Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AGERE INCENTIVA CONSUMO DE ÁGUA DA TORNEIRA EM BRAGA

Empresa municipal distribui garrafas de vidro

No âmbito da campanha ‘Beba água da torneira…naturalmente!’, a AGERE procedeu hoje, 5 de Janeiro, à entrega de garrafas de vidro ao Executivo Municipal, numa acção simbólica que visa incentivar o consumo da água que a AGERE disponibiliza e cujos índices de excelência se situam nos 99 por cento.

CMB05012016SERGIOFREITAS00000019

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, foi o primeiro a receber a garrafa que irá substituir as de plástico e que passará a ser utilizada em todos os eventos públicos organizados pelo Município.

Para Ricardo Rio, a AGERE tem um serviço de fornecimento de água que dá garantias de qualidade e de segurança aos cidadãos, como comprovam os dados da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR).

CMB05012016SERGIOFREITAS00000017

Sublinhando que se trata de uma empresa de referência no sector, o Autarca recordou ainda que, pela primeira vez em muitos anos, o tarifário da AGERE de 2016 não irá sofrer qualquer tipo de aumento em nenhuma das tarifas que são aplicadas aos consumidores. “Este é o resultado de um esforço que tem sido desenvolvido ao longo dos últimos dois anos de mandato, com o intuito de inverter a tendência de subida dos tarifários da AGERE”, afirmou Ricardo Rio, referindo que “estão reunidas as condições para que em 2017 haja uma efectiva redução dos tarifários cobrados aos consumidores”.

A campanha ‘Beba água da torneira...naturalmente!’ arrancou em Março do ano passado, com a distribuição pelas escolas do 1.º ciclo do Concelho de Braga de mais de seis mil kit’s de sensibilização para o consumo da água da torneira.

A distribuição das garrafas de vidro representa uma nova fase da campanha que alerta para o facto da água da torneira ser um bem acessível, de baixo custo e de excelente qualidade.

CMB05012016SERGIOFREITAS00000015

CRIANÇAS DE CERVEIRA VIAJAM PELAS HISTÓRIAS DOS LIVROS MINIATURAS

O Projeto Pedagógico das Comédias do Minho apresenta, este sábado, em Vila Nova de Cerveira, ‘Viagens na Ponta dos Dedos’. Organizada em pequenas vitrinas portáteis, esta visita-oficina dá a conhecer alguns volumes reveladores da História destes curiosos objetos. Sessão decorre na Biblioteca Municipal, às 11h00.

Com encenação e direção de João Lizardo e orientação da rede de colaboradores locais dos cinco concelhos, esta atividade é dirigida a alunos do 1º ciclo com idades entre os 6 e 10 anos e ao público familiar.

Os Livros Miniatura formam a mais excêntrica categoria do universo das Letras e são tão antigos como a própria escrita. Da humilde edição de cordel à mais delicada coleção de luxo, os Livros Miniatura - que não excedem 10 centímetros em nenhuma das dimensões — despertam um fascínio especial.

Esta exposição ‘Viagens na Ponta dos Dedos’ reúne diversos volumes representativos da história destes curiosos objetos, incluindo um livro comemorativo da primeira viagem espacial, minúsculos dicionários que acompanharam turistas por todo o mundo e histórias infantis ilustradas oriundas de muitos países.

As Comédias do Minho explicam: “Há livros tão pequenos que tiveram de ser cosidos com fios de cabelo! Para evitar a trepidação quotidiana, alguns impressores trabalhavam só durante a noite; e tipógrafos houve que quase cegaram tentando talhar e fundir o mais pequeno dos tipos. Não há maior desafio à perícia de um livreiro que a produção de um Livro Miniatura! O astronauta que pela primeira vez foi à Lua levava consigo um Livro Miniatura; havia noutros tempos caixas de bombons adornadas por minúsculas histórias infantis; Napoleão Bonaparte não se separava da sua Bibliothèque Portative… e alguns mini alfabetos eram feitos de biscoito!”

As ‘Viagens na Ponta dos Dedos’ estão agendadas para este sábado, pelas 11h00, na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira.

PISCINA DE CERVEIRA TEM BASTANTE PROCURA

 

Dois mil utilizadores já nadam na Piscina Municipal

O objetivo foi lançado durante a inauguração das obras de requalificação e alcançado em tempo recorde. A Piscina Municipal de Vila Nova de Cerveira já conta com 2000 utilizadores, dispondo ainda de uma margem de crescimento de 10%. Autarquia sublinha que o número reforça o interesse de um equipamento estratégico para a região e para a Galiza.

Piscina (2)

Após uma intervenção de fundo de cerca de dois milhões de euros, a afluência de antigos e de novos utilizadores da Piscina Municipal de Vila Nova de Cerveira superou as expetativas do Município. Em menos de dois meses de funcionamento, aquele complexo desportivo conseguiu alargar o número de utilizadores em quase meio milhar, passando de 1600 para os 2000. Tal como acontecia antes do encerramento, a percentagem de utilizadores galegos continua a ser a mais significativa.

No entanto, o equilíbrio de frequentadores portugueses e galegos é conseguido se forem contabilizadas as mais de 600 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo das escolas do concelho que, a partir da próxima semana, iniciam aulas de natação gratuitas. Trata-se de uma medida recuperada por este executivo que, após oferta de um kit de natação, quer contribuir para a adaptação ao meio aquático e a promoção do desenvolvimento físico e motor.

Segundo o autarca local, “cumpriu-se em tempo recorde a meta estabelecida de utilizadores, de forma a consolidar uma gestão sustentável daquele complexo municipal”. Fernando Nogueira considera que “a melhoria substancial das condições do equipamento e da qualidade do serviço prestado, bem como a prática do conceito de acessibilidade para todos e de eficiência energética, tem potenciado um maior interesse. É, sem dúvida, um equipamento estratégico que cria atratividade para Vila Nova de Cerveira”.

Para os próximos tempos, o compromisso da autarquia é o de prestação de um serviço de qualidade e, dentro do modelo de gestão adotado, permitir ainda um crescimento de utilizadores em 10%.

Após nove meses de intervenção comparticipada em 1,2 milhões de euros pelo Programa Operacional Regional do Norte (ON2), a Piscina Municipal de Vila Nova de Cerveira reabriu portas ao público, a 31 de outubro de 2015, com uma nova ‘cara’ e um horário alargado (segunda a sexta-feira das 08h00 às 21h00 e aos sábados das 09h00 às 19h00) que permite um total de 166 turmas por semana. Só entre novembro e dezembro, este equipamento municipal contabilizou um total de 10 mil banhos.

SERRAS DE ARCOS DE VALDEVEZ VESTEM-SE DE BRANCO

As baixas temperaturas proporcionaram hoje em Arcos de Valdevez um cenário de extrema beleza com a queda de neve no Mezio e na zona mais alta da serra da Gavieira.

Com as serras cobertas de neve há cuidados preventivos a ter em conta, encontrando-se no terreno equipas dos sapadores municipais, dos Gips e dos Bombeiros Voluntários para fazerem face a qualquer tipo de eventualidades, nomeadamente ao nível do desimpedimento das vias e apoio à população.

BARCELOS É UM ESPETÁCULO!

Diferentes edifícios municipais recebem diversas atividades culturais em simultâneo

O Teatro Gil Vicente recebe já na próxima quinta-feira, dia 7, às 21h30, Álvaro Teixeira Lopes e Isabel Alcobia com o “Concerto de Reis”; a 8 de janeiro, às 21h30, é a vez de Helena Ressurreição e Nuno Areia subirem ao palco com o espetáculo “Retratos de Amor”; no dia a seguir, às 18h30, o Conservatório de Música de Barcelos dá o mote para a celebração de 2016 com o Concerto de Ano Novo. 

A Biblioteca Municipal de Barcelos dá as boas-vindas ao ano de 2016, com a inauguração, no sábado, dia 9 de janeiro, pelas 16h00, de uma exposição de pintura da artista plástica barcelense Papillon - Manuela Vilas Boas.

A Sala Gótica dos Paços do Concelho recebe nos dias 9 e 10 de janeiro, entre as 10h00 e as 18h00, a Festa da Orquídea, que inclui a realização de dois workshops: sábado às 15h00- Workshop sobre dendrobium; e domingo às 15h00- Workshop sobre cymbidium.

Para marcar o encerramento da exposição “A Barca das Sementes”, de Henrique do Vale, terá lugar, na Galeria Municipal de Arte, o concerto “Sons da terra para exaltação dos bichos” pelo Coro de Câmara de Barcelos, sábado dia 9, às 21h30. E no domingo, dia 10, irá realizar-se um workshop/tertúlia de pintura denominado “Sentido fresco” - pintura em aguarela para jovens e adultos-, sob a orientação do artista. A inscrição para os workshops é obrigatória e a entrada é gratuita em todas as atividades.

A atividade de encerramento de “Barcelos Cidade Presépio” é no domingo, dia 10 onde se farão ouvir os Cantares dos Reis interpretados por vários Grupos Folclóricos e de Música Tradicional do concelho. O encontro está marcado para as 15 horas, no Auditório dos Paços do Concelho, devido às condições climatéricas.

BICMINHO ENTREGA MEIO MILHAR DE LIVROS À OIKOS

Amanhã, dia 6 de janeiro, pelas 11h00, na Escola Básica 2/3 André Soares

A Campanha Solidária de Natal terminou no dia 21 de dezembro e contou com o apoio do Agrupamento de Escolas André Soares de toda a comunidade

A árvore de Natal que foi sendo construída com a ajuda das empresas incubadas do BICMINHO e dos alunos da Escola André Soares, entidades organizadoras da iniciativa, será desmontada amanhã, no Dia de Reis, 6 de janeiro, às 11h00. Os livros serão empacotados e entregues à OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONG), em cerimónia informal a decorrer na Escola André Soares.

A iniciativa conta com a presença de Nuno Gomes, CEO do BICMINHO, Gina Fernandes, subdiretora do Agrupamento de Escolas André Soares, e de representantes da OIKOS.

Com meio milhar de livros recolhidos, esta campanha solidária de Natal teve como objetivo a promoção da solidariedade e a partilha de conhecimento, apelando à generosidade de cada um. Contos infantis, enciclopédias, romances, dicionários, banda desenhada, foram algumas das temáticas das edições entregues.

A OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONG). Esta ONG portuguesa aposta no desenvolvimento equitativo e sustentável da humanidade, à escala local e global, e trabalha comcomunidades de regiões e países mais pobres e vulneráveis, independentemente da sua origem étnica, língua, religião ou geografia. A OIKOS e o BICMINHO têm vindo a trabalhar em conjunto com o objetivo de contribuir para o aumento da empregabilidade dos jovens, promovendo o seu potencial e estimulando o contacto com o mercado de trabalho.

BICMINHO – CENTRO EUROPEU DE EMPRESAS E INOVAÇÃO é uma instituição sem fins lucrativos, certificada pela União Europeia com o EU-BIC para a promoção do Empreendedorismo e da Inovação, através do apoio à criação de novas empresas e à modernização e internacionalização das PME.

Com 15 anos de atividade, o BICMINHO atua ao serviço do interesse público da região e do país, tendo já apoiado a criação de mais de 229 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 92%, responsáveis pela criação de mais de 3.000 novos empregos e de um volume de negócios global estimado em 2015 superior a 35 milhões de euros. Na área da Inovação Empresarial e Internacionalização o BICMINHO apoiou mais de 600 PME, que empregam mais de 8.650 trabalhadores em termos globais representam mais de 650 milhões de euros de volume de negócios, das quais 170 foram apoiadas ao nível da internacionalização.

O conceito EU-BIC (European Union Business and Innovation Centre) são um caso de sucesso com mais de 30 anos da intervenção da União Europeia. Criados em meados da década de 80 pela DG REGIO (então DG XVI), os EU-BIC são um exemplo clássico de como as atividades financiadas pela União Europeia podem e devem ter um impacto concreto no crescimento económico e no aumento da competitividade europeia. Em termos globais, os mais de 150 EU-BIC criaram milhares de novos negócios e dezenas de milhares de novos empregos qualificados e sustentáveis.

A rede dos mais de 150 EU-BIC apoiaram em 2013 em termos globais 12.300 empreendedores que deram origem à criação de 3.000 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 90%, e ajudaram a captar cerca de 284 milhões de euros em investimento, incluindo financiamento público, bancário e de risco. Geraram cerca de 13.000 novos empregos em start-ups e PME, com um investimento público muito eficiente de cerca de 8.800 euros por cada emprego criado. http://ebn.eu/sharedResources/users/59/Infographics_EBN_2014.pdf.

CRIANÇAS DOS 3/4 ANOS DO JARDIM-DE-INFÂNCIA DE CAMINHA TÊM SALA NOVA

Câmara investe 4 mil euros para apetrechar sala dos 3/4 anos

O jardim-de-infância de Caminha conta com mais uma sala totalmente equipada, com mobiliário infantil adequado às necessidades das crianças. A Câmara de Caminha apetrechou a respetiva sala e gastou cerca de 4 mil euros.

As 21 crianças que frequentam a sala dos 3/4 anos do JI de Caminha usufruem de um espaço moderno, e funcional, com mobiliário novo capaz de incentivar qualquer brincadeira. Na verdade, esta sala equipada de raiz conta com mesas, cadeiras e armários novos, bem como com móveis para as áreas de faz de conta, do espaço de biblioteca e de jogos à altura de “qualquer” príncipe ou princesa. Para dotar o espaço com as condições necessárias, capaz de atrair à atenção dos pais e das crianças, a Câmara Municipal investiu cerca de 4 mil euros.

O investimento na educação e no bem estar das crianças e dos alunos que frequentam os estabelecimentos de ensino do concelho é avultado e é uma prioridade para o executivo caminhense. Recorde-se que a Câmara assegura as refeições escolares aos alunos do pré-escolar e 1º ciclo; garante gratuitamente o transporte escolar a todos os alunos do concelho, isto é, aos alunos que frequentam o pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclos, secundário e vocacional; promove os ATL nas pausas letivas, incluindo no mês de agosto de forma a dar resposta a muitos pais que não têm com quem deixar os filhos por motivos profissionais; ofereceu os manuais escolares aos alunos do 1 º ciclo com escalões A e B; acaba de oferecer cerca de 900 bilhetes para a pista de gelo que se encontra a Vila Praia de Âncora, às crianças do 1º ciclo do ensino básico e às crianças do 2º ciclo, do agrupamento de escolas Sidónio Pais, bem como não aumentou o valor das refeições escolares e do prolongamento de horário.

sala ji caminha (1)

BICMINHO APOIA CANDIDATURAS AO PROGRAMA +INOVAÇÃO +INDÚSTRIA

Projetos selecionados são alvo de investimento até 1,5M€. Candidaturas terminam a 4 de fevereiro.

Até 4 de fevereiro está aberta uma nova ronda de candidaturas ao Programa +Inovação +Indústria e o BICMINHO, enquanto parceiro desta rede, ajuda os empreendedores a  preparar a sua candidatura e melhorar as suas hipóteses de ser um dos projetos selecionados para investimento. O + Inovação + Indústria dirige-se às empresas e aos empreendedores dos setores mais tradicionais da economia nacional, com o objetivo de reforçar a respetiva capacidade de inovação, em termos de equipamento, produto e processo, possibilitando a sua rápida progressão nas cadeias de valor e incentivando a cooperação com o sistema científico e tecnológico nacional (SCTN) através de investimento de capital de risco na criação de novas startups e lançamento despinoffs. Podem concorrer empreendedores, quadros, gestores, técnicos ou investigadores de empresas industriais ou de entidades do Sistema Cientifico e Tecnológico Nacional e enquanto copromotores, empresas industriais interessadas no desenvolvimento do projeto.

Os promotores poderão beneficiar de investimento por parte da Portugal Ventures até 1,5M€ (indicativamente), numa participação minoritária, por tranches e com base num plano de desenvolvimento, valorização da Propriedade Intelectual, acompanhamento por peritos nos projetos financiados pela Portugal Ventures. Os projetos selecionados terão a oportunidade de serem incubados e acelerados em pólos de inovação internacionais.

O investimento da Portugal Ventures, através dos Fundos de Capital de Risco (FCR) por si geridos, poderá ascender a um valor indicativo de 1.5 milhões de euros, por projeto, baseado num plano de desenvolvimento com metas pré-definidas. Será concedida aos promotores a maioria do capital social da empresa, em conjunto ou não com copromotores que aqueles entendam convidar para o projeto (nomeadamente empresas já existentes apostadas no seu desenvolvimento), aceitando-se ainda a possibilidade de sindicação do investimento com outros investidores financeiros.

As principais características elegíveis são a criação de uma nova empresa (ou constituída há menos de 3 anos), com sede em Portugal e com controlo acionista ou de gestão por empreendedores oriundos das empresas industriais ou do Sistema Cientifico e Tecnológico Nacional (SCTN), produção de bens, equipamento ou serviços destinados à modernização e/ou inovação dos sectores tradicionais da economia nacional, através denovas atividades/produtos/serviços com presença insuficiente no país mas com grande potencial de crescimento ou de novos processos ou processos significativamente melhorados dos quais resultem ganhos produtivos, organizacionais ou de sustentabilidade, apresentação de uma tecnologia/produto “industrializável’, projetos baseados em tecnologia proprietária e/ou onde os promotores tenham participado no seu desenvolvimento e/ou obtido o licenciamento da propriedade intelectual e output de natureza escalável no mercado global, como forma de obtenção de dimensão crítica e de competitividade.

O BICMINHO, parceiro desta rede, coloca assim à disposição dos empreendedores uma nova ferramenta de apoio, promovendo o acompanhamento dos projetos investidos no âmbito do programa que poderão ser de diversas áreas: Agro - industrial (inclui produção agrícola, transformação, packaging e distribuição), Moda (inclui têxtil e calçado), Florestal (inclui papel, madeiras e cortiças), Habitat (inclui cerâmica, mobiliário, produtos metálicos e construção), Química (inclui plásticos e matérias primas para indústria), Tecnologias de Produção (inclui maquinaria, sistemas produtivos e moldes), Mobilidade (inclui componentes para veículos de transporte). Incluem-se ainda os serviços de suporte dirigidos aos setores considerados de valor acrescentado nomeadamente - I&D; Engenharia e Desenvolvimento de Produto e Processos; Energia; Ambiente; Serviços integradores; Design; Marketing; Logística.

Os projetos podem apresentar-se em fase Seed, apresentando uma tecnologia/produto “industrializável’, com protótipo que permita validar a aplicação da tecnologia e/ou da ideia de negócio, bem como apresentar potenciais clientes e que estejam à procura de fundos para preparar o arranque da operação, ou em fase Start-up e Growth, isto é que já tenham uma gama de produtos e uma base de clientes interessados e que estejam à procura de capital para consolidar e desenvolver novos produtos, lançar e expandir para novos mercados.

BICMINHO – CENTRO EUROPEU DE EMPRESAS E INOVAÇÃO é uma instituição sem fins lucrativos, certificada pela União Europeia com o EU-BIC para a promoção do Empreendedorismo e da Inovação, através do apoio à criação de novas empresas e à modernização e internacionalização das PME.

Com 15 anos de atividade, o BICMINHO atua ao serviço do interesse público da região e do país, tendo já apoiado a criação de mais de 229 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 92%, responsáveis pela criação de mais de 3.000 novos empregos e de um volume de negócios global estimado em 2015 superior a 35 milhões de euros. Na área da Inovação Empresarial e Internacionalização o BICMINHO apoiou mais de 600 PME, que empregam mais de 8.650 trabalhadores em termos globais representam mais de 650 milhões de euros de volume de negócios, das quais 170 foram apoiadas ao nível da internacionalização.

O conceito EU-BIC (European Union Business and Innovation Centre) são um caso de sucesso com mais de 30 anos da intervenção da União Europeia. Criados em meados da década de 80 pela DG REGIO (então DG XVI), os EU-BIC são um exemplo clássico de como as atividades financiadas pela União Europeia podem e devem ter um impacto concreto no crescimento económico e no aumento da competitividade europeia. Em termos globais, os mais de 150 EU-BIC criaram milhares de novos negócios e dezenas de milhares de novos empregos qualificados e sustentáveis.

A rede dos mais de 150 EU-BIC apoiaram em 2013 em termos globais 12.300 empreendedores que deram origem à criação de 3.000 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 90%, e ajudaram a captar cerca de 284 milhões de euros em investimento, incluindo financiamento público, bancário e de risco. Geraram cerca de 13.000 novos empregos em start-ups e PME, com um investimento público muito eficiente de cerca de 8.800 euros por cada emprego criado. http://ebn.eu/sharedResources/users/59/Infographics_EBN_2014.pdf.

FAFE SENSIBILIZA CONTRA A VIOLÊNCIA NO NAMORO

Município de Fafe promove sensibilização nas escolas sobre a “Violência no Namoro”

Decorreram, hoje, na Escola Secundária de Fafe, mais três sessões de sensibilização sobre a “Violência no Namoro”, promovidas pela Câmara Municipal de Fafe, em articulação com a Secção de Programas Especiais da GNR de Guimarães.

DCS_8875A

As sessões tiveram lugar nas instalações da Escola Secundária, às 8h30, 15h10 e 16h50, reunindo algumas turmas do 10º ano. Cada ação de sensibilização teve a duração aproximada de 90 minutos.

Recorde-se que este ciclo de sessões de sensibilização tem percorrido várias escolas do concelho, já desde Novembro, e procura alertar e sensibilizar os jovens para a política de segurança e respeito nas relações de intimidade.

A sensibilização sobre este tema já é levada a cabo pelo Município de Fafe desde 2009, sendo este ano articulada com a GNR.

Pompeu Martins, Vereador da Educação, salienta “o impacto positivo que se pretende que estas sessões de sensibilização tenham no comportamento dos jovens.”

“Assistimos cada vez mais a casos de violência no namoro e é também dever do Município promover, junto dos jovens, todo o esclarecimento que oriente a sua ação perante casos destes.

O objetivo destas sessões de sensibilização é precisamente lutar contra a violência nas relações, mas também contribuir para que os jovens possam agir da forma mais correta perante situações de violência no namoro próximas de si.”

Estão ainda agendadas, durante o mês de Janeiro, sessões de esclarecimento na EB 2,3 Montelongo, na EB 2,3 de Arões e na EB 2,3 Padre Joaquim Flores, em Revelhe. Neste caso, as sessões estarão orientadas para alunos do 9º ano de escolaridade.

GESTÃO DO MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA TEM SALDO POSITIVO

Município de Ponte de Lima termina o ano com um saldo positivo de mais 2,5 milhões de euros

Os resultados da gestão orçamental que o Município pode desde já adiantar, relativamente ao exercício de 2015 são, por si só, demonstrativos da constante preocupação da autarquia em garantir e melhorar a sua situação financeira.

Do exercício de 2015 o Município apresenta uma disponibilidade financeira de 16.107.417,00 €, com um aumento de mais 2.457.749,00 € relativamente ao saldo do ano anterior, o que se afigura bastante positivo ao nível da gestão prevista para o ano de 2016, permitindo a continuidade das iniciativas e investimentos orientados pela mesma política criteriosa de gestão dos dinheiros públicos.

A taxa de execução em 2015, relativamente à receita prevista, foi de 97,98%. Pelo lado da despesa registou-se uma satisfatória taxa de execução de 89,58% relativamente ao previsto em orçamento para 2015.

Será importante referir que o esforço por manter esta boa situação financeira se torna ainda mais difícil se tivermos em conta os cortes que a Administração Central tem vindo a efetuar e que se acumulam todos os anos desde 2010. Note-se que, comparativamente a 2010, o Município de Ponte de Lima sofreu uma redução de 1.123.596,00 € no valor anual transferido pela Administração Central (FEF e FSM), acumulando no total uma perda de receita de 6.715.147,00 € desde aquele ano. Dentro deste cenário, o Município não descuidou e continuou a assegurar, ou mesmo reforçar, os compromissos assumidos ao nível da educação, do apoio social, dos benefícios fiscais aos cidadãos e empresas, do desenvolvimento económico e dos investimentos transversais em equipamentos e infraestruturas.

Os Municípios que estão em recuperação financeira e que tiverem que recorrer ao Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), ficam obrigados a uma série de limitações nomeadamente em sede de fixação da taxa de IMI, já que os municípios incumpridores dos objetivos de reequilíbrio financeiro ficam obrigados a determinar a aplicação da taxa máxima prevista na lei, retirando ainda a possibilidade de abdicar da receita dos 5% de IRS a favor dos munícipes. O mesmo PAEL estatui ainda que esses municípios ficam obrigados a fixar os valores das tarifas, como por exemplo dos serviços de saneamento, água e resíduos, em patamares que obrigam de uma forma geral a um enorme aumento dos valores a cobrar aos munícipes. A boa gestão dos dinheiros públicos permite ao Município de Ponte de Lima implementar uma política fiscal atrativa e praticar preços baixos pelos serviços prestados à população, tendo este cenário uma relação direta com a maior ou menor disponibilidade financeira das famílias e empresas de cada concelho.

GUIMARÃES CUMPRE TRADIÇÃO DAS REISADAS

Locais e horários das Reisadas 2016 até às atuações no Largo da Oliveira

Entre as 14 e as 19 horas de sábado, lares do concelho e estabelecimento prisional de Guimarães são o palco da iniciativa. À noite, Centro Histórico recebe dez grupos de música.

A Câmara Municipal de Guimarães, no âmbito da preservação e manutenção das tradições que caracterizam o concelho, organiza durante a tarde e noite do próximo sábado, 09 de janeiro, a edição 2016 das Reisadas com a participação de grupos culturais vimaranenses.

A modalidade do evento contempla a participação dos grupos em dois momentos. Durante a tarde, a atuação está marcada para os edifícios de instituições de âmbito social e estabelecimento prisional de Guimarães, onde atuará o grupo de cantares “TorCanta”, da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (16:30 horas). Ao início da tarde, pelas 14:30 horas, o Centro Social de Polvoreira recebe os “Reis” da Associação de Pais da Escola EB1/JI de Arrau (Nespereira).

Às 15 horas, a Tun’Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho atua no Centro Social de Brito, a Rusga S. Miguel de Gonça na Associação de Reformados de Lordelo, o Agrupamento 331 de S. Dâmaso do CNE no Lar Emídio Guerreiro, o Grupo Cultural Récita no Lar da Irmandade Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos, o Grupo de Concertinas Sons da Ponte no Centro Sócio-Cultural e Desportivo de S. Clemente de Sande, o Grupo Regional Folclórico e Agrícola de Pevidém no Lar Beneficente de São Jorge (Pevidém), o Grupo de Samba “A Lusitana” no Lar Rainha D. Leonor (Urgezes) e a Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria no Lar de S. Paio.

Uma hora depois, às 16, Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria volta a atuar, mas agora no Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial Alecrim (junto ao hospital “velho”). Às 16:30 horas, a Comissão de Festas de S. João de Calvos começa o cantar de Reis no Lar de Santo António e, meia hora depois, a Venerável Ordem Terceira de S. Domingos é palco da atuação do Orfeão de Guimarães.

O segundo momento das Reisadas 2016 está reservado para a noite de sábado, a partir das 21 horas, com os dez grupos participantes distribuídos pelas cinco “Portas da Villa”: Porta Nossa Senhora da Guia, Porta da Torre Velha, Porta Nova, Porta da Villa e Porta de Santa Luzia. Após 15 minutos de atuação, iniciam os seus percursos em direção ao Largo da Oliveira, onde cada grupo estará em palco durante 10 minutos. No caso das condições climatéricas serem adversas, o tempo da atuação individual mantém-se, mas o local das Reisadas passará a ser a Igreja de São Francisco.

PROGRAMA

14h30

. Centro Social de Polvoreira (Associação de Pais da Escola EB1/JI de Arrau (Nespereira)

15h00

. Centro Social de Brito (Tun’Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho)

. Associação de Reformados de Lordelo (Rusga S. Miguel de Gonça)

. Lar Emídio Guerreiro (Corpo Nacional de Escutas, Agrupamento 331 de S. Dâmaso)

. Lar da Irmandade Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos (Récita – Grupo Cultural)

. Centro Sócio-Cultural e Desportivo de S. Clemente de Sande (Grupo de Concertinas Sons da Ponte)

. Lar Beneficente de São Jorge - Selho S. Jorge (Grupo Regional Folclórico e Agrícola de Pevidém)

. Lar Rainha D. Leonor (Grupo de Samba “A Lusitana”)

. Lar de S. Paio (Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria)

16h00

. Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial Alecrim (Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria)

16h30

. Estabelecimento Prisional de Guimarães (Grupo de Cantares TorCanta da ADCL)

. Lar de Santo António (Comissão de Festas de S. João de Calvos)

17h00

. Venerável Ordem Terceira de S. Domingos (Orfeão de Guimarães)

21h00

Porta Nossa Senhora da Guia (Junto ao Museu Alberto Sampaio)

. Grupo de Concertinas Sons da Ponte

. Rusga S. Miguel de Gonça

Porta da Torre Velha (Jardim da Alameda)

. Associação de Pais da Escola EB1/JI de Arrau (Nespereira)

. Grupo de Cantares TorCanta da ADCL – Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais

Porta Nova (Junto ao Café Milenário)

. Orfeão de Guimarães

. Grupo de Samba “A Lusitana”

Porta da Villa (Ligação Toural para a Rua da Rainha)

. Récita – Grupo Cultural

. Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria

Porta de Santa Luzia (Junto aos Correios)

. Comissão de Festas de S. João de Calvos

. Tun’Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho

21h30

Atuação de grupos no Largo da Oliveira

. Grupo de Concertinas Sons da Ponte

. Rusga S. Miguel de Gonça

. Associação de Pais da Escola EB1/JI de Arrau (Nespereira)

. Grupo de Cantares TorCanta da ADCL – Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais

. Orfeão de Guimarães

. Grupo de Samba “A Lusitana”

. Récita – Grupo Cultural

. Associação Recreativa Cultural de Airão Santa Maria

. Comissão de Festas de S. João de Calvos

. Tun’Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho

CELORICO DE BASTO PROMOVE MERCADO DE FRESCOS NA QUADRA NATALÍCIA

O Mercado de Frescos Especial época de Natal foi a forma encontrada pelos comerciantes e agricultores locais para escoar os produtos hortícolas e ao mesmo tempo fazer face à grande procura destes produtos em véspera de natal e ano novo. O mercado de Frescos aconteceu no dia 24 e 31 de dezembro, em pleno Mercado Municipal.

“Esta ação partiu da iniciativa dos comerciantes e agricultores locais e apesar da baixa adesão da população, talvez por desconhecimento da iniciativa, será uma ação a ter em consideração em outras ocasiões. Teremos uma divulgação mais acentuada para que a população tenha conhecimento e possa assim, aproveitar para adquirir estes produtos e ao mesmo tempo ajudar os produtores locais ao escoar os produtos hortícolas produzidos, em grande maioria, de forma biológica”, disse o vereador da Câmara Municipal, Fernando Peixoto.

Recordar que Celorico de Basto é um concelho com tradições bem vincadas na quadra natalícia com os legumes a fazerem parte da ementa. O bacalhau cozido com tronchas e a “Roupa velha” mantêm-se como pratos “obrigatórios”.

VIZELA REALIZA FIM-DE-SEMANA GASTRONÓMICO

“Fim de Semana Gastronómico” em Vizela realiza-se nos dias 22, 23 e 24 janeiro de 2016

Dias 22, 23 e 24 de janeiro terá lugar mais uma edição dos fins de semana gastronómicos, com a participação de sete restaurantes concelhios.

No âmbito do lançamento de mais uma edição, para o ano de 2016, dos Fins de Semana Gastronómicos, iniciativa levada a cabo pela Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, a Câmara Municipal de Vizela participará com sete restaurantes: Adega Avelino, Dom Garfo, Pedra Azul, Termas de Vizela, Nacional, Bom Viver e Rainha.

Como empreendimento turístico teremos a participação do Hotel Bienestar Termas de Vizela e do Hotel das Termas de Vizela, com descontos de 15% no alojamento nas noites de sexta e sábado.

Com vista a valorizar os nossos produtos endógenos, a ementa escolhida terá como prato principal “Frango à Merendeiro”, e para sobremesa o “Bolinhol” e o Vinho Verde da região de Vizela.

O programa de animação será o seguinte:

- 23 de janeiro - 15h00: Visita ao Centro Etnográfico do Grupo Folclórico de St.ª Eulália (Ladeira da Devesinha, 118-St.ª Eulália 4620-541-GPS: 41.212143N/8.180537W).

Para melhor organização, as inscrições prévias deverão ser feitas até dia 20 de janeiro, através dos seguintes contactos: e.mail - turismo@cm-vizela.pt / telefone – 253489644.

VIZELA APRESENTA "PINTORES DA CAVE

1 a 31 de janeiro 2016

‘Pintores da Cave’ na Loja Interativa de Turismo

A Loja Interativa de Turismo de Vizela recebe a exposição ‘Pintores da Cave’, de 1 a 31 de janeiro.

Os Pintores da Cave surgiram em 1998, na Fundação Jorge Antunes, com a oficina de pintura criativa com orientação do mestre Alúa Pólen e mantêm-se até aos dias de hoje, sob o olhar atento de Martinho Lima.

São um grupo de alunos que se juntam para pintar, conversar e ouvir boa música. A cave da Fundação serve de palco para a criatividade e pauta o ritmo das pinceladas.

Aqui nascem obras criadas com todo o sentimento.

Participaram já em dezenas de exposições coletivas em Vizela e na região norte.

http://artealacartevizela.webnode.pt/pintores/pintores-da-cave/

MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO REPARA DANOS PROVOCADOS PELO MAU TEMPO

Proteção Civil, brigadas municipais e Bombeiros mantêm-se no terreno

O concelho de Cabeceiras de Basto, à semelhança do que tem acontecido um pouco por todo o norte do país, tem sido fustigado por chuvas intensas e ventos fortes nestes primeiros dias do novo ano que provocaram inúmeras situações de risco a que a Câmara Municipal, através das suas brigadas e da Proteção Civil, com o apoio dos Bombeiros Cabeceirenses, tem acorrido no sentido de resolver ou minimizar, no imediato, as consequências destas intempéries.

Reparação de buraco na Rua General Humberto Delg

O fim de semana foi particularmente crítico, tendo sido necessário manter em permanência aquelas equipas no terreno para acorrerem às situações de remoção de pedras e terras da via pública em consequência de desmoronamentos, bem como à desobstrução de aquedutos, sarjetas e levadas, trabalhos que se prolongaram por estes dois primeiros dias da semana.

A forte pluviosidade tem provocado muitos danos nas estradas, cujos buracos têm vindo a ser reparados.

A situação mais grave registou-se esta noite com o aluimento de parte do pavimento da Rua da Bouça, na freguesia da Faia, que por questões de segurança obrigou, por agora, ao corte daquela via.

Remoção de pedras e terras em Passos

A Câmara Municipal tem recebido muitas solicitações por parte dos munícipes e a todas tentará dar resposta com a maior brevidade possível.

O mau tempo continua a castigar, sobretudo, as populações e o território do interior causando transtornos aos automobilistas.

As brigadas municipais de proteção civil continuam a acudir às necessidades mais urgentes com o intuito de minorar, sobretudo, as más condições de circulação de veículos e pessoas.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto solicita, assim, a melhor compreensão para algum constrangimento que possa ocorrer com o desenrolar dos trabalhos para solucionar problemas, prejuízos e estrados causados pela força da natureza, que ninguém pode, nem consegue controlar.

Desobstrução de aqueduto nas Lameirinhas, fregue

Desmoronamento de terras em Petimão, Alvite

Desmoronamento de terras em Passos

Desmoronamento de terras em Passos (2)

Desentupimento de sarjetas na Alameda Camilo Caste

Aluimento de pavimento na Rua da Bouça, freguesia

REDE DE CASTROS DO NOROESTE PENINSULAR APRESENTA CANDIDATURA AO PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ESPANHA-PORTUGAL

Protocolo de colaboração entre a Direção Regional de Cultura do Norte, a Sociedade Martins Sarmento e os municípios de Monção, Boticas, Esposende, Paços de Ferreira, Penafiel, Póvoa do Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde, foi assinado em meados de dezembro, na Biblioteca Municipal da Póvoa do Varzim.

A Câmara Municipal de Monção estabeleceu um protocolo de colaboração com a Direção Regional de Cultura do Norte, a Sociedade Martins Sarmento e os restantes municípios fundadores da Rede de Castros do Noroeste Peninsular no âmbito de uma candidaturaao programa de cooperação Espanha-Portugal - INTERREG V (POCTEP) 2014-2020.

Este documento, assinado em meados do passado mês de dezembro nas instalações da Biblioteca Municipal da Póvoa do Varzim, vai permitir a apresentação de uma candidatura transfronteiriça entre Espanha e Portugal, potenciando a Rede de Castros do Noroeste Peninsular junto das crianças, historiadores e público em geral.

A Câmara Municipal de Monção esteve representada pela Vice-Presidente, Conceição Soares, a qual destacou a importância desta candidatura conjunta: “A divulgação do património cultural é essencial para preservar a memória e cativar público. Monção entende que esta candidatura constitui um argumento de peso para a valorização do Castro de São Caetano e demais sítios arqueológicos dos municípios fundadores”.

A Rede de Castros do Noroeste Peninsular é constituída pelos municípios de Monção, Boticas, Esposende, Paços de Ferreira, Penafiel, Póvoa do Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde. Esta rede tem como missão potenciar um turismo cultural de qualidade, atraindo públicos diversificados e criando novos circuitos entre os parceiros.

BRAGA RECEBE MEGA SESSÃO DE RISOTERAPIA

Iniciativa decorre a 17 de Janeiro, na Avenida Central

A Cidade de Braga acolhe no próximo dia 17 de Janeiro, na Avenida Central, a partir das 11h00, uma mega sessão de risoterapia. A iniciativa conta com o apoio do Município de Braga e pretende assinalar o Dia Internacional do Riso, que se celebra a 18 de Janeiro. As inscrições têm um custo de 5 euros e parte da receita reverte a favor da Operação Nariz Vermelho.

Organizada pelo grupo de formadores ‘E na Prática?’, esta é uma iniciativa inédita em Portugal que visa demonstrar a risoterapia como uma solução comprovada para o tratamento de diversas doenças.

As inscrições devem ser feitas até dia 14 de Janeiro através do site www.enapratica.pt/risoterapia ou através do telefone 961 357 558. Caso as condições meteorológicas sejam adversas, a actividade poderá sofrer alterações.

Todas as informações sobre o evento podem ser consultadas em www.enapratica.pt

MUNICÍPIO DE CAMINHA INVESTE 18 MIL EUROS PARA GARANTIR REFEIÇÕES DE QUALIDADE AOS ALUNOS DO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR

A educação continua a ser uma área prioritária para o executivo caminhense. A Câmara Municipal acaba de substituir os equipamentos que transportam as refeições para os alunos do 1º ciclo e pré-escolar do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais. No total foram adquiridos 14 equipamentos (“container’s”) e investidos mais de 18 mil euros.

Garantir uma refeição de qualidade aos alunos do 1ºciclo e pré-escolar que frequentam os estabelecimentos de ensino do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais é umaprioridade do Executivo. Por isso, a Câmara Municipal procedeu à substituição dos equipamentos que todos os dias fazem chegar às escolas as refeições das crianças do concelho.

O investimento numa refeição de qualidade que contribua para o sucesso escolar dos alunos vai muito mais além. Recorda-se que, no âmbito do programa de “Generalização de Refeições Escolares aos Alunos do pré-escolar”, a Câmara Municipal investe anualmente mais de 200 mil euros através de contratos interadministrativos e atribuição de subsídios.

VIZELA RECOLHE POSTAIS ANTIGOS

Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes criou galeria de postais de Vizela

A Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes criou uma galeria de postais de Vizela com o objetivo de permitir visitar e revisitar a cidade de Vizela do antigamente, através de imagens de cartões postais.

Neste momento são cerca de 110 os postais exibidos sendo que a galeria será atualizada permanentemente.

Deixamos um convite e um apelo aos vizelenses que comentem os postais com informações relevantes que possuam acerca dos mesmos para que as memórias de Vizela sejam partilhadas por todos.

https://www.flickr.com/photos/bmfja/

PONTE DE LIMA APRESENTA CINEMA HISTÓRIA

Ponte de Lima - Biblioteca Municipal lança Cinema História em 2016

A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima inicia o novo ano com diversos eventos em agenda – uns transitados de edições anteriores, outros em estreia absoluta.

Uma das novidades é o Cinema História, uma rubrica lúdico-didática, de periodicidade mensal, que pretende utilizar o cinema como veículo de interpretação e de recriação da história, da cultura e de personalidades que, por variadas razões, se distinguiram nos planos nacional e internacional.

A iniciativa, dirigida essencialmente à população estudantil do concelho, arranca com a biografia cinematografada de Martinho Lutero, mas revisita outros momentos marcantes da vida política, religiosa e cultural do país e do mundo, de que se destacam o assassinato do General Humberto Delgado – Operação Outono -, a Revolução de abril – Um adeus português -, a Segunda Guerra Mundial, na figura de Churchill, e a Batalha do Buçaco, travada por ocasião da Terceira Invasão Francesa – As linhas de Wellington.

Importa esclarecer que os filmes e/ou documentários calendarizados para 2016 são propositadamente exibidos no mês do respetivo acontecimento, fazendo-se sempre acompanhar de um folheto informativo com a verdade dos factos.

Apesar de a rubrica Cinema História ter sido pensada como instrumento complementar do ensino tradicional – essencialmente para estimular o interesse por determinadas matérias e disciplinas - estende-se a todos os utilizadores, que afora a consulta da informação disponível, podem requisitar os DVD’s em destaque.

 

BRAGA APRESENTA IDEIAS A CONCURSO PARA A AVENIDA DA LIBERDADE

Apresentação dos resultados do Concurso de ideias para a Avenida da Liberdade, amanhã, Quarta-feira, dia 6 de Janeiro, pelas 11h00, no edifício GNRation, Braga

O Município de Braga e a CIP – Confederação Empresarial de Portugal leva a efeito a apresentação dos resultados do Concurso de ideias para a Avenida da Liberdade que terá lugar, amanhã, Quarta-feira, dia 6 de Janeiro, pelas 11h00, no edifício GNRation, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga e de Miguel Bandeira, vereador do Urbanismo, bem como de representantes da CIP.

O Concurso resulta de um desafio que o Município de Braga lançou a arquitectos ou empresas de arquitectura, com o objectivo de promover o debate e a análise de propostas com vista à definição de uma estratégia coerente, racional e sustentável tendente à definição de uma acção concertada para o eixo da Avenida da Liberdade e os seus sectores adjacentes. Esta iniciativa conta ainda com a parceria da AIMinho – Associação Empresarial e da Universidade do Minho.