Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PARTIDO PAN PREOCUPA-SE COM ALIMENTAÇÃO E AMBIENTE

Evidências inquietantes nas áreas da alimentação e do ambiente marcam a agenda política do PAN da semana

  • Inclusão de opção vegetariana em todas as cantinas públicas
  • Elaboração de um estudo nacional sobre o impacto da distância percorrida pelos alimentos desde a sua produção ao consumo
  • Adoção de medidas urgentes para impedir a prática da pesca e da caça ilegal em zonas protegidas da Ilha de Santa Maria, no arquipélago dos Açores
  • Intervenção do governo português para o encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz

São quatro as iniciativas legislativas que o PAN – Pessoas – Animais – Natureza dá entrada esta semana na Assembleia da República. Após um período de adaptação, de estudo e de audiências diárias com várias entidades representantes da sociedade civil, o PAN dá cada vez mais forma ao seu objetivo de, dentro dos limites regimentares do seu âmbito de ação, trazer ao parlamento medidas legislativas com impacto direto na promoção da prosperidade social e para o bem-estar de pessoas, animais e natureza.

O projeto de lei pela inclusão de opção vegetariana em todas as cantinas públicas pretende dar resposta a uma evidência que o país precisa acompanhar. Em 2007 existiam em Portugal cerca de 30.000 vegetarianos, segundo a Associação Vegetariana Portuguesa.

Em 2014, a Associação Portuguesa de Medicina Preventiva veio a divulgar que, até essa data, já cerca de 200.000 portugueses seguiam uma dieta vegetariana. O aumento do número de pessoas a seguir este tipo de dieta, tem vindo a aumentar de ano para ano pelas mais diversas razões. Esta medida inclui uma função pedagógica, contempla motivos ambientais; motivos de saúde mas também impede a discriminação das pessoas que já seguem esta dieta mas que dificilmente conseguem fazer uma refeição fora das suas casas.

Acreditando que a alimentação é o ponto de partida para a resolução de muitas questões de saúde e ambientais, o segundo Projeto de Resolução do PAN, apresentado esta semana, recomenda ao Governo a elaboração de um estudo nacional sobre o impacto da distância percorrida pelos dos alimentos desde a sua produção ao consumo, com base na premissa de que uma alimentação feita com produtos nacionais e, preferencialmente, locais, possibilita o consumo de alimentos frescos, saudáveis e com menos conservantes e aditivos químicos.

Estima-se que, atualmente, a maioria dos alimentos do mundo viaja em média cerca de 5000 quilómetros desde o local de produção até ao local de consumo. A uniformização e globalização da agricultura tem impactos negativos a vários níveis, nomeadamente ambientais, económicos, culturais e de saúde e segurança alimentar.

“Se tivermos uma alimentação mais correta, vamos ter menos doentes, menos medicamentos e menos despesa, logo, vamos ter um SNS mais sustentável. A prevenção primária faz-se muito por via da alimentação,” recorda André Silva, Deputado do PAN.

Pescas abusivas nos Açores e uma central nuclear “ameaçadora”

Na área ambiental o PAN recomenda ao Governo a adoção de medidas urgentes para impedir a prática da pesca e da caça ilegal em zonas protegidas da Ilha de Santa Maria, no arquipélago dos Açores e aborda os perigos potenciais para Portugal decorrentes da proximidade da central nuclear espanhola de Almaraz, sugerindo a intervenção do governo português junto do governo espanhol para o seu encerramento.

O turismo assume um papel estratégico no desenvolvimento dos Açores, como impulsionador do processo de crescimento e desenvolvimento da região.

Os mergulhadores são dos mais procuram esta região pela abundante biodiversidade e riqueza natural. Todavia, aqueles locais, que deveriam ser incondicionalmente protegidos, encontram-se a ser seriamente ameaçados, diariamente, pela prática de pesca ilegal e caça submarina, que se encontra, em ampla medida, favorecida por uma falta de fiscalização das autoridades competentes que, apesar das diversas denúncias que lhe são feitas, continuam a não agir de modo eficiente. O impacto que a falta de regulação e de fiscalização das práticas de pesca e caça submarina abusivas, já estão a demonstrar um decréscimo do turismo no arquipélago dos Açores.

Já, a central nuclear espanhola de Almaraz encontra-se localizada a cerca de 100 km da fronteira com Portugal e é refrigerada pelas águas do rio Tejo. A sua localização expõe Portugal a eventuais perigos decorrentes desta central, a qual, nos últimos anos, tem vindo a registar vários incidentes que obrigaram a paragens no seu funcionamento.

Após o pedido da Organização Greenpeace para a realização de testes de resistência por uma entidade independente, o relatório concluiu que a central nuclear de Almaraz não é segura e não deveria estar, ainda, em funcionamento. Recorde-se que uma das causas atribuídas à ocorrência do desastre nuclear na central de Fukushima, no Japão, foi a inexistência de válvulas de segurança para prevenir a explosão do hidrogénio. Desde então, a implementação desta medida adicional de segurança foi tornada obrigatória em todas as centrais nucleares da União Europeia, o que não se verifica na central de Almaraz, nem se prevê a sua colocação num futuro próximo.

O tempo de vida útil para as centrais nucleares deste género é de 25 anos, o que a torna actualmente como obsoleta, funcionando sem possuir os mais modernos e avançados sistemas de segurança. A acrescer que o Governo de Espanha não disponibilizou a Portugal os estudos de impacto ambiental na sequência de renovação de licença de exploração da central, incumprindo assim a Convenção em vigor quanto a esta matéria.

O PAN - Pessoas-Animais-Natureza é um partido político português, inscrito junto do Tribunal Constitucional (TC) desde 13 de Janeiro de 2011.

A sua missão é criar uma sociedade onde todos os seres sencientes, humanos e não humanos, possam viver em paz e felicidade, numa harmonia tão ampla quanto possível, em ecossistemas saudáveis e sustentáveis. Nas eleições legislativas de 2011, o PAN obteve um total de 57.995 votos (1,04%).

Desde então, tem participado em todos os atos eleitorais realizados em Portugal e já elegeu 1 deputado regional na Madeira, 6 deputados municipais e 3 deputados de freguesia.

Em Outubro de 2014, o PAN elegeu uma nova direção que promoveu alterações à forma de organização e funcionamento do partido.

O símbolo do PAN representa a unidade e interdependência das três causas que defende como uma só (pessoas, animais, natureza), com a mão humana aberta, generosa, interventiva e solidária que se ergue da Terra para o Céu, as patas animais e as folhas, componentes inseparáveis de uma Árvore da Vida que se expande e cresce para abraçar o mundo.

BRAGA E LALÍN (GALIZA) PROMOVEM GASTRONOMIA

Municípios de Braga e Lalín promovem potencialidades culturais e gastronómicas

Os Municípios de Braga e Lalín, na província de Pontevedra, formalizaram hoje, 22 de Janeiro, um protocolo de colaboração que visa a promoção dos dois concelhos como destinos de qualidade turística diferenciada, evidenciado as suas potencialidades culturais e gastronómicas.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000288

Na cerimónia de assinatura do protocolo, realizada no Posto de Turismo, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, referiu que, além de fortalecer os laços históricos que unem as duas cidades, esta parceria pretende contribuir para “potenciar os valores, a identidade cultural e os recursos competitivos” dos dois territórios.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000291

Desta forma, prosseguiu Ricardo Rio, Braga e Lalín dão testemunho da vontade em realizar acções conjuntas de promoção turística e dos principais eventos que se realizam em cada um dos municípios. “Hoje Lalín promove em Braga o ‘Cozido de Lalín’, o seu prato de referência, e Braga fará também diversas acções promocionais dos seus principais eventos, como a Braga Romana, o S. João, a Noite Branca, entre outros”, adiantou o Edil Bracarense.

Já o Alcaide de Lalín, D. Rafael Cuiña Aparicio, considerou Braga como “uma Cidade referência para toda a Euro-região”, justificando assim a realização da acção promocional da Feira do Cozido de Lalín, que terá lugar a 31 de Janeiro naquele município da província galega de Pontevedra.

Rafael Cuiña Aparicio aproveitou para convidar os Bracarenses a visitar Lalín no próximo dia 31, não apenas para provar o cozido, como também para conhecer os encantos do concelho considerado o quilómetro zero da Galiza.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000295

GUIMARÃES QUER SER CIDADE VERDE

Personalidades mundiais em ambiente apresentam em Guimarães ideias para uma cidade verde. Conferência Internacional realiza-se na segunda-feira, 25 de janeiro, à 15 horas

Município promove encontro internacional na próxima segunda-feira à tarde. Conferência reúne cientistas, investigadores e especialistas ambientais de diferentes pontos do Mundo.

Guimaraes_Candidata_CVE2020

A Câmara Municipal de Guimarães vai reunir numa conferência internacional importantes nomes que contribuíram para a implementação de boas práticas ambientais a nível mundial. Intitulada “Como construir uma Cidade Verde”, a sessão, realizada no âmbito da preparação da candidatura vimaranense ao título de Capital Verde Europeia 2020, está marcada para a próxima segunda-feira, 25 de janeiro, pelas 15 horas, no Laboratório da Paisagem, em Guimarães.

O responsável pela Capital Verde Europeia 2010, em Estocolmo, Gunnar Söderholm, e o coordenador da Capital Verde Europeia em 2012, na cidade espanhola de Vitoria Gasteiz, Luis Andres Orive, vão apresentar modelos de boas práticas que conduziram as suas respetivas cidades à obtenção do galardão ambiental, além de abordarem temáticas relacionadas com o futuro do desenvolvimento urbano. A sessão contará também com a presença da prestigiada investigadora da Universidade de África do Sul, Jane Carruthers, professora catedrática e autora de importantes livros sobre sustentabilidade ambiental. 

A Presidente da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Estelita Vaz, protagoniza uma intervenção sobre o papel da “Universidade na construção de uma cidade mais verde”, enquanto o tema “O modelo de cidade centrado nas pessoas”, integrado no painel “Boas Práticas Ambientais”, será abordado por Miguel Anxo Lores, Alcaide de Pontevedra, cidade espanhola premiada em 2015 pela ONU, no âmbito da transformação efetuada na sua mobilidade urbana nos últimos anos, período durante o qual o espaço urbano foi sendo adaptado com o objetivo de eliminar o trânsito automóvel no seu Centro Histórico.

Mais referências na área do Ambiente

A conferência contará ainda com Mohan Munasinghe, uma das principais figuras do mundo em matérias ambientais e que se destacou como vice-presidente do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas das Nações Unidas - entidade que em 2007 partilhou o Prémio Nobel da Paz com Al Gore. Em Guimarães estará também o americano Will Wynn, arquiteto formado em Design Ambiental e antigo Presidente da Câmara de Austin, no Texas (EUA), tendo recebido vários prémios de reconhecimento, entre eles, o “Autarca do Ano” pela Associação de Engenheiros de Energia.

O Vice-Presidente da Sociedade Europeia para a História Ambiental, Mauro Agnoletti, Professor da Universidade de Florença, onde leciona História do Ambiente e Historia da Floresta, bem como Planeamento Ecológico, é outra importante personalidade internacional que estará segunda-feira em Guimarães e que, no dia seguinte, 26 de janeiro, pelas 14:30 horas, também no Laboratório da Paisagem, reunirá com os seus pares do Comité Externo de Aconselhamento da candidatura vimaranense, na segunda reunião de um órgão que tem por missão acompanhar a implementação do plano global, bem como validar cientificamente a preparação da candidatura de Guimarães.

AUTARCAS BRACARENSES VISITAM EMPRESA FEHST

Visita à Fehst na segunda-feira, dia 25 de Janeiro, pelas 14h30, nas instalações da Fehst, Braga

O Município de Braga e a InvestBraga levam a efeito uma visita à empresa Fehst Componentes, Lda., a qual vai realizar-se na próxima Segunda-feira, dia 25 de Janeiro, pelas 14h30 nas instalações da empresa, localizadas na Rua Max Grundig, n.º 23, Apartado 2103, 4705-820, em Braga.

Esta iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga e de Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga.

A visita insere-se no âmbito do programa «Embaixador Empresarial» e tem por objectivo dar a conhecer o contributo das empresas para o desenvolvimento da economia local, bem como o estreitamento de relações com o sector empresarial.

FBC INTEGRA CANDIDATURA TRANSFRONTEIRIÇA A PROJETO DE COOPERAÇÃO DE INOVAÇÃO E CULTURA

A Fundação Bienal de Cerveira apresentou, juntamente com 12 entidades do âmbito da cultura e inovação de Portugal e da Galiza, uma candidatura à primeira convocatória do Interreg 2014-2020, do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal (POCTEP). Este projeto, que espera mobilizar um total de 4.598.804 euros entre 2016 e 2020, pretende explorar a criatividade como potencial dinamizador da inovação e investigação e da tecnologia como fator de desenvolvimento das Indústrias Culturais Criativas.

Incubadora de Indústrias Criativas Bienal de Cerv

“Como é amplamente reconhecido, as bienais de arte colocaram Vila Nova de Cerveira no mapa. Com a colaboração do conjunto de entidades proponentes, a Fundação Bienal de Cerveira, como aglutinadora e repositória dos conhecimentos adquiridos ao longo deste 38 anos de experiências, quer contribuir para integrar a cultura e a arte, associada à criatividade e à inovação, no âmbito das relações transfronteiriças, aportando ao seu know-how ao contexto em que se inserem os objetivos desta candidatura”, assegura o presidente da Fundação Bienal de Cerveira, Fernando Nogueira.

A Fundação Bienal de Cerveira totaliza um orçamento de 275 mil euros a distribuir por cinco ações: Galiza-Norte de Portugal: território criativo e inovador; Tecnologia como impulsora de las Indústrias Culturais e Criativas; Talento como veículo da inovação; Espaços de inovação e criatividade; Gestão e coordenação; e Comunicação. Na Incubadora de Indústrias Criativas da Bienal de Cerveira prevê-se, ainda, a criação de um Fab-Lab, que incluirá tecnologias como impressão 3D, fabricação aditiva, cortadores de laser, etc., permitindo impulsionar projetos empreendedores e empresariais de múltiplos setores.

O projeto “Estrutura de promoção da criatividade, inovação e transferência de conhecimento na Euroregião da Galiza – Norte de Portugal”, reúne neste consórcio transfronteiriço 13 parceiros - oito portugueses e cinco espanhóis: a Fundação Cidade da Cultura da Galiza (chefe de fila), os municípios de Ourense e Guimarães; as universidades da Corunha, de Santiago de Compostela, de Vigo, do Minho e a Católica Portuguesa; a BICMINHO, o Instituto de Design de Guimarães; o Centro de Computação Gráfica de Guimarães; e a ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas.

Esta candidatura pretende, assim, desenvolver atividades como a criação de uma infraestrutura de dados espaciais de recursos de inovação aplicáveis à cultura e criatividade na Euro Região; uma plataforma tecnológica com orientação B2B (Business to Business) pondo em contacto a oferta criativa e tecnológica com empresas, prestando especial atenção à implicação e trabalho dos setores tradicionais; um programa de residências para profissionais do setor cultural e criativo em empresas de todo o tipo; e a criação de uma unidade mista de investigação no âmbito da inovação e criatividade.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE BARCELOS ENTREGA AOS ALUNOS BARCELENSES MANUAIS DIGITAIS E ACESSOS À PLATAFORMA “MAIS CIDADANIA”

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, entregou hoje, 22 de janeiro, os manuais digitais aos alunos do 2.º e 4.º ano de escolaridade e os manuais de inglês aos alunos do 4.º ano, no Centro Escolar António Fogaça, assinalando de forma simbólica a distribuição deste complemento educativo a mais de dois mil alunos do concelho. Nesta sessão os alunos receberam, também, os acessos de cada aluno e dos professores à nova plataforma “Mais Cidadania”.

qYf87IFTYoIycOGUOLAo

A cerimónia contou com a presença da vereadora da Educação, Armandina Saleiro, dos responsáveis escolares, da Associação de Pais e do representante da empresa que forneceu o manual. Para além da entrega dos manuais e dos acessos à plataforma, numa das salas teve lugar uma demonstração pelos alunos da forma a mostrar o funcionamento do manual digital, fazendo vários exercícios de demonstração.

"A educação continua, e continuará, a ser uma das grandes prioridades deste executivo”, referiu Miguel Costa Gomes, sublinhando ainda que “é cada vez mais a importante e necessário a aposta na educação, quer na melhoria da rede escolar, quer no investimento nas atividades escolares, apesar do quadro de fortes restrições orçamentais do país”.

Os manuais digitais contêm atividades de enriquecimento curricular e de apoio às diversas disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Estudo do Meio, Língua Inglesa e TIC Cidadania.

Estes manuais constituem um importante complemento pedagógico com atividades interativas, dinâmicas que estimulam a aprendizagem, permitindo rever e consolidar conceitos e incluem todo o material pedagógico necessário para a preparação para as provas de aferição de Matemática e Língua Portuguesa.

O CD é oferecido com um suporte de papel (livro em inglês) e destina-se aos alunos do 4.º ano de escolaridade, que os podem levar para casa.

O investimento do Município na aquisição destes manuais digitais é de 11.635,00€.

Informação complementar: Plataforma Mais Cidadania

A plataforma Mais Cidadania é um projeto que tem como missão aumentar os níveis de cidadania participativa das crianças e jovens, mobilizando uma rede social e comunitária em prol da construção de uma sociedade melhor.

Esta assenta numa plataforma multimédia, alojada na Web e com ligação a cada concelho, sendo esta adaptada às necessidades de cada município de acordo com o plano educativo traçado. Permite igualmente que os conteúdos possam ser reformulados com a colaboração dos próprios cidadãos e autarquias. Permitirá ainda trabalhar alguns aspetos educativos relevantes como o currículo local, as questões da cidadania e do ambiente.
O projeto desenvolver-se-á sob a alçada do consórcio Lusoinfo Multimédia, Instituto de Educação da Universidade do Minho e Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores e integra como parceiros os Municípios de Barcelos, Guimarães, Famalicão e Braga.

O projeto contemplará a formação a professores e a disponibilização da plataforma com conteúdos para serem trabalhados ao nível do 1º ciclo de ensino básico, em questões como a cidadania, o desenvolvimento sustentável e currículo local.

O investimento do Município para a disponibilização desta plataforma é de 12.500,00€.

BRAGA APOIA INSERÇÃO PROFISSIONAL

Beneficiários da Bragahabit participaram em sessão de divulgação do GIP

O Município de Braga disponibiliza um serviço para ajudar jovens e adultos na procura de emprego, formação e requalificação profissional. O Gabinete de Inserção Profissional (GIP) é um serviço gratuito, aberto à comunidade, especialmente dirigido a desempregados e jovens à procura do 1º emprego, a empregados que desejam uma nova actividade e a candidatos à formação profissional.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000304

Esta Sexta-feira, 22 de Janeiro, realizou-se uma acção de formação destinada a beneficiários da Bragahabit, na qual os participantes tiveram oportunidade de conhecer o serviço que o GIP oferece à população do Concelho, em estreita cooperação com os Centros de Emprego.

Apoiar o desenvolvimento de técnicas de emprego, identificar as necessidades de formação susceptíveis de contribuir para a inserção profissional ou a divulgação e encaminhamento para ofertas de emprego e de formação, são algumas das actividades do GIP, que pretende dotar os seus utentes de ferramentas necessárias para que se sintam mais capazes na procura de emprego e formação profissional.

Com este serviço, será possível saber as ofertas disponíveis para aumentar o nível de escolaridade ou a requalificação profissional. O gabinete, além de divulgar ofertas de emprego, disponibiliza acções de formação em diversas áreas de actividade em articulação com o nível escolar de cada utente.

Os interessados em usufruir das ofertas e dos serviços do GIP podem fazer a sua inscrição no Balcão Único do Município de Braga, localizado no edifício do Pópulo, de Segunda a Sexta-feira entre as 8h30 e as 18h00.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000301

MUSEU DO BRINQUEDO PORTUGUÊS PROMOVE BRINCADEIRA AOS SÁBADOS EM PONTE DE LIMA

Museu do Brinquedo Português – HÁ… brincadeira aos sábados. 30 de janeiro / “Vamos brincar aos Reis”

HÁ… noite nos Museus, HÁ… arte no jardim, HÁ… música às 6.ªs, HÁ… ir e vir ao museu e voltar, HÁ… mais a descobrir, HÁ… brincadeira aos sábados, este é o slogan do HÁ Programa, lançado pelos Museus de Ponte de Lima.

Trata-se de um conjunto de atividades que se desenvolvem nos museus, centros de interpretação, monumentos ou sítios históricos, cujo objetivo é o de promover o conhecimento e o lazer através da animação.

HÁ Programa, pretende atrair mais visitantes aos Museus de Ponte de Lima, pois HÁ identidade para preservar o seu passado e projetar o seu futuro; HÁ património em Ponte de Lima que torna este lugar único e HÁ muito para conhecer e desfrutar.

No Museu do Brinquedo Português esta ação será mensal. No último sábado de cada mês, realiza-se HÁ… brincadeira aos sábados, sendo a 1ª ação, sobre “Vamos brincar aos Reis” já no próximo dia 30 de janeiro, entre as 10h00 e as 12h00, com a inscrição até 28 de janeiro.

Esta ação destina-se às famílias, no sentido de proporcionar momentos de lazer, aventura e muita brincadeira, entre adultos e crianças até aos 12 anos.

Dedique-se à brincadeira no último sábado de cada mês no Museu do Brinquedo Português. Marque na sua agenda as próximas brincadeiras:

27 de fevereiro – “Vamos brincar ao Amor”

19 de março – “Vamos brincar à Primavera”

30 de abril – “Vamos brincar ao Livro Infantil”

28 de maio – “Vamos brincar à Família”

25 de junho – “Vamos brincar ao Dia da Criança”

30 de julho – “Vamos brincar ao dia dos Avós”

24 de setembro – “Vamos brincar ao regresso às Aulas”

29 de outubro – “ Vamos brincar à Música”

26 de novembro – “Vamos brincar ao Halloween”

17 de dezembro – “Vamos brincar ao Natal”

Inscreva-se através do email: geral@museubrinquedoportugues.com.

Venha conhecer os Museus de Ponte de Lima. Para mais informações consulte o site: www.museuspontedelima.com.

BRAGA RECEBE CAMPEONATO DO MUNDO DE SALTO À CORDA

Campeonato do Mundo de Salto à Corda traz a Braga 600 atletas de 26 países. Evento realiza-se entre os dias 19 e 26 de Julho de 2016

Braga vai receber, entre os dias 19 a 26 de Julho, o Campeonato do Mundo de Salto à Corda 2016. O evento, que se irá realizar no Pavilhão da Universidade do Minho, reúne mais de 600 atletas, em representação de 26 países dos 5 continentes.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000308

O ´Rope Skipping´, nome pelo qual é conhecida esta modalidade desportiva, baseia-se no gesto ancestral de saltar à corda, ao qual são adicionados a velocidade, as habilidades, as acrobacias e a música. A modalidade tem cerca de 40 anos, sendo que em Portugal começou a ser praticada em 2001 e desde 2010 que se realizam competições regulares.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, o evento vem corporizar os objectivos estratégicos que o Executivo Municipal definiu em termos desportivos. “Receber o Campeonato do Mundo é uma forma de promover o eclectismo na prática desportiva, assim como a componente lúdica e formativa, uma vez que se trata de uma modalidade que tem uma forte ligação ao contexto escolar”, referiu, garantindo que Braga tem as bases fundacionais do Rope Skipping e atletas com enorme qualidade, que tem sido potenciada em contexto competitivo.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000310

De acordo com o Edil, esta é também uma forma de promover o talento e o potencial da juventude Bracarense, assim como a imagem do Concelho e de toda a região além-fronteiras. “Em Braga estarão os melhores praticantes da modalidade, oriundos de várias proveniências, o que será certamente um fantástico veículo de promoção turística”, afirmou.

Por seu turno, Sameiro Araújo, vereadora do Desporto, sublinhou que é um ´orgulho´ receber o Campeonato do Mundo. “Será mais um evento de dimensão internacional que terá Braga como palco, e é de realçar que a própria modalidade em Portugal começou a ser praticada no Minho e, consequentemente, grande parte dos atletas nacionais são da região”, disse, reforçando o interesse de Braga em ser a sede em Portugal da modalidade.

A Associação Portuguesa de Rope Skipping, associação promotora de desporto, é a anfitriã do evento, numa organização conjunta com a federação mundial responsável, a World Jump Rope. Nuno Dias, coordenador do projecto, garantiu que a modalidade está em desenvolvimento e que o evento permitirá impulsionar o aumento do número de praticantes e a divulgação junto do público.

“Actualmente temos cerca de 1000 praticantes em todo o país e conquistamos mais de 30 medalhas no último Campeonato do Mundo, que se realizou em Paris”, explicou Nuno Dias, adiantando que a associação pretende brevemente dar o salto para Federação Desportiva, com sede em Braga.

As competições a disputar no Campeonato do Mundo, quer individuais, quer em equipas, dividem-se em provas de velocidade e de freestyle. No caso das individuais, estas serão disputadas no género masculino e feminino, enquanto nas provas de equipa existe ainda o escalão misto. Verifica-se uma grande amplitude na faixa etária, que começa com o primeiro escalão, com crianças de 10 anos, e termina no último escalão, sem limite de idade. A maioria dos atletas são jovens-adultos, na casa dos 20 anos.

O evento será transmissão em directo para todo o mundo através da internet.

CMB22012016SERGIOFREITAS000000312

PARTIDO “OS VERDES QUESTIONA MINISTÉRIO DO TRABALHO SOBRE ATRASO NA EMISSÃO DE FORMULÁRIO DA SEGURANÇA SOCIAL

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social,sobre o atraso na emissão do formulário da Segurança Social referente à declaração da composição do agregado familiar para o cálculo das prestações familiares – modelo E 401.

1003141_139756409564853_38033895_n

Pergunta

O Grupo Parlamentar do Partido Ecologista «Os Verdes» teve conhecimento da demora na emissão por parte da Segurança Social de um formulário referente à declaração da composição do agregado familiar para o cálculo das prestações familiares – modelo E 401.

Este formulário é destinado a trabalhadores migrantes cuja família continua a residir no país de origem ou para trabalhadores transfronteiriços e deverá ser emitido pelo país onde a família vive, devendo posteriormente ser apresentado às entidades competentes em matéria de prestações familiares no país onde o trabalhador se encontra a residir.

Este formulário vem do estrangeiro quase todo preenchido, onde é necessário preencher apenas o valor da prestação familiar que cada agregado familiar aufere durante o ano. Ora, nada parece justificar uma demora tão grande na emissão deste formulário, sendo que há casos em que o atraso chega aos seis meses, com todos os prejuízos e inconvenientes que daí decorrem para as famílias que têm os seus parentes emigrados e que precisam de resolver esta situação para que possam receber o abono dos filhos.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Ex.ª O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte pergunta, para que o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1- Confirma o Governo os atrasos na emissão do formulário E401 da Segurança Social, referente à declaração da composição do agregado familiar para o cálculo das prestações familiares?

2- Em caso afirmativo, qual a razão para este atraso e quando se prevê que a situação esteja resolvida?

ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE TORNEIO DE FUTEBOL FEMININO

No próximo fim-de-semana em Arcos de Valdevez

A Associação de Futebol de Viana do Castelo com a Colaboração do Município de Arcos de Valdevez e da Federação Portuguesa de Futebol, vão organizar em Arcos de Valdevez, o Torneio Inter-Associações de Futebol Feminino Sub`16, com a participação das Seleções Distritais de Viana do Castelo, Porto, Leiria, Aveiro, Braga e Viseu.

Os jogos serão disputados no próximo Sábado (manhã e tarde) e Domingo (manhã), no Estádio Municipal da Coutada e no Campo de Futebol de Guilhadeses.

BRAGA MELHORA SEGURANÇA VIÁRIA

Programa do Município de Braga, PSP e Polícia Municipal: ‘Via Azul’ melhora segurança dos peões e fluidez do trânsito

A pensar na segurança dos peões e na melhoria da fluidez do trânsito no centro da Cidade, o Município de Braga lançou em Setembro do ano passado o Programa ‘Via Azul’, em parceria com a Polícia de Segurança Pública (PSP) e com a Polícia Municipal (PM).

CMB22012016SERGIOFREITAS000000281

Nos primeiros quatro meses, este programa de policiamento implementado em 14 artérias de fiscalização prioritárias levou ao registo de 2.486 infracções, entre estacionamentos em cima dos passeios, em passadeiras e em segunda fila.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Firmino Marques, faz um balanço positivo do projecto que tem tido grande impacto no comportamento dos automobilistas. “Apesar deste número de infracções, é notória uma maior consciencialização por parte dos condutores e isso reflecte-se, não apenas numa melhor fluidez no trânsito, como também própria segurança dos peões e demais utentes da via pública”, refere Firmino Marques, adiantando que o programa é para continuar.

Recorde-se que a fiscalização da PM e da PSP incide em zonas consideradas prioritárias. Destas zonas fazem parte: a rua D. Afonso Henriques e o Largo Carlos Amarante; a rua D. Frei Caetano Brandão; o Largo da Senhora-a-Branca, a rua de São Victor e a rua D. Pedro V; a 25 de Abril e a rua do Caires; a rua Nova de Santa Cruz e a Avenida da Liberdade; a rua do Raio e a Cangosta da Palha; a rua e a travessa do Carmo; a Avenida General Norton de Matos a praça Alexandre Herculano e a rua de São Vicente, assim como a rua Francisco P. Coutinho e a Rua do Fecisco; a rua Conselheiro Bento Miguel, a rua Dr. Francisco Duarte e a rua Américo Ferreira Carvalho.

A par da PM e da PSP, o programa ‘Via Azul’ conta, ainda, com a colaboração da Associação Comercial de Braga (ACB), da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade; da União de Freguesias de S. Lázaro e S. João do Souto, da Junta de Freguesia de S. Vicente e de S. Victor.

UNIMINHO CANDIDATA RIO MINHO A MARCA TURÍSTICA TRANSFRONTEIRIÇA

Submetida candidatura do rio Minho para afirmação de uma marca turística transfronteiriça

VISIT_RIO_MINHO é o nome da candidatura apresentada à 1ª Convocatória Programa Cooperação Transfronteiriça INTERREG V A Espanha Portugal (POCTEP), cujo período de entrega termina esta sexta-feira. Sob coordenação da UNIMINHO - Associação do Vale do Minho Transfronteiriço, e com um investimento total de 7,5 milhões de euros até 2019, o projeto visa a preservação e valorização do rio Minho transfronteiriço como destino ecoturístico de excelência.

18 - Capela e Miradouro da Senhora da Encarnacao

Assente no conceito de “dois países e um destino” e na premissa de que o Vale do Minho transfronteiriço incorpora inúmeras potencialidades, o projeto apresentado pretende alavancar, a partir de uma marca “Rio Minho” forte e competitiva, a estruturação de uma oferta turística através de atividades conjuntas que vão constituir uma mais-valia ao nível da preservação dos seus espaços naturais. O investimento global é da ordem dos 7,5 milhões de euros, com uma comparticipação de 75% de fundos comunitários.

De acordo com os responsáveis da UNIMINHO, entidade que coordenou a apresentação do projeto, “a cooperação transfronteiriça neste território não é uma questão de necessidade, mas antes uma condição natural para o seu desenvolvimento socioeconómico e a um dos seus pilares do seu posicionamento estratégico”. No resumo do documento candidatado, o rio Minho transfronteiriço é apresentado como um dos territórios mais interessantes a nível europeu por ser “a zona de fronteira com maior percentagem de área protegida e classificada no todo Nacional e uma das maiores da Europa. O território está bastante consolidado no mercado nacional e o desafio que agora se apresenta é de ser capaz de lhe conferir um valor acrescentado ao nível internacional”.

A presente candidatura desenvolve-se em quatro atividades complementares e cuja implementação das ações específicas alarga-se até 31 de dezembro de 2019. A primeira atividade prende-se com a estruturação e consolidação da marca "Rio Minho", através da elaboração de um plano estratégico de marketing territorial Rio Minho e do processo de candidatura do estuário do rio Minho a paisagem cultural UNESCO, bem como a organização de eventos de promoção interna e externa; a segunda versa a preservação e interpretação do Património Natural Transfronteiriço com a melhoria do conhecimento e das condições disponibilizadas, a interpretação dos recursos naturais e de novos modelos de turismo verde, bem como de estruturas piloto de apoio relacionadas com a rede de espaços naturais classificados (Montanha e Rio); em terceiro, a valorização conjunta de recursos económicos do Rio Minho procurando o desenvolvimento do produto turístico transfronteiriço baseado no património natural e cultural, a valorização do produto da pesca (designadamente através da rastreabilidade das espécies do rio Minho) e a criação de estruturas de apoio às atividades promovidas pelas empresas de animação; e, por último, a qualificação e valorização da rede de percursos transfronteiriços através de modelos/normas de sinalização de rotas transfronteiriças e de pequenas intervenções com o objetivo de vertebrar o espaço comum com uma rede de percursos transfronteiriços e reabilitação do património natural e cultural do rio Minho.

Integrada na Euroregião Norte de Portugal-Galiza, a apresentação da candidatura VISIT_RIO_MINHO foi coordenada pela UNIMINHO - Associação do Vale do Minho Transfronteiriço, tendo como sócios a CIM Alto Minho, a Diputación de Pontevedra, os Municípios de Paredes de Coura, Melgaço, Vila Nova de Cerveira, Valença, Monção e Caminha, a Fundación Centro de Estudos Eurorrexionais Galicia-Norte de Portugal, o Centro Tecnológico del Mar e a Universidade de Vigo.

De sublinhar que o reaproveitamento e a valorização do rio Minho é um tema que, há vários anos, suscita a preocupação e o interesse de diversas entidades do Norte de Portugal-Galiza e que despoletou, a 10 de março de 2015, a subscrição do Pacto do Rio Minho Transfronteiriço. A apresentação da candidatura VISIT_RIO_MINHO, e consequente expetativa de aprovação, surge como reforço e concretização de um conjunto de vontades dinamizadoras de um denominador comum que é o troço internacional do rio Minho.

_D6C7554

VALENÇA PARTICIPA NA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM MADRID

Valença Presente 5 Anos na Feira Líder de Turismo

Pelo quinto ano consecutivo, Valença marcou presença na F.I.T.U.R. - Feira Internacional de Turismo, aberta ao público até domingo, em Madrid, para apresentar as potencialidades turísticas da Eurocidade.

A promoção de 2016 segue o lema “Eurocidade Valença Tui: mil anos de historia”, projetando a Fortaleza de Valença, a Catedral de Tui, os Caminhos de Santiago, as memórias da fronteira, o rio Minho, a Ecopista e o Monte de Aloia, bem como a gastronomia onde reina o bacalhau.

Material promocional sobre a oferta turística da Eurocidade foi distribuido na F.I.T.U.R. junto dos vários operadores turísticos mundiais presentes neste certamel líder no mercado ibero americano de turismo.

No stand da Turgalicia decorreu uma apresentação conjunta de Valença e Tui para as entidades e operadores presentes no certame.

Para Valença esta foi uma grande oportunidade de contactar com os principais agentes turísticos mundiais, alguns já a trabalhar no Noroeste Peninsular e de colocar a oferta da nossa cidade nos pacotes turísticos que se vendem para a região.

A participação de Valença, no âmbito da Eurocidade, na FITUR, associa-se à presença noutros certames, em Portugal e Espanha, promovendo as principais atratividades e potencialidades da cidade. Estão programadas presenças já na Bolsa de Turismo de Lisboa e no Xantar, em Orense, entre outros.

ROJÕES E PAPAS DE SARRABULHO DÃO FESTA EM ARCOS DE VALDEVEZ

“Rojões & Papas de Sarrabulho” em Arcos de Valdevez

Neste fim-de-semana, dias 23 e 24 de janeiro, Arcos de Valdevez será palco de mais uma edição dos “Ciclos Gastronómicos”, desta vez dedicado à degustação dos tradicionais “Rojões & Papas de Sarrabulho”. Uma iguaria muito apreciada nesta época do ano e intimamente ligada à matança do porco, pela altura do Entrudo.

Em Arcos de Valdevez terá ainda a oportunidade de comprovar a qualidade da doçaria tradicional e saborear os bons vinhos verdes produzidos na região.

Os “Ciclos Gastronómicos” decorrem ao longo do ano e são uma mostra da excelente gastronomia e qualidade dos restaurantes. As especialidades típicas que promovem são a carne cachena com arroz de feijão tarrestre, o cabritinho mamão da serra, o bacalhau à lavrador, o cozido à minhota, o arroz pica no chão, entre outros petiscos caraterísticos da região. Estas iniciativas não só contribuem para a salvaguarda de uma valiosa herança cultural e gastronómica, deixada pelos nossos antepassados, como também são uma excelente forma de dinamizar o turismo, a restauração e o comércio no Concelho.

Com um programa de animação adaptado à cultura tradicional, este engloba uma “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”, que conta com a participação de expositores, ligados às áreas de Artesanato e Produtos Tradicionais de Arcos de Valdevez, a realização de trilhos, visitas guiadas à Porta do Mezio e ao Paço de Giela, com destaque para a atuação do Grupo de Música Tradicional “Rapsódia”, no domingo, no Campo do Trasladário.

Venha até Arcos de Valdevez, um destino turístico de excelência. Visite o Parque Nacional Peneda-Gerês, Reserva Mundial da Biosfera, o centro histórico da Vila e o Soajo e abanque num dos nossos restaurantes. Aproveite para passar um fim de semana diferente, na companhia da família e amigos, usufruindo do mundo rural e do turismo de natureza únicos no concelho e região.

RESTAURANTES ADERENTES:

Floresta, Alameda, Alto da Prova, Casa Real Matadouro, Churrasqueira do

Mercado, Churrasqueira da Ponte

Nova, Costa do Vez-Grill, D.ª Isabel, Espigueiro do Soajo, Minho Verde, O Barriguinhas, O Lagar, O Pote, Parmegiana, Foral de Valdevez

PROGRAMA

23 de Janeiro - Sábado

10h00 - Abertura da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”

              Campo do Trasladário

11h00 - Trilho Interpretativo do Mezio

               Realização de um percurso pedestre, com cerca de 3 km, com guia especializado,

               que se desenrola junto à Porta de Mezio.

               Duração média: cerca de 1h30

               Contactos: Ardal-Porta do Mezio/258510100/portadomezio@ardal.pt

12h30 - Ciclo Gastronómico do Rojões & Papas de Sarrabulho

               Restaurantes Aderentes

15h00 - Visita guiada à Porta do Mezio

               A visita à Porta do Mezio é realizada por um guia especializado e permite a visita e interpretação dos seguintes espaços: Parque da Biodiversidade, Centro Interpretativo da Área Arqueológica Mezio/Gião, Aldeia dos Pequeninos, Museu Rural e Etnográfico, Miradouro, Observatório de avifauna e estufa.

             Duração média: cerca de 2h00

             Contactos: Ardal-Porta do Mezio/258510100/portadomezio@ardal.pt

15h30 - Visita Guiada ao Paço de Giela

            Visita acompanhada por um guia que sensibiliza o visitante para o Universo da História

               Arcuense e do Paço de Giela

            Duração: 1h

            Requisitos: Marcação prévia através dos contactos:

            Contactos: E-mail: pacodegiela@cmav.pt; Telefone: 250 520 529

19h00 - Fecho da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”

         Campo do Trasladário

20h00 - Ciclo Gastronómico do Rojões & Papas de Sarrabulho

               Restaurantes Aderentes

22h00 - Grupo Coral da Justiça

               Auditório Casa das Artes

24 de Janeiro - Domingo

10h00 - Abertura da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”

               Campo do Trasladário

12h30 - Ciclo Gastronómico do Rojões & Papas de Sarrabulho

               Restaurantes Aderentes

15h30 - Atuação do Grupo de Música Tradicional “Rapsódia”

              Campo do Trasladário

18h00 - Encerramento da Abertura da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”

            Campo do Trasladário

SHOTOKAN KARATÉ-DO ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA ENTREGA CINTOS A ATLETAS DE CELORICO DE BASTO

Em Celorico de Basto há cerca de 40 atletas a praticar karaté através da Shotokan Karaté-Do Associação Desportiva que viram o seu esforço e conhecimento valorizado com a entrega dos cintos, graduações que representam a divisa do praticante.

A atribuição destas graduações ocorreu ontem, 21 de janeiro, nas instalações onde praticam a atividade.

_DSC5907

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto foi um dos convidados a participar na ação tendo colocado os cintos aos atletas. “É com muito orgulho que marco presença nesta cerimónia de graduação destes atletas. Vermos crianças e adultos a praticar a mesma atividade em simultâneo é também importante para reforçar as relações humanas. Enquanto executivo municipal apoiamos o desporto com afinco porque a atividade desportiva é fundamental para manter o bem-estar de cada cidadão. E se estivermos bem teremos por certo bons resultados em todos os campos de intervenção” realçou.

_DSC6169

Nesta cerimónia, o sensei Lourenço Rocha agradeceu o apoio cedido pelo município na cedência das instalações e transportes sempre que há competições fora do concelho.

Recordar que quando se inicia o estudo de uma arte marcial recebe-se um cinto branco, unicamente para segurar o fato. À medida que se vão assimilando técnicas e conhecimentos vão passando para graus mais avançados com a atribuição de cintos de outras cores até ao último cinto, o preto.

Estes atletas participam em torneios regionais organizados pela União de Karaté Shotokan Portugal, a UKSP, onde é visível a integração dos atletas no campo competitivo sempre com a noção das regras que esta arte marcial implica

A prática desta modalidade requer muita disciplina e controlo e inicia sempre com a prática da saudação.

_DSC6175

“MELGAÇO: IMAGENS COM MEMÓRIA” ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MELGAÇO CEDE FOTOGRAFIAS AO ARQUIVO MUNICIPAL

O Arquivo Municipal de Melgaço promove desde 2010 uma iniciativa para a recolha de património junto dos Melgacenses que depende também da vontade e colaboração de todos, por isso a autarquia está muito grata à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Melgaço com quem foi assinado mais um protocolo para a cedência de fotografias do espólio desta corporação.

Este projeto de proximidade pretende preservar a memória concelhia através da digitalização e divulgação do material recolhido, que fará posteriormente parte da realização de exposições, conferências, estudos entre outras iniciativas acerca de monumentos, tradições, festas populares, entre outras temáticas de interesse histórico sobre o património e a história do concelho de Melgaço.

O Município lança mais uma vez o desafio aos Melgacenses para colaborarem nesta iniciativa, através do empréstimo temporário mediante acordo de entrega de fotografias, cartazes e panfletos entre outros documentos.