Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDENSES “BOTARAM FORA” O ANO VELHO

Esposende cumpriu a tradição. De caras enfarruscadas, pequenos grupos de cinco moços e moças, rindo e cantarolando, percorreram hoje as ruas da vila e “botaram fora o ano velho”. Sobre a carrela do sargaço levado em ombros por quatro dos componentes do grupo, lá seguia outro a representar o ano que agora termina.

Bota o ano velho fora e venha o novo cá pr’ra dentro, láralá! – cantarolova o rapazio seguindo alegremente, apenas interrompendo à porta da taberna para fazer uma pausa que as gargantas vão secas.

1545799_654573644605708_247458101_n

Em tempos mais recuados era costume o cortejo parar à porta das tabernas para os carregadores descansarem e molharem as goelas, oportunidade que era aproveitada pelos frequentadores do templo de Baco para lançarem os seus impropérios e lamentos. Trata-se de um ritual de origens ancestrais que nas suas origens pretendia celebrar a ação criadora dos deuses no contínuo renascimento da natureza, através de um ciclo ininterrupto da vida e da morte que possui no entrudo na “serração da velha” as manifestações mais expressivas.

Possui atualmente a tradição de “botar fora o ano velho” a forma de um concurso devidamente organizado e regulamentado. A organização da iniciativa é da responsabilidade da União de Freguesias de Esposende, Gandra e Marinhas.

Fotos: Luís Eiras / http://esposendealtruista.blogspot.pt/

1530590_654574007939005_424866589_n

1530437_654575147938891_1604112704_n

1526532_654574887938917_891313585_n

1525707_654573074605765_73361733_n

1525605_654573767939029_774589606_n

1513289_654573574605715_990434437_n

1503996_654574804605592_1337999189_n

1499653_654573564605716_896837351_n