Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PINTORA MARIA LUÍS EXPÕE NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

"Atos de Ver" é inaugurada hoje, dia 11, às 21h30

Vai ser inaugurada no próximo sábado, dia 11 da janeiro, pelas 21h30, na Biblioteca Municipal de Barcelos, uma exposição de desenhos e pinturas de Maria Luís intitulada “Atos de Ver”. Esguiar-se-á a atuação dos “SóPodia Teatrices & Companhia”, associação sediada na freguesia da Pousa.

A autora leciona desde 1992, sendo, desde há 18 anos, docente na Escola Básica 2, 3 Ciclos de Manhente, atualmente Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, onde leciona a disciplina de Educação Visual e coordena a: “Oficina de Artes Teatrais”. É sócia fundadora e diretora da Associação “SóPodia Teatrices & Companhia” sediada na freguesia da Pousa.

“Atos de Ver” poderá ser visitada até ao dia 31 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e aos sábados, das 9h30 às 12h30.

Sobre a exposição “Actos de Ver” escreveu a autora:

“Este é o meu Mundo feito de traços, linhas, pontos, claro-escuro… A mão flui… criando formas, manchas, ritmos, equilíbrios, harmonias, pontos finais e travessões. E é um Mundo como a Vida! As formas vivem entre a delicadeza e a força, as manchas tornam-se numa orientação, num caminho. Percorro o desenho que a minha alma busca e olho… E são atos, atos deliberados de ver o Mundo… Mundo fantástico, intenso e onírico onde para além das árvores e dos bichos… poucos seres habitam.

A minha casa é uma fortaleza que me prende, mas de onde eu contemplo a imensidão.”

Maria Luís é pseudónimo de Maria da Conceição Braga Sampaio. Nasceu em 29 de janeiro de 1970, na cidade de Braga, e formou-se na Escola Superior Artística do Porto no ano de 1993. No final do seu curso, participa na exposição coletiva dos alunos da ESAP-Guimarães expondo os seus desenhos, ainda com o nome de Conceição Sampaio, na Galeria de Arte J. Gomes Alves Lda, em Guimarães. No mesmo ano, expõe desenhos e fotografias na Escola Secundária de Vila Verde, onde começa a sua docência.

Depois de um longo período de interregno, para se profissionalizar e se licenciar na Universidade Católica, no Curso de Formação Complementar em Orientação Educativa, participa na coordenação de Projectos Escolares ligados às Artes do Espectáculo. É assim que, em 2008, inicia a escrita de peças de cariz didático direcionadas para o público infanto-juvenil. Perante a necessidade de dar autoria às suas pequenas obras e a alguns quadros que vai esporadicamente pintando, decide escolher um pseudónimo e, nesta escolha, inspira-se na velha história de família acerca da escolha do seu nome. Aproximando-se a hora do seu nascimento, e seu pais Luís encontrando-se em Angola, sugere por carta, que se fosse uma menina se chamasse Maria Luís. Sua mãe Conceição não aprovou. E, é assim, em homenagem ao pai, falecido em 2003, que assina todos os seus textos, peças de teatro, desenhos e outros projetos artísticos como: Maria Luís.