Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

RESTAURANTES EM VIANA DO CASTELO VÃO SERVIR CARNE DE TOURO BRAVO POR ALTURA DA TOURADA

Quatro restaurantes vianenses vão confecionar e servir ao público carne de touro bravo

O Movimento Cívico “Vianenses pela Liberdade” vai este ano levar a efeito em Viana do Castelo uma exposição de fotografia taurina, por ocasião das festas de Nossa Senhora d’Agonia, devendo ser inaugurada no dia 17 de agosto, em hora e local a anunciar brevemente.

537197_432928786815999_189358751_n

A iniciativa insere-se num programa mais vasto designado por I Semana de Cultura Tauromáquica de Viana do Castelo e deverá naturalmente incluir a tourada que nos últimos anos cuja realização tem nos últimos anos contado com a oposição da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Quatro restaurantes vão confecionar e servir ao público carne de touro bravo e encontra-se também prevista uma sessão de fados, entre outras iniciativas que a organização espera anunciar brevemente.

O Movimento Cívico “Vianenses pela Liberdade” aposta tornar este ano Viana do Castelo “a cidade mais taurina de Portugal”.

FEIRA DO 27 EM MONÇÃO VOLTA A DAR QUE FALAR

Certame, dedicado à comercialização de gado e produtos do campo, realizou-se no passado sábado, 27 de junho, no lugar de Santo Amaro, em Ceivães. Em silêncio há quatro décadas, o regresso fez-se com estrondo. A continuidade está garantida.

Com organização da União de Freguesias de Ceivães e Badim e da Associação Cultural, Desportiva e Social dos Jovens de Ceivães, realizou-se no passado sábado, 27 de junho, a Feira do 27, em Ceivães. O resultado é claramente encorajador, perspetivando-se a sua continuidade no próximo ano.

Em silêncio há mais de quatro décadas, a Feira do 27 regressou com voz grossa. O Lugar de Santo Amaro decorou-se a preceito, as recriações à moda antiga resultaram em pleno, a feira do gado trouxe animais fortes e robustos, e a população respondeu ao toque da sineta para “acudir” ao largo da feira.

Pode-se afirmar, sem cair em exageros, que o certame, dedicado à comercialização de gado e produtos do campo, teve um regresso em grande estilo, recebendo elogios de quem ainda se lembra da feira mas também daqueles que assistiam pela primeira vez.

Presente na sessão de abertura, o autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, sublinhou que “Monção fervilha de animação” com “manifestações várias de promoção cultural em várias freguesias do concelho” Lembrou que “este género de iniciativas ajuda a valorizar o que é nosso e a facilitar o escoamento de produtos” e agradeceu “o empenho e dedicação da organização na realização do certame”.

“Não queremos que o Portugal das aldeias morra. Teimamos na sua preservação. Este exemplo, como outros, demonstram bem que os autarcas locais, as associações de jovens e a iniciativa privada, estão apostados na revitalização de tradições e no desenvolvimento de conceitos ligados ao mundo rural” adiantou.

Além do autarca monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, marcaram presença na sessão de abertura os deputados na Assembleia da República, Jorge Fão e Abel Baptista, este último também vereador da Câmara Municipal de Monção, os vereadores do PSD, João Garrido e Natália Rocha, e o presidente da União de Freguesias de Ceivães/Badim, Carlos Vilarinho.

Apoiada pela Câmara Municipal de Monção, a Feira do 27 compreendeu um concurso de gado, animação popular com concertinas e ranchos folclóricos, verbena pela noite dentro e expositores com artesanato local, doçaria tradicional e produtos de campo como hortaliças, legumes, ovos, feijão etc.

O objetivo central assentou na recuperação de um certame vocacionado para a promoção e comercialização de gado que ainda está vivo na memória dos mais velhos, uma vez que esta feira, em pousio durante quarenta anos, era bastante conhecida e procurada pelos comerciantes de gado da região.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO CABECEIRENSE PARTICIPA NAS JORNADAS DA SAÚDE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE S. MIGUEL DE REFOJOS

A convite da Santa Casa da Misericórdia de S. Miguel de Refojos e da Provedora, Dra. Natália Correia, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, marcou presença na segunda edição das Jornadas da Saúde, um evento que se realizou no passado sábado, dia 27 de junho, nas instalações da Unidade de Cuidados Continuados, Dr. Francisco Meireles, durante a manhã, e no auditório da Casa do Tempo, durante a tarde, onde foram debatidos temas como ‘A Singularidade dos Cuidados Continuados’ e a ‘Saúde e Qualidade de Vida na Terceira Idade’.

Dezenas de pessoas associaram-se ao evento que promoveu, também, na Unidade de Cuidados Continuados, a realização de rastreios de saúde, designadamente tensão arterial, colesterol, glicémia, triglicéridos e índice de massa corporal.

Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal regozijou-se com a realização desta iniciativa que permitiu juntar na Casa do Tempo profissionais ligados às diversas áreas da saúde.

“A Santa Casa da Misericórdia de Cabeceiras de Basto é uma instituição que presta um verdadeiro apoio social aos utentes, mas também aos cuidadores e suas famílias. Um parceiro do Município nas questões voltadas para a saúde”, salientou Francisco Alves, afirmando que os temas em discussão “são muito atuais e de grande interesse nos dias que correm”.

“A saúde, a par da área social e da educação, sempre estiveram no centro das nossas preocupações pelo que só podemos estar gratos aos parceiros que connosco têm promovido a melhoria da qualidade de vida das nossas gentes”, destacou o autarca, referindo que a “qualidade dos profissionais que trabalham na Misericórdia garantem um bom serviço de saúde aos doentes”.

E finalizou: “consideramos que os vossos exemplos podem desenvolver novas sinergias para atingir com maior sucesso as metas a que todos nos propomos, proporcionando, assim, melhores condições de vida às populações”.

Por seu turno, a Provedora da Santa Casa, Dra. Natália Correia, agradecendo a presença de todos destacou “os serviços de excelência” prestados pela Misericórdia de S. Miguel de Refojos no que se refere ao apoio aos doentes e idosos carenciados.

A Santa Casa da Misericórdia “é uma instituição de referência reconhecida pela qualidade dos seus serviços”, considerou a provedora, salientando que com a entrada em funcionamento da Unidade de Cuidados Continuados foram abraçados novos desafios.

BOSH DESENVOLVE TECNOLOGIA DO FUTURO A PARTIR DE BRAGA

Empresa prevê criar mais mil postos de trabalho até 2020

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, acompanhou esta Segunda-feira, 29 de Junho, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, numa visita que o governante realizou às instalações da Bosch Car Multimedia Portugal, sediadas em Braga, no âmbito do encerramento da primeira fase do projecto Human Machine Interface Excellence (HMIExcel), uma parceria entre a Bosch e a Universidade do Minho, que visa o desenvolvimento e produção do futuro conceito de mobilidade no sector automóvel.

CMB29062015SERGIOFREITAS0000002071

O projecto, que teve o seu início há dois anos representa um investimento de 19 milhões de euros, resultando em 14 projectos e dez patentes registadas no desenvolvimento do ‘cockpit do futuro’, envolvendo cerca de 300 pessoas. A parceria prevê, para os próximos três anos, um investimento de 56 milhões de euros na evolução de 38 novos projectos, sendo que a empresa alemã, sediada em Braga, aposta na contratação de mais mil colaboradores até 2020.

Este foi um dado enaltecido por Ricardo Rio, lembrando que Braga tem sido, neste particular, ‘fonte de boas notícias e de sinais de esperança no futuro’. “Do ponto de vista económico, os indicadores de redução do desemprego, de criação líquida de novos postos de trabalho e de atracção de investimento, de projectos que ajudem ao desenvolvimento do território, Braga tem tido um papel notável nas diversas áreas de actividade”, referiu.

CMB29062015SERGIOFREITAS0000002065

Lembrando as palavras do primeiro-ministro numa recente visita à capital do Minho, em que Pedro Passos Coelho afirmou que “era importante que o País soubesse acompanhar a ‘pedalada’ de Braga”, o Autarca afirmou que este o projecto HMIExcel, “é uma das muitas comprovações de uma estratégia que está delineada entre todos os agentes do território e que passa por aproveitar os muitos recursos que Braga tem para oferecer”, destacando, neste particular, a Universidade do Minho e a Bosch, “um dos principais agente económicos de Braga” e que tem tido uma postura de “grande interacção com a comunidade Bracarense”.

O projecto já tinha sido ‘apadrinhado’ pelo primeiro-ministro no início do processo. Agora, passados dois anos, Pedro Passos Coelho mostrou a sua satisfação por “testemunhar o sucesso do projecto e a renovação dessa ambição para o futuro próximo”. “A economia nacional precisa de beneficiar muito da inovação e da melhoria de qualidade do seu capital humano e o Governo está empenhado em apoiar projectos que, como este, são uma clara mais-valia para o desenvolvimento do nosso País”, referiu, acrescentando que “parcerias entre empresas sólidas e globais como a Bosch e instituições dinâmicas como a Universidade do Minho, são um exemplo que deve ser repercutido em todo o território nacional”.

Por seu turno o reitor da Universidade do Minho, António Cunha, referiu que este é “um projecto fantástico com muita ambição e que constitui um desafio para as duas partes, com o objectivo de moldar o futuro e ser uma referência na área tecnológica a nível mundial”.

Já Sven Ost, administrador da Bosch, referiu que este é um “momento muito especial” para a empresa, para a Universidade, para a Região e para todo o País, no reconhecimento de “um dos mais ambiciosos projectos de investigação e desenvolvimento tecnológico alguma vez realizado em Portugal e considerado de interesse estratégico nacional”, agradecendo todo o apoio do Governo Português na concretização do projecto HMIExcel.

A empresa continua a olhar para a Bosch em Braga “como uma localização competitiva para as actividades de desenvolvimento e produção”, sustentando que com este projecto a empresa alemã tem “contribuído activamente para a construção da boa reputação da tecnologia desenvolvida e produzida em Portugal, e exportada a nível mundial”, concluiu.

CMB29062015SERGIOFREITAS0000002063

CARLA COUTO FOI A CELORICO DE BASTO FALAR COM AS CRIANÇAS

Campo de Férias de Celorico de Basto recebeu Carla Couto

Carla Couto, ex-Jogadora da Seleção Portuguesa de Futebol Feminino, esteve no campo de férias de Gandarela, no dia 26 de junho. A “jogadora do século” foi alvo de múltiplas questões lançadas pelas crianças que integram o programa.

_DSC4677

Foi um dia particularmente especial para este grupo de crianças que puderam interagir de perto com uma atleta consagrada. “É de facto importante valorizar estes momentos de convivio e interação com atletas de tão elevado palmarés. A Carla Couto tem um curriculum desportivo invejável e é, de facto, um exemplo de força e determinação para as crianças que frequentam o campo de férias”, disse o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto.

A iniciativa integra-se no plano de atividades do Campo de Férias que procura atuar em vários ângulos por forma a dar o máximo de atividades pedagógicas e lúdicas às crianças que o integram. “Este campo de férias é multidiscilplinar apesar de incidir, bastante, nas atividades voltadas para a práticas desportiva nas diferentes modalidades. São áreas que atraem as nossas crianças de forma particular daí o nosso enfoque. Pretendemos que este campo de férias seja um espaço atrativo, divertido e simultaneamente pedagógico, “brincar a aprender”. Estas individualidades, que se destacam no desporto, como a Carla Couto, mostram às nossas crianças as diferentes prespetivas da prática desportiva de alta competição, uma mais valia para o futuro destas crianças, sobretudo, as que procuram a atividade desportiva como profissão”, reforçou a coordenadora do campo de férias, Beatriz Meireles.

A futebolista portuguesa mais internacional de sempre, com 145 internacionalizações, foi considerada a “jogadora do século” e passou por vários clubes como 1º de Dezembro, Valadares, Lázio, entre outros tendo conseguido vários títulos de campeã nacional e seis taças de Portugal, sem esquecer as diferentes distinções individuais e coletivas ao longo da carreira.

Carla Couto com 40 anos representou a seleção Portuguesa de futebol feminino durante quase 20 anos. Em junho deu por terminada a sua carreira de futebolista estando agora a exercer outras funções. Carla é, neste momento, embaixadora da seleção feminina e do sindicato de jogadores.

_DSC4650

SECRETÁRIO DE ESTADO DO DESPORTO E JUVENTUDE INAUGURA ESTÁDIO MUNICIPAL E COMPLEXO DESPORTIVO EM ARCOS DE VALDEVEZ

Estádio Municipal de Rugby e Complexo Desportivo Padre Arieiro em Guilhadeses inaugurados pelo Secretário de Estado do Desporto e Juventude

No passado sábado, dia 27 de junho, decorreram as Cerimónias de Inauguração do Complexo Desportivo Padre Arieiro em Guilhadeses e do Estádio Municipal de Rugby, no Parque Desportivo, em Giela, presididas pelo Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Dr. Emídio Guerreiro.

inaugugracao_guilhadeses

Para o Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, este foi um dia importante para Arcos de Valdevez, pois foi dado um grande passo ao nível da promoção do Desporto, Cultura e Associativismo, bem como ao nível do desenvolvimento local.

O autarca começou a sua intervenção agradecendo a presença do Sr. Secretário de Estado, assim como o apoio dado ao nível da execução destes projetos, adiantando que é intenção do município estimular uma oferta regular e diversificada ao nível de atividades e para isso “contamos com as associações arcuenses e outros parceiros locais, regionais e nacionais”.

inauguracao_CRAV

De realçar também as palavras dirigidas ao Associativismo. “A Câmara Municipal releva o trabalho realizado pelas Associações e toda a atividade desenvolvida no concelho, pois elas contribuem para a dinamização social, desportiva e cultural. Em 2014 as Associações foram apoiadas em mais de 760 mil euros e foi lançado o Gabinete de Apoio ao Associativismo, o qual é um espaço criado para disponibilizar informações, articular agendas e apoiar as associações na sua atividade e programas de apoio.

De destacar também a criação do Portal do Associativismo, recentemente reconhecido pela Agência para a Modernização Administrativa como um exemplo de boas práticas nacionais. Nesta plataforma eletrónica está acessível toda a informação necessária para as associações, foi-lhes disponibilizado espaço para alojamento para os seus sites e duas contas de correio eletrónico”.

inauguracao_CRAV3

A empreitada do Complexo Desportivo Padre Arieiro, realizada pela Câmara Municipal em articulação com a Associação Recreativa e Cultural de Guilhadeses, associação que se dedica com muita atenção ao futebol de formação, junto das camadas jovens, e é considerada Entidade de Utilidade Pública, foi adjudicada pelo valor de 542.141,41 euros. Teve por objetivo a beneficiação do atual campo de jogos, atra­vés da colocação de relvado sintético e equipa­mento desportivo, a execução de balneários, o arranjo da envolvente, bem como a colocação de iluminação.

Esta operação encontrou-se integrada no âmbito da candidatura Requalificação do Campo de Futebol de Guilhadeses, que foi alvo de financiamento pelo ON2- Eixo Prioritário IV - Coesão Local e Urbana (Infraestruturas e Equipamentos Desportivos), tendo sido aprovada uma comparticipação comunitária de 280.000,00 €.

inauguracao_CRAV6

Já a "Requalificação de Campo de Rugby" teve como objetivo a construção de uma bancada e de um edifício para balneários, com um valor de 367.924,53€.

Esta intervenção, que proporciona à prática do Rugby em Arcos de Valdevez uma das melhores instalações a nível nacional, encontrou-se integrada no âmbito da candidatura "Requalificação do Campo de Rugby de Arcos de Valdevez", que foi alvo de financiamento pelo ON.2 - Eixo Prioritário IV - Coesão Local e Urbana (Infraestruturas e Equipamentos Desportivos) e teve uma comparticipação comunitária de 312.735,85 €.

inauguracao_guilhadeses

O CRAV é uma entidade de Utilidade Pública que tem um forte impacto na comunidade, neste sentido “Estes projetos, aprovados pela Federação Portuguesa de Rugby e Secretaria de Estado do Desporto e Juventude, Valorizam a Região, reforçam a rede Nacional e Regional de equipamentos desportivos e revelar-se-ão uma forte aposta ao nível da realização das provas nacionais e Internacionais”, afirmou João Manuel Esteves.

O Presidente da Câmara aproveitou ainda para solicitar à Secretaria de Estado mais apoio para continuar o trabalho de melhoria do Parque Desportivo concelhio.

Com estas intervenções pretendeu-se contribuir para a promoção do desporto e lazer, para a dinamização do Turismo e consequentemente para o desenvolvimento socioeconómico de Arcos de Valdevez.

inauguracao_guilhadeses2

inauguracao_guilhadeses4

TEATRO FAZ SUCESSO EM CELORICO DE BASTO

Grupo de Teatro Celoricense encheu cineteatro com a peça “Vai com Deus”

O cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses encheu, no dia 26 de junho, para receber a peça “Vai com Deus” apresentada pelo 1º ano de formação do Grupo de Teatro Celoricense.

“Está aqui um trabalho muito bem conseguido, estão todos de parabéns. Este grupo tem vindo a consolidar uma arte que estava em declínio. O cineteatro cheio é o reflexo do empenho da população em ajudar a consolidar a arte de representar”, disse o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto.

A peça “Vai com Deus” foi um texto criado a partir do “Auto da Índia” de Gil Vicente uma comédia que divertiu o público presente. “Este é o reflexo de um ano de trabalho com um grupo que se empenhou muito para que o resultado final fosse o melhor. O espetáculo foi uma adaptação do Auto da Índia centrando-se no período de emigração dos anos 60”, disse Tiago Pires, encenador da peça.

O próximo espetáculo do GTC será apresentado aquando das Festas do Concelho desta vez com a turma das crianças a subir ao palco. “O GTC tem feito um esforço para conseguir alavancar, em definitivo, o teatro em Celorico de Basto. Temos tido algumas dificuldades de financiamento mas o resultado das peças, que muito nos orgulha, é um incentivo para trabalhar com o intuito de dar aos nossos “atores” as melhores condições de aprendizagem”, destacou a presidente do GTC, Maria José Santos.

FERNANDO TORRES NOMEADO “EMBAIXADOR EMPRESARIAL” DE BRAGA

Novo Centro Logístico é ´estratégico´ para o Concelho

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, assinaram hoje, dia 29 de Junho, um protocolo de cooperação com a Torrestir, que tem por objectivos estimular o contributo do Grupo para o desenvolvimento da economia local e divulgar as potencialidades do Concelho nos mercados externos. Nesse sentido, Fernando Torres, presidente do Grupo, foi nomeado ´Embaixador Empresarial´ de Braga.

Na ocasião, um dos temas abordados foi o projecto do novo Centro Logístico que a Torrestir tem previsto para a freguesia de Vilaça, tendo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, sublinhado que este será um factor indutor de criação de emprego e atracção de empresas para esta zona e para todo o Concelho.

“É um projecto que se reveste de especial interesse estratégico para o Município e temos efectuado todos os esforços para que se concretize o mais rapidamente possível. Encetámos vários contactos com as entidades que condicionam a viabilidade do mesmo e suas acessibilidades, nomeadamente a Estradas de Portugal e a Brisa, de forma a agilizar os procedimentos e encontrar as melhores soluções”, assegurou, referindo que a revisão do PDM, recentemente aprovada em sede de Assembleia Municipal, acautela a necessidade de existirem áreas definidas para atracção de investimento e desenvolvimento empresarial e industrial: “Esta vertente é uma das principais mais-valias do documento”.

O Edil referiu também que a Torrestir é uma referência no Concelho, tendo contribuído ao longo de vários anos para a projecção de Braga no exterior. Em breve, algumas viaturas da frota da empresa passarão a circular nas suas rotas internacionais com imagens promocionais do Concelho. “São ´outdoors´ móveis de luxo que vão promover Braga um pouco por toda a Europa e que estarão em contacto com milhares de pessoas. É uma oportunidade fantástica proporcionada pela Torrestir“, afirmou. Este foi um desafio lançado pelo próprio Grupo empresarial e que não tem custos para o Município, excepto os meramente operacionais. 

Como explicou Fernando Torres, presidente do Grupo, a Torrestir é actualmente constituído por 51 empresas, todas com sede em Braga. No total, o Grupo conta com uma frota de mais de 1000 viaturas e cerca de 1600 colaboradores, cerca de 40% em Braga. “Temos tido um crescimento constante do volume de negócios, que em 2014 se estabeleceu nos 166 milhões de euros e que, este ano, prevemos que aumente para os 175 milhões”, afirmou, enfatizando que desde 2012 que o grupo iniciou negócios também em Angola e Moçambique.

JOVENS DE CERVEIRA DOMINAM ARTES MARCIAIS

Jovens cerveirenses com excelentes resultados em Kung Fu

Com um grau elevado de participação nas mais diversas atividades desportivas locais, regionais e nacionais, alguns jovens de Vila Nova de Cerveira marcaram também presença, este domingo, no II Campeonato Ibérico de Kung Fu, realizado em Tui, alcançando uma prestação muito positiva.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Vitor Costa, acompanhou este evento desportivo e agradece o interesse, esforço e dedicação dos jovens atletas cerveirenses em representar o Município nesta modalidade de defesa pessoal.

Organizado pela Eurocidade Valença Tui, Federação Galega de Kung Fu, Ajude, Xunta de Galícia, Desporto Galego, Galícia Saudável e Di-Som Tui, o II Campeonato Ibérico de Kung Fu dedicou o dia de sábado aos ateliers de defesa pessoal integral e defesa pessoal feminina. Já no domingo, cerca de 400 atletas portugueses e espanhóis demonstraram as suas competências e técnicas no combate das modalidades de Kung Fu tradicional, moderno e Tai-chi, no Pavilhão Municipal de Tui.

CERVEIRENSES DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Assembleias Participativas para o OP 2015 na reta final

Realizadas nove Assembleias Participativas, já há cerveirenses interessados na formalização de propostas para apresentar projetos concretos que gostariam de ver implementados no concelho. O período de submissão de propostas termina a 16 de julho. Consulte o portal http://op.cm-vncerveira.pt

Com metade das freguesias de Vila Nova de Cerveira percorridas para esclarecer e auscultar a população sobre o processo do OP, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira sublinha que, apesar da participação não ser a desejada, há a realçar um debate profícuo em torno da importância deste mecanismo de cidadania ativa e o surgimento de algumas e interessantes propostas num avançado estado de formulação.

As Assembleias Participativas estão a decorrer desde o início do mês de junho, e têm por objetivo discutir e esclarecer a população sobre o Orçamento Participativo e receber propostas. Para esta fase final estão ainda agendadas sessões de participação pública em Vila Meã (01 de julho, 21h00), Gondarém (03 de julho, 21h00), Mentrestido (04 de julho, 20h30), Sapardos (04 de julho, 22h00), Sopo (10 julho, 21h00), Covas (11 julho, 21h00).

A apresentação de propostas decorre até ao dia 16 de julho, devendo incidir em investimentos nas seguintes áreas: Inovação e Modernização; Reabilitação do Património; Área Social e Associativismo Jovem, no valor máximo de 90 mil euros para a vertente Geral e 10 mil euros para a vertente Jovem.

Podem participar cidadãos com idades a partir dos 15 anos, naturais, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho. Cada cidadão apenas pode apresentar uma proposta, que deve ser submetida na página http://op.cm-vncerveira.pt

Após a apresentação de propostas, decorre a fase de avaliação para, em setembro, ser aberta a votação. Todos os participantes tem direito a apresentar reclamação se assim o entenderem e tiverem fundamento.

 

CIRCUITO TURÍSTICO “BRACARA TOUR” AJUDA A PROMOVER A CIDADE DE BRAGA

‘Yellow Bus’ começa a circular amanhã

A empresa municipal dos Transportes Urbanos de Braga (TUB) realizou hoje, 29 de Junho, a viagem inaugural do Circuito Turístico ‘Bracara Tour’, um serviço de transporte vocacionado para o turismo e que resulta de uma parceria com a ‘Carristur’.

CMB29062015SERGIOFREITAS0000002035

Na ocasião, o presidente do Conselho de Administração da TUB e vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Firmino Marques, salientou que o objectivo é prestar um serviço de qualidade aos turistas que visitam Braga, enaltecendo o crescimento que este circuito alcançou em 2014. “O circuito turístico teve um crescimento de 50 por cento em termos de utilizadores e isso só vem demonstrar que esta aposta valeu a pena”, referiu, adiantando que este ano o objectivo é chegar aos 2.500 passageiros.

À semelhança do que aconteceu por altura da Semana Santa de Braga, o Circuito Turístico ‘Bracara Tour’ terá a bordo alunos da Escola Profissional Profitecla que estarão disponíveis para prestar apoio aos turistas, “indicando-lhes todos os pontos de interesse da Cidade, as ruas, os monumentos e o comércio tradicional”. A este nível, Firmino Marques destacou a presença do presidente da Associação Comercial de Braga, referindo que este circuito também contribui para “alavancar a economia”.

Por parte da Carristur, João Ascensão referiu que os resultados alcançados no ano passado em termos de utilizadores reflectem o “novo impulso” dado à parceria entre os TUB e a Carristur. “Trabalhamos hoje com maior dinamismo e o crescimento que tivemos no ano passado é o resultado dessa colaboração mais estreita”, afirmou.

O Circuito Turístico ‘Bracara Tour’ estará em funcionamento entre amanhã, 30 de Junho, e 20 de Setembro. A viagem no denominado ‘Yellow Bus’ inclui passagens pelos mais belos locais da Cidade de Braga, do Centro Histórico com as suas igrejas e comércio de rua até ao Bom Jesus do Monte.

O serviço tem como ponto de partida a Avenida Central e paragens previstas na Praça Alexandre Herculano, igreja do Carmo, Convento do Pópulo, Estação de Comboios, Sé de Braga, Largo Carlos Amarante, Posto de Turismo, Avenida da Liberdade (Hotel Mecure), Hotel Meliá, Bom Jesus e Elevador/Pórtico.

Os bilhetes, com um custo de 10 (adultos), 5 (crianças) e 9 euros (grupos), têm validade de 24 horas e podem ser adquiridos no Posto de Turismo, unidades hoteleiras, nos TUB e noutros pontos de venda espalhados pela Cidade. No interior do veículo, os turistas têm acesso a um áudio-guia disponível em seis idiomas.

CMB29062015SERGIOFREITAS0000002030

PROGRAMAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA ANIMA VERÃO NA PÓVOA DE LANHOSO

Verão Com(n)vida na Póvoa de Lanhoso

De 23 de julho a 23 de agosto, numa cadência semanal de quinta a domingo, a Póvoa de Lanhoso irá a oferecer à população e visitantes uma programação recreativa e cultural diversificada, envolvendo, especialmente, os agentes culturais locais.

“Esta é a melhor forma de recebermos quem nos visita, especialmente os emigrantes que neste período regressam para matar saudades da sua terra. Por outro lado, queremos dar continuidade a uma programação cultural regular e diversificada que envolva e motive a população”, refere o autarca Manuel Baptista.

A grande maioria das propostas decorre ao ar livre, principalmente na Praça Eng.º Armando Rodrigues. A programação passa pela música, pelo folclore e ainda por sugestões mais direcionadas para os mais novos, como o Color Fest e Festa da Espuma.

ModaLanhoso e o XX Festival Folclórico Professor Gonçalo Sampaio são já eventos de referência do programa cumprindo com as expetativas que o público lhes exige.

De referir ainda, que o 15 de agosto, para além do Festival de Folclore, será completado com o programa Póvoa em Festa, da responsabilidade da Junta de Freguesia da Póvoa de Lanhoso, numa tarde de festa solidária, com Bolo de Sardinha, Caldo Verde e muita animação.

MILHARES DE PESSOAS VISITAM FESTA DO MAR E DA SARDINHA EM VILA PRAIA DE ÃNCORA

Milhares de pessoas visitaram a Festa do Mar e da Sardinha que ontem encerrou portas. A afluência de público, a gastronomia, o lançamento do licor de algas, os showcookings infantis e os espetáculos musicais foram os fatores que contribuíram para os bons resultados de mais uma edição do certame.

Festa do mar e da sardinha 2015 (1)

A Festa do Mar e da Sardinha tem como objetivos potenciar a atratividade turística do património marítimo e da gastronomia, com destaque para a sardinha e para os produtos ligados ao mar, objetivos que foram superados. A comprovar os resultados estão o número de pessoas que passou pelo certame e os quilos de sardinha vendidos. De facto, ao longo dos últimos cinco dias visitaram o certame milhares de pessoas e foi vendida cerca de uma tonelada e meia de sardinha. Contudo, a qualidade dos espetáculos musicais em muito contribuiu também para estes resultados.

Festa do mar e da sardinha 2015 (2)

Confirma-se uma vez mais que a gastronomia é “um fator de atratividade turística que potencia a nossa terra”, tal como realçou o presidente da Câmara, Miguel Alves, na última reunião descentralizada em Vila Praia de Âncora. Para além da sardinha, o marisco e outras variedades de peixe também foram procurados.

O cartaz de animação foi também um polo de atração de visitantes. Cláudia Madeira, Canário e Cândido à Desgarrada, Tocata dos Cantares de Orbacém, Canções do Mar por Vozes da Nossa Terra”, Academia de Música Fernandes Fão, Grupo de Baile e Gaitas de Lusco Ó Fusco e da Agrupación Folklórica Vento Mareiro e ainda Salgueiro e Pi d’Areosa foram os responsáveis pela casa cheia durante os espetáculos.

Festa do mar e da sardinha 2015 (3)

Esta edição ainda ficou marcada pelo lançamento do livro “A Masseira Ancorense”, de Brito Ribeiro e Celestino Ribeiro, uma edição do Nuceartes, que contou com o apoio do Município de Caminha.

A Festa do Mar e da Sardinha marcou o arranque do "verão azul" que o Município está a promover no concelho nos próximos meses. Aliás, o “verão azul” continua com a cerimónia de hastear as bandeiras Azul da Europa já na sexta-feira, Entre Margens – Encontro de Tocadores de 3 a 5 de julho; concerto com Simone de Oliveira, Nuno Feist e As Três Marias a 8 de julho; Artbeerfest de 9 a 12 de julho; Feira Medieval de Caminha de 22 a 26 de julho; Viagens à Terra Nova de 31 de julho a 2 de agosto; Fado Forte com Ana Laíns, Miguel Xavier e Elsa Gomes no dia 1 de agosto; Carlos do Carmo e Carminho no dia 8 de agosto; Festival BlueSoul de 11 a 13 de agosto; Sonicblast de 14 a 15 de agosto; After Beach Party no dia 22 de agosto; III Festival Ibérico de Folclore de 20 a 23 de agosto e Festival das Francesinha de 26 a 30 de agosto.

Festa do mar e da sardinha 2015 (4)

PONTE DE LIMA PREVINE INCÊNDIOS FLORESTAIS

Medidas Preventivas – Prevenção de Incêndios Florestais

No próximo dia 1 de julho, entra em vigor o período crítico para a ocorrência de incêndios florestais, vigorando até 30 de setembro.

Assim, relembramos a todos os cidadãos que independentemente das condições meteorológicas, em todos os espaços rurais é expressamente proibido realizar fogueiras para a confeção de alimentos, queimar matos, silvas ou qualquer tipo de sobrantes agrícolas ou florestais, lançar foguetes e balões com mecha acesa.

Também durante este período, o acesso, à permanência e à circulação no interior de determinadas áreas florestais é condicionado. Nos trabalhos ou outras atividades que decorram nos espaços rurais, é obrigatório que as máquinas de combustão interna e externa a utilizar, onde se incluem todo o tipo de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados, sejam dotadas de dispositivos de retenção de faíscas ou faúlhas e de dispositivos tapa - chamas nos tubos de escape ou chaminés.

É necessário ainda, que estejam equipados com um ou dois extintores de 6 kg, de acordo com a sua massa máxima, consoante esta seja inferior ou superior a 10 000 kg.

Solicita-se a quem avistar um incêndio que ligue de imediato 117 (chamada gratuita)!

Tenha cuidado, um pequeno descuido pode causar um grande incêndio!

MONÇÃO VAI “DAR VIDA À PRAÇA”

Iniciativa arranca esta quarta-feira, 1 de julho, com atuação do Grupo “Rusga dos Amigos de Merufe”, prolongando-se, todas as quartas-feiras, durante o mês de julho. O objetivo é dinamizar o centro histórico da vila com atuações de agrupamentos locais na Praça Deu-la-Deu. A nossa “prata da casa”, verdadeiro ouro.

A autarquia monçanense promove, durante o mês de julho, a iniciativa “Dar Vida à Praça”. Esta consiste na dinamização do centro histórico da vila através da atuação de agrupamentos musicais locais, na Praça Deu-la-Deu Martins, todas as quartas feiras.

A iniciativa, que entra na segunda edição após estreia no verão passado, inicia-se esta quarta-feira, 1 de julho, com atuação do Grupo “Rusga dos Amigos de Merufe”. No dia 8, sobe ao palco o Grupo de Cavaquinhos do Centro Desportivo Recreativo e Cultural de Moreira.

No dia 15, é a vez do Grupo de Cavaquinhos Flores da Terra, da Associação Juvenil de Trute, seguindo-se, no dia 22, a Banda Musical da Casa do Povo de Tangil. A iniciativa termina no dia 29 com o Grupo de Ginástica “Bela Form`s”, da freguesia da Bela.

Além de promover o associativismo local, com a valorização dos grupos concelhios. “Dar Vida à Praça” pretende assumir-se como mais um motivo para, a meio da semana, munícipes, emigrantes e turistas desfrutarem do casco urbano monçanense ao ritmo de uma oferta musical diversificada. Todas as atuações têm início às 22h00.

BICMINHO APOIA INOVAÇÃO EM INDÚSTRIAS TRADICIONAIS

Candidaturas até 16 de julho

Programa +Inovação +Indústria: uma aposta no empreendedorismo, com o acompanhamento do BICMINHO, destinado a desenvolver o investimento de capital de risco nos sectores tradicionais da economia nacional. Os promotores poderão beneficiar de investimento por parte da Portugal Ventures até 1,5 milhões de euros.

O BICMINHO junta-se uma vez mais à Portugal Ventures numa iniciativa onde o empreendedorismo é a palavra-chave: a quarta ronda de candidaturas ao Programa +Inovação +Indústria. Até ao dia 16 de julho, os empreendedores interessados deverão contactar o BICMINHO, parceiro desta rede, para preparar a sua candidatura e melhorar as suas hipóteses de ser um dos projetos selecionados para investimento.

O Programa +Inovação +Indústria, uma iniciativa da Portugal Ventures à qual o BICMINHO foi uma das primeiras quatro entidades a associar-se em setembro passado (reconhecendo deste modo o interesse que o programa tem para as PME e empreendedores nacionais), está orientado para o apoio de empresas com projetos com potencial para competir nos mercados globais, aspeto que é aliás um dos principais critérios de avaliação das candidaturas apresentadas. O projeto dirige-se às empresas e aos empreendedores dos setores mais tradicionais da economia nacional, com o objetivo de reforçar a respetiva capacidade de inovação, em termos de equipamento, produto e processo, possibilitando a sua rápida progressão nas cadeias de valor e incentivando a cooperação com o sistema científico e tecnológico nacional (SCTN) através de investimento de capital de risco na criação de novas startups e lançamento de spinoffs.

Os promotores poderão beneficiar de:
> Investimento por parte da Portugal Ventures até 1,5 milhões de euros
> Valorização da Propriedade Intelectual
> Acompanhamento por peritos nos projetos financiados pela Portugal Ventures
> Incubação e aceleração em polos de inovação empresarial

O BICMINHO coloca assim à disposição dos empreendedores uma nova ferramenta de apoio, promovendo o acompanhamento dos projetos investidos no âmbito do programa que poderão ser de diversas áreas, tais como:

  • Agro - industrial (inclui produção agrícola, transformação, packaging e distribuição)
  • Moda (inclui têxtil, confeções e calçado)
  • Florestal (inclui papel, madeiras e cortiças)
  • Habitat (inclui cerâmica, mobiliário, produtos metálicos e construção)
  • Química (inclui plásticos e matérias primas para indústria)
  • Tecnologias de Produção (inclui maquinaria, sistemas produtivos e moldes)
  • Mobilidade (inclui componentes para veículos de transporte)
  • Investigação e desenvolvimento
  • Engenharia e Desenvolvimento de Produto e Processos
  • Energia
  • Ambiente
  • Serviços integradores
  • Design
  • Marketing (incluindo o digital)
  • Logística

As candidaturas estão a decorrer até 16 de julho. Os interessados em beneficiar dos apoios do BICMINHO deverão fazê-lo através dos seguintes contactos:

Sara Machado // 939 030 661 // sm@bicminho.eu

BICMINHO // 253 204 040 // geral@bicminho.eu

Sobre o BICMINHO

O BICMINHO - Centro Europeu de Empresas e Inovação é uma instituição sem fins lucrativos, certificada pela União Europeia para a promoção do Empreendedorismo e da Inovação, através do apoio à criação de novas empresas (start ups) e à modernização e internacionalização de pequenas e médias empresas (PME).

O BICMINHO foi constituído em novembro de 2000 por instituições públicas e privadas, empresas e pessoas de referência da região do Minho para trabalhar ao serviço do interesse público, disponibilizando um conjunto alargado de serviços de orientação, apoio e acompanhamento técnico especializado com o objetivo claro de transformar ideias inovadoras em projetos empresariais viáveis, bem-sucedidos e sustentáveis.

Centro de competências por excelência, com forte know-how nas diversas áreas da gestão empresarial, o BICMINHO aponta soluções e apoia os empreendedores e as empresas inovadoras no tratamento dos aspetos críticos da gestão estratégica e operacional, da economia e finanças, do marketing, da transferência de tecnologia, da formação e recursos humanos, da cooperação empresarial e da internacionalização.

O objetivo é claro: criar, inovar e apoiar o desenvolvimento de empresas e da região do Minho, otimizando o seu desempenho empresarial na criação de novas oportunidades de negócio e aumentando a sua competitividade.

Desde 2001, o BICMINHO apoiou já a criação de 189 empresas com uma taxa de sucesso de 92%, e prestou serviços de aconselhamento à modernização de 557 PME, representativas de mais de 640 milhões de euros de volume de negócios e de 8.000 trabalhadores, das quais 150 foram apoiadas ao nível da internacionalização.

ESPOSENDE COMEMORA 40º ANIVERSÁRIO DO CENTRO SOCIAL DE MAR

Gala distingue diretores

A Gala Comemorativa dos 40 anos do Centro Social da Juventude de Mar, em Esposende, serviu para distinguir os primeiros e atuais diretores e funcionários. Alegria e muita emoção marcaram as cerimónias presididas pelo presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

IMG_2969

O Salão Paroquial de Esposende acolheu, no passado sábado, a Gala Comemorativa do 40º aniversário do Centro Social da Juventude de Mar, de S. Bartolomeu do Mar, concelho de Esposende.

O evento contou com vários momentos musicais, assegurados por participantes que frequentaram a instituição, nomeadamente, a conceituada fadista esposendense e ex-atleta de andebol do Centro Social de Mar, Filipa Menina, Axel e Daniel, nas concertinas e o Rancho Folclórico “As Moleirinhas” de Marinhas.

A Gala foi um momento grande de festa e de muita emoção pelo meio, onde foram homenageados diretores, personalidades, funcionárias e atletas da instituição.

Assim, em 2 de junho de 1975, e por ação de “um grupo de bairristas” tendo em vista responder “às lacunas sociais e desportivas” de então, nasceu a então Juventude Desportiva e Cultural de Mar, que mais tarde, em 1982, e em resultado de novas funções altera a designação para o atual nome: Centro Social da Juventude de Mar.

IMG_2875

A história desta instituição que foi “pioneira e uma referência para as boas práticas associativas” ao nível do concelho, passa por vários vetores, a saber: área social, com creche, Jardim e ATL; área desportiva com o andebol feminino federado; e, na cultura, através das várias publicações ligadas à freguesia, com destaque para “As Memórias de S. Bartolomeu do Mar”, em três volumes, estando o próximo lançamento do livro sobre “Famílias de Mar”, de Orlando Capitão, marcado para o dia 5 de julho, no adro paroquial de Mar.

Numa brevíssima intervenção, o Presidente da Câmara, Benjamim Pereira, deu os parabéns ao Centro Social de Mar e elogiou o “excelente trabalho que a instituição tem desenvolvido ao longo destes quarenta anos”, sendo, por isso, “um exemplo ao nível do concelho”.

Fernando Cepa, Presidente do Centro Social da Juventude de Mar, referiu que apesar das dificuldades “nunca baixamos os braços e, teimosamente, com muito trabalho amor e paixão, construímos um projeto de larga abrangência, sempre norteados em servir, sem pedir nada em troca. E assim vamos continuar”.

Os homenageados foram as primeiras educadoras do Centro Social, Maria Fernanda Martins Valença e Maria Teresa Andrade Borges Catalão.

IMG_2575

Orlando Martins Capitão pela “profícua e permanente colaboração” dada ao Centro Social e os diretores Ilídio Vaz Saleiro Maranhão, Abílio Cepa Cerqueira, António Jorge da Costa e Alfredo de Jesus dos Santos Cepa, pelo “empenho e dedicação” às várias atividades, e a título póstumo, José dos Santos Arantes, José Machado Alves Martins, Manuel Saleiro Martins Capitão e a auxiliar Maria Albertina Morgado Arezes.

No andebol feminino foram distinguidos os diretores desportivos: Paula Ferreira, Rosa Moreira, Carolina Sampaio Vasco Viana, Paulo Moreira e Paulo Pereira e as atletas Andreia Barros (pela excelente carreira), Teresa Santos, Sandra Peixoto e Sara Monteiro.

Beatriz Arezes Barata foi distinguida como a aluna mais antiga a frequentar a instituição. As atuais educadoras e auxiliares foram também distinguidas.

O Diretor do jornal mais antigo do concelho, em publicação, o “Brisa de Mar”, Manuel Azevedo, também foi distinguido, assim como o atual presidente do Centro Social de Mar, Fernando Cepa.

A cerimónia terminou com a intervenção do Grupo de Danças do Centro Social, a entrega da medalha comemorativa do 40º aniversário a todos os atuais utentes e colaboradores e com o hino nacional.

Sampaio Azevedo

IMG_2552

IMG_2476

PÓVOA DE LANHOSO DEBATE ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Votação do Orçamento Participativo arrancou hoje

São 23 os projetos de investimento que serão sufragados pelos Povoenses e que se dividem em 13 projetos de caris imaterial e 10 de caris material. Esta é a primeira edição desta nova modalidade de participação cívica e pelo número de proposta facilmente se conclui do envolvimento dos Povoenses nesta medida proposta pelo executivo municipal.

O valor afeto no orçamento municipal é de 250.000€ e vai permitir a implementação de pelo menos 9 destas 23 propostas, que se distribuem por várias áreas, cultural, social, requalificação de espaços públicos, desportiva e recreativa.

A votação na plataforma op.mun-planhoso.pt decorre até ao próximo dia 25 de Julho, podendo ainda os povoenses votar presencialmente no dia 26, nos Paços do Concelho e nas Juntas de Freguesia de Taíde, Monsul, Rendufinho e União de Freguesias de Campos e Louredo.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO CAMINHENSE ENTREGA INCENTIVOS AO ENSINO SUPERIOR

No presente ano letivo o Município apoiou 15 estudantes universitários, investindo cerca de 22 mil euros

Miguel Alves entregou os incentivos ao ensino superior aos alunos que ingressaram na universidade em setembro de 2014. No presente ano letivo foram beneficiados 15 estudantes, o que corresponde a um montante aproximado de 22 mil euros. Sobre os incentivos, Miguel Alves sublinhou: “é importante que os jovens tenham todas as oportunidades para poderem estudar, para poderem voltar mais crescidos, mais desenvolvidos. São pessoas em quem vale apena apostar”.

Decorreu na passada sexta-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a cerimónia de entrega dos incentivos ao ensino superior aos alunos que iniciaram em 2014 o percurso universitário. Os incentivos foram entregues em mão pelo presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, que todos os anos faz questão de “partilhar o momento” com aqueles que iniciam uma nova etapa.

Para o Município de Caminha, a atribuição de incentivos visa proporcionar um apoio financeiro àqueles que, tendo em conta os seus parcos recursos, se encontram impedidos de prosseguir os estudos. Neste sentido, para além dos cinco estudantes que receberam o respetivo incentivo, é de realçar que o Município apoia mais 10 estudantes universitários. Cinco correspondem aos que iniciaram o curso superior em 2014/2015 e os restantes são os que transitaram de anos letivos anteriores com aproveitamento escolar. Este ano a Câmara investiu nestes jovens cerca de 22 mil euros.

Sobre o número de alunos apoiados, o presidente referiu ser aquém do que desejaríamos: “infelizmente a situação é difícil e só conseguimos apoiar cinco alunos em cada ano”.

Miguel Alves aproveitou a presença de alguns pais para sublinhar o papel e o esforço que realizam para dar um futuro melhor aos filhos. O presidente também dirigiu umas palavras de incentivo aos alunos presentes.

Recorda-se que os incentivos são atribuídos aos candidatos que preencham, cumulativamente, as seguintes condições: residam no concelho de Caminha, há pelo menos 2 anos; ingressem ou frequentem um curso superior; façam prova do pedido de bolsa de estudo aos serviços sociais da respetiva universidade/instituto ou comprovativo do benefício da mesma; não sejam titulares de curso superior e o respetivo agregado familiar não ultrapasse um rendimento "per capita" superior a 40 % do Salário Mínimo Nacional. Esta condição também se aplica aos beneficiários de anos anteriores.

ACIAB ASSINA PROTOCOLO COM IEFP NO ÂMBITO DA “VIDA ATIVA”

Medida Visa Potenciar o Regresso dos Desempregados ao Mercado de Trabalho

O Auditório do Turismo, em Arcos de Valdevez, foi, no passado dia 26 de junho, o palco da assinatura de um protocolo entre a ACIAB e o IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional), no âmbito da Medida “Vida Ativa”.

Mesa Cerimónia Assinatura Protocolo Medida Vida A

De acordo com o presidente do IEFP, Jorge Gaspar, estas ações são dirigidas a “trabalhadores desempregados para lhes oferecer competências adequadas às atuais necessidades de trabalho, sendo que a grande mais-valia deste tipo de processos é que a formação é, fundamentalmente prática, dentro das empresas, e desenvolvida em contexto laboral, o que permite desde logo um contacto com o mercado de trabalho, com fornecedores, com clientes com colegas e que, portanto, potencia a futura empregabilidade”.

Jorge Gaspar frisa que, atualmente, Portugal verifica uma descida do desemprego, situando-se a taxa nos 13%. Os objetivos a curto prazo, com a Medida “Vida Ativa”, “são empregabilidade 100%, isto é, nós investimos na formação profissional e o investimento que fazemos por trabalhador desempregado é de quase 2.000 euros, um investimento muito forte”, afirma. “Naturalmente o que nós esperamos é que as empresas associadas da ACIAB, que desenvolvem no terreno estas ações, possam, no final, perceber que estão ali trabalhadores qualificados e com mais-valias que eles próprios [empresas] ajudaram a formar e que estão ajustados do ponto de vista das competências, podendo ser celebrados contratos de trabalho, potenciando assim a criação de emprego e consequentemente a descida do desemprego”, concluiu o presidente do IEFP. 

Público

Prevê-se que a operacionalização desta medida inicie muito brevemente, o que se traduzirá na constituição de um grupo de 25 formandos que terão formações de curta duração e formação prática em contexto de trabalho. A medida destina-se prioritariamente a desempregados inscritos nos centros de emprego há mais de seis meses, com baixas qualificações ou qualificações desajustadas ao mercado de trabalho.

Antes da assinatura do protocolo assistiu-se a uma sessão de esclarecimento, com a colaboração do IEFP, relacionada com os apoios e incentivos ao Emprego disponíveis neste momento, que proporcionou às empresas um conjunto de informação relevante, quer nas questões mais práticas como nas questões mais burocráticas dos processos.

O presidente da direção da CCP (Confederação do Comércio e Serviços de Portugal), João Vieira Lopes, marcou presença nesta cerimónia frisando que “98% do tecido empresarial português é constituído por pequenas, médias e micro empresas, o que evidencia a importância das associações ajudarem a pôr em prática estes projetos”. João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, destacou o papel da autarquia no que diz respeito à promoção das políticas empresariais, sociais e de emprego na região, cujos objetivos são o desenvolvimento do concelho e a criação de riqueza.

Francisco Peixoto Araújo, vice-presidente executivo da ACIAB, afirmou que “esta nova medida, a “Vida Ativa” constitui uma resposta consertada face às necessidades locais e regionais de qualificação e empregabilidade e é uma forma de integrar o público que se encontra no desemprego tornando o seu percurso pessoal e profissional diferente e revitalizador”. O vice-presidente executivo agradeceu também a todas as empresas que participam neste processo uma vez que mais de meia centena colaborarão com a ACIAB no âmbito da medida “Vida Ativa”.

É uma realidade que as empresas de Arcos de Valdevez e de Ponte da Barca investem cada vez mais nos seus Recursos Humanos, apostando no aumento das suas competências e incremento de conhecimentos. Desta forma, a ACIAB está convicta de que esta ação enriquecerá o tecido empresarial da região e potenciará o seu crescimento.

Assinatura Protocolo ACIAB -IEFP