Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA NOVA DE CERVEIRA: CAPELAS DE GONDARÉM INTEGRAM ROTEIRO PATRIMONIAL DO “DIÁRIO DO MINHO”

A abordagem do Suplemento Património do Diário do Minho deste domingo, 01 de junho, recai sobre três capelas da paróquia de Gondarém, que despoletam grande interesse pelo conjunto de elementos presentes.

Capela Gondarem

A capela de S. Sebastião, cujas origens remontam aos inícios do séc. XVII; a Capela de S. Tomé, situada no lugar de Mangoeiro e que até ao séc. XVI albergou a igreja paroquial da freguesia e, por fim, a Capela de S. Paio, integrada no Calvário de Gondarém, e cuja construção ocorre em meados do séc. XVIII.

Três capelas que emanam uma enorme riqueza histórico-cultural, podendo destacar-se a imagem de S. Paio, em pedra integrada no altar da Capela de S. Paio.

PÓVOA DE LANHOSO MOSTRA ECO-ESPANTALHOS

Exposição de Eco Espantalhos começa amanhã, dia 30 de maio

Realiza-se amanhã, dia 30 de maio, pelas 11h00, a inauguração da exposição de eco espantalhos, concurso promovido pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. Na edição de 2014, participam 13 entidades, com 14 eco espantalhos.

Eco Espantalhos 2011

Este ano, no âmbito das comemorações dos 500 anos da atribuição do Foral Manuelino às Terras de Lanhoso (4 de janeiro de 1514), a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso propôs como tema para a criação dos Eco Espantalhos a época Quinhentista, tornando-se este concurso uma forma diferenciada de recriação histórica.

Esta iniciativa tem como objetivo reanimar uma tradição antiga e fomentar nos mais jovens o interesse pela reciclagem. Novamente, o desafio foi lançado jardins-de-infância, escolas, associações e instituições do concelho.

Outrora muito utilizados, os tradicionais espantalhos estão na atualidade a cair em desuso. Para revitalizar tal tradição, é proposta a criação de Eco Espantalhos elaborados com materiais reutilizados e/ou reciclados.

A criação de cada exemplar deve obedecer a determinadas características estipuladas em regulamento. Cada espantalho deverá ter uma estrutura interna em madeira que possibilite a sua colocação no campo. A altura do espantalho deverá ser de cerca de 1,70 metros (mais 30 cm de estaca para espetar na terra). De referir que, para chegar a este tamanho de estrutura, poderão ser utilizados várias partes de madeira juntas numa só (coladas, pregadas ou utilizadas de qualquer outra forma) e não necessariamente uma única, com dois metros de altura. Todos os materiais utilizados deverão ser reutilizados e/ou reciclados e ser resistentes às diferentes condições climatéricas.

A participação foi aberta a escolas e jardins-de-infância e a outras associações ou instituições. Serão premiados os vencedores de cada categoria. 

A partir de amanhã, os trabalhos ficarão expos­tos no Jardim António Lopes, na Vila da Póvoa de Lanhoso, podendo ser apreciados pela comunidade.

ESPOSENDE ASSINALA DIA MUNDIAL DA MIGRAÇÃO DOS PEIXES

Na Sequência do desafio lançado pela QUERCUS, a empresa municipal Esposende Ambiente assinalou o Dia Mundial da Migração dos Peixes, que se comemora a 24 de maio, associando-se ao Fórum Esposendense/Centro de Mergulho e Ecologia Marinha na realização de uma palestra e de um percurso fluvial no rio Cávado.

P5241465

Com um painel de oradores de excelência, a palestra, que teve lugar no auditório do Museu Marítimo de Esposende, iniciou-se com a apresentação do biólogo Fernando Gonçalves, em representação do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, que explorou o Livro Vermelho dos Invertebrados, focando-se, naturalmente, sobre os peixes migradores e o estatuto de perigo de várias espécies, algumas das quais usualmente encontradas nos rios do concelho de Esposende.

Seguiu-se a comunicação do biólogo Carlos Antunes, diretor do AquaMuseu do Rio Minho e investigador do CIIMAR, que deu conta de um vasto conjunto de dados relevantes ao nível das espécies migradoras que se podem encontrar no Rio Minho, resultado de vários anos de investigação.

A sessão contou também com a intervenção de Vasco Ferreira, biólogo e investigador do Centro de Mergulho e Ecologia Marinha, que apresentou informações de carácter global, com cenários atuais e prospetivos, realçando o problema da sobrepesca e seus efeitos nas populações marinhas e repercussões para a humanidade. A jornada culminou com o percurso fluvial no Rio Cávado.

Ficou a certeza de que esta comemoração passará a fazer parte das iniciativas a desenvolver anualmente pela Esposende Ambiente, como forma de sensibilizar a comunidade para a importância de rios sem barreiras e rios saudáveis e para a enorme relevância que os peixes migradores possuem como recurso.

IMG_2569

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Diver Fantasia com propostas para crianças até domingo

Decorre até ao próximo dia 1 de junho, Dia Mundial da Criança, a iniciativa Diver Fantasia, dinamizada pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e pelo parque aventura Diver Lanhoso.

Diverfantasia 2012 2

Esta parceria resulta de um protocolo assinado recentemente (a 8 de maio) entre ambas as entidades, que prosseguem assim os esforços conjuntos de promoção do concelho da Póvoa de Lanhoso como destino turístico.

A Diver Fantasia procura proporcionar um espaço de animação, de diversão, de descoberta, de aventura e de aprendizagem para as crianças com idades entre os três e os 12 (e suas escolas e/ou famílias).

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso assegura as atividades artísticas, sendo que a animação e a conceção artística do evento está a cargo do Theatro Club. Desta forma, realiza-se todos os dias um espetáculo 35 de minutos, designado “A Noite Trapalhona”, que é apresentado no palco central.

Existe ainda o cantinho do conto (que não decorre em simultâneo com o espetáculo diário), o cantinho da magia, o cantinho das artes plásticas, o cantinho das pinturas faciais, o cantinho dos fantoches, o cantinho da reciclagem, o cantinho dos insufláveis e trampolins e o labirinto.

De referir ainda a participação da GNR com uma ação de divulgação e de demonstração das suas atividades, no próximo dia 30 de maio; e a entrada gratuita para os pais nos dias 31 de maio e 1 de junho.

Destinada a assinalar o Dia Mundial da Criança, a Diver Fantasia decorre entre as 10h30 e as 17h30.

MINISTRO-ADJUNTO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL VISITA ARCOS DE VALDEVEZ

No próximo sábado, dia 31 de maio, o Ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, vai a Arcos de Valdevez no âmbito do 3º Roteiro pelos Territórios de Baixa Densidade da Região Norte.

Em Arcos de Valdevez, cerca das 12h00, passará pela In.Cubo, onde serão debatidas questões relativas à atração e acolhimento empresarial, empreendedorismo, bem como outras iniciativas que valorizem a importância do território como fator de competitividade.

Visita do Ministro Prof. Poiares Maduro à In.Cubo

Arcos de Valdevez | IN.CUBO

Dia 31 de Maio de 2014

Programa

12h00 – Visita à Área Oficinal do CENFIM.

12h15 – Visita à empresa incubada “Fórmula d’Avó”, ao FAB-LAB Alto Minho e à mostra de produtos dos diversos setores industriais.

12h30 – Apresentação da Estratégia de Acolhimento Empresarial em Arcos de Valdevez, Território de Baixa Densidade.

12h45 – Assinatura do Protocolo entre a Valicom/ DSTelecom e o Município de Arcos de Valdevez para infraestruturação dos Parques Empresariais com fibra óptica

12h50 – Intervenção do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Dr. João Manuel Esteves

13h00 – Intervenção do Sr. Ministro do Desenvolvimento Regional, Professor Poiares Maduro

13h30 – Visita à mostra de produtos rurais seguida de Almoço

14h30 – Fim da Visita.

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA E CEVAL FORMALIZAM PROTOCOLO PARA GESTÃO DO CENTRO DE APOIO ÀS EMPRESAS

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e a CEVAL - Confederação Empresarial do Alto Minho vão proceder à assinatura formal do protocolo de cedência de gestão do Centro de Apoio às Empresas (CAE), na Zona Industrial II. Cerimónia está agendada para 11 de junho, pelas 14h30, no Salão Nobre do Município, seguida de uma visita ao equipamento.

CAE

A proposta apresentada pela CEVAL, e aceite pela autarquia, visa uma maior dinamização daquele equipamento no âmbito empresarial. Durante a formalização do protocolo, as duas entidades vão dar a conhecer algumas das cláusulas que firmam este acordo.

O edil cerveirense considera que a “excelência” daquele espaço composto por auditório e salas de apoio carece de uma maior promoção e ocupação que, até à data, não se tem concretizado. Fernando Nogueira lembra que o próximo QREN 2014/2020 representa um forte incremento de verbas para o mundo empresarial que deve ser aproveitado e ao qual o CAE pode estar mais próximo.

O presidente da CEVAL, Luís Ceia, reconhece que as valências do equipamento e a sua localização em zona transfronteiriça de franca atividade industrial, propiciarão à CEVAL condições invejáveis para o apoio à atividade empresarial dentro do espaço da Euro Região Norte de Portugal Galiza

Recorde-se que a Confederação Empresarial do Alto Minho, que foi constituída em 1998 e abrange todo o tecido empresarial do Alto Minho, tem sede no CAE desde 2012.

A cerimónia de assinatura está aprazada para as 14h30, do dia 11 de junho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, seguida de uma visita ao equipamento.

CELORICO DE BASTO RECEBE TROFÉU LUSO-GALAICO ENDURO

Dia 1 de junho, a partir das 11h00, Celorico de Basto vai receber o troféu Luso Galaico – Enduro, troféu amador de mota de monte. A iniciativa é promovida pelo Motor Clube de Basto com o apoio da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

O percurso desta prova contempla as freguesias de Britelo, Arnoia, Codessoso, Veade e Gémeos passando por paisagens de extrema beleza que deixarão, por certo, os participantes encantados. 

“ A modalidade tem cada vez mais aficionados que, por certo, não quererão perder a hipótese de assistir ou participar na prova. Ao mesmo tempo, podem aproveitar para conhecer um concelho com características ímpares e com uma oferta turística cada vez mais apelativa” salientou o autarca, Joaquim Mota e Silva.

 O paddock, onde ficarão as motas, será mesmo em frente à Câmara Municipal. A prova contempla três especiais cronometradas, para as diferentes classes participantes. A 1ª prova denominada “Enduro Test” será no lugar de Valados - Cruz de Baixo, a 2ª prova “Cross Test” está marcada para a Quinta da Agra e a 3ª prova terá lugar na Reta da Ribeira, com três passagem em cada percurso.

Uma prova que exige muito da organização mas que se espera ser um sucesso pelo número de participantes e pela moldura humana que se espera a assistir. “Trata-se de uma prova que exige muito de nós, organização, mas, ao mesmo tempo, deixa-nos satisfeitos por podermos proporcionar aos aficionados da modalidade a hipótese de participar ou assistir a este troféu amador de motas de monte por percursos absolutamente sublimes com um grau de exigência acima da média para os praticantes ” salientou Paulo Cunha, da Organização.

Refira-se que as inscrições para participar no Troféu Luso Galaico- Enduro são possíveis até ao dia da prova. Os prémios da prova serão entregues aos três primeiros de cada classe a participar no entanto, todos os participantes terão direito a prémio de participação.

CABECEIRAS DE BASTO CANDIDATA MOSTEIRO DE S. MIGUEL DE REFOJOS A PATRIMÓNIO CULTURAL DA HUMANIDADE

Toda a comunidade escolar cabeceirense participa no ABRAÇO AO MOSTEIRO

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto decidiu apresentar a candidatura Mosteiro de S. Miguel de Refojos à Lista do Património Cultural da Humanidade da UNESCO.

Vista panorâmica do Mosteiro de S. Miguel de Refo

Entretanto, no próximo dia 2 de junho, pelas 10h00, Cabeceiras de Basto leva a efeito o “ABRAÇO AO MOSTEIRO”, iniciativa que pretende celebrar também o Dia Mundial da Criança.

O imponente e inigualável Mosteiro de S. Miguel de Refojos, considerado o mais rico, singular e completo dos Mosteiros da Ordem Beneditina em Portugal e um dos mais importantes do mundo, tem um valor extraordinário.

E Cabeceiras de Basto orgulha-se de ter um monumento de valor patrimonial, cultural e económico de enorme relevância que teve, desde a sua fundação, uma grande influência histórica para o concelho de Cabeceiras de Basto e para toda a região de Basto.

Pelas 10h00, do dia 2 de junho, cerca de três mil crianças e jovens estudantes vão dar um ABRAÇO AO MOSTEIRO, seguindo-se a construção de um logótipo humano no Parque do Mosteiro, mesmo ao lado do Monumento.

Porque estamos certos tratar-se de uma iniciativa de grande espetacularidade com o envolvimento de tão significativo número de participantes, esperamos poder contar com a presença do vosso prestigiado órgão de comunicação tendo em vista dar a conhecer à região, ao país e ao mundo, o que pretendemos com esta candidatura de tão imponente Mosteiro.

Vista panorâmica do Mosteiro de S. Miguel de Refo

Interior da Igreja de S. Miguel de Refojos

Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos

"CARNE MINHOTA" TEM LANÇAMENTO EM PONTE DE LIMA

Minho – Região Europeia da Gastronomia. Escola Superior Agrária de Ponte de Lima. 31 de maio

Realiza-se no próximo dia 31 de maio, na Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, o lançamento da Carne Minhota promovido pela APACRA – Associação dos Criadores da Raça Minhota.

carne minhota _ logotipo png

Após a apresentação deste projeto de grande relevo para o desenvolvimento rural, a CM – Carne Minhota será confecionada por dois conhecidos Chefs de cozinha e dada a degustar no Convento de Refoios, após o Seminário Minho – Região Europeia da Gastronomia, organizado no âmbito do projeto Consórcio Minho IN.

Presidido pelo Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira Brito, o encontro vai debater o Papel das Confrarias Gastronómicas no contexto da Região Europeia de Gastronomia, a cargo do coordenador do Turismo do IPVC, Carlos Fernandes.

A Diretora da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, Ana Paula Vale apresentará o Centro Regional de Gastronomia, e o Minho – Região Europeia da Gastronomia pelo coordenador Executivo do projeto Francisco Calheiros.  

De realçar que os produtos “CM – Carne Minhota” são provenientes de animais de raça Minhota, inscritos no livro Genealógico, nascidos dentro da região de produção e criados de acordo com as normas expressas no caderno de especificações.

ARCOS DE VALDEVEZ ANIMA ÍNSUA DO VEZ

Instalação e exploração sazonal de um Parque de Diversões na Ínsua do Vez. Dinamização da Vila, bem como atração de visitantes são os principais objetivos

A Câmara Municipal abriu recentemente um Concurso Público para a instalação e exploração de um Parque de Diversões na Ínsua do Vez.

y

Esta concessão tem por objeto o uso do terreno da Ínsua do Vez, no Campo do Trasladário, para instalação e funcionamento de um Parque de Diversões direcionado para o público em geral, especialmente para as famílias e crianças, de modo a proporcionar agradáveis momentos de lazer.

As áreas de diversão a contemplar no projeto incluirão insufláveis; Air Bungge; Mini Golfe; Gaivotas a pedal; Pequenos barquinhos; Parede de escalada e Roller Ball.

Desta forma a Câmara Municipal pretende disponibilizar um espaço de diversão e lazer para os arcuenses, bem como atrair visitantes ao concelho. Com a instalação deste parque de diversões pretende-se ainda dinamizar o turismo, a gastronomia e o comércio.

Este parque estará em funcionamento no período de 1 de junho a 30 de setembro.

TERRAS DE BOURO ASSINALA MÊS DO CORAÇÃO

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro realizou durante o mês de maio a segunda edição do Mês do Coração.

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro realizou este ano a segunda edição do mês do coração que decorreu durante o mês de maio. Para o efeito a instituição desenvolveu durante este mês ações de sensibilização junto da população concelhia para a temática das doenças cardiovasculares, que continuam a ser a principal causa de morte em Portugal, mantendo também níveis de morbilidade muito elevados.

AF_229826

Simultaneamente, durante todo o mês de maio, os serviços de Enfermagem e Nutrição do Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro encontram-se a realizar um conjunto de rastreios, nomeadamente à tensão arterial, glicémia, perímetro abdominal, peso, e IMC.

Conscientes de que a prevenção das doenças cardiovasculares se deve iniciar precocemente e de forma a chamar a atenção das pessoas para a importância que a atividade física tem na prevenção destas doenças realizaram-se duas Megas Aulas de Zumba, nos dias 26 e 28 de maio, no Vale do Homem e Vale do Cávado, respetivamente, que contaram com a participação das crianças do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e também de alguns adultos que se juntaram a esta iniciativa.

Todas as atividades desenvolvidas no âmbito da prevenção das doenças cardiovasculares que decorreram ao longo deste mês registaram uma forte adesão da população concelhia, o que permitiu alertar um grande número de pessoas para esta problemática.

AF_229824

AF_229821

AF_229820

AF_229817

VILA PRAIA DE ÂNCORA: RUA PADRE LIMA COM TRÂNSITO CONDICIONADO A PARTIR DE AMANHÃ

Até dia 13 de junho, o trânsito estará cortado entre as 8 e as 17 horas dos dias úteis

A partir de amanhã, dia 30, devido às obras de “Saneamento da Zona Sul de Vila Praia de Âncora, Vile e Riba de Âncora” vai proceder-se ao corte/desvio de trânsito na Rua Padre Lima (aqueduto), em Vila Praia de Âncora, entre as 8 e as 17 horas dos dias úteis. Prevê-se que a normalidade da circulação seja reposta no dia 13 de junho.

O encerramento da via ao trânsito automóvel decorre da impossibilidade de executar os trabalhos e garantir, em simultâneo, a circulação automóvel com as condições mínimas de segurança exigíveis. De salientar ainda que os moradores terão o acesso garantido.

Até dia 13 de junho, a circulação automóvel está proibida entre as 8 e as 17 horas dos dias úteis.

Pelos incómodos e transtornos causados, o Município de Caminha lamenta e solicita a melhor compreensão.

VINHOS ARCUENSES ESTÃO EM ALTA

Quinta do Formigueiro é o Vinho do Ano 2014 pela Ordem dos Engenheiros – Região Norte

No passado fim-de-semana, dias 23 e 24 de maio, o Vinhão da Quinta do Formigueiro foi selecionado como Vinho do Ano 2014 da Ordem dos Engenheiros - Região Norte, na categoria de Vinho Verde Tinto, eleito por um painel de provadores, em prova cega, e seguindo as regras internacionais da OIV, por ocasião da realização dos IV Encontros Vínicos do Vinho Verde, levados a cabo em Viana do Castelo.

z

A divulgação e entrega dos prémios foram efetuadas num Jantar de Gala realizado no Forte de Santiago da Barra em Viana do Castelo.

O Vinho Verde Tinto – Vinhão da “Quinta do Formigueiro” fez parte da ementa do referido jantar, servido pela Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo.

A atribuição deste Prémio foi, segundo os proprietários da Quinta, “sentida com muita alegria e orgulho por todo trabalho desempenhado até então e por outro lado como estímulo para continuar a produzir um vinho genuíno onde é predominante o seu “terroir”. São o terreno e as condições climatéricas que determinam a colheita de cada ano. O vinhão Quinta do Formigueiro distingue-se por não ser um vinho parametrizado.

Após anos de luta, sentimos o reconhecimento da entrega a um produto tradicional que mantém os seus valores de origem. A nossa "Bandeira", O Vinhão da Quinta do Formigueiro, foi o princípio de um sonho que faz parte da família e da nossa tradição.”

A Quinta do Formigueiro é uma empresa de base familiar que procura produzir vinhos de alta qualidade, com uma personalidade distinta, pondo especial ênfase no carácter natural e autêntico dos seus produtos. Com uma área total de vinha de 20.264 m2, situada na meia encosta com uma exposição solar virada a nascente, utiliza o sistema de condução de vinhas “Cordão – Simples Ascendente”. 12.254 m2 destinam-se à produção de uvas tintas da casta Vinhão e os restantes 8.010 m2 à produção de uvas da casta Loureiro.

Este é mais um motivo de orgulho para o território arcuense que vê mais um dos seus produtos ser elevado ao mais alto nível.

FESTIVAL DE VILAR DE MOUROS 2014 VAI CATAPULTAR AS EDIÇÕES SEGUINTES

Festival de Vilar de Mouros, classificação patrimonial das oficinas de ferreiros, questões ambientais e sociais são as temáticas que mais preocupam os residentes em Vilar de Mouros

O Festival de Vilar de Mouros é um dos assuntos que mais preocupa os vilarmourenses. Esta foi uma das questões mais focadas ontem na reunião descentralizada. Miguel Alves tranquilizou a população, explicando todo o processo desde que tomou posse “o caminho estava todo por trilhar. O acordo celebrado não beneficiava Vilar de Mouros, não contribuía para o engrandecimento do Festival, nem para o concelho, nem servia os organizadores”, e garantiu “o nosso empenhamento é total para que as coisas possam correr bem, para que o festival possa ser bem sucedido”.

1

Decorreu ontem mais uma reunião descentralizada, desta feita em Vilar de Mouros. Tal como as anteriores, também esta reuniu a população que saudou a presença do executivo e enalteceu a relevância destas reuniões nas freguesias. Sobre esta matéria também Carlos Alves, presidente da Junta da Freguesia e anfitrião, sublinhou: “ é na nossa opinião uma medida de grande alcance democrático o facto de contactar as populações e que a juntar a muitas outras atitudes e postura do atual executivo fazem desde já a diferença, o que contribuirá sem dúvida para um clima muito diferente daquele a que estávamos habituados e que resultará em benefícios evidentes no campo da resolução dos muitos problemas que a todos nos afligem, no progresso e bem estar do concelho”.

Miguel Alves sublinhou que estas reuniões “são importantes para falar com as pessoas, para vir ao terreno e para dar uma justificação aos munícipes. São momentos para dar a cara porque a democracia exige isso mesmo. São um contributo para a democracia mas não resolvem todos os problemas”.

Carlos Alves salientou ainda a boa relação que a Junta de Freguesia mantém com a Câmara Municipal: “quero agradecer desde já ao senhor presidente da câmara não só a postura de diálogo que tem travado com esta junta de freguesia como também a já significativa colaboração e apoio na resolução de diversas beneficiações mais urgentes, que entretanto foram levadas a cabo nestes sete meses de gestão autárquica”.

Festival de Vilar de Mouros, classificação patrimonial das oficinas de ferreiros, questões ambientais ligadas ao Rio Coura e execução de saneamento na freguesia e algumas questões de cariz social são os assuntos que mais preocupam os vilarmourenses.

2

Miguel Alves explicou todo o processo que envolve o Festival de Vilar de Mouros e as decisões que teve que tomar para que o processo continuasse, sempre com a ideia de que este é “um festival que este ano quererá ser um festival bom para catapultar os próximos anos” e continuou: “o caminho estava todo por trilhar: não havia um euro, não havia nada. Mas existia uma declaração pública do concelho de ter de ajudar uma IPSS. Pegamos no festival com a expetativa de crescermos ao longo de 4 anos. Para isso teríamos de mudar alguns interlocutores. Foi o que aconteceu”.

O presidente também informou que o trabalho que diz respeito à Câmara Municipal e à Junta de Freguesia está a ser realizado: “temos vindo a realizar reuniões de trabalho. Estamos a fazer todo um trabalho de consolidação do recinto para recebermos o festival, nomeadamente a estrutura do recinto, questões ligada à segurança, acampamentos, balneários e cuidados a ter com as zonas adjacentes”.

Relativamente à classificação das oficinas de interesse municipal, Miguel Alves garantiu “o município tem todo o interesse em classificar este património” mas também esclareceu “só é possível recuperamos o património se tivermos apoio financeiro”.

A implementação de saneamento na freguesia foi uma das questões levantadas. Sobre esta matéria, Guilherme Lagido informou que existe um projeto para se candidatar a fundos comunitários: “estamos atentos para candidatarmos o projeto na primeira oportunidade”.

Sobre a dinamização do centro de convívio da freguesia, a vereadora Ana São João também tranquilizou a população e salientou que esta também é uma preocupação do município: “estamos a preparar alguns recursos humanos para dinamizarmos estes centros”.

3

TERRAS DE BOURO REALIZA TORNEIO DE MINIBASQUETE

No próximo dia 1 de junho, entre as 10:00h e as 16:30h, decorrerá na Praça de Espetáculos da vila de Terras de Bouro a Iª Edição do Torneio de Minibasquete de Terras de Bouro.

Este evento desportivo contará com a presença das equipas do SC Braga, Vitória SC, BC Barcelos, GD André Soares, SC Maria da Fonte e AD Terras de Bouro.

A organização estará a cabo do Município de Terras de Bouro e da Associação Desportiva de Terras de Bouro e ainda da Associação de Basquetebol de Braga, além do Comité Nacional de MiniBasket.

VALENÇA REALIZA FEIRA GASTRONÓMICA

Sabores Serranos – As Delícias e a Pega do Porco. Feira Gastronómica em São Julião - Valença

A Câmara Municipal de Valença e a Junta da União de Freguesias de São Julião e Silva promovem a terceira edição da Feira Gastronómica “Sabores Serranos – As Delícias do Porco”, no fim-de-semana de 31 de maio e 1 de junho, no Parque de São Sebastião, em São Julião.

Os sabores genuínos da carne de porco, como os enchidos, o presunto, o arroz de sarrabulho, o bolo do tacho, as belouras, o leitão e a orelha de porco, acompanhado da tradicional broa, do caldo verde de Valença, uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal, bem como da doçaria tradicional e dos bons vinhos verdes locais. Dois dias em que será possível petiscar, comprar, apreciar e deliciar-se com vários pratos tradicionais.

Do programa de animação do evento destaca-se a Pega do Porco, na lama, domingo 1 de junho, a partir das 17h30. Um recinto fechado, completamente enlameado e com porcos-bravos (javalis) convidará as várias equipas a demonstrar a sua destreza em agarrar o animal. Cada equipa será constituída por dois jogadores, podendo ser masculina ou feminina. Ganha a equipa que conseguir agarrar o porco no melhor tempo. Do programa de animação consta, ainda um encontro de folclore com grupos da região.

Os Sabores Serranos são uma iniciativa da Câmara Municipal de Valença e da Junta da União das Freguesias de São Julião e da Silva com o apoio da Comissão de Festas de São Sebastião e Rancho Folclórico de São Julião.

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara Municipal, “Os Sabores Serranos são um exemplo do aproveitamento e potencialização dos  recursos locais, dando valor ao que é nosso, genuino e tradicional”.

MUSEU DO BRINQUEDO DE PONTE DE LIMA COMEMORA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

No Dia Mundial da Criança visite o Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima

No Dia Mundial da Criança, 1 de junho, traga os seus filhos ao Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima.

P1040554

Situado no Largo da Alegria, além da Ponte, em Arcozelo, o Museu do  Brinquedo Português é um espaço aberto a toda a família, dirigido a  pequenos e graúdos, e que nos leva a conhecer a história de alguns dos  mais importantes fabricantes nacionais de brinquedos.

Faça um programa diferente e mostre aos seus filhos peças de coleção, cronologicamente ordenadas, década a década. As rocas e as flautas de folha de flandres, os baldinhos de praia em madeira com motivos  coloridos, as bonecas de pasta de papel, os canhões de folha, passando  pelas camionetas, barcos, comboios, triciclos, aos carros a pedais, percorrendo o mundo dos plásticos até aos Estrumfes em pvc, tudo se fez em Portugal.

A par da mostra de brinquedos, visite a exposição temporária de  Brinquedos Generosos aberta ao público até outubro. A mostra apresenta cerca de 800 peças doadas ao Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima.

Na loja do Museu pode ainda encontrar brinquedos de madeira, feitos na Oficina do Alfredo.

No próximo domingo, Dia Mundial da Criança, esperamos por si, com o sorriso de sempre, com mil e um brinquedos para recordar e viver a magia das brincadeiras.

Estamos abertos das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. Visite o nosso sítio www.museuspontedelima.com. Contate-nos geral@museubrinquedoportugues.com.