Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRENSE MANUELA TEIXEIRA APRESENTA LIVRO DE POESIA

O auditório da Casa do Tempo em Cabeceiras de Basto acolheu, na passada sexta-feira à noite, 29 de novembro, a cerimónia de apresentação do livro de poesia ‘Palavras à Procura’ de Emanuella Gyesta, pseudónimo da autora cabeceirense Manuela Teixeira.

unnamed

A sessão, que foi muito participada, contou com a presença dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira e Eng. Joaquim Barreto, familiares e amigos da autora, demais autarcas da freguesia e do município, entre outros convidados e público em geral.

Depois da apresentação da autora do livro, que esteve a cargo do presidente da Assembleia Municipal, os jovens atores do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, ao som da guitarra de Hugo Gonzaga, leram vários poemas que despertaram o interesse e a curiosidade do público presente. Falamos de Francisca Magalhães, Nuno Matos, Cíntia Pimenta, Patrícia Teixeira e Margarida Ribeiro. 

De fósforo aceso na mão, também a autora interpretou um belíssimo poema, aquecendo “a noite com algumas palavras, pólvora a incendiar sílabas (…)”. Uma cerimónia simples mas carregada de grande simbolismo.

Nas suas palavras, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, felicitou a autora pela publicação da sua primeira obra, encorajando-a a continuar a escrever e a valorizar o nosso património linguístico que é a Língua Portuguesa.

Manuela Teixeira é uma jovem professora, Licenciada em Português pela Universidade do Minho, que enfrenta atualmente o drama do desemprego mas, tal como realçou Joaquim Barreto, “não baixa os braços”. Muito pelo contrário, continua a “lutar pela vida, constituindo um exemplo para outros jovens”.

“Ativa, multifacetada e empreendedora”, Manuela Teixeira aceitou o desafio lançado por Joaquim Barreto para dinamizar “tardes de música e poesia” na Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações, uma atividade que terá como objetivo animar aquele equipamento municipal e cativar novos e diferenciados públicos.

unnamed (1)

Salientando que a cultura se assume como “um fator de coesão social”, Joaquim Barreto falou da importância dos jovens empreendedores na dinamização dos diversos equipamentos municipais existentes em Cabeceiras de Basto.

Durante a apresentação da sua obra, Manuela Teixeira agradeceu todo o apoio que lhe foi prestado pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, assim como pelos seus familiares e amigos.

Na sua intervenção, a autora considerou a escrita “uma atividade solitária”, manifestando publicamente o seu “gosto especial pela literatura”, nomeadamente o seu prazer pela Literatura Brasileira.

Manuela Teixeira disse à plateia que “para escrever é preciso ler bastante” e que escreve, essencialmente, sobre aquilo que “vê, vive e regista”.

A encerrar a sessão de apresentação do livro de poesia ‘Palavras à Procura’, o presidente da Câmara Municipal, Dr. China Pereira, felicitou a autora, incentivando-a a “continuar a escrever”.

Realçando as mais valias deste tipo de iniciativas, China Pereira defendeu a promoção da cultura e do desenvolvimento, afirmando que “assistimos hoje a um verdadeiro momento cultural”.

Por fim, China Pereira desejou os maiores sucessos à autora Manuela Teixeira que se encontra a preparar uma segunda obra que deverá ser dada à estampa em fevereiro de 2014.

unnamed (2)