Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA ASSINALA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Entre 2 a 5 de Junho no PEB, 7.500 crianças vão assistir ao espectáculo musical ´A Cinderela´

Como forma de comemoração do Dia Mundial da Criança, o Auditório do Parque de Exposições recebe, entre os dias 2 e 5 de Junho, o espectáculo musical “A Cinderela – Era uma Vez uma História de Magia”. As sessões têm lugar todos os dias de manhã, às 10h00, e à tarde, pelas 14h30m.

Irão assistir a este espectáculo cerca de 7.500 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo. O transporte é assegurado pelo Município e o lanche é oferecido pelo Pingo Doce.

Através do clássico da Cinderela será contada uma história nova e um espectáculo que envolve música e teatro. Pretende-se com esta iniciativa promover a esperança perante as dificuldades da vida, levando os mais novos a acreditar na magia e na capacidade de ultrapassar as dificuldades com força de vontade e espírito de amizade.

EXECUTIVO CAMINHENSE REÚNE QUARTA-FEIRA

Município vai atribuir subsídios à NUCEARTES e ao GEPPAV

O executivo caminhense vai reunir ordinariamente na próxima quarta-feira. Da ordem de trabalhos fazem parte 17 propostas, entre as quais a atribuição de subsídios à NUCEARTES e ao GEPPAV para apoio nas publicações de um livro e de um catálogo. Em discussão estará também o XXI procedimento de sorteio de espaços de venda na Feira Semanal de Caminha. A reunião de Câmara vai decorrer dia 3 de junho, às 15 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

O executivo vai apreciar e votar a atribuição de um subsídio ao NUCEARTES - Núcleo de Estudos e Artes do vale do Âncora para apoio na publicação do livro “A Masseira Ancorense” no montante de 1300 €. Para o Município este livro vai contribuir peara o enriquecimento da memória cultural do concelho de Caminha. Esta obra será apresentada publicamente durante a Festa do Mar e da Sardinha que vai decorrer em Vila Praia de Âncora de 24 a 28 de junho.

Ainda na área cultural, o executivo vai pronunciara-se sobre a atribuição de um subsídio ao GEPPAV – Grupo de Estudo e Preservação do Património Vilarmourense – para apoio na publicação de um álbum-catálogo “A Louça da Fábrica de Vilar de Mouros”, no montante de 4.000 €.

Da ordem de trabalhos ainda faz parte o XXI procedimento de sorteio de espaços de venda na Feira Semanal de Caminha. Atualmente, a Feira de Caminha conta com 19 espaços de venda vagos.

ACIAB PREPARA NOVOS FORMADORES

Teve início, em maio, a 5ª edição do curso de formação pedagógica inicial de formadores promovido pela ACIAB, que decorre em Ponte da Barca, até ao final de julho.

Formação Formadores

À semelhança da edição anterior, este curso é de 90 horas, na modalidade b-learning, em horário pós-laboral. Os formandos no final do curso ficarão aptos para exercer a atividade de formador/a desenvolvendo uma relação pedagógica eficaz e produtiva em função do grupo de formação e uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, ao nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.

Do ponto de vista da ACIAB, promover este tipo de formação é importante pois ter formadores bem preparados e fornecer-lhes instrumentos que diminuam a margem de erro na execução das suas tarefas é uma mais-valia que se vai fazer sentir quando estiverem a operar junto das empresas.

Os formandos no final do curso ficarão aptos para exercer a atividade de formador/a desenvolvendo uma relação pedagógica eficaz e produtiva em função do grupo de formação e uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, ao nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.

A ACIAB continuará a promover este tipo de formação e os interessados podem fazer a sua inscrição em www.aciab.pt, nas instalações da ACIAB, em Arcos de Valdevez ou Ponte da Barca, ou pelos telefones 258 521 473 e 258 454 524.

BRACARENSES DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Período de apresentação de propostas inicia-se hoje

Inicia-se hoje, dia 1 de Junho, e prolonga-se até 19 de Julho o período de apresentação de propostas para o Orçamento Participativo 2016. Os cidadãos podem apresentar uma proposta no portal (http://participe.cm-braga.pt/) ou nas assembleias participativas.

OP Apresentacao de Propostas

O Orçamento Participativo é uma ferramenta que delega nos cidadãos a decisão relativamente ao que fazer com uma parte do Orçamento do Município - neste caso, 750 mil euros dotados para o efeito -, oferecendo aos munícipes novos direitos e novas responsabilidades. Na edição transacta, foram apresentados 136 projectos, dos quais 94 foram submetidos a votação, tendo sido sufragados por cerca de cinco mil votantes.

O envolvimento neste projecto dos cidadãos, das instituições, das Escolas, entre outros agentes, permite uma efectiva e crescente participação da comunidade na vida activa da sua cidade, do seu bairro, da sua rua. Isso corporiza o que de melhor e mais importante existe em democracia.

Braga é de todos e todos têm uma palavra a dizer na construção de um presente e futuro melhores. Participe e faça ouvir a sua voz!

PRAIAS DO CONCELHO DE CAMINHA VÃO HASTEAR BANDEIRA COM QUALIDADE DE OURO

As praias do concelho de Caminha estão em alta. Depois de terem sido todas galardoadas com a Bandeira Azul, esta época balnear, as praias de Caminha, Moledo e Forte do Cão vão também exibir a Bandeira oficial das Praias com Qualidade de Ouro 2015, um galardão atribuído pela associação ambientalista Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza. A Quercus atribui esta classificação às praias que têm água de excelente qualidade.

praia

Os resultados foram hoje conhecidos e o Município de Caminha conta com 3 das 314 praias de Ouro em 2015. A Quercus atribui este galardão com o objetivo de realçar as praias que ao longo de 5 anos apresentam sistematicamente uma água balnear de boa qualidade ou qualidade excelente e que oferecem uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade da água. Na verdade, a Quercus tem em conta as análises recolhidas pela Agência Portuguesa do Ambiente – APA - durante a última época balnear e nos cinco anos anteriores, e define parâmetros limite para as concentrações deEnterococos intestinais e de Escherichia coli por 100 mililitros de água.

Para além da Quercus, também a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) reconheceu os esforços do município e, pela primeira vez na história do concelho, as quatro praias: Caminha, Moledo, Vila Praia de Âncora e Forte do Cão, vão hastear a Bandeira Azul da Europa. Tal nunca tinha acontecido e, no caso de Vila Praia de Âncora, a última vez que a praia foi galardoada aconteceu em 2011.

As quatro bandeiras azuis do concelho integram, na Região do Norte, um conjunto de 65 praias galardoadas. Recorde-se que o Programa Bandeira Azul apresenta três vertentes: praias, portos de recreio e embarcações de recreio, tendo como instrumento o galardão Bandeira Azul da Europa.

O galardão é atribuído anualmente às praias e portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental.

VIZELA ACOLHE PRIMEIRA FEIRA DE EMPREENDEDORISMO JÚNIOR

A Câmara Municipal de Vizela foi a anfitriã da primeira Feira de Empreendedorismo Júnior, que contou com mais de 200 alunos do 2.º ciclo, das escolas que integram a Rede de Empreendedorismo Escolar – IN.AVE, dos oito municípios que compõe a Comunidade Intermunicipal do Ave.

Feira Emp Junior entrega prémios

A Feira de Empreendedorismo Júnior teve, então, lugar no passado sábado, dia 30 de maio, na Praça do Município, onde os alunos e professores participantes tiveram oportunidade de apresentarem/comercializarem, nos seus stands, os produtos finais dos projetos de empreendedorismo que têm vindo a desenvolver ao longo do ano.

Dos nove projetos a concurso, Vizela arrecadou um honroso terceiro lugar com o projeto “Fruitliss”, da turma 5.ºA da Escola Básica de Vizela, orientada pela Professora Sandra Pereira e o Professor Luís Barata, que consistia na venda de fruta desidratada através de uma estufa artesanal que funciona, exclusivamente, a energia solar.

Já a turma do 5.º A da Escola Básica e Secundária de Infias – Vizela, orientada pela Professora Maria Emília Araújo e pelo Professor Adelino Pereira, foi distinguida com uma menção honrosa pelo seu projeto “Tuninfias”, que visava o desenvolvimento social através da música tradicional local, abrindo a Escola/Academia de Música à comunidade.

O Instituto Silva Monteiro, fez-se representar com as turmas do 6.º A e 6.ºB, orientadas pela Professora Maria do Sameiro Freitas, com um projeto com grande impacto ambiental e social, já que os produtos apresentados e comercializados na Feira partiam do reaproveitamento de desperdícios, sensibilizando para a importância da reciclagem e da criatividade enquanto móbil do empreendedorismo.

O júri, composto por representantes da Câmara Municipal de Vizela, da CIM do Ave, da Adrave e Sol do Ave, atribuíram o primeiro lugar ao projeto “À descoberta do Património de Guimarães” da turma 6ºA, da Escola E.B. 2/3 João de Meira, de Guimarães, orientados pelos Professores Júlia Faria, Conceição Rodrigues e Manuela Ribeiro, pela inovação associada ao projeto que visava a valorização do património concelhio numa abordagem muito visual e intuitiva.

Em segundo lugar ficou o projeto “Bo tem mel”, da turma 6º C da Escola E. B. 2,3/S de Mondim de Basto, orientados pela Professora Rita dos Anjos Pires de Carvalho, em que o mel de qualidade, assumiu diferentes e apelativas formas de ser consumido, alargando o leque de potenciais apreciadores deste produto endógeno.

A segunda menção honrosa foi para o projeto “J. Meira & Tradição” da turma 6º D da Escola E.B. 2/3 João de Meira, Guimarães, orientados pela Professora Célia Ferreira, que incidiu sobre a importância da preservação da memória, enquanto fator de cultural, vertida numa perspetiva de dinamização económica.

A franca adesão às iniciativas de incentivo ao empreendedorismo, no nosso concelho, são, para a nossa Autarquia, um excelente indicador do potencial criativo e empresarial do nosso concelho, que conta com a colaboração e empenho das escolas e professores, na sensibilização de alunos em idade precoce, como foi o caso desta iniciativa.

PONTE DE LIMA REALIZA MARATONA EM BTT

II Maratona Limiana: 3ª Etapa do Campeonato do Minho de BTT/XCM realiza-se no dia 7 de junho 2015

Realiza-se em Ponte de Lima, no dia 7 de junho a II Maratona Limiana. Com o apoio do Município de Ponte de Lima, a organização é do Batotas, Clube de Desportos Radicais de Ponte de Lima, em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho, sendo disputada em trilhos da vila mais antiga de Portugal, começando e terminando junto à Ponte Medieval de Ponte de Lima.

A prova destina-se à participação de todos os interessados, independentemente de serem ou não atletas federados, prevendo esta Maratona Limiana a inscrição nas habituais categorias de competição, de lazer e paraciclismo, estando contemplados percursos de Meia-Maratona e de Maratona.

A pontuar para a terceira etapa do Campeonato do Minho de BTT XCM - Arrecadações da Quintã, a iniciativa dirige-se ainda a praticantes desportivos informais que participam em atividades numa perspetiva de lazer.

A participação na Maratona e na Meia-Maratona tem o custo de 10 euros (gratuita para atletas de paracilismo), havendo também a possibilidade de inscrição com jersey oficial (acresce 15 euros).

As inscrições podem ser formalizadas através do site www.classificacoes.net.

Maratona 2015

Maratona Limiana 2015

COROS DO MINHO JUNTAM-SE EM VIZELA

Vizela recebe Encontro de Coros do Minho no dia 10 de junho

Vizela recebe, no próximo dia 10 de junho, o XX Encontro de Coros do Minho, um evento que vai juntar 17 coros e orfeões do Minho.

Este Encontro de Coros é promovido pela Associação Coro Laudate Dominum e vai realizar-se na Igreja de S. Miguel.

No Encontro participam 17 coros e orfeões, num espetáculo que conta com a participação de cerca de 500 pessoas.

Os coros participantes sairão em cortejo da Praça da República, pelas 14h30, em direção à Igreja de S. Miguel onde decorrerá o evento.

encontro coros

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA CICLO DE CONFERÊNCIAS “RE(EN)CONTROS DE VAL-DE-VEZ

500 Anos de História com os olhos no futuro

O Recontro de Valdevez (1140) foi um episódio ligado à fundação da Nacionalidade Portuguesa em que as tropas de D. Afonso Henriques e de Afonso VII de Leão e Castela, de modo a evitar uma batalha campal, e à boa maneira medieval, se confrontaram num Torneio que teve como desfecho a vitória dos Cavaleiros Portugueses.

A ideia de lançar um Ciclo de Conferencias integrado no âmbito das Comemorações dos 500 anos da atribuição do foral por D. Manuel I à Vila de Arcos de Valdevez surge da necessidade de partir do conhecimento histórico, económico e social para perspetivar novas linhas de rumo para um Concelho de baixa densidade populacional mas com um enorme potencial em várias áreas da atividade económica, social, ambiental e cultural.

Introduzimos alguma polissemia na palavra “RECONTRO” possibilitando os “REENCONTROS”, isto é, queremos promover o confronto de ideias, o debate entusiasmado sobre o futuro de Arcos de Valdevez mas também encontrar as pontes e os consensos necessários que permitam uma ação política mais ajustada às necessidades de um concelho confrontado com os problemas inerentes à interioridade mas sabedor das potencialidades e da qualidade de vida que ainda é possível almejar no Alto Minho.

Numa organização da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, em parceria com o CENFIPECentro de Formação e Inovação dos Profissionais de Educação/Escolas do Alto Lima e Paredes de Coura, convidamos grandes nomes, especialistas de diferentes áreas que dispensam apresentações e que nos vão ajudar a refletir sobre diferentes áreas (Educação, Ambiente, Economia, Sociedade, Turismo…). Destaque para o filósofo FERNANDO SAVATER, o Jornalista e sub-Diretor de Informação da SIC, JOSÉ GOMES FERREIRA, LICÍNIO LIMA (U. MINHO), CARLOS DANIEL (Jornalista da RTP), ALEXANDRE CASTRO CALDAS, MANUEL VILLAVERDE CABRAL, RAQUEL VARELA, MÁRIO FERREIRA (Douro Azul) entre outros.

O Ciclo está em fase de acreditação junto do CCPFC de modo a relevar como Formação Contínua para os Professores que queremos igualmente chamar a este grande debate (15 horas, 0,6 Créditos).

O Primeiro momento, PARA ONDE VAI PORTUGAL : Economia, Sociedade e Educação |3 ideias para um Concelho, acontece já no dia 5 de Junho, na CASA DAS ARTES DE ARCOS DE VALDEVEZ, pelas 21.30 horas e conta com a presença do Professor Licínio Lima (Universidade do Minho) com uma intervenção intitulada “Resgatar a Educação como processo de Humanização” e de José Gomes Ferreira (SIC) que abordará o tema “O que Falta fazer para a Economia ser sustentável”. O segundo momento ocorre em 23 de outubro e o Ciclo termina a 20 de fevereiro de 2016.

As entradas são livres. Os professores que pretendam frequentar a formação acreditada devem obrigatoriamente efetuar a pré-inscrição na página do CENFIPE em www.cenfipe.edu.pt

Desafiamos Professores, Investigadores, Académicos, Autarcas e decisores políticos, representantes de associações e entidades de Arcos de Valdevez, Pais e Encarregados de educação, Público em Geral e todos os Arcuenses que amam a sua terra em particular, a participarem neste amplo debate cuja essência é ajudar a trilhar o caminho para o futuro de um Concelho com o lema “Um Ambiente acolhedor”.

ROMANOS FAZEM FEIRA EM VIZELA

IV Feira Romana de Vizela. De 5 a 7 junho | Praça da República - Vizela | Entrada Livre

A Comissão de Festas de Vizela, com o apoio da Câmara Municipal, promove a quarta edição da Feira Romana de Vizela, nos próximos dias 5, 6 e 7 de junho, na Praça da República.

Recua no tempo e vem viver o tempo dos romanos!

Mercado, área pedagógica, música, lutas, malabarismo, contadores de histórias, pantomineiros e muito... muito mais! 

A IV Feira Romana de Vizela realiza-se na Praça da República, das 10.00h às 24.00h.

De 05 a 07 Junho | Praça da República - Vizela | Entrada Livre

IV VIZELA ROMANA

Estamos no Alto-Império Romano, ano 82 d.C., na civitas “ Oculis Calidarum “ (Caldas de Vizela), local onde o Imperador César Domiciano Augusto mandou edificar um complexo de banhos públicos em honra do Deus “Bormanicus“, cujo poder da cura se manifesta através das águas quentes que aqui brotam. 

O AMBIENTE

Através desta Feira procurar-se-á recriar o ambiente em torno do quotidiano da civitas "Oculis Calidarum". Assim, poderão encontrar um mercado que se expande por toda a Praça da República e, quem sabe, adquirir vários produtos como metais, olaria, cestaria, vidro, cantaria, couro, marcenaria. Nesse mesmo local, poderá degustar várias iguarias na zona de restauração. 

AS ACTIVIDADES 

Pretender-se-á, igualmente, recriar o bulício das urbes romanas. Os atores darão corpo a figuras típicas como o escravo, o pedinte, o escriba, o malabarista, os acrobatas e cuspidores de fogo. Todo o evento integrará peças de teatro, tiro com arco, jogos infantis de época, declamação de poemas e danças. Destacamos a realização das Olimpíadas de "Oculis Calidarum", momento em que poderão assistir a lutas greco romanas, ao lançamento de esferas e às corridas. 

PROGRAMA 
Todos os dias, das 10h às 24h - Mercado, Área Pedagógica, Música, Lutas, Malabarismo, Contadores de histórias, Pantomineiros e muito... muito mais! 

BRACARENSES DEBATEM RELIGIOSIDADE POPULAR

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, leva a efeito a 77ª edição dos "Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras" (Bodas de diamante), cujo tema será: "Os Saraiva Caldeira - o Artur pai e Artur filho".

A tertúlia tem por convidados Artur Caldeira e Paulo Caldeira e será moderada por José Pinto, presidente da associação.

1º tema - "Religiosidade Popular"

2º tema - "Festas Cíclicas, rituais e outros folguedos tradicionais"

Os momentos artísticos desta seranzada serão da responsabilidade de Artur Caldeira filho e seus amigos.

Esta iniciativa, tem lugar na sede social desta associação, sita na Av. Artur Soares, nº 73, em Braga, no dia 05 de junho de 2015, pelas 21h:30, e insere-se no âmbito do 2º tema do programa comemorativo do 50º aniversário da Rusga. 50 anos 05 temas (1965/2015).

Convite_77_05junho2015

Pág. 38/38