Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

DESFILE DO ENTRUDO EM BRAGA REGISTA A MAIOR ADESÃO DE SEMPRE

"RUSGAS: -É gente que bai, faz e bem das festas..."

3º Tema das comemorações dos 50 anos: "Celebração e Memória"

DE: - Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho

INICIATIVA: Corrida/Desfile do Entrudo/2016 -"Olha o Home, lá vai o home..."-, ritual carnavalesco bracarense

OBJETIVOS: - Salvaguardar, Preservar e Promover a materialidade e imaterialidade do(s) legado(s) cultural(ais) herdado(s), ao nível das tradições e/ou manifestações etnográficas e etnológicas locais.

QUANDO: - Dia08 de fevereiro (segunda-feira) /2016,às 21h30

ONDE: - Local de concentração: junto à sede da Rusga. Av. Artur Soares (Palhotas), nº 73, Braga

A reposição do ritual carnavalesco bracarense "Olha o home, lá bai o home...", voltou para ficar.

A Rusga convida todos os foliões bracarenses e demais interessados a participar na Corrida/Desfile do Entrudo/2016

A Corrida/Desfile do Entrudo - "Olha o home, lá bai o home…”, está agendada para a noite da próxima 'segunda-feira gorda', dia 8, do mês em curso, com concentração marcada para as 21h.15, junto à sede da Rusga, sita na Av. Artur Soares (Palhotas), nº 73. Para o efeito, os foliões, crianças, jovens e adultos, devem comparecer no local devidamente mascarados, acompanhados de instrumentos ou objetos ruidosos - bombos, buzinas, gaitas ou assobios -, para ao som destes, correrem com o Entrudo e poderem integrar a Corrida/Desfile.

Exigi-se, criatividade, boa disposição e refinado sentido de humor, já que, - “É Carnaval ninguém leva a mal”.

A seu tempo, foram endereçados convites às escolas e outras instituições de ensino do concelho, bem como, IPSS, associações culturais e recreativas.

As confirmações já registadas, confirmam uma maior adesão por parte do movimento associativo convidado.

Venham divertir-se connosco, e assim, conjuntamente, garantiremos que esta tradição carnavalesca da cidade dos arcebispos e respetivo concelho se mantenha e promova.

Libório, ultíma a redação final do testamento

'Libório Caturra' o testador, acompanhado do seu filho primogénito 'Justino Capitulino' - personagens incontornáveis destes rituais carnavalescos -, última a redação do testamento. Os seus parcos teres e haveres, serão doados por alguns elementos da 'Família Rusgueira', distintas personalidades, locais, nacionais e internacionais, bem como, políticos da nossa urbe, instituições, associações e afins. A leitura de tão importante legado, será feita em praça pública, quando a Corrida/Desfile chegar à Avenida Central, da mui nobre, Roma portuguesa.

Ritual das carnes verdes irá repetir-se depois da queima do Entrudo

“Cada terra tem seu uso, cada roca tem seu fuso”

Após a queima do Entrudo - 'O home', no adro da igreja paroquial de São Vicente, a Rusga voltará a repor o 'ritual das carnes verdes', inerente a esta tradição carnavalesca da cidade dos arcebispos. Assim, todos os foliões participantes na Corrida/Desfile do Entrudo - tal como mandava a tradição -, terão por recompensa, a degustação das carnes de porco, nomeadamente a orelheira e enchidos, acompanhadas com broa de milho e o vinho verde da região.

Vá lá!!! Dê asas à sua imaginação e compareça no local e hora marcada, devidamente mascarado.

Vai ver que não custa nada. Irá divertir-se e descontrair-se.

MUSEU BORDALO PINHEIRO MOSTRA VIANA DO CASTELO

Viana do Castelo é um festival de cores e movimento, onde o folclore vianense é rei e, neste caso concreto, a festa maior da cidade: a Romaria d'Agonia.

12661959_1017927411601476_5720198346217774682_n

Para aguçar o apetite, mostramos um cartaz em exposição alusivo às Festas da Cidade de Viana do Castelo, em 1934.

Não espere por Agosto para entrar no espírito.

Visite o Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, e deixe-se contagiar pela linguagem modernista de Luís Filipe.

Vai ver que vale a pena!

O vianense João Alpuim Botelho, anterior diretor do Museu do Traje em Viana do Castelo, é atualmente o responsável pelo Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa.

PONTE DE LIMA REDUZ TARIFÁRIOS DA ÁGUA E SANEAMENTO

Município de Ponte de Lima aprova Regulamento Tarifário para o Abastecimento de Água e Saneamento reduzindo em 75% as tarifas de execução e ligação de ramais e criando a nova Tarifa Social

Na sequência das recomendações apresentadas ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos) relativamente àquilo que são os tarifários dos serviços de abastecimento e saneamento, o Município de Ponte de Lima viu-se obrigado a reformular o Regulamento que estava em vigor.

Fotografia_FotoEngenho

No exercício de reformulação do Tarifário foi tida como principal preocupação adotar soluções que, indo de encontro às incontornáveis recomendações da ERSAR, não onerassem os cidadãos naquilo que é o serviço prestado pelo Município ao nível do abastecimento de água e saneamento de águas residuais assumindo-se, cabalmente, os compromissos que este Executivo desde cedo assumiu relativamente a esta matéria.

Neste contexto, foram mesmo introduzidas medidas que permitem reduções substanciais ao nível da tarifa a cobrar pela execução de ramais, seja na água ou no saneamento, na ordem dos 75%, havendo uma redução semelhante para a tarifa de ligação da água e mantendo-se a isenção da ligação para o saneamento. Estas reduções fazem com que, na prática e a título de exemplo, um cidadão que solicite a execução de ramais e ligação à rede de abastecimento de água, em vez de pagar 278,32 € passe a pagar apenas 69,57 €. No caso da execução de ramais e ligação à rede de saneamento, de acordo com o anterior tarifário o munícipe pagaria 556,61 €, neste momento esse valor será de apenas 139,15 €, ou seja uma poupança de 417,46 €.

Por outro lado, o tarifário passou a incorporar os benefícios às Famílias Numerosas que o Município já tinha aprovado em regulamento próprio, tendo-se criado uma nova tarifa, a Tarifa Social, que prevê a aplicação de valores consideravelmente reduzidos às pessoas e famílias do concelho com dificuldades económicas

A redução do número de 6 para 4 escalões para as tarifas variáveis de abastecimento e saneamento, foi uma das medidas que nos vimos obrigados e implementar em resultado das orientações da Entidade Reguladora, obviamente nesta “agregação”, não sendo possível aplicar o valor mais baixo dos anteriores intervalos por recomendação da ERSAR que entende que estamos “a aplicar preços inferiores aos considerados adequados”. Assim, foi encontrado um valor intermédio para essas novas classes de consumo, evitando-se, a todo o custo, aplicar o valor mais alto definido anteriormente para esse intervalo.

A título de exemplo e de uma forma prática, podemos esclarecer que, para a generalidade das famílias, que se enquadram no escalão de consumo até aos 15 m3 de água, a variação mensal é de 0,15€ para o abastecimento e de 0,19€.

Não houve, ainda, qualquer alteração das tarifas definidas para as instituições de beneficência, culturais, desportivas e de interesse público sem fis lucrativos.

Verifica-se, efetivamente, que o resultado final não é de todo oneroso para o munícipe. Devemos ainda relembrar que, independentemente destas questões, todos os anos deve ser aplicado o Índice Harmonizado de Preços ao Consumidor, só por essa via já se registaria uma variação residual do preço.

Foi possível ao Município dentro desta obrigatoriedade de rever a sua Tabela Tarifária, encontrar algumas medidas de harmonização, equidade e compensação tendo-se evitado um resultado que pudesse ser penalizador para os cidadãos.

O não cumprimento destas recomendações da ERSAR enquanto Entidade Gestora destes serviços, teria implicações fortemente penalizadoras para o Município, não apenas pela via da aplicação de multas e cobranças coercivas, como também, por nos vedar o acesso aos fundos comunitários, essenciais para podermos viabilizar os investimentos que temos planeado realizar no alargamento da Rede de Saneamento de Águas Residuais no concelho, no valor estimado de 6.000.000,00€.

SECRETÁRIO DE ESTADO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO INAUGURA AÇUDE NO RIO LIMA

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto preside à inauguração do Açude de Ponte de Lima, no dia 6 de fevereiro, pelas 16h00

O Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Wengorovius Meneses, preside à inauguração do Açude de Ponte de Lima, no próximo dia 6 de fevereiro.

convite_acude_ponte_de_lima-1

A recuperação e remodelação do Açude de Ponte de Lima teve como objetivo criar melhores condições para a prática da canoagem.

Assim, ao abrigo do projeto de Beneficiação e Recuperação Ambiental a implementar nas margens do Rio Lima, a intervenção visou encontrar uma solução que garanta a estrutura hidráulica do Açude, bem como proporcionar condições de escoamento dos caudais, semelhantes às que atualmente se verificam.

Desta forma foi introduzida uma técnica única no país, designada Escada de Peixe, que consiste num alinhamento de pedras em sobreposição, criando agitação das águas, o que facilita a passagem dos peixes. A instalação desta técnica, que se baseia em projetos internacionais, foi orientada pelo ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. As obras não comprometeram os ecossistemas naturais do Rio Lima, tendo-se conseguido concretizar uma intervenção que assegura as condições fundamentais para a prática da canoagem e para a melhoria paisagística.

A obra de recuperação do Açude teve início em julho, cujo investimento total, foi de 656.000,00€ (c/iva) sendo o custo do desassoreamento do Rio Lima de 91.000,00€ (c/iva). O investimento foi assegurado pelo Orçamento Municipal, tendo o Município de Ponte de Lima submetido uma candidatura ao Fundo de Proteção dos Recursos Hídricos, sendo admitido o cofinanciamento do projeto de intervenção.

Neste contexto, convidamos o V/ órgão de comunicação para a cerimónia oficial de inauguração, na margem direita do Rio Lima, junto ao Clube Náutico, no sábado, a partir das 16 horas.

“WEB SUMMIT”: MAIOR EVENTO DE EMPREENDEDORISMO REALIZA-SE EM LISBOA

´Web Summit´ realiza-se em Lisboa, no mês de Novembro: CEO do maior evento de empreendedorismo e tecnologia da Europa visitou Startup Braga

Paddy Cosgrave, CEO da Web Summit, esteve hoje, dia 2 de Fevereiro, na Startup Braga, numa acção promovida pelas entidades dinamizadoras daquele que é o maior evento europeu para startups e que se irá realizar em Lisboa nos anos de 2016, 2017 e 2018.

CMB02022016SERGIOFREITAS000000501

Criada em 2010, em Dublin, a Web Summit tornou-se rapidamente no maior evento de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa. Para a edição de 2016 espera-se que participem cerca de 40 mil pessoas estejam em Lisboa para participar na conferência.

Na ocasião, para além de conhecer as instalações, Paddy Cosgrave teve ainda a oportunidade de perceber mais detalhadamente o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelas empresas que estão ligadas ao universo da Startup Braga.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esta é uma oportunidade para as empresas se darem a conhecer a um representante de uma das principais organizações mundiais na área do empreendedorismo. “O Web Summit é um palco onde todos desejem estar e o facto de se realizar em Lisboa funciona como factor de motivação extra para os empreendedores que estão aqui a trabalhar e que dispõem de uma fantástica ocasião para dar a conhecer os seus produtos”, referiu.

CMB02022016SERGIOFREITAS000000504

De acordo com Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, a visita de Paddy Cosgrave, realizada com vários meses de antecedência da realização da Web Summit, permite às empresas poderem tirar o maior proveito possível da conferência que vai colocar Portugal no mapa do empreendedorismo a nível global. “Braga é um dos grandes motores do empreendedorismo no país e a Web Summit vai-nos permitir mostrar a nossa tecnologia e dar visibilidade às nossas empresas”, afirmou, sublinhando ainda que a Startup Braga está disponível para acolher eventos de preparação para a Web Summit.

Já Paddy Cosgrave mostrou-se ´impressionado´ com o ecossistema das startups em Braga. “Este é um local magnífico para as empresas crescerem e é um excelente exemplo de um trabalho de muita qualidade desenvolvido fora de Lisboa. O Web Summit irá certamente mostrar uma diferente faceta de Portugal, ligada às componentes da tecnologia e do empreendedorismo, que através dos media terá impacto internacional. Esse é, entre outros, um dos maiores benefícios da realização do evento no país”, disse.

CMB02022016SERGIOFREITAS000000505

FAFE INVESTE NA REQULIFICAÇÃO DE HABITAÇÕES

Município de Fafe já investiu 4,6M€ na requalificação de habitações. Apoio representou melhoria nas condições de 558 casas

Nos últimos dezoito anos, a Câmara Municipal de Fafe já investiu mais de 4,6 milhões de euros no apoio a agregados familiares que viviam com condições de habitabilidade bastante precárias e que, desta forma, puderam fazer intervenções estruturais nas suas casas, sendo que neste valor não está contabilizada a verba comparticipada pela autarquia para a renda, outro apoio concedido pelo Município.

DSC_6496A

O Programa Municipal para Melhoria de Habitação de Agregados Familiares Carenciados vai ao encontro dessas famílias que não possuam os recursos económicos capazes de suportar os custos inerentes às obras de reparação nas suas habitações, estando elas dependentes dos apoios que a autarquia lhes possa conceder para avançarem com as remodelações.

Com este programa de ação social, o Município conseguiu, até então, melhorar as condições de 558 casas de todas as freguesias do concelho de Fafe. Para além do apoio financeiro, a autarquia presta também apoio técnico, de projeto e de fiscalização das obras que sejam aprovadas.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raúl Cunha, destaca o papel relevante da autarquia no apoio às famílias com menos recursos e promete não deixar cair um programa que tem contribuído para garantir as condições básicas de que qualquer família precisa para viver com dignidade.

“O Município não pode nunca esquecer os que vivem num contexto que não é condizente com o bem-estar de qualquer ser humano e deve agir no sentido de garantir as condições básicas para qualquer família.

O apoio à habitação é fundamental para podermos ter uma sociedade civil cada vez mais justa que integra todos, ao invés de cavar fossos entre classes sociais e económicas.

O Programa Municipal para Melhoria de Habitação de Agregados Familiares Carenciados tem quase duas décadas e, no seguimento das medidas que temos levado a cabo, não queremos romper com o que de bom vinha a ser feito e, nesse sentido, este apoio é para continuar nos próximos anos.”

DSC_6494A

PONTE DE LIMA É CAPITAL DO ARROZ DE SARRABULHO

VIII Feira do Porco e as Delícias do Sarrabulho: O Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima trouxe milhares de visitantes a Ponte de Lima

O Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima trouxe milhares de visitantes a Ponte de Lima, certificando que este prato gastronómico é uma verdadeira alavanca económica do concelho, tal como revelou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, na abertura oficial da VIII Feira do Porco e das Delícias do Sarrabulho.

É da excelência dos nossos produtos e da afirmação da identidade cultural que resulta o desenvolvimento integrado e sustentado. Inserida no projeto “Em época baixa, Ponte de Lima em Alta”, a VIII Feira do Porco e das Delícias do Sarrabulho consolidou e superou as expectativas, demonstrando as potencialidades económicas do tecido empresarial e do mundo rural, em particular do porco bísaro.

Esta jornada de promoção e valorização da cultura, etnografia e história do concelho, reflete um regresso às origens do Vale do Lima, aos costumes, aos seus sabores, às suas gentes, através de uma mostra de produtos regionais, derivados do porco. Em paralelo à Feira, que decorria na Expolima, mais de 50 restaurantes do concelho apresentavam como prato principal o Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima, integrado nos fins-de-semana gastronómicos 2015 / 2016, do Turismo, Porto e Norte de Portugal, E.R.

De acordo com a organização, o balanço final do evento atinge um grau de satisfação elevado, tendo em conta o volume de negócios efetuado, decorrente da venda de milhares de quilos de enchidos, de fumados, das variadíssimas delícias do Sarrabulho além do famoso vinho casta Vinhão, produzido no concelho. O crescente interesse dos comerciantes e artesãos tem vindo a projetar este evento na região e no país.

O último dia da Feira foi aquele que registou maior número de visitantes, consagrando Ponte de Lima como “A Pátria do Sarrabulho”.

PARTIDO “OS VERDES” LEVA AO PARLAMENTO DEBATE SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DA ÁGUA

Princípio da não privatização da água em discussão no Parlamento por iniciativa dos Verdes

Por iniciativa dos Verdes, que agendou para discussão o seu Projeto de Lei 15/XIII/1, o Parlamento discute na próxima sexta-feira, dia 5 de fevereiro, o tema da privatização da água. A iniciativa legislativa do PEV visa a proibição da entrega a entidades privadas das atividades de captação, tratamento e distribuição de água para consumo público, e das atividades de recolha, tratamento e rejeição de águas residuais, estabelecendo-se o princípio da não privatização da água.

1003141_139756409564853_38033895_n

Na passada legislatura, o Governo PSD/CDS avançou com uma reestruturação do setor da água que visou a fusão de sistemas, o aumento generalizado das tarifas e o afastamento da dimensão interventiva das autarquias e avançou-se com a privatização da EGF, uma empresa lucrativa da holding Águas de Portugal. A própria privatização da Águas de Portugal não foi posta de parte pelo anterior Governo e a porta ficou aberta para quem no futuro o pretender fazer.

Face à importância que tem este recurso essencial à vida, importa garantir que a privatização do setor da água não fica ao sabor das vontades de cada Governo, mas sim assumir a não privatização deste setor como um compromisso nacional e é essa a proposta de Os Verdes por via Projeto de Lei 15/XIII/1 apresentado – estabelecer o princípio da não privatização da água na legislação portuguesa, por forma a salvaguardar os direitos das gerações presentes e também das futuras.

O Projeto de Lei de Os Verdes será discutido na Assembleia da República na próxima sexta-feira, dia 5 de fevereiro, a partir das 10.00h.

MINHO RECLAMA MODERNIZAÇÃO DA LIGAÇÃO FERROVIÁRIA ENTRE PORTO E VIGO

Eixo Atlântico quer reverter atraso na modernização da ligação ferroviária à Galiza

Ricardo Rio defendeu hoje, dia 2 de Fevereiro, a necessidade de “reverter de uma vez por todas” o atraso no lançamento das obras de modernização da ligação ferroviária entre o Porto e Vigo.

CMB02022016SERGIOFREITAS000000487

No final da reunião da Comissão Executiva, realizada no Porto, o presidente do Eixo Atlântico criticou o facto de investimentos como esta importância “estarem ainda por concretizar”, tanto do lado português como do lado galego. “Desejamos que este atraso seja revertido e que haja iniciativas palpáveis por parte do Governo, até porque há verbas disponíveis do ponto de vista dos financiamentos comunitários, que foram cativadas atempadamente”, afirmou, sublinhando ainda a necessidade de se avançar com a ligação rodoviária Bragança-Puebla de Sanabria (Espanha).

CMB02022016SERGIOFREITAS000000488

O Autarca Bracarense lembrou que os investimentos na ligação ferroviária deveriam estar concluídos até 2017, caso os concursos tivessem sido lançados a tempo. Como nada disso aconteceu até à data, Ricardo Rio referiu que o projecto não poderá ser concretizado antes de 2019/2020.

A suspensão de ligações aéreas da TAP do Porto para a Europa foi outro dos assuntos abordados na reunião da Comissão Executiva do Eixo Atlântico, que vê com “apreensão este desinvestimento no aeroporto Francisco Sá Carneiro”. Ricardo Rio defendeu, por isso, a necessidade de encontrar operadores privados que queiram fazer as ligações directas ao Aeroporto Sá Carneiro para Barcelona, Milão, Roma e Bruxelas.

“Acto público após acto público, somos forçados a repetir os mesmos argumentos e as mesmas reivindicações, porque há muitos investimentos que de um lado e de outro da fronteira estão ainda por concretizar e que correspondem a aspirações de longa data, cruciais para o desenvolvimento da região”, afirmou Ricardo Rio.

Estas questões serão novamente abordadas na próxima Assembleia Geral do Eixo Atlântico, agendada para o próximo dia 16 de Fevereiro, em Santa Maria da Feira, que deverá contar com a presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

A par de todas as iniciativas que estão a ser desenvolvidas no seio desta estrutura de cooperação transfronteiriça, Ricardo Rio destacou a “aposta muito sustentada” que o Eixo Atlântico está a encetar em matéria de agenda urbana. “Queremos que os nossos territórios sejam cada vez mais sustentáveis, inclusivos e competitivos e estamos com o apoio de vários peritos, de um lado e de outro da fronteira, a desenvolver um conjunto de iniciativas que visam estimular a partilha de boas práticas entre os municípios que compõem o Eixo”, afirmou o Autarca Bracarense.

CMB02022016SERGIOFREITAS000000490

TRANSFERÊNCIAS DA CÂMARA DE CAMINHA PARA AS FREGUESIAS EM 2016 ULTRAPASSAM MEIO MILHÃO DE EUROS

Executivo reúne amanhã com uma extensa ordem de trabalhos

O Município de Caminha vai transferir para as freguesias em 2016 mais de meio milhão de euros. Uma parte destas verbas diz respeito a obras e a restante a protocolos que permitem às freguesias desenvolver as suas competências. Para o próximo ano, serão realizados protocolos com todas as freguesias num montante que ronda os 300 mil euros, o que corresponde a um aumento de sete por cento face ao ano anterior. A proposta do presidente da Câmara será apresentada amanhã em reunião do Executivo, marcada para as 15h00, nos Paços do Concelho.

O Executivo deverá aprovar, para submeter à Assembleia Municipal, o Protocolo Tipo de Apoio às Freguesias. Na sua proposta, Miguel Alves recorda que o novo regime jurídico das autarquias locais aprovado pela Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, veio alterar o quadro de competências dos órgãos dos municípios e das freguesias, com especial incidência nos órgãos executivos.

O diploma reforça as competências das freguesias em vários domínios, mas não foi acompanhado da consequente capitação e reforço da capacidade de intervenção, não dispondo as freguesias de recursos necessários para dar cabal resposta às competências.

Assim sendo, Miguel Alves propõe, “em salvaguarda dos interesses próprios das respetivas populações e da continuidade da prestação de serviços”que sejam aprovadas as seguintes formas de apoio às freguesias em reforço da capitação necessária para que estas consigam prosseguir as respetivas competências materiais: em numerário até ao limite constante das grandes opções do plano, e em espécie, através da disponibilização pontual de recursos humanos e patrimoniais.

Além dos apoios às freguesias, na área da educação, o Executivo deverá aprovar submeter à Assembleia Municipal o Contrato Interadministrativo entre a Câmara Municipal de Caminha e o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais – Autonomia para o ano letivo 2015/2016; a atribuição de subsídio ao Agrupamento de Escolas Sidónio Pais e a celebração de um protocolo entre a Câmara Municipal de Caminha, Sporting Clube Caminhense e Agrupamento de Escolas Sidónio Pais para a prática de remo durante a atividade letiva.

Da ordem de trabalhos fazem parte ainda dois regulamentos municipais e um contrato de comodato entre o Município de Caminha e o Centro Paroquial e Social de Santa Maria de Riba de Âncora, entre outros assuntos.

PINTOR DOMINGOS SILVA EXPÕE EM PÓVOA DE LANHOSO

Theatro Club apresenta “Pontos de Vista” de Domingos Silva

“Pontos de Vista” é como se designa a exposição de pintura do artista Povoense, Domingos Silva, que abre ao público no próximo dia 6 de fevereiro, sábado, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso.

“É sempre gratificante acolher na Galeria do Theatro Club uma exposição de um artista da craveira do Domingos Silva, que tem as suas obras espalhadas pelos quatro cantos do mundo. Trata-se, sem dúvida alguma, de uma das principais referências concelhias em termos culturais, o que muito nos honra”, refere o Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Armando Fernandes, para quem “o Domingos Silva tem uma forma especial de ver as coisas e transportá-las para a tela. As suas obras falam por si, sem necessidade de grandes explicações por parte do autor. E dois dos bons exemplos disso mesmo são as telas que o Domingos concebeu para o hall de entrada do Centro Interpretativo Maria da Fonte e do renovado Hospital António Lopes”.

Esta mostra complementa, de certa forma, a realização do Concurso Nacional de Teatro da Póvoa de Lanhoso, que decorre no Theatro Club entre os dias 5 de fevereiro e 12 de março, tratando-se de uma forma de receber com outra forma de arte, que não o teatro, quem visita aquele espaço.

Domingos Silva é um dos mais reconhecidos artistas da Póvoa de Lanhoso. No ano 2000, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso prestou-lhe homenagem, através da colocação de uma placa autógrafa no “Memorial Às Gentes das Artes e da Cultura das Terras de Lanhoso”. Em 1999, concebeu o projeto para o Monumento ao 25 de Abril erigido na Póvoa de Lanhoso. Tem sido o autor da imagem de cartaz de diversas edições das Festas Concelhias em honra de São José.

Domingos Mendes da Silva nasceu na freguesia de Travassos, do concelho da Póvoa de Lanhoso, no dia 14 de dezembro de 1955, no seio de uma família de ourives. Concluiu a escola primária em Travassos e prosseguiu a sua instrução no Liceu Sá de Miranda e no Conservatório Calouste Gulbenkian, em Braga.

Foi no Conservatório que se iniciou no mundo das artes, sob orientação do professor Nuno Barreto.

Em 1975, frequentou o curso de Artes do Fogo na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis, no Porto, findo o qual viajou para França e Suíça.

Em 1979, regressa a Portugal e inicia a sua carreira no ensino (Cerâmica) exatamente na Escola Soares dos Reis, onde estudara poucos anos antes.

E, apesar de prosseguir, em diferentes escolas, a sua carreira docente, sempre procurou oportunidades para, ele mesmo, acrescentar à sua formação novos cursos na área da Pintura, tendo frequentado este curso na Cooperativa de Ensino Artístico Árvore, no Porto, em 1985.

Contributos para a sua formação artística serão também de considerar as viagens que fez ao museu do Cairo, no Egipto, e ao Oriente – Macau, Hong-Kong e sul da China, onde se encontra de novo com o seu antigo professor e orientador, Nuno Barreto.

Trabalhos de sua autoria integram diversas coleções particulares ou foram adquiridas por instituições públicas.

“Pontos de Vista” é uma exposição que fica patente até ao dia 6 de março, na Galeria de Exposições do Theatro Club, podendo ser apreciada de terça a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 e aos sábados e domingos das 15h00 às 18h00. Pode ainda ser vista todas as sextas e sábados até dia 12 de março das 21h00 às 23h00.

BRACARENSES FESTEJAM A NOSSA SENHORA DA LUZ

Terminam hoje as Festividades em honra de Nª Senhora da Luz em Braga

Chegam hoje ao fim, as Festividades em honra da Nª Sª da Luz da comunidade paroquial de São Vicente de Braga, com a Eucaristia Solene às 19h00, animada pelos grupos paroquiais, ‘Coro 10h’ e ‘Grupo Coral e Instrumental de São Vicente’.

O dia da Padroeira dos vicentinos, e, de todos aqueles que desde o passado domingo rumam até à igreja de São Vicente - oriundos de outras localidades de Braga e seu termo -, começou às 8h15, com Laudes e exposição do Santíssimo Sacramento.

A romagem à Nossa Senhora da Luz faz-se durante todo dia, até ao início da Eucaristia Solene, às 19h00. Marcarão presença, para além da Irmandade de São Vicente, representantes do Patronato de Nª Sª da Luz,respetivas crianças acompanhadas pelas educadoras e pais, bem como, as crianças da catequese com os seus catequistas.

Termina assim, o ciclo das Festividades da comunidade paroquial de São Vicente, que se iniciou no dia 20, do passado mês de janeiro, com a inauguração, da exposição temática “EntreMeios e Viagens”, inserida no programa cultural da Romaria do Mártir São Vicente, padroeiro da paróquia, e, patrono da respectiva freguesia bracarense.

ATLETA ESPOSENDENSE JOÃO RIBEIRO TEM NOVO PATROCINADOR

João Ribeiro tem novo Patrocinador. A Impetus, conceituada marca de Underwear, é o novo apoio do atleta no ano de Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Vários títulos obtidos nacional e internacionalmente, e o mais recente apuramento olímpico permitiram a João Ribeiro associar-se à prestigiada marca.

12666246_10205751806929828_2080324898_n

Depois de no passado dia 27 de janeiro, o canoísta ter anunciado que iria ter um novo patrocinador, a revelação do nome e a apresentação oficial foi feita ontem, dia 01 de fevereiro, pelo próprio na sua página de atleta no facebook.

João Ribeiro mostra-se muito satisfeito por juntar aos seus patrocinadores um nome de referência nacional e internacional.

“É com muito orgulho que anuncio que a Impetus é o meu novo Patrocinador, que me irá acompanhar na preparação rumo aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.”, refere o atleta na sua página de facebook.

80 MIL MUNÍCIPES DE BRAGA JÁ PASSARAM PELO BALCÃO ÚNICO

Em média são atendidos diariamente mais de 300 cidadãos

Em 2015, foram atendidos no Balcão Único do Município de Braga cerca de 80 mil munícipes. De portas abertas desde Dezembro de 2014, este serviço permite a centralização de todo o atendimento ao público e resulta do processo de modernização administrativa desenvolvido pelo Município de Braga.

CMB01122014SERGIOFREITAS00000441

Com uma média superior a 314 atendimentos diários, este serviço revelou-se uma mais-valia na agilização administrativa, trazendo maior conforto, acesso e rapidez, ao mesmo tempo que contribui para o aumento da transparência na tramitação de todos os processos.

Com a centralização do atendimento dos vários serviços municipais, foi dado um passo significativo na modernização e qualificação dos serviços da Autarquia e na forma de interacção com os munícipes.

O atendimento geral e os serviços de Urbanismo, para licenças e informações, foram as áreas que registaram maior procura por parte dos Bracarenses. Ao longo do ano, recorreram ao atendimento geral mais de 19 mil cidadãos, aos serviços de Urbanismo foram cerca de 26 mil e para pagamentos foram registadas 17 mil entradas.

O Balcão Único disponibiliza, também, atendimento nas áreas de certidões/autenticações, um gabinete dedicado à inserção profissional, um gabinete de apoio ao emigrante/imigrante, um posto adstrito aos Transportes Urbanos (TUB). A mediação do ‘licenciamento zero’, a área de habitação social e manuais escolares, também fazem parte do vasto leque de serviços que o Balcão Único disponibiliza à população.

Recorde-se, também, que o Município de Braga tem vindo a apostar na descentralização administrativa com a instalação de ‘Espaços Cidadão’ em diversas Freguesias do Concelho. Com esta medida, Braga disponibiliza postos de atendimento, fora do centro da Cidade, que reúne serviços de diferentes entidades num só balcão, privilegiando o atendimento digital assistido.

Actualmente encontram-se em funcionamento dois ‘Espaços Cidadão’ localizados nas freguesias de Tadim e Sequeira. Até ao mês de Março está prevista a instalação de novos espaços nas freguesias de Adaúfe, Real, Sobreposta e Figueiredo.

CARNAVAL EM ARCOS DE VALDEVEZ É GRANDE FOLIA

Arcos de Valdevez vive o carnaval de 5 a 9 de Fevereiro. O maior e melhor Corso de Carnaval do norte realiza-se aqui

O Entrudo é já uma tradição em Arcos de Valdevez, dado o espírito Carnavalesco que se vive e a animação que se faz sentir no concelho nestes dias, voltados, na íntegra, para a brincadeira, as máscaras e a traquinice.

Ano após ano, o Carnaval em Arcos de Valdevez surpreende quer os ar­cuenses quer os visitan­tes, assumindo cada vez mais uma posição singular no itine­rário dos melhores Carnavais do país. Elogiado por todos, o Carnaval arcuense está cada vez melhor e destaca-se por dar atenção a todas as gerações, onde as brincadeiras de estendem desde os mais novos ao mais velhos. O entrudo arcuense é motivo de orgulho, por isso os foliões já espe­ram, ansiosos, por esta nova edição que terá início no dia 5, prolongando-se até ao dia 9 de fevereiro.

Com um vasto programa de ani­mação, esta edição será marcada pelo carnaval da pequenada a realizar-se logo no dia 5 com o desfile dos mais pequenos, levado a acabo com a colaboração dos Agrupamentos Escolares e Jardins de Infância de Arcos de Valdevez.

No dia 6, sábado, tem lugar o Pimba no Carnaval. Este dia será dedicado à atuação das rusgas de Arcos de Valdevez fantasiadas e haverá porco no espeto e vinho verde, bem como a atuação do duo Musical Carlos Rodrigues e Isaura.

O domingo à tarde é dedicado aos seniores que terão a oportunidade de se divertirem num baile de carnaval na discoteca Azenha. A segunda-feira reserva um baile de máscaras com a atuação do conjunto Microsom e o grande dia, a terça-feira, dia 9, trará às ruas cerca de 2000 figurantes, naquele que é já o maior cortejo de Carnaval do Norte do país, e milhares de pessoas a assistir. Este ano é de referir a alteração do trajeto deste corso que fará a sua concentração no parque de estacionamento junto ao Pavilhão Desportivo Municipal e seguirá pela rotunda da Família, passando pelo Campo do Trasladário e terminando na rotunda da Ponte Nova.

A banda que animará os foliões depois do desfile será o Conjunto Curtisom. O grande corso é o culminar destas festividades já que é onde os foliões se encontram todos no fim destes 5 dias de animação. Neste dia, as ruas enchem-se de crianças, jo­vens e adultos que todos os anos fazem questão de participar no desfile e per­correr as várias artérias, mascarados com grande criatividade e dos mais di­versos temas, sempre muito animados, contribuindo para que esta festa seja única e repleta de muita folia, cor e fantasia.

Estas festividades carnavalescas estendem-se a todo concelho e contam com a participação das várias associações concelhias, que preparam os seus carros alegóricos com pompa e circunstância para o grande dia.

Estes são motivos mais que suficientes para visitar Arcos de Valdevez e juntar-se aos festejos, entrando nas brincadeiras e espírito do Carnaval. Venha a terras de Valdevez, e não só terá a oportunidade de vivenciar um Car­naval único no País e na Região, como também de ficar a conhecer um destino turístico de excelência, integrado no Parque Nacional Peneda-Gerês, Re­serva Mundial da Biosfera, assim como a sua cultura, as suas tradições e a sua excelente gastronomia.

PROGRAMA

5/FEV - 6.ª FEIRA9,30 h – CARNAVAL DA PEQUENADA -Cortejo carnavalesco Agrupamentos Escolares e Jardins de Infância de Arcos de Valdevez

6 – SÁBADO | PIMBA NO CARNAVAL

21h00 - Atuação das Rusgas de Arcos de Valdevez Fantasiadas

Porco no espeto e Vinho Verde

23h00 - Duo Musical Carlos Rodrigues e Isaura 

DIA 7 – DOMINGO | CARNAVAL SÉNIOR

15h00 – Baile de Carnaval na Discoteca Azenha

IPSS’s de Arcos de Valdevez

DIA 8 – SEGUNDA | BAILE DE MÁSCARAS

22h00 – Conjunto Microsom

DIA 9 – TERÇA

MAIOR CORTEJO DE CARNAVAL DO NORTE DE PORTUGAL

15h30 – Cortejo Carnavalesco

Concentração no Parque de Estacionamento junto ao Pavilhão Desportivo Municipal

>> Rotunda da Família – Campo do Trasladário – Rotunda da Ponte Nova

18h00 – Baile de Carnaval com o Conjunto Curtisom

22h00 – Baile de Carnaval com o Conjunto Curtisom

SOCIALISTAS DO DISTRITO DE VIANA DO CASTELO APOIAM MIGUEL ALVES PARA PRESIDIR À FEDERAÇÃO DISTRITAL DO PARTIDO SOCIALISTA

Sete Presidentes de Concelhia, cinco Presidentes de Câmara, os dois deputados à Assembleia da República, o atual Presidente da Federação do PS de Viana do Castelo e o candidato que o desafiou nas últimas eleições, declaram publicamente o seu apoio à candidatura de Miguel Alves a Presidente da Federação de Viana do Castelo do Partido Socialista.

MIguel_Alves

Anabela Rodrigues (Valença), António Matos (Ponte de Lima), Armando Araújo (Paredes de Coura), Emanuel Oliveira (Vila Nova de Cerveira), Manuel Joaquim Pereira (Ponta da Barca) e Manuel José Oliveira (Monção) são os presidentes de concelhia que se juntam a Miguel Alves (também ele Presidente da Concelhia de Caminha) no projeto de reforço do PS no distrito de Viana do Castelo através da candidatura do último à Federação. Ao lado do autarca socialista, estão ainda Paula Aldeia (Presidente da Secção de Caminha do PS) e Gaspar Pereira (Presidente da Secção de Vila Praia de Âncora).

Também com o edil de Caminha, declararam estar já quatro dos cinco restantes Presidentes da Câmara do PS: António Vassalo Abreu (Ponte da Barca), Augusto Domingues (Monção), Manoel Batista (Melgaço) e Vítor Paulo Pereira (Paredes de Coura).

José Manuel Carpinteira e Sandra Pontedeira, deputados à Assembleia da República, engrossam a lista de apoios de Miguel Alves. Recorde-se que. Carpinteira é também o atual Presidente da Federação desde as eleições de há um ano onde bateu Jorge Fão, ex-deputado à Assembleia da República e também apoiante declarado de Miguel Alves.

Estes apoios sinalizam uma candidatura abrangente e de unidade que junta a maior parte dos dirigentes socialistas do Alto Minho. Nos próximos dias, Miguel Alves apresentará publicamente as linhas diretrizes da sua candidatura.

As eleições para escolha do Presidente da Federação do PS de Viana do Castelo estão marcadas para o dia 4 de março e o prazo de apresentação das candidaturas termina a 18 de Fevereiro.

VIANENSES DEBATEM AGRICULTURA BIOLÓGICA

A Associação Portuguesa de Agricultura Biológica vai estar em Viana do Castelo, no dia 5 de Fevereiro, entre as 18h00 e as 20h30, no Auditório do Museu de Artes Decorativas, para um Seminário intitulado “Agricultura Biológica: Apoios numa Política Agrícola Comum mais verde”.

Na abertura do seminário estarão José Maria Costa, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Manuel Cardoso, diretor regional da DRAP Norte e Jaime Ferreira, Presidente da direção da Agrobio.

Na segunda parte do seminário António Lopes da Agrobio falará sobre a alimentação, produção e comercialização da Agricultura Biológica assim como da formação existente e Nuno Russo dará a conhecer a Bolsa Nacional de Terras, uma medida do Ministério da Agricultura. A terceira parte do evento será dedicada aos Apoios da Política Agrícola Comum com a apresentação de Jaime Ferreira, presidente da direção da Agrobio.

A entrada é gratuita, mas a participação no seminário está sujeita a inscrição. A inscrição pode ser feita num formulário digital aqui.

Para informações gerais o número de contacto é o 213 641 354.

Contacto: Andrea

VIMARANENSES DE TODAS AS GERAÇÕES BRINCAM AO CARNAVAL

SEXTA-FEIRA, NO PAVILHÃO DA CASA DO POVO

Município de Guimarães promove “Carnaval da Infância” e “Carnaval Sénior” em Fermentões

Pavilhão da Casa do Povo de Fermentões é o palco dos festejos. Meio milhar de crianças animam manhã de sexta-feira. À tarde, 900 idosos desfilam e participam em baile de entrudo.

Fermentoes_Pavilhao_Casa_Povo

A Divisão da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães dedicou o dia da próxima sexta-feira, 05 de fevereiro, às comemorações do Carnaval 2016, concentrando duas atividades no Pavilhão da Casa do Povo de Fermentões. De manhã, a partir das 10 horas, decorre o Carnaval da Infância e ao início da tarde, pelas 14:30 horas, principia o Carnaval Sénior.

Ambas as iniciativas decorrerão em recinto fechado, uma vez que a ocorrência de condições climatéricas adversas poderia comprometer a sua realização. Mais de meio milhar de crianças estará presente na manhã carnavalesca, numa sessão que será animada por palhaços, modelagem de balões, pinturas faciais, entre outras atividades lúdicas organizadas em parceria com os Jardins de Infância e instituições com a valência de ATL do concelho.

À tarde, decorrerá o “Carnaval Sénior” envolvendo a participação de nove centenas de idosos de 31 instituições de solidariedade social, que prepararam peças de vestuário no âmbito das atividades da Terceira Idade realizadas ao longo do ano. O desfile, organizado pelo Município de Guimarães, em colaboração com a cooperativa Fraterna, Rede Social, Casa do Povo de Fermentões, Casa da Juventude de Guimarães e instituições de apoio a idosos do concelho, contará com um baile e animação a cargo da Cooperativa Castreja — Gerações em Movimento. As instituições participantes são as seguintes:

Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães

Camélia Hotel Sénior & Homes

Casa de Caldelas

Casa do Povo de Briteiros

Casa do Povo de Creixomil

Casa do Povo de Fermentões

Castreja Cooperativa de Apoio Social e Cultural, CRL

(Gerações em Movimento)

Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social de Tabuadelo, CRL

Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro

Centro Social da Irmandade de S. Torcato

Centro Social da Paróquia de Stª Eulália de Nespereira

Centro Social de Brito

Centro Social de Guardizela

Centro Social e Paroquial de Mascotelos – Santiago

Centro Social e Paroquial de Polvoreira

Centro Social e Paroquial de Ronfe

Centro Social Nossa Senhora do Carmo

Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa

Centro Social Paroquial de Gondar

Centro Social Paroquial S. Cristóvão de Selho

Centro Social Recreativo e Cultural de Campelos

Centro Sócio-Cultural Desportivo de Sande S. Clemente

Encontro de Saberes

Fraterna

Lar Beneficente de Selho S. Jorge

Lar de Santo António

Real Irmandade de Nª Srª da Consolação e Santos Passos

Santa Casa da Misericórdia de Guimarães

Venerável Ordem Terceira de S. Domingos

Venerável Ordem Terceira de S. Francisco

BRAGA EXPÕE FOTOGRAFIA

Exposição XII Concurso Municipal de Fotografia inaugura-se amanhã, Quarta-feira, dia 03 de Fevereiro, pelas 17h30, na Fonte do Ídolo, Braga

O Município de Braga inaugura amanhã a Exposição dos trabalhos do XII Concurso Municipal de Fotografia, pelas 17h30, na Fonte do Ídolo, em Braga.

Subordinado ao tema “Vistas, perspectivas e postais sobre o Centro Histórico” o XII Concurso Municipal de Fotografia teve como novidade o facto de as fotografias terem sido reveladas a Preto e Branco. Esta opção técnica e artística, conjugada com o tema escolhido, despertou o interesse e a sensibilidade dos concorrentes relativamente ao Centro Histórico nas suas múltiplas dimensões.

A exposição, composta por mais de 50 fotografias, estará patente ao público de 03 a 28 de Fevereiro, na Fonte do Ídolo, em Braga.

CAMINHA DOCE ARRANCA SEXTA-FEIRA

Baile do Assalto e Desfile de Carnaval noturno integram programa desta edição

De 5 a 9 de fevereiro, Caminha vai ser a capital dos doces com a promoção de mais uma edição da Caminha Doce - Feira de Doçaria. Esta edição promete “muitas tentações”. Mais de duas dezenas de expositores com doces característicos de várias regiões do país, exposição/concurso Arte Doce - “Folia Doce” – workshops, apresentações, demonstrações “A Hora do Meu Bolo”, Baile do Assalto e Desfile de Carnaval Noturno dão o mote a esta edição do certame. O evento inaugura sexta-feira, dia 5, às 19h30, com a atuação da Tuna da Universidade Sénior do Rotary Club de Caminha.

Com o Rio Minho como pano de fundo, esta edição da Caminha Doce promete algumas novidades na programação. Doces tradicionais, pastéis de Tentúgal, fogaças, biscoitos de amêndoa artesanais, ovos moles, doces conventuais, caminhenses, petinga doce, queijos artesanais com chocolate e hortelã, compotas e licores são algumas das especialidades que vão fazer o visitante “cair em tentação”.

Se os doces prometem, o concurso Arte Doce vai voltar a ser uma das atrações do certame, este ano subordinado ao tema "Folia Doce”. A concurso estarão 4 bolos, das pastelarias Caminhense, Petinga Doce,Camipão e da ETAP Escola Profissional. Os vencedores serão conhecidos na abertura do certame.

As demonstrações “A Hora do Meu Bolo” levadas a cabo por pessoas do concelho que quiseram associar-se ao certame e demonstrar as suas habilidades doceiras são o destaque desta edição. Tarte de ananás, por Odete Estima; madness de chocolate, por Sandra Rego; bolo frio de bolacha, por Maria Teresa Cerqueira; bolo fofo de frutos vermelhos com creme de baunilha, por Renata Monteiro; toucinho do céu, por Fernanda Viana; doce de morango crocante, por VitorCouchinho; bolo de caramelo e bolinhos dos santos, pela irmã Maria Henriqueta; bolo bom de Caminha, por Isabel Sousa e tarte merengada de lima e limão, por Nádia Fernandes Mealha, são as especialidades em destaque.

Para além da “A Hora do Meu Bolo”, há workshops para graúdos e miúdos. Para os mais pequenos as possibilidades são: ateliês mini-chef: “crepes e fruta, combinação maluca” e “vamos fazer gomas?” orientados por Pote d’El Rey. A participação é gratuita, contudo os interessados devem proceder à respetiva inscrição através do email cultura@cm-caminha.pt. Os adultos têm também a possibilidade de participar nos workshops orientados por Daniela Amorim “compota banana kiwi” e “compota abóbora courgette e cardamomo”.

O chocolate e as compotas estarão também em destaque nesta edição do certame com as apresentações “1001 formas de comer uma compota” a cargo de Daniela Amorim, e “Do cacau ao chocolate: a ponte entre a comida e a arte” com Ana Rute, da Flor de Cacau.

Baile do Assalto e Desfile de Carnaval noturno marcam o Carnaval em Caminha

Para além de ser a capital dos doces, Caminha vai ser também a rainha do Carnaval com a realização do afamado Baile do Assalto e do Desfile/Concurso de Carnaval Noturno "A famosa cegada é o Carnaval em Caminha".

O Baile do Assalto que marcou gerações e que continua a ser uma das atrações da programação de Carnaval, vai encher o Valadares, Teatro Municipal de Caminha no dia 6 de fevereiro, a partir das 22 horas. Há prémios para as melhores fantasias. Os interessados já podem adquirir o bilhete através dos contactos: 962529348, 966827824, 966593776 e 933351013.

O Desfile de Carnaval Noturno “A famosa cegada é o Carnaval em Caminha”, vai preencher a programação da noite de 8 de fevereiro, cujo objetivo é atrair cada vez mais visitantes ao concelho, isto é, fazer com que Caminha integre os roteiros dos melhores Carnavais do país.

Nesta edição as expetativas são elevadas. São esperados milhares de pessoas para participar e assistir ao desfile. Os interessados em fazer parte desta “famosa cegada que é o Carnaval em Caminha” podem-no fazer em grupo/comparsa (composto por um mínimo de cinco elementos) ou individualmente (um único indivíduo disfarçado, ou até ao máximo de dois elementos). Recorda-se que há em “jogo” mais de três mil euros em prémios. As inscrições já estão a decorrer e podem ser feitas através do endereço cultura@cm-caminha.pt, embora possam ser efetuadas no próprio dia, na Praça Conselheiro Silva Torres.

São estas as propostas que o concelho tem a oferecer a quem o visitar nas mini férias que se aproximam. Estes eventos visam a dinamização do concelho, do comércio local e do turismo.

BANDA “SUSPENSÓRIOS” ATUA EM CELORICO DE BASTO

Centro Cultural de Celorico de Basto recebeu o concerto dos “Suspensórios”

De regresso aos palcos, os Suspensórios escolheram o Centro Cultural para apresentar algumas músicas novas da banda. O concerto decorreu na noite do dia 30 de janeiro, com casa cheia para ouvir a banda de Celorico de Basto.

_DSC8188

“O Centro Cultural é cada vez mais um espaço que acolhe a cultura. Hoje tivemos um concerto memorável destes jovens celoricenses com muita vocação para a música que proporcionaram um momento muito agradável a todos os presentes”, disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Retirados dos palcos há algum tempo, acharam que estava na altura de regressar com uma imagem nova, mais fresca e jovem, com músicas apelativas e que ficam no ouvido.

Vasco Pinto, cantor e compositor dos suspensórios, mostra-se agradado por sentir o carinho do público, notório pelas músicas cantadas em uníssono. “ É muito bom sentir este carinho, temos o auditório cheio e as pessoas ainda se lembram de algumas das nossas músicas, o que é extremamente gratificante. É uma energia muito positiva que nos motiva a nunca parar” reforçou. “Não temos um projeto bem definido quanto ao futuro, mas a música será, por certo, o caminho”.

A banda interpretou novas músicas com destaque para “Deixa a chama entrar”, melodias que ficaram no ouvido da plateia presente. Além de músicas originais os suspensórios interpretaram algumas músicas de outros cantores de renome internacional.

Neste momento, os suspensórios podem ser ouvidos no youtube e na página oficial do facebook “os suspensórios”. Em breve os fãs serão informados de outros concertos protagonizados por esta banda celoricense.

_DSC7882

CASA DO CONCELHO DE PONTE DE LIMA FOI FUNDADA EM LISBOA HÁ 29 ANOS!

Passam precisamente 29 anos desde a data da fundação da Casa do Concelho de Ponte de Lima, em Lisboa. Na tarde de 2 de Fevereiro de 1987, um grupo de nove limianos celebrou no 21º Cartório Notarial de Lisboa a escritura de constituição daquela associação regionalista.

img293

Após a tentativa frustrada da criação de um núcleo de limianos no seio da Casa do Minho, vulgo “comissão concelhia”, o autor destas linhas – administrador do Blogue do Minho – decidiu demitir-se do cargo de vogal da Direção que então ocupava para dar início ao processo de constituição da Casa do Concelho de Ponte de Lima.

img295

O primeiro passo consistiu na realização de um almoço de confraternização – o 2º Almoço Limiano – durante o qual foi realizado um inquérito escrito no qual todos os presentes foram convidados a manifestar a sua opinião acerca da criação de uma associação regionalista. À falta de outra entidade que representasse em Lisboa o Concelho de Ponte de Lima e reunisse à sua volta os limianos, todos os presentes se manifestaram positivamente por essa iniciativa.

Escassos dois meses após a realização deste encontro, os membros da Comissão Organizadora daquele encontro, a que se juntou o Dr. Francisco Maia de Abreu Lima, à altura Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima e que então presidiu à respetiva Comissão de Honra, procederam em Lisboa à celebração da escritura notarial que passou a conferir existência jurídica à Casa do Concelho de Ponte de Lima.

A partir de então, os limianos em Lisboa encetaram uma caminhada que contemplou a realização de eventos grandiosos e de profundo significado no âmbito do regionalismo. Porém, deixamos àqueles que aos pioneiros do regionalismo limiano sucederam a tarefa de avaliar o trabalho que foi feito, sem deixar de manifestar profundo desagrado pela forma como têm vindo a apagar a memória da Instituição regionalista, nomeadamente suprimindo eventos marcantes da sua existência como sucede com a realização anual do “almoço limiano”.

É bem provável que a efeméride passe despercebida de muitos limianos que teriam a obrigação de a evocar – mas tal não sucede em relação ao BLOGUE DO MINHO -  cujo administrador desempenhou um papel crucial na fundação da Casa do Concelho de Ponte de Lima, pese embora as tentativas de rever a História daquela associação regionalista. Por essa razão, o BLOGUE DO MINHO felicita todos os limianos radicados na região de Lisboa, desejando-lhes os maiores sucessos e que não se desviem um milímetro do rumo traçado na promoção do concelho de Ponte de Lima!

578087_442609552486230_1187675705_n