Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES PERDEU UM DOS SEUS FILHOS MAIS ILUSTRES: JERÓNIMO FERREIRA

Presidente da Câmara aMunicipal de Guimarães apresenta condolências pelo falecimento do fundador e diretor do Museu de Agricultura de Fermentões

Jerónimo Ferreira esteve na fundação de um dos equipamentos culturais mais simbólicos de Fermentões. Cerimónias fúnebres realizam-se este domingo, 04 de janeiro, pelas 11 horas, na Igreja de Fermentões. Faleceu aos 86 anos.

Jeronimo_Ferreira

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, apresenta as mais sentidas condolências à família de Jerónimo Ferreira, fundador e atual diretor do Museu de Agricultura de Fermentões, que faleceu esta sexta-feira à tarde, 02 de janeiro de 2015.

Pessoa ligada ao associativismo, Jerónimo Ferreira nasceu a 10 de novembro de 1928, em Fermentões, freguesia à qual esteve sempre ligado e onde, em setembro de 1977, conjuntamente com um grupo de homens da terra, funda e é designado Diretor do Museu da Agricultura de Fermentões, função que exerceu até ao dia do seu falecimento, tendo organizado durante alguns anos o Cortejo do Linho, número ligado à Festa do Agricultor, anualmente celebrada no primeiro fim-de-semana de setembro.

A ideia de edificar um museu surgiu na sequência da comemoração do Dia do Agricultor, onde um grupo de homens da terra, destacando-se Jerónimo Ferreira,  tomou a iniciativa de recolher pela freguesia, aos fins-de-semana, uma variedade de peças e utensílios agrícolas em situação de abandono, cujos materiais eram cedidos pelos respetivos proprietários com o objetivo de fazerem parte da exposição que integrava o programa da Festa do Agricultor, organizada pela Casa do Povo de Fermentões.

A primeira exposição realizou-se em setembro de 1977 nas salas da Escola Primária, atual local do museu, espaço que a Câmara Municipal de Guimarães cedeu à Casa do Povo, no âmbito de um protocolo de colaboração assinado entre a Junta de Freguesia e a Casa do Povo. O entusiasmo gerado em torno do sucesso do primeiro evento levou à criação do “Museu de Alfaias Agrícolas de Fermentões”, que mais tarde viria a adotar a designação de Museu de Agricultura de Fermentões, com Jerónimo Ferreira a ser nomeado como seu Diretor.

Com uma equipa de apoio que integrava, entre outras pessoas, Fernando Mendes, José Atilano, José de Oliveira e outros amigos, nomeadamente, o pintor José Maria Caçoila, Jerónimo Ferreira liderou todo o processo de organização, montagem, crescimento e desenvolvimento do museu, que o projetou até aos dias de hoje, com elevado prestígio local, regional, nacional e internacional, como se pode constatar através da leitura de mensagens deixadas por ilustres visitantes, entre eles, o então Presidente da República, Jorge Sampaio, no âmbito de uma visita efetuada à Casa do Povo de Fermentões.

O corpo de Jerónimo Ferreira encontra-se em câmara ardente na Capela Mortuária de Fermentões. Este domingo de manhã, 04 de janeiro, pelas 11 horas, realizam-se as cerimónias fúnebres na Igreja de Fermentões, indo depois a sepultar no cemitério paroquial de Fermentões.

MINHO VAI CANDIDATAR ROMARIAS MINHOTAS A PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

Braga e Viana querem romaria minhota como património imaterial da Unesco

A Associação de Festas de São João, em Braga, e a VianaFestas, estrutura que promove as festividades da Agonia em Viana do Castelo, defendem a classificação da romaria minhota como património imaterial da Unesco.

ng3819755

O desejo foi expresso à agência Lusa pelo presidente da Associação de Festas do São João de Braga, Rui Ferreira, na sequência de uma reunião mantida na última semana com responsáveis da VianaFestas.

"A reunião que mantivemos com a VianaFestas serviu para iniciarmos uma parceria entre as duas mais importantes festas do Minho e constituiu o primeiro passo no desencadear do processo de candidatura da romaria minhota a património imaterial", sustentou o presidente da Associação de Festas do São João de Braga.

O encontro com a Viana Festas, foi, segundo Rui Ferreira, "importante para definir linhas mestras que permitam traçar a essência de uma romaria minhota de forma a proteger um património que é de todos".

O responsável das Festas de São João de Braga (Baixo Minho) admitiu que se trata de um processo "para muitos anos" que "só poderá avançar" se reunir "suporte institucional das câmaras, comissões de festas e universidades" da região e se alcançar o "reconhecimento interno".

"Um passo importante é o Governo ter conhecimento de que o Minho, no seu todo, quer que a romaria minhota seja classificada. A inscrição na lista nacional de propostas a submeter pelo Governo português àquele organismo internacional é importante, mas, antes, é necessário realizar um inventário do património imaterial".

Além da secretaria de Estado da Cultura, Rui Ferreira sublinhou a importância de envolver na "diálogo" agora iniciado o Eixo Atlântico, associação transfronteiriça que congrega as 34 maiores cidades da euro-região Norte de Portugal-Galiza.

"Da parte do presidente da Câmara de Braga [e vice-presidente do Eixo Atlântico, Ricardo Rio] temos total abertura para que isso aconteça. Os próximos meses vão ser decisivos para percebermos da disponibilidade destas entidades para apoiarem esta pretensão", sustentou.

Os responsáveis das duas festividades minhotas defendem que "uma candidatura conjunta terá mais força" até porque, consideram, "todas as romarias minhotas se irmanam em muitos aspetos".

Nesse sentido, o objetivo é alargar o "diálogo" a outras festas "representativas" da região, como por exemplo, as Feiras Novas, em Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo (Alto Minho).

"Quisemos começar a dialogar com a VianaFestas e tivemos uma grande recetividade. Vamos continuar a conversar e a intenção é ir alargando a outras festas que se queiram juntar a este movimento. Isto é um projeto que só pode crescer com apoio e disponibilidade das instituições e creio que vai existir essa disponibilidade, sublinhou.

Daquela reunião ainda saiu "um sinal forte de interação" de "aproximação" das duas festividades minhotas.

"Foi analisada a possibilidade de representação das Festas da Agonia na Festas de São João, até com as mordomas, e de termos uma delegação de Braga na romaria de Viana do Castelo", adiantou.

Fonte: Jornal de Notícias. Rui Manuel Fonseca / Global Imagens

VIEIRA DO MINHO REALIZA FEIRA DO FUMEIRO

Com o intento de promover e divulgar os tradicionais produtos de Fumeiro, a Câmara Municipal de Vieira do Minho prepara-se para levar a cabo nos dias 6,7 e 8 de fevereiro, a 9ª Feira do Fumeiro de Vieira do Minho.

10676142_860436430674583_1302979485469923598_n

Neste sentido, a Câmara Municipal de Vieira do Minho informa que já se encontram abertas as inscrições para novos produtores locais.

Os interessados em participar na 9ª edição da Feira do Fumeiro devem efetuar a sua inscrição através do e-mail feiradofumeiro@cm-vminho.pt ou do telefone 965250695, até ao próximo dia 20 de novembro de 2014.

Atendendo a que o concelho de Vieira do Minho tem assistido a um incremento da suinicultura, a Câmara Municipal apela, aoS novos produtores para que se inscrevam e participem no certame.

Para outras informações, os interessados podem, também contactar a Câmara Municipal de Vieira do Minho, de segunda a sexta-feira em horário de expediente.

ASSOCIAÇÃO GERÊS VIVER TURISMO ORGANIZA CAMINHADAS GUIADAS

3º Programa Anual de Caminhadas Guiadas – Gerês 2015

Organizado pela associação Gerês Viver Turismo e com o apoio da Câmara Municipal de Terras de Bouro, iniciou-se a 2 de Janeiro do corrente ano o 3º Programa Anual de Caminhadas Guiadas que decorrerá no Gerês até 31 de Dezembro de 2015.

GeresPress2015

Pelo terceiro ano consecutivo, a entidade organizadora pretende uma vez mais enaltecer o Gerês enquanto território de excelência para a prática de caminhadas, realçando toda uma rede de trilhos que só neste destino turístico se pode encontrar. Também, a promoção de um estilo de vida mais saudável em conjugação com um imenso património natural e cultural existente no Gerês.

Em 2015, são vinte e três os trilhos a usufruir e a maioria repetir-se-á ao longo de doze meses.

Todos os trilhos possuem características singulares, e as caminhadas possibilitam a visita a locais de rara beleza. De Janeiro a Dezembro estão contempladas no âmbito deste programa um total de 130 caminhadas guiadas.

Como novidade, em 2015 a organização do programa inclui a realização de “caminhadas de um dia” nos meses de Maio, Junho, Setembro e Outubro. Serão caminhadas com uma duração média de sete horas, ocupando os períodos da manhã e tarde, com almoço volante. Um desafio para os mais resistentes. Outra novidade é a inclusão de uma caminhada noturna, no dia 21 de Junho, para comemoração do Solstício de Verão.

Pelo sucesso registado em 2014, no programa de 2015 as caminhadas noturnas no Verão vão realizar-se também nos meses de Junho e Setembro, para além de Julho e Agosto, num total de doze. A 31 de Outubro e também à noite, o Trilho das Bruxas.

Um dos pontos altos do programa será a realização do III Festival de Caminhadas, que irá acontecer nos dias 21 e 22 de Março, com quatro trilhos/caminhadas por dia. Informação completa e específica será divulgada em breve.

As inscrições neste programa são gratuitas, realizadas através dos estabelecimentos aderentes ao mesmo e nas condições por eles fixadas. Os interessados em participar neste programa poderão obter mais informações diretamente no estabelecimento aderente por si selecionado, sendo que a listagem de aderentes e o calendário do programa podem ser consultados em www.geres.pt.

MINHOTOS EM LISBOA CANTAM AS JANEIRAS

O Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho começa hoje o “Cantar de Janeiras” pela cidade de Lisboa.

10865743_10202129717723358_4810150605998987504_o

Mais uma vez, este agrupamento folclórico leva a tradição á população e, em especial, aos minhotos residentes na grande Lisboa, esperando que os acompanhem com a alegria que já é habitual.

No próximo domingo, a partir das 15horas, o Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho vai atuar a convite do Centro Cultural de Belém naquele concorrido espaço da cidade de Lisboa, onde apresentarão o espetáculo “Do Natal à Romaria”. Pelas 14h30, atuarão em frente do Mosteiro dos Jerónimos.

De referir que, à semelhança do que se verifica com a generalidade das suas atuações, este agrupamento folclórico apresenta-se rigorosamente trajado também no “Cantar de Janeiras”, com vestuário adequado à tradição que procuram recriar.

PASSAGEM DE ANO EM CERVEIRA FOI UM SUCESSO

Alguns milhares de pessoas estiveram em Vila Nova de Cerveira para festejar a passagem de ano 2014-2015 e participar no evento ‘Noite Velha no Castelo’, organizado pela Câmara Municipal, com muita música e fogo-de-artifício. Saúde e paz foram os principais desejos a acompanhar as 12 badaladas.

Passagem de ano 02

A forte adesão de pessoas do Concelho, mas também de vários pontos do país e Galiza, comprova que esta festa tem vindo a afirmar-se como uma aposta ganha deste executivo, ao associar a dinamização de um espaço idílico – Castelo – a um grande evento.

A alegria, convívio e bom ambiente foram uma constante nos últimos minutos de 2014 e nos primeiros de 2015, com os três espaços de animação musical bastante frequentados e movimentados.

As 12 badaladas foram acompanhadas por um colorido fogo-de-artifício, e pelos desejos e expetativas de cada um para o novo ano. A festa, essa prolongou-se pela madrugada dentro, com os DJs e artistas convidados que levaram os presentes ao delírio, com música para todos os gostos: desde a discoteca, dos anos 80 até atualidade e as bandas ao vivo. Nomes como KINGBIZZ, Miguel Rendeiro, Poupa, Creip Disco, Steven Rod, Wild Fire - Bianca Barros, Ricardo Gomes, Conecsom, Paulo Baixinho, Paulo Ribeiro, Pedro Pagodes e Roger Milan tornaram a noite de Passagem de Ano em Vila Nova de Cerveira um momento único e especial.

O executivo agradece o trabalho e dedicação de todos os parceiros e colaboradores, bem como das autoridades envolvidas, que contribuíram fortemente para uma festa bem-sucedida. Uma palavra de igual gratidão a todos os que aderiram a esta iniciativa e a tornaram mais singular.

Passagem de ano 01

MUNICÍPIO DE BARCELOS APROVA CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES À JUNTA DE FREGUESIA DE LIJÓ

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, na reunião ordinária de 2 de janeiro, a cedência de instalações à Junta de Freguesia de Lijó da  antiga EB1/JI para desenvolver atividades lúdicas com os idosos da freguesia.

No que toca à educação foi aprovada a ratificação da atribuição de um subsídio no valor global de 1.000,00 € ao Instituto Politécnico do Cávado e do Ave referente à atribuição do valor unitário de 250,00 € a quatro alunos distinguidos com o Prémio de Mérito Escolar no ano letivo 2013/2014.

Outras deliberações

Ainda na reunião do executivo municipal foi deliberado o recrutamento de quatro trabalhadores com relação jurídica de emprego, no âmbito dos processos concursais, e a ratificação da prorrogação de acordos de cedência de interesse público de três trabalhadores. O executivo aprovou também a ratificação do protocolo para a realização de estágios.

Foram também aprovadas a ratificação da cedência de grupos culturais, no âmbito do Protocolo de Colaboração celebrado com os mesmos, às instituições que os solicitaram para as atividades que pretendem desenvolver: Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho – 2 actuações Companhia de Teatro “A Capoeira”; Freguesia de Roriz – Banda do Galo; Freguesia de Manhente – Grupo de Teatro “O Branselho”; Freguesia de Alheira e Igreja Nova – Coro de Câmara de Barcelos; Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – Coro de Câmara de Barcelos; Associação Amas de Casa – Teatro Popular de Carapeços; Centro Comunitário Moinhos de Vento – Teatro Popular de Carapeços.

Nota: Todas as propostas foram aprovadas por unanimidade.

Câmara Municipal de Barcelos

Reunião ordinária do executivo

2 de janeiro de 2015

Lista completa das deliberações

  1. Cedência de instalações à Junta de Freguesia de Lijóa da antiga EB1/JI para desenvolver atividades lúdicas com os idosos da freguesia às quartas-feiras.
  2. Comparticipação no serviço de limpeza de fossas.
  3. Ratificação do acordo de colaboração celebrado entre o Município de Barcelos e Tiago Amadeu F. de Carvalho Ferreira –Lux Produções, que tem como objeto estabelecer os termos e condições para a realização do “Reveillon 2015”, no concelho de Barcelos.
  4. Ratificação do despacho do Presidente da Câmara Municipal que aprovou a atribuição de um subsídio no valor global de 1.000,00 € ao Instituto Politécnico do Cávado e do Ave referente à atribuição do valor unitário de 250,00 € a quatro alunos distinguidos com o Prémio de Mérito Escolar no ano letivo 2013/2014.
  5. Ratificação do despacho do Presidente da Câmara Municipal que autorizou a prorrogação de acordos de cedência de interesse público de três trabalhadores até 31 de dezembro de 2015.
  6. Recrutamento de trabalhadora com relação jurídica de emprego por tempo indeterminado.
  7. Recrutamento de trabalhadora com relação jurídica de emprego por tempo indeterminado.
  8. Recrutamento de trabalhadores com relação jurídica de emprego por tempo indeterminado.
  9. Recrutamento de trabalhadora com relação jurídica de emprego por tempo indeterminado.
  10. Ratificação do protocolo para a realização de estágios.
  11. Ratificação de desafectação de terrenos integrado em RAN – Análise de três processos.
  12. Ratificação dos despachos do Vice-Presidente da Câmara Municipal, que aprovaram o seguinte: cedência do Salão Nobre ao pianista Nuno Areia para gravação musical.
  13. Ratificação dos despachos do Vereador Alexandre Maciel, que aprovaram o seguinte: cedência de grades ao Agrupamento de Escolas de Barcelos.
  14. Ratificação dos despachos da Vereadora Maria Elisa Braga, que aprovaram a cedência de grupos culturais, no âmbito do Protocolo de Colaboração celebrado com os mesmos, às instituições que os solicitaram para as actividades que pretendem desenvolver: Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho – 2 actuações Companhia de Teatro “A Capoeira”; Freguesia de Roriz – Banda do Galo; Freguesia de Manhente – Grupo de Teatro “O Branselho”; Freguesia de Alheira e Igreja Nova – Coro de Câmara de Barcelos; Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – Coro de Câmara de Barcelos; Associação Amas de Casa – Teatro Popular de Carapeços; Centro Comunitário Moinhos de Vento – Teatro Popular de Carapeços.

CLUBE DE RUGBY DE ARCOS DE VALDEVEZ ORGANIZA JANTAR DE REIS

O Clube de Rugby de Arcos de Valdevez, vai mais uma vez realizar o seu já habitual Jantar de Reis no próximo dia 10 de Janeiro de 2015 pelas 20H no Centro de Exposições de Arcos de Valdevez.

É uma oportunidade para juntar à mesa toda a “família CRAV” num evento que contará com a animação do Grupo Musical Carlos Rodrigues, com insufláveis para os mais pequenos e ainda um Dj convidado para animar pela noite dentro. É também neste jantar que o clube entrega os prémios, CRAV Amigo e CRAV Mérito, dos prémios que visam distinguir pessoas ou entidades que ao longo dos anos têm ajudado o clube das mais diversas formas.

Ainda antes do jantar e durante a tarde os veteranos do CRAV recebem o R.C. da Moita às 14:00 e logo depois pelas 15:30 o CRAV recebe o R.C. Montemor, num dos jogos mais importantes da época e que poderá ser decisivo nas aspirações do CRAV na divisão maior do rugby português, sendo assim, convidamos todos os amigos do CRAV a se juntarem a nós neste grande dia.

Reservas para o jantar, junto dos diretores de equipa, no facebook do CRAV, ou por SMS Rui Aguiam ou Eduardo Gameiro (96 415 23 67) com NOME + N.º CONVIDADOS.

GUIMARÃES EM APOTEOSE RECEBE ANO NOVO

Milhares de pessoas receberam 2015 no Centro Histórico de Guimarães

Após a meia-noite, a festa continuou com muita música no Largo da Oliveira e na Praça de S. Tiago. Ambiente de grande animação marcou primeira noite do ano, com muitos vimaranenses, mas também imensos turistas. Fotografias de Paulo Pacheco.

Guimaraes_Passagem_Ano_2015

O Centro Histórico de Guimarães recebeu milhares de pessoas na festa de passagem de ano promovida pela Câmara Municipal, num espetáculo repleto de cor, luz e música cujo momento alto aconteceu depois de terem soado as 12 badaladas na Igreja da Oliveira, onde foram exibidas projeções de vídeo do espetáculo “Catarse”, que assinalaram a despedida de 2014 nos últimos cinco minutos do ano velho.

O momento audiovisual consistiu numa evocação ao misticismo como elemento de conexão com a alma em que a música surgiu no final como elemento purificador, numa narrativa de cinco minutos contada em cinco capítulos: Matéria, Energia, Espaço, Tempo e Alma, com esta última, através da música, a alavancar a catarse final.

À “ópera” de manipulações audiovisuais, com o suspense da chegada da meia-noite, seguiram-se confetis e fogo-de-artifício, que cristalizaram o momento. A música preencheu depois a noite, animada por um DJ que atuou desde o cruzeiro do Padrão do Salado, numa espécie de pedestal, ficando evocada a ideia de um ritual em que a simbologia do espaço apelou ao prolongamento da festa numa catarse coletiva.

A experiência entre luz, som e vídeo-mapping, onde o apelo à emoção surgiu em linguagem musical destinada a todas as gerações, convocou as emoções de vimaranenses e visitantes que participaram na noite de fim de ano. Bares e restaurantes do Centro Histórico juntaram-se igualmente à festa numa noite especial vivida no Largo da Oliveira e na Praça de S. Tiago, duas praças centrais da área patrimonial classificada pela UNESCO.

TRABALHOS NA EIRA

A imagem mostra os trabalhos na eira, vendo-se homens e mulheres com os seus trajes caraterísticos. Calcula-se que a foto tenha sido produzida entre 1870 a 1915 e pertence ao Centro Português de Fotografia.

PT-CPF-BIE-000040_m0001

TRAJES DO MINHO ABRILHANTAM CORRIDA DE SÃO SILVESTRE DA AMADORA

Cerca de milhar e meio de atletas percorreu ontem as ruas da cidade da Amadora num percurso de 10 quilómetros, no âmbito da 40ª Corrida de São Silvestre, considerada uma das mais importantes provas do atletismo nacional, reconhecida internacionalmente pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF).

10885616_806107436115548_1060240861901825923_n

Com vem sendo habitual, as graciosas moças do Rancho Folclórico Dançar é Viver, sediado na Amadora, exibindo os trajes tradicionais do Minho, emprestaram uma peculiar beleza e colorido a este evento desportivo.

A Corrida de São Silvestre da Amadora é organizada pelo Desportivo Operário do Rangel com parceria da Câmara Municipal da Amadora e Hipermercado Continente e realizou-se ontem a partir das 18 horas.

O atleta Rui Pinto, do Sport Lisboa e Benfica foi o primeiro classificado na prova masculina enquanto nos femininos, a vencedora foi Doroteia Peixoto, dos Amigos da Montanha. As classificações são as seguintes:

Masculinos:

  1. Rui Pinto (Benfica), 29.49 minutos.
  2. Youssef el Kalai (Benfica), 30.01.
  3. José Moreira (Benfica), 30.13.
  4. Eduardo Mbengani (Sporting), 30.32.
  5. Ricardo Mateus (Sporting), 30.35.
  6. Nelson Cruz (Pedro Pessoa), 30.42.

Femininos:

  1. Doroteia Peixoto (Amigos Montanha), 34.45.
  2. Cláudia Pereira (individual), 34.58.
  3. Sara Pinho (Sporting), 35.03.
  4. Leonor Carneiro (Sporting), 35.29.
  5. Catarina Carvalho (Donas), 35.51.

10891687_776229769080197_8140781676035414223_n

10885036_763610233729626_3989418323882240637_n

CARCAVELOS FOI A BANHOS AO SOM DA CONCERTINA À MODA DO MINHO

Perante uma multidão curiosa, dezenas de carcavelenses de todas as idades foram esta manhã a banhos na praia de Carcavelos, mantendo uma tradição cujo início remonta a 1943 quando um grupo de oito rapazes, conhecidos como “Os Narcisos”, teve a lembrança de dar um mergulho no mar no primeiro dia do ano.

Carcavelos - Banho S. Silvestre 025

Exibindo os mais bizarros fatos-de-banho, alguns a lembrar os que eram usados nos começos do século passado, os banhistas lançaram-se à água indiferentes ao frio de uma manhã soalheira de inverno.

Junto ao paredão, aguardava-os o bolo-rei e outras guloseimas que trouxeram para um momento de convívio onde não faltou o vendedor de castanhas assadas nem tão pouco a alegria das alegres rapsódias do folclore do Minho ao som das concertinas e acordeões.

A presença da comunicação social, nomeadamente de todos os canais televisivos, tem feito desta tradição um verdadeiro acontecimento social.

Na despedida, os banhistas desejaram mutuamente votos de um bom ano novo e garantiram que, para o ano, regressam a Carcavelos para mais um mergulho no primeiro dia do ano.

Carcavelos - Banho S. Silvestre 023

Carcavelos - Banho S. Silvestre 038

Carcavelos - Banho S. Silvestre 026

Carcavelos - Banho S. Silvestre 040

Carcavelos - Banho S. Silvestre 020

Carcavelos - Banho S. Silvestre 017

Carcavelos - Banho S. Silvestre 010

Pág. 21/21