquista do Concelho”, será dirigida ao primeiro ciclo e ministrada por Belmiro Martins.

A segunda palestra, subordinada ao tema “História de um Povo”, estará a cargo do Eng.º Adelino Campante e será dirigida aos alunos do 3.º Ciclo/Secundário.

O objetivo destas palestras é levar às escolas as comemorações do 19 de março, dando a conhecer aos mais jovens a história da luta autonómica do Concelho.

11 a 18 de março

Palestras “Conquista do Concelho – Belmiro Martins (1.º Ciclo)

Agrupamento de Escolas de Infias

  • 11 de março ( 14h00) – EB Infias
  • 16 de março (14h00) – EB S. Miguel
  • 17 de março (14h00) – EB S. Paio
  • 17 de março (14h00) – EB Tagilde

Agrupamento de Escolas de Vizela:

  • 11 março (09h30) - EB Monte
  • 14 de março (14h00) - EB Lagoas
  • 15 de março (14h30) - EB Joaquim Pinto
  • 17 de março (09h30) - EB Enxertos (Auditório EB Caldas de Vizela)
  • 18 de março (09h30) - EB Devesinha

15 e 17 de março

Palestras “História de um Povo” - Eng.º Adelino Campante (3.º Ciclo/Secundário)

  • Agrupamento de Escolas de Infias

16 de março (terça) - 10h30 às 12h30 – Auditório da Escola EB 2,3/S de Infias

  • Agrupamento de Escolas de Vizela

17 de março (quinta) – 11h00 – Auditório da Escola Secundária de Vizela

CASA DO MINHO DO RIO DE JANEIRO COMEMORA HOJE 92 ANOS DE EXISTÊNCIA

A Casa do Minho do Rio de Janeiro celebra hoje o seu 92º aniversário.

Constituída em 8 de Março de 1924, a Casa do Minho no Rio de Janeiro foi criada com o propósito de estabelecer solidariedade e prestar auxílio aos nossos compatriotas que, nos anos difíceis do começo do século XX, se viram desamparados pela sorte e à beira da miséria, muitos dos quais tiveram então de ser expatriados, a Casa do Minho viria a constituir-se num baluarte do regionalismo minhoto e da afirmação do patriotismo dos portugueses em terras de Vera Cruz, precisamente a que ostenta no seu próprio emblema.

417500_251944258253363_1822594861_n

Ultrapassadas as dificuldades iniciais com que os nossos conterrâneos se debateram para conseguirem uma vida mais digna, as gentes minhotas deram à Casa do Minho uma nova missão que consiste na preservação da sua identidade, mormente através das mais variadas manifestações culturais, tertúlias literárias, manifestações religiosas, divulgação do folclore e, sobretudo, da união e convívio familiar dos seus associados.

563041_343245025789952_1897852370_n

Desde a sua fundação, a Casa do Minho no Rio de Janeiro é obra de muitos homens e mulheres que ao longo de oitenta e oito anos de existência souberam erguer uma grandiosa instituição que dignifica a comunidade minhota radicada no Brasil e prestigia o nosso país.

Localizada na rua Cosme Velho, na zona sul do Rio de Janeiro, a Sede social da Casa do Minho dispõe para além das instalações propriamente ditas, de uma grande arborizada, parque de estacionamento e dois magníficos recintos desportivos.

487551_359090924205362_1816890443_n

De entre as suas principais finalidades, cumpre-nos destacar a promoção da fraternidade Luso-Brasileira; o desenvolvimento da prática de atividades desportivas, recreativas, culturais e sociais; a difusão do culto à Comunidade Lusíada; a luta pelos interesses do do Minho tornando conhecidas sua história, belezas naturais, gastronomia e o seu folclore.

Fotos: Casa do Minho do Rio de Janeiro

63896_359091410871980_1397036078_n

426471_359091854205269_912837775_n

Em 1967, adquiriu a velha moradia que vemos na foto acima, situada na Rua Cosme Velho, no Bairro das Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro. Procedeu à sua demolição para nesse local edificar a sua atual sede social.

CELORICO DE BASTO APRESENTA REDE DESPORTIVA LOCAL “ BASTO INTERACT”

“A Basto Interact” será apresentada oficialmente no dia 11 de março, pelas 16h30, no centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de sousa, em Celorico de Basto.

A primeira Rede de Desporto Local será promovida em Celorico de Basto pelo Grupo Cultural e Recreativo e Núcleo Infantil de Gandarela de Basto na sequência do desafio lançado pelo IPDJ por ser uma associação local com uma área de atuação alargada, fomentando o desenvolvimento, a saúde, a educação, o ensino, a cultura, a ocupação dos tempos livres, a prática do desporto e a defesa do meio ambiente.

Esta intervenção na comunidade foi crucial para o desafio proposto ao Grupo Cultural para a criação da Rede de Desporto Local.

Esta rede atuará em parceria com várias entidades nomeadamente a Câmara Municipal de Celorico de Basto, responsável por parte do apoio logístico inerente ao “Basto Interact”.

O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, ciente de que a prática desportiva é cada vez mais uma forma de estar da comunidade local, vê este projeto como uma forma de impulsionar ainda mais a prática de uma qualquer modalidade. “Celorico de Basto respira desporto, com infraestruturas várias para apoiar as diferentes modalidades. Temos vindo, anos após ano, a aprimorar as condições para que todos, independentemente da idade ou da condição socioeconómica, possam praticar a modalidade que mais gostam. Esta rede irá incrementar ainda mais a prática desportiva para todos. Os nossos jovens terão a oportunidade de conhecer outras realidades e se forem de facto bons podem até, ser catapultados para outros patamares desportivos”, disse.

Esta rede visa promover e defender o desporto como um direito universal, bem como a sua dimensão pedagógica e educativa, divulgando desta forma o Código da Ética Desportiva, sensibilizar e promover práticas desportivas intergeracionais, incentivar o gosto pelo desporto e hábitos de vida saudáveis facilitando à comunidade o acesso as várias modalidades, envolver os parceiros e outros agentes da comunidade, na calendarização e programação das ações e atividades a desenvolver, numa perspetiva integrada de mobilização e potenciação de recursos e dos participantes e garantir a continuidade e inovação dos programas e atividades, tendo por base um modelo participado e partilhado de custos e investimento.

HARMOS FESTIVAL 2016 PROMOVE TRÊS CONCERTOS EM BRAGA

A Cidade de Braga está este ano na rota do HARMOS Festival, um conceito único em todo o espaço europeu que reúne os melhores alunos das mais conceituadas escolas superiores do mundo. A realizar entre 8 e 12 de Março, o HARMOS Festival 2016 é totalmente dedicado à música de câmara e terá em Braga três concertos agendados para os dias 10, 11 e 12 de Março, todos com entrada livre.

CMB16022016SERGIOFREITAS000000696

O Auditório da Escola de Música do Carandá recebe na Quinta-feira, dia 10 de Março, às 21h30, o concerto de Parvula Corona, do Musicalis Hochschule fur Musik Basel (Suíça). No dia 11, à mesma hora, actua no salão medieval da Reitoria da Universidade do Minho o ‘Clas5ic Wind Quintet’, da Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo. Por fim, no dia 12 de Março, também às 21h30, o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian recebe o concerto de Tmesis Koninklijk do Conservatorium Brussel.

Além de Braga, o HARMOS Festival 2016 inclui este ano concertos na Casa da Música e na Câmara Municipal do Porto e ainda em Barcelos, Matosinhos, Lousada e Santa Maria da Feira.

O HARMOS é ainda o palco privilegiado para master classes, conferências e projectos de envolvimento comunitário, que fazem do conceito HARMOS um motor cultural em todos os contextos em que marca presença. O HARMOS pretende ser sempre “um projecto em devir, aberto e flexível às mudanças que o possam tornar ainda mais apelativo para os seus públicos tornando-se uma proposta cada vez mais internacional”, explica a Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo, entidade organizadora do festival.

Detentor do selo EFFE (Europe for Festivals, Festivals for Europe, sob a égide da Comissão Europeia e da Associação Europeia de Festivais), tem sido reconhecido como um festival de referência nacional e internacionalmente e apoiado por um conjunto importante de parceiros.

MUNICÍPIO DE BARCELOS PUBLICA LIVRO SOBRE A PRIMEIRA GRANDE GUERRA DA AUTORIA DO HISTORIADOR MANUEL ALBINO PENTEADO NEIVA

Amanhã, dia 9 de março, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

A Câmara Municipal de Barcelos, com o apoio da Assembleia Municipal, publica o livro “Barcelos na 1ª Grande Guerra: Honrando a Memória dos seus Combatentes (1914-1918)”, da autoria do historiador Manuel Albino Penteado Neiva, sendo apresentado amanhã, dia 9 de março, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, numa cerimónia que contará com a presença de inúmeros familiares e amigos destes heróis.

Entre 2014 e 2018, evoca-se o 1º Centenário da 1ª Grande Guerra Mundial. Barcelos, tal como outros concelhos, viu partir para os campos de batalha na África e na Europa, centenas de jovens, no caso de Barcelos, um dos maiores contingentes com 532 combatentes, a maior parte deles impreparados que, mesmo assim, dignificaram o nome de Portugal.

Esta edição faz parte da sessão comemorativa com que o Município de Barcelos irá assinalar a entrada de Portugal na 1ª Grande Guerra, e contará ainda com a inauguração da Exposição Documental sobre a 1ª Grande Guerra, do Dr. Manuel Albino Penteado Neiva, e da Exposição Evocativa do Centenário da Grande Guerra, da Escola Prática dos Serviços (EPS) do Exército, na Sala Gótica dos Paços do Concelho.

Além desta iniciativa, realiza-se, no dia 31 de março a apresentação do livro “A Guerra Não se Fez Só Com Balas: uma outra faceta da participação portuguesa na Grande Guerra”, da autoria de José Manuel Alves dos Santos, Sargento de Operações, Informações e Segurança daquela Escola Prática de Serviços (EPS), no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 21h30.

BARCELOS FORMA MONITORES DO PROJETO RIOS

Dias 11 e 12 de março, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos

O Município de Barcelos, através do Pelouro do Ambiente, está a promover o “PROJETO RIOS” que consiste na adoção de 500 metros de um rio. Depois da sessão de esclarecimento, que decorreu em outubro, chegou agora a vez da promoção de um curso de monitores. O curso terá lugar nos dias 11 e 12 de março, entre as 9h00-13h00 e as 14h00-18h00, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos.

O projeto é simples e consiste na adoção de 500 metros de um rio por grupos, com um mínimo de quatro pessoas, de modo a promover a sensibilização da sociedade civil para os problemas e a necessidade de proteção e valorização dos sistemas ribeirinhos.

Este evento destina-se a coordenadores de grupos que pretendam adotar um troço de um rio, bem como professores e profissionais em educação ambiental. Tem como objetivo programar planos de ação para a adoção de troços de rios, desenvolver competências para a realização de saídas de campo de monitorização e de utilizar adequadamente as ferramentas do Projeto Rios.

Os grupos assumirão a responsabilidade de vigilância e proteção do troço do curso de água que selecionaram, contribuindo assim para o processo de reabilitação desse leito.

Todos se podem inscrever no “Projeto Rios”: empresas, escolas (desde o ensino pré-escolar até à universidade sénior), juntas de freguesia, grupo de escuteiros, associações, famílias ou grupos de amigos, prevendo anualmente um tempo mínimo de dedicação de 7 horas.

O Município de Barcelos associa-se a este projeto financiando a aquisição do kit do “Projeto Rios” (€60), para os primeiros 15 grupos inscritos (1 kit por grupo), e a formação de monitores (€60) para os primeiros 30 inscritos (1 monitor por grupo).

A participação é gratuita, devendo efetuar a inscrição através do email: gambiente@cm-barcelos.pt.

NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER EVOCAMOS MARIA DA FONTE

Comemora-se hoje o dia 8 de Março, assinalado como Dia Internacional da Mulher, evocando a luta das operárias têxteis de Nova Iorque pela jornada das 8 horas, constituindo uma das muitas conquistas sociais actualmente ameaçadas pelos arautos do capitalismo selvagem, apesar do extraordinário desenvolvimento tecnológico que torna bastante mais rentáveis as forças produtivas.

Também em 1846, as heróicas mulheres do Minho deram início a uma revolta popular contra a ditadura de Costa Cabral, tomaram de assalto as repartições de finanças onde destruíram as “papeletas da roubalheira” e expulsaram a soldadesca enviada para reprimir a revolta.

O levantamento popular começou na Póvoa de Lanhoso e espalhou-se rapidamente a todo o Minho e norte do país em geral. A exumação de um cadáver que havia sido sepultado na igreja foi o rastilho. Os sinos tocaram a rebate e, de rebelião em rebelião, a revolta foi adquirindo um carácter de guerrilhas populares até que a Rainha D. Maria II se viu forçada a demitir o governo.

A opressão fiscal e a prepotência do governo cartista de Costa Cabral tiveram na revolta da Maria da Fonte uma resposta à altura que constitui uma lição da História que muitos insistem em ignorar.