Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA PRAIA DE ÂNCORA VAI TER FEIRA DE TRADIÇÕES

vpancora

O artesanato, a doçaria e os produtos agrícolas do Concelho de Caminha vão estar presentes na Feira de Tradições de Natal que se vai realizar em Vila Praia de Âncora nos próximos dias 17 e 18 de Dezembro. A iniciativa é da Câmara Municipal de Caminha e tem lugar na Praça da República, junto à Igreja de Nossa Senhora da Bonança.

Nesta feira, os visitantes podem adquirir as mais diversas peças de artesanato, produtos do campo da época e os mais variados produtos gastronómicos, típicos da quadra natalícia que se aproxima.

Com mais esta iniciativa, Vila Praia de Âncora mostra que não é um destino turístico apenas na época balnear mas um local de grande animação cultural durante todo o ano.

DIOCESE DE BRAGA QUER RAPIDEZ NA RECUPERAÇÃO DA BASÍLICA DO SAMEIRO

sameiro

 

A basílica do Sameiro, em Braga, precisa de obras urgentes de recuperação da cobertura em zinco da cúpula, que deixa passar água para o interior da igreja e causa infiltrações nas telhas e madeiras de suporte.

“Neste momento já chove na zona de um dos púlpitos e junto ao altar. E com as chuvas fortes da semana passada essa situação notou-se de forma bem visível”, pelo que é preciso “deitar rapidamente mãos à obra”, afirmou o presidente da Confraria de Nossa Senhora do Sameiro, cónego José Paulo Abreu, citado pelo Diário do Minho.

Por cima do altar “foi colocada uma tela com uma inscrição” para esconder “os efeitos das infiltrações” visíveis no interior da basílica, explicou o sacerdote, presidente da Comissão Arquidiocesana para os Bens Culturais, que também referiu as “manchas” e o empolamento da tinta das paredes causadas pelo “caruncho e salitre”.

O preço mais baixo para o restauro do zimbório é de 550 mil euros, explicou o responsável, acrescentando que o caderno de encargos tem de incluir os custos das telhas, ripado de madeira, instalação de andaimes e seguro.

O telhado da basílica neoclássica “é enorme e tem muitos desníveis, o que dificulta o trabalho”, apontou o presidente da Confraria, que este domingo organizou um magusto para angariar dinheiro

A próxima recolha de fundos realiza-se a 9 de Dezembro, às 21h00, na Sé bracarense, com o lançamento de um livro com narrativas e pensamentos do cónego José Paulo Abreu, cujos lucros revertem parcialmente para a basílica do Sameiro,  construída de 1890 a 1941 e dedicada à Imaculada Conceição da Virgem Maria.

Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/

“O FIDALGO APRENDIZ” SOBE À CENA EM PAREDES DE COURA

Fidalgo_aprendiz

A peça de teatro “O Fidalgo Aprendiz”, de Dom Francisco Manuel de Melo, vai estar em palco a partir do próximo dia 14 de Novembro, no Centro Cultural de Paredes de Coura. O espectáculo pode ser visto até dia 17 de Novembro, às 10 horas.

Seguindo a tradição do teatro vicentino, “O Fidalgo Aprendiz” é uma sátira à fidalguia provinciana que, com os seus jeitos, procura deslumbrar as damas e a cidade de cujos hábitos se encontra afastado. Na realidade, ocupada que foi esta durante o domínio filipino pelos seus servidores, estabeleceu-se durante este período uma nobreza na aldeia, situação retratada entre outros pelo escritor Rodrigues Lobo na sua “Corte na Aldeia”.

Esta peça começou por ser escrita provavelmente nos últimos anos do domínio filipino, tendo sido pela primeira vez publicada em 1665.