Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

TERTÚLIA NO MUSEU BORDALO PINHEIRO DEBATE “O MODERNISMO E O FOLCLORE”

O debate em torno de “O Modernismo e o Folclore” marcaram a tarde de ontem no Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa. Tratou-se de uma conversa amena que teve lugar no âmbito da exposição Luís Filipe e a Farsa da Vida. Na ocasião, foi também inaugurada na sala “A Paródia”, do Museu Bordalo Pinheiro, uma mostra de peças “Pixeladas vianenses”.

12744320_1024352614292289_1524941476254220407_n

Esta foi a primeira de uma série de três tertúlias programadas acerca de Luís Filipe (1887-1949) que foi um dos artistas pioneiros do primeiro Modernismo em Portugal.

Esta tertúlia contou como convidados para a conversa o Musicólogo João Soeiro de Carvalho da Universidade Nova de Lisboa, a Historiadora da Arte Ana Vasconcelos do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, o Antropólogo Carlos Mendes e os Designers Liliana Soares e Ermanno Aparo da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Fotos: Museu Bordalo Pinheiro

12729055_1024352537625630_1793508457256749097_n (1

12717351_1024352510958966_3737588048222722353_n

NUMISMÁTICA DIVULGA FIGURADOS DE BARCELOS

A Imprensa Nacional Casa da Moeda vai este ano cunhar uma moeda para colecionadores alusiva ao figurado de Barcelos. Trata-se de uma moeda, com valor facial de 2,50 euros, inserida na série Etnografia Portuguesa, da autoria de Baiba Sime.

Serão cunhadas 75 000 moedas em cuproníquel, 3 000 moedas em prata Proof e 2 500 moedas em ouro

Possuem 28 mm de diâmetro, e apresentam-se embaladas em estojo de cortiça, com certificado de garantia numerado, decorada com motivos alusivos aos tradicionais lenços de namorados. O seu lançamento está previsto para o próximo mês de novembro.

MAU TEMPO PROVOCA GRAVES DANOS EM CABECEIRAS DE BASTO

Proteção Civil, brigadas municipais e Bombeiros mantêm-se no terreno

O concelho de Cabeceiras de Basto continua a ser fustigado por chuvas intensas e ventos fortes que desde a noite da passada quinta-feira têm provocado inúmeras situações de risco a que a Câmara Municipal, através das suas brigadas e da Proteção Civil, com o apoio dos Bombeiros Cabeceirenses, tem acorrido no sentido de resolver ou minimizar, no imediato, as consequências destas intempéries.

Desabamento de terras na ER 311 - trânsito está

O dia de ontem, sábado, 13 de fevereiro, foi particularmente crítico, tendo sido necessário manter em permanência aquelas equipas no terreno para acorrerem às situações de remoção de pedras e terras da via pública em consequência de desmoronamentos, bem como à desobstrução de aquedutos, sarjetas e levadas.

Desabamento de terras na ER 311 - trânsito está

Devido a um desmoronamento de terras, a estrada entre Passos e Várzea Cova mantém-se cortada ao trânsito, assim como Rua de Santa Senhorinha, junto à Igreja, na freguesia de Basto, na sequência da subida do caudal do rio. O desabamento de terras está, também, a condicionar o trânsito em Água Redonda, na ER 311, estrada que liga Fafe a Cabeceiras de Basto, cujos trabalhos de remoção de terras e pedras continuam desde esta manhã.

Deslizamento de terras em Teixugueiras, freguesia

As brigadas municipais acorreram também esta manhã a uma nova situação de deslizamento de terras para a estrada entre Petimão e Passos, na freguesia de Alvite e Passos, trabalhos estes ainda em curso.

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, e os presidentes das Juntas de Freguesia estiveram no terreno a acompanhar os trabalhos.

Deslizamento de terras na estrada entre Petimão e

Os fortes caudais das ribeiras e dos rios têm provocado algumas cheias e as derrocadas e deslizamentos de terras têm dificultado a circulação nalgumas estradas e caminhos municipais, pelo que as brigadas de proteção civil continuam a acudir às necessidades mais urgentes com o intuito de minorar, sobretudo, as más condições de circulação de veículos e pessoas.

Deslizamento de terras na estrada entre Petimão e

A forte pluviosidade provocou deslizamentos de terras um pouco por todo o concelho, de que são exemplo a EN 205, no Lugar Devesa, freguesia de Basto; na Portela de Alvite e na estrada entre Alvite e a Portela do Couto, freguesia de Alvite e Passos; e também em Teixugueiras, freguesia de Riodouro.

A Proteção Civil e as Brigadas Municipais continuam no terreno a desobstruir caminhos e estradas e a sinalizar as situações de risco.

Desmoronamento de terras na estrada entre Passos e

A Câmara Municipal recomenda as maiores precauções principalmente se circula de carro pelas estradas e caminhos do concelho e solicita a melhor compreensão para algum constrangimento que possa ocorrer com o desenrolar dos trabalhos para solucionar problemas, prejuízos e estrados causados pela força da natureza.

Rua de Santa Senhorinha, junto à Igreja, na fregu

BRAGA REQUALIFICA PARQUE DE EXPOSIÇÕES

Município de Braga avança com concurso público para projecto de requalificação do PEB

O Município de Braga vai lançar um concurso público para a elaboração de projectos de Requalificação do Parque de Exposições de Braga (PEB). A proposta será analisada amanhã, Segunda-feira, dia 15 de Fevereiro, em sede de reunião do Executivo Municipal, e representa mais um importante passo para a requalificação do espaço, tornando aquela infra-estrutura mais funcional, de forma a potenciar a actividade da InvestBraga.

CMB28032014SERGIOFREITAS00000827

Após a conclusão de um estudo prévio, desenvolvido pelo Município, estão reunidas as condições para que esse estudo seja convertido num projecto de arquitectura. “Realizamos um projecto em fase de estudo prévio, que permite aferir soluções, custos, viabilidade de execução e viabilidade de negócio, o que nos vai possibilitar executar um conjunto de obras e fornecimento de equipamentos, que permitem colocar o PEB como uma infra-estrutura de referência no Norte do País”, afirma Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, acrescentando que pretende dotar o espaço de todas as condições para a realização de congressos, feiras, exposições e eventos de carácter cultural, social e desportivo.

O valor destinado para os projectos será de aproximadamente 255 mil euros (IVA incluído). A elaboração do estudo prévio passou por uma fase intermédia de definição de um programa preliminar, que definiu a estratégia para uma futura intervenção. Na ocasião foi realizado um diagnóstico da situação existente, com levantamentos arquitectónicos e caracterização das principais infra-estruturas actuais.

Depois de escolhido e aprovado o projecto de arquitectura e especialidades para a requalificação do PEB, e assegurado o respectivo financiamento, o Município irá avançar com um concurso internacional para a execução da obra.

A requalificação do PEB irá possibilitar a sua actualização, adaptando-o às novas exigências, dotando-o de melhores condições de conforto e acolhimento para os visitantes. A componente térmica e acústica são factores a serem valorizados, de modo a poder inscrever a Grande Nave e todo o complexo no itinerário dos grandes eventos e espectáculos musicais.

Criado em 1981, o Parque de Exposições de Braga é a única estrutura da Região vocacionada para a realização de feiras, exposições, congressos e outros eventos de carácter sociocultural, científico, recreativo e desportivo, de interesse nacional e internacional.

MUNICÍPIO DE BRAGA E ACB SÃO PARCEIROS NA DINAMIZAÇÃO COMERCIAL DO CONCELHO

Acordo analisado em Reunião do Executivo

O Município de Braga vai celebrar um acordo de cooperação com a Associação Comercial de Braga (ACB) que visa a comparticipação financeira, no valor de 180 mil euros, destinada a apoiar o empreendedorismo, formação, inovação e a promoção comercial. O pedido submetido pela ACB, será analisado em sede de Reunião do Executivo Municipal que terá lugar amanhã, 15 de Fevereiro.

CMB11082015SERGIOFREITAS0000002701

Este acordo destina-se a apoiar um programa de desenvolvimento empresarial, o qual consagra um conjunto de actividades com a finalidade de reforçar a afirmação nacional e internacional de Braga como pólo de excelência para a atracção e dinamização de actividades económicas ligadas ao sector terciário da economia.

Assim, a Câmara Municipal de Braga e a ACB irão desenvolver acções conjuntas de melhoria da competitividade das empresas do Concelho, apoiando-as na busca de oportunidades em mercados extra-regionais e internacionais. Promover o acesso à inovação tecnológica e às acções de investigação e desenvolvimento de interesse para as actividades económicas de Braga, é outra das acções a desenvolver no âmbito deste acordo.

Também as iniciativas de dinamização comercial, bem como as actividades de divulgação da oferta comercial, turística e cultural de Braga, estão vertidas nesta proposta que se reveste de especial importância para o sector.

Com 150 anos de história e mais de 7.350 associados inscritos, dos quais cerca de 1.256 mantém uma ligação efectiva à instituição na actualidade, a ACB é a associação empresarial mais representativa do Concelho de Braga. Várias gerações de empresários e dirigentes associativos Bracarenses deram o seu contributo para o desenvolvimento socioeconómico de Braga, da Região e do País, construindo um projecto institucional de afirmação colectiva de inegável valia, mérito e interesse público.

Nas últimas décadas, a ACB tem concretizado projectos de modernização e desenvolvimento empresarial de reconhecido sucesso, sendo frequentemente referenciada como uma das mais representativas e dinâmicas associações de empresários de Portugal.